domingo, 21 de outubro de 2012

TODOS MEUS SONHOS DE CONSUMO TÊM CHOCOLATE NO MEIO

Ontem tive um papo muito instrutivo no Twitter com um monte de gente. Eu fiquei curiosa, do nada, pra saber quanto custava um lençol de seda. Não sei porquê, acho que é porque estamos com um lençol todo furado (eu culparia as traças) em cima da cama no momento.
E porque não é fácil encontrar bons lençóis (que durem anos, e cujo elástico prenda o lençol no colchão) pelo preço que costumamos pagar -– não sei exatamente quanto, faz tempo que não compramos lençóis, mas é o que tem em supermercados e lojas baratinhas. Talvez alguns dos nossos quatro lençóis com elástico sejam 100% algodão, só que certamente não têm muitos fios.
E às vezes eu penso como a vida dos ricos deve ser, e como ela é diferente da minha. Eu e o maridão somos pão-duros miseráveis, quase sem sonhos de consumo. Acho que já contei que uma vez, uns cinco ou seis anos atrás, jogamos na loteria, em alguma megasena acumulada. Nunca jogamos. Como jogamos aquela vez, e a gente só joga pra ganhar, perguntei pro maridão o que ele compraria se fossemos muito, muito ricos. E ele pensou, pensou, e finalmente respondeu: “Um mouse sem fio”.
[Não atire pedras no maridão! Lembre-se que isso já tem alguns anos, na época em que pouca gente, imagino, tinha mouse sem fio!]
Claro que eu ri muito e respondi: “Amor, você tá me dizendo que, se fosse milionário, você compraria alguma coisa que já pode comprar agora, se realmente quisesse? Não pode ser! Tem que ter mais alguma coisa que você gostaria de comprar! Vamulá, meu anjo, use sua criatividade! O que mais você compraria se fosse super rico, além de um mouse sem fio?”
E o maridão pensou, pensou, pensou, e finalmente respondeu: “Tem muita coisa sem fio que eu gostaria de ter”.
Daí você pode constatar que não somos lá muito criativos pra gastar. E que nossa vida mudaria muito pouco se realmente tivéssemos dinheiro. Por exemplo, comprar alguma coisa sem comparar preço? Jamais! Isso já faz parte da nossa índole!
O chato é não ter sonhos de consumo. Creio que todos meus sonhos de consumo envolvem chocolate. E isso que eu não dou a mínima pra chocolate de qualidade. Prefiro quantidade. Talvez esteja na hora de incluir entre meus sonhos de consumo um novo fígado.
E foi por isso que me peguei pensando em lençóis de seda. Fiquei curiosa pra descobrir quanto custavam. Pedi ao maridão pra procurar na internet. De cara, ele encontrou um jogo de quatro peças por R$ 300. Mas, quando fui ver, tava escrito poliéster.
Por isso, pedi ajuda às lindas pessoas que me seguem no Twitter. A Fátima me disse que seda não tá com nada, que o chique mesmo é lençol de algodão egípcio com muitos fios.
Ela me enviou um link: seis peças (um lençol com elástico, um lençol normal, duas fronhas bordadas, duas fronhas lisas, todas com abas -– não sei como ainda fazem fronhas sem envelopinhos!) com 400 fios de algodão egípcio, por R$ 486.
A vantagem, imagino, é que esses super lençóis duram décadas e são muito resistentes. Mas eu penso no Calvin, que dorme em cima da cama, e como de vez em quanto ele fica revoltado porque ainda não acordamos, e nas suas garras, e me vem à mente a batalha épica entre facas ginsu e meias vivarina, sabe?
Mas logo apareceu a Sandra pra lembrar que não basta só investir a maior grana nos lençóis. É preciso também ter dinheiro pra pagar alguém para passar e até engomar esses lençóis!
E Mushisan mandou um tweet muito inteligente:
É verdade! Rico precisa ter dinheiro não só pra adquir produtos caros, mas também pra contratar gente que cuide desses produtos caros pra eles. E mesmo que eu fosse rica, não teria empregadxs. Gosto da minha privacidade. Limpo minha própria sujeira. Ou melhor... não limpo, a casa é meio sujinha, mas tudo bem.
Logo outras pessoas vieram dizer que lençol de cama não é só pra dormir, mas também pra transar (bem lembrado!), e que é tão macio que escorrega! Tipo, dá pra cair da cama por causa do lençol de seda! Imagina a minha cara tendo que explicar pra alguém uma fratura causada por cair da cama com o lençol de seda. E não faria diferença se eu estivesse dormindo ou transando, a vergonha seria igual.
Portanto, as pessoas queridas da minha timeline rapidamente sepultaram meu incipiente sonho de consumo de ter lençóis de seda. Quer dizer, não sei por que o plural veio parar aqui. Um lençol. Talvez duas fronhas?
E não contei pra ninguém ontem, mas eu babo! Minhas fronhas não costumam ficar imaculadas por muito tempo. E eu suo também! Suponho que ricos não babem nem suem nem tenham gatos de garras afiadas que durmam em suas camas.
Quem nasce pão duro jamais deitará em lençóis de seda.

61 comentários:

Lanna Pat disse...

Tempo desses inventei de ter lençois de seda e me arrependi. Esquenta por demais. Pra quem mora numa cidade calorenta como eu, é praticamente impossível passar uma noite inteira coberta com um lençol desse tipo. Aí passei a usa-lo só durante o dia para deixar a cama mais bonita. Mas, com o namorido que só sabe estudar deitado, não demorou pra que os lençois ficassem cheios de riscos de caneta.

MCarolina disse...

Lola, estou achando que ninguém com quem você falou tem esses lençóis. Eles são realmente muito mais macios que os outros (já comprei um de 1000 fios em uma promoção nessa faixa de preço aí). Mas não escorregam, não sei de onde tiraram isso.
É bom passar para ficarem lisinhos, mas se você não ligar para os amassadinhos não precisa. Engomar é algo que só empresas de festa fazem com toalhas de festa, nunca ouvi falar em engomar lençol. Pode concretizar esse quase sonho do lençol de seda sem medo.

Lord Anderson disse...

Acho que não tenho grandes sonhos de consumo atualmente.

O maior deles (ter minha casa)eu ja realizei.

Tb ja consegui uma internet decente rs

Os objetos que mais cobiço geralmente são livros e em menor grau guloseimas (mas nada que eu não possa comprar ocasionalmente).

Sobre ser milionario, eu gostaria só pra poder comprar livros e dvds sem peso na consciencia.

Sair mais vezes e poder viajar pelo Brasil e pelo mundo rs.

fora isso sou tão economicamente responsavel quanto vc e o CM.

Sarah de Souza disse...

Eu prefiro chocolates à lençóis, aliás, já sujei boa parte dos meus lençóis de chocolate.
Se você quiser aumentar seus sonhos de consumo com chocolate, eu aconselho experimentar a série special darks da Hershey's, é muito gostoso!
Sempre faço brigadeiro derretendo uma barra de special dark de menta, fica super bom e, depois de comer uma coisa boa dessas, você dorme tão feliz que nem importa aonde você está deitada!

Carlos disse...

Em relação ao excesso de dinheiro, sou indiferente, tendo casa pra dormir e comida na geladeira, mais que o suficiente...

Mulheres preferem zilhão de vezes o chocolate do que ter relacionamentos com homem.

Anônimo disse...

Carlos, depende do homem ;)

Agora, unir um chocolate e o seu boy é uma das coisas mais amores do mundo.

Anônimo disse...

Lola, programe uma viagem a Miami (gastar $$$ com viagens você aceita) e faça um enxoval pra sua casa. Antes dê uma olhada no site do Amazon pra fazer a lista.

Anônimo disse...

Me dei ao luxo de comprar m jogo de lençol mais caro, custou uns 500 reais não sei com quantos fios.
A diferença de conforto é evidente. É muito melhor que os outros...

Anônimo disse...

Na verdade o que eu vejo as mulheres gostarem mesmo, e de ter namorado que anda de bussão, e mora longe, de dividir conta, de pagar a entrando cinema e o motel, de entrar no motel a pé, essas coisas super libertárias!

Ontem eu estava conversando com o faxineiro aqui da firma, e ele me disse que não tem sossego, vaaarias mulheres jovens, bonitas, o assediando o dia inteiro, onde ele passa leva muitas cantadas, e sofre muito assedio, tadinho dele !

Anônimo disse...

Amazon:
1500 Thread Count Queen 4pc Bed Sheet Set Egyptian Quality Deep Pocket Gold
by Choice Linen
3.0 out of 5 stars See all reviews (39 customer reviews) | Like (36)
List Price: $280.00
Price: $25.75 & this item ships for FREE with Super Saver Shipping. Details
You Save: $254.25 (91%)

http://www.amazon.com/1500-Thread-Count-Queen-Gold/dp/B003OCQAAU/ref=sr_1_2?s=home-garden&ie=UTF8&qid=1350855131&sr=1-2&keywords=bed+linen

Eu tenho um conjunto de 500 fios 100% algodão comprado no Amazon que parece seda. Chega a brilhar. Imagine um de 1500 fios!!

Anônimo disse...

Mulheres tem exigencias absurdas referente a parceiros, elas não aceitam um homem considerado inferior socialmente, tem que ser superior , ou no minimo no mesmo nivel
homem geralmente não tem este preconceito, se ve normalmente homens de destaque social elevado, (empressarios, engenheiros, advogados etc.) em ralacionamento com femeas de menor padrão social ( enfermeiras, recepcionistas, vendedoras etc)
mas dificilmente se ve uma medica, em um relacionamento com um ax de enfermagem, uma advogada com um porteiro,

Luiza disse...

Eu não gosto de chocolate. Desde criança eu prefiro salgadinhos - quanto mais furreca a marca da batatinha, melhor!

E prefiro relacionamentos.

Lays, mãe e tudo o mais. disse...

O que eu queria é ter dinheiro pra poder entrar em uma livraria das grandes e boas e fazer uma rapa geral, sem se me preocupar com o preço final. E depois ter quem cuide das coisas pra mim enquanto fico lendo tudinho...

Panthro disse...

Eu tenho lençóis de algodão egípcio de um milhão de fios. E vale a pena. Comprei a 4 anos e continuam iguais. Se você colocar na ponta do lápis, sai a mesma coisa que comprar lençol vagabundo sempre. Com a vantagem de ser mais confortável.

E eu não engomo lençol. Aliás, nem engomo roupa nenhuma, alguém ainda faz isso?

Dani disse...

Eu andava com muita dor nas costas e minha cama e colchão já tinham mais de 15 anos, resolvi trocar! E fiz um invetimento, praticamente. Comprei uma cama king size com pillow top de visco elástico (seria um colchão fino em cima do colchão de molas - devidamente ensacadas). Ainda vinha de brinde: dois travesseiros, capa protetora para o colchão e uma saia para a base da cama. Achei um pouco ruim o preço dos jogos de lençois, mas já que era um invertimento, vamulá! E de quebra ainda comprei um edredon novo, tbm king size e olhaaa, eu que nunca pensei em comprar essas coisas, mas já que queria uma cama pra mais uns 15 anos, achei justo e válido. Mas foi quando nós, eu e marido, arrumamos a cama e deitamos que vimos a diferença que isso faz na vida de uma pessoa: dormir bem! Confesso que a dor nas costas não era causada pela cama velha, e sim por duas hérnias de disco e que sim, infelizmente, pensei em ter uma camareira pra arrumar a enooorme cama, mas é um sonho.. como dormir nas nuvens, recomendo o investimento ;)

Luiza disse...

Esqueci de dizer, queria ter a Saraiva na minha casa, tipo o Riquinho tem o McDonalds. Sonho!

Anônimo disse...

Comprar o lençol de baixo é fácil. Qualquer lugar tem lençol avulso com elástico 100%. Os de malha duram muito menos que os de algodão. Geralmente são 150 fios. No sweat.

lola aronovich disse...

Anônimos das 18:36 e das 18:43 (provalmente o mesmo mascu infeliz, tão frustrado e sozinho que tem que passar a tarde num blog feminista copiando e colando idiotices mascus): Sei que vcs não são muito de leitura (único livro que leram na vida foi o do guru), mas hoje saiu uma matéria na Folha de SP confirmando o que eu (e qualquer pessoa minimamente sensata e observadora) vivo falando pra vcs -- aqui no Brasil, e em boa parte do mundo, as pessoas se relacionam e se casam com gente da mesma classe social e do mesmo nível de instrução. Isso provavelmente porque as pessoas se relacionam e se casam com pessoas que conhecem. Pessoas ricas conhecem mais pessoas ricas, pessoas de classe média conhecem mais pessoas de classe média, pessoas pobres conhecem mais pessoas pobres. É bem simples. Sei que vcs mascus acham que pobres não existem, porque não conseguem explicar como -- segundo a teoria totalmente furada de vcs -- homens pobres, que teoricamente não teriam nada a oferecer para mulheres pobres que, segundo vcs, só querem homens ricos, namoram, paqueram, se casam, tem filhos, enfim, tudo aquilo que pessoas normais (leia-se: não mascus) fazem na vida. Sabe o faxineiro citado por um de vcs? Ele provavelmente tem namorada, talvez esposa. Provavelmente já teve outras namoradas. Homens não deixam de viver por serem pobres. Talvez não tenha um monte de mulher se jogando em cima do cara, como também não tem um monte de mulher se jogando em cima da imensa maioria dos caras de qualquer classe social. (E nem por isso o faxineiro inaugura um blog misógino pra chorar suas mágoas de não ser o Brad Pitt). Assim como não tem um monte de cara se jogando em cima da maior parte das mulheres de qualquer classe social.
Sei que é difícil de acreditar, mas vcs mascus não pegam mulher não por não serem ricos. É por serem escrotos mesmo. Mas continuem dando aquela risada estranha e olhar esbugalhado que Alita lhes ensinou. Certamente funciona, né? Em time que está ganhando não se mexe.

Anônimo disse...

Anônimo, como assim oO?

Você nunca viu, mas eu vejo aos montes!

A mãe da minha amiga namora um funcionário da empresa dela. Ela é a dona e o padastro da minha amiga sai para fazer entregas. Ele é algo entre um trabalhador de escritório e um motoboy.

Minha tia é advogada, namorando um cara q trabalha num açogueiro. Meu tio trabalha num escritório também e é casado com a dona de uma escola. Minha prima é auxiliar de enfermagem e namora um motoboy.

Há mais diversidade no mundo do que a nossa régua possa medir, amém.

Agora, uma prima minha, professora de faculdade, tomou um pé na bunda de um cara pq ele achava inaceitável ela ganhar mais que ele. Ela chorou rios, correu atrás, mas foi o salário dela que contou afinal. Machismo? Magina, q isso...

Aliás, chamar PESSOAS de fêmeas não vai te ajudar muito, seja você o presidente do banco central ou o recepcionista do meu dentista.

Anônimo disse...

Dani, concordo com você. Passamos 1/3 do dia deitados. Troquei meu Epeda depois de 25 anos de uso e uma reforma. Era cama box e as duas peças estavam num estado lamentável. Aí compramos uma cama baú queen (maridex queria king mas não deixei)mais o colchão Flex (antigo Epeda), não do mais caro, mas bom.

A capa impermeável do colchão é indispensável. Os travesseiros também merecem nossa atenção.

Não concordo muito com esse negócio de investimento em bens de consumo. Acho que é dinheiro bem gasto estilo de vida, só isso. A menos que o gasto seja pra impressionar alguém de quem queremos alguma coisa, né?


Anônimo disse...

Passar e engomar roupa de cama? Em que século estamos, pessoal?

Já lavo tudo com Lysoform pra não ter que passar (passar desinfecta).

@ Luiza

e eu queria ser vizinha da Livraria Travessa de Ipanema (Rio) que tem o Bistrô Bazaar no mezanino.

Sara disse...

Ai Lola como é gostoso saber desse seus momentos, são os q eu mais me identifico rrrsss.
Eu tb não tenho lençõis de seda, nem quero ter, se for comprar prefira aqueles de malha são tão gostosos e macios e não escorregam, são fresquinhos, alem de serem baratinhos.

Anônimo disse...

Lola, de boa. Você é foda! HAHAHAHAHAHAHAHA S2

Anônimo disse...

Melhor é lençol de malha, é baratinho na casa e vídeo e lojas do tipo, é macio e não sai do lugar quando vc se mexe demais na cama.

Anônimo disse...

Chocolate no meio? No fim das contas, é isso mesmo. Esses chocolates de hoje em dia têm apenas 25% de massa de cacau e o resto de manteiga de cacau, soro de leite, leite em pó açúcar, GORDURA TRANS, lecitina de soja, etc., ou seja TUDO QUE NÃO É CHOCOLATE. O chocolate mesmo, tá lá no meio, hehehe.

Dani disse...

Anônimo das 19:27, digo investimento porque foi caro, vai durar bastante e por causa da dor nas costas, não seria pra impressionar ninguém que não fosse nós mesmos!

Luiza disse...

Opa, anônimo, se for livraria com um lugar pra comer, então... só melhora!

Anônimo disse...

Amo chocolates caros, Lola! Eles são mais saborosos e a textura é melhor. Se eu fosse rica comeria apenas chocolates begas e suiços.
Toalhas e lençois duram muito, muito tempo, então não acho ruim pagar caro por eles. Se puder comprar um jogo de milhares de fios tenho certeza de que não irá se arrepender. No exterior eles custam bem menos do que aqui, então tente importar ou pedir pra alguém que irá viajar se você não for viajar para fora.

Beijos

Raquel

inaiara disse...

Lola, falando em sagas, eu acho que você devia retomar seus posts falando sobre como as pessoas chegam até o seu blog, eram ótimos!

Claudia disse...

Se eu tivesse muito dinheiro investiria justamente em conforto. Lencois de 500 fios hoje pra mim sao necessidade, nao da nem pra comparar com aqueles baratinhos de supermercado. Compro tudo nos EUA, bem mais em conta. E eu nunca passo ou engomo nada, ja que nao tenho empregada (nem pretendo ter) e nao gosto de gastar meu tempo com coisas inuteis. O lencol eh bom o suficiente pra nao precisar passar!

Lia disse...

Lola,
Eu sou uma pessoa razoavelmente bem financeiramente, não sou pão-dura, no entanto, na hora de comprar alguma coisa, eu me preocupo demais se tal produto irá me dar trabalho ou irá facilitar minha vida. Pois, apesar de eu ter condições pra pagar empregada, diaristas, etc., eu nunca me senti bem em ter empregados domésticos. Não me sinto bem.
Tudo que eu vou comprar, eu verifico se é fácil de lavar, ou se um móvel é fácil de limpar. E, se eu ganhasse na megasena, acho que esse meu lado continuaria do mesmo jeito. Isto é, eu continuaria não me sentindo bem tendo empregados domésticos e continuaria comprando coisas práticas ...hehehehehheh...

Lia disse...

Ah, mas falando em lençóis, os bons mesmos são os 100% algodão. Tem uns super macios, que não fazem bolinhas e são fáceis de passar (na verdade, nem precisam passar), das marcas Altemburg ou Buddemeyer.

Barbara disse...

Eu me casei tem quatro meses, daí pesquisei bastante sobre lençóis pra montar a casa. Roupas de cama foi o que mais gostei de escolher e comprar. O que achei com melhor custo-benefício foi a marca Sultan. Lencóis lisos com elástico de 200 fios por 50 reais. E não é jogo, acho desnecessário dois lençois, só compro um com elástico mais as duas fronhas.

Na Riachuelo também tem uma linha bem em conta com lençóis de 250 fios, mas a maioria é estampado (eu não gosto).

Enfim, acima de 200 fios já dá pra ver muita diferença. É macio, não dá bolinha, uma delícia! Nunca mais quero lençóis que não sejam 100% algodão.

Anônimo disse...

Se eu fosse você, gastaria um pouco mais comprando um bom chocolate. Seu fígado está aí para provar que os que você come te fazem mal, são cheios de gordura e açúcar. Pão durice tem limite. Não entendo consumidores desenfreados, mas também não entendo essa pão durice horrível.

Anônimo disse...

Aposto que você tem travesseiros bem velhos, né? São ótimos para acumular ácaros e dar alergias.

Sooraya disse...

Nem lençóis de seda nem algodão de 1000 fios. Eu vou de 120/150 fios.

Eu só comprava lençóis muito muito baratos, mas cheguei a conclusão que não é uma boa ideia pq a economia do preço não compensa a reposição pq eles logo logo ficam impraticáveis e muitas vezes são até ásperos.

Fico de butuca em promoções de alguns sites como o Vida e Cor que dá pra encontrar jogo de casal de 120 fios a partir de 50 reais. Mesmo qdo o site cobra frete, a promoção às vezes compensa.

Cora disse...

eu gosto de chocolate, mas não acho isso tudo, não.

prefiro doces a base de ovos. adoro!! só que não vende em qualquer lugar. o único inconveniente!

aliás, tem uns que não vendem em nenhum lugar e só fazendo em casa mesmo. mas são ótimos e fáceis de fazer, apesar de demorado.

Lola,

vale muito a pena “investir” em lençóis de algodão com alguns fios a mais. eles são muito confortáveis, macios, agradáveis ao tato, duram muito... enfim, tudo de bom! o custo-benefício é excelente.

no brasil, galera cobra preços irreais porque o produto está associado ao luxo. se você conseguir umas promoções, quando os preços ficam normais, aproveite. ou compre na net.

sou seletiva com aquilo que compro, também. não sou consumista. por isso, quando compro algo, gasto em bons produtos pra não precisar gastar o tempo todo. uso tudo durante muito tempo. e detesto quinquilharia. só compro o que preciso realmente (às vezes, só preciso de um agrado, rs).

como a Lia, também escolho produtos práticos, que facilitam a vida. e lençóis de algodão com fios a mais, acredite, duram muito e com a mesma aparência.

uma cama gostosa é tudo de bom. pode pôr a mão no bolso. vale a pena. você não vai se arrepender!

ps. só não sei se são resistentes a gatos. eu só conheço cachorros, que são bem mais amigáveis com roupa de cama e móveis.

Cora disse...

para o fófis solitário começar bem a segunda.

desiste não, gato!

Anônimo disse...

eu acho ok pagar um pouco mais por algo de qualidade, lola. tem uma colcha aqui em casa que tem mais de 20 anos e ainda é uma delicia. agora que ela tá bem velhinha, tenho medo que ela rasgue, pq nem sei onde achar igual. acho que só nessas lojas chiques de shopping, pq em lojas populares não tem nada parecido. na epoca que minha mae comprou, foi cara, mas foi um investimento que valeu a pena.
qualquer lençol e fronha 100% algodao já tá bom, mas quanto mais fios, melhor. hoje em dia tem alguns bem baratos, tranquilo de achar.

já travesseiros e colchões, eu não acho que valha investir muuuuito alto, pq eles sempre vão se encher de celulas mortas, que irao alimentar acaros e aí ja viu... roupa de cama dá pra lavar, mas estofados só dá para adiar o deterioramento inevitavel com protetores. principalmente travesseiros, tem que trocar todo ano, ja que a gente baba, sua na nuca, dorme de cabelo molhado, etc.

Susana disse...

Lola, compre lençóis de algodão de no mínimo 300 fios. São macios, não precisam passar ou engomar e resistem até a gatos. Tenho 4 (gatos, não lençóis). No Mercado Livre volta e meia tem a bom preço. E duram anos!

Joana Amaral disse...

Cara Lola, ter bons lençóis para dormir faz muita diferença. Os de algodão egípcio então, nem se fala! Há 15 anos comprei dois jogos de cama de algodão egípcio, nem preciso mais de outros. Continuam lindos, novos e cada vez mais macios. Experimente pra sentir, são acariciadores

Mirella disse...

realmente, concordo que pagar uma certa quantia - não um valor irreal - em toalhas e lençóis são um excelente investimento.
Os lençóis da minha mãe, por exemplo, duram já quase 25 anos. Não sei quantos fios são, mas é algodão "puro", bem geladinho e gostoso. Mesmo sem saber o preço, 25 anos sem comprar lençol tá bom, né? E não encarde, só os arremates da ponta tão descosturando e ela tá trocando agora.
Lençóis assim são melhores porque não assam você lentamente durante o sono, duram muito tempo e, como disseram, custo benefício é excelente. Não precisa comprar 398219381 fios egípcios nem precisa passar lençol (se a Dilma fosse em casa talvez eu passasse), muito menos engomar.

E chocolate, sei lá, viu. Não gosto de qualquer chocolate, fica aquele gosto de sebinho na boca ou derrete com aquelas pedrinhas/areinhas. Fora que geralmente são doces demais e não gosto (por isto não sou fã de 'chocolate' branco). Mas cada um com seu gosto hihi.

Elaine Telles disse...

Alguém aí também morre de calor com lençóis de algodão? Eu prefiro os de malha por causa disso :-)

Mascus, vocês esqueceram de citar que o grande empresário se digna a se relacionar com sua secretária pobre.. mas nunca vi com faxineira, copeira, entregadora de lanches, merendeira :-) E a secretária, sempre, não é nada menos que linda, bem vestida, perfeita. Quero ver se relacionarem com a secretaria 40rentona, de cabelos brancos. Isso nunca veremos. Mulheres se relacionam com homens mais velhos, mas nunca se vê o contrário.
Agora, sério. Parem de se relacionar com gente tão baixa. Ficam atrás de mulher interesseira, sabendo que ela é assim, quebram a cara e já vêm aqui cheios de propriedade dizer que toda mulher é assim. Se relacionem com gente melhor e quem sabe assim, vocês evoluem.

Anônimo disse...

'[Não atire pedras no maridão! Lembre-se que isso já tem alguns anos, na época em que pouca gente, imagino, tinha mouse sem fio!]'

Ou seja, você não vai admitir nunca mas no fundo você também sabe o que todo burguês capitalista maldito safado do inferno sabe: que no capitalismo real tudo que o rico tem chega mais cedo ou mais tarde pros pobres

Anônimo disse...

Tanto que um 'pobre' de hoje tem uma vida mais confortável que a de um rico há cem anos atrás

Anônimo disse...

'coisa chique pressupõe empregados'

E daí? Deixa eu ver se entendi, criar empregos agora é DO MAL?

corujinha disse...

Eu tbm tive curiosidade sobre lençol de seda, porque minha mãe tinha um e eu amava quando ela colocava aquele lençol, pedia pra ficar um pouco deitada na cama dela. Ele ainda existe e é delicioso, bem velhinho é do tempo da carochinha.
Aí, um dia fui perguntar o preço na M.Martan a moça me disse 2 mil reais!! Pensem, 2 mil reais! Será que ela errou? Tô vendo vcs falando em 500, mas são de muitos fios, não de seda né? Porque se tiver de seda nesse preço acho que eu encaro... é muito gostoso deitar naquilo...

Anônimo disse...

Gostaria de ter dinheiro pra viajar pra qualquer lugar do mundo, quando desse na telha, e dinheiro pra comprar muitos livros, ir a shows sem achar um absurdo gastar mais de 500 reais por 2 horas ou nem isso de musica. (quer dizer continuaria achando cara mas pagaria)


Lana

Anônimo disse...

Eu já comprei lençóis maravilhosos de 300 fios de puro algodão neste link. Poderia muito bem sobreviver sem eles, mas depois que comprei (por um ótimo preço) vejo que é um investimento. Além de durar anos,ele desliza na pele, mantém-se sempre novo e é frio, trazendo refrescância nesse calor. Me dei de presente mesmo, porque a hora de dormir é o único momento em que eu consigo curtir minha casa de verdade.

http://www.shoptime.com.br/produto/110073294/casaeconforto/jogosdecama/jogosdecamacasal/jogo-de-cama-casal-adamascado-classic-4-pecas-percal-300-fios-casa-e-conforto

Lucélia Carmo

lola aronovich disse...

Lucélia, obrigada pelas informações. Nesse jogo de cama q vc comprou o lençol de baixo vem com elástico? E as fronhas vem com envelopinho?
Já tinham me recomendado percal...

Elisandra disse...

Estou de saída e não tive tempo de ler todos os comentários, portanto não sei se vou ser repetitiva. Eu e meu marido também somos muito pão duros e nos permitimos poucos luxos mas aqui em casa não entra lençol porcaria pq é jogar dinheiro fora. Existem opções bem razoáveis no mercado, por ex: percal 200 fios, que vc encontra por R$80,0 + frete no shoptime ou por 120,00 o percal 300 fios adamascado, para lugares quentes é o ideal. o meu vínculo com o Shoptime é como consumidora, não to ganhando nada pra fazer propaganda.

Moema L disse...

anonimo 09:30

Nossa é incrível como sempre tem um revolts nos comentários. Mascus não dão sossego nem quando se fala de lenções.Criar empregos não é do mal criatura mas ter empregados é uma opção e não obrigação de quem tem dinheiro.

Aqui em casa ficou estipulado que cada um limparia sua própria sujeira e arrumaria sua própria bagunça mas como ninguém é adepto de nenhuma das duas modalidades então a casa esta virada de ponta cabeça.Eu nunca me incomodei e o resto da família tbm não então ta tudo ok.

Atualmente se eu tivesse muito dinheiro entraria em uma boa universidade e compraria muitos livros (minha paixão). passar no vestibular de duas excelentes particulares eu já passei só faltou o dinheiro para começar.

Moema L disse...

anonimo Forever alone 18:43

"femeas de menor padrão social" (?)

hahaha eles são casados com quem ? yorkshires ?

Por favor né? bem menos, hoje é segunda e já começaram com esse discursinho, que chato em?

quer mesmo ter uma namorada e se refere a mulheres como femeas.. AFF

sabe qual é a pior parte é que você usou exatamente o mesmo exemplo de um comentário do post anterior. em que euzinha te respondi achando que você podia ser um cara legal. Santa ingenuidade a minha.

Lolinha esqueci de falar que apesar de ser super chocólatra não como todos os chocolates como você, eu sinceramente vejo (sinto ) muita diferença entre a qualidade de um e a qualidade de outro. No tempo das vacas gordas, quando eu era menor, minha mãe comprava uns chocolates relativamente caros belgas, suíços, etc eles eram muuuuito bons eu comia uma barra em segundos...

hoje não tenho grana pra isso e se tivesse não sei...acho que não tenho mais coragem de pagar caro por um chocolate. No máximo um ferrero rocher que eu compro chorando e me arrependo assim que dou o dinheiro pro caixa.

Raíssa disse...

Nem sei como são esses lençóis, os meus são todos dos beeem baratinhos de algodão. Mas ganhei da minha tia uns jogos de lençol q são uma delicia, são de malha (tipo tecido de camiseta). Pode não ser chique mas são muito macios. Não faço idéia da sensação de lençóis chiques então acho os meus de malha muito bons hehehe :D

Anônimo disse...

"Lencois de 500 fios hoje pra mim sao necessidade, nao da nem pra comparar com aqueles baratinhos de supermercado. "


Claudia, entre um jogo de 500 fios e aqueles baratinhos de supermercado, há um bom leque de opções intermediárias. Qualquer cidade tem uma loja de roupa de cama e mesa com artigos razoáveis
com preços não proibitivos.

Supermercado vende mercadoria de carregação. Mas tem gente 'bem' que compra sim, pra depois ostentar uma polo Lacoste.

Anônimo disse...

Eu mantenho uma prática há muitos anos: Frequento lojas para a classe A+ para ver a tendência do mercado, admirar as coisas lindíssimas e para aproveitar as promoções, que sempre tem.
Há pouco tempo, comprei um edredon de solteiro pra visita na M Martin muito mais barato que na loja que normalmente compro, só porque era da coleção anterior.

Também comprei umas fronhas da Laura Ashley (made in Brazil) na Bordado Inglês (Campinas) por uma bagatela.

Já fui muito distraída com roupa de cama e banho. Agora mantenho peças novas na embalagem, não deixo os travesseiros apodrecerem de tão velhos e ponho capa neles e no colchão. Pago tudo à vista.
Tenho várias mantas Parnahyba, que são lindas.

Já no quesito roupa de dormir, só malha 100% algodão. Essas a gente tem que rebolar pra não gastar demais. É um absurdo o que cobram.
Aliás, vou sair agora pra comprar uns camisetões.

B. disse...

Já moro nos EUA há algum tempo que às vezes até me esqueço da conexão direta que existe no Brasil onde produtos de boa qualidade = alto preço e produtos vagabundos = baratos. E seguindo esse pensamento, só gente rica tem produtos de boa qualidade. Seu relato sobre os lençois de seda/mil fios egípcios me lembrou das visitas brasileiras que eu recebo aqui em casa e que ultrasupermegavalorizam o preço de tudo. Inúmeras delas torcem o nariz para produtos de qualidade excelente por causa do preço baixo. A realidade econômica brasileira distorce um pouco o discernimento entre preço e valor. E uma consequência disso é a compra de status através da compra de produtos caros (e nem sempre bons!). Acho que experimento um pouco do choque cultural reverso a cada ida as compras com brasileiros que me visitam! E Lola, um jogo de lençois (4 peças) de centenas de fios custa $39.99

Anônimo disse...

B, Há uma presunção de que o que é bom é luxo e o luxo tem que ser caro.

Sempre me lembro de que o barato pode sair caro. Por isso não abro mão do meu chocolate 70%. Como um pedacinho de vez em quando. Se as gordas soubessem o que é comer bem, não seria gordas.



Mirella disse...

Anônimo das 19:53

e se você soubesse o que é respeito, calaria a boca.

Anônimo disse...

Vim atrasada, mas tenho uma dica boa de lençol! Nunca na vida comprei um. Minha avó compra os tecidos e faz a bainha. Sai muito mais barato e ainda dá pra fazer combinações bonitinhas. Acho que mesmo mandando pra uma costureira ainda compensa, dá pra comprar um tecido super bom e pagar o preço de um poliester com estampa feia que vende no mercado. Os lençóis da vovó tem medidas malucas, cada um de um tamanho, mas estão lindos há anos, e eu mesma nunca passo! rs
Beijos!

Anônimo disse...

Ela falou chocolate não foi cacau ninguém sonha com cacau é amargo de mais para sonhos que se querem bem doces