quinta-feira, 25 de setembro de 2014

UM COMBO DE MISOGINIA INVOLUNTÁRIA

Já pensou se fosse voluntária?

Estou viajando. Hoje, às 15 horas, darei a palestra "A mulher negra na literatura norte-americana" no VI Seminário de Ensino e Aprendizagem de Línguas e Literaturas na Unifesspa (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará). Será a primeira vez que piso na região Norte! 
Amanhã, de manhã e à tarde, oferecerei o minicurso "Irony in Lolita the novel and its two film versions" (essa será em inglês mesmo), também na Unifesspa. Espero conhecer muita gente bacana por lá. Vai ser corrido, mas talvez eu tenha um tempinho mínimo pra passear em Marabá no sábado. Volto pra Fortaleza quase no domingo, quando eu, minha mãe e o Silvinho faremos um brunch pra comemorar o aniversário dele, que será na terça. 
Estou cansada... Mas, mais ainda, estou exausta. Ontem no final da noite eu senti que estava no meu limite. É muita barbárie, muita péssima notícia ao mesmo tempo. 
Mesmo as ótimas notícias são contaminadas pelas ruins. Por exemplo: o lindo discurso da Emma Watson na ONU. Ela apresentou a campanha #HeForShe (Ele por Ela), que visa chamar meninos e homens para que eles também se mobilizem pela igualdade de gênero. Afinal, é o que eu (e muitas outras feministas) sempre digo: estupro, feminicídio, violência doméstica, legalização do aborto não são "assuntos de mulheres". São temas importantes para toda a sociedade. Então homem, faça a sua parte. É impossível mudar o mundo sem o envolvimento de metade da humanidade
Emma Watson parece ser a pessoa ideal para lançar uma campanha com esse alcance, pois ela, como Hermione, é conhecida por toda a garotada. E ela tem uma imagem altamente positiva. Pois bem, o que ela ganhou ao pedir a empatia dos homens? Ameaças, muitas ameaças. Ameaças de estupro e de vazamento de supostas fotos nuas. Por que tem tanto misógino no mundo? Por que o feminismo os deixa tão revoltados?
Essa foi a notícia boa. Mas eu passei parte da madrugada de terça escrevendo minha coluna para a Rede Brasil Atual, e decidi falar sobre a morte de duas moças no Rio, em consequência de abortos clandestinos, e das várias passeatas marcadas para domingo, Dia Latino-Americano pela Legalização do Aborto. 
Mas comecei falando de um caso chocante: a absolvição de um homem em Sergipe. Acho que eu nunca tinha ouvido falar no caso, que aconteceu em outubro do ano passado. Um rapaz casado exigiu que sua amante, grávida, abortasse. Ela não aceitou. Ele lhe deu bombons. Ela morreu na mesma noite. Os bombons estavam envenenados. E, ainda assim, um júri popular absolveu o rapaz, por falta de provas. Pra maiores detalhes, leia meu texto na RBA e, se puder, deixe algum comentário. 
Aí, ontem à noite, enquanto eu estava preparando o guest post que publicarei amanhã, pra falar de um dos casos mais horríveis que conheci -- os "estupros como presente de aniversário" em Queimadas, Paraíba (o julgamento do mentor do caso será hoje, a partir das 14 horas, e peço sua ajuda para espalhar a tag #SomosTodaseTodosMulheresDeQueimadas) -- recebi de uma leitora o link para outra notícia. Esta aqui.
Um homem de 34 anos, Thomas Hiroshi Haraguti, matou a professora de português Simone de Lima dentro da escola estadual onde ela lecionava, em Itirapina, interior de SP. Ele foi julgado e condenado a 16 anos e 8 meses de prisão (muito pouco, se considerarmos que ele matou uma pessoa). Mas o que mais chamou a atenção foi que o advogado de defesa, Álvaro Francisco Marigo (anote este nome), não gostou da sentença e vai recorrer. Para ele, o réu -- que matou uma mulher! -- deveria ter sido absolvido. Isso porque, segundo o advogado, ele sofreu da Síndrome de Misoginia Involuntária. Ou seja, de acordo com Marigo, o réu seria inimputável.
Cuma? O advogado inventou uma doença pra absolver seu cliente? Eu acho que um advogado que fala uma barbaridade dessas deveria ter seu registro na OAB cassado. Desde quando misoginia, homofobia, racismo etc são involuntários? É justamente o contrário: um cara que odeia as mulheres e comete um crime contra uma mulher está, na realidade, cometendo um crime premeditado. 
Mas imagina que beleza se a moda pega. Se todo cara problemático que matar mulheres, gays, negros, transexuais, possa apelar que estava "apenas" tomado pelo ódio! Eu fiquei muito indignada ao ler isso. Fiquei pensando nos misóginos que me ameaçam diariamente. Eles devem estar fazendo listinhas ao ler sobre essa "síndrome". 
Mas aí uma leitora me avisou que uma espécie de Síndrome da Homofobia Involuntária já existe! Chama-se Gay panic defense, ou defesa do pânico gay. É mais ou menos assim: se o sujeito é homofóbico e tiver grandes traumas com gays (por exemplo, um gay lhe faz um convite pra sexo, algo que mulheres hétero e homossexuais ouvem de homens héteros todos os dias), ele entra em pânico ao chegar perto de um gay. Uma pessoa em pânico pode fugir, mas, neste caso, ele ataca quem lhe causa o pânico. E tudo bem! A culpa no fundo é do gay, que fez o pobre cara surtar e matá-lo.
Enfim, essas três notícias da misoginia involuntária (cara que envenena amante e é absolvido, julgamento do último acusado da barbárie de Queimadas, e a alegação de um advogado que um homem que mata uma mulher por ódio seria inimputável) me deixaram deprê e indignada. 
Se todo esse ódio contra a mulher é sem querer, imagina se fosse querendo!

40 comentários:

Anônimo disse...

OFF - pessoal a favor da nova política, vamos divulgar isso aqui: https://www.facebook.com/politica50?ref=ts&fref=ts (assistam o vídeo, é hilário)

Anônimo disse...

Síndrome da misoginia involuntária uma ova.

Anônimo disse...

In dubio pro reo. E o choro é livre.

Sara disse...

O q esta sendo feito com a justiça nesse pais ??
Esse cara q foi absolvido do crime, infelizmente é só mais um, todos os dias é o mesmo desfile de machistas marginais imundos q fazem o mesmo, sem punição.
Essa semana mesmo um canalha q matou sua companheira ha 10 (DEZ)anos só agora será julgado, e detalhe estava soltinho esse tempo todo, casou teve filhos..., q justiça esperar de um julgamento sobre um crime q se passou ha tanto tempo?
Sem contar q esse caso muita revolta e dor me causou, pq a mulher morta em questão estava sendo obrigada a abortar pelo monstro do companheiro, pq ele tinha arrumado outro relacionamento, como a garota não quis ou NÃO PODE, foi morta sem a menor piedade, as vezes falo sobre as grandes injustiças q as mulheres sofrem nesses países islamicos, mas pensando bem , será q estamos tão melhor assim aqui??
Da minha parte não suporto mais ver tanta injustiça, nossa sociedade é misógina SIM, e vou fazer tudo o q estiver ao meu alcance para mudar esse estado de coisas, não da mais, basta!!

José Silvério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raven Deschain disse...

Bom: Boa viagem. Feliz aniversario, Silvio! \o/

E ai meldels! Será que cola? Se o juiz aceitar isso, na boa, eu me mando. Misoginia involuntária? Até parece nome inventado.

Opa, pera...

Wasp Salander disse...

Ai, gente, que coisa triste...
Eu perco a fe na humanidade quando leio coisas assim...

Laurinha disse...

Sobre a Emma Watson, talvez uma notícia boa. Li no facebook que a ameaça das fotos nuas serem vazadas seria na verdade uma espécie de campanha para denunciar os sites onde ocorrem esse tipo de coisa. Não sei se é verdade.
Mas concordo com vc que ler certas notícias (e até mesmo alguns comentários que surgem aqui) vão fazendo a gente sentir um desânimo muito grande.
A gente quer se manter bem informada, mas de vez em quando a gente tem que se desligar, senão não dá conta...

Gle disse...

Desconhecia o caso do "bombom". Se a moda pega, aiaiai! Quanto ao advogado... vc já deve ter ouvido falar em verdades absolutas, né? Pois é, não existem, e tem uns advogados que provam isso a qualquer custo! Rsrs.

Arrase na palestra, Lolíssima! Comentário feito na RBA.

Anônimo disse...

Misoginia involuntária = machismo....

Anônimo disse...

Interessante.
E aquela velha história de que a mulher pode fazer tudo que um homem faz, e de salto alto?
Que conversa é essa de vir pedir ajuda agora?
Como sempre, mulheres fazendo mulherzice e, quando, como sempre, não aguentam segurar o rojão, apelam para os velhos e bons sentimentos protetores masculinos para que venham em seu auxílio.
Engraçado como isso funciona: quando não precisam, todos os homens são estupradores (Marilyn French); ódio aos homens é um honorável e viável ato político (Robin Morgan) etc.
Mas depois pedem arrego.

Anônimo disse...

E "Síndrome do ódio involuntário a advogados que criam síndromes que não existem pra absolver seus clientes bandidos", bota no bolo ae.

Anônimo disse...

Porra, tava me sentindo mal, agora tô no fundo do poço total Lola. Que bosta. Ragusa

Anônimo disse...

In dubio pro reo com médicos atestando o envenenamento e o sujeito confessando que deu os bombons? Não dá nem pra culpar a Justiça ou cogitar que houve corrupção aí...pq nesse caso quem julgou foram pessoas comuns, do povo. Triste.
Tomara o MP recorra

Anônimo disse...

SE O ADVOGADO CONSEGUIR REVERTER ESSA CONDENAÇÃO ELE É MUITO BOM.

Felippe Katan disse...

Acho interessante, nesse caso, que a única fonte (pelo menos em pt-br) que encontrei sobre essa tal síndrome, é um texto de um jornalista falando que acontece quando o cara fica "na friendzone" e talz (marcobart.wordpress.com/2007/06/13/da-sindrome-de-misoginia-involuntaria/)

O pior é que achei um psicólogo falando disso e tendo como base não seus estudos e pesquisas e etc, mas o mesmo texto do jornalista.

Eu poderia até acreditar na existência de algo assim se fosse comprovado e, mesmo assim, absolvição? pfvr.

Aliás, a defesa desse cara deve ter achado o mesmo texto e tá tentando usar no caso.

Anônimo disse...

O cara é o advogado!!! Ele tem o dever de defender e pode falar a bobagem que quiser. Cabe ao Judiciário rejeitar o argumento.

Anônimo disse...

a justiça é uma merda mesmo sara,a médica e seu pai que mandaram castrar o ex noivo dela,cometeram o crime anos atrás e só hoje são punidos e nem punição foi,pode sair da cadeia para trabalhar numa boa e seu pai coitadinho tá doente e tem o luxo de ficar preso em casa com todo o conforto.

Caio Marinho disse...

Oi, Lola.

Como a Laurinha disse anteriormente, de fato, a polêmica da Emma Watson era um embuste: o que pareceu se revelar foi que era, como a Laurinha disse, uma maneira de chamar atenção para essas vazagens de fotos de celebridades nuas na internet que tem acontecido tanto.

Mas o buraco é mais embaixo.

Na verdade, por trás do embuste havia outro embuste: o que parecia uma campanha de conscientização se revelou um ardil de uma grupinho sacana conhecido como 'SocialVEVO' para angariar dinheiro com visualizações de página.

Juro por deus.

Fonte [em inglês]: http://www.themarysue.com/emma-watson-hoax/

Anônimo disse...

Primeiro: Boa viagem e feliz aniversário pro Sílvio.

Segundo: síndrome da misoginia/ homofobia/insira aqui alguma frescurite do tipo involuntária? Tem cura: voadora no meio da cara com posterior confinamento e isolação desse indivíduo da sociedade. Se esses imbecis não conseguem viver com pessoas diferentes, eles que se enterrem numa caverna e virem fósseis. Falta não vão fazer, é garantido. Aliás, assim serão mais úteis à humanidade. Anon das 06:34 não quer ser o primeiro?

Iaiá disse...

Lola, se você queria almas solidárias na depressão, conseguiu. Que tristeza. Que revolta. Vontade de me trancar no quarto e esquecer do mundo.

Elaine Pinto disse...

Ô Lola, desculpe! Fui eu que te mandei o link da Síndrome da Misoginia Involuntária. A gente nem se atenta que você também pode ter seus momentos mais deprês. Fiquei bem revoltada com essa história.

Anônimo disse...

Diva

Quanto ódio, quanta misoginia!!
Este advogado safado esquece que misoginia é ódio NÃO doença!!
Se todo estuprador e assassino tomar esta alegação e for absolvido o Brasil não ficará diferente de países miseráveis e altamente misóginos como Índia, Afeganistão, Congo, etc.
O que falta nas nossas leis e códigos tão lenientes e coniventes com os criminosos? Prender mulheres vítimas de estupro ou de agressão porque elas "seriam" culpadas pelos crimes que SOFRERAM?!
Síndrome de Misoginia Involuntária é(desculpe o termo mas estou revoltada) é o CU deste advogado pilantra e mal caráter!!
Quanto ao caso da menina que foi envenenada pelo ex, o júri era formado só de homens machistas não é? Só pode ser!!

mzzzz. disse...

e essas mesmas pessoas que "curtem" a ideia dessas síndromes de ódio involuntário ficam INDIGNADAS quando mulheres traumatizadas DE VERDADE, por homens, não querem contato algum com... homens.

Claudio disse...

Homens que matam mulheres não são misóginos, são homens sem controle emocional que não sabem lidar com a baixa aceitação das mulheres.

Misóginos de fato são os gays, pois o mundo da moda é dominado por eles e transformam as mulheres em cabides humanos, e além disso só são amigos de mulheres atraentes / interessantes.

Anônimo disse...

era só o que faltava, síndrome da misoginia involuntária

aguardando alguém dizer que tem síndrome da atração sexual involuntária por crianças menores de 6 anos pra ver o q acontece

Anônimo disse...

Parece que a ameaça a Emma Watson não era real (nem acho que ela tenha fotos nuas) e parece que o tal site que na verdade seria contra o vazamento dessas fotos também é inventado. Tudo invenção de hacker DESOCUPADO.

Aline J disse...

"Síndrome de Misoginia Involuntária"... Eu não acredito nisso. Sério. Por quê a justiça no Brasil está se tornando tão cagada? O cara sabia o que tava fazendo, ele sabia por quê estava fazendo. Tem nada de involuntário aí.

Anônimo disse...

Lola vc chegou a ver o caso da mulher acho que no Amapá ou outro estado da região norte que foi esfaqueada pelo companheiro?
Pior é que ela acha que ele está certo :O ... Ainda colocam na kbeça das mulheres que a culpa de muitas agressões são delas...
Essa síndrome é um artifício pra enfiar goela abaixo que ainda somos culpadas de muito que nos acontece...

Raven Deschain disse...

MEU DEUS? Até eu, uma feminazi, sei citar mais casos de violência de mulheres contra homens do que esses babacas que comentam aqui anonimamente. Repito: Todas vez que vcs falam da médica que cortou a piroca do noivo, podemos citar outros 74263849184749193746391048461947 casos de mulheres agredidas/mortas/estupradas por serem mulheres. Então parem de encher o saco, porra!

Flavio Moreira disse...

Claudio, você tem como sustentar essa afirmação com fatos? Ou está tentando propagar mais preconceito jogando dois grupos historicamente discriminados um contra o outro? Você já repetiu esse argumento em um outro post da Lola, tentando tirar da violência contra a mulher o caráter misógino que isso tem e procura acusar gays de serem misóginos. Você só conhece gays no mundo da moda? Você recebeu procuração deles para afirmar a sandice que escreveu aqui?
Não se combate um preconceito alimentando outro.

José Silvério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Cioti disse...

Marcelo

Sobre a Emma Watson,tem num site
dito de esquerda,um tal de Diário
do Centro do Mundo,um daqueles
posts sobre o assunto um bocó
chamado Marcos Nunes disse que
atores e atrizes não me respresentam.Bem que as feministas
de verdade se unissem e exigissem
desculpas ao site por ter publicado esse comentário reaça-
mesmo num site dito "progressista".(???)

Julia disse...

Anon 10:14. Acho que você não entendeu a intenção da campanha. Vou te explicar. O que a Emma estava pedindo não era pra homens protegerem mulheres. Era pra vocês fazerem um esforço pra serem menos canalhas e covardes. Sei que é pedir muito, por isso a Hermione está encabeçando a campanha, pra ver se consegue angariar a empatia de animais da sua laia.

Interessante mesmo que ainda exista feminista ingênua assim..

Sawl the rebel disse...



Pra Iceman, o desiquilibrado

Minha cara colega ERROU em compará-lo à um animal. Um homem(se dá pra considerar um traste do teu tipo "homem") do teu tipo é inferior à qualquer animal, inferior até a um rato de esgoto!!

O que é "pedir muito" seu imbecil?!!
É pedir pra respeitar as mulheres porque nasceu de UMA(se bem que duvido que um babaca como vc tenha mãe, e se tiver COITADA dela)?
É pedir pra não tratar mulheres como "coisas"?
É pedir pra quando tiver na rua não falar baixarias pra uma mulher ou até mesmo pra uma menina pré-adolescente?
É pedir pra NÃO estuprar uma garota que esteja embriagada?
É pedir pra enxergar mulher como SER HUMANO??
A maioria de nós seres humanos realmente somos: insatisfeitos, insaciáveis, ególatras e egoístas mas advinha TODAS estas atribuições que citou não são ligadas à um sexo específico e sim a QUALQUER SER HUMANO(isso se um ignorante como vc puder entender!).
Sabe os tais "homens que estão descobrindo isso" são na verdade um bando de: FRUSTADOS, IMATUROS, MIMIZENTOS, CRETINOS E BURROS como você!!
Homens de verdade(coisa que NUNCA será) não ficam chorando e reclamando porque encontraram algumas mulheres que não prestam em sua vida(e advinha, nós mulheres encontramos homens: cretinos, canalhas, egoístas, infiéis, etc, e não ficamos GENERALIZANDO como vc de forma IMBECIL faz!).
O Feminismo pode ser odiado tanto por homens quanto por mulheres pelo ESTIGMA e FALTA de INFORMAÇÃO que muitas pessoas tem, mas, NÃO é o Feminismo que causa: ESTUPROS, PEDOFILIA, MUTILAÇÃO GENITAL EM MENINAS, MISÉRIA, ESCRAVIDÃO SEXUAL, HOMICÍDIOS PASSIONAIS, etc.
E se as mulheres estão te enchendo tanto, arruma um macho pra você(coisa que recomendo porque adoro homens, hehe).

Thata disse...

Anônimo de 25/09, 13h00.
Quanta fixação na castração e no órgão genital do castrado!
Aprenda a diferença primária entre exceção e regra, entre casos isolados (seu "exemplo") e crimes recorrentemente impunes - estes últimos exemplificados pela Lola neste post, e extensivamente abordados e analisados no blogue.
Só não entende quem não quer, ou em caso de burrice incurável.

José Silvério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Na verdade, eu adoraria ver a tese dessa "síndrome" funcionar. Pq aí o juiz absolve o merda e aplica uma medida de segurança.

Medida de segurança, ao contrário da pena, pode ser prorrogada "ad "eternum". Prisão perpétua pro pobre machinho - e ainda em um manicômio judiciário, que é muito pior que cadeia.

Anônimo disse...

Sim, porque mesmo se essa síndrome existisse, isso significa que o cara não tem condições de viver em sociedade, então ele não vai ser solto, vai pro manicômio judicial. Assim como os malucos que saem matando todo mundo à sua volta, porque é isso que ele seria.

Anônimo disse...

Pq eles por elas e não todos por todos?
Pq as mulheres acham que nos homens temos que ajudalas
Hoje cheio de mulher na estação veio uma mulher e pediu ajuda logo pra mim?Pq?
Não parece igualdade pra mim