sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

HOMENS ESPAÇOSOS DEMAIS

Certos homens abrem as pernas mais que os dançarinos cossacos

Pedi pro querido Flávio traduzir este artigo de Nina Bahadur publicado no Huffington Post, pois não vi nada sobre o tema em blogs brasileiros. 
É sobre como muitos homens sentem-se no direito (o velho "entitlement") de se espalhar em espaço público (em espaço privado, então, nem se fala). Eles sentam com as pernas abertas, sem se preocupar se encostam em alguém. Recentemente publiquei um guest post em que o tema é brevemente abordado, e já veio carinha nos comentários explicar (o velho "homexplicanismo") que ei, homens têm testículos, e eles ocupam um espação. Daí sentar-se com as pernas mais espalhafatosas que um leque aberto. 
Hmm... Eu conheço muito homem hétero (e com testículos) que fecham e até cruzam as pernas. E o mais perturbador é que mesmo homens espaçosos (quando há uma mulher do lado) milagrosamente se encolhem quando correm o risco de roçar a perna num barbudão. Será que suas bolas caem? Depois elas voltam? Praticamente um ioiô de testículos?
Tá, é por isso que pedi pro Flávio traduzir o artigo. Porque certamente Bahadur terá coisas mais inteligentes pra dizer sobre o tema.

Provavelmente todos nós já nos sentamos ao lado desse cara no trem. Você sabe, o homem que insiste em descansar o cotovelo em cima de você, ou que ocupa um assento e meio para manter as pernas abertas, ou que fica de pé desnecessariamente colado em você, mesmo que o vagão está vazio.
É por isso que o Tumblr "Men Taking Up Too Much Space On The Subway" (“Homens que ocupam muito espaço no trem”) é tão bom. Mostra fotos do que o curador da página chama de “um clássico entre as manifestações públicas de privilégio” — homens ocupando muito mais espaço do que seu tamanho necessita.
Claro, os homens retratados nesse Tumblr não estão fazendo nada malicioso, mas é uma representação visual interessante da maneira como homens se sentem totalmente no poder para ocupar um monte do espaço público — e mulheres normalmente não.
Em um Tumblr similar, "Move The F*ck Over, Bro," (P*, cara, chega prá lá), o responsável respondeu inúmeras perguntas e críticas. Outros usuários escrevem para argumentar que homens consomem mais espaço porque são maiores e têm pernas mais compridas, porque precisam sentar-se com as pernas abertas para proteger as bolas, ou porque mulheres têm centro de gravidade mais baixo. Uma das nossas respostas favoritas dada pelo responsável pela página é esta observação muito importante: “Suas bolas não são tão grandes”.
O problema dos homens ocuparem mais espaços do que parece ser razoável não está limitado ao metrô. Um artigo de novembro de 2012 do Wall Street Journal investigou diferenças de gênero em viagens aéreas, e relatou que as mulheres frequentemente encontram passageiros ocupando seu espaço pessoal:
“Acho que homens simplesmente se sentem no direito e não percebem. Eles são desatentos”, diz Asya Kamsky, uma executiva na área de software que voa mais de 200 mil milhas por ano. Ms. Kamsky diz que defende seu espaço contra cotovelos e pernas invasivos. “Não tenho problema em chutar, se for preciso”, diz.
Em março de 2012, Natalie Rothschild, do site Vice, escreveu um post sobre um website sueco que também levanta questões parecidas, chamado "Macho In Public" (Macho em Público), perguntando:
"As mulheres suecas realmente se sentem ameaçadas por homens desmazelados no metrô? Isso pode ser seriamente construído como uma questão feminista? As feministas hoje realmente veem os homens como fracotes que são traumatizados por passageiros que sentam de pernas abertas e que não tem peito para dizer para outros homens moverem a bunda e dar espaço?"
O ponto aqui não é que as mulheres se sentem fisicamente ameaçadas ou temem pedir a alguém para chegar para lá. É apenas interessante observar a diferença muito clara que existe entre homens e mulheres quando o assunto é quanto espaço eles se sentem confortáveis em ocupar em público — especialmente quando mesmo sem intenção, estão sendo inconvenientes com os outros.
Em um post de 11 de setembro para o blog Sociological Images, a professora de sociologia Lisa Wade escreveu sobre como o gênero pode impactar a linguagem corporal:
"Uma pessoa do sexo feminino mantém seu corpo diminuto e contido; assegura-se de que não está tomando muito espaço, ou se impondo. Caminha e senta de maneira compacta. Não cobre a largura da calçada ou se espalha para além da cadeira que ocupa."
Isso nos soa familiar. E embora não estejamos sugerindo que as mulheres comecem a ocupar grandes quantidades de espaço no trem ou comecem a gritar com quem elas perceberem agir assim, pensamos que talvez seja legal mostrar para um cara o quanto ele está sendo ridículo com um simples “Com licença, dá para chegar para lá?”
Em San Francisco, como se o transporte fosse só dele

83 comentários:

Patty Kirsche disse...

Nossa, sempre prestei atenção nisso. Quando eu andava de metrô todo dia, comecei a sentar com as pernas abertas sempre que aparecia um homem do meu lado só para ele se tocar. Eles realmente acham que porque têm pênis têm o direito de sentar com as pernas abertas. Asqueroso.

Anônimo disse...

Evito ao máximo invadir o espaço alheio, mas às vezes é fisicamente impossível. No metrô de São Paulo as cadeira que é verde nessa foto fica numa distância ridícula da cadeira da frente. (foto: http://3.bp.blogspot.com/-BeXr0NywhVk/TZt4IjZT8jI/AAAAAAAAB_s/Px1Zq2CRyfw/s320/images.jpeg) As soluções sendo (1) virar para o lado e ficar de costas com a pessoa na janela (sentando no corredor, pq na janela fica impossível, (2) abrir as pernas e invadir o espaço alheio, (3) ficar em pé, mesmo eu tendo pago a mesma passagem que todos os outros passageiros. A primeira é desconfortável e incomoda as pessoas no corredor, a segunda foi o tema discutido no post e a terceira é injusta, tenho o direito de estar cansado e querer sentar.

Anônimo disse...

#classemediasofre

Anônimo disse...

Eu sento de pernas bem abertas, não tanto a ponto de ficar ridículo. É confortável, é masculino, fica bonito.
Agora, se eu estou num ônibus,trem,avião,metrô, com pessoas apertadas óbvio que eu fecho mais as pernas.
Pior do que isso são as bolsas femininas. Encima de cadeiras, ocupando espaços, e as mulheres se fazendo de loucas que não te viram, eita. Aí você pede para tirar e elas se irritam, isso sim é abuso,lol.

RavenClaw~ disse...

Pois é. Eu concordo com a moça das milhas. Tb chuto. Principalmente em certas linhas de Curitiba aonde não importa quantas pessoas tem no ônibus, sempre tem aquele q vai encostar em vc.


*quanto tempo vai levar pra alguém dizer 'se não quer encostar em ninguém compre um carro'?

Só pensando.

Anônimo disse...

Mais uma vez - falta de educação, noção e civilidade...

Jane Doe

Carmen D'Silva disse...

Para mim isso vai muito além da mentalidade machista de que os homens tem direito de fazer o que bem quiserem, é também de uma falta de educação imensa digna de um neandertal.
Qualquer um (principalmente mulheres) que já tenha usado transporte público pelo menos uma vez na vida já notou como alguns homens são realmente bem inconvenientes, como destacou o texto principalmente se a uma mulher ao lado alguns só faltam sentar no colo dela, agora se é um homem ao lado se encolhem todo pra não tocar nele.
Como tenho noção de que ninguém tem o direito de desrespeitar o meu espaço, se noto que um homem está tomando meu espaço desnecessariamente, falo em voz alta para que ele “chegue pra lá!”.
E sabe o que acontece? Eles sempre ficam encabulados e se recolhem todo, acredito que alguns homens estão tão acostumados a fazer com as mulheres o que bem quiserem sem que elas expressem o mínimo de atitude, que quando uma ousa levantar um pouco a voz eles se assustam.
Como diz o texto “talvez seja legal mostrar para um cara o quanto ele está sendo ridículo com um simples “Com licença, dá para chegar para lá?”.
Mulheres acreditem são com pequenas atitudes como essa que vamos de pouco em pouco mudar a nossa sociedade, não permitam que façam com você nada que você não queira ou te faça se sentir mal.

jacmila disse...

Let´s take back our space

http://youtu.be/ScoOF2GDFrM

A proprietária será q conhece?

jacmila

Anônimo disse...

Carmen, acredita que eu tenho medo de pedir pro cara chegar pra lá? Uma pessoa que tenha essa atitude não pode ter boas intenções. Tenho medo de que, ao pedir, o cara comece a dar piti, dizendo que sou fresca, ou então, me agrida.

Anon 16:27, não, não é bonito. Talvez outros homens achem, mas as mulheres vão te achar no máximo, um folgado.

Anônimo disse...

sempre enfrento o mesmo problema descrito no post, seja no onibus ou no metro. a folga dos homens nao tem limites. meu sangue ferve.

mas em relaçao as fotos que mostram homens com os pés e ou pernas sobre um assento vazio, nesse caso a realidade nao se restringe a eles. vejo diariamente, no metro, mulheres (geralmente jovens) reproduzindo essa cena.

maria rita

Rodrigo Antonio Toso disse...

Só rindo desse anônimo das 16:27 que senta escancarado porque "é masculino, fica bonito". Ai, ai...
Eu sempre tomo muito cuidado pra não tomar o espaço alheio no transporte público. Mas não se enganem, embora aconteça, sem dúvida nenhuma, muito mais com as mulheres, alguns homens tentam tomar o espaço de outros homens também. Já entrei em uma porção de "brigas" de empurra-empurra com sujeitos folgados que estavam tentando se apoderar do meu espaço.

Iaiá disse...

Nossa, isso acontece muito! E às vezes não tem nada a ver com assédio. É a noção de espaço que é diferente. Os homens são criados acreditando que o mundo é deles, que eles podem tudo. Não têm medo de ocupar espaços. Nós somos criadas para sempre nos preocuparmos com o espaço do outro, nos preocuparmos se estamos incomodando. Já tinha reparado, por exemplo, que se uma mulher senta no meio de dois caras no avião, ou no cinema, fica sem encosto para os braços. Eles muito provavelmente vão ocupar os dois encostos sem preocupação. Já nós ficamos preocupadas: "será que o vizinho quer encostar o braço?", "será que estou incomodando?".

Anônimo disse...

Nossa q asqueroso!homem sentando de perna aberta! Kkkkkkk daqui a pouco o homem q ousar respirar o mesmo ar q uma mulher vai ser um monstro

Anônimo disse...

Anon 16h27 diz: Eu sento de pernas bem abertas, não tanto a ponto de ficar ridículo. É confortável, é masculino, fica bonito.

Pffff.. Imagina o diálogo (aviso: contém estereótipos):

Mulher 1 - Olha lá, amiga! Que homem mais lindo, todo másculo!
Mulher 2 - Qual? O moreno fortão, de barba por fazer?
Mulher 1 - Não, boba! O sentado de perna bem aberta!

É... Já ouvi milhares de vezes... só que não.

Anônimo disse...

EU MANDO ENCOSTAR PRA LÁ, SIM!!! E ai dele se não gostar e vim falar merda para mim, mando tomar no cu e ponto. Cada uma, não sou obrigada a ter marmanjo se esfregando em mim.

Anônimo disse...

Boa ideia, anonimo. Quando um cara vier se esfregando em mim, coloco a minha bolsa em cima dele para ver se ele gosta. hahahahahaha

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Acho que esse é um dos pontos que não adianta só ficar falando, a gente tem que se manifestar ou fazer alguma coisa. A cultura taí do jeito que tá, pro cara tá muito cômodo então do nada ele não vai mudar e vai que de repente, nem percebe que está incomodando.
Se o cara do meu lado começa a exagerar, posiciono meu cotovelo de um jeito que se ela invadir meu espaço, vai ficar incômodo é pra ele.

sabrina disse...

o que disseram é verdade mas falta de educação n é exclusividade dos homens.
ja sentei perto de homens com as pernas arreganhadas(será q é para refrescar as bolas?),outros sentavam direito.
tem mulher que tem respeito pelos outros e outras muito folgadas ,lembrei q quando eu era criança com uns 12 anos,uma folgada começou a discutir com a minha mãe dentro do ônibus pq queria que eu levantasse para dondoca sentar pq ela era mais velha...
se ela fosse idosa teria razão mas devia ter uns 30 e poucos anos,se ela pegou o ônibus lotado problema dela.
e as vezes quando estou na van e entra algum passageiro,tem mulher e homem tb ,que vê a pessoa entrando mas n se move um centímetro para dar mais espaço para todos.

Edson disse...

Tbm sempre me irritou isso no ônibus (na minha cidade não tem trem). Infelizmente é culturalmente considerado masculino sentar com a pernas arreganhadas.
Isso de colocar a perna em cima da cadeira, acho ridículo tbm.
Já vi tanto homem quanto mulher colocando os pés na cadeira da frente no cinema. É uma falta de respeito!

Anônimo disse...

Nós podemos pois temos honra e respeito à Vida!
http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2014/02/homem-tenta-salvar-namorada-e-morre-afogado-em-cachoeira.html

DESAFIO alguém aqui a mostrar UM caso de uma mulher que tenha morrido tentando salvar o parceiro. Desafio!

Renata disse...

Já vivi isso várias vezes.
Na semana passada estava um calor infernal e o rapaz ao meu lado no banco do ônibus estava ocupando o acento dele e metade do meu, de tanto que abria as pernas pra sentar.
Ele só se encolheu depois que eu em alto e bom som perguntei se ele estava assado, porque só isso justificaria ele estar colando a perna em mim.
Ele ficou todo ofendido e disse que estava com as pernas fechadas.

E quanto ao rapaz aí em cima, que disse que sentar com as pernas abertas é bonito: por que você acha que sentar de pernas fechadas não é bonito? Porque é como as mulheres foram ensinadas a sentar?
Desculpa, mas tomar espaço desnecessário não tem uma gota de beleza. Especialmente quando o transporte está lotado.

Anônimo disse...

Olha, tem que haver bom senso nessa questão de postura em transportes públicos, tanto para não incomodar os outros quanto para não dar um de chiliquento. Uma vez estava indo para a faculdade num microônibus. Era impossível não encostar o braço na outra pessoa que estava sentada do meu lado, pois os bancos eram muito estreitos. A menina foi o trajeto inteiro me cutucando para não encostar nela, pôxa, assim tb não dá. Detalhe: eu sou mulher e não peso 150 quilos para que a pessoa ache que estou invadindo o espaço dela.
Para pessoas assim, de boa, vou ter q recorrer à crítica do RavenClaw e sugerir educadamente que ela se locomova sempre de carro, para não ter nenhum reles mortal cometendo o disparate de encostar em sua pele aveludada.

Daniel Terense disse...

Eu nao vejo problema a pessoa (homem ou mulher) ser espaçosa se nao estiver invadindo o espaço de ninguem. Por exemplo, vc ta no onibus quase vazio, vc pode se espalhar no banco do lado, se ele tiver vazio. Agora se tiver outra pessoa é fundamental cada um ocupar somente o seu espaço.

Mariane disse...

"Eu sento de pernas bem abertas, não tanto a ponto de ficar ridículo. É confortável, é masculino, fica bonito."

Não vejo nada de bonito sentar de pernas abertas, pelo contrário, é ridículo. É tão ridículo que você não vê homens com mais classe e elegância fazendo o mesmo, porque eles têm uma coisa que você não tem: educação.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Eu sento de pernas bem abertas, não tanto a ponto de ficar ridículo. É confortável, é masculino, fica bonito.

--

Bonito? Só se for no seu mundo, porque sentar assim é uma tremeda falta de educação (pra dizer o mínimo)

Dá uma olhada nas fotos do post, do tumblr e me diz se isso é bonito.. Só se for no tempo dos homens das cavernas

Mari disse...

Sabrina, a mulher tinha todo o direito de querer sentar. Mesmo depois dos 12 anos, quando entrava um adulto no ônibus (sendo mais jovem ou mais velho) eu me levantava para a pessoa sentar. Sentava no colo da minha mãe ou ficava em pé e nem precisava que alguém me pedisse pra fazer isso, questão de educação mesmo.

Ainda hoje (com 22 anos) se o ônibus estiver lotado, sento no colo da minha irmã ou mãe para dar lugar para outra pessoa sentar. Bom senso faz bem, criança ocupando o lugar de um adulto é demais, ainda mais se o ônibus estiver cheio.

Adriana disse...

E eu pensando que era paranoia minha...
Eu sempre gostei de sentar de perna aberta, acho confortável. Levemente aberta. Sempre quando sento ao lado de um sujeito escancarado, eu trato de "competir" com o espaço pq na maioria das vezes, tenho preguiça de falar um "chega pra lá" por receio do sujeito simplesmente fingir que não ouviu.

A perna exageradamente aberta, me remete a questão do culto ao falo. Pois na cabeça de alguns quanto mais espaçado, maior é o documento. Isto é, jogo de poder disfarçado, já que para maioria das pessoa é natural os homens sentarem de perna aberta. Só que existe um limite. Só queria saber qual é a desculpa? Será que todos fazem por demonstração de poder ou é algo tao arraigado na sociedade, que eles o fazem involuntariamente?

Carol disse...

Sempre observei isso, porque sempre me incomodou bastante. Por eu ser pequena e magrinha, os homens sempre visam sentar ao meu lado -que aí podem se esparramar. Nunca consegui reagir, porque já presenciei ocasiões em que alguma moça reclamava e o cara começava a xingá-la ali no ônibus. Um dia eu estava sentada no último banco de um ligeirinho (ônibus que tem aqui em Curitiba) e um cara sentou no degrau e se encostou nas minhas pernas. Comecei a reclamar em voz alta para uma mulher que estava ao meu lado, e o cara fingia que não estava escutando, até que começou a me lançar olhares carrancudos e A SE ESPARRAMAR MAIS! Não tinha espaço para eu retirar ou encolher minhas pernas. E assim, o ligeirinho de fato estava muito cheio, mas todas as vezes em que eu sentei em um degrau nunca me encostei nas pernas de ninguém -nem nunca vi alguma moça se encostando.

Beatriz Correa disse...

Hoje msm, qndo voltava pro trabalho, um folgado sentou do meu lado arreganhando as pernas (e ainda batendo o joelho no meu, como qm diz "Dá espaço pro meu pau se ajeitar!" )
Fiquei com as pernas abertas, com a bolsa no colo,mas de jeito nenhum deixei o babaca se arreganhar.

Sara disse...

Ta pra aparecer algum lugar nesse planeta onde homem não é espaçoso, eles se julgam os reis de tudo, ainda mais dos espaços públicos como ruas e transportes.
A mulher que se recolha a sua insignificância e bem encolhidinha não é???

Anônimo disse...

Anônimo das 18 e 22, todos os dias uns 10 homens matam suas namoradas, esposas, ex-namoradas. É contra essa realidade que lutamos.
Legal que de vez em quando algum resolva fazer o contrário né.
Parabéns pra ele.

Sara Marinho disse...

anônimo das 18:22

Essa senhora morreu para salvar o marido´, achei a notícia assim que procurei no google, há mais, sem dúvidas. http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL779062-5598,00-MULHER+MORRE+APOS+SALVAR+MARIDO+DE+INCENDIO+NO+RECIFE.html

De brinde, tem essa história que eu já conhecia, da modelo que se arriscou para salvar seu filho e a babá de afogamento:

http://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2013/04/heidi-klum-salva-babas-e-filho-de-afogamento-veja-fotos.html

Ela salvou o filho, e voltou para salvar a babá, não foi no mesmo pacote, é uma pessoa decente corajosa, não somente uma mãe dedicada.

Se você procurar por homem que mata esposa, vai achar notícias ilimitadas mundo afora, essa proteção nata masculina tá meio furada hein. Acho que o que acontece é que temos homens e mulheres corajosos e decentes, que são heróis de vez em quando.

Anônimo disse...

Nós construimos esta jeripoca de sociedade, com muito sangue e suor, nós somos a classe dominante deste planeta, eu reconheço meus privilégios,dado a mim pelos meus antepassados, e não vou abrir mão de nenhum, se asmuié quiserem, que venham buscar.Vocês tem que se submeter a nossa vontade e pronto.
E tudo isso apara não podor sentar com as pernas abertas? sento mesmo, mostrando meus poderosos e vigorosos bagos para o mundo.

Anônimo disse...

nossa, que "noojo alguém sentar com os bagos de fora"

Paula disse...

gente, uzomi sentam que parecem que tão parindo, ne?

César Marques disse...

Os trolls daqui já foram mais "esforçados". Agora já estão apelando até pra "sentar com os bago de fora" para aparecer. kkkk

sabrina disse...

nossa! dá um piti e exigir que outra pessoa levante para poder se sentar é ter bom senso?
é muita falta de educação e é ser muito folgado,que eu saiba qualquer um tem direito de se sentar no ônibus.
se a mulher folgada e espaçosa q me encheu o saco quando era criança respeitasse alguém faria como a maioria e como eu faço,que é esperar vagar algum lugar ao invés de fazer escandalo.
só cedo lugar para idoso e gestante,o resto q espere.
tem graça eu mandar uma criança ou qualquer um levantar só pq eu quero...

Anônimo disse...

Sawl

PARA Anônimo mal informado das 18:22

Mulher salva marido segurando o homem pela cueca:
http://noticias.r7.com/internacional/mulher-salva-marido-suicida-segurando-o-pela-cueca-02082013


Mulher salva marido e Filho de Acidente com caminhão:
http://www.nortaonews.com.br/videos/306/Mulher-salva-marido-e-Filho-de-Acidente-com-caminhao

Coragem NÃO tem sexo meu caro!
Conheço várias mulheres que são infinitamente mais corajosas e valentes do que muitos homens metidos a machões!

Sawl - Always the Rebel

Anônimo disse...

Sawl - The Rebel

PARA Anônimo Mascu-troll que se "acha" das 20:09

Sim, seus antepassados "construíram" a sociedade com muito sangue e suor dos OUTROS(índios, orientais, negros, judeus, mulheres, enfim, minorias que sofreram humilhações, escravidão, guerras de seu "povo").
"Vocês" a classe "dominante". Em certos círculos sim, mas, mulheres entre outras minorias estão (esmo com discriminações) ocupando cargos de poder(caso não saiba, seu imbecil!).
Seu "privilégio", ser acéfalo e digno de pena, foi dado por uma SOCIEDADE MACHISTA, PATRIARCAL E ATRASADA! Quanto mais as pessoas são colocadas em patamar de igualdade qual seja seu: sexo, raça, gênero, opção, nacionalidade, etc, MAIS EVOLUÍDA é uma sociedade!
Seu "privilégio" é cultural, mas, NÃO é o determinante de NENHUM mérito!

As "muié"?! Vc por acaso seu idiota NÃO terminou o ensino fundamental? Sua escrita é referente à um típico analfabeto funcional.
Se "submeter a nossa vontade"?! Você tirou esse trecho de onde? Uma peça infantil? kkkk
Não meu caro, vivemos em uma sociedade que apesar de atrasada temos que RESPEITAR TODO ser humano independente de quem seja!
Nenhuma mulher tem que se "submeter"(vc poderia ser mais ridículo do que isso?!) a vontade de nenhum homem por este ser um imbecil como você que acha que tem que impor sua vontade! É o mesmo que você querer fazer sexo com uma mulher porque a achou atraente, ela NÃO te querer e você achar que ela deve se "submeter" à você, mesmo à força. Neste exemplo, isso se chama estupro, e você pode ir pra cadeira por isso!
Quando tua MÃE(sim, uma MULHER te botou nesse mundo, embora eu ache que vc deva ser filho de chocadeira) te botou neste mundo, foi pra vc ser um homem de boa índole, bom caráter que respeite as mulheres e seres humanos em geral, que contribua pra este Mundo! Ela NÃO te colocou no Mundo pra vc se preocupar com seus patéticos BAGOS que devem ser vigorosos somente pra VOCÊ, porque só uma mulher com péssima alto estima e problemas mentais, sexuais e de amor próprio se envolveria com um homenzinho do teu tipo!
Aliás, pra enaltecer tanto os homens é porque você deve ser secretamente um enrustido.
Um homem de verdade RESPEITA os outros, respeita as mulheres. Sentar de forma correta, dando espaço pra seus iguais e mulheres é questão de EDUCAÇÃO. "Mostrar bagos" e deixar as pernas escancaradas NADA tem a ver com masculinidade e sim com falta de educação e respeito!
O Mundo precisa de homens e mulheres de verdade, não de seus ridículos, patéticos e fracos bagos que são equivalentes aos seus neurônios!

Sawl - Always the rebel

Carmen D'Silva disse...

Ao anônimo das 17:47:
Sei como se sente, nos mulheres fomos “educadas” a não nos impomos contra os homens, mais vai por mim a maioria dos homens se assustam com uma mulher que tem coragem pra levar a voz pra eles, e ainda mais se tratando de transporte público é difícil não ter mais gente envolta logo o homem não vai ter coragem ou melhor ser covarde pra falar merda pra você por que esse tipo de homem covarde que bate em mulher tem medo de apanhar de outros homens. Você simplesmente manda ele se afastar e ele vai comigo sempre funcionou.

Ao anônimo das 16:27 :
Cara eu me sinto na obrigação de te disser isso caso você não tenha notado por conta própria: -Homem com as pernas arreganhadas NÃO É BONITO, sério cara você deve se o único ser humano na face da terra que acha esse ato grotesco bonito.

Ao anônimo das 17:47:
KKKKK! É bem isso mesmo, mulher nenhuma acha bonito homem folgado.

Ao anônimo das 18:00:
Palmas! É isso mesmo ninguém tem o direito de invadir o espaço de ninguém desnecessariamente, muitos vão achar que é frescura nossa mas só mulher sabe o que é viver num mundo com homens (quero disser animais no cio) a todo momento tentando se aproveitar de nós.

Eliana disse...

Mari, Você deve ser bem levinha..
E também tem direito de ocupar o seu espaço. Se a criança é pequena e não pagou passagem, tudo bem levantar. Pra idosos também, apenas. É o que eu penso.

Erres Errantes disse...

"Anônimo disse...
#classemediasofre

7 de fevereiro de 2014 16:21"

Oi??? Quem anda de transporte público é classe média, é? Hum...
Os trolls já não sabem mais nem como trollar.

Kittsu disse...

Carol, ou seja direta ou não fale nada. ficar tentando falar pra terceiros na esperança de que a pessoa note só serve pra dar ares de fofoca à sua reclamação, o que a deslegitima. faça terapia pra perder esse medo todo...

Anônimo disse...

KKKKK! É bem isso mesmo, mulher nenhuma acha bonito homem folgado.

-------------------
Bom na minha vida de escola e depois de universidade, afirmo que é o contrario.

Anônimo disse...

Eu sou homem, tenho 1,92 e não tenho necessidade de sentar com as pernas arreganhadas no trem ou no metrô, mas já vi esses espaçosos. Esse negócio de que homem necessidade de sentar com pernas abertas é conversa. O banco do metro dá pra sentar normalmente sem machucar "o membro", pois permite que você mantenha as pernas um pouco separadas, mas sem invadir o espaço do outro. E vejo também uma outra cultura masculina que é de querer ouvir som alto dentro do transporte público. Em 95% dos casos em que eu vi alguém com o celular ouvindo som sem o fone, esses eram homens. E esses idiotas parecem que ficam desafiando alguém pra vir reclamar com eles. Percebo isso também nos carros, como os caras gostam de colocar o som nas alturas sem se preocupar com os outros que vão ouvir o seu "bom gosto" musical.

Anônimo disse...

As pessoas que comentam aqui andam de ônibus e metrô? eu ando e não vejo essas coisas com essa frequência toda que dizem aqui não. apertado e para todo mundo, tanto para os homens,como para nós, tem gente mau educada, tanto homem como mulher.
Não estou defendendo ninguém, mas a forma como falam, parece que todos os homens são mau educados, e isso fosse a regra, não a exceção, como se eles fossem alienigenas de outro mundo. Menos né gente!

Anônimo disse...

Iasmuié??

Pitulito disse...

Sou homem, hetero, tenho testículos e não sinto a menor necessidade de sentar de pernas abertas. Na verdade o problema é mais complexo até: a falta de respeito pelo direito do próximo. Eu tenho direito de ocupar um lugar; o próximo também. Se o lugar que me cabe é desconfortável ou pequeno, que eu e todos que se sintam lesados reclamem para que o espaço de cada assento aumente. Mas o que realmente acontece é que as pessoas ocupam mais espaço que deveriam em favor do próprio conforto, e os outros que se danem. Esta falta de respeito é praticada por homens e mulheres. No caso aqui relatado, descordo em apenas um detalhe: os homens não se encolhem mais para não encostar em outros homens; eles se arreganham mais, como se estivessem expulsando o outro. Se você força para sentar eles medem força com você. Isto é um absurdo. Parecem que estão só esperando você reclamar para partirem para a discussão e ignorância.
Enfim, o que apreendo disto tudo é que cada vez mais, seja por sentar de pernas abertas ou por qualquer outra forma de desrespeito pelo direito do outro, as pessoas vivem como bombas-relógio, prontas a se estourarem e descontar no outro seus estresses e frustrações do dia-a-dia.

Thaís disse...

Quem nunca ouviu falar que no ultrassom, quando o feto esta de pernas cruzadas é menina, por isso não da para ver??? Será que o feto já tem a convenção social que menina tem que fechar as pernas e homens tem que abrir. Cada uma viu???

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk não consigo parar de rir do troll "poderosos bagos".
primeiro ele diz q foram eles que construíram "esta jeripoca de sociedade". VDD foram os homens e o machismo que construíram essa merda de sociedade desigual, onde os mais fortes ou mais ricos ou mais poderosos exploram os demais.
o ponto é exatamente este. achamos essa sociedade q vcs construíram é uma bosta e queremos mudar.

agora, "poderosos bagos"?! de onde q vc tirou isso, meu filho? os bagos são a parte mais fraca dos homens. É só dá um chutinho q vcs caem de dor. Minha irmã uma vez se livrou de um trio de assaltantes pq um deles deu mole na frente dela e ela mandou um chute bem nos bagos. caiu chorando e gritando de dor, os outros dois foram ajudar e ele fugiu.
reveja seus conceitos de sociedade e de bagos, please!

aiaiai

Anastasia disse...

Achei engraçado o cara que disse que sentar de pernas abertas é bonito, masculino, eu acho feio! (Muito abertas como os da foto) mas quando ele falou das bolsas das mulheres que ocupam cadeiras, aí concordo, a questão de ser espaçoso tb acontece com mulheres,
Para homens nao tenho coragem de mandar chegar pra lá, sei lá como falaram acima e se o cara der piti?
Mas com bolsa de mulher em cadeira já ate cheguei a tirar por no chão quando tinha pedido pra sentar que estava muito cansada a mulher fingiu que nao ouviu,
Peço mesmo, se me ignoram falo que bolsa não cansa e eu tiro mesmo e sento.

Sarah Luna disse...

Sempre odiei isso! Confesso que quando o ônibus está vazio e não há pespectiva de ninguém subir fico largadona e ocupo espaço. Isso pq os transportes públicos são muito apertados. Mas em metrô e ônibus cheios jamais! O pior é quando o cara dorme, vai ficando relaxado e abrindo mais as pernas. Que raiva!!

Anônimo disse...

Meio firstoworldproblems, mas blezes.

Quanto a moça do avião, uma ressalva, supondo que ela é menor que o homem que está "invadindo" o espaço "dela", que esse espaço que ele invadiu não a deixa apertada e que ele não está folgadão, mas sim invadinndo para ter um certo conforoto por a cadeira ser menor do que necessário para ele, aí acho babaquice ficar chutando ocara pois "o espaço desse braço para cá é meu mimimimi". Inclusive isso é preconceituoso contra obesos. É a isonomia, em vez de um espaço igual para todos, um epaço igualmente CABÍVEL para todos, que será diferente para uma pessoa de 2m e 120kg e outra de 1,55m e 45kg.

RavenClaw~ disse...

Huashuashuahsua poderosos bagos é melhor do que o Peão, gente. Poderosos. Bagos. Poderosos! Huashuahzhahshuashu

jacmila disse...

Taí um cuidado q procuro sempre ter em qq lugar; estou sempre atenta, no supermercado p.ex. procuro deixar o carrinho onde não atrapalhe. Só achei feio demais a dona lola e suas fãs me xingarem de arrogante no meu guest post, xingar alguém sem conhecer pessoalmente é q é arrogância!

Cão do Mato disse...

Eu sou homem e sempre procuro me sentar de pernas fechadas, não importando se quem está ao meu lado é homem ou mulher. E concordo: esses caras que sentam com as pernas arreganhadas são extremamente inconvenientes. E nem adianta pedir licença, o cara não se toca...Acho que as mulheres deveriam fazer um escândalo, tipo "ei, dá prá parar de se esfregar em mim?" O negócio é constrangner esses idiotas.

lola aronovich disse...

Oi, gente! No final do meu post sobre a acusação de Dylan Farrow a Woody Allen, incluí um longo update sobre um artigo que Woody publicou ontem, com a sua resposta. Fiquei indecisa se faria um novo post (o tamanho do udpdate daria um novo post, fácil), porque não quero ressuscitar todo o furor de quem não aceita discordâncias (porque, sei lá, ler "Morra Lola morra" de feminista porque eu acho que não houve abuso é um pouco demais). Mas acho que perdido lá no fim do post, pouca gente vai ler. Por isso estou avisando aqui: vão lá no final do post.

Julia disse...

Só queria dizer que morri de rir com a sua introdução pra este post, Lola. Dançarinos cossacos foi demais. Posso não concordar com você sempre (como no caso do Woody Allen) mas gosto do seu blog e de você.

Anônimo disse...

RavenClaw

Nossa gata vc não me esquece jamais!

Ai, eu não sou carteiro, mas sei q temos uma certa correspondência entre nós!

Que tal?

Bjos no seu coração!

Peão da Obra

Anônimo disse...

Anônimo de 7 de fevereiro de 2014 18:22, eu nem devia me dar o trabalho, massssss:
http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL779062-5598,00-MULHER+MORRE+APOS+SALVAR+MARIDO+DE+INCENDIO+NO+RECIFE.html

Tá bom assim pra você calar a boquinha?

Anônimo disse...

Isonomia no avião, essa foi fantástica. Então quer dizer que, porque eu tenho menos de 1,60, tenho que ceder uma parte do meu espaço pro homem gordo do lado, porque senão é preconceito contra obesos?? A poltrona é igual pra todo mundo, todo mundo compra passagem em igualdade de condições, se vc é muito grande, compre duas ou vá de primeira classe. Não vá achando que seu sexo ou tamanho te dá direito de invadir espaço alheio!

Anônimo disse...

Mas se for o Woody Allen, pode até sentar pelado que não vai ter problema né? kkkkkkkkk

Anônimo disse...

Kkkkk esperem sentadas e encolhidas pq eu vou continuar sentando de perna aberta,os incomodados q se mudem.
E n podia faltar feminista pagando de boa samaritana,uma ai dizendo q senta no colo da mãe para outro poder sentar,q lindo! E se estiver sozinha vai sentar no colo de estranhos para favorecer alguem ou vai ficar em pé e ceder seu lugar?
A outra cede lugar para gestante e idoso,pq tenho q levantar para gestante? Gravidez n é doença,engravidou pq quis e se o idoso ta cansado, eu tb volto morto do trabalho,n dou lugar pra ninguem mesmo.
Isso n é educação é a hipocrisia da sociedade,ninguém gosta de ir em pé mas a "educação" diz q vc deve se ferrar por causa dos outros.

Marina P disse...

"Isonomia no avião, essa foi fantástica. Então quer dizer que, porque eu tenho menos de 1,60, tenho que ceder uma parte do meu espaço pro homem gordo do lado, porque senão é preconceito contra obesos?? A poltrona é igual pra todo mundo, todo mundo compra passagem em igualdade de condições, se vc é muito grande, compre duas ou vá de primeira classe. Não vá achando que seu sexo ou tamanho te dá direito de invadir espaço alheio!"

Eu discordo! Já fui magrinha mas no momento estou acima do peso e em alg6ns voos o espaço do assento é muito pequeno, mas muito pequeno mesmo e para quem está acima do peso é difícil não ocupar um pouco do espaço alheio. Idem em ônibus, metro, etc. Uma peszoa com uns quilos a mais consegue ficar num espaço pequeno, mas uma pessoa obesa não consegue. O idela seria que os assentos tivessem um tamanho um pouco maior, para que não acontecesse de invadir o espaço dos outros. De uns tempos pra cá os assentos foram reduzidos em vários meios de tramsporte e isso complicou a vida de quem é gordo. Acredite, já andei em ônibus super encolhida e me contraindo pra não incomodar a pessoa ao lado, mas em alguns casos isso não funciona. Acho simpático, se vc é uma pessoa miúda, ceder algum espaço para a pessoa obesa. Ok, o valor pago foi o mesmo, mas isso faz uma grande diferença para a pessoa gorda e faz ela se sentir mais incluída. Ninguém é obrigado a agir assim, mas acho cordial e fico agradecida quando alguém faz isso.

Rosí disse...

" para nós mulheres, estar em um transporte publico coletivo significa, um desafio cotidiano em defesa da inviolabilidade de nossos corpos."

Julia disse...

Anon 18:47
No seu caso já passou de falta de educação. Você é escroto mesmo.
"Engravidou porque quis".. Envelheceu porque quis também com certeza..

Patrícia disse...

Eu tento ficar o mais espremida possível para não ter contado com esse tipo de homem, mas o que é muito pior para mim é quando sento em um bando que dá para o corredor e sempre tem um engraçadinho que gosta de ficar se esfregando no meu ombro, isso sim me dá nojo.

RavenClaw~ disse...

Nossa Patrícia, muito! Outro dia dei uma cotovelada no bilau do cara que ele até achou espaço em outro lugar no ônibus! hsauhuahs Malditos tarados.

Anônimo disse...

Lendo os comentários, quantas de vocês REALMENTE usou transporte público? E pior, quando estava GRÁVIDA? EU cansei de usar, ônibus (linha 637G pra ir pra USP, da minha casa em Santo Amaro), e o trem. E grávida, durante toda as minhas 2 primeiras gestações.
Primeiro, existe algo nos ônibus chamado COBRADOR, que se você estiver se sentindo lesada, você chama ele e ele resolve. RESOLVE sim. TODAS as vezes que chamei ele resolveu.
E SIM, um "OOO filhão, com licença aí" resolve. Já perdi a conta de quanto fiz isso.
A ÚNICA vez que deu problema foi um moleque de uns 19 anos, no banco de gestante, que fingiu estar dormindo pra não sair. Eu encaixei a barriga de 8 meses no ombro dele, e disse "já que não quer sair, então ajuda a carregar". Quando ele fez um movimento mais brusco, nada de mais, fiz O ESCÂNDALO. Sim, gritei mesmo. Aí o ônibus inteiro começou a massacrar o moleque e ele saiu.
Não dá pra ser pombo em um mundo de gaviões (leiam Gould e Dawnkins pra entender). Simplesmente a solução do sistema dinâmico expulsa os pombos da jogada.
Então é melhor largar a mão de ser Cinderela e agir como bruxa má. É seu direito, mas o Estado não pode colocar agentes em todos os ônibus, e eu estou DE SACO CHEIO dessas whinninistas reclamando de homem o tempo todo.
Contra primitivos, usem clavas. Maças. Bodoques.

Y ♥ disse...

Eu sempre peço "licença" pras pessoas repararem o quanto estão sendo sem noção.
Um dia o cara começou a gritar comigo que ele precisava de mais espaço. E eu gritei de volta. Berrei a plenos pulmões pra ele largar de ser abusado que o valor da minha passagem era o mesmo que ele havia pagado e se ele queria ocupar os dois bancos que pagasse o dobro.
É incrível como eles se sentem não só no direito de intimidar, como te atacar se você questiona

Donato disse...

Tento ocupar o menor espaço. Sento de pernas fechadas. É irritante os caras tentando se esparramar e disputar espaço. transporte coletivo não é ringue, é cansativo.

Anônimo disse...

Eu procuro não espremer as pessoas, mas quando o trem/ônibus está vazio ou com muitos lugares sobrando eu não vejo motivo para não me recostar e usar o assento do lado pra colocar minha mochila, espaço é uma coisa que quando está sobrando não precisa ser economizado, poupado para o futuro horário de pico.

Anônimo disse...

Meu corpo minhas regras! kkkkkkkkkkkkk...

Claiton Barcellos disse...

É tanto feminismo que a mulher já si incomoda até com o jeito que um Homem senta, é só abrir a boca e pedir a ele que feche as pernas e pronto, ou, abra as sua pernas tmbm, afinal si o Homem si sente no direito de abrir as pernas assim vcs Mulheres tmbm têm, as Mulheres que aqui falam si consideram perfeitas demais porem si casam com Homens ao invés de si casarem com outro ser perfeito como elas...

Anônimo disse...

Eu achei uma atitude vulgar esses homens que sentam com as pernas abertas, mostra claramente que na vida não são homens educados.Se você fizer um perfil psicológico é daqueles homens que falam alto arrotam na mesa e comem de boca aberta. Homens sem classe, ou seja homens vulgares.

Anônimo disse...

A maioria dos homens não são assim. Mas a bem da verdade é que muitos homens são negligenciados em sua educação. Muitos pais (e mães!) não ensinam seus filhos a sentarem-se direito, aliás, a portarem-se corretamente em lugares públicos.

Quando meninos querem fazer xixi, as mães e pais encostam a criança em qualquer lugar e a deixam urinar feito um cachorro na rua. Mas se é uma filha, ficam feitos loucos a procurar por banheiros.

Acho que tudo isso é medo de ter filhos gays...

Anônimo disse...

Corrigindo acima: A maioria dos homens não é assim...


Agora, lendo algumas respostas... é tanto sexismo que não dá nem para levar a sério qualquer discussão.

Anônimo disse...

Ué, alguns fazem por capricho, mas outros por necessidade. Você já parou pra pensar em como fica aquela região que tem o orgão, o resto e tudo mais quando fica "encolhido"? É desconfortante e as vezes dói. Concordo que invadir o espaço da outra muito é errado, mas agora só um pouco não faz mal...

Anônimo disse...

E bolsa senta? Bolsa tem bunda? Cansei de ver folgadas ocupando espaço alheio com essas tranqueiras. Quando não é o espaço do banco em si é o espaço aéreo. Asqueroso.

Anônimo disse...

Tudo bem devemos respeitar os espaços dos outros, mas vejam comigo eu sendo homem, estou la no onibus, metro em qualquer lugar que seja sentado se eu sento com as pernas fechadas as outras pessoas irao pensar que eu sou gay e alem do mas isso e questao de cultura uma mulher sentar de pernas abertas nao fica nada... eh como se diz!%? feminino o mesmo e o homem. Eu nao sento de perna fechada de jeito nenhum mas nao ocupo espaço dos outros.

Anônimo disse...

Anon das 22:06 se você é tão inseguro da sua masculinidade que não pode nem ser educado num espaço público então se tranque em casa e nunca mais saia ou compre um carro. Vá ser folgado no raio que te partiu, babaca!

Anon 01:54 suas bolas NÃO SÃO tão grandes assim.

Anônimo disse...

eu sou espaçoso eu me acomodo fácil, durmo onde for possível, adoro janelas, mais só quando não estou interferindo no espaço alheio se tiver em algum lugar apertado até me ofereço para segurar bolsas embrulhos o que for, também ofereço meu espaço para homens/mulheres com crianças, idosos, isso é básico isso é ter educação, indiferente do sexo, mas qdo tem espaço, tipo ultimo metrô em sp antes de fechar não penso duas vezes uma vez até mostrei p 2 garotas que se elas esticassem as perna e colocassem os pés sobre minhas pernas teríamos 3 lugares folgados para relaxar até dividi minhas musicas um fone pra cada enquanto eu ficava desenhando... mas eu acho que não há problema também na pessoa ao lado me dizer olha abaixa esse som, desencosta de mim, ou mesmo olha esta quente aqui tem como trocar de lugar que eu possa me arejar um pouco, não há problema ao invés disso é ótimo haver interação dessa você aprende com seus erros e melhora em relação coma sociedade, meu problema maior é não perceber quando um gesto bobo ou uma frase podem ser entendidas com segundas intenções, eu realmente sou avoado... eu diria até inocente, bobo talvez infantil...

Rock Folk Indie disse...

Concordo que alguns caras são bem sem noção sendo preciso uma atitude mais incisiva e necessário falar de forma séria, direta e até autoritária. Mas a grande maioria dos homens não são monstros de outro planeta, coabitamos aqui e agir com positividade resolve boa parte dos problemas.
Então sugiro um simples, por favor feche um pouco mais suas pernas(tranquilo), estou caindo aqui moço (com humor), Vc pagou duas passagens?(na tpm) kkk se tocam na hora e não vão querer encrenca com uma mulher com seus hormônios a flor da pele.
A vida é curta exercer e cobrar a cidadania é dever de todos mas sem extremos e generalismo, devemos gastar nossas energias sabiamente a vida já é cheia de desafios. Na educação dos homens não é imposto que senti de forma ereta o tempo todo como a das mulheres não que seja certo ou errado é cultural então cobrem disso de seus filhos homens ou não sejam tão rígidas com suas filhas a mudança começa com nós. Podemos e devemos mudar as desigualdades. E para finalizar um pedido de desculpas em nome dos homens não somos tão evoluídos como vocês mas a amamos e não sabemos viver sem vocês mães, esposas,namoradas, filhas, irmãs, colegas, amigas(se for casado não pode rshsrsh).