quinta-feira, 6 de agosto de 2015

NÃO DIGA QUE NUNCA RESPONDEU A UMA PESQUISA

Posso dizer com orgulho que meu humilde bloguinho já foi tema de pesquisa de algumas monografias, dissertações, e de uma tese --
a da Carla Rizzotto, que no momento está coordenando o 7o Encontro de Pesquisa em Comunicação da UFPR, enquanto realiza seu pós-doutorado. Pedi pra ela escrever um guest post pra cá: 

“Ela é. Ele faz. Ela permanece. Ele se move. Ela é adjetivo. Ele, verbo. Ela é objeto estático. Ele, sujeito dinâmico. Ela recebe um dom, um privilégio. Ele consegue com seu esforço, com sua ânsia.”
Essa frase, de Juana Gallego Ayala, pesquisadora catalã e autora do livro Mulheres de Papel, é bem representativa do meu desconforto em relação à representação da mulher nos meios de comunicação, e foi deste desconforto que nasceu a motivação pra minha pesquisa de doutorado, finalizada em 2013. Eu queria entender se existia uma saída! Se a sociedade poderia dar um basta à -- tantas vezes cruel -- maneira como as mulheres são retratadas na televisão, no cinema, nos meios impressos e em tantos outros produtos culturais.  
Esses meios apresentam um modelo masculino e ocidental, onde o feminino é um subprotagonista, muitas vezes apresentado como fetiche de consumo. Propagam e legitimam estereótipos que fixam modelos de masculinidade e feminilidade, buscando explicar e conservar a desigualdade entre os gêneros. 
Ayala, no livro El Sexo de la Noticia, em que aborda a linguagem jornalística e a discriminação de gênero, procurou mostrar como o jornalismo realiza a representação desigual entre homens e mulheres. Ela cita diversos estudos, dentre eles o “Who makes the news?” realizado pelo Global Media Monitoring Project, que mostra em números esta desigualdade: os homens são protagonistas das notícias em 79% delas, enquanto as mulheres o são somente em 21%. 
Nas poucas vezes em que as mulheres são as protagonistas, são retratadas como um “objeto observado” e não como um “sujeito que atua”, são julgadas pelo que são e não pelo que fazem, são vistas como “visitantes”, como o “outro”. E é só olhar rapidamente as manchetes dos jornais pra comprovar essa afirmação. 
Na cobertura política as coisas não são diferentes. Frequentemente as candidatas mulheres recebem menos atenção da mídia do que os seus oponentes do sexo masculino, recebem cobertura mais negativa a respeito da falta de experiência e conhecimento, são frequentemente questionadas sobre assuntos culturalmente definidos como “femininos”, como aborto, educação e meio ambiente, e as discussões a respeito delas focam assuntos triviais como sua aparência física e estilo de vida. Quem lembra daquela matéria da Veja que discutia as roupas da Dilma, em 2010? E o que dizer de toda a cobertura dada à dieta da presidenta? 
Quando o assunto é a violência de gênero as coisas ficam ainda piores. É comum se deparar com notícias que culpam ou responsabilizam a vítima pela violência sofrida, indagando a respeito da veracidade da denúncia ou até mesmo objetificando e sexualizando a vítima. É usual ainda que a mídia considere e retrate culpados de crimes contra mulheres como uma exceção -– o monstro, o animal, o louco --, concluindo que “homens normais” não cometem este tipo de crime. Geralmente mascarando crimes de ódio, ao se referir a feminicídios como “tragédias” provocadas por “monstros”.
Porque é realmente importante saber como era o corpo da vítima
E ainda que hoje seja possível encontrar muitas iniciativas positivas, seja na existência de campanhas publicitárias que incentivam “a real beleza” ou em produtos audiovisuais feministas, como o seriado americano Orange is the New Black, os exemplos negativos não param. 
Mas há luz no fim do túnel, afinal? Depende. Não dá pra sermos ingênuos e achar que podemos alterar a dinâmica dos meios, isso leva mais tempo do que queremos esperar. Mas o que dá pra mudar é a maneira como reagimos a eles. O receptor precisa se tornar centro dinâmico do esquema comunicacional, passando a ser ator ativo do processo. E este é o objetivo das experiências de crítica de mídia: fiscalizar, apontando as falhas e sugerindo mudanças, mas, principalmente, educar, capacitando a audiência para o consumo crítico dos meios através da alfabetização midiática.
Como é fácil pra uma mulher perder valor, hein?
Eu conheço alguém que faz isso muito bem. Quando se fala em crítica feminista de mídia, a Lola é uma das mais importantes referências no Brasil, e por isso este bloguinho foi o objeto da minha pesquisa de doutorado. 
Eu fiz uma análise do discurso em mais de 100 posts para compreender como a Lola estabelece estratégias discursivas pra se comunicar com a gente. Verifiquei o tom comunicativo, os assuntos mais frequentemente abordados, as finalidades explicitadas e as estratégias de “tomada da palavra”, quer dizer, o que ela faz para conseguir ser ouvida nessa imensa praça pública que é a internet. Os resultados vocês podem conferir aqui
Mas quem já fez pesquisa acadêmica vai me entender: eu não fiquei satisfeita! O que eu queria mesmo descobrir são os efeitos de tudo isso. Saber se a Lola consegue desconstruir as representações da mídia para as suas leitoras e leitores, influenciando uma leitura mais crítica dos produtos midiáticos. 
E isso eu só consigo descobrir se direcionar o olhar aos leitorxs! Então, agora no pós-doutorado, eu comecei a segunda fase do meu estudo: uma pesquisa de recepção que começa com um questionário e depois continua com grupos de discussão presenciais. É por isso que a Lola me deu esse espaço aqui hoje: pra ver se eu convenço vocês a responderem o questionário! É bem rapidinho, ajudem uma pesquisadora! Depois eu prometo que volto para contar os resultados!

125 comentários:

Luise Mior disse...

Muito bacana Carla!Parabéns Lola!E quero ver o retorno hein!Lola,se puderes dar uma olhada no meu blog,agradeceria muito: você é um grande exemplo para mim!Bjs

Jonas Klein disse...

Olá Lola

Eu achei bem interessante este post, agora o assunto deste post seria muito importante que fosse discutido, nas faculdades e enfim os locais onde são formados os profissionais da área de comunicação, pois afinal de contas são eles que produzem as noticias.

Agora quanto tudo que foi dito no post, olha eu já percebi que essa forma tosca de lidar com as noticias que envolvem as mulheres, e mais predominante na mídia brasileira, em outros países a mídia ao que parece tem mais senso critico do que aqui.

B. disse...

Gente, o que dizer da nova propaganda da Bombril?

"Nós mulheres arrasamos no trabalho e ainda deixamos a casa brilhando"

Vããão tomar no rabo, ando sem paciência!

Ah, Lola, sugiro um dia um post sobre a injusta divisão de tarefas entre homens e mulheres...isso é MUITO comum, principalmente entre as classes mais pobres.

donadio disse...

"a injusta divisão de tarefas entre homens e mulheres...isso é MUITO comum, principalmente entre as classes mais pobres."

Isso é muito comum em todas as classes sociais. Naturalmente, da classe média para cima, contrata-se alguém (99,999999999999% das vezes, uma mulher) para fazer o serviço de casa. Nas classes menos abastadas, esse recurso não existe, e o trabalho doméstico é feito em sua maior parte pelas mulheres da família.

Empregada doméstica também é gente, e também é mulher. E a forma como são tratadas não é menos injusta.

Anônimo disse...

Autora do texto, parabéns, precisamos de mais pessoas como você! :-)

E B,se falar de divisão das tarefas domésticas vão falar que rica contrata empregada, logo que não podemos falar de dividir tarefas enquanto outras mulheres são abusadas sendo empregadas.

Vão te acusar de ter um feminismo é branco e burguês, pois como você ousa falar de problemas do tipo "quem lava o prato?" sendo que os filhos das emrpegadas estão lutando para serem tratados com dignidade pela polícia? SINHA!!!!



B. disse...

Já me acusaram disso, anonimo. Muitas vezes. Já tô até acostumada...um dos poucos lugares onde isso (acho) não acontece é aqui na Lola.

Cadê a Yara? haah

Odara disse...

Concordo plenamente.
E nas classes "altas" não é só o tratamento dado às empregadas que é um problema (esse é realmente terrível) mas a divisão das "tarefas" também é complicada!
Tudo bem, a dondoca não encara um tanque cheio de roupa pra lavar mas fica responsável só por cuidar dos funcionários e estar sempre linda, custe o que custar (plásticas, lipos e sei lá o que).
O homem trabalha, provê e decide e a mulher fica linda. Não é ótimo? (ironia)

D Stoffel disse...

B. Essa mídia, é um festival de abusos. Mulheres escravas do lar e objetos,essa da bombril ainda fala - o produto que evoluiu com as mulheres e tem uma que mulher é comparada com cerveja, a da Verão.

Eu me lembro desde criança da mulher sendo retratada como objeto na tv.
Tinha uma tal de Tiazinha no programa do Luciano Huck, não satisfeitos com ela só no programa, ela acabou ganhando uma série de tv.

Sem contar os programas com bailarinas e assistentes de palco. Faustão sempre na Dança dos famosos questiona o preconceito do homem na dança, diz que não tem nada a ver , mas cadê os bailarinos Faustão. Depois os homens dizem que não somos exploradas, que é tudo invenção, mimimi.

Anônimo disse...

kkkkkk B, sou eu mesma, mas sempre esqueço de assinar! como estou no trabalho tenho medo de criar conta e acabar assinando com a conta da empresa!

Essa propaganda da Bombril, pqp 2015 e esse tipo de propaganda, é de cair os butiás do bolso.


Anônimo disse...

Eu acho nauseante a representação feminina na mídia, mas tem um dia específico no ano que, quando você abre o jornal/revista/TV/internet/etc., é como como cair numa latrina. É no dia internacional da mulher.

Aqui eles batem todos os recordes. É uma avalanche de chorume, um show de horrores. Inúmeras entrevistas e comerciais de como as mulheres são felicíssimas com sua tripla jornada de trabalho, de que não conseguem se ver fazendo outra coisa além de ser capacho de marido e matriz reprodutora. Tudo isso usando salto 10, sendo magérrima e perfeitamente maquiada...

Sério, é uma data que eu sou tomada por um desejo incontrolável de me tornar Michael Douglas em Um Dia de Fúria.

Jane Doe

Camila D disse...

"A essência da propaganda é ganhar as pessoas para uma idéia de forma tão sincera, com tal vitalidade, que, no final, elas sucumbam a essa idéia completamente, de modo a nunca mais escaparem dela. A propaganda quer impregnar as pessoas com suas idéias. É claro que a propaganda tem um propósito. Contudo, este deve ser tão inteligente e virtuosamente escondido que aqueles que venham a ser influenciados por tal propósito NEM O PERCEBAM."
Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda na Alemanha Nazista

Bem que o Eduardo Marinho disse que a publicidade deveria ser considerada uma atividade criminosa.

Anônimo disse...

“Sendo ele uma fêmea incompleta, o macho passa a vida a tentar completar-se, tornar-se fêmea. Ele tenta fazer isso procurando constantemente a fêmea, confraternizando-se, tentando viver através dela e fundir-se nela, e reivindicando como suas todas as características femininas — força e independência emocionais, vigor, dinamismo, decisão, tranquilidade, objetividade, assertividade, coragem, integridade, vitalidade, intensidade, profundidade de caráter, extroversão, etc. — e projetando nas mulheres todos os traços masculinos — vaidade, futilidade, trivialidade, fraqueza, etc. Deve ser dito, no entanto, que o macho possui uma área de evidente superioridade sobre a fêmea — as relações públicas. (Ele realizou um trabalho brilhante convencendo milhões de mulheres de que os homens são mulheres e as mulheres são homens.)” V.S.

Anônimo disse...

"Ah, Lola, sugiro um dia um post sobre a injusta divisão de tarefas entre homens e mulheres...isso é MUITO comum, principalmente entre as classes mais pobres."

qualquer classe, porque empregado doméstico homem é a coisa mais rara do mundo, bem como babá homem.

Anônimo disse...

Sim anon das 14;21 mas acho que aqui estamos falando de divisão entre o casal, ou moradores da casa. Porque se for falar que a maioria das empregadas é mulher, e ela limpa,logo a divisão é injusta, a gente perde o foco.

B. disse...

Jane Doe, vc mora na Alemanha né? Se não me engano...aí também é assim? Se tem uma coisa que me irrita, é essa glorificação da dupla jornada...

Uma vez li uma reportagem de uma diarista que acordava 4h30 da manhã pra prepara comido pro marido (!!!!) e que se sentia cansada e ia dormir exausta quase a meia-noite, tudo pra acordar de novo 4h30 no dia seguinte...tudo por causa das tarefas domesticas pro marido folgado. Quando perguntado pq não dividia as tarefas com a esposa, ele disse que "chegava em casa cansado"...e ela não? Homem vagabundo!

Ah, o cara era pobre e negro. Ah lembrei, temos que ter peninha.

B. disse...

Sim, anonimos e donadio 9acho), eu me referia apenas aos moradores da casa.

Mila disse...

Respondido! Muito bacana a pesquisa!

B. disse...

Ah, antes que me crucifiquem, o cara da reportagem disse que era dever DELA, da esposa, o trabalho do lar.

Anônimo disse...

AS FAMOSAS CHACRETES VIERAM BEM ANTES DAS BAILARINAS DO FAUSTÃO, ISSO AÍ JÁ É TÃO ANTIGO QUANTO MINHA VÔ, LITERALMENTE.

Anônimo disse...

Até ia responder a pesquisa, mas quando vi esse troço de "cissexual" bem no começo desisti...

Anônimo disse...

Então, B.
você está se referindo a mídia ou a sociedade em geral?

Os comerciais são semelhantes em muitos aspectos - mulheres sempre protagonizam propagandas de produtos de higiene e limpeza, comerciais de carro sempre são homens, esse tipo de coisa.
Porém tem bem menos objetificação, quase não se vê mulher semi nua apresentando produtos e alguns comercias de cerveja se salvam, como esse p. ex.:
https://www.youtube.com/watch?v=wx8Au2eopbE
Esse aqui é engraçado por que a garçonete entende a fala inteligível dos clientes estrangeiros mas não entende o alemão de Bayer: https://www.youtube.com/watch?v=fvUPGLwebAI
=P

Falando bem por cima da sociedade em geral, por que não é bem o tema do post: Aqui é muito mais comum ver homens na rua, supermercado, consultórios médicos sozinhos com filhos pequenos, mesmo bebezinhos de colo. Parece que em casa eles também fazem mais, mas está muito longe de ser ideal. O que se espera é que, depois dos filhos, as mulheres se ocupem exclusivamente com a família. Tudo é estruturado, inclusive as políticas públicas, para que as mulheres não retornem ao mercado de trabalho.
E só um adendo - o mercado de trabalho aqui é EXTREMAMENTE discriminatório para "não homens 100% alemães".

Jane Doe

Raven Deschain disse...

Mulheres amam a uitlidade do homem?

Qur utilidade?

Conheço uns que nem a cueca tiram. Pedem pra mãe, esposa ou namorada tirar. Oo

Aonde que um bicho desse é útil?

E gente, sério que paramos com "radsxtrans" pra começar o "sinhásbrancasxempregadaspretas"?

Desculpem, mas a falta de empregadas de vcs não me interessa. Alguém disse no post anterior que lutamos as lutas que estão ao meu alcance. Assim sendo, eu luto pra que minha vó não precise limpar a casa de ninguém. Seja uma patroa branca ou preta.

Mila disse...

Durante a faculdade, atuei bastante em grupos de crítica de mídia e os resultados não são muito animadores. Dentro das 3 esferas: publicidade, jornalismo e cinema/TV, o tratamento dado às mulheres é sempre superficial e raso.

Fazendo uma análise rápida, vejo o padrão de beleza norteando as diferenças de tratamento entre as mulheres. Brancas, jovens, loiras e magras possuem um "privilégio", por assim dizer, em relação às outras reles mortais. Pelo menos são representadas: estão nas novelas, capas de revistas e bancadas de telejornais. Por outro lado, são relegadas a funções superficiais. São bibelôs do mundo. Ora moças de família, ora sedutoras enganadoras de homens. Ainda há a dicotomia de mulheres brigando por homens, a amizade feminina nunca é exaltada, pelo contrário, costuma ser abalada quando ambas estão interessadas no mesmo homem.
Gordas, moças com algum sobrepeso ou que engordaram um pouco (ver caso Fernanda Gentil), mulheres mais velhas, negras, homossexuais "não-femininas" ... cada uma carrega seu próprio "fardo", com estereótipos muito marcados: a gorda cômica e tarada; a negra doméstica; a mulata sensual etc. E falando no jornalismo, ainda temos a invisibilidade de mulheres negras e/ou gordas como profissionais de comunicação. Ou alguém ainda acha que só quem forma em jornalismo são garotas jovens, brancas e magras? Basta dar uma olhada para quantas jornalistas gordas, negras e mais velhas vemos na TV, como repórteres ou ancorando telejornais.
Em relação à mulher como pauta, o valor-notícia costuma girar, normalmente, a redor de nossos atributos físicos e o encaixe ou não no padrão (ex. jornalismo punheteiro: galeria de "musas", crítica da moça que engordou, da roupa). No caso das mulheres negras, destaco que a beleza delas só é ressaltada no carnaval, onde a mídia foca o tempo todo na nossa carne nua, evocando o caráter "pecaminoso" da mulher negra. Findo o carnaval, hora de voltarmos à cozinha.

Jonas Klein disse...

Anon retardado das 16:03

Por acaso você já viu alguém, amar a quem não tem nenhuma utilidade? eu não, nem a pessoa mais linda do mundo, consegue amor sem ser útil, com a beleza você só consegue e despertar a tesão aleia.


Por fim só tem algo que mais atraente que beleza das pessoa, e a sua utilidade.

Anônimo disse...

tava demorando pra macho vir aqui chorar que mulher só quer homem bonito e é tudo interesseira.
quem gosta de exibir mulher como troféu é homem, principalmente se for rico, gosta de ter a loira peituda do lado. esses que ficam chorando de mimimi morrem de inveja dos caras que estão pegando as mulheres que eles julgam que merecem ter. admitam que vocês fazem um processo seletivo pra querer mulher, só que são tão chatos que ninguém quer se "candidatar"

Anônimo disse...

Anon 16:51

Onde eu disse que mulher so quer homem bonito? Onde tu leu a palavra 'interesseira'?

O que eu AFIRMO que as bonitas pobres gostam de homens uteis, as feias, as gordas e as ricas que gostam de homens bonitos.

Anônimo disse...

Quem quer homem por essa suposta "utilidade" é por interesse, interesse nessa utilidade que vc está apontando, logo... quem tem interesse em algo é interesseiro.

E já que está afirmando com caps look, mostraí o link da pesquisa com esse dado. Com metodologia para distinguir bonita e pobre.

Anônimo disse...

"quem gosta de exibir mulher como troféu é homem, principalmente se for rico, gosta de ter a loira peituda do lado."

Verdade, porem esse homem continuaria amando-a mesmo numa ilha deserta.

"esses que ficam chorando de mimimi morrem de inveja dos caras que estão pegando as mulheres que eles julgam que merecem ter."

Nunca morri de inveja dos homens que estao ao lado de alguma mulher bonita, pois eu sei que ele se esforça e muito pelo 'amor' dela.

"admitam que vocês fazem um processo seletivo pra querer mulher, só que são tão chatos que ninguém quer se candidatar"

Ate se candidatam... mas sao mulheres inviaveis.

Anônimo disse...

Anon 17:04

Interesseira vem da palavra interesse... correto seria afirmar que as mulheres sao utilitaristas (vem da palavra utilidade), isso é verdade pois OS HOMENS se mostram utilitarios para conseguir a aprovaçao delas. So existe a caça pois ha o caçador e vice-versa.

Raven Deschain disse...

Tou tentando entender, anônimo, qual seria essa "utilidade". Lavar a louça? Trocar um pneu? Ir no cinema?

Porque assim, isso não utilidade. É obrigação.

Menos a parte de ir no cinema. Odeio. Ninguém deve ser obrigado.

Anônimo disse...

Para de delirar e mentir descaradamente, mascu. Se é que isso é possível pra vocês... Mas essas regrinhas batidíssimas e patéticas que vocês repetem feito papagaios sobre como as coisas funcionam não fazem o menor sentido na realidade. Tenho que concordar com o Jonas, você é retardado ¬¬

Anônimo disse...

E outra coisa anon 17:04...

É so tu observar nas escolhas dessas pessoas que tu vira que isso se comprova, nao precisa de pesquisa.

B. disse...

Claro que veio homem aqui desviar o assunto. Parem de dar corda.

Anônimo disse...

Raven, se um dia tu namorasse um bonitao, tu ia querer passear em publico (inclusive cinema) com ele toda hora, para ser notada!

Anon 17:13

Nao é teoria mascu (vai la e ve se encontra em algum artigo ou forum masculinista), é fato!

Anônimo disse...

Nao B., nao é para desviar do assunto, no meu 1º comentario afirmei que a midia mostra os homens e as mulheres de uma forma diferente, pois os homens amam a aparencia das mulheres e as mulheres amam a utilidade do homem (algo a ver com a postagem), quem desviou do assunto, foram os que contra-argumentaram.

Anônimo disse...

Por que vao mostrar a aparencia dos homens e a utilidade das mulheres, se ninguem gosta? Tem que mostrar o que da audiencia.

Anônimo disse...

chamou a raven de gorda, feia ou rica?

Anônimo disse...

interesse
in.te.res.se
sm (lat interesse) 1 Conveniência, lucro, proveito, vantagem ou utilidade que alguém encontra em alguma coisa. 2 Ganho, proveito, vantagem. 3 Juro de um capital depositado. 4 Sentimento egoísta ou de cobiça, desejo de um proveito pessoal que tudo sacrifica aos ganhos pecuniários. 5 Importância. 6 Atrativo, simpatia. 7 Cuidado, diligência, empenho a favor de alguém ou de alguma coisa.
Interesse em algo, no caso, interesse na "utilidade".


Homens amam essas mulheres. Como amam. Amam tanto que basta ficar velha pra trocar por uma mais nova, oh amor! Amam tanto que traem.

Se vc está rejeitando essas inviáveis, não reclame dos outros que tem
seus interesses. Se a vida fosse assim, homem pobre e desempregado não tinha mulher.

Cadê a pesquisa que mostra que as "bonitas pobres" querem a "utilidade" dos pobres homens?

Anônimo disse...

Quero dizer poucas mulheres gostam de homens bonitos e nenhum homem gosta de mulher util.

Anônimo disse...

A real é que os homens se mostram úteis pras mulheres pra enganar as trouxas que acreditam que eles realmente servem pra alguma coisa e acabam achando que pode ser bom ter um bosta inútil desses na vida delas. Daí depois que eles conseguem prender a otária e fazê-la de escrava doméstica e sexual eles mostram a real face imprestável (se utilizando dela pra limpar a casa, lavar as cuecas freadas, tranquilizar e alimentar o ego dele, inclusive fingindo orgasmos e servindo como depósito pro esperma dele - quem é utilitarista aqui mesmo, mascuzão demente?)

Natasha disse...

Empregadas recebem salário, donas de casa são escravizadas, tem diferença.
Minha família é enorme, acho que só um ou dois tios fazem algo em casa. Na minha casa, era eu ou minha mãe. Bando de inúteis que não faziam porra nenhuma e ainda tinham coragem de reclamar que a casa tava suja.
Coisas que os machões n faziam, pai e irmão:
Não lavavam nem o prato que sujavam, jogavam o lixo do lado da lixeira mas n dentro(preguiça de abrir o lixo, coitadinhos...), se a gente n fizesse café ficavam com vontade mas não faziam, meu irmão raramente queria arrumar o seu quarto, muito menos eu, por isso ficava imundo. Foi a única coisa que consegui deixar de fazer, no resto quando eu reclamava, fingiam que concordavam que era injusto eu fazer tudo e ficava por isso mesmo.
Uma época queriam que EU pusesse comida para o inválido do meu irmão, coitadinho com 10 aninhos, era incapaz de por a própria comida!!! Não fiz mesmo, abuso demais.
Em outra época meu pobre irmão exigindo que eu fizesse a comida na hora que ele indicou porque quando ia comer ficava frio e ele ameaçou n comer kkkkkkkkkkk Mandei tomar no cu kkkkkk Morre de fome!
Infelizmente n dava para mandar meu pai pastar tb.
Meu pai ia comer e n podia esquentar a própria comida, minha mãe tinha que fazer isso.
Não arrumavam a casa, não lavavam roupa, uma vez na vida e outra na morte limpavam o quintal.
Vida de rainha que toda mulher leva.

Anônimo disse...

Homens que são utilitaristas e usam as mulheres inclusive como incubadoras pra reproduzir e cuidar dos bostinhas que dão continuidade ao legado de merda deles.

Anônimo disse...

Anon 17:21

Por isso que digo, os homens amam a aparencia da mulher, quando ela 'vence', ela é trocada por uma mais nova.

Tu conhece algum homem desempregado (nao bandido) que namore ou que é casado?

Nao é pesquisa, é fato observado!

Anônimo disse...

Homens não amam as mulheres, homens amam a submissão e a servidão das mulheres.

Anônimo disse...

Anon 17:22

A mulher é 'amada' em si, mesmo que seja exclusivamente sexual.

Anônimo disse...

Anon 17:26

Os homens tambem amam o orgao reprodutor feminino (e é a mulher em si, sim, faz parte do corpo dela).

Natasha disse...

Ah é a desculpa que me davam é que eles trabalhavam para me dar as coisas... Legal, então pq meu irmão macho ganhava as coisas fazendo porra nenhuma???? Ridículo!

Nós sempre somos objetificadas em comerciais, sempre diminuídas, somos só bundas e escravas do lar.

Anônimo disse...

Mulheres não são exclusivamente sexuais, acorda mascu idiota do caralho!

MULHERES NÃO SÃO BUCETAS AMBULANTES. CHEGA DE SE PROJETAR NAS MULHERES, MACHARADA ESCROTA!

MULHERES, NÃO ACEITEM MAIS SER PROJEÇÕES DOS DESEJOS DOS HOMENS. SE UNAM, SE FORTALEÇAM. LUTEM DE VOLTA :)

D Stoffel disse...

São esses estereótipos aí, que ajudam manter o patriarcado. Colocando a utilidade do homem nos status. Assim garantem que o homem corra atrás de dinheiro e poder, enquanto a mulher fica presa nos padrões de beleza, servindo de objeto sexual, com pouco poder econômico, e com seu prazo de validade estipulado, pelo o que os homens consideram atraente.

Jonas Klein disse...

O cara não consegue diferenciar amor de interesse sexual e ainda quer poça de sabe tudo aqui kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk patético kkkkkkkkkkk, cara vaza daqui e o dia que você aprender alguma coisa sobre vida ai a gente conversa.

Anônimo disse...

Mascus são caricaturas patéticas do macho burro, misógino bitolado, retrógrado, frustrado, fracassado complexado e totalmente obsoleto. Os dias miseráveis de vocês estão contados, seus vermes.

Raven Deschain disse...

Pois é Natasha. As mulheres da minha família servem a comida no prato dos caras tb. Uma amiga canadense me disse que isso lá não tem, não. o marmanjo que levante e pegue a própria comida. Eu hein?

O dia que eu servir o prato do meu marido vai ser pra colocar veneno, porra. Huahu

E mascu, odeio te decepcionar, mas meu marido está desempregado e continuamos casados. E ele é bonito ué. Mas eu continuo odiando cinema mesmo assim (não entendi a conexão, aliás).

E olha, como disse a Julia, vamos manter as ofensas num nível aceitável. Me chamar de rica não!

Anônimo disse...

uma lista de desculpas masculinas:

. é apenas uma piada
. homens são assim mesmo
. você está sendo muito emocional
. mas eu sou um homem, eu tenho necessidades viris!
. mas (tipo X, Y ou Z de assédio contra as mulheres) é apenas expressão masculina!
. mulheres realmente gostam do que eu faço!
. é culpa das próprias mulheres se eu as trato como merda!
. outra garota me disse que está tudo bem tratá-la como merda, então eu vou presumir que o mesmo se aplica a você
. mas a nossa testosterona apenas nos faz ser desta forma!
. homens apenas não conseguem evitar!
. você precisa ouvir a lógica (ele acha que os sentimentos dele são lógicos)
. você me entendeu completamente errado, deixe-me reformular a mesma coisa, mas com uma linguagem mais floreada para que isso não soe tão ruim
. quando as ações dos homens contradizem o que eles dizem, mas eles agem como se você fosse obrigada a considerá-los pelas palavras deles de qualquer maneira
. quando afirmam que as intenções deles importam mais do que as consequências dos atos deles
. quando minimizam as consequências dos atos deles
. quando lhe dizem como você "deveria" sentir ou reagir
. "deixe-me explicar isso para você"
. quando pensam que compreendê-los significa a mesma coisa que concordar com eles e discordar significa que você não entende
. "mas eu posso dizer isso porque você sabe que eu não quero realmente dizer isso" ou outras reivindicações de status especial só para eles
. "você me conhece, você sabe que eu não diria isso dessa maneira"
. quando eles pulam para a uma conclusão extrema que não tem nada a ver com o que você disse
. "mas é um instinto natural do homem, você não pode culpá-lo por isso"
. quando eles afirmam que é opressivo responsabilizá-los pelas ações deles
. "essa é apenas a forma como as coisas são" ou qualquer variação disso
. "mas homens precisam de sexo!"

anon A. (radfem) disse...

Também não 'pude' responder o questionário. 'Mulher cissexual' é uma piada considerando o que eu me ferro por ser GNC. Além de eu discordar do termo 'cis', que implica que mulheres que não transionam se identificam com os esteriótipos de gênero atribuidos ao sexo feminino. Faria mais sentido se a autora tivesse separado a pergunta em "Qual seu sexo?" e "Qual seu gênero?", com as opções "feminino, masculino e intersex" para a primeira pergunta e "feminino, masculino, crítico de gênero/GNC/agênero (ou semelhantes)" para a segunda. Anyway, apenas é importante que a autora saiba que parte do público do blog vai decidir não responder o questionário devido a esse problema, então você obterá respostas parciais de apenas um pedaço dos leitores.


A caixa de comentários estava bastante interessante com a discussão sobre tarefas domésticas até que de repente todo mundo passou a dar papo para o mascu troll...

Natasha disse...

O dia que eu servir o prato do meu marido vai ser pra colocar veneno, porra. Huahu

kkkkkkkkkkkkkkkk só assim mesmo

Anônimo disse...

O mundo seria perfeito se ... tudo tivesse começado ....

no período neolítico dessa forma ...


A mulher mandasse a escolher qual o animal seria caçado e escolhesse qual o cardapio que desejasse a ser feito pelo homem
O homem passasse a limpar as cavernas
As mulheres escolheriam se queriam procriar com os homens ou Ter relacionamento com mulheres

As mulheres passariam todo o tempo. Desenvolvendo os primeiros códigos da escrita

Pulando para época medieval ....
Quem seriam as intelctuais e imperadores seriam as mulheres ...

... as mulheres semprevestavam fora das decisões ... Invencoes ? Por milenios q as mulheres são tratadas como reprodutoras !!!!!!! Vamos reverter isso ! Voz + união e força às mulheres !

Anônimo disse...

Sim.

Anônimo disse...

Notas do Patriarcado

Mulher: Eu sou inteligente.

Patriarcado: Bom, então provavelmente você é feia.

Mulher: Eu sou criativa.

Patriarcado: Você quer dizer pouco atraente, né?

Mulher: Eu realizei coisas incríveis.

Patriarcado: Aham, mas olha como você tava feia fazendo tudo isso.

Mulher: Eu tenho valor.

Patriarcado: Não se você é feia. Hahaha!

Mulher: Eu estou dentro do padrão e postei selfies no meu blog.

Patriarcado: Eu estou cansado dessas mulheres fúteis que só se importam com a sua aparência. Só porque você é atraente e ganha atenção dos homens não significa que você é especial ou merece respeito. Por que você não lê um livro ou faz alguma coisa produtiva, sua vadia burra?

Por: Sereia da Misandria

Anônimo disse...

Frases para mulheres praticarem:

- Isso não é engraçado.
- Isso é inapropriado.
- Não ligo para o que você pensa.
- Por que você está me dizendo isso?
- Isso não me faz bem.
- Não faça isso!
- Estou indo agora.
- Não sou obrigada.
- Isso não é necessário.
- Não!
- Tchau!
- Você me interrompeu.
- Não terminei de falar.
- Você está me deixando desconfortável.
- Saia!
- Deixe-me sozinha.
- Não fale assim comigo.
- Eu sei o meu valor, sua opinião não importa.

http://41.media.tumblr.com/6f54aa4b5d3fcbf8e1f37745b7338731/tumblr_nsi1739wYf1qeafm6o1_1280.png

Anônimo disse...

2015 e ainda existe guerreiro de um real de mimimi com a história do pobre bonzinho que não consegue namorar a menina (enquanto isso povo tá casando e tendo filhos as pencas)... Meu filho, essa bobajada aí já tinha cansado na época que o orkut ainda fazia sucesso.
Ou vc é muito novo e não pegou essa época ou já deve estar adulto e tá na hora de sair da internet, dos foruns mascus da vida e ir pra vida real. Ser bobão quando se é adolescente ainda vai, em adulto fica feio demais... Vai estudar, trabalhar, sair com pessoas mais positivas, fazer um trabalho voluntário. A vida é muito curta pra tanta besteira!
Que canseira, rsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Na minha família algumas mulheres também colocam o prato dos maridos, são as únicas responsáveis por cuidar dos filhos, fazer tudo em casa mesmo trabalhando fora, mas ao contrário da maioria que faz isso são mulheres independentes, bem fortes aliás, que até "mandam" no casal, mas bancam as mãezonas dos caras.
No fim o resultado é o mesmo, mesmo não sendo submissas, trabalham muito mais que eles... O cara fica de bobão, desajeitado, incapaz, mas ainda assim se sai bem e trabalha menos.

Ingrid Bezerra disse...

Respondi o questionário. :)


^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

Concordo e assino com o anônimo 6 de agosto de 2015 20:58.
É isso aê, essa gente cansa! affffz

Thaís disse...

Que orgulho! Entro no blog da Lola e vejo um texto da Carla, que foi minha professora ano passado. Muito bom o texto, Carla! Essa discussão é relevante não só para a área de comunicação, mas para a sociedade toda.

Danilo Muller disse...

não 23:00 graças a deus eu gosto de xxt kkkkkkk mas falando serio as mulheres dão muito mole a maioria tem medo de cobrar os namorados na hora do sexo pra não perder o cara por isso os homens usam e abusam muitas mulheres são inseguras não acham que tem valor claro que tem homens na mesma situação mas o homem em comparação com a mulher do mesmo nivel tem ego maior é só notar homens bonitos se acham até mais que mulheres bonitas eles que escolhem a mulher e não ao contrário.

Donna Nyckynha disse...

"A mulher mandasse a escolher qual o animal seria caçado e escolhesse qual o cardapio que desejasse a ser feito pelo homem
O homem passasse a limpar as cavernas
As mulheres escolheriam se queriam procriar com os homens ou Ter relacionamento com mulheres"

Sim,houve sociedades assim,mas a maioria foi pela via mais facil em prol da cria.Tudo era para a cria.Nao existia disputas.

"As mulheres passariam todo o tempo. Desenvolvendo os primeiros códigos da escrita"

e quem falou q foram os homens?
A probabilidade maior foram nossas ja q viviamos a cuidar da prole.E note q no patriarcado as mulheres nao tem voz pra nada,nem pra reconhecimento.

Pulando para época medieval ....
Quem seriam as intelctuais e imperadores seriam as mulheres ...

aff sera q haveria uma epoca medieval?sera q nao existiria outras concepçoes,mais avançadas ou nao?
creio q mais avançadas se trabalhassemos juntos,sem querer pisar nas mulheres.

... as mulheres semprevestavam fora das decisões ... Invencoes ? Por milenios q as mulheres são tratadas como reprodutoras !!!!!!! Vamos reverter isso ! Voz + união e força às mulheres !"

exatamente,mas reverter nao é uma palavra correta.Soa como vingança.

Donna Nyckynha disse...

digo a probabilidade maior no conceito tipico de pre historia.
existiam outras concepçoes de sociedades

e pra falar a vdd a palavra homem=humanidade.

seres do sexo masculino eram denominados com outro nome.

Anônimo disse...

Escreverei de um jeito bem simples para os machos entenderem:

Gostar de enfiar o pau na buceta não significa gostar de mulher.

Esta caixa de comentários ilustra o que eu disse antes: homens não amam mulheres, pois homens nem mesmo suportam a presença feminina fora do contexto sexual. Enquanto as mulheres querem estar na companhia de homens, querem conversar, compartilhar o tempo juntos, homem quer distância de mulher.

Eu nem ligo que seja assim. O que eu não aceito é que homens chamem isso de amor. As Mulheres precisam deixar de se iludirem a respeito dos homens. Homens não amam mulheres. Ponto.

Odara disse...

Também repondi o questionário:)

Anom 06:43,
Pois eu tenho amigos homens, heteros (gays também), que nunca enfiaram nada em mim e que conversam e compartilham o tempo comigo há muitos anos (mais de 20!).

D Stoffel disse...

Danilo eu vou ter que concordar com vc, e maioria nao gosta de vagina, gosta de buraco. Muito homem nao vê problema nenhum em transar como ativo com outro homem e passivo com travesti, pra eles é até melhor alguns acham que travesti é uma mulher completa. Eu sei o que estou falando, já tive muitos amigos homens. Eu acho que tem muito mais, muito mais gay que lésbica, não só pelos prazeres anais como pelo machismo falocentrismo. Homem é criado pra gostar de pênis tocar no pênis, e com o machismo deles sempre achando que o homem é melhor .E mulher claro é criada pra ter nojo de vagina, nao podia dar em outra. Sobre homem bonito e mulher bonota vou concordar também, é só vê como esse galanzinhos se acham, tipo Caio Castro.

Anônimo disse...

Mulheres gostam de homens e homens gostam de homens. Fato!

Danilo Muller disse...

d stoffel Só nao generalize porque ainda tem homens que amam e respeitam as mulheres. caio castro é uma prova disso tambem a namorada dele é do mesmo nivel dele bonita+rica e mesmo assim o cara se acha mais do que ela mas isso não quer dizer que essas caras sejam gays tem toda uma pressao pra ser machao pegar varias o luan santana é chamado de viado só porque não aparece com mulher toda hora.

donadio disse...

"Tou tentando entender, anônimo, qual seria essa "utilidade"."

Qual é a "utilidade" de uma pessoa - qualquer pessoa? "Utilidade" é uma característica das coisas, não dos seres humanos.

Até por que só poderíamos ser "úteis" para outras pessoas. E essas outras pessoas, são "úteis"? O motorista de uma quadrilha de assaltantes é "útil" para os seus cúmplices, nem tanto para as vítimas. Se a função de alguém na vida é produzir, sei lá, meias, é uma pessoa "útil"? Mas e se a maioria das pessoas que usa as meias que ela produz forem "inúteis"?

Esses critérios malucos de gente maluca são decorrência do nosso processo de desumanização: estamos nos acostumando a ser tratados como coisas, e a ser avaliados como coisas.

donadio disse...

"Empregadas recebem salário, donas de casa são escravizadas, tem diferença."

E você, preferiria ser empregada a ser dona-de-casa?

Maluquice, a gente vê por aqui.

B. disse...

Vamos parar de falar em pré-história e falar da vida atual? Obrigada, de nada.

Não creio que existam mulheres que servem prato de marido...Bom, mas também não duvido de nada, conheço mulheres que dizem "deixa o copo aí querido, que a gente lava". Podem me crucificar, mas existe mulher que gera a própria opressão.

Donadio, acho que a Natasha só se expressou mal mesmo. Ela só falou que a empregada e a dona-de-casa fazem serviços domésticos, mas a primeira recebe um salário (merreca, como se sabe) e a outra, 0 reais. Penso que ela não estava glorificando a profissão.

Raven Deschain disse...

Existem B. E numa quantidade assustadora.

Gente, o que houve com o post de hj? Tava lendo, a página atualizou e agora sumiu? O-o

Bizzys disse...

Natasha, seu primeiro comentário me lembrou da situação lá de casa: meu irmão também fazia isso de jogar lixo fora da lixeira! Às vezes o inútil colocava o lixo EM CIMA DA TAMPA, mas era incapaz de abrir a lixeira e jogar lá dentro. As roupas sujas ele deixava atrás da porta do banheiro, minha mãe tinha que pegar e levar para a área de serviço e pôr no cesto. E a toalha usada depois do banho ficava no box, ele também era incapaz de levar para a área e pendurar lá (acho que ele é assim até hoje, mas felizmente já saí de casa e não sou mais obrigada a ver isso).

Quando morava com eles eu ajudava nos serviços domésticos, mas ele não precisava fazer nada porque "era homem". Até a cama do meu irmão eu precisava arrumar, até que um dia cansei e me recusei. Resultado: a cama dele passou a ficar desarrumada sempre, porque ele não se dignava a fazer isso.

E ainda tem gente que diz que mulher ama a "utilidade" do homem. Homem em geral só serve para dar trabalho para as mulheres, estão aí mil exemplos disso.

lola disse...

Sim, desculpe, pessoal! Eu tinha agendado o guest post do Robson pra hoje, mas como ontem estive em Brasília e assisti a uma audiência sobre aborto no Senado, quero escrever sobre isso. Estou terminando o post, já já publico!

Natasha disse...

Foi isso que eu disse B., a empregada pelo menos recebe algo, já a dona de casa é escravizada mesmo.
E existe sim mulher que serve comida no prato do macho, eu conheço uma, minha mãe n faz isso mas tem que esquentar a comida pq o coitadinho do meu pai n pode, pqp!

E falando de como n passamos de objeto de decoração do patriarcado, lembrei de uma cena na farmácia que mostra que somos tratadas assim desde que nascemos.
Tinha uma mulher com sua filha que deveria ter no máximo 1 ano e a garota estava chorando muito, pensei que tinha tomado alguma vacina, mas não, escutei a mãe falando com os funcionários que ela tinha furado orelha e todo mundo lá dizendo que era pelo susto????? Porra! Ter a orelha furada com um pistola não tem nada a ver com isso não é? Devia estar doendo para cacete.
Se nasceu menina tem que por brinco para ficar bonitinha e todos saberem que é menina, foda-se a dor, nem passa na cabeça das pessoas esperar a criança crescer e decidir isso por conta própria.

Natasha disse...

Bizzys

É escrotice demais né? Também fazem isso com as toalhas, fica mofando no banheiro, depois querem reclamar que tá suja!! E falam como se fosse um absurdo estar suja e eles n tivessem nada a ver com isso, nem como evitar, levar para secar na corda ou lavar é demais para macheza deles.
Se mijam na tampa do vaso sem querer, n se dignam a limpar. Uma vez fiquei puta porque mais uma vez só eu tinha que fazer a comida e me recusei a fazer, falei que era pro meu pobre irmão cozinhar e minha preferiu fazer do que mandar o trouxa do meu irmão ajudar em algo.

E tem gente que n entende pq quero distância de homem. Antes de só que mal acompanhada, tb moro sozinha, é o paraíso.

Odara disse...

Então esse negócio de roupa suja atrás da porta do banheiro tem precedentes? Rsssrss
É que meu filho de 11 anos faz isso às vezes. ...quando ele faz, eu vejo, chamo bem calma e fico esperando ele arrumar (levar para o cesto).
E ele faz a própria cama, lava louça (o prato dele sempre e ajuda com panelas e travessas com frequência).
Acho que as mães (e os pais, claro! ) tem uma grande responsabilidade na educação das crianças que podem se tornar machistinhas autoritários ou caras legais e submissas de carteirinha ou independentes com visão crítica.

Anônimo disse...

"A real é que os homens se mostram úteis pras mulheres pra enganar as trouxas que acreditam que eles realmente servem pra alguma coisa e acabam achando que pode ser bom ter um bosta inútil desses na vida delas. Daí depois que eles conseguem prender a otária e fazê-la de escrava doméstica e sexual eles mostram a real face imprestável (se utilizando dela pra limpar a casa, lavar as cuecas freadas, tranquilizar e alimentar o ego dele, inclusive fingindo orgasmos e servindo como depósito pro esperma dele - quem é utilitarista aqui mesmo, mascuzão demente?)"


Pq nao conheço mulheres assim? Só conheço iludidas

Anônimo disse...

Conheço mulheres que pensam que a suprema felicidade da vida é encontra um homem que "ame" ela, nem ouso discordar, pois parece um axioma

Anônimo disse...

http://www.sul21.com.br/jornal/o-casamento-e-um-risco-para-a-vida-das-mulheres-diz-medica-especialista-em-saude-mental-feminina/


“O casamento é um risco para a vida das mulheres”, diz médica especialista em saúde mental feminina


Não me relaciono com homens prezo pela minha integridade emocional

Anônimo disse...

"Homens não amam mulheres."

Verdade, homens só se relacionam com mulheres ou superficial/socialmente ou conversam bastante pra tentar seduzir - comer.

Anônimo disse...

Ops Errei

Natasha

Que historia bem absurda isso, em situações como esta não lhe parece que as próprias mulheres e que deveriam repensar a sua forma de agir?

E que não venha me dizer que para agrada homem que uma mãe fura a orelha de uma criança de um ano de idade, pois e 99,9% certo que não foi pai da menina nem qualquer outro homem que pediu para fazer esta maldade com a menina.

Anônimo disse...

Muitas mulheres negam isso, parece duro demais mas é verdade. Mulheres sao muito alienadas.

Homens se relacionam com mulheres mas não pq amam. Me lembrei de uma frase cheia preconceito que ilustra isso "Se eu não gostasse de pobre não colocaria eles pra lavar o meu banheiro."



Jonas Klein disse...

O das 13:40, fui eu que postei. Não sei porque saiu anonino.

Anônimo disse...

Errou o que? Primeiro postou exatamente o mesmo comentário como Jonas e agora como anônimo sem assinar. Errou o que? O Jonas é fake?

Anônimo disse...

13:40, furam a orelha das meninas aqui - no Brasil - porque é isso que todo mundo faz. Meninas tem orelhas furadas para usar brinquinhos. Em outros países não tem esse hábito tanto que quando a Gisele Bundchen furou a orelha da filha dela os americanos ficaram chocados. É cultural. É da cultura daqui mulheres serem objetos decorativos desde que nascem, tendeu? E é machismo do mesmo jeito, não precisa um homem ter mandado diretamente.

Anônimo disse...

Acreditei nisso a vida inteira. Sempre discordava quando HOMENS diziam que não existe amizade entre homens e mulheres. SEMPRE DISCORDEI e dizia que eu mesma tinha amigos. Até que me dei conta que essa tal amizade era muito mais um sentimento meu do que nosso. Hoje, acredito no que homens falam. Se eles mesmos dizem que essa amizade não é real, que ela não existe, quem sou eu pra duvidar? Agora, claro que homens conversam normalmente, afinal, ou querem te comer ou precisam de você pra alguma outra coisa. Se pergunte se você pode contar de verdade com eles. Você vai perceber que sempre que você precisou de algo fraterno de verdade, eles estavam muito ocupados.

Anônimo disse...

é verdade e os gays são machistas, eles idolatram pirocas. eu não acredito que so tenha 10% de gays no mundo nem a pau!

Anônimo disse...

Antes furavam na maternidade! Agora, pelo menos, não fazem mais isso.

Natasha disse...

Jonas

Sim é para agradar homens, como falaram é cultural, nem precisa mandar, muitas meninas já saem da maternidade com a orelha furada, mal nasceu e já abusam do corpo delas.
É claro que um macho ia falar q n tem nada a ver com machismo.

E sobre as donas de casa, elas tinham q reagir sim, mas ficaram assim novamente pelo machismo.

Anônimo disse...

Fato. E um fato que eles sempre repetiram com orgulho. Foi isso que eu percebi. Quem nega isso são as mulheres, que gostariam muito que os homens nutrissem por elas o mesmo afeto que elas sentem por eles. Mas se você reparar, os homens sempre disseram isso. O que eu fiz? Parei de duvidar. Se eles dizem que só falam com uma mulher quando querem comer essa mulher, eu não duvido mais. Se eles dizem que não existe amizade entre homens e mulheres, eu não duvido mais. Eles dizem, eu acredito. E eles repetem isso há séculos!!

Anônimo disse...

Natasha,
Parece que muitas maternidades não permitem mais isso. Pelo menos é um avanço.

Natasha disse...

Não fazem mais na maternidade? Menos mal.

anon de 13:56

Já me fudi com isso uma vez, um cara queria supostamente ser meu amigo, minha amizade, aceitei porque ele parecia legal, até que um belo dia tentou me agarrar enquanto a gente via um filme na casa dele. Porco nojento!
E ainda falou que eu dava sinais de que queria algo com ele???!! Quais sinais? Conversar, ser legal??? Vão tomar no cu!!

Raven Deschain disse...

Legal, Lola. Vou aguardar. ^^

Anônimo disse...

Qual o problema de gay gostar de pênis? Não é o esperado?

Anônimo disse...



Homens idolatram pênis não só gays, quem nunca viu um desenho de pênis na carteira da escola. Não tem muito hétero no mundo, isso é uma ilusão, um homem troca uma mulher por qualquer buraco apertado. É um recado pras iludidas

Anônimo disse...

Mas é isso!! Como homem só é bacana com mulher quando quer comer, eles acham que se você responde bom dia quando eles te cumprimentam, você tá louca pra dar pra eles.

Jonas Klein disse...

Anon 14:08

Ate um certo ponto você tem razão, o problema e que você esta partindo do ponto de vista que o cara só por ser homem ele quer sexo contigo, o que um erro, e aqui esta o detalhe o fato de você ser mulher não gera atração sexual automaticamente.

E responde uma pergunta você só tinha este cara como amigo? se tinha mais amigos homens os outros também agiram mal assim?

De qualquer forma e importante avaliar casa caso como uma situação aparte.

Anônimo disse...

14:06, também passei acreditar no que eles dizem. Por isso não julgo mais de machistas mulheres que se aproveitam disso pra tirar vantagem. Acho é pouco. Vai ver elas sempre estiveram certas e enxergaram isso antes de nós.

Raven Deschain disse...

Que situação a parte o quê Jonas?

Se vc não sai agarrando suas amigas, massa. Mas a maioria dos caras com quem eu tenho amizade já tentaram me agarrar tb.

Jonas Klein disse...

Reven

Situação a parte que eu digo, e você teve amigos e os caras nunca saíram te agarrando ou passando a mão no sua bunda e coisas do tipo.

O cara que sai agarrando amiga e porque não sabe fazer a cabeça de uma mulher, pois quando sabe vai deixando clima esquentar aos poucos, ai se o sexo vier a ocorrer vai ser de uma forma natural sem forçar nada a barra.

Raven Deschain disse...

Jonas, fazem sim.

A maioria das mulheres vai poder te garantir isso.

Anônimo disse...

jonas ce num trabalha não filho? passa o dia todo aqui

Anônimo disse...

jonas e raven deviam namorar

Jonas Klein disse...

Reven

Ate esqueci de dizer, isso tudo que disse acima partindo do ponto de vista que o cara queira sexo contigo, o que como eu já disse, só o fato de você ser mulher não quer dizer o seu amigo do sexo masculino vai querer algo a mais com você.

Além disso e bom lembrar que quem diz que impossível haver amizade pura e simples entre homem e mulher normalmente são caras machistas, só ai já para desconfiar.

Jonas Klein disse...

Anon 14:52


Eu trabalho sim, mas o meu trabalho me permite dar umas escapulidas, vamos dizer assim.

Anônimo disse...

E tem mais! Homem acha sexo degradante para a mulher, por isso tem aquela história de que certas coisas não se faz com a mãe dos seus filhos (mulher pela qual, as vezes, eles tem alguma consideração). É preciso desprezar muito uma pessoa pra fazer com ela algo que se considera degradante para ela.

Anônimo disse...

Jonas é funcionário público.

Donna Nyckynha disse...

"A maioria das mulheres vai poder te garantir isso."

E os garotos aprendem cedo.

Ate menino q mal tem oito anos por ex. ja ta na ruindade contra nos.

Anônimo disse...

Jonas,

O caso não é ter interesse sexual na mulher, a questão é só conversar com mulher por causa desse interesse. Só fingir amizade pra comer. Comer a mulher pra qual você sinalizou uma amizade que era falsa e desaparecer.

Não acho ruim o interesse sexual entre homens e mulheres. Acho bacana e saudável. Sexo é gostoso. O que não suporto é a simulação de afeto, a falsidade, o desprezo pós sexo, o cara mudar contigo da água pro vinho depois do sexo, pois agora que te comeu não precisa mais fingir que é teu amigo.

Você tem a vivência masculina. A vivência feminina, neste particular, é bem diferente. Tua amiga não vai te destratar depois do sexo. Tua amiga não se aproximou de você só pra te comer. Não ficou te dizendo que o sexo não vai estragar a amizade pra, no dia seguinte, começar a desviar de você pelos corredores da faculdade.

Donna Nyckynha disse...

"são caras machistas, só ai já para desconfiar."

isso é vdd.Conheço uns que sao amigos de vero mas, infelizmente, a distancia e a rotina afastou-nos.

Anônimo disse...

Jonas fala do mascu, mas também parece retardado... Ele não faz a menor ideia do que tá falando. Isso é tão na cara que ultrapassa o cúmulo da vergonha alheia e começa a dar muita raiva, porque ele não para de vir aqui falar qualquer merda.

Anônimo disse...

Certamente. São mulheres que não esperam do homem aquilo que ele não pode dar. A mulher que espera comprometimento afetivo sempre se frustrará.

Natasha disse...

Cara...

Ele claramente fingiu q era meu amigo e tentou me agarrar do nada.
Se ele fosse meu amigo e de repente começasse a sentir algo por mim, viesse conversar, não teria problema, não me sentiria violada.
Mas preferem nos tratar como objeto q eles podem pegar a hora que bem entenderem.
Nojo! !!

Anônimo disse...

"porque não sabe fazer a cabeça de uma mulher"

hã? quanto mais falam mais piora pro lado deles. fala mais, jonas..

Anônimo disse...

Verdade!

Fala mais, Jonas kkkkkkkkkkkk

Raven Deschain disse...

O que seria "fazer a cabeça" de uma mulher?

Manipulá-la, pra que ela ache que vc é o iceberg que afundou o titanic?

Conhecia isso como - MENTIR.

Anônimo disse...

"O que seria "fazer a cabeça" de uma mulher? "

Ah, essa é fácil...
Fazer a cabeça de um homem é quando uma mulher gostosa seduz o cara, usa saia curtinha, usa técnicas de sedução, etc. Um exemplo seria a dona beija, de araxá, que ganhou até fazenda dos otarios, kkkkk

Fazer a cabeça de uma mulher, é por ex, ficar fazendo campanha pra elas votarem na Dilma, afinal de contas a Dilma é mulher também, então, né, com certeza ela é honesta, incorruptível, e faz tudo o que um homem faz, e de salto alto ainda por cima!!!!

Então, né, vamos votar nessa gênia, pois ela vai acabar com a corrupção e fazer o melhor governo que esse país já viu.

Anônimo disse...

Oi? Que bosta de comentário idiota e totalmente sem sentido é esse aqui em cima? o.O

Anônimo disse...

É um daqueles indivíduos que devia ser posto num barco e empurrado pro alto mar, o cara não tem salvação.

Anônimo disse...

Não consegui enviar meu formulário por conta das duas primeiras perguntas.
Me vejo como pessoa não binária. Logo fica difícil responder dentre as categorias listadas.

Anônimo disse...

Também não respondi.