quinta-feira, 2 de junho de 2011

LIBERDADE RELATIVA: MARCELO TAS QUER ME PROCESSAR

Estou indignada, mas vou me esforçar para não parecer tão indignada. Ontem, como vocês viram, publiquei um post mandando o CQC pra PQP. Isso foi no título. No texto em si eu estava muito mais comedida, e expliquei porque é misoginia ter nojo da anatomia feminina (principalmente quando esta anatomia não está a serviço dos homens adultos e héteros, como no caso da vagina no parto e dos seios na amamentação). Por que fiquei tão revoltada? Por uma questão de princípios. Não sou mãe, nunca quis ser mãe, e agora, prestes a completar 44 anos na próxima segunda, definitivamente não serei mãe. Portanto, nunca amamentei. Também nunca fiz aborto, e no entanto sou 100% a favor da legalização do aborto. Assim como não sou lésbica, mas comemorei quando a união homoafetiva passou no Supremo. Não sou negra, mas faça uma piadinha racista perto de mim. E por aí vai. Eu não defendo apenas as causas que me beneficiam diretamente.
Já faz tempo que eu e muitas, muitas pessoas não engolimos as asneiras “politicamente incorretas” (código para “posso falar o que quiser e não aceito ser contestado”) de Rafinha Bastos, Danilo Gentili, e do CQC em geral, entre tantas outras celebridades e seus programas. Mês passado foram dois casos: Rafinha, numa revista, defendendo com todos os dentes piada de estupro (é um favor uma mulher feia ser estuprada, estuprador merece um abraço etc), e Danilo twittando que entende porque os judeus de Higienópolis são contra a construção do metrô — porque, da última vez que entraram num vagão, foram parar em Auschwitz. No segundo caso, a Band exigiu retratação do seu contratado, e Danilo rapidamente tirou o tweet do ar e pediu desculpas. No caso de Rafinha, nada. Parece que não é bacana fazer piada com judeu, mas com mulher, zuzo bem, tá liberado. Afinal, somos apenas 52% da população.
Mas eu me ofendo. Sou feminista desde os 8 anos de idade, e pra mim é ponto pacífico que a mulher tenha liberdade sobre seu corpo. Portanto, quando vem um bando de marmanjo ridicularizar mulheres por amamentarem em público, vejo isso como uma intervenção no corpo da mulher. É dizer que ela não pode amamentar na frente de outras pessoas, que existe apenas um tipo de seio que pode ser exposto. Isso num momento em que os mamaços se intensificam por todo o país, porque as mães não são bobas: elas sabem que vem crescendo no Brasil um conservadorismo que é contra a liberdade feminina (e também contra a liberdade de todas as outras minorias).
Quando Rafinha desdenhou do mamaço (e do beijaço), ele sabia o que estava fazendo. O CQC sabia. E aq
ui admito que errei numa informação no meu texto, como me informou uma leitora: não foi na TV que esse lamentável diálogo (veja aqui) aconteceu. Foi no CQC 3.0, que passa na internet após o programa televisivo. Mas faz muita diferença? Os participantes são os mesmos. Os temas, pelo que me contam, são os mesmos. O nível de estupidez é o mesmo. Se a gente considerar que integrantes do CQC estão ligados ao programa até quando falam numa revista ou no twitter, imagino que o que eles digam num troço pra internet chamado CQC 3.0 conte como parte do CQC, ou não?
De todo modo, ontem mais ou menos no almoço recebi um email do Marcelo Tas, curto e grosso, querendo saber onde e quando ele se posicionou contra a amamentação. Eu respondi, com a mesma educação que me foi dispensada, que nem ele nem o CQC se opuseram à amamentação, e sim à amamentação em público, como está claro no meu texto. E que eu só citei o Tas uma vez, num parênteses sem referência à amamentação em si, em que eu dizia que é claro que a sociedade gosta de seios (desde que direcionados a sua função única, a de fazer babar os homens) porque a TV não sobreviveria só de Rafinhas ou Marcelos Tas. Mas ele me mandou um outro email, subindo o tom, pedindo retificação imediata, porque ele não se disse contra a amamentação em público, ele não disse nada daquilo, e ele não é misógino. Comentei no Twitter que eu tinha recebido email do Tas e, mais tarde, publiquei nos comentários do meu post esses dois emails curtinhos como resposta dele, como um “outro lado”. Recebi outro email em seguida, em que ele diz: “Você vai aprender através de um processo por calúnia e difamação a ser mais responsável com o que publica, esta troca de e-mails documenta a minha tentativa de dialogo com voce antes de tomar o caminho da Justiça”. Quer dizer, o que foi isso? Ameaça de processo, certo?
E isso me deixa indignada. O CQC tem o direito sagrado da liberdade de expressão para caluniar todas as mulheres, mas eu não tenho a liberdade para criticá-los? Então me parece que essa tal liberdade é meio relativa. Eu, por exemplo, dona deste humilde bloguinho com suas 90 mil visitas e 150 mil pageviews por mês, jamais ameacei ninguém com um processo. Sou contra a censura. Em todas as minhas críticas aos machistas, misóginos, homofóbicos e racistas de plantão (e são muitas críticas em 3,5 anos de blog com atualizações diárias), nunca exigi que alguém se calasse ou que algo fosse tirado do ar ou da internet. No caso do Rafinha fazendo piada com estupro, não divulguei nem o que seria totalmente legítimo — que passássemos a boicotar os anunciantes do CQC, programa que o emprega.
É engraçado que o Tas queira me processar porque, como lembrou a Srta.Bia, no caso do Danilo, quando a PinkyWainer perguntou ao Tas se ele apoiava o tipo de humor danístico sobre judeus e o metrô de Higienópolis, ele respondeu: Engraçado também que o CQC e demais programas são os primeiros a gritar “Censura! Exijo liberdade de expressão!” quando recebem qualquer crítica, mas são tão rápidos no gatilho pra ameaçar com processo quem os critica.
Eu até entendo. Por coincidência, estava lendo uma matéria da Lúcia Rodrigues na Caros Amigos de maio. Chama-se “As Novas Táticas da Repressão Política” (trecho aqui) e fala justamente sobre como processos jurídicos são movidos para intimidar os ativistas. É o que está em alta atualmente. O MST incomoda? Não basta só jogar a polícia em cima, mete também um processo! Processo é usado pra calar qualquer um que se oponha ao status quo. E Tas e seus colegas de CQC, apesar de posarem de moderninhos, representam, com seus preconceitos ultrapassados, esse status quo. Seu exército de advogados, sempre prontos para defender os integrantes de qualquer processo, também serve para intimidar. Mas se alguém achar que difamei o Tas, peço para que leia o post, do qual não troquei uma só vírgula. Como disse o Bruno, “se esse post é calúnia, o CQC é formação de quadrilha”.
Tas em nenhum momento criticou o que seus colegas disseram, ou as outras besteiras que vivem dizendo. Mas se irritou porque eu o chamei de misógino. É, fui injusta. Gostaria de acrescentar que, além de considerá-lo um misógino de marca maior, também o vejo como um tucano enrustido e um babaca arrogante. Isso é calúnia e difamação? Ou é a minha opinião?
Se não tenho direito a minha opinião, então, Tas, me processe. Pela demonstração de apoio que recebi ontem, suponho que bastante gente ficará do meu lado, a favor da liberdade de expressão. Acho que na hora muit@s de nós nos levantaremos gritando “Eu sou Spartacus”, sabe? Você deve saber a força de uma mobilização online. Fico no aguardo de você começar uma luta de Davi e Golias contra mim. Ao contrário de você, eu não tenho um dos maiores grupos de comunicação do país me dando apoio. Tenho apenas a minha consciência, e esta precisará de mais de um processo pra ser calada. Eu sou mulher, sou feminista, tenho peito, não tenho medo. Pra mim “aquilo roxo”, balls, cojones, nunca foram sinônimo de coragem. Coragem é enfrentar todo um sistema que insiste em perpetuar preconceitos.

1.106 comentários:

1 – 200 de 1106   Recentes›   Mais recentes»
Lord Anderson disse...

Lola, com certeza vc tem todo nosso apoio.

Odeio essa arrogancia e hipocrisia dessas "celebridades" que ao primeior sinal de critica tentam abafar as criticas dizendo que é tudo humor e quando essa desculpa esfarrada não cola ja partem para a ameaça.

Duvido muito que isso se concretize, mas pode contar com toda a mobilização que eu puder conseguir p/ seu apoio.

Gizelli Sousa disse...

Jamais calarão a sua consciência. Perfeita em todas as suas colocações, novamente.

Arthur Miranda disse...

acho que eles se dizem "politicamente incorretos"

Ligia Moreiras Sena disse...

Lola, é natural que ele manifeste bem pitizentamente - faz tempo que notei o ar "dou piti, dou piti" do Marcelo Tas - a indignação dele com a sua liberdade de se expressar te ameaçando com um processo.
Usando meios eletrônicos de definição - coisa que ele admira muito - PROCESSO pode ser definido como, abre aspas:

Conjunto sequencial e peculiar de ações que objetivam atingir uma meta. É usado para criar, inventar, projetar, transformar, produzir, controlar, manter e usar produtos ou sistemas.

Controlar produtos e sistemas.
Marcelo Tas moderninho? Tu foi é bem bacaninha, até.
Deixa processar.
Somos 52% da população.
E ainda que muitas de nós permaneçam latentes, somos muitas. E sabemos fazer barulho. Falamos bastante e gostamos de DR, coisa que fazemos como ninguém. Tudo isso é coisa que vejo como A FAVOR da condição de SER MULHER.
Então deixa ele vir, Lola.
Quero ver se vai mesmo, se for macho. Desse tipo de "macho" que existe por aí... Na pior e mais limitante acepção do termo. Não naquela que denota raça, brios, dignidiade.
Tâmo junto.

Experiência Diluída disse...

Lola, vc tem todo o nosso apoio! Vamos criticar mesmo essas machistas de plantão que usam da TV para propagar mais misérias contra a mulher, se for preciso sairemos as ruas com placas e cartazes! Gritando Lola Escreva Lola e viva ao Feminismo!

Ligia Moreiras Sena disse...

Tracoisa.
Ainda nessa de definição:

faz muito tempo que "celebridade" deixou de ser sinônimo para "muito notório, notável, egrégio, admirável".

Quando eu, particularmente, leio algo como "oi celebridade!", já ponho em riste minha sobrancelha esquerda.

Abraços solidários

lomolopez disse...

Decepção esse Tas hein, achei que ele fosse mais inteligente.

Cheshire cat disse...

Lola, venho aqui quase todos os dias mas nunca comentei. Você tem, certamente, todo o nosso apoio. Já passou da hora de alguém se levantar contra essa cultura CQC que confunde liberdade de expressão com "falo a merda que eu quiser e não quero ser questionado por isso."

Escarlate disse...

AIMEUDEUS EU TE AMO LOLA!!!!!
Podem vir que nós estamos esperando. E vamos "xingar muito no twitter" sim! Se o Tas quer comprar briga, então vamos nessa, liberdade de expressão é pra todo mundo, não só para uma oligarquia midiática manipuladora!

Pâm Amaral disse...

Taí, não sou feminista, sou contra todo tipo de "extremismo", adoro o CQC, mas concordo com cada linha que escreveu aqui. Não acho que a atitude do Tás tenha sido correta, e concordo em gênero, número e grau a sua defesa à liberdade de expressão e opinião... a mesma bandeira que o CQC defende quando convém. Talvez, na minha opinão, a atitude do Tás no programa não seja de misoginia, mas isso não justifica o fato dele querer impedir que vc exponha a SUA opinião. Da mesma forma que eles falam o que querem num programa formador de opinião (SIM!), os expectadores têm o mesmo direito. Vivemos num país livre, laico e democrático.

Esther disse...

Conta com a gente pro que for, Lola. Inclusive grito de guerra nos tribunais. hahaha

Daní Montper disse...

Lola, está mais do que na hora desse pessoalzinho mosógino receber todo o desprezo que merece.

Se nem com o machismo nos matando calamos a boca (femicídio), não será agora por causa de um processo (infundado ainda por cima) que o faremos!

Tâmo junto! [2]

Para processar a Lola terá que processar a Daniela também, pois assino embaixo do que ela escreveu.

Ana Beatriz Drumond disse...

pois é Lola....o pior de tudo foi a acusação de que mulheres so amamentam em público para mostrar os seios...sou mãe...amamentei em publico meus dois filhos...e achei tudo isso muito leviano!! humor é a PQP! isso ai mexeu com os brios de muita mãe mamífera por ai!!!!

ta apoiadissima!!!!

Ana Bia

Daní Montper disse...

Escrevi mosógino... é MISÓGINO, tá, gente?! hehehe

Ana B. disse...

Nossa, que decepção...

Eu ainda achava que o Marcelo Tas não partilhava do egocentrismo absurdo demonstrado pelos campeões de besteiras do CQC, mas pelo visto, não há muita diferença.

m. disse...

Parabéns pelo texto! Minha consciência e o que mais puder fazer estão à sua disposição. Parabéns pelo texto, pela postura e pela clareza de ideias!

Rafaela disse...

Lola

Conheci seu blog a pouco tempo, por RTs de uma seguidora sua. Também dou total apoio, não sei se sou feminista (não tenho grande conhecimento da causa) mas sou mulher, faço parte de algumas minorias e me revolto com piadas deste tipo, fico indignada com tantas besteiras que leio sobre o que é dito pelos "apresentadores" do CQC, porque não tenho estômago para assistir este "programa". (sim tudo entre aspas mesmo rsrsrs).

É muito bom ver que tem pessoas que não temem a esse tipo de ameaça, te parabenizo por isso!

Ciro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ciro disse...

Lola, é um absurdo que em uma concessão pública de TV, essas pessoas fiquem propagando esses preconceitos e idiotices. Como o Paulo Henrique Amorim falou no I Encontro de Blogueiros o Ceará, a nossa luta pela liberdade expressão se dará na Justiça. É assim que os "paladinos" da liberdade (relativa) tentarão nos calar. Eu acho o CQC um programa TOTALMENTE desnecessário à programação semanal (e tantos outros mais); acho até que o mundo seria um lugar melhor se CQC, Pânico etc não existissem. Essas pessoas são aquelas que usam o humor (sarcasmo) para difundirem seus preconceitos e acham aquilo tudo normal. E quando são repreendidas, se sentem censuradas. Não se importam com o que as outras pessoas sentem. E com certeza o Tas é tucano, não é nem enrustido. Lembro bem de um texto dele criticando (com aqueles argumentos tucanos) o Partido dos Trabalhadores.

Os donos da mídia defendem a liberdade de imprensa (a deles), nós defendemos a verdade LIBERDADE DE EXPRESSÃO (em caixa alta msm).

Alexandre disse...

Não gostei do seu texto anterior e critiquei de forma dura, até.

Neste caso, concordo contigo. O CQC presta um grande serviço a sociedade, jogando no ventilador toda a merda do Congresso de forma bem humorada.

No entanto, essa estupidez do Marcelo Tas, quem eu achava tão íntegro, me deixou bem decepcionado.

Para os animigos, a Lei ?

Babaca!

Letícia Rodrigues disse...

"Você vai aprender através de um processo..." Quanto arrogância! Fácil ser tão valente com quem é muito menor!

E é mesmo coisa de gente sem peito pra assumir os próprios atos isso de dizer que "era só uma piada", "era só um comentário no twitter", "não era para levar o que eu disse a sério".

Fale o que quiser e tenha peito pra assumir o que disse, ao invés de usar o humor e as redes sociais como escudos para agir de forma covarde.

Todo o meu apoio a vc Lola!

Raquel disse...

Perfeito!
Lembro do posicionamento do Marcelo Tas quando da greve na USP (2009) e nosso prédio (FFLCH) foi invadido pela tropa de choque... ele colocou em seu blog, que nós "estudantes vagabundos, deveríamos apanhar pra aprender", eu cresci assistindo o manifesto "por que sim não é resposta", fiquei indignada ao perceber esse posicionamento que como vc disse, tbm concordo, de direita enrustida...
tbm li a matéria da Caros Amigos, e, como mostra, essa tentativa de calar o blog (ativistas) é uma forma q vem crescendo de intimidação, pois muitos não têm como bancar um longo processo judicial e acabam perdendo por brechas na lei... isso tem inclusive acontecido com ativistas do movimento estudantil na USP na presente gestão do Rodas, aliás exímio jurista...
Ontem conversando com amigos, todos pensamos uma coisa: podemos dizer q duas pessoas tem opiniões diferentes e se pode aceitar essa diferença qdo ela não implica na supressão do direito do outro, ou seja, uma coisa é o MT divergir da sua opinião, outra é a opinião dele suprimir um direito social de ocupação do espaço público...

Leo Zamprogno disse...

Lola, esse Tas não vale o prato que come...um cara que faz um livro selecionando frases do Lula, manipulado-as para fazer chacota com ele, que moral tem pra falar alguma coisa de processo por difamação??

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u647069.shtml

Alias, o CQC todo é composto de elitezinhos de m$#@%&* que não valem nada.

(será que vão me processar também? Essa é minha opinião!)

abraços

Rafael Pinheiro disse...

Lola, seu texto está perfeito.
Você tem todo o apoio de todos os seus leitores, Mulheres e Homens, também.

Bruna Stecca disse...

Com certeza você tem todo o apoio do mundo! (pelo menos da parte sensata dele). Abraço.

Gabriela Galvão disse...

Lola, chérrie... Q canseira...

Tomara você siga reunindo paciência e disposição para ñ esmorecer.
E se tiver q dar $ pra esses pulhas, a gente faz vaqinha!

Beijos.

Fabiana disse...

Lindo texto!!

E eu também sou Lola!

Luciana disse...

Estou com você! Apoio total!

Letícia Rodrigues disse...

O Marcelo Tas já escreveu um livro chamado "Nunca antes na história desse país", com o único objetivo de sacanear o Lula. Mas é claro, não deve ser para levar a sério, deve ser só piada. Ao contrário da Lola, que assume que é de esquerda, feminista, e vota no PT, o Tas não costuma ter peito para assumir as posições políticas. Concordo que é um tucano enrustido, o que é pior do que se fosse um tucano assumido.

Escarlate disse...

ME PROCESSA TAMBÉM!

E quem estiver no twitter use a tag #MarceloTasMISÓGINO que é pra ele aprender que o Brasil está cheio de Lolas pra ele processar!

Sou feminista, mulher, e odeio cqc! Pode vir com arma que eu tenho voz!

Darlana Godoi disse...

Lola, tô contigo! Me lembrei de uma vez em que estava amamentando em um shopping, na praça de aliemntação e um segurança veio me pedir para eu ir amemnatr no banheiro...Armei o barraco e disse que se todo mundo ali estava comendo que meu filho também comeria ali. Ou então que fosse todo mundo comer no banheiro. Amei seu post. Amei sua resposta aos babacas do CQC. Amo você!

Jana. disse...

Lola, vc está apoiada por gente de verdade...não por números e cifras milhonárias. estou contigo.

Sheryda Lopes disse...

AêêÊêÊ... vai entrar para a lista dos blogs sujos! hehehehe


Será que o povo do CQC realmente não se acha misógeno, nem machista, nem homofóbico? Francamente, então eles nunca leram nem se informaram sobre o que são essas coisas. Se fizessem isso, eles se processariam.

Anasha Gelli disse...

Lola, te apoio totalmente, ontem, hoje e quem sabe amanhã. beijo

Daniele Fatima disse...

Tem todo o nosso apoio! O Marcelo Tas terá que processar todos nós, então.

badona disse...

Como pessoa formada em Direito (não sou advogada), informo-lhe que é possível que ele a processe por difamação (e não calúnia), pois a liberdade de expressão não é direito absoluto.
Digo também que a liberdade de imprensa também não é absoluta e o CQC pode muito bem ser responsabilizado pelas opiniões expressas.
Meu conselho é: procure aconselhamento de qualquer amigo seu que seja advogado ou entenda um pouco sobre o assunto para que você possa se defender de eventual paspalhice alheia.
No mais, parabéns pelo seu blog. Você promove uma conscientização feminina, acima de tudo, incomparável.
Obrigada.

TWO OF US disse...

Assisti apenas uma vez ao programa destes estúpidos e fiquei com nojo deles. Só consegui assistir por 10, 15 minutos, não lembro-me ao certo. Não assisto TV, muito menos programas humorísticos que, para mim, jogam com todos os preconceitos, o que deveria ser considerado um crime.
O Marcelo está jogando com o poderzinho dele, Lola. Processo?? Vamos lá! Vamos colocá-lo em todas as redes sociais, mostrando o pseudomoderninho da mídia. Ele esquece que hoje podemos nos manifestar através das redes de relacionamentos? Esquece que a TV não é mais tão importante, não faz mais tanta diferença? Esquece que podemos, sim, mudar muitas questões através de tais redes? Ou ele é tão desinformado e não observou que a revolta árabe, como a que derrubou Hosni Mubarak no Egito, foi organizado através das redes sociais de relacionamentos? E, na Líbia, tudo foi organizado por tais redes também? E não vamos muito longe, há algumas semanas um grupod e jovens colocou no facebook um vide de uma música linda , (sem a ajuda de gravadoras que só lançam lixo)agradou muita gente...MUITA gente, está lendo Marcelo?? Gente além do que as gravadoras imaginavam...Números...Não é isso que vocês da mídia televisiva (que não é mais a grande atração desta geração) gostam?? Hoje em dia, graças a Deus, não precisamos da mídia podre, principalmente da tv aberta, com todo seu lixo abominável! Podemos saber tudo do mundo pela internet.
Assim, Lola, estaremos juntos, te apoiando. Ele não vai te calar. Liberdade de expressão! Alô, gente, democracia! Passamos da fase da ditadura, ok?
Ele se acha poderoso por apresentar um programinha que NADA acrescenta ao povo brasileiro? Quanta pretensão, quanta arrogância, quanta besteira, quanta ego. Ah, quer saber? Que tal uma terapia 3 vezes por semana para saber lidar com confrontos na vida?
Chega de machistas, chega!
Estou com você, querida! Escreva, Lola, ESCREVA, SEMPRE!!!!!!!!!!!!!

Jéssica disse...

Nunca gostei do CQC. Pra mim eles se enquandram muito bem no termo pseud-intelectual.

Concordo com tudo o que você disse, Lola. Liberdade de expressão cadê? Só eles podem criticar, é isso? Só eles tem o direito de jogar merda no ventilador? Aff

Chico sales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lena muniz disse...

super apoio!

sujeito disse...

Se essa história de processo realmente rolar, vamos apoiar Lola no que ela precisar.

TWO OF US disse...

Lola, uma sugestão: elabore um abaixo assinado via internet, mostrando o repúdio da ameaça do Marcelo. Envie para todos e vamos encaminhar para TODOS os nossos amigos.
Vamos calar este misógino que se acha poderoso por conta de um programinha medíocre!

Patricia Daltro disse...

Lola, só para te dizer, que estamos juntas! Li seu post original sobre a amamentação é com certeza, é tudo o que penso também!
Mobilização on line, estou dentro!
O engraçado, que só é censura quando é contra eles, rídiculos e hipócritas!

Mariana. disse...

LOLA vc é FODA! ACHEI O MÀXIMO, apoio total, e adorei a idéia da tag. podia ser CQCMisógino né? Bóra?

J. disse...

Lola, tem todo meu apoio nessa causa. Não era esse mesmo CQC que acusava o Congresso Nacional de censura pq não os deixava entrar lá? Por que a via tem que ser só de uma mão? Criticar é tão fácil, ser objeto de crítica é outra história. O Tas já estava me deagradando há um tempo, agora está no fundo da latrina.

blogdatyta disse...

VC É FODA!!!!!!!!! MAIS UMA FÃ, MAIS UMA DO SEU LADO. ESTAMOS JUNTAS NESSA!!!!!!!!!!!!!!

Lilly Queers disse...

Lola, deixa a gente atualizado. Faremos o que for preciso para te apoiar!

Lúthien Tinúviel disse...

Primeira vez no teu blog e sinto feliz com o teu post. apoiadíssima. Interessante vc falar dos processos constantes contra militantes de movimentos sociais. Num texto sobre os MS na América Latina, entendi muito bem isto a partir da análise da judicialização destes movimentos, herança da nossa democracia que inova na tentativa de parar com as lutas.

Pili disse...

querida Lola!
eu como tantos outros estamos mais do que dispostos a apoiar você!!! :)
mas posso fazer dois adendos?

1- Lá no início do seu post vc fala sobre não ter filhos e portanto não amamentar... é só pra informar mesmo:
É possível amamentar sem gestar, sem ter filhos. Mães adotivas fazem, é difícil, mas fica mais fácil se tivermos mais consciência da coisa.
Por isso no meu comentário ontem falei pra um outro puritano que se disse envergonhado de ver as maes amamentando sobre a importancia de tomar sol pra preparar o corpo. É, sol mesmo, no seio mesmo. Enfim, se a gente informar fica melhor, fica mais fácil...

2-Eu entendo e concordo que a ameaça foi clara, que isso é estratégia de pressão pra ir desde já controlando a situação, e que essa briga vai ser mesmo injusta como de Davi e Golias. Não nego nada do que vc disse, e a gente vê mesmo esse fenomeno em muitos casos...
Mas é que a teoria juridica nao admite esse pensamento. Ameaça está sempre vinculada a causar um mal injusto. Se alguém te diz "vou te processar" esse mal não é injusto uma vez que todos temos o direito de ação, o direito de propor o caso pra Justiça analisar. Mesmo que seja pra perder a causa na Justiça mais pra frente.

no mais, muitas beijocas pra vc!!!!!

Helô disse...

Lola, o Tas disse uma vez que o verdadeiro diploma de um jornalista era o primeiro processo.

Acho que você deve considerar isso como prova do seu sucesso! Se o "todo poderoso multimídia" Marcelo Tas quer te processar, você e o seu bloguinho (carinhosamente falando) estão fazendo barulho. Agora só não vá se vender para a Telefonica, por favor!

E eu vou fazer o que posso, que é mudar de canal as segundas feiras a noite.

hyto.lao disse...

Que bom algu[em dizendo a verdade pr[a esses que hj se consideram os donos da tv.
aDOREI.
Ateh era f'a do cqc, depois eles encheram o programa de propagandas e eu fui desgostando, depois come;aram a humilhar as pessoas e etc.... n'ao assisto e ~desrecomendo~. Hj acho um programa PODRE!!!
O que eles fazem com Maluf, Serra e outros [e uma total falta de respeito.

Pat Ferret disse...

Definitivamente o Tas perdeu uma boa oportunidade para ficar calado. Ele não somente vestiu a carapuça com relação à bobagem dita pelo companheiro de CQC, como acabará dando maior visibilidade e credibilidade ao que a Lola disse em seu artigo.

Seria bem menos cansativo ele gastar toda essa atenção e preocupação em refletir a respeito do conteúdo de seu programa, pq assim as críticas (que, pelo que tenho visto por aí, não são poucas) nem aconteceriam.

Ah... mas as polêmicas tb não, né?

Pentacúspide disse...

acho que a questão não é a crítica em si, embora tenha sido isso que a despoletou, mas a violação de correspondência (ou pelo menos essa é a desculpa para chegar-te pela crítica).

Nani disse...

Estamos juntas!!!! E chegamos a um ponto importante!! Ficar rindo debochadamente ao lado de quem comete uma discriminação por exemplo, não é apoiar?! Eu acho que é!! Bem como não fazer nada é em parte apoiar oq foi dito!! Não, eles não vão calar vc, e nem ninguém!! E nós ainda vamos fazer muito barulho!!

The Buk's On The Table disse...

Já fui fã desse cara, mas hoje em dia eu o considero um grande babaca!

Giovanni Gouveia disse...

Quem tem que aprender é ele... quero ver conseguir calar blogs, facebook, twitter... Parece que não entenderam ainda que os grandes grupos midiáticos perderam a exclusividade da comunicação.
Bote pra torar, Lola
Liberdade de expressão nada, o que esses caras defendem é a liberdade de "empresão".
Ess luta também é minha, Lola!

.h disse...

Lola,

Não concordo com várias opiniões e idéias suas no blog. Mas as posições que o CQC toma são exatamente as mesmas de grande parte do jornalismo brasileiro: falar o que bem entende sem se responsabilizar e calar quem discorda ou critica minimamente.
"Eu sou Spartacus!"

Pedro Borelli disse...

Conheci seu blog ontem. Minha esposa é altamente engajada no movimento das Blogmoms e twitmoms, e esteve diretamente envolvida em profundas discussões acerca deste tema, principalmente porque lá em casa somos adeptos da livre demanda, meu filho amamentou exclusivamente até os 6 meses e mama até hoje, com quase 1 ano e 3 (no que depender da gente continuará mamando por um bom tempo, se der tudo certo junto com seu irmãozinho que chega no final do ano). Apresentado este perfil você pode imaginar como é GIGANTE nossa indignação, pra não dizer absurda, pois este em si, me parece um tema absurdo. O que o CQC faz como trabalho assim como a maioria esmagadora dos veículos de mídia de massa é prestar um DESSERVIÇO para a população, ignorando a formação de opinião, poder de influência e responsabilidade de suas informações. Não se trata de uma opinião conservadora, do tipo corta-barato, politicamente correta etc. O mundo evoluiu, a sociedade tenta mudar e evoluir junto, mas graças a imbecis como estes o processo de desenvolvimento de uma mentalidade mais produtiva demora cada vez mais. Conte com o meu apoio e o de minha família para conitinuar promovendo um espaço tão bacana para a discussão de ideias.

jaunzim disse...

Estou com você... Estamos cansados desse tipo de idiotas q usam a midia para ofender... pode contar comigo.

- disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daní Montper disse...

Lola, meu apoio não será apenas online, se o negócio sair da net, estarei contigo também. o/

#ForaCQC #CQCMISÓGINO

A gente bem que podia aproveitar para por o Pânico na TV abaixo também `-´

Juliana Beaup disse...

Apoiando totalmente!!!!!

Escarlate disse...

Só pra repassar!

#MarceloTasMISÓGINO é a principal tag que estamos usando pra protestar no twitter. Também tem:

#RafinhaBastosMISÓGINO
#MarcoLuqueMISÓGINO
#DaniloGentiliMISÓGINO
#CQCMISÓGINO
#CQCagada

E a imaginação é o limite! Vamos criar mais e agitar esses bocas de porco!

ME PROCESSA TAS!

lau2m disse...

o Marcelo Tas já vinha dando pistas, mas ele mostrou quem é de verdade quando houve a última grande greve na USP e ele mandou um "PM nesses vagabundos" pelo twitter. (!!!)

já achava ele um babaca; depois desse episódio, então, prefiro não me lembrar da sua existência. pena que é difícil, porque ele é um retrato de uma boa parcela dos brasileiros: os que querem se mostrar liberais e engraçadinhos, mas que no fundo são tão ou mais fascistóides do que a minha avó, que se lembra com saudade dos tempos da ditadura. kkk!

Nanda disse...

Lola, acompanho o seu blog desde o final do ano passado qdo vc publicou um texto incrivel sobre um absurdo chamado "rodeio de gorda". Desde então, vejo o blog td dia pra ler o que vc escreveu, simplesmente pq acho suas criticas mto inteligentes, mesmo qdo eu não concordo, o que raramente acontece. E é por isso que vc sabe do apoio que vai ter se precisar.

Jackeline disse...

Perfeito o post, Lola. Até me emocionei no final, rs.
Pode contar com meu apoio também!

Debora Regina disse...

Lola, conte comigo e, certamente, com todas as mulheres e homens indignados com os absurdos proferidos por esses caras. Estamos com vc!

GAVETAINDUBITÁRIA disse...

Eu sou feminista, pesquisadora na área de crítica literária feminista, professora, lutadora incansável da causa da mulher, da criança, dos animais e o que vier para eu lutar. Eu apoio o mamaço! TTodos nós, inclusive você, precisou de um peito para crescer, desenvolver-se. Não seja estúpido, cara!
Eu sou contra toda injustiça ao ser humano. E esta é injustiça com a Lola. Isso é covardia pura, cara!
Marcelo, me processo, pois concordo com o que a querida Lola escreveu! Não me dei o desprazer de assistir ao programa, pois minha tv não está conectada para assistir nenhum programa de m#$%¨&*@. Irei dar todo o meu apoio. Venha com sua rede de advogados nos processar, vamos às ruas, vamos pedir apoio aos políticos que pensam como nós, vamos mobilizar o maior número de gente. Esqueceu do movimento feminista exite? Esqueceu que há tantos outros movimentos que vc faz questão de menosprezar? Vamos nos unir para apoiar a Lola, a liberdade de expressão, a misoginia da tv brasileira. Vamos fazer um grande movimento. Quem sabe seu programinha medíocre não sai do ar, de tanta campanha que faremos nas redes sociais mostrando o quanto não é nada cool ( sim, nos apropriaremos de palavras recorrentes no meio jovem para atingir o jovem brasileiro) assistir tanta besteira?? Aliás, é o meu sonho, pois não assisto nenhum lixo da tv!
Lola, escreva e escreva muito! Somos seus leitores. Organize um movimento pela internet e iremos te dar todo o nosso apoio.
Marcelo...Vai se tratar, cara! Vai se informar. Aliás, a biblioteca Mário de Andrade, foi reinaugurada. Que tal frequentá-la? Que tal pegar alguns livros emprestados e se informar de verdade? Que tal crescer intelectualmente para fazer algo mais limpo na tv brasileira? Não precisamos do seu lixo reacionário!!!
ESCREVA, LOLA, ESCREVA SEMPRE PARA DESMACARAR OS IDIOTAS DE PLANTÃO!

Marcelo, o Lata disse...

Todo poder corrompe. Daí, a "minha" verdade fica bem mais "bonita" que a sua. E o discurso de respeitar a diversidade vira nome de sabonete. Esta é a natureza humana; espero que possamos nos superar um dia.

Felicia Luisa disse...

Lola, leio o blog os todos os dias, e como outras pessoas, nunca havia comentado. Agora quero expressar meu apoio, pode contar comigo.Chega de gentalha a desserviço da informação.Que nojo!

Caroline Cardoso disse...

Acho que, se os processos são usados pra calar as minorias, então vamos reverter essa história e processar a maioria, no caso o Tas e cia, por preconceito e discriminação contra a mulher e por fazer propaganda contra a amamentação [em público ou não não importa!]. Ponto!

Tá na hora desse humor ridículo da TV brasileira parar de humilhar quem quer que seja! Acho que os senhores parlamentares iam adorar. Eles odeiam o CQC! kkkkkkkkkkk

Vamos fazer um abaixo-assinado e botar essa malandragem pra correr? Eu topo!
;)

krasis disse...

estamos contigo e não arredaremos pé!

"Não se pode matar a Idéia a tiros de canhão, nem tão pouco é possível acorrentá-la." Louise Michel

Navegador Aprendiz disse...

Lola, também acho o CQC uma fachada. Conte comigo para defender a causa feminina. Sou contra a difamação da mulher. Acredito que elas devem ser respeitadas, por tudo o que elas representam. Gostaria de saber o que a mãe deles acham disso.

Cely Bandolero disse...

Lola, você tem todo o meu apoio, o post foi maravilhoso e nós vamos fazer um barulho por essa causa.

Páua disse...

Muito bem colocado, não conhecia seu blog, muito feliz em ter conhecido.

OCQC não começou assim, mas sabe aquele ditado "não pode dar asa a cobra", então.

O Rafinha é péssimo, veio a Teresina e não tinha nada preparado, foi um improviso total, piadinhas que já tinha ouvido e a velha: tem coca cola em teresina? Essas coisas.

O Tas tinha um trabalho maravilhoso, mas a partir do momento que ele tira a profissão, coloca a amizade e defente as atitudes grotescar dos outros cqc's, todo trabalho que ele desenvolveu, vai por água abaixo.

Feliz por você não ter se calado, e faça prints dos email, salve, documente tudo.

=*

Laura disse...

Liberdade de expressão é "dois pesos, duas medidas" pra esse povo, né?

Niemi Hyyrynen disse...

LOLA vc é FODA!

A cada dia me torno sua fã mais ainda. Vc tem muito mais a colaborar com a humanidade do que esse aeroporto de mosquito.

Estou contigo !

Thiago Leal disse...

A impressão que tenho é que Danilo Gentili, Rafael Bastos e Marcelo Tas estão numa competição entre si. Para ver quem é o mais patife.

Assédio judicial é a forma que a reação encontrou de conter a ocupação dos movimentos sociais na instância do direito. Mas deixe que te processem, Lola. Deixe...

Pense: por melhor que seja a enrolação do advogado do Tas e a má vontade do juiz, se você perder, o máximo que poderão fazer é obrigá-la a apagar esses dois posts. Seu blog e sua (nossa) luta continuarão firmes. O Marcelo Tas não vai dizer no ar que te derrotou se isso acontecer. Seria fazer propaganda de graça pra você. E ninguém vai mudar de opinião só por isso; apenas vai ser mais motivo de protesto.

Agora, considere o contrário: se ele perder... aaaah... olha, se ele for esperto, ele não vai te processar, viu. Torça.

No mais, estamos aí contigo, claro! Grande abraço!

Daní Montper disse...

Lola, é bem capaz dele dizer que não te mandou e-mail e nem fez ameaças.

Ainda não sei disse...

Eu queria tanto que o CQC saisse do ar... Pânico também. E que todos se assumessem como os gays que eles são!

Weligton disse...

Lola tá mais q apoiada, cqc NUNCA MAIS terá minha audiência!!

E o Marcelo Tas nunca teve o meu respeito mesmo...

O Brasil tem q parar de ficar idolatrando pseudo intelectuais!

Ludmila Rohr disse...

Estou chocada...não soube de mais esse evento infeliz promovido pelos CQCs. Moro nos EUA, não acesso o programa. Aqui nos EUA as mulheres não amamentam em público. Isso é feio nessa sociedade hipócrita e puritana. Sempre comentei como achava lindo a relação de nós brasileiras com esse ato. Tive dois filhos e os amamentei em público inúmeras vezes. Em todos os lugares...nas praias, restaurantes...sempre que eles tinham fome...e meu peito estava ali, perto deles. Por que negaria comida a um filho? Amava ser respeitada e admirada por isso no Brasil. Nunca recebi um só olhar de discriminação.
Espero que o CQC não esteja incentivando o nosso povo a importar mais uma imbecilidade americana.
Vamos manter vivo o que aprendemos com os Índios e com os negros que são a nossa diferença cultural!

Celina Dutra disse...

Lola,

Esse fato protagonizado por Marcelo Tas, retrógrado, metido a besta,(julgo assim apenas pela ameaça de processá-la pela sua expressão de opinião contrariando a dele)teve um benefício para mim. Conheci você.

Cortei televisão do meu cardápio há algum tempo, nem por isso deixei de estar informada. CQC vi uma única vez (não inteiro), sem estômago para arrogâncias e bobagens.

Quer rir com gente inteligente, não preconceituosa, no twitter há vários comediantes maravilhosos!

Só não sou feminista porque sou apenas "gente" e gente para mim, seja de qualquer classificação dada pela sociedade, é tudo igual em termos de direitos e deveres. Mesmo não aceitando o rótulo de feminista, você tem meu apoio.

Aplaudo seu post! Estamos Juntos ou se preferir Juntas!

Abraço

Janaina disse...

Lola, APOIO TOTAL!!!!

Essa cambadinha do CQC...!!!!

Aqui, pode contar com todo nosso apoio e mobilização! VAMOS COM TUDO!

Abraços!

Eduardo Marques disse...

O Marcelo Tas é uma figura meio idiota. Ele deve achar que ter uma filha lésbica lhe dá permissão para tudo o que ele quiser fazer. Ele foi a última coisa em que eu pensei quando li aquele texto de ontem, de que ele reclama? No fundo, ele não deve gostar desse tipo de humor do Rafinha e do Gentili, mas fica calado porque não tem humoristas melhores para pôr no programa.

Acho que vc está completamente certa dessa vez. Eles podem chamar negros de macacos, fazer piadas com estupro, etc e você não pode contestar? Aliás, "eles" são o Rafinha e o Gentili, o que diabos o Tas tem a ver com isso? O CQC errou feio dessa vez.

Vc é meio incauta quanto a publicações aqui no blog, mais cuidado, heim.

Frau Forster disse...

http://dascapivaraseoutrascoisas.blogspot.com/2011/06/politicamente-incorreto-hora-de-olhar.html

ty disse...

Inacreditavel... Esse CQC que quer ser revolucionário é na verdade mais do mesmo... Ridiculo! Espero que tu ganhe tudo e esse povo aprenda a largar de ser folgado....

karina disse...

Lola, estou aqui para o que der e vier... escrevo, assino, mando meus dados por email, o que você precisar. Estou contigo.

Dani disse...

Oi Lola,

O tal Marcelo Tas do CQC é um merda, chato, misógino e mais um monte de bosta. Não contente ele agora mostra que é falso moralista ao te ameaçar.

Espero que esse imbecil também me processe por calúnia.

#MarceloTasMeProcessa

Cássia F. Andrade disse...

Go, Lola, Go...
Quanto mais o tempo passa, mais nojo tenho desse Tas, desse CQC e dos miquinhos amestrados que compoe o programa.

Endora disse...

Lola, vc falou tudo. Total apoio a vc. Gostaria q vc lesse um post que fiz sobre a história do Rafinha, quando puder. Beijo.
http://oimperativocategorico.wordpress.com/2011/06/01/estupra-mata-e-faz-piada/

Bruna disse...

Nunca comentei aqui, estava acompanhando pelo Buzz de um amigo desde o post anterior.
Me revolta enormemente a postura de Tas e de todos o "Tases" por aí. Todo apoio à luta das mulheres contra toda forma de opressão.
Se é baixo assim que ele quer jogar que venha o processo que você estará amparada por todas as mulheres que compactuam com a luta contra o machismo e ele conseguirá nada mais do que contrário do que busca, porque sua voz ecoará muito mais longe que ecoa.

Gizelli Sousa disse...

vamos movimentar a coisa? quem tiver twitter, use a tag #escrevalola e mande um recadinho para o mundo sobre liberdade de expressão, CQC, bolsonaros, feminismo e tudo o mais?

É pouco, mas é o que temos para hoje.

Anninha disse...

PIOR QUE UMA MULHER QUE FALA O QUE PENSA É UMA QUE ESCREVE!!

Boooa Lola... Eu acho o CQC um programa de humor inteligente mas tem hora que eles extrapooolam mesmooo Vamoo ver se Marcelo Tas vai processar 93 pessoas que comentaram, 94 comigo :)

#APOIADISSIMA

Vanessa Peres disse...

Estamos com você, Lola! Uhuuu! é nois contra esses babacas!

Escarlate disse...

Acho que o problema é o programa CQC mesmo , pq os cara são neuróticos gente!


http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/noticias/rafael-cortez-do-cqc-humilha-produtor-em-sao-paulo-20110601.html

#MarceloTasMISÓGINO

Leila Silva disse...

Esta certissima, Lola, ainda bem que ha gente como voce.
Abraco

Gizelli Sousa disse...

Vamos twittar a tag #Escrevalola

Ana disse...

Total decepção com Tas e companhia. Vi alguns trechos de cqc algumas vezes e até gostei...

Éééé, Marcelo Tas, liberdade de expressão só pra quem já tem voz?

Estou com vc tb Lola!

Mirella Nogueira disse...

Porra Lola!!!! Queria estar ao vivo para bater palmas pra ti!! Nossa, amei! Minhas opiniões muitas vezes são contrárias as suas em algumas questões, mas o que nunca faz eu parar de ler o seu blog é exatamente pela sua luta contra a misoginia, e também pela sua coragem. Ô mulher de orgulho!!! Olha, parabéns mesmo! Estou orgulhosa de vc, parabéns, parabéns, parabéns!!
Uma vez já briguei com um integrante deles no blog do próprio. Era o tal de Felipe Andreoli, que falou besteira de animais e etc. E parei de ver esse programa há muito, exatamente por não aguentar escrotidões. O tal de Rafinha Bastos consegue se fechar numa bolha de machismo que é até surreal. E agora essa do Tas hein?? Querendo te processar. Que hipocrisia! Ridículo!

Mas vá na luta Lola, que com certeza vc terá muuuuita gente te apoiando!

Abraços!

Socks disse...

Eles são uns imbecis, um dos energúmenos postou uma barbaridade no twitter no dia das mães " dia triste hein órfãos". Ele começaram com uma proposta e depois mostraram as garras. Parabéns pela opinião

Orçamentos pelo e - mail disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fga. Aline Carolina S. Araújo disse...

Apoio Lola!

Ivy G. disse...

FLAWLESS!

Diana Souza disse...

Consciência e coragem: sua voz ecoa, MULHER!

Apoio total :)

Alessandro R. C. disse...

Já me desentendi muito virtualmente (Não a ponto de ameaçar processos) e isso tem poder de estragar nosso dia. Pra mim a melhor forma de resolver isso é na base do entendimento entre ambos.

Tas e Lola precisam do Conciliador do Fantástico! hehe

Tati disse...

Lola, eu cheguei ontem pelo link da Mari Dore no fb. E também compartilhei, sabe por que? Por que esta não é só a SUA opinião. É a minha, a da Mari e a de tantas outras pessoas, não apenas mulheres, que prezam o respeito. Lamentável o posicionamento do Tas.
Até pouco tempo atrás tinhamos o hábito de assistir CQC aqui em casa, mas de uns tempos para cá o preconceito e as piadas de péssimo gosto nos fizeram desistir. Não vale à pena abrir mão de algumas horas de sono, bate papo ou qualquer outra coisa para consumir tanta baixaria.
Espero que o processo não passe de um ladrar de cão que não morde, mas estou com você. Sua fala é também a minha fala. Será que ele também vai me processar? Beijos.

Ligia BM disse...

Lola, concordo com a Anninha quando ela diz que pior que mulher que fala o que pensa é uma que escreve. Acompanho seus posts desde que descobri seu blog por acaso, nem lembro como e quando. Às vezes concordo, e às vezes discordo de algumas coisas que você escreve, mas isso é o de menos, faço questão de ler sempre, de ler as opiniões postadas, de pensar a respeito. Adoro o seu blog, as discussões que você expõe são importantíssimas, e acho que o RESPEITO e a LIBERDADE DE EXPRESSÃO devem prevalecer, e não a "liberdade de agressão" tão praticada e defendida por alguns por aí. Não vi nada de absurdo ou de agressivo no que você escreveu, o que doeu pro CQC é que a carapuça serviu. Tem todo o meu apoio! Bjo!

marko damiani disse...

Tás bombando, hein? Meta os peitos, não aceite censura, escreva Lola, escreva. Liberdade de expressão é lei, até onde ela vai? Não sei. Se o Tas te processar, processa ele de volta. A justiça está aí pra isso, afinal pra que servem nossos magistrados? Misoginia é crime, mau humor não. Liberdade SEMPRE. Siga na luta.

Samuel G. disse...

Todo o apoio do mundo.

Nada no seu discurso configura difamação. É bizarro ver como as pessoas defendem até o fim a liberdade de expressão para fins preconceituosos, mas não aceitam nenhuma resposta ao seu discurso. O sujeito dá o cara a tapa numa emissora, dizendo o que bem entende, e não quer ser criticado? Liberdade de expressão exige também liberdade de resposta, senão não é liberdade. E, que eu me lembre, aparentemente vivemos numa democracia.

Tati disse...

Lola, voltei. Quero saber se me autoriza a copiar seu texto "CQC ANTI-AMAMENTAÇÃO, com créditos, é claro, para meu blog. A intenção é questionar se ele processará a todos que aderirem ao movimento. Há o mamaço, o beijaço e o blogaço! Suas palavras são as minhas sobre o assunto. Eu sou mãe e por muitas vezes amamentei em público, mas não é esta a questão. Eu sou gente e exijo respeito não só para mim, mas para as demais pessoas.
Aguardo sua resposta. Beijos.

D. disse...

Uuuhuuu!!!! Dá-lhe, Lola!!! Apoiadíssima!!!

Universae disse...

Lola,
Receba todo o meu apoio e carinho!
A propósito, quem é Marcelo Tas?

Beijos!

Fábio Pazzini disse...

Lola, comecei a ler teu blog por conta do texto em questão, sobre o CQC e o mamaço. No meio do texto, você vai colocando links pra outros textos, e eu fui seguindo, seguindo, e de todos os que eu li até agora, não teve um com o qual não concordasse. Parabéns pelos textos muito bem escritos!

E se o Tas não se acha misógeno, que se pronuncie então, pois ele está sendo cúmplice de um humor preconceituoso, por justamente ser conivente. Ah, claro, como é que ele vai se rebelar contra uma fórmula de sucesso e dinheiro que o programa alcançou? Honestamente, o programa não precisa disso, tem criatividade pra seguir adiante com bom humor, mas parece mais fácil nadar na lama do preconceito.

Se ele quiser te processar, ai sim é que vai atrair muita atenção para a bobagem que ele mesmo está fazendo.

Lola, entre ontem e hoje, virei teu fã.

Jéssica disse...

Caramba, confesso que fiquei emocionada com suas últimas palavras, tô com os olhos cheios d'água.
Lola, vontade de te aplaudir de pé!

E é isso mesmo, consciência limpa e bola pra frente.

Você sabe que somos muitos a te apoiar e sabe o quanto é amada e querida ao redor desse Brasil.

Estamos contigo nessa luta Lolinha!

Katrish disse...

E o Ministério da Saúde fazendo campanha para conscientizar as mães da importância da amamentação não? erá que as mães deles não se sentiram mal, será que teriam coragem de "trabalhar" desse jeito na frente de suas mães? O que as pessoas não fazem por dinheiro porque só posso pensar que essas pessoas se dispõe a esse papel pelo dinheiro, principalmente o Marcelo Tas e seu silêncio e ou ameaça de processo (escolhe o que lhe convém).
Gente, isso é humor?

.Mah. disse...

Não vou dar a minha opinião no assunto, até porque não concordo mtu com o que vc disse no post anterior, mas pede encarecidamente ao Excelentíssimo Sr. Marcelo Tas para primeiramente ele e seus companheiros de programa "ser mais responsável com o que publica" (parafraseando o próprio) seja de forma escrita ou oral tanto em rede sociais quanto na mídia televisiva.

João Bittencourt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Orçamentos pelo e - mail disse...

Li seu post achei bem interessante tb acho que o pessoal do CQC se perdeu, a proposta era boa mas depois virou banal, vulgar e mediocre, vc teve muitos acertos mas acho que seu pior defeito é ser petista e petista é um ser desprezível, que se mete a ser revolucionário mas finge não ver a corrupção instalada em seu próprio partido, o Delúbio voltou hein , tá feliz ? O que vai dizer sobre a privatização dos aeroportos? Gostaria de um post seu sobre a privatização da Dilma, não é coisa de tucano? Se conseguir colocar post com idéias próprias sem ter preconceitos, acredito que vai ser bem mais vista e bem vista por ai, acredito em sua inteligência , PT não rola né !

João Bittencourt disse...

Lola, estamos junt@s! É preciso mostrar para essas pessoas que elas não podem falar essas asneiras e ficar por isso mesmo.

Pat Ferret disse...

O mais (tragi)cômico é que, em seu blog, o Tas pede desculpas PELO CQC, por ter ERRADO OS NOMES DOS SOBRINHOS DO PATO DONALD!

http://blogdotas.terra.com.br/2011/05/31/arvore-genealogica-da-familia-pato/

Pelo visto, em sua opinião, essa é uma falta pior do que ofender as mulheres que amamentam em público?...

Alexandre Lancaster disse...

Tucano enrustido? Ele é ESCANCARADO, apenas finge que não é!

Jamila Maia disse...

O Tas tá assim porque é colunista na revista Crescer, vejam só que ironia

Adriana disse...

Se esse boco quiser levar essa palhaçada até o final, eu digo pode vir quente que a gente ta fervendo. Tem um monte de gente contigo, Lola.
Alias, queria dizer que também acho o Marcelo Tas e os colegas dele do CQC misoginos, reacionarios, arrogantes, uns patetas ao serviço do status quo. Pronto, se ele quiser te processar, que me processe também.
Um beijao Lola!

Renata disse...

Como seria processar a autora do post MAIS todos os que comentaram a favor MAIS todos os que leem o blog e apoiam suas críticas e criticam com você MAIS todos os que comentam a favor dos blogs desses leitores MAIS todos os que leem os blogs desses blogueiros.... Melhor amordaçar TODO MUNDO JUNTO ENTÃO, NÃO É MESMO???
Tô dentro.
Concordo com você nesse contexto.

Jardim Secreto disse...

Indigne-se! Comova-se! Mova-se!
Nós pedimos com insistência:
Não digam nunca: isso é natural!
Diante dos acontecimentos de cada dia.
Numa época em que reina a confusão.
...Em que corre o sangue,
Em que se ordena a desordem,
Em que o arbitrário tem força da lei,
Em que a humanidade se desumaniza,
Não digam nunca: isso é natural!

Bertoldt Brecht

e nós apoiamos você e todas as pessoas conscientes que não se calma diante da ignomínia.

Tania Almeria

Eurekers disse...

Apoiada! Contra a misoginia disfarçada de piadinha!

Marcello disse...

Registrando meu apoio, Lola.
E discordando de você num ponto: CQC não tem nada de moderno, nem pose; ao contrário, são retrógrados desde o visual até a postura sociopolítica.
Parecem saídos de um tempo perdido, onde ficaram esquecidos depois de derrapar numa das curvas da história. Agora estão aí fazendo... Humor?! Bom, eu sou do tempo em que humor era uma coisa pra ser engraçada.
Para mim, como se dizia nos anos 80, são uns pimbas: pseudo-intelectuais metidos a bestas.

Caveira disse...

Olá Lola! Comecei a acompanhar seu blog a pouco tempo e já o admiro. Só estou postando aqui para demonstrar meu apoio ao seu discurso e espero que o Marcelo Tas reveja a atitude dele... já basta que não consigo mais ver CQC por causa da queda da qualidade, ver o Tas agindo assim daí é realmente o fim...

Diana Costa disse...

A-P-O-I-A-D-A
DEMAIS! Vamos à luta, companheira!
\o/

Giovanni Gouveia disse...

Lola já te disse que sou teu fã? :D

#escrevalolaescreva
#foracqc
#cqcmisogino

Luca Alemar disse...

Kkkkkkkkkkkkkkk

Calúnia e difamação? Com a assessoria jurídica que ele esta recebendo eu não me surpreenderia se o processo começasse na padaria e terminasse na pizzaria...

É cada uma que a gente é obrigado a ver...

Deixa ele te processar, marketing gratuito a gente não dispensa!

Palavras Vagabundas disse...

Lola,
tem o meu total apoio!
Jussara

Fernando Borges disse...

De fato existe uma ironia tremenda no comportamento do Tas.
Mas se de fato ele iniciar esse processo, seria interessante que todos os donos de Blogs que participam aqui iniciassem, em contrapartida, uma onda de críticas ao programa CQC e ao próprio Tas, em seus respectivos Blogs.

Carina Prates disse...

Força, Lola, Força!

Lorena Cicari disse...

Acho que as mães e as mulheres que se sentiram oprimidas em dispor livremente do direito de ir e vir deveriam processar aquele programa idiota...

=Maíra= disse...

Lola do céu, que povo mais incoerente!!!! Um peso, duas medidas: eles podem falar as merdas ofensivas que quiserem, na TV aberta (que é uma CONCESSÃO PÚBLICA, vale lembrar, e que tem um poder de alcance gigrantesco), mas você não pode criticá-los no SEU blog??? Faça-me o favor, né! Tem todo o meu apoio e já vou começar, desde já, a botar a boca no trombone e denunciar essa histórianas redes sociais. Beijos e força aí!

Mal_Me_Quer disse...

Apoiadíssima Lola!
Essa batalha já está ganha, vc está com toda a razão ;)

Mariana disse...

Lola, tô contigo e não abro! Chega de preconceito, arbitrariedade e pseudo-humor arrogante! Que venha processo, polícia e o que vier, mas a imagem deles de cool é que vai pagar com isso. E vamos assistir de camarote!

Gizelli Sousa disse...

"De fato existe uma ironia tremenda no comportamento do Tas.
Mas se de fato ele iniciar esse processo, seria interessante que todos os donos de Blogs que participam aqui iniciassem, em contrapartida, uma onda de críticas ao programa CQC e ao próprio Tas, em seus respectivos Blogs." [2]

Eu farei a minha parte!

Maria disse...

Fico imensamente triste de ver que uma pessoa que eu tanto admirava quando criança (nos papéis de Prof. Tiburcio e Telekid) seja tão reacionária! Um recado prá vc, Marcelo Tas: não importa se não foi vc que disse, ver uma manifestação de discriminação de qualquer tipo e se calar é o mesmo que concordar.

Lola, vc tem meu total apoio!!!

anne disse...

Ao invés de vir atrás de você (o que chega a parecer piada, imagine se todo mundo que se sentiu "difamado" pelo CQC metesse processo neles), porque ele não se retifica no programa e "esclarece" sua posição sobre amamentação em público?

Eu encontrei o video no youtube e realmente, o Marcelo parecia o que estava pegando mais leve e ainda corrigiu o Rafinha quando ele disse que mulher deveria amamentar no banheiro. Procurem lá, "CQC amamentação".

Ele fez um complemento levemente de mau gosto à piada idiota que o Rafinha já tinha vomitado e disse que nunca viu a Gisele Bündchen amamentar. Na verdade, o que eu mais vejo no CQC é o Marcelo ficar ouvindo as bobagens dos outros e não se manifestar, que pra mim é o maior erro dele.

denise disse...

conta comigo, vc ja se tornou uma amiga, que eu sempre visito aqui, estamos aqui pro q der e vier!!!!
num é possivel tolerar canalhas como são esses caras e ficar fazendo cara de paisagem, basta de tanto machismo, presisamos nos unir mesmo!!!!!!

susu disse...

Que ele processe, é direito dele. E que o processo caia na vara de uma juíza, mãe e feminista. No mais, sua conduta não tipifica nem calúnia, nem injúria, nem difamação.

Mariana disse...

Lola, tô contigo e não abro! Chega de preconceito, arbitrariedade e pseudo-humor arrogante! Que venha processo, polícia e o que vier, mas a imagem deles de cool é que vai pagar com isso. E vamos assistir de camarote!

Kérow More Ice disse...

Colocações e argumentos perfeitos, vc tem o meu apoio.

Renata Cavalcante disse...

Embora eu ache que se dá importância demais ao que o povo do CQC fala e que, muitas vezes, piadas são apenas piadas, você tem 200% de razão em seu posicionamento neste caso. O macaco senta em cima do próprio rabo pra rir do rabo do outro - no caso, cerceia a tua liberdade opinativa e faz uso abusivo da sua própria. Uma pena, o CQC é um programa que tinha tudo para ser bem bacana e o Tas sempre me pareceu uma pessoa bem mais sensata que o tipinho que sai ameaçando Deus e o mundo de processo. Tipo "cê sabe com quem cê ta falando?". Credo.

Lorena Cicari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
... como se eu fosse a única. disse...

quem sabe o rafinha bastos não devesse chamar o Bolsonaro pra sair: acho que eles poderiam pular fora do armário juntos... ;)

M. disse...

EU SOU SPARTACUS!!

estelaalb disse...

vc vai ter muito apoio, pode ter certeza. Nada ofende mais um "moderninho" do que ser chamado de retrógrado e ultrapassado, e foi assim a interpretação dele ao ser chamado de misógeno. Só isso, vaidadezinha ferida. E se ele pudesse, se não fosse dar problema, ia falar que mulher não tem nada que amamentar mesmo, que é nojento e tal, e a mamadeira tá aí pra isso.

Ginger disse...

Lola to com vc!

Vc tem me aberto os olhos para muitas coisas, te admiro muito!

Acho que o Marcelo Tas vai acabar te fazendo um bem (sem querer claro) te processando, pq ele vai perder com certeza e pra vc aumentarão os olofortes!

forças lola!

denise disse...

E mais esse Marcelo Tass ai entrevistou um médico Elsimar Coutinho que justificava a violencia dos homens por ciumes, porque segundo ele os hormonios dos homens o levam a essa violencia incontrolavel, inclusive disse que na justiça isso deveria servir de atenuante, mas q para as mulheres isso não valia , e que elas deviam ser condenadas caso cometetessem crimes por ciumes.
Engraçado é que esse pateta do Marcelo Tass concordou plenamente contudo, se isso não é ser machista, nem sei mais o que é.
E mais acho que se isso é verdade deveriam começar a capar todos os homens ja que seus hormonios o levam ao crime.
Essa entrevista esta no yutube canal uol, esta dividida em 5 partes, a que ele mais fala nesse assunto é o quinta que foi editada.

Gisa Reyna disse...

Bah!! Guria...

Adorei tuas colocações, vire seguidora...

PARABÉNS!!!

Ana Lúcia disse...

BOA LOLA! Apoiadaaaaaaaaaa! Vc é demais! Adorei esse trechinho:
Gostaria de acrescentar que, além de considerá-lo um misógino de marca maior, também o vejo como um tucano enrustido e um babaca arrogante. Isso é calúnia e difamação? Ou é a minha opinião?
É sua opinião e vc pode tê-la e expressá-la a vontade. Ele que cuide da imagem dele, que é impossível não associar ao CQC e aos seus integrantes, e as barbaridades que esses fdp falam por aí. A da amamentação foi um show de horrores, entre outras.
Imbecis demais!
Se precisar de testemunha, tamos aí! kkkkkkkk

... disse...

com certeza tem meu apoio!
sou mãe e incentivadora do mamaço e esses infelizes só ajudam a promover mais preconceito!
se alguém no brasil quiser mostrar o peito, acredite, não vai precisar de um bb pra isso, é só sair em qualquer desfile de escola de samba no carnaval.
adorei o post e todos os seus comentários! não conhecia o blog mas agora vou passar a ler!
parabéns pelos argumentos!

Aretha,
www.oquehadeerrado.blogspot.com

Suzana Luna disse...

Não precisa ser feminista para detestar as piadinhas infames "a la Pânico" que o CQC insiste em fazer de uns tempos pra cá. Quando o programa começou achei super bacana a ideia, o conceito do negócio. Mas depois, afff... Virou a mesma merda que o outro lá da RedeTV. Infelizmente. Também me decepcionei um pouco com o Tas desde que fui assistir a um debate seu aqui em BH. Algumas falas pobres e sem conteúdo, comentários pequenos e sem importâcia. O que salvou a noite foi o Caco Barcellos. Enfim, isso não vem muito ao caso, estou apenas tentando ilustrar a coisa. Totalmente apoiada Lola. Não corra Lola, não corra!

André disse...

Sabe o mais incrível, Lola? É que o Tas não é um idiota, ou melhor, não é qualquer idiota. Ele é (ou foi) um dos artistas mais inovadores da televisão brasileira, com suas atuações inesquecíveis como Eduardo Varela, bem como no Vídeo Show e também no Rá-Tim-Bum, isso sem contar o programa vetado pela Globo onde ele desmascarava os pequenos truques que a TV usava para cativar seus espectadores. No entanto, toda essa genialidade está hoje em dia soterrada por camadas e camadas de reacionarismo, misoginia e baixeza.

Eu nunca comentei no seu blog, embora o leia quase todos os dias há 2 meses. Saiba que você tem todo o meu apoio, até financeiro se for necessário. Se o imbecil realmente lhe processar, e os custos do advogado forem muito altos, por favor, abra um fundo de defesa, que terei prazer em contribuir com ele. Nada me alegra mais do que ver gente lutando pela verdadeira liberdade de expressão.

Dai disse...

Lola, só para dizer que tá todo mundo comentando, compartilhando, citando e reproduzindo no facebook. Ele teria de processar todos e todas nós, que assinam embaixo de cada letrinha do que vc disse. Quero ver.

Eu nunca vi tanta empáfia na minha vida, um apresentador de TV, com anos de experiência, consente toda a sorte de barbaridade num programa que é feito por ele e não quer ser chamado de misógino quando é esta claramente a postura de sua atração.

Por outro lado, tem a ousadia de ameaçar uma blogueira que critica sua evidente falta de noção. Quanta distorção de valores!!!!

Pois o Sr. Tas é um tremendo de um misógino, sim, além disso babaca, chato e feio. Ele é uma pessoa pública, um comunidador e não pode impedir que ninguém o critique. Isso é parte da democracia. Você não o ofendeu nem caluniou. Quero ver alguém que coordena aquele programa conseguir provar que não é misógino (e homofóbico).

Calar as vozes contrárias é prática comum do totalitarismo, para quem não sabe. Tentar ter controle sobre o que circula publicamente sobre ele? Como assim? Com que justificativa? Então é bacana ser misógino?

Processa a gente, fio!

Beijos e força, Lola.

Bruno S disse...

Lola,

se ele realmente entrar com processo, acho que boa parte dos comentaristas estaria disposto a colaborar no financiamento de sua defesa.

A questão financeira não deve ser esqucida, pois é parte da intimidação de quem ameaça processar. Os custos de se defender e risco de perder(conhecemos nossa justiça) podem fazer quem tem razão desistir.

Conte comigo.

Proibido virar à direita disse...

Tamus contigo, o CQC que se fø∂@. Mexer c a blogosfera não é fácil. O Cerra sabe bem o que é isso.

Clara Gurgel disse...

Lola, "tamu juntos". Já foi pro FACE. Vai se alastrar feito pólvora...Bj!

Borel disse...

O que fica claro é que ele, o Tas, não se deu ao trabalho de ler o seu post. E não tenho a ousadia de nomear isso.
Mas dou o maior apoio a você, eu já cheguei a assistir o CQC, mas não perco mais meu tempo com isso, é como se eu assistisse uma junção de "Pânico da TV" com "Ratinho", ou alguma mistura tosca desse tipo.
Não vou com a cara desses formadores de opnião que estão se espalhando por aí, muitos eu considero produto da mídia, são fantoches, que nem devem expressar a própria opnião,só repassam uma idéia ou vontade alheia. Cito o caso do "Felipe Neto", um vlogger, com tanta coisa a se "correr atrás", e se mobilizar, por que o tal "Preço Justo" dele foi direcionado à produtos de exportação?!?! Com tantos problemas e impostos abusivos, o que menos me preocupa é comprar um jogo, video game, ou aparelho eletrônico mais barato. Não digo que não tenha importância, mas será isso o mais urgente?

Blog do Rafael Castilho disse...

Publiquei no meu blog ha um mes minha opinião sobre o CQC. Se vc soubesse que esse coódigo CQC está ligado à uma crítica machista na argentina... Estou esperando o momento certo para discutir o assunto...podemos conversar sobre isso depois http://blogdorafaelcastilho.blogspot.com/2011/05/cqc.html

.tati~ disse...

O Tas e toda a corja do CQC são idiotas e preconceituosos. Falam mal de mulher e tratam mulher como objeto. Tô contigo!

Ana Lúcia disse...

Gostei da Suzana:
Não corra Lola, não corra!

É isso aí, Lola!!!

teste disse...

Lola, leio o seu blog sempre, e primeira vez que comentarei:
ESTOU CONTIGO!

Esses reaças enrustidos que fingem de portadores da verdade são os piores!
Abaixo o CQC!

Lorena disse...

Compartilhei no FB e compartilho com tudo que vc escreveu, principalmente com o trecho "Gostaria de acrescentar que, além de considerá-lo um misógino de marca maior, também o vejo como um tucano enrustido e um babaca arrogante."
Parabéns e conte comigo no boicote ao CQC e todos os seus babacas!

Jéssica disse...

Post excelente! Você tem todo o nosso apoio!

Raquel disse...

Tem todo o meu apoio Lola!

Ponto Cruz Ponto Com disse...

tem o meu apoio.

Murilo Silva disse...

- Eu sou Spartacus!!

Sra. Ramsay disse...

Moeu. MOEU!

Tataá Albuquerque disse...

Tô contigo e não abro mão Lola.
Tá na hora, de aprenderem a respeitarem nosso direito de expressão.
Que se eu não me engano até pouco tempo atrás era garantido CONSTITUCIONALMENTE, 'néra'não?
Beijo.

Bruno Rodrigues disse...

Essa galera do CQC dá dando vacilo há um tempo já. Se acham visionários, mas não passam de copiadores baratos. O que Tas pretende fazer é um tapa na cara do próprio público dele, porque ele pede que todos tenham consciência e sejam politicamente engajados, críticos e questionadores. Mas, quando isso é com ele, logo acha ruim e quer sair processando o povo. Isso é muita falta de vergonha na cara! Por outro lado, eu acho que se Rafa Bastos faz um DVD intitulado "A arte do insulto" é um show de piadas que insultam, consequentemente, só vê quem acha o insulto uma forma de humor interessante. Particularmente, não gosto. A única novidade nisso é que ele tem um show só pra isso e pagam bem pra ele fazê-lo.

Abraços!

Gabriela Domiciano disse...

APOIADA, Lola!

Ben Hazrael disse...

Simplesmente excelente!!! Apoio seu direito de se expressar!!! E to contigo e não abro!!!

Luciana disse...

Todo apoio a você!

Joel Bueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joel Bueno disse...

Todo apoio à Lola! Touche pas à mon pote!

Aoi Ito disse...

TWO OF US, chegando slowpoke na conversa: Odeio dizer, mas você está equivocada quanto o poder das redes sociais. TV tem MUITO poder SIM. A revolução no Egito não foi feita pelo Twitter. Aqui tem um link que explica melhor (Site de humor, mas com fontes reais): http://www.cracked.com/article_19225_5-reasons-twitter-isnt-actually-overthrowing-governments.html

Roberta disse...

Cara pouco arrogante esse Tas né.
Ou melhor,prof Tiburcio.
To com vc Lola!
Esses playboyzinhos do CQC tem que aprender que já passaram da infancia faz tempo e tem que começar a assumir seus atos.

bárbara disse...

Compartilhei, e apoio!! Tô contigo! Parabéns!! Virei fã de verdade. É nessa linha que eu pretendo seguir, é isso que eu gostaria de ver todos os dias acontecer. Parabéns pela coragem, e por tudo.

Myrela disse...

Tenho dúvidas sobre essa liberdade de expressão tal qual vem sendo propagada por aí. Defendo até à morte o direito de imprensa e de expressão livres...mas o que dizer de Bolsonaros que usam espaços oficiais para propagar o preconceito...ou de pregações que contaminam a sociedade com aberrações e venenos bíblicos.

Neste caso específico acho que o advogado do Tas vai penar pra arrumar argumentos que te façam perder essa causa.

"Nada causa mais pavor aos homens do que mulheres em luta."

Saudações feministas!

Vivien Morgato : disse...

Tem coisas que não vou entender mesmo: fazer piada com amamentação em público é tão estranho, tão conservador, tão tacanho...não dá pra entender.
Acho que eles realmente pisaram feio na bola, obviamente vc tem meu apoio. Mas eu faria como outra leitora sugeriu: procure um aconselhamento profissional, é necessário se proteger de coisas assim.

Isabela Candeloro Campoi, disse...

Lola, eu nem ia comentar, mas entro no coro: eu sou Spartacus!

Flavia disse...

Lola, é a primeira vez que leio teu blog. Cheguei a teu post via FB, e gostei pra caramba.

O anti-politicamente correto é desculpa boba para expor preconceitos. Fala-se alguma coisa e depois tenta justificar o erro dizendo que é piada.

Não importa o veículo usado, Marcelo Tas errou feio. Se ele quiser te processar, problema dele. O mais importante você já fez: expor o quanto a nossa sociedade é hipócrita, misógina e preconceituosa. Parabéns e escreva mais, Lola, escreva mais.

Detalhe importante: eu não vejo CQC. Primeiro porque não gosto do programa, segundo porque costumo estar fora de casa na hora que passa.

samira disse...

Lola, todo o meu apoio!
Não corra, Lola, Não corra!!!

samira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucas Weber Abramo disse...

Cara Lola Aronovich

O feminismo não vai mudar a cabeça de ninguém.

A sociedade deveria olhar para todos de forma idêntica. Isso não acontece justamente porque cada um quer defender o seu "grupo". Defender sua opção sexual, defender o tom de pele, defender a liberdade de escolha.
Seria muito mais produtivo se as pessoas defendessem o direito de ser tratado de maneira igual só por serem seres humanos.
Acho uma tolice fazer um “mamaço” tem é que prender quem proibiu a mãe de amamentar seu filho. Acho uma idiotice cotas raciais e acho também um crime não dar educação descente a todos de forma igual. A parada gay mais parece um carnaval, estereotipando o homossexual. Mas não deixa de ser um ato divertido. Abominável é ver alguém tratando outro ser humano de forma desrespeitosa, humilhante. E isso acontece só porque são todos intolerantes.
Já esta na hora das pessoas agirem de forma pratica e não só de forma escandalosa.

Sou a favor do ser humano e não só de uma parte de nós. Não entendo como alguém pode ser violento com outra pessoa por conta de algo que não afeta ninguém.
O que importa é o que esta dentro da caixola.

Marina disse...

Apoiada, com todas as letras. Mesmo.

@leticiabgaspar disse...

apoiada!

Carina Prates disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Q disse...

a diferença entre ver num texto um "brava" e um "bravo"... Clap, clap! Imagino que no fundo Tas também tenha esse discernimento! Bravo, belas palavras e argumentos!

Daniel disse...

Lola
O Marcelo Tas ainda tinha um pouco do meu respeito por programas anteriores como o castelo ra-ti-bum e o programa vitrine que existia na TVE (que no meu ponto de vista ele devia ter mantido aquela linha de jornalismo sobre tecnologia).

Mas infelizmente a um bom tempo que venho reavaliando a minha posição sobre este profissional que esta a muito tempo indo para o lado do "politicamente incorreto".
Bom, nós somos a maioria e com certeza é a nossa atenção (audiência) que garante os empregos dos profissionais na televisão (ou na web no caso do CQC 3.0)

Parabéns pela atitude de não se amedrontar diante de uma dita "celebridade".

Daniel Serafim

Carina Prates disse...

É Lucas, e exatamente isso que o feminismo defende. Se o feminismo defende mais as mulheres do que os homens é pq há disparidades que atrapalham o tratamento que vc citou: igualitário e simplesmente humano. Nós defendemos a mesma coisa e por isso lutamos. Acho que além de se informar um pouco, seria interessante vc não agir com a hipocrisia de quem não faz nada pra ajudar e quer jogar um balde de água fria em quem está fazendo alguma coisa. Esse seu comodismo revela nada mais que o seu privilégio social, de quem pode se dar ao luxo de não fazer nada, do que promove a reflexão.

Juliana Sampaio disse...

Todo o meu apoio a você, Lola. Um abraço.

Domitila disse...

Olha, nunca tinha comentado aqui antes, apesar de acompanhar o blog há um tempão...mas essa não posso deixar passar.
Que enorme decepção com o Marcelo Tas, que eu nunca soube o que fazia num programa como o tal de CQC, mas que tava disposta a relevar por me lembrar dele com carinho dos tempos de Castelo Rá-Tim-Bum.
Olha, Lola, apoio total a vc. Já está no facebook, no twitter, vamos mobilizar mesmo pro maior número de pessoas ver como são crápulas esses CQC-istas. E pra deixar claro que se ele quer briga, pode vir: processa, estaremos no tribunal com a Lola.

Edy disse...

Vai se ferrar "nego" que é contra piadas "POLITICAMENTE INCORRETAS"... Zuar gordo, loira e portugues pode?
Vai se ferrar bando de hipócritas ... HUMOR é HUMOR não adianta, para ter uma piada legal tem que ter uma vitima, frescura na bunda da porra...

variedadesfemininas.com disse...

Mas é um piadista mesmo! rss Não é possível uma coisa dessas, quer dizer que não podemos usar blogs para expressar a nossa indignação? Amamentar é um ato sagrado e uma mulher deveria ser reverenciada por isso, não ridicularizada por ter seios grandes e cheios de leite que estão a mostra para alimentar os seus filhos. Eu escrevi no meu blog ontem falando mal do Rafael Bastos, será que vou ser processada? Sinceramente, quem deveria ser processado são essas criaturas que estão incitando a discriminação e violência contra a mulher.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 1106   Recentes› Mais recentes»