terça-feira, 8 de janeiro de 2013

CAPAS DE DISCOS FAMOSAS COM GATINHOS

Esta é minha preferida. Capa original aqui.

Foi um aluno querido quem me mandou o link do Kitten Covers. Se eu conhecesse alguma coisa de música, seria capaz de reconhecer todas as capas famosas. Infelizmente, identifiquei pouquinhas. Estas que publico aqui são minhas favoritas.
Eu já ouvi o disco e vi o filme (que tenho em dvd) inúmeras vezes. Acho que a música que mais gosto é esta, com a maravilhosa Stockard Channing. Capa original pra você comparar.
Dispensa apresentações, certo? Mas no caso de existir gente que nunca viu essa capa, lá vai.
Na realidade a única coisa que lembro do Devo é o "Time Out for Fun" (veja videoclip), que embalou minha adolescência.
Putz, como cantei e dançei a música principal! Já falei que, quando comecei a pensar num mestrado, passou pela minha cabeça analisar o subtexto gay em canções dos anos 70? Pois é, subtexto! Como eu era ingênua... Quando era adolescente não sabia que "I will survive" era hino gay. Mas Village People eu sabia! Aliás, conheço um grupinho de ódio que podia adotar "Tenho que ser um homem machão" como sua música de cabeceira.
Discoteca era tudo! Vai dizer que tem música mais gostosa pra dançar que disco? Capa original com Bee Gees e John Travolta pré-Cientologia aqui. Atenção: o filme é hiper machista. Mas vale tudo pra ver o John dançar.
Só ouvi falar de Simon e Garfunkel pela primeira vez por causa do grande concerto no Central Park, em NY -- show histórico que ano passado completou três décadas. Todas as músicas do álbum duplo são fantásticas. Capa da ponte sobre águas turbulentas aqui.
Sou beatlemaníaca. O terceiro gato não é idêntico ao Ringo? Compare.
Tá, essa capa felina tá bem diferente à original, mas não tem como deixar Queen de fora. 

Paródia por paródia -- e imagino que dê pra chamar essas capas de paródia -- prefiro os poemas escritos por gatos. Eu falei disso nos primórdios do blog. Mas volta e meia menciono esses poemas geniais pros meus alunxs de poesia. E fiquei chateada ao perceber que boa parte não gosta de gato! Como assim, não gostar de gato?! Desculpa, gente, mas só não gosta de gato quem nunca viveu com um. Eu ia dizer teve um, só que gatos não pertencem a ninguém.

51 comentários:

Priscila disse...

SHORANDO aqui com o Ringo Starrrrrrrr..... =^.^=

FÁBIO disse...

Eu gosto de gatos, e não gosto de quem não gosta >.<

suelen disse...

eu amo gatos e esses são muito fofos!
mas como eu tenho muita sorte gato é o único bicho q tenho alergia.

mesmo assim tenho 2.

Shey disse...

Aproveitando o post falando de gatinhos... alguém aqui conhece abrigos para gatos ou deseja adotar um filho felino supercarinhoso? É emergência...

Dani Andrade disse...

Oinn que fofinhos!
Adoro filhotinho, não resisto, por isso tenho 2 gatas e um gato!
Adorei as capas!

Rose disse...

Adorei o Village People o Iron Maiden rsrs FOFINHOS.

FÁBIO disse...

o que mais gosto nos gatos, e que eles são como nos masculinistas, desapegados, centrados, charmosos.
já os homens românticos( manginas) são como cães, apegados, dependentes, podem levar varios chutes de suas donas, que voltam a lhe lamber a mão.

Bruno S disse...

Geralmente, quando vejo montagens de bichinhos fofinhos na internet lembro da música bichos escrotos, mas admito que as montagens com gatos ficaram bem legais.

Gostei bem do London Calling com o gato revoltado.

Anônimo disse...

Ri muito com a capa do Simon e Garfunkel, ficou muito engraçado!
Abraço
Ragusa

Anônimo disse...

Amei todas as capas ^^, será que pq sou apaixonada por gatinhos???!!!

Muito criativas!!!

Raíssa disse...

Amo gatos, não entendo como alguem pode não amar.

Ana Gehenna disse...

sigo esse tumblr há um bom tempo! é muito legal. :3

Hamanndah disse...

Isso mesmo. Quem não gosta de gato nunca teve um.

Uma casa onde existe um gato não precisa de esculturas. Não sei quem escreveu isso.

Obs: os mascus odeiam gatos. Porque será?

Anônimo disse...

Não tenho a menor confiança em pessoas que não gostam de gatos.

Raphaella disse...

Que fofo! =^^=

nina disse...

Totalmente verdade isso, só não gosta de gato - e repete aquelas bobagens que eles não são carinhosos - quem nunca teve a chance de conviver com um. Como não amar aquele ronrom?



Anônimo disse...

Ai Lola, só pq ñ tenho experiências boas com gatos ):

O da minha avó sempre tenta me matar quando eu o encontro. Minha canela é cheia de arranhões do danado.

Um bichano da minha vizinha tentou devorar a minha chinchila enquanto eu brincava com esta. Foi um corre-corre infernal pra salvar a chinchila!

Lays, mãe e tudo o mais. disse...

Gatos são um exemplo de sofisticação da natureza. Mesmo quem não gosta deles tem que admitir que eles são esteticamente perfeitos!

Luiza disse...

Amo gatos! O gatinho Iron, coisa fofa!

Anônimo disse...

Fábio sobre masculinistas serem desapegados, centrados, charmosos: vai repetindo o mantra até se convencer que isso é verdade.

Hahahahahahahahahaha

Priscila disse...

o que mais gosto nos gatos, e que eles são como nos masculinistas, desapegados, centrados, charmosos.
já os homens românticos( manginas) são como cães, apegados, dependentes, podem levar varios chutes de suas donas, que voltam a lhe lamber a mão.

8 de janeiro de 2013 12:22

---------

Curioso... como se explica então o fenômeno dos mascuzões não conseguirem largar o blog da Lola?

Anônimo disse...

Desolador constatar que tal como a autonomia e a liberdade dos gatos a autonomia e a liberdade das mulheres estão entre as coisas mais odiadas do mundo.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Miau... =^.^=

Anônimo disse...

Priscila disse...
o que mais gosto nos gatos, e que eles são como nos masculinistas, desapegados, centrados, charmosos.
já os homens românticos( manginas) são como cães, apegados, dependentes, podem levar varios chutes de suas donas, que voltam a lhe lamber a mão.

8 de janeiro de 2013 12:22

---------

Curioso... como se explica então o fenômeno dos mascuzões não conseguirem largar o blog da Lola?

8 de janeiro de 2013 17:19


Masculinistas não conseguem largar o feminismo/feministas de mão. Eles são completamente obcecados por nós, não vivem sem. Nem me incomodo muito com eles, enquanto eles nos fizerem gargalhar por serem tão ridículos e absurdos. Mas eles serem comparados com qualquer animal é ofensivo para o animal (ainda mais um tão lindo, adorável e inspirador como o gato).

Ronaldo disse...

"Se os gatos se parecessem com sapos, iríamos perceber o quão cruéis, pequenos bastardos eles são."(Terry Pratchett)

Rose disse...

Primeiro diz: "Eu gosto de gatos, e não gosto de quem não gosta"
Depois fala: "o que mais gosto nos gatos, e que eles são como nos masculinistas, desapegados, centrados, charmosos.
já os homens românticos( manginas) são como cães, apegados, dependentes, podem levar varios chutes de suas donas, que voltam a lhe lamber a mão.
Mas se a maioria dxs feministxs GOSTA de gatos... Então, o masculinista gosta do feminismo.Deve ser por isso que não deixam de postar aqui, onde há muitxs feministxs que adoram gatos

Rose disse...

Desculpa, Lola (e as pessoas também) o assunto é meio nada a ver com o post, mas você ta sabendo dessa ameaça?
Coletivo Feminista é ameaçado e presta queixa contra Play Fest
http://mais.al/maceio/2013/01/08/18148/coletivo-feminista-e-ameacado-e-presta-queixa-contra-play-fest

Priscila disse...

Anônimo das 19:35, eu juro que abri a caixa de comentários deste post pensando "QUER VER como os mascus vão inventar um jeito de trollar a Lola até num post que não tem lhufas a ver com feminismo"? Dito e feito... :D

Anônimo disse...

Lola, olha esses pôsteres fictícios de filmes que duas pessoas do tumblr fizeram:

http://wretchedoftheearth.tumblr.com/post/39995769713/shutupthatswhy-i-made-a-thing

Achei a cara do seu bloguinho!
Beijos.

L disse...

Quem não gosta de gatos não pode ser um bom sujeito...
Obrigada por postar sobre gatinhos bem no dia do meu aniversário!!!
Adorei, Lola

Anônimo disse...

Gostava muito de gatos até q um deles comeu minha periquita, e isso não é uma piada infame.
Criava meus periquitinhos soltos em uma pequena arvore num jardim de inverno dentro de casa, pois o bichano cruel invadiu minha casa e fez isso, ai minha simpatia por eles diminuiu muito.

Ronaldo disse...

Anônimo das 09:19, também já passei por algo parecido. O gato do vizinho matou (e comeu metade de) um filhote de coelho que eu tinha quando criança, poucos dias depois que eu comprei. A partir daí, passei a não gostar de gatos. Gosto de animais em geral, e nunca cometeria um ato de crueldade com um gato, mas simplesmente não simpatizo com eles, e os prefiro longe de mim.

Aninha disse...

Poxa, gente, bichos são assim. No dia que meu falecido husky chegou em casa, filhotão, ele matou um passarinho. E me deu de presente, todo feliz! Fiquei super chateada, mas é o instinto deles. Não é justo pegar raiva por causa disso...

Lola, eu também não gostava de gatos - até um pedir asilo aqui em casa. Aí foi amor a primeira arranhada :-)
Tudo bem que ele parece mais um cachorro: vira as patinhas para cima para receber cócegas na barriga e me deixa colocar coisas ridículas nele, como lacinhos, chapéus e lenços rsrs

Anônimo disse...

Tbm não sou muito fã de gatos. Prefiro os pássaros - bichinho que parece ser a refeição preferida deles. O canto de um sabiá livre vale por mil gatos!!!
Deixo claro que não faria maldade ou bateria num gato, mas se eu tivesse como salvar um pássaro das garras de um bichano, eu não pensaria duas vezes: sacrificaria o gato!!!Sei que faz parte da cadeia alimentar do felino, mas meu amor pelos pássaros falaria mais alto. E posso afirmar que sou uma ótima pessoa, além ser de digna de confiança, mas só tenho esse "grave" defeito: não ser apaixonada por gatos, desde o dia que uma gata de uma vizinha cismou em matar meu papagaio, ainda novinho. E olha que fiz de tudo pra evitar...:(


Patrícia.

Ronaldo disse...

@Aninha, você fala assim porque o seu cão matou (pelo que eu entendi) um passarinho selvagem, com o qual você não tinha qualquer vínculo afetivo. Se fosse um bicho de estimação seu, seria diferente.

E daí se essa é a natureza deles? Se um cachorro matasse o seu gato, você só ia deixar para lá?("ah, é só o instinto de caça aflorando...") Donos de gatos: controlem seus animais. Evitem deixá-los andarem livremente, tanto para a segurança deles (estudos mostram que gatos com acesso à rua são menos saudáveis e vivem menos) quanto para a de outros animais (a predação por gatos domésticos já chegou a levar criaturas à extinção, como a cotovia-da-ilha-stephen, uma espécie inteira exterminada por um único gato chamado Tibbles, o único ser documentado que conseguiu tal "feito" individualmente).

luana disse...


Não sei se vocês que estão acusando gatos de serem cruéis sabem que gatos são carnívoros. Carnívoros de verdade, que caçam e comem a presa sangrando. Não 'carnívoros' que nem a gente, que vai no mercado e compra frango.

Na boa, cara, dizer que gatos são isso e aquilo porque eles fazem o que é da natureza deles é meio idiota...

Aline disse...

Minha irmã tem uma gatinha, a Rimê. Ela é fofa e super dengosa.
Brinca com o Tommy que é o Basset do meu pai. Brincam de rolar mesmo.
Ela mata um monte de passarinhos e ratos e come. Minha mãe morre de nojo e não consegue fazer ela parar.
Ela é castrada, já fugiu de casa e desapareceu por uma semana. Voltou magra e esfarrapada. Depois disso mal sai na rua. Come de tudo, até a ração do Tommy. Come leite condensado, pão, frango e qualquer outra coisa que ficar dando mole na mesa ou na pia da cozinha. Isso quando ela não entra no armário para comer...
Está enorme de gorda...
Linda e Fofa.
Eu tenho 2 cachorrinhas pequenas e 2 cães grandes, só não tenho um gato(ainda) por que minha preciso ir acostumando minhas meninas. Volta e meia abrigo um filhotinho...

Beijos

patty guerra disse...

Bem, se você ama pássaros, deveria deixá-los livres. Se não consegue, deveria mantê-los seguros. A culpa não é do gato.

Ronaldo disse...

@luana, a fama de crueldade que os gatos ganharam não se deve ao fato deles caçarem, mas sim a forma como eles caçam. Um cão, por exemplo, quando pega um pequeno animal, provavelmente irá matá-lo. Mas o faz de maneira geralmente rápida. Gatos não. Eles adoram "brincar" com as presas. Podem passar um bom tempo dando patadas, capturando e depois soltando a vítima, apenas para agarrá-la de novo assim que começa a se mover. No final eles dão a mordida fatal.

Coiotes frequentemente caçam e comem gatos nos EUA. Eu imagino que, se esse aqui pegasse um gato seu, você só diria "ah, tá tudo ok, é um carnívoro".

http://forums.photographyreview.com/attachments/nature-wildlife/73858d1257214028-coyote-my-backyard-ate-neighborhood-cat-warning-graphic-images-coyote-11-2-09-d.jpg

Se você dizer que sim, ou você é uma hipócrita, ou não gosta realmente do seu gato.

Ronaldo disse...

@patty guerra, esse foi um comentário muito insensível da sua parte. Caso não tenha lido direito, a Patrícia disse que fez de tudo para evitar. Quanto à "liberdade", devo dizer que você não faz a menor idéia do quão difícil seria para uma ave que nasceu e cresceu em cativeiro sobreviver na natureza. Elas não fazem a menor idéia de onde obter comida, abrigo, e de como escapar de predadores. Não durariam muito, essa é a triste realidade.

Lays, mãe e tudo o mais. disse...

Em casa temos árvores frutíferas: pitanga, goiaba, seriguela, ameixa. Assim, temos pássaros nos visitando todo o tempo, sem que precisemos de gaiolas. Ao mesmo tempo minhas gatas ficam fechadas dentro de casa, de modo que cada um tem seu espaço. E nao entram em contato um com o outro.

Anônimo disse...

Ronaldo, entendo o seu ponto de vista. Mas se há pássaros em cativeiros é pq há quem compre. Enquanto houver gente disposta a comprar pássaros, haverá gente disposta a capturá-los. Uma pessoa pode comprar um pássaro com a única intenção de cuidar bem dele, mas com isso não percebe que estará ajudando a perpetuar esse comércio cruel e injusto.

Sara disse...

anon 0,30hs Desculpem mas não vejo muita diferença entre criar gatos , cachorros, lontras ou passaros, todos são animais, todos são comercializados, todos são criados em cativeiro.

Anônimo disse...

Oi Sara, sou a anônima da 00:30.
Pois é, no meu mundo ideal (e no de muitos, imagino) não haveria comércio de nenhum animal. Tanto que há várias campanhas para adotar ao invés de comprar. Todos os animais comercializados vivem em cativeiros,a diferença é que os pássaros continuam presos numa gaiola mesmo depois de comprados...

Sara disse...

Anon 15.30hs, um cachorro ou mesmo gato, não pode ir e vir em liberdade, ficam confinados dentro da casa de seus donos, e gatos muitas vezes são castrados para não sairem, enquanto q ja vi muita gente criando passaros soltos dentro de casa, gosto de conviver com animais, mas o comércio q existe desses animais em minha opinião não os trata com dignidade.
Muitos donos de animais embora tratem com amor e carinho seus animais não respeitam a natureza desses animais, e muitas vezes os condenam a viver longe de outros da mesma espécie.
Como se vê ha muita incoerências nessa area.
Não da pra querer vir aqui e dizer o q é certo ou errado.
Só não concordo em se dizer que quem gosta e possue um passáro seja pior do q alguem q tenha um gato ou cachorro.

Anônimo disse...

O que fazer então com gatos ou cachorros, Sara? Deixá-los viver soltos na natureza? Ou nas ruas? Entendo seu ponto de vista, mas não vejo outra solução melhor para gatos ou cachorros do que ter uma casa pra morar.

Ronaldo disse...

"O que fazer então com gatos ou cachorros, Sara? Deixá-los viver soltos na natureza? Ou nas ruas? Entendo seu ponto de vista, mas não vejo outra solução melhor para gatos ou cachorros do que ter uma casa pra morar."

O seu problema é que você condena a criação de pássaros por julgar que são mantidos em espaços demasiado pequenos. De fato, comparado ao espaço que as aves percorrem na natureza, qualquer gaiola é minúscula. No entanto, os antepassados selvagens de gatos e cães trilhavam quilômetros todos os dias, e ainda assim você não vê problemas em criá-los em casas ou apartamentos. Percebe a contradição de seu pensamento?

A questão é que você está humanizando demais as aves. Elas têm nessessidades diferentes das de um ser humano, e o que lhes dá felicidade é diferente do que dá felicidade a um ser humano. Apesar do espaço limitado, pássaros em cativeiro contam com melhor alimentação, abrigo contra o frio ou o calor, e proteção contra predadores. Quando ficam doentes, ao invés de simplesmente definharem lentamente até a morte como fariam no seu ambiente natural, podem ser tratados por veterinários. Não há como saber que tipo de vida eles preferem, mas não acho que eles trocariam tudo isso por esticar as asas.

Sara disse...

anon 3 25hs Não sou ninguem para dizer o q é certo ou errado sobre quem tem um animal e procura fazer o melhor para ele, a milhares de anos q domesticamos varios animais.
Vc não me entendeu, eu não critiquei o fato de as pessoas terem animais em casa, o q eu critiquei foi o fato das pessoas acharem q quem cria passáros é cruel e os q criam outros animais não, não concordo com essa posição, desde q vc se dedique e procure dar o melhor para o seu animal seja ele um cão, gato, passaro, roedor , reptil etc etc...

Anônimo disse...

Ronaldo, sou o anon das 03:25. Eu vejo problemas sim em criá-los em casas ou apartamentos. Tenho 3 cachorros e morava numa casa com quintal, mas hoje moro num apartamento. Eu reconheço que meus cachorros seriam mais felizes podendo correr em campos abertos, comendo grama, e cavando buracos na terra. Mas eu não posso dar isso pra eles. Cachorros e gatos foram domesticados há milhares de anos. Eu não vejo solução pra esse impasse.

Andrea disse...

Lola acabei de conhecer seu blog e ESTOU AMANDO!Obrigado por escrever, existir!!!Você é uma pessoa inspiradora, adoraria ter uma professora como você porque meus professores da UFF são difíceis de aguentar viu.

Amo gatos, os meus são todos adotados, eles são animais incríveis.

Bjs.

Anônimo disse...

Amo gatos, moro em um lugar onde não posso mais criá-los... :-( Isso me deixa um pouco triste às vezes.