sexta-feira, 26 de setembro de 2014

GUEST POST: NASCI FEMINISTA E SOCIALISTA

Esta é Gil Lima, candidata à deputada estadual por SP, pelo PSOL. Lembre-se: vote numa feminista. Gil me enviou este texto escrito especialmente aqui pro blog:

Olá, Lola querida e leitorxs, pedi esse espaço para a Lola para podermos discutir candidaturas feministas, pois esse é um espaço que tem tudo a ver com a nossa luta.
Meu nome é Gilceli mas sou conhecida como Gil, tenho 44 anos, sou mãe, vó, servidora do INSS, estudante da USP Leste, sindicalista e, lógico, militante feminista e socialista. 
Acho que nasci assim, feminista e socialista. Desde criança nunca me enquadrei em estereótipos femininos e sempre questionei o patriarcado. Com 12 anos de idade simpatizava com o PCdoB e saía escondida de casa para ir no partido e militar. Fui mãe solteira adolescente e passei por muito preconceito por isso. Por não me enquadrar nos padrões sociais onde devia casar, resolvi com 17 anos registrar minha filha apenas no meu nome e, com a ajuda da minha família, criar minha filha sem pai.
Então comecei muito cedo na militância, algumas vezes mais aguerrida, outras, por problemas pessoais e políticos, mais afastada, mas nunca deixei de brigar pelo que acreditava.
Durante muito tempo não militei em partidos, não me identificava com nenhum, mas sempre votei e defendi candidatos de esquerda. Continuava militando principalmente na luta dos trabalhadores.
Quando surgiu o movimento que nasceu o PSOL, amei a proposta e então me engajei nesse novo projeto político e me aproximei mais da luta das mulheres novamente. Desde então estamos aí na luta por uma pauta feminista no partido.
Desde que o PSOL está disputando as eleições tenho lançado candidatura com uma pauta feminista e fazendo o debate pela legalização do aborto. Não é possível que a nossa sociedade e políticos joguem esse debate para baixo do tapete e que o discurso fundamentalista tenha crescido tanto, colocando suas bíblias em nossos úteros. 
O problema de creches é um absurdo. Minha filha, por exemplo, não tem onde deixar minha neta de um ano e meio o dia todo, pois nas creches públicas em Guarulhos as crianças ficam apenas quatro horas. Política essa que “dobrou” o número de vagas nas creches públicas na nossa cidade.
Ainda entro no debate do problema que vivemos nas universidades públicas estaduais. O quadro é de total falência, promovida pelo governo PSDB e por reitores corruptos. Faço o debate do meu campus, que passa por uma grave crise de contaminação, onde já tivemos interdição e interrupção das aulas.
Fazemos também sempre a discussão da valorização dos serviços e servidores públicos, e de um estado forte e a serviço da população.
Atualmente, além da campanha e de todas as lutas, estou organizando o meu casamento. Passei há um ano pela cirurgia bariátrica e emagreci 40 kg, estou mais saudável e mais feliz. É muito bom estar apaixonada e ter um companheiro maravilhoso que é 11 anos mais novo, me respeita e ama a minha luta. 

14 comentários:

Raven Deschain disse...

Muito bom Gil. Pra deputado vou votar Psol aqui no Paraná pois a representatividade do partido é muito pequeno por aqui, e isso é uma pena.

*Meu filho tb foi registrado sem o nome do pai e vai ficar assim. Haha

Obrigada pelo post.

Belle disse...

Gil, parabéns pela sua plataforma!

Sobre o PSOL, vocês conhecem um vídeo feito por alunos da Universidade de Brasília e que rebate argumentos (na verdade tenta desmoralizar) a Luciana Genro? Eu fiquei até com vergonha de ser da UnB que anda tão conservadora... Acho que essa onda de conservadorismo pode até ser "boa" se reforçar o quanto o feminismo ainda é necessário, e como nossas conquistas avançam e retrocedem como tudo na história, que é tão dinâmica...

Enfim, voltando ao vídeo, eu nem sou eleitora do PSOL mas achei um ataque às ideias socialistas em geral, que tentamos arduamente defender... sem contar que tem erros conceituais bastante graves que um amigo meu apontou no facebook. Lola, se achar interessante comentar sobre isso algum dia ou convidar uma galera do PSOL DF a se "defender" segue abaixo o link para quem quiser ver o vídeo:

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/especiais/eleicoes-2014/2014/09/23/noticias-eleicoes-2014,448498/estudantes-da-unb-gravam-video-para-rebater-argumentos-de-luciana-genro-psol.shtml

Gle disse...

1 mascu ... você deve ter nascido de uma gestação dessas pra falar TANTA MERDA.

Gle disse...

Gil, parabéns pela sua atuação. São pessoas assim que precisamos.

Lola, você tá mudando seu bloguinho? Se não, fica esperta pq além de estar com comentários liberados, as identidades dos comentários estão diferentes do normal.

danilo342 disse...

Putz, nunca entendi bem essa ligação do feminismo e política, vc não é feminista se não for de esquerda e socialista ?, não posso simplesmente apoiar o feminismo, mas não querer inclinar politicamente para a esquerda ?

Fernanda disse...

Oi Belle,
Nem cheguei a assistir o vídeo-resposta para Luciana pq imaginei q teria um monte de besteira, mas no facebook, passei por esse texto que achei muito bom, discursando pelos problemas nos pontos mais comuns q usam para atacar a Luciana:
https://www.facebook.com/449647571810363/photos/a.453712334737220.1073741827.449647571810363/610057612436024/?type=1&fref=nf

nadiaschenker disse...

PSOL é o partido do "não vai ter copa". Não dá.

Patty Kirsche disse...

Legal a Gil ter mandado um post. Eu votei nela para vereadora na última eleição, pena que ela não foi eleita. Gostaria que cada estado elegesse pelo menos uma deputada feminista.

Belle disse...

Fernanda,

Obrigada. O texto é simplesmente perfeito. O que dá raiva no vídeo é que é feito numa linguagem jovial e cômica, alcançando nichos que com certeza um texto mais longo não alcançará... Mas não há como reagir a não ser de forma assim, muito qualificada.

Gil disse...

Obrigada a Lola pelo espaço!!! Fiquei super feliz, e pra ajudar, aumentou o número de curtidas na página da candidatura.

Obrigada pelo apoio meninas, vamos a luta, pq sabemos que ela é árdua.

Arthur Aleks disse...

Lola, verifica aí o sistema de moderação de comentários. Tá meio bugado. :/

Anônimo disse...

vc quer ser socialista pois vá ser com o seu dinheiro, com o meu mesmo não.
E VIVA O BITCOIN!
ass: sopa de letrinhas.

Anônimo disse...

Concordo que a mulher deveria ter os mesmos direitos que os homems,e também as mesmas obrigações...

Anônimo disse...

E eu, danilo324.Quando eu era criança frequentava igrejas católicas e uma vez uma evangélica e me revoltava com esses discursos de padres e pastores de que mulher tem que ser submissa. Claro que acho abominável esse tipo de mentalidade mas não sou feminista porque não concordo com essa aliança com o socialismo, nem com esses vitimismos bravos, nem com essa de fechar os olhos para agressividade feminina e só se importar com a masculina, etc. Mas pràs muitas feministas sou uma submissa por não apoiar o movimento delas.