sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

RETRATO FALADO DE UM MASCU TÍPICO

Imagem meramente ilustrativa

Um ano antes de Realengo, havia um mascu oldschool (os raríssimos dessa época que continuam aparecendo nos fóruns mascus são idolatrados por sua "sabedoria") que narrava suas “metidas de Real” no fórum do Silvio Koerich. 
Sim, o mesmo blog que era frequentado por outros homens honrados como Wellington, Engenheiro Emerson, e tantos outros. O nível de misoginia do cara até faz arder a vista, mas, como ele estava no meio de outros misóginos, ninguém achava nada de anormal. Este tipo de comportamento é incentivado nos fóruns mascus de hoje (aliás, de onde você acha que eu tirei partes deste relato? Foi de um fórum mascu que considera o diário do cara “engraçadíssimo”). Aviso que, em geral, meus posts sobre mascus são pra fazer rir. Mas este vai te deprimir. Muito.
Ah, e está tudo sic. Preciso explicar o que é sic? Creio que preciso porque, outro dia, num fórum mascu, um mascuzão encheu seu texto de sic nos lugares mais estranhos. Um outro mascu perguntou "O que é sic?", e olhem o que o cara respondeu (clique para ampliar):
Em outras palavras, mascus realmente não fazem a menor ideia de absolutamente nada no mundo. O sic é usado regularmente no jornalismo e na academia para apontar que um erro aparece na citação original. É um jeito de dizer que não foi você que cometeu aquele erro -- você só transcreveu o que estava lá. O que é exatamente o que faço aqui com o relato deprê:


Agora à noite retornava da casa de um amigo duas piranhas me abordaram de dentro de um carro para saber aonde ficava uma pizzaria. Como nunca fui amigo de vagabundas, para sacanear, indiquei o endereço de um puteiro de luxo aonde costumo ir de vez em quando. Não é a primeira vez que dou informação errada de propósito para vagabundas. Minha filosofia é: vadias não merecem solidariedade. Nenhuma mulher moderna é digna de que um homem de caráter lhes estenda a mão. [...]
Pessoal! Hoje à tarde saí do escritório aonde trabalho para fazer um serviço externo e ao quase chegar ao meu local de trabalho, me deparei com duas garotas que tomavam conta da calçada. Quando tentei passar por elas, uma das imbecis atrapalhava minha passagem e me irritei no ato. "A calçada é para se andar, não para dançar!" Disse. A puteenha ainda pediu desculpas, mas a metida não terminou por aqui: "Desculpa é o c*ralho! Presta atenção quando anda na rua! Só faltou esbarrar em mim, p*rra!", disse retomando meu caminho, já que estava a poucos metros do escritório. Logo depois, ela me chamou de grosso e apenas mostrei meu dedo médio em riste à elas, chegando enfim ao meu trabalho. [...]
Antes da aula começar, estava chateado com o dia de hoje e decidi sentar para ficar sozinho perto de nossa sala. Só queria ter um momento de solidão antes da p*rra da aula começar, quando uma vadia de minha sala se aproxima e me pergunta porque eu estava triste. Respondo que não era da conta dela, já que não comento minha vida pessoal na faculdade. Ela, insistindo, disse que não se sentia bem vendo um amigo dela chateado. O sangue subiu em mim quando ouvi a palavra amigo e quase mandei a p*ta se f*der, mas ao menos respondi o seguinte: "Amigo de c* é rola, porque não sou cabeleireiro nem miguxo. Desapareça da minha frente!" Daí começou aquele vitimismo feminino, na qual fui chamado de grosso e cavalo. Vagabundas devem ser tratadas com indiferença e grosseria como sempre digo, e hoje foi a grosseria, pois no resto do tempo nem olho na cara das p*tas. [...]
Acabo de retornar da igreja extremamente emputecido e com bastante ódio por dentro! [o mascu deste relato é evangélico]. Antes do culto começar, recebo das mãos de uma das senhoras de nossa igreja um convite de casamento. Neste casamento não irei! Para mim é como assitirmos à execução de um inocente na cadeira-elétrica. Me dá asco imaginar que mais uma p*ta na face da terra está com a vida feita às custas de um inocente que sequer faz idéia da Matrix maldita e diabólica que nos cerca! 
Sequer me despedi direito dos irmãos de igreja há pouco por conta desta ira que me consome! Se algum deles fizesse uma brincadeira comigo, seria capaz de insultá-lo no mais baixo calão possível! Esse pobre coitado será traído em questão de tempo, pois além de vagabunda mãe-solteira, é uma carreirista [mascu chama toda mulher que trabalha de carreirista]. Ou seja, bastará essa piranha ganhar mais do que o pobre infeliz para transformar o matrimônio em um tormento! 
Sempre tive nojo dessa vaca maldita desde que pisou pela primeira vez em nossa igreja! Por trabalhar em área ligada ao Direito, chegou a até mesmo dizer a mim que se eu precisasse de algum livro jurídico, ela me emprestaria. Só não mandei essa p*ta tomar no olho do c* porque foi na igreja que ela me falou isso, mas com a cabeça de hoje... Mães solteiras são a escória das vagabundas! [...]
Hoje fui convidado para almoçar junto com um amigo e sua família em sua casa. Enquanto nos dirigíamos de carro até nosso destino, uma vadia toda suja de tinta e ovos por causa de trote de faculdade veio em minha direção pedir trocados, já que esperávamos o semáforo abrir. Tão logo ela estendeu a mão esperando algum trocado, respondi á ela: "Não tenho trocado! Vaza daqui!" Nisto, meu amigo a chama para oferecer 2 reais e ainda diz: "Não ligue o mal-educado foi ele!" Apenas retruquei: "Não mudo meu jeito de ser por causa de mulher!", mas ela se mandou. Assim que o sinal abriu, aproveitei que ela estava na esquina em que dobraríamos e a mandei tomar no c*, mostrando o dedo médio em riste à mesma. Como ele viu meu gesto, passou a me repreender por minha atitude. Apenas levantei a voz e disse a ele que mulher devemos tratar com estupidez algumas vezes, pois é assim que se mostra que não somos palhaços. [...]
Neste exato momento, eu e alguns irmãos de minha igreja estamos em Lages, cidade do centro de Santa Catarina. É a primeira vez que visito esta simpática cidade e aproveitando que trouxe uma boa quantia de dinheiro, me deu uma vontade de experimentar as profissionais daqui. [Uma delas furou o encontro, outras duas não atenderam o telefone]. Se existe algum rapaz que como eu só curte garotas de programa, esse cara deve sofrer muito. A falta de respeito foi tamanha, que cogitei ter telefonado para uma "moça de família que pensa ser uma profissional do sexo".
Minha dica quando for à zona: Trate a profissional bem, mas se desejar, pode dar tapas em sua bunda (mas não seja mané de deixar seu rabo em carne viva, não é uma vadia "de família"). [...]
Nunca consegui dialogar por mais de dois minutos com uma vadia em minha sala. Já sou grosso quando posso, pois por mais paciente que eu fosse, em nada aproveitaria suportar a voz esganiçada e os assuntos banais delas.
Agora pela manhã fui à papelaria próxima daqui de casa para tirar umas cópias. Quando paguei pelo serviço e já estava quase indo embora, o dono do local comentou se eu havia assistido o Bom Dia Brasil desta manhã. Respondi que não e ele me contou sobre o caso de um estuprador que foi preso anos atrás por ter violentado duas crianças e que ganhou liberdade por bom comportamento e aproveitou-se desta para abusar e mesmo assasinar mais cinco crianças. Tirando vantagem da deixa, comentei em alto tom de voz (já que havia uma vadia ali por perto) que tão nojento quanto isso são as falsas alegações de estupro que muitos homens sofrem. Temos inclusive um tópico a respeito.
O coração da vadia moderna fede tanto quanto o rio Tietê.

Por que publicar algo tão perturbador e cheio de ódio assim? Primeiro porque vários mascus ainda não se assumiram misóginos (é só uma questão de tempo; meses atrás eles se ofendiam ao serem chamados de machistas, e hoje se dizem “machistas esclarecidos”). Esta é mais uma prova irrefutável de sua misoginia. Segundo porque, antes de eu começar este bloguinho, não tinha a menor ideia que este tipo de ódio contra a mulher existia. Quero que quando as pessoas ouçam falar de masculinismo, elas automaticamente o associem com o que é -– um movimento de ódio.
Esses dias recebi um grande elogio de um professor da UnB. Ele me escreveu para discordar da minha postura por chamar mascus de loucos (pra ele, isso é um desrespeito aos loucos). Mas disse que meu blog, por falar dos mascus, ajudou a evitar que um novo massacre acontecesse. Como muitxs de vocês sabem, os dois líderes mascus sanctos que foram presos em março (e continuam presos) planejavam um atentado contra as Ciências Sociais da UnB, antro de esquerdistas e vadias, segundo eles. Minha insistência os tornou conhecidos. E é muito mais fácil combater um inimigo conhecido do que um que não sabemos quem é. 
Eu nunca havia pensado nisso que o professor falou, que contribuí para impedir um Realengo II. E não tenho certeza se concordo. Mas sei que desmoralizo totalmente os mascus. Tanto que eles agora não se dizem mais masculinistas, já que o termo está associado aos piores adjetivos. E sei que eles me detestam tanto que mencionar o meu nome num de seus fóruns pode render expulsão. Eu sou a Voldermort dos mascus. 
Me diga, Harry Potter, qual site vc visita diariamente na blogosfera feminista?

244 comentários:

1 – 200 de 244   Recentes›   Mais recentes»
Pamina disse...

Que vida triste, pelos Deuses.

Não à toa minha forma favorita de me referir a eles não é nem grupo de ódio, mas clubinho dos losers mesmo...

Beatriz disse...

"sic" significa "segundo informações colhidas". Ele entendeu exatamente o contrário, é pra ser usado em uma citação literal, nunca pra algo suprimido. hahahahaha dessa eu tive que rir!

Cecilia disse...

Nossa, é triste ver tanto ódio assim no mundo.

Anônimo disse...

Que triste ver tanto ódio assim no mundo. E vindo até de pessoas que, em sua hipocrisia, afirmam pregar o bem!

Carlos disse...

Esta história de dar informação na rua, me tornei muito egoísta, pois uma vez fui assaltado e outras vezes foram tentativas, NINGUÉM me ajudou, e quando param para pedirem informação, dou uma informação mega errada, independente se for homem ou mulher.

Patty Kirsche disse...

Sem coragem pra ler o post todo, Lola... Não quero me deprimir, estou com uma enxaqueca... Mas não me surpreende que eles não saibam o que é "sic". Mascus são muito ignorantes.

Anônimo disse...

Gente, eu não entendo mascu. Sei lá, parece homossexualidade reprimida. Que vida besta a deles.

Mirella disse...

Realmente. Também ficou fula da vida quando alguém tenta me emprestar um livro.

Daí a moça da igreja tava casando para ter a vida feita e logo em seguida ela vai passar a ganhar mais porque é uma carreirista. Também detesto esse tipo de gente que casa e trabalha. Realmente, uma mulher se aproveitando de homem honrado já é ruim, agora uma mulher ganhando mais que ele é pior ainda!


hahahahaha ai Lola, sei que deveria ser deprimente, mas não dá.

O cara mete tanto um real que dá até instruções erradas para a pizzaria. Mas é muito v1d4 lok4 mesmo. Zeus, como é bom ser v1d4 lok4.

Maryam disse...

Um exercício muito simples pra deixar sem sombra de dúvidas o cunho de ódio desse movimento é o seguinte:

Agora à noite retornava da casa de um amigo dois judeus me abordaram de dentro de um carro para saber aonde ficava uma pizzaria. Como nunca fui amigo de judeus, para sacanear, indiquei o endereço de um puteiro de luxo aonde costumo ir de vez em quando. Não é a primeira vez que dou informação errada de propósito para judeus. Minha filosofia é: judeus não merecem solidariedade. Nenhum judeu é digno de que um homem de caráter lhes estenda a mão. [...]

Pessoal! Hoje à tarde saí do escritório aonde trabalho para fazer um serviço externo e ao quase chegar ao meu local de trabalho, me deparei com dois judeus que tomavam conta da calçada. Quando tentei passar por eles, um dos imbecis atrapalhava minha passagem e me irritei no ato. "A calçada é para se andar, não para dançar!" Disse. O judeu ainda pediu desculpas, mas a metida não terminou por aqui: "Desculpa é o c*ralho! Presta atenção quando anda na rua! Só faltou esbarrar em mim, p*rra!", disse retomando meu caminho, já que estava a poucos metros do escritório. Logo depois, ele me chamou de grosso e apenas mostrei meu dedo médio em riste à eles, chegando enfim ao meu trabalho. [...]

Antes da aula começar, estava chateado com o dia de hoje e decidi sentar para ficar sozinho perto de nossa sala. Só queria ter um momento de solidão antes da p*rra da aula começar, quando um judeu de minha sala se aproxima e me pergunta porque eu estava triste. Respondo que não era da conta dele, já que não comento minha vida pessoal na faculdade. Ele, insistindo, disse que não se sentia bem vendo um amigo dele chateado. O sangue subiu em mim quando ouvi a palavra amigo e quase mandei o judeu se f*der, mas ao menos respondi o seguinte: "Amigo de c* é rola, porque não sou cabeleireiro nem miguxo. Desapareça da minha frente!" Daí começou aquele vitimismo semita, na qual fui chamado de grosso e cavalo. Judeus devem ser tratadas com indiferença e grosseria como sempre digo, e hoje foi a grosseria, pois no resto do tempo nem olho na cara dos judeus. [...]

Acho que já deu (: acho que todo bom entendedor pega a referência. ESPERO NÉ? Depois dessa do sic eu fico com medo que não entendam.

renpmelo disse...

Simplesmente horrivel.

Mariane disse...

Que vida triste a desse rapaz. Eles querem que tenhamos pena? Porque eu tenho, da ignorância dele.

André disse...

Meu filho (10 anos) tem reclamado com uma certa frequência que as meninas são chatas, reclamam demais, etc. Acho que ele pode estar naquela fase de "odiar" as meninas, que precede a fase de começar a babar por elas. Minha mulher acha que é normal, mas ela é um pouco conservadora. Eu tenho um certo receio de que ele possa ser influenciado por esse tipo de discurso, que pode surgir de onde menos se espera. É paranóia minha? Quando começar a se preocupar?

Ana Carolina disse...

Uma pessoa dessas precisa de tratamento seríssimo, pois não dá para conviver socialmente.Tenho pena (e medo, porque como saber se não é um novo Wellington?)

André disse...

E sic não é nada disso. Sic é aquela carteirinha amarelada que depois virou çpf.

Anônimo disse...

PAREM DE FALAR QUE MASCUS SÃO HOMOSSEXUAIS. Vocês estão sendo extremamente ofensivos aos homos.

Coisa chata.

Rose disse...

A gente ri da linha de frente da imbecilidade mascu, a tropa de choque da ignorância estúpida, mas eu temo mesmo são os inúmeros mascus enrustidos, esses são mais comuns e nocivos do que se imagina

fran disse...

São relatos de horror! O professor está certo, não podemos chamá-los de loucos. Infelizmente, esses tipos têm sanidade suficiente para agir na sociedade.
Lola, parabéns pelo seu trabalho. Sim, ele leva informação e isso é mais do que uma forma de resistência, é uma forma de posicionamento, de LUTA!

fran disse...

O anônimo está coberto de razão, esses caras não são homossexuais!!! Assim como também não são loucos!

Anônimo disse...

Que coisa imbecil isso de dar informação errada pq ninguém te ajudou, Carlos. Como se isso mudasse alguma coisa, e como se todas as pessoas do mundo fossem responsáveis pelo o que te aconteceu e devessem ser "punidas" pelas suas trolladas nas informações. Coisa de criança.

ViniciusMendes disse...

O que mais me admira é que alguém assim tenha amigos...

@André

Relaxa, provavelmente ele só tá na fase que os dois grupos não se misturam...

Márcio disse...

Esses caras são um doentes mesmo,se algum dia eu encontrar um que se auto intitule masculinista vou encher de porrada sem dó.

Mara disse...

Às vezes sinto medo por ti, Lola.

Porque se algum desses loucos decidir "se vingar" de ti, é relativamente fácil te localizar, não?

Acho tão perigoso mexer com gente doente =/

Anônimo disse...

Lola, ser o Valdemort dos mascus é praticamente ser um anjo. Eu prefiro até acreditar que essas pessoas são clinicamente insanas. Porque não apenas são maus por serem maus, mas acreditam estar certos, tanto que frequentam igrejas e se dizem homens de caráter.
Tenho dificuldade em acreditar que exista esse nível de maldade. Sei que tem muitos ateus aqui, mas acredito que esse povo ainda vai sofrer muito pelo que falam e fazem, agora ou depois. Aliás, só de viver com esse ódio gratuito de metade da humanidade já é viver sofrendo, na minha opinião.

Anônimo disse...

Fiquei mais deprimida com o post de ontem...
Esse relato de hoje só me trouxe mais perguntas que respostas. As vezes vou comentar com amigos que nunca houviram falar nesse "clubinho de losers" como disseram acima e vou tentar explicar o que eles pregam, e não consigo... Com esse relato entendi menos ainda... O que eles querem das mulheres? Se a mulher trabalha é vadia, se não trabalha é aproveitadora. Se casa é aproveitadora, se não casa é vadia, se dorme com ele é puta, se não dorme é puta se fazendo de dificil. Se é gentil com ele é vadia imbecil, se o ignora, é vadia tambem... Não é digno nem de pena, porque todo pontapé que essa criatura levar da vida ele vai merecer.

Anônimo disse...

Realmente, isso de se vingar nos outros por uma coisa que outra pessoa te fez, é bem errado. Vc ia gostar de sofrer vingança de alguém, do nada, só porque esse alguém sofreu na mão de um terceiro? Qual é a justiça disso? A pessoa que vc está vitimizando pode ser alguém bom e gentil, sabia? E agindo assim vc pode estar disseminando ainda mais essa cultura de enganar os outros.

Lorena disse...

André, eu tb acho que seja fase, mas acho bacana vc acompanhar de perto tb. Vc, como pai e como referência masculina na vida dele, pode sempre que lembrá-lo de que as meninas merecem respeito, por mais que ele as ache chatas hoje. Acho legal tb mostrar a ele que mulheres da família também são meninas, coisas como "sua mãe é menina, e vc a ama, não ama? ela não é legal?" ou "sua irmã é uma menina, não seria legal se os garotos a tratassem mal, seria?", ou até mesmo coisas mais sutis. Mas só pra deixar claro a questão da empatia, mesmo. E olhar bem de perto, pq infelizmente, com as crianças tendo cada vez mais acesso à internet, acho que nenhuma está imune de topar com discursos do tipo por aí. Mas se a criança tiver bem claro os valores morais e apoio do família para se abrir, acho difícil ela ir por esse caminho.

Lola, não consegui ler todos os depoimentos desse ser, não dá. Mas concordo com o professor que te agradeceu. Mtas vezes venho aqui e o post é sobre mascus, e eu momentaneamente penso um "de novo??" pra logo depois pensar novamente que é preciso. É preciso expôr que essas aberrações existem, é preciso FALAR dos problemas, pq deixar quieto não vai fazer com que ele deixe de existir, infelizmente.

Anônimo disse...

Gente, e por um acaso eu estou dizendo que ser homossexual é um xingamento?

O que estou querendo dizer é que pode haver uma libido TÃO reprimida pela heteronormatividade que a única válvula de escape seja culpa, odiar ou punir quem se beneficia dela.

Eu, hein? Pregar tolerância também é um exercício de combater os preconceitos chatos de cada dia, que a gente usa sem perceber. Achar que alguém disse alguma coisa sem sequer questionar pode dizer mais de você do que gostaria.

Sara disse...

Lola vc realmente tem um talento extraordinário pra escrever e se expressar.
Esse post retrata com a maior fidelidade possível o q é um masculinista, machista e misogino, desculpe a redundância ja que são termos sinônimos.
Li por muito tempo esses blogs asquerosos e não lia pq gostava, na verdade parei em um deles nessas pesquisas malucas do google, mas li pq fiquei abismada com o conteúdo, embora desde sempre soubesse o q era machismo, eu não tinha ideia de que seres da mesma espécie q eu fossem capazes de escrever e publicar as monstruosidades que esses dementes tem a coragem de publicar.
Por sorte muitos dos blogs q eu lia ja foram fechados, e agradeço a vc que foi quem me ensinou a denunciar esses vermes.
Agradeço tb em nome de todas as suas novas leitoras e leitores tb, que vc tenha ilustrado através desse post tão bem , qual é a filosofia de um mascu.
Te peço q nunca baixe a guarda com esses canalhas, e continue sempre a denuncia-los, até q não exista mas nem um único deles respirando e poluindo o mundo com sua diarreia mental, conta comigo seja la pro q for, se é pra lutar e denunciar esses misóginos, estou a postos.

Renato K. Silva disse...

Parabéns pelo blog e pelo bom serviço jornalístico, Lola. Muito difícil, hoje em dia, achar algo bom para ler, apesar do assunto ser triste, mas você consegue abordar a fundo o assunto e busca disseminar o conhecimento e não o ódio (e muito menos a ignorância absurda do material colhido).
Com pessoas como você eu volto a acreditar que o ser humano ainda tem chance.

Anônimo disse...

Também odeio quando falam que MASCUS são homossexuais, como se homossexuais odiassem as mulheres só por não sentirem atração por mulheres. O que não tem nada a ver!

Anônimo disse...

Nossa, amei a postagem, muito legal.Sei que existem pessoas maravilhosas neste mundo, porém existem outras que não merecem ser comentadas em lugar algum!!!

Anônimo disse...

Eu acompanho o blog tem um tempo, mas sempre tive receio de comentar, pois os tais masculinistas citados frequentavam o Orkut e comunidades até digamos, inofencivas como de filmes, música captar novos membros para seus grupos e detalhe com o poder de persuasão deles, conseguiam e haviam muitos simpatizantes. Eram várias comunidades de discurso ofensivo cheio de ódio, eles diziam não odiar mulheres, mas quem induz suicídio que é crime hediondo é solidário por acaso? Aquelas comunidades e blogs "honrados" foram criadouro de pessoas como Emerson, pois deram guarida e amparo para ele, mas predomina a transferência de responsabilidades e quem fica atrás de um PC com o rabo entre as pernas, claro nunca assumirá. Então nunca assumirão culpa por nada.

Anônimo disse...

Eu tenho tanto medo dos mascus, mas tanto, tanto, tanto, tanto medo, que prefiro acreditar que eles são "lenda urbana". Mas, depois do que o professor da UNB falou, fiquei pensando se meu medo me impede de conhecer meus inimigos e, até mesmo, de me proteger contra eles... Medo, Lola. Medo. Eles são muito doentes. Muito perigosos...

Anônimo disse...

hahaha, taí um post bom sobre os mascus

acho que o cara só devia ser informado que essa de mostrar o dedo do meio já não ofende ninguém há muito tempo...
acho triste, porque devem parecer muito ridículos e acabar ainda mais isolados de todo mundo
acho que isso é regra dentro de movimentos de ódio

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Se eu não me engano, o autor desse relato é o SPQR, correto?
Se minha conjectura estiver correta e o relato for recente, fico desapontada em ele que se dizia "tão estudioso que não perde tempo com putas de família" depois de 6 anos ainda estar no meio da graduação.

Augusto disse...

Lola, vou dizer mais uma vez: Faça um post falando das melhores revistas (de esquerda)e jornais para assinar!!!! LOLAAAAAAAAAAAAAAA

Anônimo disse...

Ai Lola, eu confesso que eu ri demais desse coitado HAHAHAHA, rio duas vezes.

Depois que não tem amigos [visto que até o cara do carro que os dois estavam deu um esporro nele], não tem namoradas e até as prostitutas tem mal pressentimento sobre ele, não sabe o porque HAHAHA!

Gabriel disse...

Nunca vi um relato tão idiota. Quem gosta essa babaquice nojenta, entupida de ódio? Na boa, um cara desses merece é se f*der.

Anônimo disse...

Eu só queria saber em que realidade alternativa esse povo vive...

Anônimo disse...

Ah gente, parei. Vcs tão tomando pelo lado errado. É imbecil achar que mascu é homossexual por ser misógino - coisa que eu nunca disse. Já expus minha opinião lá em cima.

Luiza disse...

Eu faço a mesma pergunta do anon das 12:15.

O que exatamente eles querem? Só reclamam, reclamam, reclamam.

Isa disse...

Que MEDO! E eu moro em Lages, SC... Bem, pelo menos ele não conseguiu contato com nenhuma das moças pras quais ligou. Ainda bem!
Sinceramente me entristece perceber que podemos conviver com uma pessoa que pensa dessa forma e sequer sabermos disso.
Esse cara pode até ter passado por mim na rua... É assustador perceber que algo que você julga tão caricato e distante da tua realidade pode estar mais próximo do que você gostaria de acreditar :/

Anônimo disse...

Se eu dissesse que homossexual não gosta mulher e por isso são mascus, eu seria no mínimo leviana, entre milhares de coisas.


Sério, olha.

Caren F disse...

Acompanho seu blog faz uns dois ou três meses e, confesso, nunca soube ou percebi esse tipo de coisa em nossa sociedade. Nunca pensei que existisse um grupo tão doentio quanto o dos mascus. Seu blog me abriu verdadeiramente os olhos não só para eles, mas para preconceituosos em geral. Deus, racismo e misoginia me pareciam uma realidade tão distante e improvável, pensar no que as pessoas são capazes, na ignorância e prepotência que existe em alguns... às vezes não evito pensar que a ignorância é uma benção.

Anônimo disse...

Só por cuiosidade.
Eu acredito que homens e mulheres devem ser iguais perante a lei .E não acredito na teoria do patriarcado maligno opressor e que o feminismo é a salvação da humanidade. Isso me torna um "mascu" no dicionario de voces?

Letícia M. disse...

Mascus: burros e sem educação. Pq como o professor da UNB falou, chamá-los de loucos é ofender aos loucos. Na verdade mascus estão mais pra psicopatas ou sociopatas.

Anônimo disse...

Eles estão voltando com força total,a invadir os fóruns que tratam de depressão/timidez etc... (em sua maioria formado por homens,pq quase mulher nenhuma aguenta ficar sendo avacalhada a cada palavra proferida)agora imagina a receita, o cara tá na merda,depressivo,desempregado,sem sexo,sem amor e blá blá, qual a resposta pra tudo isso?culpar as mulheres,a solução? desprezar as "vadias",desrespeitar as "vadias",sempre que possível colocar uma "vadia" no seu devido lugar...é muita demência.


Cética

MCarolina disse...

Não fiquei deprê, não tenho pena dessa gente chata, burra, mal-educada e sem amigos. Imagina o sucesso que eles fazem na sociedade? Um mais tosco que o outro. O bizarrinho chato no canto da sala que tem chiliquinhos quando alguém tenta falar com ele. O bisonho do trabalho que não consegue trabalhar com ninguém. O vizinho louco etc. Clube dos perdedores, com a participação de alguns terroristas.

Anônimo disse...

Anônimo das 13:02, não, te torna não.

Só te torna mais um no meio da grande massa que engole tudo sem questionar.

Abraços.

Anônimo disse...

anonima 13:19

Então tem coisas que devo engolir sem questionar "feminismo" e outras que não ?

sobre o feminismo ,algumas lutas são justas ,outras são corporativismo e outras puro revanchismo.

yulia2 disse...

Esses caras são um doentes mesmo,se algum dia eu encontrar um que se auto intitule masculinista vou encher de porrada sem dó.
_________________

Masculinista jamais se assume masculinista.

Anônimo disse...

cada vez que eu leio alguma coisa sobre os mascus tenho mais e mais certeza de que estudei com um e que inclusive namorou uma das minhas melhores amigas :/ ainda bem que eles terminaram faz algum tempo já .....

o que mais me perturba é que eles estão na sua maioria escondidos na igreja, sou cristã desde que me conheço por gente e isso sempre me fez ser uma pessoa melhor não pior, se não eu não teria motivos pra continuar acreditando, mas ultimamente fico sempre pensando se não tem algum maluco lá no meio que distorce tudo que deveria ser bom pra odiar os outros

yulia2 disse...

Meu filho (10 anos) tem reclamado com uma certa frequência que as meninas são chatas, reclamam demais, etc. Acho que ele pode estar naquela fase de "odiar" as meninas, que precede a fase de começar a babar por elas. Minha mulher acha que é normal, mas ela é um pouco conservadora. Eu tenho um certo receio de que ele possa ser influenciado por esse tipo de discurso, que pode surgir de onde menos se espera. É paranóia minha? Quando começar a se preocupar..
_________________________

veja o que o seu filho costuma acessar na internet... de uma olhada...
principalmento no orkut e no face..
orkut está infestado de mascus...

é ai que mora o perigo

yulia2 disse...

.E não acredito na teoria do patriarcado maligno opressor e que o feminismo é a salvação da humanidade. Isso me torna um "mascu" no dicionario de voces?
____________
vc não disse coisa com coisa meu caro
tente de novo.

Anônimo disse...

Tem terroristas sim, porém vivem no anonimato e muitos deles tem bons conhecimentos de informática fazem o terrorismo via rede. Entram em grupos onde há pessoas em dificuldades e pregam seu discurso. Quando alguém necessita de ajuda e um tipo persuasivo como eles aparece é bem visto e acolhido. A invasão deles está aí e caso não tenha denúncias pode esperar por outros crimes, pois todo fanatismo leva a violência e eles são fanáticos.

Leio Lola Leio disse...

AMIGXS

TEMOS QUE CONTINUAR DENUNCIANDO O TESTOSTERONA, ATÉ QUE ELE SAIA DO AR.

Não aguento mais a propagação do discurso misógino daquela página, ainda mais isso feito dentro de um site cujo público alvo são jovens em fase de formação de comportamento, convicções e etc.

Pamina disse...

Hahahaha, se meu clubinho dos losers pegar vou querer crédito, hein povo. rs

Anônimo disse...

Ontem eu estava voltando de passeata contra a violência organizada pelo templo Hare Krishna que eu frequento, quando fui VÍTIMA um dos episódios de opressão mais repulsivos da minha vida!

Imaginem: uma senhorinha, que sem dúvida vivia às custas de seu honrado marido infeliz, pediu-me para por favor tirar seu gatinho de cima de uma árvore! Isso é revoltante, essas mulheres acham que nós, pobres homens, vamos sempre concordar em trabalhar e fazer toda a sorte de favores para elas, sem ganhar NADA em troca, nem mesmo um cafuné!

Cansado de sofrer TANTA VIOLÊNCIA por conta das mulheres, resolvi defender a minha HONRA: dei uma cotovelada nos ovários dela e a pendurei na árvore junto com seu bichano nojento! Sério, eu deveria receber uma medalha pelo meu ato de coragem.

Aposto que as vadias do prostíbulo que eu frequento vão se amarrar nessa, afinal quem não gosta de um macho alfa honrado?

CCX disse...

Fiquei muito assustada. Imagina um ser insano destes sendo vizinho, colega de trabalho ou mesmo pegando um ônibus ao seu lado?

Anônimo disse...

Esse babaca nunca vai assumir que escreveu esse relato. Vem aqui se mostrar covardão do ca*lho.

Teresa Silva RJ disse...

Deviam botar essa criatura em uma jaula e cobrar ingresso pra quem quisesse ver. Ia fazer o maior sucesso. Ou ser matéria do Globo Repórter: "Mascus: quem são, onde eles vivem, como se reproduzem? Hoje, no Globo Repórter."

Ana disse...

Olha, eu acho tudo isso muito estranho.
Fui ver o grupo deles no facebook e descobri que tem um cara da minha turma de engenharia que faz parte disso. O que me deixou impressionada é que ele curtia várias páginas do tipo.
Ok. Mas ele não tem amigos na faculdade. É todo esquisito, quieto. Nunca sai com a turma, mas também ninguém convida.
Mas só fala com mulheres. As pessoas mais próximas dele na faculdade são mulheres. Alguém entende?

Anônimo disse...

Masculinistas tem o dom de compreender a realidade das coisas do mundo... só que ao contrário.

Unknown disse...

Lola depois de ler esse post não sei se estou com medo ou pena desses seres. Se tiver algum psicólogo com alguma explicação para tanto ódio, por favor me explique. Será que eles esqueceram que só existem porque uma MULHER (que deve estar morrendo de vergonha) se dispos a gerá-lo dentro do próprio corpo? Estou muito bege e vou parar por aqui para não perder a boa edcação que meus pais me deram e xingar muito os seres.

Natália disse...

De onde será que vem tanto ódio?

Tento resistir ao impulso de formular mil historinhas da possivelmente traumática infância desses caras, mas não consigo.

É muito assustador pensar que isso vem do nada. Que tanto ódio não tenha razão de existir. Imaginem estudar ou trabalhar com um cara desses?

Esses caras são obviamente infelizes, sem a menor capacidade de estabelecer conexões com outros seres humanos. Tanto ódio assim é veneno.

Enfim... É difícil ler coisas como essas. Mas acho importante tomar conhecimento que isso existe e pode estar próximo.

Obrigada Lola por expor verdades inconvenientes.

Luana disse...

Não me espanto de ver esse relato, e o triste, gente, é que esse pensamento tem sido cada vez mais comum entre muitos caras. Minha teoria é que essa geração - falo por mim, da geração que tem hoje seus 20-30 anos - foi criada de uma forma a não ter nenhuma frustração. Tudo o que você quiser, você vai ter, filhinho, nada te será negado. Você, só por ser você, tem direito a toda felicidade do mundo, e as pessoas estão aqui para servi-lo.
Agora quando esse discurso se une à uma cultura que já ensina aos homens que eles são os donos naturais do mundo, isso cria gente maluca igual esse do relato. Que não aceita ser rejeitado pelo sexo inferior, que acha que pode recusar a "gordinha", a "espinhenta", a "tábua", mas não pode ser rejeitado pela gostosinha, peitudinha, loirinha.
Não é só o misógino assumido que vem com esse discursinho. Meus amigos mais próximos, até meu namorado já admitiu ter pensado assim um dia, enfim, a maioria dos homens jovens (e geralmente imaturos) que eu conheço, quando não estão dentro dos padrões da sociedade de "pegador", "garanhão" e por isso precisam fazer um pouco mais de esforço pra atrair mulheres - o que é realidade da maioria dos mortais - já se sentem os mais injustiçados, os mais oprimidos, eles acham que o problema tá com as mulheres, elas é que são umas interesseiras, fúteis, desalmadas.
Engraçado é que eu sempre entendi que, por não estar dentro do "padrão", eu nunca seria boa o suficiente. Que poderia ser rica, inteligente, engraçada, jogar videogame e entender de futebol, nada disso me qualificaria como uma namorada ideal se eu não fosse tão bonita. E nunca saí por aí maldizendo o mundo e os homens, porque eu acreditava realmente que o problema era eu, que não nasci gostosa, e "na vida a gente tem que entender que um nasce pra sofrer enquanto o outro ri". Eu teria então que compreender se meu namorado me trocasse por uma menina idiota, mas linda, porque "é assim que as coisas são".
Taí a diferença, a maioria dos homens aprende que merece tudo e que quando não tem, o problema é das vadias. Ele pode não ser o mais bonito, mas pelo próprio esforço dele ele pode se tornar um ótimo partido pra QUALQUER mulher. Já nós, mulheres, aprendemos que nunca seremos boas o suficiente, e que devemos nos conformar quando trocadas por outra mais jovem, mais gostosa, porque é normal, é assim mesmo.
Só que as coisas tão mudando, e blogs como esse da Lola, por exemplo, ajudam a gente a entender que temos muitas qualidades e que podemos sim, escolher não nos relacionarmos com quem não nos atrai, só que a criação desses machinhos leitinho-com-pêra não preparou eles pra essa "triste realidade". Aí é mais fácil acreditar que o mundo é feio, as mulheres são agentes da Matrix querendo sugar a sua energia e você é o injustiçado.
Òbvio que nem todo homem mimado vira um loser frequentador de blog mascu, alguns tem mais tendência a serem babacas mesmo. Mas mesmo assim acho muito triste saber quanta gente por aí é covarde sem o menor preparo pra vida - e usa isso pra propagar tanto ódio.


Lívia Pinheiro disse...

Gente, esse povo aí não é psicótico não? Perda de noção da realidade, depressão, falta de crítica, pensamento paranóide (toda e qualquer mulher que existe, já existiu ou existirá é uma vadia e não há nada que nenhuma delas possa fazer para mudar isso porque esta é a definição mesma de mulher)...

Não que isto seja razão para deixar de tratá-los como perigosos, muito pelo contrário - é consenso que alguns tipos de doentes mentais SÃO perigosos a si mesmos e/ou a outros. Mas sei lá, acho que é hora de pararem de chamá-los de doentes mentais como xingamento, porque é isso que eles são mesmo.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Alguém quer REALMENTE saber de onde vem tanto ódio?]
Bem, cá a resposta nua e crua, estão em ordem de prevalência, sendo o primeiro o mais prevalente e o último o menos.
Estou falando de FATOS, e não de teorias. Fiquei uns cinco anos no meio deles. então...


1- Sujeitos tímidos e honestos que aprenderam que mulheres gostam de romantismo e que sempre eram apenas usados como amigos e preteridos por cafajestes(me refiro aqui a claros marginais). Muitos desses perdem o BV aos 24. (mais abundante, é de onde vem a maioria dos mascus). Muitos sofrem de extrema timidez, timidez amorosa, ansiedade social ou algumas patologias estéticas que afetam a sociabilidade.
Esses tendem a ser os quase-típicos "nerd pobres" que em suas comunidades sempre foram vistos como "nerds babacas" enquanto os marginais que andavam de moto comprada com dinheiro de bico de olheiro eram os "alfões de futuro".
Esses eu procuro ajudar, aconselhar e fazê-los ver novos horizontes, mas se a revolta deles não é tão míope, nada posso fazer a não ser deixar a natureza seguir seu justo curso.

2- Traumas de relacionamentos. O sujeito teve um relacionamento longo, estável e lindo, e a garota simplesmente o traiu e humilhou na cara dura ao invés de terminar de forma amistosa e civilizada.
(São alguns gatos pingados, mas suas histórias servem de inspiração entre os "Realistas").
Se querem minha opinião, culpa desses mascus existirem é culpa das mulheres e da própria falta de empatia da sociedade sobre os homens. Se eu vejo um desses espalhando dor por ai, apenas cruzo os braços, dou risada e deixo a natureza tomar seu curso.

3- Sujeitos criados no interior do interior segundo uma cultura patriarcal milenar que quando foram para a cidade grande se chocaram com as mulheres terem algumas liberdades civis.
(Bastante raros mesmo entre os Realistas. O Lula conta com os dedos da mão esquerda.)
Esses são realmente o Câncer que necessita ser extirpado.


E antes que venham de mimimi eles só são machistóides de mimimi e o 1 e o 2 mereceram, eu só digo: Ah que Delícia que empatia seletiva!

Lívia Pinheiro disse...

A quem possa interessar: odiar METADE da humanidade NÃO É normal, ainda mais na intensidade que vcs odeiam.

Uma porrada de gente te falando a mesma coisa pode ser uma reunião de idiotas que de fato não entendem o complexíssimo pensamento que te fez sair da matrix, mas também pode ser sinal de que há algo errado com vc. E se vc se recusa sequer a cogitar a segunda hipótese, definitivamente há algo errado com vc.

E a pergunta chave para saber qual dos dois é o caso é: o que poderia convencê-los de que as coisas não são bem do jeito que vcs pensam? Se a resposta for "nada", então há mesmo algo muito errado com vcs, já que absolutamente toda constatação e fato é passível de questionamento e reformulação. Um porco fotossintetizante requereria uma revisão de conceitos científicos bem estabelecidos, assim como um buraco negro que emite luz. Usando um exemplo real, foi isso que aconteceu quando foi proposta a hipótese da existência do bóson de Higgs (as teorias existentes não davam conta de explicar o átomo sem esta partícula, e isto precisou ser revisto).

Para ajudar, deixo a resposta do que ME convenceria que o sistema de crenças de vcs é de fato o correto: uma prática argumentativa minimamente lógica (inexistente), que leve em conta não só fatores que me interessam que sejam certos por me favorecerem, mas também os contrários, sendo estes examinados criticamente, a despeito do que eu gostaria que fosse ou não verdade (inexistente).

Eu daria exemplos do que poderia me convencer que vcs podem estar certos, mas infelizmente é um tanto difícil fazê-lo, uma vez que o seu sistema de crenças só admite como definições de mulher coisas como interesseira, aproveitadora, folgada, sacana, infiel, burra, etc. E meus queridos, sinto desapontá-los, mas EU SEI que não sou nada disso. Eu até entendo que no protótipo de sistema lógico que o seu raciocício rudimentar permite, a adição da qualidade "mentirosa" no lindo rol de qualidades femininas basta para que o meu conhecimento sobre mim mesma se torne inválido. Mas o fato é que esta é só uma das muitas blindagens falaciosas que vcs colocam sobre a torre de papel que é o seu sistema de crenças.

Pensar não dói, mas ter toda a nossa visão de mundo destruída dói, e dói demais. É por isso que a tendência de todo psicótico é se apegar em tudo o que for possível para manter a sua ilusão, por mais improvável que seja, por mais irreal que seja. Por mais que todo o resto do mundo, com exceção dos seus colegas igualmente psicóticos, tente te alertar que vc tem um problema.

Eu sei que uma fêmea burra, manipuladora (curioso, sempre pensei que inteligência era condição sine que non para ser manipuladora) e traiçoeira nunca vai convencer um doente misógino de nada. Mas quem sabe um cara (ainda) não psicótico que esteja flertando com a misoginia...

Anna disse...

eu me relacionei por cerca de seis anos com uma pessoa que se enquadra dentro do perfil de misogino e masculinista. mas eu so descobri isto quando descobri, por aqui, o que é misoginia e masculinismo. se soubesse antes, talvez tivesse evitado muita coisa ruim pelas quais passei.

Anônimo disse...

Tudo o que os masculinistas desejam, no fundo, é extravazar suas eternas frustrações por serem abortos mal abortados e se sentirem grandes, ótimos e maravilhosos, como compensação. O grande problema é que como homens (geralmente brancos e de classe média/alta) eles têm poder para descarregar suas próprias frustrações em outros seres vivos. Pricipalmente meninas e mulheres, os bodes expiatórios primordiais e preferenciais no mundo em que vivemos.

Meu mundo ideal e o mundo ideal dos advogados dos direitos dos homens são na verdade o mesmo: todos os homens amontoados em galpões como galinhas de bateria, o mais próximo possível uns dos outros, furiosamente se masturbando, e dizendo "os homens... são tão grandes... são demais.... somos tão grandes... somos demais... você é tão grande... você é demais cara", enquanto isso, o mundo lá fora se torna uma utopia.

sabrina disse...

voldemort dos mascus foi boa kkkkk mas se como n podem mencionar seu nome vão dizer "você sabe quem"

esses cara são doentes,antes do seu blog eu nem sabia q tinha homem com tanto ódio das mulheres.

Sara disse...

Luana adorei seu comentário pegou na veia...

Luiza disse...

Luana, foi exatamente isso que eu disse há vários posts da Lola atrás.

Eita geração mimadinha, essa. Eu sabia que ia dar merda mais dia, menos dia.

Tem homem mais velho machista? De monte. Mas essa nossa geração, G-zus, que horrível.

Anônimo disse...

Meu vizinho ouve musicas do Genival Lacerda, e do Reginaldo Rossi no ultimo volume, acho que ele e mascu !

Anônimo disse...

É como alguém aí já disse antes e repito:
Quanto mais leio relatos e posts sobre esse povo tenho cada vez mais a impressão e a certeza de que sempre convivi,estudei e me relacionei com um monte de masculinista,um monte!

Pois o que eles escrevem na internet é mt parecido com as reclamações que eu costumava ouvir de alguns garotos na escola(e fora dela). E todos eles sempre tinham/tem o mesmo tipo de perfil:
não fazem parte do padrão de beleza,são tímidos com as mulheres(gostosonas),conservadores,religiosos,metidos à bonzinhos(ele tá sendo tão legal com a menina só pra come-la,e q qd não conseguem dizem q bonzinho só se fode),uns tem mt amigos(homens)e outros tem poucos ou nenhum e são mt ignorantes!
São homens que se acham a última bolacha do pacote,mas sempre são rejeitados e não entendem o pq.
E ao invés de se auto-avaliarem,procurem saber o q tá errado ou ouvir o conselho/opinião de um amigo(cansei de falar e de tentar mostrar pra alguns deles o q tinham q fazer para serem mais aceitos e legais com as meninas),preferem por a culpa pelo seu fracasso em quem eles querem,mas que nunca querem nada com eles: as mulheres
Mas até q mts conseguem se relacionarem,sabe?
Porém qd a moça(falo por experiencia própria)tomava conhecimento do tipo de ser que estava com ela,caia fora.
Eu mesma já me livrei de alguns que por se acharem honrados,homens de bem(mimados),queriam me controlar. Mandar em mim,mudar o meu jeito de ser,me dominar psicologicamente/sexualmente(ex. de como eles pensam:se vc não fizer isso q eu quero é pq vc é puta/é pq vc não me ama,etc...porém não faço nada por vc pq não te devo respeito,pois eu te tenho nas mãos,pq faria algo pra te agradar? eu sou o único homem q presta pra vc!)
Só pq na cabeça desses imbecis como já tinham me conquistado(achavam que era só serem fofos no começo q tava bom)poderiam fazer qualquer coisa desrespeitosa comigo!
É aquela coisa,né?
Eu te fiz um favor de te tratar bem no inicio,logo vc tem q sempre fazer as minhas vontades.Pois afinal de contas,eu tenho pênis!

Anônimo disse...

A Raziel foi clonada? O discurso está ficando incoerente.

Ramilla disse...

O que esse povo tá fazendo na vida em sociedade?
Precisam ser retirados do convívio social urgentemente.

Não sei pq os mascus nojentos não vão para um lugar bem isolado da Terra e fiquem entre eles. Mulher não é tudo vagabunda e interesseira?

Blanka GDR disse...

Meus comentários são apagados. Mas a trans Raziel posta à vontade. Mundo JUSTO...

Roxy Carmichael disse...

eu achei esse relato meio engraçado. é tão estereotipado que na verdade achei engraçadíssimo! quando falou que seria deprimente, pensei se deveria ou não ler, mas quando li... mascu evangélico????tá igual o carro que vi hj estacionado aqui na minha rua: um adesivo de uma mulher nua de chapeu de cowboy de costas e outro adesivo de um helicoptero escrito "resgate em cristo", achei hilário!

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Anon das 16:07,

Honestly? Acho que minha paciência anda apenas um pouco baixa nos últimos tempos. Talvez já baixa demais para adornar discurso com orquídeas multicoloridas com cheiro de lasanha.

Mas, sejamos francxs: Realmente achas que categorizar todos os neomisóginos simplesmente em "dodóis malvados e feiosos" é coisa de quem usa o cérebro de forma esforçada e honesta? Please...

Roxy Carmichael disse...

achei esse relato uma paródia do filme "um dia de fúria". assim, eu entendo a conexão entre os mascus e o cara lá de realengo, mas ainda tenho dificuldade em levar eles à sério.

ViniciusMendes disse...

A questão com a Raziel creio que seja simplesmente o fato de que grandes mudanças de ponto de vista não acontecem do dia pra noite... É um processo contínuo e gradual. Mas a descrição dela não está 100% equivocada... Os rapazes com essa linha de raciocínio que eu conheço realmente seguem esses "padrões".

A maioria desses rapazes são homens jovens inseguros que tem medo de lidar com o sexo oposto (possivelmente por excesso de idealização), não conseguem ter uma vida romântica/sexual por conta dessa insegurança e lidam com esse medo transformando ele em ódio.

E tem aqueles que passam por uma desilusão amorosa e culpam metade da humanidade por conta de algo que uma pessoa fez. Mas eu acho difícil acreditar que um cara desses já não fosse machista antes... É tipo um rapaz que eu conheci que dizia que não gostava de negros pq já tinha sido assaltado por um... A arma já tava carregada, só faltava algo apertar o gatilho.

E por fim, esses caras que realmente tem uma criação absurdamente machista, que eu não duvido que sejam mesmo a minoria... Por mais machista e repressora que a sociedade seja, o pensamento do "se quer casar pra ficar em casa é aproveitadora, se quer sair pra trabalhar na rua é vadia" é um pensamento muito extremo, pq de acordo com ele, não existe papel positivo pra mulher seguir.

Luana disse...

Raziel, tudo o que você falou só reafirma o que eu penso. Meninos prejudicados por uma educação machista, mas são sim, um bando de mimados.

Porque? O sujeito "tímido e honesto" aprendeu que só teria que ser romântico pra ter a garota dos sonhos e é preterido pelo cafa??
E a menina que aprendeu que poderia sonhar com o bonitão, mas sofre bullying dos meninos na escola porque é gordinha? Que quer namorar um carinha que só tem olhos pra amiga gostosinha dela?
O cara foi traído, maltratado por uma mulher filha-da-puta? Meu deus, quantas histórias já ouvi de homens que fizeram as piores canalhices com as esposas/namoradas, isso ao longo dos séculos, considerado uma coisa super normal.
Uma coisa não justifica a outra, é claro que não. Só tô dizendo isso porque me irrita essa postura de "pobre de mim, sofri tanto na mão dessas mulheres, por isso eu odeio todas". Todo mundo sofre, sabe? nem por isso você tem o direito de propagar ódio contra todo um grupo de pessoas, essa é a pior desculpa pra gente que acha na auto-piedade uma desculpa pra ser babaca.



Anônimo disse...

Lola, mudando um pouco de assunto, mas não tanto, você viu o ataque a crianças nos EUA feito por um cara, Ryan Lanza? Se você olhar o facebook dele, comentários nas fotos fazem menção a matrix.
beijo, adoro o blog

Gabriela disse...

https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/18883_140566932761855_1948384019_n.jpg

Márcio disse...

Blanka GDR disse...
Meus comentários são apagados. Mas a trans Raziel posta à vontade. Mundo JUSTO...

Alguém que se auto intitula Blanka Guerreiro da Real não merece nem respirar porque é gasto desnecessário de oxigênio precioso.

Anônimo disse...

O cara é evangélico e frequenta prostíbulos? Ah, tá...

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Luana,

O que ocorre é que a maioria das mulheres tem um aparato social que promove empatia ao sofrimento emocional delas.
Já o homem que é afligido por sentimento emocional pelo machismo mainstream é visto como fracote, pelo feminismo é visto como "machista mimadinho que acha que mulher é objeto", e pelo masculinismo é visto como um "irmão".


Faça as contas.

Anônimo disse...

Engraçado... Nós mulheres passamos poucas e boas nas mãos dos homens e o pior que fazemos contra o mundo masculino em geral é dizer "homem não presta" e "homem é tudo igual".
Não tenho notícia de blogs pregando maus tratos contra eles nem de comunidades dedicadas a odiá-los com o "requinte" dos mascus...
Pra mim os mascus têm a cabeça muuuuito fraca e podem ser um perigo à sociedade.

ana disse...

anonimo das 16:46, não consegui achar o facebook do atirador... tem vários fakes, pelo visto... mas o dele mesmo nao achei.

Roxy Carmichael disse...

mascus,
não tá fácil pra ninguém!
http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/1201244-barbara-evans-da-fora-no-cacula-de-eike-batista-diz-jornal.shtml

Anônimo disse...

Esse pessoal é uma coisa que só poderia ter surgido no brasil:uma mistura de pobreza, burrice, tosquice, entendimento porco das coisas dos PUAs + meia duzia de besteiradas esotéricas (nessahan alita)

Anônimo disse...

O fb era esse: https://www.facebook.com/rlanza

ele foi apagado

Anônimo disse...

A Raziel não foi clonada coisa nenhuma,ela só está mostrando sua VERDADEIRA cara,aqui e ali essa criatura tem soltado pérolas mascus.

Cética

Shishiu disse...

Cristão. Como não? Não me surpreende. O ignorante que geralmente habita o universo evangélico é conivente com os extremos-conservadores (estes também ignorantes, imorais e perversos), noutro dizer, a igreja é um ambiente acolhedor para o ódio e para os preconceitos irracionais.

Luana disse...

Raziel, acho que sim, muita gente acha normal e até bonito a mulher "sofrer por amor", é normal ouvir coisas tipo "nossa amiga, te entendo, ele não te merece, eu também já sofri tanto...."
Já pro homem é "sai dessa cara, um monte de gostosa por aí...". A questão de ter cobrança da sociedade pro homem ser machão e não sofrer por nada é unânime por aqui, sabemos que o machismo é uma merda pra todo mundo fora da cartilha dele.

Agora o "homem afligido por sentimento emocional pelo machismo mainstream" é visto pelo feminismo como humano, já o homem afligido por sentimento emocional que vai dar ataque de pelanca em blog mascu chamando todas as mulheres de vadias, interesseiras e coisas piores, esses são os "machistas mimadinhos que acham que mulher é objeto".

Sua matemática faz sentido sim, ela explica o que pode levar esses homens a agirem assim, mas não acho positivo usar isso pra justificar essas atitudes nem agir com "empatia" na direção desses caras. Empatizar com ódio? Tem gente morrendo por isso, e outra, passar a mão na cabeça não ajuda em nada esse povo a sair dessa neura. Falar "eu te entendo, tadinho de você" é dizer que o ódio dele tem razão de ser, e não tem sabe? Isso só ajuda o cara a se sentir o mais injustiçado por algo que muitos outros sofrem - o sofrimento amoroso, a seca, a rejeição, etc. Por acaso todo homem que sofre emocionalmente vira odiador de mulheres? Não né?

E é muito altruísmo de nossa parte empatizar com um cara que odeia o nosso gênero e que representa um perigo à nossa integridade. Porque não tenho dúvidas que um cara desse pode me fazer mal caso ele tenha a oportunidade, portanto, eu tenho medo desse cara, Raziel.

A nossa ação "empática" pra isso deve ser educar nossos meninos pra que não pensem assim, e tentar todos os dias mudar essa cultura horrível que vivemos, e que faz mal pra todo mundo. E confrontar absurdos como o que esse cara tá falando faz parte disso.

Luana disse...

ROXY CARMICHAEL (17:29) HAHAHAHAHAHAHA
<3 <3 <3

Anônimo disse...

PQP a lola ainda continua com essa mania de nos comparar com lixo sanctu, pensei que ja tivesse passado esta tua fase de desonetidade intelectual lolinha, ingenuidade a minha 1

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Engraçado... Nós mulheres passamos poucas e boas nas mãos dos homens e o pior que fazemos contra o mundo masculino em geral é dizer "homem não presta" e "homem é tudo igual".
Não tenho notícia de blogs pregando maus tratos contra eles nem de comunidades dedicadas a odiá-los com o "requinte" dos mascus...
Pra mim os mascus têm a cabeça muuuuito fraca e podem ser um perigo à sociedade.

14 de dezembro de 2012 17:12
_______________________________

Nos forums onde os mascus recrutam seus dementinhos,é uma porrada de cara com relatos de "sofrimento" amoroso(MUITOS inventados)esses mesmos caras apontam a ausência de relatos,por parte das mulheres,como uma prova de que mulher não sofre.Não passa nem por um segundo na cabeça dessas amebas com pinto, que isso se devo ao fato de as mulheres serem um pouco mais maduras,de saberem que jogar a culpa em TODOS os homens não vai resolver e cultivar essa rancor todo só vai deixar o cara mais na MERDA ainda.

Cética

lola aronovich disse...

O GDR (Guerreiro da Real) Blanka deixou um comentário (que eu deletei) dizendo que inventei o relato, pois ele procurou minuciosamente nos dois fóruns mascus e não o encontrou. Não posso fazer nada se vc é incompetente, Blankinha. Ele também deixou uma mensagem no fórum mascu de onde tirei o print dizendo pro pessoal ter mais cuidado com o que escreve (tipo achar que sic é o contrário que é), porque senão galera vai começar a achar que são burros. Ahahahauauah. Na mensagem ele também escreveu que eu finjo ser professora universitária, mas na verdade sou sustentada pelo meu marido. Ahã. Já ouviu falar em currículo Lattes, Blank? Mas acho que melhorou. Antes o meu marido não existia, era um fake, e todas as fotos minhas com ele eram photoshop. Agora só o meu emprego que não existe.


Mascu anônimo das 5:47, ué, este relato de um guerreiro de um real que eu publiquei é inventado? O cara é sancto? Porque todo mundo tá vendo a misoginia do sujeito. Este relato foi publicado num dos fóruns mascus. Mas podia estar facilmente num fórum mascu sancto porque, como eu sempre digo, não há grandes diferenças entre vcs. Desonestidade intelectual é negar essas mórbidas semelhanças, ou dizer que vcs não são misóginos. Vai negar que o relato é misógino? Porque ele foi tirado do seu fórum. O que eu gosto de denunciar vcs é que não exige o menor esforço. É só copiar o que vcs escrevem (e colocar sic, que eu sei o que é sic).

Anônimo disse...

O cara tem sérios problemas. Boa parte é fantasia, obviamente. Mesmo assim, demencial.

Sara disse...

Ai "CETICA" essa dos "amebas com pinto" foi a melhor definição p mascu q eu ja ouvi kkkkkk....

Anônimo disse...

Para quem se sente incomodado pelos comentários da Raziel, é importante lembrar que NADA justifica a loucura e violência dos mascus, porém algumas coisas explicam esse comportamento.
É importante descobrir as causas que levam garotos inseguros a se tornarem monstros para tentar conter a epidemia misógina. Pô, pleno século 21, fala sério... usar a internet pra isso? Eles tem problemas realmente sérios.

Anônimo disse...

Raziel Von Sophia

"Traumas de relacionamentos. O sujeito teve um relacionamento longo, estável e lindo, e a garota simplesmente o traiu e humilhou na cara dura ao invés de terminar de forma amistosa e civilizada."


Eu terminei um namoro civilizadamente, não traí ninguém, não humilhei ninguém, mas ele não aceitou o término, se humilhou, me humilhou, me perseguiu, ameaçou se matar... Criou toda uma situação que poderia ter sido evitada. É muito fácil o cara falar que foi humilhado depois de um quadro assim e jogar a culpa na mulher. Se ele se tornar um mascu terei certeza que foi coisa de moleque mimado que não aceita ouvir um não, como é na maioria dos casos dos mascus.

Homens: aprendam que somos livres!

lola aronovich disse...

Também ri pra caramba dos "amebas com pinto" da Cética! Aliás, Cética, tá na hora de abrir uma continha e parar de postar como anônima!


Talvez eu escreva um post sobre isso, porque o tema é complexo prum comentário. Mas uma coisa que tenho notado nos mascus é que eles já eram machistas e fracassados ANTES de virarem mascus. Eles adoram dizer como mudaram desde que saíram da matrix, mas qualquer pessoa que lê os seus relatos vê que eles eram machistas antes, e continuaram machistas depois. Talvez mais machistas, mas nem isso dá pra ter certeza. Li recentemente num fórum mascu que o próprio Nessahan dizia que sua obra era pra fracassados e desajustados. E quem vestiu a carapuça?... Deve ser uma vida muito triste ser um revoltado solitário durante boa parte da vida e ter que buscar um fórum pra encontra justificativa pro seu fracasso social.

Anônimo disse...

Sara,eu não tenho a menor empatia com quem prega toda esse ódio contras as mulheres,nessa "brincadeirinha" tem mulher sendo maltratada por ai(por algum idiota dementinho integrante desse bando nojento)não tenho simpatia pq quem dissemina essas pérolas;mulher não gosta de sexo,mulher de 30 tá estragada,novinha são vagabas e etc, e se não fosse a POSSIBILIDADE REAL,de um bosta desses perpetrar algum ato de violência contra alguma mulher,só desejaria que eles morressem todos abraçados.

Cética

Natália disse...

Nossa, mas dá pra sentir de longe o amor de Jesus no coração desse homem!

Roxy Carmichael disse...

uai luana ahahahaha das duas uma:
ou as mulheres tão mais ambiciosas mirando sei lá num carlos salim, dispensando essa mixaria dos batista
OU
essa história de ganhar dinheiro pra pegar mulher tá meio falida. é é caso de repensar a estratégia, hein mascuzada?
em todo o caso, adorei o post humorístico de hoje. acompanho o blog acho as discussões aqui importantíssimas mas porra, tem dia que eu penso: é MUITA luta!socuerro! muito barra pesada!
nada como ler um relato de um membro dessa "galerinha muito louca que apronta altas confusões" (TARDE, sessão da), que são os mascus, pra melhorar o meu humor. vou ali me vestir de periguete e tomar uns drinks depois dessa. boa sexta-feira pra vocês todXs!

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Luana,

Raziel, acho que sim, muita gente acha normal e até bonito a mulher "sofrer por amor", é normal ouvir coisas tipo "nossa amiga, te entendo, ele não te merece, eu também já sofri tanto...."
Já pro homem é "sai dessa cara, um monte de gostosa por aí...". A questão de ter cobrança da sociedade pro homem ser machão e não sofrer por nada é unânime por aqui, sabemos que o machismo é uma merda pra todo mundo fora da cartilha dele.


Perdoa-me perguntar, mas.... Qual área geográfica? Por um lado, eu nunca vi isso "pessoalmente", mas já vi e ouvi muito disso vindo de pessoas mais do interior. Nos últimos tempos venho sendo levada a acreditar que há nessa questão de machismo "dois brasis", e seria interessante desenvolver isso.
Mas não, nunca vi isso no meu contexto geográfico(Capitais do RJ e do RS).

Agora o "homem afligido por sentimento emocional pelo machismo mainstream" é visto pelo feminismo como humano

Vejo os guris que vem desabafar por aqui servindo de chacota e sendo culpabilizados pelas desgraças que ocorreram com os mesmos.

já o homem afligido por sentimento emocional que vai dar ataque de pelanca em blog mascu chamando todas as mulheres de vadias, interesseiras e coisas piores, esses são os "machistas mimadinhos que acham que mulher é objeto".

Isso é uma tolice se não considerarmos qual o teor de sinceridade dele defecar em blog mascu. Ele pode ser um machista militante perigoso.... Ou pode ser um qualquer um sujeito normal num dia ruim que nem leva o blog a sério mas queria extravasar.

Sua matemática faz sentido sim, ela explica o que pode levar esses homens a agirem assim, mas não acho positivo usar isso pra justificar essas atitudes nem agir com "empatia" na direção desses caras. Empatizar com ódio?

Empatizar com a CAUSA do ódio. Ódio não nasce do nada.

passar a mão na cabeça não ajuda em nada esse povo a sair dessa neura. Falar "eu te entendo, tadinho de você" é dizer que o ódio dele tem razão de ser, e não tem sabe?

Nos últimos tempos venho me dedicado a acolher "proto-mascus" com relativo sucesso, até que por fim eles enxergam o que realmente fere eles. Um outro dia me mandou e-mail agradecendo :3

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...


E é muito altruísmo de nossa parte empatizar com um cara que odeia o nosso gênero e que representa um perigo à nossa integridade. Porque não tenho dúvidas que um cara desse pode me fazer mal caso ele tenha a oportunidade, portanto, eu tenho medo desse cara, Raziel.

Não estamos lidando com "um cara", e sim com um fenômeno. Uma reação da natureza perante um empoderamento irresponsável somado à instabilidade criada naturalmente por qualquer transição junto a algum ódio de ambas as partes, sendo infelizmente, apesar de menor, mais eficaz por parte de algumas "feministas" que acham por exemplo trair dentro de um relacionamento algo "super legal e apoiável" porque "homem já traiu muito também" ou porque "a mulher é livre para tudo inclusive trair".

E não há razão para temer um fenômeno da natureza, fenômenos esses devem ser entendidos, controlados e prevenidos. Temer essa "revolta masculina" é a mesma coisa que deixar de ajudar um gato ferido/doente na rua com medo de ser arranhada, mordida e pegar toxoplasmose.

A nossa ação "empática" pra isso deve ser educar nossos meninos pra que não pensem assim, e tentar todos os dias mudar essa cultura horrível que vivemos, e que faz mal pra todo mundo. E confrontar absurdos como o que esse cara tá falando faz parte disso.

Admitindo que até você ter um menino não vai ocorrer nenhuma desgraça... Digo, veja a lógica da situação: Tu deixa um exército mortífero e sanguinário se formar por quinze anos por achar suficiente dizer para o seu filho que aquele exército é errado. Isso é a mesma coisa que combater uma epidemia biológica simplesmente passando desinfetante na mesa e não ligando para as pilhas de corpos na porta de casa.


Enfim, tu pareces ter uma consciência maior que a do resto. Se quiseres ser minha amiga, contate a Lola que ela passa meu contato pra ti.


beijos =****

Anônimo disse...

De verdade, eu só consigo sentir pena ao ler um relato desse. Como deve ser triste a vida de um sujeito que só tem ódio e frustração para contar, nada de interessante ou feliz acontece com ele? Realmente, não são loucos, mas com toda certeza tem sérios problemas psicológicos. Pessoas machistas nos encontramos todos os dias, mas com esses "mascus" (sei lá o nome desse grupinho) o machismo ganha uma faceta doentia e deprimente. Eles só conseguem transformar o sofrimento em ódio, no caso dirigido as mulheres, mas poderia ser facilmente voltado a negros e homossexuais, se é que não o fazem. Sério, eles precisam urgentemente de ajuda, nesses casos não basta combater o machismo deles, porque é só ódio por ódio independente a quem seja dirigido. O machismo funciona como mero apoio social para esses sujeitos.

Lola, imagino que por causa das ameaças que tu sofreu por esse grupo seja importante tu acompanhar o que eles andam fazendo, mas sinceramente, se não fosse isso, nem você, nem os leitores desse blog saberiam da existência desses indivíduos. Eles continuariam sendo ignorados assim como no cotidiano deles. Deprimente a vida deles...

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Anon das 18:22,

Tu estás corretx.
Sendo que usar a internet é natural. Digo, a maioria das pessoas não mais conhecem outras fora da rede. Aqui virou outro mundo faz um bom tempo.

Anã das 18:28,

No seu caso, tu estavas certa e o guri errado. Mas sabe, ontem no post anterior um guri postou um relato sobre a ex-namorada que tinha câncer, ele se dedicou a ela e depois que ela melhorou, ela simplesmente humilhou duro ele. Digo, não "terminou com ele", mas simplesmente humilhou ele.
Achei aquele relato simplesmente assustador. É desse tipo de "humilhação e ação incivilizada" que eu falo que fere os homens, e não histeria de paixonite por não aceitar término de relacionamento.

Anônimo disse...

Olho por Olho e o Mundo terminará cego.



-- Gandhi

Daniele disse...

e eu que achava que o cumulo do machismo era não querer dividir as tarefas domésticas ou repeender a liberdade sexual das mulheres... doce ilusão

Cética disse...

Tó dizendo,só não ver quem não quer...

Anônimo disse...

Raziel,
O relato do cara com a loirinha que o chutou te assustou? Conheço muitas de histórias de meninas que foram chutadas, após anos de namoro, por estarem gordas, ou porque o cara arranjou uma bonita e não quer ser visto com uma feia, ou então homens que chutaram suas esposas pra cair na farra com garotas jovenzinhas. Nunca vi nada disso ser condenado pela sociedade, pelo contrário, é super justificado, afinal "mulher gorda, feia e velha não tem valor". Então, isso não é exclusividade feminina. Tem gente que é mal-carater e sem cérebro, e trata os outros como lixo. Isso se chama falta de empatia, e não atitudes do gênero feminino.

Roxy Carmichael disse...

raziel,
pessoas muito tímidas, pessoas muito fora do padrão de beleza, pessoas nerds dos dois gêneros terão dificuldade em se relacionar nesse mundo em que aparência e status são características muito valorizadas na sociedade. isso eu posso entender e posso sentir empatia. sinto empatia pelo menino que sofre bullying na escola que é chamado de freak e também sinto empatia pela gorda que é chamada de baleia. agora eu acho engraçado que os homens reclamem de insensibilidade quanto aos problemas de relacionamento deles, mas acham hilário uma piada dum idiota que diz que mulher feia tem que agradecer ser estuprada. reclamam dos problemas de relacionamento deles, mas destilam racismo sem dó nem piedade. reclamam dos problemas afetivos dele e propagam a homofobia. a sutil diferença que eu vejo entre um forum mascu e esse aqui é a seguinte: enquanto a lola escreve e todxs nós comentamos sobre os problemas de uma sociedade desigual (seja de gênero, de raça ou economicamente desigual), classista e da ditadura da beleza - questões essas que abarcam homens mulheres trans magros gordos pretos ricos pobres etc. os mascus querem uma sociedade que seja gentil com eles e sádica com todo o resto.

Roxy Carmichael disse...

quanto a questão geografica influenciar na forma como os gêneros lidam com um pé na bunda, sinto te informar, mas tenho a impressão de que vc esta redondamente enganada.
basta vc ver qualquer filminho de hollywood pra ver que amigos incentivam amigos que levaram pé na bunda a erguer a cabeça e buscar outras mulheres enquanto mulheres que tomam pé na bunda ficam em casa vendo comedia romântica e morrendo de comer, vide bridget jones, filmes da meg ryan, sex and the city. é algo bem reforçado na cultura. dei o exemplo do cinema mainstream por ser o mais óbvio. e acreditar que essa "ideologia" é só o reflexo de uma dinâmica que acontece no interior me parece bastante arriscado pra não dizer infundado. pensemos: não se trata do que vc ja presenciou ou do que eu presenciei, de casos individuais, se trata de mecanismos que são difundido por um cultura.

Anônimo disse...

Não seria um blog feminista se não tivesse uma forte dose de preconceito religioso, e anticristianismo, não me surpreende !

Roxy Carmichael disse...

"Vejo os guris que vem desabafar por aqui servindo de chacota e sendo culpabilizados pelas desgraças que ocorreram com os mesmos."

de repente esses guris tão procurando o espaço errado pra se manifestar. eu por exemplo não ía comentar sobre maquiagem num blog sobre motos. esse blog até onde eu entendi é um blog dedicado a debater questões de gênero e não um blog dedicado a responder perguntas sentimentais dos homens ou mulheres. cê ja viu algum post aqui com algum mulher perguntando pq o cara que levou ela pra jantar ontem não ligou hj? eu confesso que nunca vi. questões de gênero = práticas sociais, mecanismos, dinâmicas baseadas na dominação masculina. tem muitos casos individuais aqui? claro! porque esses casos refletem essa cultura, essa dinâmica e esses mecanismos que estamos pensando em formas de como combatê-lo. agora se vem um cara aqui falando que acha absurdo o alistamento militar obrigatório, que acha foda que ainda vivamos numa sociedade machista que nao incentiva o exame de próstata, ou até mesmo que tá cansado de sempre ter que parecer forte, insensível e pronto pro sexo, COM CERTEZA ABSOLUTA ele será acolhido. num faz muito tempo teve um post sobre uma mulher que dizia ter estuprado um cara. alguém nos comentarios ficou contra esse cara?olha lá e me conta...

sobre feministas acharem traição lindo:
ninguém jamais defendeu isso aqui. o que foi defendido: pacto de exclusividade ou quebra do mesmo seja por homens ou mulheres é algo do foro intimo que diz respeito ao casal. tem casal que acha que traição é vc contar um segredo pra todo mundo. que acha que traição é mostrar foto/video da sua intimidade pra todo mundo. que é traição destratar a sua família. que é roubar o seu dinheiro. e claro, tem gente que acha que traição é fazer sexo com outra pessoa quando se estabeleceu um pacto de exclusividade.

Moema L disse...

Macus são tão dignos de pena.

Se a mulher não trabalha é vagabunda que explora o marido, se trabalha é vagabunda porque trabalha, se casar é vagabunda se não casar também é.

A verdade é que eles são misóginos e pronto.

vocês viram? ele ficou revolt's e mostrou o dedo do meio, devíamos fugir para as colinas.

Amebas com pinto foi realmente muito boa.

"... ja tivesse passado esta tua fase de desonetidade intelectual lolinha, ingenuidade a minha "

hahahaha morri. Lola sua desonesta intelectual... hahahahaha

lola aronovich disse...

Ah gente, sei que não deveria publicar comentários mascus, mas vejam este que acabei de receber de um anônimo:

"Toda mulher é puta, o fato do homem relatado no post errar o significado de sic não desqualifica isso. Durma com esse barulho."

Quer dizer... O cara nem sabe ler. Não viu que o cara que errou totalmente o significado de sic não é o mesmo que narra os relatos misóginos.
E como assim, "toda mulher é puta, o fato do mascu erra não desqualifica isso"?! Então mascus podem continuar completamente ignorantes, babacas e idiotas, porque o que importa muito é que, na cabecinha deles, toda mulher é puta? Olha, que eu saiba, putas não são todas as mulheres -- são as únicas mulheres que vcs conseguem chegar perto. E imagino que elas aumentam o preço ao verem um ser tão fracassado, tão cheio de ódio, se aproximar.

Rob disse...

Meu Deus,que cara infeliz!

Anônimo disse...

Concordo com o professor. Estudo na UnB e estava lá no dia da ameaça de atentado pelo grupo de ódio, mesmo assim só vim saber que a origem das ameaças aqui! Não vi em lugar nenhum na mídia menções da relação entre o massacre de Realengo e as ameaças na UnB muito menos tinha ouvido falar em masculinismo antes de ler o blog. Relatos como esse podem causar um mal estar, sempre me causam, mas são necessários. Só tenho a agradecer pelo blog!

Unknown disse...

uma vez eu e uma amiga ficamos um tempão perdidas por informação errada, foi horrível e no final quando percebemos que fomos enganadas me perguntei, pq alguém faria isso?
e agora eu vejo uma razão, ódio!

Lola parabéns pela exposição do masculinismo, quando visito algum forum deles eles sempre se referem a você, eles se sentem intimidados

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Anon das 19:36

O problema foi que simplesmente ele foi escurraçado e disseram que ele queria "comprar a garota" com atenção e justificaram a traição dizendo que "a mulher é livre". E não, aquele não foi um caso isolado. Estou de olho nisso a um tempão.
E concordo que é falta de empatia, mas o pior de tudo é que as que mais ficam pregando empatia, são empáticas apenas com mulheres e nem um pouco com homens. São dois pesos e duas medidas.

Roxxy,

Tu estás desviando o foco do problema. O problema é:
Nosso estado de transição feminista está criando um caos na vida de muitos homens. Esse caos, que tem suas raízes nas relações afetivas é ignorado e o resultado é simplesmente explicado com clichês e pensamentos rasos. Esse padrão de pensamentos rasos e irreais tem como consequência um "efeito espiral" que apenas faz não apenas o problema se manter em um ciclo, mas sempre aumentar sua intensidade.

Estamos lidando com uma geração de homens que virgens(não por opção) aos 25 anos choram a noite e de "vingança" votam nos Bolsonaros da vida. Estamos lidando com homens que em um namoro monogâmico de seis anos foram comprar sorvete na padaria para comer com a namorada e quando voltou viu ela com o melhor amigo fazendo sexo e resolve se dedicar aos estudos para ser um grande empresário ou político e usar o Poder para se vingar das mulheres.
E o modo o qual a maioria das feministas lida com esse problema, vilanizando esses homens e utilizando-se de pseudoexplicações como "é um machista frustrado que não quer que as mulheres sejam livres" não resolve o problema, não diminui o problema, mas AUMENTA o problema, pois esses homens que PRECISAM de ajuda, já acabam por associar às feministas as maiores hostilidades. De fato, essas pseudo explicações são convenientes para esconder o problema, mas escondê-lo não faz deixar de piorar. E sim, está piorando.


E de fato, eu acredito que um homem vem a cá pedir ajuda pois no fundo sabe que o problema é justamente o machismo das relações sociais, mas se nós não ajudarmos, quem irá ajudar são os mascus. E fazer piada deles não irá fazer os mascus de crescer, sabe porque? Por que o mesmo homem que lê seus argumentos fieis, honestos e verdadeiros contra os mascus, foi o mesmo que você pode ter dito numa crise de suicídio do mesmo "Você é um machista frustrado que queria comprar sua namorada amando ela. Se mata logo.". E quem acolheu ele? Foram os mascus.


Sinto em te dizer: Eles não estão diminuindo, mas estão aumentando cada dia mais. O foro deles que se tornou menor por ser mais "Intelectual" e seu principal foco ser agora o facebook.




Se não fizermos nada. Estaremos condenadas.

Sara disse...

Raziel quem esta me assustando é vc e essa sua defesa do indefensável. não se engane mais nem tente enganar ninguem, vc esta totalmente imerso ainda nesse mundo insólito dessas idéias pútridas desses foruns e blogs machistas, nunca vai haver um motivo aceitável para alguem se julgar dono de quem quer q seja, eu não aceito isso de ninguem, ter um relacionamento seja la com pacto ou sem, não da o direito a quem quer q seja de se sentir dono do outro, seja la o q o outro tenha feito para se sentir merecedor, seja pagando ou se dedicando, isso não te faz dono de ninguem , põe isso na sua cabecinha.
No mais assino embaixo do q a Cética falou "que morram todos esses mascus abraçadinhos"

Roberta disse...

Duvido que ele tenha falado um décimo disso tudo que ele alega ter falado pras pessoas (mulheres) que o incomodaram. Mas acredito que ele pense assim, e que ele se imagine falando e fazendo isso tudo e coisas piores.
Por que duvido? Porque ele diz q tem "amigos", mas duvido q alguém quereria se relacionar com um loser mal-educado como esse... Além disso, se ele tivesse mesmo feito aquilo com a caloura, o amigo dele o chamaria de louco, imbecil, idiota, qualquer coisa, se ainda quisesse ser amigo do mascu...

Não duvido q se ele não tivesse medo de ser julgado pelas outras pessoas normais (mulheres e homens e trans - sim, pq o q eles menos gostam é de serem julgados por mulheres e trans), ele faria e diria todas essas coisas q ele descreveu.
Mas o cara vai toda semana na igreja pra representar um papel q ele odeia e julgar as pessoas como bem entende, ou seja, ensinamento de tudo o q é bom na religião (tolerância, não-julgamento, fazer o bem ao próximo), que os religiosos (não-loucos) pregam, esse cara ouve por um lado e deixa sair por outro buraco...

Roberta disse...

Uma coisa q o Raziel von Sophia falou é verdade: misoginia come solta no Facebook (que por acaso, é um espelho do pensamento da sociedade). Não precisa ir muito longe pra achar gente compartilhando imagens que objetificam as mulheres ou que as agridam física ou verbalmente (ou incentivem a agressão).

Anônimo disse...

Se todas as mulheres são putas, segundo a lógica dos maculinistas, o que os homens são? No mínimo aqueles que as colocaram e as mantêm nessa posição a fim de tirar todo o proveito da prostituição delas. Porque é isso que os homens fazem com as "putas": lucram com a utilização sexual dos corpos das mulheres que as rebaixa, as rouba de sua própria integridade e do respeito social.

Quem é realmente podre e o culpado nessa história? As mulheres que são forçadas a venderem serviços sexuais (não existe prostituição por livre e espontânea vontade, encarem a realidade, o que há é a escravidão sexual em troca de uma quantia em dinheiro que jamais pagará o valor da vida de uma mulher) ou os exploradores que se beneficiam da servidão sexual das mulheres - tanto os que a demandam e a compram (os clientes e contratantes maritais) quanto os fornecedores que a ofertam (pais que abusam sexualmente de suas filhas e acabam as fazendo sair/expulsando de casa; proxenetas; fabricadores de idealizações do romance, do casamento e da maternidade na arte, literatura, mídia, publicidade, etc; produtores e distribuidores de pornografia; sequestradores de meninas e mulheres para o tráfico sexual; cafetões, etc. etc. etc.)?

Cristina disse...

Nossa, estarrecida até agora. Pensei que crias assim só existissem em livros ou filmes.

Anônimo disse...

os relatos são deprimentes, mas nunca tinha prestado muito atenção aos posts sobre mascus.
Sempre pensei neles como bobões com vergonha de chegar em mulher.
Mas agora fiquei com medo, Lola. Medo de verdade. É muita ignorancia, muito ódio, isso não é bom pra ninguém. Isso vai acabar em tragédia.
mariana.

Anônimo disse...

Homens brancos de famílias prósperas crescemos com a expectativa de que nossas vozes serão ouvidas. Esperamos que os políticos e professores nos ouçam e respondam às nossas preocupações. Esperamos soluções públicas para os nossos problemas. E quando estamos sofrendo, a discrepância entre o que temos sido levados a acreditar que é o nosso direito de nascença e o que sentimos que estamos recebendo em termos de atenção pode ser desconcertante e irritante. Todo assassino faz da sua dor o problema de outra pessoa. Mas só quem tem marinado em privilégio pode concluir que sua dor particular é problema do mundo inteiro com o qual lidar. É por isso que, enquanto os homens de todas as raças e classes assassinam suas parceiras íntimas, os caras jovens brancos privilegiados que são, de longe, os mais prováveis de atirar em escolas e salas de cinema.

— Porque a maioria dos assassinos em massa são homens brancos privilegiados

Anônimo disse...

Genial:

http://25.media.tumblr.com/af5c7476cdc48827d19e34b6ca0a1215/tumblr_mezpvlOYgA1qbjt25o1_500.jpg

Anônimo disse...

Para Lola

Com todo o respeito que tenho aos meus amigos gays que são machos pra serem felizes como querem ser, este cara que te mandou o
"Toda mulher é puta, o fato do homem relatado no post errar o significado de sic não desqualifica isso. Durma com esse barulho." é um BICHONA infeliz, solitário que precisa ser internado em um hospício antes que faça mal para alguma mulher!
O ódio dele é por ser um ser doente, infeliz e que nenhuma mulher com o mínimo de sanidade quer!


Sawl

Anônimo disse...

Para Mascu-Troll das 13:55 de 14 de dezembro

Você não passa de um grande COVARDE DOENTE MENTAL!
Agredir uma senhora de idade(já que falou no temro "senhorinha" presumo que ela tenha uma certa idade) é o cúmulo da canalhice, covardia e falta de caráter.
As "vadias do prostíbulo" como vc se refere as profissionais do sexo, vão "fingir" que vão se amarrar na tua história de covardia pelo simples fato de vc ser um: TROUXA, FRACASSADO que NUNCA vai conseguir uma mulher que te ature SEM PAGAR por ela!
Você não é um "macho alfa honrado" vc é um MERDA, UM LIXO, um BICHONA enrustido que precisa tratar de sua misoginia! Faça um favor à humanidade, se mata cara!!!!

Sawl

Anônimo disse...

Alguma dúvida ainda que esse Raziel é um mascuzão infiltrado?



Decidi que a partir de agora não vou mais perder tempo e energia tentando desmascará-lo. Vou fazer como você faz com os outros mascus, Lola, deixar ele se acusar com o próprio discurso.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Roberta,

Uma dica: Em geral não se especifica "trans" isoladamente, pois existem "homens trans" e "mulheres trans".

Os primeiros eram mulheres que tornaram-se homens.

As segundas eram homens que se tornaram mulheres.

Em geral, quando se quer em um discurso discriminar trans de não trans, usa-se a palavra "cis", por exemplo: "Mulheres trans e cis".

Para entenderes melhor trans x cis

Eu sou uma mulher trans,
A Lola é uma mulher cis,
Os mascus são homens(no sentido figurado)*tu dun tss* cis
As bofinhas que resolvem tomar hormônios masculinos e adotar identidade masculina são homens trans(difícil arrumar outro exemplo, perdoe).

Anônimo disse...

O assassino das crianças não é Ryan Lanza. É ADAM Lanza. Erro grave da mídia e das redes sociais. Imagine estar na pele do Ryan Lanza com toda a internet te acusando de algo que você não fez. Bulllying é pouco para descrever tamanha injustiça.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1201745-analise-ryan-lanza-e-o-perigo-das-noticias-em-tempo-real.shtml

Anônimo disse...

Minha conclusão sobre mascus e sociedade machista:

Primeiro, a educação machista contribui pra uma geração de homens inseguros, raivosos, recalcados e frustados.
-Quando uma mãe bota a filha pra cuidar da casa e o filho pra jogar bola ou videogame, é um passo.

-Quando o pai, ou tio, ou conhecido adulto pergunta pra um menino, se ele prefere "peitos ou bundas" e se ele acha a moça de vestido curto que tá falando ao celular "gostosa", é mais um passo.

-Quando o pai olha o filho empurrar a coleguinha da escola e ele manda "isso mesmo, mostra que é vc que manda", um ENORME passo!

-Quando o pai corre pra socorrer a filha que caiu da bicicleta e dizer sobre a ferida enquanto a menina chora "vai sarar princesinha", mas, se acontece o mesmo com o filho ele manda um "não chora porque vc é homem!", é outro passo importante.

-Quando a filha quer sair mas tem que voltar antes das 23:00 e o filho quando sai pode "dormir onde quiser", lá vai outro passo.

-Quando o pai chega e diz pro filho estudar porque "mulher gosta de dinheiro, quem gosta de homem é viado", um grande passo!

-Quando a filha chora porque o namorado a traiu e terminou com ela, a mãe manda "filha, homens são assim mesmo, depois ele volta pra vc" e diz pro filho o qual a namorada terminou com ele "não se preocupa, esta vagabunda não te merecia"! Lá vai um passo gigantesco!

Quanto a sociedade:
Homem que trai = fodão.
Mulher que trai = vadia.
Homem que perdoa = corno.
Mulher que perdoa = sensata.
Homem que não perdoa = macho.
Mulher que não perdoa = ficará encalhada!
Homem bem sucedido = alfa.
Mulher bem sucedida = solteirona.
Homem que estupra(pra mim eu chamaria de VERME não de homem) = algo o motivou.
Mulher que é estuprada = fez algo que provocou ou mereceu.
O que dizer de uma sociedade em que tanta gente se incomoda(incluindo mulheres validadoras) porque temos uma mulher presidente?!

Quanto aos mascus:
Mascus NÃO são gays, porque não são machos pra assumirem sentimentos.

Mascus NÃO são loucos.

Mascus são:
Doentes SOCIAIS.
Frustados
Misóginos
Criminosos em potencial
E acima de TUDO, são IGNORANTES(não interessa o grau de instrução que tenham) porque não tem inteligência nem discernimento pra avaliar que mulheres são: traídas, enganadas, subestimadas, discriminadas, rejeitadas, abandonadas, passadas pra trás, iludidas, sacaneadas, humilhadas, agredidas e claro, violentadas, e nem por isso, culpam TODOS os homens por coisas terríveis que aconteçam com elas! Então porque tanto mimimi e viadagem(não confudam homossexualidade é opção sexual, viadagem é frescura mesmo!) porque conheceram algumas mulheres que não prestaram, se nós mulheres, conhecemos canalhas da pior espécie e não generalizamos!

Mas, acima de tudo, são uns grandes babacas, mimados por uma educação decadente e patriarcal, influenciados por uma sociedade machista e atrasada e manipulados por um grupo de psicopatas perigosos que os guiam pra uma jornada de ódio e infelicidade!


Sawl

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Sawl,

Ad Hominen,
Ofensa à identidade de gênero,
Deturpação de argumentos....
Hipocrisia ao demonstrar ódio irracional e querer que os mascus morram por... Militarem pelo ódio.


Enfim, parabéns. Você é demais.

Anônimo disse...

ps: só um humilde apelo a todos homens e mulheres de bem.

Vamos acabar com o ridículo, misógino e preconceituoso blog Testosterona do IMBECIL do tal "Edu Testosterona":

http://www.testosterona.blog.br/

Vamos ridicularizar, não ter medo de
detonar o campo de comentários deste merda!


Vamos sabotar TODOS os anunciantes deste BABACA, ACÉFALO e MACHISTA deste Edu(que quero mais é que el vai tomar na rima,kkkk).

Vamos bombardear o Safernet de denúncias contra este blog de merda deste fracassado!

http://www.safernet.org.br/site/


Sawl

Mari disse...

Esse diário serviu para mostrar que eles são "machões" só na internet mesmo... Quando ele conta a história da menina que perguntou porque ele estava triste, se ele realmente tratasse as mulheres mal assim no mundo real (veja bem, não estou dizendo que não há ódio), elas nem chegariam perto dele. Em todas as histórias dá pra ver que foram aumentadas, só para "pagar de machão" para os outros imbecis.

Luciana disse...

P/ Raziel:

"No seu caso, tu estavas certa e o guri errado. Mas sabe, ontem no post anterior um guri postou um relato sobre a ex-namorada que tinha câncer, ele se dedicou a ela e depois que ela melhorou, ela simplesmente humilhou duro ele. Digo, não "terminou com ele", mas simplesmente humilhou ele. "


Eu fui ler esse relato. Mas é preciso ter em mente que o narrador é parcial. Ele projeta no seu relato a sua visão, as suas angústias e o seu sofrimento. Se ele é masculinista, sua visão do que aconteceu cetamente é tendenciosa. Talvez o relato da menina para o mesmo caso seja oposto. Lá estão condenando sem nem ao menos ouvir a ré. É o velho ditado, toda história tem três lados, o de um, o do outro e a verdade.

Alessandro disse...

Lola, acho que um colega de trabalho meu é masculinista.

Pq acho isso? Ele é novo na empresa, mas em menos de dois dias já fez dois comentários extremamente misóginos.

Um deles foi na linha do "Se mulher pensasse, não faria isso". Aí respondi: "Se alguma feminista te ouvir, você está lascado", e ele desconversou, e disse que é por isso que não fala isso perto de mulheres.

Não posso dar mais detalhes, pois sabe como é a Internet, né? Mas o que você me aconselharia fazer? A vontade que tenho é de expô-lo em uma situação dessas e constrangê-lo, pois sei que mudar de opinião ele não vai. Mas acho ruim que ele continue propagando esses comentários.

Aliás, vez ou outra ouço piadas ou comentários racistas e homofóbicos de outras pessoas. E não é uma empresa qualquer não, é um renomadíssimo escritório de advocacia com pessoas esclarecidas, que vem de faculdades de renome e possuem pós-graduação. Não digo que é a regra, mas é chocante saber que a exceção está entre nós.

Carolina Lucas Paiva disse...

Olha, não acho que a Raziel esteja defendendo os mascus, mas apenas mostrando o porquê de eles serem assim. E convenhamos, o que ela fala não é nenhuma novidade.
O Vinicius Mendes já fez um comentário ótimo sobre as observações da Raziel, assino embaixo.
O senso comum estraga muito as coisas. Os meninos não aprendem a lidar com as próprias emoções, são ensinados a separar mulheres entre santas e putas (idealização exacerbada) e desde pequenos veem em filmes e livros que os heróis (bonzinhos) ficam com alguma garota no final. É a fórmula do desastre.
Daí somem isso a uma sociedade imediatista, onde as crianças e adolescentes não sabem superar frustrações.

Meninas, por outro lado, são ensinadas desde cedo a se comportarem de acordo a arranjar um companheiro. As heroínas dos filmes "para meninas" quase sempre estão em busca do grande amor, revistas femininas ensinam truques de como conquistar e manter um namorado, a própria divisão entre santas e putas tem a ver com mulheres se comportando de acordo com o que homens podem pensar delas.
O sucesso de um relacionamento é colocado nas nossas mãos, e se algo dá errado, tomamos isso como nossa responsabilidade, nosso erro. Nesse sentido, somos ensinadas a lidar com frustrações de um modo que os homens não são.
Esse tipo de educação também dá porcaria, porque ser submissa com altos sentimentos de culpa por tudo é tudo o que nós mulheres não podemos mais ser.
A mulher ser submissa e santa não é garantia que um príncipe encantado aparecerá e a valoriza-rá; assim como o homem ser legal não é garantia de que uma moça virginal e meiga cairá em seus braços.
A diferença: se o príncipe encantado não aparece, a mulher se acha culpada; se a moça virginal e meiga não aparece, o homem, que não sabe lidar com essa frustração, se zanga e culpa as mulheres.
É óbvio que estou fazendo uma análise bem simplista aqui, mas reflete o modo padrão.

ViniciusMendes disse...

@Sawl

Se for pra desrespeitar os gays, não venha com o papo de que tem todo o respeito deles antes. Obrigado. =)

Anônimo disse...

Depois as feministas que são sexualmente frustradas. Nossa frustração não é sexual, diferente de vocês machistas, masculinistas misóginos. Nossa frustração é com a sociedade machista de merda!

Cíntia

Anônimo disse...

'Este relato foi publicado num dos fóruns mascus. Mas podia estar facilmente num fórum mascu sancto porque, como eu sempre digo, não há grandes diferenças entre vcs. Desonestidade intelectual é negar essas mórbidas semelhanças'

ou seja
'vc é culpado de X
-sou nao, nem estava lá
-mas PODERIA estar, então é culpado'

Esse comentário é o símbolo desse blog

Anônimo disse...

Lola olha essa pagina do face HOMEN FEMINISTA DE VERDADE adorei ajuda a divulgar!
http://www.facebook.com/media/set/?set=a.104423916376391.12214.100004263488709&type=3#!/pages/Homem-Feminista-de-Verdade/458014067568295

Anônimo disse...

Raziel não sei o que disse:
'Estamos lidando com uma geração de homens que virgens(não por opção) aos 25 anos choram a noite e de "vingança" votam nos Bolsonaros da vida.'

Ô moça vc anda vivendo no mundo da lua é? Você acha que um cara desses, um cara DESSES, do mundo de HOJE, não sabe o caminho de um puteiro?
afff

Anônimo disse...

Ah ta, o moleque não sabe o que é sic, logo é um criminoso assassino tarado psicopata vamos matá-lo
Agora, se fosse uma feminazi errando uma besteira dessas ia ser: e daí? Isso nao prova nada, isso não significa nada, vc que ta com implicância, vc que odeia mulheres e tal

Anônimo disse...

A verdade é que o comportamento desse cara deixa visível que ele ataca tudo o que mais gostaria de ter:o afeto sincero de uma mulher!

Um dia ele se empolgou com determinadas garotas,agiu de uma forma que pra ele seria a mais correta...e tomou um pe!

Ok,eu entendo o sofrimento!
Mas na boa,sou mulher e já me decepcionei demais com os homens e nenhum dos caras que me machucaram emocionalmente tinha o perfil de "ALFA"!

Nem todo mundo age de forma honesta com os sentimentos dos outros...nem todo mundo tá afim de viver uma relacao...e algumas pessoas só querem te usar e largar!

Errado? Com certeza!
Mas o normal é voce chorar,espernear,sofrer por dias,meses eaté anos... mas quando chega a ter o ódio que esse cara tem,projetando a pessoa que te magoou em todas as outras...na boa,tá na hora de botar a mao na consciencia!

Só que eu vejo um cara desses como um mimadinho birrento SIM!
Pelamor,errsr é humano,mas chega uma hora que voce tem que aprender que o mundo é injusto e choramingar/odiar/bater perninha/fazer escandalo,nao vai te beneficiar em nada!

Beijao Lola,com carinho,
Gabiroba.

Bruxinha disse...

e eu que achava que o cumulo do machismo era não querer dividir as tarefas domésticas ou repeender a liberdade sexual das mulheres... doce ilusão [2]

Anônimo disse...

— Porque a maioria dos assassinos em massa são homens brancos privilegiados

Se for homem branco e ainda por cima heterosexual tem que ser mau né...
Na boa essa historia de privilégio por ser branco é balela feia nunca tivemos a discriminação legal da lei jim crow e sobre preconceito todos os povos tem preconceito acostume-se(islamicos reclamam de discrinação nos eua ,mas seu irmãos de fé tratam qualquer não islamico em suas terras como cidadão de segunda categoria ex os cooptas)... se tu for rico não importa a tua cor vão te tratar bem e se for pobre vão te tratar mal independente da tua cor...
O privilegio que tenho por ser branco é ter menos vagas na universidade e no serviço publico que negros na minha faixa de renda.

lola aronovich disse...

Anônimo das 8:01. Quem, além de vc, falou que o “moleque” é um criminoso assassino por não saber o que é sic? Foi só mais uma prova de como vcs mascus não sabem nada de nada mesmo. Primeiro que o cara em questão, o Petulas, não é um moleque. O cara tem mais de 30 anos. E o que eu gostei é o tom autoritário (típico mansplaining) que ele explica pros outros mascus o que é sic. Porque ele escreveu um texto cheio de sics pra mandar pra mídia. Era assim: “Prezada senhora (sic)”. Aí algum mascu perguntou o que é sic e o cara, cheio da autoridade, explica que sic é praticamente o oposto do que é na realidade! E todos os outros mascus são tão inúteis e estúpidos que nenhunzinho vem dizer “Peraí, sic é outra coisa”. Vcs são uma piada ambulante.


Anônimo das 7:50. Nem sei por que respondo, né? Vc está aqui só pra trollar, ou realmente é incapaz de pensar? Ou as duas coisas ao mesmo tempo agora? Este relato do cara misógino não é de um mascu sancto. É de um mascu de um real. Foi publicado num fórum de vcs, não dos sanctos. Mas o relato é IGUAL ao pensamento de qualquer mascu sancto. A misoginia é a mesma. Ou vc vai negar que esse relato seja misógino? Por favor, concentre-se nisso. DIGA que este relato (e todo o resto que vcs dizem) não é misoginia.
Quando eu digo que vcs são iguais aos mascus sanctos, vcs se ofendem. Se vcs querem ser vistos como diferentes deles, tem que agir diferente. Mas não tem como agir diferente, né? Vcs têm a mesma origem, a mesma ideologia...

lola aronovich disse...

Alessandro, hoje mesmo me indicaram a página no Facebook Homem Feminista de Verdade. Vc já viu? É ótima, e dá dicas de como combater o machismo dos homens em “espaços masculinos”. Acho que tem que dar uns toquinhos, tem que falar com ele, e mostrar que esse tipo de manifestação é inaceitável no mundo de hoje. Agora, se este é um problema geral no seu escritório de advocacia, que tal tentar falar com um dos chefes e pedir que haja um treinamento de tolerância, para impedir que advogados renomados sigam sendo machistas, racistas e homofóbicos? Porque, mesmo que esse não seja o pensamento da empresa, o que os trabalhadores de uma empresa dizem acaba sim representando uma empresa. E a empresa não quer ser vista como preconceituosa, quer? A firma poderia agendar uma oficina ou algumas palestras que combatam esse tipo de comportamento. Este ano eu fui pros Correios em João Pessoa pra fazer isso, e acho que foi bastante produtivo.

Anônimo disse...

Gente, que caras loucos!!!! É muita loucura pra pouca cabeça!!!! Hahahahahaha!!!!

Anônimo disse...

Mas na boa,sou mulher e já me decepcionei demais com os homens e nenhum dos caras que me machucaram emocionalmente tinha o perfil de "ALFA"!
...

Tem certeza que a sua decepção não é exatamente por nunca ter alguem com perfil ALFA.Ja que na sua mente voce é "especial" e os caras que conheceu são comuns "BETAS".
Leia 50 tons de cinza vai entender o que eu to falando ...


Maria disse...

PERAÍ!
PERAÍ!
TIVEMOS UM ANÔNIMO CITANDO "50 TONS DE CINZA" COMO ELUCIDADOR DA MENTE FEMININA? SAÍMOS DE VALERIE SOLANAS PARA E.L.JAMES? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!

Mascus, se vocês fossem irônicos, seriam meus comediantes favoritos!

Anônimo disse...

Mas na boa,sou mulher e já me decepcionei demais com os homens e nenhum dos caras que me machucaram emocionalmente tinha o perfil de "ALFA"!
...

Tem certeza que a sua decepção não é exatamente por nunca ter alguem com perfil ALFA.Ja que na sua mente voce é "especial" e os caras que conheceu são comuns "BETAS".
Leia 50 tons de cinza vai entender o que eu to falando ...
-
Exatamente, os padrões de exigencia que as mulheres tem nos relacionamentos hoje em dia são irreais, fantasiosos, seja no campo financeiro ou sentimental,Mas peraí, isso é absurdo! As mulheres hoje já são
super exigentes. Se elas forem escolher realmente os homens que elas querem( princepe, feminista, bla bla bla), elas
vão ficar solteiras a vida inteira! De fato, se vocês pensarem isso, vocês terão um
pouco de razão, a mulher feminista moderna não para em relacionamento algum, nenhum homem para ela e suficientemente bom para estar ao seu lado,afinal, ELA MERECE O MELHOR, E MULHER ! .

Roxy Carmichael disse...

"Leia 50 tons de cinza vai entender o que eu to falando ..."
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARARRAARARARARARARARARARARARRARARARARARARARARA
mas como é que eu esqueci esse livro como referência no meu artigo acadêmico sobre gênero?
poxa pessoa, MUITO OBRIGADA!

Sara disse...

Raziel pelos seus comentários da pra ver sua revolta contra mulheres q TRAEM seus parceiros, vc ao q tudo indica advoga que uma mulher q traia mereça algum tipo de castigo.
Agora me fala Raziel qual a diferença entre vc e um radical islamico q apedreja mulheres adulteras????
As mulheres e pessoas em geral deveriam ser livres para agirem como acham q seja certo, se um parceiro desaprova a atitude do outro, a única punição cabível e aceitavel é a separação desse casal.
Vc em seu julgamento desumano de uma pessoa que trai, se esqueçe de ha mil motivos para q uma traição ocorra, não posso citar todos , pq nem teria cabimento aqui, mas vamos la falar de alguns.
-As pessoas traem pq não são perfeitas.
-As pessoas traem pq tem dó ou pena do parceiro ( como parece ser o caso da garota com cancer q vc citou). Nesse caso o rapaz descreveu q se dedicou integralmente a garota doente, não por amor ou desprendimento e sim pq achou q estava pagando o prêço pela fidelidade e POSSE dessa garota.
-As pessoas traem pq são covardes, e tem medo de enfrentar as consequencias de uma separação, guarda de filhos, bens , brigas , ódio.
-As pessoas traem pq apesar de ainda quererem ter um relacionamento monogâmico caem em tentação em algum momento.
-As pessoas traem (e creio eu aqui, q a grande maioria) pq desejam muito se separar de seus parceiros , mas recebem ameaças de todos os tipos desses parceiros , inclusive de morte, se sujeitam a um relacionamento assim, mas não se sujeitam a se anularem sexualmente e emocionalmente e por isso acabam tendo outros parceiros.
Todos esses motivos citados aqui não são crimes, mas a vingança q vc deseja para as pessoas q traem geralmente envolve uma atitude CRIMINOSA.
Se vc não consegue perceber isso Raziel, pra mim vc é uma caso perdido.

Anônimo disse...

A Beatriz disse que sic significa "segundo informações colhidas". Não é verdade. Sic vem do latim. Significa "assim". Usamos para exprimir a ideia de que tal trecho está copiado "assim" como no original. Atualmente, o mais comum é o uso irônico do sic.

Anônimo disse...

Anônimo das 11:06, não sou a pessoa com quem vc fala, mas posso responder. Tive uma amiga que sofreu violência física e emocional do namorado e ele NÃO era um "alfa" e estava a anos-luz de distância disso. Ele era um japonês nerd magrelo horroroso que falava baixinho e sorria o tempo todo com cara de paspalho. Mais "beta" que aquilo, impossível, mas esse mesmo japonês loser batia nela (qqr homem é mais forte que 90% das mulheres) e a estuprava, além de ser ciumento e possessivo.

Essa história de alfa e beta, aliás, é mentira. Não existe na natureza coisa parecida, pois essa classificação dos animais se baseia em pura hierarquia: o alfa é apenas o líder, o mais forte, que terá seu lugar tomado por um beta assim que a situação mudar. O beta não tem instintos diferentes dos do alfa, como sugerem os textos que circulam na internet, ele apenas está numa posição hierárquica factual inferior. Os textos de internet sobre o assunto, aliás, são de um mal gosto extremo, pois simplificam de maneira patética as dúvidas, os sentimentos e as angústias da vida, como se para resolver todos os problemas do mundo bastasse adicionar masculinidade.

Isso tudo é difícil de ser aplicado aos seres humanos, pois vivemos em aglomerações gigantescas em que a hierarquia é fluida e, na sociedade capitalista, pouco tem a ver com os "instintos". Um homem que simplesmente herdou bastante dinheiro está numa posição hierarquicamente superior que vários outros mais "machos" que ele.

Anônimo disse...

Ao anônimo recomendando 50 Tons de Cinza, que tal ver os desenhos da Humon para conhecer melhor os segredos da mente feminina, já que qualquer coisa serve?

http://humon.deviantart.com/art/Them-Ladies-341377824?q=gallery%3Ahumon%2F9478118&qo=5

Anônimo disse...

Po,eu li 50 tons de cinza,anonimo,mas posso afirmar pra voce que quando eu idealizo um cara,ele nao é bilionário,lindo e sadico! ahahahahahaha


Eu disse que me decepcionei com caras que sao exatamente aquilo que voces,mascus,descrevem como "fracassados": pouquíssimos relacionamentos(e todos universitários),muito tímidos e nem um pouco atraentes pras mulheres!

Quando eu citei caras com comportamento "ALFA",tinha em mente justamente aquilo que VOCES,mascus,dizem ser um cara "alfa": confiante,fodao,cafa,faz sucesso com a mulherada...

Essa é a,segundo voces,a receita das decepcoes femininas dos relacionamentos! Se acontece da garota se envolver com o cafa,desprezar o bonzinho e se ferrar?
Com certeza!
Mas nao é regra e eu to tentando provar com a minha história,já que me dediquei,fui fiel e fiz de tudo por um "tímido rejeitado" da vida,suposto bonzinho cuti-cuti que eu JAMAIS imaginaria ser um sacana!

E o que aconteceu?
Fui traída de todas as formas que voce pode imaginar,tratada com descaso e desrespeito por ele!

Doeu? Pra caramba!
Mas a vida segue e eu nao criei nenhum forum destinado a odiar homens,generalizando todos pelas atitudes que ele teve comigo...nem sai comentando na internet o desempenho sexual do (nome da criatura)!

O mundo é injusto mesmo e as pessoas tem atitudes nada legais...foi com voce? Ok,aprenda com isso,seja mais cauteloso,se relacione com pessoas diferentes,FACA A SUA PARTE e...torca pra dar certo! Isso ninguem consegue garantir ;)

Agora,odiar/generalizar/atacar e viver se mordendo de raiva pelo que te aconteceu...é coisa de gente mimadinha e com alguns parafusos a menos!

Anônimo disse...

Na boa é muito simples lidar com um mascu. Se ele começar a fazer coisas machistas com vocês, dê o fora agora. O que importa são os atos, a cabeça dele pode estar cheia de merda, mas ele sabe que no mundo de hoje tem que agir como uma mulher gostaria que os homens agissem, ou não come ninguém (somente à força). Esses caras tem o perfil de quem vai ser corno e comandado pela esposa, e que toda noite vai de madrugada na net falar mal das mulheres em geral, mas que de dia pisa em ovos pra poder conseguir afeto e carinho.

Caroles disse...

Gente, o Raziel ainda é mascu. Alô. É óbvio, desculpa. A "intenção" é muito linda, mas pra mim mascu é que nem estuprador, NÃO tem regeneração. Alguém que carrega tanto ódio dentro de si... Esse ódio não some, sabe? Eu digo: cuidado com ele.

Alec disse...

Os mascus estão de luto, já que Olavo parou com o True Outspeak...

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Sara,

Serei concisa:

- Aponte os posts onde eu induzi atividade criminosa em relação às mulheres que traem. Bem como onde esses crimes são tipificados no código penal.

- Aponte onde eu disse que isso se aplica somente a mulheres e somente a relacionamentos.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Caroles,

Fala que eu tenho ódio e me condena por isso.
Fala que rapazes frustrados não tem regeneração.


Numa boa, não vou discutir com desequilibrados. Procure algum CAPS na sua cidade e vá se tratar.

Caroles disse...

Raziel,

alguém que só se refere a mulheres como "vadias" e "vagabundas", que tem um discurso de ódio constante contra todo um gênero, que prega a violência contra esse gênero... Não, não tem regeneração. Não tem regeneração porque é um ódio que vai além. Um sentimento assim não some. Como tu, alguns deles podem muito bem dizer que não têm mais esses pensamentos, que perceberam seus erros... Mas, como tu tá demonstrando, SEMPRE fica, no fundo, o ódio. E o que fica no fundo uma hora vem à tona. Só isso.
Acho que a desequilibrada não sou eu, hein.

Caroles disse...

Ah, e Raziel, condeno SIM teu ódio. E o ódio dos mascus. Não se deve ter ódio por ninguém, ódio mata. Eu, por exemplo, não tenho ódio dos mascus, nem de ti. Tenho só pena e medo... Muito medo. Porque um cara desses não tem problema nenhum com praticar atos de violência contra uma mulher. O que é isso? Ódio. Só.

Anônimo disse...

É claro que essa Raziel é mascu disfarçado, tá na cara... tem nem graça.

Anônimo disse...

Caroles disse...
Ah, e Raziel, condeno SIM teu ódio. E o ódio dos mascus. Não se deve ter ódio por ninguém, ódio mata. Eu, por exemplo, não tenho ódio dos mascus...

Aham sei... feminista tem um odio mortal por qualquer homem que discorde dos dogmas feministas e os nomina ( misogino,mascu,machista)...

Brenda B.C disse...

A minha maior raiva desses machistinhas de merda não é nem as merdas que eles falam, porque a maioria é cão que ladra e não morde. No fundo são todos carentes e mimados, com saudade do colo da mamãezinha, que adoram chorar mimimis porque levaram um fora! É muita infantilidade! Esse pessoal é todo retardado mental!

A maior raiva é a covardia e o anonimato desses caras. Porque todos eles, no fundo, sabem que o que pensam e dizem é uma merda gigante, é algo irracional e ilógico, um discurso patético, digno de perdedores! Então eles só falam essas idiotices em blogs e fóruns praticamente escondidos, quero ver eles confessarem isso a público. Aposto que esse carinha do relato não demonstra claramente as suas idéias, só mostra que é um mal humorado mesmo, porque se falasse para os seus próximos o que pensa, nem teria amigos!

Esses masculinistas são a escória da sociedade. Viveríamos bem melhor sem eles. Quero ver qual deles admite realmente o que pensa! São um bando de covardes e fracassados!

Anônimo disse...

Ou a minha capacidade de leitura é muito ruim ou o que leio são posts cheios de ódio. Se vocês são feministas e seus posts refletem o pensam logo o que o movimento pensa ai tenho que dizer que o feminismo é um movimento de ódio.

lola aronovich disse...

Sua capacidade de leitura é muito ruim, mascutroll anônimo.

Anônimo disse...

perfeitamente anon 1608.

ódio da opressão. ódio da violência moral. ódio da violência simbólica. ódio da violência física. ódio da violência sexual. ódio da violência verbal. ódio do discurso que justifica todas essas violências.

odiamos tanto tudo isso que queremos acabar com todas essas formas de violência.

Anônimo disse...

O Olavo parou com o True Outspeak? Graças a Ganesha! Ao menos uma boa notícia ultimamente.

Anônimo disse...

Acordem gente! Esse Raziel é um dos mascus anônimos. Não é possível confirmar quem são os mascutrolls que comentam anonimamente (pode ser qualquer mascu, é muito difícil distinguir um do outro). Mas a verdade sempre aparece.

Sara disse...

Raziel
Vc ja fez diversos comentários nesse sentido, e esta sempre cobrando que todos aqui são lenientes e indulgentes com quem trai, o que vc quer ? Que nós mulheres a exemplo dos homens saiamos por ai matando quem nos trai? sabia que são em média 12 (DOZE) mulheres que morrem nas mãos dos seus ex-companheiros Raziel? E a grande maioria desses assassinos usam sempre essa MALDITA desculpa de que suas companheiras o trairam, quando muitas vezes isso se quer é verdade, mas como é uma desculpa amplamente aceita pela sociedade, é usada sem a menor parcimonia.
Não vou procurar todos os comentários q vc fez nesse sentido, vou deixar apenas esse por que é bem emblemático do que vc pensa de verdade.



Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...
Ana

Para mim, QUALQUER tipo de traição é imperdoável(inclusive fora do mundo dos relacionamentos) e quem trai deveria ser posto numa jaula como no zoológico e com grades bem fechadas para não correr risco da criatura arremessar fezes nos seres civilizados.
O fato é: Ele ao invés de dar um fora na garota de uma vez, ficou de joguinho-inho e até no final fez por vontade própria.
Ambos são sem caráter.
E se quer saber, a mulher foi mais sem caráter que ele, além de estuprar, também cometeu traição.

De fato, sobre o estupro ocorrido, se houvesse como, eu até iria querer que ela fosse processada por atentado violento ao pudor(aka estupro não-vaginal) e sofresse as sanções previstas em lei, mas apenas por uma questão de justiça.

Quem trai(em qualquer sentido), é menos que humano.

Me desculpe Raziel mas vc precisa melhorar muito ainda como ser humano, esse tempo q vc passou e ainda passa no meio desses mascus corronperam sua mente, mas vc n enxerga isso.

Anônimo disse...

Esses masculinistas são a escória da sociedade. Viveríamos bem melhor sem eles. Quero ver qual deles admite realmente o que pensa! São um bando de covardes e fracassados!

Se comentario poder ser ubstituido por gays, negros, etc. E ai é diferente dos mascus?

lee disse...

Eu vi esse relato tb...de vez em quando faço a ronda nos forúns mascus.
No começo sentia pena,agora sinto que isso tem que ser combatido. Nessa última eleição houve dis candidatos a vereador que eram mascús...

Anônimo disse...

"Vc em seu julgamento desumano de uma pessoa que trai, se esqueçe de ha mil motivos para q uma traição ocorra, não posso citar todos , pq nem teria cabimento aqui, mas vamos la falar de alguns."

E trair alguem não é desumano?

Bruno disse...

Já conheci muito desses tipinhos aí. Geralmente são caipirões chucros de mentalidade medíocre. No interiorzão de SP e do Paraná tem muitos desses. Caras brutos, ignorantes, metidos a machões, que não sabem dialogar e são bem preconceituosos.

Na minha adolescência no interior de SP, eu conheci vários grupinho desses caipiras ignorantes. Um deles odiava todo mundo que era "diferente", ou seja, odiava negros, asiáticos, nordestinos, pobres etc. Engraçado que o cara era o maior perdedor que não era bom em nada. Como era um perdedor, o caipira queria descontar as frustrações dos outros. Outro caso foi de outro caipira chucro e papudo que sempre queria dar uma de bonzão. Esses tipos de caras que não tem merda no cu para cagar mas que quer compensar tudo no papo e na lorota. Mais tarde nós descobrimos que a mãe dele era ex-garota de programa que dava golpe nos velhos. Por isso que eu digo que geralmente esses caras tem algum trauma familiar. O outro caipirão preconceituoso que eu falei logo acima, tinha sofrido bullying na escola.

Acho que depende do lugar que você for vc irá encontrar pessoas mais cabeças abertas e mais pessoas chucras ignorante. Já morei no interior de SP e no interior do PR e posso dizer que nesses lugares é infestado desses tipos de caras. Ser bruto, chucro, machista, ignorante, é a regra.

Esses dias eu até topei com um blog de machistas, confiram: http://machismoesclarecido.blogspot.com.br/

Mas não podemos nós esquecer que tem muita mulher cabeça fechada e preconceituosa por aí também.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

E falando sério? Última vez que eu falei com o SPQR, ele estava noivo e me disse que só postava essas coisas de brincadeira mesmo, pois ele era debowa.

Esqueci de dizer: Boa parte dos mascus são pessoas semi-normais que ficam pregando misoginia non-sense só para vê-los cair. É como bater palma para louco dançar.


Esses mascus mais tr00 são tudo fake. Inclusive um tal de Magister que lá para 2007/2008 era "O Escolhido" mas curtia usar roupa de mulher. E ainda diziam que ele um dia ainda iria "dar palestra" uahwuahw.

Bruno disse...

Um exemplo: aqui no interior do Paraná é muito comum, pelo que eu estou percebendo, um grupo de caipiras machões se juntar e ir bater em outro cara. É tipo 10 caras contra 1 só. Muito comum isso. A caipirada ignorante quer resolver tudo na base da porrada por essas bandas. Xingar e socar a porrada é comum por aqui. Conversar como gente civilizada é algom difícil. Se você não pensa como eles, eles já meio que tentam achar um motivo que reunir outros capiras para vir dar porrada.

Julia disse...

"Se vocês são feministas e seus posts refletem o pensam logo o que o movimento pensa ai tenho que dizer que o feminismo é um movimento de ódio."
"Se comentario poder ser ubstituido por gays, negros, etc. E ai é diferente dos mascus?"

Mascus querem que nós retribuamos ÓDIO com o que? Carinho, amor, um buquê de cravos?
Mascu reclamando de discriminação e se comparando a gays e negros é demais pra minha cabeça.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Sara,

Você não disse absolutamente nada. Não apontou absolutamente nada do que eu pedi, e ainda desconversou puxando para o assunto de ex-companheiros matarem namorada que trai, quando mesmo no caso da tal Karina Veiga(é essa o nome?) eu disse que pagar uma traição com outra e tão - ou mais - repulsivo quanto a própria traição.


Enfim, acho que todo ser humano tem muito que melhorar, pois viver é evoluir sempre. Tu, por exemplo, precisa melhorar tua atenção e julgamento que são bastante prejudicados. Por palavras na boca alheia não é bonito.

Anônimo disse...

amei os comentários da luana, eu não poderia me expressar melhor. luana, quem é você na night? cola lá no nosso grupo, machismo chato

cética, GARGALHEI com a expressão "ameba com pinto". é EXATAMENTE ISSO que os mascus são.

só mesmo um (ex?) mascu como a raziel pra querer que a gente tenha empatia por quem nos odeia né. eu tenho empatia por homens em geral, mas por ameba com pinto, não tenho não.

de qualquer forma, o vinicius mendes (pode colar lá no grupo tambem) fez uma releitura bem mais razoável e menos vitimista, que faz sim sentido.

há machistas convictos de que mulher é inferior, imagino que seja um tipo comum no interior, pq está associado basicamente à pobreza e ignorância extrema. o cara nunca teve exemplo de mulher independente e acha que todas são a dona chiquinha da padaria, que sonha em casar com homem rico.

há os que tem esse machismo latente adormecido, que é disparado com alguma traição/rejeição (oq é uma puta imaturidade do caralho, já que praticamente TODAS AS MULHERES também sofrem rejeiçao e tomam chifre e nem por isso odiamos homens. casos como a da moça que picou o marido japones são raríssimos, enquanto TODOS OS DIAS mulheres morrem e são atacadas por machinhos furiosos. nós só repudiamos os homens que nos agridem)

e há oq a luana lindamente definiu como mimadinhos (o famoso entitlement). hoje, por causa de mais um ataque terrorista de mascuzinho branco de classe media, vale a pena relembrar esse artigo que explica bem o problema dessa garotada: http://www.rolereboot.org/culture-and-politics/details/2012-07-why-most-mass-murderers-are-privileged-white-men

mas gente, não é pra ficar com medo deles não. tem que rejeitar, se afastar, alertar as outras mulheres, mas nao temer. muito menos botar no colo e passar a mao na cabeça, esses caras tem que ser isolados socialmente.

nao caiam na pilha de chororô mascu nao, eles não vao formar exercito nenhum pq esses bostas nao tem nenhum sentimento de uniao alem do odio e chilique.

foquemos nossa energia em ajudar outras mulheres que foram vitimas do machismo, nao em ficar tentando resgatar essas almas perdidas. tao tristinhos? vao pro psicologo. cansei de discutir com mascu, dou block preventivo. a sawl está certíssima na analise dela

Luana disse...

oi anon das 20:44 nunca tinha comentado aqui mas sou leitora há bastante tempo. esse blog me fez muito bem, quem sabe um dia eu conto pra vocês... quero saber que grupo é esse, fiquei interessada...
beijo!

Roberta disse...

Raziel von Sophia, obrigada pela dica.

De agora em diante vou escrever "mulheres e homens cis e trans"!

Soa até melhor!

ViniciusMendes disse...

Bom... apesar de não concordar totalmente com a Raziel, eu acho que a maior parte dos comentários dela faz sentido... E também tenho muitas ressalvas a quem quer combater o ódio com mais ódio.

Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raziel von Sophia Imbuzeiro disse...

Alias, de taanto que eu combato ódio com ódio, mas taaanto que encho de ódio....

Que uma vez em minhas missões solo de salvar proto-mascus, um guri ficou me xingando de puta para baixo. E eu apenas disse para ele: "Tudo bem, lindo, se me xingar te faz melhor, não tem problema. Só desejo de todo coração que um dia tu consigas uma namoradinha bem legal que possa te encher de carinho mas tanto carinho que não caiba mais ódio nesse coraçãozinho. Eu sei como o que tu sentes é ruim, já passei por isso e não desejo para ninguém. Me perdoe não poder fazer mais por ti, mas se quiser, posso te ouvir. =)"


O guri começou a chorar.



É ódio demais de minha parte, gente, meus olhos chega emanam um brilho sobrenatural enquanto minha voz fica gutural e com eco nesses momentos. Há quem diga que até mesmo surge um cheiro de enxofre fundido no ar nesses momentos de ódio odioso em que estou ajudando mascus a saírem nessa vida. Só que não.

Sphynx disse...

Quando eu acho que nada mais vai me impressionar, me deparo com gente (vou olhar de novo pra conferir se foi isso mesmo que eu vi) recomendando... ler 50 Tons de Cinza? A versão apimentada de Crepúsculo?

Eu não mandaria nem o meu pior inimigo ler essa porcaria. Quanto mais com uma promessa de o livreco mostrar como o mundo funciona.

Anônimo disse...

'O beta não tem instintos diferentes dos do alfa, como sugerem os textos que circulam na internet, ele apenas está numa posição hierárquica factual inferior.'

O seu desespero pra discordar acaba até criando um monte de mentiras e atacando elas.Ninguém disse que os betas não tem os mesmos instintos do alfa. Aliais TUDO que o beta mais quer na vida é ser um alfa, só que querer não é poder.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 244   Recentes› Mais recentes»