segunda-feira, 24 de março de 2014

BISPO É CONTRA MULHERES NA UNIVERSIDADE

Até a santa fez facepalm

Não é novidade nenhuma que as religiões monoteístas são patriarcais, veem os homens como autoridades e as mulheres como submissas, acreditam que Deus é uma figura masculina, e detestam os “novos tempos” porque hoje as mulheres não se comportam mais como mulheres, nem os homens como homens. Muito antes do Padre Paulo Ricardo, ídolo dos machistas brasileiros, outros católicos em altos cargos já apontavam que sua missão na Terra era mesmo ser antifeminista.
Outro dia, sem querer, encontrei uma longa tradução num blog reaça de uma mulher. É de um artigo de 2001 escrito pelo bispo Richard Williamson. Nunca tinha ouvido falar na figura, então fui procurar. É um bispo tradicionalista inglês que foi excomungado por João Paulo II. Depois essa excomunhão foi revogada por Ratzinger, mas declarações “polêmicas” do bispo (como negar a existência de câmaras de gás no holocausto) fizeram que ele fosse expulso de uma fraternidade. Interessante é que o que ele fala sobre o papel das mulheres na sociedade não é visto como controverso. Porque, né? Tudo bem ter essas ideias retrógradas num ambiente tão conservador.
No artigo de 2001, Williamson diz que mulheres não devem frequentar universidades, porque não é o que Deus quer, não é o lugar delas. Segundo ele, uma mulher com cérebro pode usá-lo para tentar entender o seu papel no mundo. Pode até ler em casa, ou tornar-se freira. Porém, “as universidades verdadeiras são para as ideias, as ideias não são para as verdadeiras garotas, então universidades verdadeiras não são para as garotas verdadeiras”. Lógica irretocável!
O bispo demonstra estar frequentando universidades bem legais: “Observe o desperdício em qualquer campus de 'universidade' atual: desmasculinizados irresponsáveis e desfeminilizadas vulgares cuja nobre atividade é jogar frisbees uns nos outros!” Não sei, eu devo estar desfamiliarizada com os avanços do ensino, mas não permito que meus alunos joguem frisbees dentro da sala de aula. 
Williamson cita São Tomás de Aquino para justificar que “o ensino é para os superiores, e a mulher não deve ser superior, mas sujeita ao seu homem. [...] As mulheres saindo para ensinar em público podem facilmente inflamar a luxúria dos homens.” Pois é, este é um motivo importante para que mulheres não façam universidade (curso a distância pode?) e nem trabalhem -- elas provocam os homens. Diz Williamson:
“Se ela é inteligente o suficiente para estudar, ela não será inteligente o suficiente para saber que mesmo que ela não queira distrair os meninos, ela ainda vai ser uma distração? Por esta razão não há exceção. Então, se ela é assim decente, ela não prefere deixar de distrair os futuros líderes que ela e toda a sociedade de amanhã vão precisar? […] Garotas na universidade são uma dupla fonte de confusão, tanto fazendo o que as garotas não foram feitas para fazer, quanto distraindo os meninos de fazer o que os meninos foram feitos para fazer.” Frisbees, portanto, estão fora de cogitação.
Não que Williamson seja contra as meninas irem pra escola. Elas devem aprender, nas escolas secundárias (obviamente não em turmas mistas), uma “lista atemporal” de matérias: “economia doméstica, cuidados com a casa, administração de uma casa, o cuidado e a educação das crianças, a preparação espiritual e social para o casamento”. Aprendendo o básico, pra quê mais? Pra quê educação superior? Vamos deixar educação superior pra quem é superior, ora!
Como prova irrefutável, Williamson menciona novamente São Tomás de Aquino, que fala de Eva (a primeira vadia, segundo os mascus): Eva “existia para ajudar, não para qualquer outro trabalho que o de reprodução, porque para qualquer outro trabalho o homem poderia ser mais adequadamente ajudado por outro homem. Segue-se que a natureza da mulher é intrinsecamente orientada para a maternidade, então para todas as coisas relativas à maternidade ela é superior ao homem, em tudo o mais ela é seu inferior, e em nenhuma de todas as coisas em que os dois sexos são complementares eles são iguais.”
E claro que o bispo e Aquino sabem muito mais que eu sobre todas as coisas bíblicas, mas deus fez Adão e Eva pra se reproduzirem? Esses troços horríveis de sexo e parto como punição não vieram depois que o casal desobedeceu a deus? Eles só tiveram filhos depois de serem expulsos do paraíso, certo? Taí algo que não dá pra entender direito: Adão e Eva são mencionados como exemplo supremo de como é natural o que deus quer (por exemplo: Adam and Eve, não Adam and Steve), mas a gente não poderia ter modelos melhores de seres humanos? Sei lá: Lilith?
Para Williamson, mulheres não foram feitas nem dotadas para serem líderes; logo, por que gastar tempo, esforço e o dinheiro dos pais pra fazer um curso universitário? E apresenta o argumento definitivo, quase um fatality: Joana D'Arc nunca fez faculdade (se bem que pode ser dito que ela fez coisas pouco femininas, como pegar em armas e matar? Ou isso pode?). Justifica o bispo: “Nem mesmo a Virgem Maria participou da Última Ceia”. E olha que Maria seria tipo uma doutora em Maternidade, com pós-doutorado em Obediência Cega! 
É que mulheres não têm capacidade pra abstrair o pensamento racional das universidades. De acordo com Williamson: “O pensamento da mulher é subjetivo, interior, intuitivo, concreto, de pequena escala, com um dom para detalhes amáveis. […] Apenas por um esforço ela vai conseguir ouvir as palavras, porque seu coração está em outro lugar –- geralmente nos meninos. Naturalmente dóceis e, possivelmente, possuidoras de cérebros mais do que suficientes, elas podem sempre fazer uma boa imitação de um bom aluno, especialmente se elas desejam agradar a um professor do sexo masculino em particular. 
"[...] Raramente, porém, a estudante impressionante pode ser uma aluna muito boa, porque o Senhor Deus simplesmente projetou seu coração e mente para uma tarefa completamente diferente. Garotas, vocês realmente querem gastar muito de seu tempo e do dinheiro dos seus pais fazendo algo que Deus quase com certeza não quis que vocês estivessem fazendo?”
Como assim, “Deus quase com certeza não quis”?! Quase? Você não tem certeza do desejo de Deus, bispo? E quer que as mulheres deixem de estudar baseado numa quase certeza?
Williamson capricha nos exemplos. Sobre como a mulher não pode fugir da sua natureza, ele pergunta: “Essa advogada checou seu penteado pouco antes de entrar na corte? Se ela fez isso, ela é uma advogada distraída. Se ela não fez, ela é uma mulher distorcida.” (eu acho que estaria no time das distorcidas). 
Se uma mulher tem um título universitário, ela não conseguirá respeitar seu marido. Se ela tiver mestrado, então, nem se fala. O bispo deixa um questionamento enigmático: “Se ela é uma pós-graduada, como é que ela não vai manter-se superior a ser um 'vegetal na pia da cozinha'?” Ahn, precisa de pós-graduação pra se sentir superior a um vegetal na pia?
Depois de ler esse artigo, eu, mais uma vez, me senti livre e feliz por não seguir nenhuma religião (eu fui muito católica quando tinha 13 anos, depois passou). Também fui perguntar pro maridão se eu passei a desrespeitá-lo ainda mais depois que virei doutora. Ele respondeu: “Sim, sua vegetal”. Se eu tivesse um frisbee, tacaria na cabeça dele.

73 comentários:

Anônimo disse...

Tomás de Aquino Roccasecca, 1225 — Fossanova, 7 de março 1274).


REST MY CASE. Esse bonito nasceu na época errada.


Ouso reverter a pergunta: se o homem não tem controle do que vá distraí-lo, não é melhor que ele fique em casa, num ambiente moderado, enquanto a mulher vá ao mundo trabalhar com novas ideias e tecnologias?

Luciana disse...

Serve para rir, o artigo do bispo.

André disse...

Seria muito interessante saber a opinião dele sobre a Tatcher e vice-versa.

Anônimo disse...

Lola, me desculpe, mas eu ri do início ao fim. Deveria ter marcado a tag "humor", tb. Se os católicos e muito menos as católicas não dão atenção nem para que o Papa fala, porque nós, ateias, temos que dar?

Os próprios republicanos nos EUA há um tempos atrás estava, discutindo a proibição do voto feminino, hoje, eles já aceitam até casamento gay. É uma questão de tempo para as coisas se encaixarem.

DEAD EMOTIONS disse...

é hora de se adaptar aos novos tempos. essas idéias tradicionalistas são coisas do passado. parece que na sociedade atual existe uma pressão social contra homens que seguem seu próprio caminho(marrige strike, relationship strike) e ao mesmo tempo uma condenação aos tradicionalistas. conservadores saõ vistos como criminosos racistas, e homens mgtow zetas não são visto como criminosos, mas sofrem um bullying muiot grande desda adolescencia pra se tornarem como os conservadores(com ideal de família). o bullying é uma das estrategias que a sociedade criou pra eliminar o que é diferente. etnao vemos uma sociedade completamente doentia. um governo esquerdista que pune os conservadores com leis de desarmamento e ao mesmo tempo pune os heteros não-conservadores incentivando o bullying(voces vão negar isso, mas eles fazem isso tudo por pano de fundo, graças a wellington isso acabou se tornando menos frequente em escolas, porem muito frequenta na vida social na fase adulta).

eu conheço bastante sobre psicologas, e sei muito bem a misandria que elas aprendem na faculdade, e isso tudo faz parte da estrategia do governo esquerdista. vou falar uma experiencia pessoal, uma psicologa que fui forçado a frequentar vivia defendendo gays e reclamava do meu preconceito contra gays, ou seja, ela era anti-conservadora, ao mesmo tempo essa psicologa se incomodava muito com meu cabelo grande e minhas roupas, nada conservadores. parece que a sociedade é misandrica ao extremo e quer punir todo tipo de homem, desdo conservador ate o mais moderno e diferente. a psicologa ao mesmo tempo que tinha implicancia com os homofobicos conservadores, tinha implicancia com ''rockeiros'' por eles serem diferentes de caras conservadores pais de família.

a conclusaõ que tiro é a seguinte: o governo esquerdista precisa tanto do apoio de gays, feministas etc pra conseguir votos assim como precisa do homem beta conservador sobressocializado pra fazer o motor da civilização continuar funcionando. ou seja, isso torna um ambiente totalmente opressor contra o homem de bem, contra a sua própria masculinidade.

a solução pra se adequar a esses tempos atuais é ser man going their own way - a masculinidade ZETA. se tornar um verdadeiro fantasma nesse sistema podre, buscar o isolamento social, cultivar a misantropia e cagar totalmente pra sociedade. no japão os zetas saõ boa parte da população e ja causaram baixas na natalidade daquele país. nos EUA os ZETAS cresceram bastante nos ultimos anos, e com certeza poderão contribuir pra queda do sistema misandrico de la. no brasil o masculinismo ainda ta muito preso a conceitos ultrapassados e a pagina metendo a real só tem cara querendo ser honradõa comedor.

Sacerdotisa de JAH disse...

Adoro coisas que giram e coisas que voam, freesbies então <3


Esse coleguinha tem recalque causado por falta de maconha e outras drogas, eis uma das grandes chagas do cristianismo: Trocar todas as drogas ritualísticas da história da humanidade por um amigo imaginário que manda encher a cara de álcool e ser misógino.

Anônimo disse...

Cristianismo: há dois mil anos cag*** o mundo especialmente pra você!!!!


Jane Doe

Anônimo disse...

Lola, essa imagem do Papa Francisco com uma citação supostamente atribuída a ele foi uma mentira espalhada pela Internet, logo quando ele foi escolhido para Papa. Inclusive foi espalhada por ateus aqui dessa blogosfera e eles próprios desmentiram a frase

Aninha disse...

Nossa, to tremendo de medo dos "Zeta" agora

lola aronovich disse...

Ok, anon, muito obrigada por avisar. Já substituí a imagem do Papa Francisco por outra. Avisem sempre que vcs virem textos/imagens que não são verdadeiros, por favor. Porque tem muito hoax na internet...


Dead Emotions, muito bem, dou todo apoio. Espero que vcs mascus continuem sendo zetas: quase trinta anos nas costas e não estudam, não trabalham, não têm amigos, e vivem com os pais, esses pobres-coitados que precisam aturar vcs (o Arnold é apenas um exemplo de muitos). Vcs realmente estão fazendo uma revolução na sociedade! Continuem assim!

Thays disse...

Tava lá escrevendo minha tese, cansei de ler e sistematizar argumentos neoliberais e vim aqui refrescar a cabeça e me deparo com isso, hahaha - só rindo pra não chorar!

Nem consegui ler tudo, os neoliberais que estou lendo são menos reacionários que esse cara!

Flavio Moreira disse...

Dead Emotions, uma boa forma de você amenizar sua carência é frequentar uma escola e aprender a escrever, porque PQP, hein? Coesão e coerência textual passou longe. Nem vou falar dos erros de ortografia, porque isso é coisa para a Madrasta do Texto Ruim - aliás, se ela visse o que esses mascus escrevem aqui, teria que para de trabalhar só para publicar o material recolhido no blog dela, mas deixa isso pra lá.
Se você realmente quer se isolar, se isole, de verdade, não vindo aqui encher a caixa de comentários de bobagens nas quais só você acredita.
Coitada da psicóloga que teve que te aturar, porque pelo visto seu caso é de "perda total". Não há seguro que cubra esse sinistro.
Lola, quando o século 21 finalmente chegar, você nos avisa? Porque depois desse post eu passei a ter a certeza mais do que absoluta de que estamos na idade das trevas! Vá de retro!

Anônimo disse...

hahahahahaha caralho! hilário!

Mauricio disse...

Nós podemos até rir do ridículo do texto, mas é preciso lembrar que muita gente ainda acredita nisso.
Gente que pode não só passar essa ideia adiante, como agir em função dela.

Anônimo disse...

DEAD intelligence, DEAD language, DEAD brain, DEAD hope in humanity...

Arnold Sincero disse...

A Lola adora fazer chácota daquilo que ela não conhece, é o modus operanti dela. Reparem

Lola balofa folgada, vc pode tentar me expor ao ridiculo mas eu não cairei jamais, sou um guerreiro, posso perder a batalha mas não a guerra.

Eu tirei prints de todos os comentários ridiculos que vc e suas fakes/estagiarias escreveram e mostrei tudo para o meu honrado pai, para mostrar a ele como vc's corromperão a mente da vadiazinha da minha irmã, mas fique esperta pq eu tenho certesa que ele vai tomar providencias, eu descobrirei um jeito de bloquear o seu blogue miseravel (só vc escreve assim "blogue") e então ela não pode mai s acessar ai eu quero ver ela falar merdas que vai ser indenpendente, o nivel dela de vadiagem tá tão alto que diz que falou que "pega mas não se apega", já ta usando os trouxas betas para pagar sminorff, vc que ensinou ela, esses comportamentos de mulher interesseira, moderna até oponto que a carteira seca.

vc não tem responsabilidade alguma, se a minha irmã pegar AIDEs de algum marginal vc q vai pagar os retroviral pq eu não vou me prestar a isso,se depender de eu, ela que se lasque, vai comer capim pela raíz aaquela égua cretina.

estou louco para ela trazer um namorado esquerdista maconheiro, da FFLECH pq dai eu vou mostrar como que é um macho de verdade, ele vai sair correndo de medo, e ela vai sim arrepender muito de estar virando essa piranha rodada, toda semana meu pai conta que ela ta de graça com algum zé ruela.

vc que ensinou essas coisas sua blogueira promiscua e mal criada.

aprenda com o bispo, a universidade não ensinou nada de bom pra vc, só desgraça

lola aronovich disse...

Vou deixar o comentário do Arnold, pra delírio do público (perdão, irmã do Arnold. Fico aguardando sua autorização pra escrever a história do seu irmão fracassado. Me mande um email, por favor).

RavenClaw~ disse...

Porra Maionese chato do caralho! Para de trocar esse nome idiota que nas primeiras duas palavras já sabemos que é vc. No mais, te amamos. =*

RavenClaw~ disse...

Pow sou uma distorcida. Huashuahsua ai meldels. Distorcida.

Sacerdotisa de Jah disse...

Lola, com todo o respeito: Não suporto a forma que você trata o "DEAD EMOTIONS", esse garoto precisa de ajuda e não servir neste teu circo, não está afim de tirar teu coração do freezer e por ele no teu peito não? Garanto que não vai estragar (:

Arnold Sincero disse...

LOLA SUA BURRA!!!!

EU NÃO AUTORIZO MERDA NENHUMA!!!!


TUDO QUE ELA DIZER VAI SER TUDO UMA GRANDE MENTIRA!!!!

SE VC TA QUERENDO FALAR DE MIM, ENTÃO PEDE PRA MIM E A RESPOSTA JÁ ATENCIPADA É N-Ã-O !!!!

Patty Kirsche disse...

hahahahahahaha, que insanidade... Religião usada como justificativa pra preconceitos da humanidade. Que merda.

RavenClaw~ disse...

Mas Sacerdotisa. A Lola tratava o Maionese com toda a consideração antes de ele começar a falar UM MONTE de merda dela lá no blog poo-poo dele e vir aqui esculhambar as comentaristas. Daí ele ficou piradaço e todo mundo perdeu a paciência. Não dá pra culpar ninguém não.

Anônimo disse...

Lola achei uma pérola pra vc

http://www.gamevicio.com/i/noticias/184/184866-15-dicas-de-que-voce-esta-se-tornando-um-liberal/index.html

Anônimo disse...

"Também fui perguntar pro maridão se eu passei a desrespeitá-lo ainda mais depois que virei doutora. Ele respondeu: “Sim, sua vegetal”. Se eu tivesse um frisbee, tacaria na cabeça dele."

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Adoro!

Sara disse...

Me perdoem os religiosos, mas cada vez mais vejo como abominável essa prática.
Tenho duas filhas, uma delas desde a mais tenra infância sempre demonstrou ter inteligencia acima do normal.
Hje ela ja segue sua carreira bem sucedida, em uma área considerada muito masculina.
Fico pensando se ela tivesse nascido nesses malditos lugares onde a religião é a lei, todo o seu talento e facilidade com os estudos teriam sido enterrados, e a ela segundo a vontade desses religiosos monstruosos teria como aspiração máxima na vida ser uma parideira.
Me revolta demais quando vejo o alcance q a religião ainda tem nesse mundo, e não vou ser hipócrita, pois alem do machismo minha luta é dirigida a todas as religiões, pois pra mim religião e machismo são sinônimos.
Eu creio q se um dia conseguirmos nos ver livres do patriarcado e todas as sua influências, as grandes religiões do mundo terão desaparecido desse planeta.

Kittsu disse...

Pô, tão tirando uma com o maionesezinha do meu coração. xô, suas... caras de angu. Deixa o bixim.

Ei, mayonnaigs, viu lá aquela comunidade do orkut sobre cabelos cacheados? esquece essa psicologa bobona, vamos cuidar da sua auto-estima, seu fofo.

Sacerdotisa de JAH disse...

RavenClaw, sempre vi vocês tratando mal ele(O nick original dele é Necromayhen, não?), ele é uma pessoa que precisa de carinho. Por isso sou na prática contra o Feminismo enquanto movimento, o Mundo precisa de AMOR e não de mais ódio e deboche, se vocês no auge do seu "empoderamento" só sabem usá-lo para trazer dor aos mais fracos, então era melhor que nem tivessem nenhum empoderamento, de gente cheia de ódio já me basta os mascus. Sempre serei contra qualquer filosofia que põe o Ódio acima do AMOR por coisas tão pequenas como gênero.

Mas nem me ofende vocês chamarem ele de maionese, adoro maionese, no meu prato não pode faltar uma saladinha de maionese!!! ^__^


Se eu não vivesse longe do Necro eu adotaria e faria ele ser minha transzinha de estimação. :3333333333333333333333333333

Anônimo disse...

Tb n gosto do jeito que a lola fala,esse cara ´tem problemas psicologicos iguais aos meus e por isso n consigo trabalhar,estudar,sofro discriminação por ser gorda e n consigo emprego e venho aqui e com toda a empatia de vcs,sou uma fracassada.
Legal mesmol

Luiza Original disse...

Ei!Arnold...


... nada, não. Só lembrei do desenho hahahahahaha

Anna Milani disse...

Hey Arnold! Para seus comentários:
NOBODY YES DOOR! HAHAHAAH! Sua irmã é muito inteligente, puxou quem? Pai ou mãe? E você, com tamanho nível de burrice? Vai catar capim, vai! Volta pros seus blogs mascus de merda e deixe-nos em paz!
A-HAM -Pigarreia-

“o ensino é para os superiores, e a mulher não deve ser superior, mas sujeita ao seu homem."
Sei nem por onde começo... Mas vamos lá:
Começando pela história de Adão e Eva, ok, Eva ofereceu o fruto para o carinha. o que muitos não percebem é que Adão ACEITOU! Sim, mascus idiotas que estão lendo, ele ACEITOU! Se ele fosse tão 'inteligente e honrado' seguiria as ordens de deus, certo? Então, a culpa não foi só da Eva.

Eu sou espírita, mas já fui católica. E sinceramente, não era pra mim. Eu acredito em UM Deus, mas não esse que todo mundo idolatra, esse deus machista que criaram. Que HOMENS escreveram.
Droga, Jesus salvou uma mulher de pedradas! Uma prostituta! Considerada impura! Não entendo esse ódio à mulher, sinceramente. Já naquele tempo existiam machistas.

E o que esse bispo idiota não sabe, é que os tempos mudaram. HE-LOOO! Mudaram, ele está meio MUITO atrasado! Mulher não precisa de homem pra sustentá-la, e não precisa ficar em casa. OH FUCK, é tão difícil entender que tem MUITA mulher que NÃO QUER depender de homem pra nada?!

Eu estou no ultimo ano da faculdade, e não largo por nada. EU VOU TRABALHAR E QUE SE DANEM OS OUTROS! Não há coisa melhor do que ter seu dinheiro, comprar o que você quiser e não dever satisfação para marido chato. Ainda bem que o meu namorado é um exemplo que nem todo homem é machista. Ele não me proíbe de andar de saia e eu não o proíbo de andar sem camisa por aí. Ele faz a faculdade dele e eu a minha.

Quanto à Deus ser uma figura masculina, isso é idiotice. Só dizem isso porque ele é uma figura superior, e claro, tem que ser homem! Mulher, nem pensar. Pra mim, Deus não tem sexo.

Post bom e ruim. Bom porque mostra a mentalidade desses energúmenos e ruim, porque bate até uma deprê só de ler que essas coisas ainda existem depois de tantos anos. Se querem continuar seguindo a tradição antiga, como a bíblia faz, vamos começar a pregar bandidos em cruzes.
Quando o Direitos Humanos vier tirar satisfação, aí eles podem dizer;
'estamos seguindo a tradição de séculos atrás, estamos no nosso direito'.

Nane disse...

Lola, esse Arnold e sua irmã existem mesmo? Não será alguém tirando onda da nossa cara? Não é possível!

Anônimo disse...

Gentchi!!! A área de comentários desse blog é sempre um fléshhhi! realmente hilários esses mascuzões!!! hahaha

Ana disse...

(Ninguém vai falar do discreto 'AIDEs' do Arnold, não?)

=====

Lola, minha querida, esse teu blog de ontem pra hoje quase me mata. Eu ri alto com a última piada do frisbee hahahaha. E a volta do Arnold só me dá alegrias hahaahahah

=====

E FALANDO EM UNIVERSIDADE

Hoje eu estava voltando da aula, de ônibus. Estava sentada ao lado de um rapaz. Ele conversava com um conhecido que ia de pé. Dois momentos maravilhosos da conversa:

I - "Cara, minha professora de Física é mulher! Uma mulher! E jovem. Que estranho uma mulher fazendo Física. Nada haver."

II - "Cara, viste as feministas falando mal do trote do nosso curso? Dizendo que foi humilhante... Só participa quem quer, aff. Pior de tudo é que elas escrevem "elx" ao invés de "ele" ou ela"".

Achar estranho mulher lecionando Física, colocar bixos pra simular sexo oral com bananas, perguntar pras novas estudantes se elas "engolem ou cospem", zuzo bem. Ruim mesmo é escrever "elx".

Aposto um braço meu que ele não se acha machista. Porque né, deve ser um ~bom rapaz~.

Minha vontade era de virar e dizer, "Meu querido, não me interessa quantas cadeiras de Física você fez - se você ainda não consegue ver mulher como gente, você ainda é um merda".

To arrependida de não ter dito nada.

Ah, dou um doce pra quem adivinhar qual era o curso do queridinho...

pp disse...

Gente, esse Arnold existe mesmo? Não é fake? Fiquei com dó!

Anônimo disse...

AUHAUHAUHAUHAUAHUHAUHAUAHUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUAH ARNOLD SINCERO AUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHAUHAUHAUAHUAHUAHAUHAUHAUHA

da uma pausa, lola! senao nao aguento!

UAHUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHAUH

pelo amor de deus! eh tao absurdo que parece inventado, mas nao sei se alguem seria tao criativo.

sao suas estagiarias, ne lola, confessa ai

UAHAUHAUAHUAHUAHUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHAU

Koppe disse...

"Mauricio disse...
Nós podemos até rir do ridículo do texto, mas é preciso lembrar que muita gente ainda acredita nisso.
Gente que pode não só passar essa ideia adiante, como agir em função dela.
24 de março de 2014 16:32
"

Infelizmente isso é verdade.

Amana disse...

gente...
hehehe
Adorei a sugestão dx anônimx: "Ouso reverter a pergunta: se o homem não tem controle do que vá distraí-lo, não é melhor que ele fique em casa, num ambiente moderado, enquanto a mulher vá ao mundo trabalhar com novas ideias e tecnologias?"
Vou adotar para discussões futuras :)

Thais, sobre o quê é sua tese? Fiquei super curiosa! Também tive que mergulhar (com nariz tapado) no doutorado nos textos de neoliberais, então queria mesmo saber o que vc está estudando!

beijos

Feminazi Satânica disse...

Bah, esse Arnald parece ser obcecado pela irmã numa relação platônica incestuosa. Isso é doença, champz!

L. G. Alves disse...

Olha o nível da doença desse fake "Arnold Sincero" kkk Ele quer aparecer ou o quê?

Anônimo disse...

Ninguém precisa tentar expor o tal Arnold ao ridículo. Ele faz isso sozinho, de livre e espontânea vontade...

"modus operanti" já foi fogo, mas a parte de ir contar pro papis foi simplesmente impagável. Quase caí da cadeira aqui.

Douglas disse...

Boa noite!

Excelente texto mostrando a irracionalidade e a intolerância religiosa católica contra a mulher.

Só para lembrar que a intolerância e a perseguição religiosa não são exclusividade de padres católicos, mas também de lideranças evangélicas fundametalistas, afetando @s sexodivers@s e praticantes de religiões de matriz africana, segue abaixo um texto-manifesto fundamental, do Movimento Cia. Revolucionária Triângulo Rosa, intitulado "Obrigado, Feliciano!"

http://ciatriangulorosa.info/?p=329

Abraços, Douglas

Jéssica disse...

"Se eu não vivesse longe do Necro eu adotaria e faria ele ser minha transzinha de estimação. :3333333333333333333333333333"

Na boa, se eu fosse ele eu me sentiria mal é de ler isso, ninguém merece ser diminuído dessa forma.

Anônimo disse...

Nossa, cara, eu ia comentar sobre o texto, mas quando vi "lola e suas estagiárias" = HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA SOCORRO TÔ RINDO MUITO HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Lu disse...

O texto linkado falando sobre a Lilith começa bem, até o cara começar a cagar regra e vir com mimimi dizendo o que deveria ser preocupação no feminismo ou não... puts

Julia disse...

Sabia que essa sacerdotisa era uma palhaça ou palhaço. Vai fumar tua maconha em outro lugar. Essa merda fede.


E pro bispo trouxa, ele que espere sentado.

85 pessoas... afinal, quem sou eu? disse...

aquele relatório de Davos, e as 85 pessoas com 46% da riqueza mundial não me saem da cabeça.

85...

nós, o resto, somos quantos bilhões mesmo?

1 bilhão está morrendo de fome. a cada 5 segundos uma pessoa morre de fome... está lá, eu li, morri um pouco também. http://correiodobrasil.com.br/ultimas/relatorio-em-davos-mostra-que-85-pessoas-detem-46-da-riqueza-mundial/678819/



isso tudo agora, porque eu li aqui que uma moça não abre mão de trabalhar para ganhar o seu dinheiro e comprar o que quiser sem dar satisfação para o marido chato. coisa que eu super concordo e assino embaixo. é também o meu objetivo.


mas será que a vida é isso mesmo, trabalhar 8h por dia, receber dinheiro em troca do tempo e suor doados para logo devolvê-lo, comprando coisas? A existência humana não poderia ser um pouquinho mais complexa do que produzir e consumir, num ciclo sem fim, se matando de trabalhar para gastar o salarinho com necessidades ilusórias enquanto 85 pessoas gozam de 46& da riqueza mundial?

85...

isso é ir muito longe da temática do blog? Arnold, alguém... me ajuuude.....

Anônimo disse...

gente fui la no blog da muié maluca que postou o artigo do bispo. Ela fala como mulheres não conseguem se concentrar porque estão preocupadas com o cabelo.. ué, mas não eram os homens que se desconcentram se tem mulher na classe? Fala que se mulher vai pra faculdade vai querer trabalhar e deixar a familia...

o outro post fala se mulheres devem ou não usar calças, e a resposta é não porque a biblia fala que não é possivel.

Meu zeus do céu, é tanta besteria que parce o Arnold bocoh.. de tão ridiculo, fica engraçado. mas é bom porque se alguém defende essa ideia exdruxula é só falar: mas calça tu usa, né? Ordinaaaaaaria! :-)

Gente, nem os catolicos dão bola pra esse tipo de besteira, a gente vai dar? Eu hein!

Eu queria ter deixado um comentario la, do tipo " e na hora que o pai larga os filhos, e a serva de deus não tem dinheiro pra dar de comer aos filhos, trabalhar no mac donalds, sem faculdade, deus deixa?"

Links

Anônimo disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...ahhh entendi a razão do meu "desrespeito"....estou no mestrado!!!!Vixe!!não vou deixar meu noivo ler isso pq ainda quero fazer doutorado e assim ele nem vai querer casar mais!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Lívia

Musicista Feminista disse...

Nossa, obrigado pela sua opinião irrelevante. Agora mesmo vamos expulsar todas as mulheres da universidade, pois percebemos como tudo o que elas fazem e sempre fizeram é insignificante.

Musicista Feminista disse...

Tadinho duzomi gente! Seres incontroláveis manipulados pelas mulheres!
Na verdade é mais medo de que não consigam mais nos controlar.

Juliana e Fábio disse...

Você só pode estar brincando quando diz que o sexo e o parto vieram depois da desobediência. Antes da criação do mundo, Deus já havia planejado a família, o sexo e até a vinda de Jesus pra libertar a humanidade do pecado, pois o pecado separava o homem de Deus (não sei se você sabe mas Deus é onisciente rss).
Fiquei com pena de você ao vê-la procurar argumentos para tentar esculachar a bíblia. Se quer mesmo discutir bíblia, então procure lê-la para evitar que passe vergonha no seu próprio blog, pois tem muita gente que comenta por aqui e que entende de bíblia até mais que muitos pastores e padres. E antes que você vomite que eu sou mais uma machista submissa ao extremo que não tem voz nem poder de escolha, tenho 23 anos, estou de formando em letras numa faculdade pública e entrando na faculdade de administração de empresas, defendo que mulher é inteligente e deve crescer intelectualmente, defendo que mulher deve gostar de sexo somente com seu esposo e sou cristã pentecostal.

lola aronovich disse...

Não sei se foi aqui ou no outro post que alguém disse que não gostava do jeito que eu tratava o Dead Emotions, porque eu deveria tratá-lo com carinho e amor, já que ele obviamente precisa de tratamento psiquiátrico. Ahn... Por onde começo? Primeiro, não sabia que o Dead Emotions era o Necromayon, Necromation ou sei lá o quê. Desculpe não guardar o nome de todos os mascutrolls. Segundo, a vez que entrei no blog desse ser, fiquei enojada. Era misoginia pura, nível mascu sancto de ser, inclusive adotando alguns termos idênticos ("merdalheres"). Mas, principalmente, não sei de onde vcs tiraram que eu tenho que ser carinhosa com mascus. Vcs acham mesmo que eles já não fazem terapia, que eles não tomam remédio controlado? A grande maioria dos mascus faz isso, porque é o único jeito de conviverem em sociedade (e mesmo assim não convivem muito bem, mas sem acompanhamento psiquiátrico poderíamos ter mais Wellingtons por aí). Eu dou apoio e força pra gente legal no mundo, não pra misóginos, homofóbicos, racistas etc. Mascus que vem aqui não vão mudar. Eles só vem pra trollar ou pra choramingar, mas não creio que algum blog fará com que eles se tornem boas pessoas. O problema é muito mais sério, e não tenho nenhuma ambição de "consertar" mascus.


Ah, acabei de ver que Sacerdotisa de Jah é mascu mesmo. Deixou um comentário (não aprovado) dizendo pro Arnold abusar da irmã. De agora em diante seus comentários serão deletados.

lola aronovich disse...

Juliana e Fábio, prefiro não responder nada pra não ser desrespeitosa com a religião de vcs. Só vou dizer que fico feliz que vc ache que mulher é inteligente e deve crescer intelectualmente, porque o bispo citado no post não acha isso.


Abração, pessoas queridas! Hoje é feriado aqui em Fortaleza, mas, pra variar, tenho milhões de coisas pra fazer...

Luh disse...

Juliana e fábio, esta pode ser a sua interpretação da bíblia. A bíblia pode ser interpretada de várias maneiras, o bispo do artigo por ex. Entende que a bíblia proíbe a mulher de estudar ( e se vc for ver há coisas nesse sentido na bíblia msm).

Quanto ao mito de adão e eva, o entendimento da Lola está correto ao meu ver. Antes de serem expulsos do paraíso eles eram" inocentes". Inclusive Deus descobre que eles comerám o fruto pq adão estava envergonhado de estar nu, consequência de haver comido do fruto proíbido.


E eu já li sim a biblia e sincerament não consigo entender como tem gente que pode acreditar naquilo. Sério msm que vc acha que é justo crianças serem devoradas por ursos por chamarem alg de careca? De pessoas que acreditam nisso é que se deve ter pena.

Iaiá disse...

Eu ia concordar com a Jéssica sobre o comentário da Sacerdotisa, mas, pelo "transinha de estimação", devia ter visto que era mascu.

Juliana e Fábio, juro que isso me dá um nó na cabeça: "Antes da criação do mundo, Deus já havia planejado a família, o sexo e até a vinda de Jesus pra libertar a humanidade do pecado, pois o pecado separava o homem de Deus (não sei se você sabe mas Deus é onisciente rss)". Ele não é onipotente também? Então por que esse pecado separando homens de Deus? E se por onisciente você entende que ele prevê o futuro, isso não vai de encontro à ideia do livre arbítrio? Deus é onisciente e onipotente, logo prevê o futuro e sabe que mesmo sendo onipotente não vai fazer nada para prevenir essa merda toda mesmo. É isso que dá para entender dessa sua fala.

Musicista Feminista disse...


"Ai, eu era obrigada a suportar os gays". Com que argumento vc quer exorcizá-los numa universidade???
Estou me mijando de rir com esses reaças que vem aqui achar que irão nos converter e ser ignorantes como eles.

Anônimo disse...

Oh Senhor, faltando um mês pra defesa da minha tese, agora fiquei na dúvida se vou em frente!!!

Erres Errentes disse...

“Nem mesmo a Virgem Maria participou da Última Ceia”.
A Maria mãe de Jesus podia até não estar lá, mas dizem que Maria Madalena estava na Última Ceia, do ladinho de Jesus.
“Se ela é uma pós-graduada, como é que ela não vai manter-se superior a ser um 'vegetal na pia da cozinha'?”
K7, dizer que um vegetal na pia é superior a uma mulher é de uma misoginia level infinito, hein?

Anônimo disse...

Oi, Lola

Não precisa publicar, escrevi por aqui em vez de escrever por e-mail pq é mais ágil.

Com todo carinho do mundo, quero lhe falar do quanto me dói ler seus comentários que tem a ver com doença mental. Tem uma carga pesada, muito pesada neles.

Se vc puder dar uma pensada, gostaria de destacar:
"Vcs acham mesmo que eles já não fazem terapia, que eles não tomam remédio controlado? A grande maioria dos mascus faz isso, porque é o único jeito de conviverem em sociedade (e mesmo assim não convivem muito bem, mas sem acompanhamento psiquiátrico poderíamos ter mais Wellingtons por aí)."

Lola, remédio controlado é qq coisa hoje em dia. Antibiótico é controlado, por exemplo. Isso só reforça que quem toma remédio controlado é do mal, é psicopata.
E aí um monte de gente que precisa não aceita tomar... por ex.: mulheres estupradas em estresse pós-traumático, que acham que tem passar por isso no osso, sem antidepressivo. Quantas não conseguem e se suicidam?? Pq né, só gente psicopata toma remédio controlado, tarja preta...Só aumenta o preconceito.

As pessoas não tomam medicação por falharem, por serem fracas. Existem doenças reais e doenças disparadas por violências sofridas. E mulher sofre violência pra caramba, então faz a conta de quantas mulheres estão a precisar de tratamento psiquiátrico!

Que psicopatas e anti-sociais precisam tomar remédio para controlar seus impulsos, a gente até concorda. Mas eu não concordo que essa galera aí realmente está disposta a fazer terapia. Terapia não funciona com eles. Nunca vai funcionar. No máximo eles ficam sob o olhar de um "terapeuta responsável", o que já é grande coisa.

Outra vez, lembro de vc falar de mascus seriam funcionários públicos que entra em licença por depressão e fica onerando cofres públicos. Lola, depressão é real, tem gente que precisa sim se afastar para tratamento, e demora sim, um-dois-três anos, mas as pessoas melhoram e voltam ao trabalho. Ninguém está livre de uma doença mental, vc pode ser assaltada e disparar uma síndrome do pânico, por ex. E aí? Vai trabalhar sem tratamento, sem afastamento, sem melhorar, para não ficar onerando cofres públicos?

Obrigado pela sua atenção, de verdade
Eu não consigo deixar de pensar no quanto tem de mulheres que se beneficiariam dos tratamentos psiquiátricos e das terapias após violência, e como elas se sentem lendo isso.

RavenClaw~ disse...

Afinal, quem tá falando? A Juliana OU o Fábio? Ou é uma pessoa só por, sei lá, simbiose? Que coisa horrorosa isso.

Julia disse...

Cafona esse negócio de nome de casal, né?
Juliana e Fábio, não vou discutir a bíblia com vcs pq eu nunca li. Não gosto de ler livro de ficção. Prefiro biografias, historia política, feminismo..

Anônimo disse...

Arnold, fofinho,

Não printa pro papai, não. Se ele souber ler melhor que você, vai ficar muito bravo de sustentar filho adulto semianalfabeto e você vai sair perdendo.

Fora que ele pode ver o teu nível de insanidade e decidir te internar. Fica quietinho, é melhor, viu?

Pris disse...

Gente, não sou católica e nem tenho nada contra o catolicismo ( Até porque sei que tem muita gente que é católica e é muito mais evoluída, amém. )Mas como diria minha avó " Quanto mais eu rezo mais assombração me aparece". Como pode ainda existir gente assim no mundo ?

RavenClaw~ disse...

Eu gosto de fantasia Julia. Então a Bíblia até é uma boa leitura. É bem fantasiosa mesmo. Cheia de absurdos. Huashuahs

Anônimo disse...

Concordo com o Maurício. Ok ok, podemos morrer de rir com pensamentos tão absurdos como esses do post, mas nem precisamos ir muito longe para encontrarmos pessoas cujos pensamentos (e habitos de vida) giram em torno de ideais semelhantes. Alguém aqui conhece a Opus Dei?
Trata-se de um grupo cristão católico que prega a proibição de qualquer método anticoncepcional para mulheres casadas (claro, pq as mulheres solteiras não podem transar).
Eles falam que justificativas sociais e financeiras para não ter filhos não passam de atitudes egoistas, que os filhos, em qualquer quantidade, em qualquer hora e em qualquer contexto simbolizam a felicidade plena.
Como, COMOOOO que uma mulher pode alcançar o sucesso profissional com uma penca de filhos pra criar?
Fazer graduação, mestrado, doutorado criando 3, 4 filhos? Sem nenhum já é difícil, com 1 quase impossível, imaginem mais q isso!!
E um casal que já se encontra em uma situação financeira vulnerável, ao pensar desse jeito...meu deus do céu, vão chegar onde? À pobreza extrema?
Eu não sei se eles surgiram no Brasil, mas a comunidade brasileira (principalmente a residente em Belo Horizonte) desse grupo é razoavelmente significativa.

Isso me entristece. Pensamentos assim destroem vidas =(.

donadio disse...

A Opus Dei surgiu na Espanha franquista, fundada por um idiota chamado José Maria Escrivá.

O picolé de chuchu é membro da seita, por falar nisso.

Anônimo disse...

Sawl

Este bispo misógino e imbecil NÃO deve ser levado à sério!
É um ignorante que se ressente por estarmos no século XXI invés da Idade Média onde cretinos beatos como ele mandavam e desmandavam à vontade na vida dos outros!!
Quem quiser reclamar de mim, me xingar ou ficar de "mimimi" foda-se!
Este bispo é um ridículo, misógino, preconceituoso, cheio de ódio e merdas na cabeça, e ainda de quebra deve ser um bichona enrustida!!!
Que ele vá pro Oriente Médio onde mulheres são reduzidas à LIXO, ou melhor que ele vá pra PQP, que este mundo já tem bastante trastes misóginos como ele! E que ele se conforme, que cada vez mais nós mulheres, estudamos e trabalhamos e com certeza, somos infinitamente mais inteligentes que um cretino como ele!!

Sawl - Always the rebel

Eduardo Nobre disse...

Eu havia escrito um texto muito interessante sobre uma outra visão da mulher, segundo a Bíblia, mas o perdi. Falava sobre a evolução, sobre o conto de Adão e Eva como uma "maneira mítica de contar um fato". Mas vou comentar só uma parte:

* A ordem da Criação de Deus é dos organismos menos complexos, para os mais complexos e evoluídos, conforme a Evolução. E o último ser criado foi Eva (a mais complexa e evoluída).

* A mulher não foi criada para ser inferior ao homem. A prova disso é a consequência da desobediência. Uma das "consequências" do pecado foi:

"E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará".
(Gênesis 3:16).

Ou seja, a submissão da mulher é uma consequência da desobediência, tal como a morte, as dores de parto, as doenças etc.. e não um desejo de Deus.

Outro fato interessante, é que a Serpente precisou "convencer", "enganar" Eva, persuadi-la. Já Adão, Eva simplesmente lhe deu o fruto e ele comeu, o que mostra uma certa autoridade de Eva sobre Adão.

Isso bate com algumas teorias de que no início as sociedades eram matriarcais, onde as mulheres governavam com mais sensibilidade e justiça (até nas sociedades patriarcais, é a mãe que administra a casa), e que em um certo momento, o homem passou a ser agressivo, e a dominar.

Wellington Fernando disse...

Lola, sinto-me bastante lisonjeado pela referência a uma postagem do meu blog no texto. Não pude comentar antes porque estou com pouquíssimo tempo livre.

Eu, como ateu, particularmente acho irrisória a história de Adão e Eva. Mas mesmo se tratando de uma lenda hebraica, a história envolvendo Lilith foi removida (ou adulterada) para legitimar o patriarcado. Afinal, como tratar como natural (e sagrada) a submissão da mulher se homem e mulher nasceram iguais e com iguais direitos?

Com relação ao tema deste post, interessante notar que muitos padres refutam o machismo de suas crenças alegando que a mãe de Jesus era mulher: mulher esta cuja virgindade era símbolo da "pureza" e que foi submissa ao próprio Deus (que era Pai e não Mãe). Engraçado que até hoje a Igreja Católica proíbe o sacerdócio para mulheres e 100% dos altos cardeais são homens. O próprio São Tomás de Aquino difundia muitas ideias machistas em sua Suma Teológica. Então não há como esperar algo coerente de líderes católicos diante dessa visão machista que as suas bases dogmáticas possuem. O mesmo vale para as demais religiões abraâmicas, como o judaísmo e especialmente o islamismo. A dura realidade é que a religião foi (e ainda é) um meio de manter as mulheres submissas aos homens, legitimando a posse dos maridos sobre as mulheres e fortalecendo o patriarcado.

Desde os tempos de Hipátia, de Alexandria, que a Igreja simplesmente não enxerga com bons olhos a ideia das mulheres serem livres para estudarem, ensinarem e exercerem atividades intelectuais antes permitidas apenas aos homens. Quantas e quantas cientistas ao longo da história tiveram seus trabalhos esquecidos, tomados por homens ou tiveram que usar pseudônimos masculinos para serem aceitas no meio acadêmico? Quantos talentos foram desperdiçados e quantas descobertas importantes deixaram de ser feitas por mulheres que não puderam ingressar em universidades devido ao machismo? Mas as coisas estão mudando e muito em breve essas ideias medievais servirão apenas para ilustrar as páginas dos livros de história.

Dani disse...

"Apenas por um esforço ela vai conseguir ouvir as palavras, porque seu coração está em outro lugar –- geralmente nos meninos."
Isso não vai contra o que ele diz que as mulheres distraem os homens?


Apoio o comentário do Anon das 14:53!

Infelizmente, a religião não pode ser levada a sério. Nem os religiosos levam, sempre colocam da forma que melhor lhes convém no momento.

Sou a favor do desenvolvimento de uma espiritualidade, muito diferente de religião. Não sigam dogmas, normas ou discursos destes perturbados. Procurem seus anseios, suas questões espirituais onde acharem que faz sentido. Não querer tudo mastigado (e manipulado) por instituições com interesses economicos e políticos.

roberto quintas disse...

Lola, já ouviste falar do paganismo moderno? [caching!] }|D

Anônimo disse...

Ainda não terminei de ler, mas o velho "vai distrair os meninos, aqueles SANTOS descontrolados e sem vontade-própria" me lembrou do caso da bandeirinha, que sugeriram ela que o lugar dela é na playboy. Que imbecilidade.