sexta-feira, 8 de junho de 2012

COMENTARISTAS ESTÚPIDOS E SEUS CLICHÊS DE TODAS AS HORAS

Eu raramente tenho tempo de respirar, quanto mais de ler o site Cracked, mas, quando leio, gosto muito. Tenho grande admiração por quem pode falar de coisas sérias de um jeito leve e divertido. E o pessoal do Cracked faz isso. 
É um site cômico, mas com um viés anti-preconceito. Prova de que dá pra fazer humor que vá contra o sistema, em vez do humor que deseja perpetuar esse mesmo sistema e não tem mais nada pra fazer do que mirar nos grupos historicamente discriminados pra fazer suas piadinhas (“Olha como sou politicamente incorreto! Sou o máximo! Não importa que meu tataravô já fazia as mesmas piadas”).
Decidi resumir e traduzir dois posts do Cracked porque eles têm tudo a ver com cert@s comentaristas, trolls e haters não só daqui, mas de qualquer blog que lute contra preconceitos. Veja quantas figuras você consegue identificar.
Dez tipos de comentarista zangado que você encontra na net: quem te chama de hipócrita; o visitante alienígena tentando te entender (o tipo que diz: “Você poderia ter resumido seu post em uma frase ou uma palavra”. Da próxima vez que ouvir isso, diga que Bruce Willis poderia ter mandado um tweet pra todo mundo dizendo “Estou morto” e poupado o Shyamalan do trabalhão de ter feito aquele filme); o rival secreto (ele aparece de vez em quando pra dizer como você estraga a vida dele e o mundo); o autobiográfo inseguro (a pessoa tem que te contar a vida dela pra mostrar porque está tão envolvida em te odiar), o crítico ocupado (que diz que seu post é longo demais e ele não teve tempo de lê-lo, mas tem certeza que é uma b*sta -– ahn, o post); o atirador cego de cocô (o que vai tacando insultos esperando te acertar com algum deles), o furioso não engraçado [não sei traduzir isso, mas é o hater que acha que tudo que é divertido é fraco, e que ao mesmo tempo tenta transmitir o seu ódio fazendo piada], o comunicador amador (nada do que ele fala faz sentido. Vocês se lembram do Dig Din, né?); o mentor (ele quer ditar o que você deve fazer da sua vida).
Não raro, muitos desses comentaristas costumam ser homens. Eles vem num blog feminista homexplicar como o feminismo deve agir e pensar. Porque, óbvio, eles sacam tudo de feminismo! O que me leva ao segundo post do Cracked. O autor, Luke McKinney, havia escrito um post sobre os cinco uniformes mais ridiculamente machistas dos quadrinhos. E, claro, alguns carinhas detestaram o que ele escreveu. Então Luke fez este post (se você lê inglês, vá no original. Eu só traduzi algumas partes):
As oito defesas mais estúpidas quando se é acusado de machismo
8) Chamar a outra pessoa de gay. […] A parte mais triste é que algumas pessoas ainda usam gay como insulto.
7) Afirmar que a outra pessoa só está tentando pegar mulher. Esses são ao mesmo tempo os comentários mais e menos machistas já feitos: eles assumem que tudo que qualquer pessoa faz é pelo sexo, mas é algo que essa pessoa nunca vai conseguir fazer. Tentei imaginar o deserto sexual que sua vida deve ser para pensar que um post na internet sobre quadrinhos faria você pegar mulher, mas parei porque meus testículos estavam retraindo pra dentro do meu corpo.
6) Misandria: Homem vs. a feminazi. Qualquer comentário que use a palavra feminazi ou misandria. Misandria pode ser a palavra mais eficiente na língua. Em apenas um vocábulo ela condensa a auto-negação idiota do “Não sou racista, mas...” com a misoginia de “Todas as mulheres são vadias”, ganhando de bônus um complexo de perseguição. […] A maior parte das pessoas não baseia sua qualidade de vida em torno de quão difícil é pegar alguém, porque essas pessoas de fato pegam alguém, e isso não é tão difícil de fazer. Ser um homem hétero é uma grande diversão e também o cenário menos difícil da sexualidade: você sabe o que quer e todo mundo no seu grupo demográfico te elogiará por conseguir fazê-lo. Ninguém mais no espectro da orientação sexual pode dizer o mesmo. Se as mulheres te odeiam porque você as chama de vadias estúpidas, não é por você ser a vítima de uma conspiração anti-homem: é porque você é você.
5) Dicionários. Salva tempo quando alguém começa seu argumento copiando algo de um dicionário. Você imediatamente sabe que eles a) acham que tamanho é melhor que qualidade (que é porque compraram aquele troço pra aumentar o pênis), b) são incapazes de usarem suas próprias ideias e c) são estúpidos.
4) Pedantismo [achar que sabe tudo sobre um determinado assunto: por exemplo, quadrinhos. E citar um texto obscuro específico para mostrar que @ autor não sabe do que está falando].
3) “Este exemplo não é machista, então seu argumento não é válido”.
2) “Tudo bem que as coisas machistas sejam machistas”.
1) “Você nem gosta disso!” Isso acontece quando alguém acredita ser a grande autoridade em qualquer coisa. Se você não concorda com ele, você simplesmente não entende aquilo!
E aí, consegue se lembrar de mais algum padrão recorrente pra acrescentar à lista?
Aqui tem um post complementar: pessoas que você vai conhecer em discussões sobre sexismo.

193 comentários:

charoles disse...

Adoro o Cracked! sempre que tenho tempo vou lá!

Um artigo que gostei muito é esse: "5 ways modern man are trained to hate women". Disse tudo!

http://www.cracked.com/article_19785_5-ways-modern-men-are-trained-to-hate-women.html

Gabriela disse...

Gente, eu adoro essas listas de comentários. Acho incrível como me identifico com todos os tipos, pelo menos UM de cada já encontrei por essa vida. Me lembrou daquele post dos tipos de mascus que você vai encontrar numa discussão feminista.

Comeu bastante bolinho, nenê?
Não consegui te dar palabensh, mas sinta-se esmagada.
Bezu

Bruno S disse...

O mais divertido é que alguns juntam várias dessas características.

Sonado disse...

"Ser um homem hétero é uma grande diversão e também o cenário menos difícil da sexualidade: você sabe o que quer e todo mundo no seu grupo demográfico te elogiará por conseguir fazê-lo."

A não ser que você seja reservado e ético. Não basta ser hétero, os demais homens cobram comportamentos alphas. Já cansei de tentar puxar um assunto serio com alguns colegas de trabalho/faculdade e conhecidos e eles saírem com piadinhas machistas. Por ser homem, eu nem mesmo posso os acusar de estarem sendo machistas, pois isso levaria a outra sequencia de piadinhas. O problema é a quebra com os esteriótipos.

Não entenda como critica, ao contrario, tudo o que esta aqui colocado é genial. Eu apenas completei porque acabo tendo esse nível de incomodo mesmo estando no "cenário menos difícil"

Marcos Godoi disse...

Lola, não sei se vc conhece o blog do Mauricio Stycer, que é sobre tv. Ele publicou algum tempo atrás uma série tipos de leitor, sobre os comentaristas do site dele. Os exemplos são mais genéricos, mas é muito, muito legal! Dá uma olhada

http://mauriciostycer.blogosfera.uol.com.br/category/tipos-de-leitor-2/

Ana disse...

"(...) But not as confused as their DNA, which can't understand why evolution created a species that prevents itself from reproducing."
(http://www.cracked.com/blog/the-8-stupidest-defenses-against-accusations-sexism/#ixzz1xESiW0TA)

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

Lola, esse site nunca mais vai sair do meus favoritos. Esse cara é um gênio! Adorei como descontrói os argumentos dos trolls! E puxa, interessante ver como esses discursos idiotas se repetem internet a fora. Quantas vezes a gente já leu essas mesmas coisas aqui nos comments?

Gostei acima de tudo de como ele é impiedoso com o sexismo. Ele não trata a obejtificação como se fosse 'uma queixa das mulheres', algo que não pertence ao mundinho dele. Luke defende seus argumentos com unhas e dentes (e mto humor), não porque está fazendo uma caridade, mas simplesmente porque esse negócio é ridículo e ruim pra todas as histórias. Legal como ele mostra que não é tão difícil assim somar 2 e 2 e ver porque uma roupa com um buraco em cima dos peitos é sexista e prejudica o desenvolvimento dos personagens. Tipo, não precisa ser XX, não precisa ser engajado na luta por igualdade, não precisa ser uma pessoa evoluída, é só pensar um pouquinho e ver como NÃO É UM SISTEMA JUSTO.

Fantástico o post sobre as roupas sexistas nos quadrinhos. Amei ver que a Estelar estava na lista, com o lembrete de que o desenho animado dos Teen Titans deu a personagem o que nenhum traje minúsculo poderia ter dado. Starfire conquistou muito mais gente com a personalidade que tinha na tv do que com o corpo que tem nas comics, fato. E os roteiristas conseguiram jogar tudo pelo ralo, porque aparentemente estão apegados demais a personagens femininas quase sem roupa.

E Lola, parabéns atrasado! Que continues escrevendo por muitos anos mais! \o/

Futuro milionário disse...

MAIS um post sobre isso.

Mascus, mascus, mascus. Quando você vai mudar o disco, Lola? Parece que tem complexo de perseguição. Que deprimente.

ta-chan disse...

Futuro milionário,
esse não é um post sobre mascus é sobre vc.

lola aronovich disse...

Futuro milionário, vc tá deprê? Bom, este não é um post especificamente sobre mascus, mas sobre trolls de modo geral, não só deste blog como de vários outros que vão contra o sistema. E vc deve ter notado que não fui eu que escrevi o post. Apenas o traduzi de um site que nem fala de mascus. Mas talvez vc tenha identificado o post tão rapidamente com mascus por vc ser um mascu? Já sei, já sei, vc vai dizer que não é! 99,9% dos mascus negam ser mascus. Mas eu dei uma olhadinha no seu blog (que até seria interessante, a meu ver – eu gosto de finanças pessoais – SE vc falasse sobre a origem do seu dinheiro) e foi fácil sacar que vc é mascu. Fala em não casar, em academia (de ginástica, bem entendido), de tamanho do braço, de frustrações com mulheres... Eu sei que vcs mascus odeiam que eu fale de vcs (por que será? Eu não divulgo “a causa”?), mas este post não é necessariamente sobre vcs. Pelo menos não só sobre vcs.

Futuro milionário disse...

Nossa, você não deletou meu comentário. Que surpresa. E ainda o respondeu. Já que você (pela primeira vez) fez sua parte, o mínimo que eu poderia fazer é ser o menos agressivo possível então.

Eu não sou mascu. Se você acha isso sem me conhecer, eu só posso lamentar pelo seu julgamento precipitado. Acho tanto o feminismo quanto o masculinismo uma besteira. Não fico falando sobre direito dos homens e outros um segundo da minha vida.

Engraçado. Você é uma mulher, e feminista ainda por cima, e pode dedicar posts atrás de posts sobre maquiagens. Mas quando eu comento poucas vezes em alguns posts indiretamente sobre academia, isso me torna um "mascu"?

Sobre não casar, eu simplesmente não acredito em fidelidade HUMANA, ou seja feminina E masculina. Não posso? Eu posso mudar de ideia no futuro. Sou obrigado a casar agora? Achei que por ser de esquerda você também não apoiaria vêementemente o casamento, que é uma instituição religiosa e usada muitas vezes pelos extremistas de direita pra justificar homofobia e submissão feminina (não sou de direita mt menos de esquerda).

No mais, sinta-se a vontade para visitar meu blog quando quiser :) (sei que você vai responder instantaneamente que nunca "perderia tempo com isso") mas obrigado pela visita mesmo assim

Anônimo disse...

O Dig Din é clássico demais!!!

Lola, quando vc escrever um livro sobre o seu blog não esqueça de dedicar uma parte só com as pérolas destes "jÊNIUS".



kkkkkk beijão!

lola aronovich disse...

Futuro Milionário, acho que vc seria mais feliz se tentasse adivinhar menos o que as pessoas vão falar. Vc não é profeta. Eu nunca disse que “Não perderia meu tempo [visitando blogs com ideologias diferentes das minhas]”. Nunca disse isso sobre nenhum blog. Tanto que eu ocasionalmente vou a blogs mascus e de direita pra ver o que vcs pensam. Know thy enemy. Eu perco tempo com vcs sim.
“Posts atrás de posts sobre maquiagem”? AHN, foram DOIS, FM. E vc tinha acabado de dizer que eu só falo sobre mascus. Agora eu só falo sobre maquiagem? E é incompatível uma feminista falar de maquiagem? Bom, se vc tivesse lido um dos dois posts em que falo de maquiagem, saberia que eu digo justamente que sim, feministas usam maquiagem, e que isso não faz uma feminista mais ou menos feminista.
O que acho interessante é que nas entrelinhas do seu blog, que não deveria ter nada a ver com masculinismo, vc fala de temas comuns dos mascus. Mas vc acha que eu não devo falar de temas comuns a mulheres? Tipo, homens que odeiam mulheres não é um tema importante num blog feminista?
Sobre casar, eu não me importo se vc (ou qualquer pessoa) casa ou não casa. É só que vc fala de casamento na mesma linha dos mascus, que promovem um marriage strike. Não é que vcs são contra o casamento, vcs só são contra casamentos com mulheres, já que nenhuma mulher presta etc etc. E como vcs também são extremamente homofóbicos, nem pensar em casamento com homem... Portanto, vcs são contra casamento. O que não me causaria nenhuma surpresa se vcs fossem de esquerda, mas vindo de “homens de bem” que defendem a propriedade, a família e os bons costumes, soa um tanto incoerente.
No mais, eu me sinto bem bobinha conversando com um mascu que deve ter uns 50 perfis diferentes e que em algum fórum vai ficar dizendo que “meteu a real na gorda” porque trocou dois comentários comigo.
Mas, se aceita um conselho de alguém que se interessa por finanças pessoais, seu blog poderia ser interessante se vc falasse de como chegou aos quase 800 mil reais. Do jeito que está, apenas com gráficos mostrando as perdas e ganhos, não acrescenta muita coisa.

Futuro milionário disse...

Pois é, vc diz pra eu não adivinhar o que vc vai pensar. Eu admito que não deveria mesmo, mas isso não é nada perto de vc tentando adivinhar quem eu sou, e dizendo que eu sou isso e aquilo várias vezes por frase. Não estou exagerando, veja quantos "vcs" vc disse, como se eu e mascus etc fossemos um só plural. Não só isso, mas disse que eu perderia tempo com 50 perfis espalhados na internet e me gabaria de ter ganho uma luta virtual com uma pessoa que nunca vi na vida. Putz...

Eu não sou homofóbico, eu tenho conhecidos gays e acho que o Estado e a Igreja não deviam se meter nisso, tanto pra defender quanto pra atacar. Eu não acho que toda mulher é tola ou algo do tipo, mas acho que a maioria ASSIM COMO OS HOMENS não tem mt valor a agregar PRA MIM. Um bando de mulheres tb devem pensar isso de mim! Paciencia, não posso forçar os outros a gostar de mim... hoje mesmo eu convidei uma pra sair e ela não aceitou, é uma opção dela e eu não tenho o direito de falar mal das mulheres nem nd do tipo por isso :)

Vc leu meu blog e disse que eu sou contra o casamento - não sou contra, só não achei algm ainda que me fizesse despertar a minima vontade em realiza-lo, e acho que não vou nem me importo com isso. vc mesma so casou pra ir viajar com o marido, isso não é importante e é só uma imposição religiosa - mas esqueceu de citar que eu disse, no mesmo post, que devia haver fidelidade, carinho e respeito pelo parceiro.

Bom, vc ja disse que se sente bobinha "conversando com um mascu" o que é um insulto pq sooa como "é uma perda de tempo falar com vc". Não preciso falar sobre meu dinheiro, até pq não vim aqui pra falar sobre isso, vc que viu isso la no blog. Em resumo, eu tive oportunidades lícitas e morais em 2009 e 2010 onde acumulei um dinheirinho. A intenção é aquela mesma, só mostrar gráficos, análises de empresas e outros. Tem uma comunidade que faz isso, vc pode ver ali nos blogs relacionados.

olha, eu não quis te insultar nem brigar com vc. so nao acho legal o jeito como vc deleta comentários que são contra sua opinião. isso é coisa de censurista. ao menos dessa vez vc só cismou que eu sou um "mascu" ao invés de deletar...
eu não tenho nada contra vc

Futuro milionário disse...

ah, e obrigado por ter tirado alguns minutos pra ter conversado cmg, mesmo que de maneira um pouco hostil algms vezes infelizmente. eu vou continuar visitando seu blog raramente, mesmo sem comentar mt

abraços

Anônimo disse...

Comentário estúpido também é o que só bajula o bloguista e não acrescenta nada. Uma que ele ou ela não precisa de bajulação, outra que cansa ver e ler tanta idolatria adolescente embutida.

Anônimo disse...

Sobre não casar, eu simplesmente não acredito em fidelidade HUMANA, ou seja feminina E masculina. Não posso?

Pode, eu também não acredito que você possa passar o resto da vida comendo seu prato favorito sem pegar raiva dele depois de um tempo. Por esse motivo que defendo os relacionamentos abertos e por defender isso que raramente consigo uma parceira para compromisso sério, as mulheres não suportam a competição e acham que isso é desculpa para traí-las. Mesmo eu dizendo que, desde que ajam responsavelmente (camisinha), também podem sair com outras pessoas. Mas dificilmente elas aceitam que alguém seja assim tão sincero com elas.

Cláudio disse...

O grande problema das pessoas em geral é que cada um faz de acordo com seus interesses, NUNCA usam bom senso.

Anônimo disse...

Pessoas não são comida, mas...

Ariadne Buendía disse...

Lola, adoro o Cracked também, mas nem tudo é tão bacana assim em termos de feminismo, afinal, são vários articulistas e alguns não são tão conscientes nesse quesito. Mas, sim, é um site divertidíssimo, viciante mesmo, e quando acerta é na mosca. O artigo que a charoles citou é mesmo um dos melhores. Agora, divertido mesmo é este, no qual Carequinha e Fofão aparecem orgulhosos: http://www.cracked.com/article_18711_19-unintentionally-terrifying-childrens-album-covers.html

Agora, Futuro milionário = uma espécie mais light de autobiógrafo inseguro?

Caracala disse...

Sério, essa guerra contra os mascus já deu, cara é um saco ficar falando direto sobre um grupo de fracassados.
Já sabemos o que são e o que podem fazer, agora isso é assunto da PF, eles que resolvam essa treta.
Cara, todos o dias a mesma coisa, pô, tem muita pauta mais importante para ser discutida, do que ficar nessa.
Outra coisa, opinião é opinião, siu a favor não só daquelas que concordam, mais acho legal a divergência, pois desde que seja polida e educada colabora para se ver todos os lados de uma questão.
Tem que se parar de tratar aqueles que divergem de algum parâmetro do blog, como se fossem inimigos.
Existe má fé, existe.Mas é preciso bom senso para pareceber quem apenas diverge de quem é escroto. A generalização de comentaristas divergentes como adversários, inimigos,só enfraquece o debate, limitando -o a uma discussão entre " cumpadres" , isto é, a mesma panelinha comentando e concordando entre si.

Anônimo disse...

"e por defender isso que raramente consigo uma parceira para compromisso sério, as mulheres não suportam a competição e acham que isso é desculpa para traí-las. Mesmo eu dizendo que, desde que ajam responsavelmente (camisinha), também podem sair com outras pessoas. Mas dificilmente elas aceitam que alguém seja assim tão sincero com elas"

Bom em primeiro lugar parabéns pela sua atitude, realmente muitas pessoas não aguentam uma dose cavalar de honestidade. Eu acho isso bem esquisito porque as pessoas de forma geral lidam melhor com traição do que com jogo aberto, tanto homens quanto mulheres.

Também sou a favor do relacionamento aberto e do poliamor, contudo quando você abre o jogo para alguém sobre isso, parece que você está com lepra! Homens acham um abusrdo que você "aceite dividir o que é seu com os outros" (como se alguém fosse de alguém), mulheres ficam chocadíssimas e começam a perguntar se não são amadas o suficiente, se estão feias, porque você está querendo pular a cerca e eu acho isso tudo uma grande bobagem.

Até prefiria ter relacionamentos não convencionais com mulheres, deixando a porteira aberta mesmo, pra irem e voltarem quando quiserem, mas elas não aceitam ou acham que aceitando, vão me mudar. Não tento mudar ninguém, quer sair, quer viajar, quer sair dando por aí, fique à vontade mas elas interpretam isso como frieza emocional e falta de amor, o bom é ter ciúmes, fazer escândalo e levantar o eguinho magoado delas, até parece.

Anônimo disse...

Lola, NÃO VIAJA

Masculinismo não prega mariage strike.

Vc sabe MUITO BEM DISSO.

Vc não diz que visita blogs masculinistas? Então vc não visita, pq é pacífico isso.

Vc gosta de distorcer as coisas hein?!

@vbfri disse...

@Sonado, antes de visitar a caixinha de comentários da Lola, escrevi um texto justamente sobre como o machismo é prejudicial aos homens (depois vou escrever outro sobre como é prejudicial às mulheres)... mas um dos argumentos é justamente essa questão dos estereótipos e como o que é ensinado aos homens prejudica na aceitação de ajuda quando necessário.
Homens sofrem violência também... Mas poucos vão buscar ajuda por isso. Por quê? Por causa do machismo...

Se quiser ler: sobrevivendoaviolencia.com

Caracala disse...

Outra coisa: senti que esse post é justamente para isso, isto é, descredenciar qualquer comentarista divergente do debate, tachando-o de sem noção, ou " estúpido" como o título do post propõe.
Acho que não precisava de um post com este teor.
Outra coisa quando não se tem paciência com opiniões desfavoráveis, tudo vira "clichê"...

Anônimo disse...

Falta de assunto, Caracala! Mas assunto não falta por aí. Um herdeiro da Yoki foi assassinado pela esposa que ele conheceu na internet como garota de programa.
Algum comentario?

Anônimo disse...

HAHAHAH, lola, morri! fui abrindo tudo aqui pra ler com calma. amei!

mas tem um tipo de comentarista aqui que me irrita de um tanto... a gente fala uma coisa MIL vezes e a pessoa se recusa a entender. os com problemas de interpretação e inteleção de textos. tipo, vc fala:"as maçãs, em grande maioria, são vermelhas". aí o fulano:"aaaaahhhh, mas sua teoria tá furada pq ontem mesmo eu comi uma verde". aí a gente fala:"ok, a maioria é vermelha". ele:"olha só, ela tava falando que maçã é tudo vermelha", cara, sério, ainda bem que tudo aqui é virtual pq eu perco a paciência pra tentar explicar as bases de qualquer discussão.

mas o prêmio de melhor comentarista hj vai pra sil pq ela deu uma na testa dos mascus que eu ri alto aqui sozinha. ela disse pra eles se decidirem se mulher é ou não visual, já que um dos argumentos insistentes dos mascus é de que mulher gosta de homem bombado. mas aí, qdo é conveniente, mulher não é visual. HAHHAHAH. morri de rir.

Caracala disse...

Quer discutir realmente esse assunto da morte do herdeiro ou é apenas margem para uma opinião tendenciosa, agora pelo lado do " masculinismo"?
Porra, vai procurar o que fazer...

Anônimo disse...

cara, lola, tô amando o site! o post que sugeriram, http://www.cracked.com/article_19785_5-ways-modern-men-are-trained-to-hate-women.html, tbem é ótimo. eu sempre falo que muito cara é ótimo pra amigo, mas, qdo vira relacionamento, o cara passa a ver a mulher automaticamente como inimiga!

e o milionário falando pra não pagarem a academia da mulher. HAHAHHAHA. nenhum homem nunca pagou minha academia nos últimos 11 anos.

Anônimo disse...

Tá passando mal, rapaz?

Acho que ninguém aqui ficou com pena da vítima, que nesse caso era homem.
Há também o fato de ele ter conhecido a sua assassina pela net (onde todos são tão maravilhosos) e até casado com ela, não obstante, caso se separasse, não deixaria a filha com ela. Tudo ao contrário do que geralmente acontece.

Prato cheio pros mascus, haha.

E ae?

Sara disse...

Que legal q tem gente como vc anonimo 19.59, pode ter certeza q tem mulheres q pensam como vc tb, e não vão te considerar um ET.
Alias tenho comigo que esse será o futuro das relações, esse sistema atual esta falido, mas infelizmente muita gente ainda não vê isso, e se sente ultrajada quando se fala a esse respeito.
Como ja vi varias vezes em que esse assunto é abordado aqui.

Caracala disse...

Outra coisa, que merda esses anônimos, pé no saco total;
a gente tem que sempre se referir a eles como "anônimo de não sei quantas horas"
porra, haja culhão... coloca um nick aí, tipo " peidorrento 86" ou qualquer outo... mais um mínimo de indentificação, até por que esse não é um daqueles posts sérios que para uma pessoa relatar alguma experiência barra pesada, não queira se identificar...

Lyzze disse...

Não sei se fui eu que li errado, mas faltou o clássico "Eu não sou machista/racista/homofóbico/preconceituoso, eu não penso como a sociedade, essas são as MINHAS PREFERÊNCIAS PESSOAIS que ironicamente batem com as que o mundo tenta impor a todos!"

Anônimo disse...

Sara o problema é o que a pessoa deseja

agitação efeito colateral possivel instabilidade ,stress

calma efeito colateral possivel tédio

Só o que não pode é querer ter o melhor dos dois mundos

Braga disse...

o post (bem legal, aliás) não falava sobre mascus.
alguém infere isso (má fé, interpretação de textos pobre?).

torna à baila a velha discussão que vem tornando o blog repetitivo. e nem por culpa da blogueira.

pelo menos oito mulheres brasileiras devem ter sido mortas por seus 'companheiros', só hoje.
as páginas policiais só tratam do esquartejamento do yoki.

e essa caixa de comentários...
bem...
parece ser o lugar certo pra qualquer tipo de misoginia ter um espacinho, nem que seja pouco, nem que seja rapidamente rebatido.

há sempre um animal groselhando. toda a vez. e toda a vez.
toda a vez.

Caracala disse...

Certo, caro anônimo, então vamos generalizar e dizer que todas as mulheres são assassinas frias, e etc, etc etc ( suspiro profundo de tédio)

Anônimo disse...

lyzze, tem tbem o clássico:"eu não sou machista/racista/homofóbico/preconceituoso. tenho até um amigo negro/gay e adoro ele".

Sara disse...

A vida é um risco anonimo 20.41
se vc não quer correr nenhum, compre um tumulo bem bonito , vista- se confortavelmente e elegantemente e fique la dentro esperando sua morte que certamente um dia ira chegar, mas com toda a segurança que essa pratica pode lhe oferecer, sem correr nenhum risco... rrrsss.

Anônimo disse...

Ja que troxeram a baila os outros movimentos vai ai o pensamento geral de movimentos com ideologia marxista :

Quero ser igual quando a diferença me exclui e quero ser diferente quando a igualdade me oprime...

Resumindo quando é bom ser igual quero ser igual quando não é quero ser diferente....

Anônimo disse...

outro comentário recorrente:"eu não sou homofóbico, mas eu quero poder andar na rua sem ver dois homens de mãos dadas".

aliás, qualquer coisa que comece com "eu não sou..." e termine com ",mas".

Anônimo disse...

Sara
Risco sempre há de dar tudo errado ,mas o risco/ beneficio que voce esta disposto a correr varia muito apostar na loteria e depositar na poupança. as duas aplicações podem lhe render dinheiro ,a loteria bem mais mas aposto que vc prefere a poupança pra depositar o que sobra da sua renda por que o risco é bem menor.

Anônimo disse...

As feministas dizem que não é pra ser homofobico e nem julgar as pessoas pelo frequencia sexual...
mas basta um "mascu" comentar aqui que vai ouvir coisas ,como gay,viado ,pega ninguem,ze bronha etc

Anônimo disse...

Não sei se fui eu que li errado, mas faltou o clássico "Eu não sou machista/racista/homofóbico/preconceituoso, eu não penso como a sociedade, essas são as MINHAS PREFERÊNCIAS PESSOAIS que ironicamente batem com as que o mundo tenta impor a todos!"

Entendo mas discordo. Para mim, ninguém tem OBRIGAÇÃO de gostar de homem, mulher, magro, gordo, negro, japonês, gay, hétero, corintiano. O que todo mundo tem obrigação é de respeitar, não bater, tacar fogo, mandar embora etc. mas gostar, não tem não. E taxar isso de racismo ou sei lá o que me parece um discurso muito fraquinho.

Sara disse...

Bom anonimo não quero ter o melhor dos dois mundos, pq para mim o mundo da monogâmia não tem nada de bom a me oferecer.
Quero apenas um mundo melhor, e poder ter o direito de fazer minhas escolhas.

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Tem muita coisa pra ser acrescentada a essa lista... infelizmente...
Dizer que o machismo é bom pra mulheres, dizer que o mundo machista só por culpa das mulheres que são quem criam os homens (e sem entender que já está sendo machista ao designar que criar filhos e passar valores pra eles é tarefa solitária das mães), chamar de vadia, vagabunda, promíscua, mal amada, frígida, ainda que tais xingamentos se contradigam. Não importa, o importante é xingar...

Anônimo disse...

putz, laurinha, tinha esquecido. ou é mal comida ou é puta. nada no meio dos extremos.

Anônimo disse...

dizer que o mundo machista só por culpa das mulheres que são quem criam os homens

Não é "só" por isso, mas TAMBÉM por isso. A coisa começa em casa, com o filho que vai brincar enquanto a filha é que tem que lavar a louça, arrumar a cama e ter medo dos meninos que podem machucá-la. Mulheres têm sim um papel ativo na disseminação e perpetuação do machismo.

Anônimo disse...

Sara


well ,a monogamia foi a solução que a maioria dos grupos primitivos usou pra reprimir que uma pequena parcela dos machos tivesse hegemonia reprodutiva pra aumentar o engajamento dos outros machos na obtenção de recursos para prole do clan.
Mulheres sente-se mais atraidas por homens com cararteristicas beta fora do periodo fertil e mais por homens com carteristicas alpha durante o periodo fertil... well da pra ver o resultado voce tem duas vezes mais ancestrais mulheres que homens.

Não sou contra quem quer monogamia,poligamia ou sem "pacto" algum ,mas que deixem claro desde o primeiro dia o que querem e como querem.

Anônimo disse...

Os mascus vivem no mundo de bambuluá. Oo

Anônimo disse...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Tem muita coisa pra ser acrescentada a essa lista... infelizmente...
Dizer que o machismo é bom pra mulheres

é a mesma coisa que dizer que o feminismo é bom pros homens...

Sara disse...

A mulher não conquistou o direito de pensar como eu penso anonimo 21.37, se for honesta a esse respeito vai ter uma enxurrada de recriminações, sera alvo de artilharia pesada de boa parte da sociedade machista em que vivemos.
Na verdade a mulher se quer conquistou o direito de escolher o seu companheiro, mesmo no sistema monogâmico, se não fosse assim, não teriamos o numero absurdo de mulheres mortas por não quererem mais um relacionamento.
Não seja hipócrita ok.

Anônimo disse...

Sara disse...

A mulher não conquistou o direito de pensar como eu penso anonimo 21.37, se for honesta a esse respeito vai ter uma enxurrada de recriminações, sera alvo de artilharia pesada de boa parte da sociedade machista em que vivemos.
Na verdade a mulher se quer conquistou o direito de escolher o seu companheiro

Estamos falando da africa islamica ou do brasileiro médio...

Não seja hipocrita tambem...
Se as mulheres pensasem mais com a cabeça e menos com os ovarios iam se meter em menos confusao tambem.

Sara disse...

anonimo 22.05 estamos falando de um pais que esta no 7" lugar no ranking de violencia contra a mulher, que geralmente é motivada pela "ESCOLHA" da mulher em terminar um relacionamento.

Anônimo disse...

"Dizer que o machismo é bom pra mulheres

é a mesma coisa que dizer que o feminismo é bom pros homens..."

não é. sabe por quê? pq feminismo nunca foi oposto de machismo. e homens não estão em oposição às mulheres.

Juliana disse...

Bem, não é o assunto do post, mas virou um pouco nos comentários. Então, aqui vai minha opinião e indagação aos que estão discutindo isso:

Vocês, pessoas que aderiram ao relacoinamento aberto, por que agem (pelo menos, a grande maioria com que tive contato) como se fossem superiores aos reles retrógrados de ideias falidas que preferem a monogamia? Sério, acho super válido o poliamor, mas ficar falando por aí que monogamia não dá certo NUNCA, que está falindo e quem a segue é hipócrita... Me parece tão preconceituoso quanto monogâmicos que falam sobre o poliamor como suruba louca.

lola aronovich disse...

Vai te catar, Futuro Milionário. Esses “comentários agressivos e falsos” são AMEAÇAS. Recebo várias por dia, geralmente tiro print screen e deleto. Só não deleto na hora porque meu blog não tem moderação de comentários. Tudo é publicado. Só quando eu leio é que posso deletar. E não estou toda hora no computador. Tem vezes que um comentário de troll fica horas antes de ser deletado, simplesmente por eu ficar horas longe do computador. Quando eu viajo de férias, então, fica DIAS.
Agora, vc já falou “tchau, não volto” umas 3 vezes. Tá esperando o quê pra desaparecer daqui? Parece o outro amiguinho que o Caracolas trouxe pro blog, que levou uns 50 coment reclamando e dizendo que não volta mais antes de realmente sumir.
Aliás, Caracolas, o coment do FM não foi deletado porque ele te elogia. Foi porque o babacão disse que eu tenho complexo de perseguição DE NOVO. Olha só, o cara já veio aqui, já disse isso, eu deixei, apesar de considerar agressão sim. Respondi dois comentários do cara, o cara disse adeus, não tem nada contra mim etc. E aí volta dizendo que o clima aqui é beligerante e tenho complexo de perseguição. Sabe, eu permito que falem uma asneira sobre mim (complexo de perseguição... no mesmo dia que recebo quantas ameaças de estupro e morte mesmo?) UMA VEZ. Duas vezes eu já não dou essa liberdade não. Não na minha caixa de comentários do meu blog. Aí o cara reaparece pra reclamar que o coment dele foi deletado, e aproveita pra me chamar de anti-ética. Depois o cara aparece pra reclamar de novo e dizer que eu só deleto os coments dele, não os “agressivos” (leia-se: ameaças – que, segundo ele, são “falsos”. Meaning?! Que eu inventei esses coments? ENFIM. Não tenho que dar explicação nenhuma pra vcs. O blog é meu, vcs já devem ter notado. Vão festejar a democracia em blogs e fóruns mascus, onde todos os comentários de mulheres são deletados. Aqui tem um monte de coment. de troll. Um monte de coment. IDIOTA. Um monte de mascu que eu só deleto quando já enche de mais o saco. Caso do Fut Mil.


Fabio, dica: se não quiser ter seu coment deletado, para de incluir “Essa é a real” no final de cada coment. Se vc quiser incluir essa “assinatura” pra cada asneira que escreve, vc está no blog errado.

Ariadne Buendía disse...

Quando eu já estou começando a pensar também "é, já deu, esses idiotas já ganharam atenção suficiente", daí eu vejo as ameaças e lembro: a Lola está lidando com um movimento (?) de ódio, nada menos, não dá para deixar esquecer. Acho muito nobre, inclusive, da parte da Lola. É claro que ela poderia estar falando de feminismo sob um viés mais pop e leve, como muitas blogueiras hoje, é claro que muitos de nós sentimos falta dos posts sobre cinema, mas ela bate de frente e chama o ódio dos mascus para ela (o que não deve ser nada fácil, eu não aguentaria 5min disso) para que todos entendam como essa m**** vai longe, e ridiculariza mesmo, para que ninguém sinta empatia de jeito nenhum por essa gente.

Juliana disse...

O post é muito bom. A ressalva que eu faço é essa mania de "xingar" os trolls de virgens/não pegam ninguém/losers, como se isso fosse realmente um xingamento. Não se pode esquecer que a cobrança de homens pegadores sem nenhuma dificuldade com mulheres é de uma sociedade machista. Ser virgem não deveria ser utilizado como insulto, da mesma forma que chamar alguma mulher de galina tb não.

Sara disse...

lendo essas ameaças desses mascus asquerosos não da pra não lembrar de cenas de exorcismo..
Pra quem não acredita nos demonios , eles existem e vomitam ameaças e todo o tipo de sordidez...
SAI CAPETA....

Caracala disse...

Rapaz, Lola! calma aí Cara!
Pô, ninguém tá te agredindo aqui para você ficar com essa agressividade!
Não conheço o cara, só achei que ele, por ter sido educado, poderia ter liberdade de se expressar, mesmo não concordando com o post.
Segura a onda aí, já fiz vários comments aqui no blog, você já deve saber da minha boa fé!
Nunca te vi com esse nível de agressividade, o que aconteceu?
tô boiando...

Carlos Diniz disse...

"Fantástico o post sobre as roupas sexistas nos quadrinhos. Amei ver que a Estelar estava na lista, com o lembrete de que o desenho animado dos Teen Titans deu a personagem o que nenhum traje minúsculo poderia ter dado."

O que eu acho errado dessa crítica a personagem do desenho e do quadrinho,é saber qual versão da do quadrinho estão falando?


A personagem sempre teve trajes minúsculos nos quadrinhos,sempre foi despudorada,porém até então sempre foi representada como alguém de personalidade forte,guerreira tão competente quanto os maiores heróis masculinos da editora,e que sabia o que queria (como aliás é a personagem Poderosa tb citada na lista,que de pastiche da Supergirl tem mais personalidade que a original).

Só para lembrar no quadrinho original (iniciozinho dos 1980's) tudo isso é explicado na origem dela;do planeta de onde ela veio não existiam tantos entraves sexuais,era uma coisa amor livre pra ambos os sexos,com valorização do corpo tb.

Sem contar que enfatizavam o lado dela lutando contra a opressão,já que foi torturada e escravizada de todas as formas possíveis,em várias edições ela lida com esse trauma com a ajuda do personagem que era namorado dela,Robin (que ironia).


A crítica mesmo deveria ser a versão dela do "reboot" (quando apagaram toda a história da estelar,como o resto do universo do Superman,Batman,etc) que a personagem sofreu,e jogaram fora essas características e realçaram apenas as sexuais.

Parece a mesma personagem,tem o mesmo nome-mas é uma coisa oca.

fabio disse...

a unica coisa porca e fedorenta que conheço, e a alma pertubada de um racista,eu poderia discutir como a ciencia ja provou que so existe uma raça, A RAÇA HUMANA, mas eu so estaria fazendo eco para a escuridão que e a alma de um idiota, a voce caro racista deixo a amargura e o desespero de ter que viver eternamente consigo mesmo, deve ser trite ter sempre tal compania, quem não presta se destroi sozinho !!

Caracala disse...

Lola, depois do susto, consegui ler todo o seu comment para o FM, que respingou em mim...
Não consegui ler tudo antes pois fiquei impressionado, nunca te vi assim...
Agora, o que eu tenho a ver da treta que esse cara e você tem?
Só achei uma coisa do cara, não estava a par dos acontecimentos, não me coloque nessa contenda entre vocês dois... só comento opiniões e idéias, não pessoas.

lola aronovich disse...

“Calma aí, cara! Nível de agressividade mimimi”. Ficam fazendo ameaças de morte pra mim, fazem um perfil fake com meu nome e deixam comentários racistas, e ainda tenho que ficar dando satisfação prum mascu chamado Futuro Milionário... E aí vem vc, Caracolas, e se junta ao coro, dizendo que deletei o coment do babaca porque ele te elogiou. Entenda, Ca: não tenho nenhum apreço pelos seus comentários. Só os tolero. Mas eu e várias outras comentaristas não gostamos de seus coment. Agora, muito raramento os deleto. Deixo, ignoro. Só deleto quando ficam agressivos demais. Mas não insista. Minha sugestão é que vc não tente pisar no meu calo AGORA, quando recebo ameaças, fazem um perfil fake meu, e ainda vem um idiota dizer que eu estou deixando os comentários “agressivos” (não ameaças, né?) de propósito. Então recomendo que vc se retire daqui por hoje. Ou pra sempre. Pra mim tanto faz.

fabio disse...

Fabio, dica: se não quiser ter seu coment deletado, para de incluir “Essa é a real” no final de cada coment. Se vc quiser incluir essa “assinatura” pra cada asneira que escreve, vc está no blog errado.
-
algum preconceito contra a REALIDADE professora, ela pode ter muitas perspectivas e pontos de vista, mas e sempre unica, mas tudo bem, se não me quer mais aqui, peça com todas a letras isso, kkk, eu espero isso algum tempo.

"decifra-me, ou te devoro"

lola aronovich disse...

Fábio, com todas as letras: EU NÃO TE QUERO AQUI. O "mais" do "Não te quero mais" foi por sua conta. Dispenso comentários de mascus e demais trolls e babacas em geral.

Caracala disse...

Lola!
Não estava sabendo dessa estória!
Não estava sabendo de porra nenhuma que estava acontecendo!
Agora é que sei que aconteceu!
pô, comentário errado na hora errada, nunca te aconteceu?
Como eu ia adivinhar, porra?

fabio disse...

antes de a senhora me expulsar, devo dizer que li todos as suas criticas de cinema, e adorei, concordei e discordei com muita coisa, mas foi legal ver a visão feminista pela otica dos filmes que tanto gosto, abriu meus horizontes para muita coisas "sexistas" em nossa sociedade, que nos vem em forma subliminares, e sim devem serem reeducadas, para uma sociedade igualitaria, parabens.
-
assim como a senhora sera sempre feminista, eu continuarei MASCULINISTA, e não, não me tornei masculinista por causa e um comentario, SEMPRE FUI, so incautos não perceberiam isso, mas acho que não precisamos nos desrespeiar, discordar sim, o mundo com uma unica visão seria triste e miupe, extremistas existem em todo canto, assim como eu acho que o feminismo tem razões claras refentes as questões femininas por igualdade, acho que o masculinismo serio, tambem tem espaço na reeducação sentimental e emocional do homem, !!
-
ADEUS PROFESSORA LOLA, NÃO PRECISA ME AMAR, MAS NÃO ME ODEIE POR TÃO POUCO kkkk

yulia2 disse...

o fabio vai.... mas volta com outro perfil hehe

lola aronovich disse...

Eu não te odeio, Fabio. Aliás, não odeio ninguém. Tem gente que não gosto, lógico, mas ódio é algo que não sinto. No seu caso, eu te ignoro. Vc é apenas um inocente útil do masculinismo. Alguém que acabou de descobrir o masc. (nos seus 1os comentários aqui vc dizia o msm que 99,9% dos mascus que comentam aqui, "Não sou masculinista!"), vc nunca tinha ouvido falar dos maiores blogs mascus americanos etc etc. Vc é ignorante e tem sérios problemas cognitivos, mas não é agressivo. Só por isso que vc continuava podendo comentar aqui. Certo, NINGUÉM te levava a sério. Mas eu dizia "não faça isso", e vc parava de fazer. Então... Interprete como quiser. Vc disse "Se não me quer (MAIS, ha ha) aqui, diga com todas as letras", e eu disse. Vc interpreta isso como expulsão. Então tá. Sua falta não será sentida. Mas torço para que vc tenha uma boa vida e um dia acorde e largue essa ideologia de ódio que é o masculinismo. Mas pra isso vc terá que amadurecer antes, crescer, evoluir. Boa sorte. Torço para que vc consiga.

yulia2 disse...

clonaram a lola....

fabio disse...

problemas cognitivos professora ? negativo, minha percepção e aguçada, e vem da minha sensibilidade aos meios em que vivo, não sou mais um garitinho, tenho trinta anos, homem feito honesto e honrado,que nunca se esqueceu o que disse seu pai, "palavra de homem não faz curva" , sou masculinista desde então, apenas o nome descobri mais tarde rsrs, e quanto a me ignorarem e não melevarem a serio, não ligo, minhas convcções são embasadas em minha familia, fé e liberdade de pensar, que são alto-suficientes
-
quis deixar meu ultimo comentario aqui com uma foto de minha amada companheira,uma mulher honrada, que se fez indempendente sem perder a feminilidade e a ternura, a cada dia ao lado dela, eu a amo e aprendo mais, não sobre feminismo, machismo, ou sei-la-o que ismo, mas sim sobre o maior dos "ismos", o HUMANISMO, desejo o mesmo para a senhora professora, TENHA UMA BOA VIDA!!

lola aronovich disse...

Que bom, Fabio. Muito bonita a sua namorada, e tem pinta de simpática também. Desejo especialmente boa sorte A ELA. Espero que ela saiba que está namorando alguém que se assume como membro de um movimento de ódio que prega a inferioridade das mulheres (e negros, e gays). Um movimento que, se vc escrever em blogs e fóruns mascus exatamente as mesmas palavras sobre sua namorada que escreveu aqui, vai te chamar de mangina, matrixiano, fio terrista etc, e te lembrar que não existe mulher exceção, e ao mesmo tempo chamar a mulher que vc ama de vadia, p*ta, interesseira etc etc. Portanto, lembre-se que quem torce para que seu namoro dê errado (porque eles vão dizer que ela vai estragar sua vida, que ela vai te trair, que vai ficar com seu dinheiro, que vai dar golpe da barriga etc) não sou eu, uma feminista, mas eles. Quem é que odeia os homens mesmo? Boa sorte.

lola aronovich disse...

E última coisa que esqueci de te dizer, Fabio: Parabéns por ser o único mascu com foto e nome (mesmo que não tenha o sobrenome) em toda a internet brasileira. Quer dizer, o único mascu com nome e foto que não esteja preso.

sonetosdobraga disse...

olha, um blog pertence ao seu autor. se estamos num blog feminista não faz o menor sentido permitir umas dezenas de comentários de assumidos adversários do feminismo a cada post. eu sairia banindo.

Caroline disse...

Isso aí... minha fé e minha liberdade também são ALTO suficientes... hahahaha

Sphynx disse...

"8) Chamar a outra pessoa de gay. […] A parte mais triste é que algumas pessoas ainda usam gay como insulto."


Bem colocado o "ainda". Costumo dizer que comigo não funciona porque venho do futuro, onde isso não é mais xingamento, hehe.

Apesar de vez ou outra eu até ter alguma vontade de usar esse "insulto" por ver quão efetivo ele é justamente contra as pessoas que o usam. Mas não.

Branca disse...

Como fã de comics, eu nunca gostei muito de Marvel e DC exatamente porque havia poucos personagens femininos e os que existiam eram puro fanservice. Gosto da Ravena, de Teen Titans, porque ela era muito forçudinha e independente e ainda por cima usava um collant ou vestido de corpo inteiro, e uma capa com capucha. Além do mais, seus poderes quase nunca eram físicos: normalmente ela ficava flutuando na retaguarda e tacando coisas nos inimigos com seus poderes das trevas. Apesar de ter umas pernas hiperdelineadas e peitões, ela não saía rebolando por aí e dando oportunidade pra desenhá-la em poses impossíveis. Ao contrário de Starfire, que sempre usou roupas mínimas e sempre foi o fetiche dos fãs da série - o que piorou muitíssimo com o remake que fizeram dela.

Li os dois artigos e realmente não sei se rio ou se choro. Admiro muito ao autor por ter valor de responder a essas babaquices de maneira nivelada e apontando exatamente as falhas. Porque sinceramente, homem que é homem não precisa pensar assim, já que sabe que mulheres são seres humanos (OHHHHHHHHHHHH) com sentimentos (OOOOOOHHHHHHHHHHHH) e que são símbolos sexuais automaticamente, sem nunca haver pedido por isso, e que isso não é legal.

Sara disse...

Lola vc disse ao masculinista assumido Fabio tudo o que grande parte de suas leitor@s gostariam imenso de dizer, escolheu as palavras mais certas, eu assinaria embaixo.
Com relação as ameaças Lola, deve ser muito trabalhoso mas acho q essa gente tem q ser denunciada, inclusive na policia.
É muito compreensível que vc esteja alarmada, qualquer um estaria, mas sabemos o quanto esses seres despreziveis são covardes, grande parte deles são cães que apenas rosnam mas não mordem.
Vc tem muita gente do seu lado, e seja la o que for que possamos fazer para ajudar na sua proteção é só nos participar.

Thais Machado disse...

Queria apenas divulga um exemplo que me assustou muito hoje por sinal:
MARCHA DAS DIVAS
"“Vamos nos reunir na Marcha das Divas. Mulheres inteligentes lutando por ideais e no salto alto. Com classe e dignidade! Vai ser também um protesto a essa modinha de importar modelo estrangeiro de manifestação como a Marcha das Vadias. As causas são válidas sim. Preocupantes também. Mas tem que ter credibilidade. Esta imagem que passamos aos países do exterior de que a mulher brasileira é sexual e vulgar tem que acabar. Acredito que as mulheres brasileiras gostariam de ser reconhecidas mais como Divas do que Vadias. Estou colocando a minha cara a tapa e convoco outras mulheres com o mesmo pensamento que o meu. Tenho fé que teremos uma boa repercussão, daremos uma volta no parque do Ibirapuera - lado de fora do parque”

A Marcha das Vadias “vulgarizaram a iniciativa” com mulheres desfilando seus corpos nus com frases fúteis pintadas sobre a pele. Foi uma afronta as mulheres inteligentes que lutam por seus direitos. Não julgo o mérito do que o evento buscou debater. Os temas são sérios. Aborto, abuso sexual, liberdade de expressão, corporal, igualdade, enfim, o que uma mulher pode conquistar quando expõe seu corpo em público de modo tão explícito e vergonhoso? Se auto intitulando VADIA? Qual é a credibilidade desta manifestação se não representa a percepção de uma grande maioria dos indivíduos do sexo feminino? O debate perde a validez quando o seus participantes exigem respeito para sua causa, mas agem de maneira totalmente desrespeitosa em público. É uma desinteligência sem tamanho”

“É uma modinha que a mídia acaba divulgando e as pessoas sem muita consciência acabam confundindo. Mulheres nuas gritando nas ruas para chamar atenção de temas tão sérios e complexos, podem virar notícia, mas, não retratam o desejo da maioria das pessoas que discutem de maneira mais séria sobre as questões levantadas. A Marcha das Vadias não tem a menor credibilidade para ser um fórum de discussão de assuntos tão sérios e que as mulheres precisam ser fortes e inteligentes para promover mudanças significativas e favoráveis as causas. Não acho correto ter o adjetivo de vadia implícito ou explicito nas mobilizações femininas. Que tal Marcha das Divas? Este sim seria um adjetivo mais reticente e que encorajaria mais adeptas orgulhosas ao movimento”

DÁ PARA ACREDITAR NUMA COISA DESSAS?

Ana disse...

@Carlos Diniz
"A crítica mesmo deveria ser a versão dela do "reboot" (quando apagaram toda a história da estelar,como o resto do universo do Superman,Batman,etc) que a personagem sofreu,e jogaram fora essas características e realçaram apenas as sexuais.

Parece a mesma personagem,tem o mesmo nome-mas é uma coisa oca."

Rapaz, que boa essa tua reflexão aí.

Realmente, deixei passar que o problema maior não é o tamanho da roupa em si, é o que esse tamanho significa, digamos assim. Numa cópia descarada do guest post que eu tinha feito, "Normalmente pouca roupa implica objetificação, mas na minha humilde opinião, ser sensual só torna Estelar ainda mais forte. Ela é livre dos nossos preconceitos" (me referindo à versão pré-reboot).

Obrigada por lembrar desse detalhe.

-----------------

Quanto à discussão sobre mascus, comentários e etc, que realmente está cansando... Só queria lembrar que se a Lola fosse o monstro anti-argumentação que alguns pregam, eu nem estaria mais aqui - porque vivo respondendo comentários masculinistas. Vivo dando corda pra esses caras, num outro post a conversa saiu tanto dos eixos que foi parar em propaganda de livro.

Ela podia ter dito, "pára de dar espaço pros caras que eu já disse que não quero aqui" ou "esse não é o assunto deste post", mas não foi isso que ela fez. Ela tolerou as conversas longas com masculinistas numa boa. Então não acho que ela seja essa pessoa tão avessa a quem discorda, né?

A Lola dá aos comentaristas liberdade pra argumentarmos com quem quisermos, quando quisermos, sobre o que quisermos. Sou prova viva disso então faço questão de dizer isso aqui, ou simplesmente não seria justo. Se as pessoas podem acusá-la de ser intolerante, acho que posso oferecer meu ponto de vista e dizer que acho o contrário.

Com exceção de comentários repetitivos ou agressivos, creio que boa parte do discurso dos caras com quem discuti ficou. Ela dá espaço pra opiniões contrárias sim, fato. Ou eu já tinha sido chutada daqui faz tempo por dar espaço pra contestação, sei lá.

Vai ter gente cuspindo marimbondo pra mim, pq teve milhares dos seus comments deletados. E eu sei que a Lola deleta mesmo. Mas ela pode e tem razão de fazer isso. Com essas exceções, o espaço sempre foi aberto pra quem discorda dos argumentos dela. Basta ler uma caixa de comentários e perceber que a opinião das pessoas não é homogênea, todo mundo pensando a mesma coisa. Sempre tem discussão.

Acho que esse debate cansa mais porque, quando se inflama, qualquer que seja a pauta, acaba sendo esquecida e mudada pra masculinismo. Aí parece que é só disso que se fala, mas acho que isso é um efeito natural... de embate de idéias...

Louise Nouvain disse...

"quis deixar meu ultimo comentario aqui com uma foto de minha amada companheira,uma mulher honrada, que se fez indempendente sem perder a feminilidade e a ternura, a cada dia ao lado dela, eu a amo e aprendo mais, não sobre feminismo, machismo, ou sei-la-o que ismo, mas sim sobre o maior dos "ismos", o HUMANISMO, desejo o mesmo para a senhora professora, TENHA UMA BOA VIDA!!"

Além de tudo é um mascu contraditório,escreve tão errado que chega a doer na minha alma.
Tudo ele faz questão de falar "real","mulher/homem honrado" termos muito maniqueístas e simplórios,mas já que ele vive numa bolha onde homens brancos/heterossexuais e cristãos precisam de mais direitos vou ignorar fortemente pra não baixar o nível.

Esse pedaço aqui só comprova o que eu já sabia:
"que se fez indempendente sem perder a feminilidade e a ternura"

Ou seja mulher boa pra ele é aquela passiva,fofinha,bonita e etc.
aiai pena1

Ana disse...

@Thais
Esse aí é um exemplo clássico de quem falha em se desapegar do significado de 'vadia'.

Me parece que a moça entende os objetivos da marcha e os apóia, mas discorda da maneira com que são expostos pq pra ela 'vadia' é uma coisa ruim e vai ser sempre ruim. Aí claro, por que raios colocaríamos um rótulo desses nas mulheres brasileiras? Desse ponto de vista, é uma coisa ilógica mesmo. Como muita gente, ela olha pra marcha e só vê 'mulheres sem roupa querendo ser chamadas de vadia'. E fica nisso.

Faltou uma leitura ou uma reflexão mais a fundo, eu acho. Tenho visto muito disso por aí. As pessoas não entendem que a proposta é acabar com o conceito de 'vadia' - pq no fim das contas o que faz uma 'vadia' é puramente o julgamento alheio, e aí né, a vadia da vez pode ser qualquer uma. Eu, você, uma amiga...

Enfim, meu diagnóstico é: interpretação pobre. Pura e simplesmente.

E não sei se é o caso dela, mas acho muito fácil discordar de um movimento sem ler uma linha sobre assunto. Isso me irrita um pouco, sabe. Algumas pessoas podiam tirar 10 minutos pra ler sobre a marcha antes de sair metralhando o negócio nos facebook da vida. Se informar não dói...

Agora, daí a propor uma marcha das divas... É sério isso?

Sil Teixeira disse...

Faço minhas as palavras da Ana em relação a discussão. Estou tão em choque quanto a Thais Machado. Marcha das Divas? Percorrer uma distância enorme de salto alto para dizer que sou "inteligente e com estilo"? Tô fora.

Adorei o post! Vou fuçar o site mais tarde e me divertir. :)

Anônimo disse...

para os que falaram em quadrinhos e personagens...

vcs não acham que, no sandman, personagens femininas mexem mais com a coisa toda? eu reparei isso há uns anos já. ok, o sandman é homem, mas tudo tem a ver com um amor dele por uma mulher e as irmãs dele meio que são mais "vivas" do que os homens da família. não é quadrinho autointitulado feminista nem nada, mas acho isso interessante.

Louise Nouvain disse...

Sim anônimo! Eu sou uma amante inveterada dos trabalhos do Neil Gaiman e Sandman está em primeiríssimo lugar!Na verdade eu gosto de todos os pérpetuos incluindo o senhor dos sonhos Morpheus <3 e a irmã dele a morte.
As irmãs dele são excelentes protagonitas,tanto no visual quanto no psicólogico e nas próprias ações delas como pérpetuas,mas os pérpetuos homens são ótimos também.
Eu adoro quando a morte ralha com o sonho,tenho até um pedaço desse trecho de sandman que ele fala que ela fez isso xD

http://s3.amazonaws.com/data.tumblr.com/tumblr_kyg25n35oj1qzmdvno1_1280.jpg?AWSAccessKeyId=AKIAI6WLSGT7Y3ET7ADQ&Expires=1339345759&Signature=9W7T4m8sQ4xwd0BMJU3i3vwh5ss%3D

Anônimo disse...

=) pois é, louise, eu tbem acho o sonho super foda, mas as mulheres que fazem todo o movimento, penso eu. fora que o sonho vive com autopiedade e a morte que chuta a bunda dele, né?

Anônimo disse...

louise, não sei se vc gosta, mas a mulher maravilha tem aparecido cada vez mais musculosona. acho tão massa (rá, puxando sardinha pra mim) por mais que homens não curtam mulheres fortes. http://25.media.tumblr.com/tumblr_lzvv41deEJ1qaz03oo1_1280.jpg

não acompanho e não sei de onde tiraram ela mais forte.

algo meio xena. e a xena era meio queridinha das lésbicas.

eu tendo a acreditar que isso significa alguma coisa, mas ainda não saquei qualé a da coisa toda pq não fui atrás. mas gosto de ver mulheres menos "mulherzinhas".

Louise Nouvain disse...

Sim! O morpheus é todo forever alone,meio perdido na "vida" haha mas eu gosto das ações dele dentro de Sandman,ele sempre tem uma certa sabedoria ao falar sobre medo,vingança,raiva mesmo que ele pondere tudo isso acima de uma ótima humana maniqueísta.O penúltimo encadernado que saiu de Sandman foi "Os caçadores de sonhos" ficou tão lindo a nova encadernação que eu quase babei na hora de comprar xD as ilustrações foram feitas por uma mulher,aliás Sandman teve vários ilustradores ao longo da sua história.O último encadernado foi sobre o Destino,o mais "misterioso" dos pérpetuos fala sobre o nascimento da peste bubônica e tem umas metáforas tão fodas que você tem que reler pra entender todo o contexto.
Eu gosto muito da Delírio,ela é tão foda e fofa ao mesmo tempo sempre que eu olho pra ela (com aquele cabelo hiper colorido os olhos "salpicados" de estrelas e heterocromia *o* eu lembro daquela música dos Beatles Lucy in the Sky with Diamonds toda vez que vejo ela).

Poxa conversa logado que é melhor ): ou coloca um nome pra mim saber se você é homem ou mulher.

Lyzze disse...

Anônimo que respondeu meu comentário, fui irônica ao mostrar que pessoas acham que o fato deles gostarem de mulheres heterossexuais, brancas, magras, perfeitas e de sobrancelha e pêlo do suvaco aparado é justamente o padrão que mais aparece na mídia, e que essas pessoas não parecem perceber que é imposto a eles, eles aceitam, e mesmo assim acham que é algo que vem de dentro deles. :)
Se você não entendeu a ironia, é porque, infelizmente, não está vendo o elo entre o padrão e a preferência.

Louise Nouvain disse...

A Xena era/é uma delícia xD até eu tinha um "lady boner" por ela,sei lá eu não tenho vergonha de achar mulher bonita,inteligente e admitir isso abertamente porque muitas vezes eu falo essas coisas sem pudores e já me perguntam "Você é bissexual" um pé no cu isso --
A mulher maravilha é perfeita de qualquer jeito,se ao menos ela quisesse meu corpo nu rs /sonha
Eu gosto de mulheres fortes,pode ou não ser na aparência,mas mulheres muito musculosas ou cara muito musculosos acho um pouco artifical (algo no estilo Schwarzenegger no começo da carreira) tanto pra homem quanto pra mulher acho feio.

Anônimo disse...

louise, sou mulher. mas não tenho perfil em nada disso aqui embaixo. evito pq já fui perseguida por um juiz federal que me achou online, descobriu meu telefone de casa com uma pessoa e, enfim, minha vida virou um inferno na época. agora sou eternamente anônima.

hehe, eu tenho as coisas do sandman em português, inglês, encadernadas... AMO. acho que o outro quadrinho que amei desse jeito foi o moonshadow. fora isso... um ou outro solto. comprei (e baixei) tbem coraline, essas outras coisas paralelas.

delírio é massa. de deleite a delírio. eu tinha um poster dela de cabeça pra baixo ao lado da minha cama antes de eu "crescer e virar adulta". hehe.

Anônimo disse...

louise, não tenho problemas pq eu sou bissexual assumida. HAHHAHAHAH.

e treino pra hipertrofia há uns anos. xena, aí vamos nós. se bem que já sou mais forte que muito cara. não é artificial, não... =D hahahaha.

Louise Nouvain disse...

Stalker louco foi isso mesmo que eu entendi? LOL
Sem problemas,mas se você quiser um nome falso ou pseudônimo também dá de boa porque colocando só o nome nem dá pra saber quem você é.

Anônimo disse...

louise, stalker louco famosinho no brasil com contatos em órgãos públicos... conhecia gente que me conhecia na vida real e assim foi.

é, tô ligada, mas, sei lá, fico quietinha aqui e pronto.

fui até seu blog. =)

engraçado que a gente nunca imagina quem tá do outro lado. tem gente muito diferente, mas gente tbem com gosto muito legal. massa.

Louise Nouvain disse...

Meu blog é um deserto tadinho,posto tão randomicamente que nem dá pra chamar de blog n_n
Eu sou otaku então acho que já dá pra ter uma noção geral olhando pro meu "blog" haha
Eu gostaria de fazer umas postagens elaboradas e tralálálá mas sou um ser muito preguiçoso pra isso,adoro vir logada nos blogs que eu sigo/gosto e comentar mas sou um desastre pra planejar um todo arrumadinho pra mim...um dia quem sabe 8D

Sonado disse...

Aos que escreveram sobre o Neil Gaiman. Ele é realmente um cara incrível
, com uma mente extremamente aberta. As obras dele refletem isso.

Anônimo disse...

louise - hahahaa, entendo.

pois é, deu pra entender mais ou menos o que te interessa. eu sou um zero à esquerda nessas coisas, mas ano passado fiquei com um cara de 45 HAHHAHAHA que gostava de anime, mangá (se bem que tenho o lobo solitário aqui. é mangá? - perguntou a ignorante).

hahaha, beijo grande, lindona. vou indo.

Louise Nouvain disse...

Oioioi bem vindo ao fã-clube do Mr. Gaiman 8D brinks haha <3
Adoro essas conversas *O*,como a maioria dos posts da Lola é reflexivo *eu acho isso muito legal* e tem gente de todos os tipos aqui,acho tão legal quando surge um assunto "random" e as pessoas começam a falar sobre coisas que eu gosto /emoção

Sonado disse...

Verdade Louise Nouvain.

Alias, sabe o que eu recordei do Gaiman? Stardust. O Capitão travestido é uma clara quebra de esteriótipos...a obra como um todo faz varias quebras de esteriótipos na verdade. Adoro isso nele xD

Louise Nouvain disse...

Ai isso é tão foda ): um cara de 45 anos que gosta de cultura japonesa *o* Lobo Solitário é sim,um excelente mangá aliás,fica ao ladinho de Berseker,Blade - A lâmina do imortal e Vagabond <3
Beijos querida e volte mais vezes *_*

Louise Nouvain disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz disse...

Eu acho engraçado algumas coisas. Um dessas coisas é algumas pessoas acharem que ninguém tem o direito de critica-las. Uma dessas coisas é o feminismo achar que homens não tem o direito de critica-los. Claro que tem. Em m eu ponto de vista, não deve existir nenhuma categoria acima de qualquer crítica. Nem as religiões. Eu por exemplo não consigo entender as razões da oposição da maior parte das feministas a legalização da prostituição e a ferrenha oposição a pornografia. Não li muitos livros auto intitulados feministas na vida, mas entre os que li, quase todos falavam bastante dos homens e traziam ponto de vista nada lisonjemos para o ser da espécie masculina. Então meus caros e minhas caras, ponto de vista cada um tem o seu e a democracia permite a livre manifestação. Se fossemos seguir essa lógica, ateus quando falassem de religião estaria ateuexplicando a religião? Mulher quando fala de homem estaria mulherexplicando o homem? Eu sou adepto da da tese da minha avó que sempre me dizia, Fale o que você quiser mas se prepare para ouvir o que você não quer.

Outra coisa. Quase sempre as posições das pessoas são vinculadas as suas ideologias. Neste aspecto não existe ideologia superior as outras. Ou seja, alguém que se auto intitula de esquerda não é moralmente superior a alguém de direita. Um conservador não é moralmente pior que um dito progressista. Um dos livros mais interessante e mais sofisticados intelectualmente que li se chama "Em que creem os que não creem?" e é um conjunto de diálogos entre um escritor ateu, o Umberto Eco, e um Arcebispo Católico, Carlo Maria Martini. Dá para se imaginar que eles discordam de quase tudo mas nem por isso o livro fica menos interessante. mas nenhum deles está certo e nenhum está errado.

Ana disse...

ai pessoas, eu não leio Sandman :/ mas já fiquei interessada \o/

@Louise
"eu não tenho vergonha de achar mulher bonita"

Puxa, finalmente alguém que pensa assim também XD
Eu costumava achar que mulher tinha mais liberdade do que homem pra fazer esse tipo de comentário, mas nas poucas vezes que elogiei mulheres as pessoas me olharam torto. Eu não entendo, que tem demais dizer que fulana é bonita? Ou que eu admiro ciclana? O povo por aí tem cada frescura...

@anônima
"mas gosto de ver mulheres menos "mulherzinhas"."

Complementando meu comentário de cima, eu já percebi que tenho uma tendência a achar bonitas mulheres menos "mulherzinhas" tbm.
Na verdade, é só que várias meninas que já achei bonitas eram recriminadas pela aparência - não usavam chapinha, salto ou maquiagem, não eram delicadinhas e meigas. Várias delas receberam rótulo de lésbica (pq de onde eu venho isso é insulto. Preconceito horrendo!).

E eu me surpreendia quando isso acontecia pq, não importava o quanto as pessoas tachassem aquelas garotas de feias e masculinas, eu continuava olhando pra elas e pensando 'puxa, fulana é tão bonita'.

Acho que foi por aí que eu percebi o quanto a personalidade vale mais que aparência. Elas podiam não ser vaidosas, mas eram seguras e bem humoradas... Eram fascinantes. E eu as admirava pelo o que elas eram, não pelo brilho do cabelo ou pela cor do esmalte. Era uma beleza toda delas, que não podia ser comprada em potinhos na farmácia.

Não sei explicar muito melhor que isso. Sei que a)achar que uma mulher não pode apreciar a beleza da outra é besteira e b)'mulherzinha' nem sempre é sinônimo de 'bela'.

E vou deixar claro que não sou contra esmalte/salto/maquiagem e etc, nem acho que mulher que usa possui só beleza artificial. Eu mesma uso essas coisas :) Só estava falando da minha experiência pessoal com relação a critérios de beleza feminina.

Alguém mencionou a Mulher Maravilha... Puxa, só eu gostei quando o uniforme dela mudou? =/ E juro que não tem haver com 'ter mais pano', é que eu acho jaqueta tão bonito XD A roupa tinha seus méritos, vai...

Louise Nouvain disse...

Claro que o feminismo é passivo de críticas Luiz,eu me considero feminista e sou bem auto crítica até dentro da minha própria visão,agora quanto a isso aqui:
"Eu por exemplo não consigo entender as razões da oposição da maior parte das feministas a legalização da prostituição e a ferrenha oposição a pornografia."

Pare e pense por um segundo,quem é o maior beneficiado se a prostituição for legalizada e dentro da pornografia mais "Mainstream" onde muitas mulheres são sujeitas a tratamentos inumanos?
Os homens acho que a resposta é bem óbvia.
Eu como feminista odeio gente machista,racista e homofóbica,pra você ter idéia estou a todo instante "vigiando" meus pensamentos em relação ao outro e desde que conheci o blog da Lola eu melhorei em tantos aspectos que nem consigo inumerar aqui.
Eu amo homens *no sentido de seres humanos* mas não suporto homem imbecil,violento e que se acha superior as mulheres SÓ por ser homem.
Tive um namorado que uma vez em uma discussão começou a gritar comigo tão alto dentro do carro,bater em tudo que tava em volta dele e eu desesperada alí sem ter o que fazer.
Homens abusivos precisam de tratamento e não de mimos,assim como mulheres abusivas.

Vai lá no novo post! Aqui a conversa meio que amornou ):
Não sou agressiva de graça viu Luiz? Eu tenho muitos amigos homens,que mesmo com idéias "machistas" eu os considero e os amo de coração.
Meu melhor amigo é um homossexual,não suporto essa lixeira que dizem que "não existe amizade entre homem e mulher".Existe SIM,se houver uma relação carnal isso é uma consequência mas eu particularmente nunca me envolvi com nenhum amigo meu nesse aspecto.

Anônimo disse...

pode ter certeza q tem mulheres q pensam como vc tb, e não vão te considerar um ET.

Tem sim, pena que eu não sei onde essas moças se escondem!!!

Alias tenho comigo que esse será o futuro das relações, esse sistema atual esta falido, mas infelizmente muita gente ainda não vê isso, e se sente ultrajada quando se fala a esse respeito.

Fui criado em um lar onde a exclusividade sexual não deu certo, tanto do lado do meu pai quanto da minha mãe. Aí cada qual fazia suas coisas escondido e depois era só fingir que estava tudo bem.

Não concordo com essas coisas, acho melhor ser honesto. Pena que nem todo mundo está pronto pra tentar uma coisa "nova" e que funciona hahahahaha!

Louise Nouvain disse...

Ana sua lynda brigada xD
Eu por exemplo ia fácil na Scarlet Johansson haha e eu adoro mulher bonita,foda,forte,inteligente de todas as cores,formas e tamanhos!
Leia sim Sandman Ana *.* tenho certeza que vai adorar!

Queria fazer um adendo aqui:
Eu sou meio "machinha" pras coisas,entende? Eu gosto de arrotar,falar alto,gesticular,sento igual homem e falo palavrão HAHAHA
Eu quando era mais nova era toda "lady" aiai me sinto até imbecil lembrando disso agora.Depois eu toquei um foda-se e sou muito mais feliz assim xD
P.s: Eu gosto de maquiagem,mas sou bem basiquenha não sei fazer nada de esfumaçar sei lá o que,iluminação e tralálá ): mas acho legal essa arte da maquiagem,às vezes vejo umas "gurus" no youtube que mandam muito bem.

Ana disse...

@Louise
"Eu sou otaku"

AAAAAAAAHHHH AMIGA VAMOS SER BFF's!!!

Kkkkkk....
Não me declaro otaku porque acho que tem que ter certo cacife pra ser, mas leio mangá SEMPRE. Sou fã de carteirinha de FullMetal Alchemist \O/

Não vou muito a eventos do universo porque cinema é a única coisa no mundo com poder de me arrancar de dentro do meu apartamento, mas Edward Elric fica 'ali ali' com Peter Parker na minha lista de personagens preferidos (que aliás é gigante XD)

E né, eu paro ali no Shoujo (que não curto muuuito, mas tem traços divinos como o da Matsuri Hino) e no Shonen (de FMA a BLEACH, Kekkaishi, Shaman King, Soul Eater, o que vier pela frente). De vez em quando leio umas outras coisinhas como o 'My Girl' (Sahara Mizu) e 'Hoshi no Furu Machi' (Hara Hidenori). Não me saio tão bem quanto outros fãs com os rótulos então não vou muito além disso XD

Sei que curto mangá tanto quanto comics, fato.

Anônimo disse...

louise e ana - passei rapidinho aqui de volta antes de sair.

então, minha vaidade passa mais por coisas tipo lingerie, cremes, cheirinhos... sou bem menina, mas mais machinha qdo a ocasião permite. minha casa é toda preta, mas... tenho snoopy, wall-e e o mr burns ao lado da cama. quem me olha me vê como nerd, acho eu. mas amo salto... não gosto de maquiagem... não aliso cabelo, uso óculos qdo quero mesmo pra sair à noite... tenho um início de carreira acadêmica e sou da turma da maromba. ou seja, toda esquizofrênica. eu gosto de ser eu. teve época de eu ter 11 pares de doc martens, mas sempre amei salto. vai entender...

eu sempre achei mulheres e homens bonitos e elogio mesmo. é que eu acho que nasci bissexual. tenho deseoj pelos dois desde sempre. então, pra mim, elogiar mulheres sempre foi natural. e eu tbem sempre gostei de mulheres fora do padrão capa de revista: ou gordinhas, ou fortes, ou de cabelos curtos e numa vibe meio alternativa... sei lá. pessoas interessantes me interessam. muito mulherzinha, tô fora.

nossa, louise, chorei horrores lendo lobo solitário.

beijo, lindas, vou agora sair de casa.

Anônimo disse...

nossa, caracala, pra quem gostava tanto de ficar aqui comentando, vc tá dizendo que tudo aqui é uma m*? porram, então vc gostava essa m*?

Louise Nouvain disse...

OMFG que linda ): /casa comigo?
não aceito NÃO como resposta kkk
Eu adoro FullMetal Alchemist a Hiromu Arakawa é tão foderosa,escreveu e desenhou um dos melhores shounens que eu já vi/li na minha vida (ela pesquisou pra caramba todo o conceito de Alquimia pra essa série) A Matsuri Hino tem um traço lindão /Vampire Knight,oi
mas o melhor mangá dela é VK porque MeruPuri é bobinho,apesar de ser legal kk /besta
CARAI você gosta de Shaman King /morre
Posso te fazer uma indicação de uns shoujos maravilhosos?
Kaichou Wa Maid-sama! da Hiro Fujiwara,Sunadokei da Hinako Ashihara e Ouran High School Host Club da Bisco Hatori (esses são os mais "mainstream" mas são excelentes xD).
Nossa se eu continuar falando aqui vou ficar até amanhecer HAHAHA ferrou Ana agora cê ta na minha mira <3

Qualquer dia tiro foto da minha coleção de mangás e coloco no meu pseudo blog pra você ver *-*

Anônimo disse...

"Que tal Marcha das Divas? Este sim seria um adjetivo mais reticente e que encorajaria mais adeptas orgulhosas ao movimento”

DÁ PARA ACREDITAR NUMA COISA DESSAS?"

Dá. Por mais que eu saiba pq a Marcha das Vadias tem esse nome, vejo a coisa mais ou menos como aquelas feministas ucranianas top models de peito de fora. Me pergunto: pra quê tirar a roupa? Isso não é atentado ao pudor também, assim com o idiota da Marcha de Brasília colocou o pênis pra fora? Por que no caso da marcha é protesto, e no dele um crime se de certo modo ele estava "protestando" também?

O modelo da marcha das vadias me parece um grande equívoco, porque as pessoas se apegam justamente nos detalhes ruins.

Eu levei meus pais para a marcha de São Paulo. Eles estavam super animados, mas quando começaram a ver as moças de seios de fora foram murchando e murchando... constrangimento total. Meu pai disse que não era bem isso que ele esperava, e pra dizer a verdade nem eu também. Acho errado usar o corpo, esse que a gente quer que ninguém encoste nossa permissão, como isca sexual no fim das contas. Vão dizer que não, mas pra que o exibicionismo? Já não tinham cartazes, palavras de ordem, a marcha em si, vai ficar aí sacudindo os peitos por que razão se não é pra aparecer e dar razão pra tudo o que mascuzão fala a nosso respeito?

Quem sabe a marcha das divas não seja tão equivocada assim.

Anônimo disse...

Seria legal se o povo do anime se reunissse em outro lugar e deixasse os comentários para as questões sérias né galerinha? MSN tá aí pra isso gente.

Ana disse...

@Louise
"Eu quando era mais nova era toda "lady" aiai me sinto até imbecil lembrando disso agora.Depois eu toquei um foda-se e sou muito mais feliz assim xD" [2]

Eu tive uma fase muito obcecada com vaidade pq isso era cobrado de mim como o MÍNIMO que uma mulher TEM QUE fazer pra ser mulher (ahahaha eu sei, lógica FAIL).

E é, depois que a gente desencana vive mais feliz XD

Vaidade é muito bom quando a gente tá afim. Tem mulher que se maquia todos os dias de manhã, simplesmente porque gosta. Eu acho isso fantástico. Só que tem gente que acredita que eu, por não ter a mesma 'disciplina', sou menos mulher. E aí o tempo fecha, né.

Essas coisas são engraçadas. Eu usava muito rosa qnd era mais nova. Aí virei adolescente, me apaixonei por preto. Bom, é só uma cor, certo? Erraaaaado. Não sabes a briga que foi aqui em casa XD
Eu destruí o sonho da minha mãe de ter uma filhinha vestida com lacinhos rosa. Ela sempre teve um problema sério com o que eu vestia, isso sempre importou muito pra ela. Bom, ainda importa, tanto que eu acho coturno lindo e não uso (aliás, até hoje não tenho nem meu sonhado all star preto de cano longuíssimo, pq lembra coturno e minha mãe odeia).

Já vi mãe em guest post aqui que deixava a filha de 5 anos usar roupa de menino se quisesse. Bom, eu tenho 18 e não tenho essa liberdade até hoje XD Embora minha mãe tenha desenvolvido uma tolerância maior pelo preto que eu não abandono de jeito nenhum.

E PUXA QUE BOM FALAR NA SCARLET. Adoreeeei ela nos vingadores! PQP, a Viúva Negra era fantástica. Certo que os posts eram descaradamente sexistas (viste? todos os caras de frente, só a Scarlet mostrando o bumbum? era ridículo), mas no filme ela chutou traseiros até não querer mais. Ouvi boatos por aí que a Scarlet pegou no pé dos caras pra que a Viúva não fosse só decoração \O/

Aquela cena em que ela dá aquele salto, com apoio do Capitão América... Bah. E primeira aparição então, em que ela diz no telefone que o carinha tá 'entregando tudo' (kkk foi mto engraçado) e depois surra todo mundo estando presa a uma cadeira... Sem comentários.

E AH É, na propaganda dos salgadinhos dos vingadores só tem meninO. Eu fiquei na dúvida, mas acho que é pq tecnicamente uma assassina espiã não é um bom modelo pra meninas, né? Quer dizer, não é beeem uma heroína e talz. O Gavião Arqueiro tbm não aparece nas propagandas pra criança, acho que pelo mesmo motivo. Sei que senti falta de uma figura feminina =/

Anônimo disse...

é a mesma coisa que dizer que o feminismo é bom pros homens...

Quando os machistas entenderem que tudo aquilo que eles criticam no mundo advém justamente do machismo, e não das mulheres, nesse dia todos eles vão se assumir feministas e o movimento vai até precisar mudar de nome.

Anônimo disse...

"Seria legal se o povo do anime se reunissse em outro lugar e deixasse os comentários para as questões sérias né galerinha? MSN tá aí pra isso gente."

é vdd

Louise Nouvain disse...

Anônima linda e alternativa <3 haha
Eu falo tudo o que tenho vontade,mas de preferência coisas boas (apesar de adorar falar uma besteirinha kkk)
Eu falo MESMO quando gosto do visual/inteligência/atitude de uma pessoa seja homem ou mulher,eu nunca fiquei com meninas MÃS né como nada é imutável e se eu achar uma moça legal vamô que vamô haha xD
Quanto aos cheirinhos e talz,eu falei mais nas atitudes mas eu também gosto de um perfuminho /Laguna do Salvado Dalí estou olhando pra você kk'
passo um creme no corpo depois do banho e eu mesma hidrato e corto meu cabelo / só tingir que não,senão fodeu ao invés de ficar vermelho fica rosa kkk

Eu sou toda geekzinha e otakinha haha,meu quarto é cheio de pôsters de anime e mangá,têm até pelúcia dos jogos do Mário e tem o meu LINDO do Jack da franquia do Tim Burton " The Nightmare before Christmas"

Louise Nouvain disse...

Anônimo disse...

Seria legal se o povo do anime se reunissse em outro lugar e deixasse os comentários para as questões sérias né galerinha? MSN tá aí pra isso gente.

9 de junho de 2012 15:45

Não fique aí pessoa recalcado/recalcada se você acha tão inútil o que a gente ta falando porque não mostra a cara?Ou então entra com um assunto que aborde mulheres/questão de gênero já que você imbecil não sabe nem do que eu estou falando dentro do universo dos animes e mangás e que incluí e muito as mulheres.
Preguiça de gente imbecil.

Anônimo disse...

Lola, não sei se você chegará a ler isso, mas na minha opinião você poderia repensar o sistema de comentários do blog para não ter que ficar expulsando mascuzão que só volta pra te provocar.

Já pensou em migrar o blog para o Wordpress?

O Wordpress é uma plataforma de publicação super flexível, dá pra você importar tudo do Blogger (até os comentários) e fica muito mais fácil de gerenciar comentários indesejados. Você vê o IP de cada comentador e tem a opção de bloqueá-lo por completo, fora que você pode escolher várias formas de autenticação para comentar. Além disso, os comentários ficam organizados pro Threads, então se um assunto começa a desviar, as pessoas podem simplesmente pular o thread e continuar lendo o que realmente interessa.

Pensa com carinho nessa idéia, é muito mais fácil lidar com o Wordpress do que com o Blogger, falo isso por experiência própria.

Um beijo grande e parabéns pelo blog.

Ana disse...

*POSTERS eram sexistas. Argh

Puxa 15:45 que legal a sua iniciativa de ajudar a Lola a cuidar do blog dela. A conversa começou no sexismo nos quadrinhos e foi parar em mangá. Desculpa aí.

Mas aproveitando a deixa, poisé né, sabia que Hiromu Arakawa é uma mulher e escreveu um dos melhores shonen (mangá pra garotO) de todos os tempos? Com VÁRIAS personagens femininas fortes. Fez um história com igualdade de gênero com uma maestria sem igual. Da Winry Rockbell à Izumi, passando pela Riza Hawkeye que é uma verdadeira lenda, Arakawa fez uma obra maravilhosa que vale muito a pena e será citada por aí eternamente após seu término.

Inclusive em debates sobre como esse :)

Mas eu entendo a sua queixa. Vou passar lá no blog da Louise (OI AMOR TÔ CHEGANDO! \o/)

Louise Nouvain disse...

Não discuto com lixo anônimo :*

Ana tem msn,blog ou algo do tipo?
Adorei você e gostaria de conversar melhor em outro lugar apesar de que
HATEEEERS GONNA HATE incomodados que se mudem.

http://media.tumblr.com/tumblr_m39dyrDFWf1r4y0ck.gif

Anônimo disse...

http://escrevalolaescreva.wordpress.com/ is marked private by its owner. If you were invited to view this site, please log in below. Read more about privacy settings.

Por curiosidade vi se existia esse blog na versão do Wordpress e está como privativo, é seu Lola?

Ana disse...

@Louise
AI MEU DEUS GAROTA NÃO FALA EM TIM BURTON EU ASSISTO TUDO QUE ESSA CARA FAZ DESDE QUE EU ERA CRIANÇA, TO COMEÇANDO A ACHAR QUE NÓS SOMOS ALMAS GÊMEAS E NOSSO ENCONTRO TAVA ESCRITO NAS ESTRELAS

Tá, tá, MSN ta aí pra isso, já saquei, to saindo.....

Anônimo disse...

Para o(a) anônimo(a) que sugeriu o Wordpress, se puder me responder uma coisa: é só do Blogger que dá pra importar? Peço desculpas pelo desvio do assunto, mas eu tenho um blog antigo e acho os layouts do Wordpress mais bonitos fora que em celulares e tablets fica melhor e eu não queria perder nada sabe? Obrigado se puder me responder.

Anônimo disse...

"Quando os machistas entenderem que tudo aquilo que eles criticam no mundo advém justamente do machismo, e não das mulheres, nesse dia todos eles vão se assumir feministas e o movimento vai até precisar mudar de nome."

concordo, o "feminismo" vai ficar pequeno para abraçar tanta gente na mesma causa.

aliás fico me perguntando se já não existe uma causa assim e qual seria seu nome.

porque no fundo, o que se quer é isso mesmo, que as pessoas enxergem o machismo não como uma coisa que afeta apenas mulheres, nós sabemos que isso não é verdade, homens sofrem por culpa do machismo o tempo inteiro e transferem esse ódio existencial para as mulheres, justo elas que não tem nada a ver com pato.

yulia2 disse...

Ve se que o Fábio já desrespeitou o primeiro mandamento do MESTRE Nessahan Alita.
arrumou uma mulher BONITA para namorar....

ISSO PODE ARNALDO???
QUER DIZER... NESSAHAN?

hehe

lola aronovich disse...

Obrigada pela sugestão de migrar pro Wordpress, Anônimo. Tenho pensado nisso faz tempo (inclusive pedi pra Niemi fazer isso quando ela tinha acabado de começar o blog dela no Blogger). Mas fico receosa. Será que consigo mesmo levar todos os posts/imagens/comentários/tags etc etc etc pra lá? Sei que o Blogger é TENEBROSO no que se refere ao controle dos comentários -- nem impedir comentários repetidos ele impede! Já cansei de mandar email pro Blogger pedindo pra melhorar o serviço de spam, bloqueando usuários que o autor do blog indicar, proibindo comentários repetidos e flood... E nada. Eles nem respondem! Seria mesmo uma mão na roda poder contar com todas essas opções. Meu medo é a migração pra lá. Meu blog é enorme, tem 2,600 posts, mais de cem mil comentários, 3.8 milhões de visitas, mais de 6 mi de acessos... Não queria perder tudo isso.
Sobre o blog Escreva Lola Escreva que está no Wordpress, pois é, é meu sim. Quer dizer, foi uma leitora querida que recentemente ouviu que um grupinho abriria um blog "Escreva Lola Escreva" pra satirizar este aqui, então ela decidiu se antecipar e abriu um blog com esse nome, e me passou a senha.
Mas vamos ver... Me convença que eu posso migrar pro Wordpress sem perder nada, e aí eu vou. Aliás, como fica a questão das buscas no Google se eu migrar pro WP? Atualmente é só digitar "LOLA" no Google BR que meu blog aparece em 1o ou 2o, antes de Lola (cadela do PCSiqueira), de Lola M? no Jô, etc. Só perde às vezes pra revista Lola da Abril.

Anônimo disse...

Para o(a) anônimo(a) que sugeriu o Wordpress, se puder me responder uma coisa: é só do Blogger que dá pra importar? Peço desculpas pelo desvio do assunto, mas eu tenho um blog antigo e acho os layouts do Wordpress mais bonitos fora que em celulares e tablets fica melhor e eu não queria perder nada sabe? Obrigado se puder me responder.

Oi!

Não é só o blogger não, dá pra importar de vários sistemas, até do tumblr. E realmente, em sistemas móveis o Wordpress fica mais bonito por padrão, até porque vários templates gratuitos já contam com opções de visualização nesses sistemas. Faça um teste, crie uma conta, importe seu blog e veja como fica. Um abraço!

Anônimo disse...

Mas vamos ver... Me convença que eu posso migrar pro Wordpress sem perder nada, e aí eu vou. Aliás, como fica a questão das buscas no Google se eu migrar pro WP? Atualmente é só digitar "LOLA" no Google BR que meu blog aparece em 1o ou 2o, antes de Lola (cadela do PCSiqueira), de Lola M? no Jô, etc. Só perde às vezes pra revista Lola da Abril.

Oi Lola!

Sobre não perder nada, eu tive duas experiências nesse sentido. Uma delas foi migrando um blog gigante para plataforma própria, exemplo: "Meublog.com.br", com o Wordpress hospedado no servidor, e outra migrando um blog grande também para hospedagem no Wordpress, exemplo: "Meublog.wordpress.com".

No caso da plataforma própria, houve perda dos comentários mas eu desconfio que isso tenha mais a ver com a hospedagem em si do que com o Wordpress. O servidor não aguentou o tranco e ficou tudo bagunçado um bom tempo. Das postagens, nada se perdeu.

No blog transferido diretamente para o Wordpress (meublog.wordpress.com) foi tranquilo e não houve perda, porém foi necessário refazer o caminho de algumas imagens porque o servidor original delas interpretou como "hotlink" (site externo que copia uma imagem, consumindo banda externa também, o que nem sempre é permitido).

Fazendo um teste de importação dá pra saber se isso vai acontecer ou não.

Sobre o Google, essa é realmente uma questão séria e sua pergunta é muito pertinente. Inicialmente o ranking não cai, mas tende a cair com o tempo se você excluir por completo o blog original, esse aqui. Eu não aconselho a fazer isso. Poderia, então, deixar esse blog aqui estático, sem aceitar novos comentários, e com um link no topo do tipo "migramos para o endereço taltaltal.wordpress.com", aí nada se perde no Google. É uma forma de contornar a coisa. Se deletar o blog no Blogger, aí sim vai cair com o tempo, embora você tenha muitos acessos e isso se recuperaria em alguns meses.

Um grande beijo e espero ter ajudado em algo.

Sonado disse...

Louise Nouvain, faça como eu, quando anonimo posta, ignore. Só dou importância para quem posta conteúdo útil ou quem dá a cara a tapa. Claro que anônimos com postagens coerentes ou interessantes são relevantes (há quem se mantenha anonimo por segurança) mas os demais são trolls e não carecem de atenção.

Sobre anime. Quem não quer debater favor não criticar, pois não sou dado a bater boca com gralhas (mesmo as belas azuis aqui da serra).

"concordo, o "feminismo" vai ficar pequeno para abraçar tanta gente na mesma causa.

aliás fico me perguntando se já não existe uma causa assim e qual seria seu nome.

porque no fundo, o que se quer é isso mesmo, que as pessoas enxergem o machismo não como uma coisa que afeta apenas mulheres, nós sabemos que isso não é verdade, homens sofrem por culpa do machismo o tempo inteiro e transferem esse ódio existencial para as mulheres, justo elas que não tem nada a ver com pato."

Não há como uma causa abranger a todos. No feminismo há vertentes, grupos que acham que se deve agir assim ou assado. Na anarquia também é assim, e olha que se tem a tendencia a não concordar com preceitos engessados (mas tem gente que não concorda com o fator teológico ou ateológico na anarquia ou com outros detalhes). Mas se a causa é nobre, vale a pena por diferenças de lado para se lutar por ela.
Admito que na minha adolescência também já transpus sobre mulheres os problemas do machismo que o homem sofre. Mas todos já tivemos 14 anos e fizemos coisas infantis. O importante é reconhecer o erro, corrigir e seguir em frente tentando ser alguém melhor. Isso é o que define uma pessoa madura, saber reconhecer quando se esta errado, pois todos erramos.

Louise Nouvain disse...

Ana pode deixar seu msn/contato no meu blog eu anoto e apago,ok?
Só falei de msn porque os haters já estavam se ouriçando e também porque te adorei e queria conversar mais com você <3

Ana disse...

@Louise
Dei um pulinho lá :]
E olha só, me dei ao trabalho de arrumar minha conta google XD

@Sonado
"Mas todos já tivemos 14 anos e fizemos coisas infantis." [2]

Eu acreditava piamente em tudo o que machismo prega... até que me dei conta de que era machista. Pq né, as vezes a gente acha que o mundo é assim e ponto. Sempre dá pra abrir a cabeça :)

Anônimo disse...

Não é só o blogger não, dá pra importar de vários sistemas, até do tumblr. E realmente, em sistemas móveis o Wordpress fica mais bonito por padrão, até porque vários templates gratuitos já contam com opções de visualização nesses sistemas. Faça um teste, crie uma conta, importe seu blog e veja como fica. Um abraço!

--------------------------------

Poxa valeu mesmo, é essa parte das plataformas móveis que mais me chama a atenção porque hoje em dia meu blog fica totalmente podre em celulares e tablets, vou fazer um teste sim, agradeço muito pela sua paciência - e aproveito pra dizer que é ótimo ver gente prestativa e bem educada por aqui ;-)

Anônimo disse...

O importante é reconhecer o erro, corrigir e seguir em frente tentando ser alguém melhor. Isso é o que define uma pessoa madura, saber reconhecer quando se esta errado, pois todos erramos.

É nessa parte que muitas pessoas costumam pecar. Sabem que estão erradas, mas ficam batendo o pezinho e passando vergonha. Paciência, mas o tempo, a vida e a idade ensina uma coisinha ou outra pra todo mundo.

Anônimo disse...

Poxa valeu mesmo, é essa parte das plataformas móveis que mais me chama a atenção porque hoje em dia meu blog fica totalmente podre em celulares e tablets, vou fazer um teste sim, agradeço muito pela sua paciência - e aproveito pra dizer que é ótimo ver gente prestativa e bem educada por aqui ;-)

De nada! Agradeço as palavras carinhosas e espero ter ajudado.
Por padrão, blog do Wordpress fica bom em tablets e celulares, seja Android ou iOS, mas geralmente com uma visualização bem simplificada. Muitas vezes é até conveniente essa visualização simplificada porque ela valoriza mais o conteúdo do que a aparência. Tem como fazer um template especial mobile ou você pode comprar um se valer a pena, tem templates maravilhosos por trinta dólares, taxa única e pro resto da vida.

Anônimo disse...

"aliás fico me perguntando se já não existe uma causa assim e qual seria seu nome."

Eu ia dizer "humanismo", mas a Wikipedia me disse que não tem nada a ver com essa idéia, contudo imagino que já exista alguma coisa nesse sentido mais abrangente que englobe pessoas e não apenas um gênero ou outro.

Ana disse...

@15:44
"Acho errado usar o corpo, esse que a gente quer que ninguém encoste nossa permissão, como isca sexual no fim das contas. Vão dizer que não, mas pra que o exibicionismo?"

Oi pessoa. Olha só, eu entendo teu ponto. Juro.

Mas não acho que a mulherada saiu sem camisa por 'exibicionismo' ou pra usar o corpo de 'isca sexual'. Acho que aí já é querer colocar palavras na boca da outra, entende? Acho que é uma acusação que não dá pra provar.

Acredito eu que esse foi o jeito delas de protestar contra a objetificação do corpo.

Veja: Peitos nunca são só peitos. São armas sexuais apontadas contra a moral e os bons costumes e daí por ladeira abaixo. Homens andam sem camisa, ninguém vê nada demais. Mulheres andam sem camisa... Não vou entrar nesse mérito a fundo, existem várias opiniões sobre a visão que as pessoas tem dos corpos masculinos e femininos, mas que não uma coisa igualitária, isso não é.

Sei que é uma ousadia e tanto, e te digo que eu não sou a fã Nº1 dessa estratégia, mas creio que elas tinham sim uma intenção nobre que não se exibir. O negócio da isca sexual está nos olhos de quem vê - de quem vê o corpo da mulher como algo essencialmente sexual.

Pense, por exemplo, nas pessoas que tem problemas com amamentação em público justamente pq não conseguem ver um seio simplesmente como parte do corpo da mulher, como um pé ou uma mão, mas sim sempre como um estímulo sexual. É disso que elas estão falando, acho.

No blog oficial da marcha tem um post sobre o acontecido com o 'zíper frouxo', viste? Seria bom ler.
Um rapaz nos comentários deu um exemplo sobre podólogos e pés femininos... kkk, foi um bom exemplo.

Entendo teu ponto e sei que deve ser complicado com pais e tal, só acho que devias pensar duas vezes sobre o pq algumas mulheres não usaram roupas.

E quando tiver certeza de que tu entendes mesmo o que o carinha fez na marcha (vá ler o post no site oficial), AÍ falamos sobre ele. Pq me parece que não sabes bem o que aconteceu lá.

gigi disse...

eu qria comentar várias coisas mas nao sei fazer quote botinho :((((((( desculpae gente

sobre o site do cracked: MEU DEUS COMO EU VIVI SEM CONHECER ISSO hahahahahahahaha mto bom lolaaaaaaaaa adoreiiii

**********
Não tento mudar ninguém, quer sair, quer viajar, quer sair dando por aí, fique à vontade mas elas interpretam isso como frieza emocional e falta de amor, o bom é ter ciúmes, fazer escândalo e levantar o eguinho magoado delas, até parece.
**********

gato (é gatO né???) casa comiiiiiiiiiigoooooo!!!!!!!!! sou limpinha, como pouco e faço cafuné hahahahahahahaha eu tb nao ligo, nao tenho ciumes, quero ver gente livre e feliz do meu lado mas todo mundo quer colocar uma coleira em mim, comofas????

**********
Entendo mas discordo. Para mim, ninguém tem OBRIGAÇÃO de gostar de homem, mulher, magro, gordo, negro, japonês, gay, hétero, corintiano. O que todo mundo tem obrigação é de respeitar, não bater, tacar fogo, mandar embora etc. mas gostar, não tem não. E taxar isso de racismo ou sei lá o que me parece um discurso muito fraquinho.
**********

ixi cuidado pra nao falar isso na rua hahahahahahahaa vs pode ser super mal interpretad@!

*************
Seria legal se o povo do anime se reunissse em outro lugar e deixasse os comentários para as questões sérias né galerinha? MSN tá aí pra isso gente.
**********

hahahahahahaa normallllll acontece o tempo todo aki mas tem povo q nao se toca msm, fazer ok ne?????


te amo Lola, seu blog é MARA!

Sara disse...

gato (é gatO né???) casa comiiiiiiiiiigoooooo!!!!!!!!! sou limpinha, como pouco e faço cafuné hahahahahahahaha eu tb nao ligo, nao tenho ciumes, quero ver gente livre e feliz do meu lado mas todo mundo quer colocar uma coleira em mim, comofas????[2]

Gigi fica esperta q deve ter mais gente nessa fila kkkkk......

gigi disse...

É nessa parte que muitas pessoas costumam pecar. Sabem que estão erradas, mas ficam batendo o pezinho e passando vergonha. Paciência, mas o tempo, a vida e a idade ensina uma coisinha ou outra pra todo mundo.
*********

eh isso aiiiiii o importante eh ter vontade de aprender, tenha vs 10, 15, 20, 40, 60 anos nem importa a idade do rg mas a da cabeça vale mtoooooo

a minha irmã (L) q me mostrou o blog da Lola, ela era machista sem saber e nao queria q eu fosse tb saca?

to aprendendo mtas coisas legais aki

gigi disse...

Gigi fica esperta q deve ter mais gente nessa fila kkkkk......
************

ahhhhhh naoooooo eu falei primeiro hahahahahahahaha agora to triste :((((((((

ih olha eu desviando tb hihihihihih foi malllllll

Anônimo disse...

"Acredito eu que esse foi o jeito delas de protestar contra a objetificação do corpo. "

Como protestar contra a objetificação, se objetificando? Alguém leva o FEMEN a sério e presta atenção sobre o que o grupo das top models protesta? Não, só em seus corpos. E eu que achava que usar mulher como objeto de decoração era coisa datada e machista.

Uma coisa é você se "fantasiar" de vadia, como na slutwalk original, outra é deixar margem pra dúvidas que não vão ajudar em nada a uma causa que é sim, muito justa, mas que deu margem a todo tipo de interpretação terrível por conta da conduta abusiva dos manifestantes.

Meus pais ficaram mesmo bastante chocados com a atitude de algumas revolucionárias e assim fica complicado passar qualquer idéia para o público leigo, já que eu imagino que uma marcha dessas não seja de e para amigas da causa somente mas para conscientizar.

Ato obsceno é abuso e foi a razão pela qual o valentinho de Brasília foi detido. Enquanto ele estava provocando as moças, tentando passar a mão nada aconteceu, mas bastou colocar a verruguinha pra fora que o mundo caiu. Eu acho que a regra tem que valer pra todo mundo em um ambiente que se clama por igualdade.

Sobre amamentação, eu tenho uma filha e nunca amamentei em público com seios descobertos, usava uma fralda ou outra coisa pra colocar no ombro. Em casa, sim, eu me descobria, mas na rua jamais, justamente porque eu não queria para mim esses olhares desorientados se a minha intenção era apenas alimentar o meu bebê e não me exibir. Preservei a minha privacidade, a da minha filha e a de qualquer um que estivesse passando na rua.

Anônimo disse...

Seria legal se o povo do anime se reunissse em outro lugar e deixasse os comentários para as questões sérias né galerinha? MSN tá aí pra isso gente

==================================

Até que enfim alguém teve coragem de falar isso rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs!!!!!!

Anônimo disse...

Boa noite Lola,

Esse artigo do Cracked é muito bom, eu não conhecia do site e passei bastante tempo nele hoje, obrigada pela dica!

Acredito que comentários possam agregar valor em notícias, portais, blogs etc., pena que nem todo mundo tem educação ou até mesmo cognição para fazer valer seu direito a expressar-se.

O pior tipo de comentarista, na minha opinião, é o burro. Ok, burro não, coitado do animal por ter sido nivelado por tão baixo. Mas você entendeu. Essa pessoa pouco inteligente não apenas entende patavina do que escrevemos, mas o que ele responde também não faz o menor sentido. E eu já conheci burros tão eloquentes que quase dava pra disfarçar a burrice... quase, viu. Com esses, raramente dá pra perder muito tempo.

O segundo tipo é o nervosinho. Esse tá só esperando a chance pra atacar alguém, seja o dono do blog ou algum comentarista que ousou discordar de seu ponto de vista, de suas atitudes etc. Aconteceu aqui, aliás, e eu vejo muito isso em fóruns de discussão também: alguém comete a audácia de apontar um comportamento antissocial de uma pessoa ou aponta alguma inconsistência no argumento, apenas por amor ao debate, e ela vira bicho, dá chilique, se sente atacada e ataca sem pensar no que está fazendo. Complicado lidar com gente assim, eu mesma costumo banir os nervosinhos ainda que eles costumem concordar comigo.

E o terceiro tipo, é claro, é o troll, o profissional na arte de turbar. Nem tanto por ele, mas porque para algumas pessoas é irresistível responder a um troll e nisso ele vai ganhando força e tamanho. No caso, a força nem vem dele mas de todo mundo que dá corda. No fundo, é o tipo mais chato de lidar de todos, não por ele mas pelas outras pessoas.

Conheci seu blog há poucos meses e gosto bastante, parabéns e muito sucesso para você!

Silvia

Sara disse...

Anonima 18.33, desde que me conheço por gente vejo pelas ruas principalmente quando temos temperaturas mais quentes homens sem camisa na maior naturalidade, na maior parte dos paises o homem tem esse direito, e não é considerado desonroso, porque o corpo feminino tem essa conotação de indecente e a sua simples visão causa tanto constrangimento?
Amamentar faz parte de nossa natureza, e longe de outras necessidades humanas não é escatológico nem tem mau cheiro, porque é considerado por tanta gente como vergonhoso o ato de amamentar? que deva ser praticado em algum local escondido da vista de todos.
Na marcha das vadias alem de outros motivos pelos quais algumas mulheres sentiram que deviam mostrar seus seios, acredito que propor a sociedade que pare de ter esse olhar de reprovação contra o corpo feminino tb faz parte da proposta da marcha.

Anônimo disse...

Esse negócio de ser 'honrado' é tão, mas tão pernóstico,hein?

Namorada bonita é prenúncio de traição líquida e certa, hahaha

Anônimo disse...

"Amamentar faz parte de nossa natureza, e longe de outras necessidades humanas não é escatológico nem tem mau cheiro, porque é considerado por tanta gente como vergonhoso o ato de amamentar? que deva ser praticado em algum local escondido da vista de todos. "

Porque se eu quero respeito, então eu preciso obrigatoriamente respeitar os outros e nem todo mundo fica feliz ou excitado em ver um par de seios a mostra fora de uma praia de nudismo, baile de carnaval etc. É respeito, só isso. Respeito comigo, em primeiro lugar. Se ainda assim eu usar do meu direito de expressão e abusar dele mostrando o que a natureza me deu, aí vale a regra do quem faz o que quer tem que aguentar todo o resto também, inclusive quem discorda.

Ana disse...

@18:33
"Como protestar contra a objetificação, se objetificando? Alguém leva o FEMEN a sério e presta atenção sobre o que o grupo das top models protesta? Não, só em seus corpos. E eu que achava que usar mulher como objeto de decoração era coisa datada e machista."

Eu até concordo contigo que desfilar sem camisa pode dar margem a 'n' interpretações que não a correta.

Mas acho que um google básico podia resolver isso, não? Mta gente se revolta sem ler uma linha sobre a marcha. Bom, aí fica difícil.

Sei que esse não é teu caso, só quero dizer que as vezes as pessoas interpretam mal e é por pura preguiça de tentar entender. Nesse caso a culpa não é da marcha, é do pessoal preguiçoso.

Só que claro, quanto a teus pais, ok, eu disse que essa é uma ousadia grande demais pra ele. Entendo tua reclamação nesse ponto. Não vai entrar na cabeça deles mesmo.

"Enquanto ele estava provocando as moças, tentando passar a mão nada aconteceu, mas bastou colocar a verruguinha pra fora que o mundo caiu."

Reclamar que 'enquanto ele tava passando a mão nada aconteceu' é nova pra mim.

Me parece que tu achas que ninguém se importou com a postura dele até ele abrir a calça.

Ninguém gostou do que ele fez desde o início. Todo mundo reclamou. Ele foi advertido. AÍ ele teve a idéia genial de abrir a calça - e foi a gota d'água.

Se tivessem arrastado ele pra longe logo no primeiro comentário idiota dele, estariam acusando a marcha de ser intolerante agora. Então ao invés de chutálo de lá logo de cara, a galera advertiu ele na boa.

Só que né, tem diferença entre protestar e avacalhar. Ele não tava ali com nenhuma intenção nobre, qualquer um ve isso. Quando ele abriu o zíper o cara quis só irritar, pura e simplesmente. Bom, levou.


A amamentação era só um exemplo pra mostrar como as pessoas objetificam as mulheres. Cada uma amamenta como quiser.

Se a Sra. achou que era se expor, ok.

Mas daí a dizer que TEM QUE usar uma fraldinha pq um bando de gente não consegue ver um seio sem conotação sexual... Seria cortar o direito de uma mulher de decidir como/onde amamentar pra dar apoio aos que se negam a ver a mulher sem conotação sexual.

Nem todo mundo vê um seio como algo extremamente ofensivo. Eu me nego a achar que uma mulher amamentando é algo que tem que ser escondido. É só um bebê se alimentando, nada mais. Eu acredito que cada mãe tem o direito de escolher como amamentar.

Mas enfim, era só um exemplo. Não o ponto principal.

Anônimo disse...

E qual o problema em colocar uma simples fralda no ombro? Evita tanta coisa! Evita gente me olhando como um objeto sexual, dava mais privacidade para meu bebê, era mais confortável. Colocar assim pra fora e dizer pro mundo "não é pra olhar seus pervertidos, estou alimentando o meu bebê!" me parece tão contraproducente. Igual se eu saísse por aí com uma roupa totalmente transparente, qual a idéia se não for me exibir? E eu vou poder xingar se alguém vier de gracinha pro meu lado? Meu corpo é VIP, não é pra qualquer um não...

Se eu quero respeito, então tenho que dar o exemplo. E é o que eu vou ensinar pra minha filha quando ela começar a entender as coisas. Respeito por si mesma evita uma série de coisas ruins, não impede completamente, mas evita sim.

Sara disse...

Se se cobrir revertesse em respeito as muçulmanas seriam as mulheres mais respeitadas do nosso planeta, o que se verifica justamente ao contrário não é???

Anônimo disse...

"Me parece que tu achas que ninguém se importou com a postura dele até ele abrir a calça."

Eu não acho, tenho certeza, ele só foi detido quando colocou a coisa pra fora porque configurou o ato obsceno na frente de milhares de testemunhas. Não virou caso de polícia até esse momento, mesmo ele tendo amolado bastante as manifestantes antes de dar nisso tudo.

Agora se é ato obsceno colocar o pênis pra fora, porque colocar os seios pra fora não é? A regra tem que valer pra todos, não é isso que ser, a igualdade?

Eu concordo com a marcha e participei dela, concordo tanto que levei MEUS PAIS na marcha, minha sobrinha e o meu irmão também estavam, antes disso fiz todo um trabalho de conscientização na família pra mostrar o que era essa tal de "vadia", como nasceu a marcha, por que o policial estava errado, por que o estupro é causado pelo estuprador e tudo mais e todo mundo concordou comigo! Aí do nada aparecem as revolucionárias do peito de fora, meu irmão já quis levar a sobrinha embora, meu pai só ficou olhando pro chão e minha mãe tentando contemporizar, dizendo que era coisa da juventude e que passava. E tudo por conta do abuso, que nunca é legítimo.

Abuso é abuso e não se combate o abuso também no feminismo, nas mais diferentes formas?

Por mais justa que seja a causa, sem coerência ela vai afundar sem a menor dúvida.

Anônimo disse...

"Se se cobrir revertesse em respeito as muçulmanas seriam as mulheres mais respeitadas do nosso planeta, o que se verifica justamente ao contrário não é???"

Depende da cultura. Em certas partes da Europa a nudez é encarada de forma natural, famílias inteiras vão em praias de nudismo e nem por isso você vai entrar pelado dentro de um banco. No mundo islâmico, que é bem menos uniforme do que parece, muitas mulheres encaram o véu como forma de modéstia e não de opressão - e pra mim elas não estão erradas. O Alcorão é muito menos machista do qeu se pensa. Aqui, por mais que seja o país do carnaval a nudez é aceita em certas ocasiões e em outras não. São variantes que precisam ser levadas em conta para dar eficácia às coisas e não jogar tudo por água abaixo por conta de uma rebeldia infantil e abusiva.

Anônimo disse...

20:27 - apesar dessa suposta liberdade que o brasileiro teria em relação ao corpo (sempre citam carnaval), somos muito reprimidos... na alemanha, faz um solzinho e tá todo mundo pelado na beira dos rios. é como se o corpo não tivesse ali representando sexo o tempo todo. é como se a pessoa tivesse permissão de ser dentro daquele corpo o que ela quer e de sentir, curtir o sol na pele. o corpo não tem essa conotação sexual sempre.

eu estudei com uma menina lá, aliás, que tinha parado de usar o véu e voltou a usar. ela não entendia o véu como repressão. ela entendia como se mostrar só pra quem ela quisesse. a mãe e a irmã não usavam.

Sara disse...

Haaa taaa anonimo das 20.27 o alcorão não é nada machista, me desculpe, ele só propicia que seus seguidores façam barbaridades como essas

http://mortas.wordpress.com/2011/09/18/aisha-ibrahim-duhulow-apedrejada-ate-a-morte/

Realmente viver nessas ditaduras islâmicas deveria ser aspiração de toda mulher , ainda mais feministas.

Ana disse...

"E qual o problema em colocar uma simples fralda no ombro?"

Nós claramente discordamos e não vamos chegar a um consenso, mas só pra deixar clara a minha opinião, devolvo outra pergunta: Qual o problema de virar o rosto?
Se uma pessoa tem assim tanto problema em ver uma mãe amamentando, então não olhe.

Eu acho que, se alguém tem que se ajustar, é quem está errado. E do meu ponto de vista, errado está quem só consegue ver a mulher e seu corpo em um contexto sexual. Aos filh@s, direi que el@s não tem que se adaptar a nenhum tipo de opressão.

"Igual se eu saísse por aí com uma roupa totalmente transparente, qual a idéia se não for me exibir? "

A Sra. vai me desculpar, mas comparar amamentação a uma roupa transparente é descontextualizar.

Mulheres não amamentam pra se exibir, elas amamentam pra alimentar os filhos e não há outra interpretação pra esse ato. Amamentar escondido é amamentação, mas se alguém vir, aí se torna pura exibição? Porque não pode continuar sendo só amamentação?

Eu vejo como uma mãe atendendo a necessidade do filho, e só. A princípio esperava que as pessoas entendessem isso.

Obviamente, respeito a sua opinião pessoal. Discordo com veemência, mas respeito.

"Eu não acho, tenho certeza, ele só foi detido quando colocou a coisa pra fora"

Sim, mas isso não significa que as pessoas não estivessem irritadas com ele deste antes. Ora, como eu disse, tivesse sido preso só por ficar na volta, estariam todos xingando a marcha por ser intolarante agora. Mas não é só porque ele não foi preso desde o início que não havia problema no que ele estava fazendo.

A sra. dá a entender que ninguém se importa com um cara passando a mão nas manifestantes, e não é bem assim. Ele foi preso por abrir a calça, mas já estava causando problema bem antes.

"Agora se é ato obsceno colocar o pênis pra fora, porque colocar os seios pra fora não é?"

Minha melhor explicação é a do contexto: elas estavam protestando, ele só estava ofendendo.

Não havia nenhum fundo no que ele fez a não a simples vontade de atrapalhar a marcha. Isso era tudo que ele queria. Não havia nenhuma reflexão sobre nudez. Se tivesse, ele não precisaria ter ficado na volta tratando todas elas como pedaços de carne. Não, tudo o que ele queria era atrapalhar e acho que isso fica bem claro com a postura dele.

Não digo que a Sra. deve ser a favor da exposição dos seios, entendo a sua resistência, mas há que se reconhecer que elas tinham um argumento, ele não. Isso, como eu disse, se vê pela postura dele.

E vou encerrar por aqui, pra não ajudar a desviar mais ainda :)

Cora disse...

Considero a nudez da brasileira tão opressiva quanto a burca das islâmicas. São dois lados (extremos) da mesma moeda. Na verdade, é pior, porque a opressão sobre o corpo feminino, no brasil, vem embalada numa pretensa liberdade, a liberdade de se mostrar. A opressão vem disfarçada de elogio, o velho e decantado elogio da beleza e da sensualidade da brasileira, como se estivéssemos 24/7 servindo ao olhar masculino.

Mas toda essa polêmica em torno das mulheres que mostraram os seis na marcha mostra o quanto não somos livres: a nudez da brasileira é tolerada e aceita enquanto estiver servindo ao olhar masculino. Aí ela pode aparecer nos outdoors, nas propagandas, em desenhos animados, novelas, filmes, programas de humor, programas de variedades... a qualquer hora do dia ou da noite, sempre à serviço do olhar e da aprovação masculina.

E é por isso que a nudez na marcha incomodou tanto. Como assim aparecer fora de contexto? É por isso que a amamentação incomoda pessoas e inibe (intimida) mães. Seios fora de contexto. Toca o alarme! Isso acontece justamente porque o corpo feminino, quando à mostra e sem a contraparte do olhar masculino é considerado ofensivo. É considerado vulgar!!

Gente, como assim nosso corpo, o lugar que habitamos, é considerado ofensivo quando à mostra e não à serviço da satisfação masculina?

Como disse o anônimo das 20:34, em países que são um pouco menos machistas, a nudez feminina é entendida de forma muito mais natural. Eu não acompanho bbb, mas vi na internet o estranhamento que a moça espanhola provocou ao lidar de forma mais tranquila com a nudez. Lembro que o bial comentou, mas me parece que perdeu a oportunidade de fazer a análise mais apropriada (vi apenas uma nota pequena no uol, na qual ele dizia que nós, mulheres, não lidávamos bem com nossa nudez). Enfim, ele não é brilhante como dizem.

Então, considero que a nudez na marcha tem um papel importantíssimo. Principalmente porque ainda estamos muito longe de abandonarmos nosso cativo lugar decorativo. Vi notícias hoje sobre futebol americano de lingerie na austrália, sobre eleição de belas em feira de games, sobre as gatas das torcidas, ring girls e etc.

Anônimo disse...

cora, é EXATAMENTE isso que estávamos comentando no post da dança do ventre.

eu vejo esse controle (por parte de homens e de mulheres) em cima do corpo feminino de maneira absurda. o corpo da mulher parece não pertencer a ela, é coisa comunitária e todo mundo se incomoda de ELA resolver fazer do corpo DELA o que ELA escolher.

se vc quer emagrecer pra ser magra, ok. MAS, se não tiver peitão, não pode. pode malhar e tal, mas não pode ter muitos músculos. só pode ser gordelícia, jamais gorda assumida. pode ser negra, mas vai ter que alisar o cabelo. pode envelher, mas vai ter que envelhecer "bem". sabe? é um controle eterno!

eu tinha até falado pra lola sobre mulheres musculosas (e nem estou falando de fisiculturistas)pq muito homem não gosta. muita mulher acha horrível. ok, gosto é gosto. mas por que a mulher não pode ESCOLHER o que ela quer ser? por que existe esse controle eterno sobre o corpo feminino?

nesse ponto é que eu acho que a nudez da marcha tá num contexto ok. "o corpo é MEU, mostro qdo eu quero e pra quem eu quero". só que as pessoas não costumam entender o corpo feminino como algo que não tenha como o objetivo o olhar do outro, seja esse outro outras mulheres ou homens. TODOS se sentem no direito de dar pitaco sobre celulite da atriz, sobre bunda de fulana... mas, se a nudez parcial serve pra alimentar um bebê, aí não pode.

só pra constar, hoje mesmo na academia um colega virou e falou que, se eu continuar hipertrofiando, os homens vão ter medo de mim. ou seja, TUDO que eu faço tem como objetivo pegar macho. ah, tá. e, não, não sou nenhum monstro, só me sinto no direito de ter um corpo atlético PRA MIM. e nunca fiquei sozinha, sem ninguém com quem ficar.

Anônimo disse...

aliás, cora, curiosamente, fizeram uma pesquisa sobre a mulher brasileira e a alemã depois dos 50 anos. a brasileira queria pq queria retardar o envelhecimento com operações, cremes, pintando cabelo, etc etc pq a idade pra brasileira significaria a sua morte social.

a mulher alemã, por outro lado, continuava ativa socialmente e consierada parte de um todo. consequentemente, não tinha tanta depressão por ter feito 50 anos.

é triste como um dos maiores elogios sobre uma mulher é o "nossa, parece 10 anos menos" qdo ela revela idade.

ou seja, qdo o corpo já tem ruguinhas, já é mais flácido, qdo a mulher entra na menopausa, ela perde valor no brasil. o que mostra onde exatamete está o valor da mulher aqui.

Anônimo disse...

"Haaa taaa anonimo das 20.27 o alcorão não é nada machista, me desculpe, ele só propicia que seus seguidores façam barbaridades como essas "

Quem propicia isso não é o Alcorão, é a Charia.

Anônimo disse...

"eu estudei com uma menina lá, aliás, que tinha parado de usar o véu e voltou a usar. ela não entendia o véu como repressão. ela entendia como se mostrar só pra quem ela quisesse. a mãe e a irmã não usavam."

Morei em Curitiba e lá existe uma comunidade islâmica muito forte, cheguei a ir à mesquita com algumas amigas e não vi nada de machismo por lá. Ao contrário, mulher é muito bem tratada. E conversando com mulheres islâmicas "desde o berço" entendi o papel do véu e da modéstia benéfica. Mas o ocidente, por influência americana, gosta de demonizar todo mundo mas se alguém aqui ler o Corão (digo, uma tradução do Corão, porque o "Corão" só é assim considerado se estiver na língua árabe) vai entender que, assim como na Bíblia, as pessoas adoram deturpar coisas nobres em benefício próprio ou de um grupo.

Anônimo disse...

"Quem propicia isso não é o Alcorão, é a Charia."

Exatamente!!!!!!!! E ela muda de povo para povo.

Anônimo disse...

"Nós claramente discordamos e não vamos chegar a um consenso, mas só pra deixar clara a minha opinião, devolvo outra pergunta: Qual o problema de virar o rosto?
Se uma pessoa tem assim tanto problema em ver uma mãe amamentando, então não olhe."

Então se alguém estiver fazendo sexo no meio da rua, é só virar a cara? Eles estão em um direito legítimo de fazer sexo publicamente?

Anônimo disse...

"ela não entendia o véu como repressão. ela entendia como se mostrar só pra quem ela quisesse."

E é esse o sentido da coisa. Eu sinceramente acho isso muito melhor do que a obrigação de ser uma gostosa pra todo mundo ver, e não se pode negar que existe sim uma obrigação de gostosura aqui no país tropical. Meu corpo é privado, porque eu me respeito muito.

Anônimo disse...

21:59 - mas isso pq ela escolheu usar o véu, não foi obrigada. eu não escolheria. eu não teria problemas de amamentar em público.

Anônimo disse...

21:54 - mas acontece que, no brasil, fazer sexo em público em qualquer lugar não é um direito.

Cora disse...

Sim, anônimo 21:31, o controle é de ambos, por isso tão nefasto. Parece que não nos damos conta do absurdo de tudo isso. E pior, pretendemos ensinar isso para nossos filhos, você viu o que a mãe disse aí pra cima.

“o corpo da mulher parece não pertencer a ela, é coisa comunitária e todo mundo se incomoda de ELA resolver fazer do corpo DELA o que ELA escolher.”

E não é?

E tem mais, se o corpo for de “gostosa”, aí é que tem que ser escondido mesmo, do contrário, a mulher nunca será respeitada. O corpo feminino é considerado uma provocação aqui no brasil, por isso o incômodo. Por isso uma mulher “gostosa” não pode ser nada além de peça decorativa. Como ela ousaria ter “este” corpo e não estar a serviço do olhar masculino? Deve ter alguma coisa errada com ela.

Entendo a dificuldade das pessoas mais velhas, de outra geração. Fico imaginando meu pai nessa marcha. Mas sempre procuro esclarecer essas coisas tanto pra ele, quanto pra minha mãe (tão contraditoriamente machista – ela não quer ser, mas muitas vezes não consegue evitar, mas se esforça sempre).

Fico muito incomodada com as manifestações contrárias à nudez feminina, porque essas manifestações SEMPRE condenam a mulher, nunca a mentalidade machista ou as pessoas que insistem em apontar essa nudez como ofensiva.

Andar livremente pelas ruas parece impossível. Muito mais fácil jogar futebol de cinta-liga com closes da minha bunda sendo transmitidos via satélite.

A brasileira tem muito que conquistar ainda em termos de auto-estima e independência.

Anônimo disse...

comentário perfeito, cora.

"Como ela ousaria ter “este” corpo e não estar a serviço do olhar masculino? Deve ter alguma coisa errada com ela." é a história da minha vida. ainda mais pq não pretendo me casar. aí MESMO que deve ter algo de muito errado comigo.

o que me deixou de cara hj foi que o cara na academia veio do nada (eu tava de fones) e falou na lata isso. eu nem tava conversando com ele, não tinha perguntado nada... qdo eu disse que não estava ali por causa de homem, ele ficou meio assim e disse:"talvez eu seja um pouco machista, mas...". UM POUCO. só um pouco. enfim, continuarei malhando.

Cora disse...

não conheço nada da cultura islâmica. a mulher pode escolher não usar o véu? sei que a burca e aquele outro traje, todo preto, não sei o nome, são obrigatórios.

e, por isso, considero opressivos.

da mesma forma como considero opressiva essa questão da nudez feminina brasileira. também é impositiva (tá, reconheço que não com a mesma 'força', até porque aqui não está ligada a nenhum preceito religioso).

e, de fato, demonizamos tudo que não conhecemos.

Ana disse...

21:54, EU DEVIA MUITO TE IGNORAR, mas essa é boa demais pra deixar passar.

Amamentar agora está no mesmo patamar que sexo.

OMG.

Até parece que alguém em sã consciência vai acreditar nisso.

Trollagem das boas, hein?

Não devia responder, mas não aguentei...

Anônimo disse...

cora, não sei bem como é pq eu não conheço a cultura deles direito... só estudei com ela e ela morava na alemanha. e me disse que não usava, mas decidiu voltar a usar. usava roupas ocidentais, era ultramaquiada, mas com um véu pequeno cobrindo principalmente cabelo.

Cora disse...

22:29

só um pouquinho, né?

putz, o cara sai do canto dele pra te interpelar sobre o SEU corpo!! e ainda te fazendo recomendações!

é que você está saindo dos padrões que ELE acha aceitável pra uma mulher e por isso resolveu te alertar. que 'fofo', né? como você poderia viver com este 'erro'?

Anônimo disse...

cora, o incrível é que todos os argumentos que ele usou foram no esquema de que "homens não gostam disso". bom, alguns (os que já ficaram comigo nesses anos de músculos) gostam. mas, principalmente, EU tô bem. sabe, eles não querem saber se isso melhora minha depressão, se foi recomendação (só no início) do ortopedista... não consideram se eu gosto de puxar ferro... não. estou ali por causa de macho.

no meio da musculação, homens dizem que mulher não pode crescer muito membros superiores. aí elas crescem bumbum e coxa, arrebentam a lombar por causa de muito exercício de bunda sem fortalecer lombar e costas... mas, né, se agradar aos homens, tudo bem.

bom, nunca estive dentro de padrão nenhum, não é hj que isso vai me preocupar. mas o preocupante não é meu caso particular, mas o controle sobre o corpo feminino. ainda pretendo escrever algo mais bem embasado sobre isso.

Iraci disse...

A sua amiga ESCOLHEU usar o véu?? Por que será que ela escolheu sair por aí com um pano na cabeça? Não sei, mas já li história de mulheres que tentaram fugir de usar véu em países islâmicos e foram constrangidas, alvos de olhares, foco de atenção e até um cara que começou a se masturbar na rua quando viu estrangeiras andando sem véu. Então talvez seja por isso que algumas mulheres ESCOLHAM usar o véu, mesmo tendo a opção de não usar... Que liberdade maravilhosa, não??

Cora disse...

22:50

Não é só o pessoal da academia que pensa que você está lá por causa de homem, não. Participava de um fórum político e vi, muitas vezes, homens atacarem as poucas mulheres que participavam com esses argumentos. Bastava discordarem e pronto, a mulher tava lá atrás de homem. E se concordavam, era musa pra cá, querida pra lá. Eu sou casca grossa e sempre fui muito vigilante nesse sentido. Nunca permiti nenhuma gracinha de nenhum tipo comigo. Então era, advinha só? A chata, claro (um participante dizia que o homem que estava comigo devia ser um santo)! Agora, como estar atrás de homem num fórum sobre política, não dá pra entender. O espaço era virtual e pessoal participava com nicks. Quer dizer, ninguém conhecia ninguém ali. A ideia era mesmo debater, sem identificação. Mas, pra atacar mulher, pra nos fazer sentir invadindo um espaço que não nos pertence, você quer algo mais apropriado que isso? Por isso eu sempre disse que, pros homens, lá no centro do sistema solar, se a gente olhar direitinho, vai ver um pênis que a luz do sol, muito intensa, acaba ofuscando. E aí a gente acaba achando, tolamente, que a terra gira em torno do sol.

Anônimo disse...

Esse é o meu primeiro comentário no blog da Lola, resolvi romper o silêncio finalmente!

Antes de tudo eu queria dizer que uma boa parte da graça dos blogs vem justamente dos comentários. Tem gente de todo tipo no mundo e é claro que na Internet seria assim também. Aqui eu vejo gente inteligente, gente não tão inteligente assim, uns meio desorientadinhos, outros sabichões, uns irritados, os mascus, mas é tudo reflexo do mundo em que vivemos e da pluralidade de pessoas, histórias de vida, sentimentos, visões. Faz parte do traquejo social saber lidar com todos esses tipos e eu gosto de saber de alguns pontos de vista diferentes dos meus, acho importante não ter medo de confrontar idéias opostas e ver no que dá.

Estou comentando por conta da discussão paralela da marcha das vadias e do pudor, acho importante e relevante e talvez até merecia um post especial da Lola para nos aprofundarmos no assunto. No meu caso eu sou a favor da marcha mas nunca, nuuuuuuuuuuuunca levaria meus pais nela porque tem mesmo umas pessoas que passam um pouquinho da medida e botam coisas pra fora, eu também não concordo com isso, acho que um sutian ali não ia tornar o ato menos revolucionário sabe? A rua é um lugar público e estamos todos sujeitos a várias normas, uma delas é que tem lugar onde você pode ou não tirar a roupa, não tem nada de mal nisso. E justamente por não levar meus pais, pessoas leigas no feminismo e tudo mais, que acabo ficando triste com esse rumo que a marcha toma algumas vezes. Ele afasta, ao invés de acolher. Considero meu corpo bem formado, não tenho problema de peso mas mesmo assim não me exibiria desse jeito porque não acho que chocar educa. Prefiro que prestem atenção nas minha idéias e não nos meus seios durante um ato revolucionário como é esse levante feminista. Podem me chamar de careta, mas nem meu namorado eu fico de amasso molhado quando estou em lugar público, tem coisa que é melhor fazer privativamente, gosto de fazer a minha parte em não apenas exigir respeito mas dar respeito aos outros. Então, se um dia eu for na marcha, vou vestida e com um cartaz bem lindo porque é nele que eu quero que prestem atenção e não no meu corpo, esse que eu quero preservar de toda a opressão. Eu sou mais que corpo, que peitos, que bunda, sou uma pessoa. Bom, é isso, desculpem ter escrito tanto.

Míriam

Anônimo disse...

"21:54 - mas acontece que, no brasil, fazer sexo em público em qualquer lugar não é um direito."

E andar nu também não é, exceto onde for permitido, como praias de nudismo por exemplo. Vale pra homem e pra mulher.

Anônimo disse...

"acho que um sutian ali não ia tornar o ato menos revolucionário sabe?"

Qualquer coisa que eu disser depois disso fica automaticamente redundante. Parabéns pelas colocações inteligentes, Miriam.

Anônimo disse...

lola aronovich disse...
E última coisa que esqueci de te dizer, Fabio: Parabéns por ser o único mascu com foto e nome (mesmo que não tenha o sobrenome) em toda a internet brasileira. Quer dizer, o único mascu com nome e foto que não esteja preso.
-
isso não e verdade, o helber do detonandoamatris.com tambem tem foto, rosto e perfil, e tem estes do facebook :Grupo pensão alimentícia, um roubo:

http://www.facebook.com/groups/321460577871029/

Grupo lei José da Lapa, pelo fim das agressões físicas e morais contra os homens:

http://www.facebook.com/groups/138200759621186/

Grupo para discussão e evolução do homem – TODA MULHER E MACHISTA NA HORA DE PAGAR A CONTA:

http://www.facebook.com/groups/272166389489510/

Grupo para traduzir as frases, jogos e dissimulações das mulheres-COMPENDIO DE TERMOS FEMININOS:

http://www.facebook.com/groups/308665052495993/, e o perfil do metendo a real, no face tambem, todos tem nome sobrenome e perfil completo, viva a democacia !!!

Cora disse...

A ideia é justamente essa Miriam. Aquelas mulheres não queriam que seus corpos chamassem mais a atenção do que suas ideias. A crítica é justamente essa. O corpo de uma mulher é apenas o corpo de uma mulher. Não é um objeto de adoração ou de uso masculino, por isso não deve chamar mais atenção do que as ideias expostas pela mulher, estando essa mulher vestida ou não.

Estamos muito longe disso ainda, por isso os corpos daquelas mulheres despertaram reações como a sua. Ainda temos nosso corpo visto como desrespeitoso, ofensivo e ainda confundido com sexo. O sexo deve ser feito na intimidade. Carícias mais calientes, vamos dizer assim, devem ser reservadas para a intimidade, mas o corpo de uma mulher numa manifestação política é apenas isso, um corpo numa manifestação política. Nosso corpo não é um objeto sexual para desfrute de todo mundo o tempo todo.

Há países em que um seio não desperta tanto horror como aconteceu aqui. Lembre-se da espanhola no bbb. Lembre-se dos parques europeus no verão, em que as mulheres ficam com os seios à mostra sem problemas. Pense em como somos desrespeitadas sempre que alguém acha nossa roupa inadequada. Nunca mudaremos isso se considerarmos a manifestação daquelas mulheres como ofensiva. Não foi ofensiva. Não deveria ser. Espero, ansiosa, o dia que não será. Que este dia chegue logo.

Anônimo disse...

iraci, deixei claro que ela morava na alemanha.

Anônimo disse...

cora, perfeito de novo (vc é professora?)! super concordo. e tem outra: no carnaval, sai todo mundo de peito de fora pelas mesmas ruas e tudo bem. e aí voltamos àquele seu outro comentário.

O Homem Cinza disse...

Lola, me desculpe mas tneho que concordar com alguns comentários que li neste post.

Às vezes me parece que você elegeu o "masculinismo" (uso as aspas porque, até o momento, o termo só é de fato reconhecido no contexto informal da internet, e não por dizer que não existe) como uma plataforma pra se destacar. Eles também a elegeram como uma espécie de "inimiga mortal", e agora ambos os lados ficam trocando farpas numa guerra-sem-fim que só serve pra alimentar egos e buscar respeito perante o grupo a que cada um pertence.

Posso me considerar uma pessoa feminista, ainda que com ressalvas (em especial com vertentes que se assumem como radicais), e acho que seu blog tem se tornado uma versão "farofa" do feminismo. É bastante relevante dentro do círculo de discussões da internet, e eventualmente fora dela também, mas ainda assim, superficial.

Creio que seu blog seria muito melhor se você se focasse em posts afirmativos (você é boa nisso) e menos em guerrinhas convenientemente intermináveis, que mais lembram aquela Guerra Mundial manipulatória que o Orwell descreve em 1984 (não, não estou citando este livro por ser de direita; Orwell era de esquerda).

Por favor, entenda meu comentário como uma crítica saudável (e dura também, porém necessária), vinda do "seu lado" e não do "lado inimigo.

Sara disse...

Mascu se ta querendo voltar com o blog "questionando o feminino" que diga-se de passagem era um lixo cheio de misoginia justamente aqui na Lola???
Que cara de pau....

Anônimo disse...

Para o RIDÍCULO Anônimo mascutroll nomeado imbecilmente de "The Truth" que postou um monte de asneiras


Não, não são TODAS as mulheres que sentem forte atração por homenz insensíveis.
Sim, existem mulheres de baixo alto estima que se envolvem com homens canalhas de caráter duvidoso.
Mas, a maioria busca um homem gentil de bom caráter e que a complete, assim como ela também quer completá-lo.
Altas doses de emoção não consiste em se envolver com: um homem mal caráter, machista, insensível e que a trate como lixo.
Sua teoria de fracassado, mostra o quanto você NÃO sabe nada de mulher!
Deve ser um mané que acha que por ser rejeitado pelas mulheres, elas gostam de homem que não presta, quando vc próprio não enxerga o quanto vc não presta por ser um idiota misógino!
Não fale de pseudo-fetiches dos quais povoam sua cabeça vazia, seu fracassado machista.
Coitada da "mulher" que botou vc no Mundo.

POR: The REAL Truth

Anônimo disse...

"a maioria busca um homem gentil de bom caráter"

Se fosse assim garçons teriam uma fila de mulher querendo ficar com eles hahahah

Por favor né.

Que o cara é machista pode até ser, mas tem muitos outros fatores.

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Para Anônimo mal informado que acabou de postar.

Não "especifiquei" a profissão do cara. Vc não interpretou direito o que mostra que "inteligência" não é o teu forte.
Qual o teu problema com os garçons? É uma profissão digna como muitas.
Sim, tem mulheres que buscam homens ricos que a banquem, não vou negar.
Mas, felizmente boa parte das mulheres estuda, trabalha e é uma cidadã em busca de respeito.
As cidadãs deste país não querem ser vistas como pedaços de carne, ou objetos sexuais.
Não procuram homens famosos e ricos para sustentarem elas.
Infelizmente muitos machistas acabam GENERALIZANDO e acreditando que TODAS as mulheres são objetos decorativose de uso em busca de homens que a banquem.
Pode não haver "filas" de mulheres(aliás depende do "tipo" de mulher que faz 'fila" para determinados "tipos" de homem) querendo um garçom, mas com certeza deve ter alguma mulher de infinitas qualidades interessada nele.
Homens não são iguais, mulheres também não.
Aprenda isso, para não se tornar um homem amargo tipo: nenhuma mulher(linda, magra, mulher-fruta, modelo, "gostosa", etc) NÃO tá afim de mim porque "todas" as mulheres só querem: homem rico e famoso, enfim mulher não presta,bla-blá-blá, etc.
O cara ser machista tem fatores sim, alguns destes são: mente fechada e visão estreita da vida.

POR: The Real Truth

Anônimo disse...

Rs.

Nunca disse que garçom é uma profissão ruim, de forma alguma.

Apenas apontei uma incorência no que vc disse.

Também não disse que mulheres lindas só querem homens ricos.

Apenas falei que há muito mais fator, e que isso muitas vezes sequer é relevante.

Eu penso assim: é incrível como vcs dão sinais errados para os homens, quanto a comportamentos. Seria o mesmo que vc ter 2 caminhos diferentes, um que leve ao paraíso, e outro ao precipício, vcs sempre indicam o segundo.

Por favor né, ser gentil, atencioso, carinhoso, não faz vc atraente, convenhamos.

Tem muito mais coisa aí, foi isso que falei.

Anônimo disse...

Até os anos 90, as mulheres viviam dizendo: "SER GROSSO NÃO LHE DÁ AUTOMATICAMENTE DIREITO AO NOSSO SEXO. QUEREMOS HOMENS GENTIS"

E muitos homens se tornaram gentis, acreditando que assim as conquistariam.

Hoje as mulheres só sabem dizer: "SER GENTIL NÃO LHE DÁ AUTOMATICAMENTE DIREITO AO SEXO. QUEREMOS HOMENS QUE NÃO SEJAM MACHISTAS"

E muitos homens se tornarão feministas, acreditando que assim as conquistarão.

Mas num futuro mais ou menos distante elas vão começar a dizer: "NÃO SER MACHISTA NÃO LHE DÁ AUTOMATICAMENTE DIREITO AO SEXO. QUEREMOS HOMENS QUE blablablablabla..."

E assim caminha a humanidade (do ponto de vista dos homens), para o deleite de poucos e frustração de muitos. Ou, do ponto de vista das mulheres, para o deleite de muitas e frustração de poucas.

Sara disse...

Perda de tempo total tentar argumentar com esse bando de desajustados, é inacreditavel como se sentem inuteis, cheios de racalques, ficam bolando planos mirabolantes para chamarem a atenção de ALGUMAS mulheres, pq pelo jeito não é qualquer uma q interessa.
Acham q se forem ricos, famosos ou bombados, que todos os problemas acabam, quanta infantilidade, será q nunca vão crescer e descobrir que não existe formula mágica para envolver uma mulher ou um homem, que relacionamentos acontecem ou não, e que tanto homens como mulheres tem q no mínimo para viverem em paz na sociedade aceitar isso.

Sonado disse...

"Eu acreditava piamente em tudo o que machismo prega... até que me dei conta de que era machista. Pq né, as vezes a gente acha que o mundo é assim e ponto. Sempre dá pra abrir a cabeça :)"

Definitivamente Ana.

Sara disse...

to chocada kkkkk :o

Anônimo disse...

Sara, vindo de um lixo masculinista toda ofensa tem efeito reverso.
vindo deles, antes as piores ofensas que os 'melhores' elogios, pois o conceito q eles têm de honra, dignidade,decência etc é contrario ao senso comum..

se voce ta sendo elogiad@ por um masculinista, cuidado. algo está errado...kkkkk

Sara disse...

Anonim@ das 10.28, jamais me sentiria desrespeitada ou agredida por qualquer coisa que esses machistas possam me dizer.
Nada que tenha saido das mentes perturbadas deles é digno de alguma consideração.
O que choca é o modo como eles pensam o mundo e principalmente como vêem a nós mulheres, de maneira tão distorçida, as vezes penso que não ha nada que possamos fazer para ajuda-los, e para os que tem fé, rezem por eles.

Louise Nouvain disse...

HATERS GOTTA CATCH 'EM ALL

Ri muito do anônimo das 08:35