domingo, 15 de julho de 2012

MINHAS IMPRESSÕES SOBRE ROSANE COLLOR NO FANTÁSTICO

Eu nunca ligo a TV no domingo, mas hoje vi o final do Fantástico, com sua matéria bombástica, alardeada durante toda a semana, sobre as revelações que Rosane Collor faria sobre seu ex-marido presidente. E fiquei estupefata.
Não pelas revelações, que de bombásticas não têm nada, mas pela manipulação da Globo. Ficou muito claro que a única intenção da emissora foi relembrar a queda de Collor. Por quê? Porque o senador é um dos destaques da CPI do Cachoeira, só pode.
Eu vivi muito intensamente as eleições de 1989, as primeiras para presidente em 27 anos. Eu tinha 22 anos, e fiz campanha pro Lula. Durante meses, eu ia pras ruas de SP (principalmente a Praça Ramos) conversar com quem quisesse falar. E muita gente queria. Fui a um monte de comícios, a um monte de passeatas. Lembro de faltar ao emprego e viajar sozinha até o Rio só pra ver Lula e Brizola juntos no comício da Candelária. Nunca respirei mais política que naquele ano.
E eu lembro de tudo, de como a Globo elegeu Collor com três golpes midiáticos. Pra quem acha que a Globo é poderosa hoje, imagine como ela era em 89, época em que o Jornal Nacional tinha 80% de Ibope. Ela tinha o poder de eleger presidentes. Então, foram três golpes, e todos contaram com a TV. Um foi a ex-namorada de Lula, Miriam Cordeiro, contratada por Collor, dizendo no programa eleitoral (e retransmitido pelos programas "jornalísticos" da Globo) que Lula tinha pedido que ela fizesse um aborto. E que ele era racista (isso pesou mais do que a questão do aborto, na minha experiência. Lembro de eleitores negros falando "Não vou votar no Lula! Ele é racista"). 
Outro ponto foi o sequestro de Abílio Diniz. Os sequestradores foram capturados e expostos pela polícia federal vestindo camisetas do PT. Isso nas vésperas do segundo turno! O PT não tinha nada a ver com o assunto.
Finalmente, houve a lendária edição do debate entre Collor e Lula. A Globo manipulou a edição do debate para dar a impressão que Collor nocauteou Lula. Quem viu o debate (que era tarde, logo, muito mais gente viu a edição do debate que o debate em si) sabe que não foi assim.
E pronto -- Collor foi eleito presidente do Brasil, com uma diferença pequena de menos de 4 milhões de votos. Lembro da cara de velório dos paulistanos no metrô, no ônibus, na rua. Ninguém festejava. Mas por que estavam cabisbaixos, se SP foi a cidade que mais colaborou com sua eleição?
Lembro do escândalo que foi o confisco da poupança. Collor tinha passado toda a eleição metendo medo na população, dizendo que Lula faria isso. Aí ele ganha e seu primeiro ato é não permitir que os clientes de banco mexessem em suas próprias aplicações.
Eu fui uma das caras-pintadas. Participei de várias passeatas pró-impeachment. Esta é a única foto que tenho. Sou eu com um amigo finlandês que levei pra uma passeata na Av. Paulista. 
Na votação do congresso sobre o impeachment, eu estava no Vale do Anhangabaú, acompanhando cada "sim", comemorando aos berros quando Collor foi justamente condenado.
Mesmo depois de duas décadas, continuo detestando Collor, Rosane, PC Farias, e tudo que eles representaram e representam. Se eu morasse em Alagoas, faria campanha contra Collor pra qualquer cargo que ele se candidatasse. E acho o fim que o PT faça aliança com um dos oponentes mais sujos que já teve que enfrentar.
Mas não sou ingênua, pelo menos não tanto. Sei que Collor não ganhou as eleições de 89 sozinho. Ele era apenas um senador desconhecido concorrendo por um partido inócuo e por um estado sem representação política. Quem o alçou a superstar? Quem lhe deu a alcunha de caçador de marajás? Toda a mídia de direita que mandava e continua mandando no país, principalmente Veja e Globo
Portanto, foi vergonhoso pro jornalismo nacional ver a matéria de hoje no Fantástico. Esta reportagem tendenciosa também deveria entrar pra história da Globo. Sério que o foco foi em cima de rituais de magia negra que Collor supostamente teria encomendado? Sério que a principal testemunha de acusação da Globo foi uma ex-esposa que diz ter se salvado porque encontrou Jesus? Se me contassem eu não acreditaria.
Mas eu vi a reportagem. E vi a declaração da ex-"chefe de despachos de macumba" da Casa da Dinda dizendo: "Foi feito um trabalho muito sério, muito sujo, muito imundo, para colocar na presidência o administrador que a gente queria".
Pensei que ela estava falando da Globo.

78 comentários:

Igor disse...

Vergonhosa reportagem mesmo, parecia uma matéria da Rede Record.

Anunciação disse...

Aproveitar que não está cheio de maluco destratando a blogueira para dizer que concordo.Mudei meu voto aos 45 do segundo tempo;morria de medo do Lula como presidente apesar de admirá-lo,e o Brizola mais algo que li não me lembro aonde me fizeram mudar de ideia.Eu pensei a mesma coisa que você disse no inicio:a atuação dele na CPI.

O Guri disse...

Eu não vi a matéria da Globo, assisti apenas até a reportagem sobre a mulher que esquartejou o marido e sobre o garoto de cinco anos que foi sequestrado. Nunca gostei do Fantástico, mas apenas porque acho que é algo que me dá muito medo. Acho que á algo ruim, talvez seja um trauma de criança. Por isso e porque acho sim que é um programa falso e que coloca "idéias" na cabeça da população.

Mas acompanhei as propagandas sobre a entrevista com a ex-primeira-dama e achei que era algo sério, sem manipulação. Esse é um assunto tão importante para o Brasil. Por que mentir? Por que não contar a verdade?

Bem, não sei a resposta.

Olha, agora mesmo está passando no De Frente com Gabi a entrevista com a feminista Sarah Winter. Ela protesta num grupo contra o turismo sexual e outras causas.

Abraços,

Anônimo disse...

Foi muita 'jesucidência' que na mesma edição, o Fantástico apresentasse 3 reportagens que poderiam resumir o caráter dessa emissora: a Pomba do Cardeal; o pai de Kate Perry, que tem o visual metaleiro satânico(?), e a recalcada em cristo, ofendendo e reforçando o preconceito contra religiões afros, usando termos pentecostais durante a reportagem, e fazendo a mim e a tantos que esperavam as revelações bombásticas de palhaços DE NOVO.
Você foi muito feliz ao escrever isso, expressou muito do que eu gostaria de falar. Te dou meus parabéns!

Meia de Seda @Meia_de_Seda

Cora disse...

mas vcs esperavam exatamente o q? ainda mais do fantástico, q só não é pior do q o jn.

aliás, somos obrigadas a reconhecer a única virtude desta emissora: a coerência. sempre, em qq situação, desonesta e manipuladora.

qq coisa diferente disso seria surpresa.

não vi a reporcagem (sic), o q, aliás, não fez falta nenhuma. sempre consumi globo com moderação e cortei definitivamente da minha vida há quase três anos.

abri uma exceção praquele programa imundo do bial, q vi na internet. e vi só pra passar mal. a globo provoca náusea, enjôo, nojo e revolta.

pra vo.mi.tar!

Paulo disse...

Política no brasil é um caso perdido, muita gente reclama da corrupção, mas a MAIORIA é que nem eles, se vendem na 1ª oportunidade.

Anônimo disse...

o que não dá pra entender:pq o Collor continua no poder?como???

Maria Valéria disse...

Lola, eu nao vejo fantástico há séculos.
E hoje to vendo explodir comentários no facebook sobre essa matéria.falando mal da Rosane, principalmente,
Na época que Collor ganhou eu tinha quinze anos e nao podia votar por diferença de 1 ano.No primeiro turno,se eu fosse votar, teria sido no Brizola, orientada pela minha mae, e convencida pelos argumentos dela de que ele era o melhor.Nao sei se era o melhor,mas sei que quando o Brizola nao foi pro segundo turno, eu teria votado no Lula, se tivesse idade pra isso.
Como vc, tinha nojo do Collor e de tudo o que ele representava.na época, eles passavam na globo, a novela " que rei sou eu"', onde num reino fictício de Ávilan,(= Metáfora com Brasil) só havia políticos corruptos, e um ou dois bonzinhos, sendo que um dos " bonzinhos " - era o Edson Celulari que fazia o papel.-iria " salvar o reino da corrupção" ( metáfora com Collor), detalhe, outro cara que fez papel de político " bonzinho" foi o Daniel Filho, que muito admiro como ator e diretor, mas que quando o vi fazendo campanha pro Collor.( assim como acho que mais da metade do elenco da novela o fez), me decepcionei com ele.
Eu tinha 15 anos, nao era tao inteligente pra saber se o Lula ou Brizola era o melhor( opinião da minha mae)-mas já tinha sacado que a novela foi montada pra ajudar a eleger o Collor, botando mensagem subliminar na cabeça do povo.( nao foi por acaso, também,que a minissérie anos rebeldes aconteceu pouco antes do impeachant de Collor)- eu nao foi contra o impechament, ate porque tinha nojo do Collor, do confisco da poupança, etc.tudo isso eu sabia bem,da burrada econominca que ele fez, porque minha mae era bancaria,e manjava de economia,
Ele simplesmente ferrou com a vida de trocentos milhões de pessoas no sentindo econômico, e foi um ano extremamente difícil, 1990. Mas ainda, assim, entendi que a Globo usou a minissérie pra botar mensagem subliminar, pro povo ir pra rua e tirar o Collor.
Eu quis sair de cara pintada, tinha 17 Anos,o diretor da escola nao nos autorizou sair da aula( por ter responsabilidade legal por nos, enquanto nas dependências do colégio dele, mas explica isso pra um bando de adolescente de 15 a 18 anos) foi a maior confusão, todo mundo gritando que o diretor era nazista( o colégio era de imigrantes alemães e tal)', enfim confusão total.rs
Mas queria pedir sua opinião Sobre uma coisa.:
Há poucos meses, saiu uma matéria na isto e.com a Rosane falando mais ou menos da mesma coisa.do direito da pensão, e tal.
E a matéria questionava, que Rosane nao conseguia advogado em alagoas que pegasse o caso dela,que 3 ou 4 juízes já se declararam impedidos de correr com o processo da pensão dela( por um suposto esquema de troca de favores entre juízes e um senador poderoso como Collor)enfim, a matéria questionava a dificuldade de se processar no civil um senador influente das oligarquias do nordeste, etc, etc, étc.
Eu nao to falando do direito a pensão, se ela tem ou nao,também nao to questionando o valor da pensão
Ms fiquei pensado nessa dificuldade em alguém, cidadão comum, conseguir processar Collor, digo, se fosse um cidadão normal estava atras das grades porque nao pagou pensão, certo?
Eu nao sei o que foi falado no fantástico porque nao vi.
E também sei que a Globo manipula todo mundo e arma o circo que quiser, pra provar o que bem entender
Tambem nao simpatizava com a Rosane na época,
Enfim, na sua opinao, existe mesmo essa dificuldade , de processar alguém como Collor, ou na sua opinião essas matérias ( a da revista, a da Globo) estão sendo veiculadas por causa da aliança do PT com o Collor, pra enfraquecer a imagem do PT?
Ou Ambos?!!
Me perdoe se fiz alguma pergunta descabida, mas quero mesmo entender e aprender, porque fiquei confusa;)
Ps: se fosse o Serra presidente, aposto que ele também faria aliança com Collor, se lhe fosse conveniente,:p
Eu nao sou petista, mas abomino o PSDb, por morar no estado de sao Paulo e por viver na pelo estrago que eles tem feito aqui há mais de 20 anos.. Rs
Beijao.!!!

nelsonalvespinto disse...

Oi, Lolinha.

Foi minha época de intensa atividade política também. Mais que o debate foi a ex-mulher do Lula que mais roubou votos. Pelo menos entre o povo que eu conhecia na época.

Vendo pelos olhos de 2012 eu creio que foi melhor o Lula perder. Seria uma pressão muito mais cruel do que nos tempos do caos aéreo, onde o culparam pela queda do avião da TAM.

Lembra de um filme do Zé do Caixão onde ele mostra o Collor voltando em 2000? Pois eu penso que todos estes personagens fazem parte de um filme de terror que eu já assisti e não gostei.

FMata disse...

O que você achou de depois de dizer tanta coisa ruim sobre o Collor ela dizer que ele foi o grande amor da vida dela?

E o que você achou de ela dizer que ganha 18 mil Reais por mês e dizer que isso é pouco porque tem amigas que ganham 40 mil por mês?

Paloma, a mãe disse...

Meu deus, que tristeza. Nem vi a matéria (moro na Eslovênia agora e não vejo Globo nem pelo computador, detesto), mas já imagino a palhaçada. Eu era muito novinha, mas respirava política nesta época também, por influência da minha mãe.
Chorei porque ela não me levou a um comício de Lula na Praça Castro Alves "porque era muito tarde". Na época do impeachment, já com 14 anos, pude ir às passeatas e ter mais autonomia.
Lola, que linda foto de vc e seu amigo na passeata, vc era uma militante muito charmosa ;)
Beijos

Anônimo disse...

essa semana a tv tá emanando cristianismo pra todo lado. minha mae fica dizendo que eu sou uma ateia paranoica (e eu nem sou, sou agnóstica) por estar listando:

primeiro foi aquela palhaçada de enterro do bispo com ~POMBA do espírito santo~ em cima do caixão. aquela pomba ou tava com a asa quebrada, tadinha, ou era pomba de mágico, treinada.

depois foi a marcha das famílias pra jesus, pintada como uma coisa linda e maravilhosa, antro da tolerância e do amor (enquanto a marcha das vadias foi pintada como as loucas que invadiram a igreja. ~invadiram~ como se algum feminista tivesse depredado a igreja e tacado bosta nos fiéis. não. elas apenas gritaram palavras de ordem na escada da igreja, fim).

e por último essa entrevista horrorosa que focou muito mais nos despachos feitos na casa da dinda do que no escândalo político.

Grão da Noite disse...

Também achei a entrevista decepcionante. Mais parecia uma propaganda do livro que a entrevistada está "escrevendo"; se duvidar, o tal livro vai ser lançado pela Editora Globo.

Grão da Noite disse...

Outra possibilidade: Rosane ex-Collor talvez tenha comprado aquela entrevista pra chantagear o ex-marido: "Se você me der 40 mil de pensão mais alguns milhõezinhos, eu engaveto o lançamento do livro pela Editora Globo e ficamos quites". Do mesmo jeito que a Veja vive vendendo o espaço de suas capas, seja pra empresa que produz o tablet mais famoso do mercado, seja pro laboratório que fabrica o remédio pra diabetes que serve pra emagrecer, por que o Fantástico não venderia à ex-Collorette aquela entrevista? Duvido é nada. Se o livro não sair, a gente já sabe: a chantagem em rede nacional surtiu o seu efeito.

Lyzze disse...

Nossa, ainda bem que passo longe de assistir a globo todo dia. O maior contato que tenho com ela é quando meu irmão vê futebol - e olha que nem isso ele faz direito, porque detesta todos os comentaristas. A real é que a Globo só exerce influência naqueles que se escondem da verdade com garras e dentes, porque é tão óbvia a manipulação que até uma criança como eu pode entender.

Ainda bem que escrevestes sobre isso, ao menos sei que ainda não posso voltar a assistir televisão sem medo de me chocar.

jonas_cg disse...

Oi Lola! Assisti a só um trecho da entrevista, mas o pouco que vi me pareceu uma forma da Globo de se isentar da responsabilidade de ter ajudado a eleger Collor. Deu nojo, revolta, e um pouco de vergonha também...

Beatriz disse...

Vi a matéria com minha housemate. Ficamos chocadas com um fato político de tão importância na história do país ser abordado em uma matéria tosca falando de crendice e fofoca.

Concluímos q a Globo tá é querendo livrar a culpa pela eleição de Collor. "Não fomos nós, foi a magia negra". Aham Cláudia, senta lá.

Augusto disse...

Odeio Collor, e odeio o Lula desde quando descobri que ele é homofóbico.

Augusto disse...

Claro que continuo sendo totalmente de esquerda, apesar de ODIAR a esquerda deste país.

suede santos disse...

So pra constar... A safadeza da globo e do collor não impede de enchergarmos a safadeza do pt... Enfim eh tudo farinha do mesmo saco

Elvis disse...

Todo aquele estardalhaço pra dizer que ele fazia macumba? ainda bem que me recusei a assistir isso u.u

Bruno S disse...

Acho que eu só assistia fantástico na época que era a úica forma de ver os gols da rodada.

Sendo que não era certo em que quadro ia passar. Ficava preso a um programa insuportável para ver um quadro de 5 minutos.

E depois eles pioraram, espalharam os gols pelos quadros.

Outra coisa tosca do "cansástico" é o fenômeno que ocorre em consultórios médicos na segunda feira seguinte. Aparece umn monte de gente achando que tem a doença que teve "reportagem" no fantástico.

daniel disse...

quem é o amigo finlandês? que gato!

Clara Lopez disse...

Eu não vi, não suporto a globo e tenho horror a tudo que vem daquela tela, mas não entendi direito qual é a jogada dessa velha e sórdida senhora do falso jornalismo até agora, nenhum dos argumentos aqui apresentados me parecem suficientes para uma coisa tão estapafúrdia quanto a presença da ex collorida falando maluquices. O que estão tramando agora? E quanto a retratar-se, tipo 'não fui responsável pela vitória' delle, acho que nem passa pela tela de quem tanto poder essa preocupação. Afinal, boas escolas e hospitais de qualidade continuam a ser bens para poucos, ainda.
abraço, clara

Anna disse...

e a cara de pau de reclamar da pensaozinha de 18.000 reais? isso me incomoda porque alimenta o pensamento torto de que mulher é tudo malandra e so quer se dar bem em cima de ex-marido e/ou pai dos filhos. e agora, que ja fiz o comentario serio, vai o off topic: voce estava bem bonita na foto :)

Anônimo disse...

daniel disse...
quem é o amigo finlandês? que gato!




Caramba, pensei a mesma coisa. Que pitel!

Dany Mello disse...

vc realmente acha que todo mundo é tonto? SO LIGOU A TV POR COINCIDÊNCIA???? COMO VC COMENTA AS COISAS SEM VER TV? LE EM LIVROS AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS? COISA MAIS FEIA FALAR MAL DO TRABALHO DOS OUTROS.ACHEI ESSE SEU COMENTÁRIO NO FB DE UMA AMIGA FAZENDO POUCO DE VC.PQ TODO ESQUERDISTA BATE EM QUEM TA NA FRENTE? REALMENTE NÃO SE CHUTA CACHORRO MORTO,MAS EU TINHA QUE COMENTAR ESSES ABSURDOS Q VC ESCREVEU.REALMENTE TALENTO ZERO.TEM QUE FALAR MAL DOS OUTROS P APARECER UM POUCO.PARABÉNS CONSEGUISTE MINHA ATENÇÃO, MAS DA MANEIRA ERRADA!

lola aronovich disse...

Pros curiosos e curiosas que querem saber quem é o amigo finlandês: seu nome é Risto, e a gente deve ter se conhecido em 91, 92, por aí, durante um torneio de xadrez que ele veio jogar em SP. Ele imediatamente se deu muito bem comigo e com o maridão. (Aliás, não sei por que não arrastei o maridão pra essa passeata pelo impeachment. Ele não era muito politizado na época e inventou uma desculpa). Lembro que levamos o Risto pro Butantã, e ele adorou. Ele estava adorando o Brasil, só que disse que passou mais frio em algum lugar do Paranã (não Curitiba) que em toda sua vida em Helsinki, porque lá eles tinham proteção contra o frio, enquanto aqui... Ele foi super entusiasmado pra essa passeata, porque o número estimado de pessoas era de 500 mil. Ele disse que nunca tinha visto tanta gente reunida, que essa era a população de Helsinki. E disse também apoiar toda a nossa luta pra impeachar o Collor, mas não entendia como a gente não exigia também que ele devolvesse todo o dinheiro que havia roubado. Enfim, o Risto era um querido, tanto que ele me fez um grande elogio -- disse que eu era a pessoa mais inteligente que ele já tinha conhecido (ele era jovem). Depois, no final de 93, quando me mudei pra Joinville, ele foi me visitar lá. Tenho uma foto em algum lugar dele com meu cachorrinho Hamlet. Mais tarde, infelizmente, perdemos contato. Mas sempre vou me lembrar dele! E tenho certeza que ele sempre se lembrará de mim, do maridão, do Butantã, do frio do Paranã, e dessa passeata dos caras-pintadas.

Kézia Lenderly disse...

Olá Lola parabéns pelo artigo.
Lembro do amigo filandes o conheci no torneio de xadrez em Guaratuba te lembra? Longos passeios pela orla de Guaratuba, eu vc o Matsuura e o filandes .. por onde andará?

luciana disse...

Lola, vc sempre atenta a tudo! Eu participei da campanha de Lula, fui aos comícios apesar d jovenzinha e chorei qdo ele perdeu. Pintei minha cara tbem e fui as ruas.Mas ontem, não lembrei do q a Globo fez p detonar c Lula e eleger Collor! Mto boa sua leitura da entrevista! E como Igor disse, parecia d fato uma entrevista da Record. Mas, n duvido q tbem tenham utilizado rituais. Estes políticos fazem, costumam fazer isto. Mas o maior ritual foi o da Globo.Valeu.

Erres Errantes disse...

Até a Globo está querendo alcançar a fatia evangélica da população. Sim, porque a intenção de retratar Collor como praticante de magia negra só pode ter sido essa.
E até parece que foram os "trabalhos" de magia que garantiram a vitória de Collor em 89, como a Lola muito bem disse no final do post.

Sara disse...

Lola não vejo muito Tv portanto tb não assisti a essa entrevista, vou falar apenas do que eu vi no processo da eleição do Collor e da ascensão do PT, é verdade o que vc diz no post, o que eu não concordo é que a prisão dos sequestradores tenha acontecido apenas para eleger o Collor, eu não votei nele e tb ajudei o PT nessa ocasião, porque ainda acreditava nesse partido na época, não mais hj.
Mas que eu saiba havia realmente muito material de propaganda politica no cativeiro do Sr Abilio Diniz, e tb que eu saiba é comprovado que havia ativistas estrangeiros envolvidos no sequestro ligados as forças revolucionarias aqui na America Latina, alias que eu saiba tb não foi só esse sequestro que aconteceu, houveram outros como por ex. do Sr Washinton Olivetto, com motivações politicas tb.
Então embora tenha se falado muito que esse sequestro foi usado pela imprensa para manipular a eleição, sinceramente eu não acredito nisso.

Michelle Rocha disse...

Foda o que a Globo faz na cabeça desse povo..

Anônimo disse...

Qdo vi anunciarem a entrevista com Roseane, a primeira coisa q me passou pela cabeça: Vão fazer isso como resposta ao fato do Collor ter solicitado o depoimento do Policarpo Junior, editor da Veja, na CPI do caso cachoeira. A Globo, a Folha de SP e a editora Abril estão fazendo o possível pra abafar o relacionamento do editor da Veja com o Cachoeira. É gritante a censura a esse caso nos meios de comunicação.
A entrevista constrangedora da Roseane foi só um ato de revanchismo.
Tb não gosto do Collor, acho q foi o pior presidente e nem deveria ainda estar no poder, mas é claro que a entrevista da ex mulher foi um ato de resposta a tentativa fracassada dele de forçar o Policarpo a depôr.

lola aronovich disse...

Kézia querida, e vc, por onde anda? Continua em Floripa? A Cloe deve estar gigante agora. Eu lembro sempre de vc, do Martim Afonso, das nossas partidas intermináveis de gamão. Bons tempos... Acho que eu nem trabalhava na época e vivia de brisa (ha ha, teve uma época em que eu vivia com 100 dólares por mês, que eu conseguia fácil alugando a casinhas dos fundos da minha casa e ganhando um pouquinho do xadrez). Lembro também da Clara, foi ela quem me ensinou a lavar pratos. Ela e vc! Vc tem notícias dela? Ela tinha se mudado, não? E lembro do querido Everaldo Matsuura, claro. Acho que foi com ele e vc que caminhamos numa praia em Floripa e eu peguei um dos piores resfriados da minha vida! Do Risto em Guaratuba eu não me lembro muito. Apareça, minha ex-companheira de equipe de xadrez!

Sara disse...

Outra coisa q não concordo é que a Globo sempre tenha feito campanha contra o PT, pode até ter feito durante um periodo, mas na eleição do Lula ela mudou de posição, pois boa parte do seu elenco aparecia em propagandas petistas.
Isso nem o mais fanatico petista pode contestar.

lola aronovich disse...

Sara lindona do meu coração, não estou condenando a prisão dos sequestradores do Abilio Diniz nem nada. Mas que foi estelionato eleitoral os sequestradores aparecerem na TV posando estrategicamente com camisetas e bandeiras do PT nas vésperas das eleições, ah, isso foi. É verdade que alguns sequestradores tinham laços com organizações de esquerda de outros países, mas nunca houve nenhum envolvimento do PT nisso. Eu contei esse episódio pro meu co-orientador americano, no ano em que morei em Detroit, e ele ficou espantado. Se algo do tipo tivesse acontecido em outro país (a polícia federal vestir criminosos com roupas de um partido polício nas vésperas de uma eleição?), segundo ele, poderia até anular a eleição, tamanha a gravidade do caso. Aqui no Brasil ninguém nem fala no assunto... E claro que poucos se lembram.

Sara disse...

Tb acho que o PT não estava diretamente envolvido com essas organizações aqui na America Latina, mas o fato é que como o PT se colocava como uma opção a esquerda, esses grupos revolucionários apoiaram ativamente a ascensão do PT ao poder.

Bruxinha disse...

"A "bombástica" entrevista de Rosane Collor ao Fantástico só serviu para fortalecer velhos preconceitos contra religiões de matriz africana!"

Jean Willys foi sensato demais nesse tweet!

Luiz Prata disse...

Não assisti à matéria (não teria "estômago" pra isso, sabia que dali não sairia coisa boa), mas acompanhei a repercussão e os comentários pelo Twitter, inclusive o sensato tweet do Jean mencionado pela Bruxinha.

Por tudo que li, acho lamentável em todos os sentidos, da sujeira geral, passando pelo preconceito contra as religiões afro, culminando na tentativa da emissora de se isentar dos eventos de 89.

Lá Vem Ela! disse...

Olá Lola,
É a primeira vez que leio seu blog e adorei. Já aderi.
Sempre desconfio das intenções da Globo quando ela anuncia essas declarações bombásticas. Nesse casso, acho que é para alavancar as vendas do tal livro que a dita cuja está por lançar.
Agora surreal mesmo foi ela dizer que recebe "só 18 mil reais por mês" enquanto a miga recebe quarenta mil.
Percebe-se que essa pessoa não vive em um mundo real, ou melhor, no Brasil onde o assalariado se equilibra em seiscentos e poucos reais e mata um leão por dia.
Macumba? E daí, ninguém se importa.
Matéria totalmente irrelevante e sem conteúdo.

Anônimo disse...

E Jesus ficou contente com você, Rosane? Nem mesmo seu amor a Deus e você, um lobo sob pele de cordeiro, com a conversa de viver por Jesus mudou esse seu caráter ferino, em nada diferente daquele a quem você acusa. O Brasil sabe que seu ex-marido Presidente DRTV(Dilúvio-Relâmpago-Tornado-Vendaval), é tudo o que você falou e ainda pior. Mas para você que se diz seguidora da Palavra Sagrada, você está mais para PC Farias do que pra JC Nazareno. Se o PC faria, tu Rosane farias.

Huan Icaro Piran disse...

Eu não assisto TV, quando o faço, normalmente é para ver algum programa que acho interessante e por conhecidencia estou em casa e sem internet (isso ocorre umas duas vezes ao ano). Por isso acabei não vendo a matéria, mas vi a propaganda enquanto passava pela sala esses dias, o fato da porta do quarto ficar de frente para a TV me faz ver relances ao transitar.
Já imaginava metade das besteiras que li na internet ao ver a chamada do fantastico, a outra metade me fez achar graça e não ficar nem um pouco surpreso.
Não sei como foram as coisas no tempo Collor, eu era muito novo, nasci em 87, mas o que ouvi e estudei minha vida inteira me fazem saber que acreditar na mídia é uma grande furada, vide exemplos já citados aqui.

DIREÇÃO DE ARTE disse...

ex-"chefe de despachos de macumba"

Cuidado quando você fala desta forma desrespeitando uma religião muito séria. NO caso a UMBANDA, o problema não é o despacho de macumba e sim seres humanos FDP que votaram no COLOR.

Anônimo disse...

Lola, gostaria de saber o que vc acha da entrevista sob o ponto de vista da história da "magia negra". Francamente não sei até que ponto Collor realmente fez algum ritual do tipo ou ele apenas seguia a religião e fazia seus rituais e tudo isso não passa de uma atual evangélica preconceituosa querendo ofender o ex-marido em rede nacional (no fds da marcha pra jesus!!)

Comentarista disse...

Lola, gostaria que você comentasse sobre esse tipo de humor que banaliza até mesmo o aborto e as drogas http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=3ROuNmnjCM4

FMata disse...

Engraçado, a Lola continua ignorando solenemente a parte que mais chamou a atenção na entrevista, a parte final em que ela falou que ganha 18 mil Reais por mês de pensão e acha muito pouco porque tem amigas que ganham 40 mil Reais.
A memória seletiva das feministas é muito interessante.

Anônimo disse...

"Engraçado, a Lola continua ignorando solenemente a parte que mais chamou a atenção na entrevista, a parte final em que ela falou que ganha 18 mil Reais por mês de pensão e acha muito pouco porque tem amigas que ganham 40 mil Reais.
A memória seletiva das feministas é muito interessante."

What's your point exactly?

Brainstorm disse...

Muito bem dito, Lolinha ;)

Agora, sobre as "revelaçoes bombásticas" anunciadas a semana toda, alguém já viu isso?
As mesmicemas revelações numa capa da Veja em 2007!!!

http://morcegoide.blogspot.com.br/2007/12/revista-veja-12-de-dezembro-de-2007.html?m=1

Brainstorm disse...

As revelaçoes bombasticas do Fantastico, exaustivamente anunciadas, sairam na capa de uma veja em 2007!hahaha


http://morcegoide.blogspot.com.br/2007/12/revista-veja-12-de-dezembro-de-2007.html?m=1

ps:adorei o texto, Lolinha ;)

Chá das 9 disse...

Ei, Lolinha, já experimentou procurar teu amigo Risto no facebook? Sabe o sobrenome dele? Cria um e taca lá. Todo mundo tá no facebook, hoje em dia.

(se achar, aproveita pra botar foto mais recente dele aqui. pra gente ver se ainda tá gato assim hahaha)

Chá das 9 disse...

Ah, e por que ele foi a passeata? Tava a fim de conhecer o movimento petista? Porque nem morta eu ia numa passeata política num lugar que eu não conhecesse...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

O Fantástico está cada vez mais apelativo e ridículo, assim como quase toda a programação da tv aberta em geral.
Há tempos não assisto nada na Globo, mas gosto de algumas coisas antigas que eles reprisam no canal Viva como a minissérie Chiquinha Gonzaga e Som Brasil.
Em agosto vão reprisar Delegacia de Mulheres:
http://canalviva.globo.com/programas/mais-da-tv/materias/viva-traz-de-volta-serie-delegacia-das-mulheres.html
Mas infelizmente pra cada programa bom que a Globo já exibiu tem pelo menos uns dez que não vale nem a pena passar perto.

Luna disse...

Essa mulher, pelo pouco que lembro, sempre foi uó.

Não vi a entrevista, nem sabia que ela ainda era relevante a ponto de ser entrevistada!

A parte que eu mais "gostei" foi a da pensão. Por que ela ganha pensão do ex? Eles tiveram filhos? Por que esse valor alto? Ele é obrigado a sustentar uma ex mulher eternamente?

A cereja do bolo foi o mimimi "minhas amigas ganham, também quero ganhar". Que vergonha de tanta futilidade, por que Rosane não se junta com as amigas e vão trabalhar?

Anônimo disse...

minha nossaaaaaaaaaaaaaaaaa a mulher recebe R$18 mil por mês e a troco de quê ela reclama? ah claro uma tal amiga recebe R$40 mil pelo mesmo espaço de tempo...

Beatriz disse...

Também achei UÓ uma mulher adulta e jovem, sem filhos, em plenas condições de se sustentar receber pensão do marido. Que que é isso Brasil? E ainda mimizando da pensão. Dá licença

Anônimo disse...

Lola...

Não tem nada a ver, mas olha este texto com o qual me deparei: http://revistaalfa.abril.com.br/estilo-de-vida/comportamento/mulheres-se-odeiam/.

Fiquei horrorizada, vivo vendo textos dessa escritora sendo muito divulgados internet afora e não conhecia esse.

Vitor Ferreira disse...

Pensei o mesmo, Lola. Muito asquerosa a manobra da Globo, que nunca se responsabiliza pelo que faz, culpando "macumba". Vergonha na cara, cadê?

Anônimo disse...

essa Rosane chora de barriga bem cheia pois vem de família rica, com muito dinheiro e nem sei pq o ex marido tem de pagar um único centavo para ex-mulher se ne tiveram filhos e ela está cheia de viço, saúde e garra mamando na crença dos fieis partidários do dízimo que pastor@s ficam com uma grande porcentagem do que é arrecadado.

A TV Globo tem muita força nesse Brasil afora e amolda a cada nova novela que a Globo bota no ar. E essa de empreguetes???

Samantha Steil. disse...

Ainda estou esperando as revelações bombásticas que anunciaram...Alguém por aí viu?

Anônimo disse...

adoro suas matérias,mas qdo vc tenta enfiar o PT na goela da gente é chato.

Cora disse...

galera,

longe de mim defender rosane, collor, pt ou qq coisa deste naipe. não entendam por aí.

apenas pra reflexão, ok?

concordo q 18 mil pareça muito. pra mim é muito. no entanto, isso não faz nem cócegas no cara.

não sabemos como foi o combinado entre os dois. não sei nada sobre eles, mas me parece q ela nunca teve atividade remunerada. quantas vezes, no casamento, o cara diz q vai bancar a mulher? aí a imbecil cai nessa conversa mole, fica completamente dependente do cara e, num eventual divórcio, não tem como ou não sabe se virar?

acho muito cômodo tacar pedra agora, porque ela foi mesmo fazer papel ridículo em rede nacional. e o bonitinho do bofe numa boa, fazendo, ainda por cima, papel de vítima de ex-mulher.

ninguém sabe o que ela teve que aguentar dele.

quem já acompanhou divórcio menos badalado de casais em que a mulher nunca trabalhou sabe como a situação dela é difícil. porque no início é tudo ótimo: a mulher aceita não trabalhar pra viver em função do bofe e ainda tem que ouvir, no divórcio, que nunca colaborou com nada e que agora o patrimônio é todo dele. como assim nunca fez nada? e a vida dedicada aos interesses e aos negócios dele?

ela tá sendo chamada de vagaba e de vadia por aí. como sempre acontece com as mulheres na situação dela. inclusive aqui.

isso apenas mostra como as discussões sobre autonomia e independência feminina são importantes.

ela ainda tá numa situação “confortável”. mas tem um monte de mulheres na mesma situação dela por aí. abrem mão da própria vida pra dedicar-se à casa e ao marido, não constroem um pé de meia, não pensam em um plano b e se veem sozinhas e estigmatizadas num divórcio.

nós não precisamos tacar pedra sempre. e nem fazer coro ao senso comum. pelo menos aqui, as críticas poderiam ter um viés diferente.

James disse...

Po, a Lola ta com um cara bonitao ai na foto... he he

Anônimo disse...

junte o oportunismo malandro de uma, com o sentimento de revolta pelo divórcio mal resolvido da outra e temos a "entrevista do ano": um conjunto de denúncias requentadas. Tirando a baixaria galopante de ambas, essa bomba não passou de um traque. Sou grato por esses dois malucos, Collor e Rosane, não poderem mais fazer mal a tantos, como aconteceu com o confisco decretado pela equipe econômica capitaneada por outra maluca, a Zélia, em que eu e muitos perdemos TUDO. Demorei anos para me recuperar. Mesmo depois de devolvido, meu dinheiro não foi suficiente para honrar as dívidas que precisei contrair e fali. Gente como Collor e Rosane (acusada, como presidente da LBA, de desviar verbas federais para seu município de origem,Canapi) são o que de pior a política brasileira produziu. Fica a impressão de que Dona Rosane ainda não acordou do sonho, ou melhor, pesadelo que seu ex-marido mergulhou o país no início da década de 90.

Ta-chan disse...

Oi Lola!
Não sei se você vai ver, mas quero compartilhar dois links.

O primeiro e sobre uma mulher escondida tirou fotos do processo de seu aborto.Tudo bem diferente das fotos que os pró-vida espalham por ai..
http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/07/mulher-registra-aborto-em-fotos.html

O outro e sobre Marie Nzoli, líder de uma organização congolesa para ajuda de pessoas vitimas da guerra civil, principalmente as vitimas de estupros coletivos.li a matéria e fiquei pensando se poderíamos fazer alguma coisa...escreva algo á respeito se você achar interessante para o blog e se tiver tempo também.Bjão, e obrigada pelo blog, tem me ajudado muito!

Ta-chan disse...

Sou muito distraida de manha!esqueci do segundo link!
Tá aqui:
http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/07/a-naturalizacao-do-estupro-no-congo.html

Anônimo disse...

Pipocou na minha timeline do twitter o nome Lola. Pensei, ué, minha papagaia tá no twitter? Não, veio a resposta lacônica logo em seguida. Fui olhar mais perto e vi que se trata de uma "Professora da UFC, cronista de cinema, feminista, de esquerda, blogueira que escreve todo dia. Ingrata com o patriarcado desde criancinha". Ufa! Com tantos predicados, sobretudo o "blogueira que escreve todo dia", assim mesmo, sem preposição, fiquei curioso. Li seu primeiro texto. Este que comento. Suponho que não preciso ler mais nenhum. Fui mais afundo e reparei que escreveu um livro onde elenca suas "crônicas de cinema". Oh Lord! Eu já nutria sérias dúvidas sobre a capacidade intelectual das ratazanas que escrevem sobre cinema na grande imprensa, lendo seu texto, então, matutei uma certeza: livros no Brasil, hoje, são escritos por e para analfabetos funcionais.

Ademais, o motivo que me levou a comentar aqui e perder alguns minutos de vida, sobre os textos na Alfa, recomendo mais leitura. Sua interpretação de texto é péssima. Recomendo também que cerre as portas desse blog. Você é de esquerda não é mesmo? Deseja um país melhor, não é mesmo? Então, inicie essa marcha contribuindo para alfabetização das massas. O primeiro passo é contribuir para a extinção do mal feito gramatical na internet. Seu blog incluso.

Anônimo disse...

ôôôô das 10:36 que reclama da gramática da Lola saiba que vc precisa aprender a "ir a fundo" afundo? é, vc disse afundo, afunda oras.

Anônimo disse...

Rosane tem o pensamento distorcido ao se contradizer no paradoxo, por assim dizer; pois diz que ñao acredita em coincidência, mas acredita em maldiçao. Como acreditar numa sem acreditar na outra? Explicar, esclarecer, seria pedir demais pois ela é movida pela fé, cega... fé cega que nada explica e tudo justifica a favor da/o crente.

Anônimo disse...

para os MASCUS de plantão
← Um Discurso Em Nome das Jovens Mulheres Brasileiras.
Cadê meu blush feminista?
http://blogueirasfeministas.com/2011/03/cade-meu-blush-feminista/

Anônimo disse...

Rosane teria feito muito melhor na vida se lesse textos como o abaixo, entre tantos outros que fortalecem a mulher. E partisse ela para ser uma voz que ajudasse a liberar particularmente a mulher nordestina que, se ocmparada com a mulher do sul do país, vive sob o jugo muito mais acirrado do homem contra a mulher.

"O que é ser mulher? A mulher não tem um destino biológico, ela é formada dentro de uma cultura que define qual [é] o seu papel…"
http://blogueirasfeministas.com/author/srta-bia/

Flavia Vianna disse...

Lola, não vi a reportagem, mas minha irmã e minha mãe viram. Quando resolvi perguntar sobre o que Rosane Collor revelou ao mundo, eu disse: notícia velha. Folha Universal e Veja publicaram primeiro.

Lembro um pouco da eleição de 1989, tinha uns 6 anos (meu aniversário de 7 anos foi no dia do segundo turno). Houve um racha aqui em casa: pai votando no Collor e mãe votando no Lula. Aliás, ela vivia falando que Collor seria uma decepção para quem votou nele. Sobre o processo de cassação lembro um pouco mais. Era lindo ver as notícias dos jovens nas passeatas.

Off topic: vais comentar sobre "Na Estrada", do Walter Salles? Abraços!

Basile Christopoulos disse...

Lola, leio sempre o seu blog, e como quase sempre, gostei do que li. Sou ALAGOANO com orgulho e nunca votei no Collor. Pelo contrário, tenho 27 anos e tive a oportunidade de participar de uma passeata contra o Collor em 2002 quando ele se candidatou a governador de Alagoas. Alguns se perguntam como o Collor pode se eleger depois de tudo que ele fez. De lado o fato de que vários lugares desenvolvidos elegem pessoas como o Maluf e o Berlusconi, não se pode esquecer que Alagoas é um dos lugares mais miseráveis do Brasil, onde me arrisco dizer, não há democracia. A opressão contra o povo alagoano tem mais de 500 anos e não há espaço, salvo raras exceções, para que o povo exerça seu voto livre. Meu pai sempre diz que em Alagoas todos sabíamos que Collor seria um péssimo presidente, como foi um péssimo governador, péssimo prefeito de Maceió e hoje, péssimo senador. Apesar disso, a reportagem da Globo apenas mostra como a TV brasileira é manipuladora, e atende a interesses outros que não o público, requisito das concessões que permitem a sua veiculação. Infelizmente, como Collor, é difícil lutar contra esses poderes estabelecidos. Embora eu tenha fé que o povo alagoano e brasileiro tenham forças, um dia, para acabar com esse poder anti-democrático, opressor e que não atende aos interesses da nação. Abraços!

Anônimo disse...

pate 1/6 - Collor "fala dos bastidores do impeachment"
http://www.youtube.com/watch?v=t6FLBTdmyVo&feature=relmfu

Anônimo disse...

deixa estar que Lula vai voltar a se candidatar e vai ganhar.

AngieB disse...

Eu tinha 8 anos e me lembro bem desta eleiçao, claro que na epoca, nao tinha ideia da real importancia, mas sempre conversei muito sobre politica com a minha mae. E viviamos no interior de santa catarina, onde a agricultura e a terra valem muito. Opa, junto com a igreja e a famlia claro. E me recordo como a moça que ajudava minha mae em casa chegava contando o que os professores diziam na aula. O nome dela era Betty e eu adorava ficar com ela, so tinha medo pq ela era evengelica e tudo era pecado. Mais ainda que uma familia catolica, o que para mim parecia impossivel. E entao, professores na epoca aterrorizamos este alunos que se o Lula ganhasse ele ia matar todo mundo que tinha terra, e que ele nao tinha um dedo pq tinha roubado (WTF? Estamos no oriente medio), e a 1a coisa que ele ia acabar era com o casamento porque ele nao acreditava em Deus.
Sim, eu fico refletindo como foi um terrorismo sem fim aquela eleiçao, e como se manipulou as pessoas. Nao adiantava nada a minha mae explicar e dizer que era mentira.
Dentro da minha familia mesmo, tinha gente que tinha terra, lia a Veja religiosamente (era lei o que ali estava escrito) e tinha recebido muitos incentivos dos governos militares, para manter forte a politica linha dura de direita na regiao. Ser comunista era uma ofensa sem tamanha. Como voce mesma disse, eles alardeavam que o Lula nao ia respeitar o privado. Deus os livrassem disso!
Collor esteve pessoalmente por la, como a maioria dos militares pseudos presidentes, o Lula nem passou por perto.
Entao, quando ele ganhou e a Zelia começou com os pacotes economicos, eu me lembro ate hoje do desespero do meu avo com o dinheiro dele sendo confiscado. Ele dizia que isso estava tao errado, que como podiam permitir isso, sair das garras dos melicos para cair num conto maior.
Eu lembro dos preços aumentando cada vez que voce ia no supermercado, e o dinheiro que mudava, que vinha com carimbos, que perdia, que ganhava zeros. E a voz geral do campo dizendo que a ditadura era bem melhor.
Eu ficava confusa com aquilo, pois via meus livros de historia e perguntava para mim mesma quando é que uma ditadura foi melhor para o povo?
E como acharam que no 1o governo tudo ia ser consertado.
Minha mae gostava do Ulisses, ela dizia que ele que tinha que ter feito a transiçao. E mesmo sendo meus pais de centro-esquerda nao os lembro fazendo campanha para o Lula em 89. Nao se falava disso abertamente por la nao.
A discussao do mensalao e todo o julgamento agora é otimo de se ver, quando eu li o livro "Morcegos Negros:PC Farias, Collor, Máfias e a Historia", fiquei boba com a complexidade do esquema e como nao foi feito nada. Impechmant foi a ponta do iceberg.
Apavorante ver policiais federais tentando fazer seu serviço, juntando provas, confeccionando processos e logo sendo transferidos e etc, como filme. Sim, este livro é super digno de ser adaptado e as pessoas terem dimensao de como este escandalo foi manipulado e posto panos quentes.

Ariane disse...

Lola, primeiramente, gostaria de parabenizar o seu blog! Muito, muito bom!
Esse comentário não tem nada haver com o texto, mas lendo esse post, percebi que você é 'petista' e sempre foi contra o Collor. O que você achou da recente associação dele com o partido?
E também sobre o escândalo do mensalão. Acho você uma pessoa sincera e realmente queria saber sua opinião. Obrigada!

Muleque Zóiudo disse...

O Collor não vale nada, é um corrupto o Brasil todo sabe. Mas essa senhora deveria ter uma postura mais decente. Afinal ela era conivente e usufruiu da roubalheira. Conheceu vários países e pessoas importantes, jantares e almoços de reis, tudo através dele. O mínimo de dignidade ele deveria ter. Pelo menos se calar. Delatando o ex marido por causa de valor de pensão. Ela se mostra mais corrupta do que ele. 18 mil reais não é qualquer pessoa que ganha não. O que ela quer mais? Fez trabalhos com o diabo e agora corre para o lado de Deus. Se acredita e confia tanto em Deus, porque corre atrás de dinheiro. Ou o Deus evangélico o seu verdadeiro nome é dinheiro. Ou será que quando o coração bate só palpita $$$$$$$$$$$.