domingo, 2 de agosto de 2009

TRÊS BOAS AÇÕES COLETIVAS

Sou péssima nisso de blogagem coletiva. Sempre perco as datas, nunca sei o que escrever... Mas como tem gente que acha que este bloguinho é popular e pediu, e como eu sei que minhas leitoras(es) são pessoas das mais conscientes, vou pedir a adesão de vocês pra essas três boas ações.

A Semana Mundial da Amamentação começou ontem e vai até o dia 7. A minha ídola Denise está organizando, pelo terceiro ano consecutivo, uma postagem coletiva pra divulgar a importância da amamentação materna. O tema deste ano é Amamentação: Segurança Alimentar nas Emergências. Parece óbvio, mas muita gente desconhece que, numa catástrofe (alagamentos, furacões, terremotos etc), a amamentação pode salvar a vida de crianças. E, obviamente, longe das emergências, o leite materno é sempre o melhor alimento pro bebê. Lá na Denise e no site da campanha tem mais informações. Ajude a divulgar também, por favor.

A Lei Maria da Penha tem três anos e representa um grande avanço no combate à violência doméstica. Mas ela não tem sido aplicada como se deve por alguns juízes que estão na contramão da história. Teve um que bradou contra a lei, porque ela representaria “O homem subjugado e o fim da família”, por exemplo. Incrível! A petição é para que a lei seja cumprida, e sem que seja adotado o retrocesso da representação. Leia a petição pra entender melhor e assine, please. E se precisar de alguns depoimentos de mulheres agredidas pra se "inspirar", aqui tá cheio. Nem preciso dizer: leitores homens, assinem também. A violência doméstica afeta todos os membros da família e gera mais violência no futuro.

O outro pedido é pra assinar a petição da Greenpeace convidando os principais líderes mundiais a participarem pessoalmente da COP-15, conferência da ONU sobre mudanças climáticas que será realizada em Copenhagen, Dinamarca, entre os dias 7 e 18 de dezembro. Não precisa ser cientista pra notar como os invernos estão cada vez mais frios e os verões, mais quentes, e as consequências desse desequilíbrio: enchentes, secas, e até ciclones em lugares onde essas catástrofes “naturais” eram até então inéditas (lembram do ciclone aqui em SC em 2004? Tiveram que reescrever livros de geografia por causa dele). Não é porque a gente não vai estar viva daqui a cem anos (estou falando por vocês) que vai acabar com o planeta.

5 comentários:

Andréia Freire disse...

Acho um absurdo esse negócio de representação! "“O homem subjugado e o fim da família”! Hahahahaha, não usar a violência contra a companheira agora é ser subjugado. Você que é macho, tem que provar isso batendo na sua esposa! Seus filhos vão crescer com um ótimo exemplo. Isso é que faz bem a família. Uma lei contra isso representa o fim dela! ¬¬' Tão sem lógica, tão sem lógica. Um sujeito desses devia ser cassado!

Ana Luiza Romano disse...

Lola, adorei!

Pode deixar que vou escrever sobre assunto no meu blog!

Beijos e mãos a massa! ;D

AntiVermelho disse...

É a treva!!!!
O fim da família Senhor Juiz, é o filho crescer vendo a mãe ser espancada, virar um adulto violento ou descompensado psicologicamente. O fim da família, é a mulher servir de tapete pro babaca machista que se acha superior só porque tem um negocinho medíocre no meio das pernas. Porque pra mim a única diferença entre homem e mulher é isso aí.
Ah! Lembrei outra diferença, as mulheres são mais inteligentes!!!
E francamente, esse juiz é filho de chocadeira.

Túlio disse...

Eu não acredito muitos nessas petições que não pedem RG ou CPF, mas não custa nada assinar, né?

Cris Prates disse...

Amamentar é tudo de bom. Amamento há 3 anos, 3 meses e sei lá quantos dias. Danton quase nunca ficou doente ( a não ser resfriados) e nunca tomou anti-inflamatório, nem antibiótico. Come de tudo, é super em forma. É independente (na medida para uma crinaça de 3 anos, claro) e tem dentes saudáveis.
Eu trabalho 8 horas por dia, tenho um casamento maravilhoso e vida sexual idem.
Amamentar é tudo de bom.