domingo, 10 de maio de 2015

FELIZ DIA DAS MÃES E FELIZ ANIVERSÁRIO, MÃE

Começo com um clichê: ter um blog não é fácil.
Minha mãe no reveillon de 2012
Se você demora pra falar de um assunto polêmico, vem a cobrança: por que você não falou daquilo? Tá com medo? Quando você finalmente escreve sobre aquilo, alguém pergunta: por que você não tá falando do dia das mães? Com este post, mais ou menos sobre o dia das mães, certamente virão comentários do tipo "Você publicou este post sobre o dia das mães pra tirar o foco do post polêmico".
Fica o desejo para que todas essas pessoas comecem seus próprios blogs. 
Mãe e eu no natal de 2014
Eu normalmente não falo de dia das mães, porque odeio essas datas comemorativas e comerciais. Mas este ano é especial, já que minha mãe, Nelly, fará 80 anos nesta sexta. Ela não queria que eu falasse a idade. Eu nunca entendo o problema que as pessoas têm de falar a idade, ainda mais quando, no caso da minha mãe, você aparenta ter uns bons quinze anos menos.
Minha mãe nasceu em Santa Fé, uma província que não conheço na Argentina, em 1935. Nunca conheci ninguém da família dela, nem vi fotos. E ela não fala quase nada das suas origens. Aliás, nunca vi uma foto de minha mãe criança. A dela mais nova parece ser esta daqui, em que ela está no meio, entre duas amigas (clique para ampliar).
Minha mãe jovem, aos 16 anos.
Ela comigo e sua cachorrinha de estimação Maria Antonia no colo. 

Minha mãe no começo da década de 70, com minha irmã.

Ela e eu, no Rio, também na década de 70.
Minha mãe e uma amiga argentina, Alba, em Búzios (final dos anos 70, imagino).
Minha mãe e meu pai em SP, no começo da década de 80.
Minha mãe em Salvador, talvez em 2006, quando minha irmã morou lá.
Ela cortando o Sacher Torte que sempre faz pro meu aniversário, em Joinville, 2009.
Segurando seu pudim de café, em Joinville (a cauda do Calvin entrou na foto).
Em frente a lindos murais, mas não sei se em Joinville ou Fortaleza.
Com o "genrinho querido" (como ela chama o Silvio) no Crocobeach, Fortaleza, 2010.
Visitando Pinamar (litoral argentino onde nasceu minha irmã), em 2011.
Em meio à arte dos Gêmeos.
Em Fortaleza, 2011.
Reveillon em Fortaleza, 2011.
Com seu primeiro e único neto, Yuri, em 2012. 
No reveillon de 2012, em Fortaleza.
Natal de 2012, com super bolo de chocolate em primeiro plano.
Mãe, gatinha Isabel, e Silvio, em outubro 2014, Fortaleza.
No reveillon do ano passado, em Fortaleza.
Essas são praticamente todas as fotos que tenho da minha mãe no computador. Preciso de fotos dela criança e também dela nas décadas de 80 e 90.
Ainda em Joinville, em 2008
Ela está muito bem: gostando de Fortaleza, indo à praia sempre que pode, fazendo cursos de extensão na universidade.
Feliz aniversário, mãe! Espero chegar aos 80 com a sua saúde e disposição. Agora vamos rumo aos noventa!

32 comentários:

Raven Deschain disse...

Qur linda sua mãe. S2

Meldels, Lola. Minha gata é o focinho da sua! Igualzinha.

Anônimo disse...

Sua mãe está muito bem para a idade, eu pensei que ela tinha uns 60-70 anos. Incrível!
Sua família é linda, desejo muitos anos de vida.

Juba disse...

Super abraço para a sua mãe. Ela parece muito jovem e muito, muito especial. Como a pessoa que eu gostaria de ser :)

Anônimo disse...

Família lindona, Lola!!! =)

Feliz aniversário e feliz dia das mães, Dona Nelly.
o/

Jane Doe

Alessandro Bruno disse...

Parabéns Don Nelly, está muito bem pra idade! :)

Por falar em dia das mães, escrevi um conto sobre uma mãe que sofria abuso do marido, gostaria que alguma mulher que entende do assunto comentasse:

http://www.wattpad.com/88301773-caso-de-família-desafio-semana-6

Anônimo disse...

Obrigada por compartilhar as imagens dela, vcs duas sao lindas ( os gatos tambem). Ela deve ter muito orgulho de vc.

Fábio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Alessandro, eu li o seu conto e notei que você usou pelo menos um comentário que foi postado aqui no blog pela Raven, onde ela contava que o pai era militar e cuidava do almoxarifado (e fazia porríssima nenhuma lá, lembro bem desse comentário). Você transcreveu o comentário dela quase literalmente, acho ruim usar a história das pessoas (transcrevendo uma vivência real, com as palavras que a pessoa que sofreu literalmente) pra escrever um conto. Ainda mais sem dar referências ou sem pedir autorização.

Vamos ver o q a Raven acha.

Lola tua mãe é maravilhosa, que isso! ela ali na foto com o teu pai, uau, arrasando!

Anônimo disse...

Beijos, estrelinhas, sorrisos e sentimentos bons pra vc e sua mamis.

(PS: Rabo do Calvin, hahaha, você tem um menininho louro chamado Haroldo?)

Julia disse...

Desejo um feliz e pra sua mãe adiantado!
Ela realmente parece bem mais jovem.

Quanto ao comentário da Raven eu também lembro.. Ela também contou que a mãe tinha 5 (ou 6) filhos e que não parava de fazer coisas o dia inteiro. Ou seja, trabalhava bem mais só que não ganhava dinheiro por isso.

Anônimo disse...

Uma linda a sua mãe e você também Lola!
Realmente, é muito difícil ter um blog e desculpe pela cobrança (eu fui uma das que pediu que você falasse no dia das mães. ...)
O pior é que não era bem isso.....
Eu gostaria de discutir como, em nome do papel que a sociedade dá as mães, as mulheres são oprimidas dentro da família....
Também acho a data comercial mas acho que o "papel de mãe" é um grande caminho para reforçar e legitimar o machismo.
Você tem alguma dica de leitura pra mim?
Obrigada e parabéns pra Dona Nelly
Beatriz

Anônimo disse...

Lola sua mãe e eu aniversariamos no mesmo dia :)

E a Família do meu pai é de Santa fé, argentina. (acho que ele nasceu lá, mas não sei) :)

Feliz aniversário p sua mamis.
Adoro o blog.

Bjs

Raven Deschain disse...

Huashuahsua ai meldels. Li os comentários das meninas e tive que ir ler. Alessandro, vc não tem vergonha nesse focinho??

Rindo muito!

Só tá errado isso aí. Quem era a doida de ciumes era minha mãe. Meu pai até levou uns tiros por isso (long, long history).

Alessandro Bruno disse...

Raven, sinto muito se copiei o seu comentário - mas foi só uma frase que achei que caia bem no contexto, não copiei a história de sua mãe - até porque não conhecia ela, e esse conto foi escrito há mais de um ano, só mudei uns detalhes e achei a descrição encaixava perfeitamente.

Obs. Se quiser eu mudo, retirar essa descrição não vai atrapalhar muito.

Anônimo disse...

Lola, tua mãe é do dia 15 de maio? Se for, é do mesmo dia que eu. = )

lola aronovich disse...

Isso mesmo, gente, minha mãe faz aniversário dia 15 de maio!


Não entendi! O Alessandro plagiou um comentário da Raven?

Alessandro Bruno disse...

Essa parte Lola: " meu pai era taifeiro do exército, cuidava do almoxarifado do quartel (quase não tinha nada que fazer) e minha mãe cuidava de três crianças em casa. Não me lembro, na minha infância, da minha mãe fazendo outra coisa senão correr atrás da gente nos limpando e arrumando nossa bagunça. Quando ele chegava, tomava banho, se estirava no sofá e esperava ela servir ele. E ela servia!"

Eu achei que encaixava bem no conto quando vi, não percebi o nome dela e achei que fosse de um anônimo.

Camila Dias disse...

Minha mana mais nova tb faz aniversário dia 15, ela vai completar 18 anos (e ta mt ansiosa pra isso kkkk)
Lindas fotos! Sua mãe parece muito carismática, e vc tb Lola ^^

Obs.: adorei o Sacher Torte lá em cima :3 kkkkk

Bjs!

Raven Deschain disse...

Huashua nem. Pode deixar. Por mim tanto faz.

Mas numa próxima, fica de olho. Vai que alguém se incomoda?

Mas se vc ganhar muito dinheiro com esse conto lembra de nóis.

Alessandro Bruno disse...

Obrigado. Acho difícil ganhar alguma coisa, já que está a disponível gratuitamente no Wattpad, mas se ganhar vou me lembrar de sua parte.

Ana A disse...

Parabéns para Dona Nelly! Ela está ótima!
Muita saúde, alegria e paz pra toda família. Desejo de coração.

Anônimo disse...

Lola, sua mãe não pode ter nascido em 1935, não é possível!
Ela hoje não parece ter 80 e na década de 80 não parecia ter 45+!
Que água ela bebeu a vida toda? Vou comprar litros!

Feliz dia das mães para ela e todas a mães que passam por aqui!

Fê Cardoso disse...

Troll, Vá caçar sapo!
Lola, vc e sua mãe são duas lindas!

Anônimo disse...

Lola, vc é a cara da sua mãe com os olhos do seu pai. Impressionante!
Mari

Anônimo disse...

Bons 15 anos??? Ela parece ter 30 a menos, uma simpática senhorinha de cinquenta e poucos quem dera eu chegue assim nessa idade, parabéns e muita saúde.
Cici

Roxy Carmichael disse...

Adoravel essa crônica visual da sua mãe e da sua família. Engrosso o coro que parece 30 anos mais jovem! E vou entrar no embalo e dar pitaco no blog: gosto dos posts mais suaves de domingo. Adoro conhecer mais sobre vc e sua familia e sinto muita falta dos posts de cinema! feliz aniversário pra sua mãe!

lola aronovich disse...

Muito obrigada, Roxy!


E agradeço por todos os elogios pra minha mãe. Tem gente que fica ofendida por ela parecer bem mais nova!

Vivian S. disse...

Lola, um abraço e um afago em você e em toda a família (gatinhos também). Estou muito feliz de ver essa caixa de comentários cheia de amor, sem espaço pro ódio. Temos que recuperar seu blog como um espaço de discussões respeitosas que nos ajudam a refletir e a crescer. Conte comigo pra isso. Fora trolls e gente sem amor. Beijos.

Anônimo disse...

gente, que mãe gatona!!!

E Lola, vc é uma das crianças mais lindas que ja vi!

Yara

Wasp Salander disse...

Eu tbm estou adorando essa caixa de comentários! <3
Parabéns para a sua mãe, Lola! Lindas vocês duas e os bichanos tbm! ^^

Flavio Moreira disse...

Lola, atrasado aqui pq passei o fds lendo coisas para a faculdade. Parabéns para sua mãe, que é linda, como vc. Espero que tenha sido um fds bem tranquilo e feliz para vcs. Adorei as fotos. Minha mãe tbm nasceu em 1935. Senti muita sdd ontem (ela faleceu em 2010). Felicidades!

Gle disse...

Lola, que coisa mais linda sua mãe!!! Muito carismática e realmente, eu daria uns belos 15 anos a menos à ela.

Adorei os animais nas fotos também... sinal de que existe muito amor na casa de vocês!

E é isso aí, pros chatos que ficam te cobrando posts, fiquem à vontade para criarem seus blogs, hahaha!
Beijo.