sábado, 18 de julho de 2009

A DIREITA É ENGRAÇADA, PERO NO LO SABE

Eu me divirto. Não dá pra ler algumas asneiras sem rir. Tipo: Obama indicou Sonia Sotomayor para a Suprema Corte. Isso deixa os conservadores apavorados, porque sabe como é, é um perigo pra democracia e pra imparcialidade da lei colocar numa posição de poder uma hispânica (a primeira!), e ainda por cima, mulher. Tá no Estadão: “Os republicanos temem que ela deixe de lado a imparcialidade e a atribuição de interpretar a lei ao pé da letra - eles acham que ela será influenciada em suas decisões pelo fato de ser hispânica e mulher”. Sério, pô! Não é pra gargalhar em voz alta? Dos 111 juízes na história da Suprema Corte nos EUA, sabe quantos não foram homens brancos? Quatro! Houve dois negros e duas mulheres. Só! Pelo jeito, os reaças não veem nenhum problema na interpretação das leis por elas terem sido feitas e implantadas por homens brancos. Mas mulher e ainda pertencente a uma outra minoria, ooooohhhh! Toda a constituição americana está em risco! Vamos convocar o exército americano pra dar um golpe na Casa Branca, enxotar o Obama, e assim defender a democracia! Quem diria? Honduras dá lições ao mundo!
Aí, naquele blog de extrema direita que eu frequento de vez em quando, pra ver como os malucos que fugiram do manicômio pensam (sorry, não dou o link. O blog em questão é racista, machista, asqueroso, tudo de ruim. Num mundo ideal, ele não existiria), tem lá: “Torço para que os republicanos detonem essa indicação de Obama”. Esse carinha copia o Reinaldo Azevedo em tudo. Como Reinaldo chama Obama de Barack Hussein, toda a direita vai na onda. E, entre outras sandices, espalha que Obama não vai concluir seu mandato, e que ele nem deveria ser presidente dos EUA, já que não é americano (é, vocês não sabiam?). O fascista continua: Obama “apóia toda essa vagabundagem que destruirá os valores que dão suporte à cultura ocidental. A prevalecer tal tendência politicamente correta teremos num futuro próximo a humanidade fazendo o caminho de retorno às cavernas”. É, tá confuso, eu sei. O sujeito não escreve muito bem. Mas esses defeitos não lhe tiram o caráter lúdico: “Obama é um estúpido. E desafio Obama pra debater Direito comigo e mais quem queira”. Ha ha. É isso aí, Obama! Largue logo qualquer inutilidade que você estiver fazendo e venha discutir direito com um “dôtor” fascista que quer separar o Sul do resto do Brasil!
A direita não tem senso de humor. Logo, não tem senso do ridículo. Mas eu já disse que adoro o Nate, né? Ele já foi republicano, até votou no Bush. Acordou, e hoje acha graça dessas babaquices todas. Seu blog finge que é sério e engana muita gente. Quer dizer, parece difícil que alguém caia nessa de não sacar que é pura sátira. Olhem só o que ele propõe: uma mobilização nacional contra a indicação da juíza! Ele até escreveu uma carta pros senadores, e pede aos seus leitores que a copiem e a mandem pros representantes. A carta diz que não é possível o Obama indicar pra Suprema Corte um nome que ele, Nate, não consegue nem pronunciar. Ele também cita que Sotomayor tem envolvimento com um grupo chamado La Raza, que deseja melhorar a vida de americanos hispânicos. Isso é ultrajante! Como diz Nate, “Nossos melhores juízes não se preocupam em melhorar a vida de ninguém!”. Nate reclama que ter duas juízas na Suprema Corte é representação feminina demais, o que desvirtua o sentido de justiça “universal”. E termina: “Lembre-se: senador, o senhor foi eleito pelo povo! O senhor foi eleito para servir ao povo! Embora eu possa ter mandado dinheiro pro seu adversário, o senhor foi eleito para me servir!”.
Ah, se o fascistoide do Sul é Meu País entendesse inglês e lesse o Nate, ele até faria cópia da tal carta... Uma colunista do New York Times também tirou o maior sarro dos reaças. E hoje tá todo mundo atacando a Sotomayor por ela ser feia e gorda (?!). Porque, sabe, vivemos num permanente concurso de miss. E os juízes homens e brancos certamente são avaliados pela sua aparência física... Vivemos num mundo tão cheio de igualdade, não é mesmo?

13 comentários:

asnalfa disse...

Essa Sonia Sotomayor tem cara de ser gente boa. Tb adorei quando a Ellen Grace foi presidenta do STF aqui no Brasil. Ela é a favor do estudo de celulas-tronco.

Amanda disse...

Eh um bom começo, mas pode ser so uma tatica para agradar as minorias. Aqui na França, o Sarkozy escolheu varios representantes de minorias para ministros. A mais famosa é a Rachida Dati, mulher arabe, que veio de familia pobre e que tem até irmão preso. Mas vai ver a politica dela, deve ser pior do que o Bush! (mentira, porque nem o mais direitista francês consegue ser mais conservador do que um esquerdista americano).

Serge Renine disse...

Aronovich:

Qual sau parte favorita de Cem Anos de Solidão?

lola aronovich disse...

Asn, pelo menos a Sonia aparece sorrindo em todas as fotos. Gosto de pessoas sorridentes.


Amanda, é verdade. Pode ser minoria e defender os maiores preconceitos, sim. Sem falar que muitos dos hispano-americanos são bem conservadores (principalmente os cubanos que moram em Miami).


Ha ha, Serge! Essa é uma pergunta legítima ou vc se refere ao total abandono que este bloguinho enfrentou hoje?! Tanto em número de visitas quanto de comentários... Chuif!

Bárbara - Αφροδίτη disse...

Gosto muito do seu jeito de pensar, de se expôr. Aprendo muito com você, Lola! :]

Bom, acho ridiculo tudo isso. Espero que ela consiga, e faça um bom trabalho! ^^

:***

Anônimo disse...

Nossa, Lola, isso é extremamente revoltante.
Parece que não há nenhuma evolução.

Luis Henrique disse...

Lola,

Se o tal facistóide do Sul copia o Reinaldo Azevedo, este último copia o Rush Limbaugh - não só defende o golpe em Honduras, como insinua que o mesmo devia acontecer aqui no Brasil!!! O carinhoso apelido de 'Esgoto' já não serve mais pra ele, é pouco.

E por falar em humor, tem um professor aloprado que é o Nate ao quadrado. Recomendo!

Um beijo

Amanda disse...

Obrigada pelo cometario la no blog, Lolita! Vc viu o post que eu falo da substituição do partido comunista pela extrema direita na região parisiense?

Giovanni Gouveia disse...

Luiz Henrique, o professor Hari é uma das últimas trincheiras em defesa dos homens bons, que São Serapião o ajude nessa árdua tarefa. :)))
Lola, não maltrate tanto assim, você sabe muito bem que a alteridade e um tormento pra qualquer um de direita... ;)

aiaiai disse...

Luis Henrique,

Obrigada pelo link do professor aloprado! to rindo sem parar kkkkk

lola aronovich disse...

'Obrigada, Barbara! Vc é muito gentil.


Anônimo, pra algumas pessoas, não há evolução mesmo! Elas são contra. Afinal, a gente tá no ápice da civilização. Se melhorar estraga.


Luis Henrique, Aiaiai, o professor é muito divertido, eu já o conhecia. Só que o que ele parodia montes de blogueiros de direita levam a sério! Reinaldão e cia defendem que o que aconteceu em Honduras não foi golpe, mas uma defesa da democracia contra as forças chavistas, e que o mesmo deveria acontecer no Brasil. A diferença é que eles falam sério. Assustador. Esse blogueiro de direita que eu menciono, não nominalmente, prega que o exército “elimine” os botocudos de Honduras. O chavão dele é “eliminação total! Fogo neles!”.

lola aronovich disse...

Amanda, pois é, que coisa. A direita conseguiu captar a insatisfação do pessoal mais pobre. Os votos são baseados em puro preconceito xenofóbico.


Gio, o que eu adoro é como eles se consideram “homens de bem”. E o termo é bem esse, “homens”. “Pessoas de bem” não tem o mesmo efeito. Nesse blogueiro de extrema direita, quando aparece alguma mulher jovem e bonita, ele dispara algo como “precisamos de mulheres assim”. Porque a maçonaria a qual ele deve pertencer não inclui mulheres, só homens de bem. Totalmente TFP.

Bruno Stern disse...

Seria estranho se não houvesse reação a indicação dela.

As alegações são engraçadas mesmo. Mas é triste ver que há muita gente que acaba concordando.