sábado, 28 de maio de 2016

SOBRE JOHNNY DEPP E OUTRAS ATROCIDADES

Pessoas queridas, estou viajando, na praia, e esta é a primeira vez em quase 48 horas que acesso a internet. Não tenho tempo para escrever nada, mas queria deixar vocês com algumas notas desconectadas.
Em primeiro lugar, um mentecapto qualquer descobriu de quem foi a culpa do estupro coletivo no Rio. Foi das feministas! Para provar, ele põe no seu texto um trecho fora do contexto de um guest post publicado aqui em 2013. Sabe, guest post? Que não foi sequer escrito por mim, mas por alguma convidada, como fica claro no começo de todo guest post?
Segundo: ressuscitaram um tuíte típico do Danilo Gentili. Este aqui:

O reaça disfarçado de humorista nunca perdeu a chance de ser misógino, racista, homofóbico, tudo de ruim. Certamente esta continua sendo a opinião do "comediante" sobre fazer sexo com alguém que não tem como consentir. Ah, e nome disso é estupro.
Terceiro, referente à imagem que abre o post. Johnny Depp está sendo acusado de espancar a esposa, agora ex, a atriz Amber Heard. 
A Fabiana deixou um comentário ótimo: "Sobre o Johnny Depp: podem observar a quantidade enorme dos comentários no mundo todo dizendo que 'ele é inocente até que se prove o contrário', mas apressando-se rapidamente em dizer que a Amber Heard 'se maquiou' e é interesseira (gold digger). Vejam a negação em ver o ator como marido abusador, e a pressa para classificar a atriz como 'mentirosa e interesseira'. Uma mulher é espancada e não denuncia, a culpa é dela. Se denuncia, é mentirosa, caluniadora, interesseira, vadia, enfim, N adjetivos negativos vindo dos hipócritas".
Eu volto amanhã. Mas que não dá vontade nenhuma de voltar pra este mundo, isso não dá mesmo...

125 comentários:

Anônimo disse...

Encontrei esta notícia sobre o caso Depp/Amber em um site confiável:

Police arriving at Amber Heard and Johnny Depp’s apartment Saturday night found no evidence of injuries consistent with the domestic violence the actress has accused her husband of, according to a report.

http://www.breitbart.com/big-hollywood/2016/05/27/cops-say-no-evidence-injuries-amber-heard-johnny-depp/

Gai disse...

Traduz, please!

Gai disse...

Obrigada. Já entendi.

Gai disse...

Johnny Depp's é famoso e reconhecido no mund, milionário e macho. Quem é Amber Heard? Atriz estreante, desconhecida, bonita, mais nova e fêmea. Em quem vão acreditar?? Pelo que eu saiba, ele tentou comprar o silêncio dela depois que a agrediu.

Gai disse...

Johnny Depp's é famoso e reconhecido no mund, milionário e macho. Quem é Amber Heard? Atriz estreante, desconhecida, bonita, mais nova e fêmea. Em quem vão acreditar?? Pelo que eu saiba, ele tentou comprar o silêncio dela depois que a agrediu.

Marcelo disse...

"inocente até que se prove o contrário" não é um comentário, é a base do fundamento juridico.

Anônimo disse...

"Heard was reportedly granted the restraining order and the right to live in the couple’s family home, but a judge rejected her request for $50,000 per month in spousal support. "


O trecho afirma que Amber solicitou ao Juiz $50.000,00/mês de pensão a serem pagos por Johnny Depp.

Cinquenta mil dólares por mês.

Esse pedido somado à ausência de sinais de agressão relatada pelos policiais torna o caso bastante suspeito.

Anônimo disse...

Pior que tem mulheres que mesmo acreditando que é verdade ainda continuam defendendo ele como se ele fosse um deus, já vi até comentários falando que ser espancada por um ídolo como o Johnny Depp seria um privilégio. Afinal para elas ele seria uma espécie de christan gray da vida real. Absurdo! Mas tbm tem muitas mulheres ao lado da Amber e apoiando. Duvido que seja maquiagem e encenação. O Johnny é viciado em cocaína e álcool há muito tempo e não se esforça muito para se tratar. De acordo com a Amber, no dia que ele a agrediu ele estava quebrando tudo em casa e gritando por conta do falecimento da mão dele, ao vê-la falando com alguém no iphone se irritou mais ainda e resto foi porrada. Não seria a primeira vez que ele agride mulheres e não foi um caso isolado. Soube que no tempo em que ele namorava a Kate Moss ele a agredia fisicamente tbm. mas os tempos eram outros e felizmente as coisas mudaram.
Mesmo que ela seja interesseira e tal nada disso diminui a agressão física, caso (provavelmente) tenha ocorrido.

Anônimo disse...

Gai, essa base só funciona pro acusado né. Por que na hora de julgar os motivos de quem acusou ninguem pensa duas vezes.
Certamente isso é muito justo mesmo.

Anônimo disse...

Dois pontos:

1- A culpa por qualquer estupro é somente do estuprador, ou estupradores, que deve ser punido com rigor.

2- O estupro de uma mulher é uma humilhação absurda, não da mulher que é uma vítima, mas do homem que se rebaixa a isso para obter sexo com uma mulher. Vá ser carente, incapaz e sem amor próprio assim no quinto dos infernos.

Anônimo disse...

Gai não, marcelo.

Anônimo disse...

Homem que precisa estuprar pra ter sexo são aqueles ridiculos sem auto estima que precisam se reafirmar constantemente como "machos". Seria de dar pena se a mulher não tivesse que pagar um preço tão alto pela insegurança desses caras.

Anônimo disse...

Anon. 15:53

Estupro não é sexo, não é atestado de incapacidade e não é motivado por carência. É basicamente uma prática de agressão e de subjugação da vítima, desvinculada do simples desejo sexual. Um exemplo disso é a elevada ocorrência de estupros nas cadeias.

Serge Renine disse...

Complementando 16:14

Ex. Vê-se uma mulher na rua, acho-a muito gostosa, vou lá pego e como.

Anônimo disse...

16:14

Seria tal moral protetora advinda, em parte, do Cristianismo, essa "temível ideologia patriarcal"?

Anônimo disse...

Anônimo 16:25

Não meu obtuso amigo; moral é um código de conduta que diz que que apesar de eu ser mais forte que você eu não posso fude-lo na hora que me der vontade. Não tem nada a ver com cristianismo. Largue um pouco os blogs e o facebook e leia Nietzsche que lhe fara bem.

donadio disse...

Desculpa aí, entrei no Coturno Noturno por engano outra vez.

Alguém aí tem o endereço do blog da Lola? É pra lá que eu quero ir.

Anônimo disse...

16:32

Apesar de não ter lido todas as obras de Nietzsche, já li seu escritos bem mais que qualquer coisa relacionada a Cristianismo (sou ateu), e não percebi inconsistência no meu primeiro comentário. Nele questionei se a moral predominante na sociedade não seria advinda do Cristianismo. Em Genealogia da Moral, o filósofo afirma que a moralidade é moldada conforme valores de determinado grupo, logo, ela não é imutável e inata; ela vêm de algum "lugar".

"moral é um código de conduta que diz que que apesar de eu ser mais forte que você eu não posso fude-lo na hora que me der vontade"

De onde veio essa moralidade de repressão dos seus instintos para o benefício de desconhecidos mais fracos?

Anônimo disse...

Há mulheres que, por mais que as pesquisemos, não têm interior, são puras máscaras. É digno de pena o homem que se envolve com estes seres quase espectrais, inevitavelmente insatisfatórios, mas precisamente eles são capazes de despertar da maneira mais intensa o desejo do homem: ele procura a sua alma - e continua procurando para sempre. - Friedrich Nietzsche

Feminista já estão citando um filósofo problemático, doido de pedra e completamente misógino? Não consigo entender a cabeça de vocês. Nietzsche defendia os valores pagãos, em especial, do Império Romano. Ele acreditava na moralidade dos senhores e na moralidade dos escravos. Com o advento do Cristianismo, os europeus passaram a serem seres ressentidos, providos de compaixão, negadores da força, da honra e da coragem. O senso de moral de Nietzsche é completamente aristocrático, pagão e hierárquico. Curioso feministas citando Nietzsche....rs

Anônimo disse...

16:54

Exatamente. Ela tomou como referência apenas o "anti-cristianismo" do filósofo, sem compreender as bases da mencionada crítica e sua dificuldade em ser aplicada em um contexto feminista.

Anônimo disse...

Anônimo 16:32

O que o Nietzsche diz é que se há moral é porque há uma anomalia. Simplificando: não se precisa de um código de moral pra te dizer pra comer ou dormir, essas necessidades não ofendem a outrem, porem no caso do sexo, roubo, etc. e outras coisas mais devem ser controladas, seja por códigos morais de grupos sociais como você disse, ou não. Eu nunca disse que esse código é imutável, eu só disse que existe e a função é a que explicitei.

Anônimo disse...

há, há, há.. feministas e Nietzsche. Feminismos não existe, só existe mulher feia e mulher linda. Alguém já viu um mulher linda feminista, ou comunista?

Anônimo disse...

há, há, há.. feministas e Nietzsche. Feminismo não existe, só existe mulher feia e mulher linda. Alguém já viu uma mulher linda feminista, ou comunista?

Anônimo disse...

Eu li que numa entrevista ontem para o Roberto Cabrini ontem a moça estuprada disse que contou haver 33 estupradores. Se ela realmente disse isso, não sei não... é difícil contar 33 em uma situação destas. Dois, cinco, sei lá, até 10!, mas 33? Hum...

Anônimo disse...

Que decepção, Depp!

Ana Carolina Serrao disse...

Sim. Já.
Beleza é conceito subjetivo.
E independe de ideologias, atitudes e inteligência.
Aliás, pessoas com tais características até ficam mais charmosas em minha opinião.

Ana Carolina Serrao disse...

Feministas têm liberdade de pensamento e citações.
Ninguém é obrigado a odiar ou amar algo porque é feminista.

Ana Carolina Serrao disse...

Você é canibal? Olha que é crime...

Mas se faz referência a sexo, tem que ser da vontade dela também haver algo entre vocês, caso contrário será agressão. Violência. E... ESTUPRO.

Ana Carolina Serrao disse...

Você é canibal? Olha que é crime...

Mas se faz referência a sexo, tem que ser da vontade dela também haver algo entre vocês, caso contrário será agressão. Violência. E... ESTUPRO.

Anônimo disse...

17:28

Ninguém questionou a liberdade das feministas, mas a inconsistência em se sugerir a leitura de um filósofo cujos pensamentos, em muitas ocasiões, vão de total encontro aos ideais feministas.

Anônimo disse...

Sobre o Johnny Depp:

Pessoal, a mulher casa com o Edward Mãos de Tesoura, com o pirata Jack Sparrow e com o Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, queria o que?

Esse rapaz sempre foi meio debiloide. Só foi anjo da lei.

Ana Carolina Serrao disse...

Feministas têm liberdade de pensamento e citações.
Ninguém é obrigado a odiar ou amar algo porque é feminista.

Anônimo disse...

Eu já. Algumas. E umas por terem determinadas inclinações, posturas, transcediam a beleza física e eram em si encantadoras.

Anônimo disse...

O ser humano perdeu totalmente a humanidade! Comentários culpando as vítimas(sempre mulheres) me deixam muito mal. Eu como homem não fico ofendido mais com a cultura do estoupro do que com o próprio estupro, muito menos com generalizações afinal as mulheres ao ver um monte de homem debochando de estupro ficam sem saber o que pensar porque não sou poucos.

Duplode disse...

17:35

Não há inconsistência. Ler um texto e refletir a partir dele não exige aderir incondicionalmente a tudo que o seu autor disse no decorrer de sua vida.

Anônimo disse...

Como mulher eu espero ver um dia o movimento feminista se posicionar fortemente contra a cultura de estupro chamada Funk brasileiro, cultura de estupro, de drogas, de crime, de pedofilia e tudo mais o que não presta.
Eu espero que o movimento feminista não tenho entre seus exemplos Valescas Popozudas e tals.
Espero o dia que o movimento se posicione contra a cultura de estupro chamada islã e pixe a frente de uma mesquita como pixaram a frente da catedral da Sé em SP.

Anônimo disse...

Sugestão de projeto de lei/codigo de feministas para conter homens:
Eu RETIRO todo e qualquer consentimento implícito e explícito e PROIBO qualquer ato de natureza libidinosa ou sexual entre nós dois. Esclarecendo que mesmo respeitando muito sua intimidade e opções ou inclinações, as quais não vou nomear, eu sou e me declaro heterosexual.

A partir desse momento qualquer tentativa de aproximação sua será considerada estupro. Inclusive o mero ato de olhar para não esbarrar ou mesmo perguntar o que está acontecendo ou se há a minha presença em algum recinto para evitá-la. E não evite minha presença ou fala porque isso também está proibido.

Também proíbo terminantemente que vossa senhoria me ofereça qualquer substância ou objeto de conteúdo ilícito ou ilegal. Não quero sequer ver as armas de fogo não autorizadas que possívelmente possam estar sequer próximas da sua pessoa.

Gostaria que voluntariamente você se dirigisse a cursos de ensino de homens para não estuprar mais, mesmo a pedido da vítima. Porque obviamente, mesmo recebendo consentimento ou solicitação, você não consegue diferenciar o que seja um estupro ou não.

Não posso mais dizer que foi um prazer conversar com vc, porque obviamente qualquer pessoa pode confundir o uso da palavra prazer com algo relacionado ao que está proibido.

Anônimo disse...

20:14

A questão não se resume ao que o autor disse esparsamente ao longo da vida, mas à sua própria filosofia, que é essencialmente elitista, hierárquica e exaltadora de valores tradicionalmente vistos como "másculos". Acho bastante difícil conciliar a filosofia de Nietzsche com o discurso feminista atual, principalmente com o que é veiculado aqui, baseado na empatia e no acolhimento.

Anônimo disse...

"A gente está investigando se houve consentimento dela, se ela estava dopada e se realmente os fatos aconteceram. A política não pode ser leviana de comprar a ideia de estupro coletivo quando na verdade a gente não sabe ainda", disse, em entrevista coletiva após os depoimentos da vítima e de suspeitos.

http://www.bbc.com/portuguese/brasil-36406987

Perfeito o posicionamento do delegado, que, em meio a um caso repleto de contradições, não cedeu ao coro popular e conduziu o inquérito conforme os princípios legais.

Anônimo disse...

Se fala muito na cultura do estupro.. Mas nada se fala na cultura da erotização precoce que nós mesmos espalhamos.. a luz deste caso percebo que nossas meninas cada vez mais cedo descobrem o sexo e o usam mtas vezes da pior forma.. As drogras fazem com que os sexo seja moeda de troca e em mtos oportunidades o sexo seja usado como auto afirmação em nossas crianças e adolescentes .. A erotização é uma coisa grave que causa atos abominaveis como este. Pq as meninas querem dar Pq se acham donas dos seus narizes e se auto afirmam assim .. Ostentando palavras de ordem e fotos que demostram isso.. E podemos ver isso espalhado pela net .. No nosso bairro nas festas.. Enfim por aí a fora. Falta-nos educação estrutura e dissentimento para entender isso. Nos adultos somos os culpados por errarmos na criação e na fiscalização disso.. O resultado é falta de total consciência como todos falam.. Eu Nintendo que atacar a Erotização que vemos aí todos os dias ainda é o melhor caminho. Fatos assim ocorrem todos os dias... Esse nos vimos .Mas é aquele que não vemos, quem vai combater? E qndo falo em erotização, por favor não confundam com gêneros, pq tem povo por ai que ja vai achar que tem a ver com a liberdade que cada vez esta mais clara (gracas) de se ser quem eh! Não e isso nao! Erotização tem que ser combatida independente do gênero que seja.. querem um exemplo.. o menino que se descobre gay aos 11 12 anos.. qntas histórias vcs e eu conhecemos de que ele rodava na mão dos amigos ..e até de familiares, e isso era motivo de risadas e piadinhas maldosas por todos. antes de se firmar como gay..de ter sua personalidade formada? A erotização fez isso com ele.. culpa de nossos erros e nossa educação,. Pra ele dar era um ato de afirmação... o erro é bem maior. Cabe a todos nós entendermos isso. Neste caso em especial, ela vai levar essas marcas pra sempre..eles também.. e nos faremos o que?!

Duplode disse...

20:35

A dificuldade existe, mas acho um pouco perigoso condenar um "sugerir a leitura" (só) por esse motivo (ainda que, neste caso, o comentário das 16:32 que começou essa discussão toda tenha sido, de fato, um tanto estranho). Por exemplo, você não precisa comprar todo o sistema de Nietzsche para considerar relevante a desnaturalização que ele faz da religião, ou da negação do corpo.

Duplode disse...

21:38

"Erotização tem que ser combatida independente do gênero que seja.. querem um exemplo.. o menino que se descobre gay aos 11 12 anos.."

E com que idade você considera que alguém se descobre hétero?

Luiza Bairros disse...

Idiota das 20:16 quem garante que os audios sao dela mesmo? Vc?
E a fonte que ela foi buscar o celular? Corrente de whattapp?
Quando uma criança é baleada pela polícia na favela tbm surge facebook da criança com armas, drogas e depois se prova que nao se tratava da criança assassinada.

Em outra postagem do facebook dizia que ela tinha 11 anos quando postou que ia "dar pra vagabundo". Ora, se ela tem 16 hj, isto foi há cinco anos.

Agora ja mudou a informação e ela postou que ia "dar pra vagabundo" uma noite antes de ser estuprada.

E se ela pretendia fazer sexo com quer que seja isso permite ESTUPRO? Óbvio que nao, trollzinho.

ELA FOI FILMADA DESACORDADA COM A VAGINA SANGRANDO. fazer sexo com alguem sem capacidade de consentir (desmaiada) é estupro.

Investigar a vida pregressa dela? É ela que esta sendo acusada de haver estuprado alguém? Investiga-la só faria sentido se ela pudesse ter algo contra os acusados ou ja tivesse feito denunciaçao caluniosa de alguém. É o caso? Nao.
Entao, nao interessa com quantos ela trepava, se usava drogas ou nao, etc. no momento em que fizeram sexo com ela desacordada, a ponto de sua vagina começar a sangrar, cometeu-se estupro.


E a cultura do estupro se prova pela tua própria postagem que culpa a vítima ( "andar com porcos").

Anônimo disse...

23:02
E vc prova como que ela é culpada? Que eu saiba quem esta sendo julgado judicialmente aqui é ele.
E depois somos nós os advogados de internet, afinal consideramos o fato de o acusado ter sim culpa e vem uma galera caindo em cima da possível vítima. Mas falar mal dele não, jamais! É proibido. Só pode falar do caso se for pra detonar a mulher.

Anônimo disse...

Sobre o caso da menina que foi estuprada por 30, aprendam:
Ela pode ser a maior "vagaba" e estar andando pelada pela rua roçando em vários caras que o caso que foi filmado ainda assim é considerado ESTUPRO. O que é considerado estupro é a falta de consentimento. Ela tava desacordada, não tinha como consentir.
Estupro não é definido pelo comportamento da mulher nem pela quantidade de caras com quem ela já transou. O que define estupro é a FALTA DE CONSENTIMENTO.
SE ela tivesse transado com algum deles antes e depois que desmaiou eles tivessem "transado" com ela de novo, ainda é estupro do mesmo jeito por que ela não estava consciente para concordar com nada daquilo.
Fim de papo, isso sim é um fato incontestável. Não precisa ser advogado pra saber isso não, basta ter cérebro.

Anônimo disse...

Mesmo sem estar inconsciente, se nao teve consentimento é estupro do mesmo jeito. Mas muitos preferem pensar na possível mentira da vitima do que na possível culpa dos acusados. Por que será? Nem me venha com argumentos do tipo coitadinho vai ser condenado injustamente por que mesmo em questões hipotéticas, ninguém para pra pensar se ele pode ou não ter feito aquilo realmente. É sempre, sempre ela que ta mentindo ou arrependida. O cara é sempre um pobre inocente. Até por que estupradores não são homens pertencentes ao gênero masculino, são monstros de gênero indefinido que vieram de outro planeta. Muito conveniente.

Anônimo disse...

a) O machismo é um câncer que deve ser combatido ele é a raiz de muitos problemas.

b) O caso do ator o machismo está pregando que a vítima é culpada pois é uma jovem atriz que casou por interesse com um ator consagrado.

b) Em relação ao estupro coletivo a vítima já virou ré ela provocou a violência já estão ofendendo a menina.

c) O pior é que no início os conservadores culpavam a esquerda pela violência do ato e agora culpam a esquerda pela suposta mentira.

d) As feministas sempre questionaram letras eróticas de todas as vertentes musicais e não somente do funk

titia disse...

20:18 e 20:19 e todos os outros lixos humanos tentando culpar a vítima: não importa se ela foi lá querendo transar (e, de novo, mulher querer transar não é crime. Só pra machista broxa ruim de cama com medo de xota) se alguém em algum momento fez algo que ela não consentiu ou se forçou o sexo quando ela não tinha condições de consentir é estupro. Não tem essa de "conduta que alivia a merda pro lado do estuprador" porque evitar o estupro é fácil: é só vocês não estuprarem! Olha como é simples! É só vocês não enfiarem seus pintos sujos em alguém que não pode consentir. Virem pro outro lado e enfiem o pau no rabo de outro mascu. Agora façam um favor à humanidade e vão todos se jogar do alto de um penhasco. O mundo será um lugar melhor sem vocês.

Cão do Mato disse...

Só tem uma coisa nessa história do estupro da menina lá no Rio que tô achando estranho... A menina disse que acordou num lugar longe da festa a que tinha ido e não se lembra de como foi parar lá. Então ela foi dopada e estuprada. Aí, ao acordar, a primeira coisa que fez foi contar quantos homens havia no local??? E forneceu um número exato: 33!!! E não parece que naquele quarto mostrado na filmagem caberiam trinta pessoas... Dá a impressão que ela estava em algum tipo de competição com as amigas, pra ver quem consegue transar com mais caras numa noite...

Anônimo disse...

Cão do Mato sendo estúpido mais uma vez, nenhuma surpresa.

O próprio lixo humano deixa claro o que aconteceu no vídeo postado, ele fala que foram mais de trinta.

Anônimo disse...

Realmente. E essas apostas de meninas pra ver com quem transam mais elas sempre disputam por quem fica mais inconsciente na transa. Realmente só um relato normal do dia a dia. Ver o vídeo realmente nao te da ideia nenhuma de quantos estavam ali participando né. E o numero exato pode ser de quem tava na festa tambem ou ela contando por alto quem ela lembra que agiu estranho no dia.
Mas não vamos culpa-los ainda. Afinal, só porque os caras filmaram e falaram oq estavam fazendo ali não é estupro, imagina. Se eles não forem declarados culpados pela justiça, o vídeo e o que aconteceu ali viram poeira. Nunca existiram, pois é assim que funciona.
Vc pode se declarar estuprador e filmar e tirar sarro da vítima, mas não se preocupe que ainda terá um bando de pessoas (principalmente homens) que irão lhe defender, pra que vc não seja condenado injustamente pelo crime que vc claramente cometeu.

Anônimo disse...

Sobre o estupro coletivo pouco q ouvi foi que a vítima também se misturava com tipos discutíveis, pessoas que seria melhor pra ela ter passado longe.
A garota tem 16 anos e tem filho de 3 então da pra imaginar que criação essa menina teve, sendo alvo fácil pra esses predadores.

Cão do Mato disse...

Anon das 10:38, em nenhum momento eu questionei quantos eram. Achei estranho a menina ter se preocupado em contar. Deu pra entender agora?

Cão do Mato disse...

A conduta da polícia e da Justiça tem que ser a mesma em qualquer tipo de crime: se basear em provas e analisar todas as possibilidades, sem se deixar influenciar pela pressão de quem quer que seja. Temos inúmeros exemplos de situações em que resolver o crime rapidamente só para dar satisfações a esse ou aquele grupo teve consequências trágicas para todas as partes envolvidas.

Anônimo disse...

Justamente por isso. Se ela quer que eles paguem pelo que fez, tem q saber exatamente quantos cometeram o crime. Uai, como fazer justiça do contrário?

Anônimo disse...

Fato é que nem eu nem vc sabemos o que aconteceu. Nem antes nem depois. Vc não pode garantir que ela acordou e pensou "ah, foram 33" assim como eu não posso te dizer a hora exata ou como ela soube quantos eram. Mas claro, vamaos mesmo discutir a hora que ela lembrou a quantidade e não como esses caras tiveram a coragem de fazer isso e se acharem acima da lei por nao terem medo de colocar esse video na internet mostrando rosto e tudo. Certamente vai ser bem mais produtivo.

Anônimo disse...

33 é um numero maçônico. É o último grau da Maçonaria. Como ela sabia que haviam 33 homens após acordar? Ela contou detalhadamente após um episódio de estupro? 1..2..3..4...5...6...7....8....9...10...11...12...13.....Sério que ela fez questão de fazer isso? Duvido. Ela foi mandada a dizer que eram 33. Ninguém saberá quantos foram, de fato, e se realmente foi consentido ou não.

Anônimo disse...

20:18

quem prega condenação sumária pra bandido é o bolçomerda

é ele quem diz: "bandi bom é bandido morto"

Anônimo disse...

"Idiota das 20:16 quem garante que os audios sao dela mesmo? Vc?
E a fonte que ela foi buscar o celular? Corrente de whattapp?
Quando uma criança é baleada pela polícia na favela tbm surge facebook da criança com armas, drogas e depois se prova que nao se tratava da criança assassinada.

Em outra postagem do facebook dizia que ela tinha 11 anos quando postou que ia "dar pra vagabundo". Ora, se ela tem 16 hj, isto foi há cinco anos.

Agora ja mudou a informação e ela postou que ia "dar pra vagabundo" uma noite antes de ser estuprada.

E se ela pretendia fazer sexo com quer que seja isso permite ESTUPRO? Óbvio que nao, trollzinho.

ELA FOI FILMADA DESACORDADA COM A VAGINA SANGRANDO. fazer sexo com alguem sem capacidade de consentir (desmaiada) é estupro.

Investigar a vida pregressa dela? É ela que esta sendo acusada de haver estuprado alguém? Investiga-la só faria sentido se ela pudesse ter algo contra os acusados ou ja tivesse feito denunciaçao caluniosa de alguém. É o caso? Nao.
Entao, nao interessa com quantos ela trepava, se usava drogas ou nao, etc. no momento em que fizeram sexo com ela desacordada, a ponto de sua vagina começar a sangrar, cometeu-se estupro.


E a cultura do estupro se prova pela tua própria postagem que culpa a vítima ( "andar com porcos")."

Mais um pisão no mascu otário

Anônimo disse...

Sabe oque eu acho mais estranho? Que quando um dos suspeitos de estupro foi para a delegacia, estava rindo,debochando do caso, e ate mesmo declarou que tinha filmado a vitima, que tinha feito sexo com ela e mesmo assim o delegado não deu prisão preventiva. Mesmo sendo crime a postagem do video. O brasil se mostrou um pais que não pune e incentiva o estupro.

Anônimo disse...

Exatamente, 13:56 a postura daquele vagabundo na delegacia retrata muito bem a certeza da impunidade.

Enquanto a vitima foi depor com o rosto coberto, humilhada, o animal chega acenando e sorrindo para as câmeras, cheio de si. É preciso ser muito passivo para não sentir a minima revolta assistindo este absurdo.

Anônimo disse...

Sou eu do comentario 13:56. Eu estou presenciando um verdadeiro show de horror com esse caso. O advogado daquele vagabundo DECLAROU que foi ele que filmou orgulhoso e que teve relacao sexual. E o outro com certeza foi comparsa do estupro, COMO QUE ELE NAO SABIA DO QUE ACONTECEU VISTO QUE TINHA FICADO COM A VITIMA ANTES DO ACONTECIMENTO? Vai ficar marcado esse caso como a maxima impunidade no brasil. Os homens que estao defendendo esses vagabundos cretinos apenas demonstram quanto que o homem brasileiro geral não passa de estupradores. Sim. OS HOMEMS BRASILEIROS SAO ESTUPRADORES. Defendem a pornografia,a prostituicao, a erotizacao de meninas, defendem letras misoginas,objetificacao feminina e estupro. MAS QUANDO UM CASO DESSE TIPO ACONTECE OS CRETINOS FILHOS DO CARALHO CULPAM AS MULHERES.

Anônimo disse...

Uma garota de apenas 16 anos foi rendida por um grupo de mais de 30 homens que a doparam e a estupraram. Acho que o mesmo dia em que um cyber-maníaco obcecado pela apresentadora Ana Hickmann quis se vingar por não receber atenção (que de acordo com sua mente insana ele acreditava que ela devia isso a ele) e invadir o hotel onde ela estava em Belo Horizonte para ser morto depois após atacar o cunhado dela.

Quanto aos estupradores cariocas, eles estupraram a jovem, gravaram um vídeo e publicaram depois nas redes sociais. Vários internautas curtiram e compartilharam o vídeo, que viralizou. Para piorar, muitos comentários eram elogiosos ao crime. "A menina tá folgada", ironizou um deles.

Essa truculência toda mostra a brutalidade que existe nas mídias sociais. E revela um protocolo machista desde os tempos do Orkut. Esse protocolo sempre recomendava aos internautas endeusar mulheres siliconadas e popozudas. O homem que declarar não se empolgar muito com este estilo de mulher era visto como "gay", da forma pejorativa que se conhece dos homofóbicos que, de tão preconceituosos, também expressam preconceito contra até com os homens heterossexuais que fogem do padrão ''ogro-machão'' . O protocolo impõe que o homem tenha que só valorizar e desejar uma mulher-fruta, panicat, bombada, loira, peituda e estilos similares, como se fosse o único estilo de "mulher de seus sonhos". Se não o fizer, será humilhado na rede. O machismo nas mídias sociais tem dessas coisas. Pregam a "cultura do estupro", o sexismo brutal, a ''coisificação'' da mulher. Esses internautas misóginos vivem dizendo que "mulher sensual" não precisa ser inteligente. Isto é, chegam a dizer que o charme da ''mulher sedutora'' é justamente a ignorância, a burrice e a estupidez dela. E é assustador que algumas das representantes desses padrões de ''mulheres dos sonhos'' desses misóginos tenham muitos seguidores no Instagram, fazendo inclusive elogios a essa mercantilização do corpo feminino. E é assustador que existam "musas" que aceitem felizes essa humilhação. Algo que só pode ser definido como trogloditismo, de tão obviamente desumano.

A garota estuprada por mais de 30 bandidos, após o crime ainda sofre a pior dor, que é o trauma da trágica experiência sofrida. Os agressores provavelmente combinaram o crime no WhatsApp para ''pegar a novinha". E fizeram com que ela passasse a ter uma trauma tão intenso a medo de sair na rua e a viver um terrível clima de terror, pânico e pavor.

E ver que nas mídias sociais há quem faça festa com esse trágico e hediondo crime é mais preocupante ainda. Mostra o quanto os midiotas chegam a posturas psicopatas.
Quantos valores retrógrados, preconceituosos e violentos são defendidos por internautas que têm o verniz do visual moderno, da linguagem irreverente (banalizando o assédio, o abuso e o estupro) do politicamente incorreto de determinados ''humoristas'', do uso de tecnologia avançada e até mesmo aqueles com tão pouca idade.

A cultura do estupro e outras aberrações misóginas, como o de objetificar as mulheres e a defesa do ''emburrecimento'' da mulher como uma qualidade atraente, mostram o quanto esses cyber-brutamontes parecem viver na Idade Média.

Não é só uma questão de idade. Passando dessa fase, os midiopatas que fazem cyberbulling e bancam os tiranos digitais nas mídias sociais serão os bolsonaros de amanhã, ditando o obscurantismo nos seus postos de poder. A não ser que possamos reagir para barrar a ascensão desses brutamontes contemporâneos.

Anônimo disse...

O homem brasileiro mostrou que é incentivador e apoiador do estupro. Que se orgulha do ato e de expor a vitima. Uma ação completamente animalesca, mas que falando de homens, é perfeitamente normal, porque os homens demonstram ter uma maior irracionalidade e animalidade. 95% de todos os crimes do mundo são feito por homens. Ai chega os suspeitos do caso e declaram que filmaram e que realmente houve relação sexual, e oque acontece? nada. O filho do caralho do delegado não fez nenhuma prisão preventiva, mesmo com todos as provas apontando para os suspeitos. Demonstrando mais uma vez que o sexo masculino é a pior coisa que poderia existir na raça humana. Tenho o total nojo dos homens. Apenas quando as mulheres ficarem longe desses seres que teremos um momento de paz.

Anônimo disse...

Muito estranha essa história do suposto estupro. Eu vou aguardar as investigações.

Anônimo disse...

Pois é, o estuprador estava morrendo de medo da justiça, dos homens de bens que não toleram estuprador que lincham em praça pública. Tava com tanto medo dessa sociedade que não tolera estupro que estava sorrindo pra câmera filmar bem a cara dele................................

Anônimo disse...

Leiam o depoimento

"Raí de Souza, de 22 anos, se apresentou à polícia dizendo ser o autor do vídeo. "Ele falou o que está no depoimento dele, que ele realmente tinha filmado, que ele estava falando que era dos 30, que ele estava tentando se vangloriar, mas que realmente não foi ele e não houve estupro, não houve estupro. Houve um ato sim, sexual, permitido pela suposta vítima", relata Cláudio Lúcio, advogado do jovem que participou do ato."

Tipo, o cara diz que filmou e que teve relação sexual mas mesmo assim não houve prisão preventiva? que país de merda é esse? obviamente foi estupro pelo simples fato da vítima ESTAR DESMAIADA,DESACORDADA E ESTAR SANGRANDO NO VÍDEO QUE FOI POSTADO!!! Está se mostrando que na pratica o estupro é permitido no brasil!!!!

Anônimo disse...

VEJAM ISSO !!!!
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-selvageria-continua-bandidos-fazem-ofensiva-para-difamar-vitima-de-estupro-coletivo

"A selvageria continua: bandidos fazem ofensiva para difamar vítima de estupro coletivo no esforço de difamá-la, bandidos passaram a espalhar nas redes sociais áudios e fotos que sugerem seu envolvimento com traficantes. Parte do material, tentativa grotesca de atribuir à própria vítima a culpa pelo crime que chocou o país, já está nas mãos da polícia. Numa gravação, um homem sai em defesa do bando de estupradores: "Sacanearam nada, mané. Ela que quis dar pra 'tropa'. Tá maluco?! Senão o 'Da Rússia' já ia bater neurose, filho". Da Rússia é Sergio Luiz da Silva Junior, gerente geral do Morro da Barão, que tem mandados de prisão por tráfico, e braço-direito de Luiz Cláudio Machado, o Marreta, preso no Paraguai em 2014 e que cumpre pena em presídio federal. O 'trem bala do Marreta', aliás, foi citado por um dos criminosos, no momento em que filmavam C. B. inconsciente,"


Estão tentando sair impunes os vagabundos e parte dessa população brasileira PAU NO CU QUER QUE ELES FIQUEM IMPUNES

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO

Advogado de defesa - Nesta sexta-feira, Eduardo Antunes, advogado do jogador Lucas Perdomo, que seria o namorado da adolescente estuprada por 33 homens, disse que a versão dada por C.B., de 16 anos, é fantasiosa. Segundo ele, Lucas sequer teve relações sexuais com a jovem, mas, sim, com outra menina. Os três e um outro rapaz, Raí de Souza, teriam ido para uma casa abandonada no Morro da Barão e, lá, fizeram sexo consensual.

Antunes não conseguiu explicar algumas questões importantes que desmentem a versão apresentada por seu cliente. Em primeiro lugar, no vídeo divulgado é possível ouvir as vozes de dois homens. Além disso, um terceiro rapaz, Raphael Assis Belo (que já foi reconhecido pela adolescente), aparece fazendo uma selfie com C.B. desacordada."

NEM O ADVOGADO DOS ESTUPRADORES ESTÁ CONSEGUINDO ARRUMAR DESCULPA PARA ESSA CORJA!!!

Anônimo disse...

Muito estranha essa história do suposto estupro. Eu vou aguardar as investigações.

Estranho como seu cretino filho do caralho? como se um dos estupradorezinhos DECLAROU PORRA que filmou e colocou na internet?

Anônimo disse...

Quando se compara esses bandidos a ''animais, irracionais'' está tirando toda a responsabilidade deles nos crimes que cometem. Esses bandidos não são irracionais e sabem muito bem o que estão fazendo. Tanto que fazem de tudo para manipular a opinião pública e fazer a vítima se sair de ''vilã'', como estão fazendo agora no caso do estupro coletivo, querem que a vítima agora seja a ''vadia drogada que fazia suruba com traficantes''.Em um país cheio de misóginos esta manipulação está funcionando muito bem. Esses bandidos sabem muito bem o que fazem, são bem racionais isso sim.

Anônimo disse...

Se até a veja revela que os bandidos querem difamar a vítima, então só não vê quem não quer.

Anônimo disse...

ALGUNS ESTUPRADORES:

Raphael Assis Duarte Belo, 41, anos, que tirou selfie ao lado da menina desacordada e já trabalhou como apoio a operador de câmera nos estúdios da Rede Globo

Lucas Perdomo Duarte Santos, 20 anos, que tinha relacionamento com a garota há 3 anos

Michel Brazil da Silva, 20, e Marcelo Miranda da Cruz Correa, 18, que teriam divulgado as imagens nas redes sociais.

Anônimo disse...

um dos possiveis estupradores era o antigo namorado da vitima

1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/05/nao-doi-o-utero-e-sim-alma-diz-menina-vitima-de-estupro-coletivo.html

"Um deles é namorado dela, tinha sido namorado dela, que ela conheceu na escola. E isso foi uma vingança dele. Ele fez isso com ela e chamou mais 30 para fazer o mesmo"

Anônimo disse...

Um show de horrores mesmo. Somado a impunidade, ainda temos os comentários de merda relativizando o que aconteceu, duvidando, daqui ha pouco vão dizer que a menina pediu para ser abusada e filmada. Ou seja, o criminoso é tratado como vitima e a vitima como culpada. Como se ela escolhesse para si todo esse martírio pelo qual está passando. E tem tb aquela galera que em vez de se revoltar com o crime, aponta o dedo para quem pede justiça, para quem fica revoltado com este absurdo e pede a cabeça dos marginais. Espero ainda que o delegado seja afastado do caso. Minha impressão é que esse corpo mole para colocar as mãos nos criminosos se deve em boa parte ao rabo preso que a polícia tem com o tráfico do RJ.

Anônimo disse...

OUTRA NOTÍCIA DE ESUPRO

Mototaxista suspeito de estupro de adolescente é preso em Manaus
Jovem de 15 anos acusa mototaxista de estupro.
Crime ocorreu na casa do suspeito em comunidade indígena.

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2016/05/mototaxista-suspeito-de-estupro-de-adolescente-e-preso-em-manaus.html

Anônimo disse...

Não, 13:21, muita gente sabe que não foi consentido porque ela estava DESMAIADA.
Os caras fizeram questão de filmar isso. Se você usar o cérebro vai perceber que uma pessoa desmaiada é incapaz de consentir. E o cara que filmou falou q eram mais de 30, então pelo menos os 30 você pode ter certeza. Então continue aí abraçando a idwologia de sempre questionar a menina e nunca se perguntar porque é estranho um cara inocente filmar essa selvageria e mostrar uma garota sangrando pela vagina e desmaiada como se fosse muito normal, como quase todos estão fazendo. Esse país só vai de mal a pior e com o comportamento ignorante de certas pessoas, só desgosto de ver o lugar podre em que vivemos.

Anônimo disse...

"Sobre o caso da menina que foi estuprada por 30, aprendam:
Ela pode ser a maior "vagaba" e estar andando pelada pela rua roçando em vários caras que o caso que foi filmado ainda assim é considerado ESTUPRO. O que é considerado estupro é a falta de consentimento. Ela tava desacordada, não tinha como consentir.
Estupro não é definido pelo comportamento da mulher nem pela quantidade de caras com quem ela já transou. O que define estupro é a FALTA DE CONSENTIMENTO.
SE ela tivesse transado com algum deles antes e depois que desmaiou eles tivessem "transado" com ela de novo, ainda é estupro do mesmo jeito por que ela não estava consciente para concordar com nada daquilo.
Fim de papo, isso sim é um fato incontestável. Não precisa ser advogado pra saber isso não, basta ter cérebro."

Assino embaixo

Anônimo disse...

olha só isso

A repercussão do vídeo divulgado pelos criminosos gerou debate nas redes sociais. Parte dos usuários se posicionou contra a garota - um perfil no Twitter chegou a ser criado para tentar justificar o estupro e, nele, o administrador da conta publicou fotos da vítima portando armas.

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2016-05-28/jovem-vitima-de-estupro-coletivo-desabafa-nao-quero-midia-parem-de-me-culpar.html

Estão tentando legalizar o estupro no brasil. "Parabens" pessoas do sexo masculino desprezível que apoia estuprador por nos levar a idade das trevas.

Anônimo disse...

Ver o quanto tem de homens relativizando e amenizando esse crime e ainda inventando teorias da conspiração absurdas só para fazer os bandidos de ''inocentes'' e colocar a verdadeira vítima de mentirosa. Isso me assusta muito e me deixa muito amedrontada. Isso os deixam livres para cometer esses crimes e depois saírem manipulando todo mundo para culpar a vítima e depois esses bandidos ficarem de ''inocentes''.

Anônimo disse...

Os estupradores com certeza faziam parte do tráfico do rio, como mostrou na reportagem da veja, de que eles citam o nome do traficante principal da favela.

ttp://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-selvageria-continua-bandidos-fazem-ofensiva-para-difamar-vitima-de-estupro-coletivo

Uma noticia boa: o delegado anterior não é mais o responsável pela investigação do estupro

"O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou, na madrugada deste domingo (29), o desdobramento do inquérito sobre o estupro coletivo da jovem de 16 anos ocorrido no Rio."

http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2016-05/delegado-nao-investiga-mais-estupro-coletivo-de-jovem-no-rio-diz

Anônimo disse...

São verdadeiros psicopatas por isso, fazem todas as atrocidades e depois ainda querem se sair de ''injustiçados'', incluindo com a ajuda desses mascus de forums, pags e blogs misóginos que se acham ''bonzinhos e honrados'' e veem nisso uma oportunidade de tbm fazer o mesmo e saírem impunes. Esses misóginos estupradores e seus seguidores virtuais são verdadeiros psicopatas.

Anônimo disse...

A ex e a filha do Johnny Depp estão defendendo ele e chamando a Amber de mentirosa.

Anônimo disse...

Vanessa quer aumentar pena para crime de estupro coletivo

http://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2015/09/vanessa-quer-aumentar-pena-para-crime-de-estupro-coletivo

Os casos de estupros coletivos podem ter pena ampliada em um terço. É o que prevê projeto apresentado pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se for aprovado, o projeto (PLS 618/2015) poderá seguir diretamente para a Câmara dos Deputados. Ouça a matéria de Cinthia Bispo, da Rádio Senado, para entender melhor a proposta.

espero que esse projeto seja aprovado

Anônimo disse...

Vamos aguardar. Condenar sem provas também é selvageria. Estão querendo um linchamento isso sim.

Anônimo disse...

Espero que aprovem mesmo. E que a lei seja aplicada.

Anônimo disse...

Se os estupradores fossem linchados eu sinceramente ficaria muito feliz porque está correndo um grande risco de não dar em nada,dos criminosos ficarem soltos. Mortos, pelo menos não machucariam nenhuma vitima no futuro.

agora vejam nossos queridos defensores de estupradores
http://odia.ig.com.br/brasil/2016-05-28/garoto-propaganda-do-youtube-fez-video-ironizando-estupro-em-2014.html

"Garoto-propaganda do YouTube fez vídeo ironizando estupro em 2014
Após críticas de usuários, Whindersson Nunes retirou vídeo em que 'dá dicas' para mulheres não serem violentadas"

COMO HOMEM ADORA BANCAR UM CRETINO FILHO DO CARALHO



Anônimo disse...



"Estupro é uma palavra muito forte, prefiro chamar de sexo surpresa". ESSA FOI A FRASE QUE O DEFENSOR DE ESTUPRADOR (DECERTO UM TAMBÉM) Whindersson Nunes TINHA DITO DOIS ANOS ATRÁS. AGORA QUER PAGAR DE MOCINHO O CRETINO.

Anônimo disse...

Tem mulher defendendo o tal do misógino ignorante Allan Goldman no facebook e isso não surpreende e ainda diz que a sara winter era ''feminazi''.

Fabianaaaa disse...

Sem provas? Cê acha que um vídeo com a menina desacordada com a genitalia sangrando (QUE JÁ FOI REPETIDO TROCENTAS VEZES AQUI) não é prova suficiente?

Fabianaaaa disse...

Gente, o que fazer com essas criaturas do inferno?
Se não fossem tão babacas por conta própria eu teria pena dessa vida vazia e imbecil que levam, defendendo crime porque, opa, é viciada, mãe solteira e viciada em suruba, então pode. Continuem dando passe livre para essa corja até serem enrabados e expostos na internet, seus otários de marca maior.

Anônimo disse...

16:58 faço das suas palavras as minhas. Talvez assim tivéssemos a certeza de que esses marginais não estuprariam outras vitimas. Porque por enquanto tudo o que temos é a certeza da impunidade, além da conivência da polícia e de boa parte do povo.

Anônimo disse...

Peço desculpas a Lola pelo post de outro blog. Se não for conveniente por favor, pode deletar meu comentário que entenderei. Sobre ser "feminazi" este texto é perfeito http://bit.ly/24fpM1t

Becx disse...

Confiável? Esta de brincadeira?

Anônimo disse...

Serge Renine, vc não come ninguém, vc come e é comido por seus amiguinhos mascus.

Anônimo disse...

Bandidos estupradores ficam soltos tocando o terror e enquanto isso o que resta as mulheres é se vestir de forma ''adequada'', ser recatada, do lar, ser propriedade de algum homem (que os misóginos chamam de ''protetor''), frequentar igreja cristã e blá, blá, blá para que, de acordo com os misóginos, agradecer o favor de não ser estuprada? É isso gente?????

Anônimo disse...

Anônimo das 16:54

Pq não admite que seu ódio(e nedi) de mulher e adoração por machos é pq vc é viado enrustido. Até.

Anônimo disse...

Anonimo das 17:18

Machismo não existe, só existe homem feio, recalcado e não amado e homem de verdade que ama e respeita as mulheres.
Pelas merdas que escreve já sei que não faz parte do segundo grupo. ;)

Anônimo disse...

DENUNCIEM ESSE EVENTO https://www.facebook.com/events/530135020505861/

Anônimo disse...

Um jornalista da ESPN fez um protesto em nome de outros jornalistas da emissora, por eles terem entrevistado o Danilo Gentili (ou convidado como comentarista, sei lá) essa semana. Pq o cara faz piada de estupro e etc.

O Danilo ficou todo revoltadinho.... que ele não se acha apoiador da cultura do estupro e que o jornalista só queria 'triturar a reputação dele'.

pfff... ele é patético! Se acha tão defensor das mulheres e contrário ao estupro mas não tem a humildade de parar pra refletir sobre o que as mulheres tem pra dizer (veja só, as vítimas da violência... que importância tem a opinião delas, né???), de refletir porque que nós achamos que fazer piada de estupro é péssimo e contribui pra que estupros continuem acontecendo.

Anônimo disse...

20:04 Foi o José Trajano, um grande cidadão e jornalista esportivo. Já gostava dele e agora mais ainda.

Anônimo disse...

Lola, eu falei com vc no Twitter, pedi seu e-mail e mandei um. Espero sua resposta. Sei que vc deve estar muito ocupada com esse caso do estupro, mas peço que dê uma olhada. Obrigada.

Anônimo disse...

Lola, o debate do Superpop com vc e Sarah Winter, não vai ao ar? O q houve? sabe de algo?

Anônimo disse...

Tem uma coisa sinistra que está acontecendo no caso do estupro coletivo no RJ que é o questionamento do papel da polícia civil no caso, em especial do delegado recentemente afastado e que, inclusive, cometeu um crime contra a adolescente ao constrangê-la.

Sabemos do corporativismo policial e já se sabe também que o laudo do vídeo, que saiu mais rápido que a velocidade da luz (o que por si só já é brutalmente incomum), promete levantar mais dúvidas sobre o comportamento da menor agredida.

Achei bizarro, pra dizer o mínimo, que "não há sinal de sangue no vídeo" quando nas imagens ampla e miseravelmente divulgadas a evidência é o contrário.

Vão fazer de tudo pra desacreditar essa moça apenas para proteger o ego de um delegado que já teve atuações altamente contestadas no passado, incluindo prisão preventira por futurologia.

Broderagem na polícia? Temos, e como temos. Não difere muito da sociedade em geral.

A verdade é que a vida da B. não vale mais um único real. Seja porque a polícia vai persegui-la, seja porque os traficantes vão persegui-la, seja pela perseguição do povo estranho e sem vida que habita a internet.

Daí se tem a consolidação daquilo que o feminismo tem dito sabe-se lá desde quando: com prova videográfica do ocorrido, a palavra da mulher continua valendo menos.

Não foram só 30 ou 33 homens. Foi uma sociedade inteira.

lola aronovich disse...

Acho que o Superpop com o "debate" não vai ao ar não, anon das 2:53. Foi em fevereiro, já faz tempo... E nunca mais alguém do programa entrou em contato. Portanto, acho que foram algumas horas perdidas na minha vida ter ido participar. Pena que não vai ao ar, porque Sara foi destruída no "debate". As mentiras e contradições dela não se sustentam.

Anônimo disse...

Chega tbm de amenizar os crimes dos traficantes e os seus ambientes recreativos cheios de misoginia e violência explícita contra as mulheres. E de colocar esses criminosos como ''vítimas'' da sociedade.

Anônimo disse...

Após uma contagem regressiva de trinta a zero, cerca de 3 mil manifestantes, a maioria mulheres carregando flores nas mãos, marcharam na manhã deste domingo (29) pela Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para protestar contra a cultura de estupro, pedir justiça para os casos que envolvam violência contra a mulher e exigir políticas públicas que garantam a educação de gênero nas escolas brasileiras. A Marcha das Flores – 30 Contra Todas, organizada por 16 entidades ligadas a causas feministas e de defesa da criança e do adolescente, foi motivada pelo caso da menor estuprada por mais de 30 homens no Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

O ''funk carioca'' é o novo cabo Anselmo da esquerda.

Mila disse...

Semaninha nada fácil para os direitos das mulheres: estupros coletivos, o caso da Amber Heard.
Sobre o texto do cara, é óbvio que ele é desonesto e tendencioso por ser generalista para corroborar com as suas ideias. Só de pegar um trecho de um guest post e atribui-lo à Lola fora de contexto, já revelam as más intenções.
Entretanto, há pontos que devemos considerar, principalmente a da parte do feminismo que acredita que o funk é um instrumento de empoderamento da mulher. Neste ponto, concordo com as radicais. O funk proibidão faz parte de um aparato de cultura sexual, voltado à objetificação e sexualização da mulher, da busca pelo padrão estético estabelecido, e da adequação de comportamentos sociais e sexuais. O machismo aproveitou direitinho a liberdade sexual feminina para nos oprimir ao elaborar novas relações de poder. Virou a desculpa perfeita para que homens continuem a exigir sexo, principalmente com o descompromisso de relacionamento; que os homens passem a querer que não tenhamos frescuras sexuais com eles e que também erotizem garotas cada vez mais jovens (fiquei chocada com a quantidade do termo "novinha" no funk atualmente). Músicas como Baile de Favela ("os menor preparado pra meter na 'xota' dela) dentre outras que colocam a mulher como objeto masculino são tidas como empoderamento das pessoas da comunidade, me imagino se isto tá sendo legal para as mulheres. Mas é claro que uma feminista dizer isso - e não são poucas - são tidas como moralistas, elitistas e que conspiram para transformar toda mulher em lésbica.
Como negra, me senti ofendida também com uma postagem de um dos identificados se escorando no movimento negro "polícia acha que todo negro é bandido" e francamente, estou decepcionada em ver homens dentro do próprio mov negro passando pano pros caras apenas pela cor. Vestindo a carapuça que os homens brancos colocaram neles ao tirar as bundas da reta da cultura do estupro.

Cesc Biavati disse...

O programa "Bom Dia Rio", da TV Globo, informou na manhã desta segunda-feira (30) que o laudo da perícia sobre o caso do estupro coletivo a uma menina de 16 anos, ocorrido na zona oeste do Rio, não apontou indícios de violência.

Segundo a reportagem, o resultado ocorreu por causa da demora da vítima em fazer o registro na polícia e o exame de corpo de delito. O exame foi realizado no dia 25 de maio, quatro dias após o crime. O laudo será divulgado na tarde de hoje pela Polícia Civil

Esse negócio está muito estranho, estranho até demais. Sabe o que parece? Que ela fez todo o surubão com a tchurma da favela e, após tomar conhecimento de que seria exposta na internet, tentou denunciá-los com medo da família descubra que ela o fez por "vontade". Se o próprio laudo médico não consta violência, mesmo que tardio, é estranho. Bom, aguardaremos o fim das investigações.....

Anônimo disse...

Luiza Bairros disse...

Idiota das 20:16 quem garante que os audios sao dela mesmo? Vc?
E a fonte que ela foi buscar o celular? Corrente de whattapp?
Quando uma criança é baleada pela polícia na favela tbm surge facebook da criança com armas, drogas e depois se prova que nao se tratava da criança assassinada.


Só valem como provas aquelas constituídas por uma mulher, né? Sob sua ótica, quem garante que o sangramento na genitália da adolescente não fora provocado por outra coisa? Quer dizer que a foto da ex do Jonnhy Depp também é válida? Sei de casos em que a mulher bateu seu rosto contra parede para provocar-lhe ferimento e incriminar o companheiro. Agora, através de uma foto querer incriminar alguém, só pode ser brincadeira!

Anônimo disse...

Será que os homens nascem com um problema cognitivo que impedem a correta interpretação de um texto?

O laudo "não aponta violência' porque foi realizado QUATRO DIAS DEPOIS do ocorrido. Inclusive é o que está escrito em todos os sites sérios que reportaram o fato.

Obviamente que agora, com umA delegadA à frente do caso, a coisa já mudou bastante.

Anônimo disse...

Meu Deus. Olha o absurdo disso. Tem um VÍDEO da menina desacordada e sangrando e os caras falando que "já tinha passado mais de 30". E agora tem gente pra defender que ela pediu pra transar com todos esses homens, que não tinha sangue no vídeo, ou que se tinha, "foi provocado por outra coisa". Vocês não conseguem MESMO enxergar o absurdo disso? A Suzane, o Champinha, os Nardoni, todos teriam sido linchados com provas muito, MUITO menos contundentes. Mas se estamos falando de estupro, os estupradores são coitadinhos e quem devia ser punida é a vítima. Que bosta, velho. QUE BOSTA.

Anônimo disse...

Quem viu o video sabe o estado da menina, a forma como os caras reagiram. Entao sim, o vídeo é uma prova mais válida do que os áudios quem não podemos ter certeza da voz ser dela ou do contexto dele. Um vídeo é bem mais claro que um áudio.
Pros defensores de estuprador aí, por que vocês nunca pensam em casos de estupro que pode ser que talvez quem sabe o cara realmente tenha feito isso? Porque sempre a primeira duvida que vem na cabeça de vocês é se ela mereceu ou o que fazia e onde estava, e com quem?
Sério, sempre vejo tanto questionamentos sobre a estuprada mas nunca sobre quem estupra. Por que? Só queria saber o que esta na cabeça das pessoas pra acharem isso tão normal.

Anônimo disse...

Do facebook da Flávia Sanna:
SITUAÇÃO 1: CONSENTIMENTO PRÉVIO + FALTA DE CONSCIÊNCIA POSTERIOR. Se ela consentiu em praticar relações sexuais com 30, 50 ou mil homens, o problema é só dela e isso não é crime. Independentemente do consentimento prévio, se ela estava dopada no momento da prática da relação sexual (tendo sido dopada por outro ou tendo se drogado sozinha), estando inconsciente, não poderiam ter praticado nenhum ato sexual com ela. Ter relação sexual com pessoa inconsciente é crime de estupro de vulnerável, independentemente, repito, de prévio consentimento ou do motivo que a levou a ficar inconsciente.
SITUAÇÃO 2: CONSENTIMENTO PRÉVIO + PESSOA CONSCIENTE QUE MUDOU DE IDEIA DEPOIS. Se ela consentiu antes e mudou de ideia no meio do ato, ou mudou de ideia a qualquer tempo, qualquer coisa que tenha sido feita com ela a partir da manifestação de vontade dela para que parassem com aquilo é crime. Praticar qualquer ato libidinoso com pessoa de 16 anos (que esteja consciente) contra a vontade da pessoa é crime de estupro.
SITUAÇÃO 3: FALTA DE CONSENTIMENTO PRÉVIO, POSTERIOR, ENFIM, A QUALQUER TEMPO. Crime de estupro.
SITUAÇÃO 4: CONSENTIMENTO PRÉVIO + COMPLETA CONSCIÊNCIA E CONCORDÂNCIA AO TEMPO DA PRÁTICA DOS ATOS SEXUAIS + DIVULGAÇÃO DOS VÍDEOS E FOTOS QUE FORAM FEITOS. Crime cibernético (editando para colocar o dispositivo legal: artigo 241-A do ECA) - quem praticou? TODAS as pessoas que contribuíram com a divulgação e propagação de tais imagens e vídeos. Fato análogo ao crime de denunciação caluniosa - quem praticou? A jovem. Não seria crime, e sim "fato análogo ao crime", porque ela não tem 18 anos de idade.

Observações:
1) Estas são as respostas penais possíveis no caso dessa jovem, independentemente (pasmem!) de qualquer conduta prévia da vida dela que possamos achar condenável (envolvimento com tráfico de armas, drogas, o que for), e independentemente de qualquer juízo de valor que estejam fazendo acerca do fato de ela já ter ficado grávida ou ter uma vida sexual ativa.
2) No mencionado áudio, o rapaz menciona que não houve estupro porque "estupro na favela é morte, nenhuma facção aceita isso, já teriam matado os homens que fizeram isso". Olha, o que MAIS tem na nossa sociedade é não enxergar estupro onde tem. Esse argumento é extremamente fraco e não convence. Quem julga que houve estupro para executar com morte os autores? Acham mesmo que há alguma credibilidade na palavra dessa jovem para que matem quem a estuprou? Com tanto julgamento de valor sendo feito sobre a vida pregressa dela? Desculpa, não consigo acreditar que facção nenhuma acreditaria na palavra dessa menina.
3) Se, no fim da história, ficar confirmada a situação 4 (não tendo havido crime de estupro nem estupro de vulnerável), a presente mobilização segue sendo EXTREMAMENTE VÁLIDA. Muito importante conscientizar a todos sobre a problemática dos crimes sexuais, e muito importante enxergarmos como cada pessoa se posiciona diante de um suposto caso de estupro coletivo.

Fabianaaaa disse...

"Só valem como provas aquelas constituídas por uma mulher, né? Sob sua ótica, quem garante que o sangramento na genitália da adolescente não fora provocado por outra coisa? Quer dizer que a foto da ex do Jonnhy Depp também é válida? Sei de casos em que a mulher bateu seu rosto contra parede para provocar-lhe ferimento e incriminar o companheiro. Agora, através de uma foto querer incriminar alguém, só pode ser brincadeira!"

Você conhece casos de mulheres que bateram em si mesmas para incriminar o marido... Sabia que para esses casos há um triplo onde elas realmente apanham? Sabia que o Johnny Depp já tem histórico de bater em mulher (Kate Moss)? E que é a primeira vez que essa atriz Amber Heard acusa alguém disso? Então me responda, pra que duvidar dela primeiro? Só porque ela é bonita, jovem e (com toda a razão) está pedindo divórcio? Porque ele "não tem cara de que faz isso"? É como as mulheres vivem dizendo aqui, homem não vem como um rótulo dizendo como são, caso contrário não existiria varios casos de relacionamento abusivo (muitos exemplos deles encontrados aqui mesmo no blog da lola).

Anônimo disse...

isso migas pq no Brasil o povo odeia estuprador. Imagina só se gostasse...

Se dependesse de uma galerinha, haveria punição para a vítima de estupro também, onde já se viu denunciar "sexo grátis" e acabar com a vida do pobre ômi. Os agravantes seriam se a vítima:

a) Não comprovar virgindade
b) For mãe solteira
c) Gostar de funk
d) Ter determinada faixa de renda per capita e não morar em zonas periféricas
e) Estiver usando roupa curta ou provocante
f) Não tiver carteira assinada
g) Ser usuária - eventual ou frequente - de drogas, inclusive bebida alcoólica;
h) Participar ou ser simpatizante a qualquer movimento social
i) Não comprovar religião
j) Estiver fora de casa depois do sol se pôr, especialmente em zonas perigosas;
k) Não estiver acompanhada de macho responsável
l) Viajar e/ou residir sozinha;

Caso a vítima seja estuprada, haverá o agravante de:
a) Não comprovar luta ou resistência
b) Permitir-se estar dopada ou entorpecida
C) Não denunciar o crime de imediato mesmo sob ameaça de morte, tortura ou quaisquer pressões psicológicas

Anônimo disse...

A tese agora é a seguinte: ela fez sexo grupal consensual e inventou que foi estupro depois que o vídeo vazou, por medo da família. Resumindo: por medo da família, ela decidiu mentir para um delegado e acusar falsamente traficantes. Plausível? Não precisa ser. As pessoas acreditam e aplaudem. Para elas, é mais fácil acreditar que traficantes nunca estuprariam uma mulher e que a adolescente é uma louca que faz acusações falsas de estupro contra gente que controla favelas com fuzis. Isso é o Brasil!

Anônimo disse...

Eu estava aqui pensando se é verdade isso que "traficantes não toleram estuprador, eles mesmos matam". Não tava botando fé nisso, mas pensando melhor pode até ser verdade. Mas isso só vale pras mulheres das famílias deles. Será que eles matariam estuprador dessa moça se nem da favela ela é, não é familiar de ninguém do morro?

Anônimo disse...

Agora estão dizendo que a vagina dela estava meio ensaguentada porque ela tava menstruada..

ps: não vi o vídeo.

Anônimo disse...

Acho que é bem complicado julgar casos envolvendo gente famosa.

Não se pode negar que há muito dinheiro envolvido nessas relações, o que poderia levar alguém sem caráter a tentar conseguir uma grana (lembremos do caso do Michael Jackson, que foi acusado de abuso injustamente por um garoto).

Mas falta de "evidência de abuso" é o fim da picada (lembremos do caso Kesha).

Difícil...

Anônimo disse...

Traficantes recrutam crianças e queimam gente em pneu, e vocês esperam mesmo que eles respeitem mulheres????

De onde saiu essa idiotice que virou lenda urbana, aliás?

Anônimo disse...

09:03, realmente as fala de que "traficantes não toleram estuprador, eles mesmos matam" é completamente irreal. Já teve casos de traficantes sequestrarem garotas em troca de dinheiro e caso a familia não mandasse, iriam estuprá-las. Quando se trata de mulheres que de alguma forma são ligadas a facções rivais, é violência total. Traficante não é nada mais que um bandido, ignora as leis e realiza ações conforme os seus interesses.

Anônimo disse...

O brasil é um pais formado por estupradores e criminosos, que mesmo cometendo crimes, acabam sendo protegidos pela população, a mesma que sofre pela impunidade e violência.

Anônimo disse...

"Traficantes recrutam crianças e queimam gente em pneu, e vocês esperam mesmo que eles respeitem mulheres????
De onde saiu essa idiotice que virou lenda urbana, aliás?"

Do mesmo lugar que diz que quem estupra não é homem, mas um doente.
Do mesmo lugar que diz que um homem de bem/pai de família nunca faria uma coisa dessas.

E nisso as mulheres baixam a guarda, confiam.. e se tornam alvos mais fáceis.