sexta-feira, 3 de junho de 2011

TAS ACHA QUE ME PROCESSAR É ASSUNTO PESSOAL

Acabei de ser informada via Twitter de uma matéria no Comunique-se: 1o Caderno, com o título “Polêmica entre Marcelo Tas e blogueira: apresentador não nega processo contra professora”. A matéria de Anderson Scardoelli, que estranhamente não me contatou para ouvir o meu lado (embora utilize meus posts para resumir o que falei), faz um resumo do que aconteceu. É a primeira vez, que eu saiba, que Tas se pronuncia sobre o assunto. E sua posição é que isso não é notícia. Pra mim é. Afinal, eu que fui ameaçada com um processo!
Bom, considero uma contradição que ele se diga prejudicado, pois, ao mesmo tempo em que está “chateado”, também se vangloria de ter aumentado seu número de seguidores no Twitter. Ele fala disso na matéria, e num tweet de ontem:Mas o que fico pasma mesmo é como ele acha que falar de uma ameça de processo contra quem quer que seja não é notícia, é um assunto pessoal. Quando ele é vítima de ameaças contra sua liberdade de expressão, aí sim é notícia, né? Mas quando é alguém que ele quer calar, então é particular. Tas tem uma maneira peculiar de encarar a liberdade de expressão: para defendê-la em seu favor ele faz em público; para ameaçar, ele faz em privado.
Considero essa uma atitude hipócrita. Por que @s leitor@s e espectador@s de um dos arautos da liberdade de expressão não têm o direito de saber quando ele ameaça uma blogueira com um processo?
E sim, considero que ameaçar alguém com um processo, embora seja um direito legítimo, é uma tentativa de coerção e de intimidação. E das mais usadas. Não estamos falando de uma pessoa processando outra. Estamos falando de uma pessoa com toda uma máquina de advogados processando outra. Que não fez nada além de manifestar sua opinião sobre o programa (porque, como já disse, apenas o citei uma vez no post). As palavras de Tas no email me soaram como uma mostra de arrogância, um exemplo de “você sabe com quem está falando?”. Foram essas:
Você vai aprender através de um processo por calúnia e difamação a ser mais responsável com o que publica, esta troca de e-mails documenta a minha tentativa de dialogo com voce antes de tomar o caminho da Justiça”.
Que fique claro: Tás não está sendo reprovado (se é que está) pela opinião pública pelas asneiras ditas no CQC 3.0, apesar do apresentador querer se desvencilhar do programa, quando lhe convém. Meu texto criticando a misoginia explícita que o CQC mostrou contra a anatomia feminina ficaria restrito ao meu círculo de leitor@s (que não é tão pequeno, com as 150 mil pageviews por mês do meu blog), mas que nem de longe se compara à audiência de um programa de TV. Certamente as mães ativistas que participarão dos próximos mamaços (veja aqui a agenda) se lembrariam do que os integrantes do CQC acham delas, que ousam amamentar em público. Não necessariamente por causa do meu blog, mas porque a maior parte das mães que viu o programa (veja aqui) sentiu-se muito ofendida. E esse argumento de “é só humor, é só uma piada” é tão leviano, não? Quer dizer que se eu dissesse tudo o que disse do CQC e incluísse no final um “Ha ha, não levem tão a sério, vão ver a vida lá fora, eu só estava brincando” eu o seria ameaçada de processo? Quem fala essas besteiras de "é só uma piada, é só um filme, é só um livro" nunca ouviu falar de toda uma área de pesquisa chamada Análise do Discurso.
O jeito como o CQC tratou da amamentação em público revoltou muita gente, eu inclusa, mas o que realmente mobilizou a rede, em sua maioria contra o Tas (eu acho, não tenho os números das pesquisas em mãos), não foi isso — até porque, para muitos que viram o vídeo, ele não entrou nas brincadeiras de Rafinha e Luque para ofender as mães e seus corpos. O que revoltou o pessoal foi ele ter me ameaçado de processo. Não é muito difícil de entender. E por que isso é polêmico? Porque a ameaça partiu do Tas, que geralmente é associado a movimentos pró-liberdade de expressão. Só que as pessoas não são bobas: elas enxergam a contradição aí, os dois pesos, duas medidas. Acho que até os espectadores do CQC são capazes de ver essa contradição.
Reitero que da minha parte, sou 100% a favor da liberdade de expressão. Nunca processei ninguém, nunca ameacei alguém de processo, nunca quis censurar ninguém. E meu blog está sempre aberto para ouvir “o outro lado”, através de guest posts ou de comentários. E, embora eu seja uma só mulher, sem programa de TV, com um emprego de professora que nada tem a ver com meu blog, sei que conto com o apoio de milhares de pessoas cansadas da arrogância das celebridades e do velho e autoritário “Você vai aprender através de um processo”. Esta luta não é só minha.

P.S.: Pra quem acha que estou tentando me promover com este caso, aviso que desde janeiro de 2008 escrevo diariamente neste blog. São 2195 posts, 1.7 milhão de visitas, 2.9 mi de pageviews, que renderam 53 mil comentários de leitor@s inteligentes, divertid@s, que sabem se expressar (ao contrário, e digo isso com pesar, do que parece ser o público-alvo do CQC). Um dos meus principais assuntos no blog é crítica da mídia. Realizo, aliás, um curso de extensão aberto à comunidade sobre este tema. O blog é o único espaço que tenho para me manifestar. E vou usá-lo para informar às leitor@s de cada passo do tal processo. Isso, sim, é acesso à informação. É liberdade de expressão. Porque eu não considero esse um assunto privado.

144 comentários:

Lilian Gratti disse...

sensacional o post!
tô contigo e não abro!!!! rs
bjão
da Li

Sybylla disse...

O meu unfollow ele tomou faz tempo, assim como o restante dos repórteres. Eu fiquei com a impressão de que CQC virou apenas trampolim para promover os humoristas, ao invés de ser um programa inteligente, como alguns pregam ser.

Prof Janaína Mont disse...

Estou acompanhando as discussões. Não tenho assistido ao CQC há um bom tempo, e considero esse pessoal pseudo-comediantes. Estou na campanha Preconceito não tem Graça!

Joel Bueno disse...

O misógino pode ter um exército de advogados, mas a Lola vai ter o apoio de centenas de blogueiros e milhares de internautas.
Escreva, Lola!

Isa disse...

Total apoio, Lola!

Robson Fernando de Souza disse...

Mais um ato de hipocrisia de Tas. Quando ele e seu programa são ameaçados por alguém (entidade ou pessoa) por terem se expressado em algo, ele grita logo que defende a liberdade de expressão. Mas quando ele ameaça outrem, vem dizer que é privado? Faz-me o favor, né, Tas?

Tô contigo e não abro, Lola, e repito o próprio título do blog: Escreva, Lola, Escreva!

Abração de um dos seus milhares de irmãs e irmãos de consciência =)

The Buk's On The Table disse...

Cala a boca, Marcelo Tas! #tasmeprocessa

Jana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dária disse...

Lola, se ele entrar mesmo com o processo poderiamos fazer uma lista de apoio formal para vocês. Obviamente que o post com 790 comentários já mostram como as pessoas te apoiam, mas queria sugerir algo com assinaturas e CPF´s que pudesses anexar ao processo, ou ao menos ser levada a público e esfregada na cara deles.

Do estilo que se faz em abaixo-assinado: fazemos um formulário padronizado, os seguidores do blog o recebem por e-mail, imprimem, e mostram e discutem o tema com as pessoas. Acho que daria certo. Eu que faço parte de algumas listas de movimento estudantil e feminista encaminharia prontamente para elas, tenho certeza que conseguiriamos bons retornos. No fim, todos enviamos completinhas pelos correios para você!

Fica a idéia.

Jana disse...

Lola, estou acompanhando a discussão e já estou feliz pelo CQC ter um telespector a menos lá em casa - meu marido. É óbvio que você não está tentando se promover, mas acredito que o outro lado sim. Para ele está sendo mais uma oportunidade de criar polêmica e de aparecer, mas o tiro está saindo pela culatra, com certeza.

Odara Fernandes disse...

Te sigo já a mais ou menos um mês e por preguiça não comentei antes, desculpa.
Mas com esse post aqui não tem como calar, e foi o que você e fez e sempre fará: não calou! Lola, é de pessoas como você que precisamos na mídia, não de pseudo-formadores de opinião que acham graça em "mulher feia" ser estuprada. Toda vez que vejo um post novo, agradeço por você e seu blog existirem. Tô contigo até o fim!
Escreva, Lola, escreva!

risoflora. disse...

Coitado do Tas, ele acha mesmo que número de seguidores significa alguma coisa, né? Eu mesma faço questão de segui-lo, não porque adimiro ele, justamente pelo contrário.

Lola, todo apoio!

Escreva Lola, escreva!
#tasmeprocessa

ciriacocerebral disse...

É triste crescer e ver que o Professor Tibúrcio é mais um hipócrita e arrogante que acha que a a liberdade dele vale mais do que a dos outros.

Força aí, Lola!

Dária disse...

Outra coisa que acho interessante é contra-ataque. Você disse que não ameaça ninguém com processos, mas na verdade acho que o CQC merecia ser processado, particularmente pela piada do estupro, pode ser encarada como apologia a um crime, além da óbvia discriminação para com a mulher.

Alguma ONG que cuide de vítimas de abuso sexual, ou alguma associação de mulheres, enfim, alguma entidade poderia mover uma ação contra o CQC - para mim (que acabei de me formar em direito e passar na OAB) seria uma causa dos sonhos uma briga destas.

Thiago Pinheiro disse...

Acredito que tomasse o caminho certo em tornar público essa questão. Parabéns pelo textos críticos e pela atitude transparente.

Escarlate disse...

Ele ainda vai se arrepender de tudo isso Lola! Vamos nos movimentar, ontem fomos parar nos TT, não vai conseguir nos calar!


Ele acha que somos meras pulguinhas perto do deus Tas, mas ele vai ver a coceira que ele vai ter!

#tasmeprocessa
#marcelotasmisogino

Cacau Venturini disse...

Parabéns pelo blog. Só o conheci por conta deste caso e já o estou amando...

Abraços

Sindimercosul disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Uma Mae das Arabias!!! disse...

Qdo uma criança xinga outra de bobo, chama a mãe pra defende-la. Qdo um adulto diz que o outro é misógino, chama o advogado!

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Leviatã disse...

Eu fui me informar e realmente concordo com o que fala. Você mesmo assumiu que o Tas não estava entrando na brincadeira e em certo momento ele até defende a amamentação(de forma educada, até porque já não sei mais qual a opinião dele sobre o assunto).
O engraçado é que a partir do momento em que ele resolveu te processar ele vestiu a carapuça.
Acho misógino, que no caso acho que se encaixa mais para o perfil do Rafinha, uma palavra muito forte, mas com certeza ele está se mostrando um egocêntrico hipócrita.
Apoio sua causa!

Jéssica disse...

Triste essa situação.
Todos nós que crescemos assistindo o Professor Tibúrcio, "Porque sim não é resposta", estamos profundamente decepcionados.

A questão toda, ao meu ver, é que um meio de comunicação como a TV exerce uma forte influência na vida de milhares de brasileiros. Dai que o CQC usa essa influência para plantar asneiras na cabeça das pessoas, para difundir o ódio e o preconceito.
E não, não levarei nada na brincadeira! Eles tem que se responsabilizar tudo que dizem naquele programa babaca. É muito fácil ofender meio mundo e depois dizer "é piada galera, relaxa ai".
Minha irmã ganhou nenem ha uma semana, e apesar de eu não ser mãe, me senti profundamente ofendida com a 'piadinha' desses acéfalos. Quer dizer que se meu sobrinho sentir fome, minha irmã tem que deixá-lo chorar até que encontre um banheiro público para amamentá-lo?

Estou triste com isso tudo.
Adoro o seu blog Lola. Seus posts despertaram em mim uma força que eu desconhecia.
Amo você, e espero do fundo do meu coração que tudo coopere para o seu bem.

Luciana disse...

Lolinha,

Estaremos com você sempre!

Se o (capa)Tas te processar faremos uma vaquinha para pagar advogad@s.

Beijos

Fernando disse...

Ótimo Post!
Estamos com você, escreva, Lola!

Daní Montper disse...

Ele se sentiu prejudicado?!

E as vítimas de estupro que tiveram que ouvir piada a respeito?
E os que participam do mamaço e do beijaço que tiveram seus movimentos reduzidos a piadinhas?
E eu que me sinto prejudicada cada vez que o programa dele age com misoginia para causar graça?
E aí, como faz?

Sil disse...

Calar perante a misoginia é uma forma de concordar #tasmeprocessa.
Hashtag bombando no twitter. Todo mundo postando.

Lady Julie disse...

Estou com você, Lola!
O Tas pode não ter dito nada sobre amamentação, mas o simples fato de deixar os outros caras do CQC dizerem essas bobagens no programa que ELE comanda, mostra que ele pensa da mesma forma... Estou farta do festival de asneiras destes levianos do CQC, que acham que podem usar piada como justificativa para passar por cima de tudo e de todos sem demonstrar respeito por ninguém!

Permaneça na luta, Lola!
Abraços!

Deize disse...

Lola, com essa confusão toda acabamos perdendo o foco... está sabendo da marcha amanhã em Sampa? E dos (como sempre) tristes comentários misóginos na notícia do IG?
http://delas.ig.com.br/comportamento/marcha+das+vadias+pretende+reunir+2500+em+sp/n1596999822933.html#comentarios

Em tempo: apoio total a você!

gustavo disse...

Olá! Me chamo Gustavo, sou estudante de direito e acho um absurdo o processo ser utilizado como forma de ameaça para se frustar o direito à liberdade de opinião! infelizmente como se viu na Marcha da Maconha o reduto maior de conservadores encontra-se no judiciário, mas aos poucos, quem sabe, poderemos reverter essa realidade! Me sinto extremamente frustrado ao observar esse uso perverso do direito que, a princípio, seria instrumento para efetivação das liberdades, mas se distorce em artifício para o patrocínio da bravata. Tem meu apoio. Liberdade.

Martha disse...

Bom, segundo esse jornal, ele confirmou que entrou em contato com você. Pronto, não precisa dizer mais nada, Lola. No outro comentário eu achava que ele não ia se pronunciar para parecer que o email tivesse sido mandado por um fake ou sei lá. Confirmado, então o jeito é consultar um advogado para se defender do possível processo.
#soumaislola

Roy disse...

Infelizmente, nao ter diploma pra ser "jornalista" e o que mais pega. Primeiro, nao acredito que ele va processar. Segundo, tem coisa mais importantes rolando no mundo (seu texto passado e uma delas). Terceiro, se voce soubesse a diferenca entre liberdade de expressao e calunia, as coisas ficariam mais faceis. Discordo do processo dele, como disse, mas entendo o lado dele. E sim, nao e uma noticia, o que chamamos aqui de "no news".

Bjx

Roy

Gelso Job disse...

Não te conhecia (cheguei até aqui através do Cloaca News) mas já virei teu fã por afrontares a Status Quo que diz que a grande mídia pode tudo e nós blogueiros temos que enfrentar os "rigores da lei". Já adicionei teu blog entre meus recomendados.

Estou contigo e não abro!

Beijão!

Michele disse...

Oi Lola,

Isso pra mim mais parece a famosa "carteirada", o tal do "com quem você pensa que está falando", masi uma prova (entre tantas) do sujeitinho reaça e retrógrado que essa Tass é...

Faço minhas as palavras da Lady Julie: "O Tas pode não ter dito nada sobre amamentação, mas o simples fato de deixar os outros caras do CQC dizerem essas bobagens no programa que ELE comanda, mostra que ele pensa da mesma forma".

Estaremos aqui pra te apoiar: vaquinhas, abaixo-assinados, camapanhas, protestos, enfim, chega dessa coisa de usar o poder e ser hipócrita de gente que se acha melhor que os outros...

Força!

Roberta disse...

Lola,to contigo!
Manda o Tas de volta pra Tasmânia

Gabriele disse...

#tasmeprocessa

Daniel disse...

Conheci o blog através da polêmica com Marcelo Tas. Daí pra frente li vários outros posts seus, e adorei!

Quanto a essa situação, é fácil perceber o quão cuidadosa é a edição do material a ser falado nos programas, pra que não fale de A ou B, e sim da situação (o que, obviamente, não muda a situação). Aí, quando se fala das pessoas do CQC, se ofendem.

Cadê a tal liberdade de expressão tão pregada por eles, que fazem ótimas matérias junto aos políticos, mostrando a corja de incapazes que estão comandando o país?

ESCREVA, LOLA, ESCREVA SEMPRE!

elen mars disse...

muito bom lola,vc ta certa! são uns hipócritas!
já q eles se defendem dos absurdos q dizem ,com a desculpa de que é tudo humor ,brincadeira.
pq n levaram seu texto na brincadeira?

afinal,é tudo piada.

se tivesse pessoas como vc midia, a tv n seria a droga que é.

Danielle Andrade disse...

Apoio total, Lola.
bjs Dani

Luciano Fernandes disse...

Olá Lola

Não sou acompanhador de seu blog. mas do pouco que li gostei muito do que você escreveu.

Gosto de textos longos e qe chegam com "o dis pés no peito" de quem lê.

Eu pessoalmente também tenho um blog de relativo sucesso. O "blog de escalada" nele sempre coloquei minha opinião sobe os fatos de coisas de escalada. Nunca me omiti de screver o que pensava e etc.

O caso mais emblemático aconteceu este ano quando após consultar três pessoas diferentes publiquei os nomes de dois imbecis quefizseram vandalismo e com isso fecharam um local de escalada popular do estado de São paulo. Acontece que um dos nomes estava errado, e acabei publicando o nome de outrpessoa.

Pois bem, em vez da pessoa vir conversar chegou chegando e ameaçando de processar e etc. Eu tenho uma atitude bem definda com isso. Eu mando "enfiar o processo en el culo"mesmo. Mando baixar a bola e seguir adiante com esta bixice (nada homofobico, longe disso) de vir ameaçar com processo.

O mesmo ocorreu com eu publicar o nome de outro palhaço que poluiu um local na argentina. MNe dizer que iria me processar por calúnia e difamação e a mesma babaquice que ameaça vocêMandei o mesmo, ir em frente e enfiar o processo "en el culo".ê

Voce so difama aquele que nao faz algo ruim, e calunia se for mentra e nao ter como provar. O que no seu caso tb nao se encaixa. O valentao manda ele seguir em frente e etc. Tentativa de processar é coisa de gente fraca e mauricinho burocrata.

Siga em frente e manda ver. na hora que um panaca como este "agrandado" do TAS gritar truco, grite " seis ladrão" e intimide estas celebridades metidas a histericas em relação a críticas.

Força sempre

Pat Ferret disse...

Quem acusa a Lola de querer atenção simplesmente não se deu ao trabalho de pesquisar melhor o blog. A crítica ao CQC foi perfeitamente coerente com a sua postura "de sempre", e o fato desse post em específico ter causado tanta comoção se deveu tão somente à reação inusitada, e totalmente fora de proporção, do Tas.

Tivesse ele aceitado a crítica como pessoa adulta, sem "bater pezinho" (até porque o criticado nem era ELE), a questão não teria chegado à mídia dessa forma. Além do que, conhecendo o hábito que a Lola tem de dar espaço a guest posts, talvez ela até lhe dispensasse uma chance de réplica, em função de sua posição como formador de opinião.

Mas... Qqr polêmica envolvendo algum nome midiático mais notório sempre corre o risco de virar uma bola de neve, e o Tas certamente tinha conhecimento disso ao fazer ameaças de processo.

O que está em questão agora não é mais o mamaço, nem a qualidade do humor do CQC: é o direito à opinião. Eu até acho que a Lola, muitas vezes, pega pesado no estilo (o "PQP" foi mesmo um pouco demais), mas o que ela escreveu não deveria ter suscitado tanta confusão – bastaria ter um pouquinho de capacidade de interpretação de (con)texto para procurar entender O QUÊ ela realmente estava criticando (e por quê).

Infelizmente, isso está longe do talento de muita gente, como se vê em alguns comentários aqui e no Twitter... Mas aí já é história pra uma outra conversa, e loooooooonga... Rsrsrs

Não sei o que o Tas, o CQC ou a Band poderiam ganhar com um processo, fora muita dor de cabeça. Prefiro (ainda) imaginar que ele, que alardeia tanto a liberdade de expressão, ficará mais calmo e tudo terminará em paz, mas... sei lá...

Boa sorte, Lola!

Daniel disse...

Acabei de ler a matéria do tal repórter. Escrita com toda a intenção de te prejudicar...

"No blog, Lola acusa os apresentadores do CQC Marcelo Tas e Rafinha Bastos de se posicionaram contra a amamentação em público..."
"E mesmo sendo citado no texto, as imagens não mostram que Tas se posicionou contra a amamentação e nem contra o protesto feito pelas mães."
Você NÃO falou do Tas.

Só mais uma coisa:
“Ela pode falar mal o quanto quiser do programa, dizer que somos babacas, mas não pode ser leviana e espalhar uma informação que não é verdadeira, ainda mais na posição dela, que é professora em uma universidade federal” (TAS, Marcelo).
É, Lola, você só errou no adjetivo... Acho que eles não gostam de ser misóginos, só babacas.

Letícia Rodrigues disse...

Pra mim o X da questão é que o post que gerou a discórdia faz críticas ao programa de uma forma geral, e a Rafinha e a Luque diretamente, deixa bem claro o que é citação do que eles disseram e o que é opinião da Lola, e dá o link do vídeo para que as pessoas formem a própria opinião. Em nenhum momento ninguém foi caluniado!

É até ridículo que justo o Tas, que só foi citado uma vez, tenha se ofendido tanto - os outros estão calados até agora...

Ele deve ter ficado putinho por ver uma crítica feita no blog de uma professora ter tanta repercussão.

E realmente pegou a Lola pra cristo, pq com ou sem o post dela haveriam protestos contra o tratamento que eles deram ao mamaço e a amamentação em público.

Lúcio Pimentel disse...

Além de não ter entrado em contato com a Lola, fica claro que o reporter(?) sequer leu o texto original do blog que gerou toda essa polêmica. Entrar na versão oficial do Tas sem nem checar o post da Lola é dose.

Parabéns pelo excelente trabalho Lola, acompanho sempre o RSS do blog.

Roberta Fraga disse...

Estamos com você!

TARCIO VIU ASSIM disse...

Palmas e apoio total a você. A tod@s que não se calam diante de hipocrisia e desrespeito.

Raqwerella disse...

Tas está atraindo a atenção para si, assim desvia o foco do real problema que é formadores de opinião destilarem preconceitos como se isso fosse normal.

Niemi Hyyrynen disse...

Que pessimo Lola! O Tas é um covarde, essa cultura da "carteirada" me enoja.

Mas quanto mais longe ele levar essa briga mais ele sera ferido, com certeza.

Tô contigo Lola!

aiaiai disse...

Dá-lhe Lolinha! Sua coragem e sinceridade são mais fortes que o poder difuso dessas "celebridades".

Juan Moravagine Carneiro disse...

Sempre em frente!

Letícia Rodrigues disse...

Que absurdo essa matéria do Comunique-se! Deturpam totalmente os fatos, dizendo que a Lola afirmou que o Tas, especificamente, é contra a amamentação, coisa que ela não fez. Não deram a ela a chance de se defender das acusações do Tas, de que ela publicou informações mentirosas. E ainda deram espaço para ele fazer pouco da mobilização no twitter, como se fosse coisa de gente desinformada.

Marcelo Zorzeto disse...

Ola Lola,

Há tempos que venho dizendo que o conteúdo do programa CQC é racista e preconceituoso. Eles não me enganam, pessoas desprovidas de talento artístico tentam buscar audiência através de piadas grosseiras, de mal gosto e preconceituosas. É engraçado proibir a marcha da maconha e deixar programas como o CQC, Pânico, Ratinho entre tantos outros de formato e conteúdo rasteiros permanecerem no ar. Mas isso é fruto de uma sociedade hipócrita e alienada,analfabeta e castrada, e infelizmente chega a ser "normal". Mas uma coisa é certa, esse medíocre do Tas e sua corja terão que processar milhões de pessoas brasil à fora, pois censura é o câncer da liberdade. Põe meu nome no processo!!!

Marina disse...

Olá, eu não conhecia seu blog e foi o máximo conhecê-lo justamente com esse post. As pessoas gostam de encher a boca para defender seu direito de falar o que querem mas não gostam de ouvir o que não querem e liberdade de expressão é justamente isso: defender o direito do outro falar até mesmo o que a gente não pensa, aquilo com que a gente não concorda e o que a gente não quer ouvir.

bumdabomba disse...

o que é tas? o que é cqc?

Rodrigo Rocha disse...

Querida
Depois dá uma lida no meu blog. Desculpa a escrita, foi com muita pressa. Intervalo de aulas. To contigo e não abro. E quer saber , esse episodio trouxe à tona uma discussão bem interessante: a hipocrisia dos comediantes. Egocentrismo Feelings...
O texto do meu blog pra ti: http://realityeponto.blogspot.com/2011/06/cqc-e-pqp-tem-realmente-diferenca.html

Ellen Lacerda (Elinha) disse...

Tem o meu apoio, e não só o meu, com certeza!
xero.

Marcelo Zorzeto disse...

PERGUNTA: O MANÉ DO TÁS VAI PROCESSAR AS PESSOAS POR DIZER A VERDADE? #meprocessatas

TWO OF US disse...

Lola, sou totalmente a favor do seu direito de se manifestar.
Estou aqui para dizer que conte comigo para ajudar com alguma quantia em dinheiro, dar minha contribuição para sua causa. Sua causa é , também, a nossa causa. E quer saber, ando cheia de televisão. Ando tão chateada com o lixo que se propaga na tv brasileira, que não assisto mais nada. O aparelho só me serve para filmes e documentários em dvd.
Estou cheia de ver carne humana exposta, geralmente de mulheres que, por falta de educação, de auto-estima, da omissão do estado nas áreas de educação e cultura, exibem-se como objeto sexual. Estou cheia de ouvir os vômitos de roteiritas de diversos programas que insistem na ideia de Não incentivar o bom hábito cultural. Estou cheia de programas sensacionalistas que banalizam a violência, os conflitos familiares e tantos outros problemas sociais. Estou cheia de programas que erotizam a infância e a adolescência. Estou cheia da seleção de filmes das tais redes: violência, violência, violência....Todo tipo de violência. Estou cheia de programas infantis que usam a criança para entrar no consumismo desenfreado, tornado-a, mais tarde vazia, fútil. Estou cheia das propagandas de tv que insistem que produtos de limpeza, fogão, geladeira e tantos outros referentes ao lar, sejam destinados apenas à mulher. Estou cheia do machismo e, muitas vezes, da misoginia explícita na televisão brasileira.
Estou cansada e, por isso, não sei muitas coisas que se acontece na mídia horrorosa. Só soube deste program ano passado e verificar, assistindo-o por uns dez minutos. Não consegui ficar muito tempo. Lixo! O nome do moço que te ameaçou, nem sabia do nome dele.
Fico feliz por minha alienação da sujeirada toda!
Escolhi não me estressar mais e curtir a casa dos 30 longe da sujeira da mídia brasileira ( e da norte americana também, pois me desfiz da tv por assinatura por perceber que é o mesmo lixo. Aliás, importam as m@#$%¨* de lá, infelizmente!) e ter mais qualidade de vida!
Fico grata por saber que há pessoas com senso crítico para refletir sobre tudo que li aqui em todo o tempo que entro aqui. Por isso sou sua leitora há tempos, mesmo que fique no silêncio nos coments.
Assim, vamos lutar, Lola!
E...Escreva, Lola, escreva!
Em tempo: a ameaça do carinha saiu no blog oficial da nossa presidenta Dilma. Dê uma olhada.
Conte comigo:
e-mail: duasartistas@gmail.com
Beijos

Marcelo Zorzeto disse...

Salve liberdade de expressão, abaixo a censura! E que venham os processos!
ESTAMOS ESPERANDO!

Isabel disse...

liberdade de expressão parece ser um direito inalienável apenas da da imprensa, não é? Engraçado isso, uma mulher se sente ofendida por algo que foi falado nesse programinha de quinta e não pode se manifestar? Mesmo na internet querem que as mulheres aceitem caldas todas as ofensas e grosserias.
Nem dá vontade de falar nada, se pudesse eu continuaria a fingir que esse reaça nem existe, mas o programa dele sempre gera uma polêmica de péssimo gosto da qual eu acabo sabendo.
Tem todo meu apoio, Lolinha.

Petra Leão disse...

Sei que muitos vão me criticar, mas acho que precisa ser dito: o Marcelo Tas já falou no ar, durante o CQC, do orgulho que tinha da filha Luiza (com quem já tive contato) ser lésbica. Uma amiga minha, a Raquel, que também é amiga dela, testemunhou todo o apoio que ele e a ex-esposa deram à Luiza quando ela se assumiu.

Hoje a Luiza trabalha com direitos humanos e por sinal, é feminista. E se dá otimamente com o pai.

Confesso que isso não me parece em nada com o perfil de um homem (e pai) misógino!

Confesso que achei estranho quando soube que ele lhe ameaçou de processo. Um cara que já foi criticado pelo país inteiro, se doer por causa de um post em um blog de visitação mediana, me pareceu no mínimo inusitado. Imaginei até que pudesse ser um fake se passando por ele e tentando te enganar, Lola. Mas enfim, nada é impossível!

Vivien Morgato : disse...

Esse argumento de ser "só" uma piada realmente nem deveria mais ser existir, afinal, algu´me REALMENTE pode crer nisso?

Acho o episódio decepcionante, sempre gosteei do Tas e acho que elem uma estrada bacana. Pena que essa estrada esteja entrando por vias tão deploráveis.

nando disse...

Engraçado né Lola, falam tanto em liberdade de imprensa mas quando alguem que se acha ïmportante¨,lê uma critica, logo se transforma em autoritários,que liberdade e essa.
Segue firme Lola abraços
Nando

Marcelo Zorzeto disse...

Saiu no blog da presidenta Dilma sobre esse caso. Leiam.
http://blogdadilma.blog.br/2011/06/lola-blogueira-cearense-pode-ser-processada.html#respond

Marcelo Zorzeto disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Petra Leão disse...

Ah, e só pra constar (porque juro que não tou aqui só pra "ser do contra"):
apesar de defender que humor não tem que ser politicamente correto, achei as piadas sobre o mamaço no mínimo fora de hora. E concordo 100% com tudo o que você falou sobre a questão da amamentação.

Anna disse...

Bom, Dolores...como já disse no outro post (e não acho me comentário dijeit ninhum), bem vinda ao clube das bloqueiras processadas. Espero que vc tenha sorte melhor que a minha.

Bjos!

Ju Silva Alves disse...

Estou contigo Lola!

Alessandro disse...

É verdade, Letícia. Tenho a mesma leitura do que aconteceu que você.

O Tas nem se saíra tão mal no vídeo quanto os outros dois, mas a sua ameaça de processo sem fundamentação que causou mais alvoroço.

Em um assunto não relacionado, Lola, peço que escreva ou linke um post que explique "O que é feminismo?", pq muitos que caem de paraquedas aqui estão perdidinhos, achando que é o oposto de machismo. Aff.

Giovanni Gouveia disse...

Falando em processo:

http://blogdotony.com.br/2011/05/13/rafinha-bastos-e-investigado-pelo-ministerio-publico-por-declaracoes-a-favor-do-estupro/

Avisa, non pasarán!

#eusouspartacus
#eutambémsoulola
#marceloasmeprocessa

Alessandro R. C. disse...

Apesar de muita gente falar mal do CQC avisando que perdeu um telespectador a partir de hoje e tal, eu aposto uma xícara de café que a audiência do programa vai aumentar.

O povo se interessa por assuntos polêmicos, que cutucam, que provocam adrenalina, emoção, tesão, que choquem...

Da mesma forma, o número de visitas ao blog da Lola vai aumentar também.

Paloma, a mãe disse...

Lola, estamos contigo!
Eu e outras mães faremos boicote à revista Crescer, onde este talzinho é colunista (veja só a ironia, né?) até que ele se retrate ou que seja tirado do quadro de colunistas da mesma.
Processa todo mundo, Tas!

Fefah_Flor disse...

Lola, é difícil ver mus comentários aqui, embora eu sempre leia o blog, mas injustiça não dá, tenhoq ue me manifestar!

Como já disseram acima, é triste ver que o Prof. Tiburcio é mais um...

Vc não escreveu nada demais, e ademais, não vejo embasamento jurídico nenhum para calúnia. Logo, concordo quando vc diz que trata-se de uma ferramenta para o "cale-se" e eu me pergunto: até quando? Até quando teremos que conviver com esse tipo de coisa?

Só digo uma coisa: continue escrevendo.

Vejo, que se por um lado, eles têm o direito do humor subversivo, você tem todo o direito de critícas ácidas. É a proporcionalidade.

E querer usar o Judiciário para resolver um probleminha de chateação é, no mínimo, exótico. Digo isso porque com tantos problemas de pessoas doentes que precisam de remédios, crimes a serem punidos, o grande senhor achar que é o Judiciário que deve afagar seu ego é demais pra mim.

Lola, não vejo nada demais em seu post. Ofensa é algo bem diferente disso. E se ele acha que o povo que fica na internet exagera, ele está fazendo o que mesmo?

@re_malachias disse...

o tas é a favor da liberdade de expressão, desde que não difame a imagem de alguém erroneamente, né, querida lola. mas eu realmente desisto de fazer com que as pessoas percebam que você é quem está errada, porque hoje em dia é só se dizer contra qualquer tipo de preconceito que já ganha o apoio do brasileiro. mesmo que a pessoa em questão esteja completamente errada e mal informada. um beijo, e eu espero veementemente que o tas te processe, pra perder esta bendita mania de "sou feminista, o resto são todos machistas desgraçados!!" :)

Clarissa Oliveira disse...

Lola, você é genial. Obrigada por escrever.

denise disse...

Lolinha conta comigo tambem, ´farei tudo o que puder pra que sua voz não se cale, assusta ver o machismo mostrando as garras por ai atravez de ideias misoginas, e atos de violencia contra nós mulheres, vc é um dos poucos canais que temos pra dizer o que pensamos, um abraço!!!!

Alexandre Lebrão disse...

Os integrantes do programa já estão perdendo a noção entre humor e respeito. Já gostei do programa, porém já há algum tempo venho perdendo o interesse devido as constantes piadas desnecessárias feitas por seus integrantes.
E hipocrisia é a marca de muitos que são ditos formadores de opinião.

Alexandre Lebrão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sil disse...

http://www.sepm.gov.br/noticias/ultimas_noticias/2011/05/nota-de-repudio-as-piadas-de-mau-gosto-do-201chumorista201d-rafinha-bastos

Link da nota de repúdio da Secretaria de Políticas para as Mulheres

http://blogdotony.com.br/2011/05/13/rafinha-bastos-e-investigado-pelo-ministerio-publico-por-declaracoes-a-favor-do-estupro/

Link do blogueiro que denunciou a apologia ao crime ao Ministério Público.

lola aronovich disse...

Muitíssimo obrigada a tod@s vcs mais uma vez pelo apoio. Queria abraçar cada um@. Em homenagem, pra simbolizar, vou dar um beijo no Calvin e comer pavê de chocolate.

E espero que @s leitor@s inteligentes que surgiram por causa desse embate continuem vindo aqui. Ontem foi um número absurdo de visitas. Imaginem só, eu já estava toda feliz que mês passado consegui bater recorde de visitas no blog, com 95 mil (155 mil pageviews), que pra mim é muita visita, dá mais de 3 mil por dia. Aí nos dois primeiros dias de junho, por causa do bafão, o recorde é batido... Mas, claro que a imensa maioria dessas visitas ñ vai passar a frequentar o blog. Até porque o tempo médio de cada visita despencou pra 30 segundos. Me digam se dá pra ler um post meu (desses “curtinhos”) em 30 segundos?! E quem lê os comentários tb? Então sei que a maior parte só entrou pra ver o que tava acontecendo e saiu. Mas tomara que vcs que chegaram aqui e gostaram continuem. Porque já entram como leitor@s qualificad@s, politizad@s. Abração, gente boa!

lola aronovich disse...

Dária, sou a favor do “contra-ataque”, independente do meu caso. Hoje li que a Secretaria das Mulheres vai chamar o Rafinha pra responder sobre a piada do estupro. Acho que é por aí, temos que reclamar mesmo. Dá pra promover boicote aos patrocinadores (os do ano passado, segundo a Jessica: Skol, Pepsi, Trident, Sky, Unilever, Dafra, Nestlé, Santander, Gilette, General Motors); dá pra denunciar as besteiras do CQC (e outros) aqui, como disse a Suzana:
www.eticanatv.org.br “Quem financia a baixara é contra a cidadania”. Também tem ligação gratuita: 0800 619 619

E agradeço muito a ideia do abaixo-assinado, ou formulário padronizado. Mas será que não seria melhor entrar com isso depois (e SE) eu for processada? Quer dizer, não inviabiliza que façamos abaixo-assinado em outras áreas, não relacionadas a minha pessoa. A luta é muito mais ampla do que eu vcs Tas.

lola aronovich disse...

Jessica, vc me disse um dos maiores elogios que alguém pode receber. Lindão! “Adoro o seu blog Lola. Seus posts despertaram em mim uma força que eu desconhecia”.


Pois é, Martha. Esse era meu maior medo, desde que uma leitora ou leitor cantou a lebre: tem certeza que os emails eram do Tas? É que eu nunca recebi email falso na vida. Todo mundo que diz que é, é. Eu não desconfio das pessoas, acredito em todo mundo, sou muito ingênua. E se de repente fosse alguém se fazendo passar pelo Tas? Aí eu fiquei temerosa sim, porque imagina só, depois de toda essa movimentação, o Tas chegar e dizer “Quem é vc? Nunca te mandei email nenhum!”. Eu tinha certeza que era ele, mas fiquei muito mais segura depois da confirmação na entrevista. A menos que a entrevista também seja fake...

lola aronovich disse...

Então, Pat, claro que eu abro espaço em forma de guest post pra direito de resposta. Imagina se não! Sempre deixo claro que os guest posts nem têm que bater com o que penso. E já publiquei alguns que eu discordava muito. Mas, claro, bem pouquinhos, até porque a maior parte d@s leitor@s que vem aqui tem o mesmo pensamento humanista que eu. Mas acho (espero) que Tas não vai processar não. Que ele já viu a besteira que foi ameaçar. Ele sabe que isso pode voltar com muita força contra ele.


Daniel, também achei a matéria tendenciosa, mas até aí... qual não é? O mais incrível é não escutarem o outro lado! Ok, muito do meu “outro lado” tá nos posts, mas podiam ter me perguntado diretamente. Por exemplo, o Tas diz que eu não respondi os seus emails. E claro que respondi! Afinal, ele me mandou 3 emails, e um foi resposta ao outro.

lola aronovich disse...

Obrigada por todo o apoio, Two of Us. Me diga, saiu onde no Blog da Dilma? Me mande um link se puder, please? Aliás, se for o link que o Marcelo colocou, já aviso: o Blog da Dilma não é dela! Não é o oficial. Tem muito mais visitas que o oficial, mas não tem nada a ver com ela. Esse é do meu amigo Daniel (e li o post anteontem e achei super em cima do muro: “não quero me manifestar porque não vi o programa...”. Não viu porque não quis! O link pro vídeo de 3 minutos está nos meus 3 posts!).


Obrigada, Anna. Sei o quanto vc sofreu com seu processo totalmente injusto. Aliás, o que aconteceu? Acabou? Faz tempo que não nos falamos...

Mandinha disse...

essa polêmica me lembra aquele texto sobre o Esclarecimento do Kant (não é o meu filósofo favorito, conservador demais pro meu gosto, mas...), no qual ele fala sobre a questão do uso público e do uso privado da razão.
A carreira do Marcelo Tas devia ter acabado com o professor Tibúrcio!

Torto disse...

Força companheira! vamos vencer estes idiotas!

GAVETAINDUBITÁRIA disse...

Gente, saiu no blog oficial da presidenta Dilma:

http://blogdadilma.blog.br/2011/06/lola-blogueira-cearense-pode-ser-processada.html

Lola, conte comigo com ajuda em dinheiro para pagar advogado, ok? Contribuo com muito prazer!

Nos processe, talzinho de quê mesmo??

Rickioo disse...

Ok, liberdade de expressão.

Sou uma pessoa, entre milhares, que deixou de ver graça no CQC. Como você, tenho repulsa por Rafinha Bastos e seus comentários “malandros” e sua pseudo inteligência. Mas após a leitura completa dos três posts sobre o “caso cqc”, não consegui me livrar da impressão de que tudo isso não passa de uma tempestade sua em um copo d’água. Talvez pela expressiva quantidade de visualizações do seu blog, e até da quantidade de comentários das suas “leitor@s divertid@s e inteligentes”, não consigo ver nada diferente de uma espécie de “Olimpo” onde você se colocou e pode, confortavelmente, despejar todas as suas criticas a tudo que é padrão. Aliás, se por um lado o CQC foi machista, pra você, inteligentes são suas “leitor@s”. Eu por ser homem, talvez seja muito estúpido e não tenha capacidade cognitiva de vocês para entender tudo o que foi escrito.

No final, não é muito diferente do que o CQC faz: Fala o que seu nicho quer ouvir. Me parece um monte de idéias (críticas, em sua maioria) fabricadas sobre os velhos modelos que a sociedade tem como padrões de beleza, status, sexualidade e etc. É a crítica que ninguém quer fazer, mas não por medo ou por falta de instrução, mas por falta de importância. É mais ou menos o estilo “Arnaldo Jabor” de ser intelectual: basta falar mal de tudo que as massas aprovam e praticam e pronto, “genial”.

Somnia Carvalho disse...

Lolissima,

fico maior triste com esta situacao! Eu nao conheco o tal programa e a imagem que tenho do Tas e aquela mesmo de defender liberdades, de estar no meio de quem pensa longe. Foi um erro grosseiro dele porque no fundo ele nao sabia com quem estava falando Lolinha... vai ver pensou que voce era uma tontolona que escrevia num bloguinho tonto qualquer, sem visitas, sem gente tantos comentadores.

Por isso tudo e porque eu vou dar um voto pra alguem que teve um passado que a gente acha bacana... acho que ele nao continua o caso, nao vai ate o fim... nao vale a pena! por enquanto o aue ajuda a dar razao a ele... e meu! imagina quanto trouxa nao vai assistir o programa depois da polemica? e assim que funciona televisao! e ele e sei la quem mais faz o programa parece tambem depender dela, do ibope, das merdas babacas para conseguir gente assistindo.

nao se deixa abater amiga! o que ta escrito no post nao te incrimina!!!

Fernando Henrique disse...

Lola,

Primeiramente parabéns pelo blog.
Com relação ao assunto do momento, infelizmente a misoginia brasileira vem de berço, basta debruçar-se um pouco que seja no estudo da história da formação deste país para constatar isso. E infelizmente avançamos muito pouco.
O problema de comentários misóginos como os do CQC, que não assito a muito tempo, é que eles vêm embalados no "humor" que tudo pode nesse país, ditos por pessoas que o brasileiro no geral julga serem informados e por isso adotam com um peso diferente de uma conversa de buteco. Pode-se fazer piada de tudo (De judeu, de índio, de negro, de homossexuais, de determinadas correntes religiosas, etc). E tudo é justificado pelo senso comum, pelo que é "Normal" (Ou seja, catolicismo brasileiro,que nem de longe é ortodoxo, gente branca, que nem é tão alva assim, com dinheiro, que nem é tão abastada assim e pretensiosamente culta, que consegue a proeza de debochar de um crime absolutamente inaceitável como o estupro).
O triste é que muitos (e infelizmente a maioria dos) brasileiros aplaudem essas atitudes.

Caroline disse...

Não conhecia seu blog e fiquei sabendo por esse episódio lamentável. Apoio total a vc.

O problema de quase todo humorista, é a falta de bom senso ao fazer piada. Todos acham que tudo é motivo de piada. Danilo Gentili com aquela porcaria de livro sobre "como ser o pior aluno da escola" (que me deixou revoltada, pq tb sou professora), o Rafinha com sua piada infame sobre o estuprador de mulher feia e agora a piada infame feita em trio sobre a amamentação. Claro que vc em momento algum disse que ele é contra a amamentação. Com certeza o que ele fez foi muito pior: ridicularizou em público um monte de mãe que amamenta. Será que eles não pensaram em como as mães se sentiriam com essa piada? Será que eles não pensaram que, juntamente com eles, milhares de pessoas tb estariam fazendo piada com o que eles disseram? Engraçado é que eles tiram sarro, mas depois vem com aquela conversinha de "mas a gente é a favor da amamentação". Faça nos o favor né.
Parece que ele só age quando convém, né. Ridicularizar a anatomia de mulheres que amamentam pooooode, ser criticado por isso, não. Publicar pra todo mundo um monte de piada besta pode, quando ele é alvo de critica e quer processar, é pessoal. Agora ele pode ficar feliz pq ele tem um monte de gente pra processar tb. Olha, infelizmente esses são os humoristas de hoje.

Professor Tibúrcio não ensinou pra ele sobre ser livre para se expressar. Lamentável.

Abraço.

pelegrini disse...

Lola, conte comigo, sei que você não precisa pra se defender, mas conte comigo.

Abraço,

Pelegrini

Paola disse...

Estou contigo e não abro!

Flavio Moreira disse...

Olá, Lola.
Vi seu blog hoje, porque seu post foi publicado no Cloaca News, que leio com frequência.
Gostei muito dos seus textos, da sua incisão certeira na banalização do preconceito com o aval da TV e demais mídias.
Gostei também dos seus textos em relação às bobagens ditas pela "tchurminha" desse tal CQC (nunca o assisti, mas sei pelo tanto de pessaos que conheço que é algo ue não se deve ver ou ouvir - não sem tomar um engov antes e outro depois).
Marcelo Tas há tempos me decepcionou como figura pública, jornalista e comunicador. Parece-me alguém que cansou de lutar contra o deslumbramento que a TV proporciona e hoje afoga-se na própria imagem. Os outros "humoristas" do programa eu não conheço, mesmo, mas nunca ouvi ou li nada de alguém minimamente inteligente que abone a conduta desses caras.
Uma grande pena - afinal, como foi bem lembrado, a TV é uma concessão pública. Não estaria na hora de fazermos, de fato, um movimento pela melhoria do nível da programação exibida? Não deveríamos lutar por programas que discutissem de forma articulada, aberta, criticamente as questões cruciais do país e do planeta? Que trouxesse não só entretenimento, que é importante, mas entretenimento de qualidade, que agregue valor às horas que passamos na frente da telinha. Aliás, é por causa desse vazio intelectual da TV que eu deixei de assisti-la há mais de dois anos, quando cancelei a TV a cabo - como aqui no meu bairro a recepção da TV aberta é muito ruim, deixei por isso mesmo. Foi uma das melhores coisas que fiz, pois passei a ter tempo de ler (coisa que, em época de faculdade é fundamental), dormir melhor (nunca mais noites mal-dormidas no sofá), ouvir mais música, receber mais os amigos e cozinhar para eles - enfim, foi uma revolução na minha vida.
No dia em que valer a pena voltar a sentar diante da telinha, eu talvez pense em retomar a assinatura da TV. Mas será que eu vou mesmo querer abrir mão da minha liberdade?

Enfim, tudo isso para dizer que fiquei seu fã e voltarei muitas vezes para ler seus textos.
Um grande abraço,
Flávio Moreira

Cinthya disse...

O que a @Daní Montper falou foi tudo "E as vítimas de estupro que tiveram que ouvir piada a respeito?" Além dos orfãos, judeus etc etc que são vítimas desses caras.

Também não tinha comentado antes mas estou com vc.

Beijos

Aline disse...

Oi Lolinha, estou ficando inspirada de tanto ler seu blog... ando postando bastante no meu, rsrsrs.
Minha opinião sobre tudo isso você já sabe.
Sabe o que eu descobri? O Rafinha bastos odeia piada de judeu, se sente ofendido...

Aline

Gizelli Sousa disse...

Lola, eu sempre fui feminista, mas você deu uma nova dimensão ao meu conhecimento sobre o assunto. Despertou um olhar muito mais crítico em mim. Sei que sou comentarista recente, mas estou por aqui a algum tempo. Só posso agradecer a você e a esse blog e dizer que apóio o seu direito de se expressar, até porque, diferentemente dos neandertais do CQC, você baseou-se unicamente nas coisas que foram ditas por eles. Enquanto o Tas se baseia em coisas QUE NÃO ESTÃO ESCRITAS em lugar algum. Eu li e reli o seu texto e não há nenhuma ofensa dirigida ao Marcelo Tas de forma pessoal. No máximo, vc chama o CQC de misógino. E eu te pergunto, e daí? A eras eu os chamo de babacas e ninguém veio me processar.

Sinceramente, fico triste por você ser processada, mas fico feliz que alguém tenha abalado o EGO do Tas. Ele PRECISAVA disso. Precisava desse texto. Espero sinceramente que depois de toda essa movimentação ele possa repensar sua atitude (tanto a de desfazer das mães e das mulheres, quando se manteve calado diante das coisas absurdas proferidas pelos imbecis por trás da bancada, quanto pelo desejo de calar a sua liberdade de expressão).

Raquel disse...

Neste video ele diz que a processo jurídico também é uma forma de intimidação...
http://www.youtube.com/watch?v=IRmW0IeNkto
diz que não é uma maneira inteligente e democratica de resolver

Gizelli Sousa disse...

Raquel,ele é muito incoerente!!!

Eu: disse...

Em solidariedade!

lola aronovich disse...

OH MY GOD, RAQUEL! Que bomba!
“Ñ creio q intimidação através de processo, de indenização, seja uma maneira inteligente e democrática de resolver essa situação” Ass: Marcelo Tas. Pode isso, Arnaldo?

vania disse...

Querida Lola, obrigada pelas palavras que representam o meu sentimento. Você me inspira.
Um beijo
Edvania Santos

Daniel disse...

Tens meu apóio Lola!

@danielneves

Mônica disse...

Escreva, Lola, escreva!

Denise Arcoverde disse...

Lolita, voce sabe que claro que lhe dou todo apoio. Ando ocupadissima e reclusa, mas estou preparando um post sobre o caso e mobilizando as pessoas que conheco do movimento de amamentacao, se precisar mobilizo tambem o movimento internacional, gente que vai adorar mandar seu apoio pra voce. Beijao e obrigadissima por ter levado o assunto pra frente!

Thalita Aguiar disse...

Devidamente adicionada aos meus favoritos, Professora.

Antonio Ximenes disse...

Lola,

Você conquistou um discípulo.
Não digo isso somente por concordar com a sua opinião sobre esse tipo de "humor" que toma conta do Brasil... ou pela sua postura nesta discussão contra o equivocado Marcelo Taz.
Mas... também.
Pela maneira deliciosa que você descreve o ocorrido.
Eu estava na Fa7 (onde curso Jornalismo)... quando descobri sua existência.
Sinceramente.
Tornei-me seu fã.
Ressalto que sou Homem... casado... e um pai que troca fraldas... sabendo que o papel do "ser masculino" não pode ser limitado por uma ótica machista e ultrapassada.
Abraço forte.
Abraço forte.

Antonio Ximenes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leo S. disse...

O que aconteceu é que ele foi criticado com inteligência e não teve argumentos. Ele deveria ter vergonha.

Giovanni Gouveia disse...

Oxente, é hipócrita mesmo!
http://migre.me/4IL3l

Desculpa o trocadilho, mas quando dizem que é "um canalha" é só eufemismo...

Lola, é nossa La Pasionária

Avisa, !No Pasarán!

Adriana disse...

A "reportagem" da Comunique-se é lamentavel. Um exemplo de como nao fazer jornalismo. Da pra ver que o autor se posiciona inteiramente a favor do Tas - alias, diz tudo o fato de que o reporter nao se deu ao trabalho de enviar um simples email perguntando diretamente tua opiniao. Ridiculo.

Leocadio disse...

olá, paz e bem!

desse triste episódio, como muitos comentaram, a parte boa foi chegar a um espaço com conteúdo.

parabéns Lola. passei a acompanhar seus tuítes (e não pretendo deixar de acompanhar o Tas).

agora como humanos e, principalmente, brasileiros; não resistimos a uma paixão clubística, né não?

são as pedras aindam rolando na jovem democracia "deste" país.

fatos, argumentos e posições devem ser expressados com toda liberdade e, suas possíveis consequencias fazem parte do jogo.

o que não podemos admitir são soluções do tipo "tapetão", "você sabe com quem está falando", "empurrar com a barriga"...

é por aí!

saudo você, repetindo o mantra do blog: Escreva Lola Escreva!

abraços livres,

CM disse...

Escreva, lola, escreva. Mas se for o caso "grite, Lola, grite" mas nao páre. Meu apoio total.

CM disse...

Escreva, lola, escreva. Se for o caso, grite, Lola, grite. Mas nao páre. Meu apoio total.

ricardo disse...

Escreva Lola. Se algum babaca reaciionário te ameaçar com processo pode contar com centenas de leitores. Vamos nos mobilizar virtualmente e "passar a sacolinha" para contratar um excelente advogado.

corvobebado disse...

a moda do reaça
http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/a-moda-do-reaca/

corvobebado disse...

E eu acrescentaria: a moda do babaca reacionário!

Ághata disse...

Esse Marcelo Taz, além de misógino, é covarde e doido.

Daniel Moraes disse...

Vi sua matéria no perfil de uma amiga do facebook, que me trouxe até aqui e até os outros posts e fiquei sabendo da historia toda. Quero parabeniza-la pela coragem e dizer que não é só você que está contra o Marcelo Tas nesse caso de piadas sexistas e preconceituosas. Quer dizer que a mulher carrega 9 meses a criança na barriga, se privando de VÁRIAS coisas e depois ainda tem que ficar dentro de casa pra que o homem não veja ela amamentando? Estou realmente chocado que isso tenha sido dito em rede nacional. É por essas e outras que não assisto mais CQC desde que ele "resolveu" ser polemico (custe o que custar) pra ter mais audiencia. Estou contigo, Lola. Abraços.

Cybershark disse...

Total apoio a sua causa. Tas (e o CQC) é um pé no saco! Babaca arrogante e hipócrita.

Ah, sou analista do discurso e fiquei positivamente surpreendido com vc ter mencionado a AD.

Miriam disse...

Ih, Lola, eu te defendo de graça.
Calúnia e difamação?
Difícil, hein...porque o Código Penal tem outra definição para esses tipos penais...

Vicente Moliterno disse...

Apoio total à causa, transformar preconceito em piada só torna esse preconceito ainda mais entranhado, como as piadinhas feitas com homossexuais... apesar de o Tas não ter entrado na onda do Rafinha e do Luque, agiu de maneira muito píor quando ameaçou processar alguem que deu a sua opinião, opinião essa, muito embasada da sua parte.

Ceinwyn disse...

CQC já tava perdendo uma telespctadora depois das "piadas" com estupro, depois dessa aula de egocentrismo do Tas então...


Com o Rafinha a decepção até foi presente, mas com o Tas foi muito pior: acreditava na hipocrisia dele. Mas um dia as máscaras caem....

#tasmeprocessa

Fernanda disse...

Lola, pessoas como esses apresentadores do CQC só estão onde estão pq tem um público que os colocou lá...Gente que os segue em busca de cinco minutos de atenção, pessoas carentes e sem conhecimento que se identificam com as asneiras que lhe são ditas. É a teoria hipodérmica, vc consome aquilo que lhe é passado, mastigado, pronto para digerir, não precisa pensar, refletir, EU FAÇO ISSO POR VC..

Denise disse...

Lola, já te acompanho faz tempo via meu amigo Diego jiquilin. Adoro seus posts! Parab´nes pela coragem de peitar toda essa porcaria que se alastra pela mídia.

Claudia disse...

É isso aí!!!Estou do seu lado na indignação com estes programas tão tendenciosos!!!
Claudia

Claudia disse...

É isso aí!! Também abomino este tipo de comportamento de programas como o cqc!
Claudia

Claudia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago Habib disse...

Tem meu apoio! Acompanho seu blog pelo RSS.

Mya disse...

Continue escrevendo, Lola, Continue!

Gisella Goncalves disse...

Lola, caríssima!
Não conhecia você, não conhecia seu blog - e tive a felicidade de conhecer via Facebook, através de um amigo.
Ganhaste uma fã, and I mean it!
Quero acompanhar de perto esse imbróglio (quase inacreditável) com esse tal de Tas (O-D-E-I-O o tal CQC!). Tens meu total apoio!
E já aproveito pra te dar parabéns pelo niver na 2a., eheh...
Beijo grande, obrigada por compartilhar suas ideias, palavras e sua luta.
Gisella Gonçalves

Taci ♥ disse...

Lola!!

gostei muito doque vi por aqui, preciso ler todo o seu blog, viciei!!! hahaha,

acabei de falar para o meu marido, o tal "seguidor do CQC" (não decorei o nome) não tem opinião própia, mal deve saber saber doque está se falando, e vc acha que ele teria capacidaade de argumentação ou ao menos coragem de debater com você?


Está super de parabéns!!

Grande abraço,

Taci.

Taciana de Fátima Oliveira disse...

Lola não sei você leu o artigo desse blog http://noticias.r7.com/blogs/o-provocador/2011/06/02/humor-custe-o-que-custar-sai-caro-e-nao-e-nem-um-pouco-engracado/

Acho perfeita a crítica.

:: Giselly :: disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
:: Giselly :: disse...

Para o Marcelo Tas São apenas os outros que devem ter responsabilidade com o quê publicam. Ele não precisa para o que diz!!!
Que triste!
Já tava chateada a algum tempo e parei de assistir o CQC.

No Facebook ele deturpou:
Marcelo Tas
Socialistas espanhóis tomam olé nas urnas e ocupam ruas de Madri. Querem o quê: ganhar no grito?
23 de maio às 14:44 manifestação em

Olha qual é a real:
Milhares de espanhóis acampam em protesto contra política econômica http://t.co/cvaR9gH

Agora descurti geral!

aislaaraujo.com disse...

Total apoio a você Lola.
Acho que a galera do CQC vai ter que processar muita gente. A maioria (digo, a maioria) das pessoas com mais de duas sinapses escreveu sobre a misoginia e a baixaria do CQC. Enfatizando, é claro, o perigo de humoristas tão notórios espalharem o preconceito e o estímulo a crimes hediondos, como o estupro.
Mulher não pode amamentar em público - ela tem que ir pra um banheiro | mas, ué, é tão normal fazermos nossas refeições no banheiro - estupro pra mulher feia é oportunidade - discionário do Rafinha - -- E assim a gente vai aprendendo com o CQC, que humor é é só humor, por mais que influêncie profundamente a grande massa brasileira. E quem se preocupa com isso?! Tudo não passa de uma grande tragicomédia!

http://aislaaraujo.com/2011/05/10/estupro-e-risos-a-flor-da-pele/

Iceman disse...

Ué, não estou entendendo, desde quando o exercício legítimo de um direito reconhecido pela Constituição Federal virou "injustiça", "censura", "repressão", "intimidação" etc?!?!

Marcelo Tas tem o direito de processar, assim como a autora do blog tem o direito de se defender.
Ademais, se a autoria acha que suas expressões virulentas e preconceituosas não constituem nenhuma forma de ataque, porque está preocupada com o processo?

[ironia mode on] Certamente ela irá ganhar o processo e ainda lucrará algum com uma indenização por danos morais contra o Tas [ironia mode off]

Júlio Pacobahyba disse...

Olhae o video que a gente fez sobre o assunto: http://www.youtube.com/watch?v=ayZF0bS3YBI

Natura/Avon disse...

É isso aí... estamos contigo.
Não se deixe intimidar por nada.
O maior problema dessa história toda é a vergonha que nós todos passamos, qnquanto brasileiros, por um programa desse nível cultural influenciar e "pensar" pelas pessoas.

Parabéns.

Daniel disse...

"Reitero que da minha parte, sou 100% a favor da liberdade de expressão."

Da sua, né? Porque se alguém faz piada com algum grupo que seja dos seus queridinhos você quer mandar prender. Mas você pode chamar os outros de babaca, misógino e etc, certo? Hipocrisia.

Thiago Rosa disse...

Tas, se não sabes brincar, pega os brinquedinhos e volta para o Castelo Rá-Tim-Bum! Lá tu eras mais interessante...

mãe do João , Arthur e Caetano Melere . disse...

Eu agora sou anti cqc , perderam a mão e tá virando um pânico da vida , bom , simples assim Lola ele te processa e fazemos um movimento com as meninas do mamaço e processamos eles , ele .

humor burro do cqc e aquele Rafinha bastos me deixa com vergonha de ser gaúcha ou melhor ele deveria ter vergonha .

kikasummers disse...

Pra que isso, hein? Pular da TV Cultura (e da imagem feliz do Castelo Rá-Tim-Bum e do Professor Tibúrcio) pra um CQC da vida. E agora pagando de hipócrita, te ameaçando por manifestar sua opinião e se apresentando de modo absurdamente contraditório. Não consigo me conformar...

ana_alice disse...

Raqwerella disse...
"...desvia o foco do real problema que é: formadores de opinião destilarem preconceitos como se isso fosse normal."


exato! ninguém mais está falando no assunto principal, agora só se discute se processo judicial é censura ou não, se é legítimo ou não. e a questão da responsabilidade na tv? o idiota do rafinha bastos e seus fãs só sabem dizer "humor não tem limites".

opa, então no enterro da mãe deles faço questão de ir pra contar umas piadas mórbidas. tenho certeza que vão curtir a beça. ou quando a filha de um deles for estuprada, tenho certeza q vão achar mais divertido ainda.

esses caras só não fazem piada racista abertamente (pq "sutilmente" eles fazem) só pq é CRIME. nessa hora o cu aperta, né? nessa hora até humor tem limite.

Tiago disse...

Tas se mostrou um simplório hipócrita. Você tem o meu apoio Lola.
Não se deixe isso intimidar você. Da mesma forma que eles tem a liberdade de expressão deles, você também tem a sua!

Força!!!!

Anônimo disse...

Dois anos depois e, cada vez que eu vejo o Tas no Cartoon Network fazendo campanha contra o bullying, o xingo de contraditório porque ele apoia o bullying do seus colegas, fez um tipo de bullying com você por ameaca-la de processo e agora quer pagar de bonzinho.
E pensar que eu aprendi tanta coisa com esse senhor quando ele fazia parte do elenco de programas infantis educativos da TV CULTURA