sábado, 20 de fevereiro de 2016

GUEST POST: FREE KESHA, LIBERTEM A CANTORA

A cantora Kesha chora no tribunal ao ouvir a decisão do juiz

Ontem uma hashtag, #FreeKesha, dominou o Twitter. 
Como não acompanho o mundo pop musical, confesso que nunca tinha ouvido falar na cantora. Mas a história do que está acontecendo com ela é realmente horrível. Neste link há um vídeo muito bom (em inglês) explicando a situação. A cantora havia acusado seu produtor, Dr. Luke, que diz ter investido 60 milhões de dólares nela, de estupro e espancamento. Ela pedia que seu contrato fosse rompido, para que ela pudesse seguir sua carreira longe do abusador. O juiz não aceitou. 
Pelo menos tem um montão de gente indignada com a situação. Fico feliz que tantos estejam se solidarizando. 
Recebi este guest post da Ponzi, uma estudante de Relações Públicas em Maceió:

Muitos de vocês que são usuários do Twitter perceberam que a hashtag #FreeKesha foi um dos tópicos mais comentados no microblog nessa sexta-feira. No entanto, esse assunto é algo que vem se arrastando durante anos!
Para quem não sabe: Kesha é uma cantora e compositora que conseguiu sucesso mainstream através de seu hit Tik Tok, lá no longínquo ano de 2010. Seu primeiro CD, Animal, foi um sucesso. Desde então, ela vem colecionando uma legião de haters; afinal, como se atreve uma mulher a cantar sobre sexo casual, bebidas e diversão? Nada de novo sob o sol do machismo.
Em 2014, Kesha surpreendeu a todos por se internar em uma clínica de reabilitação para tratar de distúrbios alimentares. Na época, a cantora declarou: "Eu sou uma militante do 'seja você mesmo' e 'ame a si mesmo', mas encontrei dificuldades para praticar isso. Estarei indisponível nos próximos 30 dias procurando tratar do meu distúrbio alimentar... Aprendendo a me amar novamente, exatamente como sou".
Nessa ocasião foi reportado que a cantora enviou cartas aos seus fãs confessando os abusos que sofria de seu produtor Dr. Luke: “Dr. Luke torturou a mim e a minha família… Ele fez o que todo mundo já sabe e mais um monte de coisas terríveis”, confidenciou Kesha a um de seus fãs. “Alguém que trabalha comigo me levou a essa doença, me torturou e f*deu a mim e a minha família”, desabafou em outra das cartas. E ainda conseguem duvidar se ela realmente sofreu algum tipo de abuso!
Finalmente, a cantora abriu um processo contra a gravadora, que reconhecia o comportamento abusivo de Dr. Luke, mas fazia vista grossa. Amarrada por um contrato absurdo do qual só ficaria livre para seguir com a sua vida após lançar dez CDs (a cantora só lançou dois até agora), Kesha ficou impedida de trabalhar na área que tanto ama.
O processo já dura dois anos. Em um vídeo publicado em janeiro, é possível observar o cansaço e desgaste da artista, aquela que fora outrora uma pessoa animada e irreverente, teve o seu brilho apagado por todo o stress que vem sofrendo devido ao abuso sofrido e ao processo.
A cantora desabafou depois de uma audiência ser adiada: “Eu não posso lançar novas músicas, mas eu posso cantar uma música de alguém que já existe”, e logo em seguida cantou "Amazing Grace".
Em um post do instagram no dia anterior à decisão judicial, a cantora escreveu: “Não tenho nada a esconder. Eu fiz isso porque a verdade estava comendo a minha alma e me matando por dentro. Isto não é só por mim. Isto é por cada mulher, cada ser humano que já tenha sido abusado. Sexualmente. Emocionalmente. Mentalmente. Eu tive que dizer a verdade. O resultado disso será o que tiver de ser. Não há mais nada que eu possa fazer. Isso é tão assustador, não ter nenhum controle sobre o seu destino, mas este é o meu caminho nesta vida por algum motivo. #Sexta”.
E então chegamos a ontem, o fatídico dia em que Kesha não conseguiu uma decisão favorável do juiz por “falta de provas”, e foi obrigada a continuar presa ao seu estuprador e à gravadora que não fez nada para protegê-la. 
O que mais me deixa indignada foi o fato de como não só a mídia, como também a indústria virou as costas para ela. 
Algumas artistas (Lily Allen, Halsey, Lorde, e Lady Gaga, que inclusive está concorrendo ao Oscar com uma música sobre estupro) mostraram o seu apoio à cantora. Entretanto, é possível observar o silêncio (ou a demora) de artistas que, ironicamente, levantam a bandeira do feminismo, como Taylor Swift. Todas as artistas devem ser solidárias numa hora dessas.
Kesha já disse que, se perder o processo, irá encerrar a sua carreira. É possível ver o quão abatida ela ficou ao se ver impedida de fazer o que tanto ama. Me parte o coração não poder fazer mais por ela, então, dentro das minhas limitações, tento disseminar o que está acontecendo, para que a realidade -- que não é exclusividade dela -- não seja esquecida. #FreeKesha

106 comentários:

titia disse...

Não duvido nada que o juiz seja um dos machistas que se indigna pela Kesha "se atrever" a cantar sobre sexo, drogas e tudo que não é "próprio" pra mulher e resolveu puni-la fechando os olhos pro abuso e violência. Falta de provas pfff... até parece que ninguém sabe que esses produtores e donos de gravadoras endinheirados se acham deuses e pensam que todo o resto da humanidade só existe pra servi-los e ser pisada por eles. Mereciam levar um tiro no rabo, esse produtor, os cúmplices da gravadora e o juiz. Lixos.

Quanto à falta de apoio das outras, Taylor Swift é a mais machista de todas, é só ler dois versos das músicas delas, slut shaming, ódio, competição, "o macho é meu", "você roubou meu ómi sua piranha vagabunda". CLARO que ela NÃO ia apoiar a Kesha nessa hora, Taylro Swift é só poser, tenta pagar de feminista pra ganhar fãs e dinheiro, que nem os feministos.

11:37 vá fazer como o Deadpool sugeriu e enfie um dildo com cerol no cu. E não chore enquanto isso, porque ómi não chora.

Digo o mesmo pra todos os mascus.

Jonas Klein disse...

Que horror que historia triste, minha solidariedade a Kesha.


Agora quanto a Kesha, não ter conseguido uma sentença favorável por falta de provas, provas de que, de que ela foi estuprada? se for isso e só por ela e o acusado no detector de mentiras, que já a gente já fica sabendo a verdade.

Anônimo disse...

Ela assinou o contrato quando já era adulta, contrato é contrato. Justiça não deixará passar isso em branco. Cada dia passa confirma que as mulheres só fazem o que é conveniente a elas.

Anônimo disse...

q pisão na Zikaty Vírus Fungiperry, recebedora de mijo do dr. lucas

https://i.imgur.com/Vv3HOtY.gif

https://i.imgur.com/qIxhJty.gif

Anônimo disse...

Enquanto isso, a Zikaty Vírus continua recebendo mijo desse estuprador falido

https://lh6.googleusercontent.com/-owiYFlnvUIQ/VMD-driPnaI/AAAAAAAAA5A/WYyErMQOqHg/s137/katy_luke.gif

Anônimo disse...

Não é novidade nenhuma que a Beyoncé é escrava do marido, falsa feminista, falsa negra e a Lady Gaga é a rainha do pop e da música

Anônimo disse...

Sai Dr. Luke, não quero mijo

https://i.imgur.com/qIxhJty.gif

Anônimo disse...

O slut shame da Taylor Swift ´é qualquer coisa, menos feminista..

Anônimo disse...

Falta de provas, né? Nada se provou contra Luke.

Ou se confia na Justiça ou não se confia. Se alguém é absolvido por falta de provas, é porque provavelmente não fez nada.

Ele pode ter conseguido esconder bem o que fez. O que significa atribuir à palavra de uma mulher todo o peso de prova do mundo. O mesmo vocês não fariam com os homens, duvidariam de cada sílaba do que um deles dissesse sobre uma mulher.

Agora, que contrato é esse? 10 álbuns? A média de tempo pra se lançar um álbum é de 2 anos. Sabendo da rotatividade do mercado pop, é uma ilusão e uma ingenuidade assinar um contrato desses, que te prenderá por 15 a 20 anos.

BLH.

Anônimo disse...

Pode mijar Dr Luke, mas roar vai ser #1 nos charts né? - Katy Perry

Anônimo disse...

Dr. Luke flopado desgraçado do caralho, um dia a Zikaty tb vai quebrar o controle mental e vai acabar com a sua vida. Beyoncé falsa feminista, cadê a sua voz?

https://i.imgur.com/qIxhJty.gif

Anônimo disse...

O contrato não diz que ela pode ser abusada a vontade, seu quadrúpede machista energumeno

Anônimo disse...

E aonde eu disse isso? ^

BLH

titia disse...

BHL, Super Defensor Dos Zómis Injustiçados, um monte de políticos corruptos envolvidos em esquemas de desvio de dinheiro e propina foi absolvido por "falta de prova" embora todos saibam que os crimes ocorreram e esses corruptos são culpados. Algumas vezes a prova contra eles é simplesmente um depoimento de um cúmplice e as pessoas aceitam. Por que, então, quando o crime é uma violência sexual contra uma mulher a "falta de provas" nunca é contestada e a ordem é duvidar da mulher? Ainda mais conhecendo os bastidores dessa indústria e sabendo que estupro é o que mais ocorre ali (fato comprovado por vários depoimentos de outras vítimas)? Que é? Pra saber da culpa dos corruptos só um depoimento é suficiente, mas pra um estuprador ser culpado precisa de laudo do FBI, corpo de delito da CIA, filmagem 3D capturada por satélite da NASA e pelo menos 15 testemunhas que tenham presenciado o ato? Reflita, reflita.

E claro que duvidamos dos homens. É só ler os depoimentos no blog, abusador mentindo pra vítima e ameaçando, psicopata enganando e mentindo, dizendo que a ex é uma "louca obcecada que quer destruir a vida dele", estuprando e depois mentindo que a mulher consentiu, espalhando revenge porn na internet, assediando. Homem costuma não ter problema nenhum em mentir e enganar quando se trata de algo que envolva mulher. Meu caro, homens já se esforçaram muito pra provar que não são de confiança em nada que envolva mulheres. Já entendemos. Mas por que quando nós finalmente entendemos que homens nunca foram, não são de confiança e nós nunca devemos confiar em vocês pra nada nem em nada a respeito de mulheres, vocês dão pití e batem o pé?

Anônimo disse...

A justiça americana é super rigorosa em crimes de suspeita de estupro e abuso sexual, se ela perdeu a causa e não conseguiu provar nada é provável que o cara é inocente das acusações mesmo.

Anônimo disse...

Pois é, se ela que é uma megastar, famosa, popular e decidiu arriscar tudo (carreira, fama, dinheiro e sucesso) pra processar seu abusador tem gente que ainda tem dúvidas e a chama de mentirosa, imagina então uma mulher comum, pobre, que resolve prestar queixa de abuso. Foda.

Anônimo disse...

Eu não duvido de acusações de estupro eu duvido de quem sempre tá duvidando de acusações de estupro, sempre querendo por a mulher como culpada de que transou e depois se arrependeu, sendo que a configuração de estupro é forçar sexo exige uma força ou coerção.

Anônimo disse...

zikaty perry imunda sem talento, não vai largar o mijo do dr. luke tão cedo

https://i.imgur.com/qIxhJty.gif

https://i.imgur.com/Vv3HOtY.gif

Aline disse...

Acho que nos casos de estupro, o ônus da prova deveria ser invertido. O cara é que deveria provar que não estuprou, e não a mulher provar que foi estuprada.

Anônimo disse...

não importa o que elas façam a culpa é sempre da mulher que devia ter dado mole, devia ter saído com uma roupa provocante, nós vemos que oriente médio as desculpas esfarrapas são as mesmas.

Anônimo disse...

Se uma mulher se cala sobre um abuso sexual dizem que não aconteceu, mas se ela resolver contar ao mundo pelo que passou é acusada de mentir da mesma maneira.

Anônimo disse...

Vc seria uma brilhante jurista! Jênia! Kkkkkkkkk

Aline disse...

Coitadinho, não sabe que existem casos específicos onde o ônus da prova é invertido... Fala a verdade, vocês cagam de medo disso acontecer, né? Afinal, se o Supremo afastou a garantia constitucional do trânsito em julgado, por que não?

Anônimo disse...

Aline, sabe que isso não novidade nenhuma, nos EUA e assim, o acusado e quem tem que provar que não cometeu o crime, eu não sei se isso como regra geral seria boa ideia, mas nos casos de estupro e adequado sim.

Anônimo disse...

Eu sou a favor que não se apure nada, e que cuidemos dos casos mais importantes.

Anônimo disse...

15:17, eu concordo com você! Por exemplo, muito mais importante que um caso de estupro é um caso de roubo de cérebro. Temos que descobrir o filisteu que roubou o seu!!!!

Anônimo disse...

Tadinho, tem medinho de mulher. Cara, larga de mimimi.

Anônimo disse...

A pisada na Zikaty Vírus Fungiperry não para

https://i.imgur.com/qIxhJty.gif

https://i.imgur.com/Vv3HOtY.gif

https://i.imgur.com/HRzN3pl.gif

Elvis disse...

Fiquei chocado com o que aconteceu com a Kesha. O caso está rolando a um bom tempo e eu não tinha idéia. Isso mostra como a mídia não dá visibilidade nenhuma. Vou colar um post que vi na página do facebook "Igreja de Santa Cher na Terra" e concordo totalmente:

"Quando Chris Brown agrediu Rihanna, a carreira dele continuou como se nada tivesse acontecido.
Quando Kadu Moliterno agrediu, mais de uma vez, sua esposa, ele continuou contratado e atuando.
Quando Dado Dolabella agrediu Luana Piovani, ele ganhou a primeira edição de A Fazenda.
Quando Bolsonaro disse que não estupraria uma deputada porque "ela não merece", ele foi chamado de mito.
Quando Eminem fez raps misóginos atacando Mariah Carey, ele continuou vendendo discos e fazendo shows.

Agora, quando a cantora Kesha denuncia o estupro e o abuso de seu empresário, ela foi julgada culpada por quebra de contrato pela justiça americana, sendo proibida de continuar sua carreira.

E digo mais: Kesha é branca, cisgênero, rica e famosa. E, ainda assim, sofreu e não foi amparada. Imaginem só o que não acontece com mulheres negras das periferias do mundo e ninguém nem fica sabendo (tampouco se importando).

Justiça, em qualquer lugar do mundo, é apenas uma ilusão.

~Eve McGonagall"

Anônimo disse...

Medinho, medinho, medinho, 17:00 é um cagão que tem medinho de mulher kkkkkkkkkkkkkkk Corre chamar mamãe pra te salvar e fazer seu toddynho kkkkkkkkkkkkkkkk

titia disse...

17:46 fala como se pudesse convencer alguém, mas eu sinto o fedor da fralda cheia dele à distância, o infeliz já tá se borrando de medo só de falar com as mulheres que comentam aqui no blog.

Fernando disse...

Que absurdo, o cara n foi condenado por estupro SÓ pq n tinha provas... É, provas para que? Porque falsa denuncia de estupro nem existe, com certeza vai vir alguém com a balela de 1%, basta ir no google para ver que o numero é bem maior.
Criticam o fato de muita gente duvidar, mas fazem o inverso, todo mundo tem acreditar em tudo que uma mulher diga ao ponto de nem precisar de provas.
Essa "justiça" feminista vale para todos? Se um homem acusar uma mulher de qualquer coisa, basta a mulher ir presa e acabou?
Quanto ao contrato, ela foi enganada ou sabia de tudo quando assinou, n ficou claro.

Anônimo disse...

Agora eu tenho certeza, não é medinho, é medão kkkkk seu cagão medroso. toda vez que vê uma menina deve ir chorar no banheiro e bater punheta... kkkkk cagão medroso... deve acordar suando quando sonha com uma mulher, porque sabe que isso é o mais perto que vai chegar de uma kkkkkkkkkkkkk cagão medroso kkkkkkkkkk e feto não tem medo, ô jumento cagão medroso covarde franmguinho cócócócó...

Anônimo disse...

Fernando, homem acusa mulher de qualquer coisa e todo mundo, isso mesmo, todo mundo acredita... Veja a Míriam Dutra, o fhc tinha um caso sendo casado, ela não (mas a puta é ela), foi exilada para não atrapalhar a candidatura dele na reeleição (ganhava bem, mas estava afastada de toda rede de suporte dela, mas isso é nada né, afinal é só uma puta), todo o trabalho que ela desenvolveu sendo correspondente não foi utilizado para que ela não aparecesse (assédio moral), o fhc usou empresa investigada na lava a jato para mandar dinheiro de origem desconhecida para ela (caramba, que impoluto, mas ela é puta) e todo mundo acredita naquela conversinha pra boi dormir que o teste de dna mostrou que o menino não é filho dele. Cara, o boca de sovaco COMPROU POR 200.000 REAIS POR DEPUTADO a emenda da reeleição e ninguém levanta a hipótese dele estar mentnido? Nããããão, foi o PT que pagou pra ela dizer tudo que disse, afinal ela é puta, e puta se vende por dinheiro...

Anônimo disse...

kkkk e nem perto de peito caído você chega, só o da mamãe quando vai te entregar o toddynho kkkkkkkkkkkk cagão, medroso, cagão, medroso tomador de toddynho chora na cama que é lugar quente e deve ser seu único refúgio cheio de polução noturna kkkkkkkk CAGÃO

Anônimo disse...

Exato, que nem um caso que eu conheço de um homem que casou e a mulher levou uma bela quantia de grana dele e fugiu com o amante. Ele processou ela e sabe o que aconteceu? NADA. Logo, se ele ta pra baixo e com dividas pendentes, ele ta apenas fingindo, afinal não ganhou o caso, logo é só um safado mentiroso. E que fim teve a mulher? Tá aproveitando a vida em algum lugar da europa com o amante. Que ela seja feliz pois depois da acusação injusta, tem mais é que ser feliz.
Como os moços comentaram, se a justiça não condenou, logo não é culpada. Mais uma pra vcs torcerem por ela, moços. E eu fico feliz por que dessa vez foi a mulher que se deu bem
Amém ao nosso mundo justo

Anônimo disse...

KKKKKK fetos intrauterinos kkkkkkkkk cagão medroso analfabeto kkkkkkkk os extrauterinos são seus miguxos, né? fala a verdade, cagão, você é um feto extrauterino, por isso tem medinho de mulher, é trauma kkkkkkkkkk

Matheus Monteiro disse...

Dois dias sem internet e me aparece essa triste notícia. Fico totalmente desolado com isso. Gosto da Ke$ha, tenho um carinho por suas músicas (ouço-as desde o seu início de carreira) e é totalmente desolador o que tem ocorrido com ela nesses últimos tempos. Como o mundo pop é caótico e muitas vezes os artistas ficam sem material novo por um tempo, no começo, não reparei no que estava acontecendo, até que alguns meses atrás realmente soube do caso em que ela estava presa. Simplesmente revoltante. Tinha fé de que ela conseguisse sair desse contrato que estava destruindo a carreira dela (existe até uma matéria do PapelPop que deixava claro todos os pontos desse caso - http://www.papelpop.com/2015/09/kesha-diz-que-sua-carreira-esta-acabada-se-perder-processo-judicial-contra-dr-luke/ ), mas depois dessa só consigo sentir revolta e tristeza pelo o que aconteceu. E é ainda mais revoltante perceber como o cenário da música, principalmente o pop, é tão nocivo com as cantoras. Seja limitando seu viés criativo (como ocorreu com a Kelly Clarkson em 2007 e até mesmo com Katy Perry com a criação de algumas músicas suas) seja atacando-as financeiramente e fisicamente (Amy Lee, vocalista da banda de rock Evanescence, já chegou a ser assediada pelo produtor e mal recebeu o que devia pelo primeiro disco do grupo, que foi um sucesso em 2003). É simplesmente horrível ler essas matérias e perceber quão nocivo e machista é esse mundo.

Anônimo disse...

Podemos mesmo, e vamos abortar quando a gente quiser. Por isso o medinho kkkkkkkk Se preocupa não, só o intrauterinos (eu vou rir disso até 2045) estão amaçeados, mas eu compreendo seu estresse pós-traumático. Não se sinta abraçado, cagões não ganham minha empatia kkkkkkkk Pode me chamar de aline se quiser, mas eu sou uma feminazi misândrica borteira de fetos intrauterinos kkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Cagão gagando medo? onde? só no maravilhoso bloguinho da lola kkkkk Agora eu vou dar umazinha delícia ali. Depois eu volto pra rir mais de você, cagão extruterino kkkkkkkk

Anônimo disse...

Parece que além de medroso tentando disfarçar o medo, o anonimo não sabe formar mais frases, é limitado. Por isso esta repetindo o mesmo comentário.
E essa do intrauterino foi ótima.

Anônimo disse...

Gente, ignorem o troll desocupado. Vir aqui ser motivo de pena é a única distração dele mesmo no sábado. Ignorem que com sorte ele se mata ainda essa semana.

Anônimo disse...

"Pra saber da culpa dos corruptos só um depoimento é suficiente, mas pra um estuprador ser culpado precisa de laudo do FBI, corpo de delito da CIA, filmagem 3D capturada por satélite da NASA e pelo menos 15 testemunhas que tenham presenciado o ato? Reflita, reflita."

To pensando aqui... em alguns países muçulmanos a palavra da mulher não vale nada, só vale se ela tiver 3 (?) homens como testemunha.

Talvez no ocidente seja o mesmo. Só não está escrito na constituição.

Jonas Klein disse...

Anon 19:27

Perfeito o seu comentário, troll e assim mesmo tem que tratar com indiferença e arrogância.

Anônimo disse...

"Meu caro, homens já se esforçaram muito pra provar que não são de confiança em nada que envolva mulheres. Já entendemos. Mas por que quando nós finalmente entendemos que homens nunca foram, não são de confiança e nós nunca devemos confiar em vocês pra nada nem em nada a respeito de mulheres, vocês dão pití e batem o pé?"


E chamam a mulher de misândrica. É engraçado.

Anônimo disse...

"Se uma mulher se cala sobre um abuso sexual dizem que não aconteceu, mas se ela resolver contar ao mundo pelo que passou é acusada de mentir da mesma maneira."


Ou perguntam "porque não denunciou antes"?

titia disse...

19:45 lutamos justamente pra que isso mude, besta irracional. Tanto o machismo que sempre culpa a mulher e inocenta o estuprador quanto a corrupção, que começa no povo (subornando o guarda de trânsito, embolsando o troco a mais, ultrapassando o sinal vermelho quando ninguém está vendo, etc.) e chega nos altos escalões do governo ferrando todo mundo.

Anônimo disse...

Besta irracional!"? Eu?

Eu só quero continuar fazendo monjas traquinagens sem ser punido, poxa!

Acho a a besta aqui é vc! Kkkkk

Anônimo disse...

Eu sou contra a redução da maioridade penal. Mas só para os homens, porque se as mulheres se aposentam mais cedo, então elas podem responder por seus delitos mais cedo.

Estragadinha disse...

#tafoda

Fernando disse...

18:46
A justiça n condenou por n ter provas, então, pode ser verdade ou não. Infelizmente muitos criminosos ficam livres por falta de provas, mas sem isso muitos inocentes estariam presos. Eu n estava lá, vocês estavam? Então n posso afirmar q é tudo verdade ou q é tudo mentira. O absurdo é vocês acharem que o cara tinha que estar preso sem prova nenhuma e ainda com a certeza absoluta de q o cara é culpado só pq foi denunciado por uma mulher.
A "justiça" feminista q é bizarra, a palavra da mulher deve ser lei e acabou.

titia disse...

E é por isso que você é uma besta irracional, Besta Irracional. Querer fazer maldades e gostar cometer crimes contra outras pessoas é coisa de besta irracional, tipo Jorge Negromonte e H.H. Holmes.

Anônimo disse...

Eu sou contra a redução da maioridade penal. Mas só para os homens, porque se as mulheres se aposentam mais cedo, então elas podem responder por seus delitos mais cedo.

Rafael disse...

Contrato é contrato, abuso é abuso. Se o cara foi absolvido e é culpado, que merda. Por outro lado, ele pode muito bem ser inocente (como era o Strauss-Khan).

Em lugares onde a polícia funciona, provar isso não é exatamente um bicho-de-sete-cabeças. Câmeras por todos os lugares, registros telefônicos, mensagens eletrônicas, testemunhas, peritos tipo CSI e por aí vai.

O próprio caso do Strauss-Khan é um bom exemplo da severidade com que um abuso denunciado é tratado em países desenvolvidos.

Se ela não conseguiu provar o abuso, infelizmente do ponto de vista legal, não há porque cancelar o contrato.

Anônimo disse...

OFF TOPIC


http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/t/todos-os-videos/v/pagina-na-internet-chama-atencao-sobre-assedio-a-alunas/4817415/


http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/t/todos-os-videos/v/mae-que-rejeitou-desafio-da-maternidade-tem-perfil-bloqueado/4823116/


http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/t/todos-os-videos/v/mulheres-pagam-mais-que-homens-pelos-mesmos-produtos-diz-pesquisa/4698891/

Anônimo disse...

Obrigado comentaristaq repete o comentário, por mostrar pra todas as geministas como pessoas como vc não são dignas de serem levadas a sério. Passar o tempo todo trollando só mostra o quanto a pessoa e a vida dela são vazias. Pode continuar se quiser, não vai fazer diferença nenhuma na vida de ninguém. Vai irritar algumas ca e la, mas no fim continuaremos fazendo coisas importantes de nossas vidas e de nossa luta enquanto vc jamais será levado a sério.
Pronto te dei um minuto de atenção. Pode me responder q não perderei meu tempo respondendo de volta, oq na sua mente limitada parecerá que "ganhou" a discussão e irritou uma feminista. Agora sua vida está plena. Parabéns

Anônimo disse...

Feministas*

Anônimo disse...

Oh, coitadinha da senhora Miriam. Não conhecia o senhor Fernando quando começou a transar com ele, né?

Anônimo disse...

Concordo.

Kevin Targaryen disse...

isso é mais obscuro do que pensam. Quando querem a fama tem que se submeter a isso..e quando falam contra ou algo ruim da indústria eles tentam boicotar o famoso. Abusos são comuns nesses meios principalmente com mulheres..é o preço da industria. E ninguém percebe.
A coisas muito mais sinistras por trás disso do que possam imaginar. Muitos famosos(a) sofrem abuso de alguém desse meio mais nem mesmo sabe.
Só posso desejar boa sorte para a cantora

Anônimo disse...

Notei que o post não se importou em colocar nenhuma evidência que a Kesha possa ter apresentado. Isso é errôneo. Com certeza houve evidências apresentadas por ela, então por que fazer o texto com um ar de "A Kesha falou. Mulheres não mentem. Não precisamos mostrar evidência."

Jovem feminista disse...

Rafael

Eu ate concordo um pouco com você, eu não sei se você sabe, mas estupro e um crime que pode ser cometido com alto nível de planejamento tal que fica difícil ate para policia conseguir achar alguma prova, de que ate aconteceu contato sexual com há vitima. Por isso e necessário policia trabalhar com método que torne o depoimento da vitima ou do agressor uma prova de culpa, pois muitas vezes o único elemento que vai se conseguir com potencial de mostrar o que aconteceu e este mesmo.

titia disse...

22:45 a maioria dos delinquentes juvenis são homens. Champinha, por exemplo. É mais lucro pra sociedade se a redução da maioridade penal for só pra homens, já que não fará muita diferença baixar só pra mulheres; elas cometem menos crimes e os crimes violentos como latrocínio, estupro, tortura e assassinato 99% das vezes são os homens que cometem. Você é estúpido assim de nascença ou por maioria de votos?

titia disse...

Troll das 09:30 Champinha só pode ser considerado exceção porque não disfarça a babaquice e a maldade, ele mostra na cara que não presta. Os outros fazem as mesmas maldades que ele fingindo ser carinhas legais. É, o Champinha é realmente a exceção; ele admite abertamente que é um psicopata e pronto. Vocês, mascus, fingem ser bonzinhos enquanto fazem a mesma coisa que ele.

Cara, quando o Champinha tem mais dignidade do que você, já passou e MUITO da hora de rever suas escolhas. Melhor você desistir de viver.

titia disse...

09:53 você é mau como o Champinha. Apenas não age de acordo com a maldade. Mas você é tão mau quanto ele, sim. É só entrar no seu fórum mascu e ver o que são essas 'traquinagens' que você defende... tipo, legalização do estupro e da pedofilia, morte de mães solteiras e 'manginas', e outras coisinhas agradáveis assim.

E eu mantenho a minha posição, você devia se matar logo. E você é estúpido assim de nascença E por maioria de votos. Agora chega de bater palma pra jumento dançar. Tenho vida. Bye bye mascu idiota.

NATTRAMN disse...

MASCULINISMO É UM MOVIMNEETO A FAVOR DA PSIQUIATIRA E DO ESTUPRO, ABUSO SEXUAL

VEJAM A HISTORIA DESSSA POBRE MULHER, SOFREU POIS NAO QUIS SE CASAR, FOI INTERNADA E TORTURADAA A VIDA TODA

https://pt.wikipedia.org/wiki/Camille_Claudel

Jovem feminista disse...

NATTRAMN

E por isso que digo que masculinismo e um movimento a ser destruído.

Rafael disse...

Jovem Feminista, isso na teoria é lindo. Na prática é sim preciso provas para mandar alguém para uma prisão. Só o depoimento, desprovido de um mínimo de embasamento evidencial nunca poderá ser considerado. Pessoas dissimulam e mentem. Existem mitomaníacos que são completamente capazes de crer piamente em suas próprias mentiras e passam por qualquer polígrafo.

Quando nós mentimos deliberadamente, ativamos áreas cerebrais diferentes das utilizadas para consultar a memória de ocorrências passadas. Tecnicamente seria possível por meio de ressonância magnética, medir a atividade cerebral relativa à resposta a uma determinada pergunta e comparar falsas e verdadeiras (fonte: http://www.med.upenn.edu/csa/user_documents/newday.pdf).

O problema é que existem mentirosos que são capazes de "criar" lembranças. Eles mentem contando uma história que vista em seu cérebro é biologicamente uma verdade.

Não se pode dar a menor chance para que pessoas com essa habilidade (independente de gênero) afirmem coisas que podem prender outras por meio desse tipo de comprovação. E é por isso que exames assim NÃO são aceitos em muitos países.

Fazer o que você propõe seria como implementar uma sharia com o sinal trocado.

Anônimo disse...

Ta na cara que a vagaba ta só dizendo que foi estuprada pra cancelar o contrato fazer uma histeria toda e poder capitalizar sozinha sem ter que dividir o dinheiro com o empresario que fez ela virar celebridade. O próprio nome diz tudo Ke$ha.

Jovem feminista disse...

Rafael

Eu acredito que você e um cara bem informado e esta dizendo a vdd, e a principio ate concordo contigo.

Eu mesma já pensei nisso, nestes casos que você cita, o que precisaria ser feito primeiro, e examinar e pessoa e ver se ela o tipo de pessoa que conseguiria enganar o sistema de detecção de mentiras. Se for constatado que pessoa consegue isso ai se deixa isso de lado.

Ai seriam dois passos primeiro testa pessoa, no segundo passo analisa o depoimento a pessoa.

E tem detalhe que precisa ser levado em conta que, estupro tem vitima e acusado ambos poderiam ser submetidos a analise, ai quem vai prestar o depoimento que vai ser usado como prova, e quem demonstrar que seria pego mentido, caso tentasse fazer isso.

Sendo que neste caso a vitima só seria submetida ao teste de detecção de mentiras caso acusado demonstre, ser capas de engar o detector de mentira.

Só seria um problema se tanto acusado quanto a vitima forem anormais a ponto de conseguirem enganar o detector de mentira, ai paciência se investiga de outro jeito.

Eu só não sei se tecnologia já e capas de fazer isso atualmente, se não for, no futuro certamente vai ser.

Anônimo disse...

Jovem feminista, teste detector de mentiras não prova nada, é facil de burlar. E mesmo quando da certo a chance de não detectar mentiras é enorme, resumindo, não serve pra nada.

Anônimo disse...

Minha jovem feminista:

"Jovem feminista disse...

Rafael

Eu ate concordo um pouco com você, eu não sei se você sabe, mas estupro e um crime que pode ser cometido com alto nível de planejamento tal que fica difícil ate para policia conseguir achar alguma prova, de que ate aconteceu contato sexual com há vitima. Por isso e necessário policia trabalhar com método que torne o depoimento da vitima ou do agressor uma prova de culpa, pois muitas vezes o único elemento que vai se conseguir com potencial de mostrar o que aconteceu e este mesmo.
"

Neste caso, acredito que seja a melhor opção deixar o homem livre.In dubio, pro reu. Não tenho certeza se escreve assim, mas a teoria é algo como o escrito acima.

Camila disse...

Discordo da solução para o descaso com vítimas de estupro, vocês querem passar do "todo mundo duvida" para "todo mundo deve acreditar cegamente". A vítima deve ser tratada com respeito mas todos tem q ser imparciais.
Ninguém sabe se qualquer denúncia é verdadeira ou n. O cara pode ter abusado e agora vai ficar por isso mesmo mas pode ser inocente, n dá é pra jogar os outros na cadeia sem prova nenhuma.
N sei se teria solução, se n denunciar rápido fica difícil de provar. Só se acontecer o q a jovem feminista disse.

Jovem feminista disse...

Anônimo das 12:34

Ate onde eu sei, os detectores de mentira que existem atualmente, apesar da evolução ainda não são 100% confiáveis, apesar de que se usados da forma mais eficiente possível, podem dar resultado razoavelmente confiável, tanto que no RS detectores de mentira, já são usados para ajudar nas investigações da policia.

De uma lida aqui

http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/policia-de-pelotas-usa-detector-de-mentiras-no-caso-de-professora-desaparecida-138872.html

Anônimo disse...

Calma gente.

Em muitos casos, esses caras são na verdade vítimas da sociedade, já pararam pra pensar nisso?

Um homem que comete coisas erradas atualmente, pode ter sido vítima das mesmas coisas na infância.

Não dá pra julgar. Cada caso é um caso.

Rafael disse...

Jovem Feminista, o detector pode e deve ser uma das evidências. Pode ajudar a condenar alguém.

Nunca, jamais poderá ser a única. Se no caso em tela (que não conhecemos detalhes) a Kesha não conseguiu nenhuma evidência além do seu depoimento, não há como condenar. Seja homem ou seja mulher.

E não confunda inquérito (caso do seu link da professora) com julgamento. O uso do polígrafo no caso que você citou pode nem ser considerado pelo juiz que julgará o caso. Isso, claro, se o inquérito evoluir para um processo criminal.

NATTRAMN disse...

''E por isso que digo que masculinismo e um movimento a ser destruído. ''

sim, eu sou um ex ''mascu'' arrependido. dscobri a verdade da farsa que é olavo de cravalho e a direita liberal, saao assasssinos monstros.

o que tem que ser destruído é o cristianismo, o patriarcado, a psiquiatria(que toturou milhares de mulheres). devemos fazer esse sistema cair, nao ha outro jeito, uma vida simples, um boicote ao capitalismo.

nao estou aqui, de stalker, to aqui pq quero a destruiçao das religioes abraamicas e da psiquiatria. um colapso global total na civilizaçao é o que o mund precisa.

Vicky_ disse...

Isso é o que chamam de "liberdade" no capitalismo?

Luke obviamente suga até a última gota o que cada pop star que ele apadrinhou lhe pode proporciona, tipo... 10 CDs!!!
Sendo que ela só lançou 2 até hoje!

Daí foi só se aproveitar de cada fraqueza dela para molda-la comercialmente.


"A sentença baseada no melhor do ponto de vista comercial"
Ou seja, o que for mais rentável para a parte masculina, branca e rica da sociedade.

Muito embora eu queira distância desse meio, fico feliz pelo caso da Ke$ha mobilizar tantas pessoas.

Jovem feminista disse...

Rafael

Embora você esteja correto, não esqueça que a detecção de mentiras, no momento histórico engue estamos, igual aos automóveis sem condutor e voadores, são tecnologias que atualmente estão em uma faze muito inicial do seu desenvolvimento. Eu tenho certeza que detecção de mentiras daqui 30, 05, 100 anos vai ser algo tão ou mais confiável do que exame de DNA hoje.

Dollynho disse...

A Justiça funciona com base em provas. Se não havia provas de abuso, o cara tinha que ser absolvido. Não dá pra ter dois pesos e duas medidas. Não dá pra adotar um discurso humanizado quando se trata de crimes "comuns" (homicídio, assalto, sequestro, etc...), exigindo a aplicação do Estado de Direito e quando for caso de estupro, adotar a Lei do Velho Oeste (enforcar primeiro e perguntar depois).

Jovem feminista disse...

NATTRAMN

A psiquiatria no passado era algo bem falho mesmo, mas atualmente ela trás muitos benefícios a todos(as) que dela recorrem.

Você esmo eu acho tinha que passar por um psicólogo, pois mesmo abandonando o masculinismo psicologicamente você não esta bem e isso visível.

Rafael disse...

Vicky, agentes extorsivos existem contra ambos os gêneros. Basta ver que o mesmo ocorre aos montes com jovens promessas do futebol.

Rafael disse...

Jovem Feminista, sim. Certamente no futuro teremos meios mais eficientes para inquirir os envolvidos em disputas jurídicas e criminais.

Só que isso não tem efeito sobre o caso atual. Hoje essas tecnologias ainda não existem.

titia disse...

Então, 14:15, é danem-se as mulheres estupradas, us póbris zómis só estupram porque foram estuprados também e portanto as vadias devem se calar e aceitar serem estupradas pro pobrezinho extravasar o trauma e a raiva? Ora, se tem tanta pena dos ómis estuprados vá oferecer seu cu pra esses pobres coitados extravasarem, seu bosta!

Amanda disse...

titia

Com estes podres ai não adianta argumentar, pois eles escolheram ser assim, o jeito as mulheres pegarem em armas, e começa a da fim nestes lixos.

Alguém tem que limpar esta nojo de mundo.

Anônimo disse...

Anônimo das 12:08 tenho pena da mulher que pariu um LIXO como vc invés de um ser humano!!
Claro, é bem mais "vantajoso" cancelar um contrato milionário e arriscar uma carreira sólida "inventando" um estupro!!
Pqp como vc é um misógino e RB um imbecil!! Vai tomar no teu cu com tua misoginia de merda.

Anônimo disse...

Sylvie

Pessoal deixem estes odiadores de mulheres,pseudo homens, criaturas cheias de ódio e ignorância vomitarem seus preconceitos até as tripas desses trastes saírem fora.
Continuaremos falando sobre assuntos importantes vamos ignorar esses covardes.

Anônimo disse...

Sylvie

Pra mim Beyoncé e Taylor Swift são pseudo feministas enquanto não ajudarem essa moça!!
É fácil estar do lado em tempos de paz ter coragem é estar do lado em tempos de guerra.

Aline D disse...

Exatamente, anônimo das 14:31. É deprimente ver como não existe credibilidade na palavra da mulher. Sofre-se três vezes: a primeira pelo abuso em si, a segunda porque a mulher se sente um lixo (como se tivesse culpa pelo que aconteceu) e a terceira porque as pessoas não acreditam e/ou julgam a mulher.

Anônimo disse...

Galera, aconteceu tem um tempo já mas só agora que eu vi.

https://www.youtube.com/watch?v=QeYhL_kUmgo

No vídeo, um jogador de futebol australiano, Craig Foster, está "abraçando" a filha de 8 anos na entrada do jogo. Graças aos céus, bastante gente repudiou o ato. Mas claro, ainda teve portal de notícia e comentarista defendendo que "foi só um abraço paterno", "se ele fosse molestador, não faria isso em público", "E SE FOSSE UM MENINO NINGUÉM FALRIA NADA MIMIMIMI", "aiiin, quem vê sexualidade nesse belo ato de carinho é que é pedófilo". Isso nos portais australianos e ingleses. Quando a gente acha que "é só no Brasil", a gente vê que sempre aparece advogado de homem em qualquer lugar do mundo.

Rafael Cherem disse...

Olha nos temos que ponderar, não houve provas, se não houve provas ele é inocente perante o sistema judicial,moralmente é possível acreditar no que ela diz, mas a justiça pode colocar uma pessoa atrás das grades, acabar com o patrimônio dela, e até matar, então apenas a palavra da suposta vítima é insuficiente, tem de vir acompanhada de provas,na ausência ou na dúvida absolve. O sistema judicial no mundo civilizado é assim.Conformem-se.

Anônimo disse...

Desculpa, mas depois de citar Lady Gaga e Lily Allen, colocar Taylor Swift como "ícone do feminismo que esperávamos se manifestar" é uma piada... nada contra a moça, que aliás até doou grana pra Kesha hoje, mas acho que estamos endeusando muito as pessoas erradas.

Anônimo disse...

O problema é que as provas, no caso do estupro, "passam". Os hematomas somem, o sêmen é expelido/lavado, etc... o que fica, é justamente o psicológico, que é tão desconsiderado nesses casos.

Anônimo disse...

Viu, o anônimo de 21 de fevereiro de 2016 às 04:31 é a prova de que só se condena a mulher. Ela era santa? Não, mas por que só se fala mal dela e não dele?
É incrivel como vem ignorante dizer que queremos que sempre se confie na palavra da mulher, quando o que o feminismo quer de fato é que a credibilidade que tinha que ser a mesma dos homens, algo que não acontece. É isso que queremos. Agora com licença que vou ali inventar ter sido estuprada, pois segundo alguns é bastante simples e corriqueiro fazer isso. Deve ser 98 por cento da população, como a galera que inventa que foi roubada sabe? Bem proprocional.

Anônimo disse...

Anônimo 20 de fevereiro de 2016 20:15
E sua logica é qual mesmo? O que aposentar mais cedo (diga-se de passagem que mulheres em sua grande maioria fazem jornada dupla pois cuidam do marido, dos filhos, da casa e ainda trabalham, algo que poucos homens dariam conta de fazer) e cometer delitos têm haver? Por acaso tem algo relacionada a jornada dupla ou ao que? Vamos lá, se foi capaz de comentar, deve ser capaz de argumentar

Anônimo disse...

13:58, porque inventar que um homem abusou de você é muito divertido, também. Deixar que todo mundo ao seu redor imagine você numa posição vulnerável, sendo abusada sexualmente, é uma coisa linda. E ter que falar todos os detalhes pra policiais, advogados, promotores? Melhor parte.

Anônimo disse...

o grande problema é a falta de provas.
eu acredito que ela foi abusada, acredito nela, mas para fins de julgamento provas são necessarias, e sem provas, desculpa ai, apenas apalavra dela não vale. E tb não valeria se fosse apenas um homem)

Anônimo disse...

Taylor Swift doou 250 mil dólares para ajudar a Ke$ha...

Anônimo disse...

Mas qual a lógica do juiz?

Mesmo que fosse mentira, qual o sentido em forçar uma mulher (que não quer trabalhar com um cara a ponto de "inventar" um estupro) e esse cara (que supostamente é inocente e está sendo acusado de fazer algo horrível), a trabalharem juntos?

Parece que a única função desse processo é punir a cantora, mesmo que a um preço bem estranho (deixar eses dois juntos)...

Rafael disse...

11:41, por causa de um documento mágico chamado CONTRATO.

Dentro dos limites da legalidade, um contrato é lei entre as partes. Certamente neste contrato existe previsão de multa rescisória para ambas as partes. Ela paga e se livra dele.

Anônimo disse...

Só o fato de existirem acusações gravíssimas de uma das partes contra a outra (independente de ser verdade, já que não dá pra provar - o que não significa que o cara seja inocente) já deveria ser um ponto a ser considerado pelo juiz pra facilitar o afastamento entre eles.

Considerando que seja verdade, a moça é drogada, estuprada, ameaçada, proibida de trabalhar e ainda tem que pagar pra se ver livre do cara.

Anônimo disse...

O cara abusa de uma mulher, ela se expõe e é desacreditada. Next.

Anônimo disse...

Não sei o que é pior,Taylor Swift que finge ser feminista,faz doações pra pagar de caridosa,mas espalha suas boas ações pela mídia pra fazer marketing pessoal e mas é covarde demais pra se manifestar por medo de arranhar a imagem de boneca de porcelana,ou Lady Gaga que finge ser feminista,mas simplesmente usa qualquer tipo de causa ou evento de forma oportunista,uma mulher obcecada em estar em evidência.Duas faces de uma mesma moeda furada.Ou seja,o feminismo está pessimamente representado no mundo da música pop.

Sobre o caso da Kesha,é complicado.Ninguém pode afirmar que o Luke é inocente,da mesma forma que ninguém pode afirmar que a cantora não esteja mentindo pra se livrar de um contrato que ela assinou sob total consciência.Acabei de ver um vídeo de 2011,onde ela,sob juramento nega todas as acusações que faz hoje ao produtor.Complicado,por que mais do que dignidade e justiça o que está em jogo aí é dinheiro,muito dinheiro.

Anônimo disse...

Fico pasma em ver que tem gente que de fato considera Taylor Swift algum tipo de representante do feminismo (o mesmo vale pra Beyoncé, Valesca e afins).

A gente está tão em falta assim de ícones que precisa se agarrar a uma cantorazinha com mentalidade e som adolescentes?

Não é melhor, sei lá, ficar sozinho do que mal acompanhado?

Enfim, só um desabafo...

NATTRAMN disse...

sei nada da vida dos famosos, provavelmente o cara é empresário, maçom e judeu, isso explica tudo. isso que da quando mulher valoriza so o poder do cara mas nao o interior do mesmo.

eu vi uma mulher sofrendo no hospicio hoje, so um merdapai covarde interna a propria filha, muito covarde fazer siso com mulher. ja eu que sou homem e lunático ate entendno, agora nao entendo quemm faz isso com mulher., quem faz covardia com mulher merece ser fuzilado ou decapitado.

njao me taxem de nazi, ate arabe, islamico, odeia judeu. nao so nazis. nao sou nazi e nunca fui e nunca serei, nem tenho condiçoes mentais pra isso.

Anônimo disse...

Anon das 10:04, também penso isso. Se (pro juiz) a mulher está inventando uma história dessas, que pode acabar com a vida de um artista, porque forçar que eles trabalhem juntos?