sexta-feira, 9 de outubro de 2015

ESTÁ EM DÚVIDA SE ALGO É SEXISTA? A GENTE ENSINA

Toda vez que uma feminista aponta sexismo ou machismo em alguma situação, vem alguém dizer: "Vocês veem machismo em tudo!" 
Deve ser porque aquela situação É sexista. Mas o problema não é nós vermos sexismo em tudo. O problema é você não ver. Neste post sobre a feminista inglesa que denunciou um advogado que elogiou sua aparência no Linkedin, apareceram os comentários de sempre ("Mimimi! Isso não é machismo!"). E algumas comentaristas deixaram mensagens bem didáticas:

"Lola, isso me lembra uma situação que eu passei... Dentre tantas.
Estava cursando meu mestrado e um prof de outra instituição veio nos visitar (devia ter na casa do 55-56 anos), doutor, professor, com vários trabalhos publicados.
Ao conhecê-lo ele só sabia fazer piadinhas sobre essa importante troca de conhecimentos, enfatizando a minha troca com ele (sim, tudo que ele falava tinha duplo sentido).
Eu não podia responder, afinal ele era um convidado e eu não era nada... Ele elogiava o quanto tinha me achado bonita, e elegante -- não sou elegante. Não estou ali para ser elegante, não estou ali para ser bonita.
Sou uma profissional, quero ser reconhecida como alguém que desenvolve algo, que pensa e que não se resume à beleza...
À galera que fala que isso é mimimi só digo uma coisa: imagina você se esforçar e ser julgado só pelo seu aspecto físico.
Nada do que vc fez importa ou o que vc é importa.
Sexismo é vc julgar um profissional diferente do outro por ser homem ou mulher.
É vc tratar diferente pq a mulher é bonita ou pq vc acha a mulher feia...
É reduzir anos de estudo à aparência...
Homens fazem isso constantemente com suas companheiras, reduzem anos de relacionamento a quilos na balança, esquecem da sua contribuição social, financeira e emocional..." (Senhorita F)

"Estão em dúvida se uma situação é sexista? Fácil de saber. A tia Jane ensina:
É só refletir:
Eu perguntaria isso a um homem?
Eu diria isso a um homem nessas circunstâncias?
O terno do Obama ou do Tsipras faz alguma diferença quando eles estão numa reunião de líderes?
Por que raios então é relevante a roupa da Merkel, Dilma ou Elizabeth II na mesma situação?
Por que cargas d'água a aparência/ status marital/ paridade vem SEMPRE antes de qualquer atributo profissional que uma mulher tem? O que isso tem de significativo?
Outra coisa -- além da questão do sexismo existe algo chamado bom senso, educação e civilidade.
Há coisas que você faz no boteco da esquina que não são aceitáveis no teatro. 
Há coisas que você faz numa festa informal da empresa que não são admissíveis durante período de trabalho.
'Semancol' não mata ninguém e ainda torna a vida mais agradável..." (Jane Doe)

"Fico absurdada com como sai homem até dos bueiros para definir o que é sexismo ou o que é certo ou errado nesses casos.
A mulher está no LinkedIn, uma rede social com objetivos profissionais, um cara simplesmente chegar elogiando e falar que ela está linda na foto é inapropriado e anti-profissional. Do mesmo jeito que é anti-profissional fazer isso no ambiente de trabalho em si. 
'Desde quando homem elogiar mulher ou mulher elogiar homem é sexismo?'
É sexismo porque a mulher é considerada um objeto passível da avaliação masculina em TODO e QUALQUER lugar. 
Uma coisa é você elogiar alguém que você conhece/tem intimidade ou num ambiente mais adequado se quiser paquerar, outra coisa completamente diferente é gritar 'linda' na rua para uma desconhecida, ou fazer comentários não solicitados sobre a aparência de uma colega de trabalho. 
Sinceramente, é inacreditável que nós mulheres ainda precisamos repetir isso." (Bizzys)

74 comentários:

Danu disse...

Estávamos conversando isso ontem no almoço, é incrível como algumas amigas desempregadas e acima do peso tem dificuldades para passar numa entrevista, quando que uma moça considerada dentro do padrão de beleza raramente passa pela mesma dificuldade.

- Olha seus trajes não são adequados, você precisa usar salto....
Já conheci meninas que ouviram esse tipo de coisa, acho o cúmulo.

Uma colega da empresa era pressionada pela sua chefe para se vestir "mais elegante", só que ela ganhava pouco e as roupas ficam acaras a partir de uma certa numeração,então ela repetia bastante as roupas e as vezes não usava calça social, pois as calças a deixavam constrangida por ficarem muito coladas no corpo.
E o que aconteceu a essa amiga? No primeiro corte da empresa ela foi demitida, ficamos indignados, pois ela sempre foi uma excelente profissional.
Ninguém nunca reclama quando algumas pessoas vem de saia curtinha decote ou calça escrota, mas a moça que era considerada "feia" incomodava pelas suas roupas, que eram discretas, mas talvez não agradasse a chefe dela. Isso é um absurdo!

@vbfri disse...

Dia desses a minha irmã resolve aceitar o pedido de amizade no face de um ex-colega dela de 2º grau. Ela nunca tinha trocado meia dúzia de palavras com a criatura na época escolar e estava ignorando o pedido de amizade no face... Acho que é aquele negócio de intuição. Mas aí o moleque começou a mandar inbox pra ela, pedindo, poxa, que ela o adicionasse, pq, né, um rapaz bom, tals.
Ela adicionou (big mistake - mas quem nunca???). Aí ele veio com o papo de que gostava dela desde a época de escola e que agora ela está ainda mais linda.
Primeira coisa que ela falou: olha, tenho namorado (novamente, quem nunca--detalhe: a foto dela de perfil É COM O NAMORADO).
E ele falando que não tinha problema. Que ele sempre foi apaixonado por ela (?!) e não sei mais o que.
E por mais que a minha irmã falasse "olha, eu não tenho interesse, olha vc está me incomodando, olha, você está sendo inconveniente..." o cara continuava insistindo.
Depois dela dar mais uns toques nele, para ele parar com aquela conversa, ela falou "olha, vou te bloquear. Beijo, tchau".
E aíiii???? O QUE ELE FEZ?????
LIGOU PARA ELA! NO DIA SEGUINTE!!!

Minha irmã é uma pessoa fantástica, inteligente, engraçada. Conhece muito de cultura, de esportes, fez kombato, curte mangá, e vai se formar agora em estatística. Ela lê pra caramba, tem altos papos e o cara ficou falando do que??? DO CORPO dela.
Aí ela colocou no face a revolta e veio um conhecido dela dizer "ah, não vi o machismo! Ele só foi um babaca".
Por mais que a minha irmã desenhasse, o cara não conseguia ver o machismo e, pior, não abria a cabeça dois milímetros para ver que esse comportamento É machista e incentivado pela sociedade.
Saquinho, viu?

Anônimo disse...

Lola, é por pessoas como você que ainda me declaro "feminista". Pois a irracionalidade, misandria, anticientificismo de algumas me enoja tanto que estou prestes a me declarar humanista, igualitarista ou algo do gênero. Infelizmente, até heterofobia eu já vi (sério, quem frequenta certos grupos do facebook pode atestar os discursos sobre lesbianismo político e heterossexualidade compussória). É surreal. Não, é real mesmo. Dizem que a mulher que se relaciona com homens está se entregando ao opressor, está numa relação doentia... A salvação é ser lésbica! A feminista hétero está num patamar abaixo, ainda não se libertou do patriarcado. A bi está em processo de desconstrução. Valha-me, Deus!

Nada muda na minha prática, continuo a combater as nuances do machismo e homofobia, mas não quero carregar o peso do discurso que algumas vertentes do feminismo tem proferido.

Foi por você que me descobri feminista e é você que ainda mantém viva em mim essa chama.
Obrigado por você existir, Lola.

Lord Anderson disse...

" A gente ensina?"

Rs, apesar do tom ironico não deixa de ser verdade.

A unica maneira de vc saber como uma pessoa vitima de preconceito se sente é ouvi-al.

A unica maneira de entender oq é machismo é ouvir oq as mulheres tem a dizer sobre.

(e em "ouvir" tb se enquadra, ler , pesquisar, perguntar, etc)

Anônimo disse...

Pq quando a mulher e simpática os homens sempre acham que ela tá afim

Anônimo disse...

Vocês não estão achando as mulheres atiradas demais?
Eu acho que as mulheres estão ficando com todo onus. Hoje em dia as mulheres ainda além de ter que "segurar" o macho como antes, elas é que se atiram pros homens hoje em dia, principalmente os bonitos que se acham e nem movem um dedo pra nada. E fazem de tudo no sexo morrendo de medo de perder o namorado/esposo. Eu tenho a impressão que as mulheres estão pegando o ônus dos homens pra elas.

Anônimo disse...

Eu homem e minha postura sobre o feminismo.

Basicamente e assim, NÃO DOU A MINIMA, NÃO E PROBLEMA MEU.

Entendem, o feminismo não pode me atingir em nada na minha vida particular, eu não vou abrir mão de nada dos que vocês chamam de privilegio e vocês não podem me obrigar.

APOIADO 100%!
Privilégio só existe na cabeça doente delas.

Anônimo disse...

"imagina você se esforçar e ser julgado só pelo seu aspecto físico"

Uê! Eu pensei que vcs de pensamento a esquerda não acreditassem em meritocracia.

E não se preocupe com seu aspecto físico, isto passa logo, juventude não e nem um terço da vida adulta, logo vc não vai mais cham,r atenção física de homem nenhum e vai ser livre do assedio deles.

Anônimo disse...

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-campanha-de-odio-contra-os-que-pedem-fora-dilma-o-caso-doda-cartunista-laerte-ou-a-ultima-da-baranga-moral/

Ataque transfóbico do Reinaldo Azevedo ao Laerte.

Anônimo disse...

Gostei do comentário que falou contra a heterofobia e contra a bifobia.

Parece que somente os homens são preconceituosos, somente os homens assediam, cantam....



Nossa sociedade é super repressora.

Jonas Klein disse...

Eu achei bem interessante este post apesar dele ser feito de retalhos de comentários.


E explicando as coisa desta forma fica bem fácil ate para os mais leigos no assunto entender o que sexismo.


Agora a Bizzys disse algo que achei tri relevante:

"Uma coisa é você elogiar alguém que você conhece/tem intimidade ou num ambiente mais adequado se quiser paquerar, outra coisa completamente diferente é gritar 'linda' na rua para uma desconhecida,"

De fato o que importa realmente o contexto, para definir se o elogio e socialmente aceitável ou não, pois uma coisa você falar da aparência de uma mulher fora do contexto certo ou sem ela pedir, outra coisa e uma moça posta uma foto de biquinho na beira da praia no FB e você fazer um comentário sobre a aparência dela, onde e visível que ela quer que reparem e justamente na aparência dela e se elogiar melhor ainda...


Anon 15:45


E muito privilegio que você tem nesta nossa sociedade machista né, coitado de você cara, talvez um dia você acorda para realidade.

Anônimo disse...

Mais um inútil dando opinião desnecessária.

Vocês misóginos humilham, discriminam, agridem, violentam e matam meninas e mulheres e nós que temos "cabeça doente"?!
Vai procurar uma rola.

Mila disse...

Danu,

E eu achava que no serviço público não tinha essas coisas, até saber de um chefe que requisitava funcionárias utilizando o critério do tamanho da bunda.
Essas coisas decepcionam a gente. Mesmo num lugar no qual vc entrou por méritos, continuar a ser avaliada pelo seu físico e não pela competência.

Anônimo disse...

Quem disse que vc tem o direito de elogiar pq alguém fez foto ou na beira da piscina?
Vc faria isso com um amigo homem?
O fato da mulher está na beira da piscina ou de determinada roupa não faz vc criar direitos, seu machista enrustido

Anônimo disse...

bolsovomito vai fazer igual cu nha enfiar a grana no rabo e fingir de bonzão, e os otários machistóides apoiando, cuidado que ele é a favor da castração química, boa parte de vcs vão virar eunucos.

Anônimo disse...

Não gostei do post tbm, podia falar de tantas coisas um assunto interessante é Rihanna dizer que se sente mal em fazer sexo casual e levantar o porque das mulheres se sentirem mal fazendo essa prática ser tão comum.
E CONCORDO COM A ANON 15:42 tbm percebo uma falsa liberdade desenfreada das mulheres

Jonas Klein disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Já vi que tem uma "moça" apaixonada por mim aqui.

Olha agradeço pelo seu interesse na minha pessoa kkkkkkkkkkkkkkkkkk, mais eu nunca vou ser seu kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Deu para entender né!!!!!

Bom vamos falar serio aqui.

Anon 16:54


apesar de eu ser de direita, eu sou obrigado concordar com você, o bolso e um lobo em pelo de cordeiro, eu sempre digo quem tem moral mesmo não fica por ai esfregando a sua moral na cara dos outros feito um bolso da vida.


Anônimo disse...

Tenho um exemplo também: fiz engenharia mecânica e fui a única da sala. Acredito que tenha sido, por enquanto, a menina mais dentro dos padros de beleza que já cursou na minha universidade e suponho que isso deva gerar conversas até hoje, pois sou formada há vários anos sempre tem calouro pedindo pra me adicionar no linkein. Tipo, a pessoa cursou anos depois de mim, não tem ninguém da minha sala adionado, mas se sentem no direito de solicitar meu contato. Fico de cara!!

Anônimo disse...

Meio fora do post e meio masculino meu comentário, mas tenho a impressão que no lugar de deixarmos de serobjetificada, temos passado a objeto ficar os homens. Não deixa de ser uma igualdade, né?

Falo isso pensando em como virou apelativo os cantores sertanejos, pensando na fama que ganharam asqueles muleques novinhos, irmãos, que dançam sem camisa no YouTube, nos comentários das cenas do gianechini nu na ultima novela e etc...

Não gostaria de ver isso sendo feito com mulheres, portanto não gosto de ver aplicado aos homens. Mesmo guardando as devidas proporções da falsa simetria, acho que não é legal.

Anônimo disse...

Quis dizer meio 'mascu' o comentário.

Anônimo disse...

Afeee tudo errado o que escrevi. Digitar no celular e foda. Mas acho que deu pra entender.... Estamos objetificando os homens.

Anônimo disse...

Vc foi também a mais modesta do curso?

Anônimo disse...

As mulheres estao muito assanhadas mesmo, MAs EU acho que é pelo fato de nap ter mt homem hetero dando sopa por aí.

Anônimo disse...

Acho que em questao de relacionamento é td facil pro homem, ainda mais hj em dia que as mulheres dao em cima, até o nerd que eu conheci pegava mulher.

@vbfri disse...

Para os homens que acham que o feminismo não os atinge:

- a mulher ganhou mais liberdade sexual -> as relações ficaram mais leves e descompromissadas.
- o homem não é mais o único provedor material;
- casamento não é mais uma obrigação social. Logo, se o homem quiser galinhar o resto da vida, pode ficar à vontade.
- o feminismo defende que homens e mulheres são iguais - logo, dá liberdade para o homem ser mais sensivel
- paternidade responsável
- divisão de tarefas
- possibilidade de divórcio
- hoje o homem pode facilmente ser sustentado pela mulher e ser ele a cuidar da casa e dos filhos
- pode dividir a conta no bar
- mulheres "honestas" hoje vão para o bar com o namorado, ou com o grupo de amigos, beijam na boca e dão no primeiro encontro
- se vocês aceitarem o feminismo, há a possibilidade de não ser mais um xingamento o cara ser chamado de "viadinho, maricas, mulherzinha"... isso tudo vai ser tão ofensivo como "boboca". Xingamento de pré-primário, no máximo
- o homem não precisa ser o garanhão, o pegador, pode fazer o curso que quiser sem ser criticado...

Enfim.. realmente o feminismo não é necessário, uzomi tão tudo feliz como tá mesmo e pronto.

Machismo é ruim pra todo mundo, fio. Acorda.

Anônimo disse...

Off topic:
A AIESEC de Balneário Camboriú organizou uma palestra com três intercambistas HOMENS para falar sobre empoderamento FEMININO?!
Oi? Que merda é essa? Tão comendo cocô?
Não é possível que homens se achem no papel de falar sobre mulheres.

Os sem noção perceberam o erro e até deixaram e-mails para sugestões de como a palestra deve ser desenvolvida.
Simples: coloquem 3 mulheres feministas para falarem sobre empoderamento!

E-mail se alguém se interessar em dar uns cascudos virtuais neles: balneariocamboriu@aisec.org.br

Laura

Anônimo disse...

MI SUEÑO :

TRABALHAR EM UM AMBIENTE FEMINISTA ....

AONDE TEM ISSO .?

Em lugar nenhum ...

o q fazer ?

Lutar por igualdade e respeito ... Fazer valer seus direitos ... Bote a boca no trombone ! Sofrer calada jamais !

lola aronovich disse...

Laura, chamou muito a atenção uma palestra sobre empoderamento feminino dada por 3 homens. Pelo que entendi, teve tanto protesto que a palestra acabou sendo cancelada. Mas é muita bola fora dessa gente.

Anônimo disse...

Acho que o endereço certo é balneariocamboriu@aiesec.org.br

Enviei uma sugestão.

Anônimo disse...

Que dizer que um homem não falar por exemplo sobre a opressão das mulheres durante a história? Uma pessoa sem necessidade especial não pode falar sobre a discriminação contra portadores de necessidades especiais?
Esse ultra radicalismo não leva a nada

Anônimo disse...

Leia comentário às 19:44

Anônimo disse...

Falar é uma coisa agora ser convidado pra dar uma palestra de Como mulheres devem ser empoderadas na visao de um homem com tanta mulher que faz trab bacana é dose. Lola fala sobre caique nogueira e sua entrevista pra atrevida falando bobagem. Ele é o cantor do fly é racists machista e homofobico.

Anônimo disse...

Caíque nogueira disse Tanta merda e depois agora ta usando fotos de bebes Negros pra dizer que nao é racista.

Anônimo disse...

Anon das 17:59, rachei de rir com seu comentário. Perfeito.

Anônimo disse...

Ou tu tas de má vontade ou é uma pessoa lesa mesmo.
Repetindo: uma palestra na qual SÓ HOMENS iriam falar sobre empoderamento feminino. Não teria nenhuma mulher. Só uma "facilitadora"(???)
Devemos, sim, ter empatia pelos grupos oprimidos, mas falar por eles não!
Isso não é nem ultra e nem radicalismo, pessoa.
Falar é uma coisa. Ser "a voz" é outra.
Vai lá e sobe num palco para falar a cadeirantes (só cadeirantes) como a vida deles é difícil.
Sério que se sentiria bem?
Favor, melhorar!

Laura

Anônimo disse...

Muito bola fora mesmo.
A palestra foi cancelada e estão aceitando sugestões.
A minha: estudem feminismo!
E mais uma: sentem e ouçam mulheres feministas falarem.

Laura

Anônimo disse...

Falar é uma coisa agora ser convidado pra dar uma palestra de Como mulheres devem ser empoderadas na visao de um homem com tanta mulher que faz trab bacana é dose. {2}

Anônimo disse...

Esse imbecil e mais metade do Brasil precisam de aulas sobre racismo.

O que me revolta mais nessa história é fãs adolescentes negras defendendo esse cerumano.
Elas precisam de feminismo!
Teve uma mulher ~ acho que é rapper, mas não sei o nome ~ que respondeu à altura.
Emicida deu uma resposta muito boa!
O Lucas Salles ( nem sei que é) também.

Laura

Anônimo disse...

Achei!
O nome dela é Karol Conka:

“Primeiro, quando eu li, fiquei assustada, depois triste de ver que uma geração de adolescentes que compram a revista, assim como eu fiz há anos, se espelham no que tá sendo divulgado.
Quando o garoto disse ‘para quem TEM cabelo ruim’, fica bem claro que ele se refere a quem tem cabelo crespo, pois ele usa a palavra ‘tem’. Em nenhum momento ele disse ‘para quem acorda com o cabelo num dia ruim’. E em seguida, outro garoto diz como uma menina deve se comportar (se referindo a fotos de biquini). Fiquei puta da cara”, diz a Karol.

Laura

Anônimo disse...

Quem dá sopa é voluntário de caridade!

Kittsu disse...

Pois é, que PECADO uma mulher se reconhecer bonita. Onde estão as moças humildes e recatadas de antigamente? Pffff

Anônimo disse...

Entre reconhecer a própria beleza e se auto-denominar a mais bonita da Universidade em um determinado curso, há um abismo de diferença.

Kittsu disse...

Se ela realmente acha isso, seria falsa modéstia afirmar o contrário. E continua não havendo nada de errado em pensar desta forma, se ela se acha a xota das galáxias, excelente. Todo mundo deveria poder se sentir desta forma, sem nenhum abestalhado pra apontar um defeito e dizer o contrário. Pro caralho com a tal da modéstia.

Anônimo disse...

Aham, super legal se achar.

J.M. disse...

Que asqueroso esse tal de Caíque Nogueira, cuja existência infelizmente agora é do meu conhecimento.
Pesquisando um pouco mais sobre o caso vi que a risadinha pra quem tem "cabelo ruim" foi só a ponta do iceberg dos lixos que a celebridadezinha profere ao público. Lamentável tantas jovens tendo esse exemplo de "ídolo".

www.buzzfeed.com/gasparjose/caique-banda-fly-acusacoes-racismo#.oavxlqlAog

Anônimo disse...

E se ela é muito bonita e dissesse que não se acha bonita, seria classificada de "c* doce".

Mais uma vez - se homem diz "eu sou fodão/gostoso/sexy/inteligente/capaz/competente/pica de ouro/whatever" temos que concordar bovinamente e dizer amém.
Uma mulher faz o mesmo, ela é arrogante/mal comida/faz doce/puta e também devemos concordar bovinamente, apontar os defeitos, espezinhar, humilhar pra ver se ela "se liga" e se recolhe a sua insignificância...

Ser arrogante e reconhecer seu potencial são duas coisas muuuuuuuuuito diferentes.
E não acho que a guria foi arrogante.


Jane Doe

Anônimo disse...

A questão não é concordar bovinamente, afinal nem conhecemos a moça. Acho, apenas, que ser convencido não é uma característica positiva nem para homens nem para mulheres.

Reconhecer o próprio mérito e as próprias qualidades é digno e justo. Porém, se auto-proclamar a "mais-mais" da faculdade por pertencer ao padrão de beleza, me parece questionável.

E, por último, menos distorção. Não vi ninguém espezinhando nem apontando defeitos além da "modéstia".

Anônimo disse...

Concluindo, não vou endossar certos comportamentos apenas porque vem de uma mulher. Por último, chega de desvirtuar o post.

Ana Carolina Serrao disse...

O serviço público é bem machista e conservador.

Ana Carolina Serrao disse...

Mulher com auto-estima incomoda os homens. É porque fere o ego deles.
Pois se eu me considero/reconheço como bonita, inteligente, competente, etc., os elogios vazios e as avaliações deles não me atingirão

Anônimo disse...

A única coisa que a moça disse é que, durante a faculdade, era a mulher que mais se enquadrava nos padrões de beleza até onde ela sabe.

Padrões de beleza existem. Algumas se enquadram neles, outras não.

Não vi arrogância...

Anônimo disse...

O triste é ter que ficar explicando o óbvio pra gente que não quer enxergar pura e simplesmente.

Então na real, nem faço mais isso.

Anônimo disse...

Se fosse um homem que dissesse a mesma coisa, vc manteria sua opinião?

Kittsu disse...

Povo pode nem se achar mais. [Imagine aqui uma imagem do bode gaiato]

André disse...

Ela só contextualizou para mostrar que não estava legislando em causa própria.

Anônimo disse...

"Entendem, o feminismo não pode me atingir em nada na minha vida particular, eu não vou abrir mão de nada dos que vocês chamam de privilegio e vocês não podem me obrigar."

Então vai morrer na guerra, campeão.

Anônimo disse...

Na verdade, em menor escala ele afeta e beneficia os homens sim. Mas muitos não tem a capacidade pra ver.
E nós não só podemos como iremos tirar seus privilégios. Aos poucos conseguiremos, como as feministas do passado já conseguiram. Coisas exclusivas de homens se tornaram exclusivas de AMBOS os sexos.
Se vcs se dao o trabalho de vir aqui falar suas besteiras é pq se sentem ameaçados e isso só mostra q cada dia q passa nosso objetivo está mais perto de ser alcançado.
Muita luz na vida de todos, sejam vcs do genero q for

fernanda melo disse...

Kkkk pior

Anônimo disse...

Engraçado vc se incomodar com esse fato, anon 21:36 pq homens sempre falaram das mulheres dando sopa por aí
Até pra justificar estupro eles usam essa balela q acham ser um argumento

Anônimo disse...

Melhor se achar do q ter baixa-estima e ficar se importando com a opinião alheia. Se ela não tá humilhando e denegrindo outra pessoa, não vejo nada de errado. Por mais mulheres q se acham, ou melhor, q são, pq vc é seu próprio juiz no q se refere a si próprio e suas escolhas pessoais e íntimas

Anônimo disse...

Engraçado você se incomodar com o meu comentário. Daí eu vejo que tas querendo causar...
Sou mulher e fiz o comentário da sopa justamente porque os homens falam isso das mulheres. E na situação acima o comentarista quis usar o mesmo discurso em favor dos homens, só que não cola.
Entendeu agora?
Obrigada!

Anônimo disse...

Olha o homi que não é atingido pelo feminismo vindo em um blog feminista comentar... Fio, ou aprende a ser gente ou vai só piorar pro teu lado.
A moça falou que tava dentro dos padrões de beleza pra contextualizar o comentário, não to vendo arrogância nenhuma, até porque estar dentro do padrão não é igual a ser mais bonito (ver Jennifer Aniston e Lupita Nyong'o, por exemplo).
E gente que se acha é um cu. Nunca conheci ninguém arrogante que realmente tenha valido a pena conhecer. E sim, homens costumam ser especialistas nesse aspecto.

Dan

Cão do Mato disse...

Amiguinha, essa sua lista de benefícios do feminismo para os homens só deve valer nos países escandinavos.... Porque, aqui na Terra Brasilis, homem que fica em casa enquanto a mulher trabalha é considerado aproveitador.

Anônimo disse...

Caso alguém não tenha visto guia que ensina a identificar (e combater) os neomachistas: http://operamundi.uol.com.br/conteudo/samuel/41906/blogueira+elabora+guia+que+ensina+a+detectar+os+machistas+modernos.shtml

Beijos

Anônimo disse...

Se tudo isso fosse verdade eu aceitaria o feminismo numa boa! Mas na pratica do dia a dia não é assim! O homem continua tendo de ser o provedor, continua tendo de tomar a iniciativa, continua tendo de bancar o pegador e vocês moças, concordo que são independentes e muitas coisas boas mas na hora de relacionamento querem mesmo é o tal do macho alfa! O pegador tem "pegada" né? Então é por isso q também queremos ser um desses caras para vocês gostarem da gente também! Mas eu apoio O feminismo pois minha mãe mesmo sem saber era uma feminista que me botou no meu lugar: obediente e respeitador!

camila santos disse...

Você é o doido que fala de mulher bi toda hora, é tão burro que escreve asneira e ainda comenta kkkkkkkkk , Se você dissesse que deixou "de ser feminista" pelo menos ia ter uma parte que preste nesse discurso! O jeito que pessoas do seu tipo falam e usam mulheres lésbicas é nojento parece até errado ser lésbica, se ser lésbica resolve alguma coisa qual é o problema? 15:04

Anônimo disse...

Ana, vc não entende nada de homem! De onde tirou isso ? E pelas suas palavras, aposto q não tem essa auto estima que afirma ter!

Anônimo disse...

Sinceramente: sou homem e não me sinto nem um pouco ameaçado! Vão tirar meus últimos privilégios? Maravilha, assim não poderei mais ser acusado por andar na rua sem medo de ser estuprado, de ganhar mais mesmo ganhando bem menos que minha chefe, e por aí vai! Depois do que vcs feministas já disseram de nós , ainda pensam que temos medo de mais alguma coisa? Outra coisa: ao dizerem q somos todos capetas irrecuperáveis lembrem-se que não saímos do vento! Não tem um homi no mundo que não tenha saído de dentro do ventre de uma mulher! Apesar de vcs feministas existirem eu aceito o feminismo e suas ideias de igualdade, mas engolir vocês é difícil mesmo!

Helena disse...

Lola,

Semana passada participei de um curso e durante algumas atividades, recebemos material por escrito. O objetivo era que lêssemos e identificássemos certos fluxos e rotinas dentro da empresa que poderiam se melhorados. Pois bem... Nos diálogos, sempre que alguém estava fazendo uma tarefa errada, era uma mulher: A vendedora, A gerente, A estagiária. E, surpreendentemente, nos exemplos, as rotinas corretas eram feitas sempre por personagens do sexo masculino: O gerente, O supervisor, O analista. Quando comentei com os colegas do grupo sobre essa coincidência, ninguém tinha notado isso ou tinha achado estranho. Aí já comecei a me perguntar se eu vejo machismo em tudo porque realmente existe machismo em tudo ou se eu estou vendo coisas que não existem...

lola aronovich disse...

É super importante apontar essas "tendências", Helena. Vamos chamar isso de culpar a mulher de "tendência", em vez de "ideologia". Talvez muitas vezes os próprios caras que fazem esse material não percebem os exemplos que incluem. Se a gente não apontar, eles vão continuar não notando. E se eles sabem e estão sendo conscientemente machistas, eles terão que se explicar. Isso que vc fez chama-se análise do discurso.

Anônimo disse...

Caro anônimo, primeiramente, eu nao disse que era a mais bonita, mas sim que devo ter sido a 'mais dentro dos padrões de beleza socialmente aceitos'. Se vc vem ao blog com frequencia, deve saber a diferença. Segundamente, deu preguica de explicar.... Se eu quiser me achar a mais bonita da galaxia, o problema é meu. É fiscal de cada coisa que tem nesse blog, né?

A gente tava falando em sexismo, no caso, de como os garotos são babacas em ficar me adicionando no linkedin sem me conhecer. Qnd o post for sobre pecados capitais, a gente volta no seu tema.

Anônimo disse...

Nossa, agora que li todos os comentários sobre o que escrevi, resolvi explicar melhor. Altas polêmicas.

Galera que me defendeu, muito obrigada! <3

Enfim, explicando: o curso é composto basicamente por homens. Qnd cursei, éramos em 5 mulheres juntando todos os anos. Estar em uma profissão muito 'masculina' gera situacoes sexistas o tempo todo. E ser considerada bonita num curso masculino e machisa, é pior do que ser considerada 'normal' e passar despercebido.

Eu era 'famosinha' em todo o bloco, era 'exotico' ser bonita e fazer mecanica.... Por isso eu era constrangida por grupos de meninos todas as vezes que ia na cantina ou que levantava pra jogar lixo na sala de aula, ficavam encarando ou assobiando. Fui assediada por colegas e professores, das formas mais sutis até ao ponto de um colega tentar me beijar a força, enquanto outros assistiam e davam risada. Tive minhas notas boas e ruins sempre atribuídas a minha estética. Tive 'amigos' na sala somente nos períodos que, coincidentemete, eu estava solteira... Resumindo: meu período de faculdade foi uma merda.

Agora sobre eu dizer que estou dentro dos padrões, foi para contextualizar mesmo...

Quem frequenta o blog da Lola, sabe que existe grande diferença entre ser bonita e estar nos padrões socialmente valorizados. Se eu fosse negra e linda, vc acha que calouros totalmente desconhecidos estariam pedindo pra me adicionar no linkedin? Talvez com bem menos frequência, pq além de machismo, se juntaria também o racismo.

Torço muito e trabalho pra que mecanica se popularize cada vez mais entre as meninas. Já falamos muito aqui no blog sobre mulheres nas exatas e como as meninas são pouco estimuladas a seguirem essa área.

Um dos 'hinos' do curso era: engenharia, engenharia, nota baixa, mulher feia e putaria, alem de várias piadas sobre engenheiras serem feias e peludas. Eu poderia discorrer todo um texto relacionando essa fama de só terem mulheres feias e 'machonas' nos cursos e como isso é estratégico para os homens. Como isso é uma forma de exclusão e controle dos homens sobre as mulheres nessas profissões. Mas acho que a maioria aqui pode imaginar....

Anônimo disse...

14 de outubro de 2015 18:14 - Agora compreendi seu ponto de vista e me desculpo pelo comentário equivocado.

Anônimo disse...

Obrigada e desculpa tb a resposta mais grosseira que dei anteriormente. ; )