sábado, 28 de maio de 2011

MEU BLOG É UM SUCESSO E EU NÃO SOU UMA CANIBAL

A Suzana, muito querida, me enviou um printscreen (eu também sei fazer! Evoluí muito do começo do blog, em janeiro de 2008, pra cá. No início eu, ahn, literalmente tirava fotos da tela do computador, até que o Pedrinho, leitor que se auto-intitulava "meu melhor fã" antes de me abandonar, disse: "Por favor, diga pra mim que você não tirou uma foto da tela do computador". O quê?! Vai dizer que você nunca fez isso?) de um jornal carioca que publicou uma notinha sobre meu blog. É do Destak que, segundo a Suzana, é um “jornal ultra popular e megalido aqui no Rio -– tiragem de 100 mil exemplares que se esgota antes da 9h de toda manhã”. Legal, né? Infelizmente, isso não resultou em aumento de visitas pro blog, mas pelo menos o jornal não publicou nenhuma informação errada (tirando a que o blog tem espaço pra comentários, porque, se depender da vontade do Blogger ultimamente, não tem não. Mas não desistam, leitor@s querid@s! Voltou ao normal no meio da semana?).
Havia potencial pra ser muito pior. Vi um exemplo desse potencial num blog ou site ou tumblr (até agora não sei o que é, e não sei a diferença entre essas três categorias) que me faz chorar de rir. É a capa do Tails (Caudas, daquelas que se mexem, não as de colocar em cima da comida, porque aí seria com L). Não sei quem é Rachael Ray, mas ela foi capa desta revista sobre animais de estimação. A pessoa que fez a matéria achou que vírgula é uma futilidade, e escreveu: “Rachael Ray finds inspiration in cooking her family and her dog”. Com as vírgulas seria (porcamente traduzido): “Rachael Ray encontra inspiração em cozinhar, sua família, e seu cachorro”. Sem as vírgulas a pobre Rachael é uma canibal e o cão na capa é apenas uma breve lembrança.
Até que eu saí no lucro.

30 comentários:

Fernando Borges disse...

Sucesso merecido. O Blog é muito bom.
Mas alguém pode me dizer o motivo de usar o @ ao se referir aos leitores?
"Leitor@s". É para dar ênfase no público feminino ou é uma maneira de em uma única palavra se referir a ambos os sexos?

Sybylla disse...

Descobri o blog recentemente e tenho adorado ler os textos. Virou leitura obrigatória.

Agora, essa Rachel Ray tenta ser uma Oprah com chef Ramsay e é muito chata. Melhor ler a Lola.

Abraço!

lola disse...

Usar arroba é um jeito de lutar contra o sexismo na língua. Ao invés de dizer "leitores", usa-se o arroba para se referir a ambos os gêneros. Tem gente que usa o X, como por exemplo leitorXs. Durante um tempão eu falava apenas "leitorAs", porque, afinal, elas são a maioria. Mas muitos leitorEs sentiam-se excluídos. Viu como a gente se sente?

Jiquilin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Serge Renine disse...

Aronovich:

A Rachael Ray é uma mistura de Ofélia e Hebe, só que famosa mundialmente.

Fernando Borges disse...

Na USP estão fazendo coisas do tipo em muitos textos, livros etc.
Ao invés de colocar "o homem" referindo-se a todos, colocam "a humanidade", entre outras coisas.
Também já percebi esse arroba diversas vezes no jornal de lá e não entendia. Agora está explicado.
Obrigado

Jiquilin disse...

Leitores é parecido com o caso de "presidente".
É que o masculino aparece dessa vez com a terminação "e" (no plural, claro).
Leitor@s está mascarando: leitores e leitoras.
Eu, particularmente nao gosto mto dessa arroba, porque eh um "a" dentro de um "o". Tem dois problemas: o primeiro é que nem todo masculino leva o "o" (como presidente e leitores) e o segundo é que o "o" engloba o "a", o que pode representar uma relação de poder. É dificil escolher uma forma nesses casos, pq quase todas elas tem problemas: Amigo(a), pq a variacao tem de ser a feminina?
Amigo/amiga, pq o masculino tem de vir primeiro? AmigXs, que quer dizer esse "x", seres alienigenas?
É muito complicado mesmo...

lola disse...

Já escrevi dois posts sobre o machismo na língua, Fernando. Acho que esclarecem muita coisa. Por favor, dê uma olhada aqui e aqui.

lola disse...

Dieguito Jiquilin, é complicado mesmo. Não gosto muito de usar arroba (até porque o computador automaticamente coloca como se fosse um email, sabe?), e X eu acho pior. Mas isso de escrever leitoras/leitores ou leitores(as) tb é chato. Acho que o arroba quebra um galho por enquanto, num blog. Em geral eu uso a maioria mesmo. Por exemplo, se tô falando de psicologia, vou falar em psicólogAS. A maior parte é mulher, pô. O mesmo com professorAS de escola. E por aí vai. Tem coisas que são mais fáceis de fazer, como evitar usar HOMEM pra se referir ao ser humano. É só usar PESSOA ou SER HUMANO, e pronto. Acho que tod@s nós temos que ficar de olho pra evitar o sexismo na língua o máximo possível...
Bom, gente, vou voltar ao Encontro de Blogueiros aqui em Fortaleza. Abração procês! E o Cuca Che Guevara é uma beleza!

Rodolfo Rios disse...

Belo momento! Eis a questão!

Abraços
Isaías

Mari Biddle disse...

Parabéns, Lolíssima!

A Rachel Ray é mega conhecida aqui. Ela é uma chef de cozinha famosa e tem um programa de tv. Gosto demais do programa pois ela cozinha sem usar medidas quadradinhas dos americanos quadradinhos amantes de baking. Ela vai experimentando e tascando mais tempero. Ahahaha!

As vírgulas, essas danadinhas que prega peça em mim todos os dias. Eu poderia ter escrito a chamada da matéria.

bjs

Fernando Borges disse...

Lola, li os dois textos que você recomendou.
Será que num futuro distante, quando essa questão específica estiver resolvida, o machismo será menor?
Mas mesmo se soubéssemos antecipadamente que não, ainda assim consideraria algo importante a ser realizado.

denise disse...

Parabéns Lola, vc escreve muito bem, eu acho que já é e será mais ainda muito conhecida, alias nos blogs dos mascus, quando eu fiz um comentário que eles pelo jeito não gostaram muito rrrsssss, eles pediram pra que eu fosse procurar o seu blog sabia??? te juro eles recomendam pros desafetos deles virem te procurar aqui no seu blog rrrssssss, mas eu ja conhecia por indicação de uma amiga que te admira tambem. Obrigada por tantas informações boas que vc nos passa, e tb por conseguir exprimir tão bem certas coisas que as vezes temos dificuldade em expressar

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Fico feliz que espaços como o seu ganhem cada vez mais notoriedade.
Com tantos Bolsonaros, Rafinhas Bastos e coisas do tipo por aí, o lado positivo da força precisa ter seu espaço, rsrs.
Ando tão cansada de ler merda, que ando meio sumida da net, parei de ler blogs com frequência (mais por causa de comentários), saí do orkut, parei de ler comentários em notícias que falam a respeito de coisas machistas, homofóbicas, etc...
Cansei! Acho que o que vi de coisa preconceituosa e burra nos últimos meses me estressou pra essa vida e pra próxima, se tiver, rsrs.

Bjus Lola.

Roberto Ilia disse...

Cara Lola e leitores,

Leiam no blog Terragoyazes: Réquiem para Higienópolis City!
Acabando de sair do forno!

Blanca disse...

Eu vi esse jornal destak! Ia te falar, mas na hora minha internet caiu! HAUAHAUAH


PARABENS LOLAAAAA *-*

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Lola, nada a ver com o post, li essa notícia agora e lembrei do seu blog.
Já viu a capa da Época dessa semana?
Na capa parece que já colocaram a Dilma em um caixão.
Matéria e capa de péssimo gosto.
http://altamiroborges.blogspot.com/2011/05/revista-epoca-quer-matar-dilma.html

♪ ewerton M. disse...

Parabéns né? Rs! Parabéns!

Lola você ja pensou em mudar/migrar de plataforma? Deveria pensar, acho o Blogger, meio insosso... Rs!

Obs: tó refazendo meu blog, ele será wordpress, o de valor simbólico para que eu possa ter anunciantes... Um ou dois e só! Rs!




:)

Pedro @snoopy_xxy disse...

Seu blog é ótimo Lola. Tomara que ainda tenha mais dele rolando em outros jornais.
Não li os comentários dessa vez, então não sei se alguém explicou o que é um tumblr. Bem, é como se fosse a versão twitter de um blog rs. Lá você pode postar textos, fotos, imagens, gifs e videos como em um blog, a diferença é que todos os seus posts podem ser rebloggados, assim como a função retweet do twitter ou o curtir do facebook. Dá pra abrir espaço pra comentários também, mas vejo as pessoas usando muito pouco desse artifício.
Eu particulamente gosto do tumblr porque eu acho uma boa quantidade de imagens raras nele, mas no caso do Escreva Lola Escreva, com certeza funciona melhor como blog mesmo.
Se bater a curiosidade, eis o meu tumblr de layout hiper gay XD
http://peobr.tumblr.com/

Beijão e parabéns!

Vivien Morgato : disse...

Parabaéns pela referência, sempre jogo no face seus posts, adooogo.

Sarah Lynn disse...

Rs, tirar foto do PC...

No mais, parabéns pela citação no jornal! =)

lola aronovich disse...

Obrigada, Pedro, por me ensinar a diferença entre tumblr e blog. Então é isso? Tumblr é porque é mais fácil de ser rebloggado? Bom, não conheço muitos tumblrs, mas os poucos que vejo tem pouco espaço pra comentários, ou senão os comentários são do tipo “Fulano likes this”, o que é muito chato. Será que não tem espaço de comentários diferente pra “fulano liked this” ou “Fulano retuitou isso”, e pra comentários de verdade? Porque desse jeito a caixa de “comentários” fica um espaço morto, né? (eu vejo isso em alguns blogs tb, em que a caixa de comentários é simplesmente um “Fulano tuitou ou reiutou o post”). Vc que conhece o assunto, me diga: o http://www.someecards.com/ é um tumblr, um blog, um site, um portal, o que? Porque parece com um tumblr pelo layout e tal... E qual a explicação por trás desse nome, tumblr? Tumble eu até entendo, mas porque o r no final?
Ah, passei no seu tumblr. Realmente, layout super gay! Há há, muito bom, Pedrinho, adorei! (Avisando que este não é o mesmo Pedro daquele que está no post. O Pedro que se intitulava “meu melhor fã” antes de me abandonar de ver é hétero, advogado e de direita. E baiano. Eu sempre pergunto pra ele se ele é do clã ACM.

Robson Fernando de Souza disse...

Parabéns, Lola! Seu blog é excelente, é uma mão na roda pra conscientização das pessoas, sejam mulheres ou homens, em prol do feminismo, da igualdade entre mulheres e homens.

Fernando: fico feliz que só que isso (trocar "o homem" por "o ser humano", "a humanidade" etc.) esteja acontecendo na USP.

Quanto ao uso de @ e æ nas palavras, fiz isso por muito tempo no meu blog Consciencia.blog.br, mas no começo deste mês acabei desistindo, por uma série de motivos - mas tem uma enquete lá em que as leitoras e leitores decidirão se volto a usar essas letras ou confirmo o abandono definitivo dessa escrita.

Acho o uso da arroba e da ligadura æ bastante positivos, mas acabam tornando a leitura desconfortável se usadas muitas vezes. E a nossa sociedade, incluindo mesmo a maioria das mulheres, ainda não está pronta pra encarar um português igualitário, visto que nem o nível anterior - vencer o machismo comportamental e cultural - foi alcançado ainda.

Daní Montper disse...

Parabéns, Lola! Seu Blog é 10 mesmo.
E fico muito feliz de um blog feminista fazer sucesso, isso é muito importante.
Acho até que podemos fazer um livro feminista com seu blog! rs

Sobre linguagem sexista, isso é chato pacas, tenho evitado o arroba e escrito mais assim: amigas/os, meninas/os etc.
Usar homem como humanidade não uso nem morta `-´ Também falo/escrevo humanos ou pessoas.

Vamos dominar a blogesfera, Lola! rsrs

luisandromendes disse...

Tem um livrinho sobre esse tipo de erro cometido na imprensa: Eats, shoots and leaves. Lynne Truss.

De tudo um pouco... disse...

Olá Lola! Conheci seu blog justamente através deste artigo do referido jornal.
Muito bom, divertido e eclético.
Tenha certeza que farei leitura diária.
Abçs

De tudo um pouco... disse...

Descobri o blog justamente pelo artigo do referido jornal.
Gostei muito, é interessante, divertido e eclético.
Tenha certeza que farei leitura diária. Abçs

Pedro @snoopy_xxy disse...

Olha Lola, esse link que você me passou me parece um blog/site mesmo, não um tumblr. Todo tumblr tem as opções folow no canto superior direito da tela. Não entendo horrores, mas eu definiria tumblr como um blog rápido, de informação rápida. Até dá pra colocar caixa de comentários (embora eu nem saiba como se faz isso), mas quase todos os usuários do tumblr parecem ignorar isso aí fica mais naquele sem graça "like this" ou "reblog" rs. Meu interesse mesmo na ferramenta é a quantidade enorme de imagens raras ou gifs que eu consigo achar, nisso um tumblr é totalmente superior a uma pesquisa no google.
Vc pode criar um tumblr sem necessariamente ser obrigada a usar uma página. Seguindo tumblrs com temas de seu interesse( tem muitos tumblrs temáticos), você pode achar muitas imagens,gifs, aúdios, videos e textos legais. Vai tudo para o seu dashboard que é equivalente a timeline do twitter.
O significado da palavra tumblr eu não sei Lola...
Obrigado por visitar meu tumblr!

Bia Bernardi disse...

Na verdade, Lola, o inglês usa pouca vírgula e muitas vezes a frase é traduzida pelo seu sentido geral Por isso muita gente não entende a língua. A mesma coisa acontece com o pronome relativo "that", suprimido na maioria das vezes, bem como o uso de ( ) para inserir explicações rápidas.
Creio que nesse caso, já que estamos falando de uma chefe de cozinha, o primeiro link que poderíamos fazer é que ela cozinha para seu cachorro e sua família, por exemplo... (se tem gente que faz casamento de cachorro, porque não um prato especial?) ou ainda que além da culinária, o cachorro e a família são o hobby de Rachel. Mas aí caímos numa outra estranheza: a família é um hobby??

Bjos

Pedro Poli disse...

Muito legal, Lola! Gosto de divulgar seus textos pois os temas são muito relevantes e eu mesmo não escrevo sobre eles muito bem... acho ótimo que tenha saído no jornal. Mesmo não tendo aumentado significativamente o número de visitas, se pelo menos uma pessoa nova visitar o blog já é legal, não?