domingo, 16 de janeiro de 2011

JORNAL NACIONAL: DILMA LAUGHS!

O Jornal Nacional de sexta, dia 14 de janeiro, lá pelas 21 horas, cometeu uma manipulação grosseira. Eu não vi porque mal vejo TV, mas li reclamações aqui e ali (nenhum post em blog), e minha mãe veio me falar disso ontem. Parece que foi assim: o JN dedicou a maior parte de sua duração à tragédia causada pelas chuvas e aos delizamentos de terra no Rio. Foram longos minutos com muito choro, inclusive com muito sensasionalismo, com repórteres fazendo aquelas perguntas pertinentes de sempre: “Como você se sente ao ver sua família inteira morta?”. Um desespero só. Aí, no meio do nada, o JN corta pra falar de uma reunião ministerial de Dilma para aumentar o salário mínimo e para liberar dinheiro para as prefeituras atingidas pelas enchentes (veja aqui). No momento em que a narração em off da repórter começa a dizer “O problema com as enchentes ocupou boa parte da reunião ministerial”, a imagem que ocupa a tela passa a ser a presidenta gargalhando. Como se ela estivesse, obviamente, rindo da tragédia. Como se alguém pudesse rir de uma tragédia dessas.
Pra quem acredita na velha ladainha da neutralidade dos telejornais, este exemplo (e é apenas um exemplo entre tantos outros) deveria servir pra mostrar que tudo é manipulação. A escolha dessa imagem, no meio de uma reportagem cheia de choro, contrasta com a cara de velório do apresentador e da repórter, e de tudo que veio antes e que virá a seguir no telejornal. E ela não está lá à toa. Ela quer passar uma mensagem: a de que Dilma é uma insensível, capaz de rir de 600 mortos. E também a de que um governo, de que o Estado, não faz nada além de rir da miséria alheia, enquanto a iniciativa privada é que realmente se preocupa com o povo, com suas campanhas de caridade à la Criança Esperança.
Uma imagem dessas (risos no meio da tragédia) cairia mal a qualquer governante, até aos mais risonhos, como Lula. Mas em Dilma fica pior, e a Globo sabe disso. Quantas vezes, na campanha eleitoral, o JN selecionou alguma imagem de Dilma rindo? Vou chutar que nenhuma, porque uma Dilma gargalhante se chocaria contra o que a oposição dizia da candidata – que era durona, fria, mandona. Meio Greta Garbo, sabe? Greta, um dos ícones da história do cinema, nunca ria em seus filmes. E sua persona não era diferente: ela raramente aparecia sorrindo nas fotos. Daí que, pra divulgar a comédia Ninotchka, os produtores colocaram nos posters a chamada “Garbo laughs!” (Garbo ri!), como se fosse um fato inédito e de relevância mundial.
É parecido com o que a Globo fez com a presidenta. Só faltou a legenda “Dilma laughs!”. Pois é, acabada a campanha, perdidas as eleições (para eles), a campanha continua. Ano passado tivemos o espetáculo das capas da Veja e sua atribuição relativa de culpa (a equação é simples; aprendam, crianças: enchente em SP é culpa da chuva, enchente no Rio é culpa do governo). Mal posso esperar algum desastre aéreo pra ver a risada da Dilma tomar novamente o Jornal Nacional.

65 comentários:

Marilia disse...

Fui ver o vídeo e é gritante a manipulação!

Pergunto-me quanto tempo vai demorar para surgirem comentários dizendo que você enxerga coisas que não existem.

aiai

@snoopy_xxx disse...

O JN nunca mais foi o mesmo pra mim depois de toda a babaquice do 2° turno. O incrível é o porque de eu ainda estar embasbacado... Espero que o governo Dilma nunca dê preferência a Globo em nada! Quero vê-los sempre em segundo plano.

Dona Aninha disse...

A Globo é mestra nisso!
Em 11 de setembro, naquele fatídico, ne, acho que 2001, eles colocaram imagens do povo palestino nas ruas, comemorando, como se fosse pelo fato das torres terem sido atingidas.
Nao sei se fizeram um mea culpa depois, mas lembro que eram imagens de outra data.
Manipulação: a gente vê por ali!

Paula P. disse...

Pois é, eu vi isso. Fazia meses que eu não assistia JN e daí, quando eu vejo, é isso aí que acontece.
Mas o pior é que nem todos percebem a manipulação. Minha mãe mesmo, comentou da Dilma estar rindo, mas não da escolha de imagens da Globo.

Paula Penedo

Shoujofan disse...

Eu vi essa edição do Jornal, foi absurdo mesmo. Mas nào msotraram somente a Dilma rindo, focaram em vários ministros... Eu não lembro quais, mas duvido que até isso nào tenha significado dentro da brincadeira.

Ma. disse...

Ah, isso foi nojento...
Fiquei revoltada qdo vi!

O triste é q nem todo mundo tem o senso crítico de ver a nojenta manipulação da globo... a mensagenzinha asquerosa tá lá na cabecinha de montes...

Fiquei tão ofendida... como eleitora de Dilma, como brasileira, como telespectadora, como jornalista...

Anônimo disse...

Por que então, logo depois de presenciar a desgraça do Rio e sobrevoar as áreas atingidas, a Dilma foi direto para o campo do Fluminense (junto com o Sérgio Cabral), toda sorridente e vestindo camisa do time com logotipo da Unimed? Porque não tem o mínimo respeito pela desgraça alheia.. Coisa de ptralha e comunista.

Vinicius Cabral disse...

Uma observação para o corajoso "Anônimo" que reclama, xinga e não tem coragem de colocar o nome:

O Palácio Guanabara (sede do governo do Rio) fica AO LADO, muro-a-muro com o Estádio das Laranjeiras e a sede do Fluminense FC e praticamente TODOS os helicópteros que pousam com autoridades que estão indo para o Palácio Guanabara usam o campo do clube para isso.

Sempre foi assim e toda vez que chega alguém importante pela primeira vez ao clube a diretoria do Fluminense presenteia a pessoa com uma camisa do time. Com a presidentA não seria diferente.

Culpe o Fluminense (clube que eu torço, inclusive) e a UNIMED pelo oportunismo, mas não se esqueça de lembrar que o hospital deles na região serrana está atendendo TODAS as emergências, inclusive de não-segurados. A Dilma e o Sérgio Cabral tem nada a ver com isso, inclusive tiveram "espírito esportivo" suficiente para não esculhambar a diretoria do Fluminense e até foram simpáticos tirando foto com a camisa.

Quanto à manipulação da gRobo: não vejo telejornais deles há 3 anos por causa disso. Fim.

ps.: ótimo texto.

Sandro disse...

Vi o vídeo e sinceramente? Acho que não era hora da governanta (se é presidenta é governanta) rir daquele jeito numa reunião ministerial nos dias atuais. Faltou bom senso, faltou sensibilidade, faltou consciência de quem ela é para todos os brasileiros. Eu não me surpreenderia em ver o Nosso amigo Marco Aurélio "top top" Garcia repentindo seu costumeiro gesto diante das tragédias. O problema não foi o Jornal Nacional mostrar a nossa governanta gargalhando, o problema foi ela rir daquele jheito numa hora de desespero nacional. O fato houve e foi mostrado e se não quer aparecer rindo no meio de uma grande tragédia não ria. Simples assim.

Paola disse...

Sandro,
O problema foi a edição, vc assistiu o jornal?
A manipulaçnao foi tão escandalosa que o texto do narrador ficou sem sentido.
As imagens exibidas, sem audio, não são prova de nada...

Isabela Campoi disse...

Ora, Sandro, não seja ingênuo e simplista, por favor.
A conversa que provocou o sorriso solto estava fora de contexto. Sabe-se lá quanto tempo durou a reunião e o que foi dito para que a presidenta sorrisse daquela forma.
Edição é tudo, meu caro e dizer que a Dilma tem que controlar o riso por conta da tragédia no país me soa como piada, convenhamos.
Eu já havia observado durante a campanha: quando a candidata apareceia, estava quase sempre saindo de carros, entrando em aviões ou falando sozinha aos microfones. Enquanto o canditado da velha mídia aparecia rodeado de pessoas, sorrindo em carro aberto.
Eu vejo Tv como analista antropológica....rssss...
Lola, te linkei por ai, viu?

Sandro disse...

Eu não acho que a governanta deveria fingir nada mas apenas fazer o que ela fez: rir bastante numa época como essa e demonstrar a todos sua enorme sensibilidade e o quanto a tragédia a entristeceu. Só espero que mais câmeras consigam sempre captar momentos assim e que tudo seja mostrado a todos.

Rita disse...

Oi Lola
Para além desse lamentavel incidente, regressada recentemente ao Brail fiquei pasma com o fim da novela da Globo de um Silvio qualquer coisa que resolveu colocar as duas menina tão «modernas» a aceitarem felicissimas a partilha do mesmo cavalheiro, numa pura situação de bigamia que como deve saber os paises civilizados criminalizam.
E neste país, que acabou de eleger uma presidenta, ninguém diz nada? fica por isso mesmo?
Onde é que está a massa crítica, onde é que está a elite pensante?

Manuel Fernandes disse...

Há alguns dias eu questionava no twitter: "Uma coisa me deixa curioso: Por que o PIG ainda não 'fez' pesquisa da popularidade da Dilma? Creio que não vai tardar! Esperemos para ver"!

A resposta estava mais cedo que eu imaginava! E de que forma!

Manuel Fernandes disse...

Corrigindo: "A resposta estava mais perto que eu imaginava"

Anônimo disse...

Querida Lola,
Adoro seu blog e suas ideias, acompanho diariamente, mas acho que pegou mal vc ter dito que mal espera o próximo desastre áereo. Fiquei triste, pois nao combina com vc, que é tão elegante com os sentimentos alheios. Um desastre áereo, é muito triste e doloroso para quem perde seus entes queridos. Por favor, não mal espere por isso para ver a globo colocando a Dilma rindo novamente.
Obrigada,
Patrícia S

Anônimo disse...

Marcela Temer
Presidenta
Roupa da Dilma
Risos da Dilma

Esqueci algo? Semana que vem amenta a lista.

Daniel disse...

O comentário de 16 de janeiro de 2011 14:41 foi meu. (Daniel) Saiu anônimo, não entendi

Manuel Fernandes disse...

Esse sr. Sandro deve ser adepto do filme "O nome da rosa", no qual, para os monges, rir é pecado capital!
Aff!!!!!

Mariana disse...

Triste (para não dizer NOJENTO).

Sandro disse...

Sr. Manuel,
Há hora pra tudo. Pra rir, pra chorar, pra plantar e pra colher. E num momento onde mais de 600 pessoas perderam a vida não é a hora ideal pra líder de um país gargalhar assim. É função do líder compartilhar a tristeza e o luto de seu povo.

Alexandre Lancaster disse...

Não repararam que esse Sandro é um troll sensacionalista que apareceu pra semear discórdia e espalhar a farsa? A partir do momento que aqui se critica a edição, ele precisa desqualificar a crítica e enfatizar a "versão oficial".

Claudia disse...

Achei a manipulacao de imagens da Globo nojenta. A edicao foi sim para manchar a imagem dela, fiquei revoltada. Nao eh possivel nao que tivessem outra imagem dela para mostrar naquele dia. E olha que eu nem votei na Dilma nem sou petista, mas reconheco quando algo de extremo mal gosto eh feito pela imprensa de direita.

Sandro disse...

Deu no El Pais, o maior jornal da Espanha: "Mientras tanto impresionan e indignan las imágenes emitidas anoche por el telediario nacional de la red Globo, con más de 40 millones de audiencia, intercaladas con las sangrantes de la tragedia, de la primera reunión ministerial con los 37 nuevos ministros presidida por Dilma Rousseff, en la que aparecían riendo a carcajadas, algunos masticando chicle y con aire de fiesta.".

Será que o Jornal espanhol também é vendido ou faz parte do PIG ?

lola aronovich disse...

“Será que o Jornal espanhol também é vendido ou faz parte do PIG ?”
Não, Sandro. Acontece que, aparentemente, a única fonte de informação do El País é o Jornal Nacional, citado na reportagem do El País. E, pelo jeito, o jornal não tem senso crítico pra perceber que aquilo foi uma grande manipulação.


Patricia (anônimo acima), é óbvio que não estou torcendo por um desastre aéreo. Isso chama-se ironia.

Carol disse...

Resposta ao Sandro: Sim.

Sandro disse...

Bem Lola,
Apesar de termos visões políticas antagônicas eu te respeito muito e sempre leio o que escreve. Entretanto, não há justificativa pra uma governanta rir deste jeito num momento em seu povo sofre tanto. Isso é, no mínimo, uma insensibilidade monstruosa. E no mais não podemos negar que, se ela não estivesse gargalhando, não haveria imagens pra serem editadas...

Adriano disse...

A boa e velha construção de discurso, especialidade marcante desse canal de televisão.
São uns calhordas.

Camilo disse...

E vc Sandro, nunca mais deu uma risada, suponho, desde q ficou sabendo das tragédias do Rio? Está com uma eterna cara de enterro?

A Dilma é ser humano como qualquer outro. Não vai ficar o tempo inteiro incorporando a tragédia. Às vezes vai mudar de assunto, lembrar de outras coisas, aliviar. Isso é comportamento natural.

Este é o contexto da sua risada. Qq tentativa de ver de outro jeito é má fé.

Carolina Pombo disse...

Como é impressionante a capacidade das pessoas se importarem com o que a grande mídia diz que é importante. Hoje vi parte de um Saia Justa no GNT no qual a costureira da presidenta é tripudiada e a ilustre indústria da Moda é defendida por sentir-se renegada pela despreocupação da Dilma em ter uma marca para exibir em suas roupas. E agora vejo gente dizer que ela não deveria rir numa reunião ministerial porque uma tragédia está sendo massivamente explorada pela Globo. Daqui a pouco vão querer que seja dever cívico da presidenta ter um "personal stylist", um "acessor de imagem" e o escambal, como se ela fosse uma celebridade instantânea. Eu prefiro uma pessoa de verdade na presidência.

Anônimo disse...

Vc é muito mimada. A eleição acabou. Comemore. Para de chorar. É triste ver esse pessoal na casa dos vinte anos achar que o Brasil começou com Lula. É uma desonra pra quem lutou antes pelo país.

Anônimo disse...

A cena do sorriso foi retirada de reunião ministerial da primeira reunião.

Graça disse...

O que esperar dessa nefasta globo que usa uma concessão pública para alimentar e manter seu vasto poderio de maneira escusa e criminosa? Dou graças por ter discernimento, esclarecimento para escolher o que é bom para mim. Lamento pelas os caixas de ressonância que são vítimas de uma empresa que tem em seus alicerces, o sangue de muitos brasileiros mortos pela a ditadura, de quem o Sr. Roberto Marinho foi fiel aliado, construiu um império que deixou como espólio para os seus rebentos que não degeneraram.

PS Escrevi globo propositalmente em letra minúscula, é assim que penso sobre a mesma, MINÚSCULA!
Faz tempo que mudei de canal!

Joel Bueno disse...

Esse moço, esse Sandro, certamente não deu nem um sorriso nos últimos dias. Ele estã tããão tristinho!...

Insana disse...

Foi assim sem querer né ??
-SEI

entao ja vi tantos atos semq querer da TV que me junto a você e parei de ver TV...

bjs
Insana

Sandro disse...

Será necessário desenhar para alguns comentaristas entenderem que eu não sou presidente do Brasil e nem líder de um povo? Será que as pessoas não entendem que um bom líder tem a obrigação de solidarizar-se com seu povo? Até o vilão Bush entendeu isso no 11/09 e nossa amada governanta não goza da mesma sensibilidade. A Dilma não é uma pessoa comum, ela é a Presidente da República e como tal representa todo o povo brasileiro, e como povo, estamos diante de uma das maiores tragédias dos últimos tempos. Definitivamente não é hora de nossos GOVERNANTES gargalharem.

Eduardo Marques disse...

Sandro=Troll

Não o alimentem, por favor. Obrigado.

Weligton disse...

Lola
vi ao vivo e na hora lembrei de vc!!
um puta absurdo e olha q nem votei nela!

Marilia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marilia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marilia disse...

Sandro,

Poderia ser um comentário espirituoso por parte de algum ministro ou qualquer coisa coisa.
O que você não pode esperar é que ela nunca mais sorria depois da tragédia da região serrana. Ela estava falando de outras coisas, em outro espaço.

A reclamação aqui é que mostraram a presidentA sorrindo enquanto a narração falava sobre a tragédia, o que faz algumas pessoas (inclusive você, percebe-se pelos seus comentários) pensarem que ela ria da tragédia.

Como você acha isso, pode-se ver que a globo conseguiu o que queria.

Ou você acha realmente que o Bush não sorriu mais depois do 11 de setembro?

Sandro disse...

Marília,
Eu detesto ser repetitivo mas talvez você não tenha lido meus comentários anteriores. Eu não disse que a governanta nunca mais sorrirá. O que eu disse é que não é hora de gargalhadas ou comentários espirituosos de ministro. O povo brasileiro está vivendo uma tragédia e ainda nem enterrou seus mortos enquanto seus governantes gargalham numa reunião. É muita falta de sensibilidade e compromisso e eu acredito que o Lula jamais faria algo assim.

Anônimo disse...

Acho bobeira esse negócio de "não alimentem os trolls". Cheira a censura. Vamos discutir, ora essa!
Sério, Sandro, reuniões ministeriais não são curtas. A supramencionada começou por volta das 14h30 e provavelmente foi até à noite. Qual a CHANCE de não ter havido um só motivo para que ela risse?! Sério, ela vai fazer cara de tacho a reunião inteira pelo fato do país estar passando por uma tragédia? É claro que ela sente pelo que está acontecendo. Porra, ela é presidente da nação! Lógico que ela sente. Mas não é assim, amigo.
O que você não consegue ver foi a má fé da Rede Globo ao colocar as imagens, que devem ter sido bem raras, convenhamos, com a voz falando ao fundo "O problema com as enchentes ocupou boa parte da reunião ministerial". Eu dú-vi-do que a "boa parte" citada foi essa das imagens.

Leandro disse...

Concordo com a Patrícia S.

Vamos usar a cabeça.

Amer H. disse...

Não percebi nenhuma ofensa no discurso do Sandro, só uma opinião diferente das demais. Chamá-lo de troll por isso não é muito diferente do preconceito que muitas que aqui opinam dizem sofrer no dia-a-dia.

Quanto a edição da Globo, sim, houve manipulação óbvia das imagens. Mas por menos que goste da emissora, eles tem direito a uma linha editorial que não apoie a Dilma ou ao PT. Jornalismo impárcial não existe (infelizmente), então selecionem uma fonte de notícias que apoie o mesmo partido que vocês.

Eu assisto a CNN.

=Maíra= disse...

Amer H., uma coisa é a Globa não apoiar a Dilma. Outra bem diferente é ela assumir que não apoia, né não?? Porque ela se declara imparcial. E, independentemente de sermos contra ou a favor da Dilma, temos o dever cidadão de discutir manipulações grosseiras feitas por TV's, que, vale lembrar, são concessões públicas...
Abraços!

BrunA disse...

Boa , CAMILO !!!!

Anônimo disse...

Maira, ninguém aqui reclamou da manipulação do bolinha gate feita pelo SBT, ou sequer lutou para que as redes de TV responsabilizassem-se por suas mentiras, não obstante serem estas concessões públicas.
Isso me cheira a hipocrisia partidária...

Augusto da Fonseca disse...

*

Por falar em manipulação...

O Globo e funcionalismo federal: manchete negativa, texto positivo

http://migre.me/3FSTU

***

Eduardo Marques disse...

Caro anônimo, acho covardia falar a própria opinião sem se revelar, sendo q vivemos em um estado democrático e vc ñ corre o risco de ser preso.

Censura é qd um indivíduo ou grupo ñ permite a expressão de outro indivíduo ou grupo. Não alimentar trolls é tomar uma atitude conscienciosa de ñ alimentar comportamentos mal-intencionados de indivíduos q ñ só querem prejudicar o debate para ganhar atenção. O Sandro pode dizer e pensar o q quiser, só peço q não lhe deem atenção, pois falar com trolls é o mesmo q tentar jogar xadrez com um pombo: ele só vai arrulhar, derrubar as peças e cagar no tabuleiro.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Troll_%28internet%29

http://pt.wikipedia.org/wiki/Complexo_do_pombo_enxadrista

Anônimo disse...

Manipulação???Do que é q vcs estão reclamando se a Dilma só foi eleita pela manipulação da rede globo ?????Desde antes dela se candidatar a globo anunciava q ela seria eleita no primeiro turno,manipulando pessoas mais humildes e sem mta informação a votar nessa palhaça, e vcs vem reclamar q eles manipoularam a reportagem????Pode até ser, mas não tenho dúvidas de q ela rira sim de uma tragédia como essa.....ela jaá fez coisas bem feias e não se arrepende.

Anônimo disse...

Oi Lola, sou uma seguidora do seu blog, mas não o lia a um tempo! Com edição ou sem edição a Dilma estava sorrindo, enquanto, paralelamente, aconteciam desastres na região serrana do RJ e em SP. Pode até ser que a Globo tenha feito essa manipulação propositalmente, mas isso não acontece só com a Dilma não.. E por falar em salário mínimo Lola, até acredito que eles estavam rindo da discrepancia do aumento do salário mínimo para o aumento absurdo dos salários dos deputados nesse começo de ano.

PS: publico anônimo pq nao tenho conta no google.

Gabriela Golçalves

Priscilla disse...

O Jornal Nacional é tão torpe que explora o sofrimento da população desabrigada para alavancar a audiência de pessoas que se permitem manipular ou não conhecem a realidade do nosso latifúndio midiático, que exibe o que convém aos interesses dos seus grandes donos. Neste particular, sabe-se que a Globo nunca foi afeita às massas, a não ser que seja na condição de manipuladora destas, logo não aprovaria a eleição de uma candidata pelo povo brasileiro.
Lamentável mesmo é o fato das pessaos que leram o posto excelentemente crítico de Lola e ainda concordarem com a falsa diéias da "Dilam insensível".
Às vezes penso que as pessoas gostam de viverem na caverna de Platão!

Muito bom o post Lola, recomendo muito seu blog para tod@s que conheço.

Cezar disse...

Li sobre isso em vários sites. Apoio os que criticaram a atitude da globo. Doravante, nao se assiste mais a essa emissora em minha residencia. É um direito meu e o farei.

Anônimo disse...

Email que recebi de um assessor de deputado:

Por José Bones

Tenho notado, assim como aqueles mais atentos também devem tê-lo feito, que a candidata Dilma Roussef e seus apoiadores, pretendem que ela venha a ser a primeira presidenta do Brasil, tal como atesta toda a propaganda política veiculada pelo PT na mídia.

Presidenta?

Mas, afinal, que palavra é essa?

Bem, vejamos:

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais.
Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante,
de pedir é pedinte,
de cantar é cantante, de existir é existente,
de mendicar é mendicante...

*Qual é o particípio ativo do verbo ser?
O particípio ativo do verbo ser é ente.
Aquele que é: o ente.
Aquele que tem entidade.*

*Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.
Portanto, à pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independe do gênero, masculino ou feminino.
Se diz capela ardente, e não capela "ardenta";
se diz estudante, e não "estudanta";
se diz adolescente, e não "adolescenta";
se diz paciente, e não "pacienta".*

Um exemplo (negativo) seria:

"A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta. "

Tenho dito...!!!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tatiana Orthega disse...

Cristo!
Lola, adorei seu blog!
Eu vi esse dia uhsuhsausa, fiquei perplexa com a cena, e como tava sozinha pensei: "que sem noção"...

Alguns colegas do blog falaram do JN que nao é mais o mesmo. O fato é que desde o inicio do governo Lula a GLOBO passou a ser totalmente manipulada e jornalistas que criticavam tal governo de repente sumiram... Leia-se Alexandre Garcia, que se auto proclamava Anti-Lula e simplesmente voltou à telinha com uma babação de ovo dos deuses a favor do governo Lula/Dilma...
Eu nao sei a profissao dos colegas aqui do blog, e nem li o seu perfil ainda... mas eu sou estudante de historia e acho q essa imprensa atual tinha que ser erradicada, para que talvez tenhamos um jornalismo e noticias que respeitem a veracidade dos fatos e nao manipulem opiniao da massa, mas que permitam a livre criação de opiniao, assim, poderemos discutir politica e acontecimentos mundiais com nossos proprios olhos e nao com os olhos da GROBO e afins ^^.

Anônimo disse...

Imprensa erradicada. Que beleza de expressão.

Maurício disse...

Com um gesto simples de nossa Presidenta ela pode liquidar essa imprensa marron, retira 50%, nem precisa ser todo só 50% das verbas publicitárias.

Anônimo disse...

Primeiro erradicaremos a imprensa e depois queimamos os livros em praça pública! Só assim o Brasil será um país melhor!

Anônimo disse...

Todo mundo tem interesses, não é só a globo. Não sejam inocentes a ponto de achar isso. Não existe imparcialidade quando seus interesses estão em jogo, principalmente no Brasil onde todo mundo quer levar vantagem sobre os outros.

Anônimo disse...

A manipulação sempre vai existir. O que tem que acontecer é a população ter uma educação melhor para poder formar sua própria opinião e não depender da imprensa. Mas se o governo investir em educação, o povo vai ver que bolsa-família é populismo e o governo também é manipulador.

Anônimo disse...

Aos pucos a Globo vai tomando posse do Brasil. Ela é quem dita moral e costumes. Se achar qque depravação é modernismo, vai divulgar isso nas novelas, nos programas de auditório. Se a Globo achar que é o momento da pornografia, está aí o Big Brother. Já pregou até instalação de máquinas de camisinhas nos colégios, numa das tramas da série teen Malhação. É... falta pouco para a Globo se autoproclamar Imperatriz Absoluta do Brasil.
Outra coisa: o custo operacional dessa emmissora é astronômico. De onde sai tanto dinheiro? Uma coisa eu sei, li no "Opsss": brasileiros idiotas vão dar quinhentos milhões de reais para a Globo com os telefonemas do Big Brothers

Oliveira disse...

Meu Deus!

O Lula era Santo; apesar de ter enriquecido o filho idiota dele; por muito menos o Collor foi deposto.

O presidente terrorista do Irã é santo.

O Netinho espancador de mulheres, para você, virou santo quando parecia que ia ser senador.

Agora a Dilma é santa; se mostram ele séria estão errados, se mostran ele rindo, nuna situaçao que todo mundo entendeu, só a Lola que não, estão errados.

Como a sua esquerda é nojenta.

Alessandro disse...

Acho interessante manipulações jornalisticas, se não houvesse sensacionalismo as notícias não teriam audiência.

Isso de político ter "cara" é personificação, um grande pecado contra eleições eficientes.

Não importa se o presidente ri, bebe, transa ou fuma.

O que importa são as propostas realizadas, eficiência do trabalho, desenvolvimentos reais, e melhoria do país (e suas condições) que os governadores façam.

Você prefere um politico de bom humor, e que passe energia positiva, enquanto salva milhares de pessoas e melhora a saúde pública. Ou prefere um politico "sensivel" que nunca ri em "momentos de crise" , e rouba o dinheiro do seu povo enquanto enterra corpos e faz homenagens as familias?

Não sei se Dilma é uma boa presidente.

O que sei é que não é possível julgar um governante pela sua "cara", por gargalhadas por segundo.

Não é culpa do jornal que nossa política tenha tanta personificação.