domingo, 21 de janeiro de 2018

MAIS UMA VEZ, MULHERES MARCHAM NOS EUA CONTRA TRUMP

Acabamos de começar, diz cartaz de manifestante do #WomensMarch2018

Ontem centenas de milhares de mulheres nos EUA saíram às ruas para protestar.
"Obrigada, Trump, você me tornou uma ativista", diz criança
Houve marcha de mulheres (com a participação de muitos homens também) em cerca de 250 cidades americanas. Em Los Angeles e outras lugares da Califórnia as manifestantes gritavam "Si se puede!". Em Nova York foram 200 mil pessoas, na contagem oficial. Até as mulheres do Alasca foram protestar -- e no inverno! 
Lugar de mulher é na resistência
Houve inúmeros cartazes dizendo "Trump, você é o buraco de m*rda", aludindo ao presidente ter chamado países da América Central e África de "shitholes".
Paralise (alusão ao shutdown do governo) este buraco de m*rda
O Women's March do ano passado foi na posse de Trump, quando o pessoal ainda estava atordoado com uma "vitória" (quase 3 milhões de votos a menos) inesperada do predador reaça. Como disse uma das participantes, de 61 anos, "Ano passado eu estava furiosa e cheia de emoção. Agora eu vejo que esses protestos são apenas o começo". 
Se você não está zangada, você não está prestando atenção
As marchas são totalmente feministas, com pautas que interessam às mulheres, e foco para que mais mulheres sejam eleitas para o Congresso. Este ano o movimento #MeToo se fez presente. Mas o principal alvo é mesmo Trump. 
Favor observar a ausência de nazistas nas nossas marchas
Pesquisas apontam que apenas 39% dos entrevistados aprovam seu governo. Pode parecer muito se comparadas às taxas de desaprovação de Fora Temer, mas é o número mais baixo para um presidente dos EUA depois de um ano de mandato. 
Isso só tende a piorar, agora que vários serviços públicos serão paralisados, depois que o Senado não aprovou o novo orçamento do Trumposo. 
Meninas com sonhos tornam-se mulheres de visão
Selecionei algumas das fotos dos melhores cartazes que vi. 
Construa um muro e minha geração vai derrubá-lo
Meus preferidos são muitas vezes aqueles levados por crianças, porque isso me dá uma grande esperança no futuro. 
Quero ser presidenta
Enquanto isso, aqui no Brasil, marqueteiros de Trump recusaram assessorar a campanha de Bolsonaro. Eles avaliaram o candidato da extrema direita e concluíram que sua imagem era muito ruim. Isso vindo de gente que assessorou um sujeito asqueroso que nunca havia exercido um cargo político e que é acusado de corrupção e vários assédios sexuais
Putz, e Bolso havia até batido continência pra bandeira americana, como o grande patriota que é!
Marche como uma garota
 

36 comentários:

Anônimo disse...

Lola vc precisa se atualizar sobre a popularidade do Trump, ela está crescendo bem.

https://g1.globo.com/mundo/noticia/popularidade-de-trump-sobe-apos-feriados-de-fim-de-ano.ghtml

Vc pode dizer que é a Globo golpista sem credibilidade falando isso, então veja fontes internacionais

https://www.dn.pt/mundo/interior/a-coerencia-de-trump-ajuda-o-a-manter-popularidade-junto-do-eleitorado-9013428.html

http://www.newsweek.com/trump-popularity-polls-bias-media-scaramucci-785461

Else disse...

1º Não existe "bater continência".
2º Segundo o Regulamento de Continências, Honras, Sinais de Respeito e Cerimonial Militar das Forças Armadas (R-2)
Art. 15. Têm direito à continência:
XIII - AS BANDEIRAS E OS HINOS DE NAÇÕES ESTRANGEIRAS, nos casos dos incisos I e II deste artigo;

"Putz, e Bolso havia até batido continência pra bandeira americana, como o grande patriota que é!'
Patriota, conhecedor dos regulamentos e honesto. Agora só falta ser eleito presidente.

Cão do Mato disse...

Esse negócio do Bozonaro ter batido continência para a bandeira dos EUA foi o maior episódio de vergonha alheia da nossa história. Não sei como ainda tem gente disposta a votar nele depois disso...

lola aronovich disse...

É muito otimismo vir falar de popularidade do Trump num post que fala que centenas de milhares de pessoas foram às ruas marchar contra o cara.
A pesquisa que indica que ele tem 39% de aprovação não é minha. E é a mais recente.


Else, valeu por nos fazer rir! Bolso patriota e honesto! Ontem fiquei sabendo que ele já foi grande fã do Chavez na Venezuela, você viu?

Cão do Mato disse...

Agora fiquei curioso... quais seriam os incisos I e II?

Anônimo disse...

A verdade é tendo toda a mídia contra ele, os 40% de aprovação são altíssimos.

Digo mais, se corrigir alguns erros de estratégia a economia americana crescer, tem chance de ser reeleito daqui a 3 anos.

Anônimo disse...

Lola libera o meu comentário! Está omitindo porquê?

Felipe Roberto Martins disse...

#FORATRUMP E #FORATEMER

donadio disse...

Else, já que você cita o Regulamento de Continências, não vamos esquecer que ele é bem explícito quanto à continência ser "a saudação prestada pelo militar". Como o Bolsonaro é civil, ele não está sujeito a essa regulamentação, e não teria obrigação alguma de prestar continência à bandeira americana.

É só puxa-saquismo mesmo.

titia disse...

39% não é 40%, troll burro que fugiu das aulas de matemática. Agora, vamos à acusação de honestidade por parte da coisa chamada Bolsonaro:

Bolsonaro, o terrorista - aqui, finalmente a matéria da Veja onde Bolsonaro confessa estar planejando diversos ataques terroristas à bomba em quartéis do exército. (Arquivos da Veja - 28/10/1987)

Bolsonaro, de passagem, defende o assassinato – testemunhas da Comissão da Verdade estavam sendo ouvidas na Câmara. Nosso eterno criminoso parlamentar resolveu conferir o que estava acontecendo e, quando soube do que se tratava, soltou: “Isso que dá torturar e não matar”. (Arquivo da FSP 17/06/99)

Bolsonaro faz ameaças de morte - como se não bastasse um discurso defendendo o fechamento do Congresso, o digníssimo criminoso enviou ameaças por telefone e por carta ao deputado Vital do Rego. (Clique nas imagens para ler as matérias - arquivo da FSP 27/07/93)

Bolsonaro acusado de usar verba pública - terrorista, golpista, genocida, propenso assassino, só faltava mesmo ladrão na ficha corrida.(Arquivo da FSP 02/12/94)

Nepotismo - FSP revela que Bolsonaro nomeou o filho para um cargo VIP e não concursado, o chamado “Cargo de Natureza Especial”. (Arquivo da FSP - 31/08/2003)

Bolsonaro novamente na lista de nepotismo – o deputado revelou à reportagem da FSP que os dois “Siqueira Valle” que empregava eram familiares, mas se recusou a dar o grau de parentesco. (Arquivo da FSP - 04/03/2007)

Fonte: http://bolsonazi.tumblr.com

Escutem trolls: todo mundo já sabe quem Bolsonaro é. Ninguém engole essa de que vocês querem votar nele porque realmente acreditam que ele é honesto. Admitam logo que o motivo pelo qual vocês votam nele é porque ele diz todas as merdas que vocês tem vergonha de dizer; é porque vocês olham pro ser humano bosta, machista, burro, escroto e deplorável que ele é, se identificam e podem se iludir de que não estão fadados a passar a vida afundados até o nariz na merda. Bom, deixa eu arruinar o dia de vocês: Bolsonaro não está na merda porque arranjou um trouxa pra coloca-lo no Congresso, e tem um monte de trouxas amestrados pra mantê-lo lá. Vocês não tem ninguém rico, poderoso e trouxa pra coloca-los lá. A vida de vocês vai continuar sendo uma merda, e votar em Bolsonaro não vai fazer nada pra mudar isso.

Anônimo disse...

"Enquanto isso, aqui no Brasil, marqueteiros de Trump recusaram assessorar a campanha de Bolsonaro. Eles avaliaram o candidato da extrema direita e concluíram que sua imagem era muito ruim."

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK AAAAAAAAAAAAAAAArrrr

bolçomerda FRACASSADO, nem o diabo (trump) quer

Anônimo disse...

trumijo é mictório do putin

Anônimo disse...

bolçolixo não é honesto

"Têm direito à continência:
XIII - AS BANDEIRAS E OS HINOS DE NAÇÕES ESTRANGEIRAS"

KKKKKK, palerma, isso só em situações OFICIAIS, por exemplo: a visita do presidente dos Eua ao brasil

não adianta tentar disfarçar o fato de q o seu ídolo bebe urina do trampee

Anônimo disse...

trumpee anda tão mal das pernas q qualquer subidinha menor q uma margem de erro é estar indo "muito bem"

kkkkkkk, puts, fãs braZileiros do mictório do putinho não podiam ser mais medíocres, superam até os fãs autóctones do agente laranja

Sérgio Carneiro disse...

Parece que o eleitor estadunidense é um pouco diferente do brasileiro. Por aquelas bandas essa tal de "popularidade" não incomoda muito quem esta no poder. Afinal ele esta fazendo justamente o que disse faria e talvez por isso ele tenha sido eleito.

Pelas bandas de cá adoramos um líder populista. O mantra que tudo que eles fazem é para o bem do povo já é um discurso batido e não serve mais. Aumentar os benéficos e os direitos sociais é tudo que qualquer néscio quer ouvir.

Jarusks disse...

Feministas e gays são contra Israel?

Jarusks disse...

O Islão não tolera os gays e tão pouco as mulheres. Por quê vocês odeiam o Trump? Se nos EUA nós mulheres podemos trabalhar dirigir protestar.....somos livres....agora em todos os países muçulmanos não temos liberdade somos oprimidas violadas já os gays então coitados esses apanham mesmo isso quando não são presos ou mortos.

Sérgio Carneiro disse...

Jarusks (às 21:57) perguntou porque as feministas odeiam Trump e não falam nada sobre o Islã que oprime as mulheres e os gays? Não é o Trump em si que elas odeiam, mas a cultura ocidental que elas atacam.

A cultura judaica-cristão, a filosofia grega e a herança do direito romano são o tripé da cultura ocidental, e estes não os alvos preferidos daqueles.

Anônimo disse...

Off-topic: queria compartilhar um texto ótimo da Vânia Falcão que li e me fez pensar outros pontos sobre o fato de ter tantos casais héteros compostos por mulheres lindas e maravilhosas e homens feios ou horrorosos, para além da evidência óbvia de que homens só se importam -- ou se importam acima de tudo -- com aparências, com coisas fúteis, superficiais, extremamente fugazes e passageiras, como é a "beleza" física, por exemplo; diferente das mulheres, que são na maioria das vezes quem se importam com o que realmente importa, o que é profundo, duradouro, o que há por dentro, o caráter, a essência.

Aí vai o texto dela, para quem se interessar:

"Se tem uma coisa que não me empolga a muito tempo, é homem bonito. Se homem já tem o privilégio patriarcal simplesmente por ser homem, e justamente por isso faz o que bem entende em matéria de canalhice em relação a nós, se os que nem são essas belezas já estão escrotiando imagine os bonitos e mais cobiçados... Homem bonito é o supra-sumo do privilégio da "cadeia alimentar" de opressão. O que não falta é homem bonito fascista, defensor daquele lá que "usou dinheiro pra comer gente". Galãs de cinema abusadores, agressores... (Johnny Depp grande decepção em nossas vidas de fãs, quem não era caída pelo Johnny Depp, pelo carisma, pela lindeza?... rs) Pára e pensa: Sabemos que homens cometem toda sorte de abusos e violências contra nós e a sociedade passa pano na maior cara de pau. "Quem mandou se meter com ele" ? "A mulherada tem dedo podre". Não temos dedo podre não, amigo...A gente não tem direção segura pra apontar, e outra ninguém tem estrela na testa! Ou vc imaginava que aquela gatinha "bela, recatada e do lar" ia te dar um tremendo de um corno com seu brodão, hein? Rs. Doeu? Pois é! Julgar as rasteiras que os outros levam é fácil.Mas malandro tbm tem seu dia de otárii. Pois bem... Mas voltando ao tema "homens bonitos", estes são os meninos mais mimados do patriarcado. Claro que tem um ou outro que se salva (antes que comece o mimimi do "não generalize"). Mas por trás das carinhas de príncipes o que mais tem é monstro. E a estampa de um delegado que matou a namorada por conta de uma discussão e ainda teve o cinismo de forjar que estava prestando socorro? O cara era lindão, padrão Catálogo Mitchel! O que não falta é cara gatinho aí nas páginas mais reaças, de extrema direita... E tem os boys esquerdo-macho gatinhos também, podem pagar de descontruídões, sensibilidade artística, vai vendo... Não se deixem flutuar pelas carinhas bonitas, mantenham a cautela, um olho aberto e outro acordado. Mas como beleza masculina é supra-sumo do privilégio de gênero, e o privilégio de certo modo emburrece, a maioria tende a ser do senso-comum. Cuidado, tem boy magia por aí que é masculinista, e masculinista nem é gente, é a escória da humanidade! Por isso como diria a Tia: Tira o sapatinho (alô Cinderela) e bota o pé no chão."

Anônimo disse...

Exatamente isso, respeito nada é só puxassaquismo mesmo desse cara que, se eleito (não vai), vai viver ajoelhado olhando de baixo pra cima o presidente dos EUA, quem quer que seja ele ele no plano interno seria uma bonequinho nas mãos do PSDB, mas não tenha dúvida disso. Bolçonaru presidente não daria nem bom dia se não for autorizado pelos tucanos. Mas o fato é que ele não chega nem num 2º turno.

Anônimo disse...

Porque odiamos Trump: favor ler parágrafos 3 e 10 do post.

Obrigado

Anônimo disse...

Não preciso gostar de trump para não gostar do EI.

Anônimo disse...

Brasileiro é muito vira lata mesmo p ficar defendendo Trump e os EUA

donadio disse...

"Não preciso gostar de trump para não gostar do EI."

E nem gostar do EI para não gostar de Trump.

Que maluquice maniqueísta é essa de que quem não está com Trump está com o EI e vice-versa?

Anônimo disse...

Pra esse anônimo do off-topic e esse texto de homem bonito, só vou te dizer que vida de homem bonito nem se compara a vida de mulher bonita, não sou nenhum deus grego, mas me considero um homem bonito, um rosto bonito, um corpo dentro dos padrões. Nunca tive privilégios de entrar em algum lugar por ser um homem bonito, não tenho montes de mulheres caindo aos meus pés como uma mulher bonita tem homens de todos os tipos, apesar de ter sim uma maior facilidade de ficar com mulheres, na maior parte do tempo ainda preciso tomar atitude e se vc observar, quase não dá homem feio e ruim de lábia em balada ou ao menos bem menos do que mulher feia, (então a concorrência é alta) PORQUE homem feio é invisível, mulher feia ainda consegue algo. Mulher se tiver uma boa aparência fica esnobe, é bajulada o tempo todo, presentes, privilégios e se for feia ainda tem homem que quer. Agora vai ver a vida de um homem nerd e feio pra vc ver. Mulher pode até não ligar tanto pra aparência quanto homem, mas liga pra status, popularidade e dinheiro o que é muito pior. E outra, entra numa rodinha de conversa das mulheres moderninhas de hoje.. é papo de tamanho de pinto, músculo, queimam e expoem os caras que elas pegam pra amigas, e já vi mulheres dando risada de homem que foi dar flores pra elas. E depois homem que objetifica mulher.. Acho que é o contrário. Pra gente basta uma mulher bonitinha, de caráter e que não seja feminista. Mas tá difícil, aí a gente vai galinhar mesmo.

Ezco Musaos disse...

"A cultura judaica-cristão, a filosofia grega e a herança do direito romano são o tripé da cultura ocidental, e estes não os alvos preferidos daqueles."

---> Se alguns alicerces desse "tripé" existem à base de discriminação, violência e fomentação de desigualdade, têm mais é que serem atacados mesmo e assim sempre serão, independente dos esperneios daqueles que se consideram no lugar mais alto do "pódio da normalidade/moralidade".

Anônimo disse...

Sobre o fechamento do Governo por falta de votação do Orçamento.
O prazo foi prorrogado:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/01/1952369-acordo-no-senado-pode-acabar-com-paralisacao-do-governo-dos-eua.shtml

Outro ponto, Obama também sofreu com isso.

https://en.wikipedia.org/wiki/United_States_federal_government_shutdown_of_2013

Lola, hum, essas pesquisas sobre a popularidade do Trump...Elas tem um problemas de metodologia graves.

São feitas principalmente em NY e CA. Estados francamente democratas.

Trump tem essa coisa de ser apoiado por aquele pessoal dos fundões da EUA, eu vejo essas pesquisas com um pé atrás.

Elas erraram na eleição dele por não conseguir detectar essas pessoas.

Unknown disse...

Lola, embora muitos dos manifestantes realmente estarem com cartazes de Trump, a Marcha não teve foco nele, ao contrário do que colocou. Moro em NY e ao menos na nossa marcha daqui, o foco era realmente no empoderamento feminino, com os discursos sendo totalmente focado nisso. E devo dizer, emocionante de se ver!! +D

donadio disse...

"Lola, hum, essas pesquisas sobre a popularidade do Trump...Elas tem um problemas de metodologia graves.

São feitas principalmente em NY e CA. Estados francamente democratas.
"

Não ao que eu saiba.

Há problemas metodológicos em qualquer pesquisa de opinão, é claro. Mas a ideia de que algum instituto de opinião vá auferir a popularidade de um presidente perguntando apenas em dois estados é um tanto absurda.

De onde você tirou essa informação?

"Elas erraram na eleição dele por não conseguir detectar essas pessoas."

Quando a pesquisa diz que o candidato A tem 51% das intenções de voto e o candidato B 49%, e na eleição o candidato A acaba tendo 49% e o B 51%, todo mundo acha que a pesquisa "errou" por que disse que o candidato A ia ganhar. Mas se o candidato A acaba ganhando com 60% dos votos, todo mundo acha que a pesquisa acertou.

Mas é o contrário. Se o candidato A perder com 49%, o resultado está dentro da margem de erro. E se o candidato A ganhar com 60¨dos votos, a pesquisa estava completamente errada.

Ou em outros termos, se a pesquisa diz que o candidato A tem 51% das intenções de voto e o candidato B 49%, o que a pesquisa está dizendo não é que o candidato A vai ganhar, e sim que a eleição vai ser apertada.

Nesse sentido, as pesquisas acertaram. Elas previram que a Hillary ia ter mais votos que o Trump (e ela teve) e que a eleição ia ser apertada (e foi). O erro foi de interpretação, por parte da imprensa, que tomou as pesquisas como uma garantia de que a Hillary ia ganhar - o que não passou de wishful thinking (a imprensa, em sua maioria, apoiava Hillary) e confirmation bias (a imprensa, devido a seus próprios preconceitos, continuava a achar que Trump era um candidato inviável).

A eleição presidencial americana é muito peculiar, por causa do Colégio Eleitoral. Por causa disso, não adianta ter um número genérico do tipo "Hillary 51%, Trump 49%" - conforme a distribuição desses votos por Estado, isso pode tanto significar uma vitória da Hillary quanto uma do Trump.

Então não. As pesquisas não erraram na eleição do Trump por não detectar os votos dos fundões. Elas acertaram ao dizer que a eleição seria apertada (apertadíssima se levarmos em consideração os resultados do Meio-Oeste, que foi onde Trump surpreendeu Hillary), e acertaram em dizer que Hillary teria mais votos. A imprensa, ao divulgar e interpretar essas pesquisas, errou ao não perceber que vários estados estavam dentro da margem de erro, e ao não levar em consideração o efeito de fatos políticos ocorridos no fim da campanha, que não foram captados pelas pesquisas (sobretudo a reabertura da investigação sobre os e-mails da Hillary), bem como ao desconsiderar o elevado número de indecisos apontados pelas pesquisas.

Jarusks disse...

Prezado Anônimo. Incoerência total.

Jarusks disse...

Não é virá lata não. É argumentação. A sua infelizmente é Argumentum ad hominem.

Jarusks disse...

Fico preocupada com o exponencial crescimento do islamismo na Europa. Para o Islão eu não valho nada como mulher. Tenho amigas que apanharam na rua na europa pelos imigrantes que são defendidos pelas feministas européias.

Enfim prefiro a cultura judaica cristã onde sou valorizada e protegida. Bj

olhodopombo disse...

Caramba! Fazia tempo que eu não passeava pelo seu blog. Fico admirada de sua paciência em responder as diarreias mentais de tanta gente sebosa!

Jarusks disse...

Ezc, o ataque feito pelas feministas e homosexuais para com a cultura judaica cristã, visa fortalecer e impor o islamismo no mundo ocidental.

Porém a cultura islâmica não respeita as mulheres e tampouco os Gays. Se você considera o ocidente opressor é porquê desconhece como é o tratamento dado às mulheres e aos Gays nos países muçulmanos.

Atualmente na Holanda já não é mais recomendado aos Gays andarem de mãos dadas ou trocarem afetos, pois, os novos migrantes atacam os gays e as mulheres. Essa cultura islâmica irá sobrepor a cultura ocidental e nós mulheres e vocês Gays seremos todos prejudicados iremos retroceder. Atenciosamente Jarusks

donadio disse...

"o ataque feito pelas feministas e homosexuais para com a cultura judaica cristã, visa fortalecer e impor o islamismo no mundo ocidental."

Como assim? Então o Voltaire, o Rousseau, o Locke, o Marx, o Nietzsche, o Freud, todos queriam impor o islamismo ao mundo ocidental? Que maluquice é essa? Não se pode ser contra o cristianismo sem ser a favor do Islã, ou ser contra o Islã sem ser a favor do cristianismo? Budistas, ateus, judeus, hindus, agnósticos, xintoístas, são todos cripto-muçulmanos?

Ezco Musaos disse...

"Ezc, o ataque feito pelas feministas e homosexuais para com a cultura judaica cristã, visa fortalecer e impor o islamismo no mundo"

---> Nossa, que "jenial"! Desmascarou as intenções do feminismo, hein? Só existem duas religiões no mundo: cristianismo e islamismo, se eu crótico os absurdos do cristianismo sou um muçulmano disfarçado. Que medo.

"Enfim prefiro a cultura judaica cristã onde sou valorizada e protegida. Bj"

---> Todas as religiões de origem abraâmica colocam a mulher em posição de inferioridade ao homem. Todas são danosas e patriarcais em variados níveis, o cristianismo apenas agride de forma mais "velada" que o islã. Os avanços que as mulheres conquistaram no Ocidente não foram graças à cultura judaico-cristã, foi apesar dela. Se o feminismo não lutasse contra o princípio judaico-cristão de que a mulher é posse do homem, por exemplo, você (considerando que seja mesmo mulher) até hoje não teria direito a votar ou mesmo fazer compras nem sair de casa sem autorização do marido.