segunda-feira, 24 de julho de 2017

PRINCESAS VIVEM ENCARCERADAS NUM CASTELO DE FEMINILIDADE E CONSUMO

Que tal libertá-las?

Quando, em agosto do ano passado, me mandaram um link para uma matéria sobre escola de princesas, senti um dejá-vù: que droga é essa? Voltamos a 2013? (pensando bem, em 2013 ainda éramos felizes e não sabíamos, mas não éramos felizes por causa de escola de princesa).
O mote da escola continua sendo "O sonho de toda menina é tornar-se uma princesa". Acredite, não é. Apesar de todo o condicionamento que meninas recebem desde que vem ao mundo, muitas acabam descobrindo outras ambições. E, lembrando, o condicionamento não é igual pra todas: meninas negras e pobres não são ensinadas que podem ser princesas. São ensinadas que sua maior aspiração é servir a princesas brancas, loiras, nórdicas.
Limusine (rosa, evidentemente) que
levou Silvia Abravanel à inauguração
de gala de sua escola
Talvez seja uma forma mais light de machismo, mas ainda é machismo. São pessoas que até acreditam que mulheres devem ter direitos e oportunidades iguais aos homens, mas que homens e mulheres são muito diferentes (praticamente espécies distantes!), e, portanto, têm papéis diferentes a cumprir. Ou seja, creem que "biologia é destino", que se você nasce mulher, você tem que ser mãe, e que, sendo mãe, você deve ter suas prioridades voltadas pro lar. Talvez o meu otimismo de rotular esse machismo como "light" é que essas pessoas não creem que tudo isso é imposição. Elas acham que é natural (e, incrível, não veem o natural como imposição).
A escola de princesas surgiu em Uberlândia em 2013 e em pouco tempo se expandiu para Uberaba e Belo Horizonte. Ano passado virou franquia e inaugurou uma filial em SP. A dona é uma das filhas do Silvio Santos, Silvia Abravanel, menos carente de atenção que sua irmã Patrícia, que passou os últimos anos semana sim, semana não, falando alguma bobagem reacionária na TV do seu pai para causar (e o pai todo domingo dispara no mínimo um preconceito para conseguir lugar nos trending topics do Twitter na segunda). 
Na época da inauguração da escola em SP, Silvia declarou: "A ideia é tirar a vulgaridade das meninas e resgatar os valores que nossas avós deram para nossas mães. Hoje em dia, as adolescentes de 12 e 13 anos já querem fumar, sair para a noitada e isso não é certo. Criança tem que ser criança e adolescente tem que ser adolescente. As meninas não querem mais festa de 15 anos, com 12 já querem se maquiar e namorar. Quero resgatar valores da menina, de brincar, de seguir os passos como têm que ser".
Em fevereiro, Silvia acrescentou mais uma missão para sua escola: "o resgate de valores morais das meninas que estão iniciando a vida sexual cedo demais". Em outras palavras, a empresa quer também pregar a castidade
Clique para ampliar
Eu continuo dizendo: temos mais é que "desprincesar" as meninas, como faz uma escola no Chile, que ensina às garotas aulas de defesa pessoal, debates e cantorias. A popularização das princesas entre meninas nada tem de inocente ou natural. É o puro e velho capitalismo. O licenciamento de produtos relacionados às princesas Disney gera bilhões de dólares e representa a maior franquia do mundo para meninas de dois a seis anos. 
Além de prender as meninas num castelo retrógrado de feminilidade, a noção de princesas é elitista (ensina hierarquias) e péssima para a autoestima das garotas, que tentam se encaixar num padrão irreal de beleza. E tem mais: princesas são o oposto de sororidade, pois mostram sempre mulheres competindo entre si, e o "sucesso" de uma princesa é totalmente dependente da aprovação de um homem, o seu príncipe encantado. 
Como diz a escola do Chile (numa iniciativa que já chegou a SP e Uberlândia): "Não é uma oficina antiprincesas, mas de desprincesamento. Queremos livrá-las desse encarceramento". 
E antes que alguém diga que o feminismo defende as escolhas das mulheres desde que sejam escolhas feministas, bem, ninguém está fazendo piquete (ainda) nas escolas de princesas de Uberlândia, Uberaba e São Paulo. O que fazemos é problematizar, questionar, criticar. E apontar como esse deslumbre capitalista pode ser danoso para as meninas. 
As Desperate Housewives (donas de casa desesperadas) da Disney: meu marido é um animal, diz Belle. O meu ainda dirige uma abóbora, diz Cinderela. Meu marido me deixa em casa com sete pequenos, diz Branca de Neve. O meu quer que eu use meia calça de escamas, diz Ariel. Eu finjo estar dormindo, diz Bela Adormecida. 

70 comentários:

Anônimo disse...

mais uma vez mascus sendo MASSACRADOS

Anônimo disse...

Na época da inauguração da escola em SP, Silvia declarou: "A ideia é tirar a vulgaridade das meninas e resgatar os valores que nossas avós deram para nossas mães..." (sic) - "resgatar os valores que nossas avós deram para nossas mães" - Ser vendida aos 13/14 anos para um trambolho de 30 e ter 6 filhos durante a adolescência, são esses os "valores" q Os avós deixaram para as mães

"o resgate de valores morais das meninas que estão iniciando a vida sexual cedo demais" - Kkkkkk, rir pra não chorar, como se uma "escola" brega, cafona, patética e medonha dessa pudesse dar conta disso, acho até o contrário, essas coisas de ficar forçando feminilidade e virgindade em meninas menores de idade indefesas é uma bela de uma isca pra pedófilos

"as meninas que estão iniciando a vida sexual cedo demais" (sic) - e os meninos? quem vai "impedir" a vida sexual precoce deles? ou tá liberado? sendo assim, a pergunta q não quer calar... se as meninas não podem se atrever a ter vida sexual ativa, apenas os meninos, os meninos vão ter "vida sexual" com quem? entre si, né? é a única saída dessa lógica bizarra

Anônimo disse...

""A ideia é tirar a vulgaridade das meninas e resgatar os valores que nossas avós deram para nossas mães."

Minha avó casou com 12 anos com uma pessoa 35 anos mais velha que ela. O meu avô esperou que ela menstruasse pra consumar o casamento e ela logo engravidou do primeiro de 9 filhos. Nada vulgar, afinal ela saiu de casa uma menina pura para virar esposa e, portanto, santificada no sexo e no matrimônio com o homem mais respeitável e católico da cidade. A Sra. Abravanel quer mesmo esses valores de volta?

Anônimo disse...

As meninas abravanel sempre cafonas, putz, olhem essa merda... breguice (como é de costume dessas capengas) ao cubo, kkkkkkkkk, não dá pra esperar nada melhor vindo de quem é filho do senil santos

Sei nem como a Maisa conseguiu sobreviver por tanto tempo na mão dessa otária

E sem contar q as princesas atuais da Disney, desde Ariel de A Pequena Sereia, se afastaram desse esteriótipo brega do q é ser "princesa" - O SBT tem contrato com a Disney e tem programa semanal da Disney Brasil na grade do SBT, será q a silviA abravanel vai ensinar suas meninas amestradas a como ser uma princesa feito a Moana?

Anônimo disse...

O texto é bom, mas acho que a autora deveria assistir mais filmes de princesas da Disney, há muito tempo que elas deixaram de viver presas em castelos e estão se tornando cada vez mais heroínas. Acho que está na hora de nós começarmos a vê-las como aliadas nesse "desprincesamento"

Anônimo disse...

Acabei de entrar no site oficial da Escola de Princesas para dar uma lida.
Eis que encontro nas modalidades do curso o seguinte:

"O passo mais importante na vida de uma mulher, sem dúvida nenhuma, o matrimônio. Nem mesmo a realização profissional supera as expectativas do sonho de um bom casamento."

Que vergonha alheia, não sei nem o que dizer. rs

Anônimo disse...

Agora que eu vi que a frase está no post numa imagem, haha.
Mesmo assim, fica a informação de que está no site ainda, não aceitaram mudar de ideia.

Anônimo disse...

"escola" de princesas by sílviA abravanel: lotando a cabeça das meninas de merda, ideologia de gênero e as tornando presas fáceis para pedófilos

aliás, aposto q os ativistas trans, defensores da ideologia-irmã, a ideologia transgênero, se mostrariam a favor disso tb, afinal, foi pq eles foram 'princesinhas delicadinhas' na infância, feito essas aí, q eles se auto-intitulam "mulheres" na vida adulta

é um o fucinho do outro e dois lados da mesma moeda

Anônimo disse...

Nem as princesas da Disney, nem a Barbie seguem mais os valores ensinados por essas escolas de princesa: "a Barbie mora com suas irmãs menores em uma casa, as três dividem sozinhas uma mansão chamada "Casa dos Sonhos". Ou seja, ela é a chefe de uma família só de mulheres, elas não precisam de um homem para sustentá-las e muito menos de uma figura masculina para as proteger, ou para qualquer outra coisa"

Trecho do excelente artigo "Por que sua filha deve assistir os filmes da Barbie", disponível em: http://www.rascunhocomcafe.com/2016/09/porque-sua-filha-deve-assistir-os.html

Esse blog tem outrs textos ótimo que são recomendados aos pais de meninas, como um sobre o dia das mulheres:

http://www.rascunhocomcafe.com/2017/03/votos-para-o-dia-das-mulheres.html

Outro sobre a Peppa Pig:

http://www.rascunhocomcafe.com/2016/10/assistir-peppa-pig-e-bom-para-as.html

Uma análise sobre o trabalho das mulheres e o feminismo:

http://www.rascunhocomcafe.com/2016/08/polemica-as-mulheres-comecaram.html

Anônimo disse...

Minha avó casou com 15 com um de 21
Meu primo com 19 casou com uma de 11

titia disse...

Trabalhar ninguém quer né? Agora que o Netflix, a TV a cabo e os serviços de streaming online tiraram a graça da TV aberta de péssima qualidade, a família Abravanel não pode mais viver do SBT e do Baú. Mas ao invés de se atualizarem, irem pesquisar, correr atrás do que o consumidor quer e procurar meios de oferecer esse serviço, preferem tentar causar e aparecer com esses negócios cagados. Seria ótimo se as meninas chegassem na escola e vendo que não vão aprender nada que preste darem meia volta e irem pra casa reclamando. Afinal, as princesas com as quais elas cresceram lutam, governam seus reinos e não precisam de nenhum homem pra isso, não tem a menor pressa pra casar - e algumas vão resgatar os príncipes. Vê, dona Silvia, isso é o que acontece quando você enfia a cabeça no rabo...

12:23 você e sua turminha chamariam essa mulher de vadia carreirista e diriam que ela merece morrer por não depender de macho até pra comprar absorvente. Vocês não querem ser princesos, vocês querem que as mulheres sejam bonecas infláveis de carne e osso. Contente-se com uma de plástico mesmo e deixe as mulheres em paz. Não queremos troços bizarros e misóginos como você.

titia disse...

14:20 quer dizer que você vem num blog que odeia só pra acusar a autora dele de ser doente? Uau, cara, pelo visto sua saúde mental passou bem longe, hein?

Anônimo disse...

12:12, você não sabe com quem os meninOs adolescentes transavam quando a virgindade das mulheres era uma coisa obrigatória? Com as mulheres mais velhas é claro, muitos inclusive perdiam a virgindade com prostitutas. Então pode ficar tranquila que as meninas de 13 anos são totalmente dispensáveis quando o assunto é sexo. Alias, você força tanto a barra para criticar a ideia das "princesas" que quer alegar que isso atrairia pedófilos, quando na verdade são os pedófilos que defendem que uma criança de 13 anos já pode transar. Sua lógica invertida não faz o menor sentido. Quer ser contra seja, mas diga coisas que fazem sentido.

Anônimo disse...

Ahahahaha a titia não perdoa esses doentes mascus ahahahah

Fico imaginando a Lola e a titia juntas ahahha num bar tomando uma cervejinha gelada as duas poderosas divando no bar!!!

E se nesse mesmo bar tivesse uns machistas, eles teriam que ouvir a Lola e a titia destruindo o machismo e rindo ahahaha, a Lola e a titia juntas PEIDARIAM na cara dos machistas, não tem pra ninguém!!!!

Tomem essa, mascus!!!!

Anônimo disse...

14:43 - parabéns mascu, defendendo pedofilia ao vivo e à cores, e parabéns mascu mais uma vez por ser burro, quanta "ingenuidade" (sqn, é só burrice mesmo), alguns pedófilos, feito vc, não "defendem" sexualidade precoce, muito pelo contrário, eles preferem meninas indefesas e tapadas, feito essas amestradas por "escolas" de princesa; pra muitos deles, e parece ser o seu caso, esse tipo de menina são alvos mais fáceis, seu nojento

Sua lógica é q é invertida, seu imundo

Tentativa falha de me rebater, mas só expôs o tamanho da imundícia q vc é, seu pedófilo de merda

[e parabéns transativistas, por romantizarem prostituição, é por essas e outras q mascus feito o 14:43 defendem abuso sexual infantil "pedagógico", acham q justifica merdas feito a "escola de princesas" e ainda tiram vantagem disso, mais uma na conta de vcs]

Anônimo disse...

14:43 - cala a boca, mascu, justificando abuso sexual infantil assim na cara dura? e ainda mentindo e falando merda?

"Com as mulheres mais velhas é claro, muitos inclusive perdiam a virgindade com prostitutas" - não basta defender pedofilia e prostituição, ainda mente:

nem 1% dos pedófilos, estupradores, molestadores e abusadores sexuais são mulheres, essa sua conta não fecha, não tem nem como 10% desses garotos "apressadinhos" perderem o q quer q sejam com mulheres; então cala a boca, seu bosta, vá passar pano pra pedofilia e prostituição no covil de ebola dos mascus

E mais uma incoerência do sexo masculixo: desprezam mulheres independentes e com vida sexual ativa, mas prostituas são a preferência número 1 de vcs desde o início, né, seus bostas, pois então q fiquem com bonecas infláveis q é a única coisa q vcs, nojentos, merecem

Anônimo disse...

14:43 - nossa mascu, vc jura? quer dizer q a dona silvia abravanel está ensinando as meninas de 13 a serem castas pra só depois, aos 30, serem garotas de programa papa-anjos? É essa a sua lóJica?

ser empoderada na adolescência "num pódji", mas ser xota-comprada aos 35 pra tirar virgindade de moleque fimosento tudo bem pra vc? vá a merda mascu

Anônimo disse...

15:12 e 15:17, quanto ódio e ignorância em? Isso tudo é porque eu apontei sua ignorância? Quem acha que crianças de 13 anos estão prontas para transar é você, sua esquizofrênica. Você está falando igual aos pedófilos, vai juntar com eles para defender a diminuição da idade para o consentimento sexual vai.
Melhor ainda, entre em contato com uma escola de princesas e apresente essa sua "teoria" idiota, no manicômio talvez acreditem.

Anônimo disse...

15:26 - q ignorância? seu imundo, o único ignorante é vc, seu burro, cínico e pedófilo nojento, vc acha q ng sacou a tua? Quem acha que crianças de 13 anos estão prontas para transar é você, seu imundo. Você está falando igual aos pedófilos, vai juntar com eles para defender a diminuição da idade para o consentimento sexual vai.

Coitada dessas meninas adestradas q só aprendem a serem tapadas, depois q um asqueroso feito o 15:26 aparecer e elas não souberem se defender...

Anônimo disse...

nem "1% dos pedófilos, estupradores, molestadores e abusadores sexuais são mulheres, essa sua conta não fecha". Claro filha, por que você acha que a conta não fecha? Porque mulher adultadas transarem com menores nunca foi visto como violência ou "pedofilia", por isso é que não existe mulher pedófila. Para ser registrado o crime de pedofilia alguém tem que registrar, ou no seu mundo imaginário as estatísticas surgem do nada? No Brasil a menos de 20 anos era crime tirar a virgindade de uma MULHER menor de 18 anos, mas nunca foi crime tirar a virdade de um garoto menor. É como Pedro Bial disse uma vez, "no Brasil o menino perde a virgindade ou com a empregada ou com uma prostituta". Agora faça uma pesquisa e veja quantos homens perderam a virgindade com mulheres adultas. Mas nem vale a pena discutir com você, uma mulher que pensa que sabe de algo do mundo masculino.
E pedófila das 15:33, continue defendendo que incentivar a iniciação sexual tardia estimula a pedofilia.

Anônimo disse...

15:43 - seu pedófilo, isso "não" ser visto como ou "não" ser denunciado não retira o q de fato isso é; pedofilia e abuso sexual infantil, coisa q vc defende, todo mundo aqui já sacou

A proporção de mulheres abusadoras, independente de terem sido "vistas" como ou não, continua sendo menor q 1%, seu lixo, mascu burro (pleonasmo)

E primeiro pare de acusar os outros daquilo q claramente vc demostra ser e segundo... continue defendendo abuso sexual infantil de adultos contra crianças (independente de seus sexos) e finja q pedófilos, feito vc, não preferem garotinhas burrinhas e tapadas feito essas, as da "escola" de princesas

Anônimo disse...

16:01: "...e abuso sexual infantil, coisa q vc defende, todo mundo aqui já sacou". Não, tenho certeza que ninguém aqui "sacou isso" sua maluca, quem dizer que entendeu isso é só por uma questão de "união de classe" para dizer que você está certa, afinal a única voz destoante aqui é a minha. Seus argumentos continuam estúpidos e sem sentido: "...finja q pedófilos, feito vc, não preferem garotinhas burrinhas e tapadas feito essas, as da "escola" de princesas". Garotinhas "burrinhas" e "tapadas"? Como você consegue dizer isso das crianças? A única "burrinha e tapada" aqui é você. E pode continuar me chamando de pedófilo e criticando a castidade de crianças sua esquizofrênica. Quando eu tiver uma filha ela vai pra escola de princesas, infelizmente pelo visto você vai ensinar a sua a ser livre para ir em baile funk e sair transando ainda criança, para alegria dos pedófilos. Coitada, eu só espero que alguém a salve de uma mãe burra.

Anônimo disse...

16:17: clap! Clap! Clap! Bravoooo!

Anônimo disse...

Os meninos vão ter uma vida sexual com putas.

Anônimo disse...

E o projeto de Lei que vai criminalizar o comunismo? É a pá de cal final...

Anônimo disse...

11 anos? Isso é no Brasil ou no oriente médio? É basicamente um estupro.

Anônimo disse...

Os filmes da barbie sempre tiveram uma certa tendência feminista, lembro-me do filme babie fairytopia quando era criança, a protagonista não tinha nenhum relacionamento amoroso e todas as principais personagens são mulheres, isso em quase 10 anos antes da disney começar a desprincesar.

Anônimo disse...

Quanto mais princesa é uma mulher, mais chance dela ser estuprada ou traída pelo marido e a sociedade. Nossa realidade brasileira violenta não perdoa meninas tapadas.

Anônimo disse...

16:17 - vc é burro, e não engana ninguém, tá ha dez comentários defendendo abuso sexual infantil e prostituição, usando distorções da realidade pra justificar outras ideias de jerico ainda mais nocivas, como essa tal "escola" de princesas. E boa sorte de meter uma filha tua lá e ela não ser estuprada por pedófilos, talvez por vc, q é daqueles q gostam de menininhas bem tapadinhas, feito essas princesinhas

seu lixo

Anônimo disse...

Neste caso, devo concordar com o 16:17. Levar minha garotinha num baile funk não dá, né.... por mais feminista que eu seja, isso eu não faço.

Anônimo disse...

Queria ver como essas princesinhas se sairiam no dia a dia das cidades brasileiras, com bala perdida assalto, estupros e homicídios. O mundo é violento e colocar as meninas em uma bolha cor de rosa não vai protege-las da putaria, perversão, pedofilia, pelo contrário, se tornarão presas frágeis e serão massacradas, iguais as esposas que são surradas por seus maridos até a morte e ninguém liga, mulheres burras e submissas não merecem compaixão da mesma sociedade que estimula elas serem estúpidas. Paradoxal? É a realidade, o mundo não perdoa, quanto mais ceder, mais vai sofrer.

Anônimo disse...

tenho um conhecido que tem 12 ANOS e namora com uma mulher de 26. NINGUÉM acha errado.

é ***fofo***

Anônimo disse...

17:23: "tá ha dez comentários defendendo abuso sexual infantil e prostituição". Onde eu defendi abuso sexual sua estúpida? É você que é contra as mulheres só transarem quando já estiverem adultas, isso sim é defender a pedofilia. Vá tomar do seu remédio para esquizofrenia, vai.

17:34, então quer dizer a iniciação sexual precoce protege a mulher? Pensar assim é o mesmo que achar que meu filho não está preparado para enfrentar a ameaça das drogas sem experimentá-las. Uma coisa é o esclarecimento da criança contra as coisas perigosas, outra coisa é ela ter que experimentar coisas perigosas sem estar preparada para isso. Está cheio de adolescente grávida por aí que não tem nem cabeça nem corpo de mulher.

Anônimo disse...

Isso me lembra da sansa antes das últimas temporadas, uma perfeita princesinha tola que só se fudia, um tiro após o outro, a perfeita sonsa stark, bonitinha e burrinha, pronta para levar porrada da realidade e ser massacrada por pessoas com segundas intenções.

Anônimo disse...

"tenho um conhecido que tem 12 ANOS e namora com uma mulher de 26. NINGUÉM acha errado.

é ***fofo***"

fanfic lixo, 0/10

Anônimo disse...

17:41: boaaaaaaa

Anônimo disse...

Sou a 17:34, sabe qual é o único modo atual de alertar as mulheres sem elas sentirem na pele a realidade? Feminismo. Fora disso, ou a mulher vai ser basicamente uma prostituta de rua e drogada ou uma princesa tapada, com propensão de ser igualmente uma vagabunda, visto que vai possuir uma pequena taxa de raciocínio.

Anônimo disse...

Iniciação precoce de sexualidade é tão danosa quanto as princesa tapadas, visto que a putaria exerce os mesmos princípios misóginos da Amélia submissa, funções diferentes mais resultados iguais: mulher como objeto e vítima perfeita para intenções danosas. Quer proteger suas filhas? É preciso saber como o mundo age para lidar com ele, que no nosso país, é putaria, pedofilia, corrupção, desemprego, violência, suborno, prostituição e pobreza. Em relação a mulher, apenas as feministas que mostrama realidade nua e crua que o mundinho cor de rosa quer tapar.

Anônimo disse...

A única função de uma princesa é acenar, sorrir, ficar calada e ser reprodutora estatal. Ah... e Eventualmente servir de bucha de canhão pra vender revista de fofoca. SÓ!!!


Não me entra na cabeça como ainda existem mulheres - E ESCOLAS - que acham isso um único objetivo de vida válido para uma mulher.

É de cair o ** da bunda!!!

Jane Doe

Anônimo disse...

Projeto idiota

Anônimo disse...

Cada vez mais eu tenho certeza que este movimento conservador vai levar o Brasil para a idade media.Em pleno seculo XXI uma escola defende o casamento como solucao para a mulher e no minimo imbecil.

Anônimo disse...

(Viviane)
Titia, infelizmente, a sobrevida do "negócio SBT" (bem como das outras emissoras de TV aberta) está garantida enquanto o Temer precisar se segurar no cargo. E tome verba da SeCom para "comprar" apoio...

titia disse...

17:11 agora Sílvia Abravanel é mascu, pra achar que qualquer crítica/sarcasmo é calúnia e difamação? Quem acha que ninguém pode criticá-los são vocês, mascuzada. A sra. Abravanel está muito ocupada tentando ganhar grana sem trabalhar pra se preocupar com um comentário aleatório num blog feminista. Vocês mascus, que nem ao menos tentar ganhar grana sem trabalhar fazem, é que tem tempo pra isso.

17:54 acho que você confundiu os termos, amor: ateísmo é simplesmente não acreditar em nenhuma divindade. Psicopatia é uma condição biológica e ambiental.

Sabe o que é pior do que ser o dragão?

Ser a mula acéfala que perde tempo visitando um blog que odeia tentando ofender a autora com insultos que nem criança de quinta série liga mais.

Dragões são super legais. São gigantes, sábios, seu couro é mais duro que o aço, voam, cospem fogo, tem filhotes que já nascem sabendo se defender, sabem juntar riquezas, viajam pra onde e quando quiserem, e quem foder com eles já pode ir encomendando a alma porque volta no caixão - ou melhor, na urna funerária. Quem vai querer ser uma princesinha (como bem disse a Jane Doe) que só faz acenar, sorrir, ficar calada e ser reprodutora estatal quando pode ser um dragão?

Anônimo disse...

A forma mais rápida de disseminar gravidez na adolescência e doenças venéreas é advogar em favor da castidade. Os EUA são um grande exemplo disso. Em todos os estados americanos em que se proibiu educação sexual em favor da ideologia do casto, as duas coisas explodiram entre a população abaixo dos 18.

Anônimo disse...

Ser dragão é pelo menos umas 1500 vezes mais legal do que ser princesa, isso fazendo uma estimativa bem conservadora.

titia disse...

(Viviane) não tinha pensado nisso. Imagino então que a preocupação da família seja com a queda de rendimento. Na época em que a TV mandava, eles deviam ter bem mais grana do que conseguem fazer agora com a programação de péssima qualidade e a concorrência online.

Anônimo disse...

ideia é tirar a vulgaridade das meninas e resgatar os valores que nossas avós deram para nossas mães. Hoje em dia, as adolescentes de 12 e 13 anos já querem fumar, sair para a noitada e isso não é certo. Criança tem que ser criança e adolescente tem que ser adolescente. As meninas não querem mais festa de 15 anos, com 12 já querem se maquiar e namorar. Quero resgatar valores da menina, de brincar, de seguir os passos como têm que ser".

QUAL O PROBLEMA DISSO?

Anônimo disse...

Eu acho que existe um nome para pessoas que ficam perdendo o sono fantasiando sobre a sexualidade hipotética de meninas de 12 anos de idade...

Pra quem se apóia em religião na hora de lidar com suas taradices recalcadas, fica a dica: a boca fala daquilo que o coração está cheio.

Anônimo disse...

Não há problema nenhum nisso. Na verdade, o problema é que a ideia no qual essa escola se lucra não se restringe a isso. Não é lucrativo para as empresas e o patriarcado em geral que garotas de 12 anos não usem maquiagem e não namorem, pelo contrário, seguindo a teoria da escola de que apenas o casamento salva uma mulher, quanto antes ela seja um animal dependente do sexo masculino melhor, quanto mais ela se maquie e participe de concursos de miss mirins para mostrar a beleza de seu pequeno corpo melhor. Sexo e fumo são para as vagabundas, obviamente, mas vão colocar as futilidades de patricinhas no lugar para não deixar o espaço vazio. E o foco nos estudos, eperteza e independencia financeira que se foda para as princesinhas, elas podem ser burras se o marido por o cérebro.

titia disse...

19:09 religião justifica um monte de doenças, aparentemente. Tenho uma tia evangélica com a qual felizmente não convivo mais que, no aniversário do meu pai, fez uma oração pedindo que uma menina de 11 anos (criança ainda) não transasse sem prévia autorização de uma suposta autoridade religiosa - é isso que eles chamam de casamento. E pior, ela mencionou o nome COMPLETO da menina e dos pais, expondo a coitada na frente de um monte de gente que nem a conhecia. O constrangimento foi enorme, ela estava lá pra comemorar o aniversário do irmão e ficava pensando na vagina de uma criança? Quando voltei da festa estava enojada, agradecendo a Deus que ela não tivesse tido filhos, porque quem sabe o que essa doente faria com a cabeça dos filhos ou, ainda pior, das filhas?

Anônimo disse...

17:41 - seu pedófilo, vc tá justificando desde o início o abuso sexual sofrido por meninos, vc é um pedófilo, seu merda

Eu nunca defendi mulheres iniciarem sua vida sexual antes da maturidade e nem disse q sexualidade protege a mulher, seu bosta, analfabeto funcional

Eu tô dizendo q ideias cafonas e de jerico, feito essas, criam meninas tapadas e vítimas perfeitas para pedófilos, feito vc, q está justificando abuso sexual até agora, seu estrume

Laura disse...

O lado bom (?) dessas escolas de princesas é que com o feminismo ganhando cada vez mais força, esse tipo de coisa extrema faz é a discussão aparecer. Os pais podem achar que estão fazendo algo certo mesmo ou pouco se lixando para que tipo de pessoa a filha deles está se tornando, mas uma coisa é bem provável: elas vão ter muito mais dificuldades na vida do que alguma colega criada livremente. Por isso acho importantíssimo fazer piquete, textão e tudo mais para chamar atenção para esse tipo de aberração social

Feminista disse...

FEMINISMO
a palavra fodida da modernidade
rejeitada e jogada de lado
mas quem diabos está fazendo as definições?
esse termo foi dado
por nossas MÃES e nossas IRMÃS como
uma dádiva
para dar nome às injustiças
ditadas pelo patriarcado
uma linguagem
para chamá-los de suas próprias merdas
para reconhecer a opressão de nosso gênero
para reconhecer a repressão de nossa força e poder
para questionar e lutar contra isso
FEMINISMO
'a noção radical que mulheres são pessoas'
e agora eles querem que nós acreditemos que essa linguagem
essa dádiva
é um fardo que nos rebaixa
que como mulher você é uma puta
se você encontrou sua força interior e luta por sua libertação
'puta'
ah, você quis dizer RADICAL
e, de qualquer jeito, o que diabos há de errado em ser radical?
alguém precisa acordar esta sociedade cega e monótona
e, de qualquer jeito, o que diabos há de errado em estar furiosa?
FÚRIA é só uma reação inerente à dor que nós sofremos
e ah, eu esqueci, não existe mais desigualdade
'você andou um longo caminho garota'
bem, eu não sou sua garota e a luta não acabou ainda
eu ainda não posso caminhar sozinha à noite sem medo de ser atacada
e os corpos objetificados sem cérebro de mulheres ainda estão balançando na mídia
e as feridas dos punhos famintos por poder ainda não saíram do rosto dela
alguns dizem que o termo feminismo aprisiona as mulheres em suas fronteiras limitadas
não é o feminismo que aprisiona as mulheres
é o sistema que rotula nosso gênero como inferior
se você não escolher um rótulo
acredite
eles vão escolher um para você
então prefiro aceitar esse rótulo
essa DÁDIVA
dada por nossas mães e nossas irmãs
e correr com ela
voar com ela
empurrar suas fronteiras
e expandir seu significado
de modo a caber
eu
você
nós

Anônimo disse...

"que como mulher você é uma puta"

(cebola nos olhos)

"eu ainda não posso caminhar sozinha à noite sem medo de ser atacada"

(cebola nos olhos)

"é o sistema que rotula nosso gênero como inferior"

(cebola nos olhos)


Vc acha que a gente cai nessa BABOSEIRA que vcs fazem, de FINGIMENTO em forma de PEÇA TEATRAL?

Haja cebola nos olhos

Vá à merda

Felipe Roberto Martins disse...

Nossa povo, o pessoal complica..., escola de princesas, no Brasil que passa fome educacional..., é triste.

Anônimo disse...

Não sei o motivo do espanto, afinal de contas o feminismo é o mais importante aliado do transativismo, que defende exatamente isso aí: o reforço absoluto, desde a mais tenra infância, de todos os papéis de gênero que oprimem as pessoas do sexo feminino.

Se a Sra. Abravanel é criticada por criar uma escola para ensinar meninas dentro de uma visão tradicional do patriarcado, o transativismo também precisa ser criticado pelas mesmíssimas razões.

titia disse...

Ok, deixa eu responder aqui pra toda a mascuzada delirante de uma vez só:

12 anos biologicamente já é púbere, mas psicologicamente pessoas de 12 anos são crianças. Meninas de 12 anos nem peito tem. Explosão hormonal não é desculpa pra velho pedófilo estuprar meninas. Curiosidade sobre sexo nessa idade faz parte, é super normal e saudável, mas é apenas isso: curiosidade. Não significa que já é hora de transar, nem licença pra velhos pedófilos abusarem delas.

E meninos de 12 anos também são crianças. Psicologicamente, antes que algum mascu venha ficar de mimimi. Levar um menino de 12 anos pra perder a virgindade com uma prostituta é estupro. Acabou. Letra da lei cambada de pedófilo enrustido. Quem tem menos de 14 anos (idade que precisa aumentar, aliás) não pode legalmente consentir. Acabou.

Feminismo não defende reforço de papéis de gênero, criatura estúpida.

Mascu do "suas feminazis feias, bobas e caras de mamão" o Luisinho disse que você é mais feio que bater na mãe, então não devia falar de mais ninguém. Disse que você é tão bobo que perde tempo num blog que odeia só pra escrever xingamentos do pré-primário, então devia ir estudar. E disse que você é tão burro que seria reprovado no maternal, que é a série dele. Obrigada pelas suas palavras de sabedoria, Luisinho.

Carinha dos nove milhões: você visivelmente sabe escrever. Por que então não cria seu próprio blog e escreve sobre o assunto? Tá certo que mascu é vagabundo por natureza, mas apertar algumas teclinhas não é trabalho difícil. Até mesmo uns inúteis de nascença e por maioria de votos como vocês conseguem fazer isso.

titia disse...

Mascu visivelmente gazeteiro da aula de português das 08:15

Não queremos que meninas sejam castradas psicologicamente e ensinadas que só tem valor se vierem com "lacre de garantia" - porque mulher/menina não é coisa, é gente. Também não queremos que elas sejam mantidas na ignorância, sem aprender sobre contracepção, consentimento, direitos reprodutivos, etc. Não queremos que elas cresçam com vergonha dos próprios desejos e achando que sexo é uma coisa ruim e suja, que elas não devem fazer se quiserem continuar sendo consideradas "respeitáveis". Não queremos que elas fiquem vulneráveis a predadores e estupradores porque não foram ensinadas sobre o assunto.

Isso, claro, respeitando as fases da vida. Crianças de 10 e 11 anos não costumam ser curiosas sobre sexo. Quando chegam à puberdade aos 12 o interesse aumenta - o que é normal e completamente saudável, uma vez que os hormônios estão aparecendo. Curiosidade não significa que ela vai sair por aí trepando; ao contrário, meninas que tem boa educação sexual costumam começar mais tarde, porque devido ao conhecimento elas não são constrangidas a transar por """""namorados""""" mais velhos (e abusadores) nem são vulneráveis a predadores.

Pregar castidade (e só pra meninas, veja bem, o mais puro e nojento machismo do seu comentário) é fazer exatamente o contrário. É manter as meninas envergonhadas, na ignorância, vulneráveis. Só quem quer isso são os predadores como você, que querem meninas ignorantes e fáceis de manipular pra tentar transformá-las em bonecas infláveis de carne e osso. E isso nós não vamos admitir. Quer boneca inflável compre uma de plástico e pare de molestar meninas, seu pedófilo.

Vamos relevar que o comentário desse abusador deixa bem claro que ele se lixa pros meninos de 10 a 15 anos estuprados em bordéis pra "virarem machos".

08:22 desista de escrever fanfics. Você é péssimo nisso. Eu recomendaria algumas boas autoras de quem você pode pegar umas dicas, mas uma encerrou a conta e as outras escrevem em inglês, então nem vou me dar ao trabalho. Você não aprenderia a escrever direito mesmo.

Anônimo disse...

Esse negócio de escola de princesas não está com nada. Minha namorada tem 12 anos e eu tenho 16 anos, e nós transamos desde que ela tinha 10 anos. Ela é feminista, graças a Deus, e sempre achou que esse negócio de castidade é bobagem. Ainda bem que vcs fizerem bem o trabalho de vcs, que abriu a mente dela (e as pernas também ). Obrigado!

Anônimo disse...

11:39 - para de inventar fanfic, mascu de bosta (pleonasmo)

11:41 - e volta pro seu poço de ebola, masculixo

Anônimo disse...

Eu tenho filho pequeno e também não concordo com a sexualizaçao precoce das crianças, seja menino ou menina. Acho horrível crianças se comportando como adultos e se vestindo de forma sensual. Mas incrível como as pessoas sempre vão pelos extremos, ninguém enxerga o meio termo.
Tbm não acho que escola de princesas é a solução, pra que ensinar crianças sobre casamento, aparência física, castidade. Criança tem que estudar e brincar, ponto final. Óbvio que a partir de certa idade alguns assuntos tem que ser conversados, inclusive sexo, mas de forma educativa e natural, não como se a criança fosse um mini adulto.

Anônimo disse...

Eu acho a Peppa um ótimo exemplo pras crianças. Em vários episódios aparece o pai cozinhando enquanto a mãe trabalha, eles revezam.
Os dois cuidam dos filhos e eles
tbm revezam a direção do carro nos passeios. São pequenas coisas.
Daí um dia eu estava na reunião da escola e uma mãe disse que a Peppa não era um bom desenho pq ela era mal criada, achei curioso. Depois eu entendi que o problema é que a Peppa tem personalidade, ela questiona as coisas. E o povo gosta mesmo é da princezinha, a frágil e coitadinha. Tem país que morrem de medo que o filho tenha personalidade, acho incrível isso.

Anônimo disse...

Comum no interior do brasil na zona rural principalmente entre os miseráveis

Anônimo disse...

Quem defende a putaria e prostituição no Brasil são os homens, se esse país fosse sério, deveríamos ter leis contra a prostituição no estilo sueco, mas com a mentalidade de estupradores que nossa população possui, não fico surpresa com toda essa merda.

titia disse...

11:41 quem está agindo feito bicho raivoso aqui é você. Que foi, não gostou de ter a verdade de que você é um abusador de menininhas com tendências pedófilas? Aceita. E ao invés de botar gelo, corta fora suas bolas. Assim você não corre o risco de molestar menininhas.

Anônimo disse...

Elas não precisam desentupir esgoto e nem lavar louça.
Com a escravidão masculina, os homens estão fazendo tudo isso!

Anônimo disse...

Que escravidão masculina, seu maluco retardado?! Acorda pra realidade!

Anônimo disse...

A idade de consentimento era pra ser 12 como solicitado por grandes juristas. Mas, a bancada conservadora barrou esse progresso.
12 anos não é criança nem na lei.
Criança é quem tem menos de 9 anos! Pedossexualidade é antes dos 9 anos.
Deixem de serem machistas, bando de feministas puritanas e mascus!
Sexo é natural!


Anônimo disse...

Pedófilo maldito, se mata!

Anónimo disse...

Eu considero tbm ueh, que a relação pessoal eh mais importante que a profissional,mas eh opnião, se acha outra coisa nao eh mais facil dar a sua e boa? Ter outra gosto eh vergonha agora?