quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

PRIMEIRA PARADA: VARADERO

Gente linda, voltei de uma viagem incrível no domingo. Preparem-se que, se a preguiça não baixar, vou dedicar vários posts a essa viagem. E preparem-se pras muitas fotos também, a maior parte tirada pelo maridão. 
Sei que serei apedrejada pelos inimiguinhos de sempre. Só a resposta a uma leitora no Twitter que perguntava sobre a internet em Cuba (eu disse que é lenta e cara) já gerou um carnaval entre os reaças, que não primam exatamente pela interpretação de texto. Eles devem achar que uma viagem não pode ser maravilhosa se alguma coisa num país não funciona. Não sabem que, sempre que viajo, procuro ao máximo ficar distante da internet, pra me desligar mesmo da rotina. Não sabem que, dos 21 dias viajando, uns oito não foram em Cuba, e sim em lugares ultra capitalistas onde a internet também é lenta e cara. Mas calma aí que vou contar tudo. 
Suponho que cada pedacinho de cada post meu seja printado, tirado do contexto, e usado por reaças para "provar" sei lá o que eles querem provar -- que Cuba é um inferno? (que ridículo pensar isso). Que Cuba não é um paraíso? Nunca imaginei que fosse. 
Por do sol em Varadero
Quem acredita em paraíso e inferno são os reaças, que acham que nos EUA, por exemplo, "tudo funciona". E que se esforçam em demonstrar, baseados puramente em achismos, que "nada funciona" em Cuba, uma pequena ilha em que educação e saúde são vistas como modelo no mundo. 
Mas não escrevo pra reaças nem pra mascus. Escrevo pra quem sabe ler, interpretar texto, debater. Pra quem quer trocar ideias e não vem com várias pedras na mão. Então escrevo pra vocês, minhas queridas leitoras e leitores, não pra trolls. 
Eu sempre quis conhecer Cuba, em parte porque é no Caribe, em parte por toda a mística de ser uma ilha que enfrentou o maior império da história da humanidade, os EUA. Alguns anos atrás eu perdi R$ 1.630 comprando um pacote pra Havana de uma agência de viagem no Rio que nos roubou. Desta vez procurei a CVC em Fortaleza (no Shopping Benfica) ainda em maio, fui super bem atendida pelo Leonardo, um amor, que fez montes de cotações de voos nas poucas datas em que podemos viajar (pois eu e o maridão somos professores, então é sempre na alta temporada). No total, nossa viagem não saiu barata: quase 16 mil reais por três semanas (pra duas pessoas, sem filhos). 
Maridão conversando com estátua em belo parque em Varadero
O mais caro foi mesmo chegar lá. Pagamos R$ 6.660 de avião. Fomos direto, pela Avianca, de Fortaleza para Bogotá (a outra opção, mais cara, era ir de Fortaleza para SP, de lá para o Panamá, e do Panamá a Cuba). Pedimos ao Leonardo para que nos deixasse ficar um dia na ida e outro na volta em Bogotá, pra aproveitar e conhecer um pouquinho da cidade (farei um post sobre Bogotá). Ainda assim, a viagem é longa: de Bogotá pra Cidade do México, e de lá pra Havana. Na volta, a mesma coisa.
Eu na parte dos apaixonados no Parque Josone
Pausa pra contar como fiquei mal impressionada com o aeroporto mexicano. Pra começar, me pareceu o aeroporto mais frio que já vi. Tudo bem, é inverno lá no norte (a gente que não tinha pensado nisso e viajou sem uma mísera camisa de manga comprida -- nunca mais! Temos que aceitar que os outros lugares não têm o clima cearense). Mas aeroporto não é um treco meio climatizado? Aquele parecia aberto, com muito vento gelado circulando sem parar. Não ajudou que tivemos que permanecer sete horas lá. 
Dossiê Pelicano: Silvinho com as aves ao fundo
E, na ida, experimentamos a segunda maior roubada gastronômica de nossas vidas. A primeira foi em Moscou (pós-comunista), em 2004, quando pagamos 50 dólares por um tímido pedaço de frango e outro de carne (sem acompanhamento) num hotel. Lá tinha a barreira da língua, e na maior parte do tempo não sabíamos o que estávamos pagando nem quanto estávamos pagando. Mas no México, não. Hablamos español. 
Na ponte, noivos posam para fotos
Fomos tomar café da manhã num restaurante do aeroporto. Pedimos dois omeletes simples, duas "tortas" (que nosso portunhol fez crer que seriam duas fatias de torta, mas eram sanduíches -- frios, ainda por cima), e aceitamos o café que os garçons passavam servindo. Na hora da conta, a surpresa: quase 50 dólares por aquele café da manhã chinfrim! Um omelete custava 11 dólares! Pagamos com o cartão de crédito, com muita dor no coração. (Na volta, mais espertos, comemos 2 cachorros quentes cada, mais um suco e uma água. Saiu por 5 dólares). 
Maridão querendo me convencer que o mapa de Varadero estava errado e ele, certo
Ao chegar em Cuba, fomos direto do aeroporto pra Varadero. Trocamos 150 euros no aeroporto por 170 CUCs, a moeda cubana para turistas. Já tínhamos comprado a passagem pela internet com uma agência cubana, que nos levou de carro do aeroporto de Havana pra Varadero por 15 dólares cada. 
Ficamos cinco dias em Varadero, e aqui uma queixa: é tempo demais pra se gastar naquela cidadezinha de apenas 22 km (na realidade, a parte "habitada" tá mais pra 6 km). É tudo tranquilo e limpo, mas não tem muito o que fazer lá. Teria se a gente fosse pra praia todo dia, mas ninguém nos lembrou que em dezembro é inverno em Cuba. 
Eu testando as águas em Varadero: gelo!
Então sabe aquela propaganda toda de mar morninho do Caribe? Não se aplica no inverno. Claro, a água não é tão fria quanto a do Pacífico (eu coloquei a ponta do pé no mar do Chile em janeiro passado) ou, ha ha, das praias catarinenses (desculpem, não resisti!), dá pra entrar, mas é frio. A Mary, cubana de quem alugamos um quarto pelo BnB, nos disse: "Cubano não vai pra praia no inverno". E parece que em janeiro é pior. Pros turistas europeus, a temperatura do mar caribenho no inverno deve ser quentinha. Mas pra gente que tá acostumada com o nordeste...
Prova inequívoca que finalmente entrei no mar
À primeira vista, Cuba parece muito cara. Afinal, a moeda usada é o CUC, que vale praticamente tanto quanto o euro (quase 4 reais). Mas a diferença é que dá pra comprar bastante coisa com um CUC, enquanto que com um dólar ou um euro, muito pouco. Quase todas as nossas refeições em Cuba saíram por 10 CUCs pros dois. Certo, vocês sabem como nós somos. Comemos bastante hambúrger. Mas eram hambúrgueres de cerdo (porco), deliciosos, parrudos (entre 150 g e 200 g), e pagamos entre 1,20 a 2,70 CUC cada, dependendo do lugar. 
O café da manhã que você combina na casa cubana que ficar custa 5 CUCs por pessoa. Em Varadero não tinha muita fruta porque eles ainda estavam sofrendo os efeitos do furacão, que foi feio em Cuba. 
Entrada para o quarto que alugamos em Veradero
Pra sobremesa, o que comi quase todo dia sem cansar foi um potinho de 450 ml de sorvete de chocolate da Nestlé "hecho en Cuba". Quer dizer, infelizmente só tem lá. É muito bom e o preço é ótimo: quase meio litro de sorvete de chocolate por 1,35 CUC. Tinha também sanduíche de sorvete por 1 CUC. Devo dizer que em nenhum momento chegamos perto de passar fome em Cuba. Muito pelo contrário... 
O quarto que alugamos em Varadero era muito bom (R$ 770 pelos 5 ou 6 dias, via BnB), ficava em frente a uma das várias entradas de um belo parque, o Josone. 
Não sei como alguém pode ficar nos resorts. Além de caros, são longe pacas do centro da cidade. Teve um dia em que pegamos o ônibus turístico (5 CUCs por pessoa pelo dia inteiro, pode entrar e sair quantas vezes quiser) pra conhecer a vila de cabo a rabo, e chega uma hora que é só resort, campo de golfe (argh), hotéis enormes e distantes. Ah, tudo propriedade do Estado. 
Como todo mundo que vai a Cuba diz, parece um lugar parado no tempo (muito por causa do embargo de mais de meio século dos EUA). A gente vê carros antigos, alguns até da década de 1920, o tempo todo. Muito bem conservados. Quase todos são usados pra turismo. Alguns, os conversíveis mais chamativos, te levam para uma excursão pela cidade por 100 CUCs a hora. O que também tem direto, principalmente em Varadero, são charretes com cavalo. 
Pro cara ser um charreteiro, ele precisa se responsabilizar pelo cocô que o cavalo fizer na rua (se não recolher na hora é multado) e deve ter três cavalos, porque um cavalo trabalha um dia e descansa dois. Do alto da minha ingenuidade, pensei que os três cavalos de cada um ficassem confortáveis num sítio, mas, num país do tamanho de Pernambuco, não é isso que acontece. Eles ficam num estábulo mesmo, todos eles. Mas os charreteiros juram que os cavalos são bem cuidados. 
O preço é tabelado: 5 CUCs por pessoa por meia hora de passeio. Achamos caro e não íamos fazer, até que um rapaz simpático nos ofereceu um passeio de uma hora por 10 CUCs no total. Topamos. Mas já estranhamos ao ver que o charreteiro não era o rapaz simpático, e sim outro, também simpático. E foi um passeio agradável. Uma das coisas que jamais saberíamos, por exemplo, era que Al Capone teve casa em Cuba. 
Mas, na hora de pagar, o cara falou: "Foram duas horas e meia de passeio, então são 25 CUCs". Eu não gostei porque tinham sido duas horas, não duas horas e meia, e também porque o preço combinado não tinha sido esse. Mas entreguei os 25 CUCs na mão dele, e aí ele disse: "Por pessoa". Isso achamos um absurdo. Nunca que iríamos pagar quase 200 reais por um passeio. O maridão exigiu ser levado ao carinha com quem havíamos combinado a transação. Lá, o sujeito, muito do desonesto, insistiu que havíamos entendido mal. O maridão, meu herói, finalmente disse "Não vamos pagar", virou e foi embora.
Algo parecido aconteceu novamente em Havana. Tínhamos que ir ao porto. A distância era mínima, cinco quarteirões, mas já era noite, não sabíamos o caminho, e estávamos carregando as malas. Um rapaz com uma "bicicleta-táxi" ofereceu nos levar lá por 3 CUCs. Chegando ao porto, ele nos disse "Por pessoa". Paguei os 6 CUCs, mas sei que fui roubada. Um táxi normal (carro) nos cobraria 3 CUCs. Portanto, fica a dica: cuidado com isso de "por pessoa". 
Uma coisa que aprendi em Varadero é que cubano adora canadense. Não é à toa: o Canadá nunca respeitou muito o embargo americano a Cuba e, além disso, é o país que mais manda turistas pra ilha. Só em 2015, um milhão de canadenses visitaram Cuba!
Tirando gente mau caráter, que tem em todo lugar, a viagem foi muito calma. Em Cuba a criminalidade é quase inexistente, e os habitantes têm enorme orgulho disso. Como me disse Toni, dono de um dos dois quartos em que ficamos em Havana, "No meu país não preciso me preocupar com minha filha sozinha na rua à noite. Sei que ela chegará em casa em segurança". 
Voltarei ao tema, prometo! Mais posts virão sobre a viagem.

68 comentários:

Bruno Seixas disse...

YESSSSSSSSSSS!!
Finalmente voltou da viagem!
Ainda pretendo ir em Cuba um dia, mas não tenho muita pressa...
Por ora, só vou ficar acompanhando os posts
(E sim, me falta dinheiro pra ir)

Anônimo disse...

Nossa, que vontade de ir a Cuba!! Deve ser otimo viver em um país com baixos indices de criminalidade.

Anônimo disse...

Nossa, cuba parece ser muito legal!

Esses resorts são meio proibitivos mesmo, melhor ir pelo airbnb, que é super em conta!!

Adorei, criminalidade baixíssima... queria viver num lugar assim.

Sem falar que, no verão deve ser ótimo ir à praia!! E estamos adivinhem onde? no caribe!!!

Muito legal Lola, parabéns!






#so_que_não! ahahahahahah

ahahhaha deve ser chato a lola ficar excluíndo os 99% de comentários falando a realidade, que cuba é uma merda, e ficar aprovando os poucos comentários combinados, de que lula é um paraíso na terra, um lugar onde todos temos uma excelente internet e lindos hoteís e carros rústicos ahahhahahah... Lolinha, você me diverte! kkkk

A criminalidade lá é baixa, claro, todo mundo é pobre! kkkk só os turistas tem dinheiro, e os castro não vão deixar os cubanos assaltarem os turistas, que são uma das únicas fontes de renda do país, né? hahahahaha

Anônimo disse...

(muito por causa do embargo de mais de meio século dos EUA)
Só tem os EUA no mundo para Cuiba fazer negocio Lola?
Embargo não é bloqueio, os EUA nunca proibiram nenhum outro país do mundo de negociar com Cuba, tinha muito dinheiro Russo, Venezuelano, espanhol, Chinês etc. la.
Mas e como você disse, "tudo e do estado"
talvez esteja ai a resposta de estar "parado no tempo"

lola aronovich disse...

Antes de falar besteira sobre o embargo, assista o vídeo. Talvez assim vc aprenda um pouco sobre o que uma proibição de mais de meio século vinda do país mais poderoso do planeta pode fazer com um país.


"Lula é uma paraíso na terra", mascutroll das 12:56? Ideia fixa e ato falho!

Anônimo disse...

Belo artigo que poderia desbancar os argumentos daquele mascu reaça Nando Moura.

Anônimo disse...

Aviso logo que sou leitora do blog e nao um troll. Fico revoltada com a defesa que a esquerda faz da ditadura cubana. Fico revoltada com a defesa que a esquerda faz da ditadura de Maduro. A saúde e a educação de alto nível existente em Cuba não servem para desculpar a repressão política. Países como Dinamarca, Noruega e Nova Zelândia tem educação e saúde melhor que a cubana só que com respeito a liberdade. Aviso para os trolls de plantão que se me mandarem ir a Cuba porque sou de esquerda saibam que pretendo mesmo ir algum dia para visitar. Até porque não tenho nada contra os cubanos. Mas já mais seria um lugar que eu onde eu faria morada pois ditaduras não são boas. O atraso desse país não vem apenas de um embargo econômico, Lola. Vem do próprio sistema socialista onde o estado é dono de tudo. A queda da URSS é prova de que isto não dá certo. Tudo fica atrasado. Até mesmo a produção de alimento se torna insuficiente. Acho patético que parte da esquerda nos dias de hoje só sirva para defender ditaduras e ficar culpando os EUA por tudo. Não eu não moraria em Cuba. Além de saúde e educação de qualidade o povo cubano merece também liberdade. E no momento, o estado cubano esmaga qualquer um que discorde dele. Lamentável essa defesa de ditaduras. Lamentável que se defenda ditaduras que violam os direitos humanos.

Viviane disse...

"Mas não escrevo pra reaças nem pra mascus. Escrevo pra quem sabe ler, interpretar texto, debater. Pra quem quer trocar ideias e não vem com várias pedras na mão. Então escrevo pra vocês, minhas queridas leitoras e leitores, não pra trolls."

Assim esperamos que seja daqui em diante, Lola. Feliz 2018!

Anônimo disse...

Lola,

Que bom que gostou da viagem.

Mas vc vacilou num ponto.

Dá para trocar dólares e euros por CUP nas ruas. Aí, com dez dólares, vc pega um caminhão de dinheiro e rende muito mais.

Anônimo disse...

É interessante a parte do "argh" quando vc cita campo de golfe, é tipo dizer para o leitor : ohhh eu não faço da elite burguesa e não me corrompi aos valores do capitalismo, igual Fidel fez quando mandou esvaziar e destruir as piscinas de Cuba( menos a dele).
Vc tenta passar uma imagem quando na verdade desfruta de uma vida bem estruturada, e para finalizar, qual o problema das pessoas gostarem de golf, tênis, etc.,

lola aronovich disse...

Valeu a interpretação do meu "argh" pro campo de golfe, troll das 15:35. Acho que vc não sabe muito bem como campos de golfe são péssimos pro meio ambiente. Procure se informar. Sobre quadras de tênis de grama, eu não sei, mas elas são muito menores que campos de golfe. Eu faço parte da elite, sou privilegiada, nunca disse que não faço ou não sou. Meu salário me coloca como parte dos 10% mais ricos do Brasil. Eu não sabia que, pra defender uma forma de governo mais justa e igualitária, eu precisava fazer voto de pobreza. Obrigada por me informar!


Anon das 15:12, não é verdade isso dos CUPs. Trocamos alguns CUCs por CUPs, mas não deu pra nada. Tudo era convertido exatamente na mesma proporção (1 CUC = 24 CUPs). Por exemplo, comemos um hamburguer na rua por 24 CUPs. Nossos CUPs acabaram, fui comprar outro hamburguer, paguei em CUC (1 CUC). Assim foi pra tudo. É bom ter CUP pra quem pega ônibus urbano, que não foi o nosso caso. A única outra diferença que vimos foi no ingresso pro Museu da Revolução: custava 8 CUCs pra turista e 8 CUPs pra quem é de Cuba. De resto, a conversão era igual.

Anônimo disse...

Muito obrigada querida pelo post, já estou ansiosa pelos próximos!Pois é, acho ridículo como os reaças parecem precisar acreditar em paraíso- não existem em lugares com seres humanos. Que bom que os inconvenientes não impediram que vocês aproveitem. Feliz 2018 para você Lola e força para lutarmos ;)

Anônimo disse...

Lola, vc viu muitos cubanos comendo hamburgeres generosos em carne ?

E tomando sorvete da Nestle ?

Ou eram só para os turistas essas coisas ?

Anônimo disse...

Você podia escrever uma artigo sobre aquele Nando Moura. O canal dele é muito expressivo e tem influenciado muitas pessoas com opiniões erradas e hipócritas.

lola aronovich disse...

Os hamburgers vendidos em quiosques e nas ruas tinham preço em CUP, então imagino que cubanos comiam bastante. Os copinhos da Nestlé, pelo jeito que acabavam rápido (principalmente os de chocolate), tenho impressão que os cubanos tomam também. Como Cuba tem muito turista, e muita gente trabalha com turista, imagino que eles acabam consumindo bastante do que turista consome também.

lola aronovich disse...

Não tenho interesse em escrever sobre reaças, ainda mais nesses que eu mal ouvi falar, anon das 16:16.



Obrigada pelo carinho, anon das 16:12. Vou escrever mais!

Manoela disse...

Lola me diga: Como você consegue ter paciência par responder a esses trolls? Eles nao querem debater nada com argumentos apenas trollar...aposto que ficam em casa trancados no quarto enfiados no pc aa custas do dinheirinho dos pais porque não conseguem se sustentar sozinhos. Aí ficam na net tentando perturbar a vida de quem não é doente como eles.

Anônimo disse...

A sra não gostou dos comentários sobre o che e sobre socializar o próprio salário ?

Mas por que a sra não gostou ?

Anônimo disse...

Lola vc irá falar sobre o caso Danilo Gentili e Alexandra Gurgel

Anônimo disse...

Lola se o Pabllo vittar fosse hetero ele iria fazer o mesmo sucesso ou ja teriam dito na cara dele que ele não tem talento ?

Anônimo disse...

Como uma pessoa pode ser tão ridícula é insignificante para rir "Hue". Qualquer pessoa percebe que é um débil mental. Vai ser misógino, infeliz e amargurado e fracassado para todo sempre. Huehuehuehuehue... Que risada ridícula do caralho. Por isso que essas desgraças são virgens. Nem homem nem mulher querem transar com esses fofoletes do cão.

Anônimo disse...

Em 12 anos de PR o que eles fizeram para diminuir a criminalidade?

Anônimo disse...

Tudo o que você disse eu compreendo perfeitamente e digo mais, é uma das principais bandeiras do liberalismo, liberdade social e liberdade econômica, não confunda com conservadorismo, liberdade econômica mas com liberdades sociais barradas. Veja alguns vídeos de uma jornalista Guatemala Glória Alvarez, ela fala muito sobre como o populismo latino americano tem destruído essa região, com foco no maduro e peronismo argentino.

Anônimo disse...

A forma mais igualitária é o liberalismo econômico,como a Austrália e Nova Zelândia que possuem melhores condições de vida em relação a países de economias burocráticas e fechadas, como a Venezuela...

Anônimo disse...

Muitos liberais também não gostam do nando Moura, como o MBL, mamãe falei e ideias radicais. Nando Moura é um conservador nos costumes enquanto os outros querem uma economia livre mas não são contra o homossexualismo,por exemplo, visto que é um direito individual.

Anônimo disse...

Você possui um emprego em alguma empresa estatal, é funcionária de uma empresa privada ou é empreendedora? Se trabalha no setor público, saiba que o governo está falido de tanto inchaço nas contas públicas e que a reforma da previdência precisa ser aceita para o país não quebrar de vez. Se é funcionária,saiba que seu empregador precisa pagar quase o dobro do seu salário apenas em impostos trabalhistas e o ideal seria que os impostos fossem mais baixos e a concorrência fosse maior entre as empresas para que a produtividade aumentasse e o salário do trabalhador subisse. Se você é empreendedora com certeza deve estar ciente da burocracia e estatismo que faz de tudo para dificultar os negócios. Enfim, não sou nenhum mascu, sou uma mulher e me considero feminista e leio o blog a um bom tempo e tenho que dizer que o liberalismo não é nosso inimigo mas sim nosso aliado e quanto mais as mulheres tiverem renda e sua própria propriedade mais ela e sua família poderá prosperar.

Anônimo disse...

O MBL e o mamãe falei são farinha do mesmo saco do Nando Moura. Três desgraça, principalmente o MBL. Você está muito mal informado, o MBL promoveu aquela palhaçada com o museu de arte moderna. Seus integrantes falam de "doutrinação comunista" e demonizam a teoria do gênero. Aquele rapaz do mamãe falei incentivou as pessoas a votarem contra a lei do feminicidio. O MBL vive atacando o feminismo e são contra o aborto. Mamãe falei e MBL são farinha do mesmo saco do Nando Moura querendo se passar por liberais. O MBL fala em eliminar a esquerda (feministas inclusive) a quem chamam de câncer.

Quem você pensou que iria enganar aqui no blog? Nós sabemos muito bem o que é o MBL e o Mamãe falei. Apoiadores de Bolsonaro e do governo corrupto de Temer.

Já o Rafael do ideias radicais é libertariano e fica na eliminação do estado. Obviamente ele também odeia tudo que vem da esquerda, principalmente o comunismo. Mas não perde tempo atacando gays e feministas. A postura dele não é agressiva. Parece ser conservador nos costumes, mas não fica julgando a vida dos outros.

Sério que vc veio falar bem do MBL e do mamãe falei aqui? Não colou nao, viu!

Você pode falar bem apenas do liberalismo sem citar essa militância protofacista da extremidade direita que vai ser melhor aceito.

Anônimo disse...

Vou dar uma olhada

Felipe Roberto Martins disse...

Querida! Muito bom. Saudades. Escreva mais, pois é muito legal ler você. Abraços.

donadio disse...

"Aí ficam na net tentando perturbar a vida de quem não é doente como eles."

Esse pessoal deveria usar turbante. Afinal, tudo com eles é turbar: perturbar os outros, e masturbar a si mesmos.

donadio disse...

"quanto mais as mulheres tiverem renda e sua própria propriedade mais ela e sua família poderá prosperar."

Quantas pessoas você acha que precisam trabalhar numa empresa para ela ser minimamente viável num sistema "liberal" de mercado? Uma? Dez?

Anônimo disse...

https://www.facebook.com/mundopetsoficial/videos/1835399203172681/
Assista o vídeo e depois siga se é legal ficar comendo carne de porco Lola?
:')

Anônimo disse...

Um pote de sorvete de meio litro todo dia, isso não é exagero?

Anônimo disse...

Deixa te contar como funciona a nossa previdência, pelo menos da área federal, onde trabalho. Contribuímos com 11% do nosso salário bruto, sobre o total que ganhamos, não sobre teto da previdência. O governo não contribui com nada. E continuamos contribuindo com esse percentual após a aposentadoria. E a aposentadoria não é mais integral. Queria muito ter a opção de sequer me aposentar pelo governo, porque cuido do meu dinheiro muito melhor que ele. Ah, e trabalho muito também, viu? Nao me sinto muito responsável pelo governo estar falido, não. Vamos reformar previdência de parlamentares e militares também, vamos? Vamos atrás dos ladrões? Vamos parar de perdoar dívidas previdenciárias de times de futebol e afins? Vamos pensar no trabalhador celetista que com 40 anos é considerado velho e não arruma emprego de jeito nenhum? Como vai contribuir "trocentos" anos se nem emprego vai ter? A reforma trabalhista já foi uma balela. Ou vc não viu que aumentou o desemprego depois? Aliás, já leu o texto da "reforma"? Vamos nos informar, minha gente! Depois de saber direitinho como as coisas funcionam, a gente se posiciona.

Kasturba disse...

Que maravilha de férias, Lola!!! Você merece!!!

Peguei uma promoção de passagens (ida dia 24 e volta dia 31) e também fui passar uma semana no Caribe com meu marido e enteadas. Apesar de ter chovido todos os dias, a chuva passava rápido, e aproveitamos bastante. Achei a temperatura do mar bem gostosa... Mas talvez seja porque eu estou acostumada às praias catarinenses... rsrsrs

Um beijão e um ótimo ano para você!!

Anônimo disse...

Mostrei essa postagem para uma médica CUBANA, amiga minha, que trabalha no Brasil e ela não sabia se ria ou se chorava.

Anônimo disse...

09:48, o que ela achou do post?

Tania Maria dos Santos disse...

Eu tb quero ir a Cuba e não quero demorar, pois corremos o risco de tudo se modificar de um a hora para outra. Vou acompanhar seus posts. Gostei Muito!

Anônimo disse...

Minha colega de trabalho é Cubana e ela diz que a realidade do país é totalmente diferente. Na condição de turista, você só visita o que é "licenciado" para fazer, para não ver a realidade de pobreza da maioria dos lugares.

Somado a isso, a própria filha de Fidel Castro foi inimiga dela devido ao que ele fazia com a população.

Complementando isso, assistam o canal Ideias Radicais. Marxistas não entendem nada sobre economia e por isso seus países sempre são condenados a fome, misérias e ditadura.

Tudo o que rapaz desse canal previu anos atrás para o Brasil, por causa do marxismo, se confirmou. E a previsão dele para os próximos anos se continuar esse socialismo desenfreado no país será nós vivermos que nem Cuba ou Venezuela. Seremos um país miserável, com criminalidade absurdamente alta, vendendo para o estrangeiro como um socialismo que deu certo e todo mundo acreditando e vindo aqui comprovar, visitando somente as áreas ricas e que o estado autoriza.

Anônimo disse...

Cara,jogar toda a culpa de empreender nos impostos trabalhistas me soa meio falso. Como se fosse fácil pra uma pequena empresa concorrer com uma gigante que tem capital pra produzir e comprar matéria prima em larga escala, e por isso praticar preços muuuito mais baixos se quiser. Além de ter um investimento agressivo em marketing em nível GLOBAL.

Vcs querem "cortar gastos" na parte mais fraca que são os trabalhadores. Parece muito simples né, menos impostos e seu salário vai aumentar.
Mas vamos lembrar das grandes multinacionais de países liberais, e que mesmo assim saem do "país liberal" e se instalam em países em que a mão de obra é a mais barata possível. Um número enorme de empresas usando trabalho similar à escravidão.

E não dá pra comparar Brasil com países de primeiro mundo, Brasil basicamente exporta matéria prima, enquanto esses países exportam tecnologia e cultura, que gera muito mais riqueza.

Somos apenas uma massa de trabalhadores sem educação, mao de obra barata a ser explorada.
Numa massa de pessoas pobres e desesperadas o empresário paga o que ele quiser pagar.

donadio disse...

"se continuar esse socialismo desenfreado no país"

Mas que socialismo desenfreado, caramba? Vivemos numa economia de mercado, tudo é mercadoria, inclusive a força de trabalho, a propriedade dos meios de produção é privada, não tem absolutamente nada de socialismo aqui neste país. É um país capitalista de cabo a rabo, e sempre foi, desde a abolição da escravidão. "Socialismo" não é aquilo de que você não gosta, socialismo é propriedade coletiva dos meios de produção, abolição dos mercados e da moeda, fim da ditadura do capital e do valor.

titia disse...

Bom, pelo que eu vi aqui, Cuba é um país como vários outros, inclusive o próprio Brasil, com algumas coisas boas e outras ruins. Tem gente (pouca) que nada no mar de rosas e gente (muita) que afunda no mar de merda, exatamente como no Brasil. As zonas de pobreza, miséria e exclusão não estão no roteiro dos turistas, afinal feiúra não rende dólar, mas das belezas naturais e dos passeios todo mundo fala, exatamente como no Brasil. O governo ferra a vida do povo e depois diz que a culpa é da 'oposição', exatamente como no Brasil. Os idiotas são explorados e arrombados por um governo corrupto e metido a ditadura... exatamente como no Brasil. Coincidência, né?

Traduzindo: Cuba é um país como qualquer outro. E o Brasil é o último a poder falar mal de Cuba. Os cubanos estão na merda? Bom, nós aqui estamos também. E eu não sei o que os cubanos fazem em relação a isso, mas aqui o problema é que, pra agradar a corte na esperança de fazer parte dela, os brasucas fingem que a merda cheira a rosas. Que tal parar com essa palhaçada de "socialismo malvado, socialismo falido" e prestarem atenção no capitalismo brasileiro que está tão falido quanto a falecida URSS, suas bestas acéfalas e mimizentas? Não limpam o próprio quintal e já se acham os experts no quintal dos outros?

Anônimo disse...

Lola, também estive em Cuba agora em dezembro, roteiro semelhante (inclusive aproveitei bem as dicas que vc publicou, de uma professora, obrigada por isso!), fomos primeiro em Varadero tbm, vc conseguiu um preço muito bom com essa agência cubana, para o trajeto aeroporto de Havana-Varadero, como achou essa agência? Lembra o nome? Eu e minha família pagamos beeem mais caro... É bom ter essas dicas pois pretendo voltar um dia! Beijo, obrigada de antemão! Fernanda

lola aronovich disse...

Pois é, Fernanda, achei o preço do trajeto aeroporto Havana para Varadero muito bom. O combinado nem foi um carro para duas pessoas, com motorista nos esperando com cartaz na saída da área do desembarque, foi ir numa van. Mas calhou de ser só nos dois. Apenas saiba que o motorista (um senhor de idade) esperava gorjeta e fez a maior cara feia quando eu dei só os dois dólares que tinha trocados de gorjeta. Foi o Silvio (maridão) que viu essa dica de transfer num blog brasileiro que ele não lembra qual é. E foi bem em cima da hora, uma semana antes de viajarmos apenas, se não me engano. Vou colocar o link no texto. Mas tá aqui: o email é cuba@viajeskronos.com . E o site deles é este.

Anônimo disse...

Eu gostaria de visitar Cuba, mas gostaria de conhecer também esses lugares pobres, que um comentarista falou acima. Como faço para visitar estes roteiros não turísticos? Existe alguma empresa de turismo que faz esse trajeto?

Anônimo disse...

Olha só: eu já assisti vários vídeos do canal ideias radicais. O rapaz parece que entende de economia, mas não entende porra nenhuma de Marx. Além disso ele também é ideológico, vende a ideia de que o estado é a causa de todos os males do mundo e qualquer pessoa com bom senso sabe que isso é um exagero. Para Marx, não existe socialismo onde existe propriedade privada dos meios de produção. Já no domínio não existiria nem propriedade privada nem estado. Até mesmo o site Mises Brasil já fez textos esclarecendo isso. Parece que nem o Rafael nem você leram tais textos. Ou o Rafael age de má fé com a intenção de propagar a histeria da grande conspiração comunista. Existe intervenção estatal no Brasil e isso não é marxismo. Seria bom que as pessoas antes de falar de assuntos que não dominam pesquisassem um pouquinho mais para entender e diferenciar conceitos e não sair falando besteiras confundindo alhos com bugalhos.

Anônimo disse...

E sejamos justos, não é Donadio? A história mostra que o socialismo é o fim da ditadura do mercado e o começo da ditadura totalitária do estado. Definitivamente o socialismo não é a solução para os males do capitalismo.
E é a mais pura verdade que até mesmo a produção de alimentos entrou em colapso em todos os países que adotaram o capitalismo. Gorbachev teve que fazer reformas que colocassem um pouco de capitalismo para tentar salvar o socialismo na URSS. O que ele não esperava era que a população soviética já estava farta. Queria liberdade e poder decidir seu destino sem que o partido comunista controlasse cada aspecto de suas vidas. Entendo que as pessoas que lutaram pela revolução no passado tinham boas intenções. Também entendo que muitas pessoas hoje ainda sonhem e acreditem que o socialismo seja a solução para as injustiças do mundo. Mas não é. O socialismo em sentido econômico foi um fracasso completo. O capitalismo tá longe, muito longe da perfeição, mas o socialismo não é a alternativa viável.

Anônimo disse...

Não se trata de ser uma besta acéfala e mimizenta, titia. Ninguém aqui tava xingando. Quem começou isso foi você. É apenas a realidade: o socialismo é falido e em todos os lugares foi mantido através da repressão política e da violência. Se vocês querem tanto viver nesse regime vão em frente. Seria bom mesmo que o socialismo fosse estabelecido no Brasil através de uma revolução. Só assim quem defende esse sistema saberia de fato o que ele foi. Olhem alguns facebooks de pessoas que viveram na extinta união soviética. Todos os que vi até agora falam mal do antigo regime. Isso é normal pois eles CONHECERAM este regime.
Lembrem-se quantos tentaram fugir de Cuba sob balas. Quantos tentam fugir da Coreia do Norte debaixo de bala? Porque os moradores da Alemanha Oriental tentavam fugir para a ocidental arriscando suas vidas tentando atravessar os muro?

Vão em frente, pessoas! Apóiem uma revolução e vivam embaixo desse regime.

Ser de esquerda não é desculpa para fechar os olhos para o fracasso e a brutalidade que foi o socialismo. E ficar nessa nostalgia sonhando que o socialismo foi bom é infantilidade e incapacidade de perceber a realidade.

Eu não preciso xingar ninguém para dar uma opinião, titia. E não sou uma besta acéfala e mimizenta apenas porque tenho uma opinião diferente da sua. Opinião baseada em fatos relevantes, por sinal.

E eu não preciso ser de direita para ser contra o socialismo. Aliás, parte da esquerda já se deu conta que o socialismo é uma merda. E eu tenho certeza que esta esquerda vai aumentar.

Anônimo disse...

Mas antes do Brasil adotar o socialismo eu quero sair daqui. Vai que obriguem as pessoas a continuarem no país como muitos países socialistas fizeram, né? Quem tanto quis e defendeu o socialismo que viva dentro dele, então! Porque eu iria embora rapidinho.
O problema de vocês socialistas, titia, é de não aceitar opiniões contrárias e não quererem enxergam o mundo real. E por favor, não venha citar todos os males do capitalismo pois eu os conheço muito bem, obrigada! Não foi o capitalismo ou os EUA que acabaram com o socialismo. Foi o próprio socialismo que ruiu por dentro. Se desintegrou. Desmoronou sem que fosse preciso que os países capitalistas disparassem um míssil sequer na URSS. Quem estudou história sabe bem disso. Eu também sei que as pessoas que viveram sob o regime socialista quiseram voltar para o capitalismo! e isso mostra que a coisa era muito, muito ruim. É tão difícil assim entender isso?

titia disse...

De novo, o fantasma do socialismo no Brasil. Meu Deus, essa gente ainda não entendeu? Socialismo não vai ser instalado no Brasil, criaturas, primeiro porque nós ainda somos a porra de uma colônia. Somos colônia dos EUA, da Alemanha, da França e de todos os países que exploram nossos recursos naturais por um preço ínfimo, transformam em produto industrializado e depois nos revendem a preço de ouro. Os EUA já se meteram a financiar uma ditadura aqui pra evitar comunismo na época em que havia uma possibilidade (ínfima, quase zero, mas verdadeira) de que esse regime se instalasse por aqui. Acham que esses países que vocês consideram o paraíso na Terra hesitariam em vir aqui jogar bombas caso houvesse a menor e mais remota possibilidade de abandonarmos o capitalismo? O que vocês andaram fumando?

Segundo, porque colaboração a ponto de instalar o socialismo imaginado por Marx não faz parte da natureza humana. Só colaboramos até um certo ponto, depois é cada um por si. O ser humano saiu da selva mas a selva não saiu do ser humano, somos predadores da pior espécie e a lei do mais forte ainda é a que está valendo o inconsciente coletivo. O capitalismo é o único regime que se adapta a esse traço da humanidade, permite que o predador estraçalhe, consuma, roube e destrua o seu semelhante com aprovação generalizada. É tão difícil assim olhar pros fatos como eles são e aceitar que, se sua vida é tão sem graça que não consegue viver sem teorias da conspiração imbecis, é você quem está precisando sair mais?

Anônimo disse...

Tem que bloquear pois o texto e para quem sabe interpretar

Anônimo disse...

Entendi, o socialismo é perfeito, só não funciona por que o capitalismo não deixa.

Anônimo disse...

Nao gosta do Pablo Vittar nao escute mas esta perseguicao a ele e ridicula e burra

Cão do Mato disse...

Gostei da foto de vestido vermelho. Que coxas!

titia disse...

Não, 20:33, o SER HUMANO não é perfeito e nenhum regime que exija o fim dessa relação presa-predador que as pessoas tem umas com as outras vai vingar, porque ainda não evoluímos o suficiente pra sairmos mental e psicologicamente da selva. E sim, enquanto formos colônia os países capitalistas que nos exploram não vão permitir que o Brasil largue o capitalismo.

Não que eles precisem se preocupar, né, com o nível de inteligência que o brasileiro médio tem (do qual você é visivelmente um representante de peso) tudo que eles precisam fazer é dar um dólar/euro pra algum vagabundo desocupado que não trabalha, não estuda nem tem qualquer noção de economia e política (vide Olavão e Reinaldinho) cagarem qualquer besteira sobre a esquerda malvada comunista comedora de criancinhas tentando dominar o Brasil que os idiotas amestrados engolem com anzol e tudo.

Anônimo disse...

Cuba é tão bom que quando ofereceram uma criança (para fins sexuais) para meu namorado e ele recusou, perguntaram se ele preferia uma mais nova.

Viviane disse...

Sei. E você acha mesmo que precisa ir até Cuba para ver exploração sexual infantil?
Tem gente precisando conhecer urgentemente o próprio país...

donadio disse...

Um anônimo na internet diz que lhe ofereceram uma criança para fins sexuais em Cuba?

Credibilidade total, não tem como ser mentira nem fantasia.

(Seu namorado deveria ter denunciado o criminoso para as autoridades locais. Aí você poderia fazer um post sobre como a horrível ditadura cubana massacrou o pobre rapaz que só queria que a irmãzinha tivesse uma chance de escapar do inferno.)

Anônimo disse...

Minha intenção é votar no João Amoedo no primeiro turno, votaria no bolsonaro apenas no segundo turno para que pelo menos ninguém de esquerda fique no poder. E que fique claro, apoio muito mais o liberalismo do João do que as ideias do Bolsonaro, mas prefiro esse último que pretende colocar um Paulo Guedes como ministro da fazenda do que um esquerdinha qualquer. Gostaria de saber se os outros libertários presentes concordariam ou não, porque pelo jeito tem mais deles do que lulistas nesse blog. E que 2018 comece com o lula preso!!!!

Anônimo disse...

Eu prefiro o ideias radicais do que qualquer pessoa de esquerda falando sobre economia. E agora que o Piñera foi eleito no chile, caso o brasil se torne uma Venezuela nossa salvação está a 4 horas pelo aeroporto de guarulhos.

João disse...

Bom, Lola apenas confirmando, até agora, que Cuba é o que sempre pensei: uma ditadura de esquerda onde a liberdade individual não existe. Pobreza por pobreza prefiro a nossa, brasileira...

Viviane disse...

Fácil falar quando não se é pobre, né?

Anônimo disse...

Viviane, se a reforma da previdência não for aceita o brasil vai falir em 2019. Você verá a maior pobreza de estado,Espírito e material que vai ocorrer pelos excessos de gastos do governo esquerdista.

João disse...

Pelo jeito você tem poderes sobrenaturais. Pelo meu comentário já sabe se sou pobre, rico ou meio-termo?

Viviane disse...

Não é necessário nenhum poder sobrenatural, apenas raciocínio lógico. Ninguém que seja de fato pobre vai "preferir" uma pobreza à outra.

João disse...

O brasileiro pobre é um guerreiro, eu me considero parte dessa massa, que com muito sacrifício, galgou alguns degraus na vida. Diga aos nossos pobres que ele não vai poder abrir uma vendinha em sua janela para vender salgados, porque o Estado não deixa, quero ver o que prefere. Liberdade individual é um bem pelo qual milhões de pessoas morreram na história humana. Prefiro e acredito que a maioria ainda prefere esta pobreza.

Lana disse...

Que saudade de Cuba! Delícia ler seus posts Lola!! Tive as mesmas impressões que você sobre os lugares... eu ainda visitei outras cidades: Santa Clara e Cienfuegos. Que delícia. Fale mais sobre os impactos da passagem do Irma por lá... se você tiver conversado com alguém sobre isso ou se você observou alguma coisa.
Beijos!!

Anônimo disse...

E parece negar a realidade ou distorcer minhas falas. Em nenhum momento eu falei que há uma conspiração comunista em curso. Eu disse o que é real: que há vários esquerdistas que sente nostalgia de um comunismo de ouro que na verdade nunca existiu. Leia o esquerda diário e você vai ver quantos são assim lá. Veja Luciana genro elogiar maduro e Fidel castro. Veja a socialista morena.
Você não apenas não quer enxergar a realidade como quer distorcer as coisas. Não adianta me comparar com Olavetes porque não há uma aqui. Aliás, eu ODEIO Olavo de Carvalho assim como estou começando a odiar certos certos comunistas que são tão idiotas quanto Olavão.