domingo, 25 de dezembro de 2011

TRÊS DIAS ESPETACULARES EM PARACURU

Eu, maridão, mar à espreita

No final de semana passado eu não estava aqui, em Fortaleza. Eu e o maridão fomos passar três dias maravilhosos numa cidade linda do Ceará chamada Paracuru. Não é longe, dá mais ou menos uma hora de Fortaleza. Ficamos nesta colônia de férias da Associação de Jornalistas. Parece que a Lívia, futura médica, vai sempre pra lá com a família. Desta vez ela decidiu levar alguns amigos, como esta sortuda que vos fala.Ficamos praticamente numa praia particular, porque não tinha mais ninguém naquele longo trecho, com exceção de um pescador simpático (e seus três cães com quem tentei fazer amizade, mas não fui bem sucedida) que tecia sua rede à tarde. Ainda não falei isso pra ninguém, mas eu pensava na promessa que Clarice Starling fez pro Hannibal Lecter caso ele colaborasse com as investigações –- uma semana por ano de praia numa ilha com centro de doenças de animais. “Every day of that week you may walk on the beach, you may swim in the ocean, for up to one hour, under Swat team surveillance, of course” (“Todo dia dessa semana você poderá andar na praia, nadar no mar, por no máximo uma hora, vigiado pelo Swat, é claro”).
Certo, nada a ver esse pensamento! É que não era fácil chegar à praia. Tínhamos que descer uma longa escada. Até a metade, tudo bem. Mas depois começava a ficar cheia de musgo que escorregava. E o último degrau era um degrauzão. 1a etapa das escadas. Ao fundo, no alto, porta que dá pra nossa casa.

Mas valia super a pena, porque a praia era um paraíso. Tinha sombra de árvores, um mar lindo e cristalino (com algumas algas na parte da tarde, mas nada perigoso, como tubarões ou águas-vivas), e até algumas bicas de água doce. Eu provei, dava pra beber numa boa.
Agora, não sei porque os navegadores insistem em dar nome aos oceanos. É só pra confundir as pessoas que nunca sabem se é o Atlântico ou o Pacífico ou o Ártico, nas praias do sul. Todos os mares do mundo podem ser divididos em duas categorias: mar com ondas de afogar Lolinhas, e mar sem ondas de afogar Lolinhas. Infelizmente, a maior parte dos oceanos no planeta encontram-se na primeira categoria.Essa praia particular em Paracuru parecia ser calma e não ter ondas de afogar Lolinhas, mas era pura ilusão. Era só eu entrar na água que uma onda se quebrava em cima de mim e me levava pra longe. O Heltinho, namorado da Lívia, foi super gentil e virou meu BFF (best friend forever). Ele me deu a mão e me puxou pra lá longe no mar, onde a gente só fazia pé na ponta dos pés, na maioria das vezes. A vantagem é que ficávamos num ponto antes das ondas quebrarem. Quer dizer, quase sempre. Ás vezes elas conseguiam se organizar pra quebrar em cima de mim, e era terrível. A Manu também tinha medo, mas ela é durona, e fingia que não tinha. Quando vinha uma onda grande, eu gritava “Salvem a Manu!”.Mas geralmente eu gritava “Mayday! Mayday!”, e isso servia pra alertar os incautos. Então o maridão, do jeito pessimista dele de ser, ensinou que o ideal era gritar “Jacaré!”. Por que jacaré? Porque a pessoa esperava uma onda enorme pra poder fazer jacaré, mas aí vinha uma ondinha de nada e frustrava suas expectativas. Pior é que quase sempre funcionava. Num momento calmo, pedi pra ele falar japonês romântico comigo. A gente tem essa brincadeira em que ele imita (que nenhum falante de japonês o ouça) algumas palavras de forma que lembre japonês, e que sejam românticas. Um dia eu gravo pra vocês, porque é imperdível. Mas desta vez lá estava ele e eu no mar, e de repente, no meio do japonês romântico, ele grita um “Tenaka!”. Era uma ondona vindo em nossa direção.- O que é Tenaka?, eu perguntei.
- É jacaré em japonês, inventou ele.Lalá, e eu no meio, segurando a mão do Helton, num quase Mayday.

Mas na maior parte do tempo eu ficava mais romântica era com o meu BFF, que segurava a minha mão pra eu não ser levada por uma onda de afogar Lolinhas. Por conta disso, tive que ouvir sem parar da Lívia que roubei seu namorado. Eu dizia que não, que só peguei emprestado! E se mais gente fosse menos egoísta e compartilhasse seus namorados (tô pensando na Manu), eu não teria que ficar segurando mão do Helton o tempo todo. Não que eu esteja reclamando, Heltinho!E alguém pode perguntar: onde estava o Silvio, vulgo maridão? Pois é, quando ele não estava se empaturrando de caju (que ele pegava das árvores) e fotografando pedras ou pegando tenakas, digo, jacarés, ele e o Helton até disputaram um campeonato de nado pra ver quem ficava com a minha mão. Até seria romântico, se o Helton, ao chegar milhas depois do maridão, não tivesse me dado uma braçada bem em cima da minha cabecinha. Deu galo e tudo. Acho que isso foi represália por eu ter acabado com ele no gamão (placar: Lolinha 10, Heltinho 3. Isso porque chegou num ponto que paramos de jogar). Aí ele ensinou Monopoly Deal pra gente. É muito, muito legal (compre e jogue. Custa só uns dez reais). É quase um Banco Imobiliário, só que com cartas. E pra quê, né? Assim que o maridão e eu aprendemos, não perdemos mais. A gente só se revezava nas vitórias. É muito triste isso. A pessoa vem, toda entusiasmada, ensinar um joguinho pra gente, e nunca mais ganha. E daí a pessoa, pra tentar justificar, diz que é sorte nossa, que somos as pessoas mais rabudas do universo, que deveríamos jogar na Mega Sena.
Na volta, o maridão até falou pra mim: “O Helton foi um paizão pra você. Mas, meu anjo, a gente precisa deixar a Lívia ganhar de vez em quando”.
É uma pena que nunca mais serei convidada pra ir a Paracuru, porque amei o lugar.
Manu, Livia, eu, Laís. Duas são futuras médicas e uma já é enfermeira. Eu não ia me afogar lá nem que o Helton não me desse a mão.

Dois dias depois, já de volta a Fortaleza, fomos à vernissage do Diego (que também esteve em Paracuru). Diego é fotógrafo profissional e ganhou um concurso para expor suas belas fotos no Dragão do Mar. A gente de vez em quando faz um jogo de mímica de filmes em casa, mas quando dividimos as equipes em meninas vs meninos é uma covardia. A gente ganha de lavada. Na exposição, em foto da Manu: Livia, Silvio, Helton, Caio, eu, Diego.

Adoro todos esses amiguinhos com metade da nossa idade. E sabe como conheci essa gente? Através da Manu, que era leitora do blog (ela diz que ainda é; eu duvido). Ela foi generosa o bastante pra me apresentar a sua rede de amizades. Mas emprestar o namorado que é bom, até agora, nada!

32 comentários:

Dayane disse...

Que delíiiicia Lola!
Vim desejar um ótimo 2012 pra vc e pra todos o pessoal daqui!Obrigada por ter feito eu aprender tantas coisas esse ano!
Bjos,Day

Débora disse...

Adorei Lola :*

Lord Anderson disse...

Diversão merecida :)

Nada melhor que curtir um local tão bonito na companhia dos amigos.

Parabens

Bárbara disse...

A foto com você beijando o maridão ficou linda, Lola! :-)

Matheus disse...

Lola! Feliz Natal e um excelente 2012! Tudo de bom e, novamente, parabéns pelo blog.

O seu blog tem sido muito importante na minha vida no sentido de me fazer refletir sobre conceitos e comportamentos que antes passavam despercebidos.

Saudações!

Ginger disse...

:) Lola vc e o maridão formam o casal mais fofo ever!

XD

sam disse...

Que fotos lindas, Lola! Você e o maridão são um casal muuito bonito, espero que um dia eu e meu namorado cheguemos nessa idade tão cheios de companheirismo e bom humor como vocês :D

Feliz Natal e bom 2012, eu acompanho o teu blog há dois anos mas é a primeira vez que comento, já que a minha meta pro ano-novo é ser menos tímida :D

O seu blog me inspira, me ajuda e me ensina muito. Que venham muitos posts e polêmicas e guest posts pro próximo ano! Beijo Lola *:

Emanuella disse...

dona Lolla,
além de expor minha figura aqui no blog ainda me difama e me chama de egoísta...mas é assim umas e outras de chamam de venenosa e não sei que mais e ainda querem que eu divida meu belo namorado de boa...tem problema não sua ingrata tiamo msm assim!e ainda diz que eu não leio mais o blog...é mt cara lisa,na próx. deixo se afogar lá hahaha
bjauuuuuu da
Manu

Sara disse...

Lola q lugar lindo, parece o paraiso me lembrou do filme da "Lagoa Azul" q eu adooooro.
Mas vc merece ir a lugares assim Lola só por aguentar esses trolls pentelhos q vivem te atazanando, fico imaginando eles devem estar roidos de inveja, como ja dizia minha avó" praga de urubu não pega".
O pessoal q estava com vc são gente muito bonita e simpatica, aposto que vc ira mais vezes pra la.
Espero q vc curta bastante essas férias em lugares lindos como esse que vc nos mostrou.

LisAnaHD disse...

Lola, vc tem olhos absurdamente lindos! Feliz Ultima Semana de 2011pravc, Silvio, y tu madrecita.

Robs disse...

Merry Christless Lolinha\o/
Tudo de bom pra vc nesse proximo ano lindo
Bjs

lola aronovich disse...

Olha só, a pessoa diz que lê meu blog e fica escrevendo Lola com dois Ls! Como é que pode?
Salvem a Manu! Dentro e fora do mar!
Vi o que algumas jararacas escreveram de mim no Facebook! (vi pelo FB do Silvinho). Tipo a Ju me chamando de femme fatale! Ha ha ha, ri muito!
Ju, essas meninas são difíceis, viu? Fora não emprestar o namorado, ainda ficavam falando a toda hora: "Vou contar pra Ju!". Como se eu tivesse medo de cara feia, chata e boba!
Juzi, só agora vi as fotos daqui de Fortaleza que vc pos no seu FB. Mais as fotos que peguei da Manu, vai ter postzinho sobre a Prainha no domingo que vem.
Ahhhh! E quem colocou como legenda "Lolinha e macaxeira, um caso de amor"? Curti!
Por falar em "curtir", esqueci de comentar no post que o mar inteiro parou pra ver o Caio saindo das águas em câmera lenta. Até as ondas pararam! As meninas todas ficaram olhando e fazendo sinalzinho de "curti". Eu não, que eu sou uma mulher respeitosa. Namorado de amiga minha é BFF!

Emanuella disse...

cadê a liberdade de expressão aqui?escrevo lolllllllla como eu quiser!!!!!óooo!e aí?algum problema? e olha vc viu dona lollllla?se existem jararacas existem tb cascavéis de olhos verdes,daquelas que balançam o chocalho qnd veem o namorado alheio... e se é pra falar do meu namo que fale direito.diga que as águas pararam,se levantaram e se dividiram pra ele passar ok?assim que se passou...pobre silvinho não merece essa peça e digo mais,continuo contando tudo pra ju,e digo mais mais,se botar foto da prainha em que tou de biquini eu processo viu?vc vai se ver com a justiça meu bem...sicomporte sua cobra do mar!bjauu Manu

Iasmin disse...

Lola, você tá tão linda com esse vestidinho de praia branco!
Belas fotos.

elly disse...

Feliz Ano Novo!!
tudo de bom pra vc e sua familia!
te convido pro sorteio de um tablet lá no meu blog,ok
será um prazer!
bjinhos
www.coisasdeladdy.com

Carol disse...

Folga mais que merecida ein Lola! Um ótimo 2012 pra vc. Que o blog continue divertidissimo e maravilhosamente informativo.
Muito love pra vc e pro maridão.

Daniel S.Orlandi disse...

Lola, as fotos ficaram lindas, especialmente as suas com o maridão.
Descanso realmente merecido.

Um grande abraço e tudo do melhor em 2012.

cronicasurbanas disse...

Nossa, estive em Paracuru na década de 80, ficamos na casa de um pescador porque não havia qualquer tipo de acomodação no lugar. Realmente um paraíso, bom saber que a praia ainda é tranquila, porque hoje em dia várias já viraram moda, ganharam pousadas, resorts, encheram de turistas... Deu vontade de voltar (ou pelo menos digitalizar as fotos que fiz), o Ceará realmente tem lugares imperdíveis pra gente conhecer.
abraço
Mônica

Milady Carol disse...

Nossa, que vontade que bateu aqui... Nao conheço Paracuru, mas quando era criança também vivia comendo caju catado na hora, e em praias desertas... So que na Guiné-Bissau :D
Que bom que as férias foram boas !

Dai disse...

Lindo post, Lola, que delícia de passeio e de amigos, e que amor lindo o teu e o do maridão. Amei as fotos. Beijos!

Eliza (Biii) disse...

Adorei as fotos! Todas lindas!

Drica Leal disse...

Muito linda você com seu marido!

Só o Nordeste pode proporcionar esse tipo de paisagem maravilhosa no Brasil, né?

Gabriele Albuquerque Silva disse...

Que bacana, Lola! :)
Praias vazias como essa são as melhores, se aproveita bem mais ^^

Ana Torres disse...

Até eu que não pela monogamia achei fofo essa foto do beijo .. snifff.. tpm é foda! xD

Bolenho disse...

ahahaha que romantico lola! Adorei o post, morro de saudades dessa terra linda que visitei apenas 1 vez, mas que me apaixonei!
bjs!!

Hamanndah disse...

Eu amo ver vocês dois juntos, um casal de almas gemeas

PARA OS MASCULINISTAS DE PLANTÃO, FLASH E OUTROS:

ENGULAM SUAS FRASES DESPEITAS QUE DIZEM QUE "FEMINISTA É MAL AMADA"

LOLA MAL AMADA?

VEJA O QUANTO LOLA É AMADA, GRAÇAS A DEUS, QUE ELA AINDA NAO ACREDITA

LOLA, A felicidade no amor de outras mulheres, minhas irmães, também me deixa feliz, quando eu estou só e quando eu estou acompanhada

beijos para você e feliz ano novo para você e maridão e o gato

Hamanndah

Hamanndah disse...

Corrigindo: irmãs

Dri Caldeira disse...

Lola, tô aqui 2 dias atrasada pq domingo foi dia de acabar o q começamos no dia 24 e segunda foi Dia Internacional da Troca do que se ganhou e não coube, nem deu pra vir aqui. Eu tava pensando em vc e seu marido e me veio uma situação que aconteceu comigo. Na quinta-feira coloquei uma roupa q outrora fora folgada em meu corpo. Meu sargento olhou e com a melhor cara de paisagem que ele conseguiu fazer me disse: - Nossa, amor, a blusa encolheu. Troca de sabão.
Coisas grandiosas só nos causam um impacto momentâneo e depois, passam... as coisas corriqueiras que parecem sem importância, qdo tratadas com cuidado e delicadez por quem vc ama é que permanecem pra eternidade. Como o maridão pedindo pra vcs deixarem a menina ganhar. Muito lindo ver um amor verdadeiro e puro assim exposto. Obrigaaaadaaaa!

Dri Caldeira disse...

P.S. - onde vcs leêm delicadez, leiam delicadeza. Eu sempre penso mais rápido q digito.

Luciano Mano Negra disse...

Lola, eu te pegaria, MAS seu marido é um gatão. Minha esposa e eu te lemos todas as semanas, te adoramos.

Moi disse...

Lola que pernocas, assim eu gamo (L)

Feliz Ano Novo pra vc e pro maridón.

Lorena disse...

Só sei que eu fiquei morrendo de inveja do descanso de três dias e do paraíso onde vocês ficaram, Lola. Mas, ó, mais do que merecido um passeio assim pra quem trabalha tanto!

Muito lindas as fotos, super românticos os chamegos entre você e o maridão. :)