sábado, 11 de julho de 2009

ENTÃO É O GORILA

Esta crônica é de oito anos atrás! Como que eu sei? Porque mês que vem o maridão e eu comemoramos dezenove anos juntos. Quer dizer, "comemorar" é força de expressão, né? Mas pelo menos nosso amado cãozinho Hamlet estava na flor da idade na época (ele morreu com quase 16 anos em dezembro de 2007, chuif).

Enquanto o maridão lê o jornal na sala e eu me visto, tento melhorar nosso relacionamento com uma questão romântica de alto nível:
– Buguinho, você me ama: a) mais do que ontem; b) menos que ontem, ou c) todas as alternativas estão corretas?
– Oi?
– Amor, não acredito que fiz uma pergunta elaborada, com múltipla escolha, e você nem ouviu!
– Hein?
Não me restou outra saída a não ser ir até a sala e dar-lhe uns tapinhas no cocuruto, pra ver se o cérebro dele pega no tranco. Ontem, inclusive, eu estava divagando sobre conceitos existenciais e filosóficos com ele:
– O cãozinho é um fofo e ele leva uma vida boa, mas não deve gostar de passar o dia inteiro sem nos ver.
– É verdade.
– Se bem que ele pode utilizar este tempo livre para atividades privadas, como desenterrar ossos no jardim e meditar sobre os carrapatos.
– Tem isso.
– Amor, você tá me ouvindo?!
– Sim! (igual àqueles programas bem antigos do Silvio Santos em que um pobre coitado ficava trancado numa cabine sem som e o apresentador lhe indagava: "você aceita trocar este carro 0 km por este chinelo furado?", e o cara berrava: "Sim!").
A falta de comunicação após onze anos juntos é tamanha que adotamos como lema uma excepcional tira do Fernando Gonsales, criador do Níquel Náusea, onde um casal de ratos troca idéias, sem olhar um para o outro:
– Numa briga entre um gorila e um leão, quem você acha que ganha?
– O leão.
– Mas o gorila tem dentes afiados.
– Então o gorila.
– Por outro lado, o leão é mais carnívoro.
– Então o leão.
– Você não está interessada na conversa.
– Então o gorila.
Adoramos esta tira. Virou nosso código secreto. Ao notarmos que não estamos prestando atenção no que o outro diz, interrompemos com um "então é o gorila, né?". É a deixa pra mudar de assunto ou encerrar de vez o papo.

15 comentários:

Masegui disse...

O CM é o meu herói!

(acho que eu já disse isso né?)

L. Archilla disse...

masegui, oq é CM? Çeu Maridão? Pq o nome dele é Sílvio, né?

Tina Lopes disse...

Adorei o código. Posso adotá-lo? Porque aqui o negócio já dura 17 anos e tá nessa faz tempo. :) parabéns, vcs sáo um casal adorável.

Oliveira disse...

Lola:

A cada vez que você me deleta, eu tenho certeza de duas coisas.

1 - Eu estou muito certo.

2 - Você faz parte desses novos brasileiros da esquerda do PT, que não podem ser contrariados, que são desonestos, que não tem vergonha de ser uma porcaria e posam de coitadinhos. Esse lixo do Lula. Eu tenho pavor de blogs, esse refúgio da esquerda cafajestes, (todos os petistas e similares – ate o idiota do Lula agora tem um blog, escrito por outros, é óbvio) e da direita incompetente (Diogos, Reinaldos, Bárbaras, etc.)

Vocês são o pior de um país do,futuro, sem futuro.

lola aronovich disse...

Mario, sabe que tem um monte de gente por aqui que não sabe que CM se refere a “Companheiro Maridão”? Mas que bom saber que ele é o seu herói!


Lauren, mudou de foto?! Agora tá com cabelo vermelho?! Que linda! Tem foto grande lá no seu blog pra gente ver?

lola aronovich disse...

Tina, é uma fofura esse código do “Então é o gorila”. Claro, pode adotá-lo. Duvido que vc e o seu maridón tenham muito tempo pra conversar com a Nina Patinadora por perto.


Oliveira, a cada um dos seus comentários cheios de ódio, mas eu tenho certeza que vc é o Santiago. Não tenho conversa com alguém que vem aqui sistematicamente só pra me insultar e insultar os meus leitores. Se vc tem pavor de blogs, por que continua frequentando-os? Vá fazer algo mais útil. Se mude pra Miami, sei lá. Escreva cartas pros jornais reclamando por eles chamarem o Golpe em Honduras de “Golpe”, e não “defesa da democracia”. Aviso que a partir de agora nem leio mais seus comentários. Serão sumariamente deletados. Já expliquei meus motivos aqui. Adeus, vc não será lembrado.

L. Archilla disse...

obrigada, Lola! tem foto grande lá, sim! bjs

Ana E. disse...

taí um desafio do tamanho do mundo: manter o interesse, o diálogo, o tesao, td depois de alguns anos juntos.

eu tenho o terrivel defeito de enjoar rapido demais das coisas. será que muito amor eu mudo?

bjs.

Giovanni Gouveia disse...

Eita, eu tô ficando assim, ó.
Esta semana minha mãe pergntou: falou com sua irmã?
eu nem aí, porque tinha qeu ter falado com ela?
Cris não lhe deu o recado?
Eu nem tchuns...
quando cheguei em casa cris pergunta:
Ligou pra sua irmã?

Na verdade o que me deixa fora de eixo é sono, o recado havia sido dado às 11pm, eu não tinha neurônios acordados :D

ps1: Já disseram que o CM parece com Tarso Genro?

ps2 Do not feed the trololós

Cris Prates disse...

E eu descubro agora que minh sogra já havia perguntado se eu tinha dado o recado e Giovanni dissera qye não. Mas eu dei o recado!
E sexta-feira pedi pra Giovanni comprar um livro e uma caixa para eu colocar o livro dentro e dar de presente e ele só comprou a caixa. ...A gente ainda vai fazer 6 anos de casados. A comunicação acontece, mas ele tá muito esquecido!

Luiz disse...

Olá, Lola,
obrigado pela atitude com relação ao verme acima. A sua "audiência" agradece.

Foco: Lola, "essa falta de comunicação" que vc relatou não te deixa preocupada? Preocupada em relação ao relacionamento, se está bem ou não?

Oliveira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
olhodopombo disse...

as fotos que usa no seu blog são bem legaiszinhas

Chris, mãe da Cecília disse...

Lola, realmente, é complicado manter um casamento por longo tempo... Cada dia parece que uns aspectos ficam mais fáceis na exata proporção que oturos complicam...
Acho que vou adotar seu bordão também, quem sabe dá um jeito? rsss


Beijos

Alex Girardi disse...

Eu ADORO essa crônica! É uma das minhas favoritas. Você deveria começar a repostar as antigas aqui, Lola. "Música Para Cachorrinhos" é ótima também.