terça-feira, 10 de novembro de 2015

GUEST POST: A PROSTITUIÇÃO NO SUDESTE ASIÁTICO

Ao passar sete meses viajando no sudeste asiático, a jornalista Camila Ribeiro escreveu este texto sobre prostituição.

"A Índia precisa do feminismo porque
eu não devo pagar a ele para se casar
comigo", diz indiana
Enquanto no Brasil há campanha contra o assédio às mulheres nas ruas, a fim de inibir o secular fiufiu, gostosa, tesuda e daí pra baixo, na Ásia o movimento feminista é tímido, inaudível, e a relação entre os gêneros remete ao feudalismo.
A virgindade ainda é critério decisivo para um casamento. Beijar na boca em público: inaceitável. Até mesmo os filmes dão apenas a entender que haverá um beijo mais caliente, jamais mostrando o encontro dos lábios e línguas. 
Liberdade sexual feminina, então... um tabu. A mulher é definida pelo papel de esposa e dona de casa. Em muitos países é preciso pagar um dote para a família do noivo, transformando a mulher literalmente num commodity, algo a ser negociado.
Feministas indianas: "Não diga pra
nossa filha não sair. Diga ao seu
filho que se comporte"
Em minha viagem  à  Índia em 2009. tive a primeira vivência do que é uma sociedade onde a mulher é considerada raça inferior. Em todos os cantos pude reparar claramente ser uma terra de homens, onde as mulheres numa postura sempre cordial, para não dizer passiva e submissa, tinham papel pouco expressivo, e para piorar, não podiam mostrar seus corpos, sempre escondidos por trás de coloridos saris, enquanto eu, como turista, tampouco podia exibir alguns centímetros da minha carne.
Obrigada a usar lenços e roupas discretas, minha pele sofria de sudorese excessiva num calor apocalítico de 40 e poucos graus. Qualquer pedaço de ombro à mostra despertava olhares de lascívia, constrangedores e indiscretos, tolhendo completamente minha liberdade.
No sudeste asiático (Tailândia, Camboja e Vietnã), achei as coisas bem mais tranquilas. Na maioria dos lugares pude me vestir como bem entendia e os asiáticos me respeitaram. Não sofri assédio ou qualquer desconforto; pelo contrário, eles são bem discretos e mal te olham.
O que me chamou a atenção foi a quantidade de prostitutas trabalhando. Elas podem ser encontradas em qualquer lugar onde haja vida noturna. Uma asiática se divertindo num clube é inexistente, as que estão nas casas noturnas estão a trabalho, em busca de clientes.
Na Tailândia é sabido que o turismo sexual corre solto, sendo inclusive um grande atrativo para turistas dispostos a pagar por uma namorada temporária ou transa de uma noite. Como a economia do país é extremamente dependente do turismo, essa relação se faz altamente visível. Sempre há um gringo desfilando com uma local. Qualquer homem solteiro aproveitando a vida noturna, querendo ou não, se verá assediado por alguma profissional do sexo interessada em seus dólares. Elas puxam assunto, convidam para um drink, entre outras artimanhas para angariar clientes. 
A mulher asiática que se expressa sexualmente na Tailândia é aquela que faz isso por dinheiro. A prostituição é uma profissão corriqueira, facilmente encontrada, mas não necessariamente aceita.
O turismo exacerbado e um governo precário ajudam a incrementar esse quadro. O turismo sexual é muitas vezes o atalho para uma vida melhor e como boa parte da população vive do turismo, por que não transformá-lo em ferramenta de lucro?
No norte da Tailândia, onde há muita pobreza e fome, as famílias estimulam de alguma forma que a mulher se engendre na prostituição, só que de maneira velada, aceitando de bom grado o dinheiro enviado mensalmente sem perguntar a origem, ou fingindo que não sabe. O dinheiro enviado contribui para a compra de bens de consumo como eletrodomésticos e outros luxos, aumentando o status da família na vila onde vive. Há estudos que apontam que no norte da Tailândia um terço das famílias vive da prostituição das filhas.
Na vida cotidiana do Camboja mulher e homem têm papéis definidos e inflexíveis, o clube do bolinha e da luluzinha. Raras vezes esses dois sexos são vistos conversando ou se divertindo. Quando estão juntos geralmente são marido e mulher.
Em Siem Riep, onde ficam os templos de Ankgor, conheci um italiano cuja namorada era cambojana. Ela me contou que vinha de uma família paupérrima, que dependia quase inteiramente de seu dinheiro, inclusive para sustentar os irmãos mais novos, que não eram poucos. Me disse também que não podia contar ao bisavô que trabalhava em bar, pois ele ficaria triste. Por fim, contou que assim que chega em casa para visitar os parentes, a família já pede dinheiro.
O italiano fez o que muitos turistas fazem, arrumam uma namorada temporária, ajudam com dinheiro quando estão lá, às vezes enviam remessas mensais. Elas, por sua vez, trocam de namorados conforme suas necessidades financeiras e a generosidade e disponibilidade do pretendente.
Mas justiça seja feita, a grande clientela das prostitutas na Ásia não são os turistas, e sim os próprios asiáticos. A diferença é que o turista paga melhor, bem melhor.

Em breve publicarei a segunda parte do texto da Camila, em que ela descreve o tráfico de escravas do sexo.

346 comentários:

1 – 200 de 346   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Credo, um shot de 51 tá valendo mais que um boquete. kkk

Mikaela T. disse...

Anonimo 11:38
Posta uma foto tua aí pra gente ver o Apolo que tu é.

Mikaela T. disse...

Anon 12:02
Quer dizer então que em "balada rica"(seja lá o que isso for) só tem feia? E logo você é bonito porque mulheres feias te assediam? Você liga pontos como meus alunos do 1º ano do fundamental quando dou liga pontos para eles fazerem.
huahsudhuashduhsd

Anônimo disse...

Uma vez eu comentei na internet que homem era commodity atualmente: se o macho for um lixo, preguiçoso, vagabundo, ruim de cama e machista a mulher joga fora e pronto. Se eles não melhorassem iam pro lixo, que é lugar de machista. Tinha que ver o chilique do mascu!, berrando aos 4 ventos que homem não é commodity coisa nenhuma, são seres humanos e que fizeram tudo!, e todo esse chorume mimizento. Respondi dizendo ok então, homem não é commodity, homem agora é opcional, acessório. Ele chorou mais um pouquinho e nem percebeu que eu disse a mesma coisa, só que com outras palavras. Arrogante, machista e burro (pleonasmo, eu sei). Depois as mulheres nem olham e ele se pergunta por que. Mas essas situações aí de mulher ser comprada na Índia e coagida à prostituição na Tailândia eles acham totalmente normal e certo. Mereciam um tiro na cara e outro no saco.

Anon das 12:02 é bem simples, sabe? É que agora as mulheres trabalham, ganham o próprio dinheiro e cuidam da própria vida, portanto elas escolhem o homem que querem-e como o futuro delas não depende mais do casamento, elas não são obrigadas a se contentar com qualquer merdinha machista como você. Passar bem.

Mikaela T. disse...

Anon 12:12

Exato!

Anônimo disse...

Mikaela, deve ser daquelas que sao invisiveis, e que sonha namorar com bonitao pra chamar atençao das pessoas. KKKKKKK

Anônimo disse...

Uma vez lendo um fórum sobre latinas que se relacionam com alemães, vi mts relatando que odeiam qd seus namorados/casinhos/maridos/etc dizem que vão trabalhar no sudeste asiático. Ódio por conta da prostituição, deles arranjarem namoradas temporárias por lá. E esse ódio fica pior qd aparece um alemão ou europeu falando que sonha em ir pra essas bandas ou se casar("casar"?)com uma tailandesa. Inclusive algumas comentaram que é pra fugir de europeus que demostrem esse gosto por asiáticas, que sem dúvidas são caras que curtam prostitutas.
A princípio não tinha entendido, mas depois saquei que o problema é prostituição.

Rad Maravilha disse...

Nem li o texto, já conheço bem as opiniões da autora do blog acerca da prostituição. Se diz contra, mas é a favor da legalização e regulamentação. Como alguém que se diz contra as diferenças de classe, mas a favor do capitalismo. Aqui a maravilhosa Kate Millett com Christine Delphy e Monique Wittig acabam com essa falácia. Estude Lola Estude e não só escreva. https://vimeo.com/137053288

Rafael Cherem disse...

Esse é o blog da Lola moleque, o blog de raiz, o blog de várzea!Como fazia falta esse tipo de texto.

Ps.: Não alimentem os trolls.

Anônimo disse...

Ótimo esse texto! Interessantíssimo.

Estou aguardando ansiosa a continuação!

Alice

Anônimo disse...

Achei que fosse só eu um beta feio que estava na merda mas existem gente na Pior mas vocês feministas marxistas apoiam os regimes socialista que exploram as mulheres a troco de comida, No capitalismo também são vão dizer mas ao menos conseguem algo alem da comida

B. disse...

Senti vontade de vomitar do início ao fim do post, tanto pelo texto quanto pelas nojentas imagens.

B. disse...

Três coisas: não alimentem trolls, já no inicio dos comentários tem troll e gente respondendo...esse é um dos blogs feministas que conheço que mais dão palco p mascu...

Concordo com o Rafael Cherem, isso é texto do blog de raiz, tava com saudade de temas assim;

e terceira coisa: prostituição me dá nojo. Assim como feministas que veem na prostituição o "empoderamento" feminino, como aquela nojenta entrevista da Monique Prada aqui no blog ("ain, eu tinha um bom emprego, mas não dava pra comprar minhas bolsinhas Louis Vuitton, então decidi virar prostituta de luxo pq ganhava o dobro", ahh vai te catar!). E também tenho MUUUITO pé atrás com a regulamentação da prostituição, deem um trabalho mais saudável p essas moças, pelamor, em vez de defender essa atrocidade! (antes que me matem, não falo da Lola, e sim dessas feministas "tudo por dinheiro").

Anônimo disse...

O sudeste asiático é bem a cara da américa do sul

Mila disse...

Tive uma experiência parecida na China. Por lá, a impressão que me deu do feminismo é algo que ainda caminha a passos de tartaruga, mas as jovens das cidades maiores (universitárias) já têm um pensamento mais aberto. Éramos duas ocidentais no campus inteiro, alguns dos nossos colegas (mulheres inclusas) obviamente poderiam achar que as ocidentais tinham um comportamento deveras libertino, sendo que alguns homens tentaram se aproveitar da nossa mentalidade diferente. Outros (homens e mulheres) tinham curiosidade de perguntar como se davam as relações sociais nos nossos países (Brasil e Itália, havia um outro intercambista noruguês), se namorávamos, se transávamos fora do relacionamento, como era a questão de casamento e como nos divertíamos em festas por exemplo.
Tanto na China quanto no Camboja, era bem raro uma mulher aparecer como visitante para aproveitar a vida noturna, tanto que mesmo estrangeiras eram vistas com ressalvas. Baladas lotadas de homens com prostitutas e namoradas temporárias são a regra. É como se a vida noturna nesses países fosse masculina.

Anônimo disse...

Esse é o tipo de post que me faz pensar em como homens são hipócritas...
Condenam determinado ato sendo que são eles que o promovem...

Anônimo disse...

A vida dessas mulheres já é marcada, pra ser puta, tem uma cidade na Índia onde ou a mulher se casa e vira propriedade de um ou ela é puta e vira propriedade de vários. Não tem alternativa , não estudo, não tem ninguém pra salvar elas. Elas viram prost muito cedo e incentivada pelos próprios parentes.

Triste demais eu queria que fizessem uma campanha pra salvar essas meninas dessa vida, dói saber que vc vai crescer e virar prostituta não ter outra alternativa de vida.

Anônimo disse...

Muito homem sonha em casar com a asiática submissa, tbm tem a ideia de que latinas são mais submissas que as "frias" europeias.

Anônimo disse...

Brasileiro então é um dos mais hipócritas. Na época da Copa, o que tinha de mimimi pq as brasileiras queriam pegar os gringos... mas eles podem babar nas loiras suecas.

Anônimo disse...

Desconfie de homem que diz ter preferência por asiática, eles já tem a ideia de submissão delas. Esses italianos estão sempre envolvidos com putaria a fama deles tá no lixo, só servem pra serem abusados, fiquem de olhos bem abertos com homem italiano!!

Anônimo disse...

justo suéca as mais feminazis esses brazucas são escravocetas se quiserem elas kkkkk, melhor pegaram as submissas chinas.

Eu prefiro gringo mesmo de país não machista claro, eu tô sem saco pra tentar achar um brasileiro decente e não machista! e boa sorte pra quem tá tentando

Anônimo disse...

O que italiano tem de bonito tem de tarado!

Alain Soral disse...

Sempre apagando meus posts com referências fundamentadas e textos bem elaborados. Lola e sua política de censura da liberdade de expressão. A razão é sempre a mesma: O Politicamente Correto.

Continuem gastando tempo e "cognição" (se é que possuem) com temas voltados a prostituição "feminina" (existem outros tipos de prostituição malditas) no mundo. Vale ressaltar que 90% das putas escolhem tal "profissão" por motivos puramente gananciosos, comodistas e modernistas. A filosofia do hedonismo do mundo moderno contribui para o tipo de prostituição mais aceito de todos: Atrizes pornos. Essas, por outro lado, são putas sob o rótulo de "atrizes pornográficas". Puta do mesmo jeito. Não diferencia de puta de rua ou puta de luxo. Nesse sentido, é inegável que, ao firmar um contrato em que uma prestação constitua "trepar" frente a câmeras, produtores e diretores mediante uma remuneração salarial, também é uma forma de PROSTITUIÇÃO, senão, a mais aceita no mundo ocidental "liberal". A pergunta é: Com tantas profissões e meios lícitos/morais de se ganhar, por que algumas ainda insistem nesse lado imoral, sujo, satânico e perverso? RESPOSTA: Comodismo ganancioso.

Insta, ainda, ressaltar que o feminismo, em análise genérica, seja individual ou coletivista, é falho em seus dois polos. A liberdade absoluta em fazer "porno", justificado pelas feministas libertárias e individualistas e, por outro lado, o argumento socialista mongoloide de que prostituição/pornografia é culpa da sociedade patriarcal histórica também não se sustenta, vez que o problema é do próprio papel da mulher no mundo moderno, isto é, na ideia de que a mulher é livre a ponto de tudo. O feminismo - obviamente do modelo burgues entediante de Simone Beauvoir - é, essencialmente, uma quebra revolucionária burra do modelo clássico e digno da mulher feminina, fiel ao marido e atenciosa a prole e ao lar , para um novo modelo de mulher mercantilista/consumista americana. The New Woman. A cultura do "femme fatale", perpetuada na mídia hollywoodiana, insiste em dizer que a mulher INDEPENDENTE não precisa do homem, porém esta filosofia não vê que está empurrando a própria mulher a sua ruína. Apresento-vos a Era de Kali Yuga. Idade sombria do mundo moderno e pós-moderno.

B. disse...

É bem como estão comentando, existe um fetiche da mulher do sudeste asiático, a tailandesa fogosa e ao mesmo tempo submissa, é um dos principais locais de turismo sexual, assim como latinas gostosonas, brasileira puta (na época da Copa, vi muito isso...mas coletivos feministas viam isso como "empoderamento" da brasileira, vontade às vezes de enfiar essa palavra no C* de quem diz).

Não sei o que é pior: as feministas liberais glorificando prostituição e sexualização dessas mulheres...coincidência, Tailândia e Brasil são países pobres, (a meu ver), atrasadíssimos, coincidência serem países pobres os que tem as mulheres mais submissas e sexualizadas? Acho que não.

E do outro lado, setores da esquerda santificando países "que não sejam europeus opressores" e dizendo que tenho que "respeitar a cultura das minorias", "ai, tu tem que respeitar a cultura do sudeste asiático"...e demonizam o capitalismo e países como EUA, Alemanha e afins...prefiro MIL vezes ser mulher na Alemanha do que na glorificada Cuba...que trata mulheres "super bem".

Deu pra ver que esse assunto não é simples...essa é minha opinião, sei que muitos vão discordar, mas respeito as divergências.

Anônimo disse...

Aqui no Brasil tem muita mulher que gosta de homem asiático tô falando sério...
muitas gostam de árabes, indiano, turco, argelino até com sírio.

Se vocês forem no blog conexão oriente vão ver, as mulheres tudo doidas por eles, elas vão atrás mesmo, dizem que eles são mais românticos e muitas caem em ciladas.
Pois eles são machistas, a maior reclamação é essa que eles são machistas e mulçumanos mas muitas acabam até se convertendo a o islã usando véu.

Anônimo disse...

Eu entendo seu ponto B. mas o que aconteceu na copa foi que as mulheres tavam loucas pelos gringos sim, pois aqui parecia o céu de tanto homem lindo. E os homens achando que nós somos putas pq queremos eles e nos acham putas pq ficamos com brasileiros tbm. Brasileiro quer tratar a mulher como lixo e ainda quer que tenhamos preferências por eles, eu mesma prefiro um holandês branquelo que me trate bem, que um brasileiro mal amado e machista.

Anônimo disse...

Sabe o que as mulheres tem que fazer? usar esses babacas e pular fora.
Vocês também, não fiquem aí dividindo conta achando que são iguais pq na hora de vc ir pra cama qualquer homem vai te achar vagaba e nem vai lembrar que vc dividiu a conta no jantar.
Então aproveitem quanto puder e quando acharem um homem sério e não machista fique com ele.

Alain Soral disse...

É interessante para o Ocidente - já contaminado pelo feminismo - ter um mercado de meretrizes asiáticas que atendam os anseios de europeus e americanos pervertidos e depravados sexualmente. A própria indústria porno - inclusive com proprietários judeus multiculturalistas - também exploram esse tipo de fetiche interracial entre asiáticos e ocidentais. O maior fetiche na Tailândia, por incrível que pareça, não são de mulheres, mas sim de travestis. Procurem por "Ladyboys tailandeses", garotas-meninos, que e tornam objetos de procura por muitos ocidentais depravados. Essa é a realidade. O mercado capitalista, contaminado pelo feminismo libertário, consegue SIM destruir bases conservadores milenares. Não ache que o capitalismo é antagônico ao feminismo - pode ser ao feminismo socialista/coletivista - mas ele se adequou ao feminismo liberal norte-americano.

Anônimo disse...

Aqui no Brasil as travestis tbm fazem sucesso, aqui em salvador tem mais travesti em ponto que mulher.

Anônimo disse...

complementando eu não vou nesses pontos, eu vi numa matéria aqui em salvador.

Anônimo disse...

A hipocrisia que reside no homem que critica prostitutas e ao mesmo tempo usa dos serviços delas é hilária. Se tem prostituta e atriz pornô (aliás, uma das poucas carreiras onde a mulher recebe mais que o homem exercendo a mesma função) que ganha os tubos de dinheiro é pq existe demanda, segundo o capitalismo a qual estamos submetidos. Prostitutas de luxo cobrando 5 mil, 10 mil... Homens reclamam tanto dessas mulheres ganhando esse valor exorbitante, mas esquecem que são outros homens que estão pagando esses valores em nome de status (pq a tal mulher é gostosa, é famosa etc). Se cobram esse preço é pq existe quem paga.
Há prostituições e prostituições. Há a mulher que se prostitui pq consegue ganhar 10, 20, 30 mil num mês, coisa que em serviços comuns jamais conseguiria (sim, muitas meninas de classe média alta que o fazem para manter o padrão de vida elevado); a mulher que se prostitui por uma pedra de crack; ou a menina que é "vendida" para ser "criada" em casa de família (procurem pelas meninas quilombolas de Cavalcante); a moça que acha que vai trabalhar lá fora e ganhar em dólar mas é explorada ou a travesti que é empurrada para esse mundo por não conseguir emprego. Não dá pra generalizar e colocar a culpa na ganância da mulher que quer ganhar dinheiro fácil.

Anônimo disse...

É verdade tem muita mulher louca por árabes, e eles são bonitos o que chama atenção, um homem árabe bonito vai te dar mole, um homem mediano aqui no Brasil só quer top model pra tirar onda. Não que eu curta árabe mas já fui paquerada e muitos eram bonitos mesmo, até lindos, eu me acho mediana já que não sou loira do cu rosa, que é o ideal de beleza brasileiro mas não é o de lá.

B. disse...

Bem lembrado quem falou nas travestis. Muitas vezes, a prostituição é a única saída financeira para sustento dessas mulheres. Elas deviam ser acolhidas e a elas serem dadas profissões mais saudáveis. Pelo menos na minha utopia...rsrs. Dá até aflição pensar nas travestis se arriscando nas ruas por dinheiro enquanto a dondoquinha da Monique Prada tava no bem bom, escolhendo cliente pra comprar bolsinha de marca (não, não gosto dessa Monique Prada, deu pra ver né).

Anônimo disse...

Tenho 61 nos e na década de 60 feministas estimulavam a liberdade sexual da mulher. Naquela época uma moca para casar tinha que ser virgem .Eu beijei pela primeira vez com 23 e fiz sexo pela primeira vez com 28.Também casei virgem.Entretanto essa cultura da liberdade sexual disseminada por feministas da década de 60 trouxe consequências nada boas.Moro em São Paulo e na minha rua sempre tem bailes funks onde meninas de 10 fazem sexo na rua.Minha neta de doze anos tem uma colega de 11 que estas gravida e não sabe quem é o pai.Na década de 70 li muito artigo no jornal escrito por feministas que acusavam nos homens de machistas por termos a liberdade de fazer sexo antes do casamento mas exigirmos virgindade da mulher.Não sei que pesquisa foi feita para elas chegarem a esta conclusão porque isto não se aplica a mim e nem a muitos dos meus amigos.Desde que o mundo é mundo sempre houve homens e mulheres de todos os tipos.Ilusão querer fazer um padrão.

Anônimo disse...

Hahaha, a prostituição é culpa do feminismo. E aquilo que dizem ser "a profissão mais antiga do mundo" era mentira? Ou seria o feminismo já organizado desde tempos antigos?
Se o mercado de filmes pornográficos e prostituição é rentável - e não é de hoje - é pq tem público, homens são os maiores interessados. Imagina chegar num grupo de homens e proibir ser cliente de prostituta ou acessar o xvideos? Os caras ficam loucos de chilique

Anônimo disse...

14:20
quando falamos que mulher não faz isso eles dizem que é pela baixa libído, na verdade pra mim é humilhante ter que pagar alguém pra ficar comigo. E nessas horas eles se preocupam até com os deficientes falando que eles precisam desses serviços, mas da mulher deficiente todo mundo esquece né, imagina uma mulher deficiente ter a audácia de pensar em sexo né

Se elas não servem pra casar eles tbm não servem, tem homem que só é digno de ficar mulher pagando mesmo.

Rafael Cherem disse...

Se não me falha a memória o aborto também é proibido na Tailândia.

Alain Soral disse...

Quantas mulheres optam por entrar no ramo pornográfico ou da prostituição? Vamos nos atentar ao ramo da pornografia, do pornozão mesmo, já que você diz que o homem é o responsável.. Já viu entrevistas com "pornstars"? 99% são burras e recorreram a essa indústria simplesmente por MONEY. Nada mais. Pura ganância. Se você acha que ganância e comodismo laboral é algo POSITIVO, não posso fazer nada. E quem financia e explora esse mercado não se diferencia tanto dessas mulheres que adentram a esse mercado. São tão sujos quanto elas mesmo. Mas não se assuste, prostituição e pornografia só aumentarão com o tempo, justamente pela objetificação do sexo desse mundo pós-moderno. O relativismo moral aliado ao sexo "descompromissado" contribui para o nascimento de novas putas e mulheres femi-independentes. O modelo europeu sueco, por ex, entrará em ruinás por causa do feminismo doentio que por lá se instaurou. Baixíssima taxa de natalidade, alta taxa de imigração para suprir empregos básico. Uma mulher sueca não quer mais planejamento familiar. Ela só quer gastar dinheiro em festas e orgias em Ibiza.

Anônimo disse...

Q preguiça de vc Alain Soral, nossa mas q preguiçaZZzzzzZZzzzzZZzzzZzzZZZZzzzZZzzZ

Esqueceu q além das atrizes, tb há os ATORES (homens q atuam nesses filmes, se vc não entender). E eles? Tb são prostitutos?

Fala como se não houvesse críticas das feministas em relação à essas produções pornográficas, mil e uma "problematizações" e críticas por parte das feministas, é só procurar. E não sei o q vc tem na cabeça, pornografia não é o mesmo q prostituição (levando em conta o significado "clássico" dessas palavras, e não os "novos sentidos" q dão a elas), embora ambas envolvam o sexo e inclusive muitos atores tb são prostitutos, eles NÃO SÃO a mesma coisa, meu deus, como é retardado.

E vou citar uma frase bem capitalista, se há demanda é pq há procura, se existe tanta oferta de prostituição barata e pornografia porca e misógina é pq os seus colegas de gêneros é q são uns depravados e amorais. Agora a culpa dos seus amiguinhos de rola serem uns babacas imbecis e doentes é do feminismo? A cultura de violência e misoginia explícita dos jogos eletrônicos fabricados sob medida para meninos, vai dizer q é culpa do feminismo tb. Milênios de exploração sexual, violência de gênero, mutilação genital feminina e submissão compulsória de mulheres por inúmeras sociedades em quase toda a história humana, é culpa do feminismo tb?

A Alain não sei o quê, vá te catar, o teu cinismo e anacronismo me cansa

Anônimo disse...

14:28
Feminismo nunca incentivou a sexualidade de meninas de 10 anos, não acho esse tipo de funk empoderador. Essa pressão para perda da virgindade nunca foi pauta feminista mas sim a não pressão para a mulher se manter virgem, e liberdade sexual que é bem diferente.

meninas de dez anos de fazerem sexo, mas nossas avós casavam com 15 anos e tinham dez filhos , isso sempre aconteceu podem ter mudados os motivos mas sempre aconteceu e eu não apoio que crianças façam sexo até pq na maioria das vezes, elas fazem tudo errado e com falta de educação em casa.

Anônimo disse...

B.
Eu que sou a anônima das 14:20. Me referi àquelas travestis que estão em situação de prostituição grave mesmo, tipo as que se prostituem por 10 reais e usam bombadeiras, silicones industriais e hormônios de baixa qualidade para ferrar com a saúde. Ou as prostitutas de beira de estrada, suscetíveis a pegar DSTs e serem estupradas. Enquanto isso, prostitutas de luxo estão como vc diz, escolhendo a próxima bolsa de marca ou marcando viagem para Paris.

Deu pra ver o backlash correndo solto por aqui. É claro que a liberação sexual uma hora ou outra seria usada para criticar feministas (como se as críticas dentro do próprio feminismo não existissem), como instigadoras do sexo precoce, instigadoras da prostituição e do filme pornô.

Anônimo disse...

Na verdade muitas preferem sangrar e serem socadas por vários caras que correr risco de morte nas ruas pq é isso que ocorre. Não é coisa da minha cabeça eu leio entrevistas dessas atrizes, muitas eram prostitutas mas tinham medo de morrer na mão de clientes, cafetões.

Anônimo disse...

E daí melhor dar o ku e ganhar dinheiro que fazer isso de graça sem gostar, quem já viu a entrevista da vivi fernandes, ela disse que odiou dar a bunda e nunca faz isso mas pela grana ela transou até com mulher, e quem é você pra julgar isso . Logo você que assiste e se duvidar ainda paga!!!

B. disse...

Sim, "14:20", enquanto as travestis e/ou pobres estão se ralando em beira de estrada e tendo que aceitar qualquer cliente, as dondocas "empoderadas" tão escolhendo cliente a dedo (os gatos, cheirosos/limpos e que topam usar camisinha) e com a "miséria" de não sei quantos mil que ganham por mês, tadinhas, tão no terrível dilema de qual país da Europa vão visitar. Lembro da entrevista da Monique Prada e do meu estarrecimento ao lê-la,e pensei "vai ter crítica nos comentários"...que nada! Grande parte das feministas dos comments aplaudindo o "empoderamento" dela, nossa, que mulher esclarecida, teve até um cliente dela (!) que veio elogiar , kkkk. Só rindo. Na boa, não consigo ter muita pena de prost. de luxo, dondoca...CLARO que se ela sofrer violência de um cliente, vou me compadecer do mesmo jeito de qq uma q ela merecerá ser acolhida e tal...mas não consigo ver a prost d eluxo como oprimida, sabe?

Existe um "ditado" sobre prostituição mais ou menos assim "ah, prostituição é profissão como outra qualquer". SIM, mas SOMENTE pras de luxo que escolhem cliente...pra pobre, pra travesti, pra interiorana na beira de estrada não é, definitivamente, uma profissão como outra qualquer. Pelo contrário, muitas vezes essa mulher deseja ter uma "profissão como outra qualquer" em vez de se humilhar...

Alain Soral disse...

Alguma criatura se revoltou com meus posts e resolveu me atacar sem me conhecer, inclusive supostamente amigos meus.

Retardada é você. É óbvio que se trata de oferta e procura e, até mesmo, critiquei quem financia esse tipo de prazer. Ocorre que, o ramo pornográfico cresce cada dia mais e SIM, pornografia e prostituição são a MESMA COISA. A diferença é que, de um lado você tem um contrato, usualmente verbal, entre um cliente e uma puta e do outro lado, você tem um contrato de prestação de serviço ou até mesmo um contrato de trabalho, dependendo da configuração "trabalhista da vagabunda".
O que eu argumentei é que a MULHER opta por querer ou não ganhar dinheiro. Se ela adentra a esse mercado imundo e sujo por dinheiro não é só culpa da PROCURA, mas sim de quem também se adentra. Quantas mulheres se adentram a isso para ganhar dinheiro? Pelo que saiba, existem outras formas de ganhar dinheiro. Você não vai conseguir convencer NINGUÉM que a culpa da pornografia é exclusivamente de quem assiste, paga ou financia. A mulher tem a ESCOLHE de como quer viver sua vida. Logo, se ela adentra a esse mercado, é porque ela viu um comodismo laboral mais vantajoso. O que ao meu ver, é pura ganância. Dá uma pesquisa aí sobre uma atriz porno chamada "Nina Hartley". Essa puta americana, famosa na indústria porno, inclusive participou de filmes como "Boggie Nights", de Paul Thomas Anderson, é uma feminista liberal, relativista sexual. Existe muito feminismo no porno também, criatura. Feminismo esse decorrente da filosofia de "mulher independente", mesmo que haja tarado, depravado e buceteiro para comê-las.

Com relação a videogames e jogos, não entendi o que o CU tem a ver com as calças. Tem trocentos games por aí. Vai ver porque macho gosta de ação, tiro, guerra. Normal. Não vejo nada demais. Quantos moleques já brincaram de policia e ladrão ou coisa do tipo.......grande bosta esse argumento seu.

Anônimo disse...

Esses questionamentos ocorrem pq convenientemente o perfil de "feminista, peluda, gorda, odiadora de homens e lésbica" é substituído pelo "feminista, com peitos de fora e sexualizada" qndo o assunto é sexo.
Já que citaram o backlash, meninas de 10 anos engravidando etc, vale lembrar que feministas são contra pedofilia e adultificação de crianças, que uma boa parcela é contra a prostituição e o mercado pornô, e problematizamos sim a questão de casamento infantil e gravidez precoce. Primeiro pq uma menina de 10 anos jamais terá maturidade emocional e financeira para criar uma criança (sozinha, pq o pai vai dar no pé); segundo pq a gravidez precoce retira essas meninas da escola e aumentando a parcela de NEM-NEM (não trabalham ou estudo). A gravidez precoce atinge mais as meninas pobres e periféricas que não tem sequer creches para cuidar de filhos enquanto trabalham. Sem estudo, é muito mais difícil que as mulheres sejam empoderadas. Se tem feminista incentivando isso em nome de "liberdade sexual" é mentira deslavada.
Tá, sei que não tem. Esses argumentos são espantalhos para quem quer criticar o movimento com base em valores morais e os conservadores vão cagar para o que eu escrevi, o que vale para eles é que o movimento prega a liberdade sexual. Mas a desculpa do "não sabia" não cola mais.

Anônimo disse...

"prostituição e pornografia só aumentarão com o tempo, justamente pela objetificação do sexo desse mundo pós-moderno". - Nossa q anta, a pornografia não sei, tb não me interessa seu destino, é uma coisa q acompanhou a história da humanidade inteira, nem posso dizer q está longe de acabar, só espero q o rumo da pornografia não seja um "voyeurismo generalizado", em q agora tudo ao nosso redor será sexualizado e passível de excitação, mas acredito q isso nunca irá acontecer. E quanto a prostituição seu mané, ela só vai aumentar, enquanto as mulheres ainda acreditarem q podem ser objetos de troca, enquanto houver um sistema capitalista q induz que para vc ser alguém na vida, vc precisa ter dinheiro e enquanto houver homens babacas feito vc q para o único jeito de pegar mulher é pagando.

"O relativismo moral aliado ao sexo "descompromissado" contribui para o nascimento de novas putas". Nossa, então pq lá na Ásia, onde feminismo é tão fraco, as coisas são assim e na Suécia onde o feminismo é forte, não. Idiota mentiroso

"O modelo europeu sueco, por ex, entrará em ruinás por causa do feminismo doentio que por lá se instaurou. Baixíssima taxa de natalidade, alta taxa de imigração para suprir empregos básico. Uma mulher sueca não quer mais planejamento familiar. Ela só quer gastar dinheiro em festas e orgias em Ibiza". - Nossa, esse entende de tudo de Suécia e mulheres suecas mesmo. O seu idiotinha, a Suécia não é o único país no mundo (graças a deus) a ter uma ampla valorização da mulher e de sua independência, é assim na Islândia, na Noruega e no Canadá tb, por exemplo. Taxas de fecundidade baixa tem na Rússia e em uma penca de outros países da América tb seu imbecil, (inclusive a da Suécia é superior a do Brasil, seu babacão) e eu nem sei pq baixa taxa de fecundidade seria um problema tão grande assim. Se pra vc é, então tenha 30 filhos seu mané. O q vc vai fazer? Vai obrigar as mulheres a terem filhos?

Anônimo disse...

Você vai julgar se as adolescentes quiserem fazer sexo com 13 anos?Meu corpo,minhas regras já!!

Anônimo disse...

Aham a prostitutas agora são feministas, mas não deixam de serem exploradas se elas acham que não estão sendo pergunta se elas gozam nos filmes realmente? ah esqueci que elas vão ter que mentir...

Mas enfim, existem feministas como valeca popozuda... se acham feministas mas se auto objetificam, numa falsa liberdade sexual.

B. disse...

Anôn, "14:51", é triste, mas já vi, sim setores (minoritários, ainda bem) do feminismo que gostam desse papo de "adultificação de crianças" que amam aquela MC Melody, "ai, empoderada". Tenho nojo de quem pensa assim e é uma minoria, mas existe.

Outra coisa off-topic: como as pessoas feministas e de esquerda do Face idolatram aquela bosta de Mc Brinquedo...sério, aí tu vai ver as músicas "a novinha quer pau, pau, pau"...isso é que é "música"...

Anônimo disse...

@Alain, só que você está esquecendo que prostitutas e atrizes pornôs que ganham esses valores altos não são a maioria.
14:20 falou das diferentes situações de prostituição. Mulher que se prostitui para sustentar o vício no crack. Meninas que são traficadas ao receberem falsas promessas de emprego, travestis, prostitutas de BR, garotas "vendidas" pelas famílias e escravas domésticas e sexuais de famílias abastadas. Elas não entraram no ramo pq quiseram comprar uma bolsa Louis Vitton, não estão se prostituindo pq querem, mas sim, pq não é raro que essa é a opção mais viável para elas (isso quando não são obrigadas). Não dá para colocar todo mundo no mesmo saco e assumir que toda prostituta ganha esses valores, pq não ganham. Qnts não cobram um prato de comida ou 10 reais por um programa?
Sobre filme pornô, tem relato de várias atrizes sobre as péssimas condições de trabalho, de filmes que há divergência no tipo de sexo contratado e no que é pedido, do uso de camisinha, um monte de assunto. Não conheço a fundo esse assunto, mas no google tem muitas informações sobre.

A.

Anônimo disse...

"Com relação a videogames e jogos, não entendi o que o CU tem a ver com as calças. Tem trocentos games por aí. Vai ver porque macho gosta de ação, tiro, guerra. Normal. Não vejo nada demais. Quantos moleques já brincaram de policia e ladrão ou coisa do tipo.......grande bosta esse argumento seu". - Tem haver seu idiota, pq do mesmo modo q vc critica a pornografia por ser o quê? Imoral? Esses jogos de "ação, tiro, guerra", tb possuem o quê? "Imoralidade", pornografia, misoginia, violência porca, mas pra vc é tudo "Normal", sabia q vc era um idiotinha.

É impressionante como todas as críticas q vc faz sobre as atitudes dessas mulheres, vc não faz aos homens, pq se existem mulheres "acomodadas" q gostam de fazer filme pornô, há HOMENS ainda mais "acomodados" fazendo tb, mas pra vc na realidade, não é problema nenhum o homem se prostituir ou fazer filme pornô, isso não é acomodação, é problema só se a mulher fazer, e ainda usa disso pra invalidar o movimento feminista, como se não houvesse críticas do movimento a isso tb.

Mais uma vez, o teu cinismo e anacronismo me enoja

Anônimo disse...

B. Eu nem entro mais na discussão sobre funk. Com raríssimas exceções, ele virou um instrumento forte de backlash contra as mulheres. Mas se falar mal, eu sou elitista, que não respeita as vozes da periferia (assim falam alguns dos esquerda-caviar).
Agora o rap é um movimento que eu não curto, mas em geral, tenho algum respeito pelas vozes que eles representam dentro da comunidade, mesmo com todos os problemas (machismo, alguns fazem apologia à violência).

Anônimo disse...

Esse seria um ótimo momento para as radfems aparecerem por aqui, mas não, só dão as caras onde não são chamadas, quando "precisamos" delas de vdd não aparecem.

Anônimo disse...

As feministas ora são contra a sexualização da mulher que a transforme em um tipo de "mulher objeto". Por outro lado, muitas também falam bem da prostituição.
Não entendo.

Alain Soral disse...

Essa citação de jogos eletrônicas foi hilária. Jogo é apenas jogo. Você joga a porra do negócio e depois desliga. Metade dos adultos americanos jogam videogames, incluindo mulheres e também. Que argumento patético esse seu? Jogo é completamente diferente de pornografia, criatura. Você joga, seja qual for o game, pode ser sei lá, GTA V, espancar uma vadia na rua, trocar tiro com a polícia, atropelar idosos, mas isso é JOGO. Você desliga e pronto, além de ter restrição etária. Já a pornografia está em outro universo. A pornografia destrói a alma da pessoa. Não só as mulheres (99¨% das pornstars), mas também com atores homens. Procure relatos de ex-atrizes e atores pornos. Verá que suas vidas se tornarão um inferno espiritual. Eu só falei que, quando a mulher procura por adetrar a pornografia, ela é tão PUTA quanto quem escolher rodar bolsinha na rua ou virar puta da Rede Globo. Dá no mesmo. Você simplesmente surtou e começou a me ofender sem me conhecer.

Olha a sua comparação.

B. disse...

"Mas enfim, existem feministas como valeca popozuda... se acham feministas mas se auto objetificam, numa falsa liberdade sexual."

Ufa, alguém como eu...não consigo ver feminismo nessa Valesca...pior foi uma vez que a critiquei (critiquei as letras das músicas dela) e me xingaram "ai, tu tá humilhando mulher negra"...
Ela fez de tudo pra se afastar da imagem de negra, pintou e alisou o cabelo, botou lente de contato azul, mas convenientemente agora era "mulher negra". Ah, antes que me crucifiquem: essas ativistas que me xingaram lá eram as mesmas que xingaram a Lola quando ela foi identificada como negra por outra mulher negra.

Anônimo disse...

Uau, nossa, que problemão acabar com os "pilares tradicionais de um povo". Muito triste.

E o Japão é um país extremamente patriarcal e machista. A queda da taxa de natalidade lá tem mais a ver com os custos de se criar um filho que com as "japonesas feminazis que não querem continuar a família".

Você fica fazendo textão e jogando conceitos mas por trás dessa verborragia toda só tem argumentos imbecis.

Anônimo disse...

Só náo vaiv reclamar quando os gringos exigirem a divisão de tudo meio ao meio ,e o pagamento de contas meio a meio.
Como vejo várias brasileiras fazendo,se dizem feministas mas reclamam quando o gringo pede pra elas pagarem as contas kkkkk

Anônimo disse...

Eu duvido muito que a baixa natalidade tenha a ver pq as mulheres estão ficando feministas (infelizmente). A razão, acredito, é uma coisa mais óbvia: recursos. Hoje em dia ter filho é muito caro, é um investimento de tempo e dinheiro que nem todos estão dispostos a ter. Com o nível de desemprego, pessoas trabalhando mais para ganhar o mesmo, a instabilidade econômica, dos setores produtivos e com o aumento do custo de vida ter muitos filhos é inviável economicamente, lembrando que na maioria das vezes o pepino sobra para mãe.
De novo, o argumento do Alain está cheio de achismos e generalizações, visto os vários aspectos que ele deixou de lado, escolhendo as situações para que elas caibam direto nas suas argumentações.

MARI NOLASCO

Anônimo disse...

Alain Soral, seu mané, se a baixa natalidade é fruto do feminismo (depois reclama do pq ser xingado), então pq no Japão, como vc mesmo disse e aqui no Brasil (onde a taxa É MENOR q a da Suécia e de outros países "feministas") é tão baixa tb, se aqui reina o conservadorismo e a intolerância religiosa? Explica isso aí, seu bostinha.

A baixa natalidade pra mim, pode ser só um problema para casos de substituição cultural, como vc citou, e é o q está acontecendo na Europa, os muçulmanos invadindo mais uma vez aquele continente e se multiplicando propositalmente só pra serem maioria naqueles países, bom, acho q isso irá demorar muito, mas não é impossível, a UE precisa se dar conta disso e limitar bastante a entrada de árabes no continente. Mas é tb algo delicado, pq tb não se pode obrigar ninguém a ser mãe ou pai, e Alain deixe de ser hipócrita, fale pros seus machinhos terem 20 filhos com a mesma esposa, faça isso vc tb, quantos filhos vc tem por acaso? E pros homens q optarem não serem pais biológicos, qual vai ser a crítica?

A Suécia é um ótimo país, pra mim a bosta q ferra com o povo é o conservadorismo e o fundamentalismo religioso, como é nos países africanos.

Anônimo disse...

e brasileiro é puto não é de hoje a fama de vcs machorros

Anônimo disse...

Ei mascus suas mãezinhas que lavam suas cuecas sujas e financiam suas vidinhas medíocres, sabem do comportamento de vocês na internet?

Anônimo disse...

Eita, que surra esse Alain Olavete tomou nos comentários. O jeito é mudar de assunto pra ficar menos feio.

Alain Soral disse...

Acho que vocês não entenderam quando eu disse la em cima..bem lá em cima...que o feminismo liberal norte-americano impulsionou a "Theory of New Woman". Teoria que retira o modelo clássico da mulher mãe não-mercantilista e a lança ao mercado assalariado e consumista. É óbvio que essa mulher vai sofrer um duplo impacto. Ela precisa ser livre, desalienar-se do mundo patriarcal opressor, e cair no mercado, pois ela, segundo as feministas, deve ser LIVRE. Qual a consequência disso? Ela vai se sobrecarregar, pois além de ter que trabalhar e consumir o que o mercado padroniza para si (lembre que o mercado adora o feminismo, vez que mulheres são as que mais gastam no mundo), vai ter que agir, também, como mãe. Isso sobrecarrega a mulher a ponto de não investir em planejamento familiar. Não compensa mais ter filhos. O investimento se torna em SI mesmo, e, por este motivo, família e valores entram em colapso, justamente pela luta das feministas em emancipar a mulher, a todo custo, de uma função não-mercantil. Esse tipo de feminismo tem impacto SIM na taxa de fecundidade de um país, queira ou não.

Anônimo disse...

"Você joga, seja qual for o game, pode ser sei lá, GTA V, espancar uma vadia na rua, trocar tiro com a polícia, atropelar idosos, mas isso é JOGO. Você desliga e pronto." - E pra vc tudo isso é normal, é lindo, é válido, e depois quer ter moral pra falar de pornografia, fica aí com essa baboseira de ~mente anti-relgiiosa~, q patético. Seu pastor tb acha legal jogos desse tipo, seu ~conversador~ meia-bosta ? Bom meu caro Alain, te parafraseando então: "Você assiste, seja qual for o vídeo, pode ser sei lá, Brasileirinhas, ver meterem uma vadia (sic), trocar de puta (sic) com o bróder, comer vagabundas (sic), mas isso é PORNOGRAFIA. Você desliga e pronto."


"além de ter restrição etária". - Pornô tb tem idiota.

"Procure relatos de ex-atrizes e atores pornos. Verá que suas vidas se tornarão um inferno espiritual" - Mais uma vez ignorando as inúmeras críticas feministas a estas produções porcas e misóginas.

"Eu só falei que, quando a mulher procura por adetrar a pornografia, ela é tão PUTA quanto quem escolher rodar bolsinha na rua ou virar puta da Rede Globo". - Mais uma vez esquecendo q homens tb participam desses negócios (atuando nos filmes), mas eles não são "PUTOS", "VAGABUNDOS", nem nada disso.

Anônimo disse...

Rindo muito dos "homens" brasileiros xingando suas compatriotas de prostitutas e interesseiras. É por isso que elas buscam gringos de mente aberta, aqui no Brasil qualquer zé-mané mediano se acha no direito de ter uma top model loira sueca virgem e bombada.

Xingam tanto as compatriotas, mas davam um rim para pegar uma gringa branca né? A hipocrisia de certos homens é cômica.

Anônimo disse...

É a Suécia e os paises nórdicos são tao bons que detém as maiores taxas de suicídio do mundo

Anônimo disse...

Pra homem machista toda mulher ocidental é puta aprendam isso! normalmente eles gostam de mulçumanas pq é a religião mais misógina do mundo.

Anônimo disse...

essas história de suicidio é blá blá, já foi comprovado que eles são + felizes
e duvido q tu não queira morar nas zoropa

Anônimo disse...

Esse papo de asiática é recalque de homem, logo asiática atá me poupa né. Daqui a pouco quando as asiáticas virarem feministas será que eles vão partir pras africanas...

Anônimo disse...

Falaram uma coisa certa aí em cima, o que tem de mulher doida por árabe não tá no gibi. Eles são muito bonitos mesmo, muito mais que os brasileiros.

Anônimo disse...

Calma filho já tomou seu gardenalzinho hoje?
é pq quer sim, ngm obriga elas , mas o porno onde o prazer é focado no masculino é praticamente a maioria, é o que se discute. Em todo lugar tem feminista mas não quer dizer que elas não estejam erradas, se auto-objetificando, essa discussão é muito complexa pra sua mente pornografica!

Anônimo disse...

Gente, olha o nível do maluco com quem vocês estão discutindo, pelo amor da deusa, o cara fala em "problema moral e espiritual do sexo descompromissado"!

Macho religioso é hipócrita e nunca vai deixar de ser. Não importa quantos homens estejam participando (e lucrando horrores) com a indústria pornô, para esses tipo a culpa é sempre da puta. Eu sugiro que vocês deixem ele aí falando sozinho, uma hora ele volta para os "estudos bíblicos", para o livro do Olavo de Carvalho ou pro Xvideos.

Anônimo disse...

E daí seu pau no cú, tem mulher que se diz feminista e que prega a mor
te de homem , e aí você vai achar que isso é certo também só porque ela se diz feminista?

Em todo lugar tem gente entendendo feminismo como quer, e um exemplo é você .

Anônimo disse...

Incrível como não tem ninguém falando da gabi Pugliesi que è Mulher e mandou Nudes pra amiga com o Intuito das fotos vazarem se ela engordasse.
Provando que não é só homi que compartilha Nudes ou revenge porn

Anônimo disse...

Alain Soral, vou tentar ser calma com vc, antes q vc comece a chorar por ser "xingado" por só falar idiotices. Vi q vc não entende nada mesmo, é uma manesão completo.

Vamos lá, as mulheres sempre estiveram no mercado de trabalho. Seja durante a escravidão das antigas sociedades, seja na Revolução Industrial (vê se aprende seu burro). Isso se intensificou durante a Segunda Guerra Mundial pq os machinhos escrotos feito vc acharam melhor entrarem em guerra, e aí como vcs homens são burros decidiram obedecer o machão alfa e foram se matar nas guerras (bem feito).

O Feminismo só influenciou a entrada de mulheres no mercado de trabalho de maneira significativa, nos anos 80 ou 90, mas elas sempre estiveram no mercado, antes do movimento influenciar isso. E hj nem é mais assim, no Ocidente as mulheres não dependem (tanto) do feminismo pra isso, só em questões de salário, assédio etc.

A mulher sofre esse duplo-impacto meu querido, o q conhecemos por dupla-jornada, pq o marido se recusa a fazer o "papel de mulher", não quer cuidar dos filhos ou da tarefa doméstica, pq isso é obrigação da mulher.

E o restante da baboseira q vc escreveu: "...consumir o que o mercado padroniza para si", isso é pura lógica capitalista, no capitalismo as coisas são assim mesmo, tudo voltado para obtenção de lucro.

"O investimento se torna em SI mesmo, e, por este motivo, família e valores entram em colapso" - e é interessante notar q essa crítica nunca seria feita a um homem que luta "a todo custo por sua emancipação de uma função não-mercantil".

E é claro q o homem solteirão, emancipado, sem "funções mercantis", nunca q ele será responsabilizado pela suposta ~baixa taxa de natalidade~ de um país.

Seu cinismo e anacronismo me faz querer vomitar

Anônimo disse...

Só não vai reclamar quando o gringo quiser dividir as conta,como vejo muitas brasucas casadas com gringo reclamando.

Anônimo disse...

Alain, meu bem, numa sociedade capitalista as pessoas fazem de quase tudo por dinheiro. Mas tem que ser muito misógino pra achar que prostituta é imoral, suja, "tinha outros caminhos" e não usar os mesmos adjetivos pra atletas, dançarinos que também "vendem o corpo", afinal. Mas sexo é feio, e mulher fazendo sexo então, né, o horror, o horror!
Não vejo hipocrisia em feministas que são a favor da regulamentação da prostituição ao mesmo tempo que são contrárias a objetificação da mulher. Porque prostituição e pornô são hoje degradantes e humilhantes justamente porque é tabu; a prostituta não tem a quem recorrer quando é abusada, a atriz pornô sabe que vai ser ridicularizada se reclamar das condições de trabalho. Pra mim, querer proibir prostituição por ser objetificador é tão pouco eficaz quanto não se falar sobre educação sexual "'pra não incentivar". Nenhum inibe a prática e só dificulta ainda mais quem está no meio.

Alain Soral disse...

O país mais feliz, salvo engano, não era o Butão? O estilo de vida budista, camponês e espiritual - ressalto a qualidade moral do povo asiático tradicional - faz exatamente o país ser o mais feliz do mundo.

Com relação a escandinávia, as taxas de suicídios assim como no JAPÃO são muito altos. No caso dos nórdicos, pode também estar atrelado ao clima, pois ocorre fenomenos metereológicos em que o inverno é tão duro que sequer nasce sol. Coisa do tipo. Com relação ao Japão, tem a ver com a sua história e os princípios do Seppuku repassados para várias gerações, até mesmo a atual geração tecnológica e capitalista. Mas inegável que o feminismo na Europa distancia cada vez mais a mulher de seu papel inerente de mãe, devota e fiel ao marido. Depois reclamam que não conseguem exercer mais de duas funções.

E qual o problema de enxergar o sexo, além de algo instintivo, mas também espiritual? Para você, sexo é só putaria? Existe metafísica no sexo, existe amor. Pelo menos, eu acredito nisso. Mas ao contrário de mim, vocês, feministas abortistas, veem o sexo apenas como algo sem compromisso. Caso engravidem, mate. Menos um "peso" em minha vida, pois o CORPO É MEU!. Essa é a lógica.

A outra ainda quer me criticar..

Anônimo disse...

16:00
reclamar? a maioria dos homens brasileiros nem pagam a conta toda, os únicos que pagam a conta são os árabes é da cultura deles e dizem que americanos nos primeiros encontros, agora brasileiro ao meu ver só curte feminismo na hora de rachar a conta.

Anônimo disse...

Alain, vc está confundindo conceitos de feminismo com liberalismo, com capitalismo, tá tudo virando uma salada.

Vamo lá. Não querendo minimizar as conquistas feministas, mas a entrada da mulher burguesa (pq a pobre sempre trabalhou) no mercado de trabalho não teria sido possível se não houvesse demanda para isso. No período da guerra, mulheres foram empurradas para os setores produtivos enquanto os homens em idade economicamente ativas estavam em guerra. Logo, a indústria percebeu que elas podiam produzir mais e receber menos.
O potencial de consumo de mulheres não foi coisa inventada com o feminismo. Vide as donas de casa dos anos 50, não empoderadas, mas que eram filões no mercado consumidor, isso demonstra claramente como as moças não empoderadas e não independentes eram mercado consumidor mesmo quando não detinham o capital de fato.
Sobre o mercado depois que as mulheres começaram a trabalhar, tem mastigadinho no Mito da Beleza. Como eu sei que vc não vai ler, vou te dar um resumo: a indústria da beleza, que se beneficia em falar como cê tá feio, foi um dos instrumentos mais eficaz de controle de bens e de empoderamento das mulheres. Palavrinha mágica já usada neste post: backlash. Uma contra-onda que procurou explorar mulheres recém-empoderadas e com grana para gastar.
Hm... o custo de vida atinge a todos, mas concordo contigo quando diz que para as mulheres as responsabilidades são maiores. Promovidos pelo feminismo liberal? Suspeito hein... Se fosse assim, homens quisessem ter filhos, o que não é verdade, já que, bem ou mal, eles também tem ônus nisso. Junta isso como mais uma coisa que vc deixou de fora em sua análise: a de não só mulheres não querem ter filhos, mas homens também.
Mas... vamos supor que nós ingratas com o patriarcado continuássemos a povoar o mundo com 4 ou 5 filhos por mulher. Pensa na situação de superpopulação que estaríamos agora. A China foi obrigada a ser austera com isso (e não foi por causa do feminismo). Mais gente no mundo significa mais recurso, mais escola, mais necessidade de emprego, mais demanda por energia, mais demanda por comida etc etc etc.

Anônimo disse...

Alain, tá repetindo maluquices igual um cd, feminista não prega putaria seu louco, sexo pode ser um espiritual sim, a maioria das mulheres não curte sexo britadeira.

Tem gente que só soube ser esperto quando era um espermatozoide...

Anônimo disse...


se prostituição masculina desse muito dinheiro ia ter um monte de homem se prostituindo tbm, mas as mulheres não querem pagar milhões pela virgindade masculina, diferente dos homens né.


ah e VAI TOMAR NO CÚ VOCÊ PRA VE SE PARA DE ENCHER

Anônimo disse...

É, realmente, não vale a pena argumentar com um babaca completo feito esse Alain, q acha normal em jogos de video game idosos serem atropelados e outras porcarias.

"necessidade dela colocar uma parcela de 0,0001% de homens atores pornográfico" - Tirou essa estatística do cu, aposto. Se esqueceu das pessoas responsáveis por essas produções (diretores, roteiristas, câmeras, gerentes do estúdio, etc.) e principalmente das que consomem.

"Feminismo liberal está infiltrado em todo local que seja contrário a moral, a religião, a família e aos preceitos passados pelas gerações". - Ai que dó do conservadorzinho meia-bosta (será q é cristão?) q acha lindo em jogos de video games: idosos serem atropelados, estupros e ó... pornografia. Pra vc meu caro "~conservador~" (será q é cristão?): "Você joga, seja qual for o game, pode ser sei lá, GTA V, espancar uma vadia na rua, trocar tiro com a polícia, atropelar idosos, mas isso é JOGO. Você desliga e pronto." | "Você assiste, seja qual for o vídeo, pode ser sei lá, Brasileirinhas, ver meterem uma vadia (sic), trocar de puta (sic) com o bróder, comer vagabundas (sic), mas isso é PORNOGRAFIA. Você desliga e pronto."

Essas feministas que criticam o porno são as socialistas (que ÓTIMO). Só que, ao invés de argumentarem no problema moral e espiritual do sexo descompromissado (Nossa quanto bla bla bla, fala isso pros seus amiguinhos q adoram ver pornô e um sexo descompromissado, seu bostinha, é fácil vc vir aqui lá do quinto dos infernos querer cagar regra pra mulher [tinha q ser homem], vai cagar essa "moral" lá pros seus machos), elas argumentam numa ótica marxista de que a mulher só faz porno porque a sociedade patriarcal assim o exige"(é queridinho, elas estão mais do q certas).

Encerro por aqui as minhas falhas tentativas de dar pérolas aos porcos e triste em saber q quando é preciso, as Rad não aparecem

Anônimo disse...

A culpa não é do capitalismo, mas os homens compram, traficam mulheres há séculos e sim isso é uma exploração.

E Vai morrer na guerra, e deixa a gente em paz!

Anônimo disse...

Enqto isso, não é permitido às mulheres envelhecerem em paz:

http://odia.ig.com.br/diversao/celebridades/2015-11-06/de-cara-lavada-vera-fischer-aparece-irreconhecivel-ao-embarcar-no-rio.html

Anônimo disse...

16:15, PERFEITO! Sambou de salto agulha na face do misógino Olavete metido a cristãozinho conservador, sem perder a compostura e baixar o nível.

Anônimo disse...

Não sei como vcs ainda têm paciência para ensinar beabá pra machistinha. Ele entrou aqui com um propósito claro: chamar mulher que se prostitui de puta gananciosa e vagabunda que não quer trabalhar (não importa se prostituta de luxo ou explorada sexualmente, ou menina que cobra 20 reais por boquete); dizer que por causa das feminazi o mundo não tem bilhões a mais de habitantes e que estamos acabando com a família tradicional cristã heterossexual e certinha. E pra trollar. E pra ver um monte de menina fula. E pra ter um motivo pra xingar vcs.
Não adiantar tentar dialogar com quem não quer conversar. A pessoa vem aqui fechada para isso. Só serve pra gente rir das sandices, achismos e inverdades mesmo.
Já repetiram um monte de vez, mas não custa falar. Se prostituição masculina exclusivamente heterossexual desse muita grana, tinha muito homem se prostituindo tb (os mesmos que xingam as prostitutas).


Anon que citou a Gabi Pugliesi, nesse caso seria para mostrar o tanto de mulher machista e gordofóbica que tem no mundo. Vazando nude para prejudicar outrem. Os motivos do revenge porn entre essa moça e os machistas de plantão são diferentes, mas tudo gera consequências para a vítima.

Anônimo disse...

Até antes tava criticando a taxa de fecundidade, depois q eu falei q a taxa no Brasil (conservador [ou melhor, hipócrita] por bosta) é menor q a da Suécia, mudou pra taxa de suicídio e felicidade, kkkkk q pateta, sendo q é uma mentira deslavada q os países nórdicos apresentam as mais altas taxas de suicídio, muito pelo contrário, são os países típicos ditos "economicamente liberais" tipo a Coreia do Sul q configuram entro os 10 mais [http://top10mais.org/top-10-paises-com-maiores-indices-de-suicidio-no-mundo/].

O Butão, país q ele elogiou, nossa, a taxa de fecundidade lá é menor q a da Islândia, outro país "feminista por bosta"

Sério, cansei de discutir com esse trouxa/traste, tudo nele me enoja

Anônimo disse...

Há um certo fascínio feminino pelo homem árabe também, inclusive de mulheres eurepeias e bem resolvidas

Anônimo disse...

16:30
concordo, em países bem desenvolvidos foi comprovado o que já sabemos eles são felizes. Eles podem não saber, pq não passam o que nós passamos, por exemplo lá na irlanda tem até mendigo usando nike e crise pra eles é não poder jantar fora todo dia...

Anônimo disse...

Lei da oferta e da procura: só existe prostituição pq existe homem disposto a pagar.

Quer acabar com a prostituição? Acabe com o mercado consumidor. Se nenhum homem pagar, não haverá mais prostitutas

Aliás, o q faz um homem pagar por sexo? O cara tem de ser muito ruim, muito fracassado, pra ter de contratar esse tipo de serviço.

Anônimo disse...

A culpa da prostituição é da mulher né, mas me explica pq a maioria dos pedófilos e estupradores são homens? será alta libído, testosterona, será o gene masculino, será a culpa das mulheres, do pt, das estrelas...

Não percam no globo repórter!!

Anônimo disse...

Tentou e tentou posar de crítico intelectual pra não aguentar a pressão e bostejar "papel inerente da mulher". Quer fazer sexo bonitinho cheio de amor e espiritualidade com a sua amada de toda vida? Foda-se, ninguém aqui quer te impedir. Só não vem cagando de "sujo e imoral" o sexo que as outras pessoas fazem. E não vem chorar pro feminismo as consequências do neo-colonialismo e da crise econômica.

Anônimo disse...

Eu tb acho preocupante a forma como o islão se alastra pela Europa, isso não deveria acontecer, eu sei q a Europa sempre foi um velho alvo dos muçulmanos, e aí preciso dar o braço a torcer, os cristão resistiram bastante, mas hj eles "tão q tão". A esquerda lá precisa descer do salto pelo menos uma vez do estado de bem estar-social e dar uma freada nisso, pq se não, o continente mais avançado e decente (nas questões sociais) do mundo vai se tornar uma nova África do Norte. E o q vcs acham disso? Podem achar q eu sou islamofóbica, xenofóbica ou racista se quiserem, estou aqui para problematizar, sem ironias.

E eu nem acho os homens árabes tão bonitos assim (não q os brasileiros sejam melhores ou eu seja uma miss), mas eles tem tudo a mesma cara. Prefiro os europeus ou os australianos/neozelandeses, ninguém para pra pensar o quanto as pessoas da Oceania são bonitas

Alain Soral disse...

Esquerdistas que adoram políticas de controle imigratório frágeis defendem a integração multicultural com outros povos. Feministas adoram isso, apoiam tudo que represente um modelo conservador e fechado a uma nação. Nacionalismo é algo que jamais feministas defenderão. É óbvio que a Europa, inundada de esquerdistas, feministas abortistas, países com taxa de fecundidade baixas, gayzistas e multiculturalistas, vão abrir espaço para um povo que, em termos de conservadorismo, faz parece um europeu liberal e pós-moderno um grande VIADINHO OPRIMIDO. Mas não se preocupem, quando a Europa se torna Eurábia....o Ocidente já estará no fim do último ciclo, "Kali Yuga". A Era das Sombras.

Anônimo disse...

Foi destruído pelos argumentos das moças. Como o trem ficou feio apelou para taxas de suicídio e índice de felicidade do Butão. Sério mascus, ces já mandaram trolls melhores.

Anônimo disse...

como vc é covarde ao falar que dependendo do horário de da roupa quando sabemos que no oriente médio as mulher são estupradas, e crianças tbm vc é muito desonesto cara.
Você não tem Deus não você só tem um ego infládo!

Anônimo disse...

Ué, as putinhas tão choraningando porque o putão aí não quer seguir o próprio conselho de caçar serviço e parar de falar merda. Butão é feliz, uau! Que isso tem a ver com prostituição e feminismo mesmo? Porque abandonou a linha de raciocínio do Japão? Não seria porque fura seu argumento de que a culpa da baixa fecundidade é do feminismo, né? E isso, pra um cara honesto e espiritual como você seria uma desonestidade impensável, claro!

Anônimo disse...

Alain Soral, vá morrer na guerra seu animal, e vá cagar regra pros seus machos, vá falar de como a pornografia e o sexo descompromissado é ruim pro Danilo Bostili e outros homens da sua laia, seu bosta. Não conseguiu até agora rebater nenhum dos meus argumentos e nem de ninguém aqui, só desviou do assunto. Seu burro, a taxa de fecundidade no Butão é menor q a da Islândia q é feminista, será q é por isso q eles e os suecos são tão felizes assim? Pq tem baixa taxa de fecundidade?

"Deus no coração" o QUÊ seu marginal? Prum trouxa q fala uma coisa dessa: "Você joga, seja qual for o game, pode ser sei lá, GTA V, espancar uma vadia na rua, trocar tiro com a polícia, atropelar idosos, mas isso é JOGO. Você desliga e pronto". E ainda isso: "Todos sabemos que, dependendo do visual da mulher e do local/horário, a chance dela ser estuprada é alta, bem alta". - Morra seu traste.

Seu lixo, ninguém aqui liga pras suas opiniões não seu merda, vá se fuder

Alain Soral disse...

Não é exclusivamente culpa do feminismo, mas o feminismo influencia SIM, tendo em vista que as mulheres nórdicas se interessam menos em constituir família, e mais em aproveitar a vida de forma materialista, hedonista e regada ao pecado. Não só nórdicas, mas boa parte das Europa. Essa linha feminista vê o modelo clássico de família como resquício do patriarcado opressor e, por este motivo, a mulher não precisa depender de macho, não precisa de homem em sua vida. É mais ou menos: Use e pronto. Engravidou? Aborte.

Isso influencia gerações e gerações cada vez menos preocupadas com família e mais com HEDONISMO. Tem ligação SIM, sua burra. Eu citei BUTÃO, porque o assunto era sobre felicidade de países. Mas citei por citar, mostrando que os nórdicos não são felizes, tendo em vista o alto índice de suicídio, assim como o japão.

No caso do Japão, eu o citei por causa do índice de suicídio e não por feminismo. Aprenda a ler e interpretar.

Alain Soral disse...

Minha, GTA é um JOGO, puta que pariu. No jogo, inclusive muito bom por sinal, recebendo altas notas na critica especializada, você pode fazer esse tipo de coisa. Mas o negócio é JOGO. Aquilo ali é de "mentirinha", entendeu? Aquilo ali é VIRTUAL, sacou? São personagens, é computação gráfica, entendeu, porra? Agora PORNOGRAFIA É REAL. Aquilo é sexo, imundice, imoralidade, perversão.

Mila disse...

Das coisas q o Alain falou, tem uma q é parcialmente verdade. Tailândia e Irã são os países que mais fazem cirurgia de redesignação de sexo. O Irã, para "conter" a homossexualidade. Na Tailândia é pq as mulheres ganham mais com a prostituição, logo, para os prostitutos acaba compensando pq qnt mais o processo tiver adiantado e eles se parecerem com mulheres, mais eles podem lucrar. Não é essencialmente "tara" por travestis, embora isso exista em td o mundo.

lola disse...

Gente querida, estou em Quixadá, Sertao Central do Ceará, para uma palestra daqui a pouco. Vou deixar alguns dos comentários inúteis e misóginos do Alain porque vcs acabaram com ele na argumentação. Os que ele nos chama de "putinhas" e "retardadas" e nos manda lavar roupa eu deletei. Mas o cara é um boçal mesmo, não resta dúvida.
Ah, e antes que algum mascutroll venha dizer "Mas as feministas me xingaram e vc deixou os comentários delas", SIM, deixei. MEU BLOG, MINHAS REGRAS!

Anônimo disse...

E vc acha q entende de tudo, "ain, os nordicos não são felizes, "o feminismo influenciou isso, influenciou aquilo".

Eu já linkei os 10 paises com maior taxa de suicídio, nenhum deles é nórdico, viu como vc desvia dos assuntos. Tb comentei o quanto a taxa de fecundidade no Brasil é menor q a da Suécia, vc nem soube explicar, pq é uma anta. Vá se ferrar, vá falar de "hedonismo" lá pros seus homens, tipo Danilo Gentili e Roger Ultraje, q é bem a sua cara. E vê se para de encher o saco

Anônimo disse...

Anon 16:30 taxa de fecundidade do Brasil e Suécia são praticamente iguais.
Brasil 1,81 por mulher
Suécia 1,91 por mulher. Dados de 2012.
Mas quem é que nasce na Suécia???? Muçulmanos bobinha! Já existem bairros inteiros só de muçulmanos e praticamente nenhum sueco.

Anônimo disse...

Meu anjo, veja assim: você não é Deus. Então deixe as feministas hedonistas pecadoras materialistas abortistas continuarem sua supérflua vida secular enquanto você resiste às tentações e conquista seu justo lugar no reino de Deus, ok? Porque quem julga e condena é Ele, não você. Só lembra que Jesus nos ensinou a não atirar a primeira pedra; xingar de putinha e vadia mulheres que você não conhece não é muito espiritual de sua parte.

Anônimo disse...

Mas os homens serem hedonistas, torrar grana em Ibiza, comer não sei qnts, aproveitar a solteirisse. O consumismo capitalista nada tem a ver. Eles tb querem preservar a família tradicional

Alain Soral disse...

Brasil não é referência pra porra nenhuma, logo, nem cito em muita coisa. Mas foi o que a pessoa disse ali em cima: Muçulmanos nascem na Suécia e não o contrário.

Dêem uma lida sobre MALMO, na Suécia. Malmo é a cidade mais multicultural do planeta terra. Olhe o que está acontecendo lá por causa dessa política liberal sueca e a favor da integração de povos de todo mundo. 100% das feministas são adeptas dessa política externa e interna com relação aos imigrantes, vez que qualquer restrição seria uma atitude nacionalista, conservadora e de natureza reacionária. PAU NO CU. Vale lembrar que a mulher islamica na Suécia continua tendo filhos e filhos igual teria em sua terra natal. Em contrapartida, a mulher sueca.........o que você espera em 10 anos?

Anônimo disse...

Depois que vc falou que dependendo do horário e da roupa a mulher tinha altas chaces de ser estuprada, e ainda quer ter razão.

E o que tem a ver fecundidade sabia que daqui há alguns anos o país vai ter 9 bilhões de pessoas? o mundo não aguenta muita gente querido.

Dan - Muita Viagem disse...

É lamentável que com tantas belezas naturais e riquezas culturais, alguns países explorem o turismo sexual de tal forma...

Anônimo disse...

100%? Uau! Só faltou citar a fonte do Instituto Mascu As Vozes Me Disseram! Pq eu googlei aqui e não encontrei esse número.

Admita. Tu não entendes nada de história, de geografia humana, de estatística, de economia, de político e muito menos de economia. Mas admito sua perseverança em continuar sendo destruído. Beijos de luz.

Anônimo disse...

Um homem, ao voltar bêbado, sem camisa, usando short com cueca mostrando metade do rego de fora, 3 horas da manhã, o que você acha que pode acontecer, além de ser assaltado? Tem chance igual de ser estuprado num beco qualquer? É tão frequente que todo mundo já cansou de ver acontecendo (só que não)

Anônimo disse...

Jox

Alain Soral vc é um hipócrita, fracassado, misógino e com mente medieval!!

Quanto ao post não recrimino nem apoio prostituição pois considero que muitas mulheres que trabalham neste meio são exploradas, mas quanto ao monte de estrume que espalhou aqui vou rebater vc!

O sr fica revoltadinho e dando ataque de pelanca com as moças que simplesmente querem viver suas vidas sem depender de ninguém, e fala tanto da "família tradicional" porque pra um imbecil machista como vc, deve ser odioso mulheres não serem mais obrigadas a aguentar surras, humilhações e traições calada, deve ser revoltante um pai não poder "dar carinho"(vide ABUSAR, ESTUPRAR) de sua filha já que ele é seu dono, deve ser inquietante ser recriminado por ensinar o filho a filmar transa como a namoradinha dele ou alguém criticá-lo porque ensina cantadas ofensivas para seu filho falar pra estranhas na rua(algumas dessas estranhas com apenas 11, 12, 13 anos de idade).
Linda família tradicional!!
Que nojento uma mulher que foi estuprada abortar, ou que corre risco de vida, ou que tá esperando um filho já morto, não é?
Realmente o Feminismo tá "acabando com a família, com o Mundo, com tudo" ensinando às fêmeas humanas que lugar de mulher não é em casa, levando surra, sendo humilhada, dependendo de dinheiro do macho até pra comprar calcinha, obrigada a lavar a roupa suja de noitadas do marido com prostitutas(e talvez até travestis), ensinando que meninas podem estudar, trabalhar e denunciar ofensas e abusos que sofrem.
Que "pena" que o Feminismo tá acabando com seu Mundinho perfeito!
Ter um pinto murcho entre suas pernas sr Alain não te faz o Dono da porra da Verdade!!
E não ter inteligência, discernimento,humanidade, caráter e consciência das coisas isso sim, mostra o quando você não só não é o Dono da Verdade mas como vale menos que um lixo!
O sr é um BURRO, MACHISTA E ARROGANTE!

Ps: não tenho educação com gente arrogante e escrota como vc. Abs.

Anônimo disse...

Não me diga sério?? vá ler sobre mona walter, todo mundo aqui já tá cansado de saber que as mulçumanas são cheias de filhos... Não é novidade alguma, eu até propus essa discussão aqui, dos mulçumanos querendo fazer da europa o quintal deles.

Anônimo disse...

Sobre o q eu falei da Europa, não me lembro de ter chamado vc pra conversa seu idiota, eu pedi opinião das feministas.

E G-zuis ja tá sabendo q vc joga GTA, seu babacão?

Ah, e vê se dá um jeito de ter 40 filhos, pq a taxa de fecundidade do Brasil/Estados Unidos e de outros países da América é menor q a da Suécia/Islândia feminazi, kkkkkkkk

Já peguei o seu jeitinho, sempre muda de assunto quando é destroçado: primeira foi a fecundidade: FAIL, depois o suicídio: FAIL de novo. Qual será a próxima taxa? Liberdade económica? Kkkkk, mas patético e boçal impossível

Anônimo disse...

Jzz

Alain Soral já que vc é muito educado e falou pra nós o delicado "PAU NO CU", aproveita e tira um dos vários PAUS que tão no teu CU seu mascu apaixonado por mascus!


Vocês serão extintos, nenhuma mulher com o mínimo de inteligência e amor próprio terá filhos com vocês!
A Sociedade opressora com maridos batendo e chifrando esposas, pais estuprando filhas e misóginos assediando e abusando de meninas e mulheres está sendo combatida e isso dói num MERDA como vc.

Anônimo disse...

Jox

Eu vi uma matéria na Veja(da qual nem sou muito fã) mas que concordei com o que um escritor europeu disse: "que outras culturas devem ser respeitadas DESDE que estas outras culturas NÃO afrontem direitos humanos(como: mutilação genital em meninas, casamentos forçados, e até assassinatos de mulheres que queiram se separar dos maridos, etc) e NEM queiram que os países que os recebam sejam OBRIGADOS à mudar seu estilo de vida e sociedade pra que essas outras culturas "se sintam bem".

Ele falou sobre a "islamização da Europa" como de certa forma ela tem sido PERIGOSA E PREJUDICIAL aos países europeus. Ele deixou claro que NÃO é nacionalista nem xenófobo e que ele apoia sim que imigrantes de outros países vivam na Europa DESDE que haja respeito de ambas as partes!
Esse escritor ressaltou como em certos bairros europeus, mulheres são assediadas e chamadas de "vadias" por muçulmanos quando essas estão à caminho de faculdade e/ou trabalho, e que está acontecendo casos de abuso e estupro contra mulheres e até meninas quando saem das escolas por parte desses homens(vulgo: criminosos) muçulmanos.
O problema da Europa NÃO é o "aceitar" cidadãos de culturas diferentes mas o "aceitar" atitudes criminosas com medo de serem tachados de preconceituosos!

Eu concordei com tudo que ele escreveu.

N. disse...

Muitos aqui estão se propondo a discutir a imigração na Europa mas estão com uma visão muito rasa sobre o tema.
Eu sou brasileira e moro na Dinamarca. Na visão de alguns aqui seria uma ingrata com os homens brasileiros pq me casei com um gringo. Rs.
Como td lugar no mundo , a Europa é formada por diversas correntes políticas, a depender do momento uma prevalece sobre a outra.
A imigração é uma faca de dois gumes. Há setores tradicionais (ligados à direita cristã) que defendem a Europa para os europeus, temem a chegada dos imigrantes árabes como ameaça ao modo de vida europeu. Há setores da esquerda (sim!) que argumentam q principalmente por causa da crise, a Europa não terá condições de manter o padrão mínimo de vida aos cidadãos. E claro, tem o empresariado (liberais de direita) comemorando a chegada de mão de obra barata e abundante, até mais q trabalhadores europeus de países mais pobres.
Esta foi a minha contribuição para q deixem de repetir como papagaios q a esquerda em sua totalidade é contra e a direita a favor.

Anônimo disse...

(Viviane)
Lola, não sei se você viu este texto que cita seu nome: http://jornalggn.com.br/blog/alfeu/voce-nao-concede-o-que-eu-conquistei-por-maria-gabriela-saldanha
Só eu achei muita hipocrisia uma rad citar os ataques a seu blog para criticar homens que cederam espaço a escritoras feministas (campanha #agoraéquesãoelas)? Ela tre defende, mas quando ocorriam os ataques, houve rads (não digo ser o caso dela, não tenho como saber) que tripudiaram do problema...

Mila disse...

Colegas feministas,
Ao contrário do q o desinformado Alain disse, games não são só games. Para quem não sabe e não quer sair dizendo asneiras por aí, há estudos na area de comunicação e psicologia sobre games como uma válvula de escape à violência e games como incentivadores de violência.

Alain Soral disse...

O certo é cada país com seu próprio povo, admitindo-se tão somente o o turismo, pois muitos países vivem de turismo e isso acaba estimulando a economia local, no caso, gerando empregos para a população local. Os ocidentais possuem uma crença absurda num "progresso" infinito, cuja irracionalidade desse comportamento acarretará um qualquer cataclismo. No entanto, o fim do Mundo, que atormenta as multidões, não é mais do que o fim da civilização ocidental, sinônimo de civilização material, ou seja, desta "idade sombria" onde reina a desordem. Neste momento apressamos a marcha descendente, afastando-nos cada vez mais das origens e do princípio universal, que é pura espiritualidade, traduzindo-se todo o labor moderno em movimento de queda. Do princípio divino avançamos rapidamente para o princípio da multiplicidade, que é demoníaco.
A civilização do Mundo Moderno traduz-se por uma civilização que não reconhece nenhum princípio superior, que na realidade é baseada apenas numa negação de princípio, merecendo-lhe o estatuto de civilização relativista, materialista e anti-espiritual.
Aberrações ideológicas como feminismo, socialismo, comunismo, abortismo, veganismo, cientificismo, gayzismo e o politicamente correto funcionam como armas nas mãos de pequenos grupos disseminados na sociedade para causar a desordem. A mulher, a feminidade, o que é naturalmente MULHER, será extirpado do Ocidente, começando pela ideologia de gênero, apoiado pelas feministas.

Leiam "Crise do Mundo Moderno", de Rene Guenon. Ele já previu isso antes mesmo da Segunda Guerra Mundial.

Anônimo disse...

Jox

Alain Soral vc é só IMBECIL ou tá querendo irritar mesmo?!

O que é mulher pra você?!
É a ESCRAVA DO LAR que aceita chifre, surra e tem que aceitar todas perversões do marido?!
Ser "mulher" é aceitar o "papai carinhoso" abusar de seu corpo, porque afinal ele é teu pai?!
Ser "mulher" é depender de dinheiro pra comprar arroz, feijão, calcinha e ainda aceitar que o marido jogue na cara?!

Meu caro, vc não é o Dono da Razão!!
Você não sabe o que é SER MULHER!
Você não ama as mulheres! Você ODEIA, DESPREZA, CASTRA, HUMILHA, IMPÕE, porque na sua mente pequena, você IMPOR o que é "ser mulher" te faz sentir "mais homem".
Mas, advinha? Você VOMITAR sua MISOGINIA, MORALISMO E PRECONCEITOS baratos NÃO te faz MAIS HOMEM!!
Tudo o que fala mostra o quanto você é: IMBECIL, MISÓGINO, MORALISTA, CAGADOR DE REGRAS, mostra o quanto você ODEIA AS MULHERES!
Se nós mulheres, por termos direito de estudar, votar, trabalhar de não depender de um MERDA como você pra ter dinheiro pra comprar calcinha, se termos direitos é ser "menos mulher", viva TODAS NÓS MENOS MULHERES!!
Já que somos tão erradas, continue se encontrando com seus amiguinhos mascus "mais homens" iguais a você que é MAIS HOMEM, resolva seus ódio por mulher, faça seu troca troca com seus amiguinhos "mais homens", e para de encher o saco e vomitar sua misoginia barata seu fracassado!!!!!

Anônimo disse...

Esquecendo esse cara aí, não me surpreende essa história de preferência por asiaticas. O que me chama atenção é as mulheres se envolvendo com mulçumanos talvez eles tenham muita lábia. Tava lendo o conexão oriente e as mulheres parecem hipinitizadas por eles, muitas falam de casar.

Anônimo disse...

Meninas vamos discutir nossos assuntos deixa ele aí, já encheu demais disse que ia embora e tá até agora aqui, deixa a lola apagar. Vamos falar do tema e do nosso ponto de vista, melhor que discutir com um sem noção

Anônimo disse...

A PROPÓSITO ! Tem um vídeo que ela fala da pornografia no oriente médio vale a pena ver...
Ela diz que a pornografia nesses países é muito consumida.
https://youtu.be/dPzrGta1Y0E

Anônimo disse...

Mila, deixa esse viadinho misógino desse Alain Soral pra lá!

Ele esqueceu de tomar o Gardenal hoje, kk.

Anônimo disse...

Nossa, sobrou até para o veganismo?

Mila disse...

Esse cara tem uma má fé doentia. A única coisa q apresentei (e pra vcs) foi q já existem estudos sobre games e estas são correntes principais. O suficiente p esse maluco dar piti de regulação de Estado, de ditadura feminazi até Estatuto do Desarmamento... Só rindo de uma coisa dessas

Vicky_ disse...

E depois eu que sou "moralista" e "cagadora de regra" por ser contra prostituição e pornografia, não?
Aff Ainda chegará um onde nós e essas mulheres curtirmos uma vida noturna sem precisar depender de homens nojentos e fetichistas do pior tipo (travestis, menininhas, violência, bissexualidade forçada, etc) ou ser incomodadas pelos mesmos.

Atrizes pornos na maioria nem sabem mexer numa planilha de Exel, tem o ensino médio/fundamental incompleto e histórico de abuso familiar ou semelhante. Eca, vi uma que além de aguentar a maldita ejaculação na cara o cara urinou de surpresa, mas a mesma disse "ossos do ofício" e sorrio com cara de punheteiro retardatário. Eca, eca.

Vide André achando que alguém faz essas bagaças por que quer.

Anônimo disse...

Mas VC nasceu mulher,ou se tornou mulher???
Foi a sua genitália quem te definiu?

Anônimo disse...

O que é cientificismo?

Alain Soral disse...

Cientificismo ou cientismo é a doutrina dos que consideram
os conhecimentos científicos como definitivos.
Ele tem a razão como base e pode ser tomado como
uma doutrina semelhante ao racionalismo. O Cientismo
pode ser resumido na seguinte afirmação: "Tudo é explicável
pela Ciência".

Somente o conhecimento científico, aquele passado pelo "método científico", é válido. Empirismo e demais conhecimentos são rejeitados por essa visão/doutrina.

Mila disse...

Esse cara tem uma má fé doentia. A única coisa q apresentei (e pra vcs) foi q já existem estudos sobre games e estas são correntes principais. O suficiente p esse maluco dar piti de regulação de Estado, de ditadura feminazi até Estatuto do Desarmamento... Só rindo de uma coisa dessas

Anônimo disse...

Tentando entender pq a lola tá dando espaço pra esse misógino Olavete bostejar nos comentários.

Anônimo disse...

Lolinha, só uma dica

Incentiva suas seguidoras a usar redirecionadores (como o naofo.de e o donotlink) pra abrir sites de ódio, principalmente aqueles que te difamam. Quanto mais visitam, mais fácil encontrar no Google. Então, às vezes, um "nossa, olha que coisa horrível aconteceu com a Lola, gente, clica aqui" só faz mais gente que não te conhece, ao procurar seu nome, encontrar essas coisas.

Anônimo disse...

Alianm Soral

Não manda a Mila "Vá fazer um feijão com arroz pro seu marido e leva umar lata de Brahma enquanto ele assiste futebol" não porque vc SEMPRE FAZ isso pra mim, baby!!

Teu ódio, misoginia e ódio por mulher é porque você adora, ama machos!!

Tua bundinha gostosa já provou muito da minha rola!!

Já comi muito misógino e mascu e vc foi um dos que provou minha rola!

Não adianta bancar o "Machão alfa superior", vocês mascus são todos viados enrustidos que adoram uma bela e grande rola enquanto ofendem e agridem as mulheres.

Ass: Tonhão Pé de Mesa

Anônimo disse...

PARA Anônimo babacão das 19:56

Aff, mas coitado desse homem sério que se acha maravilhoso porque é brocha, fracassado, odeia as mulheres e toda mulher que já deu pra um cara já é "rodada"(incluindo a própria mãezinha deles).
Esse "homem sério", que acha que as primas e amigas TEM que dar pra ele, que chama de bucetuda qualquer estranha na rua(incluindo meninas menores de idade), que assedia criança de programa de culinária, que agride, ofende e humilha e NÃO SE ACHA MACHISTA!!!
E esse cara ainda tá vivo! Sacanagem com a Humanidade!

Anônimo disse...

E pra quem tem gênero neutro,nenhum desses movimentos serve.
Nem machismo,nem feminismo,vamos ser humanistas.

Rafael disse...

"90% das putas escolhem". Fonte: IEVA - Instituto Estatístico Vozes do Além.

Anônimo disse...

Alain Soral, baby todo mundo já sacou que vc é viado enrustido!!

Não adianta vir com frases prontas de escritores e filósofos antigos porque vc só reafirma teu ódio e desprezo pelas mulheres e teu amor pelos machos.

Agora enquanto a menina a Mila vai jogar um pouco, vem pro meu pau porque sua bundinha yá sentindo falta!!

Vc tá raivoso porque já faz um tempo que eu não te enrabo. Vem que eu sossego teu ódio de mulher!!

Você sabe que minha rola resolve tua raiva, hehe.

Ass: Tonhão Pé de Mesa

Anônimo disse...

Alain Soral, deixa essas mocreias e vem pro nosso troca troca bem gostoso.

Tá faltando nas nossas reuniões danado!!

To sentindo falta da tua rola na minha boca e vc tá sentindo falta da minha rola no teu bumbum guloso.

Ass: Jack Salvatore

Anônimo disse...

Joe Testosterona

Alain Soral, tá faltando nas nossas reuniões!!

To sentindo falta de te chupar!! Sei que vc tb tá sentindo falta da minha rola! Você engole que é uma beleza querido!!

Deixa essas toscas pra lá, vem pra minha rola que tá com saudade do seu bumbum lindo!


Alain Soral disse...

Agora uma feminista incorporou uma bicha escrota sem noção? Não adianta vir com esses xingamentos direcionados a minha sexualidade. SOU HOMEM, MACHO HETEROSSEXUAL, CATÓLICO APOSTÓLICO ROMANO, DIREITISTA, PRÓ-ARMAS, TEMENTE A DEUS E VOU CONTINUAR FALANDO O QUE PENSO SOBRE A IDEOLOGIA DE VOCÊS.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

MAS, DE QUALQUER FORMA, PARABÉNS PELO SUA INTERPRETAÇÃO DE BICHA LOUCA. ME LEMBROU MILITANTES DO JEAN WILLYS.

Anônimo disse...

Já te comiiiii Alain

Você ODEIA MULHER! Até sua mãe vc odeia!

Quando vc tá na cama comigo, vc fica xingando ela!

Vc é muito gostoso!!

Saudade do teu rabo

Tonhão de Itu

Anônimo disse...

Alain

Vc ODEIA mulheres!!

Você vive ELOGIANDO machos!!

Eu discurso de "SOU HOMEM, MACHO HETEROSSEXUAL, CATÓLICO APOSTÓLICO ROMANO, DIREITISTA, PRÓ-ARMAS, TEMENTE A DEUS E VOU CONTINUAR FALANDO O QUE PENSO SOBRE A IDEOLOGIA DE VOCÊS." é só disfarce!!

Tu adora uma boa e grande rola!!

Minha piroca sente falta do teu rabo

Sinto falta de quando vc xinga e esbraveja contra as mulheres enquanto fico te enrabando.

Já comi muito vc e comi muito dos seus amigos tb.

Vc tem uma coleção de revista de homem pelado. Me empresta quando eu voltar pra te enrabar ok?

Bj

Ricardão da Piroca Grande

Anônimo disse...

Alain Soral deixa de ter tando ÓDIO de mulher!!

Volta pra minha rola que teu cu tá sentindo falta!!

Vc ama machos, não sou o único que te comeu.

Minha rola sente falta da tua bunda.


Tonhão Pé de Mesa

Anônimo disse...

Esse Alain Soral é guloso hein!!

Quanto machos já comeu ele!! Se ele fosse assumido seria mais feliz.

Anônimo disse...

Alain Soral só apareceu pra ofender as mulheres, mas tá na cara que ele odeia mulher e elogia homem porque ele é um enrustido.
Coitado, porque não se assume invés de vomitar tanto ódio contra as mulheres?

Anônimo disse...

Lógica do Alain:
"Estudos comprovam que games violentos influenciam psicologicamente jovens = queremos que o Estado regularize os games"
"Butão é o país mais feliz do mundo = feminismo só traz desgraça".
Alain, vai fazer um amorzinho espiritual com a sua esposa que o banheiro da Mila já tá lavado e ela e o marido resolveram pedir pizza.

Anônimo disse...

Jazz

Esse Alain Soral ou é um troll inútil com merda na cabeça, ou é um doente mental e moral misógino e de mente medieval.
Será que ele tem esse ÓDIO e DESPREZO pela mulher que o botou nesse Mundo(antes tivesse abortado ele)?
Eu torço pra que ele NUNCA tenha filhos! Pra que não surja uma mulher sem amor próprio e sem sanidade que engravide de um LIXO misógino como ele!
Ele é tão IMBECIL que se alega "católico" mas esquece que Jesus botou as mulheres no mesmo patamar de importância e respeito dos homens.
Pobre ser medíocre e diabólico é esse Alain. Coitada da mãe dele! Achou que botou um ser humano e botou um LIXO inútil neste Mundo já lotado de gente que não presta!
Torço pra que ele não tenha uma filha a qual será mais uma mulher a ele destilar o seu ódio.
Esse Alain devia se perguntar porque tem tanto ódio de mulher e amor pro homens? Ele tem que resolver esse conflito dentro dele pra poder ser feliz, invés dessa criatura repulsiva, inútil e cheio de ódio.

Anônimo disse...

Anônimo(a) das 20:37 não seja ingênuo(a)!

Vc acha que um fracassado misógino como o Alain tem mulher?
Pode até ter, porque tem validadora sem amor próprio nesse Mundo, mas tenho certeza que nas horas vagas ele paga garoto de programa

Anônimo disse...

Anônimo das 20:42

Quando o homem faz sexo caprichado, sem nojo de chupar mulher e sem frescura e viadagem de masculinismo, tenha certeza mulher TAMBÉM vicia em sexo!

Mila disse...

Nem discuto com gente q não tem argumento. Pode xingar e espernear, tá pouco Alain Soral. Enquanto cê tá vomitando ódio, tô aqui de boa jogando um CS.

Anônimo disse...

"Coloco frases da bíblia achando que significam alguma merda num Estado laico" Alain Soral

"Também gosto de filósofos homens que sabem mais do que mulheres como é ser mulher" Alain Soral

"Acho que colocar citações datadas e descontextualizadas me dá mais crédito" Alain Soral

"Sou um homem macho heterossexual católico apostólico romano direitista pró armas temente a Deus que não acha nem um pouco incongruente chamar mulheres de quem discordo de putinhas vadias interesseiras retardadas e burras" Alain Soral

"Gosto de mandar as mulheres saírem do blog e irem fazer serviço doméstico, mas não acho que eu tenha que fazer algo mais produtivo que choramingar por aqui" Alain Soral

"Gosto das citações que me enaltecem como um ser naturalmente racional e virtuoso, mesmo não tendo nenhum controle emocional quando confrontado (respondo despejando a maior quantidade de ad hominem possível) e mesmo mudando de assunto quando vencem meus argumentos" Alain Soral

"Acho que feminismo é um mal de mulheres hedônicas, materialistas e mercantis, mas não me desfaço do meu querido computador, nem estou aproveitando meu tempo vago pra cuidar de crianças órfãs" Alain Soral

"Tento enraivecer as feministas mandando-as fazer trabalho doméstico e agradar o marido, que é o que julgo ser o papel inerente da mulher, mas provavelmente sequer servi o exército" Alain Soral

"Acho prostituição, pornô e sexo casual sujos, imorais e degradantes, mas um jogo eletrônico que contenha prostituição, pornô e sexo casual não é sujo, nem imoral, nem degradante porque são apenas gráficos" Alain Soral

Anônimo disse...

Alain Soral depois de vc terminar de jogar no seu PS4, passa aqui em casa que comprei KY pra passar no teu rabinho guloso que hoje à noite vc não vai dormir não, vou te comer a noite toda, seu bumbum guloso.

Deixa Deus pra lá, vc tem que vir pra cá se divertir que seu rabo sente falta da minha rola


Tonhão Pé de Mesa

Anônimo disse...

Peraí, tem mais *----*

"Eu chamo as minhas debatedoras de putinhas vadias interesseiras retardadas e burras, faço suposições sobre a vida doméstica delas e fico inconformado com os xingamentos de quinta série e suposições sobre minha vida que elas fazem" Alain Soral

"Eu tenho preguiça de ler comentários idiotas sobre mim e continuo comentando" Alain Soral

"Eu me escondo atrás de um nick de um pensador porque se colocasse um perfil verdadeiro, poderiam descobrir que minha boa família, meu namoro, meu trabalho e minha vida cheia do bom e do melhor na verdade não são exatamente assim" Alain Soral

Anônimo disse...

Coitado desse Alain Soral!

Chamar de "verdades politicamente incorretas" um monte de merda misógina com coisas sem nenhuma noção?!

É um misógino e ignorante não deve nem ter a 4ª série! kkkk

Digno de pena, mas pena maior ainda da mãe dele que não botou um homem, botou um LIXO raivoso e misógino no Mundo.

Anônimo disse...

Obrigado aos poucos que responderam sensatamente sobre a imigração de muçulmanos à Europa, sei q não é o assunto do post (mas deveria ser, de um exclusivo), mas agradeço.

E anônimo das 21:01, a senhora (ou senhor) definiu perfeitamente o babaca desse Alain Soral, escroto, lixo humano, q inclusive espero q deus o mande para o inferno, ele e todos os desenvolvedores desses jogos lixosos, (brincadeira, os desenvolvedores eu perdoo, rs), mas q ele realmente vá pro puto q o pariu, cara chato

Anônimo disse...

Oi sr(ou sra) anônimo(a) das 21:13

O problema não tá nos jogos, mas esta nas cabeças.

Eu mesma(sim, sou uma jovem senhora, o "sra" pelo fato de ser casada) jogo de Mario Bros à GTA e CS.
O problema tá em fracassados chatos pra caralho como esse tal de Alain Soral que não sabe NADA de mulher, NADA do que é ser um homem de verdade, e nem do que é ser um...SER HUMANO digno e com mínimo de sanidade.
Se acha melhor que as mulheres pq nasceu com um monte de carne inútil entre as pernas! Coitado! É só um fracassado trancado em um porão, com a mamãe preparando Todynho enquanto ele vomita ódio contra as mulheres porque nenhuma quer ele, só as "infláveis" que se compra em sex shop, kkk.
Ele é só mais um ser medíocre e inútil ocupando espaço nesse planeta.

Anônimo disse...

Sim, eu sei q os problemas não são dos jogos (até certo ponto), só quis expor a hipocrisia desse patife

Anônimo disse...

Aimeudeus, ele entregou uma de ouro *----*

"Sou um cara espiritualizado, cristão que condena o materialismo em que o mundo se encontra. Exceto quando alguém tem um pc pior do que o meu e joga um jogo mais velho, que aí posso me vangloriar de possuir bem materiais mais monetizados e julgar essa pessoa como inferior a mim" Alain Soral

Anônimo disse...

E as lésbicas que contratam prostitutas o que vcs feministas acham delas? lesbica que só gosta de mulherão estilo panicat? Estão objetificando as mulheres ou tem salvo conduto no feminismo?

Anônimo disse...

Só mais essa!

"Quero destacar que jogo Witcher 3 no meu PS4 e tachar de infantil um jogo que não jogo mais. Não entendo que isso só me caracteriza ainda mais como massa de manobra seguidora de modinhas" Alain Soral.

Anônimo disse...

Anônimo das 21:26, valeu sua dica pras moças, se vê que chupar piroca é sua especialidade né danado? kkk

Anônimo disse...

A verdade é que homens e mulheres são burros demais pra lidar corretamente com o sexo desde sempre. É culpa de ambos (não só do homem, como gostam de se iludir as feministas).

Ou terminam virando moralistas hipócritas como os muçulmanos, ou viram prostitutas baratas como as "poderosas" atrizes/"cantoras"/ modelos "feministas" / atrizes pornô ect e tal.

É quase sempre nos extremos. Um pouquinho de cuidado aqui e ali, e porcaria todo o resto do tempo.

BLH

Anônimo disse...

Isso vale pra vc tb ô ~machinho~

Ou terminam virando moralistas hipócritas como os muçulmanos, ou viram prostitutos baratos como os "poderosos" atores/"cantores"/ modelos "mascus" / atores pornô ect e tal.

Nossa, como ômi não entende nada mesmo

Anônimo disse...

Enfim, sobre prostituição. Vejo que há feministas que defendem a regulamentação e as que defendem proibição punida por lei. Em posts mais antigos, lembro de uma moça falando que há países que punem somente os consumidores, não as prostitutas, justamente para não marginalizar ainda mais a mulher que viu na prostituição seu único recurso.
A princípio, sou da linha que defende regulamentação, porque não vejo a prostituição como inerentemente imoral ou degradante. Acho justamente que a proibição ajuda a marginalizar as prostitutas, que não têm a quem recorrer.
Maaaas, concordo que uma mulher que se prostitui acaba criando preço de mercado sobre o corpo de outras mulheres, reforçando o estereótipo de mulher objeto.
Então no final não sei o que pensar. O que vocês acham?

Anônimo disse...

Mas que que tem as poderosas da vida? Se elas querem dar pra meio mundo e cantar sobre isso, deixa elas serem felizes. Elas não tentam obrigar os outros a darem pra meio mundo. Como fazem os moralistas hipócritas, que não dão pra todo mundo e querem obrigar todo mundo a ser como eles.

Anônimo disse...

Anônimo das 21:54, vocês mascus são hilários!!

Como se vcs conhecessem as mulheres? Não sabem nem como dar prazer à uma!!

Seu argumento falho é só pra não admitir que é um brocha, que nunca deve ter chupado mulher(e homem que chupa mulher é TUDO DE BOM!) deve ter "nojinjo" isso sim, e deve bater altas punhetas quando lembra dos seus amiguinhos de reuniões mascus.

Se nós feministas temos que virar lésbicas(o que não há nada de errado com as que são) vocês mascus misóginos são tudo enrustido mesmo, machista hétero é pura perda de tempo e ilusão das trouxas sem amor próprio!

Anônimo disse...

Qual a diferença entre uma prostituta/o devidamente maior de idade e um jogador de futebol, modelo ou um pedreiro?
Todos não usam o corpo como forma de ganho de vida? Ou será que o tabu do sexo como algo de outro mundo e o que cria todo este conceito demonizador social?

Vocês acham que a profissão de prostituta e mais degradante que a de pedreiro que trabalha no pesado sob sol escaldante de 35°? Ja viram como ficam as costas, pele e mãos de um pedreiro ao longo de uma vida de trabalho? Acham que um pedreiro e pedreiro porque ele quer, era o sonho de infância dele carregar sacos de cimento e tijolos o dia todo? (e não me venham com esta de que já inventaram "carrinhos de mão" os tijolos e sacos de cimento não pulam dos caminhões nos carrinhos sozinhos)
e se abolirmos então a profissão de pedreiro, as paredes, casas e prédios se levantarão sozinhos?

Duvidas, duvidas, duvidas....

Um massagista também usa o corpo para dar alivio e prazer a um cliente, e degradante?

Anônimo disse...

Rapaz, é que tu não viu machista na cama. É um tal de "me chupa até a garganta, mas não faço em você porque não gosto do cheiro, deixa de ser fresca e libera seu cu, mas o meu não que não sou mulherzinha, vou arregaçar sua buceta, como assim você não tá a fim, ~ritmo britadeira~, ~não deixa você controlar~". E ainda chama de vadia e te olha com desprezinho depois.
Quem me dera homem assim viesse tudo com rótulo, hétero machista é tudo perda de tempo.

Anônimo disse...

Ora, anon das 20:45 vocês já querem que as mulheres livrem vocês do serviço militar, peçam mais campanha pro exame de próstata (que vocês de qualquer jeito não vão fazer), casem com vocês, limpem as suas casas, cozinhem os seus mingaus, troquem as suas fraldinhas, transem com vocês e agora você quer que elas contratem prostitutas pra vocês? O que você é anon, cego, surdo, mudo, portador de paralisia cerebral, idiota e maneta? Você ao menos bate p**eta sozinho? Precisa que a sua mãe entre no Pornhub pra você?

Anônimo disse...

"Héteros machistas" amam na verdade outros héteros machistas.

Anônimo disse...

E você também não, 22:07. Assistir 500 horas semanais de filme pornô não te torna entendido de relacionamento hétero não, viu? Só te torna um p**eteiro arrogante e motivo de riso.

Anônimo disse...

22:13 é que a sua mão já te conhece e sabe do que você gosta. Mas tenta transar com um babaca machista egoísta que acha que sexo é só meter e se lixa pra você.

Anônimo disse...

Mas hein? 22:14, você entendeu que não acho que sexo hétero funciona assim, né? Que foi ironia justamente com cara machista que acha que pornô é vida real, certo?

Anônimo disse...

"Professora"? e Você Fábio do Mingau? As pelotinhas toxicas do mingau da mamãe estão te fazendo ter delírios de novo?

Anônimo disse...

Não é você 22:19. Meu comentário foi pra um mascu babaca que comentou na mesma hora que você, às 22:07, dizendo que feministas lésbicas não devem falar sobre relacionamentos héteros porque não entendem disso-bom, eu disse que ele também não, afinal essa laia de seres do esgoto nunca se relaciona com mulheres, elas não querem esses lixos. O seu comentário eu entendi.

22:22 é porque as duas crentes da Assembléia só tinham transado com machistas ruins de serviço como você, por isso acharam que era o máximo. A feminista já tinha transado com homens competentes e já sabia que o sexo com você ia ser uma bosta-como obviamente foi. Coitada, deve ter morrido de tédio!

Anônimo disse...

Anônimo das 22:22, imagino quantas mulheres "comeu" nas suas punhetas, vendo filme pornô no porão enquanto sua mãe prepara seu Todynho, e entre uma punheta e outra, sempre dá uma olhada no pornô gay porque sei que teu tipo curte isso na verdade!

Anônimo disse...

Pra Anônimo arrogante e iludido das 22:13

Claro é fácil achar que "orgasmo fácil" faria uma mulher ter "inveja" dos homens, mas sabia que mulheres tem muitas mais zonas erógenas que homens, e podem ter o dobro de orgasmos que estes?
Se você entendesse MAIS de mulher e MENOS de homem, saberia.
Meu caro, tanto desprezo pelas mulheres e adoração e elogio pra homens tá claro, vc é viado enrustido.

Anônimo disse...

OFF TOPIC: Feminismo será matéria obrigatória em escolas australianas.
“os estudantes aprenderão sobre igualdade e representações de gênero, lidarão com estatísticas de violência doméstica e refletirão sobre a visibilidade feminina nas mais diversas áreas.”

http://www.brasilpost.com.br/2015/11/10/feminismo-australia_n_8521466.html?ncid=fcbklnkbrhpmg00000004 Mais uma derrota para os mascus. Aceitem a ditadura feminazi que dói menos, bando de marmanjo chorão.

Anônimo disse...

Pra Fábio

Vc é o Fabio do Mingau né? kkk
Cara, continue elogiando o poder sexual masculino, isso mostra o quanto não sabe NADA de mulher, mas no entanto sabe muito de machos hein? kk
Vc manja muito em "sentar a lenha no fogãozinho" das tuas punhetas cara, kkk. Vc deve dar prazer só a tua mãozinha! kk

Anônimo disse...

Esse Fabio sabe tanto da potência sexual masculina que tá muito claro, ele manja de "sentar a lenha no fogãozinho" dos machos dele!!

Anônimo disse...

Coitado desse Fábio!! Se acha o máximo que não é.

Fica no porão da mamãe batendo punheta com pornô gay e acha que agrada na cama as "novinhas"(termo discreto pra PEDOFILIA).
Esse Fábio deve ser um arraso na cama...com os machos!

Anônimo disse...

Todas das fotos te deram um pé na bunda depois que perceberam o macho merdinha que você é, incapaz de fazer o próprio mingau? Por isso esse recalque com as feministas kkkkkk

Anônimo disse...

Fabio masculinazi

Fica irritadinho não santa!!

Se vc quer falar, tb tem que ouvir.

Não quer que te sacaneiem, então não entra no blog fofis.

Vou vou sair pra jogar Assassin's Creed, enquanto vc fica no porão e aguarda a mamãe vir com tua cueca lavada e teu mingau prontinho kk.

Anônimo disse...

minha namorada e minha "amiga" tem 18 e 20 anos, pra mim que sou trintão são novinhas
___
O canalha alem de ser um mascutroll chato ainda por cima trai a namorada e fala na maior cara de pau, machista nojento.

Anônimo disse...

Olha o face do Fabio do mingau: https://www.facebook.com/fabiohenriqueo1/photos_all
Perfil típico de um mascu: Fracassado, viciado em bronha, coxinha, meia idade e ainda sustentado pela mamãe, metido a grandes bostas e bad boy sendo que não vale o mingauzinho que come.

Anônimo disse...

Isso é mais comum entre americanos e europeus do norte da Europa. Garalmente são homens problemáticos e fracassados em seus países.

Anônimo disse...

Nem é tanto o homem italiano nesse caso, pois o italiano não é muito interessado em asiáticas. Esse mentalidade de namorar com asiáticas por serem elas mais submissas é mais por parte do americano e de alguns europeus do norte da Europa. Homens que em seus países de origem não conseguem namorada/esposa e, partindo dessa ideia que mulher asiática é mais submissa e menos exigente, viajam para países da Asia em busca de relacionamentos. O que mais tem nos EUA é americano fracassado namorando com asiática.

Anônimo disse...

Na Suecia existe um projeto de lei que visa proibir os cidadãos suecos de se casarem com estrangeiras com menos de 3 anos de residencia antes do inicio do relacionamento. A ideia e impedir o aliciamento de mulheres em países pobres da Asia e America Latina, já que o homem sueco não esta tendo mais facilidade de se relacionar com as mulheres suecas devido a cultura anti machista forte nas suecas e a criminalização do machismo naquele pais

Anônimo disse...

É mesmo? Vá até a Europa e veja o que aconteceu com a Ucrânia depois que passou pro lado americano em busca de "liberdade...democracia ....e direitos humanos".....pura prostituição! Vá aos Estados Unidos e descobrirá milhares de crianças abandonadas nas ruas pelas mães que não se enquadrando ao modelo "machista" de familia acham não ter obrigação de cuidar de crianças. Modelo que nós copiamos.O cinema americano é igual ao blog da Lola....só mostra o que lhes interessa

Anônimo disse...

Mascutroll VC das 05:44 voce não quer distribuição de contraceptivo? É pras pessoas sem condições de comprar camisinha terem mil filhos, e sem auxílio estatal pra não morrer de fome, é isso? Você quer dar uma de Stálin e eliminar a pobreza matando todos de inanição? Qual é o seu problema, seu lixo humano? E se você quer a diminuição da natalidade apoie a distribuição de contraceptivos, educação sexual nas escolas e legalização do aborto. Querer a redução da natalidade e não apoiar essas três coisas é ser hipócrita, seu hipócrita.

Anônimo disse...

Melhor não apagar o comentário do "ráquer"; é claro que os mascus não se ligam que hackers geralmente são autodidatas e eles são incapazes de aprender qualquer coisa além de fazer um site falso, não são capazes nem de esconder o endereço IP, mas tá aí mais uma prova se eles tentarem difamar a Lola de novo.

Mas não sei o que seria melhor fazer com os comentários do troll pedófilo... talvez mandar pra polícia junto com o endereço IP? Pedofilia deve mandar esse monstro pra cadeia mais rápido do que ameaçar mulher.

Anônimo disse...

Que saudade do blog quando tinha comentários e discussões inteligentes. Hoje é só um monte de besteira, e a culpa não é dos trolls não, é de um bando de idiotas que dão conversa e ficam respondendo todas as provocações.

Vocês são mesmo umas babacas!!!!!!! (agora vocês vão responder)

donadio disse...

O texto é muito superficial, bem cheio de estereótipos, às vezes contraditórios. É a típica postura do "estive lá como turista, então entendo a fundo a realidade local". E não sei o que a Camila Ribeiro pensa que "engendrar" significa, mas não é isso; engendrar é gerar, criar, inventar, maquinar.

Anônimo disse...

Tem razão, 07:47, vai ser respondido! Me diga mais sobre como é reclamar do alheamento dos outros e não contribuir em nada pra discussão :3

Anônimo disse...

"As feministas ora são contra a sexualização da mulher que a transforme em um tipo de "mulher objeto". Por outro lado, muitas também falam bem da prostituição.
Não entendo"

Porque feminismo não é religião. Não tem regra nem guia escrito, tampouco líderes (existem as que se destacam, mas não para serem "seguidas"). Também fico confusa ás vezes, mas é só seguir o princípio da equidade que vc não se perde.
Pessoas, parem de responder idiotas. O sujeito que vem aqui criticar mulher sem um pingo de humildade só quer contestar, se quisesse aprender leria os comentários e faria questionamentos de forma respeitosa. Deixem os imbecis falando sozinhos.

Dan

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 346   Recentes› Mais recentes»