sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

COMEMORANDO ONZE ANOS DE BLOGUINHO

Pessoas queridas, nesta última semana de janeiro comemorei algumas coisas: nove anos que cheguei à Fortaleza, e onze anos de bloguinho.
Lolinha quando morava no Rio
Tudo passa tão rápido! Eu morei menos de 4 anos em Buenos Aires, quando era criança, 6 no Rio, quando minha família se mudou pro Brasil, 16 em SP (toda minha adolescência), 15 em Joinville (passando várias semanas em Floripa), um em Detroit, e agora estou aqui desde 2010. E do Nordeste não saio mais. 
Lolinha em 2007, em Detroit
Sobre o blog, eu o abri em janeiro de 2008, enquanto fazia doutorado-sanduíche nos EUA. Onze anos depois, ele continua atraindo bastante gente, mas o tempo dos blogs passou. O auge do meu foi em 2013. Hoje "textão" virou um termo pejorativo. No entanto, é só blog que eu sei fazer. E só os textos, porque layout que é bom... Sei que prometi arrumar o layout do blog faz tempo, mas agora vou cumprir. 
A designer gráfica Veronica Sauthier (instagram aqui) vai me ajudar. Ela até já repensou o meu banner (lá em cima), mas só vou trocar quando mudar o design do blog. E ela fez este selo também, que ficará na margem superior direita pra marcar os onze anos. Muitíssimo agradecida!
O ilustrador Marcelo Daltro fez este selo pra mim. Muitíssimo obrigada, Marcelo (este é seu instagram), que é marido da Patricia, uma blogueira tão antiga quanto eu. 
E vamos tocando o blog... 
Anteontem dei uma entrevista por email pra Maria Teresa Cruz, editora da Ponte. Gostei muito do resultado (que foi publicado com o título "Moro vai investigar os crimes contra ativistas?, pergunta blogueira ameaçada"), então vou reproduzir o texto aqui. 
Email que recebi anteontem, e que motivou a entrevista (clique para ampliar)
Ponte – Você convive há muitos anos com as ameças desse grupo. Às vezes somem, às vezes reaparecem, mas estão sempre orbitando. O que sentiu quando recebeu o e-mail dessa vez? Uma vez que não é uma novidade, o que te motivou a divulgar?
Lola – É, são oito anos de ameaças de morte e inúmeras perseguições. Por isso estou acostumada. Não é bacana se acostumar com esse tipo de coisa, mas é o jeito. Então, quando recebi o email de manhã, não me afetou em nada. Eu devo ter bocejado de tédio, sabe? Mais do mesmo. Não falei nem pro meu marido, porque achei que não havia novidade nenhuma ali. Creio que um pouco depois encaminhei o email pra uma jornalista, mas só porque ela tinha acabado de me entrevistar no dia anterior sobre ameaças. 
Depois fui trabalhar, mesmo estando de férias, respondi a outra entrevista. Quando voltei pra casa, recebi o link de uma leitora para uma matéria mais recente da Folha em que Jean Wyllys relatava a Sérgio Moro novas ameaças que havia recebido nos últimos dias. E aí vi, mais uma vez, que é a mesma quadrilha que me ameaça também, e decidi colocar o print do e-mail pra minha timeline do Twitter. Eu não divulgo nem 1% das ameaças que recebo, mas às vezes é bom divulgar, porque tem gente que não acredita. Tem gente que não consegue nem imaginar as barbaridades que recebemos. E tem um pessoal que acha que eu e outras feministas nos ofendemos por ser chamadas de gordas e feias. A gente nem pisca pra essas ofensas da 4ª série B. O que não dá pra tolerar são ameaças de morte e estupro e esquemas de difamação orquestradas, com várias pessoas envolvidas, por exemplo.

Ponte – Quando a Ponte noticiou a ação desses fóruns, integrantes da nossa equipe foram alvo de ataques, eu inclusive, que talvez tivesse assinado uma reportagem apenas daquela série. Eles mexem com o psicológico, promovem perseguições virtuais, mas existe um medo real? Como lida com isso?
Reportagem da Ponte
publicada em dezembro 2017
Lola – Eu acompanhei no chan do Marcelo Valle Silveira Mello, antes dele ser preso, em maio, a raiva que ele despejava contra os repórteres da Ponte, porque vocês fizeram excelentes matérias sobre ele e sua quadrilha. Ele [Marcelo] entrou com processo contra mim, mais de uma vez, e acabou desistindo quando viu que eu não teria que ir para Curitiba ficar cara a cara com ele. Sei que atacou alguns repórteres da Ponte, mas os Homens Sanctos, a quadrilha do Marcelo, são acima de tudo misóginos. Eles são também neonazistas, racistas, homofóbicos, tudo de ruim, um combo do preconceito. Mas nada os move mais que o ódio contra mulheres. Portanto, pra eles ameaçarem e atacarem homens é muito mais difícil. Falta criatividade. Quase sempre eles acabam atacando as mulheres da vida dos caras: esposa, mãe, filha. 
Cartum de Junião ilustrando
reportagem da Ponte do final
de dezembro 2017: um resumo
dos channers e trolls
(clique para ampliar)
Então não é nenhuma surpresa pra mim que eles tenham te atacado, mesmo você não sendo a autora das reportagens. É o que eles fazem: doxxing [descobrir todos os dados sobre uma pessoa e seus familiares, para então poder ameaçá-los e atacá-los] e ameaças. Muitas vezes fazem montagens pornôs com suas fotos ou colocam seu nome e telefone em sites de swing e prostituição. São coisas que eles não podem fazer com homens, só com mulheres. Nesses anos todos, principalmente entre 2013 e 2018, cinco anos ininterruptos, Marcelo e sua quadrilha atacaram centenas de mulheres e homens também. Várias vítimas ficaram bastante abaladas. Afinal, se receber um e-mail dizendo “Vamos te estuprar e te matar e depois te estuprar de novo” já é hediondo, imagina receber essa mesma mensagem e, junto, seu endereço residencial, o nome dos seus familiares e o endereço deles, seu CPF, a placa do seu carro? Isso leva a ameaça para um outro nível. Claro que é perturbador.

Ponte – Mas você sente medo?
Lola – Eu, sinceramente, nunca tive medo deles. Nunca me abalei. Durmo bem à noite. Primeiro porque eu achava que nunca iria acontecer, e segundo, porque, se alguém realmente quer te matar, é meio inevitável. Quando chegaram as primeiras ameaças contra meu marido e contra a minha mãe, doeu muito mais. Mas aí você decide que nada vai acontecer com eles. Só que aconteceu a execução da Marielle em março do ano passado. E aconteceu um outro assassinato em junho. Um rapaz de 29 anos chamado André, codinome Kyo, que fez parte da quadrilha do Marcelo durante anos, e foi até moderador do Dogolachan, avisou no chan que iria se matar e, na mesma noite, saiu às ruas de Penápolis, SP, onde morava, abordou duas moças que ele nunca tinha visto antes, atirou na nuca de uma delas, e se matou. 
Apoio do maridão
A moça entrou em coma e morreu vinte dias depois. Nessas horas você vê que a ameaça pode se concretizar. Fiquei muito triste com a morte dessa moça, Luciana, porque sua execução foi de uma covardia e futilidade sem tamanho. Mas eu tento continuar lidando com tudo isso da mesma forma: sem me deixar abater. O humor é uma arma importante pra mim. Ajuda também eu ser velhinha e ter maturidade. Talvez, se eu não tivesse 51 anos, se eu fosse mais jovem, eu não lidaria tão bem. E ajuda muito, claro, contar com todo o apoio do meu marido, e de muitas leitoras e leitores também.

Ponte – Apesar de muitos ainda se manterem anônimos, já que o mais conhecido deles é o Marcelo, que está preso, você acredita esse grupo que te atacou e ainda ataca é o mesmo que sempre perseguiu o Jean?
O hediondo site de ódio de
Marcelo e Emerson em 2011:
 entre imagens de pornografia
infantil, muitas ameaças aos
inimigos
Lola – Sim, sem dúvida, é a mesma quadrilha. Eles começaram a ameaçar o Jean e eu em conjunto, em 2011, através do site de ódio Silvio Koerich, do Marcelo e do Emerson. O Jean por ser ativista LGBT, e eu, por ser feminista. Já naquela época eles anunciavam recompensas pra quem nos matasse. Tanto eu quanto ele somos alvos da quadrilha desde 2011. Mas o Jean tem uma visibilidade muito maior, então certamente ele recebe ameaças de outros grupos também. Agora, não tenho dúvida que a maior parte das ameaças que ele recebe, principalmente aquelas que alvejam seus familiares, vem da quadrilha do Marcelo. É certeza que, desde 2016, vem desse mesmo e-mail: primeiro goec@sigaint, depois goec@protonmail, que é compartilhado entre membros da quadrilha.

Ponte – Você vê relação dessas novas ameaças contra você ao episódio do Jean Wyllys e, como consequência, o dimensão midiática dada ao caso?
Lola – Claro! Eles sempre comemoram muito quando conseguem mídia. É importante pra eles “gerar lulz”, deixar o “gado” indignado, provocar risadas entre eles. Muitas vezes eles competem pra ver quem gera mais repercussão. Se eles ficam sabendo que a vítima está sofrendo, eles celebram. Devem estar comemorando que expulsaram o Jean do Brasil. Isso é um tanto contraditório pra eles, pois eles odeiam o Brasil, que eles chamam de Bostil. O sonho de todos eles é sair daqui. Vai ser duro pra eles acompanharem o Jean sendo convidado pra fazer doutorado em um monte de universidades pelo mundo, para dar palestras internacionais, ver o PSOL processando todos esses reaças que espalham fake news e ganhando… 
Mas a quadrilha vai tentar manter a mídia que conseguiu enquanto der. Também tem o fato do líder deles, Marcelo, estar preso. Marcelo deve estar recorrendo da sentença a que foi condenado [41 anos de prisão] em primeira instância, e talvez seja uma estratégia da quadrilha caprichar nas ameaças para tentar mostrar que Marcelo não é o único, que ele não pode ser condenado por tudo que o acusaram. E creio também que há vários membros que querem ser presos. A vida deles é um fracasso tão absoluto, que ir pra cadeia pode ser um upgrade.

Ponte – O que pretende fazer ou ainda o que acha que seria necessário para acabar com esse ciclo de ameaças, esse horror?
Lola – O momento é de muitas dúvidas, tanto pra eles, os algozes, quanto pra gente que é perseguida. Todos eles votaram no presidente que os representa. Uma das promessas de campanha, de posse e porte de armas, é irresistível pra eles, que fantasiam em cometer atentados contra feministas, mulheres em geral, ativistas LGBT e negros. E Bolsonaro já manifestou diversas vezes o mesmo preconceito que eles têm contra minorias. Todos eles são de extrema direita e apoiam Bolsonaro desde 2011. Mas imagino que seja decepcionante pra eles ver que, mesmo elegendo o candidato dos sonhos deles, o “mito”, a vida deles continue a mesma miséria. Então eles estão testando, ver quão longe podem ir com as ameaças, ver se o governo Bolsonaro e o Judiciário darão sinal verde pra eles contra a gente, ver se teremos uma ditadura em que nós seremos fuziladas num paredão ou jogadas de um helicóptero, e eles serão recompensados por atormentar quem eles chamam de escória. 
Enquanto isso, nós também queremos saber qual é a de Bolsonaro, e principalmente a do seu super ministro da Justiça, Sérgio Moro. Haverá investigação de fato para encontrar os outros integrantes da quadrilha do Marcelo? Se reunirmos provas de que, assim como existem ligações perigosas entre a família no poder e as milícias, também podem existir ligações entre a família e gangues virtuais, alguém irá investigar isso? Nós, ativistas, seremos criminalizadas por Bolsonaro, que em seu pronunciamento logo após o primeiro turno prometeu acabar com o ativismo? Perceba que ele não prometeu acabar com milícias virtuais que atacam e ameaçam ativistas, mas com o ativismo. Então é patente que ele tem lado. 
Portanto, como esperar que a Lei Lola, sancionada em abril do ano passado, seja realmente implementada? A Lei Lola é importante porque atribui à Polícia Federal a investigação de crimes contra mulheres na internet. Mas e se quem o novo governo colocou na direção da PF ver nós mulheres como criminosas? E se o governo determinar que quem defende a legalização do aborto está fazendo apologia ao crime e deve ser presa? E se o governo classificar ativistas como terroristas? É preciso que todas e todos nós fiquemos alertas. A luta será árdua, e não podemos fugir dela.

41 comentários:

Raquel disse...

Parabéns, Lola, vc é uma fofa, "abridora de cabeça", heroína da internet!

Manifestante da USP disse...

Minha solidariedade ao Jean Wyllys que vem a muito tempo engolindo muita coisa calado. É fato que o Jean Wyllys é um dos caras que mais levam paulada pelas costas no Brasil. Boa sorte ao Jean Wyllys! E antes que eu me esqueça: diga não ao golpe na Venezuela!

Anônimo disse...

Por que você não faz um canal no You Tube?

Felipe Roberto Martins disse...

Lola! Adoro seu blog. Gratidão, sempre escreva p/ gente!!! No seu blog a gente expande a leitura de mundo.

titia disse...

Parabéns Lola! E obrigada por todos os seus anos dedicados a tornar seus leitores pessoas melhores e mais felizes.

Feminazi Satânica disse...

Parabéns Lola!

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog, Lola!O conheci em 2012 e foi paixão a primeira lida!Seus textos me transformaram. Pena que a atual situação do nosso país é péssima.

titia disse...

07:46 tudo isso aí que você mencionou. Mulheres fracas ganham força e deixam machos lixos pra se realizarem; as pessoas acordam dessa farsa de que "família é mais importante que tudo" e denunciam maridos espancadores, pais abusadores, mães narcisistas, irmãos estupradores, tios pedófilos, etc.; os filhos dos pobres aprendem a pensar e denunciam patrões abusivos, escravagistas, deixam de lamber saco de rico explorador, vão atrás dos seus direitos; com a descriminalização do aborto menos crianças nasceriam pra sofrer até a morte em pseudo famílias que as odeiam, e com a descriminalização da maconha o tráfico perderia força e haveria menos violência nas comunidades carentes. Só tem o que comemorar mesmo.

Se você é um dos lixos que foi prejudicado (A.K.A. não consegue encontrar uma otária pra ser a substituta da sua mãe, boneca inflável viva e saco de pancada) pelo feminismo, bom, o problema é você e não o feminismo. É só se matar que passa. Ah, aproveite e diga pra dona do outro mascu aí embaixo levá-lo pro veterinário pra ser sacrificado, não deu a vacina antirrábica dele, aí já viu né?

Anônimo disse...

Parabéns pelo onze anos Lola, vc com sua opinião ajuda a mudar cabeças e transformar o mundo.

E de novo devo dizer, melhor fechar os comentários, os mascus não cansam de idiotando por aqui, inúteis trastes

Anônimo disse...

"os mascus não cansam de ficar idiotando por aqui"

Firewest disse...

Lola, quando sairá seu post sobre o Oscar?

E parabéns aos longos 11 anos, e que venham mais 11!

Alan Alriga disse...

Parabéns Lola pelos seus 11 anos do seu blog maravilhoso e que venha mais 11 anos!!!

Alan Alriga disse...

Titia já tomou a sua vacina contra a raiva hoje? Se não melhor tomar porque o mascu está espumando pela boca

titia disse...

Raiva de mascu não pega em mim, Alan Alriga. Essa mutação da doença só afeta quem tem massa marrom em vez de massa cinzenta no crânio, o que não é o meu caso. Os outros macus porém... melhor manterem distância até o infeliz ser eutanasiado.

Leandro disse...

Parabéns pelo bloguinho! Acompanho desde a época das cri-critícas de cinema e sinto falta daqueles tempos. O bolão pelo menos vc vai manter, né? Ou nao?

Alan Alriga disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk sou de direita militarista conservador e adivinha nunca fui tratado com falta de respeito por ninguém aqui (nem pelas Redfame), também não sou feministo e adivinha isso não me impede de Amar e respeitar as mulheres, e respeitar qualquer outro gênero que exista.
Eu sigo o blog a quase 6 anos, eu comentava usando outra conta e adivinha NUNCA fui xingado por feminista nenhuma, e olha que muitas vezes já cheguei a fazer comentários totalmente contra o post, mas usando fatos, contra argumentos concretos e mostrando fontes confiáveis. Mas nunca xingando ou faltando com o devido respeito para todos aqueles que iram ler o meu comentário.
Agora vou te contar um segredo quando qualquer pessoa principalmente mulheres lêem comentários como os seus e olha que acabei de mostrar o seu comentário para umas amigas de extrema direita, além de te acharem um total maluco com um micro pênis impotente, também sentem pena e nojo de seres como você.

Ps: Aposto que nunca recebeu um "te adoro" ou "te amo" ou sequer um "te admiro" te qualquer mulher em algum post seu nas redes sociais, detalhe eu recebi dois desses de amigas feministas de esquerda e elas nunca ligaram pelo fato de eu ser de direita militarista conservador.

Ps2: tenho print desses comentários que guardo com muito carinho

titia disse...

"à minha macumba concertesa irá te pegar"

Uai, mas os mascus não são cristãos conservadores cidadãos de bem, Deus acima de todos, igreja, propriedade e família? Contra a homossexualidade, travestis e transgêneros porque Deus criou homem e mulher? Contra o feminismo porque feminismo não tá na Bíblia? Cuidado aí hein mascuzinho, Deus tá vendo você usar o nome Dele pra perseguir, agredir e espalhar ódio e depois sair por aí fazendo macumba.

Anônimo disse...

Caramba, pensei a mesma coisa...

Anônimo disse...

Não sabia que feminista acreditava em Deus.

titia disse...

22:22 não, não li as clavículas de Salomão porque elas já viraram pó há séculos, não se pode estudar os ossos dos mortos não conservados. E você já leu o Apocalipse? Se não, acho melhor ler antes de sair afirmando que cristão pode fazer macumba...

07:13 sou do nordeste e vou além, o nordeste devia ser separado do Brasil e se tornar um país a parte. Vocês ficam aí no Brasil com seus atores pornôs, espalhadores de fake news, youtubers olavetes, contas públicas atrasadas, funcionalismo público falido, milícias, calotes, censura, poluição e desmatamento e nós ficamos aqui no nordeste com nossos professores, doutores, mestres, contas públicas em dia, áreas preservadas, funcionalismo público funcional, escolas sem censura, muito verde nas maiores capitais, etc.

07:17 ué você acredita que ter um mero e insignificante pênis te torna superior ao resto da humanidade, por que feminista não pode acreditar em Deus se quiser? Não sei se você leu a Bíblia algum dia, mas Jesus não era machista.

Ai ai, nada como começar o dia com uma boa gargalhada. As idiotadas dos mascus estão cada dia mais engraçadas.

Valéria Fernandes disse...

Parabéns pelos seus 11 anos de blog, Lola! Força e coragem sempre.

Anônimo disse...

https://www.cartacapital.com.br/sociedade/sabrina-bittencourt-que-denunciou-joao-de-deus-comete-suicidio/

Anônimo disse...

“As mídias sociais deram o direito à fala a legiões de imbecis..."

Não sei o porquê, mas lembrei-me dessa máxima de Umberto Eco.

Anônimo disse...

Parabéns pelo aniversário Lola, vc faz a diferença continue na luta por um mundo melhor!

James disse...

Parabens! Apesar de eu nao concordar com tudo que é exposto aqui, esse blog me ajudou bastante em entender o que o movimento feminista (que é tão importante no mundo moderno) pensa.

CTA disse...

Parabéns, te mando um grande abraço! Você foi, é e sempre será a inspiração de todas, um pilar fundamental no feminismo, com certeza um dos maiores nomes do feminismo latino, o teu trabalho aqui no Brasil tem sido de uma importância histórica, porque meninas começaram te lendo aos 12 anos e hoje são mulheres de vinte e tantos anos, prontas para o mundo e as mudanças que se precisam. Eu conheço a vida de blogueira e sei a sensação que fica muitas vezes, de que estamos no meio das nuvens, no ar, sem recompensas econômicas, nem repercussão à altura do que fazemos. Mas olha, nada do que é escrito fica invisível, tudo está sendo lido, pode acreditar e um dia você vai ter tua recompensa e reconhecimento, e você vai se surpreender com a colheita! Beijos da tua eterna fã!

CTA disse...

Parabéns, te mando um grande abraço! Você foi, é e sempre será a inspiração de todas, um pilar fundamental no feminismo, com certeza um dos maiores nomes do feminismo latino, o teu trabalho aqui no Brasil tem sido de uma importância histórica, porque meninas começaram te lendo aos 12 anos e hoje são mulheres de vinte e tantos anos, prontas para o mundo e as mudanças que se precisam. Eu conheço a vida de blogueira e sei a sensação que fica muitas vezes, de que estamos no meio das nuvens, no ar, sem recompensas econômicas, nem repercussão à altura do que fazemos. Mas olha, nada do que é escrito fica invisível, tudo está sendo lido, pode acreditar e um dia você vai ter tua recompensa e reconhecimento, e você vai se surpreender com a colheita! Beijos da tua eterna fã!

Anônimo disse...

Lolinha, parabéns!

Força e coragem para continuar. Sua linda! <3

Marina disse...

Parabééééns pelo niver de blog Lolinha!Sei q a era dos blogs já passou, mas eu amo e continuarei seguindo você por aqui até quando vc decidir escrever!Já disse aqui algumas vezes e vou repetir, seu blog, com os ensinamentos sobre feminismo, mudou minha vida!
Mil vezes obrigada!
E tamo juntas!!

Clotilde Tavares disse...

Oi Lola. Parabéns pelo aniversário do blog. Eu lhe acompanho desde que vc estava em Detroit e me divertia muito com suas histórias sobre o frio e a grande quantidade de roupas e casacos e toucas que tinha que usar quando saía de casa, enquanto os vizinhos não estavam "ainda" com frio. Acompanhei a fase do concurso para UFCE, a mudança, as persegições, e comemorei a Lei Lola. Enfim, inspirada no seu blog eu criei o meu Umas&Outras, que mantive sempre alimentado durante anos e que agora vou lá de vez em quando e escrevo algo. Você sempre me inspirou, embora eu pouco comente. Também lhe sigo no twitter. Lembranças ao Maridão.

Anônimo disse...

Sou conservador, de direita, cristão, apoio a família tradicional e o porte de armas, quero a redução da maioridade penal para 12 anos, acredito que há lugar de homem e lugar de mulher na sociedade, sou contra LGBTxyzswqísmo e totalmente contra a liberação das drogas. Isso te incomoda, blogueira? Quero meu direito Constitucional de fala e opinião defendido aqui!

Rothion disse...

Lola! Cheguei um pouco tarde, mas vim te dar os parabéns! Você mais que merece!

Que venham muitos mais anos de luta e sucesso! E obrigado por instruir e defender a todos nós! :D

ANINHA disse...

Parabéns, LOLA!!!!
Nem sei há quantos anos acompanho o blog, desde 2012 eu acho. Sempre foi muito importante para o meu empoderamento e de tantas outras. Mantenha a luta! Vc é inspiradora.
Grande beijo da amiga Ana Luiza

Anônimo disse...

Parabéns, Lola! Este blog é incrível e transformador <3 <3 <3

Hele Silveira disse...

Anônimo das 15:15... Sou comunista, de esquerda, cristã, apóio a família onde há amor, respeito e acolhimento, abomino o porte de armas, não acredito em massacrar menores como solução para nada, acredito que homem e mulher podem ser o que quiserem e estar onde quiserem, sou a favor de que cada um viva o gênero que é seu pois ninguém tem o direito de viver a vida do outro, sou a favor da legalização do aborto, tenho certeza de que no nosso país existem mais casas abandonadas que pessoas sem casa e penso que a questão relativa às drogas é uma grande hipocrisia pois já existe uma grande quantidade de drogas lícitas que também matam. Isso te incomoda? O seu pensamento pode nos fazer sentir pena ou asco, não mais que isso. Até as ações mais basicas como caminhar, nos mostram que esse movimento deve ser executado para a frente.

Anônimo disse...

Super parabéns Lola, só lamento os idiotas que vc tem que aturar, só de ler algumas das postagens desses retardados já cansa, imagina vc lend essas m. sempre.

Delete todas Lola, ninguém está interessado no que esse lixo de caras tem a dizer, eles que vão dar a opinião inútil deles nos chans imundos que eles frequentam.

Sergio Costa disse...

Parabéns cara Lola,o seu blog é um ciberespaço democrático,pensativo e feminista nacional.
Apesar de possuir uma ideologia política-social de direita reconheço no referido blog grandes valores humanos-sociais que corroboram com à conservação do Estado Democrático de Direito.

Anônimo disse...

Eles usaram o um blog falso imitando o antigo do Silvio Koerich para sujar a imagem dele e espalhar ameaças impunemente. Silvio Koerich nunca foi mísogino e os antigos frequentadores da extinta comunidade do orkut O Lado Obscuro das Mulheres (do qual o S. Koerich fazia parte) e os mísóginos da turma do Senhor French e Marty Mcfly se odiavam mortalmente. Por isso o blog falso com o banner do extinto blog do Silvio e as postagens pro pedofilia e de ameaças de morte contras ativistas esquerdistas.

Pili disse...

Parabéns, Lola!!! e Obrigada por tudo :)

Unknown disse...

Parabéns, lola, a feminista mais feliz que eu estou tendo o imenso prazer de acompanhar nesse blog acima de qualquer suspeita! grato, lola, e por favor, escreva, lola, escreva!!! =]=

Maria Carolina Francese disse...

Parabéns atrasado Lola! Eu acho que as pessoas vão se cansar das redes sociais e memes e um dia os blogs vão voltar. Vamos ver. Beijos e tudo de bom!