domingo, 26 de setembro de 2010

PRIMEIRO EU, DEPOIS O SAMBA

Queridas pessoas, estou atrasadérrima com um curso que preciso entregar. É um curso inteiro (Fundamentos da Literatura em Língua Inglesa) que estou escrevendo pra graduação a distância. O problema é que, como teoria literária não é bem o meu forte, tenho que correr atrás, e também que o curso começa em novembro, glupt. Preciso entregar tudo daqui a menos de dez dias, e falta muito ainda. Não tenho tempo pra nada. Hoje o maridão, minha mãe e minha irmã (que chegou na quinta da Califórnia para passar alguns dias conosco, e eu não posso nem dedicar-lhe o mínimo de atenção) foram à praia. Eu tô aqui, angustiada, trabalhando. Uma colega fofa me disse pra que eu não exagerasse, se não eu poderia ficar doente. Adorei a frase dela: “Primeiro eu, depois o samba”. Mas quando a relatei pro maridão, ele perguntou, surpreso: “Samba?”. Eu, que tô um pouquinho estressada, respondi: “É, você não consegue entender uma metáfora?”. E ele: “Até consigo, mas por que samba? Não pode ser 'primeiro eu, depois o sertanejo?'”. É um lindo, esse maridão.
Não vou parar com o blog, até porque agora, faltando uma semana pras eleições, fica difícil deixar minha paixão política de lado. Mas preciso priorizar mesmo o curso.
Por hoje, fiquem com essas notinhas:
- O Estadão finalmente declarou apoio aberto ao Serra! Essa transparência é excelente. E o resto da velha mídia, vai deixar de ser hipócrita e admitir que tem candidato também? A Folha de domingo (publicada no sábado) lançou um editorial na primeira página, “Todo poder tem limite”, que imagino que seja contra o PT. Certamente não deve estar falando do poder do quarto poder, a mídia, né? Porque esse poder não deve ter limite algum, segundo os defensores da liberdade de imprensa e expressão. A mídia deve poder fazer qualquer coisa, desde matar candidato, como fez outro dia com o senador Tuma, a apoiar ditadura (Brasil, 1964), e até a arquitetar golpes de Estado (Venezuela, 2002. Pra quem ainda não viu o documentário A Revolução Não Será Televisionada, veja). Mas, voltando ao editorial do Estadão, ele mais uma vez comprova a minha tese (que nem deve ser minha): que a direita não vota a favor de um projeto, um candidato, um partido, apenas contra um outro indesejável. Como bem apontou Brizola Neto, o editorial do Estadão tem sete linhas de apoio ao Serra, e nove parágrafos de demonização do PT. Mas eu considero um avanço essa declaração. E torço para que os outros tirem os esqueletos do armário também.
- Por falar em liberdade de imprensa, alguém poderia me explicar por que a Carta Capital fez uma excelente reportagem sobre como uma empresa da filha do Serra violou o sigilo fiscal de 60 milhões de brasileiros... e essa reportagem não recebeu uma só linha de repercussão na velha mídia? Dá pra imaginar que, se a empresa fosse da filha do Lula ou da Dilma, estaria em todas as primeiras páginas até hoje, duas semanas depois da publicação da reportagem na Carta Capital. Mas não: o que temos é o silêncio sepulcral da mídia. Isso não cheira à censura não? Não, claro que não, Lolinha, deixa de ser boba: censura é quando o presidente reclama da cobertura imparcial da mídia, não quando os donos das empresas de comunicação proíbem qualquer notícia negativa sobre o candidato que apoiam. Dãã!
- Falta uma semana pras eleições! É no próximo domingo. Desde já, não se esqueçam de levar os dois documentos pra votar, o título de eleitor e a carteira de identidade. Isso ainda vai dar muita confusão...
- Ontem aqui no blog surgiu uma discussão interessante sobre o voto útil para que a Dilma vença já no primeiro turno. Imagino que essa seja uma tendência. Tem muita gente que pensava em votar na Marina ou no Plínio e, ao ver que tudo que a velha mídia quer na vida é levar a decisão precidencial pro segundo turno (imagino que nem o Serra queira isso, juro. Ele deve estar exausto e torrando a maior grana numa eleição que não tem como ganhar. O FHC já jogou a toalha faz tempo), vai optar pela Dilma já no próximo dia 3. Bom, sem dúvida votar em qualquer outro candidato que não seja a Dilma é ajudar a levar as eleições pro dia 31. Isso quer dizer mais um mês de denúncias histéricas da velha mídia, de escândalos fabricados a cada final de semana, de declarações como a do Hélio Bicudo (triste ver uma pessoa que foi de esquerda a vida toda agora, no final de sua existência, adotar o mesmo discurso de um tio Rei). Mas tudo isso faz parte do jogo democrático. Eu não sou a pessoa mais indicada a pregar voto útil porque, aqui no Ceará, não consigo optar por um tal de Eunício (PMDB) como segundo voto pra senador nem pra barrar a reeleição de um Tasso Jereissati (votarei no Pimentel – PT, e na Raquel – PSTU). Mas talvez o correto fosse mesmo ser mais pragmática. Não sei.
- Hoje completo um mês de Twitter! Estou gostando, e a ferramenta aumentou as visitas pro meu blog, que era o principal objetivo (agora o blog tá com média de 2 mil visitas por dia, e umas 3,300 pageviews). E já cheguei à ridícula marca dos mil tweets. Mil tweets em um mês — isso é coisa de gente doente, e explica por que meu trabalho acadêmico tá todo atrasado. Estou com 660 seguidores, e continuo sem saber se isso é muito ou pouco. Deve ser nada, porque esses dias recebi um email de uma empresa que arranja 100 mil seguidores no Twitter em 24 horas, e seria ideal para candidatos nessas eleições. Preço módico de ocasião: 6 mil reais. Ganha alguma coisa chegando a 100 mil seguidores? Um conjunto de facas pra churrasco, talvez?
- Não deixem de votar na terceira etapa do Concurso de Blogueiras! Só até terça.
- Agora chega! Primeiro o curso a distância que preciso terminar, depois eu, mais depois ainda o sertanejo. Este passa a ser o meu lema a partir de hoje.

20 comentários:

Shiryu de Dragão disse...

Lola, como que vc é cega!
Como que vc consegue declarar apoio ao Hugo Chaves??? Vc sabia que ele demite professores universitarios que são contrários aos ideais dele? Vc chama isso de democracia? E fechar canais de TV so pq a linha editorial não bate com o pensamento do governo é democracia? Cada uma viu..... Tenho medo (de vc e dos petistinhas) [by Regina Duarte]. E ele quer controlar a internet tb... Vai virar uma especia de China. E vc acha que a China tb é democrática? Ter so um partido político é democracia? Controlar o que pode ser publicado pela imprensa é democracia?
Afinal, o que é democracia pra vc?

Rafaela disse...

Lola,
Com esse arremedo de dragão aí tem que respirar fundo e contar até mil. Por que cargas d'água alguém que é sempre do contra lê o seu blog- e avidamente, já que é sempre o primeiro a comentar.
Primeiro você, depois o samba. É um bom conselho. Agora que você já blogou, já tuitou, samba minha nega!
Bom domingo de trabalho! E se serve de consolo, à noite tenho que trabalhar também- e no meu caso é o samba do crioulo doido.

Amanda disse...

Muito bom o post, Lola! Estou mega ansiosa com essa eleição, parece até que sou eu quem esta concorrendo! Seus comentarios e dicas de links são sempre uteis. Boa sorte ai com o samba!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Xiii... Esse apoio declarado do Estadão me soou mais como algo arrogante do tipo, ainda não entenderam nada, então vamos dizer a eles em quem vamos votar porque aí eles vão votar nesse candidato também... Se o Serra estivesse na frente, estariam comemorando, mas ainda tentariam manter a pose de imparciais.

Bjus Lola e bom fim de semana e bom trabalho, pra você!!

Serge Renine disse...

Aronovich:

Tem coisas que eu não entendo. Eu vou perguntar , mas por favor, não venha me ofender me chamando de Oliveira pra me desqualificar para o debate, pois sou muito mais velho que você e exijo respeito, até porque , eu já era da esquerda quando você ainda eram uma criança para ter ideologia política definida.

Vamos falar do Lula para ficar mais fácil de entender o que quero dizer.

O Lula desde o inicio, ainda nos idos da década de setenta, me pareceu se o homem ideal pra salvar o Brasil da oligarquias, não só políticas mas econômicas e sociais. Pois bem: depois de muito insistir conseguimos elegê-lo ao cargo que ele poderia ser tudo de diferente que queríamos para a nossa sociedade no que tange a uma administração voltada para o desfavorecido, sensível as nuances dos jogos da política e, principalmente, honesta, como o PT se apresentava até a eleição do Lula.

O Lula foi eleito e realmente provocou muitas mudanças nas políticas sociais em relação aos governos passados, porem essa mudanças foram imensamente menores ao esperado e com isso, ele o Lula, perdeu o apoio da maior parte dos componentes mais sérios do PT, sobrando os bandidos como José Dirceu e Palocci os “homens”do mensalão, ou malandros como Genuíno, e similares.
Eu sei que o Lula não pode ser diretamente responsável por essa gente, mas porque ele se aliou a eles, ou acobertando suas falcatruas, ou se fingindo de traído em vez de extirpá-lo de forma exemplar, justamente pra diferenciar seu governo de outras do passado?

Por que o Lula se aliou a gente da pior espécie como o Sarney, o Collor, Michel Temer, etc.?

Porque o Lula apóia abertamente um espancador de mulheres como o Netinho para senador quando ele sabe que ele não presta?

Porque o Lula não reconhece que o governo dele não teria o menor êxito se não fosse o plano real obra do governo anterior,que foi péssimo ,mas esse mérito, do combate eficaz a inflação, teve?
Porque o Lula apóia Dilma? O Lula, que eu conheci pessoalmente em 1988, jamais, sequer indicaria a Dilma pra presidente porque ele sabe que ela não tem condição para governar um pais, grande rico/pobre e complexo como o Brasil. O Lula esta, de forma desonesta, fazendo o que da para o seu partido, e indiretamente ele, se perpetuar do poder. Ele sabe que a Dilma é muito limitada intelectualmente, como deixa claro em qualquer entrevista ou debate e sem o carisma para superar esse defeito. A Marta Suplici é muito melhor que ela, apesar de também não se ideal.

Porque o Lula, o nosso messias do passado, esta terminando seu governo de forma tão patética, e deslumbrada com o apoio popular de pesquisas, quando torcemos tanto que ele conduzisse o Brasil a um nível superior mais humano de gestão política?

Era isso que queríamos? Alçar ao poder para ser iguais que criticávamos , com se descêssemos, se eles fizeram também podemos fazer?
Eu estou decepcionado, pois não era isso eu sonhava e na idade que estou uma decepção destas é uma coisa muito triste.

Ai,chego as minhas perguntas finais: porque um homem da categoria do jurista Helio Bicudo, que, na década de "70, sempre pos a sua vida em risco perante aos militares, e contra a ditadura para defender o Lula, agora está contra o Lula? E o Senador Pedro Simom, um homem acima de qualquer suspeita quanto a sua honestidade, porque está com a Marina Silva e contra o Lula? E,pasmem, o Lula, está na TV elogiando o Tuma! O mais reacionário da época que o Lula era o revolucionário!
E artistas como o Lima Duarte e o Caetano Veloso, que sempre defenderam o Lula com unhas e dentes e agora estão contra o Lula. Porque será?

Aronovich, por favor, você me desculpe o desabafo, mas estou desorientado e acho que algo está muito errado, e ver você falar deste jeito do Helio Bicudo, me deixou muito surpreso e chateado. Estou chegando a conclusão que a esquerda quando chega o poder vira a nova direita.

Serge Renine disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Serge Renine disse...

Aronovich:

Sem querer postei duas vezes e não sei deletar. Por favor,me desculpe e delete um para mim. Obrigado!

Elizabeth disse...

Parabéns pelo post, Lola.

Fiquei interessada também neste curso à longa distância. Vai ser aberto ?
Obrigada,
elizabeth

Koppe disse...

Mesmo estando ciente de todos esses problemas no gov. Lula, ainda não vejo alternativa melhor do que a Dilma. Poderia votar na Marina, mas acho algo muito perigoso o envolvimento dela com religião. Aliás, uma das vezes que o Lula mais me decepcionou foi quando assinou por baixo dos panos um acordo com a igreja católica.

Aqui pro governo do Rio Grande eu não vou votar em quem o Lula apóia, porque Tarso Genro é um mentiroso - falou em 2000 que manteria o mandato de prefeito até o fim, e dois anos depois quebrou a palavra e renunciou pra concorrer a governador. Como Yeda e Fogaça também mentiram, acho que vou votar no Pedro Ruas, do PSOL, mesmo sabendo que ele provavelmente não tem chances de vencer.

João disse...

Passei uns dias sem ler o blogue e agora deparo com um texto com vários assuntos, entre eles a defesa -- mais uma vez -- do presidente bufão que a Lola sempre faz! Que triste. Sei, sei, aqueles que não aceitam discordar da Lola vão dizer: 'se não gosta, por que lê?' Ué, vocês não sabem aceitar opiniões diferentes? (Como a Rafaela, ali em cima!) Rafaela, defenda seu ponto de vista com ideias inteligentes, e não com agressões àqueles que pensam diferente de você. A Lola chega ao desplante de achincalhar Hélio Bicudo! Pra ver como você perde a noção completa das coisas quando começa a, cegamente, defender o Lula e o governo corruptíssimo dele. Ou você vai me dizer que não há corrupção nesse governo? Vai dizer que é intriga da mídia?

Alegra-me ver um texto como o do Serge Renine. Uma lista grande de perguntas -- como eu mesmo já fiz aqui -- mas que ficam sem resposta. Pelo conteúdo do texto e das perguntas se percebe que ele é uma pessoa muito inteligente, com ideias próprias, e que consegue, apesar de ter sido defensor do Lula, ver o desmoronamento do caráter de um líder...

Compartilho com vocês uma frase brilhante de um jornalista recentemente: "Se a Dilma sabia [dos atos abjetos da Erenice], foi conivente; se não sabia, foi incompetente." É ou não é brilhante?

Masegui disse...

Para Renine e João:

Por que não está na "velha mídia" o escândalo da filha do Serra, que saiu na Carta Capital?

Por que o governo paulista (PSDB) investe tanto na editora Abril? será uma troca de favores?

Em que mundo vocês vivem?

Masegui disse...

A propósito, esse Shiryu de Dragão tá começando a me aborrecer...

Masegui disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João disse...

Masegui, não sei o que você chama de "velha mídia", mas se você se refere às publicações com maior tiragem, elas publicam o que querem -- desde que considerem relevante para o país (não ser conivente com as coisas nojentas do governo petista, por exemplo). Elas não publicam algo porque VOCÊ quer.

Quanto ao governo paulista investir tanto na mídia não significa que eles inventem notícias. Fácil assim.

Em que mundo eu vivo? No mesmo que o seu, só que com visão diferente! Pode ser?

DiLuaa disse...

Quem começa um post com "sou mais velho e exijo respeito" para mim não está muito interessado em respostas.....
Afinal, se ele é tão sábio e venerável, já deve ter as respostas, não?
Para que fazê-las a uma pessoa que era uma criança quando já se tinha ideologia definida.
Em resumo, fico bege com as pessoas que não contentes em ter uma respeitável verdade, precisam convencer os outros que estão certo, exijindo respeito!
Afff

Serge Renine disse...

Masegui:

Me desculpe a insistência, mas, as coisas que citei acima não são verdades?

Eu não disse que a mídia contraria não exagera tudo

Do jeito que você falou parece que o que estou reclamando é invençao da midia contrária.

Você não percebe que estou querendo o melhor para ao Lula?

Masegui disse...

João e Renine,

Não quero pautar a velha mídia, quero apenas que ela seja imparcial, como deve ser um veículo de comunicação de boa qualidade.

Todo governo, aqui e no mundo todo, tem suas falcatruas e escândalos. O problema é que essa velha mídia só divulga o que for do interesse dela. E sempre com interesses financeiros que beneficiam uma meia dúzia e em detrimento do povo.

E agora a PF está com liberdade para investigar a agir, diferente de outras épocas...

Masegui disse...

Corrigindo: "para investigar E agir".

Completando: Se vocês quiserem eu tenho uma relação de escândalos dos seus "santinhos da direita" que nunca foram abordados de forma correta pelo PIG.

Serge Renine disse...

Masegui:

Eu nunca,(mas nunca mesmo!) achei que havia santinhos na direita, eu só achei que o Lula, (pelo que ele pregava antes de ser eleito) fosse cobrar e exigir com muito mais firmeza, honestidade no seu governo e não entrar no "se eles fizeram, nos também podemos fazer", ou, os fins justificam os meios", isso eu não posso aceitar da esquerda, do Lula e do PT.

A propósito a policia federal não começou agir assim no governo Lula e você sabe disso, foi antes.

No restante concordo com você em gênero, número e grau, incluindo a imprensa tendenciosa.

Loy disse...

depois do debate de hoje, acho muito triste que não haja uma maior defesa a Marina. Sempre que falam sobre ela é nos termos "eu gosto dela, mas não tem como ganhar". Por que não?! Cada vez que alguém fala isso sobre ela, a chance diminui, não porque ela não tem chance realmente, mas porque aprendemos a pensar sempre dentro da mesma dicotomia.
Lola, sinceramente... você não acha mesmo que a Dilma se expressa super mal? Eu achei que era a "pressão" do começo de campanha e do primeiro debate, mas ela se atrapalha demais mesmo. Ou é impressão minha?