sábado, 1 de agosto de 2015

GUEST POST: HOMENS, NÃO QUEIRAM SER VISTOS COMO RIDÍCULOS

Até a Mulher Maravilha faz facepalm

Andreia Tairon tem 32 anos, é artista plástica, professora de história e escritora nas horas vagas. É feminista desde que se lembra -- ainda criança percebeu a diferença de tratamento entre ela e o irmão. 
O que a levou a escrever foi esta imagem ridícula que ela recebeu pelo whatsapp.

Um dia uma escritora (não lembro exatamente, acho que Caitlin Moran) disse que ser mulher e não ser feminista era uma contradição. Concordo plenamente com esta afirmação, mas quero chamar a atenção de vocês, homens.
Feminismo não é uma luta contra vocês, de maneira alguma. Feminismo é a luta pela igualdade dos gêneros. E vocês, que também podem ser feministas mesmo sendo homens (sim, vocês podem e são super bem vindos), deveriam mesmo se engajar na causa, uma vez que o machismo não traz coisas boas nem pra vocês. 
Vocês não têm direito de chorar, têm que demonstrar virilidade e provar sua masculinidade o tempo todo, têm que ser o provedor dos recursos familiares (se ganhar menos que a companheira, putz, lá se foi a autoestima), o número de dias de licença paternidade pra vocês é uma piada. E vocês ainda são tratados como animais em situações como vagões separados para mulheres (como se todos os homens fossem animais que não tivessem controle sobre seus instintos! Se eu fosse homem me sentiria ofendido com tal coisa).
Hoje na sala de espera do médico estive lendo um artigo de um psicanalista que afirmava que as mães veem os filhos como tolos e incapazes, enquanto veem as filhas como espertas, por isso fazem mais pelos meninos. É um círculo vicioso, pois quando o homem sai de casa quer que a esposa seja também sua mãe.
O machismo é ruim em todas as suas formas, e atinge a todos, homens e mulheres, então não vamos perpetuar estereótipos e nem rir de piadas machistas. A imagem do "tanque de bunda" não é ofensiva apenas para as mulheres, mas também para vocês. Vocês é que estão sendo vistos como incapazes de lavar roupa, por exemplo. Vocês podem rir por hábito, mas depois que o sorriso se for, vejam friamente como vocês são vistos (por vocês mesmos!): como animais de puro instinto, que "só pensam com a cabeça de baixo".
Pensem nisso, pensem com carinho (homem pode pensar com carinho, te disseram que não, mas ninguém pode ver o que você está pensando e não vão te julgar).
Peço a gentileza da reflexão.

168 comentários:

Panthro disse...

É que nem aquela história de que "mulheres amadurecem primeiro". Sempre achei que não era porque os homens eram naturalmente retardados, mas porque a maior parte nunca parava pra refletir sobre nada, porque era terrivelmente mimada. Aí crescia retardada mesmo.

Anônimo disse...

Eu acho que esperar a colaboração dos homens ridículo. Homens não largarão seus privilégios para seguir o movimento das mulheres. Como aconselhou uma feminista, "ao invés de falar de feminismo para um homem, prefiro falar sobre feminismo pra duas mulheres".
Homens estragam o feminismo, querem pontuar o feminismo segundo seus interesses; querem dizer às feministas o que é o 'verdadeiro' feminismo e na visão deles são mulheres sexualmente disponíveis o tempo todo e de preferência aceitando o sexo modelo porno, o tal poliamorismo, swing e relacionamento aberto. Qualquer mulher feminista que se oponha a se liberar pro machinho "feministo" é logo tachada de mal amada, pudica, moralista, anti-sexo.
Discutir estupro, viol contra mulher, pedofilia, incesto, exploração sexual das mulheres e meninas? Nááá... Isso é coisa de 'feminazi', essas radicais misândricas!!!

Feminismo é DE, SOBRE e PARA mulheres.

Lord Anderson disse...


Olha, eu me sinto ofendido sim com essa ideia de homens serem controlados por instintos e tal, mas eu vejo que para muitos essa é uma desculpa bem confortavel.

Alertar homens sobre com o machismo nos prejudica eu acho valido, mas fica parecendo que isso uma merda "apenas" para mulheres não teriamos que nos preocupar.

Sei que empatia em quem esta do lado priveligiado não é facil mas o machismo é ruim pq prejudica metade da população do mundo.

Anônimo disse...

Eles sempre tiveram o direito de horar, não choram porque não querem uê.
Ou talvez porque tenha a humanidade limitada, as ações deles e fotos históricos mostram que sim. Eu não consigo pensar em homens e em coisas boas ao mesmo tempo, sinto muito mas não.
L.A

Anônimo disse...

"E vocês ainda são tratados como animais em situações como vagões separados para mulheres (como se todos os homens fossem animais que não tivessem controle sobre seus instintos! Se eu fosse homem me sentiria ofendido com tal coisa)"

Ler isto em um blog feminista e foda viu, serio serião que vocês vão brigar com os fatos por causa de iuzomismo? Abusos contra mulheres no transporte publico e regra e não exceção.
E serio serião que estão preocupadas se homem se sente ofendido ou não? Eles que se danem pra lá, e ´so se esfregarem uns nos outros no vagão cocho que vai ser destinado a eles e nos deixarem em paz no nosso.
Só que já sofre este tipo de nojera sabe o que e ter um homem nojento com aquela respiração maldita atras de você.

Anônimo disse...

Eu já pensei diferente, achava que reeducar homens era a solução, mas depois de presenciar abusos em cursos universitários, vejo que homem não absolve educação, então tem que ter medidas paliativas para proteger a todos nós da selvageria que e a doença chamada testosterona. Se eles vão se sentir ofendidos paciência, diante das vitimas de abusos constantes este deve ser a ultima das reocupações.
Liria

Anônimo disse...

Ei psil,Homens podem participar, mas sentem-se ali no cantinho e calem a boca, enquanto pomos a culpa de tudo no mundo em vcs, afinal não somos protagonistas das nossas próprias vidas nem culpadas pelas nossas próprias escolhas, e tudo culpa de vcs

Anônimo disse...

Ainda bem que existem feministas como a L.A e a anonima de 12:14!!! Isso me dá esperança de que o feminismo RETOME seu VERDADEIRO objetivo que é se solidarizar, empatizar e lutar PELAS mulheres.
M u l h e r e s. Nós, mulheres.
Vamos aos fatos: !5 mulheres mortas por dia por homens no Brasil; a cada 15 segundos uma mulher é agredida por homens no Brasil; 50.000 mil mulheres es tu pra das ano passado por homens. Homens estupraram mais mulheres do se mataram uns aos outros.
E eu tenho que ficar me preocupando se eles querem ou não invadir o feminismo? Não, obrigada.

Anônimo disse...

1 de agosto de 2015 12:31 você pretende mudar só metade de um mundo ? conta pra nós, qual seu plano mirabolante?

Anônimo disse...

Infantilização e a forma mais ofensiva que a mídia e sociedade em geral vê o gênero masculino, ´parece que para abrandar o rotulo de monstros coletivos que nos colocam, temos que nos vestir sempre de palhaços.
--------------------------------------------
Rotulo? Se for um rotulo esta perfeitamente de acordo com a embalagem, principalmente o seu Fábio.

Anônimo disse...

Leiam o livro intoxicação por testosterona, ed. Kramarae and Treichler, Pandora Press

Anônimo disse...

"Hoje na sala de espera do médico estive lendo um artigo de um psicanalista que afirmava que as mães veem os filhos como tolos e incapazes, enquanto veem as filhas como espertas, por isso fazem mais pelos meninos"
_
Há sim claro, logico que um omi vai por a culpa em uma mulher por seu comportamento socialmente limitado, e geralmente a mãe e o bode expiatório perfeito.
Talvez esta mão apenas perceba um FATO.

D Stoffel disse...

Eu não quero que eles precisem do feminismo porque o feminismo não deixa eles fazerem coisas.
Eu não quero que eles percebam só que eles estão sendo ridículos e sim que é ridículo fazer isso com um ser humano.

Olha só essa foto ela é ridícula e eu não me choquei com ela. Porque eu ligo a tv e vejo mulheres seminuas decorando palcos de programas, vejo propagandas dizendo que o produto de limpeza evoluiu com as mulheres, eu vejo uma propaganda de cerveja em que é só a mulher falar em véu de noiva que os homens fogem e isso é tido como hahaha que engraçado.

Eu quero que eles olhem e vejam como isso é ridículo , feio , sem graça.
Os homens são a maioria dos publicitários eles criam isso e não acham isso ridículo, um cara liga a tv e não acha isso ridículo, nem vê essa foto e não se incomoda com o que vê, então o feminismo não é pra ele.

Se eu vejo pessoas fazendo sons de macaco quando veem negros e acho isso ridículo mesmo não sendo negra, e eles veem essa fotinha aí e não se incomodam.
Então eu acho que nós não basta pedir pra eles se tocarem que são ridículos, pq eles são o sujeito ridículo e nós o objeto ridicularizado, temos que lutar contra isso.

Anônimo disse...

Oi Andreia tido bem? espero que sim, o seu texto esta muito bom, mas este trecho aqui

"Feminismo é a luta pela igualdade dos gêneros. E vocês, que também podem ser feministas mesmo sendo homens (sim, vocês podem e são super bem vindos), deveriam mesmo se engajar na causa, uma vez que o machismo não traz coisas boas nem pra vocês."


Para as radfems e uma verdadeira provocação.


Na minha visão todo homem que machista, não passa de um escravo dos estereótipos de gênero e de uma pseudo "aceitação social" mas as coisas muito lentamente estão melhorando.

Boa tarde

Jonas Klein

Anônimo disse...

12:29, acho que a história nos mostra que na verdade é o contrário. Quem foi mesmo que influenciou o coitado do adãozinho a comer a maçã? Qual sexo que era considerado o ser das trevas na grécia e pela igreja por influenciar os coitadinhos dos homenszinhos fracotes ao mau? Acho que o ser mais fracote e sem opinião ou senso de saber o que é certo ou errado se chama homem!

Anônimo disse...

"Olha só essa foto ela é ridícula e eu não me choquei com ela. Porque eu ligo a tv e vejo mulheres seminuas decorando palcos de programas"

E realmente ridículo mas existe um porque, o corpo feminino gera fascínio em homens, já o corpo masculino fora de um contexto fetichista social, não desperta interesse em mulheres.
Por isto os diretores de TV, cinema, publicidade e a midia de forma geral apelam para isto.

O que você vê em capas de revistas masculinas?
Imagem de mulheres.
E o que você vê em capas de revistas femininas?
Outras mulheres.
Mulheres são indiferentes a image masculina.

Anônimo disse...

13:19 eva prefiriu comer a maçã que aturar adão kkk

Anônimo disse...

a anônima lá em cima que disse sobre poliamor, é assim mesmo eles querem uma feminista loira e peituda que tope fazer anal, sexo a 3 com mulheres é claro, porq isso é mulher livre.
então eu quero que eles é que tomem no orifício anal de preferência literalmente.


tow 100% nem aí pra eles
se fodammmmm

Anônimo disse...

O feminismo deveria mostrar que existem homens honrados que amam,compreendem e protegem as mulheres e seus filhos,mesmo quando passam por dificuldades financeiras ou quando a mulher esta com problemas de saúde,sempre estão ao seu lado,nunca deixam faltar amor e carinho.O feminismo deveria mostrar que existe este tipo de homem,são raros,mas existem e eles devem ser mostrados como exemplo de homens honrados e dignos.O problema é que o feminismo foi dominado por mov.lgbt e eles induzem as mulheres a acreditarem que todos os gays são iguais aos gays da novela da globo,educados sensíveis,respeitosos...Mas a verdade é que 80% dos gays são,vulgares,tarados,depravados e insensíveis.Pra eles homens que abandonam suas mulheres para darem o rabo,são exemplos de coragem,homens que traem suas mulheres com garotos de programa,que pegam aids de travestis e contaminam suas mulheres(80% das mulheres contaminadas com aids foram contaminadas por bissexuais).Homens dignos e honrados,amam,respeitam e protegem as mulheres.Com todo este incentivo ao homossexualismo,da até medo de pensar o que será das mulheres,num futuro próximo.

Panthro disse...

Engraçado que a frase: "Homens, não queiram ser vistos como ridículos" já é o título do texto. E o vocativo "Homens" diz claramente a quem o texto se destina.

Aí um monte de mulheres acha que o texto é pra elas. Quer dizer, oi?

Anônimo disse...

Engraçado que a frase: "Homens, não queiram ser vistos como ridículos" já é o título do texto. E o vocativo "Homens" diz claramente a quem o texto se destina.

Aí um monte de mulheres acha que o texto é pra elas. Quer dizer, oi?
______________________________________________________________________________
Engraçado e homem só por ser homossexual vir querer dizer para uma mulher feminista o que ela deve interpretar em um espaço feminista.
Desculpe Panthro, mas feminismo não e sobre você, não desmereço a opressão que voc~e sofre, e para isto o movimento GLS está ai por vc, mas feminismo e um movimento de mulheres para mulheres, não tem espaço para homensplicanismo.
L.A

Anônimo disse...


"O feminismo deveria mostrar que existem homens honrados...."

Parei ai.

Anônimo disse...

E o que você vê em capas de revistas femininas?
Outras mulheres.
Mulheres são indiferentes a image masculina.
_
E? Ta carente fião, infelizmente pra você sim, nós não damos a minima para a imagem e presença masculina, ,mulher se preocupa com a própria vida, não passa o dia pensando em homem,olhando pra homem e nem preocupada com homem.
Vai carpir um lote que passa.

Ingrid Bezerra disse...

AAAAAAAAAAAAAAAhahahahahahaaaaa!!!

"a verdade é que 80% dos gays são,vulgares,tarados,depravados"

Eu sempre acho graça quando homens héteros falam isso de gays. Só homem hétero pode ser tarado, vulgar, depravado?! E e houver homem gay tarado/depravado que mal tem?! Eu sou mulher hétero e sou vulgar e depravada e gosto muito obrigada. :*

Ingrid Bezerra disse...

"E o que você vê em capas de revistas femininas?
Outras mulheres."

Isso é a coisa que eu mais gosto na cultura feminina. Gosto de ter como heroína e exemplo, MULHERES. Tipo Madonna, Elvira Rainha das Trevas, etc, porque mulher se identifica melhor com outra mulher na maioria dos casos, as nossas vivências podem ser muito próximas, bem mais do que as de um homem. Por isso não vejo nada de errado que capas de revistas tem em sua maioria mulheres estampadas. Me sinto muito mais próxima da Madonna em experiências vividas do que do Leonardo de Cáprio por exemplo.

Ingrid Bezerra disse...

Anônimo 1 de agosto de 2015 14:09,

você denovo com essa bobeira cara. Você não é feliz, não é?! Não tem outra coisa melhor para fazer?

Anônimo disse...

Ingrid Você sente atração se exita mais por imagens de homens ou de mulheres?
O que eu quero dizer e que mulheres não se exitam (não somente no contexto sexual) com imagens masculinas, ate mesmo as ditas héteros (nenhuma mulher e 100 % heterossexual) não me referi a vivências, mais sim a questão da baixa libido feminina sobre a imagem masculina fora de um contexto fetichista.

Anônimo disse...

Homem gay se Apaixona pelo o que? por outros homens evidente, então não dá para confiar neles protagonizando espaços feministas.

Anônimo disse...

a verdade é que 80% dos gays são,vulgares,tarados,depravados"

Eu sempre acho graça quando homens héteros falam isso de gays. Só homem hétero pode ser tarado, vulgar, depravado?! E e houver homem gay tarado/depravado que mal tem?! Eu sou mulher hétero e sou vulgar e depravada e gosto muito obrigada. :*
_
Homens sejam gays ou hetéros tem a libido alta, e um homem gay não deia de ser homem.
Não dá para esperar que uma mulher, que tem naturalmente baixa libido compreenda isto

Odara disse...

Eu gostei muito do post! Também penso assim sobre os homens e o machismo.
Tenho 3 filhos, todos homens, e quero lutar por um mundo melhor pra todos. E não ficar de briguinha: nenhum homem presta e vamos dominar o mundo!

Anônimo disse...

Pode parecer implicância minha, mas quando eu leio ou ouço isso "homens honrados" eu já vou ficando de pé, atrás porque já percebi que geralmente lá vem merda.

E quem leu comentário do anon 13:48, confirma isso.

O termo "honrado" nesse nosso mundico machista, quase sempre esta envolto e muito machismo e sexismo...


Ingrid

Deixa esse troll falar sozinho, não adianta argumenta com gente doente...

Aproposito acho que a Lola não esta modero nada neste post ainda, pois a coisa ta feia la pra cima.


Jonas Klein

Anônimo disse...

a gente vê uma imagem bizarra dessas e os homens tentam dar desculpas esfarrapadas de libído, sinceramente eu devo me preocupar com o porque o Brasil ocupa o 21o lugar de igualdade de genero das américas tendo 22 lugares o Brasil ficar no penúltimo, eu não vou me preocupar se eles não podem controlar seus instintos , eles que cortem seus penis.

Anônimo disse...

Homem gay se Apaixona pelo o que? por outros homens evidente, então não dá para confiar neles protagonizando espaços feministas.

e mulher hetero? eles não vão protagonizar ate pq mtos deles são machistas, mas temos que ser contra homofobia.

Anônimo disse...

Com todo este incentivo ao homossexualismo,da até medo de pensar o que será das mulheres,num futuro próximo.

Nós não temos culpa se os homens não revelam que gostam de dar o edy por machismo medo de querer parecer mulher sqñ, ou se o gay transa com mulheres pra se esconder no armário.
eu não vou ter medo se todo homem se tornar gay as mulheres são maravilhosas!

James disse...

o mais engraçado de tudo é que os próprios homens se colocam como "lixo", e qualquer um que tenha "capacidade" pra gostar dele é "humilhado" por "estar se rebaixando". mas aí ninguém vê sexismo, machismo ou essas porras qualquer.

expressões como "quem gosta de homem é viado" (outro homem, no caso) ou "o cão é o melhor (ou único) amigo do homem" são exemplos disso. mas as pessoas só enxergam o que lhe convém.

homens desde cedo são condicionados a "conquistar" mulheres, elas são o objetivo da vida, e pra isso você precisa de "atributos" diversos para tal.

masculinistas reclamam que a "mídia" ridiculariza o homem, sendo que a mesma é composta de tais. homens não gostam de homens, homens sacaneiam outros homens, mas um "A" contra mulher, e pronto. tudo machismo.

e é sério que o feminismo maduro e visionário é composto de "argumentos" como "omi" e "iuzomismo" ? é isso? não vejo diferença disso e das baboseiras conservadoras.

tudo mundo (todos, sem exceção) só falam em "igualdade" quando acreditam estar em desvantagem, se vocês acreditassem estar em superioridade social, será que falariam em igualdade?

e adoro ver como "odeiam" generalização, mas põem todos os homens numa caixa, todos "privilegiados" (claro, não existe homem pobre, homem doente, homem com algum problema).

André disse...

Eu também entendi o post como um chamamento aos homens, não como iuzomismo, aliás o post tem uma boa dose de sarcasmo. E me parece bem legítimo a dona do blog fazer, de vez em quando, um post dirigido aos homens num espaço feminista.

Anônimo disse...

James a mulher não gostar de homem quer dizer que mulher é um ser assexuado a mídia não prioriza o prazer feminino quer dizer que a função da mulher é servir e que ela deve ganhar alguma recompensa por sua subserviencia. Mas frases como falta de rola quer dizer que o penis é a solução pra tudo.
Esse é o ponto você reclama de estar em desvantagem mas se vocês ganhassem 30% menos vcs estariam reclamando então não faz sentido reclamar por algo que você já tem isso sim é iuzomismo

Anônimo disse...

Ingrid, o que é ser feliz? Faço as mesmas coisas do que tu.

So gostaria de argumentos.

O dia que eu ver mulher trabalhando de ajudante de pedreiro, nunca mais falo nada contra o machismo elitista, ops, feminismo.

André disse...

Nósinhóra, tem uns anônimos que aprenderam biologia assistindo stand-up do Danilo Gentinha.

André disse...

Agora já pode ficar quietinho.

https://www.google.com.br/search?q=mulher+pedreira&newwindow=1&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0CAcQ_AUoAWoVChMIp-jfqbuIxwIVwaYeCh3P8Av6&biw=1366&bih=667

Anônimo disse...

James

Eu ate compreendo o seu ponto de vista, acontece que feministas dizem que homens são "privilegiados" porque de fato as os homens e que tem acesso mais facilitado a posições de comando na sociedade, além disso para os homens tem muitas coisas que são socialmente aceitas, mas para as mulheres o mesmo não socialmente aceito.

Quando me refiro socialmente aceito, eu estou me referindo ao que a maioria da sociedade aceita.


Jonas Klein

Anônimo disse...

Isso e mito cara, os tais homens privilegiados da sociedade não chegam há 2%, a maioria não manda nada, não deacide nada não significa nada, feminista sempre citam os tais homens privilegiados porque mulher só tem olhos para eles, os demais são invisíveis.

Anônimo disse...

e quem disse que mulher em cargos insalubres não é machismo esqueceu do mulher fraca homem forte só que detalhe, ela é mão de obra barata então ganhariamos menos.

James disse...

para o 14:56

você não entendeu nada e ainda quer

que recompensa? se põem toda obrigação de "conquista" nos homens, e as mulheres apenas "escolhem"? quando uma mulher decide ficar com qualquer merda, ela "choca" as pessoas, pois está jogando seu "poder" fora e por gostar dessas criaturas "abomináveis".

sobre ganhar menos, a mesma coisa. a "ideia" original é que homens é que tem responsabilidade de prover a "família tradicional", enquanto as mulheres cuidam da casa. esse era o "plano", e não significa que seja vantajoso pra todos os homens.

não estou dizendo que concordo com tudo isso, apenas que vejo que "funciona" assim.

você nem entendeu o "gostar" e já associa a sexo. gostar é gostar, ter apreço, até simplesmente pela companhia. sexo é sexo. pra mim, pelo menos, não tem correlação.

Jonas, você parece uma enceradeira, fala, fala, mas não diz nada. "homens". "homens". vejamos, porque ALGUNS homens conquistam coisas, logo todos conseguem o mesmo? não existe homem subordinado a outro? não existe homem mais pobre ou menos poderoso que outro?

Anônimo disse...

Quer um lenço?
Enquanto vcs reclamam de "aaain mulher não da a mínima pra nós" ( e não damos mesmo chora mais) nos lutamos conta opressão de verdade, contra estupro, contra salário desigual, contra sexismo etc.
Agora vai sentar na seu mimimi e sai da frente meu caro omi

Anônimo disse...

"se engajar na causa, uma vez que o machismo não traz coisas boas nem pra vocês."

Parei aí, o iuzomismo passou do limite.

André disse...

15:08

Um homem que mora numa favela e não divide a tarefa de cuidar do barraco ou lavar os próprios andrajos ainda é um privilegiado em relação às mulheres que moram com ele.

Anônimo disse...

Homem é privilegiado só por ser homem, as atitudes masculinas são vistas automaticamente positivas ao passo que a feminina é negativa.

Anônimo disse...

sim james e isso é o que? machismo né essa é a parte ruim do machismo caralheo

Odara disse...

É isso aí, André!

Anônimo disse...

pelos comentários da pra ver que eles não se tocam porque não querem, porque é cômodo, não é com eles que fazem essa foto e sim com nós.

James disse...

e quais são as atitudes femininas? a maioria ainda acha que ter liberdade é ser fútil e ignorante, igual aos homens fúteis e ignorantes. aí vem com aquela de que "ah, mas os homens fazem igual". quais homens? porque não se espelhar no que presta? não, é melhor agir feito um homem burro e alegar que todos são assim, generalizando e subjulgando, assim é melhor.

há milhões de homens em diversas coisas, fazendo diversas coisas. se espelhar no pior e depois alegar que todos são assim e que isso é o "certo", é ridículo.

"ah, mulher em tal área é criticada". - há homem que é também. cresça, o mundo não é você.

Anônimo disse...

Gente, alguém entende o que esta D Stoff escreve?

James disse...

para o 15:26

desculpe, é que eu esqueci que tudo é machismo. a mulher que casar porque quer, e ficar em casa enquanto o privilegiado se fode 8/9 horas por dia é machismo.

mas se a mulher decide trabalhar "igual homem", e que se aposenta mais cedo, também é machismo.

se você der oi pra uma mulher, é machismo. mas se você não der, é misógino. se você ajuda uma mulher com algo, é machismo (você está subestimando suas capacidades), mas se você deixa ela se foder sozinha, adivinha? (afinal você é homem e deveria ajuda-la).

não há saída. e não vou mais perder tempo, achei que poderia encontrar argumentos bons e novas ideias, mas só vi ladainha de adulto indeciso.

Anônimo disse...

A maioria dos homens que conheço hoje moram sozinhos.

Anônimo disse...

Eu, me esqueci do autor da frase, mas ele dizia que a mulher deveria ser a escrava do escravo. Privilégio para quem?

Julia disse...

Só eu me acabo de rir com as bordoadas que as feministas dão nos homens aqui?
É divertidíssimo!


Agora falando de um assunto mais importante do que uzomi.. alguém baixou o Windows 10?
Meu computador tá todo cagado depois que baixei essa merda.

Donna Nyckynha disse...

Hum,q engraçado.Libido alta.

Vcs sabem como funciona o corpo de todos os homens do mundo?Inteirinho,inteirinho?de todas sociedades do planeta?de cada tribo remota?hum?


Todos os homens sao bissexuais.

Um vao ter tendecias heteros,outras gays e outras centro.Mas todos sao naturalmente bissexuais.Agora existe a escolha pessoal de ir ou nao ter aquela experiencia.

Em quem confiar?hum?

PS:E fora do espectro,os assexuais.Fim. ;*

Anônimo disse...

James, você está ignorando o controle econômico que os homens tinham (e infelizmente alguns ainda tem) sobre as mulheres, visto que elas não podiam trabalhar. Os gregos diziam que a mulher tinha sido criada unicamente para servir os homens cuidando da casa/crianças/escrava sexual. Os proprios homens queriam e forçaram as mulheres para que ficassem em casa. Na maior parte da historia as garotas foram proibidas de ir a faculdade, escola e até mesmo a ler e escrever. Onde está o privilegio nisso? As mulhers devem ter pena dos homens trabalharem por elas (logo eles que proibiram elas de trabalharem)? Se fosse tão ruim um homem trabalhar e a mulher ficar em casa, então porque vocês mesmos não acabaram com isso desde o começo? Porque vocês trabalhariam para um ser que vocês mesmos taxaram de inferior e defeituoso?

Anônimo disse...

Acho interessante ganhar a simpatia dos homens pra causa. O protagonismo no feminismo tem que ser das mulheres mesmo, é claro, mas acho que todo apoio é bem-vindo sim.
Afinal de contas, eu quero viver num mundo em que as relações entre homens e mulheres sejam saudáveis. Sou uma mulher heterossexual e graças a Deusa tenho um marido consciente. Fico pensando que se eu adotasse uma postura muito radical do tipo "foda-se uzomi" eu estaria sozinha hoje. Teria perdido a oportunidade de conhecer esse companheiro incrível para minha vida. Penso também que ainda sou jovem e posso vir a ter filhos um dia. Quero viver num mundo em que seja uma alegria ter filhos de qualquer sexo. Ficaria feliz em criar um menino, por que não? Enfim... o machismo é uma ideologia, não é uma marca de nascença incrustada na cabeça de todos os seres do sexo masculino. É possível encontrar homens com um pensamento feminista e isso é maravilhoso!

Tina Tales

James disse...

é mesmo Julia? e cadê os argumentos? ah, e jogue o computador fora. Windows, computadores e outros programas são feitos ou tem participação masculina. nada de coisa de "omi" em casa. joga tudo fora.

"porque vocês não acabaram com isso?" olha, eu não controlo o universo e não existo há milhares de anos, desculpe.

e hoje em dia? mulher pode fazer o que bem entender, e porque não faz? "ah, mas na GRÈCIA..." é igual o argumento de evangélico "morreu pelos seus pecados", quando ninguém dos dias atuais era vivo há 2 MIL ANOS !

e outra, nunca falei que é ruim ou bom, o que eu disse é que todo mundo "planeja" isso, impõe ao homem desde a infância e sequer lhe "pergunta" se isso lhe agrada. (ter família, filhos, etc.)
homem também sofre imposições e pitacos desnecessários, só que muitos nem ligam. eu também já ouvi muita merda de gente querendo decidir minha vida, mas foda-se, não vou obedecer e pronto. não preciso fazer um clubinho pra ficar reclamando disso.

deixar de fazer algo porque os "vizinhos" vão falar é criancice demais.

é meu ultimo comment, não voltarei mais. tenho mais o que fazer.

Jonas Klein disse...

Quando se lê os comentário do James, se percebe que feminismo e para gente inteligente mesmo...


Parece que a moça do comentário acima não sabe que não se meche no sistema operacional de um computador, sem ter ao menos um razoável sobre como fazer uma formatação e dos efeitos que trás mudar sistema operacional do computador...


Anon 16:16


Da para ver que você não entende o contexto do que James quis dizer, embora deva-se considerar individualmente o motivo que leva cada mulher a não querer sair para trabalhar fora, para depois sim afirmar se tem machismo, privilegio etc. ou não por trás desta atitude...


Tina Tales

Gostei do seu comentário.

Taty disse...

Misandria e misoginia não tornam o mundo melhor,conheço Homens bons,conheço Mulheres boas,conheço Homens maus,conheço Mulheres más.
Gênero não define caráter,o mundo é heterogêneo muitas pessoas colocam tudo no mesmo saco,são pessoas rancorosas,não aceitam opiniões diferentes só que habitamos num planeta formado por Homens e Mulheres.

Julia disse...

Ótimo, James. Não volta mesmo. Vai arranjar um lote pra carpir ou uma guerra pra morrer, traste.


"Windows, computadores e outros programas são feitos ou tem participação masculina."
Eu sei, por isso que está essa merda.

Anônimo disse...

É extremamente estranho que nos dias atuais ainda exista essa divisão estranha de trabalho, como se trabalho doméstico, como lavar vasilha, e roupas fosse algo exclusivo da mulher e só ela pudesse fazer, realmente o homem que acredita nisso tem a mente muito limitada, e coitado quando não tiver alguém ao redor que faça isso por ele de graça, vai ter que pagar alguém que faça, isso é, vai ter que gastar dinheiro para pagar alguém que lave vasilha ou roupas, coisas simples que hoje em dia com máquinas de lavar cada vez mais revolucionárias tornou-se muito, muito simples, basta jogar a roupa dentro da máquina e esperar.

Já era tempo das pessoas deixarem de achar graça em certos tipos de piada, e passarem a fazer uma analise crítica da situação tanto homens quanto mulheres.

Julia disse...

Como diria a Elize Matsunaga, vamos por partes..

Primeiro, é sim muito divertido. E não me divirto com homens apanhando só na internet. Não fale do que não sabe.
Segundo, eu não apanho.
Terceiro, se tivesse apanhado não estaria comentando aqui. Estaria na penitenciária presa por assassinato ou foragida.

Julia disse...

"Julia é macho?"

Ok, agora ultrapassaram todos os limites da falta de respeito. Vamos manter as ofensas a um nível aceitável. Quem me conhece sabe que eu adoro um ad hominem mas tudo tem limite.

Anônimo disse...

Nossa, adoro os comentários da Júlia !!!
Ahahahaha
Toca aqui ó: o/\o

Sarah

lola disse...

Também adoro os comentários da Julia! Até o "Vamos por partes da Elize".
Eu mesma já usei o "Como já dizia Jack Estripador...". Mas não, não tenho coragem de mencionar Elize pra fazer piada. Mas Julinha pode tudo!

Anônimo disse...

Não, obrigado.

D Stoffel disse...

Essa foi boa Julia homem, um homem misandrico hahaha sera que existe isso. Também adoro ela. Julia se vc tiver por aí fala como conheceu danny, fiquei curiosa. Lola vc ja ouviu uma musica do Jhon Lennon"woman is the nigger of the world", eu vi essa frase na internet e vi que era uma musica dele, eu fiquei pensando nigger é uma palavra muito pesada,mas depois eu vi a traduçao e percebi que é isso mesmo.

Panthro disse...

Nao é homoexplicanismo, gente, é interpretaçao de texto só. Eu nao disse pra quem deve ser o feminismo. Nao disse como mulheres devem se comportar. Nao disse nem o que tem ou nao tem que ter no blog. Eu disse que esse foi um texto direcionado pros homens. Pra que os homens reflitam. E acho que o texto deixa isso bem claro ja no titulo. Voces podem detestar que um texto voltado pra homens tenha sido publicado aqui, é um direito de voces. Podem dizer que o feminismo é isso ou aquilo, conforme o que acreditem. Mas o que eu ressaltei é que esse texto foi escrito para homens, então nao tem muito sentido uma mulher se sentir ofendida pelo texto dizer pros homens que eles deveriam parar de se contentar em serem vistos como imbecis, nao é?

Quanto a homofobia, nada que eu ja nao tenha ouvido antes. Nao diz nada pra mim, diz sobre voces. Melhorem.

Panthro disse...

E tanto o texto surtiu efeito, que mexeu com o brio de muito homem que frequenta isso aqui.

E Odara, te desejo tudo de bom. Minha mae tambem me criou pra reconhecer pessoas como pessoas e eu consigo ter orgulho tanto de mim quanto dos meus irmaos. E nos eramos umas tres ferinhas selvagens, entao o merito foi todo dela mesmo. Acho que educar uma pessoa, como pai ou como professor, é sempre uma grande responsabilidade e fico feliz quando eu encontro alguem que tambem encara assim.

Raven Deschain disse...

Julia, vê se não saiu atualização. Parece que saiu uma hj.

Jonas, cala a boca.

Julia disse...

Lola, obrigada pelos elogios.
Eu fico toda boba :)

Julia disse...

Sarah, valeu pelo apoio moral rs

D Stoffel, eu conheci a Danny através de você, eu acho. Tenho quase certeza.. entrei no seu perfil quando você começou a comentar aqui e achei um vídeo da Danny.Graças a você descobri o meu canal preferido. Obrigada!
E desculpa pela stalkeada rs

Raven, algumas coisas já melhoraram aqui e eu consegui corrigir outras coisinhas. Brigada :)

Cão do Mato disse...

Concordo com a autora do post. Um bom exemplo de como os homens são tratados como retardados é aquele comercial da Gisele Bundchen (acho que foi das Lojas Marisa). Acho que foi muito mais ofensivo para os homens, pois a mensagem era :"mulheres, esses homens são uns dementes... Quando quiserem arrancar dinheiro deles, basta usar uma roupa mais ousada,um decote cavado ou uma minissaia que eles entregam a grana!"

Nathalia Faria disse...

Hahahahahahahaha é exatamente isso

Anônimo disse...

Bom, eu sou homem, e nao, nao quero participar do feminismo, a nao ser que seja como um lider, claro.

Pra que eu vou querer perder todos os meus privilegios? so se eu fosse maluco. O mundo e nosso.

Sobre o homem ter que ser viril, pra mim eh um prazer ser assim, nao uma obrigacao. Nos somos naturalmente assim, pra que ficarmos desmunhecando?

Cão do Mato disse...

Liria, desculpe, mas seu conceito de "educação" é bem limitado... Ha, não é "absolve", é absorve...

Cão do Mato disse...

Ha, sim, claro... Nós sempre tivemos o direito de chorar, não choramos porque não queremos.... Igualzinho às mulheres, que sempre tiveram liberdade para exercer a sua sexualidade como bem entendessem, não exerceram porque não quiseram.. Me poupe, né?

Anônimo disse...

Homens is the illuminati of the world.

Anônimo disse...

Homem, cada palavra que fala só comprova a sua propria idiotice. Agora calem a boca, vão capinar um lote ou levar bala no c* defendendo a fronteira, vão que já tem vagabundo suficiente no mundo.

Anônimo disse...

Uma amiga que os homens não passam de um bando de animais que não sabiam se controlar. Eu ri, e pior que é verdade.

Anônimo disse...

O bom do espaço de comentários feministas, e que cada homem que os lê sabe exatamente qual o seu lugar no feminismo e como deve se posicionar referente a ele.
E também o que a mulher feminista pensa sobre todos os homens do mundo.

Anônimo disse...

O bom dos comentários é q da pra saber q homem ta cagando pra esse tanque de mulher, so querem ser chatos, quero mais e virar lesbica homem é mt chato.

Que Coisa, Não? disse...

Matou o pai e bebeu o sangue = "merece todo nosso apoio".

depois não querem estereótipos e que todos lhe virem as costas.

https://pt-br.facebook.com/autonomiafeminista/posts/878556192218670

Anônimo disse...

E digo mais aqui as mulheres falam o que elas pensam pq la fora as reprodutoras de machismo so reproduzem Como um cd tudo que vcs querem devido a lavagem cerebral que receberam desda infancia. Homens Sao illuminatis mesmo.

Anônimo disse...

Olha aí outro trollzinho doído mostrando o machismo: na hora de fazer trabalho pesado, sofrer preconceitos, assédio e ganhar menos em serviços tipo pedreiro aí Jimmyzinho é super a favor da igualdade entre os gêneros. Na hora das mulheres transarem com quem quiserem sem serem julgadas aí é um mimimi, aiaiai, vocês não podem sair por aí imitando o pior do homens... vai enxugar um iceberg.

Anon das 19:57 se você não quiser participar, tudo bem. Agora quando machista babaca ficar obsoleto e ninguém mais quiser ser escrava de folgado, não venha nesse blog chorar e mimizar porque nenhuma mulher te quer.

Anônimo disse...

Todos os homens só pensam com a cabeça de baixo. São incapazes de controlarem seus instintos. Não é a toa que todo homem é um estuprador em potencial, se já não são um bando de estupradores só esperando a oportunidade.

Anônimo disse...

Anon das 21:55 matar nunca é certo. Mas se a notícia fosse sobre um homem que assassinou uma mulher e os perdedores dde um real estivessem dizendo "Bem feito vadia, quem mandou trair/andar com bandido/não ter ido embora antes?, você estaria no fórum da Real criticando os losers mascus por estarem apoiando um assassino? Não, não estaria. Portanto, hipócrita. E as moças do Autonomia Feminista estão apoiando a vítima de um estupro (que precisa de apoio) e não a assassina. Elas também estão apoiando a mãe da vítima, que também sofreu por culpa do ESTUPRADOR, que se não tivesse estuprado a filha em primeiro lugar, nada disso teria acontecido. Incrível como os homens nunca tem culpa, a culpa é sempre e só das mulheres... mesmo que o homem tenha estuprado a própria filha e causado tudo.

Só pra incomodar alguns indivíduos mesmo, eu não tenho pena de estuprador. Nenhuma. Ando sempre com um estilete monstro, daqueles de 15 cm, no bolso fácil de pegar. Se chegar bandido pro meu lado, me encoxar, meter a mão na minha bunda, se esfregar em mim, segurar meu braço à força ou tentar me agarrar enfio estilete nas bolas sem dó nem piedade. E ainda chuto depois. E saio dando risada de bruxa má.

Anônimo disse...

DE BRUXA MÁ MUAHAHAHA

Anônimo disse...

"Feminismo não é uma luta contra vocês, de maneira alguma. Feminismo é a luta pela igualdade dos gêneros. E vocês, que também podem ser feministas mesmo sendo homens (sim, vocês podem e são super bem vindos)"

cara,é sério que vcs ainda se prendem nessa merda?? a total falta de empatia que eles tem da gente,será que é tão sutil assim que vc nao encherga Lola?? ou acha que todo mundo é igual ao seu maridão?? que tal olhar um pouco para a realidade da maioria das mulheres??

foda...o feminismo é o único movimento pro-minoria que sente pena do opressor.E depois ficam reclamando da "cultura do estupro"....acolhendo machinhos que nos querem como brinquedos pornô!

clarice

Anônimo disse...

Nao ja provaram falta de empatia, nem falaram da mulher tanque da foto. Nem acharam ridiculo.

Anônimo disse...

John Stuart Mill. The Subjection of Women

“É inútil dizer que aqueles que mantêm a doutrina de que os homens têm o direito de comandar e as mulheres estão sob o jugo de obedecer, ou que os homens são preparados para governar e as mulheres despreparadas para fazê-lo é algo inconcebível.” p. 2
“Toda mulher (possuidora de um valor determinado pelos homens, somado a sua inferioridade sob o aspecto da força muscular), foi colocada em um estado de escravidão por quase todos os homens. Assim, as leis e os sistemas políticos reconheceram deste o princípio as relações que eles encontraram já existentes entre os indivíduos. Portanto, os homens transformaram o que era um mero aspecto físico em um direito legal, atribuindo-lhe a sanção da sociedade.” p. 5
"Todas as causas quer sociais ou naturais encontram consonância para tornar improvável que as mulheres devam ser coletivamente rebeldes ao poder dos homens. Elas estão em uma posição bastante distantes e diferentes das outras classes e seus donos exigem mais das mesmas que o serviço atual (...) Eles têm colocado em prática tudo o que lhes é possível para escravizar as mentes femininas (...) Todas as mulheres são educadas, desde a mais tenra idade, na crença de que suas personalidades sejam muito opostas às dos homens.” p. 14

Anônimo disse...

Anonimo lacrou na meia noite, foi o que falei se as mulheres Sao as niggers homens Sao illuminates, eles fazem uma lavagem cerebral em todo mundo, pra dominar o mundo, se as mulheres perceberem que tudo nao passa de lavagem cerebral, elas vao se libertar. Parece loucura coisa de films mas é real é Como um matix.

Anônimo disse...

Nao podemos contar com a empatia masculina nem com eles se tocarem do que Sao.

Anônimo disse...

Olha só, que cara estranho que chegou
Parece não achar lugar
No corpo em que Deus lhe encarnou
Tropeça a cada quarteirão
Não mede a força que já tem
Exibe à frente um coração
Que não divide com ninguém
Tem tudo sempre às suas mãos
Mas leva a cruz um pouco além
Talhando feito um artesão
A imagem de um rapaz de bem
Olha ali, quem tá pedindo aprovação
Não sabe nem pra onde ir
Se alguém não aponta a direção
Periga nunca se encontrar
Será que ele vai perceber?
Que foge sempre do lugar
Deixando o ódio se esconder
Talvez se nunca mais tentar
Viver o cara da TV
Que vence a briga sem suar
E ganha aplausos sem querer
Faz parte desse jogo
Dizer ao mundo todo
Que só conhece o seu quinhão ruim
É simples desse jeito
Quando se encolhe o peito
E finge não haver competição
É a solução de quem não quer
Perder aquilo que já tem
E fecha a mão pro que há de vir

Anônimo disse...

essa foto pra eles nao é nada. É uma mulher no seu papel objeto e nao é isso que somos pra eles.

Anônimo disse...

"Olha ali, quem tá pedindo aprovação
Não sabe nem pra onde ir
Se alguém não aponta a direção
Periga nunca se encontrar"

:´(

Donna Nyckynha disse...

"Sobre o homem ter que ser viril, pra mim eh um prazer ser assim, nao uma obrigacao. Nos somos naturalmente assim, pra que ficarmos desmunhecando?"

pq tanto medo hein?
se sua essencia nao for realmente essa,pq tanto medo hein?dos q desmunhecam?
vc tem seu espaço,e eles os deles.

Anônimo disse...

Acho que o certo é tentar educar os homens a não serem machistas, mas... sinceramente acredito que só funciona com os que ainda são crianças e com uns 30% deles. É só ver a caixa de comentários, empatia zero por nós. Como a D. Stoffel mencionou, eles talvez pensem duas vezes por estarem sendo ridículos, e não por enxergarem a opressão contra mulheres. Desejo toda a sorte do mundo pra quem se dispor a tentar dialogar com eles, eu mesma prefiro ficar longe. Amo muito alguns homens da minha família, mas não quero aproximação com nenhum outro, melhor não arriscar.


Dan

Anônimo disse...

feministas mataram a charada mas mesmo assim se recusam a ver, nós não amamos vocês, somos incapazes de amar, somos feitos pra guerra e pra caça.
Aceitem que doí menos.

Donna Nyckynha disse...

vc,ne anonimo das 01:50
isso é tao ultrapassado,isso é tao desarmonico

Anônimo disse...

Eu notei que nenhuma de vocês gosta de homem, ate ai direito de vocês, mas eu noto que em movimentos feministas tratam mulheres que gostam de homem, mas frequentam para os movimentos para se emponderarem e ter maior conhecimento politico e histórico, são meio repudiadas de forma sutil ou as vezes ate explicita mesmo.
Qual o problema?

Anônimo disse...

^^^ não entendir

Anônimo disse...

Lola, agora que você voltou e deu a deixa, diz aí por que você defende e mantém a Julia mas enxota as outras rads daqui?

Anônimo disse...

Homem digno e honrado é lenda urbana. Todo homem diz que existe, toda mulher quer acreditar que esse homem pode existir, mas ninguém nunca viu. Não existe homem exceção. Existe apenas homem que disfarça o desprezo que sente pela mulher. A misoginia que se expressa como desprezo pelo feminino é característica constitutiva, formadora do masculino. O melhor que o feminismo faz pela mulher é esclarecê-la sobre isso, para que a mulher não se iluda acreditando, por exemplo, no afeto masculino. Isso simplesmente não existe. Homens amam apenas outros homens.

Anônimo disse...

Sim, pois desumanizar mulheres é e sempre foi a regra. É normal e aceitável. Quando gays desumanizam homens, já que a sexualidade masculina passa necessariamente pela desumanização do parceiro, isso os ofende muito. Homens heteros não toleram desumanização de homens no contexto sexual, afinal, só mulheres podem ser desumanizadas.

Fabiana Lopes disse...

Sério mesmo que vocês acham que vão mudar o mundo odiando uns aos outros? Nada nesse mundo vive em completa e perfeita harmonia, mas a única coisa que nos distingue dos outros animais é nossa capacidade de ser racional, portanto usem isso a nosso favor. Larguem suas fantasias de como o outro deve ser, pois isso é UTOPIA num planeta onde você é um no meio de mais 7 bilhões. Concentrem-se em algo que realmente faça diferença e seja relevante.

Anônimo disse...

Em relação ao feminino, todo homem é, sim, um privilegiado, afinal, tudo aquilo que está de alguma forma relacionado com o feminino é visto culturalmente como negativo, e tudo aquilo que, de alguma forma, está relacionado com o masculino é visto culturalmente como positivo. A desvantagem de um homem só se estabelece em relação a outro homem e envolve classe, religião ou etnia. Em relação ao feminino, TODO homem (como ocupante do pólo masculino, portanto socialmente positivo) é privilegiado pela cultura e pela tradição.

Anônimo disse...

O que tem o ajudante de pedreiro? Uma profissão que não exige NADA do homem além de força física, o que não é problema nenhum para o homem. Inclusive paga melhor que as profissões femininas que não exigem qualificação. Sem contar que o homem pode aprender (já que pode ser entendida como ocupação de aprendiz) e se tornar pedreiro ou empreiteiro, profissões valorizadas e que remuneram muito bem aquele que realiza um bom trabalho. O que isso tem a ver com machismo? Homem sempre chora de barriga cheia, incapaz que é de ver os próprios privilégios. Que ridículo!!!

Donna Nyckynha disse...

"num planeta onde você é um no meio de mais 7 bilhões. Concentrem-se em algo que realmente faça diferença e seja relevante"(2)

Anônimo disse...

Em relação ao feminino, TODO homem é um privilegiado, pois o masculino é culturalmente entendido como superior ao feminino. Homens só podem estar em desvantagem em relação a outros homens.

Anônimo disse...

A reprodução é absurdamente dispendiosa energeticamente para a mulher (o que vale para fêmeas de modo geral). Por isso homens precisam "conquistar" e mulheres "escolhem". A mulher não pode arriscar desperdiçar preciosos recursos energéticos com homens imbecis. Mas o homem nunca aceitou essa norma da natureza e retirou da mulher, via cultura, leis e mitos, qualquer possibilidade de agência e de escolha femininos. Aos poucos as mulheres retomam a agência usurpada pelos homens. Por enquanto, ainda existe muita mulher investindo recursos preciosos e criando sozinhas filhos de homens incompetentes, preguiçosos e parasitas. A mulher precisa retomar o controle da reprodução, como ocorre no mundo natural. A homarada parasita não deveria, em hipótese alguma, se reproduzir.

Donna Nyckynha disse...

06:48

vdd
por isso o velho ta indo embora e o novo,a igualdade,ta surgindo.Para o bem de todos e a evoluçao de todos.

tudo feito na moderaçao,contando sempre so com o talento.atraves do talento q brilhamos sobre os demais.

Anônimo disse...

Sem contar que pode ser violento com a parceira sem medo, já que ninguém se importa. Mulher e pobre? Que se dane duas vezes. É esse o pensamento.

Anônimo disse...

Os homens não trabalham pelas mulheres. Os homens trabalham por eles mesmos, pra garantiram a sobrevivência dos filhos, o que interessa diretamente a eles. A mulher faz a mesma coisa. A diferença é apenas que o trabalho masculino é remunerado e por isso valorizado, enquanto o trabalho feminino não é remunerado e é desvalorizado, menosprezando e nem sequer é considerado trabalho. A reprodução é absurdamente dispendiosa energeticamente para a mulher. Enquanto pro homem basta uma esporrada de cinco segundos e mais nada, a mulher investe um mês inteiro só na produção do gameta, nove meses para o desenvolvimento do embrião até o nascimento, pelo menos doze meses de amamentação (sendo seis de amamentação exclusiva), fora o cuidado materno com a criança full time até a independência do rebento. Isso tudo é completamente ignorado pelos homens, que são absurdamente egoístas e nunca enxergam e jamais valorizam o que uma mulher faz por eles. Por todo esse trabalho o que as mulheres recebem do homem? Humilhação, traição, desprezo e abandono. Não entendo como as mulheres ainda sentem afeto por essas criaturas egoístas e ególatras que os homens são. Homens falam mal de mulheres desde que surgiu o primeiro homem na face da Terra. A misoginia é a tradição cultural mais antiga da humanidade.

Anônimo disse...

Não tenha filhos, não tenha família, não faça sexo com mulheres.

Ahhh... mas sexo com.mulheres você quer, não é? Quer sexo, mas não quer qualquer responsabilidade decorrente disso, não é? Não acharia nada ruim que uma mulher investisse recursos na criação de um filho seu. O que você não suporta é a ideia de dividir com uma mulher as responsabilidades e os custos energéticos da geração e criação de uma criança.

Homem folgado e egoísta. Como TODOS. Quando as mulheres tiverem reconquistado o controle sobre a reprodução, homens fracos e egoístas como você jamais se reproduzirão.

Anônimo disse...

E ficaria feliz em criar uma menina?

Anônimo disse...

Misandria não existe. Não há lugar no mundo onde o masculino seja cultural e tradicionalmente desvalorizado.

Misoginia não tem nada a ver com existiram mulheres e homens bons ou ruins. Tem a ver com valorização/desvalorização de atributos relacionados ao masculino e ao feminino. A misoginia é cultural, tanto que muitas mulheres são misóginas. A desvalorização de tudo que está ou pode ser identificado com o feminino é expressão de misoginia. A aceitação da violência masculina em relação ao feminino é expressão de misoginia (aceitação inclusive pela própria mulher). Menosprezar tudo aquilo que é feminino é expressão de misoginia (por isso o desprezo à maternidade deve ser repensado por muitas feministas). A misoginia é tão presente, tão naturalizada, que sequer notamos sua onipresença (isso é ser tornado natural). Misoginia não se expressa apenas como violência física. Sua forma principal de expressão é o menosprezo, o desprezo, a desumanização da mulher.

Anônimo disse...

Homem é covarde. Sempre foi. Senão vejamos: os homens usaram o fato das mulheres cuidarem de seus filhos para negar a elas qualquer participação na esfera pública. Para sacramentar essa usurpação, criaram leis absurdas que eliminaram qualquer voz publica feminina. Dessa forma, leis e regras sociais saíram da cabeça sociopata masculina. Assim, as sociedades são disfuncionais em função de leis e regras pensadas, implementadas, mantidas e defendidas por homens. E, apesar disso tudo, os homens seguem culpando as mulheres, como SEMPRE fizeram. Quem é que entende a cabeça masculina? Nem outro homem.

Anônimo disse...

Concordo plenamente. Homens não tem qualquer empatia por mulheres. Muito menos homens esquerdistas e progressistas, que não perdem uma única oportunidade de estereotipar e desumanizar mulheres. O feminismo precisa se desvincular da esquerda política e perceber que homens estão cagando e andando para as mulheres. Homens jamais ficarão contra outros homens e a favor de mulheres. Isso jamais aconteceu na história da humanidade e jamais acontecerá. Mulheres são solidárias aos homens pois mulheres são mães. Homens não estão nem aí para as mulheres, nem mesmo se por ventura forem pais de meninas. A misoginia sempre falará mais alto que qualquer laço de parentesco.

Anônimo disse...

Mas é verdade. Homens não amam mulheres. Nem mesmo suas mães e filhas. O desprezo que eles sentem.pelo demo feminino é tão grande, que torna qualquer afeto impossível. É por isso que todo homem ridiculariza mulheres o tempo inteiro.

Anônimo disse...

Aí é que você se engana. As mulheres sentem afeto sincero pelos homens que fazem parte de suas vidas, mas é importante perceberem que não terão a reciprocidade que esperam. Quanto antes entenderem que homens não amam mulheres, menos frustrações viverão e poderão então, serem maus felizes, livres que estarão dessa ilusão do amor masculino.

Anônimo disse...

"mais felizes"

lola disse...

Acredito que todas essas mensagens anônimas do tipo "Homem não tem empatia, homem não ama mulheres" são da mesma pessoa. Ou uma radfem, ou algum mascu querendo ridicularizar as rads. Porque é muito ridículo generalizar 3,5 bilhões de pessoas. Ou achar que dá pra mudar o mundo ignorando 3,5 bilhões de pessoas.


Anon que pergunta por que defendo e mantenho a Julia mas enxoto as outras rads, bom, como vc pode ver por todos esses comentários publicados, as rads não são enxotadas. Elas (ou ela, porque acredito que todos os comentários acima são obra de uma só pessoa) continuam publicando besteiras aqui numa boa. Só a Radscum foi enxotada, porque ela é troll mesmo. Aliás, vir aqui pra me xingar, ou xingar a Julia, ou a Raven, ou a Rê, é coisa de troll. A Julia sempre foi uma comentarista divertida e inteligente, por mais que eu discorde de alguns de seus posicionamentos. Meu problema não é com o feminismo radical, ainda que eu ache várias de suas vertentes simplesmente absurdas. É com trolls. É com radfem vindo aqui (e em outros blogs e páginas feministas) trollar. Que é o que vem acontecendo há meses.

Anônimo disse...

Não, Lola, nem radfem nem mascu. Sou uma mulher de esquerda que frequenta ambientes "masculinos" de esquerda e vejo como os homens pensam de fato, leio o que eles escrevem sobre as mulheres, vejo como eles tratam as mulheres que frequentam os espaços esquerdistas. Quem me ensinou isso tudo foram eles mesmos. Eu sempre disse, por exemplo, que acreditava em amizade entre homens e mulheres. Mas depois de muitas demonstrações, eles me convenceram de que isso realmente não existe. Eu vejo os posts esquerdistas sobre o feminismo, eu conheci a verdade sobre o Pasquim, sobre os "progressistas", a cada pesquisa descubro mais um autor/filósofo/artista que eu admirava e que se revelou um misógino absoluto (o último foi Fernando Pessoa, sendo que nem me recuperei ainda da revelação). Quem me mostrou o que os homens são e o que eles pensam não foram mulheres ou o feminismo, mas os próprios homens. Se eu ainda sou capaz de ter qualquer tipo de contato com eles, é justamente por ter perdido qualquer ilusão e não esperar deles o que ele são incapazes de oferecer: afeto.

Anônimo disse...

Não pense que você tem a simpatia dos homens esquerdistas, Lola. Não tem. Nenhuma feminista tem. É só um discurso vazio pra inglês ver e que não se sustenta. O que eles pensam de verdade sobre as mulheres a gente percebe na lida diária, pra muito além das palavars vazias que lhes escorre pela boca.

Anônimo disse...

Anon 09:15


"Sou uma mulher de esquerda que frequenta ambientes "masculinos" de esquerda e vejo como os homens pensam de fato, leio o que eles escrevem sobre as mulheres, vejo como eles tratam as mulheres que frequentam os espaços esquerdistas."

E bem aqui que esta o seu problema, você precisa começar frequenta novos espaços que não sejam de esquerda para conhecer pessoas diferentes, pois tem homem e mulher para tudo o que existe de pior e melhor no mundo, o ser humano e muito plural, mas você só percebe esta pluralidade quando se deixa de frequenta só um tipo de ambiente.

Jonas Klein

lola disse...

Eu ia responder nos comentários, mas vou transformar meu comentário num mini post. Já já.

Anônimo disse...

Sempre frequentei, Jonas. Minha aproximação da esquerda foi justamente uma tentativa de conhecer gente "plural", gente que "pensa diferente", especialmente em relação ao feminino. E o que percebi é que não há diferença entre esquerda e direita quando o assunto é a relação entre entre homens e mulheres. É justamente aí que esquerdistas e direitas (pra manter a dicotomia) se confraternizam, como vi acontecer muitas vezes. Quer dizer, então, que é como homens vêem mulheres. Não tem nada a ver com esquerda, direita, centro e o escambau. São homens desumanizando mulheres. Não tem diferença, não tem posicionamento político, não tem religião, não tem classe social, não tem etnia, não tem nada. É uma questão do masculino. É assim que homens pensam as mulheres. E as mulheres vivem presas numa ilusão de amor e afeto que simplesmente não existe. Não venha posar de bom moço. O problema não é a esquerda, é o masculino. O problema do homem esquerdista é ter um discurso incompatível com o que ele pensa de verdade sobre as mulheres. Homem esquerdista continua sendo homem.

Kittsu disse...

Taí algo bem verdadeiro... Tive um contrato muito próximo con essa realidade. São quase todos esquerdomachos que vão te ferrar na primeira oportunidade. É muito triste, isso.

Anônimo disse...

Na primeira discordância atacam sua condição feminina sem dó nem piedade, fazendo uso de toda a força da tradição patriarcal. As maiores agressões machistas que sofri em ambientes de discussão política foram justamente dos "parceiros" esquerdistas. E na sequência o escárnio dos adversários.

Anônimo disse...

Lola não só da para mudar o mundo sem a parte doente, como e extremamente necessário, toda feminista deve crer nisto e levar as outras mulheres a crerem também.
Homens socialmente falando não são humanos, são máquinas de matar ferir e destruir, e isto não e opinião e história, e é contemporâneo, mulheres devem ter o controle da reprodução que só lhes cabe, ou os novos homens se humanizam ou serão extintos pela seleção natural.

Donna Nyckynha disse...

ou os novos homens se humanizam ou serão extintos pela seleção natural.(2)

simplesmente,Uber.

Donna Nyckynha disse...

entendo aqui como seleçao natural a geraçao mais recente

Anônimo disse...

Este comentário (10:53) não é meu, viu Lola (anon 9:15)?

Anônimo disse...

Os homens não precisam se humanizar. Eles já são humanizados. Eles precisam parar de desumanizar as mulheres. É este o problema. Este sempre foi o problema. O único problema.

Anônimo disse...

ou os novos homens se humanizam ou serão extintos pela seleção natural.(3)
lacrou.

Menos machismo, mais humanidade.
Menos testosterona, mais humanidade.
Menos desigualdade, mais humanidade
Menos virilidade, mais humanidade.
Menos patriarcado, mais humanidade.

Anônimo disse...

Queria entender como fazer de conta que o machismo não privilegia os homens pode de alguma forma ser bom para o feminismo.

Sério mesmo, como não ver essa "incapacidade" masculina para prendas do lar como um privilégio, se faz com que as mulheres trabalhem muito mais e tenham menos tempo para descansar e estudar (isso desde crianças)? Como é possível fazer de conta que a lenda da sexualidade masculina incontrolável é um privilégio, para justificar abusos e manter as mulheres sob controle?

Comparar isso com o sofrimento real das mulheres (que são abusadas física e psicologicamente, silenciadas, violadas, assassinadas) chega a ser ofensivo. E, na minha opinião, não convence homem nenhum não.

Anônimo disse...

concordo com os problemas enfrentados pelos homens que foram levantados, mas usar a palavra machismo? Se machismo/patriarcado é um tipo de sistema onde só os homens se dão bem e mulheres não possuem direitos então como todas essas coisas ruins acontecem com os homens e como as mulheres podem votar, trabalhar ( e o tal do wage gap aqui no Brasil já foi dado como não consequente do gênero, mas por outros fatores), dirigir, se locomover pela cidade, se expressar na internet e não ser presa por isso, etc.? Não estou dizendo que não tenham coisas a serem mudadas, mas dizer que mulheres não tem direitos (com exceção do aborto que é só em alguns casos) é forçar a barra. E é tão difícil ser mulher quanto é ser homem. Sou muito mais a favor de usar a palavra sexismo, vivemos numa sociedade que tem papeis de gênero para homens e mulheres, mas convenhamos que é mais restrita para os homens em alguns quesitos assim como pode acontecer o mesmo com as mulheres. Não se trata de odiar características femininas, senão as pessoas não teriam até nojo de ficar perto de uma lésbica mais masculina, já vi isso várias vezes. Se trata de impor as "características específicas para cada gênero", o que foge da norma está errado.
Acho incrível pessoas que dizem lutar por igualdade e equidade e falam coisas do tipo: "ensinem os HOMENS a não estuprar". E alguém no comentário falou que homens não são estuprados? Nossa, tá desinformado. Mulheres também estupram, inclusive outras mulheres; mulheres assediam outras mulheres e homens; abusam, batem, etc. assim como homens. Esse tipo de crime não é por gênero. Temos que reconhecer que independente do número, de quem seja o agressor ou vítima, qual seja o número de casos que você ouviu falar, ou de alguma pesquisa, temos mais é que falar de vários assuntos pra população toda como um problema de todos. Quando teremos uma pesquisa que não olha pro homem sempre como agressor? Quando homens serão permitidos serem vítimas pela sociedade? (Também estou cansada de ver mulheres dizendo que homens são covardes por natureza, cachorros, tem o ego frágil mas que não aguentam ver ninguém as contestando e partem pra ofensas ou falsas acusação de algum crime.)
A verdade é que também não se pode debater os problemas dos homens sem que alguém veja a discussão como desnecessária, machista e outras mil coisas. Homens podem sim e devem começar discussões pra falar de violência doméstica, estupro, preconceito no trabalho, violência em geral, suicídio, sentimentos, expectativas da sociedade sem ter um monte de gente falando "isso só acontece porque o mundo é machista, pare de ser masculino, aceite-se como um opressor e que seus problemas, mesmo sendo tão ruins quantos os meus, são na verdade culpa sua e você que tem que mudar e bla bla bla". Sabe o que isso parece? Culpabilização da vítima. E não estou falando de feminismo, não precisa ser feminista pra falar esse tipo de absurdo. Basta você acreditar que só os homens que perpetuam preconceitos e estereótipos.
Se eu também sou um agente social, eu não posso me eximir da responsabilidade de já ter falado algo errado que perpetua algum preconceito, seja pra homem ou pra mulher; mas pra muitos é muito mais fácil se ver sempre como a(o) usada ou vitima de um sistema governado por homens e que no final eles são sempre os culpados por tudo.

Anônimo disse...

Acontece que este e um blog pessoal, geralmente ele e feminista mas a dona do blog pode postar o que bem entender, para o publico que bem entender. E no caso deste post eu nao estou vendo um espaço apenas feminista, tem varios outros que sao, mas esse texto exclusivamente foi direcionado a homens. Pelo menos eu vejo assim

Raven Deschain disse...

"Esse tipo de crime não é por gênero"

Hu3hu3hu3 piada do dia.

Anônimo disse...

quando disse que não é um crime por gênero quis dizer que pode acontecer com qualquer um e por qualquer, inclusive disse que independente dos números deveria ser discutido como um problema de todos, por isso, sim, eu sei que as mulheres são as maiores vítimas, mas não são as únicas. Só gostaria que fosse um assunto discutidos de forma mais ampla porque outro dia tive que explicar pra uma colega que homem também pode ser estuprado.

Anônimo disse...

Homens só são estuprados por outros homens.

Raven Deschain disse...

Já te disseram, mas: homens são estuprados por outros homens.

Se existe estupro "feminino". Nunca vi, nem comi, só ouço falar.

Taty disse...

Não ia te responder mas pra VC não ficar na sua ignorância uma babá foi presa em viamão porto alegre denunciada pela avó que encontrou marcas de abuso sexual no corpo da neta de 6 anos.

Anônimo disse...

Oi Taty, tudo bem? To passando aqui so para te mandar calar a boca novamente.
Pessoa ridicula que você é.

Yara

Raven Deschain disse...

Maravilha. Estou "ouvindo falar". Fonte, por favor.

E Taty, sua tosca, pare de passar vergonha. Homens podem se defender sozinhos sabe?!

Anônimo disse...

É comum a ideia de que homens só são estuprados por homens, mas sempre que um homem não consentir ou não puder consentir a uma relação sexual, seja com homem, seja com mulher, é considerado estupro. Já teve uma mudança na lei do crime em 2009 se não me engano. E se é questão de "não ouvir falar", quase não ouso notícias de estupro onde moro e nem por isso acredito que não acontece, sei que muitas vítimas não denunciam por medo ou por qualquer outro motivo, sem contar que é só fazer uma pesquisa na internet pra ter uma ideia.
E uma mulher pode estuprar um homem com uso de drogas, usando objetos, ameaçando com armas ou por chantagem, sem contar que o pênis pode ficar ereto sem o uso de drogas, seja por nervosismo, medo ou por estimulação motora do agressor. Quando isso acontece não é porque o cara tá gostando, é uma reação que vai contra a vontade dele, assim como acontece com mulheres que são vítimas. E também pode acontecer a penetração forçada mas nesse caso a mulher que força o homem ao ato. E como eu não tenho um pênis, e não sou homem, eu fui pesquisar pra ver se tinha casos desse tipo. Relatos brasileiros são poucos mas existem, e cada "pouco" diz respeito a uma pessoa que às vezes nem sabe que sofreu uma violência. Temos uma noção bem melhor em sites internacionais porque lá as discussões acontecem a mais tempo e aos poucos mais homens sentem que vão receber ajuda se denunciarem, como também tem mais pesquisas voltados pro assunto com uns números bem chocantes. Aqui não temos discussão nenhuma e isso só alimenta esse ciclo de silêncio. Mas é através desses relatos que fui percebendo que tem sim um problema e quero inclusive tentar debater o assunto na faculdade onde estudo, pra que mais pessoas tomem consciência.

Anônimo disse...

como eu disse a maioria das pesquisas são de fora. Essas são algumas.(e o único link dentro desse link que está errado é o primeiro, o dos "40%")
E daqui do Brasil alguns relatos (principalmente nos comentários). E vou deixar claro que não quero "provar que homens são mais estuprados que mulheres" e nem que "vejam, mulheres são 90% das estupradoras!", porque mesmo nos países que tem mais pesquisas, elas ainda mostram que as mulheres são as maiores vítimas e que na maioria dos casos homens são os perpetradores, mas também mostram que a diferença que existe por gêneros (seja vítima ou agressor(a))com certeza não é 99% pra 1%. Devemos falar mais sobre o assunto, e de todos os tipos de casos, porque sei que qualquer um que é vítima desse crime encontra muitas dificuldades e muitas das vezes pouca ajuda e apoio.

Anônimo disse...


Sinceramente, anon 19:18, isso pra mim é um não-problema. Vá saber dos homens o que eles acham de serem "estuprados" (entre aspas mesmo) por mulheres. Já pensei como você e mudei de ideia. Resumindo, to 100% nem aí pra isso.

Joane Farias Nogueira disse...

Alertar homens sobre com o machismo nos prejudica eu acho valido, mas fica parecendo que isso uma merda "apenas" para mulheres não teriamos que nos preocupar. Donadio extraiu de mim um incômodo q eu não sabia expressar ao ouvi feminista falando hey homem olha oq vc tá perdendo não concordando com a gente.

Joane Farias Nogueira disse...

Jonas Klein tem uma fixação por rad em q eu vou te contar. De repente anos de opressão são apagados, ofuscados pelo brilho satânico e misândrico das radfems. Ele se torna o herói feministo, e as rádios as versões masculinas dos "mas cús".

Joane Farias Nogueira disse...

Nada poderia ser mais problemático:o feminismo invadido pelo lgtb,fazendo q pensemos q homens são doces e.... Td blá Blá Blá dito pelo anon. O feminismo não tem q mostrar homens honrados. Exemplos masculinos ruins ou bons já são exaltados. É cada idéia q esse povo tem. Feminismo é mulher, em poder aumento e representatividade feminina.

Anônimo disse...

também concordo que não é obrigação do feminismo lidar com o problema dos homens, mas sempre escrevi que deveria ser um assunto mais comentado e debatido de modo geral pela população e como foi um assunto iniciado num blog de feminismo só pensei em dar continuidade com a minha opinião e algumas fontes. E várias coisas influenciam uma pessoa para que ela acredite que não foi ou não pode ser vítima de violência e penso que disseminar a ideia de que homens não podem ser estuprados (sem aspas mesmo) por mulheres é uma dessas coisas, mas não vou me repetir no quesito de números ou estatísticas porque já coloquei isso. Se não quer perder tempo com os homens, não é obrigada(o), se não quer perder tempo com a "idiota" aqui, não é obrigada(o), fiz uma proposta e quem quiser concordar ou discordar que o faça. E como já tinha postado, tenho a intenção de debater o assunto na faculdade pra justamente ouvir os interessados que são os homens e incentivá-los a fazerem sua parte.

Raven Deschain disse...

Obrigada, anon, pelos links.

Porém, o machismo me diz que homens "estuprados" acham que levaram vantagem. Afinal, não existe sexo ruim. Até quando é ruim é bom.

Enquanto os homens não se ligarem que não, isso não é bom, concordo com o último comentário. Pra mim é um não-problema. Uma tia minha abusou do meu irmão quando ele tinha 11 anos. E não importa o que eu fale, implore ou chore, ele acha que foi ótimo. Ele "comeu a mulher mais velha". Se eles não identificam comp estupro, não sou eu que vou ficar obrigando ninguém a acreditar que é.

Então, até lá, me concentro nos dados (e experiência pessoal, venhamos e convenhamos), que me diz que nós somos as maiores vítimas de estupro e isso é crime de gênero e ódio sim.

Anônimo disse...

Raven, entendo seu ponto de vista. Do mesmo jeito que pode ser cansativo explicar para uma mulher porque o "slut shaming" é ruim mesmo que seja ela falando, também é cansativo tentar explicar para um homem que não tem "vantagem" em ser abusado, mas penso também naqueles que não se veem com vantagem nenhuma nisso mas não sabem o que fazer. Tudo isso vem da sociedade em que vivemos, por isso que mesmo que tentemos alertar as pessoas vai ter sempre um número muito maior pra falar o contrário. Mas penso que se não continuarmos a tentar o resultado pode ser pior.

Raven Deschain disse...

Isso lá é verdade.

Gertrude disse...

Raven, eu lembro de pelo menos 3 casos assim: um menino japonês de 15 anos. Sequestrado pela namorada e a mãe dela, abusado pelas duas.
Um cara da Europa bebeu demais em uma festa e acordou com uma mulher fazendo oral nele. Ele processou-a.
Muitos anos atrás aqui no Brasil, um cara afirmou ter sido obrigado a transar com duas mulheres de uma quadrilha.

O comum entre esses 3 casos? Um bando de gente -maioria homem - zoando, afinal "se deram bem". Se não gostaram do que aconteceu, é porque eram gays.

Lembro vagamente, no caso do brasileiro, a policial entrevistada sorria dizendo que "muito homem da cidade estavam se oferecendo para serem estuprados pelas tais meliantes".

Gertrude disse...

Essa forma do brasileiro ver o sexo é tão doente, tão hipocrita...dá nojo demais.

camila santos disse...

15:48 Não adianta dizer que mulheres também cometem crimes que também fzem merda porque o número de homens fazendo é sempre maior e não só em crimes graves até em crimes mais leves se isso não fosse questão de gênero o número de homens e mulheres fazendo merda deveria ser igual aliás os crimes cometidos por homens são sempre mais cruéis não quero dizer que mulheres não cometem crimes cruéis (tem que repetir isso toda hora porque vcs parecem retardados).

donadio disse...

"Donadio extraiu de mim um incômodo q eu não sabia expressar ao ouvi feminista falando hey homem olha oq vc tá perdendo não concordando com a gente."

Eu? Quando, como? Nem comentei neste post!

Anônimo disse...

É engraçado que quando o assunto é opressão para com os homens tudo se resume aos seus pobres sentimentos, a como se sentem, já quando é com mulheres a opressão afeta seu trabalho, suas oportunidades, sua integridade, sua segurança,sua liberdade, sua vida em geral, talvez seja por isso que eles não dão a mínima.

Anônimo disse...

Feminismo é a ideia radical que as vidas e a segurança das mulheres são mais importantes do que os sentimentos dos homens.

Andreia disse...

Que bom, o texto causou bastante reflexão, e isso é muito importante.
Sei que existem as feministas radicais, as misândricas, mas com todo o respeito, eu não concordo com esta visão. Tenho certeza que para uma mulher adquirir esta postura de ódio aos homens, ela deve ter passado por eventos horríveis com o gênero oposto (por esse viés de ordem psicológica devo ter o bom senso de entende-las), mas eu conheço sim, muitos homens que não agem como animais...que sabem o valor da palavra respeito. Se é possível uma educação que "crie" esse tipo de homem, isso é possível para todos os outros desde que tenham acesso à educação não machista, baseada no respeito e num contexto que também colabore (sabemos que na construção da personalidade de um ser humano o contexto em que vive é muito importante!).
Enquanto continuarmos com essas polarizações, HOMEM X MULHER, o cenário será sempre o mesmo. Guerras. Temos que unir aos homens que sabem o valor da palavra respeito, aos homens que já superaram seus instintos bestiais, a ESSES, e com ESSES, lutar em nome da mudança dos demais.

Anônimo disse...

Quem começou e continua com a polarização HOMEM X MULHER sempre foram os homens. As mulheres querem apenas ficarem longe deles agora. Se quer que isso pare, fale com os homens e não com a gente.