quinta-feira, 27 de agosto de 2015

GUEST POST: MEU COLEGA DE TRABALHO É ESTRANHO

Relato da E.:

Acompanho o blog faz mais de um ano e adoro! Abriu meus olhos para muitas coisas e hoje em dia defendo o feminismo com unhas e dentes. Girl power!
Mas o motivo do meu e-mail é buscar sua opinião, Lolinha. Porque estou em uma situação chata e não sei bem como saio dela. Precisava desabafar, e você me veio à mente.
Eu entrei na empresa que trabalho há pouco tempo, acabei de ser efetivada após o período de experiência, e adoro o ambiente, adoro meu trabalho, adoro o pessoal... Bom, quase todo o pessoal.
Eu trabalho no setor administrativo, em uma área que tem muito mais homens do que mulheres, e digamos que eu não me enturmei com a patotinha principal de mulheres do meu setor. Resumindo, acabei ficando mais próxima de colegas homens. Nunca vi problema nenhum nisso, sempre tive amigos e colegas homens tanto na escola, faculdade, e em outras empresas.
A maioria deles é legal e me respeita muito. Porém, não me lembro bem como, mas se aproximou de mim um que eu acho estranho. Vamos chamá-lo de S.
Acho que começamos a conversar por causa de um livro que ele estava lendo. Tínhamos outros interesses em comum. Até aí tudo normal, certo?
Só que não.
O S. tem idade para ser meu pai, ele inclusive tem filhas quase da minha idade, é casado e tals. Apesar de ter família, não faz questão de sair de casa, não gosta de pessoas, detesta os vizinhos, espanta os namorados das filhas, adora RPG e videogame. Fala mal de muita gente, sempre sabe fofocas de todos.
Ele meio que grudou em mim e fica me bajulando, vive me comprando livros e doces e deixando na minha mesa e no meu armário.
E eu sou casada! Recusei veementemente os presentes e disse que não podia aceitar, mas ele insistiu e disse que não tem segundas ou terceiras intenções e que é casado e feliz e tem filhas e bla, blá, blá. Disse que é uma maneira de agradecer a atenção e a companhia e que a empresa é cheia de cobras falsas. Mesmo assim eu deixei bem claro que não era para ele me comprar mais nada, que eu agradeço mas irei recusar qualquer outra coisa e que não sou interesseira. Deixei os livros no armário da empresa e dei os doces para outras pessoas.
Me incomoda muito o jeito dele, parece muito que ele está dando em cima, sabe Lola? Que quer alguma coisa, sempre tem uma história alheia de traição, fala que os caras daqui são casados e “pegam” novinhas mesmo assim, mas ele não.
Ele vive me elogiando, dizendo que pareço uma princesinha (sou pequena e tenho cara de adolescente, apesar de já ter 20 e poucos anos), diz que meus sapatos são fofos, que sou delicada, que meu cabelo é lindo, que eu tenho um jeito de andar “gostoso”. Esse comentário foi o pior de todos.
No dia que ele me disse isso, tive um pesadelo que ele estava me estuprando. Depois disso, tentei me afastar dele no trabalho.
Mas mesmo assim, todos os dias pontualmente ele aparece com seu sorriso besta (que eu acho de psicopata) e a mão estendida para eu apertar, tanto de manhã quando chego, quanto à tarde antes ir embora. E eu meio que tenho asco, não sei explicar, principalmente depois do pesadelo, não gosto nem que ele chegue perto de mim.
Sem falar que toda vez que ele passa pela minha mesa ele meio que fica me olhando. E eu ignoro, só sei que é ele porque minha visão periférica me permite ver o suficiente para identifica-lo. 
Sem falar que quando vamos para o refeitório (sempre em grupo) e estamos sentados à mesa, ele fica me olhando com a mão no queixo, meio que como quem está admirando ou algo assim, sabe? Aquilo me dá náusea. E eu evito olhar para a cara dele.
Sem falar que ele disse que eu lembro a filha mais velha dele. O que só me fez pensar que talvez ele já tenha abusado dela e piorou ainda mais o jeito que eu enxergo ele, sabe?
E ainda, ele sempre dizia que tinha desativado o Facebook, e do nada ele diz que ativou de novo e fica olhando fotos minhas e das minhas irmã e dizendo que são muito parecidas comigo. Aquilo me deu pânico, não queria aquele cara mega estranho fuçando na minha vida ou das minhas irmãs! Achei um absurdo!
Quando entrei na rede social, lá estava a solicitação de amizade. A primeira coisa que fiz foi mandar o link do perfil dele para minhas irmãs e pedir que o bloqueassem. Em seguida, fiz o mesmo. Até hoje ele nunca falou nada de eu ter recusado o convite ou comentou que não conseguia mais ver o meu perfil ou das minhas irmãs. Mas se ele viesse perguntar eu ia falar a verdade: não adicionei porque não quis e bloqueei porque não quero ser incomodada.
Isso não é algo que chega a me tirar o sono, porque se for para pensar “não é nada de mais” e me sinto boba e parece que estou enxergando coisa onde não tem e exagerando.
Mas que ele é creepy, ele é.
E também agora entrou uma moça nova, que é menor que eu ainda. Agora ele fica bajulando ela e esqueceu um pouco de ficar em volta de mim. Estou considerando conversar com ela e perguntar se ela se sente assim também, porque à vezes penso que é só coisa da minha cabeça.
Não sei se é só algo platônico inofensivo ou se eu tenho motivos para me preocupar. 
Não contei isso para ninguém além das minhas irmãs, que ficaram muito preocupadas (elas querem que eu procure o canal de denúncia da empresa), mas me sinto mal e não sei como contar e nem como irão reagir.
Eu me sinto assediada, apesar de não ser nada físico ou muito direto. Não sei o que fazer.
E maldita a educação de “menina” que nos faz ser educadas e cordiais e gentis até com quem não merece e por isso acabamos em situações como essa. Não quero fazer escândalo e arrumar encrenca, talvez até perder meu emprego por causa disso.

Meus comentários: É complicado, N. Você não pode acusar alguém de ser estranho. O que ele fez até agora não parece ser assédio sexual, nem moral, nem nada. Pode ser um pouco de stalking, mas até chamar disso parece exagerado. Sem dúvida é uma droga. Não sei até que ponto você deveria falar com a empresa. Ou com a colega nova que ele vem conversando. Isso é fofoca e, a meu ver, parece injusto.
Os presentes que ele te deu são a coisa mais errada. Mas, pelo jeito, depois que você falou, ele parou, certo?
Por um lado, você não pode acusá-lo de nada. Por outro, se ele te incomoda, você pode sim (até deve) se afastar dele. Você não é obrigada a ter um ótimo relacionamento com todo mundo do seu trabalho. 
Não sei se sou ingênua (ok, sei: sou), mas se eu fosse você falaria com ele. Diria que me sinto incomodada com o jeito que ele me olha, com a atenção que ele me dá, e que gostaria que ele parasse de fazer isso. Imagino que a reação dele será se afastar de você (e provavelmente incluir você nas fofocas. passar a falar mal de você também).
Corte o papo, não seja simpática nem educada com ele. E siga seu instinto, que te avisou que seu colega é estranho e pode ser perigoso. Nada de ficar sozinha com ele. Pode até ser que ele seja apenas um bajulador bobo e babão, um sem-noção que não sabe que mulheres têm muitos motivos para ficar desconfiadas com esse tipo de assédio. Mas pode ter algo a mais que está fazendo com que você sinta que ele é creepy. Ainda que você não possa denunciá-lo, você pode se afastar dele.

179 comentários:

Anônimo disse...

Você não está exagerado E.

Se afaste o máximo possível desse cara. Ele parece ser stalker sim.

E tudo indica que seja daquelas pessoas que não sabe receber não também. Insistente e descolado da realidade, entende suas negativas como "charme" possivelmente.

Esse tipo de pessoa cria um mundo de fantasia na cabeça dela, onde essas atitudes são justificáveis. "Ela gosta de mim tb. Ela simpatiza comigo"

Cuidado. Seja incisiva com ele se precisar. E quando tiver mais intimidade com seus colegas, quando encontrar alguém que possa confiar, comente com eles que fulano te assusta. Essa pessoa pode ser uma retaguarda pra você. Te apoiar quando ele se aproximar pra evitar deixar vcs sozinhos, pode ser uma testemunha caso vc precise levar isso pra chefia, pode te ajudar a afastar esse cara e tals.

Boa Sorte. E não baixe a guarda.


Alice

Anônimo disse...

Já passei por isto também,Se pelo menos fosse de uma idade compatível ate daria para tolerar e contornar, mas não tem coisa pior que velho babão que não sebe se portar, homem em crise de meia idade querendo pagar de gatinho e um nojo, e a maioria e muito machista mesmo, e é aquele machismo escroto disfarçado de cavalheirismo sabe. Affs

Anônimo disse...

Se tem uma coisa irritante em omis, alem do machismo nojento claro, e a mistura doentia de carência afetiva com possessividade. Esta mistura explosiva mais o machismo que já citei, torna eles predadores horrendos.
L.H

Anônimo disse...

E qual homem não e estranho? kkkkkk
Mas serio, conviver com eles em ambientes comuns e muito difícil mesmo.

Anônimo disse...

LH do comentário de 12:20, exatamente. Neste caso do guest post, acrescente ainda a idade avançada do sujeito e este quadro piora bastante.

lola aronovich disse...

Enquanto eu lia o email da E., eu imaginava que o creep era um colega mais idoso, cerca de 70 anos, sei lá. Mas aí quando ela diz que tem 20 e poucos, e que ele tem idade pra ser o pai dela, então ajustei o foco. Ele tem 50 anos, se tanto.
E lamento dizer que nessa faixa etária tem vários homens que entram em crise e começam a dar em cima de toda moça com 30 anos pra baixo que diz "Oi".
Percebam que eu disse VÁRIOS homens. Não disse TODOS.

X. disse...

"E eu meio que tenho asco, não sei explicar."
Eu te explico, o nome disso é sexto sentido, intuição, experiência de vida. E pode chamar o seu sonho de aviso que o seu cérebro te deu pra você ficar esperta, bem esperta.
corta qualquer tipo de ligação com esse cara, não precisar apertar a mãe dele, diga apenas bom dia e bem alto para os outros ouvirem, fecha a cara mesmo e se pegar ele te olhando pergunta bem alto o que foi, principalmente ser tiver testemunhas, toma cuidado na hora de ir embora, olhe para todos os lados e, se fosse eu, já começava a procurar outro trabalho, emprego é emprego, um vai outro vem.

Anônimo disse...

O que tem a ver com o assunto a postagem da vida pessoal do fábio ?

Kittsu disse...

Detesto quando isso acontece... Provavelmente o coitado só tá apaixonado. Mas pode ir cortando as asinhas MESMO pra coisa não enraizar. Se isso começar a incomodar de verdade, fale com seu superior direto que isso está atrapalhando o desenvolvimento do seu serviço por conta das interrupções constantes, sei lá. O ponto negativo disso é que poderia despertar um sentimento de revanche, vingança, no maluco. Se você o ignorar de verdade, a tendência é que ele desapegue mesmo...

Anônimo disse...

q mal gosto ela tem fábio

Anônimo disse...

Alguém precisa explicar para os caras que este negocio de mocinha nova ficar encantada por homem velho só e regra me novela da Globo, na vida real e 1 em mil, portanto sosseguem os periquitos tiuzões.

Jéssica disse...

Já passei por isso, horrível. Cara estranho, me secando, elogiando, parecendo stalker mas n fez nada demais tb.
Só acho algo muito engraçado aí no texto, a pessoas coloca a vida toda no facebosta, põe centenas de fotos, depois quer reclamar se alguém tá vendo? É absurdo??
Na net n existe privacidade.

Vicky_ disse...

Moça, cuidada, o cara pode ser de um tarado costumeiro a um stalker. Além de traidor, óbvio.

Explica a/os seus (as) superiores que este colega não respeita suas negativas e tem um comportamento impróprio na trabalho. Fará com que fiquem de olho.
Diga para ele que você não gosta do que ele faz, que não tem interesse e que ele te faz se sentir mal e desconfortável. Se ele não respeitar, taca cadeira na fuça dele na próxima, ele merece, pode expo-lo!

Ah, fale para a esposa e/ou filhas, um desgraçado desse merece arcar com seus erros também. Caso ele ameace, faça BO's.

Anônimo disse...

E obvio que o cara não tem semancol, mas o que vejo nos comentários aqui e pre conceito simplesmente pelo cara ser mais velho, e não pelo fato de ser chato insistente e casado.
Alem de notar que a sexualidade ,interesse, desejo e paixão masculina, são demonizados no feminismo de uma forma geral.

Anônimo disse...

Homem apegado e fadas mesmo.
Diferentemente de mulher que gosta e desgosta num piscar de olhos, a paixão masculina e mais gradativa, nós demoramos para nos apegar, e para desapegar depois e um inferno.

Vicky_ disse...

Mas geralmente quem faz isso é homem velho e casado mesmo. Há vários relatos no Blog e no restante da internet.

Não existe opressão contra homens velhos, homens velhos é que costumam ser (os) mais preconceitosos.
Deixa de inventar seu vitimismo, velho-sem-nome.

Bizzys disse...

E., sua história me lembrou de um caso que aconteceu quando eu era estagiária. No escritório onde eu trabalhava o número de homens e mulheres era equilibrado e todos me tratavam normalmente. Tinha um cara, o Pedro (mesmo perfil do seu colega: casado, com filhos, mais de 40 anos de idade) que conversava comigo às vezes e eu respondia tudo com educação, até que na primeira ocasião em que ficamos sozinhos no escritório ele aproveitou para chegar por trás da minha mesa, me dar um beijo no rosto e falar "tchau, querida" antes de ir embora, sem eu nunca ter dado a liberdade para isso. Nessa hora entrei em pânico, e desde esse dia evitei o máximo possível ficar sozinha com ele e passei a tratá-lo com a maior frieza possível. Não reclamei com a chefe porque tinha medo de ser demitida, sem contar que poderiam dizer que eu era louca, que ele não fez nada demais, etc e tal. De qualquer forma, o cara nunca mais passou dos limites comigo (mas chegou a fazer uma "brincadeirinha" imbecil na frente de todo mundo uma vez - disse que "valeria a pena" me assediar sexualmente porque a pena para esse crime é baixa. Nessa hora tive certeza que fiz bem em me manter longe desse tipo).

Resumindo: não ache que você está louca, esse seu colega é um creep sim. Se afaste dele o máximo possível, e reclame se ele te incomodar. Você não é obrigada a ser amiga de ninguém, nem deve atenção a ele só porque é mulher. Força, fique bem!

Anônimo disse...

Vicky a diferença entre homens mais velhos e mais novos, e que entre as mulheres em geral o machismo dos mais novos se não chega a ser aceitável por assim dizer, e contornável devido ao natural tesão que despertam nelas. mas não dizer que homens mais velhos são mais machistas que mais novos, basta ver os fuckeiros o quanto são machistas e misoginos. O que o corre com os mais velhos e puro conflito de gerações mesmo, as ideias não batem saca, alem da evidente do do interesse visual/sexual para a meninas neles.

Sófia disse...

Nossa E. muito complicado viu.

Eu já passei por dois casos. Uma vez quando eu era bem mais nova uns 16 anos trabalhei meio período como garçonete num local (jovem aprendiz), tinha um homem bem mais velho que eu que trabalhava lá que vivia olhando para mim e sorrindo, mesmo quando eu estava distraída fazendo algo quando olhava pro lado, lá estava ele, com o olhar fixo. A princípio eu ficava sem saber o que fazer, e realmente sem graça com a situação, apenas permanecia tratando-o normalmente, até ocorrer um fato inesperado, uma vez fui trabalhar com um desses sutiens que a alça é de silicone e solta, porém a alça soltou e eu fui correndo no banheiro pra trocar, porém a porta não trancava de forma alguma, comecei a trocar bem rápido, até pq percebi que estava todo mundo muito ocupado pra ir ao banheiro. Qual não foi o meu susto quando esse cara estranho abre a porta de repente, dei um grito, e ele fechou a porta. Eu super sem graça tive que continuar trabalhando, foi ai que ele virou pra mim e pediu desculpas, ok, até ai tudo bem, mais depois não é que o estranho solta a seguinte pérola "mas, nossa eles são lindos! Dá vontade de pegar viu..."

Fiquei muito vermelha, e passei a ignorá-lo, um dia quando estava limpando as mesas, disse pra ele que não gostava que ficasse me olhando ou falando certas coisas comigo, ele ficou sério e se afastou, depois de um tempo deixei de trabalhar no local.

Outro local com experiência parecida foi um local que trabalhei com um moço, ele sempre foi de ficar me chamando de meu anjo, meu amor, e etc. Mas com o tempo percebi que ele tratava todo mundo assim, mas nunca foi além disso, e apesar dessa forma de tratar as pessoas (sim tanto mulheres quanto homens) ele trabalhava sério e compenetrado além de sempre deixar claro que era casado e tal.

Enfim, acredito no seguinte, se algo ta te incomodando fale claramente com ele. Não fique com vergonha ou com medo. Seja simples e direta, sem rodeios, diga o que esta incomodando, normalmente pessoas assim só precisam de um chega pra lá para deixar de ser abusadas. Ainda (pois é) acredito que uma conversa seja talvez a melhor forma de tentar resolver um problema com alguém.

Rafael Cherem disse...

Pode ser só um babão, quase certeza que é, mas siga seus instintos.
Já trabalhei em locais que havia uns assim, essa necessidade que alguns tem de ser os garanhões, somada a carência e auto- estima baixa(ops, fórmula de mascu) dá nesse assédio digno de pena.

De outro ponto, indique o blog da Lola para ele, talvez lhe abra os olhos e evolua.

Comigo deu certo.

Anônimo disse...

Notem no relato da Sofia que enquanto o cara mais velho que demonstrava interesse nela lhe causava asco, enquanto em outro caso um "moço" com atitude equivalente tem suas ações relativizadas e se trona ate aceitável no dia a dia.

Sófia disse...

Que comentário mais deplorável anônimo 13:47. Não sei de que lugar vc tirou que alguém sente agradável ser assediada dependendo da condição econômica de alguém, sou mulher, e afirmo assedio é assédio, independente de quanto o cara ganha, qual carro tem, e etc. Ninguém gosta de passar por uma situação dessas, independente de quem for a pessoa. Talvez a mulher que vc conheça ou vc mesmo (sei lá vai que esse anôm é mulher né), não se importe de ser assediada ou sofrer abuso de umm cara rico, mas eu como mulher e as mulheres que eu conheço não são assim.

André disse...

Talvez fosse bom ela se abrir com algum colega de trabalho que ela tenha mais intimidade. Pode ser que ele já tenha um histórico conhecido por todos menos por ela e também é uma pessoa a mais para ficar de olho nele.

Jonas Klein disse...

Olá colegas tudo tranquilo, espero que sim.

Sabe E, o seu colega me parece ser apenas um cara muito chato, mas em nenhum momento me pareceu ser um cara perigoso, de qualquer forma acho que se você seguir a dica da Lola você acerta na mosca.

Sófia disse...

Os dois homens tinham atitudes diferentes anôm, note pelo meu comentário que eu não me sentia bem em nenhuma das situações, apesar do que ambas eram diferentes.

Não pela idade dos homens, mas sim pela forma como agiram, enquanto no 1º caso o cara só agia de forma estranha comigo, ficava me encarando, sorrindo para mim, e etc, o outro era compenetrado no trabalho e não ficava com brincadeirinhas, mas tratava todos da empresa (homens e mulheres), com apelidos como meu anjo, e amor. Percebi que esse era o jeito dele agir com as pessoas em geral, e não unicamente comigo, ele nunca elogiou o meu corpo ficou me encarando, ou fez algo obsceno comigo, era uma pessoa bem séria, apenas referia a todos da empresa com apelidos.

O outro cara não já era evidente a forma como ficava me encarando, e ainda o comentário feito elogiando os meus seios sem que eu tivesse dado um mínimo de liberdade..

Agora esse seu pensamento esta completamente deturpado, me desculpe mais em momento algum disse ou demonstrei de alguma forma que gosto ou que gostei de ser assediada. Apenas são casos diferentes.

Anônimo disse...

Qual a forma correta de um home demonstrar interesse em uma mulher? veja bem que não estou me referindo a interesse em amizade, mas amoroso/sexual mesmo. Vocês concordam que se homens não demonstrarem interesse, nunca vai rolar nada(se depender de mulher tomar a iniciativa, a humanidade acaba), e existe uma grande diferença entre paquera e assedio nojento, então vocês como mulheres gostam de ver o interesse amoroso/sexual masculino?

Anônimo disse...

Se ate o olhar masculino e considerado assedio, então danou-se, e melhor vivermos em bolhas assexuais.

Anônimo disse...

a diferença entre o assedio moderado como descrito no post, e a paquera, a na verdade a receptividade da mulher, se ele demonstrar que não tem interesse, apenas PARE e se afaste para sempre. E não espere a iniciativa partir delas, mulher não faz isto, estão naturalmente e socialmente acostumadas a espera.

Mas a duvida é, onde e local apropriado para paquera? No ambiente de trabalho não e local para isto, concordo plenamente, na faculdade também não, la para elas o foco e estudo, na academia elas vão dizer que estão la para treinar, não para servir de fetiche pra "omi" na balada estão para se divertirem com as amigas, não para paquerar 'omi" nenhum, na rua então nem pensar, rua e lugar de estuprador, qualquer oi na tua e estupro, onde então? na igreja?

Anônimo disse...

A humanidade não vai acabar anon das 14:25, eu por exemplo não quero ter qualquer contato amoroso/sexual com homens mais pretendo ter uma filha por inseminação artificial. Sabe, se vocês não incentivassem tanto o estupro, diretamente e indiretamente na sociedade, seria muito mais facil uma mulher confiar nos homens. Qual é? Vocês querem nos assediar e humilhar mas ao mesmo tempo querem nossa presença?

Odara disse...

Nossa E., como parece com uma situação que eu enfrentei quando era mais nova (23-24 anos)! Principalmente o aperto de mão (com um sorrizinho meio escroto junto, né? ). Acho que é um padrão.
Cuidado! Eu achei que estava exagerando e me ferrei. O cara me agarrou na primeira oportunidade que teve e só não me estuprou porque eu comecei a fazer um escândalo e acho que ele teve medo de aparecer alguém.
Enquanto eu duvidava da minha intuição, o pior era a sensação de asco misturada com uma certa culpa, preocupação em tratar bem, não ser grosseira pois afinal ele era gentil e mais velho... Que nada, era um escroto! Dê um basta logo!

Anônimo disse...

Anon das 14:25, é só arrumar uma prostituta e deixar as mulheres que não querem sexo em paz.

Rafael Cherem disse...

Quem falou que mulher não demonstra interesse? Que século esse sujeito vive?

Anônimo disse...

Moça, corre. Pra bem longe. Tá, brincadeiras a parte, nesse caso teu instinto vale E muito. Eu tive dois problemas assim com professores, e infelizmente na época fiquei completamente paralisada, hoje me arrependo de não ter pelo menos FOFOCADO sim sobre eles, pra ver se eles se tocavam e as pessoas começassem a olhar pra eles com outra perspectiva. Sinceramente a única coisa que eu posso dizer é tentar diminuir todo possível contato com essa criatura e eu falaria com a menina sim, talvez daqui a umas semanas conforme o comportamento do cara. No mais te desejo boa sorte... É um comportamento estranho e indesejado , mas feliz ou infelizmente não configura crime pra denunciar :/

queen b

Anônimo disse...

Morre que passa cara

Anônimo disse...

Quantas cantadas VC recebeu hoje Rafael

Anônimo disse...

Três coisinhas para os meninos aqui.
Não, a grande maioria das mulheres não sente atração por homens mais velhos, e sim mulheres tem direito de escolha, aceitem que dói menos.
Homem de meia idade e a representação máxima do patriarcalismo, além de serem mais reacionários, portanto despertam pouco interesse em moças mais novas.

Sim, homens mais novinhos também reproduzem machismo, mas devido a terem menos choque de gerações, tem muita possibilidade de terem a mente mais aberta, mais propensão a mudanças de comportamento, além do evidente interesse sexual que despertam nas meninas hétero, portanto velho tentando competir com novinho faz papel de ridículo

Não, não gostamos de cantadas e assedio de desconhecidosou pouco conhecidos na rua, na faculdade, no trabalho, no colégio, na academia em canto Algum, geralmente o interesse seguro para nos rola entre amigos em comum.

"Bjos mores"

Anônimo disse...

Chora, mascuzão inútil das 15:39!

Não adianta fazer falsa ameaça porque nem "gordas" e "feias" te querem, ou você não ficaria o dia inteiro postando bobagem aqui.

Anônimo disse...

Ninguém merece ser assediado, ainda mais por quem não lhe desperta o menor interesse. Mas uma coisa é certa, está chovendo preconceitos contra homens mais velhos aqui. Substituam a palavra homem por mulher que fica mais evidente.

Melchior

Rafael Cherem disse...

Ao anônimo que perguntou, sou casado meu camarada, e foi minha mulher que deu em cima de mim,e não sou nenhum Rodrigo Lombardi.

Rafael Cherem disse...

Homem de meia idade e a representação máxima do patriarcalismo, além de serem mais reacionários, portanto despertam pouco interesse em moças mais novas.

Desculpa, mas não é o que se vê.

Vicky_ disse...

Pior é que no fundo eles sabem dessas três coisas, só não querem admitir.
Eu tenho trauma de homem de meia idade, assim como muitas garotas/mulheres.

Anônimo disse...

Sim verdade radinho duzomi gente, sofrem tanta opresaum nesta sociedade machista.. Sqn

Bizzys disse...

Melchior, se substituir a palavra homem por mulher não vai fazer sentido, sabe porquê? Porque mulheres mais velhas não ficam assediando e perseguindo homens mais novos nem causando situações constrangedoras em lugares impróprios (não digo que isso nunca ocorra, mas é fato que ocorre infinitamente menos). Sem contar que a possibilidade de um homem jovem ser agarrado ou estuprado por uma mulher mais velha é quase nula (ao contrário do que acontece com as mulheres).

Já cansei de ler milhares de relatos de mulheres jovens sendo assediadas por homens mais velhos (em vários sites e blogs, não só nesse), já vi acontecer, já fui vítima. Depois de sofrer assédio e ser acuada por vários desses tiozões, principalmente quando era adolescente (13, 14, 15 anos), eu tenho todo o direito de "ter preconceito" com esses tipos.

Como dizem por aí: a segurança das mulheres é muito mais importante que o sentimento dos homens.

X. disse...

Em contexto hétero:
Homens jovens gostam de mulheres jovens
Homens velhos gostam de mulheres jovens
Mulheres jovens gostam de homens jovens
Mulheres velhas gostam de homens velhos

E ainda dizem que os homens velhos estão sofrendo preconceito, sqn.

Jovens são geralmente considerados mais atraentes, conformem-se. Pelo menos mulheres velhas não ligam só pra isso como os homens mesmo quando ficam velhos.

JessicJéssica disse...

Dar em cima n é o problema machos idiotas, vcs acham q somos obrigadas a ficar com vcs, se a mulher n demonstra interesse vcs n respeitam e ficam em cima, na esperança q a gente ceda.
Perseguindo, enchendo saco, falando merda disfarcado de elogio.
Aceitem q levaram fora, n somos obrigadas a ficar com quem n queremos.
Depois n querem q a gente sinta asco, vão tomar no cu!

Vicky_ disse...

SIM, estávamos dizendo que são desgraçados por serem tiozões que ficam assediados gurias só por que elas deram um oi. A maioria das adolescentes que dizem preferir mais velhos querem dizer "caras 3~5 anos mais velhos", eu mesma perguntei.

E a maioria das mulheres atuais, mesmo as não feministas, correm de tiozão, principalmente se for reação. Vão tomar vergonha na cara, são o simbolo do Patriarcado sim.

E se reclamarem, lembrem que daqui umas duas gerações vocês só vão poder espalhar seu ódio contra mulheres (de todas as idades) no quintal de casa, com os amiguinhos. O misoginia está lentamente indo pelo ralo.

Anônimo disse...

"Em contexto hétero:
Homens jovens gostam de mulheres jovens
Homens velhos gostam de mulheres jovens
Mulheres jovens gostam de homens jovens
Mulheres velhas gostam de homens velhos
"
Há controvérsias, cada vez mais vejo as coroas gostando dos novinhos, parecem estar na moda kkj
Mas a questão e que tudo isso desmente a sandice dos mascus de que vamos ficar velhas tristes criadoras de gatos( amo gatinhos s2) ao que tudo indica e a macharada que sucumbe a crise de meia idade e não seguram o tranco, começam se vestir de forma ridícula com aqueles barrigões, e gastam todo seu dinheiro atrás do "mito da lolita"
As mulheres mais velhas por sua vez se sentem livres deles depois do divórcio ou da viuvez, e parece que começam a viver de verdade, saem com as amigas, fazem planos voltam a estudar, e um sopro de vida.

Jonas Klein disse...

Bom agora Lola já apago o comentário do mascuzão inútil das 15:39.

De qualquer modo as vezes eu fico intrigado como a Lola ainda deixa os comentários aqui sem moderação previa, não da certo blog feminista sem os comentário serem moderados antes da publicação...


Anon 15:13

As mulheres não costumam fica jogando cantada para cima de homem, mulher via de regra quando quer alguma coisa com algum homem, demonstra interesse de forma bem sutil, o que diga-se de passagem não e bom, pois esta forma sútil de demonstrar interesse, as vezes gera muita confusão na cabeça de alguns homens.

Anônimo disse...

Nossa, Lola, porque vc acha que seria fofoca falar com a colega sobre o problema?

A autora estaria falando de algo que aconteceu COM ELA. Acho injusto deixar a guria muito provavelmente sofrendo sozinha o assédio (para mim ficou bem claro o assédio) sem saber o que fazer e sem saber sequer nomear o que está acontecendo.

Desculpe, mas essa sugestão me parece talvez até um tanto machista, porque coloca os interesses de um homem acima do bem estar das mulheres.

Que mal teria conversar com uma mulher que provavelmente está sofrendo o mesmo problema que vc, inclusive causado pelo mesmo homem?

Enquanto ficamos isoladas e sofrendo sozinhas, os homens estão trocando todas as informações possíveis a nosso respeito. Acho até que se ela falasse com a menina não seria nenhum grande problema, com certeza todo mundo notou o que estava acontecendo com a autora do post, essas coisas dão o que falar no ambiente de trabalho. Pode até ser que outra moça tenha sofrido a mesma coisa, visto isso se repetir e não conseguido se aproximar para falar.

Temos que aprender a nos defender, e defender umas às outras. Isso pra mim é essência do feminismo (e se não for isso não quero ser feminista não, que não me serve pra nada).

Lux Noahide disse...

Ao meu ver, o erro da moça que escreveu o artigo foi conviver e fazer amizades com os homens da empresa. Ela deveria ter se segregado, o que não quer dizer fazer amizade com mulheres do setor que não tem consciência própria, mas ficar longe de potenciais estupradores sexuais e morais. Esse foi apenas o estopim para algo pior, o fato dele ser casado e abordar outras mulheres de forma amigável só mostra nele seus planos ardis e manipulativas para a atrair e conseguir o que ele quer, sexo fácil. O único jeito é cortando o mal pela raiz, você não tem nada a ver com esse projeto de ser, não sinta pena dele quando está defendendo seu território e seus valores, quando ele vier falar com você novamente o destrua moralmente e mostre a ele o que ele realmente é

Anônimo disse...

Jonas, ja te falei tu nao vai conseguir o 'uatz' das mulheres da net, desista!

Vicky_ disse...

Total de acordo. Se nós, mulheres, podessemos desabafar e espalhar com outras sobre os assédios, haveria menos mulheres traumatizadas e tendo que suportar criminosos que nunca serão presos.

Sente falta disso, guardei várias histórias de abuso, que nunca falava pelo medo de ser julgada, mesmo por mulheres com histórias iguais.

Ah, e ainda a favor de falarem para esposa e filhas, esses mulheres tem um desgraçado em casa e podem nem saber!

Anônimo disse...

E a coisa mais ridícula mesmo ver tiuzão querendo pagar de gatinho, chega a dar pena

Odara disse...

O que será que esse troll quer com essas ameaças? Colinho?
Não vai rolar cara! Sai fora e desiste!
Até porque é óbvio que você já é um idiota, não adianta ameaçar com possíveis idiotices. ...aposto que você já faz tudo isso sempre. ...

Anônimo disse...

"Anônimo Anônimo disse...
E a coisa mais ridícula mesmo ver tiuzão querendo pagar de gatinho, chega a dar pena"

Pelo menos vc foi honesta. O problema não é o cara assediar, o problema é ele ser tiosão.

Melchior

Anônimo disse...

Odara, nunca fiz isso... vou fazer porque a lola apaga meus comentarios sem argumentar e sendo que nao ofendo ninguem.

Melissa disse...

Já passei por uma situação bem semelhante com um professor. O meu conselho é: corte essa situação o mais rápido possível. Não responda ao bom dia, não aceite nenhum presente, quando ele te encarar na frente de outras pessoas, pergunte em voz alta por que ele está te olhando.

Tem um post aqui no blog da Lola sobre os instintos - acho que vale a pena ler - e eu acho que esse seu sonho foi o seu instinto falando mais alto.

Acho importante falar dessa situação com mais alguém: algum colega de trabalho, uma estagiária, qualquer pessoa. Ela pode te "proteger" de alguma forma: ficar sempre perto de você, entrar em contato caso você não vá trabalhar, esse tipo de coisa.

Tenho certeza que isso não é coisa da sua cabeça! Siga firme no trabalho, mas não hesite em pedir ajuda ou contar isso tudo para alguém e tomar cuidado com a saída do trabalho, por exemplo. Uma boa seria tentar se aproximar do grupinho feminino do trabalho... Quem sabe elas não se afastaram por causa dele? Talvez alguma delas tenha passado pela mesma situação.

Se aproximar dessa outra menina (o novo "alvo" dele) pode ser uma boa para você e uma forma de ajudá-la a se sentir mais segura frente a esse assédio. Como você já pasoou/ainda passa por uma situação semelhante, tem como entendê-la.

Beijos e fique bem!

Anônimo disse...

Alguém pode responder essa dúvida que eu tenho? Homem é burro assim mesmo e não é capaz de entender praticamente nada direito ou isso é só fingimento pra fazerem as mulheres se sentirem mal por eles? Talvez isso que eles fazem seja uma atuação pra receberem mais atenção das mulheres, tipo quando a mulher tenta explicar tudo de novo com a maior calma do mundo pra desfazer o mal entendido que ele criou?

Jonas Klein disse...

Anon (palhaço) das 16:23

eu too nem ai para isso, eu prefiro conseguir o "uatz" das mulheres que conheço pessoalmente, além disso eu não venho aqui para fazer media com ninguém, mas para dizer o que penso doa em quem doer.

Por fim eu não sou um machinho babaca governado pela cabeça de baixo como você, para ficar pautando o que eu digo e faço com base no que vai ou não agradar as mulheres.

Odara disse...

Anom 16:44, e você acha que justifica?
Ah, a Lola apagou meu comentário e, como eu sou legal, vou humilhar pessoas porque fiquei chateado.
Como é ??????????

Anônimo disse...

Só não entendi pq na hora que a autora começou a descrever as características ruins do sujeito, ela colocou gostar de RPG no meio, gostar de RPG é algo ruim? Um monte de gente que hj tem 20-30 anos vai envelhecer e continuar jogando videog-game (mesmo pq o RPG de mesa morreu faz tempo). Olha a autora sendo preconceituosa escrotinha também.

Anônimo disse...

E quando o homem acha que vc tá afim dele, ou que você tem a obrigação de transar com ele só pq ele te ouve, é de matar. Homem se acha mas não tão com essa bola toda não, poucos são charmosos, inteligentes, o que salva eles é que tem muita mulher hétero e muito homem gay e pouco homens no geral em relação as mulheres.

Anônimo disse...

eu tentei me aproximar de um homem mas tive medo que ele pensasse que eu era uma louca stalker, ele fazia joguinhos, não dizia nem que sim nem que não, mas demonstrava interesse.
Eu nunca vi homem se fazendo de difícil assim, geralmente quando eles não querem eles dão logo um fora, foi muito estranho.

Rafael Cherem disse...

Vicky, boa parte das mulheres não está nem ai para o feminismo, é duro admitir mas é uma realidade, dizer que jovens não preferem homens mais velhos por "são o símbolo do patriarcado" pode funcionar nos dces da vida, mas na realidade elas não ligam pra isso. As razões de não quererem homens mais velhos são outras, incluindo a chatice crônica de alguns.

Anônimo disse...

Que podre a Lola dizendo que a menina tá exagerando e diminuindo como "fofoca" ela conversar com a outra garota que provavelmente está passando pelo mesmo que ela passou por causa desse escroto. Machismo puro isso. Pelo menos disse pra ela seguir os próprios instintos. Mulheres precisam confiar mais nas próprias percepções e nos próprios instintos... e compartilhar vivências, experiências e informações umas com as outras :)

Anônimo disse...

Não concordo com esse conselho de "conversar". Isso só dá certo quando as pessoas são AJUSTADAS!!! Justamente, se a percepção é de um cara meio doido, penso que o melhor é se afastar, não dar detalhes da vida pessoal, etc.

Julia disse...

Muita mulher se ferra por querer ser educada com homem.
Ainda bem que eu me livrei disso há tempos.

Você tem um minutinho pra ouvir a palavra da misandria e se livrar disso também?

Julia disse...

E antes que apareça o anon que implica comigo.. calma, cara.
Cadê o seu senso de humor?

Vai ouvir uma musiquinha pra relaxar

https://www.youtube.com/watch?v=OCqzd-gYJXE

Vicky_ disse...

Aff, Cherem, não se faça de mal entendedor.

Eu quis dizer que homens de meia idade (principalmente os brancos) são o simbolo do Patriarcado, não que esse fosse o motivo delas não aceitarem, a maioria não aceita por que não gosta de homem mais velho mesmo, outras por más experiências passadas, outras por que acham que é igual namorar um tio ou um pai.
E foda-se, sou adolescente, meio misandrica, e meio assim noto as adolescentes da minha idade sendo mais livres e decididas, as mais velhas também estão indo bem, os garotos dessa geração são menos possesivos também. E veja que não conheço nenhuma mulher que se diz feminista, aceita que doi menos.

Anônimo disse...

Coitados dos porcos, Julia, sendo equiparados com esses seres imundos e desprezíveis. Porcos são fofos, adoráveis, muito inteligentes e muito muito limpos em comparação com os homens. Não ofenda os porcos, ok? ;)

Anônimo disse...

Júlia falaria essas coisas pro teu namo? seria hilário

Anônimo disse...

Mulher brasileira fica com homem mais velho por não ter homem, na austrália elas tem nojo de velhos, mulher brasileira fica com cada trabuco por falta de coisa melhor, por isso que eles se acham, eles sabem que se levar um fora aqui, se for escroto e todo mundo saber, ainda vai ter mulher querendo eles, é só ver aquele crápula que deu uma cotovelada na moça, ele não vai ficar sem mulher.

Anônimo disse...

Realmente homem não fica solteiro, minha irmã tinha um namorado que traia ela as pencas e não era galã nem rico não, depois do término por motivo de traição, em pouco tempo ele já tava noivo de outra, e ela continua só já fazem anos, isso ajuda a dificultar a vida das mulheres, nem os escrotos ficam só.

Anônimo disse...

Joseph K

Anom. 17:09
Acho que falta compreensão por parte de muitos homens do quanto pode ser constrangedor se portar como o cara do relato. Como já falaram em um comentário, faz parte de uma cultura que vê a boa educação e cortesia da mulher como um "ela está afim". Sou homem e, talvez por isso, seja mais acostumado a ouvir relatos super hilários de colegas que sonham que estão recebendo cantadas só porque uma mulher foi simpática. Acho que a maioria dos homens ainda vive naquele mundo de que toda a relação entre homem e mulher tem um fundo sexual.

Meu conselho principal pra autora do post é ela realmente se aproximar das mulheres pra conhecer o passado desse cara.

Anônimo disse...

teve um fato aqui na minha cidade,em que a moça era amante do cara tirou fotos,ele postou pra todo mundo.Detalhe ele casado, ela ficou sendo esculhambada,perdeu o emprego.
Já ele não! continuou no emprego com a mulher e ainda dava risada dela.
O machismo apoia que homens nojentos não fiquem sozinhos,a ponto da mulher saber de tudo que o cara faz e ainda continuar com ele. Vocês não concordam com isso? é difícil um cara como esses ou pior ficar sozinho. Agora qual homem quer ser marido de mulher bandida? mulher que apronta todas.

Anônimo disse...

Jonas, entao porque coloca foto sua? O importante nao é discutir ideias?

Odara, vou humilhar, pois se fosse ao contrario, fariam isso comigo... um dia da caça e outro do caçador.

Anônimo disse...

Pior que quando o cara não entende (ou finge que não entende pra mulher ficar explicando a mesma coisa mil vezes pra ele) é quando ele mostra claramente que não entende, mas ele mesmo começa a homexplicar... e quando ele não para e nem deixa você falar e se acha o certo sempre? Vixe! Chuta pra longe!! Melhor deixar um bosta desse falando sozinho...

Anônimo disse...

Quem são esses aleatórios que surgem aqui falando coisas completamente sem nexo e sem sentido?

donadio disse...

"Não existe opressão contra homens velhos"

E depois reclamam que eu perco a paciência.

Já ouviu falar de mercado de trabalho? Pois é. Existe "opressão" contra pessoas de idade, independentemente do gênero. Se o cidadão ou cidadã tem mais de 40 anos, encontrar um novo emprego é um verdadeiro inferno. As empresas estão interessadas em carne nova, não em mercadorias de prazo de validade duvidoso.

Anônimo disse...

Preconceito e discriminação não são a mesma coisa que opressão. Parem de querer tornar a palavra sem sentido. Ela não significa o que bem quiserem que ela signifique.

Anônimo disse...

a palavra opressão*

Anônimo disse...

Jonas, que surto foi esse contra a Julia? Você é usuário de drogas? Tá tomando remédio errado? Esqueceu de tomar o Rivotril hoje? Ou toda essa reação histérica e desproporcionada é medo da misandria? Hahahahahahahahahahahahaha

Que você fala muita bosta sem noção e se acha muito relevante um monte de gente já percebeu, pois você tá sempre aqui forçando essa sua presença patética, deprimente e desnecessária. Mas agora esse surto foi (ruim) demais, até pros seus parâmetros de babaquice. Seja menos, Jonas, seja bem menos...

donadio disse...

"Qual a forma correta de um home demonstrar interesse em uma mulher?"

Olha, não existe regra, fórmula, ou receita, por que não existem duas mulheres iguais. Mas o básico é o seguinte: uma mulher não é um objeto, é uma pessoa. Ela interage com você. E se você está interessado, então esteja interessado: interesse-se pelo que ela diz e pelo que ela faz. Perceba quando o seu elogio agrada e quando não agrada. Perceba quando ela está mais interessada no trabalho, no computador, no telefonema que ela está esperando, do que em você. Perceba quando ela está interessada em você (quando você diz um absurdo como "se homens não demonstrarem interesse, nunca vai rolar nada(se depender de mulher tomar a iniciativa, a humanidade acaba), a mim me parece que você é incapaz de perceber o interesse delas).

Se você for incapaz de agir com naturalidade na presença delas, dificilmente elas vão se interessar por você.

Julia disse...

Tem razão, anon 17:50.
Qual o mal que os porquinhos causaram nesse mundo pra serem insultados dessa maneira?

Sabia que eles só se lambuzam na lama pra se proteger do sol?

Peço desculpa aos porcos pela comparação descabida mas a música é legal.
Eu recomendo :D

Julia disse...

Jonas, agora que vc falou eu fiquei preocupada.
Como eu ainda estou viva sendo grosseira e tendo a paciência tão curta com gente cretina?
Eu devo ser um caso pra estudo.. mas uma coisa te garanto: toda a fofurice e meiguice que eu demonstro aqui é tudo fingimento. Na vida real eu sou muito pior.

Quanto a sugestão de eu ser mais mansinha com homem: anota num papel e enfia no olho do teu cu.

Anônimo disse...

o que esperar de um omi que paga por mulher?
esse aí só falar merda mesmo.
Só de vez em nunca ele acerta, provavelmente por querer dar uma de intelectual, e achar que ninguém vai refurtar ele.

Anônimo disse...

Tinder

Anônimo disse...

se depender de mulher tomar a iniciativa, a humanidade acaba
kkkk essa foi boa, as mulheres tão tomando muita iniciativa, os homens é que tão se achando.
eu já tomei a iniciativa, não foi bom, não recomendo, até pq você vai ter todo trabalho pra no final o cara ainda fazer sua caveira pros outros.

Anônimo disse...

se a espécie humana existe em função dos machos abusarem das fêmeas então é uma espécie que não merece existir mesmo, que a humanidade acabe então... a terra agradece :)

Vicky_ disse...

Graças a deusa existe seleção natural, assim esses caras que ficam vomitando preconceito e ciência de buteco vão sair de linha.
Por mim, podiamos "acelerar" o processo de tira-los de linha, se é que me entende.

Marcia disse...

O que se vê, geralmente é homens de meia idade , com situação financeira boa, com mulheres mais novas. Mas conto nos dedos de uma mão e olhe lá, mulheres mais novas com homens mais velhos pobres. O dia que a maioria de homens mais velhos e pobres, tiverem mulheres jovens, daí eu digo que mulher gosta de homem mais velho. Pois até as mais pobres, quando tem relacionamento com um homem mais velho pobre, esse tem mais a oferecer a mulher do que ela tem no momento. Desculpe, mas isso é fato. Eu não gosto de homens com mais de 5 anos do que eu. Isso que tenho mais de 30.

Vicky_ disse...

PESSOAS de idade, não HOMENS de idade, é discriminação, não um sistema de opressão, como disseram abaixo.
E não há como negar como o capitalismo tem grande participação nisso, que aliás, é o grande aliado do Patriarcado.

Ah, todo mundo perder a paciência de vez em quando, eu entendo. Mas sua raiva dessa vez foi por pouco.

Anônimo disse...

Credo, pior tipo de homem que existe pra mim é tiozão sem noção. Se o véio vem com lenga lenga pra cima de mim eu nego educadamente, se isso não adiantar eu mando ir a merda mesmo. Não sou obrigada a ser fofa e meiga só pra não ferir o sentimento duzomis mala sem alça.

lola aronovich disse...

Menos, Jonas, menos. Vc tá muito agressivo. Respire fundo e escreva. Se continuar assim não vou publicar o comentário não.

Anônimo disse...

comentário da Julia mandando as pessoas enfiarem coisas no cu pode, Lola?
seus critérios pra publicar comentários são bem misteriosos, e olha que nem gosto desse Jonas.

Kittsu disse...

"Vocês concordam que se homens não demonstrarem interesse, nunca vai rolar nada(se depender de mulher tomar a iniciativa, a humanidade acaba), e existe uma grande diferença entre paquera e assedio nojento, então vocês como mulheres gostam de ver o interesse amoroso/sexual masculino?"

Se vista de girafa e vá com um bumbo tocar olodum na frente da casa dela. Se ela sair vestida de morcego respondendo com uma musica da lady gaga, é porquê deu certo. É esse o código internacional padrão de acasalamento entre humanos, você perdeu essa aula no ensino fundamental, por acaso!?!?!?

Donna Nyckynha disse...

"Vocês concordam que se homens não demonstrarem interesse, nunca vai rolar nada(se depender de mulher tomar a iniciativa, a humanidade acaba), e existe uma grande diferença entre paquera e assedio nojento, então vocês como mulheres gostam de ver o interesse amoroso/sexual masculino?"

kkk vai lá e se declara pra ela se ela disser nao,cai fora.Simples.Nao ha misterio.
Geralmente mulher era mais timida mesmo.So agora que estao tendo mais auto-confiança.

------------
esse relato lembrou da epoca q um total desconhecido me perseguia no shopping,na saida do cursinho,sempre dando um "oi".Da medo?sim.Parecia um grude.

Anônimo disse...

Mentira deles, se uma mulher chegar junto, mal ela da as costas eles ja tao chamando ela de vadia, nao aconselho mulher se desgastar por causa de homem. Pagar conta, correr atrás, brigar por homem, se apaixonar por homem putanheiro ou casado. Fiquem fora disso. Uma pena que as mulheres se submetam a isso, elas nao ganham nada.

Anônimo disse...

As mulheres sempre foram taxadas pelos homens como inferiores, irracionais, fracas, seres das trevas diabas... depois eles mesmos ficam choramingando "mulher não gosta do meu olhar" ou "daqui a alguns anos o unico jeito dos homens fazerem sexo vai ser com os proprios homens" (os gregos falavam que sexo homossexual masculino era superior ao sexo com mulher...que os homens modernos comecem a seguir essa tradição a risca então, já que odeiam as mulheres) namorem logo entre vocês mesmos e nos deize em paz.

Anônimo disse...

Homem não gosta de iniciar conversa com mulher, mas se ela começa é chamada de vadia, vai entender....

Eli disse...

Melhor jeito de afastar esse tipo de cara: seja rude, ou seja, vá contra tudo o que vc foi ensinada.

Quando eu tinha 17/18 anos tinha esse cara (jovem) que pegava o ônibus comigo, como ele era amigo de uma amiga a gente conversava bastante e gostava muito das mesmas coisas. Porém ele se mostrou um stalker pegajoso. Ele falava coisas como "Eu não tenho segundas intenções, tenho terceiras e quartas" e eu inocente do jeito que era nunca nem imaginei q ele tivesse a fim de mim. Como a cidade era pequena, ele chegou a descobrir onde eu morava, quando eu passei na faculdade ele foi atrás da lista pra saber. Depois ele falou q gostava de mim, mas que eu não precisava dar uma resposta. Não dei, mas ele ficava ligando em casa querendo me devolver um livro que eu tinha emprestado, perguntando se ele podia ir na minha casa. Teve um dia que eu tava de saco cheio e fui rude, perguntei que merda que ele queria afinal. Depois, ele devolveu o livro pela amiga em comum com uma cartinha falando o quão má eu era, pq coitadinho dele HAHAHAHAHA. Detalhe que tinha uma menina no mesmo ônibus que não suportava ele e que eu saiba ele gostava dela antes, deve ter grudado nela também. Ainda bem que segui meu instinto, já pensou eu colocar aquele cara pra dentro da minha casa?

Anônimo disse...

Kkkkk

Julia S2

donadio disse...

As generalizações sem base nenhuma aqui são impressionantes. Parece que cada um olha para o próprio umbigo, e a partir daí se dispõe a generalizar sobre o comportamento da humanidade, ou de metade dela.

Mulheres não gostam de homens mais velhos? Muitas não gostam. Outras gostam. Mulheres não gostam de homens mais novos? Muitas não gostam. Outras sim. A maioria, suponho, gosta de pessoas gostáveis, independentemente da idade. Ou da altura. Ou do peso.

O mesmo se dá com os homens. Sim, existe uma minoria barulhenta que adora dizer absurdos na internet. E muitos homens, durante a adolescência, tem dificuldades em se relacionar com mulheres. Para a grande maioria, passa mais ou menos ao mesmo tempo que as espinhas. E há homens que gostam de mulheres mais velhas, ou da mesma idade, de mulheres gordas, de mulheres altas, de mulheres baixinhas, de mulheres ruivas, negras, amarelas, cor-de-rosa. Ou de mulheres simpáticas, ou carinhosas, ou inteligentes, ou nerds, ou autoritárias, brutas, burras, etc. Ou que gostam de mulheres específicas, por motivos que nem eles mesmo muitas vezes entendem.

Enfim, a humanidade é profundamente diversa. Quem não percebe isso é por que não está conhecendo muita gente, ou pelo menos não muita gente fora da sua área de conforto.

Anônimo disse...

O mesmo cale pra vcs, não gostam de homens virem todas lésbicas ué

Anônimo disse...

Acho interessante quando algumas feministas começam a relacionar mascus com homossexuais e passam a ser homofóbicas.

E ué, mulher não gosta de homem mais velho? Achei que era coisa de mascu dar nota 2 para toda mulher que passa dos 30.



Anônimo disse...

A passionalidade masculina e doentia, pois e inteiramente ligada a posse, então não tem coisa mais doentia e assustadora que a paixão de um homem.

Anônimo disse...

Concordo plenamente! Se a moça do relato conseguir contar a experiência para a outra moça é provável que ela consiga se precaver ou ter uma reação melhor, talvez as duas juntas consigam ter mais força pra "barrar" o cara em N situações... Não enxergo como fofoca, não acredito no conceito amplo de sororidade, mas nesse caso nem acho q tenha oq se discutir. Aliás a moça do post teve uma ideia ótima.


queen b

Anônimo disse...

acho que é falta de interesse e descaso, mesmo.

Marix disse...

Bah, essa apertadinha de mão é nojenta. O pior de tudo é essa nossa educaçao de "boa moça"! Quantas vezes desejei ter sido mais segura, mais barraqueira, mais ousada pra dar a resposta que um bosta aproveitador desses merecem. Não é só crise de meia idade não, mau caratismo também pois esses idiotas baboes vão assediar justamente as gurias mais novas que ainda não sabem se defender direito, que ainda estão sob forte influência da educação de boa moça. Esses otários dificilmente se metem com mulheres com 28 anos ou mais pois sabem que a manipulação deles não vai dar certo. Canalhas, isso sim.
Querida E., mantenha-se afastada, seja formal, e lacônica com esse seu colega. Fica meio de olho para ver o que ele anda fazendo com a guria mais nova e dê algum apoio se ver que ela precisa. Mas cuidado para não parecer fofoca. cuidado tb, pq vai q a guria é tao ingênua q fica a fim do velho e conta pra ele, aí os dois podem tentar te ferrar no emprego.

Marix disse...

As várias pessoas que conheci que gostam de RPG tem grande dificuldade de socialização, de se integrar em grupos e de se relacionar com as pessoas. Esses meus amigos do RPG eram inseguros, controladores e se achavam superiores as outras pessoas. Eles adoram tanto o RPG pois o jogo permite que eles simulem papéis e relação sociais que não conseguem viver espontâneamente no cotidiano. Agora, não quer dizer q todos os viciados em RPG sejam assim. Mas o colega de trabalho stalker e tarado em questao parece ser um cara desses.

Anônimo disse...

Só passei por essa situacao uma vez, mas já tava quase com trinta anos e um doutorado nas costas e, felizmente, foi um funcionário de outro setor. Ele já tinha dado uma conversa mole no mesmo dia (na minha primeira semana!) e me "elogiou" quando ficamos sozinhos na sala. Eu estupefada e simplesmente virei de Costas e sai de lá. Depois ele veio numa outra sala (com vidros) e dizendo que só era um elogio e tal e eu quase gritando disse que nao aceitaria elogio nenhum desse tipo (quase disse que era casada, mas fiquei quieta porque sinceramente isso nem vinha ao caso).
Nunca mais o sujeito falou nada sobre a minha aparência e hoje até nos demos bem. Se isso tivesse se repetido eu teria ido no recursos humanos.
Também já ouvi um comentário elogiando a minha forma física de um engenheiro. Só fiz uma cara de quem nao achou a menor graca e mudei de assunto.
Trabalho com um monte de homem e acho também que os mais novos fazem menos distincao entre homens e mulheres no ambiente de trabalho, embora eu adore trabalhar com velhinhos de preferência quase se aposentando, acho que me lembram o meu vô e a maioria gosta de compartilhar o vasto conhecimento adquirido em longos anos.

Anônimo disse...

O mundo seria bem melhor se todos os homens fossem gays e as mulheres fossem lésbicas. Não dizem (e é meio bastante notório isso, na verdade) que homens e mulheres são tão diferentes, têm interesses até opostos ou apenas incompatíveis mesmo, que homens geralmente buscam as mesmas coisas (ou coisas semelhantes), assim como as mulheres têm objetivos parecidos? Não tem um monte de homem falando mal de mulher e muita mulher reclamando de homem? Então, que os homens namorem outros homens e fiquem juntos uns com os outros e que as mulheres namorem outras mulheres e fiquem juntas umas com as outras. Isso é tão benéfico e verdadeiro (porque na verdade homem ama homem e mulher ama mulher mesmo, heterossexualidade é uma mentira, uma farsa forçada e cheia de desonestidade imposta pela conveniência hipócrita) e tão positivo pra todo mundo que tem o potencial de acabar com problemas como a superpopulação e muitos outros problemas derivados ou relacionados a ela (desde fome, miséria, poluição, falta de espaço e outros problemas urbanos e incluindo também o fim de problemas mais obviamente relacionados com a heterossexualidade como gravidez na adolescência, gravidezes indesejadas, necessidade de abortos, problemas de relacionamento homem-mulher, violência marital, estupro, etc. etc. etc.) Imagina um mundo sem nascimentos desnecessários e todo mundo sendo respeitado e valorizado pelo que realmente é? Todas as pessoas aprendendo a amarem a si mesmas e crescendo sendo elas mesmas, felizes, ao invés de aprenderem a ser alienadas de si mesmas, ignorantes, odiosas e hipócritas e sendo criadas pra agradar outros com mais poder e respeitar tradições obsoletas, opressivas e inúteis criadas por homens mortos. Tornar isso realidade é um grande passo pra acabar de vez com o machismo e seus irmãos gêmeos homofobia e lesbofobia. Por isso que conservadores não gostam nem um pouco da homossexualidade, mesmo que não admitam, eles gostam de ver esse mundo podre como ele ainda é, querem continuar se refestelando no esgoto e afundando na lama dessa sociedade heterossexualista imunda. Pervertidos! O amor verdadeiro é entre iguais, o resto é deturpação do amor, é dominação e submissão, é escravidão, é falso amor. Deixem o mundo ser gay, alegre, divertido, verdadeiro e maravilhoso. É o melhor pra todo mundo e é natural. Aceita que dói menos, na verdade não dói, é gostoso, aproveita!

Anônimo disse...

O cara parece ter dificuldade de socializar, talvez ele nem se dê conta que está sendo stalker... Então a moça deveria falar com ele mesmo, dizer que não se sente bem e não quer esse tipo de atenção. Falo isso porque eu mesmo tenho dificuldade de interagir, não tenho amigos, pouco converso, tenho desagrado pela maioria das pessoas, detesto parentes e vizinhos... Acho que já fui stalker, lembrando agora do passado, e nem havia me dado conta na época(nem conhecia o termo). Hoje sinto até vergonha, mas não é todo cara assim que vai ser um tarado, talvez ele só esteja encantado pela moça do post lembrar as personagens que ele gosta(já que ele gosta de RPG, deve gostar de garotas mais ''fofas''). Pois eu me encantava pelas meninas, mas nem tinha esperança de ter algo com elas, e apenas ficar vendo elas de longe era satisfatório, ou o desejo de ser simpático(sem saber como) e ser retribuído da mesma forma.
Talvez você tenha sido simpática com ele, e como ele detesta todo mundo, você foi como a exceção e ele não se toca que lhe dando esses presentes está exagerando na atenção e agradecimento. E os elogios que ele lhe fez só demonstram que ele te achou ''encantadora'', o único que chega perto de ser desrespeitoso foi o ''andar gostoso''.
Como a Lola disse, é complicado acusar alguém só por ser estranho, se te ele te incomoda, ignore-o ou seja grossa com ele, talvez só assim ele se toque que não está sendo saudável.
Ou talvez eu seja como a Lola, ingênuo, que acredita que nesse caso você pode escolher falar diretamente com ele(talvez até ele comece a entender que essas atitudes não são normais nem agradáveis às próximas mulheres que ele simpatizar, se encantar).

Anônimo disse...

Anon 6:30,
Ele não é tão passivo assim. ...esse negócio de ir 2x dia apertar a mão é muito estranho.
Também passei por isso e vi um comentário no inicio da caixa (da Odara) falando do sorriso esquisito na hora do aperto de mão e me deu foi um aperto no coração.
Na dúvida é melhor considerar ele tarado SIM!

Anônimo disse...

Pára tudo! O homem tem 50 anos, gosta das características físicas mais "de menina" da moça, fica vendo o face da irmãs dela, por "coincidência" transfere a atenção pra uma outra moça com as mesmas características físicas, que pra piorar tudo ainda são mais infantis, compara a moça com a filha mais velha, fica dando presentinho... Como assim existe a possibilidade dela ainda estar exagerando??? Eu fiquei sem ar só de ler (passei por algo semelhante na adolescência) imagina estar no lugar dela? Todo esse "encantamento" pra mim tem a ver com subjugação. A imagem da Lolita agrada tanto aos homens justamente por isso, ela não tem personalidade formada, não traz desafios, por isso acho muito conveniente ele gostar de duas moças com características tão parecidas.
Por mim, ela alertaria a nova colega sem culpa, mas não logo de cara, porque infelizmente algumas mulheres jogam a outra no ácido por atenção masculina.

Dan

Anônimo disse...

"As várias pessoas que conheci que gostam de RPG tem grande dificuldade de socialização, de se integrar em grupos e de se relacionar com as pessoas. Esses meus amigos do RPG eram inseguros, controladores e se achavam superiores as outras pessoas. Eles adoram tanto o RPG pois o jogo permite que eles simulem papéis e relação sociais que não conseguem viver espontâneamente no cotidiano."

Reparei nisso também nas que eu conheço, alias esse é o comportamento geek/nerd em geral.

Quando tive minha primeira namorada, no século passado, me apaixonei perdidamente, assim que ela terminou foi duro de aceitar, passei a mandar flores, esperá-la na porta do trabalho, e quase tudo que um stalker faz, menos as ameaças, quando vi ela com outro rapaz, foi tanta dor que não resisti e decidi que aquilo não era vida. Fui cuidar de mim, dedicar-me a estudos e trabalho, conheci outras moças, e evolui, o stalker é um sofredor, aquela paixão obsessiva é muito dolorosa, não é algo prazeroso e divertido como devem ser as paixões.

Para moça do texto fica a sugestão, deixe ele te ver com outro. Quem sabe assim o cara não se toca.

Raven Deschain disse...

"As generalizações sem base nenhuma aqui são impressionantes. Parece que cada um olha para o próprio umbigo, e a partir daí se dispõe a generalizar sobre o comportamento da humanidade, ou de metade dela."

Concordo com tudo. Lamento informar, mas eu faço quase tudo que esse tio aí faz, incluindo RPG - nem sei porque em todo post insistem em informar isso e videogame como "coisas ruins" - (exceto a parte de perseguir meninas mais novas, porque neh?) e não tenho dificuldades de socialização ". E mesmo que tivesse: foda-se. A E. não precisa aturar isso nem" conversar" com assediador nenhum. Com doido não tem conversa. Até porque, isso ela JÁ fez. Ela já falou, ela já disse que não gosta, ela já disse que não tem interesse nenhum. Porra, ela bloqueou o cara em rede social. Qualquer otário já perceberia aí neh? O que mais vcs querem que ela diga?

"Não vou esfregar minha ppk na sua cara!!"???

Oras isso é ridículo.

E., não duvide dos seus instintos. Se vc tá com medo desse cara, se afaste de qualquer jeito, nem que seja grosseiramente mandando o cara se foder, converse com a outra menina sim (ainda ganha uma amiga, olha) e se esse tarado com tendências a pedofilia não parar, denuncie na sua supervisão, gerência ou RH.

Lola, posso voltar? Não aguento ler esses comentários burros sem falar nada. Huahua beijo.

Ps: já estou falando com a F. Obrigada!

Anônimo disse...

Acho exagero já chamar de pedófilo... Sou como a autora, tenho 24, mas pareço adolescente pelo rosto e por ser baixa... Mas só pareço, não sou adolescente, nem criança, nem lolita! Agora vão proibir homens mais velhos de ter interesse por mim por causa da minha aparência? Devo eu namorar adolescentes(daí eu vou ser a ''pedófila'')? Sinceramente, não vejo mal em um cara me achar mais delicada e ''princesinha''(de aparência, claro), afinal, são minhas características e podem ser apreciadas, assim como quem aprecia mulher mais velha, mulher bombada, mulher tatuada, gordinha, etc. Tem homem que pode gostar de uma moça que é mais delicada e mignon.
E gente, parecer adolescente e ser adolescente é uma coisa diferente... E não leram o post sobre pedofilia uns dias atrás? Se nem adolescente se enquadrada(não to falando de pré adolescente!), porque quem só se parece seria?

Mas nem to falando exatamente do cara do post(afinal, não tem como daqui a gente saber qual é a do cara de verdade)

Anônimo disse...

A diferença entre uma paquera e um assedio moderado, esta somente ligada a aceitação da mulher, quando a mulher acha o homem atraente, a iniciativa masculina de elogia-la e considerada valorosa ( Não cabe as cometárias daqui, que não acham homem algum atraente devido a doutrinação feminista) quando não acha este homem atraente um simples 'oi" e considerado assedio doentio.
O problema e que isto e loteria,nós não lemos mentes, e a comoda passividade feminina não ajuda muito, portanto como já foi dito, deixe claro que você não gosta do cara loga de cara, não fique fazendo joguinhos do "talvez" nem jogue charme para homem somente para "ver se esta podendo"
E você homem babaca para de incomode nem infle o ego de mulher nenhuma, não algumas homens mas todos os homens devem banir de suas vidas a paquera,assedio, interação qualquer com mulheres, elas se quiserem que venham ate nós, se todos os homens fizerem isto a frescura delas acaba.
Agora voltemos a nossa programação normal de "uzomi me dá bom dia, bom dia de omi e estupro'

Anônimo disse...

Parece que as pessoas não estão lendo o mesmo relato que eu.

A menina já disse que não se sente confortável com a atenção dele.

Já devolveu presentes.

Já falou que é casada.

Ela deve ainda tentar falar com esse cara ridículo sem semancol e que não sabe parar?

Chega de ser polida com esse traste. Ouça seus instintos sim. Dá uma patada da próxima vez.


Alice

Anônimo disse...

Mas só pareço, não sou adolescente, nem criança, nem lolita! Agora vão proibir homens mais velhos de ter interesse por mim por causa da minha aparência?
_
Miga pare, apenas pare, sua atitude alimenta toda uma cadeia de opressão nas demais, tenham mais empatia por quem sofre assedio de homens velhos babões e sofrem com isto, a maioria de nós.

Anônimo disse...

Raven, não sou a Lola, apenas acompanho o blog há uns três anos mas acho que posso lhe responder: VOLTE! Você faz falta e suas opiniões idem. É bom vê-la por aqui novamente.

Anônimo disse...

Mascu debiloide das 10:36, se voc~es realmente fizerem este favor para nós, de atravessar a rua quando verem uma mulher, o mundo ficaria bem mais colorido.

B. disse...

Uma coisa que aprendi nesse vida, e que também vale para a situação dita no post, é: quem é muito bonzinho toma na tarraqueta.
Nunca passei pela situação relatada, mas no colégio sofri bullying e aceitei calada a maior parte das vezes, o máximo que fiz foi levar o caso a coordenação, o que claro, não adianta nada. O que eu devia ter feita era uns bons socos na cara daqueles infelizes, quem sabe assim respeitassem. Tem gente sim que merece uns tapas, não tem jeito.

E., não seja boazinha, manda se fuuu.

Anônimo disse...

Tenho empatia moça, afinal já sofri assédio na vida como a maioria das mulher... Mas eu falei em interesse e não em assédio. Assédio não interessa qual fosse minha aparência, é algo ruim e pronto, tanto de velho babão quanto de novinho sem noção.

Anônimo disse...

E se fosse o gianecchini? o Gianecchini já e tiuzão, vocês dariam uma patada no Gianecchini?

Anônimo disse...

Miga todo assedio começa com um "simples interesse" então como eu disse apenas pare. Vocês esta qui neste espaço validado o discurso dos machistas que afirmam, "como vou saber se não der em cima dela?" Apenas para ok.

Anônimo disse...

Não, não paro... Posso dar minha opinião, e já expliquei que não estou falando de assédio, se não quer entender, tudo bem. Não estou validando a opinião de ninguém, só a minha.

Anônimo disse...

Apertar a mão... sei... Capaz desse fdp passar a mão no pinto antes de cumprimentá-la, não duvido. Lendo o guest dá para compreender que a insistência dele que está incomodando. Não é a idade, nem a aparência, mas as atitudes invasivas. Como o indivíduo finge que não está sendo rejeitado (já foi bloqueado na rede social, já teve "presentes" recusados etc o que mais ele está esperando para ficar na dele?), o jeito é ser mais ostensiva e pedir, com todas as letras, que se afaste de vez.

Anônimo disse...

Trabalho com um monte de homem e acho também que os mais novos fazem menos distincao entre homens e mulheres no ambiente de trabalho, embora eu adore trabalhar com velhinhos de preferência quase se aposentando, acho que me lembram o meu vô e a maioria gosta de compartilhar o vasto conhecimento adquirido em longos anos.
_
Exato, os mais novinhos devido a grande oferta que ainda recebem de outras gurias, não ficam como desesperados assediando ninguém, os mais velhinhos já nem ligam mais para sexo, o problema são os porcarias em crise de meia idade que não tem semancol que a fase de "gatão' deles já passou e ficam incomodando as colegas de trabalho com assedio nojento.
L.H

Anônimo disse...

Anônimo das 10:43, dependendo da abordagem até mesmo o Gianecchini pode se tornar asqueroso aos olhos de uma mulher.

Anônimo disse...

A heterossexualidade compulsória, o heterossexismo e a invisibilidade lésbica reinam por aqui (também).

Semana da visibilidade lésbica quase no fim e nem um parágrafo falando sobre lésbicas no maior blog feminista do país. É de se surpreender? Não! É sintomático. É comum.

Lésbicas existem, sabe?

Resistimos.

lola aronovich disse...

Anon das 10:43, perguntas como a sua -- "E se fosse o gianechini?" -- só revelam a verdadeira angústia de vcs: que as mulheres tenham poder de escolha.

Anônimo disse...

E se o Gianecchini usasse a abordagem do cara do guest post? Dando presentes, tecendo elogios, sendo atencioso demais? Dizendo que gosta dos seus sapatos? haha

lola aronovich disse...

Anon das 10:50, daqui a 15 minutos será publicado um guest post relacionado com a Semana da Visibilidade Lésbica. Acho que ficou muito bacana...
Mas se alguma lésbica quiser mandar um outro guest post, eu publico amanhã também (que é o Dia da Visibilidade Lésbica).

Cão do Mato disse...

Lola, desculpa, mas o lance do "e se fosse o Gianechini", não é uma questão de escolha, é uma questão de coerência. Então a moça do post deveria assumir (se for o caso) que o problema não é o cara ser esquisito, mas sim ser feio... Quanto aos comentários "agressivos" do Jonas... bom, eu em particular acho ele um babaca fazedor de média, mas você já liberou comentários muito mais agressivos da mulherada...Não dá para ter dois pesos e duas medidas.

Anônimo disse...

10:53, se ele insistisse em fazer isso, apesar de eu já ter dado sinais de que não estava a fim, certamente o assédio do Gianecchini seria tão desagradável e dispensável quanto o assédio de qualquer outro homem que eu não desejasse. Perceba que a questão não é a aparência ou a grana, mas o fato de desrespeitar a minha vontade e permanecer com o assédio, fazendo vista grossa para uma rejeição que já foi mais que demonstrada.

lola aronovich disse...

Anon das 10:53, olha que coisa incrível que vou contar pra vc: às vezes, uma pessoa aceita em outra o que rejeita numa terceira. Uau, não é fantástico? Pessoas têm reações diferentes! Não são um bloco só.
Se fosse um cara lindão como o Ginac fazendo exatamente o mesmo que o cara do guest post, não sei se a E. agiria diferente. Afinal, ela é casada, não está interessada num outro relacionamento. Talvez ela se sentisse incomodada, talvez não. Vai saber?
Que chato, né? Mulheres podem escolher!
Newsflash: homens também podem. Aliás, vcs exercem esse poder de escolha há milênios. Em fóruns mascus dá pra ver bem a frustração de vcs: mulheres não deveriam poder votar, não deveriam poder trabalhar, nunca que deveriam poder escolher o marido, deveriam apenas obedecer pai e marido. Vcs querem a volta de casamentos arranjados!
Coisa de outro século mesmo. De quem perdeu o bonde da história.

Anônimo disse...

Cachorro do mato, como a Lola disse o que incomoda em vocês omis escrotos e o poder de escolha da mulher, sim e possível que se fosse o Gianechini" chamando de gostosa ela poderia gostas, DIREITO DE ESCOLHA DELA, e se fosse um escroto qualquer dando bombons ela não gostar, DIREITO DELA TAMBÉM, agora pode se sentar num cantinho e chorar com este fato.
Quanto ao Jona, e o seu "Não dá para ter dois pesos e duas medidas" este aqui e um blog feminista, um espaço feminista, de empoderamento feminino, portanto se uma mina aqui mandar você o Jonas ou qualquer outro machinho babaca tomar no .... o seu direito aqui e somente de ir.

Anônimo disse...

Ta bom Lola, eu vejo uma moça e a acha atraente (chuva de pedras, sexualidade masculina e demonizada por aqui) e interessante, como eu sei que se eu me aproximar e dizer um "bom dia" e a convidar para tomar um café durante o intervalo não vai me caracterizar como um !"maldito opressor patriarcal de meia idade portador de Pênis" ou como um "cara legal de iniciativa, vou dar uma chance para ele"?
Vale ressaltar que eu não leio mentes.

Anônimo disse...

Certo, ela pode escolher... Só é estranho ela denunciar o cara só porque não gostou da abordagem descrita no post em si. ''Gianechini'' talvez poderia fazer ela balançar, ou deixar pra lá, mas o cara porque é esquisito e além de tudo, provavelmente feio, já vira estuprador?

Vicky_ disse...

Concordo muito, tive um aperto no peito quando li o texto, sente ele como um stalker tarado (pleonasmo?) Mesmo.
E pior, sério que a Lola não sentiu nada com assédio moroal e sexual nas ações dele???

Anônimo disse...

Vicky
Pelo que parece, ele parou de mandar presentes quando ela proibiu,não comentou nada dela ter bloqueado ele no facebook e aparentemente agora partiu pra outra... Explique onde está o assédio sexual?

lola aronovich disse...

Anon das 11:09, sério que vc precisa de um guia pra saber se uma mulher está a fim ou não de vc? Vc é tão anti-sociável assim que acha que olhares, linguagem corporal, sorrisos, palavras etc equivalem a "ler mentes"? Vcs estão no trabalho, vcs se veem todos os dias, vcs estão no trabalho com muitas outras pessoas, muitas vezes vocês vão conversar em grupos. Não creio que uma mulher vai te considerar um estuprador se vc disser "bom dia". Agora, a autora do guest post é casada, e o cara em questão também. Onde vcs vão almoçar juntos? Porque tomar café no intervalo é... dentro da própria empresa.
Existem mil e um motivos pra alguém se interessar por outra pessoa ou não (vcs reduzem tudo a aparência e dinheiro). Alguns desses motivos não tem nem a ver com a pessoa em si, mas com o timing. Eu sei que, se tivesse conhecido Silvio, meu marido, uns 6 meses ou um ano antes, provavelmente não estaríamos juntos antes. Isso porque 6 meses ou um ano antes eu não estava minimamente interessada num relacionamento sério.

lola aronovich disse...

Ahm, Cão do Mato, eu não "censurei" seu comentário porque vc usou a palavra ESCROTA, mas porque vc chamou uma comentarista de escrota. Tá vendo a diferença?
Se isso não te convenceu, eu posso te dar outro motivo pra ter deletado seu comentário: é porque eu não gosto de vc. Vc comenta aqui há anos, e já teve comentários deletados inúmeras vezes, por fazer comentários escrotos típicos de mascu. Pensei que vc já estivesse acostumado. Mas e aí? É um bom motivo eu deletar seu comentário porque eu, como autora do blog, acho que vc não contribui em nada por aqui?
Porque eu acho que é um ótimo motivo.

Anônimo disse...

Depois reclamam que algumas meninas aqui xingam. Que merda, ainda tem macho com esse argumento de "e se fosse..." E se fosse nada, ela não está interessada, o cara é invasivo, inconveniente, fez comparação com a filha mais velha e gosta de mulheres com aparência de menina... Sério que o alarme interior de vcs não apitou? Tem gente até achando a menina exagerada porque ele parou de dar atenção pra ela pra... babar em uma moça que PARECE AINDA MAIS NOVA. Mas não, vamos nos concentrar na idade dele, na possível feiúra, só falta dizer que ela tá errada.

Dan

Anônimo disse...

Encontramos a solução para evitar contato com homens.
https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xlp1/v/t1.0-9/11953140_754977627981004_3584597310066254912_n.jpg?oh=7777057d1261be30c3f13742ae3934db&oe=56719065&__gda__=1446568311_6e49178124ff6141224bab6fd6cedc44

Anônimo disse...

Raven toma suspensão e a "Death" some também. Hum....

Anônimo disse...

Como a Lola bem disse tem que observar olhares, linguagem corporal, sorrisos, palavras, interesses em comum, a moça vai dizer com estes sinais se vc tem chance ou não.
Homem tem que aprender a ser mais passivo, não há nada de errado nisto, e uma dica, NÃO TENTEM SEREM SEDUTORES, homens sedutores se tornam facilmente assediadores, a linha e ténue e muitissimos poucos homens tem a capacidade de seduzir, mas muito poucos mesmo.
tenho uma boa experiência de vida e posso dizer que aos olhos de nós maioria das mulheres, homem metido a sedutor ou fica ridículo, ou se trona assustador.

Bizzys disse...

"homem metido a sedutor ou fica ridículo, ou se trona assustador"

Sim, inclusive tem exemplos ótimos nesse site: http://straightwhiteboystexting.tumblr.com/

Raven Deschain disse...

Obrigada 10 e 39.

Moça, favor reler meu comentário. Eu disse "tendências a pedofilia". E sim, demonstra muito o fato do cara poder ser seu pai ou avô e curtir tua aparência por vc parecer menininha. Tem aquela cena no V de Vingança, com o padre pedófilo que a Natalie Portman se veste de "bonequinha" e o padre adora. Porque não é menininha. Mas parece.

Pra mim, na minha opinião, no meu pensamento, eu acho, eu acredito, que é esquisitíssimo. Mas se vc nâo concorda, ok também.

Will 2 disse...

''Ele adora videogames e RPG''....THE GUY IS A MONSTER!!!!Enfim,interessante ela pensar nisso como uma espécie de argumento,o que me leva a crer que ela está exagerando um pouco.Sei que algumas pessoas creem veemente que a falta de traquejo social significa algo perigoso(me lembro muito bem do tempo de colégio,como as pessoas me enchiam só porque queria ficar sozinho e basicamente não podia olhar ninguém que passasse ou era o creppy da sala)mas,sinceramente,fale com ele.Se o acha incomodo,apenas diga,pois se ele fosse realmente perigoso como estão dizendo(cheguei á ler sobre pedofilia nos cometários)só por causa do seu jeito estranho de agir,ele já teria feito algo realmente ruim depois das suas rejeições.

P.S:Isso me lembrou um pouco o caso Gamergate que,por motivos muitos errados para ambos os lados,basicamente toda á mídia ficou contra pessoas que não tem muitas abilidades sociais,então são automaticamente estranhas que os torna automaticamente perigosos...enfim,apenas isso.

Anônimo disse...

Por favor autora do texto (se chegar a ler até aqui, se viu esses comentários dizendo que pode ser coisa da sua cabeça, que vc está exagerando ou até sendo preconceituosa) não fale com ele, nunca mais, por favor. Não duvide de si mesma, não se arrisque por causa de uma culpa que somos ensinadas a sentir. Se ele não for perigoso, se ele fica olhando fixamente pra vc pq "qualquer desculpa que alguém possa inventar", ótimo pra ele, pras filhas dele, mas vc não deve ir contra o que sente. Tome cuidado.

Vicky_ disse...

Concordo nisso, tem muito cara forçando a barra demais, fica dizendo que só são tendências pedófilas se forem crianças de colo, que meninas de 13 anos são todas vadias e por aí vai.
E nem quero imaginar o tipo de homem que ela está defendendo no comentário "Gosto é gosto, prefiro garotas de 20~24 anos(menor risco de ser preso)que pareçam ter 16... melhor ainda se tiverem amigas adolescentes de verdade, vocês não tem direito de criticar isso durr durr" NOJO

Cão do Mato disse...

Claro que eu não "contribuo em nada por aqui", né Lola? Para você, para um homem ser considerado como "contribuindo com algo de bom", não pode discordar de nada, né? Tipo o "bom moço" Patrick...rsrsrs...E, por favor, qual foi o comentário em que eu falei alguma coisa típica de mascu? Alguma vez eu defendi estupro? Disse que mulher não tem que trabalhar fora? Que mulher "é tudo vadia"? Em algum comentário eu falei que mulher "gosta de apanhar"? Você, que gosta de dizer que "nunca falou isso ou aquilo", está me acusando da mesma coisa, percebe? Aliás, teve um comentário meu que teve uma resposta de uma comentarista estranhando que, como o comentário concordava inteiramente com o post, ela achava que não era eu..rsrs... Aí eu respondi que era eu mesmo, e que eu concordava quando achava que tinha que concordar, e discordava quando achava que tinha que discordar e não estava ali para bancar o puxa-saco, só para obter a aprovação dos outros...E aí você deletou esse meu comentário, que não tinha nada de mais. Quanto a chamar uma comentarista de "escrota", qual o problema? A mulherada aqui fala coisas muito piores dos comentaristas homens...E você não deleta nada. Às vezes tem tanto palavrão nos comentários delas que o firewall da empresa bloqueia o seu site com a alegação de "categoria porn"! rsrsrs...

Luana disse...

Querida E.
A última coisa que você tem que fazer nesse tipo de situação é ter algum tipo de compaixão pelo sujeito. Eu já passei por isso (na família, o que é pior) e sinto muito orgulho da minha postura diante do "problema". Entendo perfeitamente que a nossa forma de se impor não é suficiente para resolver, mas muitas vezes é o suficiente para nos devolver a paz de espírito, pois o que não falta é gente ao redor tentando amenizar o nosso desconforto. Eventualmente você pode se queixar e ouvir coisas do tipo "que isso, ele só é gentil", "como você é fresca","pára de ser antissocial", etc. Ignore esses falsos conselhos (que na vdd não passam de repreensão), porque só você sabe o que está passando. O assédio é nojento e assustador, e não precisa acontecer o pior para que isso exija uma posição imediata da nossa parte. Outra coisa importante é avisar a sua família. Pai, mãe, irmãs (vc fez muito bem no episódio do face) e seu marido devem estar bem informados sobre tudo. Quanto ao ambiente profissional, já sabemos como funciona, mas você deve sim reportar aos superiores qualquer tipo de comportamento invasivo por parte dos colegas. Não tem essa de "conversa com o cara primeiro". Você já conversou e ele não entendeu, então pode denunciar sem dó. A maior parte desses caras contam com o nossa insegurança / medo de escândalo / constrangimento para seguir com o assédio travestido de gentileza, pq - acredite - eles SABEM que isso incomoda a gente mas AINDA ASSIM FORÇAM A BARRA porque têm quase certeza que vamos nos deixar manipular por sentimentalismo barato ou qualquer coisa do gênero.

Anônimo disse...

Homem sedutor, cantadas, ''oi linda'', realmente costumam causar mais repulsa... Por que não chegam normal e tentam conversar, tentam nos conhecer como humanas.

Anônimo disse...

Nenhuma mulher sabe se um homem é um psicopata/estuprador na primeira vista. Na duvida, todos são, não podemos confiar em ninguem.

Anônimo disse...

Isso mesmo, fique bem longe das mulheres 22:38, deixe-as em paz

Anônimo disse...

Acho que os mascus e demais losers tão querendo e precisando de revistas tipo essa: https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xat1/v/t1.0-9/s720x720/11139460_496470773850101_8421007021920211080_n.jpg?oh=e3a9bef3227aec31b7deb8ec9bc5d93c&oe=56387B51&__gda__=1450930221_4fc3eec97fddb8c60a97d92c6bf6e610

rsrsrs :P

Anônimo disse...

Vicky_ que bom que no seu meio todas as mulheres se consideram feministas e todos os homens novinhos são "feministos". Mas o mundo não se resume ao seu meio.


Anônimo disse...

O que eu vejo são comentários bem preconceituosos em relação a idade, gostar de rpg/jogos. A mulher do post antes reclamou do assédio porque era casada, mas mesmo que ela fosse solteira teria todo o direito e não se sentir bem com isso tbm. Vejo que os gostos para homens são bem novelescos tbm baseados em galãs da rede globo, coisa que eu por exemplo nem acho tão bonitos ou charmosos como a maioria acha.

Isso de choque de gerações é relativo tbm. Jovens que não gostam de lixo musical e baixarias em geral tbm são considerados "esquisitos", com "alma de velho/a" sendo que são apenas pessoas com gostos diferentes e isso serve tanto para homens como para mulheres jovens e várias mulheres tbm são vítimas de preconceitos de outras mulheres por terem gostos diferentes da maioria delas. Muitas feministas tem esses preconceitos tbm.

Já presenciei aqui na Bahia mulheres que se consideraram feministas em micaretas rindo de outras mulheres que levavam socos de homens apenas porque essas mulheres tiveram o atrevimento de dizer não a eles. Muitas dessas feministas de micaretas se tornaram mulheres conservadoras, machistas, racistas e até fanáticas evangélicas depois de um determinado tempo e muitas que eram chamadas de "velhas" por não frequentarem esses ambientes hoje são mulheres com uma mentalidade bem mais evoluída sem machismo, racismo, homofobia, fanatismo religiosos, etc. mesmo tendo a mesma idade das ex-feministas de micaretas.

Tem muitas feministas que costumam ficar presas a estereótipos e somente a realidade que elas conhecem, por isso esses preconceitos.

Anônimo disse...

Mas homem velho ficar paparicando mulherres com 20 ou 40 anos mais nova não é esterótipo. É realidade.

Anônimo disse...


Meninas novas odeiam tiozãos assim como mascus odeiam gordas. Parabéns!

Vicky_ disse...

Você sequer leu meu comentário completo? Mal interpretação existe, mas você está em outro nível, o do comodismo na leitura.

Anônimo disse...

Feminista de micareta que vira evangélica?

Vicky_ disse...

O cara tá desesperado, aí fica inventando história de "feminista baladeira" que vira testemunha de Jeová e sei lá mais o quê, só para alimentar as fantasias mirabolantes da mente Loser dele.

Anônimo disse...

Andressa Urach

Escreveu uma biografia.
Morri para viver- Meu submundo de fama, drogas e prostituição
Prostituta de luxo, começou a vida cobrando R$ 1 mil por programa.
Depois que recebeu o título de Miss Bumbum passou a cobrar até R$ 15 mil.

Ela é fiel ativa da Igreja Universal do bispo Edir Macedo.
Aquele que a Dilma ficou ao lado do Alckimin, Haddad, ministros e deputados na inauguração do megatemplo de Salomão em São Paulo.

Andressa Urach é um exemplo de uma liberal convertida ao protestantismo neobrasileiro.

Raven Deschain disse...

Sim, mas continua não sendo feminista neh?

Nunca foi.

Anônimo disse...

Andressa Urach pelo que sei nunca foi feminista, na verdade não passa de um esterótipo de mulher machista que usava o corpo como forma de aprovação maculina e depois virou uma novo esterótipo de mulher machista que é submissa ao marido, igreja e todo esse tradicionalismo. Muitos tem a impressão que só de a mulher ficar mostrando a bunda na frente da camêra ela é feminista por "exercer a sexualidade", quando na verdade não passa de uma objetificação da mulher, feministas em geral são bastante conservadoras em relação a essas sodomaquices e prostituição sexual para o entreterimento masculino.

Anônimo disse...

Sim, para o pavor dos homens em geral, o feminismo em geral não aprova a objetificação da mulher, trafico de meninas e pornografia gratuita para a punheta de vocês.

Vicky_ disse...

Não seria "neoprotestantismo brasileiro", indivíduo de raciocínio limitado? (Adoram nosso senhor master Jesus Cristo, mas ficam inventando moda a cada meia década)

Raven Deschain disse...

Sim, mas continua não sendo feminista neh?

Nunca foi.

Anônimo disse...

Mas o tender não é mais mães solteiras e garotas de programa?
Pelo o que eu entendi, ele quer paquera pra algo mais serio...

gabi_ela disse...

Fuja, E, fuja! Realmente, parece ser apenas um mané babão, mas nunca se sabe...

Na unidade onde trabalho, não tenho esse tipo de problema com meu chefe ou colegas. Mas ocorreu com chefes de outras unidades. Logo quando cheguei, meu chefe mandou um e-mail para todos, informando minha chegada. Um mané prontamente respondeu pedindo a ele uma foto minha, pra conhecer "melhor"... Na primeira reunião geral da qual participei, em que os recém ingressos se apresentaram, já tive que lidar com mais gente desse tipo. Comentários e apertos de mão nojentos... Dias depois, chegou, via malote, uma caixa de bombons para mim. Não preciso nem dizer que é proibido mandar esse tipo de coisa no malote, né. Não tinha remetente e eu não tive coragem de buscar descobrir o nome do dito cujo, pois tive medo de demonstrar um suposto interesse ou criar confusão já nos primeiros dias. Esses comportamentos vinham sempre do mesmo perfil: homens com bem mais idade que eu, casados, com filhos, há muitos anos naquele trabalho, cargos de maior hierarquia que o meu...

Com o tempo, deixei de ser novidade (graças!) e não mais me importunaram. Aconteceu com outras meninas de mais ou menos minha idade. Será que eles não se tocam de como são invasivos quando fazem isso?

Minha dica para você é se afastar. Tentar conversar só é uma opção para quem quer conversar. Será que ele estaria disposto a ouvir? Ou faria desdém, negaria, te trataria como se fosse louca? Pra mim, conversar é só um desgaste maior. Se afaste, esnobe, ignore, até que ele se esqueça de vc. Sobre sua colega que também sofre as investidas dele, observe como ela reage. Quando tentei conversar sobre minhas percepções com uma ex-colega que também era "alvo" dessas investidas, ela disse não ver nada demais, como se eu estivesse exagerando. Bem, se vc perceber que sua colega também se sente desconfortável, se solidarizem.

É aquela coisa. Aos olhos dos outros, não é nada demais. É um comportamento muito sútil, o cara sabe o que está fazendo, mas, se confrontado, nega até morrer. E nós passamos pelas loucas, pelas histéricas, que fazem drama e estão "se achando". Mas a gente sabe o que passa.

E. disse...

(parte 1)

Oi Lolinha,

Autora do guest-post aqui!Muito obrigada por ter publicado meu relato e pelo conselho!
Dei uma lida nos comentários e agradeço o imenso apoio e empatia da maioria do pessoal, é bom saber mais pessoas concordam que é uma situação na qual temos que confiar nos nossos instintos.
Primeiramente, eu gostaria de responder alguns comentários:

- Independente de ele ser feio ou bonito, eu sou casada e claramente não estou interessada, fosse o creepy ou fosse um cara da minha idade, fosse o "Gianechinni" ou escambau. Homem tem essa mania de dizer "Ah, mas se ele fosse bonito a história era outra." Por favor, né? E eu deixei bem claro que estava desconfortável com os "mimos" como ele costumava chamar ao deixar os presentinhos na minha mesa ou gaveta e recusava.

- Eu não "coloco a vida inteira na Internet", minhas redes sociais e das minha família em geral são bem restritas, só familiares e amigos tem acesso. Só que foto de perfil não tem como não mostrar no Facebook, né? E sim, o creppy ficava fuçando nessas fotos (inclusive, uma das minhas irmãs é adolescente).

- A maior parte das mulheres do setor, simplesmente não gosta dele, inclusive a chefe direta dele. Mas elas dizem que é só "falta de afinidade" e fica só nisso. Acabei não falando com a outra menina, não temos muita proximidade, mas ela não parece se incomodar com o comportamento dele (ou não demonstra).

- O fato de ele ser anti-social e gostar de RPG/jogos/etc, na verdade não é um fator que me leva a achar um cara perigoso. Eu inclusive tenho amigos que tem os mesmos interesses e não considero eles de forma alguma perigosos ou stalkers. A Lola sabiamente cortou um pedaço do meu relato (acredito que por ser uma situação muito específica e de fácil identificação) que eu falava de uma ocasião que ele começou a falar de coisas sexuais envolvendo esse universo e eu claro falei na hora que não estava gostando nenhum pouco da conversa. E sim, ele é aquele tipo de cara que escolhe personagem mulher para colocar os maiores peitos possíveis e a menor roupa (ele que me disse). O problema é justamente o tipo de fan de RPG/game/anime/etc que a pessoa é. Tem níveis saudáveis de gostar das coisas. E isso de bonequinha com peitos gigantes é meio que comum para adolescentes e tal, mas um cinquentão que tem duas filhas?! Estranho no mínimo.
(parte 1)

E. disse...

(parte 2)

Mas não se preocupem, eu estou bem, pessoal!

Aconteceram duas coisas inusitadas, primeiro, casulamente ele me chamou para ir jantar fora com ele (tipo, só nós dois) depois do trabalho e eu obviamente disse que NÃO. Ele fez um beicinho de chateado e relevou. Então, ele conseguiu meu celular. E começou a ficar me enchendo com mensagens, piadinhas no whatsapp, nada ofensivo ou de baixo calão, mas se eu me atrasasse por exemplo já mandava um " não chegou ainda? está tudo bem? estou preocupado com você". Atraso de 5-10 minutos Lola! Tem gente que acha simpático ou meigo mas eu achei nauseante.
Eu geralmente respondia por educação, mas aí começou a me incomodar mais e mais. Eu pensava, meu, o que esse cara que eu mal conheço tem que ficar cuidando da minha vida e do horário que eu chego? "Eu não aguento mais isso!" Eu pensava isso o tempo todo.

Toda segunda-feira eu tinha um sentimento de "eba amo meu trabalho, começo da semana, bora cuidar dos meus projetos!" e "argh, tenho que olhar na cara daquele pervo e apertar a mão dele e depois ter me lambrecar de álcool gel, ugh". E aí, tive uma epifania, ou vai ou racha, pior não fica e bloqueei. Sem dó nem piedade.
E dessa vez ele veio me intimar, como se eu tivesse feito algo horrível. *sarcasmo* Ohhh, nossa. Garota má. *sarcasmo*

Eu falei que me incomodava toda aquela atenção e ele simplesmente se desculpou com cara de bunda, virou as costas, e parou de falar comigo. Ele praticamente me ignora agora!
No começo, eu me senti culpada, mas agora eu me sinto ótima! Eu me sinto tranquila e feliz no meu ambiente profissional!
Eu acho bem melhor assim, parece que esses meses de sensação ruim nunca aconteceram.
Seja lá qual fosse a intenção dele, ele aparentemente, desistiu.
Talvez ele realmente não seja perigoso, mas é meio stalker e creepy sim! E passar por esse tipo de situação é muito assustador.
Assim como não "aconteceu nada", poderia ter acontecido. E é sempre melhor prevenir do que remediar.
Um abraço Lola, e obrigada!
(parte 2)

Anônimo disse...

Não sei não, stalker de verdade não pára de incomodar só porque pediram. Tô achando que ele era só grudento mesmo.

Nana Rio disse...

Disse tudo hein... Só mulher nova carente ou interesseira fica com homi velho.