domingo, 29 de setembro de 2013

TIETAGENS

Adorei a tietagem organizada a que fui submetida por um pequeno grupo de meninas no final do Congresso dos Estudantes da Unicamp. Aliás, adorei participar do Congresso. 
Amei as falas de todo mundo que dividiu a mesa comigo. Pessoas realmente especiais: Silvio, Esther, Luis Claudio. Aprendi muito. E gostei também de todas as falas do público, totalmente engajado. 
Destaco uma do Luiz Gustavo, 31 anos, negro e gay, um fofo, e prestes a terminar o doutorado, sobre quando decidiu fazer parte da militância: "No movimento gay tem muito racismo. No movimento negro tem muita homofobia e machismo. E agora?"
Ele felizmente encontrou grupos de luta sem preconceitos.
Ok, mas voltando à tietagem. Elas foram muito graciosas. Disseram que eu era mais que uma pessoa, eu era um... estado de espírito! Recebi email de uma das lindas meninas, a Dandara:

"Primeiramente gostaria de parabenizá-la pela ótima participação na mesa de opressões do 11º Congresso dos Estudantes da Unicamp. Estava tão empolgada com sua presença que não lembro se cheguei a parabenizá-la. De qualquer forma, parabéns! Juro que tenho educação.
Nós amamos conhecê-la, de verdade! Você, seu blog e muitas leitoras que sempre colaboram com textos ou até mesmo comentários foram/são muito importantes para construir a forma com que vemos a sociedade, a forma com que lidamos com o machismo a fim de desestabilizá-lo, a forma com que aceitamos melhor nossos corpos etc. A lista é enorme!
Lola, eu acho que você nem imagina o quanto você é importante na vida da maioria dos seus leitorxs. Você não entende! Muitas vezes encontramos em seu blog as palavras reconfortantes que não nos serão ditas no dia-a-dia, muitas vezes porque não conseguimos compartilhar nossas angústias. No seu blog tenho a certeza de que não estou sozinha, a certeza de que só a luta contra as opressões é que vai nos livrar de todas essas amarras. 
Minhas amigas que estavam comigo no Congresso (Érica e Maressa) também querem te fazer um carinho:
'Lola, cada vez que leio seu blog me sinto mais forte! Enquanto leio os artigos confesso que chego até a ensaiar a minha fala para quando receber cantadas, mas me lembro que o cara pode ser capaz de me agredir pela minha atitude. Mas não pagamos pra imaginar, né?! Então minha força volta, maior ainda! Obrigada por ser um exemplo pra nós, Obrigada por ser como nossa mãe, obrigada por ser nossa voz!' (Maressa) 
'Querida Lola, adoro essa boa sensação que tenho todas as vezes que leio o seu blog, é bom saber que não só para mim mas para muitas outras pessoas o seu blog é como um lugar de conforto, onde podemos confiar umas nas outras. É bom saber que existe esse lugar onde podemos gritar todos os dias 'A CULPA NÃO FOI MINHA', ou podemos todos os dias afirmar 'EU SOU LINDA'  ainda que todas as 'evidências' digam o contrário! Enfim, obrigada Lola por fazer que nos sintamos como pessoas, e por nos mostrar que não estamos sozinhos nessa luta diária!' (Érica)
Bom Lola, para não estender demais este e-mail, queria fazer um comentário bem sucinto. Quando você disse que nós mulheres temos que pensar em tudo: como vamos para a aula, com quem iremos voltar à noite e todas essas preocupações que realmente nos são pertinentes, parecia que estava usando a minha vida como exemplo (acho que muitas mulheres têm a mesma impressão lendo seus posts). 
Não importa o quão ótimo foi meu dia, eu sei que à noite, quando sair da aula, vou ter que enfrentar o medo de ficar em um ponto de ônibus sozinha! Eu tenho 20 anos e não consigo me lembrar desde quando o medo do estupro se tornou o maior medo da minha vida. É pavoroso ter que ficar contando os minutos no relógio, torcendo para o ônibus passar logo. É horrível pensar em 'como deveria ter saído de casa com roupas mais largas' (mesmo sabendo que não tem nada a ver com a roupa). É extremo ter que andar com objetos afiados como forma de proteção.
Sonho que não precisarei enfrentar esse medo pelo resto da minha vida. E que bonito que é sonhar! Por isso não poupo adjetivos para dizer mais uma vez que você é muito importante, seu blog é fundamental E nos torna cada vez mais fortes! Obrigada! Obrigada mesmo!"
Ah, decidi publicar este email porque sou diariamente atacada pelos quatro cantos, e eu quase nunca falo nada (e o pessoal que me xinga ainda me chama de barraqueira!). Aí fica a impressão que sou odiada. Mas creio que o carinho que recebo é muito, muito maior que o ódio. 
Sexta que vem, dia 4 de outubro, às 19 h, estarei em Belo Horizonte pra palestra de abertura do 1o Encontro Nacional do Mulheres em Luta. 
O encontro será realizado na Pousada do Rei Sarzedo, mas a abertura será bem mais central: no Sintell, na R. Senador Lúcio Bittencourt, 140. Recomendo muito que vc vá! Aqui tem tudo sobre o evento.
Posso pedir pra vc comprar o meu livrinho? Restam agora uns 70 exemplares...
Amanhã é aniversário do Silvinho. Ele faz 56 anos. Parabéns, lindo amado maridão!

25 comentários:

Sara disse...

Q bom ver o quanto vc é amada em todos os lugares que passa Lola. O que essas garotas te disseram reflete bem o que muitas leitoras de seu blog pensam sobre vc e o mundo de informações que vc nos passa aqui.
Da próxima vez que vier aqui em São Paulo, espero não esquecer as fotos que acabamos não tirando ao seu lado.

Lena disse...

Lola,
faço minhas as palavras das meninas...
E você é muito querida sim.
Da próxima vez que vc vier em recife vou deixar a timidez de lado e ir falar com vc.
bjo
Danuta

Anônimo disse...

Mt amor, Lolinha! <3
Feliz niver pro seu maridão.

Anônimo disse...

Lolinha, querida, peço perdão pela intimidade do apelido e licença para aproveitar o clima e te agradecer também! Desde que conheci seu blog, a cada post seu me sinto mais compreendida, mais forte, menos silenciosa e aprendo que temos que trabalhar nosso próprio eu, todos os dias afim de promover um mundo onde todos possam ser diferentes e respeitados como iguais. Um beijo e parabéns pro seu amorzão! Bruna.

Fernanda disse...

Pô, Lolita, deixei um comentario super melecado pra você no outro post onde você falava da palestra agora em BH e você nem tchum! :p

Não faz mal, eu publico de novo! A gente vai poder conversar com você? Te dar chocolate? De dar um beijo, um abraço? Você vai estar com aquea bata liiiiinda que eu adoro??? Hehehehe. Voraz.

Seja bem-vinda! E até sexta!

Beijo grande!

lola aronovich disse...

Desculpe, Fernanda querida! Estou sem tempo nenhum. Aliás, não sei se vcs notaram, mas viajei na sexta e só voltei hoje à tarde...
Então, É CLARO que vcs poderão conversar comigo! E me dar chocolate, então, nem se fala! Me dar beijo e abraço, tirar foto, tudo! Isso sempre, em qualquer evento. E comprar livro com dedicatória! Só precisa ter um pouquinho de paciência, porque às vezes junta um tiquinho de gente querendo fazer tudo isso. Acontece também de ter palestras em que quase ninguém vem falar comigo depois. Por exemplo, semana passada na Unicamp de Limeira foi meio assim. Chuif. Mas é normal. Tem lugares onde o pessoal me conhece mais, outros menos.
Espero que todo mundo vá pra palestra de abertura em BH! E, se puderem, que vcs se inscrevam pra participar de todo o Encontro Nacional no final de semana, porque o pessoal é muito guerreiro. Vale a pena. Eu vou ficar na pousada, participando do Encontro, no sábado. Vai até ter uma festa lá no sábado à noite. Eu, super desengonçada pra festas, estarei lá também.
Pra participar do Encontro todo tem que se inscrever e pagar (eu achei barato, porque inclui a pousada com alimentação completa). Mas pra ir só na sexta, não. Então não tem desculpa!
Ah, vc perguntou sobre a bata... Pois é, talvez eu a use sim. Gostou dessa minha blusinha azul? É nova! Mas senti falta de estar de vermelho ou lilás, sabe? Então talvez a bata seja uma boa.


Demais pessoas queridas, obrigada pelo carinho!

Anônimo disse...

Lola, querida, seu trabalho com o blog e realmente muito especial. Obrigada sempre. E parabéns para o Silvinho-Maridão! A parceria de vocês é outra coisa inspiradora por aqui...
abraços.

Giselle disse...

Oi Lolinha, não relacionado com o post mas, você já viu esse vídeo?
Achei ótimo :) https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jOG7gUeHJBU

Anônimo disse...

Lolinha, passei pra dizer que te amo, tá? Sou só mais uma anônima que se sente muito acolhida aqui no seu espaço. Esse blog é um verdadeiro bálsamo, e o espaço dos comentários me faz ter alguma fé na humanidade.
Lola, sabe aquela tia legal, super jovem e moderna, que conversa em segredo com a gente assuntos que a nossa mãe não gosta ou tem vergonha de conversar? Então, eu te vejo assim... aprendo muito com você, adoro a forma como você se expressa, só podia ser professora mesmo! Te adoro, Lola, e desejo vida longa e feliz a você e ao seu maridão. E parabéns a ele, pelo aniversário! Bjos

Hamanndah disse...

Feliz Niver para Silvinho. Que seja mais um ano de amor,saúde , felicidade e entrega emocional mútua . Bjs

Sara disse...

Giselle vi esse vídeo e postei no meu FB, foi feito na India mas é bem apropriado pra todas as mulheres e de todas as culturas.

Lidiane Dutra disse...

Lola, que invejinha das meninas que puderam te ver pessoalmente e tirar uma foto contigo. Vou fazer uma mobilização aqui na FURG para te trazer pra cá <3 <3 <3
Parabéns para o maridão.

Beijos!

Anônimo disse...

Uhuuuu!!! parabéééns p/o Silvinho [...] muitas felicidades, muitos anos de vida! :D

Maa disse...

Ah Lola, não se esqueça daquela frase que você falou no Congresso 4ªfeira: "O que nos une é maior do que aquilo que nos separa". E o que nos une a você são os carinhos e as admirações, que são bem maiores do que o ódio de alguns.
Beijo, sucesso!

Dandara Lequi disse...

Lola, você é muito diva! Acho que já falei tudo neste e-mail! Eu tenho certeza que o carinho dxs leitorxs é maior que qualquer ódio!

Feliz aniversário Silvinho! Feliz desaniversário Lola!

Caroles disse...

Espero há tempos tu vir pra Porto Alegre pra poder te tietar também :(

Flavio Moreira disse...

Parabéns pro Maridão, Lola! Que vocês continuem sendo muito felizes juntos.

Sofia L.B. disse...

Me parte o coração não poder ir :"(

Mas saiba que eu super te admiro. Posso não concordar com todos os posts, mas a sua perspectiva é muito importante pra mim ♥

Vc não faz ideia do quanto me ajuda, em especial na tag #aceitação do corpo . Pessoalmente, eu não tenho a menor dúvida que o carinho que vc desperta é maior do que o ódio! Te desejo muitas felicidades, Lola! vc merece!

E parabéns pro seu digníssimo esposo tb \o/

Anônimo disse...

Lola, vc fala que quase ninguem vem falar com vc depois do evento, desculpe querida mas eu sofro de uma timidez horrorosa. Compreenda que as vezes, as pessoas nao se aproximam por achar que podem incomodar.

lola aronovich disse...

Anon, mas eu não disse isso! Na maior parte dos eventos muita gente vem falar comigo. Em alguns onde não sou muito conhecida (por exemplo, na Unicamp de Limeira na semana passada), poucos vem. Mas não estou reclamando nem de um, nem de outro. Vem quem quer, ué. Sei que tem muita gente tímida que não quer incomodar. Bom, eu só digo que não estão incomodando!


Obrigada por mais carinho, gente! Faz pouco tempo quase rolou um convite de eu ir pra Porto Alegre. Mas as datas não bateram...

Érica Cardozo disse...

Oi Lola,você é demais espero te ver muitas e muitas outras vezes. Um enorme abraço, um suspiro bem fundo!
E parabéns pro maridão!!! bjs

Anônimo disse...

Nossa Amada Lola,
como a Maa citou você acima: "O que nos une é maior do que aquilo que nos separa". Estamos separadas por mais de 7000km de distância, dá pra ter uma idéia de como é imenso o que nos une. Muitíssimo obrigada por tudo que tem feito por todxs nós! Muitas Felicidades, saúde e sucesso pra você e pro maridão hoje e sempre!

Roberta disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Lola, quase caí da cadeira quando abri o blog e vi essa foto!

Essas três meninas maravilhosas são minhas alunas!!
Fiquei muito muito muito feliz em ler esse post, admiro muito muito elas e você, uma grande inspiração pra mim!

Meu coração ficou cheio de alegria em ver vocês reunidas, todas queridas! :)

E faço delas as minhas palavras, sim! Obrigada por tudo, Lola. Embora eu seja visitante assídua do blog, eu nunca comento, então aproveito o momento pra agradecer! ainda assim é pouco..

Um grande beijo para as meninas, pra você e pro aniversariante!!!

PS: o único triste dessa história é que ainda não me conformei que você esteve em Campinas e eu não fiquei sabendooooooo a tempooo! aah duro golpe =(

Helen Pinho disse...

Oi Lola! Mandei o comprovante de pagamento pro teu e-mail, faz tempo que estava pra comprar teu livrinho, agora finalmente comprei.
Me junto ao coro do livro feminista (todxs querem) e venha dar uma palestra aqui pro sul HEHEHE
Abraço!

Zâmike Zeny disse...

Que inveja dela, Lola!

Queria que um dia viesse a minha cidade pra eu tietar com você, linda! *-*