sábado, 1 de agosto de 2009

HALLOWEEN CORTADO

Só pra constar: eu vi e critiquei Halloween - O Início, que estreou no Brasil no dia 24 de julho e segue passando nos cinemas (não os daqui). Só que eu fiz isso quase dois anos atrás, quando morava em Detroit. A refilmagem do Rob Zombie ficou um tempão no limbo, com seu lançamento no Brasil sendo trocado de data montes de vezes, e agora chegou com polêmica: a distribuidora brasileira, a PlayArte, cortou nada menos que 26 minutos do filme original. Espantoso, certo? E dizem que cortou sem o mínimo critério de qualidade, tornando várias cenas incompreensíveis. A justificativa é que foi preciso tirar as partes mais violentas para que Halloween conseguisse classificação de idade menor. Ou seja, uma decisão comercial. E totalmente desrespeitosa com o público, lógico. Pra quem fez o filme, nem se fala. Péssimo isso. A gente não precisa gostar de uma obra pra ser contra a censura.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá Lota! eu gostaria de lhe pedir q usasse sua popularidade para divulgar uma campanha do greenpeace. http://www.greenpeace.org/international/campaigns/climate-change/take_action/leaders-go-to-copenhagen-climate-summit?0

Beijoquinhas!
//Claudia

Prity disse...

Oi Lola, acho terrível que isso aconteça, e fico escandalizada que seja permitido fazer isso. Será que quem fez o filme não têm nenhum poder para impedir?
Lola, seu blog é minha consultoria para flmes, antes mesmo de ver qualquer filme eu passo aqui e leio suas críticas. Se você criticasse a televisão então, acho que eu "moraria" aqui.
Hoje, sem nada para fazer,vi pela primeira vez o programa Brothers ( aquele do Supla e do seu irmão na Rede Tv)OLha, nem me considero feminista, mas acho que você se escandalizaria em saber que hoje vi uma corrida de salto alto com mulheres seminuas dentro de baias de CAVALOS em um jockey clube! Na platéia, claro, um monte de homens babando. Tentei por uma hora achar algum vídeo dessa barbaridade na net, mas não encontrei. Olhando o site do programa porém, vi tanta coisa horrível e degradante para a mulher que fiquei enojada. Eles têm até mesmo um quadro no programa exclusivo para detonar as gordinhas. Meus Deus, isso é inadmissível, até para uma menina que não se considera feminista de carteirinha.
Eis o link do site do famigerado programa.

http://www.redetv.com.br/portal/brothers

Um beijo e bom final de semana!

Paula P. disse...

Oi, Lola, realmente é horrível isso.
Eu não sou muito fã de filmes de terror, mas acredito que qualquer tipo de censura é inadmissível e fico tão revoltada quando isso é apenas por motivos comerciais. Se ainda tivesse alguma boa intensão por trás...

PS: Eu vi hoje na tv o comercial da campanha não à homofobia, do grupo arco-íris. Você já viu? É muito bom.

http://www.youtube.com/watch?v=t5xXjlfFSFE