quinta-feira, 11 de agosto de 2016

AS MUITAS MENTIRAS DO CASO FELICIANO

Anteontem uma leitora me enviou por email vários prints que a jornalista ou estudante de jornalismo (o PSC afirmou que ela não tem diploma de nível superior) Patrícia Lelis enviou para um grupo no WhatsApp. Gostaria de publicá-los aqui, pois eles apontam várias mentiras. Como essas pessoas mentem! 
Patrícia mente também, sem dúvida. Antes do escândalo vários reaças já diziam que Patrícia era uma mentirosa compulsiva do nível Sara Winter (aqueles que já não gostavam dela a chamavam de "Sara Winter sem aborto"). 
Pra quem não está perdido neste novelão todo, um breve resumo: no dia 15 de junho, a jovem Patrícia, uma anti-feminista e militante do PSC, foi ao apartamento funcional em Brasília do deputado e pastor Marco Feliciano, para uma reunião sobre a CPI da UNE. Isso segundo ela, e câmaras do prédio devem provar se este simples fato é verdade. No apê de Feliciano, de acordo com a versão dela, ele a assediou, ofereceu salário para que ela se tornasse sua amante, e, diante da negativa, a atacou -- mordeu, chutou, machucou sua boca. Patrícia gritou, e uma vizinha tocou a campainha. Nesse momento, Patricia saiu. (Já dá pra ver que essa vizinha será uma testemunha fundamental).
Pouco depois, ainda segundo Patrícia, ela procurou a direção do PSC. Ela diz que o pastor Everaldo, presidente nacional do partido, a ameaçou e ofereceu uma sacola de dinheiro para ela ficar quieta. O PSC já mudou sua versão: primeiro havia dito que Everaldo não se encontrou com ela; agora, depois que os advogados de Patrícia pediram vídeos da câmara para provar que ela esteve no gabinete do pastor, o PSC não nega o encontro, apenas o que foi discutido no encontro. 
Mensagem atribuída a
Marco Feliciano, do
seu celular para P.
Patrícia trocou mensagens com Feliciano depois do ocorrido. Assessores confirmaram que aquele era mesmo o telefone do pastor (depois ele mudou o número). Numa das mensagens, Feliciano escreveu: "Sabe do que tenho saudades? De te agarrar e ficar olhando sua carinha linda de choro gritando 'não'". 
Patrícia não foi à delegacia, mas procurou vários amigos. Um deles foi um ex-professor, Hugo Studart, que entrou em contato com outro jornalista, Leandro Mazzini, colunista do Uol. A atitude de Studart e Mazzini tem sido exemplar e transparente. Mazzini se reuniu com Patrícia em Brasília e ela lhe passou prints e áudios. Mas, assim que ele publicou a coluna, ela apareceu para desmentir tudo em dois vídeos. Mazzini divulgou então um áudio explosivo em que Talma Bauer, chefe de gabinete de Feliciano, conversa durante uma hora com Patrícia, pedindo-lhe que esqueça tudo, que perdoe.
Enquanto isso, sites cristãos e reaças se empenharam para destruir a reputação de Patrícia. Inventaram prints (obviamente fakes porque erraram até as datas -- dois prints iguais com horários diferentes?) para contar uma outra narrativa: que Patrícia assediava Feliciano, e não o oposto. Como ele a recusou, a "louca desequilibrada vingativa" (você conhece essa história) jurou vingança. Desculpa, gente, mas tem que ser muito ingênuo pra acreditar nessa versão do pobre pastor santo sendo perseguido por uma mocinha. 
Emerson, Bauer, Marcelo e Patrícia
em churrascaria em SP
Patrícia desmentiu os vídeos desmentindo tudo e foi para SP. Bauer foi junto. O PSC deixou pagas onze diárias de hotel pra ela na Consolação. Isso é confirmado pelos funcionários do hotel. Na sexta passada, ela fez BO em SP denunciando Bauer por sequestro e cárcere privado. O delegado viu vídeos de Patrícia conversando (e inclusive negociando) com Bauer. Ela foi ao shopping, gastou R$ 400 numa churrascaria e 700 em manicure. A polícia concluiu que ela estava mentindo sobre as denúncias contra Bauer e agora está investigando a moça por extorsão. O fato é que tem R$ 20 mil na delegacia, e ninguém se diz dono. 
Feliciano gravou um vídeo ao lado da mulher dizendo-se perseguido, mas que perdoava Patrícia. O PSC afirmou que processará a ex-militante. Ela fez BO em Brasília e o caso já está com o procurador-geral (Feliciano, por ser deputado, tem foro privilegiado). 
Por enquanto é isso, mas todo dia surgem novas revelações e reviravoltas. Este é meu terceiro post sobre o caso. Nos outros dois, incluí montes de updates, assim que novas notícias foram saindo, assim que o pessoal as mandava pra mim. Só estou fazendo isso porque estou de férias. Se eu estivesse trabalhando, não teria tempo de acompanhar a novela. E, se eu estivesse viajando, na praia, não ia querer saber de nada. 
Talma Bauer e Patrícia em
Brasília: o vídeo do áudio
Reaças estão comemorando a decisão do delegado de SP de investigar Patrícia como prova de que tudo é mentira. Na realidade, é prova de que tem muita verdade aí. Não sobre as ameaças e cárcere, mas sobre a tentativa de estupro. Afinal, se Feliciano é inocente, se nada aconteceu, se ele foi uma vítima da "histeria feminina", por que o PSC ofereceu 300 mil pra Patrícia? Por que já deu 50 mil? Por que tentaram comprar seu silêncio?
Cabe cautela também às feministas. Somos solidárias e estamos apoiando Patrícia pois sabemos que todas as vítimas de estupro são automaticamente desacreditadas e tratadas como culpadas. E também, vamos ser francas, estamos mergulhadas no caso porque o acusado é um podre total como Feliciano. Até parece que "indignação seletiva" é apenas algo das feministas ou da esquerda. Veja nos sites reaças o quanto eles falam quando os acusados são da direita. Todos temos lado. 
É bacana que feministas estejamos apoiando uma anti-feminista. Sororidade acima de tudo, parece. Na prática as coisas não são tão bonitas. Tá cheio de feminista que não recebe sororidade nenhuma de outras feministas ao ser atacada. Acho que temos que apoiar Patrícia, mas com muitos pés atrás. Primeiro, ela continua sendo reaça de carteirinha. Ela se aproximou da gente porque sabe que, no momento, somos das poucas que a apoiamos. Segundo, ela mente mesmo. Já deu várias mostras disso. O que não quer dizer que ela esteja mentindo sobre o caso da tentativa de estupro em Brasília no dia 15 de junho. Mas eu me recuso a vê-la como heroína de alguma causa. Ontem li post de uma feminista dizendo como Patrícia é empoderada por ter gasto R$ 700 (provavelmente do dinheiro do PSC) pra fazer as unhas antes de dar coletiva. Menos, gente.  
Bom, agora vamos aos prints que recebi. O escândalo vem dominando as redes sociais há dez dias, e, desde o começo, todo mundo queria saber o posicionamento de Sara Winter. Ela e Patrícia eram amigas, pertenciam ao mesmo partido, defendiam as mesmas causas reaças, insultavam feministas juntas. Sara, que nunca decepciona, escreveu no domingo, dia 7/8, que embora tenha se hospedado quatro dias na casa de Patrícia, não tinha amizade com ela. Sara também disse que percebeu "mentiras bobas e desnecessárias" (não vou nem começar a elencar as inúmeras mentiras de Sara, desde fingir um sequestro, quando ainda era parte do Femen, a dizer que o debate nunca transmitido em que eu e ela participamos na RedeTV em fevereiro teve que ser interrompido para que eu me tomasse calmantes).
O que Sara postou está de total acordo com a nota do PSC: Patrícia nunca foi filiada ao PSC, ela tem problemas psicológicos, mente, é doida... Gaslighting total. Aliás, mentir que Patrícia não era do PSC, quando a própria Sara publicou uma nota celebrando a filiação de Patrícia, em que ela posava ao lado do pastor Everaldo, segurando um certificado, pega mal pacas. Patrícia não só fazia parte do partido, como era uma liderança do PSC Jovem. 
Na verdade, Sara e Patrícia eram tão não próximas que tinham até um código pra se comunicar entre elas. Esta primeira parece ser da última sexta-feira, dia 5 de agosto, dois dias antes de Sara publicar no seu FB uma nota contra Patrícia. Sara em branco, Patricia em verde.
Mais reveladoras ainda são as mensagens que Patrícia trocou com a psicóloga homofóbica Marisa Lobo. Marisa, que era filiada ao PSC, agora concorre à vereadora pelo Solidariedade (partido do Paulinho da Força Sindical, tudo a mesma coisa). Ela conversou com Patrícia no dia 19 de junho, ou seja, quatro dias após o ocorrido. Eu apaguei o número do celular de Marisa dos prints.

Esta mensagem é um pouco comprometedora para Patricia, pois ela indica uma narração diferente do que relatou antes. "Ele me segurou na cama, e foi me mordendo, beijando. Mas não chegou a fazer nada." Na narração anterior, Patricia dá a entender que conseguiu se livrar no ato, e se aproveitou que a vizinha tocou a campainha para fugir. E, numa entrevista que Patrícia deu ao SBT na segunda-feira, ela diz: "Ele começou a falar 'tira a roupa' não sei quê, eu falei 'não vou tirar', foi quando ele saiu, trancou a porta do quarto, voltou com uma faca". Essas versões conflitantes não ajudam. Mesmo assim, isso ainda configura estupro, como sabe a própria Marisa Lobo:
Marisa mostra como nada disso é novidade: "O Marco morre de medo de mim pq sabe que não concordo com as canalhices dele, então quando ele quer dar em cima de alguém que conheço, ele afasta essa pessoa de mim para eu não descobrir".
A atitude de Marisa com Patricia foi boa, pena que ficou só no privado. Em público, a psicóloga homofóbica só lança notinhas contra Patrícia e pró-Feliciano. Ainda por cima sugere que tudo é uma conspiração da esquerda, quando ela sabe muitíssimo bem que não é. E mente que não falou com Patrícia, que Patricia a procurou mas não se falaram.

Mentira é o que mais tem neste caso, e elas vem de todos os lados. E elas vão continuar. O que eu e tanta gente queremos é que a tentativa de estupro seja investigada. Até porque há inúmeras sugestões de que este não foi um comportamento isolado de Feliciano. 
E, como disse um outro pastor, um que não é fã do deputado, se tudo isso fosse armação da esquerda, podem ter certeza de que a vítima não seria uma mulher.

UPDATE 15/8: Assisti ao Conexão Repórter do SBT (programa completo aqui). Foi interessante (até porque foi a primeira vez que Feliciano falou com a imprensa sobre o caso), mas faltou algum esforço investigativo. Por exemplo, por que não tentar encontrar a suposta vizinha que teria interrompido a tentativa de estupro? Por que não procurar vídeos do prédio que mostrassem quem entrou e saiu no dia 15/6 (se é que esses vídeos ainda existam)? 
Por que não ir atrás de boatos de que esse assédio representa um comportamento corriqueiro do deputado? Afinal, se é importante falar da outra denúncia de estupro de Patrícia, que ela fez no início do ano, a respeito de um abuso que provavelmente nunca aconteceu, também seria falar do passado de Feliciano.
(Outra coisa: Emerson Biazon tentou vender a reportagem ao SBT, segundo conta o jornalista Leandro Mazzini. Por que o SBT não entrevistou alguém do SBT para comprovar essa história?).
Que os dois personagens mais importantes da trama mentem está mais do que óbvio. Patrícia mentiu sobre o cárcere privado em SP, mentiu que não negociou dinheiro, e talvez esteja mentindo em algumas contradições sobre a tentativa de estupro (como a inclusão de que Feliciano a teria ameaçado com uma faca; nas primeiras versões de Patrícia, não existe faca). Feliciano mentiu sobre não saber o que seu chefe de gabinete, Talma Bauer, estava fazendo (se você acredita nisso, você é muito ingênuo), e de não estar a parte das negociações. 
Este, pra mim, continua sendo o indício mais forte de que Feliciano cometeu um crime -- se fosse inocente, por que tanto empenho em comprar o silêncio de quem o acusa? Não há dúvida que Bauer tentou comprar esse silêncio. Ele fala em R$ 50 mil num vídeo. 
Outras mentiras vêm da parte do PSC, que mudou sua versão. No começo, o presidente nacional do partido, pastor Everaldo, negava que tivesse se encontrado com Patrícia em seu gabinete. Agora, diz que houve esse encontro, mas não só com ele, e sim "com a cúpula do partido". Só piorou pro PSC. Já tinha ficado péssimo o PSC negar (diante de todas as evidências) que Patrícia era filiada ao partido.
É certo que Feliciano esteve em compromissos fora de seu apartamento no dia 15/6 até às 10 da manhã. Mas entre 10 e 11, não há registros. Ao programa do SBT, Patrícia descreveu bastante bem o apê do deputado. 
Fascinante o programa citar que dois personagens importantes, Marcelo Machado e Arthur Mangabeira (namorado ou noivo ou ex de outra reaça anti-feminista, Luana Basto), não foram encontrados. 
Parece coisa da máfia mesmo.
Até agora, a única certeza é que todos os personagens desta trama que ainda está longe de se resolver são de direita. E que todos mentem. 

185 comentários:

MariB disse...

Lola, os prints não estão no texto...

Mikaela T. disse...

Lola, tem algo acontecendo?
As postagens não estão mais com a mesma frequência (dúvida ser por falta de assunto), os horários em que são feitas as postagens tbm está diferente e agora esse post wm que se fala de prints, mas não tem imagem algum (ok, podemos cometer erros, mas tudo isso junto e reunido acaba nos deixabdo de orelhas em pé)

Anônimo disse...

Nesse momento os prints não aparecem no post, só o texto que vc escreveu Lola.

Anônimo disse...

Você viu os últimos videos do caso Lola? A policia civil vai indiciar a tal por falsa denuncia de crime, há vários videos dela ameaçando o Feliciano por telefone e negociando numa boa com o assessor dele o silencio por 300 mil. Inclusive ela disse ter sido sequestrada o policia tem videos de um shopping onde ate no colo do assessor ela deitava.

lola aronovich disse...

Não aconteceu nada comigo não, Mikaela. É só que comecei a escrever o post ontem, fiz algumas anotações, separei os prints (dá um trabalhão), e deixei guardado no computador, agendado para ser publicado hoje às 11:57. Só que fui pra faculdade e esqueci do post. Quando vi, ele já havia sido publicado e não estava nem perto de estar completo, como vc pode ver. Só isso. Isso já aconteceu várias vezes com dezenas de outros post (eu deixar posts agendados e esquecer, e aí eles são publicados sem estarem prontos).
Quanto à frequência dos posts, é que estou de férias, aí junta com as Olimpíadas e dá a maior preguiça de escrever... Mas semana que vem eles voltam ao normal. Espero!

Anônimo disse...

Quantos casos mais de estupro não são fake. Cultura do estupro é? Tá certo.

Anônimo disse...

Lola, quais são os indícios de que esses prints são verdadeiros?

Mikaela T. disse...

Aaah que bom. Tava preocupada já. Boas férias, Lola. ^^

Anônimo disse...

Ainda bem que a verdade está aparecendo aos poucos. A cara-de-pau da mentirosa aproveitadora está sendo desmascarada e tomara que ela seja PRESA e pague por seus crimes de calúnia e difamação contra o Deputado. Toda força ao Feliciano! Estamos todos com vc.

Maria disse...

Infelizmente, esse caso se tornou mais um evento político midiático que um caso legítimo de abuso sexual.
Principalmente ao afirmar que foi uma "atitude exemplar" publicar o caso numa coluna da UOL.
Atitude exemplar seria levar a menina à delegacia, fazer um boletim de ocorrência e deixar que o caso seja investigado em sigilo, para não que haja interferências em provas e testemunhas.
Após o finalizar, o caso deveria ser exposto à população, pois um dos envolvidos é uma pessoa pública.

Mas, um caso que deveria ser policial, virou uma guerra política entre a esquerda e protestantes, com conjeturas e queima de reputações.
Um caso protagonizado por mentirosos, corruptos e oportunistas e que está sendo explorado pela mídia oportunista para travar uma guerra política.

Ao final de tudo isso, espero que a mentira maior seja da menina.
Acho melhor uma pessoa mentir que foi abusada do que realmente ser.

Pescotapa disse...

Lola, saíram novos vídeos da P.L. negociando com o Bauer. EM um desses vídeos o Bauer fala que deu 50 mil reais para um intermediário que se dizia agente da Abin. O dinheiro deveria ser repassado para a P., porém o cara ficou com a grana. A P. fica revoltada e fala "Pq vc não matou ele, Bauer?". Lindo né? Agora se eu te contar quem é o cara a quem estão acusando... ele se chama Arthur Mangabeira, e teve um relacionamento com uma youtuber que faz propaganda para o Bolsonaro: Luana Basto. Essa mina pegou briga com Sarah Winter, a qual afirmou saber vários podres da garota. A Luana respondeu com um vídeo, dizendo que Sara teria 48 horas para divulgar esses "podres", no entanto o negócio não deu em nada. Ela apagou o vídeo, e tem se mantido caladinha nas últimas semanas. Investiga isso, mulher! Fontes das notícias:
http://colunaesplanada.blogosfera.uol.com.br/2016/08/10/em-video-patricia-e-assessor-de-feliciano-tratam-r-50-mil-por-silencio/
https://www.youtube.com/watch?v=6BebFwfLteA

Rafael Cherem disse...

História mal contada, mas esse mundo deles é sujo mesmo. Cheio de hipócritas.

Notaram o completo silêncio da grande mídia?

Anônimo disse...

a) Lola sou feminista e sinceramente está história está confusa e o silêncio da midia piora a guerra de informação.

b) Nesta triste história quem merece nota 1000 somos nós feministas que estamos apoiando uma moça que sempre esteve contra nós ela até escreveu uma carta para as feministas.

Anônimo disse...

A unica coisa que ela deveria ter feito depois do assédio ela não fez, ir à Policia. Longe de mim defender o Feliciano, mas não seria algo natural para uma mulher assediada? Por que ela não foi logo denunciá-lo, foi procurar porcaria de Partido?

Anônimo disse...

(Viviane)
Lola, mais uma vez, sendo um oásis de sensatez no deserto da internet! Sério, eu já estava desanimada com as várias pessoas (feministas inclusas) que invalidaram a denúncia do estupro devido às mentiras da vítima. Gente, são duas coisas diferentes - e, vejam vocês, estado sendo investigadas por delegacias diferentes! Concordo com Lola que devemos ter os pés atrás, mas apoiar que ela leve adiante a denúncia do estupro. Arrisco um palpite de que ela só desistiu de faturar com a denúncia quando a mãe dela chegou a SP. Aí, para não passar vergonha na frente da mãe, ela disse estar sendo "sequestrada e coagida" - mas isso, repito, é só um palpite...

Anônimo disse...

http://www.brasilpost.com.br/2016/08/10/patricia-lelis-investigada-calunia_n_11440822.html

http://oglobo.globo.com/brasil/jovem-que-acusa-feliciano-passa-de-vitima-investigada-em-sp-19896648

E agora?

Ma Gato disse...

Anônimo das 20:24, infelizmente, é o padrão de muitas. A delegacia é só como último recurso mesmo. Ser vítima de estupro não te faz um ser humano perfeito, mas a questão toda é que nunca vamos combater seriamente violência sexual se sempre procurarmos a vítima 'perfeita'.

murmurios disse...

no Chrome aparecem os prints

Anônimo disse...

Lola, acredito que algo tenha realmente acontecido com Feliciano. Eles vão tentar atacar a integridade dela até a destruírem. Infelizmente, acredito também que ela tenha mentido em muitas coisas. Espero que essas mentiras não atrapalhem a denúncia.

Anônimo disse...

Algo natural para uma mulher assediada é buscar apoio policial? Não é assim que as coisas acontecem não, cara. Tem mulher que é abusada por anos e não revela nada a ninguém, quem dirá ir na polícia denunciar o agressor. A atitude dela não deve ser julgada ou colocada sobre suspeita, principalmente por quem nunca sofreu abusou ou sabe o quão traumatizante uma situação do tipo é...

Anônimo disse...

Uma mulher que foi assediada sexualmente, ao invés de colher provas contra o agressor, colhe provas contra ela mesma.No mínimo o Feliciano teve um caso amoroso com essa moça e ela cometeu um crime de extorsão gravissimo contra uma pessoa pública. Ela é tão burra que além de perder os 300 mil, vai perdendo a dignidade. Perdeu tudo.

Rodrigo Almeida disse...

Tudo bem q mulheres abusadas se sentem constrangidas em ir a delagacias prestar queixa, mas poha, essa mina resolveu ameaçar a espalhar os prints da conversa e ainda pediu dinheiro pra ficar calada, isso vindo de uma mulher q dizia se sentir ameaçada.
O mais bizarro dessa conversa eh ela pedindo pra encomendar a morte de uma pessoa, WTF?!

Acho q dah pra ver q não tem santo neste caso.

Mya disse...

Esse caso deve estar confuso assim apenas para disfarçar algo muito pior feito por esses "pastores".

A política é muito suja. Nunca vi ninguém passar pela lama e sair limpo.

-Mya

Anônimo disse...

Que bizarro, sinceramente.

Anônimo disse...

Ouvi muita gente por ai dizer que é surpreendente que o Feliciano não seja gay. Gente, estupro é violência, não sexo. Tem cara que fica de pau duro só de pensar em machucar uma mulher, não é pelo sexo. É só olhar o que ele fala sobre ter mais saudades de ver a moça chorando e gritando enquanto a agarra. Não é saudades de agarrar a moça, mas do desespero de uma vítima ENQUANTO ele provoca esse desespero. É apenas violência.

Anônimo disse...

Me explique então como os prints mostrados pelo Feliciano que vc afirma ser fale, contém fotos íntimas dela. Se são fotos íntimas podemos partir do pressuposto que só ela tinha e só enviaria a alguém muito íntimo.

Anônimo disse...

Que bosta de texto, mulher (se é que é mulher). Onde tem esquerda nisso? Só vi um monte de direitista, mais sujo que pau de galinheiro, pregadores da moral seletiva, chafurdando na lama!

Anônimo disse...

Não tem q se orgulhar q feministas estão ajudando uma anti-feminista, até pq o alvo de vcs é o Feliciano. Se o SUPOSTO abusador fosse da esquerda, vcs nem iriam querer saber da moça. E qdo a Marisa bateu em algum gay p/ ser homofóbica? Que eu saiba, nunca! Ela e 90% dos brasileiros se posicionam contra a erotização precoce das crianças nas escolas com os kits gay da vida. Isso NÃO é homofobia. E ela acha q um gay tem o direito de procurar ajuda se tal condição lhe traz sofrimento. Isso tb NÃO é homofobia. Sobre o caso, que se esclareça logo e quem deve q pague, seja quem for.

Anônimo disse...

kkkkk isso é serio? o cara negocia propina para calar a moça pois algo GRAVE aconteceu e vc vem dizer q ela é a culpada, vc não leu a materia ou é burra mesmo??

Anônimo disse...

concordo, finalmente alguém q pense, não aguento mais opiniões do tipo crente burro q diz q o pastor é santo e a moça deve ser presa...é cada uma

Anônimo disse...

primeiro se informa colega, esta ocorrendo investigação em SP e no DF, em SP é a denuncia de sequestro e carcere oq a PF descartou, com isso a moça passa a ser investigada por dar falso testemunho de crime. (Mas na minha opinião houve carcere assim q o jornalista publicou a noticia e a turma do Feliciano quis q ela gravasse um video de qualquer forma). Mas claro, um homem como delegado não deve ter entendido ainda. Enfim, no DF Feliciano começou a ser investigado. O fato dela ser investigada por falsa denuncia de sequestro não significa que ele seja inocente, uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Anônimo disse...

Tbm penso igual! infelizmente poucos estão percebendo isso, estão comprando matérias, e pessoas tbm, teve uma moça q disse q estudou com ela, fez um post dizendo q ela mentia e não sei mais oq na faculdade, depois de 3 dias ela atualiza o status profissional como trabalhando no SBT! sei lá, eu não duvido, são pessoas poderosas, não é um homem e sim um partido inteiro e eles vão fazer o impossível para denegrir a imagem dela. Td bem q ela parece mentir em alguns momentos mas mesmo assim consigo entender algumas mentiras dela.

Anônimo disse...

Ela queria crescer no partido PSC mas o Feliciano parece q queria denegrir a imagem dela pro pessoal lá, inclusive pra esse tal de Tiago, ja q ele queria q ela fosse sua amante, ela não aceitou. Ai ela queria fazer um trato com o partido pra obter algum beneficio em troca do silencio, com medo da propria vida ela deixou engatilhada essas provas com um jornalista, um professor...como forma de se proteger caso eles apontassem uma arma pra ela ou algo do tipo. No fim, ela deixou de atender o jornalista e professor q resolveu soltar a bomba, foi nesse momento q tudo saiu do controle. Pelo menos é assim q entendo.

Anônimo disse...

Lola do céu, vc tem noção da merda que pode dar publicar esses prints, né? Que podem te acusar de forjar prints falsos e colocar ainda mais lenha na historinha "conspiração da esquerda", né? Gosto muito da sua boa intenção, mas espero que você esteja MUITO segura da fonte desses prints.

Anônimo disse...

Sabe por que eles mentem? Porque a massa acéfala dos crentes acredita em qualquer coisa. Não importa se pro resto do mundo for provado que uma pessoa é culpada, os crentes ainda irão acreditar em qualquer coisa que eles disserem, e eles só precisam disso pra se elegerem, comprarem casa, carro, cabeças de gado...

Ma Gato disse...

Rodrigo Almeida, você encara isso tudo como um pacote fechado, mas a questão toda é que é um processo. Ela certamente tomou decisões diferentes depois que foi agredida, reagindo as respostas que recebia. É possível que no primeiro momento ela quisesse a grana e que o partido desse um esculacho interno em Feliciano? É possível. Veja pelos primeiros depoimentos dela, ela não queria que o caso servisse para a esquerda depreciar a igreja dela e o partido do qual se sentia parte.
Nesse contexto, nessa moral meio torta que grande parte dos representantes do partido dela sempre defendem para o crime de estupro, é de que não se precisa do judiciário ou do debate público para resolver essas questões. É o famoso: 'roupa suja se lava em casa'.
Some-se isso a uma mulher com raiva, possivelmente com ambição de seguir carreira no partido, e você chega ao resultado do quadro em que a extorsão realmente aconteceu.

Não tô dizendo que acho correto, não acho. Mas quero argumentar que isso não invalidada o crime que sofreu. Que o fato vai usado para justificar que tá 'tudo certo estuprar uma mulher de moral duvidosa', infelizmente, vai.

Ela pode ter tentado gravar as tentativas de suborno para incriminar o assessor parlamentar e o feliciano? Pode. Quem encomenda a morte de quem lhe rouba? Quase todo mundo que tem aquele pensamento conservador de que bandido bom, é bandido morto. E é o caso de muitos membros do partido dela. A questão toda, é quando é homens que utilizam a frase, é liberdade de expressão. Quando ela é usada para uma mulher, jesus, aí a esquerda tá certa, e ela é uma quebradora sem-vergonha dos direitos humanos que merece ser escrachada moralmente.

Veja como todos os fatos duvidosos, a interpretação que a maioria das pessoas constrói é que com 100% ela mente e é culpada. Pode ser? Pode. Mas só numa sociedade machista como a nossa os supostos erros posteriores ao crime da vítima são desculpa para legitimar o estuprador a ter cometido seu crime. Afinal, não é tão grave assim estuprar uma mulher mentirosa que está com raiva, e quer vingança, é?

A resposta indica o quanto estamos comprometido a julgar estupradores ou a julgar suas vítimas.

André disse...

A moça não procurou a polícia imediatamente após a suposta tentativa de estupro e por isso a tentativa de estupro não ocorreu? Mas o PSC/Infeliciano também não procurou a polícia imediatamente após a suposta tentativa de extorsão. E veja que um fanático ser agredido pelo objeto de seu fanatismo (ainda mais uma agressão como a tentativa de estupro com todo o histórico que carrega) deve envolver várias etapas de aceitação e reunião de forças (e provas) para reagir.

Anônimo disse...

O G1 tem divulgado o caso: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/08/veja-cronologia-do-caso-que-envolve-jornalista-feliciano-e-seu-assessor.html

Anônimo disse...

Os prints são fakes, tem datas erradas de conversas que rolaram no mesmo dia trocadas, tem erro ate no nome dela, ela jamais escreveria o próprio nome errado. O site que divulgou os prinnts se retratou e pediu desculpas para a moça.

Anônimo disse...

Um dos comentários mais lúcidos que li até hoje sobre o caso.

Maria disse...

Concordo totalmente Ma Gato...
Só reforçando: como disse outro comentarista, dá para ver que não tem santo neste caso... mas e daí? só se umx santx denuncia uma tentativa de estupro deve ser dado todo o apoio e axigir rápida investigação? essa discuissão tem muito a ver com a ideia de que o estupro está relacionado com o "valor" da mulher em questão, que estuprar uma "vadia" não é tão estupro assim (muitas aspas nisso). Tem a ver também com o absurdo de que quem sai da devido perde todo e qualquer direito (mas isso só aplica para quem está em condição de inferioridad): bandido bom é bandido morto, mulher mentirosa/interesseira/trapaçeira/oquefor boa é mulher agredida/estuprada/negligenciada.

Anônimo disse...

Existem 3 hipoteses nessa história:

a) Feliciano é esse monstro que abusou sexualmente e agrediu fisicamente uma moça que foi enganada para ir ao seu apartamento. Neste caso desejo que ele seja desmascarado com provas irrefutáveis e que mofe na cadeia.

b) Eles tiveram um caso consensual, ela interessada em ascender dentro da politica, conseguir se candidatar a algo, ficar famosa, etc. Ele queria só sexo e a dispensou. Ela pra se vingar passou a pedir dinheiro e ameaçar jogar a bomba no ventilador. Mas como ela quer manter a imagem de moça evangélica recatada não quer assumir o adulterio e inventa a tentativa de estupro.

c) Ela tentou dar em cima dele e ele, sendo fiel a esposa (cof, cof), deu o fora. Por vingança ela inventou tudo para prejudica-lo. E mesmo sendo inocente de tudo ele sabe que a história vazada causará muito estrago mesmo se depois for confirmado a inocencia dele.

Na minha opinião aconteceu realmente a opção B. E vou dizer porquê. Não creio na opção A por todo o comportamento estranho dela. Ela disse que já foi estuprada aos 15 anos (não existe nem um BO sobre isso), disse que já sabia da fama do Feliciano de "dar em cima" de varias meninas, mas esse cara com essa fama a chama pro apartamento dele e ela não liga pra ninguem do PSC Jovem pra confirmar se tem mesmo a tal reunião ou pra combinar e ir junto com alguém, etc. Uma moça que já passou pelo trauma de um estupro vai sozinha e inocentemente ao apartamento de um cara com fama de assediador assim?

Depois ela não procurou a policia. Não tirou foto dos hematomas. A tal vizinha que supostamente tocou a campanhia não apareceu até agora para confirmar. Já está provado que mentiu sobre ter sido sequestrada, mantida em carcere e ameaçada pelo assessor. A palavra dela não vale muita coisa.
Os prints de whatsapp (a favor ou contra a versão dela) não levo em consideração pq print é algo facilmente falsificável com um simples fotoshop.

O audio do encontro dela com assessor, sendo real, só mostra ela o tempo todo tentando faze-lo confirmar a tal tentativa de estupro. Ele vai deixando ela falar sem contrariar (não confirma e não desmente) a moça pq só quer abafar o caso amoroso. Ele quer comprar o silencio sobre a infidelidade do deputado e não sobre tentativa de estupro.
Sim, para quem não sabe, um pastor pego em infidelidade conjugal perde o titulo de pastor, isso detonaria toda a sua igreja e consequentemente detonaria seus votos. Acaba de vez com ele. Isso explica a sanha de tentar comprar o silencio da menina.

Ela agora está dando entrevistas feito pop star, sorrindo (as vezes consegue controlar e lembra de tirar o sorriso do rosto), só falta perguntar se alguem quer um autografo. E acada vez que ela conta a história sai diferente. Uma hora foi chute na boca, depois foi um soco e não um chute, depois foi um mordida. Uma hora Feliciano ameaça com uma faca, na outra não tinha faca, etc.

Outro indicio forte de que eles tinham um caso (ou pelo menos tinham um flerte) é o print que Feliciano vazou no tuiter sem querer no dia (28 de junho) da briga com Gregorio Duvivier. O print monstrava que Feliciano recebeu nudes dela. Isso explica pq ela no audio diz o tempo todo que está sendo prejudicada, ou seja, a imagem de moça evangelica recatada foi colocado na lama. Talvez foi apartir dai que ela passou a pedir dinheiro e ameaçar.

Não acredito tb não opção C, pq se ele não tivesse nada com a menina, ele não estaria tão caladinho assim, deve saber que vão achar as imagens da menina entrando no apto dele, etc, vão achar rastros do caso amoroso.

Essa é minha opinião, vamos aguardar os proximos capitulos.

lola aronovich disse...

Anon das 9:31, vc tem o link pra notícia do site cristão pedindo desculpas e dizendo que os prints são fakes? Queria ver.


Anon das 9:38, são 3 hipóteses. Mas pode haver combinação. Tipo: de repente eles eram amantes e ele a estuprou. Quanto a não fazer BO logo após o estupro, isso é muito comum. A grande maioria dos casos de estupro não são noticiados. Portanto, Patricia não ter feito BO imediatamente não é um bom indício de que ela estaria mentindo.

Anônimo disse...

Sou o Anon das 9:38,

Lola,

Concordo que não fazer BO é comum, mas juntando todos os outros indicios e mentiras ja confirmadas dela, tudo junto leva a crer que não houve a violencia. E lembrando que a pessoa é inocente até que se prove o contrario.

O fato é que a palavra dela já foi desacreditada (a internet, redes sociais está cheio de posts dela contando mentiras a rodo), ou seja, vai ser necessário ter provas irrefutáveis para uma condenação.

E sei que mesmo se eles tinham caso, ainda assim é possível ter estupro, obvio. Mas com tantas mentiras dela, não dá pra simplesmente acreditar nela. Tem que ter provas muitos sólidas.

Por isso, na minha opinião estamos diante de uma versão tupiniquim (e não tão inteligente) do filme Garota Exemplar.

lola aronovich disse...

Pra mim um dos indícios mais fortes de que alguma coisa muito séria aconteceu (um estupro -- porque ela diz pro Bauer que houve sexo, mas não foi consensual -- ou uma tentativa de estupro, dependendo da versão) é o esforço pra comprar o silêncio da Patrícia. Sério, vc acha que se nada tivesse acontecido, seria fácil só chegar pro PSC e pedir dinheiro? Feliciano faria seu chefe de gabinete ficar totalmente à disposição para abafar a crise? Tem muito zumzumzum (por enquanto apenas boatos) de que Feliciano assediar moças não era nada incomum...

Anônimo disse...

Da mesma maneira de que não fazer BO não é prova de que não aconteceu estupro, também uma pessoa publica/famosa ceder a chantagem e extorsão mesmo sendo inocente não é prova de culpa no cartório.

Quantos casos nós sabemos de famosos que aceitam chantagem e pagam para não serem envolvidos em escandalos sexuais ou criminais. Ou até para não ter fotos intimas (haqueadas ou de paparazi) publicadas, etc. Isso acontece muito. Até que se prove inocencia (se for o caso) o estrago na imagem já foi feito.

Eu acho que o desespero de evitar um escandalo como esse é bem explicavel, mesmo em caso de inocencia. Não acho nem um pouco que isso é comprovação de culpa.

Anônimo disse...

Queria agradecer à Lola por escrever sobre esse assunto. É muito relevante sabermos a verdade porque envolve, além do crime de estupro, detalhes políticos do país. Acredito que a garota, infelizmente, ainda vai sair como culpada nessa história.

Rodrigo Almeida disse...

Mas provavelmente o medo do Feliciano seria que o caso entre ele e Patricia viesse a tona, por isso a compra do silêncio. Imagina, um conservador, defensor da família e bons costumes tendo uma amante? Vai abalar muito a carreira politica e religiosa dele.

E outra, se ela mentiu sobre o sequestro que é algo grave, não tenho duvidas q ela mentiria sobre o abuso. Não a toa agora é ela a ser investigada pela policia por falsa acusação.

Rafael Cherem disse...

Pois é Rodrigo, mas é exagero pensar num fim de carreira, na teocracia brasileira religiosos podem tudo.

Anônimo disse...

Eu acho que a prova se houve estupro (ou tentativa de estupro) está nas cameras do elevador do prédio do Feliciano e no depoimento da tal vizinha (se realmente existir). Não coloco a mão no fogo por nenhum dos lados.

Anônimo disse...

pra confirmar a agressão é só ver a camera do elevador no horário que ela diz ter saído de lá!Vai aparecer ela machucada se for verdade, já que ela fala que estava com a boca roxa!No mínimo vai aparecer muito abalada!

carol policeno disse...

Achei um furo na declarações da pisicologa... o Pastor a quem ela cita para oferecer ajuda à jornalista, pr. Sostenes, o mesmo já está morto há mais de 3 anos... tem alguma coisa erada...

Anônimo disse...

LOLA PARABENS PELA EXCELENTE REPORTAGEM NESSE POST. JA TINHA LIDO SOBRE ISSO EM INUMERAS MATERIAS DA REDE, MAS SOMENTE QUANDO LI ESSE SEU TEXTO PUDE TER UMA VISAO GERAL SOBRE O FATO. MAIS UMA VEZ, PARABENS !

Paulo Henrique disse...

Carol Policeno... não existe apenas um pastor Sóstenes no mundo.

Anônimo disse...

Eu não suporto o Feliciano, acho ele um grande idiota... Mas acreditar nessa garota não dá, né. Por favor.... Uma pessoa que mente descaradamente que sofreu sequestro, carcere privado, ameaça a mão armada e depois aparece em foto em churrascaria com o suposto sequestrador, confraternizando com o namorado, ah, fala sério...
Se mente sobre sequestro, carcere que são crimes gravíssimos, é claro que mentiria sobre ter sido abusada ou estuprada. OBVIO!!!!
Já esta provado a estorção, chantagem, pediu para o tal assessor MATAR o tal atravessador do dinheiro, pq ele embolsou a grana que era pra ela. www.youtube.com/watch?v=Rpo04a2qVa0
Ela mente muito, vejam esse video de um especialista em linguagem corporal analisando o depoimento dela. www.youtube.com/watch?v=S4x-SA8yTuE
O que aconteceu foi muito simples, eles tiveram um caso e ela que lucrar em cima. Com certeza ela deve ter um vestido suja de esperma dele muito bem guardado para sacar da manga em breve. Ainda não mostrou pq ainda insiste na historia de ser vitima de estupro. Quando ver que não cola mais vai assumir o caso e acabar com ele, mesmo que vá presa. Eu só torço pros dois se ferrarem, pois não valem nada. Quem viver, verá.

Anônimo disse...

Essa gente idealiza um Jesus perfeito pra compensar suas almas miseráveis! Jesus pra eles é só uma espécie de máscara. São todos podres, de Feliciano, passando por Bauer e incluindo Patrícia.

donadio disse...

Este pastor Sóstenes aqui, https://www.facebook.com/sostenes.mendesxavier/ , parece ainda bem vivo.

donadio disse...

"Se mente sobre sequestro, carcere que são crimes gravíssimos, é claro que mentiria sobre ter sido abusada ou estuprada."

Acho que é sim óbvio que ela mentiria sobre qualquer coisa, inclusive ter sido abusada/estuprada.

Bem menos óbvio é que ela tenha mentido nesse caso específico.

"O que aconteceu foi muito simples, eles tiveram um caso e ela que lucrar em cima."

Pode ser. Entretanto, como o deputado é da bancada da virgindade e dos valores familiares, ela poderia lucrar em cima da mesma forma simplesmente ameaçando revelar o caso extra-conjugal. Por que a estória da tentativa de estupro, muito menos crível, se poderia ter chantageado o pilantra com a simples questão do adultério, muito mais fácil de acreditar e de provar?

"especialista em linguagem corporal"

Isso tem alguma validade em direito penal?

donadio disse...

"Eu só torço pros dois se ferrarem, pois não valem nada."

De fato, são pessoas altamente desprezíveis, como convém a filiados a esse partido de merda.

Lívia Cairus disse...

São argumentos homofóbicos que essa Marisa fala que fazem com que gays apanhem, homofobia é também incitação ao ódio, atos como agressão são legitimados e desencadeados em discursos. Leia mais sobre o discurso do ódio. Na esquerda tiveram MUITOS homens escrachados , principalmente na militância , como foi o caso do Elson e de outros , acredito que vc esteja falando sobre o que desconhece

Lívia Cairus disse...

Nem todas que são estupradas registram um BO

Anônimo disse...

honestamente, eu com 22 anos teria aceitado 300 mi pra calar a boca sobre uma tentativa de estupro se a segunda opção fosse passar por esse horror que, se toda vitima de estupro passa, é elevado a milésima potência quando o cara é rico e famoso.

como sempre, duvida-se de tudo que a vítima fala. e tá todo mundo achando certo ela ser investigada por tentativa de extorsão, quando na verdade, que poder ela tinha? como mulher jovem de classe média contra um homem, branco, deputado, pastor, rico.

coitada, estaria muito melhor com os trezentos contos e sem essa fogueira pública, toda essa gente perfeita que nunca cometeu erros dizendo até que ela teve um caso. enquanto o assunto é a vítima, o estuprador tá de boas

Anônimo disse...

Pra vc sofrer preconceito, vc nao precisa apanhar nao. Basta quererem te privar de ter os mesmos direitos de todo o resto da população e te menosprezarem só por descobrir que vc é "diferente" do que julgam ser o correto.
Ninguem debate se um hetero é normal ou não. Vc pode não morrer de amores por um gay, mas deveria aprender a respeitar e ver que são seres humanos como todos os outros e que devem sim, ser tratados iguais.
Então que as escolas parem de pregar qualquer tipo de sexualidade e de quebra, qualquer tipo de religião pra que as crianças façam suas proprias escolhas quando crescerem e tenham discernimento. Por que pra uma coisa pode e pra outra não? Muito saudável mesmo conhecer o mundo pela metade, só que não.

Anônimo disse...

Lola, os prints não necessariamente são falsos, porque foram tirados em fuso diferente. Veja o horário do aparelho! Eles também são diferentes em 4 horas.

E outra, a Lelis mandou matar uma pessoa. Isso é muito grave!

Anônimo disse...

Lola, os prints não necessariamente são falsos, porque foram tirados em fuso diferente. Veja o horário do aparelho! Eles também são diferentes em 4 horas.

E outra, a Lelis mandou matar uma pessoa. Isso é muito grave!

Anônimo disse...

Anon 15:12

Não dá para confiar nessa história. Pode ser armação dela.

Veja que a Lelis mandou matar uma pessoa, como se pedisse uma pizza. Que horror!

Anônimo disse...

Tem vídeo de 4 anos atrás onde um pastor cita (por alto) as brigas entre Feliciano e Malafaia e outros casos de assédio do Feliciano, parece-me bastante esclarecedor e contextualiza como a mentirada foi se construindo, já faz há muito tempo, aqui o link: https://www.youtube.com/watch?v=WRxic1353cc

Ana Livia Faria de Medeiros disse...

Excelente texto. Bem completo, apresentando as provas e analisando. E o mais importante, reconhecendo que ainda é muito cedo para afirmar qq coisa.

Moisa disse...

Postei um comentário aqui mais cedo, mas não sei se não foi o se o comentário foi moderado. Porque não me respondeu e me bloqueou no Twitter? Eu só te fiz uma pergunta, e nunca te desrespeitei. Vê lá de novo o que eu te mandei.

@MoisaPrado

Anônimo disse...

Quem se mistura com lixo acaba fedido também, só digo isso.

Unknown disse...

Entendo dessa forma também. Espalhar a notícia pra professor e jornalista foi uma forma de garantir a própria vida. É menos provável assassiná-la com tanta merda pronta a ser lançada no ventilador

marilia disse...

Querida Lola, o caso está envolvendo várias posturas terríveis de militantes "anti-feministas", inclusive a tal Luana Basto, as máscaras desse povo, que tanto falava mal das feministas, estão TODAS caindo, e, sinceramente, está reaproximando muita gente da esquerda e/ou do feminismo (faço minha autocrítica aqui). “O MAL POR SI MESMO SE DESTRÓI”, e sim, considero essa nova direita aí o mal, o ódio, a desunião, a hipocrisia, o atraso. Denuncie todas essas pessoas, faça um artigo DETONANDO e mostrando todo os jogos de interesses pérfidos e nem um pouco "corretos e cristãos" como essas pessoas afirmam ser.

Anônimo disse...

Lola, como disseram em outro comentário, você realmente está segura da fone dos prints da Marisa Lobo que divulgou aqui?

Porque acabaram de postar no Gospel Mais prints dela BEM diferentes dos que você divulgou aqui – e sim, esse site é altamente tendencioso e feito para defender a bancada evangélica, mas eles afirmam que esses prints deles foram REGISTRADOS EM ATA NOTARIAL (se for isso mesmo eles têm validade jurídica, pois essa ata é feita em cartório e confere-se o aparelho de celular da pessoa).

Tenhamos mais prudência.

Anônimo disse...

corrigindo meu comentário acima: *fonte dos prints

Link dos prints divulgados no Gospel Mais: https://noticias.gospelmais.com.br/feliciano-novos-prints-desmentem-patricia-lelis-84881.html

Roxy Carmichael disse...

Ao parecer ela fez a denuncia do suposto estupro que sofreu aos 15 anos, mas em 2015, quando tinha 21. o portal metropoles à época a entrevistou porque estavam fazendo um especial sobre violencia contra mulheres. O portal publicou o video essa semana, com um texto que registra todo o periplo das jornalistas para traçar um perfil de Patricia. Falaram com mais de 20 pessoas. Patricia mente sobre o local em que mora, no BO consta um endereço onde esta uma casa que vzinhos indicam que ela nao vivia ali, e sim numa casa muito menor e muito mais simples. Mentiu em trabalhou que fez estagio nos Estados Unidos que ia casar no castelo da cinderella, dentre outras coisas. No texto além dessas mentiras reveladas por conhecidos, as jornalistas esclarecem que não chegaram a publicar a entrevista sobre o abuso sofrido porque ela nao conseguiu manter uma linearidade no relato. Ao assistir o video da entrevista de 2015 do Metropoles, qualquer um fica cheio de dúvidas da veracidade dos fatos. Patricia esta serená, quase que atuando pras câmeras, vai acrescentando detalhes sórdidos e importantissimos que nao haviam aparecido antes no primeiro relato. Primeiro diz que o estuprador pensava que aquilo era certo, e foi carinhoso. Depois diz que ele chegou a cortar a lingua dela! ao ser perguntada sobre esses cortes, diz nao se lembrar se doeu, se sangrou. Corte na lingua!!!! Também sem haver mencionado antes, ela diz que aconteceu outras vezes, mas quando as jornalistas perguntam quando parou de ocorrer, ela diz: "acho que ele foi perdendo o interesse. Na primeira estava muito interessado, na segunda mais ou menos e na terceira já não estava mais interessado". Olha sinceramente, me parece que esse papo de interesse só revela que Patricia nao sabe absolutamente nada do que tava falando, porque confunde uma violencia primeiro com carinho (como se chegou a ameaçar ela e a familia toda de morte e no ato da ameça corta a lingua), depois com um "interesse" (ou seja, ela tava muito afins dela no começo e depois foi "perdendo a vontade", como um sujeito qualquer que nutria certa atração platônica que foi arrefendo) Quando digo que confunde, não estou dizendo que ela nao leu teoria feminista e por isso nao afirma que estupro é poder, é violencia, e não desejo. É claro que nao existe a vitima perfeita de um estupro, mas no video fica clarissimo que ela acrescenta detalhes muito importantes depois de ter contado tudo e meio que confunde violencia sexual com atração. Pra piorar tudo ela começa a falar como começou a amar mais ainda o ser humano depois disso, que descobriu que muita gente sofre e o sofrimento dela nao é maior que o de ninguém, numa referencia bastante cristã. (continua)

Roxy Carmichael disse...

As minhas hipóteses são as seguintes:
1) ela foi estuprada, foi entendendo que podia lucrar com isso, partiu pra extorsão e enfim, surgiu aí toda a narrativa mirabolante do sequestro em SP
2)eles tinham um caso, foi entendendo que podia lucrar com isso, mas da mesma forma que ele podia perder muito sendo acusado de adulterio, ela tb podia perder se fosse exposta como amante, já que sua fama foi construída em cima desses marcadores de moça branca, delicada, correta, cristã, virtuosa, anti-feminista, daí a acusação de estupro cairia melhor
3) eles tinham um caso e ele a estuprou, e o resto aqui é igual

Dado que ela ja tinha inventado um estupro antes, realmente depois de ver o video do metropoles não consigo achar o relato verídico, me parece que poderia perfeitamente inventar agora. Pode ser também que ela seja uma mentirosa compulsiva, e mesmo tendo inventado um estupro pra chamar atenção, como uma epifania que a converte no mito cristão (amo os seres humanos), ela tenha de fato sido estuprada por Feliciano, estando ou não em uma relação extraconjugal com ele. Eu acredito mais que ela tenha tido um caso com ele (vide foto vazada em conversa com duvivier), e que ele pode ter estuprado, mas sem os detalhes que ela narra, por exemplo do soco, do chute, da faca, da vizinha, que se existisse ja teria sido intimada a depor, porque sem a vizinha, o caso fica muito muito frágil, ja que prints podem ser adulterados.

Anônimo disse...

Vamos fazer um exercício de imaginação?

Você é uma senhora (mulher), vizinha do Feliciano. Vc está tranquila no seu apto e começa a ouvir barulhos e gritos, alguém pedindo socorro em outro apto. Vc não sabe se é briga familiar, assalto, etc. Vc quer fazer algo pra tentar ajudar. O que vc faz?

A) Corre lá no apto de onde vem a gritaria e bate na porta perguntando se está tudo bem, mesmo se arriscando (vc é uma mulher, uma senhora) a levar um soco, uma facada, um tiro ou sabe-se lá o que mais.

B) Interfona pra portaria do predio, chama a policia, chama seu marido ou outro vizinho pra pedir ajuda.

Bom, eu iria de opção B, mas vamos imaginar que essa senhora fosse uma pessoa tão boa assim que esquece da sua propria segurança pra ajudar um estranho. Ela se arriscou e foi lá bater na porta.
OK, deu certo. Uma menina sai correndo com a boca machucada, chorando, tremendo, etc. Nem deu tempo de vc falar com ela. Vc fica feliz de ter ajudado.

Passam-se 2 meses e explode na midia o caso de uma garota que sofreu abuso sexual e agressão no apto do Feliciano. OPA! Vc lembrou daquela menina, daquele dia. E percebe que a menina está desacreditada, que estão desconfiando da versão dela. O que vc faz agora:

A) Corre para a policia e para a impressa para contar tudo que ouviu e viu naquele dia e ajudar mais uma vez essa moça.

B) Fica bem caladinha afinal, não quer se meter nessa confusão, ela que se vire.

Faz sentido, né?

Anônimo disse...

Dossiê sobre as diversas mentiras de Patricia Lelis.

Inclusive com o vídeo onde ela narra (entre sorrisos) os estupros sofridos (sim, no plural) aos 15 anos.

http://www.metropoles.com/distrito-federal/patricia-lelis-a-universitaria-que-desafiou-feliciano-coleciona-historias-mal-contadas-veja-video

lola disse...

Estou viajando, volto amanha. Sim, confio na fonte que me passou os prints. Eles foram passados pra ela por Patricia, e parecem bem legitimos. Na materia do Gospel Mais, com outros links, Marisa nao os desmente. Pelo contrario, diz que trocou mensagens comPatricia entre os dias 18 e 24 de junho. Os que tive acesso foram do dia 19/6. Os que o Gospel publicou sao do dia 22/6. Esses que publiquei pelo jeito foram bem do comeco, quando Patricia falou com ela e contou o que aconteceu.
Eu fico pasma como essa gente toda mente. Varias pessoas perguntaram para Marisa Lobo se ela tinha falado com Patricia, e Marisa respondeu que nao. Ou seja, mentiu na cara dura. POR QUE? Por que ela nao disse: "Sim, falamos bastante, mas nao quero me pronunciar por enquanto"? Nao seria mais honesto?

Anônimo disse...

A Ana Livia disse "E o mais importante, reconhecendo que ainda é muito cedo para afirmar qq coisa.", engraçado como para essas feministas sempre é dois pesos e duas medidas, antes de descobrirem as mentiras da Patrícia Lelis, era certeza que houve estupro.

Por aí se vê que elas sempre condenam os homens sem o direito à presunção de inocência, mas quando uma mulher apronta (mesmo que seja uma de direita que elas odeiam) elas vem com essa de que ainda é cedo, não podemos condenar sem ter certeza mimimi.

Hipocrisia pura.

PS, já sei como vão me refutar - com xingamentos e acusações, como se todo mundo que não concordasse com elas fosse "mascu bobão que vive com a mãe e não pega ninguém."

lola disse...

Roxy, agora vi a entrevista da Patricia falando do estupro de 2015. Realmente, ela esta mentindo. Ja é meio estranho que alguem que tenha sido mandado pra consertar maquina de lavar (algo bem simples pra policia apurar) nao seja encontrado. Mas o que nao da pra engolir na historia é a parte que ele cortou a lingua da Patricia com uma tesoura. Aí ja é ficção. Isso deixa marcas e a lingua nunca se recupera (e o negocio de nao dar o endereco da propria casa?!). Fica parecendo que ela inventou a historia apenas pra dizer "Fui estuprada e nao preciso do feminismo", o que é super ironico, porque reacas costumam dizer que feministas é que inventam estupros (nao mulheres conservadoras). Enfim, o site fez um bom servico investigativo sobre Patricia. Falta fazer sobre Feliciano tambem.
E concordo com as suas hipoteses sobre o caso Feliciano. Sao as minhas tambem.

Anônimo disse...

Nesse monte de mentiras, verdades e meia verdades só uma coisa me parece realmente sincera da parte dela, a preocupação dessa moça com o tal de Tiago. Nos prints e nas gravações sempre aparece a preocupação dela com o que esse Tiago vai pensar....incrivelmente em meio as bombásticas acusações, reviravoltas, coisas mal explicadas, polícia..etc..parece que a coisa que mais preocupa a bela de bons princípios é que esse tiago não fala mais com ela. ...Dito isso, acho mais provável que ela e o Pastor moralista tinham um caso, o que não impede que tenha acontecido abusos da parte dele e que devem ser denunciados.

Priscila M disse...

Querida Lola,

Esse texto seu é uma aula pra muitos q costumam esconder a verdade de si mesmo.
Não sei se notou Lola, mas pessoas q acreditam em Feliciano, atentam somente pras "provas", ainda q forjadas, sobre Patrícia. E isso tem uma explicação, o ser humano q defende CEGAMENTE algo ou alguém, costuma defendê-los não por acreditarem neles, mas para não se sentirem ludibriados, frustrados, enganados pelas suas próprias convicções, e ai, vale até "assassinato de reputação", chutar cachorro morto, jogar pedras, apontar o dedo do julgamento e declarar a sentença...

Patrícia pode ter cometido muitos erros, sabemos disso, sabemos até de alguns.. mas isso não faz de Feliciano um "Pastor temente a Deus, defensor dos Bons costumes, e q honra e respeita sua família e Igreja. Ele errou muito, sabemos disso também, mas parece q essa parte algumas pessoas, convenientemente, não querem enxergar e nem tampouco discutir.. a verdade dói sabe Lola, e muitas vezes causa transtornos irremediáveis.. as pessoas têm medo das verdades q abalam, q mudam, q transforma, ainda q seja doloroso... E para não terem que ENCARAR essas verdades, se for preciso, ainda q seja necessário ANIQUILAR uma menina q talvez precise de ajuda.. e não de carrascos, essas pessoas irão manter a falsa imagem de um Pastor CANALHA, para não RECONHECEREM q PODEM estar erradas.

Obs.1: Uma pergunta: Pq Marisa Lobo não enviou os Prints pra Gospel Mais,dos dias 18 e 19, onde ela deixa CLARO q sabe quem é Feliciano, o quão CANALHA ele é?

Obs.2: Bauer é tão bonzinho, tão temente a Deus, q como ex-investigador, com um curriculum extenso de MUITAS OPERAÇÕES, inocente, ele se deixou enganar por uma menina, ele foi até ao encontro dela pra "sondar" oq o Patrão dele fez com ela, e sabendo do ocorrido, ele pagou hotel, passagem aérea, restaurantes, e mais 50 MIL do "próprio bolso", pq ele não queria q o INOCENTE PATRÃO FELICIANO, sofresse uma "Calúnia" de tentativa de estupro. E isso tudo, pq ele é "TEMENTE A DEUS". Alô, alguem ai acredita mesmo nessa historinha, ou prefere manter a HIPOCRISIA q dói menos?

A conferir...

Anônimo disse...

Sou feminista mas não vou falar um 'A' defesa em relação a essa mulher. Todos do meio dela estão virando as costas e apoiando Feliciano. Só espero que a polícia investigue direito, mas que algo aconteceu, isso é óbvio. Se o funcionário do Feliciano quis dar dinheiro para moça ficar quieta sobre algo, tá mais do que óbvio.

Anônimo disse...

No começo até estava acreditando nessa menina, agora acho que ela tá tão suja quando o Feliciano. Que o Feliciano fez alguma coisa tá óbvio, ele não acordou de um dia para o outro querendo doar R$300 mil para uma mulher a troco de nada, né? Enfim, sou feminista e me calo. Não vou defender essa aí que aparenta ser da mesma laia do Feliciano. Ela que procure ajuda dos seus irmãos de Igreja, que claro, não vão ajudar e sim defender o Feliciano.

Anônimo disse...

Assino embaixo o comentário do anônimo (13 de agosto de 2016 18:39).

Esta novela está sendo ótima para servir de exemplo sobre como NÃO se pode simplesmente tratar denúncia como prova (seja no crime de estupro ou em qualquer outro).

Realmente fica difícil não pensar que as feministas, ao defenderem um estado de exceção jurídica para o caso do estupro, as feministas não estejam, mesmo que inconscientemente, colaborando para a formação de uma sociedade femista onde a palavra da mulher tenha valor automaticamente maior que a de um homem. Obviamente trata-se de uma realidade ainda distante, mas já estamos no início deste caminho.

Anônimo disse...

Sim pessoal. Esse caso é uma lição sobre como não devemos simplesmente confiar na palavra de uma mulher só pq ela disse que foi estuprada.
Devemos respeitar a presunção da inocência, e só punir caso haja provas.

Anônimo disse...

E mais uma coisa: parem de acreditar em foto de WhatsApp gente. Qualquer criança sabe fabricar essas "conversas".

Vocês são mais espertxs do que isso.

André disse...

Ninguém está punindo ninguém. O apoio à moça visa simplesmente tentar evitar que o rolo compressor político-policial-religioso passe por cima dela. Porque essa é a praxe.

Anônimo disse...

André,

Ninguém está punindo o Feliciano porque as leitoras desse blogue não tem esse poder, se tivessem teriam jogado ele na prisão quando a Patrícia acusou ele - antes mesmo de todas as mentiras dela aparecerem.

Anônimo disse...

Assistam esse video. Esse cara é especialista em neurolinguistica e já analisou depoimentos dos Nardoni, do goleiro Bruno, da Suzana Richtofen, do Michael Jackson, etc. Ele analisa a Patricia Lelis.
https://www.youtube.com/watch?v=_M4HRot0_hQ

Outro fato interessante é que Rodrigo Simonsen, o namorado da Lelis saiu fora, parece que percebeu quem é realmente a moiçola. Ele escreveu no facebook:
"Voltei, amigos. E solteiro.
Fui leal até o limite das minhas possibilidades, mas não podia comprar um atestado de loucura. Em minha credulidade, quase embarquei na maior barca furada da vida. Escapei a tempo. E agora conto com o apoio de vocês para retomar a vida normal."

Parece que essa história/estória vai longe ainda...

iacamiaba disse...

Lola, o Studart chama Patrícia de piriguete psicopata pilantra diariamente.
Ela pediu ajuda a ele e ele agora a trata assim.
Ele mencionou outros casos de assédio, estupro de Feliciano em Ribeirão Preto e mesmo assim a chama de piriguete. Atacar uma vítima que já está sofrendo risco de ser presa por extorsão, sendo que deveriam ir presos por suborno e ameaça, num caso envolvendo homens poderosos, histórico de estupro e capangas de estuprador, não dá pra ficar pondo lenha na fogueira pra vítima.
Já temos pouquíssima justiça e segurança pra mulheres q denunciam imagina quando são políticos.
Queremos ver justiça e punição de estupradores no poder.

André disse...

10:06,

Sinto muito, mas não vou discutir situações hipotéticas de um mundo que só existe na cabeça de misógino maluco.

Anônimo disse...

Situação hipotética?

É só ler o comentário da iacamiaba, ela considera a Patrícia como vítima só porque é mulher e já definiu que o Feliciano é um estuprador, sem prova nenhuma.

Ma Gato disse...

Nunca, em hipótese nenhuma, vou deixar de prestar solidariedade a uma vítima de estupro. Ainda acho que essa história não é apenas de caso, de forma nenhuma. Sobre coerência de relatos de vítimas de estupro, gente, não existe tal coisa.

Só relato livre, sem perguntas, feitos algumas vezes na presença de profissional pode detectar alguma coisa, julgamento de vídeo de entrevista controlada não dá.

Anônimo disse...

Conexão Reporter de hoje investigará essa celeuma. Roberto Cabrini entrevistou Patricia Lelis, Feliciano e o Bauer. Parece que vai passar imagens de cameras de segurança provando que Feliciano estava numa audiência no TRT no dia e horario do suposto estupro. Começa depois do programa Silvio Santos.

Anônimo disse...

Vamos combinar o seguinte: Estupro é crime, mesmo quando é cometido contra chantagista, mitômana, piriguete, pilantra, caluniadora, psicopata, criminosa, ou qualquer adjetivo depreciativo que se possa grudar nessa garota.
Ela vai responder, é quase certo, por falsa comunicação de crime. Vai responder por calúnia em ação anunciada pelo PSC; nesse caso o pastor anunciou que a "perdoa", resta saber qual será a atitude do seu assessor. A investigação em Brasília, até agora não iniciada, vai comprovar se realmente ela calunia o deputado como estuprador.
A polícia em SP investiga se houve crime de extorsão. Neste caso, todos envolvidos responderão, Patrícia e os que a auxiliaram: Emerson, que participou ativamente nas negociações, Marcelo, que aparece em foto reunido com o grupo no restaurante, Arthur, que recebeu os 50 mil do assessor em nome da moça e a passou pra traz, e talvez o namorado de Patrícia, o editor de livros reaças e antifeministas Rodrigo Simonsen.
O editor estava no hotel com a namorada durante as negociações, a polícia vai intimá-lo para esclarecer, até que ponto ele sabia dos fatos que traziam a presença da garota em São Paulo. Ele pode alegar que era o ÚLTIMO A SABER, de certos assuntos da namorada - parece que já assume isso publicamente - mas vai ser difícil explicar, que não via as movimentações o que aconteciam diante de seus olhos.
Se caracterizado crime de extorsão, todos adicionalmente responderão por formação de quadrilha.

André disse...

20:10,

Você acusa todas as leitoras e depois tenta provar sua besteira com UM comentário? Nem toda leitora comenta. O comentário citado não se encaixa na sua acusação.

Anônimo disse...

O fato é que, ao menos que se prove o contrário, esse moça não é vítima de estupro. O problema não é ela ser "chantagista, mitômana, piriguete, pilantra, caluniadora, psicopata, criminosa, ou qualquer adjetivo depreciativo", ninguém tem nada com isso. O fato é que, ao que parece, ela de vítima não tem nada e só quer extorquir dinheiro de um político famoso, e vocês estão caindo na conversa delas e julgando o Feliciano só porque ela disse que foi estuprada, como se nenhuma mulher inventasse denúncia falsa de estupro.

Anônimo disse...

Ah, finalmente chegamos no bom e velho "ela é que tem que provar que foi estuprada", que delícia

Anônimo disse...

Galera ainda não entendeu que:

1. Um crime não, necessariamente, anula o outro: ela pode ter sido estuprada (crime 1, cometido pelo Feliciano) e ter tentado extorquir o cara (crime 2, cometido por ela), por exemplo

2. Estar num relacionamento não impede que o cara acabe abusando de você, seja por quais "razões" forem

Anônimo disse...

"Ah, finalmente chegamos no bom e velho "ela é que tem que provar que foi estuprada", que delícia"

Google "ônus da prova". Bons estudos.

Anônimo disse...

oi LoLA ;)
Não sei no que acreditar, nossa estou tipo de cara com essa mulher, olhas esses prints:
http://www.newsrondonia.com.br/noticias/pastor+marcos+feliciano+recebeu+fotos+intimas+e+ameacas+da+mulher+que+o+acusa+de+assedio+veja/78634

longe de min defender o feliciano, mas essa mulher não ta cooperando, toda hora aparece uma mentira nova dela, penso que não podemos tomar a historia dela como verdadeira logo de cara, não e pq ela tmb é mulher que não devemos ter o senso critico, isso é estupidez de nossa parte, e tipo como defendermos a suzane richthofen só pq ela é mulher "ME POUPE", devemos combater os casos reais de estupro e devemos mais do que tudo, (caso esta historia dela não passe de mentira) "o que na minha humilde opinião é " devemos apoiar e aplaudir e fazer de tudo para a prisão dela, são tipos como essa mulher que nos da fama de mentirosas e doidas (to cansada de tipos como ela que nos da má fama, e tornam os casos reais de estupro algo BANAL). se o Feliciano estupro ele deve ser preso, se ela mentiu ela deve ser presa.


#SouMulherEApoioAVerdade

divulguem essa Hashtag

Obs:. Não vejo nenhuma contradição em ser feminista e ser evangélica, mesmo pq o líder desta religião é Jesus, e para aquelas que não sabem, ele foi o primeiro homem dos tempos antigos a nos dar o valor que merecemos, se não fosse por ele e pela religião cristã, ainda viveríamos usando burca e submissas aos homens, igual naqueles países do oriente que não aceitaram a JESUS.

desculpem ter de expressar minha opinião relacionada a minha fé, porem depois de ler tanto texto preconceituoso em relação a minha religião me cansei, algumas que acusam minha religião de ser preconceituosa, fazem aqui o mesmo..

lembrem se gentileza gera gentileza, e o mesmo principio se aplica ao preconceito..

sou feminista mais acima de tudo sou crista.

um ABRAÇO LOLA, da sua feminista crista Nº1

Anônimo disse...

"Ninguém está punindo o Feliciano porque as leitoras desse blogue não tem esse poder"

Acho hilário como há anos leio centenas de comentários iguais a esse vindo feministas, todos nessa linha "não temos esse poder [ainda]". Um recalque que mal conseguem controlar, imagine se um dia tiverem tal poder...

Anônimo disse...

"Nunca, em hipótese nenhuma, vou deixar de prestar solidariedade a uma vítima de estupro."

Eu também não, e acredito que pouca gente deixaria. Só não confunda VÍTIMA (comprovada) com DENUNCIANTE de um caso que ainda sequer foi julgado. Acusação não é a prova e a Patricia Lelis ainda não provou que foi vítima.

Anônimo disse...

É,por estas que não me defino feminista,prefiro ser por as mulheres!Mas as que são de verdade,que lutam e brigam por dignidade!!Nem sempre só por gritarem por abuso são merecedoras de justiça....muitas usam o sexo pra fuder com homens,e depois se fazem de vitimas ..não acho todos homens escrotos,ja vi muitas mulheres FDP..que provocam e depois se fazem de pobres coitadas

Anônimo disse...

02:44,

Não, obrigada. Você é que está bancando o advogado de pastor, então, que faça bem o seu trabalho.

Anônimo disse...

O problema é que é muito difícil "comprovar" um estupro, ainda mais quando já passou um tempo. Pra começar, estupro não é só porrada, hematoma e roupa rasgada. Ela pode ter sido vítima de estupro mesmo tendo um caso com ele e não sendo agredida, basta não ter sido consensual. Aliás, muitas vezes essa é a razão pela qual muita mulher não denuncia: porque sabe que vai ser desacreditada e humilhada por não ter "provas" no corpo, ou ter "provas" do marido/namorado/amante, o que já faz as pessoas duvidarem se foi consensual ou não.

No fim, a moça já foi jogada na fogueira. Talvez ela tenha pensado em tudo isso quando tentou pegar dinheiro pra ficar quieta, e talvez devesse ter sido melhor pra ela.

Anônimo disse...

Ao misógino da 00:02 e provável crentelho adorador de pastor: um crime não anula o outro, como resumiu com acerto o comentarista da 01:45. É difícil entender isso, ou preciso desenhar?

Mostrei que a polícia de SP, de forma bem competente, vem investigando os fatos da acusação da moça contra o assessor do deputado e revelando, a falsidade da denúncia e um esquema de chantagem e extorsão. Ela e todos que a auxiliaram devem responder por eses crimes.

Falta a polícia de Brasília apurar a acusação dela contra o pastor; se nada for provado, é mais um crime que ela comete. Esta investigação não deve ser sepultada, porque se provou que ela mentiu na outra denúncia.

Se o deputado é inocente da acusação, ele não deve ter medo de nada, deve ser o primeiro a exigir que as coisas sejam apuradas. Se ele tem a consciência limpa, não deve ceder a chantagista e ir logo soltando a grana para comprar o silêncio.

Se ele solta 300 mil fácil, para a primeira que aparece espalhando o boato de estupro, amanhã vai aparecer uma fila no seu gabinete, até com marmanjo tamanho armário dizendo que foi ESTUPRADO pelo pastor.

Você que baba ovo publicamente do pastor reúne assim, todos instrumentos para uma vaga nessa fila.

Unknown disse...

Sabe o que isso tudo me parece? Jogada para colar em Feliciano uma imagem de hétero. Só que deu ruim.

Anônimo disse...

"Se ele solta 300 mil fácil, para a primeira que aparece espalhando o boato de estupro, amanhã vai aparecer uma fila no seu gabinete, até com marmanjo tamanho armário dizendo que foi ESTUPRADO pelo pastor."

Correto, mas não é vc na pele de uma pessoa inocente (até que se prove o contrario) vendo sua imagem ser destruida, seu casamento, sua familia sofrer. As pessoas tomam atitudes nem sempre racionais.

Lembre-se do caso da Carolina Dickman que teve fotos intimas roubadas. Antes do caso explodir na midia, ela cedeu a extorsão e PAGOU para o criminoso não divulgar as fotos. Depois ocara pediu mais dinheiro, foi aí que ela viu que não teria fim e decidiu enfrentar o que ela passou vendo suas fotos intimas publicadas, ver o filho sofrer com piadas dos colegas na escolas e etc.
Ora, imagina se antes tivesse vazado que ela PAGOU pra não ter fotos divulgadas? O que não iam pensar? Se PAGOU é pq essas fotos tem algo muito grave, devem ser provas de um crime, de um adulterio, etc. E não era nada disso. Ela quis apenas preservar sua imagem e sua familia.

Então vamos parar de achar que uma pessoa ceder a extorsão é comprovação de crime. Isso não prova nada. Só prova que a pessoa está aflita em ver sua vida virada de cabeça pra baixo.

Ah, mas no minimo ele tinha um caso com a Lelis! OK, se tinha isso é problema dele, da mulher dele e talvez dos eleitores dele. Adultério não é crime. E se teve adultério é motivo mais que suficiente para querer abafar a história.

E se realmente teve estupro ou tentativa de estupro que a policia investigue, prove e o prenda! E só aí ele pode ser condenado e chamado de estuprador.

Anônimo disse...

Ceder à extorsão enquanto a suposta vítima fala de tudo o que o cara fez (até mordida ela cita, fora o fato de dizer várias vezes que ela não era o único caso) e o assessor não contesta nada é que é estranho. No mínimo, suspeitando de estar sendo filmado, ele deveria negar e negar - afinal, se ela vaza um áudio com acusações muitos mais graves do que um adultério, é muito pior pro Feliciano. Não parece só o pastor tentando esconder um caso.

Judith disse...

A parte boa é ver o Feliciano, Everaldo, com microfone na cara tendo de dar alguma satisfação para a imprensa. O Feliciano é puxador de votos. Carrega dezenas de candidatos nas costas a cada eleição. Por isso será regiamente preservado pelo Partido e pelos colegas. Mas não se iludam que o voto dos crentes será igual, não. Exceto se ele rezar na cartilha dos fundamentalistas norte-americanos que é: assumir alguma parte da culpa, bem levinha tipo "eu desejei o corpo da Patrícia sem nunca tocá-la", fazer "aconselhamento pastoral" junto com a esposa, ser pastoreado por um tempo pelo Everaldo e voltar regenerado e arrependido para o seio da família e da igreja. Aí, sim, ele pode reconquistar seus votos. Ele tem uns 18 meses pra encenar toda a cena. Até lá, a direita se encarregará de mostrar que a Patrícia é uma oportunista que seduziu o homem e quis faturar em cima. Quem já o despreza, como eu, continuará desprezando. Mas quem o idolatrava, está com a pulga atrás da orelha com tanta safadeza.

Anônimo disse...

"Lembre-se do caso da Carolina Dickman que teve fotos intimas roubadas. Antes do caso explodir na midia, ela cedeu a extorsão e PAGOU para o criminoso não divulgar as fotos".

Nada a ver a comparação. No caso da atriz ela estava sendo ameaçada, de modo concreto, de violação criminosa de sua privacidade. Ela não tinha cometido crime nenhum, foi vítima do furto de suas fotos e posterior processo de extorsão, mediante ameaçada da divulgação criminosa das fotos. Sua privacidade foi invadida, sequestraram a intimidade da atriz e pediram resgate, isso é uma ameaça muito mais real do que uma denúncia sem fundamento.

Se denúncias sem fundamento, de estupro ou de qualquer outra natureza, fossem ameaças reais, que bastassem emiti-las para constranger alguém rico e poderoso, para receber favorecimento em troca, seria muito fácil extorquir as classes dominantes, ou ameaçar qualquer cidadão. Denúncia sem fundamento, para quem tem a conciência tranquila, não é objeto de ameaça real que sirva como meio de chantagem.

Suponha que semana que vem apareça uma pessoa qualquer dizendo, que neste último domingo eu a violentei. Imagina se isso vai ser ameaça pra mim e minha família? Vou reunir todos e dizer que tem uma pessoa lunática e estranha afirmando, que esteve comigo num dia em que estivemos, as vinte e quatro horas reunidos em família, por causa da celebração do dia dos pais. Essa pessoa não vai levar meu dinheiro, pode fazer BO, pode denunciar onde for, vai levar um processo.

Anônimo disse...

700 reais na manicure? O que essa menina é, uma centopéia?

Anônimo disse...

"Não vejo nenhuma contradição em ser feminista e ser evangélica, mesmo pq o líder desta religião é Jesus"

O mesmo Jesus que disse que ninguém precisava de igreja e que o Templo estava dentro de nossos corações. O que falou que era pra você rezar quietinho no seu quarto e não na frente de todo mundo. O que falou que você até pode pagar dízimo, mas que não é isso que vai resolver a treta com seu irmão. Você não segue a Jesus. Você segue a uma igreja. E igrejas são categoricamente contra mulheres.

Harley PONTO AUTO disse...

Estranho como qualquer comentário sobre esse caso se torne apenas uma briga de direita contra esquerda... Porém apenas uma constatação tenho a fazer... Realmente uma vítima de estupro pode levar muito tempo para decidir e tomar coragem para denunciar... Mas alguma erraria o dia fatídico? Algo muito marcante para ser confundido... Porque dia 15/06 o deputado teve audiência com o ministro do trabalho e sessão na câmara com início às onze, onde a presença também é comprovada... Fala-se como se toda a direita fosse hipócrita e se toda a esquerda fosse uma reunião de mocinhos bem intencionados... Não sejamos inocentes... Em ambas as ideologias existem os equívocos,inerentes a existência humana... Esse joguinho político do bem contra o mal rouba toda sensatez que existe em um material informativo isento e realista.

Harley PONTO AUTO disse...

Quanta ignorância... Deve ser mais uma dessas que buscam simbolismos e imagens para se masturbar... Pedem respeito e igualdade, mas são exemplos tórridos de intolerância e agressão ao direito alheio... Isso sim é o maior clássico da hipocrisia... Aff! Cansei

Anônimo disse...

Evangélica e feminista é o mesmo que católica e feminista: uma piada.

Anônimo disse...

16 de agosto de 2016 09:36

Qual o problema de ser cristã e feminista? A própria Lola já publicou Um Guest Post de uma:

http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2016/02/guest-post-crista-e-feminista-gracas.html

Anônimo disse...

Feliciano, meu voto é seu! Abraços!!!

Anônimo disse...

Esse caso faz-me lembrar o que ocorreu com o ex-deputado Ibsen Pinheiro.
Uma mentira destruiu a vida e a reputação dele pra sempre.
Por isso muito cuidado quando se acusa alguem.
enrjk

Baudo disse...

"Evangélica e feminista é o mesmo que católica e feminista"

Informe-se, a ignorância não é uma benção:

Católicas pelo Direito de Decidir
https://pt.wikipedia.org/wiki/Católicas_pelo_Direito_de_Decidir
http://catolicas.org.br/
https://www.facebook.com/catolicasdireitodecidir

Assista:
https://www.youtube.com/user/cddbr
Estado Laico: a melhor receita para os direitos humanos.
"Intolerância em nome da fé envenena as relações humanas" (observação minha: vale também para os que não têm fé)
https://www.youtube.com/watch?v=eo_wjpFpAng

Leia:
Condenar as mulheres que abortam? Só por cima dos nossos cadáveres
"Por Católicas pelo Direito de Decidir...
... Pela legalização e descriminalização do Aborto".
http://catolicas.org.br/novidades/notas/mulheres-cadaveres/

"Nós, Feministas e Católicas pelo Direito de Decidir..."
http://catolicas.org.br/novidades/catolicas-contra-escola-sem-partido/

http://revistatrip.uol.com.br/tpm/uma-visao-catolica-a-favor-do-aborto

Tem também evangélica didendo: Marco Feliciano e Silas Malafaia não me representam!
https://www.youtube.com/watch?v=yqsW7YDNlsk
https://www.youtube.com/channel/UC_arES8vhpz4qAmCDAUZf2w

Ellen disse...

"Católicas pelo direito" não são católicas.

A fundadora é uma ex-freira com posições agnósticas e pagãs. E bem, um pré-requisito para ser "católico" é aceitar a autoridade do Santo Padre, que ainda não chegou ao ponto de relativizar a vida na questão do aborto.

Enfim, essa ONG está para o catolicismo como o Fêmen Brasil estava para o feminismo.

http://www.montfort.org.br/bra/veritas/vida/cdd/

Anônimo disse...

"Porque dia 15/06 o deputado teve ... sessão na câmara com início às onze"

A sessão da câmara referida, que o deputado marcou presença no painel eletrônico e assim constou em ata (http://www.camara.leg.br/internet/ordemdodia/integras/1468351.htm), foi esta:

Local: Anexo II, Plenário 13
Data: 15/06/2016

Iní­cio: 10:01 / Fim: 14:02 / Duração: 04:01:32

Sessão: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática - Audiência Pública

http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/webcamara/videoArquivo?codSessao=57007

Assisti dois vídeos com a deputada Luiza Erundina, que, como é do seu caráter, teve participação muito ativa, não se limita a marcar presença em placar eletrônico, como fazem muitos dos picaretas "nobres" deputados.

Não consegui identificar, nos vídeos assistidos, a presença do pastor no plenário. As intervenções da deputada foram às 11:42:50 e às 12:57:58. Assistam e me ajudem a identificar o pastor:
https://youtu.be/qWhVnCW8wD0
https://youtu.be/O9nD5IUJHM4

Os vídeos da Câmara, sobretudo na garagem, poderão ajudar o pastor, ao informar o horário efetivo de sua presença na Casa.

Anônimo disse...

Enfim, essa ONG está para o catolicismo como o Fêmen Brasil estava para o feminismo (2)

Bjo

Baudo disse...

Assim como aborto, a Igreja Católica também proíbe o divórcio, mas nem por isto milhões de divorciados deixam de considerar-se católicos. São pessoas que aceitam a autoridade do Papa, mas não sobre seus casamentos. Do mesmo modo, pessoas que se consideram católicas têm pontos de vista sobre o aborto diferentes do Papa.

Um exemplo notório desses dois grupos era a apresentadora de TV Hebe Camargo. Ela considerava-se católica. Politicamente conservadora, casou-se duas vezes ─ na primeira vez foi de vestido rosa para denotar que não era mais virgem ─ confessou que quando jovem decidiu realizar um aborto e fez a seguinte defesa:

"Sou católica, mas defendo o aborto em alguns casos. A filha de uma conhecida minha foi estuprada e a família não quis o aborto. Foi pior: o filho nasceu com a cara do estuprador. É um estigma para o resto da vida. Num caso desses, como a Igreja pode ser contra"?

http://observatoriodaimprensa.com.br/entre-aspas/bia-abramo-30078/

Para conhecer melhor o posicionamento do segundo grupo:
http://www.religiousconsultation.org/doutrina_moderada_Brazil_Portuguese.htm

Pode-se defender causas feministas e permanecer católico e cristão. O feminismo também não é delimitado no espectro político, como propagandeiam certos círculos da direitosos. Dá para ser favorável à causas feministas e ser de direita, qual é o problema? Hilary Clinton está aí para provar isto. É preciso colocá-la diante de um Trump, para se tentar enxergá-la à esquerda no espectro político, mas não sei não, hem?. Até Churchill e De Gaulle ficavam de esquerda diante Hitler e Mussolini.

A direita católica é um sepulcro caiado. Invocam que não é possível ser católico sem acatar a autoridade do Papa, quando isto lhes é conveniente, mas... perguntem o que pensam sobre o Concílio Vaticano II, de certos trechos da Populorum Progressio e da recente Laudato si' e dos Papas que tomaram essas iniciativas e posicionamentos? Quero ver assumirem a autoridade do Papa nesses temas.

http://www.religiousconsultation.org/doutrina_moderada_Brazil_Portuguese.htm

Desculpem-me a sinceridade, mas a comparação dessa ONG com o Fêmen Brasil é, para dizer o mínimo, muito infeliz.

Um beijo para todos.

Anônimo disse...

Alguém assistiu o Conexão Reporter?
- O programa mostrou imagens de segurança do ministério do trabalho que mostra Feliciano entrando no predio as 8:45 do dia 15/junho e saindo 11 hrs da manhã. Ou seja, ele não estava em seu apto funcional na hora que a Lelis alega que foi estuprada.
- Cabrini mostrou que qualquer pessoa que visita o predio tem a entrada e saida registrada no livro de visita da recepção, oonde o visitante precisa apresentar um documento com foto.
- Lelis alega que não precisou se registrar. Jura?
- Cabrini pediu a Lelis que descrevesse o apto do feliciano. Ela descreveu corretamente, o que mostra que ela conhece qualquer um dos aptos pois todos são iguais, até na mobilia. A unica coisa de diferente é um quadro da Monalisa em destaque na sala de estar de Feliciano que Lelis não citou. Algo estranho pois é um quadro que chama muita atenção.
- O diretor da universidade que a Lelis frequantava disse que ela é conhecida lá por inventar diversas mentiras, como falsificar laudo medico atestando que ela tem cancer no cerebro, fez isso para justificar a falta numa prova. Dizia que era embaixadora da ONU, fez montagem em fotos para mentir que viajou pra NY, Dubai, Genebra como embaixadora da ONU.
- A vizinha fantasma que a salvou do estupro, até hoje ninguem sabe quem é, ninguem viu.

Será que vai ter post nesse blog atestando a inocencia do Feliciano? Será?

Anônimo disse...

ahahha sim 19:25, acho que não deu certo!

Lola, não foi desta vez.

Anônimo disse...

Não dá pra comparar divórcio com aborto, há uma galáxia entre eles. Divórcio é aceito e praticado porque convém a homens. Aborto é "coisa de mulher", e isso já vem carregado de um milhão de dedos apontados por gente que não entende nem quer entender o que é vivenciar isso.

Anônimo disse...

"- Cabrini mostrou que qualquer pessoa que visita o predio tem a entrada e saida registrada no livro de visita da recepção, oonde o visitante precisa apresentar um documento com foto.
- Lelis alega que não precisou se registrar. Jura?"

Será que é tão difícil um pastor rico e político com um caso fora do casamento dar um jeitinho pra amante não assinar um livro? Será???

Baudo disse...

"Não dá pra comparar divórcio com aborto..."

Não fiz comparação de divórcio e aborto. Fiz a menção aos dois no contexto de uma resposta, em que a interlocutora afirmava que "ser "católico" é aceitar a autoridade do Santo Padre". Se assim fosse, milhões e milhões de divorciados não seriam católicos. Do mesmo modo, não seriam católicos os padres tradicionalistas, que não aceitam o Concílio Vaticano II e continuam rezando missa em latim de costas para os fiéis, e todos aqueles que rejeitam as encíclicas que citei. Dei um exemplo de uma pessoa que se considerava católica, foi casada duas vezes, fez um aborto e defendia essa prática em certas situações.

Você acha que todo muçulmano é abstêmio? Que não exista judeu que coma presunto ou camarão? Que todo cristão ou cristã casa virgem e faz sexo só dentro do casamento? A maioria das pessoas religiosas não conseguem seguir, ao pé da letra, os cânones de sua religião. Nessas religiões monoteístas há um mandamento explícito, para não cobiçar a MULHER do próximo; de acordo com o ensinamento delas também, mulher não cobiçaria mulher, pois cobiçar mulher é permitido e apropriado só para HOMENS. O pecado deveria ser destes últimos, mas adivinha quem são As apedrejadAs?

Anônimo disse...

"Será que é tão difícil um pastor rico e político com um caso fora do casamento dar um jeitinho pra amante não assinar um livro? Será???"

Pode até ser possível, embora seja sim difícil, mas como o pastor fez para não ser filmado nas câmeras de segurança? É tão influente que até as câmeras obedecem ele?

Pelo que tenho visto do caso, o Feliciano que é a vítima desse caso.

Anônimo disse...

"Pode até ser possível, embora seja sim difícil, mas como o pastor fez para não ser filmado nas câmeras de segurança? É tão influente que até as câmeras obedecem ele?"

Acho que não, mas que tal as pessoas que operam as câmeras? Seria o primeiro caso de adulteração de imagem?

Anônimo disse...

Nossa, imagens adulteradas!? É tão mais fácil uma empresa de segurança terceirizada ter feito isso do que uma mentirosa já confirmada ter inventado uma denúncia de estupro, sério mesmo?

Não tem jeito, a ideologia ou o ódio ao Pastor Feliciano está deixando vocês cegas - ou é falta de honestidade mesmo.

Reitero, se tem alguma vítima nesse caso é ele.

lola aronovich disse...

As imagens divulgadas por câmeras de segurança mostram que Feliciano esteve trabalhando até às 10 da manhã no dia 15/6. Patrícia disse que a tentativa de estupro aconteceu entre 9:30 e 11. Claro que ajudaria a dar credibilidade à versão dela se ela soubesse o horário exato. Mas não entendo por que ainda não investigaram os vídeos do prédio de Feliciano. Há câmeras no elevador, nos corredores, deve haver na entrada. Será que alguém já fez essas imagens desaparecem?
Uma coisa é Patrícia mentir. Ela mente mesmo, e isso já ficou comprovado em vários momentos. Mas achar que o PSC e Feliciano estão falando a verdade é dose. PSC disse que Patrícia não era membro do partido e que Pastor Everaldo não se reuniu com ela. E quem acredita que Feliciano foi um pobre coitado assediado por Patrícia e que seu chefe de gabinete tentou comprar o silêncio da moça sem o conhecimento do deputado pastor merece ter o deputado pastor que tem...

Anônimo disse...

"É tão mais fácil uma empresa de segurança terceirizada ter feito isso"

O defensor do pastor nunca ouviu falar em dinheiro? Será que é porque dá todo o seu pro pastor?

Marcia disse...

Elá diz entre 9:30 e 11 horas, não tem certeza do horário certo.
Ele saiu as 10 horas do endereço outro e não as 11 horas, como tu diz. Nesse tempo das 10 as 11 horas, não se sabe onde estava.

Roxy Carmichael disse...

O blog coluna da esplanada tá noticiando que os videos do elevador e da portaria do edificio funcional são apagados depois de 22 dias. já passou mais de dois meses do suposto evento. mas eles tão dizendo que a pf tem tecnologia pra determinar a localização do celular da patrícia e do feliciano no dia e horario fatídico.

no afã de defesa aí do pastor, o sherlock ali não tá entendendo que o grande lance aqui é que feliciano pode até ter ido às nove no ministerio como alega, mas o apê dele fica a menos de 10 minutos da esplanada. de forma que dá tempo pra ir, receber a patricia, entre as 10 e às 11, horario em que ela indica ter ocorrido o estupro.

e outra, eu não conheço nenhum apartamento como aquele mostrado no programa do sbt. tem uma divisão que pode ser qualquer coisa, menos padrão. achei a planta bastante labiríntica. quanto ao quadro, cabrini insiste em que ela DEVERIA mencionar, mas acho totalmente plausivel que nao tenha prestado atenção. talvez alguém poderia se espantar com o ridículo que é ter uma réplica da monalisa no meio da sala, mas patricia nao me parece uma mocinha muito criteriosa.

Roberto Isidoro disse...

Lamentável tudo isso...

Anônimo disse...

Não são somente vídeos do prédio do deputado que explicariam seu trajeto, após a reunião no ministério. Existem vídeos do próprio Congresso Nacional. Se ele esteve no ministério naquela manhã, resta saber a que horas entrou no Congresso.

Se a empresa também apagou esses vídeos, do prédio de um dos poderes nacionais, trata-se de negligência muito séria, sujeita a apuração rigorosa e suas consequências.

Houve uma reunião de comissão, onde ele marcou presença no painel eletrônico e assim constou em ata: http://www.camara.leg.br/internet/ordemdodia/integras/1468351.htm

Local: Anexo II, Plenário 13
Data: 15/06/2016
Iní­cio: 10:01 / Fim: 14:02 / Duração: 04:01:32
Sessão: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática - Audiência Pública

Existem vídeos gravados das intervenções na reunião, onde a alguns flagrantes do plenário. A deputada Luiza Erundina postou na rede, as duas intervenções que fez na reunião, que foram às 11:42:50 e às 12:57:58, ocorreram depois das 11 h, portanto. Assistam:
https://youtu.be/qWhVnCW8wD0
https://youtu.be/O9nD5IUJHM4

Mais vídeos podem ser assistidos no seguinte endereço:
http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/webcamara/videoArquivo?codSessao=57007

Anônimo disse...

Que risadas espontâneZzzzzz, a crentalhada pira

Anônimo disse...

É complicado isso de não confiar na palavra da garota, porque quase sempre é só o que há.
E quase sempre o caso não é um caso sórdido desses, com gente escrota por todos os lados (o que não impede que tenha ocorrido o crime, mas é difícil saber).

Anônimo disse...

Feliciano, você me representa.

Continue fazendo esse ótimo trabalho.

Anônimo disse...

Não adianta os crentes comemorarem, a imagem desse cara está bem suja e, mesmo que não tenha ocorrido estupro, certamente aconteceu algo entre o "defensor da família" e essa moça, além do partido que tentou comprá-la... enfim, todos imundos, e os crentes em desespero.

Anônimo disse...

Ahahhahah dá-lhe feliciano, comedor!!!

Esse cara manda bem!

Anônimo disse...

Não adianta essas feministas tem tanto ódio do Feliciano que mesmo se aparecer imagens da Lelis no shopping as 10:10 da manhã do dia 15, vão dizer que Feliciano a estuprou entre 10:00 e 10:10.

Migs, vamos assumir a derrota. Não foi dessa vez que pegaram o Feliciano.

Tá na cara que eles se comeram e ela quis ganhar dinheiro em cima. Mas foi burra e vaidosa pra não querer perder a imagem de "moça de familia". Feliciano foi burro de vazar o nude da conversinha picante deles, o tal Thiago viu quem era a Lelis e saiu fora (pulou uma fogueira, kkkk). Daí ela quis vingança, mas não soube bolar um plano inteligente.
Se tivesse se assumido como amante, teria tido mais credibilidade nessa história de estupro, mas como disse foi burra. Em vez de conseguir provas contra o Feliciano, ela só conseguiu provas contra ela mesma.

Essa polemica já deu, vamos a proxima. NEXT!

Eli disse...

Lola.. Como eu gostaria de falar contigo.. Me passa wpp

Anônimo disse...

13:15,

O fato do Feliciano comer uma fulana fora do casamento já são seria uma derrota pra ele? Ou crente é tão cego que nem isso eles respeitam da bíblia?

Só estou tentando entender essa euforia aqui...

Anônimo disse...

Olha, eu acho que dá sim tempo do feliciano sair lá do encontro com o ministro, o apartamento do feliciano não é tão longe da esplanada, e sem transito ele chega rapidinho. Ele falou com o ministro, entrou no carro rapidinho, ligou pra moça esperar que ele já tava chegando pra ataca-lá, estacionou, subiu pro ap, abriu a porta, deixou a garota entrar, deu uma rápida mostrada no apartamento, ofereceu um cargo alto no psc, bateu o ponto rapidinho na câmara (acho que já dá pro deputado votar pelo celular, né? Tempos modernos), ouviu uma recusa, deu uns murros nela, trancou a porta, foi na cozinha, pegou uma faca, mandou ela deitar na cama e lá ficou com ela e as 11 da manhã ele já está pronto pra outra!

Feliciano, você é O CARA!!!!!!
Ahahhaha, abraços, amigo!!

Anônimo disse...

Cêis viram o SuperPop ontem? Luciana Gimenez ficou abismada com o tanto de contradição da menina Lélis, ela deu tanta alfinetada na Lelé que foi ilário. Assistam, tem o programa na integra no youtube, é só pesquisar por "patricia lelis no superpop". Imperdivel!

Depois de ver o programa vão no perfil da Sarah Winter no facebook. Ela fez varios videos ao vivo depois do programa e contou tudo que sabe sobre a Lelé. E postou tb as conversas das duas no whatszap.

Cêis viram tb que Lelé foi indiciada em SP e o delegado pediu a prisão preventiva dela? Eu acho que essa polemica ainda tá longe de acabar. Tem muita coisa ainda pra vir a tona. Melhor que novela da rede grobo.

Anônimo disse...

O SBT Brasil noticiou que a Patricia será presa preventivamente, e que ano passado ela foi diagnosticada como mitomaníaca. Procurem o vídeo no youtube. É... A casa caiu.

Anônimo disse...

E agora? Diante de um laudo psiquiatrico feito ano passado atestando que Patricia é Mitomaniaca (tem compulsão por mentir), será que ainda vão querer "estuprar" os fatos para colar na testa do Feliciano o rótulo de estuprador?

Simplesmente não dá pra acreditar em NADA, NADA que ela fala. É tanto que a versão dela muda a cada entrevista. Para o Cabrini ela disse que quando a vizinha fantasma tocou a campanhia ela vestiu o vestido de qualquer jeito pra sair. Para a Gimenez ela disse que colocou o vestido na bolsa e vestiu só o sobretudo.

Até então eu acreditava que isso tudo era pura briga de amantes, mas até isso já estou achando que não existiu. Acho que eles nunca tiveram nada e ela é uma louca mesmo. Uma louca que está causando um enorme desserviço a causa contra a cultura do estupro, contra as vítimas reais desse crime horrivel.

Já estou imaginando que quando tudo cair no esquecimento, ainda vai ter protesto contra o Feliciano pra cuspir nele o chamando de estuprador. Do mesmo jeito que até hoje o chamam de racista, sendo que já foi inocentando ha muito tempo pelo STF. Mas não adianta provar a inocência, gente de má fé continua a difamação.

Anônimo disse...

Independente de gostar ou não do Feliciano, me assusta o quanto tem gente comemorando que uma história dessas exista, porque mexe com um assunto muito sério.

JOSUE ALVES disse...

TUDO BEM. FAZ SENTIDO.

MAS EU POSSO CRIAR UMA RELAÇÃO FANTASIOSA A QUALQUER MOMENTO.
VOCE ACHA QUE SE A MINHA VIZINHA ENTRAR NA MINHA CASA COM TODO RESPEITO DO MUNDO, CONVERSAR COMIGO E SAIR E SE DIRECIONAR A DELEGACIA ME ACUSANDO DE NO MINIMO UMA TENTATIVA DE ESTUPRO, EM QUEM VCS ACHAM QUE A POLICIA VAI ACREDITAR..? EU SEREI PRESO PREVENTIVAMENTE, IMEDIATAMENTE.
É MAIS OU MENOS POR AI.2 E OUTRA ELA NAO É BURRA, ARDILOSA, MAQUIAVELICA.
ELA NAO CONSEGUI PASSAR NO TESTE DO SUPERPOP, QUE PRA MIM É POBRE DE CULTURA E INTELECTO, ELA VAI CONVENCER A QUEM?
NO SBT NAO DEU, NA REDETV NAO DEU, COM O DELEGADO NAO DEU, ONDE DEVE IR PRA MAQUIAR MELHOR OS FATOS?

#SOMOSTODOSFELICIANO

lola aronovich disse...

Josué, em que mundo vc vive? No mundo real, se sua vizinha te acusar de estupro, muita gente não acreditará nela, ou dirá que ela mereceu, ou que estava pedindo. Ela será mal atendida até na Delegacia da Mulher. Com sorte conseguirá que haja uma investigação. No mundo real, apenas entre 10% e 35% dos casos de estupro sequer são denunciados. E, mesmo entre esses casos, a impunidade reina. Calcula-se que cerca de 2% dos casos de estupro resultem em condenação para o estuprador.
E sobre a Patricia, parece que é bem lucrativo "inventar" um estupro contra Marco Feliciano (vale para outros pastores e políticos de direita também?). É só falar que houve uma tentativa de estupro e o chefe do gabinete do deputado te dará 50 mil reais, com promessas de 300 mil e crescimento dentro do partido, para comprar seu silêncio. E o chefe de gabinete é tão bonzinho e ganha tão bem que dará toda essa fortuna do seu próprio bolso pra primeira pessoa que acusar o patrão, sem importunar o deputado! Sério que vc acredita nessa história?
Faz 3 posts e não sei quantos comentários que estou dizendo a mesma coisa: TODOS os personagens envolvidos nessa história são reaças. E todos já provaram que mentem.

Anônimo disse...

Lola, você está acreditando nessa estória toda?
Parece que o mundo foi dividido entre Direita e Esquerda;Feministas e Machistas; reacionários e revolucionários e daí em diante.
enrjk

Anônimo disse...

Tive a curiosidade de colocar no gooogle: "apartamento funcional brasilia deputados".
Adivinha o que aparece? Varias fotos de apartamentos IDENTICOS ao do Feliciano. Tem até foto da planta. Até a mobilia é igual, a parede solta que separa a sala de estar da de jantar, tudo igual. A banheira, a porta de correr, extamente igual.

Apartamento funcional é como um hotel, onde as suites tem a mesma planta, mesma mobilia, mesma decoração... Os parlamentares não moram lá, só dormem 2 ou 3 noites na semana, já que o congresso só funciona de terça a quinta.O resto dos dias eles ficam nas suas residencias nos estados de origem.

Portanto, qualquer pessoa que fez uma busca simples na internet sabe descrever qualquer apartamento funcional, inclusive o do Feliciano. Não precisa ter entrado e nem chegado perto do predio.

Então o que essa garota tem para provar as acusações? NADA! Demorou tanto pra procurar a policia que as imagens dos predio se apagaram depois de 22 dias (tempo padrão). Não tirou fotos dos machucados, não fez exame de corpo de delito. Não há como provar que esteve no predio, nao há como provar que saiu de lá com hematomas.

A única coisa que essa garota tem a a palavra dela. A palavra de uma mitomaniaca.

Mauro Aloizio disse...

Desculpe, Lola, mas aparecer imagem em câmera dos 2 entrando juntos no apartamento parece humanamente impossível. Tendo em vista que no dia 15 de junho às 9h da manhã, horário do estupro ocorrido na mente da Patrícia Lélis, o pasto Marco Feliciano estava em reunião em outra cidade, de acordo imagens comprovadas pelo vídeo que inclusive foi mostrado no Superpop. Onde a pobre vítima e atriz Global, Patrícia Lélis fez a piadinha de que o Feliciano poderia ser tão abençoado que Deus lhe teria dado o dom da onipresença. Toda essa farsa é única exclusivamente pelo fato da possibilidade do Feliciano vir como vice presidente do Bolsonaro em 2018.

Roxy Carmichael disse...

Bom, é possível que ela esteja mentindo? Com certeza! Falamos sobre essa possibilidade em comentarios anteriores, depois de ver o video do Metropoles. Mas está clarissimo que ela não é a unica mentirosa nessa historia. Uma vez mais, quem tá no afã de defender o pastor é quem tá tendo a visão recortada para essa realidade toda que é bastante mais ampla que a personalidade mintomana da patricia (o que aliás ninguém aqui ta discordando). Vamos aos outros pegos na mentira (lola ja disse antes mas entendo que na cultura do estupro é assim mesmo, agua mole, pedra dura). Pastor Everaldo disse que não se reuniu nunca com ela, depois disse que se reuniu com a executiva do partido. Assessor disse que tirou dinheiro do proprio bolso pro controle de crise (mas que crise se feliciano pode provar que nada fez e ainda por cima sair de heroi contra mulheres, essas evas interesseiras e vis?) sem notificar o patrão. Isso é o que chamo de "dinheiro fácil". Por último, vc estrategicamente ignora o que eu falei no outro comentario: policia diz que pode localizar suposta vitima e suposto agressor atraves do celular. Não é magico??? Eu se fosse vc esperaria o resultado dessa pericia, como aliás estou esperando. Porque ela no mínimo prova que Feliciano mentiu. E vamos lá repetir com a titia: não existe vitima perfeita de estupro. Aliás o caso de extorsão que tá bem mais proximo de ser considerado fato casa perfeitamente com o fato de ela não ter ido fazer o boletim de ocorrência. Quantos aos hematomas eu tb me surpreendi de ela nao ter tirado foto, mas acho que a ficha dela caiu depois. A ficha de: entendi o que rolou, isso é grave e grande, posso me beneficiar. Se assim for, que ela seja culpada pela extorsão e que ele seja pelo estupro.

Anônimo disse...

No site "Gospel+" tem uma informação que parece ser uma pá-de-cal sobre esse dramalhão todo.
A estudante mostra interesse em "dinheiro" e pretensão em ser "deputada".
Ela não é boba coisa nenhuma.

enrjk

Anônimo disse...

"Por último, vc estrategicamente ignora o que eu falei no outro comentario: policia diz que pode localizar suposta vitima e suposto agressor atraves do celular. Não é magico??? "

Ok, se provarem isso (que os os dois estavam juntos no apto), vão provar somente que eles tinham um caso amoroso. O que é motivo suficiente para querer pagar pelo silencio dela. O que é motivo pro Pastor Everaldo ter conversado com ela (se isso for comprovado), motivo pro assessor ter dado dinheiro, etc, etc, etc,... ADULTÉRIO NÃO É CRIME! Sim, é moralmente errado para um pastor que arrota "moral e bons costumes", ele mentiu, ok, mas NÃO É CRIME!

O máximo que seria possivel provar é que os dois tinham um relacionamento. Só isso! O que explica eventuais mentiras do Feliciano, do assessor, e do Everaldo. E daí se todo mundo mentiu para esconder a aventura amorosa do Feliciano? Ou pra evitar um escandalo super nocivo a imagem do Feliciano e do partido?

Provar tentativa de estupro e agressão fisica só seria possível provar se ela tivesse denunciado o caso logo, pq ai teriamos imagens dela entrando e saindo do apto, teriamos exame de corpo de delito e varias outras provas. É tão dificil entender isso? O ódio pelo Feliciano é tão grande que causa cegueira e burrice?


Hele Silveira disse...

Mas Bolsonaro e Feliciano podem vir como candidatos à vontade! Eles mesmos trabalharam para excluir tantos eleitores, que só terão os votos dos neopentecostais, o dos mascus e o da Sara Winter, kkkkkkkkk. Serão massacrados e vai ser LINDO! Vamos colocá-los no lugar que merecem, recolhendo-se às respectivas insignificâncias.

Anônimo disse...

Hele Silveira,

Talvez você se surpreenda com quantidade de votos que Bolsonaro receba se for realmente candidato a presidente. Deixo claro que não sou simpatizante dele, muito pelo contrario, estou sim com bastante preocupação em relação a essa ascensão da direita. Mas estou terminando o curso de Ciências Politicas e isso está sendo bem debatido.
Ele foi o deputado mais votado no Rio em 2014. Se você der uma passeada nas redes sociais dele vai ver que ele é o único politico que é bem recebido por populares na rua, muita gente para pra cumprimentar, tirar foto, declarar apoio. E engana-se quem pensa que gays, mulheres e negros odeiam Bolsonaro. Ele vem crescendo nesses grupos apesar do boicote da mídia.
E isso não é porque ele é um bom candidato, bem longe disso, ele tem muitos defeitos, mas as pessoas estão saturadas de corrupção e ele se apresenta como politico que nunca se envolveu em escândalo de corrupção em 25 anos no congresso.
É preocupante o crescimento dele porque atualmente a mídia não dá espaço pra ele como dá pra políticos da esquerda. E numa campanha eleitoral, com tempo na TV garantido por lei, com debates nas emissoras, ele pode ter um crescimento explosivo. Ele poderá dar sua versão para todas as polemicas que se envolveu com gay e negros, e acredita-se que esses assuntos são secundários para o brasileiro médio. As pessoas querem solução para crise econômica, saúde, violência, desemprego. E não aceitam mais políticos corruptos.
É bom a esquerda não subestimar o Bolsonaro, nem achar que ele é o candidato "café com leite", que será engraçado tê-lo na disputa presidencial. Não esqueçam do efeito Tiririca. As pessoas podem votar do Bolsonaro como voto de protesto por pura falta de opção. Se não surgir um nome novo, sem ligação com toda esse escândalo de mensalão e petrolão, estaremos em maus lençóis.

Anônimo disse...

A esquerda, infelizmente, subestima todo mundo. Foi tomada pelo ativismo de internet (sem indiretas pra Lola, amo esse blog). Acha que escrever FORA TEMER no facebook adianta algo, que publicar print de conversa com homem falando "não existe homem feminista" é sambar no patriarcado, etc. O governo subestimou a população que se reunia nas ruas, subestimou os políticos que se reuniam pro golpe e subestimou o golpe. E veio o golpe. Agora, só espero o pior.

Roxy Carmichael disse...

Essa resposta foi pra mim? hehehehe
Porque não importa o que eu argumente e com a elegância que eu argumente, você continua tentando colar em mim uma pecha que claramente não cola. Melhor então trocar aquela ideia "esperta" com a parede rs. Tentando colar em mim pecha de cega pra todas as ambiguidades do caso pelo fato de feliciano ser o suposto agressor, quando faço referências a todas essas ambiguidades nos meus comentários...quem não faz menção a todas as pontas soltas desse caso é você, coleguinha.
O que eu disse é: localizar os dois no apê prova ao menos uma coisa: que feliciano mente, jurando falar a verdade. Tá lá ó: "Porque ela no mínimo prova que Feliciano mentiu". Nos meus comentarios anteriores inclusive, entre as minhas hipóteses, esta aquela em que os dois tinham um caso, você não leu? pode até ser que não tenha tido tempo, mas continuar colando essa pecha em mim, tá ficando feio...
pastor everaldo ja assumiu que encontrou a moça, ficou sabendo não?
quanto a crime de estupro, talvez você nao esteja muito por dentro, mas assim é um crime dificil de provar mesmo com exame de corpo de delito porque muitas vezes não tem sinais de agressão. segundo, já ouviu falar em estupro entre casais? eles acontecem aos montes. se você for homem, é bom saber que quando uma mulher diz não, e mesmo essa mulher sendo sua esposa, mãe dos seus filhos, você não tem direito a forçar a barra pra ter sexo contra a vontade dela, fica a dica. ou seja, eu realmente acredito que eles tinham um caso, isso inclusive tá escrito com toda as letras nos meus comentários anteriores, mas, acho possível tanto que ela inventou a historia do estupro porque não ia pegar bem pra ela ser a amante (até pq ele vazou antes do caso todo vir a tona, uma foto dela numa conversa com duvivier), quanto que ele a tenha estuprado no contexto de uma relação extraconjugal (mas sem soco na boca, faca e toda a narrativa dela). pra isso, estupro, acontecer é muito simples: basta ela dizer não e ele forçar a barra. essa é a definição de estupro, te aviso porque você claramente não sabe. Provar isso é muito difícil certamente, mas não quer dizer que não possa ter ocorrido.

Anônimo disse...

Pra mim, o que ele tentou comprar foi o silêncio sobre ser adúltero. Seria muito bom que casos assim fossem bem analisados pra não relativizar e banalizar o crime.

Anônimo disse...

Coleguinha,
É claro, obvio e evidente que estupros ocorrem entre amantes, entre cônjuges, entre namorados, e etc, etc. quem disse o contrario?
Estupro nem sempre deixa lesão, sim eu sei. Mas existem outras provas/indicios fortes, cameras de segurança ou testemunhas que viram a vitima entrar e sair do local, que viram a vitima desnorteada, existem outras vitimas que denunciam depois de ver o caso na midia, e etc, etc. TUDO isso a mitomaniaca poderia ter se estivesse falando a verdade.
O que coloquei é que nesse caso não dá PARA PROVAR que houve, devido a demora da mitomaniaca em denunciar. Volta lá e leia de novo. Se tivesse denunciado antes teria (teoricamente) corpo de delito, neste caso tem denuncia de soco (ou mordida, ou chute na boca - dependendo da versão) e agressão na perna. Não tem imagens dela no predio, a vizinha fantasma voltou pro além, não tem testemunha, então se não tem como PROVAR não há como CONDENAR alguém. Dá pra entender?

Mesmo que o STF acolha a denuncia, provavelmente não haverá nem indiciamento por falta de provas. Mas se mesmo assim vc quer chamar o cara de estuprador sem ter prova, só pq uma doente acusou, ok problema seu. Mas o fato é que todo mundo é INOCENTE até que se PROVE o contrario.

Anônimo disse...

É isso. Quem acolhe denúncia sem crivo pela "sororidade" está fomentando a banalização do crime. Quanto mais denúncias como as de Patrícia Lélis existirem, mais casos como esse serão questionados até que casos verdadeiros percam legitimidade por estarem saturados com mentiras. Se é conivente com isso então não é a favor da mulher, e, sim, da necessidade de ter razão ou pensa que está ajudando na agenda.

Anônimo disse...

Que tipo de JUMENTO pode apoiar o (in)Feliciano? Sério, não me desce essa história.

E outra, uma mulher que sofre abuso não vai lembrar ipsis literis todos os mínimos detalhes sujos. Não sei se vcs sabem, mas é uma experiência muito traumática. Tem gente que leva tiro e não lembra de nada. Então, canalhas, MENAS.

Anônimo disse...

14:29, mas daí vem um problema que a Lola discute bastante e foi bem apontado em alguns comentários: às vezes, é só a sororidade que temos. Casos reais sem provas (por inúmeros motivos, grande parte deles o medo e a vergonha impedindo as mulheres de denunciarem logo) existem aos milhares. Às vezes, é só o apoio de outra mulher que resta pra uma vítima, porque ela não tem como provar nada - e, ao contrário dessa moça, ela não tem mídia, videozinho no youtube, contatos, etc. Não é por "agenda" que a gente se interessou pelo caso dessa moça (embora o fato do Feliciano ser pastor e político torne tudo ainda mais grave), foi por real interesse em mais uma vítima. Mas erros acontecem, ninguém está muito acostumado com casos bizarros como esse, ninguém espera tamanha desonestidade de todos os lados.

Lola expôs tudo, atualizou as informações e não teve medo de mostrar o que estava acontecendo. Esteve e está corretíssima.

Anônimo disse...

"Se é conivente com isso então não é a favor da mulher"

À favor da mulher seria duvidar, pedir prova de um mês atrás no corpo dela, achar que o cara que escreveu que curte ver ela chorando é um pobre homem... isso tem aos montes por aí, toda mulher que sofre um abuso ganha isso de montão. Não se preocupe.

Roxy Carmichael disse...

concordo plenamente com a dificuldade de provar, como aliás, disse no meu comentário anterior.
mas da mesma forma que existe uma falta de provas sobre o estupro (aqui ninguém acredita na existencia da vizinha), à exceção da palavra de patricia e da extorsão; penso que existe uma falta de provas sobre o tal caso amoroso, à exceção da foto dela que feliciano enviou durante uma conversa com o duvivier, e aqui tb cabe, a propria extorsão. um adulterio totalmente sem rastros é algo bastante incomum, pra dizer o mínimo. e aí, o celular/computadores de ambos poderiam dar boas informações nesse sentido. poderiam localizar os dois no referido dia e fornecer possíveis trocas de mensagem. se bem patricia tenha dado demonstrações claras sobre sua mitomania, insisto que não é só ela que tá mentindo nesse caso. a extorsão parece ser o único fato, e tanto justifica patricia não ter feito BO porque isso levaria por agua abaixo a possibilidade de faturar os 50, 300 mil com a chantagem de revelar o estupro, quanto também pode ser relacionada a um caso de adulterio que nao poderia vir à tona, nem pro pastor, e nem pra ela que construiu seu personagem através da castidade, virtuosidade, etc. e tal. daí inclusive, a necessidade de inventar a historia do estupro. apenas uma coisa me parece impossível nessa historia toda: que o dinheiro tenha sido doado à garota do nada, pelo simples fato de ela ameaçar revelar algo pra imprensa, algo que ela não tem como provar porque não aconteceu.

Anônimo disse...

Coleguinha, parece que você não está conseguindo interpretar o que a Roxy quis dizer. Aliás, numa argumentação lúcida e de muito bom senso, ela expõe que essa história é cheia de meandros e nuances tão sórdidas que ficaríamos enojados com o seu desenrolar. Enquanto a Roxy está apresentando as nuances de cinza da história, argumentando que, Feliciano pode não ter estuprado (e em momento algum ela o chamou veementemente de estuprador), mas certamente não é uma vítima inocente na história. Todos os aspectos envolvendo dinheiro e poder indicam que é bem provável que haja uma extorsão (ou tentativa de) visto os mundos e fundos e a atitude do gabinete do deputado em abafar o caso. Tem coelho nesse mato e du-vi-do que não tenha aí, no mínimo, um caso extra-conjugal entre Feliciano e Patrícia.
A meu ver, o colega está considerando apenas o preto e o branco nesta história toda: ou Patrícia realmente foi estuprada e é uma pobre vítima ou Feliciano (que nunca deu abertura para ela) está sendo vítima de extorsão e destruição sem ter tido qualquer envolvimento com Patrícia e todos que apontam outras hipóteses e consideram minimamente que pode ter havido estupro são malvados cegos pelo ódio a Feliciano. O ódio à esquerda e ao feminismo é realmente tão forte que você acha que todas nós estamos acreditando piamente na PL?

No mais, essa confusão só mostra o quão a direita "virtuosa" também está mergulhada na sordidez, no adultério e em jogadas sujas pelo poder ou pela manutenção deste, tudo o que eles acusam a esquerda de fazer. Hipocrisia reina.

Anônimo disse...

Coleguinhas,
De modo algum eu aposto minhas fichas na possibilidade do Feliciano ser esse homem virtuoso e fiel esposa. Acho mesmo que teve um caso ou ao menos um flerte (vide print de nudes vazado na briga com o Gregorio). Mas definitivamente não acredito em estupro ou agressão.

E como o assunto é um CRIME grave, uma vez que não é provada a culpa de CRIME, não me interessa nenhum pouco confirmar a hipotese de adultério. Só me interessa saber se houve CRIME. A vida sexual (dentro da legalidade) do Feliciano nao me interessa nenhum pouco.

Então acho patético ficar dizendo que "ele não é santo nessa história", "ele esta mentindo" e tal, quando isso se refere as aventuras amorosas do pastor. Se ele consegue provar inocencia (provando que não estava no apto, por exemplo) nessa acusação de CRIME, não quero saber se ele é adúltero, se é gay, se é broxa, nada disso me importa.

Mas vcs ficam se apegando no provavel adulterio como se isso fosse crime, acho engraçado. Até parece que vcs são os fieis da igreja dele pra ficar controlando a vida sexual do proximo, rsrs.

Anônimo disse...

18:57, as pessoas não estão se apegando à hipótese do adultério e tampouco comparando ao crime, embora seja muito irônico que pastores "virtuosos" utilizem isso para angariar votos, atacar desafetos e interferir nos nossos direitos enquanto eles mesmos não cumprem com o compromisso com suas esposas. Mas, a hipocrisia dessa turma é outra história.
Mas a hipótese de caso extra conjugal é o que gera dúvidas em tudo isso e que inclusive, não exclui a possibilidade de ter havido estupro. O estupro se caracteriza pelo não-consentimento, logo, é perfeitamente possível que a moça tenha sido estuprada. Assim, como a moça pode não ter sido estuprada e ter contado essa história para não pegar fama de vadia na Igreja. Em todo o caso, só o fato dele oferecer dinheiro para ela ficar calada já é indício que tem coisa nessa história com a qual ficaríamos enojados.

Anônimo disse...

Engraçado é que ela FALA que foi mordida e tal no vídeo com o assessor (que não nega, lembremos), e tem otárix que ainda não acredita em agressão

Anônimo disse...

O assessor não nega mas também não confirma.
Lelis é uma mulher bomba que o Bauer tentava desarmar. Ele quer o silencio dela (sobre o flerte ou caso amoroso ou simplesmente não quer o desgate de um escandalo mesmo que o deputado seja inocente).
Você consegue fazer uma mulher bomba não detonar a bomba brigando com ela? A confrontando? A contrariando? Fazendo ela ficar com raiva? Não né.
Bauer é policial e sabe negociar com bandido armado com refém. A tática é não estressar o cara, é deixar ele falar o que quiser, é deixar ele pensar que está no controle, que ele que manda, que ele está certo nos seus motivos.
Por isso ele não desmente, não contraria a Lelis.
Outro exemplo é uma criança de 3 anos que achou a arma carregada do pai e está brincando com ela. Você vai gritar e pular em cima da criança pra tomar a arma a força? Não se quiser evitar um disparo acidental. Você vai conversar com a criança calmamente e usando um boa psicologia vai convence-la/induzi-la a te entregar a arma com tranquilidade.
Foi assim que o Bauer agiu.

Anônimo disse...

Analise da linguagem corporal Patricia Lelis (depoimento á Veja na delegacia):
https://www.youtube.com/watch?v=_M4HRot0_hQ

Analise da linguagem corporal Feliciano (video ao lado da esposa):
https://www.youtube.com/watch?v=JZ5a2O9ZOV4

Vale a pena assistir, é muito interessante.

Anônimo disse...

"Mulher bomba"

Quanta idiotice. O partido conseguiu destruir a moça sendo que ela fez uma acusação grave (estupro), imagina se o pastor fosse inocente. Acredita quem é trouxa.

Anônimo disse...

Cara, você é muito preconceituoso, chamar uma pessoa de homofobica?? A marisa lobo matou algum homossexual, cuspiu na cara deles pra ser homofobica, o Estado islamico mata sexuais e cristaos todos os dias e vcs ficam de mimimi, por favor, ve se cresce!!!

Anônimo disse...

Homofobia - aversão à homossexuais. Não precisa sair por aí matando homossexuais para ser homofóbico. O simples ato de não considerá-los como seres humanos ou tentar negar-lhes condições de exercer a sua cidadania já é um ato de homofobia. O mesmo vale para racismo, não precisa matar negro para ser um. Caramba! 2016 e ainda ter gente que não sabe ou finge que não sabe a diferença?

Anônimo disse...

Fingir que não sabe (tem que ser muito tapado pra não saber) é conveniente. Você diz que é "sua opinião", que "não matou ninguém" e continua sendo o merda que é como se fosse permitido.

Anônimo disse...

Melhor frase sobre a mentira que já li foi em uma sentença em que uma juízA escreveu:
"quem mente sobre um ponto, pode mentir sobre o todo e por ser impossível ao julgador adivinhar sobre qual ponto a parte está dizendo a verdade e sobre qual ponto está mentindo, seu relato perde credibilidade".
Eis um dos motivos pelo qual a pessoa condenada pelo crime de falso testemunho não pode mais ser testemunha em processos judiciais.
Não é mais uma questão de ser verdade ou mentira o relato, mas uma questão de credibilidade de quem está relatando.
E, na moral, acho que as feministas não deveriam estar apoiando uma mentirosa não, porque isso só reforça a tese de que pode mentir e acaba prejudicando as verdadeiras vítimas de estupro que não são levadas a sério.
A mentira deve ser duramente punida, assim, quem sabe, as pessoas não aprendem a dizer apenas a verdade?

Anônimo disse...

Isso me lembra o caso recente da adolescente de 14 anos que foi abusada pelo pai e permitida pela Justiça a realizar um aborto. Depois, ela retirou a acusação (sabe-se lá por quê, imagino que por medo), e ofendida e ameaçada pelo promotor do caso, porque "podia dar o rabo pra qualquer um, mas não queria assumir o filho". Ou seja, de vítima ela passou a ser acusada e o estupro, na cabeça do promotor, deixou de existir (segundo notícias, foi comprovado o abuso através de exame de DNA).

Não sabemos exatamente o que leva alguém a mentir. Pode ser um milhão de coisas, incluindo a escrotice da própria pessoa. Mas parece que a sociedade espera ansiosamente este tipo de coisa acontecer pra voar na garganta da mulher.