quinta-feira, 16 de setembro de 2010

UM POST GENIAL E A MUNIÇÃO CONTRA O PT

O blog NPTO (Na Prática a Teoria é Outra) publicou um post excelente esta semana, falando da reportagem de capa da Veja. Hum, apenas de uma das capas, bem entendido, porque a proporção da revista é de uma capa em cada três condenando o PT. Imprensa isenta, esta. A capa em questão não é a última, mas uma sobre a quebra de sigilo bancário, assunto que o Serra deu chilique outro dia porque aogra ele não quer mais comentar isso. Bom, você tem que ler o post inteiro do NPTO que, além de levantar inúmeras dúvidas sobre a matéria, ainda tem o bônus de ser absolutamente hilário. Ah, eu adoro texto sobre assunto sério que me faz rir.
Só pra dar um exemplo da cara de pau da revista (e de como o NPTO tira sarro disso). Veja publica uma matéria inteirinha pra falar mal do PT e ainda coloca um quadro mostrando a indignação de alguns cidadãos – por coincidência, todos adversários do PT e colaboradores do Instituto Millenium. O que diz o NPTO: “Por caridade, não vou comentar o quadro 'Cidadãos Indignados', que, em uma amostra aleatória da população brasileira, sorteou o Roberto Freire, o Denis Rosenfield, o Marco Antonio Villa, o Rodrigo Maia (hehehe), e, surprise, surprise, o Magnoli. Só digo o seguinte: isso é preconceito contra o Olavo. Porque só ele ficou de fora?
Outro trecho que me rir é quando o NPTO expõe sua perplexidade com a fra
se da Veja de que os petistas pensam igual e sempre concordam entre si. Fico imaginando o leitor da revista, lendo o artigo, fazendo "sim" com a cabeça, ocasionalmente interrompendo a leitura para dar murros de raiva na mesa, assustando o cachorro ao resmungar "Malditos petralhas!". Será que nada o tira dessa letargia? Nem quando ele chega à impressionante frase do "eles concordam em tudo" seu cérebro dá um estalo e pega no tranco? Ou será que o leitor não tem ideia de como é uma reunião sindical? Preciso contar pra eles que, só pra aprovar uma carta de poucas linhas no Encontro de Blogueiros Progressistas, levamos três horas! Imagina se a gente não pensasse igual!
Adorei esta parte também, porque sempre pensei nisso: “Se você chegar nos EUA e disser que no Brasil tem um partido que faz dossiês contra seus adversários, eles vão dizer, aqui tem pelo menos dois.” Pois é, taí algo que nunca entendi: esse pavor de dossiê. Você fala em dossiê e tem gente que faz o sinal da cruz, como se fosse uma coisa ilegítima reunir informações sobre seu adversário. Não estamos falando de comprar informações para fazer dossiê, mas de reunir informações. O que tem de errado nisso de buscar derrapagens na carreira de cada candidato? A direita age como se apenas o PT produzisse dossiês, o que é de uma ingenuidade admirável.
O NPTO desenterra o caso Lina Vieira, que sempre foi muito nebuloso: “Vamos supor que Lina estivesse dizendo a verdade: seria um caso de favorecimento político de aliados envolvidos em corrupção. Taí um negócio que, realmente, só passou a existir depois do PT.”
Opa, tem gente que não vai entender a ironia porque se convenceu que sim, sem sombra de dúvida, definitivamente corrupção e favorecimento de políticos da base não existiam antes de 2003. Os menos cínicos talvez digam: “Ah, mas você usa o que os outros faziam de errado como justificativa pro PT fazer?”. Eu não, eu sou uma pessoa ética, sempre fui. Inclusive, sempre votei no PT por ele ser um partido ético. Por mim, não haveria corrupção ou favorecimento em governo algum. Ou a direita realmente acha que militante petista, desses que compram camiseta e estrelinha e empunham bandeiras sem receber nada, apenas por paixão política, gosta de corrupção? Não gosta, por isso é militante do PT e não do DEM, pra usar apenas um exemplo. A direita não acredita que exista paixão política ou que alguém acredite tanto num projeto de partido que possa se tornar militante. Pra ela, só se o militante estiver sendo pago ou esperar ser pago um dia, com a recompensa de um cargo público. Ela acha que nossos militantes são como seus cabos eleitorais. Mas a questão não é “os outros faziam [por que no passado?], então o PT pode fazer também” -- isso só explica por que o discurso hipócrita da moralidade na política nunca convenceu o povo. A questão é que os reaças “esquecem” que havia corrupção aos montes no governo FHC, com suspeitas gravíssimas de compra de votos para aprovar sua reeleição. E nos governos anteriores a ele também. Pros reaças, só o PT é corrupto. Quando lembrados que, sei lá, o Arruda não era exatamente do PT, eles dizem: “Ah, mas a gente pune nossos infratores!” Pune uma ova. Eduardo Azeredo, presidente do PSDB, responsável pelo mensalão mineiro, está concorrendo a senador. Não pelo PT, entende? E quando colocados contra a parede, vêm com o velho discurso: “político nenhum presta! Explodam o Congresso!”. Porque, pra direita, governo é praga. Qualquer governo. Vamos deixar a livre iniciativa livre! Os empresários sim sabem o que é bom pra gente!
E como explicar que o PT seja o partido mais querido da população, com altíssimos 25% dos eleitores votando no partido? Pra um país que se diz nada politizado, que prega que partidos são todos iguais, é uma parcela fiel. Mais da metade dos eleitores não têm um partido favorito. Mas um em cada quatro brasileiros tem, e é o PT. 25% é pouco? Pouco é o 1% que prefere o DEM. Ou mesmo os 5% favoráveis ao PSDB (o segundo partido com mais eleitores é o PMDB, com 7%). Mas, pros reaças, a explicação pra esse fenômeno é fácil: brasileiro é um povinho bunda mesmo, não sabe votar, tudo bando de analfabeto, deviam deixar apenas os empresários, essa gente honrada que gera emprego no país, votar (como já defendeu, em mais de uma oportunidade, um troll meu). Esses 25% que votam no PT são justamente as pessoas mais politizadas do país, as que lêem (e hoje escrevem) informação, as que têm visão crítica.
Tem outra estatística que eu gosto também: a comparação patrimonial dos candidatos por cada partido. O PMDB é o primeiro da lista, com os candidatos mais ricos, seguido pelo PSDB, em segundo, e o PT, em terceiro. O PT é apenas o 11o partido mais rico na soma de bens de seus candidatos. Um outro levantamento aponta que um terço dos candidatos a deputado estadual no Sudeste é milionário. PSDB é o partido com mais milionários, 22. O PT tem 4. Eu vejo problemas em só ter representante milionário porque eles vão representar quem? Por algum motivo, duvido que seja quem realmente precisa, que são as parecelas pobres. Pra direita, nada de mal em só ter milionário no poder: afinal, ficar rico é o que todo ser pensante quer, e quem diz que não quer só pode estar mentindo, pois só dinheiro traz felicidade, e os que conseguem ficar ricos naturalmente o fizeram honestamente, sem privilégios, apenas por mérito! E que bom que só tenha milionário no poder, né, pra nos representar! Porque democracia é justamente isso: que os mais merecedores se destaquem e guiem os incompetentes, ou azarados, dependendo da bondade no coração de cada reaça. Pra eles, a corrupção (uma exclusividade petista) só parte do governo, nunca, jamais, de empresas particulares. Não é que haja alguém comprando informações, favores, licitações fraudadas – não, é tudo culpa do governo! A maior injustiça já cometida em 500 anos de Brasil, pra essa gente, foi a prisão da dona da Daslu.
Gostaria de falar mais, mas não posso, porque já estou atrasada pro trabalho. E sim, trabalho numa universidade federal, com muito orgulho. E é provável que trabalhasse lá mesmo se eu fosse uma reaça, porque o concurso que prestei, no ano passado, em nenhum momento testou minhas prerências políticas. É é possível que eu continue trabalhando lá mesmo se o PSDB voltar ao poder (o que, felizmente, é difícil de acontecer). Neste caso meu salário seria congelado pelos próximos oito anos, minha universidade ficaria sem recursos, não haveria mais concursos, e eu teria que fazer grave todo ano pra reivindicar pelo menos reajuste de salário pela inflação. Mas eu sobreviveria.

52 comentários:

Clara Gurgel disse...

CLAP!CLAP!CLAP! DÁ-LHE LOLA!!

L. Archilla disse...

É isso aí, Lola!!

sabe, eu, como em toda eleição, comecei super animada e, conforme vai chegando a votação, estou ficando MUITO estressada. não sei se é impressão minha ou o nível do debate anda caindo cada vez mais!!

é um tal de amigo de infância mandar email chamando quem vota no candidato X de burro, acéfalo, analfabeto, imbecil, cego, fanático, etc, SABENDO que o seu candidato é X!!! Po, o q passa na cabeça dessas pessoas? Que eu vou mudar meu voto só pra ele não me encher o saco? Quando alguém discorda de vc na vida real vc chama de burro, acéfalo, ignorante, etc? Não sei eles, mas eu não. E as pessoas que convivem pessoalmente comigo tb não, graças a Deus! Em, sei lá, 10 anos de militância, pessoalmente, já me chamaram de um monte de coisa, já discuti horrores, mas sem chegar a esse nível! Mas na internet, pelamor!! Educação mandou um abraço! O que leva alguém que te conhece a invadir seu facebook, blog ou caixa de email pra ofender sua capacidade mental? Sim, porque pra discutir política não é. A não ser que eles pensem que eu vou mudar meu voto pq o Arnaldo Jabor não concorda comigo (RÁ!!!), ou a Marília Gabriela, ou a Maitê Proença, ou o Charles Chaplin, Mahatma Gandhi, Fernando Pessoa e todos esses caras que de repente começaram a fazer campanha virtual contra a Dilma.

Quer discutir política? conversar, debater, trazer fatos, números, argumentos? Legal, adoro, faço isso desde criança!! (Malemá, mas faço). Mas não tente me convencer de que minha candidata é falsa porque colocou botox.

Renata de Oliveira disse...

Lola,

valeu pelo post e pela recomendação. Já conhecia o NPTO, mas não consigo ler todos os dias.

Quanto ao comentário da L. Archilla:
é dose né? Amigos amigos, não mandam essas mensagens toscas, mas todos os conhecidos que por algum motivo tem nosso e-mail se acham no direito de enviar mensagens ofensivas.
Eu respondo todas, com fundamentos, e declaro meu voto (uai, ele não declarou né, mas falou mal de uma candidata, logo, só posso pensar que está declarando voto para a outra, ou para um dos outros, não é?). Mas que é uma droga, é. Fazer campanha, declarar voto, td bem! Mas encaminhar e-mails ofensivos e grosseiros? Aí não, né?!?

Abs

Bruno Stern disse...

L. Archilla,

quando eu recebo anticampanha por spam eu tento me dar ao trabalho de ler, pesquisar a informação e demonstrar que a alegação está baseada em informações falsas.

Posso não ganhar votos, mas a sensação de ter colocado a pessoa em dúvida já vale a pena. A pessoa pode não mudar de opinião, mas saber que estava reproduzindo mentira já a fará se sentir mal.

Clara Gurgel disse...

(fora do tópico)
Lolinha do céu! Acabo de tomar conhecimento do artigo do "Pondé" na Folha! Mulherada,arrepiem-se!O cara "surtou"! Só pode...
http://sergyovitro.blogspot.com/2010/09/luiz-feli...

Niemi Hyyrynen disse...

Lola,

o PT fez muita coisa bacana, principalmente no que se diz respeito ao social, mas tb passou muito pano quente em fatos que mereciam atenção, como o caso dos mensalões, Renan Calheiros.. só para citar um exemplo.

Pq vc não admite que o PT assim como todo partido tem pessoas corruptas? O PT é feito de gente, e no meio de um monte de gente vai ter algum que quer dar uma de esperto.

Antes que vc me chame de reaça e de troll, quero dizer que eu não apoio partido algum... talvez, o PV.... ou o PCO mas eu aposto que lá deve ter gente espertinha tb, não sei..

Sobre o PSDB, não é nenhuma novidade que toda eleição eles se vestem de mocinhos, e bancam os moralistas, defensores dos bons costumes.

Mas pra mim essa coisa de PT acusando PSDB, PSDB acusando o PT é o mesmo papo do sujo falando mal do mal lavado.

Niemi.

Clara Gurgel disse...

(fora do tópico/parte 2)
Agora tô mais sossegada.Fui lá nesse "mané" do "Pondé" e deixei os links para os posts sobre "a origem do meu feminismo" da Srta Bia(Groselha News), e da Bia(Estrada Anil).

Jujumeo disse...

Olá,

Não concordo com essa coisa de ficar mostrando a esquerda e direita estatisticamente, esse maniqueismo politico me perece ser fútil. Como o post disse: Na prática a teoria é outra.
Na minha adolecência lutava contra o governo de direita de unhas e dentes mesmo sem ser ser filiado a esquerda. lutava ( com o diálogo)pq eu queria mudança; A esquerda entrou e a mudança não veio.Acho que eu era um pouco como a L. Archilla, a favor de discuções racionais fundamentadas. Se a pessoa se exalta ou baixa o nível ela vai conversar sozinha. Algo que me faz manter o limite da boa educação.

Se for pra falar de estatísticas esquerdistas eu poderia dizer que as Ditaduras da América Latina são em sua maioria de esquerda. Algo que me faz pensar o quanto o PT quer se perpetuar no poder, algo que eu não gosto nem um pouco.
Eu sou um cara que não gosta de assistêncialismo e tenho muito medo do populismo, acho que são ferramentas de manipulação popular mais dq boa intenção. Coisa que todos ou lados da politica usam. Se for pra falar de usar mulher pra manipular voto como foi caso do post passado acho que o vc tá com essa cara de Mulher vota em mulher. Algo que acho um absurdo. Não ligo se a figura presidente seja masculina, feminina ou andrógena, eleição não é BBB com partidos politicos. Concordo que os militantes do PT são os mais fiéis ao seu partido. Como todo bom "religioso" em tudo faz maniqueismo e defende cegamente seu ponto de vista como se fosse o único. Gostei de ver só quando um camarada meu fiel Petista (professor)estavamos na Escola técnica GV tomando uma água e vendo horário politico quando mercadante falou que nas ETEs só tinha milionário. Ele disse que faria ETE pra pobre. Olha não me incluo no nível de coitadisse que o PT prega. Vim de escola estadual e prestei vestibular pra entrar. Todo mundo lá é marmiteiro. Ninguém é coitado e ninguém é rico.Tudo que o professor com a maior cara de pau do mundo disse foi : "O mercadante deve estar mau assessorado". No mínimo ele tbm deve acreditar nessas "verdades" estatísticas.

Acho que olhar crítico falta aos dois lados da balança, tanto aos malufistas quanto aos petistas. Não estou em cima do muro, mas vejo cada um dos lados amar ele.

aiaiai disse...

nem vou comentar sobre o post do npto porque já elogiei muito por ai afora
entrei para dar minha sugestão sobre o artigo do ponde (who?)...acho que o cara deve ser tratado como um troll que é. NÃO ALIMENTEM OS TROLLS... ele só tá querendo aparecer.Ignorar é a melhor política nesse caso

aiaiai disse...

já que eu to aqui...jujumeo, de onde vc tirou essa "informação":

"... eu poderia dizer que as Ditaduras da América Latina são em sua maioria de esquerda..."

pirou ou não tomou seu café da manhã ainda?

B. disse...

A corrupção é um mal que vem junto com a democracia, não tem como evitá-la por completo. Todo partido que vai crescendo vai atraindo corruptos, e claro que no PT também tem gente que tira vantagem. O negócio é que temos que pressionar para essas pessoas serem punidas, o que não acontece por culpa de um partido, mas de todos que estão no Congresso que não agilizam pra tirar todos esses privilégios de políticos a serem julgados. É o único meio de controlar a corrupção, porque extinguí-la, nem creio ser possível. Um partido não tem como adivinhar que alguém que se filia é corrupto, não é culpa da ideologia do partido. As pessoas tem a maior dificuldade de entender isso. O combate à corrupção tem que ser um trabalho conjunto de todos os partidos, e ficar jogando a culpa em um ou em outro não faz sentido, pois todos são ou podem vir a ser.


E esse povo dos emails é realmente insuportável, eu juro que tenho medo do desespero deles, às vezes dá impressão que eles são capazes de matar para convencer alguém a não votar na Dilma. Já li alguns twitters de gente dizendo que queria exterminar a população que vota na Dilma. Credo!

Clara Gurgel disse...

Ai,"Aiaiai",vc vai me desculpar.O cara pode ser troll,mas não consegui ficar quieta,não!Me incomodou muito...
Niemi,vc leu o post do "npto", que a Lola citou? Leia todo!Encontrará muitas respostas lá!
Bruno, concordo contigo!Estava recebendo vários e-mails de uma conhecida,contra o Lula e a Dilma.Um dia ela me mandou um, assinado pelo "Nassif" e então tive que explicar à ela que era impossível ser do Nassif,porque ele tinha um "blog sujinho" e era Dilma desde criancinha.E não é que os e-mails cessaram?

Jujumeo disse...

Olá aiaiai.

Ah então as ditaduras na américa latina não são "de esquerda"? Nem é com um apelo populista contra o imperialismo ( do império com darth "obama" vader ou contra qualquer outro "mau" em comum. É a mesma coisa que com Berluscone na itália, ninguém gosta do cara mas ele tem inimigos em comum com o povo: os imigrantes. As nações como os são feitas de humanos que normalmente tercerizam seus defeito, fazem o mesmo. Olha só não se apegue a verdades estatísticas e quem é de esquerda (bem) ou de direita (mau). veja No peru por exemplo o Fujimori era um ditador mafioso que Em 2000, (por decisão dos americanos) é substituído por Alejandro Toledo, que faz propaganda de que no Peru se retomou, com ele, o Estado de Direito e o sistema democrático. Toledo trouxe alguma mudança para o Peru? Absolutamente nenhuma.
Um governo pode autodenominar-se de socialista, populista, democrático ou como queira, mas isso não faz o Estado mudar seu conteúdo de classe.É oq vejo por cá. Assim também em 1968, a ditadura militar no Peru, encabeçada pelo general Velasco Alvarado gostava de chamar-se um governo "de participação plena", "socialista", "não comunista nem capitalista" (nem fêmea nem macho), mas o Estado peruano (classista e repressivo) nunca deixou de pertencer aos grandes burgueses e latifundiários deste país. POpulismo, verdade estatísticas e inimigos em comum são os focos dos 2 governos pelo oq vejo no horário eleitoral. O inimigo deixou de ser o EUA e virou "O TRAFICO" ou "A VIOLÊNCIA". E vc é a aiaiai que estudou na GV? Lá só tem rico?

Bruno Stern disse...

Li o artigo do tal Pondé.

Não pode ser sério que o sujeito pensa assim.

O parágrafo a seguir é melhor que muita piada.

"o fato que elas começam a ganhar bem, nem um "jantar" é preciso pagar para levá-las à cama. Resultado: a facilidade no sexo de hoje é a solidão de amanhã."

Niemi Hyyrynen disse...

Clara,

li o post todo e as respostas que eu achei não me convenceram...rs pelo menos a maioria, em algumas partes ele mesmo admitiu a falta de argumento ou a falta de vontade de "pensar" e argumentar deixando para o "beneficio da duvida".

PS: o link do texto do Pondé que tu passou não ta completo esta com reticencias.

Eu entrei na home e depois fui no link interno para achar a materia.

Niemi.

primeirocego disse...

@Jujumeo: Também fiquei curioso. De que ditaduras de esquerda você tá falando?

aiaiai disse...

jujumeo:

qq foi que vc fumou hoje, filho?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

primeirocego disse...

@Jujumeo. Não tinha visto a tua resposta que saiu logo antes da minha pergunta aqui. Continuo sem entender nada. Você tá dizendo que a ditadura no Peru foi de esquerda?

Jujumeo disse...

Olá, primeiro cego.

Venezuela, Bolívia (caminhando) e Cuba. O último golpe que honduras tomou foi militar, mas já tomou tanto golpe nos ultimos tempos que nem dá pra dizer se vem da direita ou da esquerda. dessa vez disseram que foi culpa do Chavismo mais honduras sempre tem golpe. Já foram uns 80. Enfim...
Ditaduras vem de ambos os lados políticos, ultimamente vem sendo mais que quem está mais no poder. Como desde 99 a esquerda vem ganhando as eleiçoes nos paises.

aiaiai:

Leio sobre política pq gosto, vc não precisa concordar comigo nem me desafiar. Só argumentar basta. ok.

Ah, eu não fumo , fumar é coisa de fefeleche. ;-)

Clara Gurgel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jujumeo disse...

primeiro cego.

Não, eu não dissede maneira alguma que a ditadura no Peru foi de esquerda. Mais disse que os Eua ajudaram o cara sair do poder pra colocar outro lá que não mudou em nada a situação do povo. Não importa a nomenclatura do governo (direita ou esquerda) isso é apenas um maniqueismo vago. Tão a esquerda quanto a direita fazem péssimos governos ou bons. Tanto a direita como a esquerda dão golpes no seu país. Oq eu quis dizer foi sobre o post da lola ficar comparando estatisticamente esquerda e direita. Pensar em política assim, não é bacana pro povo, na minha humilde opinião.

Clara Gurgel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clara Gurgel disse...

Ah tá,Niemi!Mas não vou corrigir não!Deixa assim mesmo!De repente a Aiaiai,tem razão!É tão idiota,que é melhor deixar prá lá!
E sobre o post do "npto",achei tão esclarecedor!Gostaria de andar com ele debaixo do braço!rsrsrs

Mariana. disse...

a aiaiai não sabe argumentar. eu as vezes tento concordar com ela.. mas ela só sabe fazer 'kkkkkkkkkkkk'.

Jujumeo, nem adianta continuar.. vc acha mesmo que a aiaiai considera a bolivia ou a venezula como ditadura?! P/ ela, chavez é ídolo.

primeirocego disse...

@Jujumeo: A menos que sua definição de ditadura seja 'governo do qual você discorda', não vejo como o governo da Venezuela possa ser classificado assim, nem o da Bolívia (nem lá nem caminhando). Em Honduras esse golpe de 2009 tirou do poder um presidente que governava à esquerda. E a culpa não é do chavismo, é dos golpistas. A menos que você ache que quando roubam meu relógio a culpa é minha por andar de relógio na rua.

Se você acha que separar direita e esquerda é maniqueísmo vago, entendo que critique a Lola por compará-las estatisticamente. Concordo com você que tanto direita quanto esquerda podem fazer governos péssimos, e talvez num governo péssimo não faça mesmo tanta diferença se é de lá ou de cá. Mas um governo bom é bom pra quem? Na minha opinião um governo bom de direita é bom para as 'elites', e um governo bom de esquerda é bom para a maioria da população, nesse caso eu vejo uma separação clara.

lola aronovich disse...

Jujumeo, vc não está falando coisa com coisa. Primeiro vc diz (entre outras insanidades, como dividir a “falta de olha crítico” entre petistas e malufistas. Não sei nem se malufistas ainda existem, agora que o Maluf não se elege pra mais nada. Mas o mais gritante do que vc falou foi mesmo “Se for pra falar de estatísticas esquerdistas eu poderia dizer que as Ditaduras da América Latina são em sua maioria de esquerda”. Isso é de uma ignorância grave. É desconhecer a história. Aí vc dá o o exemplo do Peru, que nunca teve uma ditadura de esquerda. E qdo alguém te pergunta, vc diz “direita, esquerda, não importa!”. Mas volte a sua primeira afirmação. A única ditadura de esquerda que a América Latina já teve, pelo menos que eu me lembre assim, de cabeça, é Cuba. Desde quando Bolívia pode ser considerada uma ditadura? O Evo Morales foi eleito! Ou quando a gente não gosta de quem o povo vota a gente chama de ditadura? Como a gente faz com o caso da Venezuela?... Honduras sofreu golpe por causa da ditadura chavista? É a mesma coisa de dizer que o golpe de 64, no Brasil, foi por causa dos comunistas. Que os militares tenham medo da esquerda não transforma a ditadura que eles impõem em ditadura de esquerda, Jujumeo!
A esquerda vem ganhando as eleições na América do Sul nos últimos anos. Isso é verdade. E só por isso seus governos são ditaduras? Porque a esquerda ganhou?! Vc realmente tem coragem de dizer que o Brasil é uma ditadura?

lola aronovich disse...

Clara, Aiaiai, acho que não se pode ignorar o Pondé, não. Ele escreve no maior jornal do país. Mesmo que seja um jornal desmoralizado, rolando ladeira abaixo, deve ter muitos leitores. E acho bem provável que parte deles não entenda que o que o Pondé escreveu é extremamente machista. Eu queria escrever um post sobre isso, mas estou 100% sem tempo. Tô pensando em fazer um post colocando o link pro artigo e pedindo a vcs, minhas queridas leitoras e leitores, explicar por que o que ele disse é machista. Uma coisa bem didática, sabe?


Niemi, fique tranquila, não vou te chamar de troll ou reaça só por vc não gostar do PT. Gostaria de saber onde no texto eu disse que o PT não tem pessoas corruptas. Corrupção tem em todo partido, em toda a sociedade. Mas a gente tem uma imprensa que só investiga corrupção de um lado. E tem gente que acredita piamente que a corrupção no Brasil começou em 2003.

lola aronovich disse...

Mariana, não se alie a um carinha que só tá falando besteira. Ele começou falando que a maior parte das ditaduras na América Latina é de esquerda. A reação da Aiaiai foi igual a minha: como assim? O que esse cara tá fumando? Porque não há análise que apoie esse argumento. Mas por que vc acha que Venezuela e Bolívia são ditaduras, Mariana? Venezuela, só se for porque o Chavéz mudou a Constituição (como o nosso FHC) pra poder se reeleger. No caso dele, se reeleger quantas vezes quiser. Eu não concordo com isso, mas não configura uma ditadura. No caso da Bolívia, o Evo foi eleito! (o Chavez também). E tem tanta liberdade de imprensa nos dois países quanto tem aqui. Na Venezuela, inclusive, a imprensa é tão livre que organiza golpes de Estado pra derrubar governos...

aiaiai disse...

uma das coisas que eu mais admiro na lolinha é a paciência que ela tem...inda bem, pq eu não tenho. Por isso mesmo não tenho blog, eu lá vou ficar explicando pro jujumeo que ele não falou coisa com coisa? Eu quero mais é saber onde conseguir essa marofa!!! Eu quero ficar doidona também kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu gosto de argumentar, mas só com quem tem algo para me dar em troca dos meus argumentos. Uma pessoa que começa dizendo que as ditaduras da AL são de esquerda e, depois, que esquerda e direita é apenas maniqueismo, certamente não vai ter moeda de troca para argumentar comigo! Vou aprender o que com um maluco desses? eu hein?!

Mariana. disse...

ah, lola, me desculpe, mas isso de 'não configurar uma ditadura' é forçar demais a barra.
democracia requer alternancia de poder. em qualquer manual de direito constitucional está escrito isso. Se é uma república, então, nem se fala.

falar que a venezuela não é uma ditadura é dar argumento para os reaças que acham que a NOSSA ditadura, de 64, foi na verdade uma revolução, uma coisa boa pro país. Afinal, existia uma oposição. Um partido além do da situação. Havia eleições. Havia até uma imprensa supostamente independente.
E isso faz com que uma democracia esteja configurada?! claro que não. não se pode analisar uma situação dessas com critérios objetivos, caso contrário até a nossa ditadura - que nós sabemos que aconteceu e que não foi nada branda - poderá ser vista como algo não tão ruim.

Victor disse...

Acho que o que ele quis dizer foi que a maior parte das ditaduras ATUAIS da América Latina (ou seja, Cuba) é de esquerda. Como só tem Cuba, é maioria.

Foi o que eu entendi.

Mariana. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jujumeo disse...

hehehe

Bom Lola, "o carinha que só tá falando besteira" não disse que o golpe de honduras por por causa de chavismo, isso seria terceirizar o erro. como disse o primeiro cego a culpa é dos golpistas mas a direita de lá culpou o chavismo.E Leia direito oq eu disse sobre o peru. Nunca disse que o peru teve uma ditadura de esquerda, nunca. eu disse que os EUA tirou a ditadura . e disse que Pra mim a venezuela é ditadura por ser uma perpetuação do poder. Tanto faz se de direita ou de esquerda. ou se populista ou não.

Quanto alguém expressar que concorda comigo em alguma coisa vc vem com conversa de se ALIAR... Olha só tudo bem o blog é seu e se quiser eu não comento e nem leio mais. Mas se alguém discorda de algum da dos seus queridos vc acha que se ALIAR a alguém é ser muito paneleiro. As pessoas num blog não se aliam, ela concordam ou não. Eu posso discordar da aiaiai ou de vc nesse caso mas nem por isso vou tê-las como má pessoas. Eu outros assuntos posso condordar, nem por isso serei seu aliado, vc possivelmente tá achando que o mundo é o debate mtv com dois lados da mesa. Desculpa mas as coisas não são assim. A mariana pode concordar comigo hj e discordar amanhã e o mesmo com a aiaiai.

primeiro cego eu discordo de perpetuação do poder. Não importa se foi eleito. Depois ele matou democracia na sequencia. Mas vc tem razão. isso pra mim é ditadura e eu não concordo.O pior cego pode ser o primeiro. Vamos ver se o Evo vai sair do poder um dia... eu duvido.

Vc acha que estou falando besteira ótimo, a recíproca é multua.

Ah e malufista pode não existir por aí, mas por aqui existem e muitos. Pergunte para os Paulistas daqui se malufistas (tios, tias, avôs, avós, parente e professores etc.) sumiram. e vamos ver se ele não será deputado (algo que vai me deixar muito puto).
E não adianta tentar me colocar no papel ante esquerda, quem ve o mundo em preto em branco não sou eu. Nem sua esquerda nem a direita deles. Não me identifico com nenhum dos dois lados. Não tente colocar essa máscara em mim. eu sei que pode te confundir existir gente que não se aplica aos seus padrões. Mas nem por isso vc deve me adequar a eles.

Como dizia raul:
"Deixo os que sonham ser felizes habitando o paraíso".

Niemi Hyyrynen disse...

Lola,

quem disse que eu não gosto do PT? Alias eu aprovo ações separadas, não o partido em si, eu acredito que não podemos nos apegar a um partido, por melhor que achemos que ele seja, pois isso pode virar fanatismo, mas nada impede que vc apoie o partido quando acha que ele esteja acertando...

mas isso é off-topic total.

Sobre a imprensa, a imprensa de modo geral é direitista, principalmente a de São Paulo, é só ver quanto tempo o PSDB está massacrando São Paulo e as pessoas continuam apoiando... então a imprensa como instrumento que ela é da elite vai bombardear o PT . Estando certa ou não.


Niemi.

Jujumeo disse...

Victor: Resposta fantástica.
No mínimo, estou certo. heheheh

primeirocego disse...

Confesso que não estou entendendo mais nada, Jujumeo. Eu acho que você disse uma coisa, critico e você diz que não disse nada daquilo. Pelo menos outras pessoas pensaram o mesmo que eu, então acho que não estou maluco. :)
Enfim, mudo meu nome em tua homenagem e me retiro ao paraíso que habito. :p

Piorcego.

Masegui disse...

Lolinha,

Você é 10!, não, 100!!, não, 1000!!!

PT Saudações

Masegui disse...

Andei lendo alguns comentários e o da Mariana diz "democracia requer alternancia de poder."

Eu acho que não é bem assim, mas explica aí, como assim alternância?
Mudança de partido no poder? de pessoas no poder?

O segundo mandato de FHC, depois o de Lula, desconfiguram nossa democracia?

Eu só quero entender...

aiaiai disse...

kkkkk, Masegui,

alternância de poder é um argumento ótimo...tenho usado muito com paulistas que insistem em querer mais 4 anos de psdb (gente masoquista ...). Tu já imaginou? O cara já teve 16 anos de m.... e quer mais 4!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

lola aronovich disse...

Pois é, Mariana, se não ter alternância no poder configura uma ditadura, então SP vive uma ditadura? Acho que ninguém seria insano de chamar SP de ditadura, apesar do PSDB governar o Estado há 16 anos (e vai ganhar de novo pra mais 4). SP, assim como o resto do país, tem eleições. O PSDB só tá lá pq os paulistas são malucos, opa, quer dizer, pq elegem os tucanos. Bom, isso é mais tempo que o Chavez tá no poder na Venezuela - 11 anos. Ele é eleito e reeleito. Tá lá pq o povo vota nele. Não vejo como isso pode ser considerado uma ditadura.


Obrigada pelo carinho, Mario! Vc viu que o companheiro maridão me abandonou, tá em SC até quarta, e não tá indo nada bem nos Jogos Abertos? Chuif.

samya disse...

Jujumeo,

quem sabe você poderia me explicar uma coisa, percebi que és um moço bem esclarecido:
Quando você fala em ditadura na América Latina você esta se referindo a governantes de esquerda eleitos pelo voto popular e que tomaram medidas para defender a autonomia nacional do jugo dos gringos e as elites, ou você esta falando das ditaduras de direita em geral 100% apoiadas pelos americanos, quase sempre com o exército por tras de um golpe de estado que eu nem preciso dizer antidemocratico né?
Porque eu devo ser muito besta e sempre pensei que ditadores fossem o Batista na Argentina e toda a corja de generais, o Pinochet no Chile, O trujillo na Republica dominicana, os nossos militares no golpe de 64... e por ai vai.
Mas ai eu descubro com você que ditadores na verdade são presidentes democraticamente eleitos e que tem uma alta aprovação popular. Explica ai moço que eu não estou entendendo direito.

Masegui disse...

Lolinha,

Sabe o que me deixa feliz?

Acabei de chegar do boteco... tem uma feirinha aqui perto de casa toda quinta, onde vou beber com meus amigos e minha patroa vai encontrar as amigas, tomar canjiquinha, comer pé-de-moleque, comer milho-verde... então... esse boteco é frequentado por médicos, advogados, fazendeiros, ralé, pé-rapados, etc... então... a dona do boteco sempre foi da "situação"... digamos, tá ganhando dinheiro, foda-se o mundo... pois bem, enquanto tomava minhas pingas e uma cervejinha, ouvi tanta reclamação do atual governo (Aécio, etc.) que fui obrigado a lembra-los que esse povo é do PSDB (ha ha ha) tão defendido por eles há pouco tempo... :))

Saí de lá com a alma lavada (o bucho também, claro) e feliz da vida porque eles agora estão sentindo na pele o mal que essa corja faz para o nosso povo...

Vou dormir, beijos...

Ps.: acabei de crer que o CM não é nada sem você... a saudade o transforma num capivara... :))

Mariana. disse...

Lola, sinta a diferença:

1)perguntar se a população prefere o candidato A ou B para governar;

2) perguntar se a população quer que o candidato A continue governando;

Eis a diferença entre SP e venezuela.

---

É por isso que o lula tem uma aceitação estrondosa, mas não levou nenhuma no primeiro turno. Nas pesquisas sobre aprovação do seu governo, perguntam o que acham dele. Nas eleições, pergunta-se se preferem ele ou outro.

antoniajmc disse...

eu estava muito otimista mas agora estou nervosa, achando que esse caso Enrenice vai levar pro segundo turno..
eu sou a primeira a criticar o pt atual e o programa minha casa minha vida da Dilma, mas nesse momento específico gostaria que ganhasse no primeiro turno e que o serra tivesse um ataque cardiaco e caísse mortinho da silva ao saber. (sei que é horrível gente, mas serio, eu penso isso)

Rita de Cássia disse...

Lola que texto maravilhoso vi em tuas palavras o meu pensamento expressado completamente,sem por nem tioirar uma palavra.Eu sei o que essa militanca que tanto encomada a eles,fiz muitas passeatas mabilizava os amigos iamos para as praças por amor a politica por achar ,que existi diferenças e que elas precisavam apareçer,hoje terminando o segundo mandato do nosso presidente ,digo sem medo algum tenho orgulho de ter participado desse processo,e o fiz por acreditar que seria diferente,e foi.Sei que ele não fez tudo que o Brasil precisava,mas se que fez tudo que estava dentro das suas limitações,que sabemos são grandes ,com essa oposição safada que existi.E lhe digo mais que quando o Lula fala ,eu paro para ouvir e me emociono sempre.

joshua disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mariana. disse...

gente, vamos falar das declarações babacas do Papa Bento XVI?!

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/09/papa-liga-ateus-a-nazistas-e-abre-nova-polemica-em-visita.html

entre um pronunciamento do chefe católico e um artigo desse pondé, a gente vê o quanto de idiota ainda existe no mundo...

Patrick disse...

Cara Mariana, até agora, durante os onze anos do governo de Hugo Chávez na Venezuela, o único grupo político que colocou tanques na rua, matou pessoas que resistiam a um golpe de estado, demitiu juizes e promotores numa canetada, dentre outras ações, foi a oposição a Hugo Chávez, quando tomou o poder por alguns dias em 2002.

The Crow disse...

Ai, ai...

Sobre o mano Chávez:

Particularmente, acredito que o sistema organizacional da Venezuela configura sim uma ditadura, onde as regras e normas emanam de forma autocrática e autoritária.

Um exemplo meio bobo: no Brasil, felizmente, ainda nos são permitidas a liberdade de expressão, o livre manifesto do pensamento. Assim, se você quiser ir ao Palácio do Planalto, ou ao Congresso, levantar bandeiras, cânticos e ficar demonstrando a sua "causa", não haverá nenhum tipo de reprimenda. Claro, se disso derivar arruaça ou ameaça ao patrimônio público, a polícia há de intervir. Mas isso já é outro assunto. De forma geral, a sua integridade física, ideológica e psicológica ficarão intactas, protegidas pela Constituição e pelo Estado Democrático de Direito. Porém, na situação atual venezuelana, olha como acontece: meses atrás, estudantes estavam organizando uma manifestação, absolutamente pacífica, criticando as medidas do governo - leia-se, Chávez - no tocante à educação. Diante disso, o que o "governo" fez? A democracia é tamanha que ele deixou claro, para toda a nação, que se tal manifestação acontecesse, os estudantes seriam duramente reprimidos - entenda-se, a borracha ia comer solta - e, não satisfeito, ainda deu mais um alerta, declarando que os policiais que não cumprissem rigorosamente às ordens (borracha sem dó) seriam, por sua vez, também "exemplarmente" punidos. Dá pra ter uma idéia do absurdo da situação? O governo promete diretamente, através de seu chefe maior, não só a punição sádica de estudantes que apenas queriam se manifestar, como também a punição "exemplar" dos policiais que se recusassem a fazer parte da carnificina.

O fato é verídico e pode ser facilmente comprovado pela internet.

Enfim, se isso já não seria suficiente para caracterizar uma "ditadura", então confesso que preciso me aprofundar mais em política.

Nathália. disse...

Ótimo post! E olha que eu tenho (muitas) críticas ao PT.

Lucas Santos disse...

o PT tem povo mas não tem mídia. O PSDB tem mídia mas não tem povo.

Lucas Santos disse...

o PT tem povo mas não tem mídia. O PSDB tem mídia mas não tem povo.