terça-feira, 8 de janeiro de 2019

CIRO É HOMEM DEMAIS

Gostei deste breve texto do escritor e fotógrafo Mario Rui Feliciani que Juca Kfouri publicou no seu blog em outubro. 

Na época de Carandiru, livro muito importante, fotografei Dráuzio Varela pra uma entrevista da revista da São Francisco. 
Deixei o clique um pouco pra perguntar por que ele só citava as visitas das mulheres. 
– Só as mulheres vão. Homem raramente vai ver o pai, o amigo ou o irmão preso. Sou oncologista, é também assim com o paciente terminal. A maioria dos homens até passam pra visitar, rapidinho na hora do almoço, vestidos como vocês de paletó e gravata, entre uma reunião e outra, mas quem fica ali do lado é a mãe, esposa ou filha. 
Os homens querem longe de si os “derrotados”, pensei. Os presos e os doentes. Mais um defeito na conta da testosterona. 
Agora o país está doente, o candidato tem razão. 
Está infectado com o preconceito e o ódio, vírus fortalecido na cultura enlouquecida de Bolsonaro, outro hiper-homem, e espalhado pelo vetor mais eficiente que já se viu, o Whatsapp. 
O país está doente e Ciro faz uma ligação lá de Paris “como vai, Brasil… força aí meu país… hoje não posso passar, tenho trabalhado tanto”. 
Acertei ao votar em Haddad. Ciro é homem demais. Não serve pra presidente da república.


47 comentários:

Rafael Cherem disse...

Ciro é o melhor nome à esquerda para fazer frente ao Bolsonaro, ele tem um projeto de país, entende de economia e experiente, e o que parte da esquerda faz? Demoniza o sujeito, prefere fingir que o ex-prefeito sem voto é uma liderança de peso, o mesmo ex-prefeito que passa o dia no twitter fazendo gracinha, e até agora não foi visto em uma porta de fábrica, em uma igreja, em uma escola, e dai que Ciro está na Europa, é o que temos, pelo menos até o PT criar vergonha e tirar o Lula da cadeia,

titia disse...

Não é novidade nenhuma. Quando a merda atinge o ventilador, são as mulheres que ficam e encaram a limpeza e o conserto. Homem, salvo raríssissimas exceções, sai correndo fingindo que não tem nada a ver com ele - principalmente se foi ele que jogou a merda no ventilador. Ciro Gomes está simplesmente fazendo política masculina, mantendo-se longe, justamente pra não ter sua imagem queimada pelo fascismo bosta do Boçalnazi nem pela campanha de farsas e mentiras que queimou o PT. De forma a que, quando (esperemos) houver eleições em 2022, ele se lançar com força total como a terceira via, a verdadeira "salvação" do Brasil, o que "não é igual aos outros". E segue o velho baile do brasileiro trouxa, que não quer crescer nemf azer a sua parte e espera inutilmente um salvador da pátria...

titia disse...

13:54 réu e inocentado. O que o seu mico não pode dizer, afinal só não é réu nem foi condenado porque molhou as mãozinhas dos parasitas certos.

Cecília Novaes disse...

Lola, gosto muito de vc, sigo seu blog há quase uma década, mas...desculpa, vc está fanática.
Vcs queriam que o Ciro fizesse O QUÊ no segundo turno? Distribuisse santinhos do Haddad? Não ia adiantar! A esquerda subestimou a força do antipetismo, e paradoxalmente, o fato do Haddad herdar os votos do Lula foi o que motivou o aumento nos votos no bozossauro.
A vitória bolsonárica não foi orgânica, ela foi guiada pelo antipetismo, quando vcs vão entender isso? Lula/Haddad tinha muito apoio? Pra caramba, mas tinha ao mesmo tempo MUITA rejeição! O tanto de gente que votou no bozo só porque não queria o PT é incalculável. Na minha família mesmo, só um era bolsominion de carteirinha, os outros não gostavam e só votaram nele pq não queriam o PT de volta.
Eu sei, é difícil entender, tbm acho que os erros do PT não justificam preferir um sujeito asqueroso como o bozossauro, mas é essa a realidade que temos, e é em cima dela que temos que planejar os próximos passos.
Não adianta bater cabeça num candidato que tem boa base mas tem a mesma proporção em rejeição! O ideal seria ter escolhido alguém que fosse simpático a várias vertentes e ao mesmo tempo não tivesse tanta rejeição, e esse alguém era Ciro! Não só era, como ainda é nele que temos que apostar pelos próximos 4 anos. Não era minha primeira opção de candidato, tenho muitas críticas a ele, mas preferi apostar nele para não entregar o país ao fascista.
A realidade, Lola, é que o que o PT só estava buscando reforçar o messianismo de Lula ao invés de evitar o pior (bozo). Se pensassem de forma macro , poderiam ter evitado o pior e Ciro seria o presidente. Até mesmo se o Ciro não ganhasse, já que a máquina de fake news do PSL foi implacável nessas eleições, pode acreditar que seriam bem menos que 10 milhões de votos de diferença entre os candidatos no 2T.

Marina disse...

Cecília, concordo com o q vc falou que o PT "estava buscando reforçar o messianismo de Lula". Mas não acho q o PT estava fazendo SÓ isso. Depois de (finalmente) desistir de ficar insistindo no Lula candidato, o PT lançou o Haddad, q (espero) seja a nova cara do PT daqui pra frente. Acho q o PT errou demais no tempo q ficou insistindo no Lula e erra ainda em não fazer uma autocrítica das muitas merdas q fez e realmente fazer uma limpa no partido.
Mas a gente da esquerda não pode embarcar nesse papo furado de que o PT tem q acabar.
O PT é um partido enorme, o maior partido "aliado à esquerda" aliás (mtas aspas nisso, mas já é outra discussão) e realmente não acho q o PT ou nenhum outro partido do tamanho dele desistiria e ter um candidato próprio pra apoiar outro de outro partido. Como vc disse, a realidade que está aí é dessa política partidária onde os partidos tem interesses próprios tbm, e não está em jogo em uma eleição apenas os interesse para o país. Todos os partidos são assim, é a realidade e não sei se tem como ser diferente. De toda forma, eu particularmente não sei se apoiaria o Haddad ou o Ciro em 2022, mas não gostei da atitude do Ciro no segundo turno. Ele ficou putinho e saiu fora qdo eu acho q sim deveria ter se posicionado mais efusivamente contra uma possível ameaça fascista e uma MUITO REAL ameaça ultraliberal na economia e ultraconservadora e intervencionista nos costumes. Ele optou por se omitir, foi feio e pra mim não tem defesa aceitável, só desculpas cabem.

Anônimo disse...

Manter distância de fracassados é uma virtude.

Rafael Cherem disse...

Marina,

Se considerarmos o impeachment de Dilma como um golpe, e a prisão de Lula como uma fraude então insistir na candidatura do Lula foi o acerto e não o erro, o erro foi lançar o sem-voto como candidato, que nada fez além de emular a campanha do... Bolsonaro! A estratégia correta teria ter mantido o Lula até o fim, e mesmo após a impugnação continuar a luta, mas não o PT RETIROU A CANDIDATURA ou seja, validou uma eleição claramente fraudada(não falo de urnas), mantivesse o partido a candidatura do preferido da população, mesmo com a vitória do Bolsonaro essa seria mais fraca do que realmente foi, com a chance de impugnação, isso tudo sem contar a força da oposição que seria bem maior.

Não fizeram isso, esqueceram o Lula na prisão, de onde não sairá nunca mais, e forçam a barra para o tuiteiro ser uma opção viável na futura eleição, a qual provavelmente também será fraudada.

De outro ponto, se o impeachment foi legal e a prisão do Lula justa, então realmente a estratégia em insistir no Lula foi errada, então nos resta responder as perguntas foi golpe?Foi justa? O lançamento de Haddad candidato e Dilma ao senado nos aponta a resposta.

Cecília Novaes disse...

De coração aberto, dá uma lida nesse texto:

https://epoca.globo.com/haddad-ausentao-23350364

Anônimo disse...

Bom, a verdade é que Ciro era uma aposta mais viável e mais popular, com reais chances de bater o Bozoanta e infelizmente o PT não viu essa opção, ter apoiado o Ciro era melhor resultado inclusive pro PT.

Agora ficamos com esse lunatico despreparado e seus asseclas entreguistas, vão vender o que puderem e embolsar sua comissão, só isso é que interessa pra este governo .

Marina disse...

Rafael Cherem, penso q o impeachment foi golpe e tbm acho q a prisão do Lula é só um modo de impedir q ele concorra. Mas mano, é um golpe enorme que a democracia JÁ SOFREU, saca?Já aconteceu e o PT demorou pra enxergar q já era, esse golpe ele já tomou (tomamos todos né) e eu acho q apostura deveria ter sido tipo "vamo se organizar aqui pra ver qual o melhor jeito de revidar/contornar isso" sabe?E em outra apoiar outra cara pro PT é inevitável pq msm q o Lula não tivesse sido preso, uma hora ele sai da política ou msm q não saia, uma hora ela vai morrer..E aí, o PT morre junto?E não acho q apoiar outra cara pro PT implique necessariamente colocar o Lula de lado. Dá pra fz as duas coisas ao mesmo tempo.
Cecília Novaes, vou ler!
Anônimo das 16:30, o meu ponto é q o PT viu sim essa opção, mas é óbvio q um partido da envergadura do PT não ia abrir mão de um candidato próprio, nenhum partido do mesmo naipe abriria, é do jogo (feliz ou infelizmente, né). A eleição do biroliro aconteceu por muitos fatores, o q não podemos é ficar nos debatendo aqui procurando de quem foi a culpa. A merda tah aí, as cagadas já tão acontecendo aos monte e a esquerda precisa se unir pra buscar minimizar o desmonte de td d bom q foi feito nos governos anteriores.

Anônimo disse...

Sim, eu também acredito que acertei ao votar mito 18.
É nóis na fita.

Anônimo disse...

O governo Lula e Dilma foram razoáveis, tiveram seus erros e acertos. Mas, acreditem: o governo Bolsonaro será ainda melhor, teremos dignidade para as famílias. Vamos atrás de um Brasil melhor pra todos.

Rafael Cherem disse...

Marina, nesse caso tinha que manter o Lula, ou aceitar o golpe e lançar o candidato, pelo tamanho e importância histórica tinha que ser alguém do partido, mas escolheram um quadro nulo, um cirandeiro que perdeu em todas as urnas...

Anônimo disse...

Poxa, gente... vcs tem que decidir logo se foi ou não golpe.

Quais seriam as vantagens de considerar golpe? E quais as desvantagens? Vamos pensar...

Anônimo disse...

O PT nunca vai abrir mão da hegemonia da esquerda e para isso vai usar de todas as armas, como fez com Marina em 2014, a caluniando descaradamente e com Ciro em 2018, impedindo de forma baixa que o PDT formasse qualquer aliança.

Por que então, Ciro tem que se comportar como um cãozinho adestrado e vir correndo e abanando o rabinho quando o PT chama? Por que toda a esquerda precisa se ajoelhar eternamente diante do PT e da figura de Lula?

Mesmo que Ciro tivesse apoiado abertamente Haddad, duvido que o resultado da eleição seria diferente, já que havia pouca margem para mudança de votos do primeiro para o segundo turno. Então não faz nenhum sentido ficar se lamentando que Ciro preferiu se distanciar. E se essa discussão continuar por muito tempo, provavelmente a esquerda vai perder novamente as eleições de 2022.

titia disse...

O fato é que Ciro Gomes ERA a melhor opção pra evitar a eleição do nazipalhaço e numa eleição futura ainda será a melhor opção, porque a disputa seria entre ele (que tem alguns projetos pra benefício do povo) e outro palhaço fascista que só quer vender tudo e chupar pau de gringo. Pro melhor e pro pior, o PT foi ingênuo e orgulhoso demais e perdeu essa. Reconstruir a imagem do partido levará tempo, trabalho nas sombras e engolir muitos sapos, e quem sabe se algum outro partido não vai tomar a dianteira e se tornar o grande nome da esquerda nesse meio tempo? Não há qualquer garantia.

Lula fez seu nome, foi um grande estadista, ainda é o melhor presidente que esse país já teve (todo mundo ganhou no governo dele, sem ditadura, antes que venham me falar de Vargas) mas é exatamente por isso que a direita burra, elitista e ególatra fará das tripas coração, derramará sangue, dará até a alma pra não deixá-lo voltar ao poder. É hora de aceitar que a vida é injusta e começar a lançar outros nomes.

Anônimo disse...

"Acertei ao votar em Haddad. Ciro é homem demais. Não serve pra presidente da república."

Quer dizer que o Haddad e o Lula são menos homens que o Ciro? Será verdade isso???

Anônimo disse...

Lula nunca aceitaria alguém que pudesse ofusca-lo no futuro.

Por isso Dilma. Por isso Haddad.

Vcs são ingênuos demais.

titia disse...

03:18 TODOS perderam, seu idiota, inclusive você. Sua mesada vai diminuir, sua vida vai piorar, sua mãe vai perder direitos trabalhistas, ter a aposentadoria prejudicada, o plano de saúde vai ficar mais caro, o Toddyinho e o danoninho vão sumir da geladeira e as mulheres não voltarão a ser capachos, NINGUÉM vai se jogar aos seus pés e venerar seu pinto sujo e perebento só porque o Boçalnazi foi eleito. E você tanto sabe disso que está aqui tentando nos fazer baixar a cabeça e aceitar uma eleição fraudada como ovelhinha mansa - o que, te adianto, NÃO VAI acontecer de maneira alguma. Aceita e chora ou se mata que você ganha mais.

Marina disse...

17:57, não acho que apoiar mais claramente um partido mais a esquerda em um segundo turno de eleição seja "se comportar como um cãozinho adestrado e vir correndo e abanando o rabinho quando o PT chama". Isso se chama coerência, se o cara apóia pautas de esquerda, que apoie o partido mais de esquerda q chegou no segundo turno, ora!
Mas olha só, não estou defendendo o PT e tampouco o texto postado aqui, e como disse no outro comentário, se o cenário for Haddad ou Ciro em 2022, eu não sei em quem eu voto. Penso q a atitude do Ciro foi errada sim, mas não acho q seja motivo isoladamente pra supostamente não votar nele em 2022. O q eu to querendo dizer é q o Ciro ficou putinho e errou e ele poderia reconhecer o erro e bola pra frente sabe?Não tem problema errar.
Realmente não se se um apoio aberto do Ciro teria feito diferença na eleição, mas pelo menos ele teria sido coerente com o q ele supostamente defende (pautas mais de esquerda, no caso).
Rafael Cherem, como disse, tbm não concordei com a tática do PT e enfim, a merda jah tah feita. Agora qto a lançar o Haddad, eu não tenho essa bronca toda dele e pra mim foi um dos melhores prefeito q SP jah teve (sou de SP), q infelizmente recebeu todo o antiptismo exacerbado da minha querida cidade q elegeu uma anta fascistinha como prefeito e agora SP inteiro elegeu a msm anta como governador. Mas enfim, se não o Haddad, quem vc acha q seria uma boa nova cara pro PT?

Marina disse...

Cecília Novaes, li o texto q vc sugeriu e meu. Me parece a msm bronca q o Rafael Cherem tem do Haddad. Eu realmente não o vejo assim. Pergunto pra vc o mesmo q perguntei pro Rafael, quem vc acha q seria uma boa nova cara pro PT?

Marina disse...

17:05, seu otimismo é tão fofo e ingênuo.
O cara jah assinou decreto de salário mínimo menor do q tinha sido previsto em orçamento, falou q vai aumentar taxa de juros pra classe média financiar casa própria, tirou o Brasil do acordo de imigração, falou q vai mudar a embaixada ano Brasil para Israel, colocando o país na rota de ataques terroristas e ferrando com a exportação de carne halal. Além de filho corrupto, esposa corrupta, filho do vice corrupto, toma-lá-da-cá correndo solto.
Ele jah tah fodendo todo mundo e fazendo exatamente as mesmas coisas q os piores políticos faziam. Abre o olho colega!

Rafael Cherem disse...

Marina, não posso julgar Haddad pela gestão, mas o fato é que perdeu em todas as urnas para um anão politico e moral, não sei qual nome seria bom no pT, na minha opinião quem decide o Presidente é a Elite do Atraso, usando do Poder Judiciário, do poder econômico e da Policia/FA, mas com certeza tem que ser alguém que gasta sola de sapato e não passa o dia no twitter.

Anônimo disse...

Mas esse salário mínimo que ele autorizou é o que foi determinado no governo Dilma. O temer é que quis deixar mais alto.

Tinúviel disse...

Anônimo das 09:31 o salário mínimo de R$1.006 foi previsto pelo Congresso Nacional, na gestão do golpista Temer, em dezembro de 2018, QUANDO DEVERIA TER SIDO.

O governo da presidente Dilma acabou prematuramente em 2016, e não tem absolutamente nada a ver com a questão salarial de 2019, como todos deveriam bem saber.

Anônimo disse...

Pessoal, vcs estão chorando por causa de 8 reais??? E isso mesmo, produção???

donadio disse...

Gente, é preciso ter um pouco de senso de realidade.

Um partido do tamanho do PT, com a história do PT, com a inserção do PT, não tem como abrir mão de uma candidatura presidencial para um candidato sem partido, cuja história só faz sentido dentro do projeto político do PT, sem a menor base social, sem sindicatos, sem MST, sem associações de bairro.

Se fizesse isso desmoralizava e desarvorava o partido - e aí o PT não teria eleito nem trinta deputados, sem que isso se traduzisse em crescimento nenhum para o PDT - ou só em crescimento totalmente inorgânico, como já virou rotina para esse partido. Isto é, elegeria alguns deputados a mais, mas quase todos eles de direita, muitos deles prontos a apoiar o Bolsonaro no dia seguinte à eleição, como aliás de fato já aconteceu e está acontecendo.

Não tem como "pensar no país" sem pensar em si mesmo. A não ser que você ache que você mesmo é um mal e precisa desaparecer, a lógica que preside qualquer organização política é a seguinte: "nós temos as melhores propostas para resolver os problemas do país (do estado, da cidade, do mundo), e precisamos sobreviver politicamente para poder explicitar essas propostas para a população". Daí que você só abre mão quando você não tem alternativa. O PT tinha alternativa, iria desistir por quê?

Por outro lado, não sei por que debater o Ciro Gomes. Ele escolheu o caminho dele, e é um caminho tão legítimo quanto o do PT. Não acho que tenha futuro, e muito menos que se fracassar "a culpa é do PT que não se suicidou", mas não faz sentido ficar debatendo isso. Nós perdemos a eleição por que não conseguimos desmontar a imagem de Bolsonaro como "revolucionário conservador", não por que Ciro Gomes "dividiu a esquerda".

E nós vamos ver o PDT se posicionando no Congresso, e não vai ser bonito. Nós vamos ver o Ciro "marinando", passando quatro anos sem fazer absolutamente nada, por que não tem estrutura para fazer oposição, brigando com seu partido e talvez - pela centésima vez - pulando para um outro. Nós vamos ver o PDT se omitindo nas greves e passeatas dos próximos anos. Ou talvez não; milagres acontecem. E nós vamos chegar às nossas conclusões a partir dessa experiência, não a partir da personalidade do Ciro ou do Haddad, ou de uma disputa sobre "de quem é a culpa".

donadio disse...

"Realmente não se se um apoio aberto do Ciro teria feito diferença na eleição"

Para o resultado da eleição provavelmente não; a maioria dos que votaram em Ciro no primeiro turno votou em Haddad no segundo.

Mas teria feito uma diferença grande no futuro político do Ciro.

Marina disse...

Tinúviel, mto obrigada!09:31, faço minhas as plavras do Tinúvel.

10:24, R$8 compra um saco de feijão, o q, infelizmente, pode ser a diferença entre ter o q comer e passar fome pra MUITA gente no nosso país. Tire a cabeça da própria bunda e comece a conhecer seu país.

Donadio, é isso ae msm q eu tava tentando dizer, concordo 100%.

Marina disse...

Rafael Cherem não sei se dá pra chamar o Doria de anão político (moral sim, com ctz), pq ele ganhou em SP na mesma esteira do Biroliro. Nadou de braçada no antiptismo e tbm usou da questão da "nova política" e ainda se fez de "outsider". Soube usar bem as nervos exacerbados a seu favor, se elegeu prefeito e governador, escanteou totalmente o Alckmin (político experiente) e se bobear vai tomar o PSDB pra si. Nesse sentido, o Dória foi um ótimo político (pra atender os interesse dele, óbvio).

Anônimo disse...

Perai, Marina, mas quem foi que governou o Brasil durante os últimos 13 anos???

Cadê as melhoras na qualidade de vida do povo brasileiro durante esses anos, pra não precisar de miseros 8 reais? HAHAHAHAH

Quem vê falando assim nem parece que o petê governou o país por 13 anos hahaha

Anônimo disse...

Eu não sei, mas parece que a melhor opção seria o PSL e o Bolsonaro assaltarem os cofres públicos por 13 anos para se vingarem e punir o petê e, em seguida, aí sim, ensinar aos petistas como se governa o pais com excelência e honestidade. O que acha?

Daqui 13 anos vamos fazer o melhor governo que esse país já viu. #prontofalei

Sergio Costa disse...

A eleição de 2022 será decidida com dois clamores populares o primeiro circunda à geração de empregos, o segundo está vinculado ao organismo da segurança pública. Caso Bolsonaro consiga equalizar tais demandas será reeleito com amplo apoio sócio-político,do contrário perderia o apoio popular conquistado.
Contudo acredito que tais questões serão inicialmente solucionadas em seu governo. Notadamente o povo não está emergido nas profundas reflexões de cunho sócio-político da esquerda.
O povo possui uma análise política baseada em resultados, logo um governo emergido em uma crise econômica,na qual tenha grande parcela de culpa,afinal para muitos uma crise econômica pode ser intitulada como marola ou marolinha,neste cenário o povo apenas mostra que possui algum resquício de poder e o transfere à outros políticos no âmbito da presidência, prefeitura, governo,senado e parlamentarismo.

Rafael Cherem disse...

Donadio,.
A esquerda é povo, os movimentos sociais, sindicatos etc todos são do povo, nesse sentido o PT não tem muita liderança aparecendo, basta "ouvir" o silêncio das ruas e a postura covarde do ex-candidato, ou seja, nos estamos perdidos.

Marina,

Na época ele era um anão político, e o Prefeito com a máquina na mão conseguiu perder.

Marina disse...

12:08, mano. Vai dar uma estudadinha pra parar de passar vergonha na internet..Mas bom, tá anônimo msm, né. Deve ser pq sabe q vai falar bosta.
Pra começar vc poderia ler esses testículos aqui:
https://exame.abril.com.br/brasil/sair-do-mapa-de-fome-da-onu-e-historico-diz-governo/
https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/07/23/Como-o-Brasil-saiu-do-Mapa-da-Fome.-E-por-que-ele-pode-voltar
http://www.justificando.com/2018/07/11/extrema-pobreza-atinge-niveis-de-12-anos-atras-e-brasil-deve-voltar-ao-mapa-da-fome/
https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2018/10/17/jose-graziano-fao-onu-mapa-da-fome-brasil-obesidade.htm
E sério, tira a cabeça da bunda, vc vai ver como é melhor aqui fora.

Tinúviel disse...

ai anônimo das 16h22min, por favor! vai tu te informar ou pára de mentir descaradamente que tá muito feio!

Ano Presença de subalimentação severa em relação à população total do país (%)
1999/2001 11,9
2004/2006 4,6
2009/2011 <2,5(*)
2011/2013 <2,5(*)
2012/2014 <2,5(*)
2014/2016 <2,5(*)
2015/2017 <2,5(*)

*Menor que 2,5%

Fonte: Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Brasil 2018 / FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação)

Anônimo disse...

Pra começar, o PT não deveria ter roubado né...acho muito estranho esses argumentos de que tal candidato foi errado pq apoiou fulano ou tomou tal posição, então merece o limbo eterno da política, mas ninguém lembra da corrupção.

Marina disse...

23:32, vc deve tá com algum problema de interpretação de texto. Ninguém aqui tah defendendo o limbo eterno da política pra nenhum dos políticos citados aqui. Veja só, nem mesmo pro Dória, o prefeito fascistinha, isso foi aventado. Entaum né, vamos ter UM POUQUINHO de boa vontade ae gente, pra edificar o debate e não falar só bosta!

Anônimo disse...

Fugindo um pouco da política, o Marcelo Yuka, do Rappa, que ficou paraplégico em função de um tiro num assalto, disse que na reabilitação as mulheres vão sozinhas (não tem um companheiro), mas os homens vão sempre acompanhados pelas suas companheiras.... típico, não? Ele citou a mulher como mais solidária.

Tinúviel disse...

anônimo das 23h32min, todo mundo lembra da corrupção, que houve em todos os governos brasileiros, logo não pode ser usado como argumento contrário apenas em relação a um partido.

titia disse...

Ué, 23:32, na hora de votar no nazipalhaço você e sua corjinha também não lembraram da corrupção.

Rafael Cherem disse...

Pra começar, o PT não deveria ter roubado né...acho muito estranho esses argumentos de que tal candidato foi errado pq apoiou fulano ou tomou tal posição, então merece o limbo eterno da política, mas ninguém lembra da corrupção.

Eu já tive essa posição, mas um dia me perguntei, como vou saber? Nem li o processo.

Anônimo disse...

Sabe o problema dessa coisa de que "mulher é mais solidária, faz visitas em hospitais, presídios ..."?

Ou se considera esse comportamento como uma tendência natural das mulheres, assim se admite que a biologia influencia diretamente a diferença entre tendências e comportamentos nos sexos masculino e feminino, ou se trata de um comportamento aprendido devido ao processo de socialização de mulheres durante a infância e adolescência. E diante dessa hipótese, não há nenhuma razão para assumir isso como positivo, pois é fruto de uma criação machista.

Tinúviel disse...

anônimo das 13h36, me parece bem evidente que o comportamento descrito é fruto da socialização mas, ao contrário da tua interpretação, é sim benéfico que sejamos dessa forma, e o machismo mais uma vez fez seu mal sim, mas pros homens, que ao serem socializados não o foram dessa maneira.

Sportano disse...

Gleisi : "Ciro nem com reza brava." Da teus pulos, Gleisi. Todas as pesquisas indicavam Ciro como a única opção viável pra enfrentar o Bolsonaro. Ciro, já no dia da eleição deixou claro sua posição ao dizer com todas as letras :ele não. O que mais os petistas queriam? Que fosse cheirar o rabo do PT? Tenham auto crítica pelo menos uma vez na vida. Quanto ao comentário acima do Donadio que disse que PDT não iria fazer nada,PDT montou base popular com outros dois partidos pra uma frente de oposição pensante ao governo. PDT foi atrás de ser contra a extinção do Ministério do Trabalho. Enquanto o PT buscou Maia pra Câmara e vai à Venezuela pra posse de Maduro. Enquanto o PT não enxergar que não é dono da esquerda/centro-esquerda do país, perderá.

Anônimo disse...

Parabéns pelo Dr. Dráuzio Varella por tamanha ignorância e preconceito.

Não passou pela cabeça desse animal que o motivo pelo qual homens não cuidam dos parentes doentes é por que alguém precisa trabalhar para pagar as contas de água, luz e telefone? Que se mães e filhas podem cuidar de doentes é porque um homem tem que trabalhar para pagar as contas do hospital.

Anônimo disse...

As mulheres além de trabalharem fora,pagar todas as contas e criar as crianças ainda visitam seus familiares presos.