sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

GUEST POST: O ÔNUS É DAS MULHERES, O BÔNUS, DOS HOMENS

A Tássia me enviou este texto. 

Uma discussão sobre aborto me fez pensar no quanto nosso prazer ainda é visto como algo ruim e em como a misoginia é internalizada na gente. Escrevi algumas linhas sobre isso e pensei que talvez pudesse virar um guest post. Já aviso que este é um texto escrito sob a perspectiva de relacionamentos héteros.
Poucas coisas incomodam mais a sociedade do que a mulher que transa. Se gozar, então, pior ainda. Apesar de sermos sexualizadas desde cedo, não é visto com bons olhos que essa sexualidade seja usada a nosso favor. Devemos emular um comportamento sexy-pornô para satisfação masculina, mas não tomar as rédeas do nosso prazer.
E é muito fácil perceber isso quando numa discussão sobre aborto ou mesmo sobre formas dignas de parto e necessidade de combater a violência obstétrica. Aí a gente lê e ouve argumentos do tipo “na hora de fazer gostou, então aguenta”; “quem mandou abrir as pernas?”. Dói no fundo da alma quando eu vejo alguém -- principalmente uma mulher -- falar isso porque não passa de misoginia internalizada. É moralismo puro. É dizer que a nós cabe punição por transar. Se for fora do sagrado matrimônio é ainda pior. Engravidou do peguete aleatório? “Bem feito”. 
Ninguém lista para os homens os métodos contraceptivos ou lhes diz que “na hora de comer foi bom, agora aguenta”. A eles é cobrado apenas o pagamento da pensão quando se vai para a justiça -- o que não acontece em todos os casos, principalmente quando a mulher é pobre e sem acesso a advogado particular. Se pegar a criança a cada quinze dias e postar foto em rede social é considerado herói.
Percebem o duplo padrão de julgamento social? Os homens podem transar livremente, com quantas quiserem e inclusive abrir mão da camisinha sob argumento de que incomoda o prazer deles. As mulheres devem transar com o mínimo de caras possíveis e a elas cabe “se cuidar” pra não engravidar, o que geralmente significa entupir o corpo de hormônios e lidar com as consequências disso na saúde e na libido. E ainda correr o risco de pegar uma doença.
Num mundo igualitário a contracepção e criação dos filhos seria algo compartilhado de fato. O prazer feminino e masculino estaria no mesmo patamar de importância. No mundo que temos hoje resta a nós mulheres, enquanto classe, o ônus da contracepção, da gravidez compulsória, da maternidade solo. O fardo é pesado e somos nós por nós. Isso não é sobre mim ou sobre você. Não é sobre os companheiros maravilhosos que algumas temos. Precisamos pensar no macro. Não julguemos a coleguinha. Cada uma sabe o abacaxi que descasca todo dia por ser mulher num mundo de homens.

184 comentários:

Anônimo disse...

Infelizmente, você está coberta de razão. É um duplo padrão ridículo mesmo.

Sempre achei bizarro mesmo. Peço perdão pela crueza (a propósito, sou homem), mas, para mim, tratando-se de sexo, sempre foi mais legal focar no prazer mútuo. No geral, me trouxe relacionamentos bem saudáveis e, quando era só curtição, uns momentos bem tórridos.

Não é física quântica, né?

Marcelo disse...

Tb acho! E qd nos sentimos seguros na relação, no que diz respeito a prevenção de DSTs e gravidez não desejada, fica muito mais legal! E como a camisinha masculina é uma prerrogativa dos homens imagino sempre que a responsabilidade é muito nossa, dos homens.

Anônimo disse...

Pena isso não ser a regra, Marcelo. Me dá uma vergonha alheia desse nosso gênero às vezes. Minha alegria outro dia foi meu primo (12 anos) dando uma bronca no amiguinho que falou que a mãe dele não podia namorar por ser mulher: "Você machista, cara!!" Hahaha, chorei de rir... :-P

Rafael Cherem disse...

O ônus da maternidade é todo da mulher, a nós cabe o ônus da paternidade, e muitas vezes nem isso cumprimos, a mulher quando engravida corre o risco de MORRER,se quiser abortar corre o risco de SER PRESA, se a criança nascer 90 % do trabalho é delas, seja a mãe propriamente dita como das mulheres que a cercam como as avós e babás (para quem pode pagar), por isso a escolha do parceiro deve ser milimétrica, porque R$ 297, 60 não sustentam nem um cachorro direito, o texto está certo em cada vírgula.

Anônimo disse...

"O ÔNUS É DAS MULHERES, O BÔNUS, DOS HOMENS"

Pois é, o ônus de parir 2 quilos de ser humano pela vagina é todo nosso

E apesar disso tudo, o ônus de sermos consideradas o "sexo frágil" é nosso tb, enquanto as bolas sensíveis masculixas q não aguentam um tapa sequer são sinônimos de "força e coragem"

O ônus de sermos excluídas das genealogias "clássicas" tb é nosso, como se não fosse nós, as mulheres (as melhores), o fator principal da vida ou como se os omens parissem uns aos outros pelo buraco íngreme do pinto ou como simplesmente não existíssemos, nem quando damos a vida merecemos ser lembradas. Corremos o risco até de sermos substituídas por quem não tem um vínculo biológico sequer, os fortes entenderão

o ônus de fato é todo nosso

e os lixomens no geral são mimados e mal-acostumados demais

A mãe dos gato tudo disse...

Eu estava falando sobre isso com a minha mãe hoje, que coincidência.
Interessantíssimo que planejamento familiar é responsabilidade feminina, a punição por aborto só recai sobre a mulher, mil coisas a se melhorar.
Há toda uma estrutura cultural/social para manter o homem o mais longe possível desse tipo de decisão, de reflexão.

Anônimo disse...

Pois vou te contar uma, dona do guest:

Vc sabia que estavam planejando criar uma pilula anticoncepcional para homens?

Ai vc pergunta: pq nao criaram?

PQ A TUA TURMINHA NÃO DEIXOU.
ISSO. AS FEMINAZIS!!!

Anônimo disse...

não, seu inútil, muito pelo contrário

nós é rimos de vcs durante essa "guerra inglória" dos omens x anticonpecionais, pois precisaram parar pq os bunitos não aguentavam umas piluinhas, kkkkkkkkk

CALA A BOCA MASCU!!!!!!!!

Anônimo disse...

PERFEITO Femisândrica, PALMAS, APLAUSOS, falou TUDO!!!!!!!

tá faltando quais verdades ainda? (sem irônia)

Anônimo disse...

Só depois que eu conheci o FEMINISMO é que acordei pra essa realidade de vida que nos é imposta.Hoje em dia,nada,absolutamente nada do que a sociedade espera de uma mulher eu quero ser.Estou fora desse combo casamento+filhos.E mulher pode ser a demônia de inteligente,com pós doutoradoro,se conhece omi e apaixona,acabou,o QI vai pro saco.

Anônimo disse...

Sério que ainda tem esse anon falando de cromossomo x e y?
Sério que ainda tem outra pessoa comentando "e ainda tem mulher que se relaciona com homem"?
Que poço de babacas

Anônimo disse...

14:58 vc sabe xingar, mas não sabe contra-argumentar, chora mais

Zrs disse...

~~~Estou fora desse combo casamento+filhos.E mulher pode ser a demônia de inteligente,com pós doutoradoro,se conhece omi e apaixona,acabou,o QI vai pro saco.~~

Pois é anônima, vai entender, aliás, não dá para entender. Mulheres esclarecidas que mesmo sabendo de tudo isso ainda apostam e planejam o tal combo, depois ficam a reclamar ou ficam arduamente lutando (não raras vezes com muita revolta e choro escondido). Poxa, pra que trazer mais gente para essa sociedade do jeito que está. Olha, nunca vou entender.

Anônimo disse...

Você vai aceitar deixar um homem cuidar da sua filha?

Anônimo disse...

Genial...

É como eu disse anteriormente - órgãos sexuais femininos são terra de ninguém e de todo mundo ao mesmo tempo. Todo mundo sabe o que fazer com a SUA vagina/útero/ovários - menos você. Ou você é propriedade do macho mais próximo e precisa pedir permissão para ele para usar seus próprios genitais (ou deixa-lo te usar como melhor o servir) ou você é uma otária pobre inocente vítima do sistema que deve se deixar bovinamente guiar por seres "superiores! - no fim é o mesmo - cala a boca que EU decido o que faz com SEUS genitais...

Cara... isso me dá náusea...

Jane Doe

Anônimo disse...

"Você vai aceitar deixar um homem cuidar da sua filha?"

nem a pau

Anônimo disse...

Essa questão do ônus e bônus para mim fica bem clara quando o assunto é maternidade. É chocante que até entre mulheres casadas, o ônus e a responsabilidade de criação fica em cima da mulher. Não tem nenhuma desculpa para que as responsabilidades não possam ser divididas.

Anônimo disse...

Caramba, como esses mascus são burros.

Quem não deixou a pílula anticoncepcional masculina ir pra frente foram os próprios homens, pois os efeitos eram semelhantes aos femininos.

Qualquer pesquisa no Google diz isso. O comentário foi só pretexto pra chamar "feminazis" é?

Anônimo disse...

Só dá troll aqui, é troll mascu e troll radfem, por isso ninguém mais liga para esse blog que está perdendo a credibilidade.

Alan Silva disse...

Eu sempre aprendi que o prazer da mulher vem primeiro, "sempre faça a mulher ter no mínimo 5 orgasmos seguidos" era isso que sempre a minha avó falava, sempre sejá verdadeiro com uma mulher nunca minta e sempre trate bem as mulheres e as proteja mesmo que isso lhe custe a vida.
Eu sempre segui isso a risca e adivinhem, eu sempre tive ótimas relações com TODA as mulheres que eu conheci deste namoradas amigas e a minha chefinha linda que eu amo tanto.
A propósito a minha avó era SNIPER SOVIÉTICA na Segunda Guerra Mundial ela abateu 104 nazistas e sempre foi uma MULHER incrível e FORTE nunca a vítima, e ela me ensinou a ser HOMEM DE VERDADE FORTE E PROTETOR e sempre lutar por tudo, e nunca se fazer de vítima como os feministos se fazem sempre se escondendo atrás das feministas.

Anônimo disse...

Sim, aceito. Tenho 2 empregos e pago meu irmão para cuidar da minha bebê. Tá tudo bem, muito melhor do que quando ela tava na creche.

donadio disse...

Anomalia y, faça um blog pra você. E publique lá todas as suas ideias e fantasias. E pare de sabotar este espaço aqui.

titia disse...

E depois quando a gente manda pastar, se recusa a casar pra ser mãe de marmanjo, não tem filhos porque falta condições de criar... que abram-se as portas da creche e comece o mimimi! Os bebêzões barbados choram e fazem birra, como se tivéssemos qualquer obrigação de casar, parir, cuidar dos filhos e ainda agir como mãe do macho fresco que bota o rabo pro alto, não faz sua parte na casa, não cuida dos filhos e ainda acha que merece aplausos e reverências só por estar ali.

Parece que esses caras não aprenderam que crescer dá trabalho e dói, mas eles tem que passar por isso sim. E eu vou recolher cada lágrima desse processo pra fazer chá.

Não, 13:51 , na verdade foram os próprios homens que se recusaram a tomar a pílula masculina porque ela tinha o mesmo tipo de efeito colateral da pílula feminina - e como obviamente mulheres podem se ferrar inteiras tomando pílula, mas os sagrados organismos dos machos não pode ser maculado por uma quedinha de libido ou uma varizezinha que seja, vocês espernearam, berraram e se recusaram a tomar a pílula.

15:30 olha deixa a titia te ensinar algo que você não aprendeu: não é porque uma mulher te dá um "bom dia" que ela está a fim de você. Te dar "boa tarde" não significa que ela está muito a fim de você. Não, ela não está apaixonada por você só porque te deu um "boa noite, vizinho". E não, não é porque ela comentou um "Dia quente, né?" ou um "O preço da carne tá alto" com você que ela está louca pra casar com você e vai ficar super arrasada quando você mandar um "Sai pra lá gorda nojenta". Ela não vai ficar com a auto estima destruído e chorando. Ela vai te chamar de babaca e seguir em frente com o cara que ela gosta de verdade.

Isso, é claro, se ela ao menos sabe da sua existência, o que eu sinceramente duvido. Mascu é mais irrelevante que uma barata.

Anônimo disse...

esquerdomachos e feministos são os mais insidiosos e perniciosos sabotadores do feminismo e dos direitos das mulheres, porque eles conseguem passar para muitas ativistas/militantes a ilusão de que estão lutando ao lado delas, que os interesses deles são os interesses delas e fazem elas abrirem a guarda com relação a eles, facilitando e muito a manipulação que eles fazem, que pode levá-las até a aceitarem todo tipo de abuso dos "companheiros" e fazerem os mais variados trabalhos de base para eles levarem os créditos e serem considerados "ótimos" ativistas/militantes, "grandes homens", "sensíveis", "revolucionários", "líderes", etc. etc. etc.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

"Titia e Femisândrica sempre humilhando os mascus, amo vocês S2" (2)

A Solanas tb

Rainhas
mascus nadinhas

Luiz disse...

Quem defende aborto em todos as situações também defende pena de morte? Caso você defenda aborto e seja contra pena de morte, justifique sua resposta.

Anônimo disse...

eu particularmente sou a favor do aborto descriminalizado até a 12ª semana de gestação e da pena de morte

isto é, sou a favor das duas coisas

Anônimo disse...

Tomou? :-)

Anônimo disse...

" "Titia e Femisândrica sempre humilhando os mascus, amo vocês S2" (2)

A Solanas tb

Rainhas
mascus nadinhas"

Sim, sim. Ela também S2

Luiz disse...

"eu particularmente sou a favor do aborto descriminalizado até a 12ª semana de gestação e da pena de morte

isto é, sou a favor das duas coisas"

Respeito sua coerência, apesar de discordar. Isso não é uma ironia!

"Luiz, ninguém tá aqui pra responder suas dúvidas idiotas, se mata.". Você é uma pessoa com grande capacidade argumentativa. Intelectualmente se destaca sofisticação de seus argumentos. Isso é uma ironia!

Anônimo disse...

Foda-se você e sua ironia de merda.

Anônimo disse...

Esse link explica porque o cromossomo y ficou tão diferente dos demais cromossomos:
http://www.hhmi.org/biointeractive/evolution-y-chromosome

Lembrando que temos outros 22 pares de cromossomos além do famoso par XX Xy, sendo esses 22 pares idênticos entre homens e mulheres. O que deveria ser óbvio, já que homens e mulheres são a mesma espécie.

Dito isso, é sempre bom ressaltar que, entre seres humanos, há muito tempo a cultura exerce influência tão grande ou até maior que a genética. E o tamanho do cromossomo, ou mesmo número de cromossomos não quer dizer muita coisa.

Como disse, humanos tem 23 pares de cromossomos. A espécie com maior número de cromossomos é uma plantinha. O animal com maior número de cromossomos é uma espécie de borboleta, com 380 cromossomas (140 pares). Uma família de espécies de caranguejo, bernardo-eremita, apresenta espécies com 254 cromossomos. Dois terços das aves têm entre 74 e 82 cromossomos, sendo que uma espécie tem 138. O mamífero com maior número de cromossomos é uma espécie de roedor, Tympanoctomys barrerae apresenta 102 cromossomos.

Anônimo disse...

Bom, essa informação foi só a título de curiosidade. A questão é que esse tipo de trollagem sobre cromossomos e sensibilidade escrotal não ajuda muito (mais provavelmente atrapalha) o trabalho da Lola.

Anônimo disse...

23:12 vc quer dizer o q com isso? q o y é tão ruim q só quem é omen q tem?

Anônimo disse...

20:44

Se mulher nega que tava a fim depois de assediar... imagina "simples" indiretas? Cada vez que me rebatem, eu fico com mais vontade de dar nos dedos das rejeitadas, essas "licho" estupraram por muito tempo minha auto-estima, agora é a hora de me vingar!

Ass: 15:30

Anônimo disse...

Se o cara tá transando sem camisinha e não é uma situação de estupro, então tem mulher deixando isso rolar.

Não adianta se fazer de feminista empoderada se na hora da cama você finge orgasmo e aceita que gozem dentro de si porque "chupar bala com papel é ruim" (tá cheeeeeeeeeeeeio de mulher dizendo isso) ou simplesmente tá querendo segurar macho. Feminismo não pode terminar quando a carência começa. Porque depois que engravidar minha nêga, é pra tu mesmo que sobra.

Anônimo disse...

Mulher tem que largar a mão de ser trouxa,elas desde pequenas,convivendo com omi,irmão, pai etc... já sabem a merda que é, eles não mudam.Minha amiga era louca pra ser mãe, falou com o namorado de anos se ele toparia. Ele foi sincero com ela,jogou limpo,disse que seria um péssimo pai.O que a louça fez?deu um jeitinho e meteu um filho na barriga, agora está sofrendo as consequências, ele não curtir a criança e agora as duas é que sofrem.Eu tenho sonoridade pra caramba com as mulheres mas vamos ser sinceras,golpe da barriga é de uma baixeza e egoísmo sem tamanho.Adota então!

donadio disse...

"falei alguma mentira donadio?"

Quase tudo que você escreve é inverdade. Mas esse é o menor dos problemas; o que você escreve é mais prejudicial do que falso: você escreve para prejudicar, para destruir, para sabotar o trabalho alheio. Escreve para tentar destruir este blog, e escreve para tentar destruir o movimento feministas. Todo seu esforço é no sentido de criar uma caricatura ridícula do feminismo, para desmoralizar o movimento e impedir que cresça. E se alguém levar a sério os seus despautérios, é pior ainda, por que tudo que você escreve vai na direção de desorientar as pessoas, criando fantasias ridículas - anomalia y, partenogênese, a deusa lua, etc - que desarmam completamente que acreditar nelas. A mulher é discriminada no mercado de trabalho, ganha menos do que os colegas homens que fazem a mesma coisa? Tem problema não, elas são maioria nas faculdades, tudo vai se resolver pelo esforço individual das estudantes. A mulher é vítima de violência em casa? Tem problema não, tem uma tubaroa aí que se reproduziu sem macho, logo os homens vão acabar. Você é muito machista, e defende com unhas e dentes o machismo, cara.

"vc é igual a todos os outros, sabe falar q é troll, só não sabe contra-argumentar"

Mas contra-argumentar o quê, rapaz? Você não tem argumento nenhum, e não está aberto ao diálogo. Você escreveu que a lua é mulher, e todo um monte de bobagens new wave relacionadas. Desmontei esse besteirol com uma única frase: em muitas línguas "lua" é um substantivo masculino. E o que você faz? Me chama de burro. Quem é que não sabe contra-argumentar, troll? Você "argumenta", e se acha inteligentíssimo, com essa besteira da tubaroa. É tão ignorante que provavelmente pensa que tubarões têm um sistema XY de determinação do sexo. Mas a maioria dos peixes tem sistemas diferentes, X0 ou WZ. E no sistema WZ, troll, a reprodução por partenogênese vai produzir tanto machos quanto fêmeas (e é provavelmente por isso que essas espécies podem, em situações emergenciais, reverter à partenogênese).

"mas eu entendo, é difícil pelejar contra fatos"

O seu discurso, moço, é totalmente isento de fatos. Consiste exclusivamente em fantasias, que parecem ter sido propositalmente escolhidas para comporem um todo ridículo e absurdo, e em xingamentos repetitivos.

Vá procurar sua turma, guri.

titia disse...

Bom, Luiz, chame-me de incoerente se quiser, mas eu sou a favor da descriminalização do aborto e contra a pena de morte. O motivo? Bom, o aborto apenas impede que um punhadinho de células que não pensa, não sente, não tem qualquer consciência se torne um ser humano - e que tenha uma vida horrível com um final violento e triste, que é em geral o que acontece com filhos indesejados. Sou contra a pena de morte por dois motivos simples: primeiro, todo sistema judiciário comete erros. Se um inocente for preso, é só liberta-lo quando se descobre o erro. Se ele foi executado, o Estado não vai poder ressuscita-lo, ou vai? Segundo: a morte é a saída fácil. Criminosos frios e cruéis tem mais é que passar o resto da vida preso pagando pelos crimes que cometeu dentro de uma cela.

15:30 eu já disse, "bom dia" não é sinônimo "Tô a fim de você e quero arrancar minhas roupas pra te dar agora, gostosão!". Bom dia é somente bom dia. As suas vizinhas que você acha umas barangas (mas aparentemente quer pegar, porque não para de falar nelas) não estão a fim de você. Elas apenas são educadas, até mais do que você merece.

Rodolfurher, fetiches incestuosos mãe e filho também são fantasia masculina, sabe, caras que não resolveram o complexo de Édipo direito porque não queriam crescer e aí deu merda na cabeça.

Golpe da barriga de novo? Mas essa mascuzada não cansa de inventar as mesmas histórias o tempo todo pra justificar a idiotice do mano que não quis usar camisinha?

titia disse...

Rodolfurher mulheres tem sim fantasias obscenas, mas a indústria pornográfica é voltada para os homens e o que eles querem. E quem mais tem fantasias que envolvem violência, coerção, assédio ou estupro (de vulnerável, inclusive) são os homens. Mulheres tem fantasias obscenas, com certeza, mas a maioria dos que gostam de fetiches violentos, incestuosos e pedófilos são homens. É apenas a verdade, Rodolfurher, e negá-la não vai fazer com que todos os homens virem santos puros e angelicais.

Miriam Andrade disse...

Donadio, notou que voce está, a muito tempo neste blog, tentando invalidar a opinião e relatos de várias mulheres (inclusive a minha)?

Já foi dito inúmeras vezes que o que mulheres dizem dentro dos espaços feministas deve ser tomado como uma forma de catarse frente as violências de gênero sofridas por todas. Por isto mesmo, que aqui nesta caixa de comentários pode ser advogada livremente a ideia de que há uma anomalia y enquanto uma equivalente masculinista é censurada imediatamente. Isto é benéfico para o movimento, pois estas mulheres que seriam silenciadas em qualquer outro espaço tem um lugar para discutir suas ideias.

Agora, o que é realmente muito mais contraproducente do que uma teoria mal embasada como as defendidas pela rads acima, é a apropriação do lugar de fala por alguém que é inerentemente adverso ao movimento, que tem todo o espaço do mundo para expor suas ideias, mas que prefere passar o tempo invalidando o discurso alheio que não diz respeito a ele. Em suma, um "esquerdomacho", um "feministo", como você.

TLDR:Um homem, ditando o que é e o que não é feminismo, tem de monte. Nada de novo sobre o sol. Você nem devia estar aqui.

Anônimo disse...

Depois quando descobrir que a menina ta sendo esturpada vai querer chorar

Anônimo disse...

Claro que a indústria pornográfica não é voltada para mulheres, elas nem gostam de sexo. Elas só fazem sexo para tentar extrair dinheiro dos homens, já que não são capazes de conseguir os melhores empregos da sociedade

Anônimo disse...

(Viviane)
Mirian, na boa, eu sempre fui uma das primeiras a apontar os "esquerdo machos" neste e em outros blogs, mas dizer isso do Donadio me parece injustiça. Concordo com você que mulheres devem ter prioridade em escrever neste espaço, mas quem acredita que esses anônimos (isso se não forem todos a mesma pessoa) "anomalia y" debatem a sério acredita em tudo.
Eu sei que muita gente pode discordar, mas existem homens que contribuem para o debate (claro, sem tomar a frente do movimento - aí a gente bota pra correr mesmo, rsrsrs).

Anônimo disse...

Donadio é o protótipo de esquerdomacho.

Anônimo disse...

Quem deixa os filhos com homens precisa ficar duas vezes mais atenta. E quem deixa os filhos com PARENTES homens precisa ficar dez vezes mais atenta,porque a maioria dos estupradores são os padrastos,tios e primos. Reze para que o seu irmão não seja um dos que assistem "sobrinha e tiozão" na internet entre outras pornografias infantis e queira colocar o pornô em prática. Agora, digitem na internet "pai e filha" para vocês verem qual é o nível dos pais de família estupradores do nosso brasil. Isso mesmo,digitem "pai e filha" no google.

Anônimo disse...

Ou você defende a putaria ou é contra a escravidão sexual. Nesse caso não existe qualquer meio termo,a pornografia leva a prostituição e a prostituição leva ao tráfico. Eu sou contra e defendo que seja implementada leis no estilo sueco. E o resto?

Anônimo disse...

Rodolfo abrantes, sim. Isso mesmo. Não são as mulheres que utilizam a prostituição, não somos nós que sustentamos o tráfico sexual,não somos nós que casamos com crianças a força, não somos nós que forçamos o marido a ser estuprado, não somos nós o principal consumidor de pornografia,zoofilia e pedofilia. 98% dos estupradores são homens. Vocês deixariam a sua filha a ser examinada pelo "doutor" sozinha no hospital? Vocês deixariam homens limparem as fraudas dos seus bebês na creche? Vocês deixariam homens serem professores da sua filhinha no maternal? Lembrando ainda que cerca de 90% dos homens veem pornografia. O seu pai vê pornografia. O seu irmão vê pornografia. E podem muito bem bancar o profissional na rua enquanto compra vídeos pornográficos de sexo anal em crianças. Digite "pai e filha" no google e veja.

Anônimo disse...

Vi uma lista na internet listando as cenas de sexo mais famosas no cinema. A metade era de estupro. Os comentaristas homens adoraram e um em especial disse que estava faltando a cena do irreversível. Os homens adoram o estupro,vivem do estupro,imaginam e sonham com isso.

Anônimo disse...

A filha dela já esta sentindo dentro de si, literalmente, a opressão masculina familiar. A questão que resta é quando (ou se) ela terá corajem de contar para suas irmãs da opressão que ela sofreu do próprio tio

Anônimo disse...

Leis no estilo sueco tipo chamar uma piranha de gostosa na rua vira estupro?

Anônimo disse...

Se você deixar seus filhos com um homem enquanto trabalha,tenha cuidado para que ele não as estupre. Porque se forem estupradas, a culpa vai ser toda sua. A sociedade vai te culpar, a mesma que está histérica com o meu comentário de que você deve desconfiar de todos os homens possíveis. Cuidado ao deixar seus filhos sozinhos com o seu pai,padrasto,tio,vizinho ou irmão. Parentes próximos são responsáveis por 80% dos abusos sexuais. Fique alerta ou a sua família será a próxima e você será a próxima mãe vagabunda que não sabe proteger os filhos.

Anônimo disse...

inverdades? claro q não donadio, a Solanas disse muitas verdades, vc q não quer admitir

Anônimo disse...

Leis no estilo sueco tipo chamar uma piranha de gostosa na rua vira estupro?

Leis do estilo sueco do tipo de criminalizar a prostituição e fazer os usuários pagarem multas ou serem presos. Toda feminista precisa saber disso. Esse tipo de lei começou na Suécia, mas agora vários países já estão incrementado, como a França,Cingapura e Coreia do Sul. É a única legislação que conseguiu diminuir a prostituição e o tráfico sexual, diferente de legitimar a prostituição, que acaba incentivando o tráfico, como aconteceu na Holanda e Alemanha.

Anônimo disse...

Se uma lei desse tipo for incrementada no Brasil,o dinheiro das multas poderá servir para dar suporte as prostitutas enquanto tentam encontrar um novo trabalho.

Anônimo disse...

Se prostituição virar crime toda mulher teria que ir para cadeia. E a própria lei já estabelece um pagamento eterno mensal para prostitutas que conseguiram engravidar (pensão) então acho q teriam que mudar as leis do Brasil para conseguir adequalas ao estilo sueco.

Anônimo disse...

10:22
Parece que foi o donadio que te esculachou na verdade kkkkkkk

E ainda no seu espaço feminista

Anônimo disse...

Homens desse blog,vocês possuem uma filha? Imagina se ela quiser ver mensagens de amor paterno na internet e digita lá "pai e filha" no google. Bem,ela vai ver qual é o verdadeiro tipo de "amor" dos pais brasileiros,aquele tipo incestuoso e não consentido.

Anônimo disse...

98% dos estupradores são homens. A maioria são parentes ou conhecidos próximos. Você vai confiar no professor da sua filhinha do maternal? do pediatra bonzinho que "gosta de crianças"?

Anônimo disse...

Aqui um caso de um padrasto e sua enteada.

http://noticias.r7.com/cidades/homem-que-estuprava-enteada-de-10-anos-diz-que-cometia-crime-porque-ela-estava-criando-corpo-27012017

Anônimo disse...

isso q dá não abortar fetos anencéteros

Anônimo disse...

"enteada e padrasto"
"pai e filha"
"Vô e netinha"
"tio e sobrinha"

Pesquise no google e veja o que os maiores consumidores de pornografia(homens) gostam de ver. Veja o que os seus parentes gostam de ver. Veja o que o seu filho gosta de ver.

Anônimo disse...

É só o título quando vc abre o vídeo da pra ver que é só um porno normal, os atores não tem ligaçao nenhuma

Anônimo disse...

titia,eu simplesmente adoro os seus comentários.são inteligentes,perspicazes e humorados.Sou mulher e descordo sobre a questão do golpe da barriga.É sabido que mulher quando quer ter filho pelo simples fato de querer...eu quero,eu quero,eu quero,igual criança birrenta que quer chiclete e pra segurar casamento é o que mais tem.Não adianta negar,o golpe da barriga toda família tem.Odeio isso em mulher,não aprovo mesmo e isso não tem nada a ver com patriarcado.Poxa,se o cara não quer e já te mandou a real,pra quẽ ir lá e meter um filho nas costas do cara.Desculpe,mas isso é de uma baixeza da pior estirpe.Na minha família tem o golpe porque era o homi que ela sonhava e tinha que ser aquele,tem a pra segurar casamento falido (essa ainda teve o segundo pra segurar mais)dançou,ele separou dela e a outra por causa da situação confortável do cara.Colocar filho nessa porra sabendo que o camarada não quer,fico imaginando se eu fosse homi,é uma apunhalada nas costas.Isso não é que nem vou ali comprar um carro sem você saber e te dar um carnê pra pagar,é uma responsa pro resto da vida e o homi tem tooodo o direito de não querer.

Anônimo disse...

"isso q dá não abortar fetos anencéteros" (2)

titia disse...

11:01 bom eu sei que o ser humano é assim mesmo, e sei que existam mulheres que engravidam sem que o homem esteja de acordo - o que é errado, pois maternidade/paternidade é uma responsabilidade séria que nem todos estão preparados, tem condições ou querem assumir. Do mesmo jeito que tem macho tosco sabotando o anticoncepcional da mulher porque acha que ela tem obrigação de engravidar dele. Mas muito cara que fica chorando por golpe da barriga é indivíduo que não usou camisinha, não quis fazer sua parte na contracepção e depois chora quando tem que dar um terço do salário pro filho que ele fez conscientemente assumindo o risco quando dispensou a camisinha. Se os caras tivessem simplesmente colocado uma camisinha, independente da mulher dizer que estava tomando pílula ou não, não haveria uma criança. E desses sujeitos eu não tenho pena não, anon, quero mais é que se ferrem todos pagando pensão.

Essa história de mulher engravidando pra viver de pensão, só se for ex de jogador de futebol ou de cantor de sucesso idiota; um pessoal imbecil que, aliás, também transa sem camisinha e depois diz que estourou quando a mulher aparece buchuda, ou chora dizendo que levou golpe da barriga quando quem não quis encapar o pinto foi ele. Nem um cachorro consegue viver da pensão que os homens classe média e pobre pagam, quanto mais uma mulher e uma ou mais crianças! Isso é fantasia de mascu que ganha mesada. Não se iludam colegas de comentários, a maior parte dos que choram golpe da barriga foi irresponsável, não encapou o pinto e agora quer botar a culpa em qualquer um menos nele mesmo e na própria idiotice. Nada de ter peninha desses caras, merecem mesmo é levar um pau pra ver se cresce.

Anônimo disse...

(Off topic) gente.. a Rússia se superou. Q bizarro.

O parlamento russo aprovou essa nova lei por incríveis 380 votos favoráveis com apenas 3 votos contrários. Agora espancar mulheres se tornou legal, desde q não cause “lesoes muito graves”.

Por favor… alguém exploda essa país.

Fonte: http://publico.uol.com.br/mundo/noticia/parlamento-russo-aprova-lei-da-bofetada-e-descriminaliza-violencia-domestica-1759974

Anônimo disse...

Se não causa lesão grave então não espancar né. Ou seja, você pode diciplinar sua esposa e filhos fisicamente desde que não cause lesoes. Deveria ser assim no mundo todo

Anônimo disse...

"Se não causa lesão grave então não espancar né. Ou seja, você pode diciplinar sua esposa e filhos fisicamente desde que não cause lesoes. Deveria ser assim no mundo todo"

Uma hora choram ao dizer que homens também sofrem violência doméstica. Mas depois, quando as leis são retiradas,adoram dizer para as mulheres que irão sofrer porrada todos os dias. Paradoxo não? Seu comentário mostra exatamente o que os homens são: hipócritas que apoiam a violência doméstica. E não vão ser as feministas que vão sofrer, mas as suas próprias esposas,os seres que conseguiram suportar o suficiente para poder se casar com germes como vocês. Quando as suas esposas morrerem e as únicas mulheres vivas na terra serão as solteiras que não aceitam macho,qual vai ser a próxima reclamação?

Anônimo disse...

"Se não causa lesão grave então não espancar né. Ou seja, você pode diciplinar sua esposa e filhos fisicamente desde que não cause lesoes. Deveria ser assim no mundo todo"

Você apoia a violência doméstica? já falou isso para sua mãe?E se ela morresse de tanta porrada pelo seu pai,você ficaria feliz?

donadio disse...

"Donadio, notou que voce está, a muito tempo neste blog, tentando invalidar a opinião e relatos de várias mulheres (inclusive a minha)?"

Olha, Míriam, posso estar enganado - afinal, como já dizia um profeta galileu, é bem mais fácil ver o argueiro no olho do vizinho do que a trave no nosso próprio olho - mas acho que não. Geralmente não dou muita bola pra relatos; ao que eu me lembre questionei, durante todo tempo em que comentei aqui, dois deles - três com o seu.

Um era uma coisa bastante óbvia; algum troll machista se deu ao trabalho de fazer uma biografia do Hitler, omitindo o nome, para se divertir com as pessoas expressando compaixão pelo pobre-diabo. O outro era um que me pareceu tentar jogar o machismo na conta das classes populares, afirmando que mulheres da classe trabalhadora são em sua grande maioria donas-de-casa. Como alguém disse na época, pode ter sido um exagero retórico num relato basicamente verdadeiro. Calhou de esse relato ter sido feito no dia anterior ao post do Hitler, e num momento em que era bastante evidente que havia uma tentativa, da parte de alguns masculinistas, de desmoralizar o blog. Então questionei ambos.

O post do Hitler, naturalmente, não foi escrito por uma mulher, nem sequer por um homem se passando por mulher. Se alguma coisa, no caso invalidei a opinião, ou o relato, de um homem. De um homem machista e defensor dos privilégios masculinos, tentando expor este blog ao ridículo. O outro post seria o caso. Porém, como já dizia um reacionário, se não me engano o H. L. Mencken, as pessoas têm direito à sua própria opinião, não aos seus próprios fatos. Qualquer estatística sobre a sociedade brasileira vai mostrar que a imensa maioria das mulheres brasileiras "trabalha", isto é, trabalha fora de casa, para um patrão, em troca de um salário. E o meu questionamento foi esse: como que é corriqueiro uma rua inteira, na periferia de uma grande cidade brasileira, não ter uma única mulher que não seja dona-de-casa?

Quanto ao seu relato, o que eu disse (depois que várias outras pessoas o questionaram) está aí, para ser conferido: não sei se é verdadeiro ou não, não tenho como saber, e acho totalmente invasivo querer provas ou evidências disso. O que eu te disse, repito: há elementos nele que farão as pessoas duvidarem da autenticidade dele: tudo ali se encaixa bem demais, e é por isso que seu relato foi questionado. E repito também: relatos pessoais na internet são perigosos, por que te expõem no mínimo ao questionamento a respeito da sua honestidade, e, na pior das hipóteses, à violência de quem discorda de você. Mas evidentemente se você quiser ter uma opinião do tipo "todos os petistas são iguais, e alguns são até ferrenhos", é um direito seu. Demonstra, na minha opinião de velho frequentador do partido, desconhecimento de causa, mas isso é outro problema. Quando você escreveu, me pareceu uma caricatura feita sob encomenda para ser bombardeada por algum mascu. Olhando o que você escreveu desde então, acredito que tenha sido inintencional, mas acho que ele cumpre esse papel, de reduzir a esquerda a uma caricatura, mesmo assim.

Anônimo disse...

Disciplinar fisicamente sem causar lesões não é violencia doméstica e ninguém morre por causa disso

Anônimo disse...

"Um tapinha não dói."

Isso, vou dar uma porrada no meu pai idoso para ele aprender a nunca ter humilhado minha mãe. Se o velho reclamar, é só um tapinha.

Anônimo disse...

"Disciplinar fisicamente sem causar lesões não é violencia doméstica e ninguém morre por causa disso"

Exatamente. Vou disciplinar meu marido escravo a seguir minhas ordens na base de chicotada. O vagabundo vai ter que aceitar, ou se não é um frouxo. Quero ver o índice de violência contra os homens aumentar 100%.

Anônimo disse...

Desde que ele nao fique com hematoma pode dar sim

Anônimo disse...

Disciplinar fisicamente sem causar lesões não é violencia doméstica e ninguém morre por causa disso


Vai levar porrada na cara e se reclamar vai ser esquartejado junto com os filhos,e pela lei da honra, eu mulher posso fazer o que eu quiser com o saco de carne que pertence a mim.

Anônimo disse...

"Desde que ele nao fique com hematoma pode dar sim"


Vou bater nele e deixar com hematoma sim. É só mandar o vagabundo passar maquiagem e esconder, porque quem manda nessa porra sou eu e vagabundo aqui precisa seguir as minhas regras. Se reclamar leva chicotada.

Anônimo disse...

Disciplinar não é violencia doméstica

Anônimo disse...

Quanto chorume, fiquei besta.

O resumo do mimimi?

Não me banco o fato de que para a mulher ter relações sexuais tem como CONSEQUÊNCIA a gravidez e para o homem não. E por isso NÃO posso agir sobre isso como um homem pode.

Malditos homens buá, buá...

Anônimo disse...

Vamos começar a dar uma porrada nos nossos maridos por dia? É o melhor remédio de todos, o vagabundo vai entrar na reta. Se não funcionar,aumentamos a quantidade. Jogo água fervente também porque quem manda nessa porra sou eu e homem frouxo merece ficar calado ou vira viado.

Anônimo disse...

Então é violencia doméstica e até na Russia isso é crime. Só não vem dizer depois que os outros apoiam seu comportamento

Anônimo disse...

"Disciplinar não é violencia doméstica"

Exatamente. Dar um soco no coro do vagabundo é uma terapia medicinal. Homem frouxo merece levar porrada da esposa até se fuder. Se tiver fratura exposta,melhor ainda.

Anônimo disse...

Se quizerem bater em seus maridos, cortar pica, jogar àgua fervendo, fiquem a vontade. Só não venham reclamar quando forem presas por violencia doméstica.

Nós queremos apenas nosso direito de disciplinar nossas esposas e filhos SEM CAUSAR LESÕES.

Anônimo disse...

Agradeço o conselho no último parágrafo do texto mas não vou mudar absolutamente nada. Vou continuar julgando sim.

Kittsu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

"Se quizerem bater em seus maridos, cortar pica, jogar àgua fervendo, fiquem a vontade. Só não venham reclamar quando forem presas por violencia doméstica.

Nós queremos apenas nosso direito de disciplinar nossas esposas e filhos SEM CAUSAR LESÕES. "

Desde quando levar soco no coro é lesão? só vagabundo frouxo que chama isso de lesão. Vai ter que ficar na reta porque senão leva chibatada, essa é a terapia disciplinar perfeita. Vou adorar colocar todos os meninos na reta.

Kittsu disse...

Esse monte de otário se passando por mulher tá foda de aguentar.

Esse bando de imbecil que nem disfarça mais tá pior ainda.

Anônimo disse...

Fiquei besta, quanto chorume.

Resumo do mimimi?

Não banco o fato de que para a mulher ter relações sexuais tem como CONSEQUÊNCIA a gravidez e para o homem não. E por isso NÃO posso agir sobre isso como um homem pode. Malditos homens buá

Anônimo disse...

"SEM CAUSAR LESÕES"

Eu também vou disciplinar meu marido bêbado e traidor e o meu filho maconheiro e punheteiro na terapia disciplinar sem causar lesões. Apenas uma porrada neles por dia, sem deixar marcas, não tem problema nenhum. Ou ter a posse de todo o dinheiro da família e deixarem eles com fome na hora que eu bem quiser.

Anônimo disse...

Ótimo então estamos todos de acordo que a lei da Rússia ta certa e devemos implementa-la no Brasil

Anônimo disse...

"SEM CAUSAR LESÕES"

"Eu também vou disciplinar meu marido bêbado e traidor e o meu filho maconheiro e punheteiro na terapia disciplinar sem causar lesões. Apenas uma porrada neles por dia, sem deixar marcas, não tem problema nenhum. Ou ter a posse de todo o dinheiro da família e deixarem eles com fome na hora que eu bem quiser."

Adorei. Estou casada do mauricinho do meu filho que só faz merda,igual ao filho da puta do pai. Os dois merecem apanhar.

Anônimo disse...

"Ótimo então estamos todos de acordo que a lei da Rússia ta certa e devemos implementa-la no Brasil"

A primeira coisa que eu vou fazer vai ser matar o meu marido. Sem nenhuma lesão,é claro.

Anônimo disse...

Assassinato ainda é crime

Anônimo disse...

"Ótimo então estamos todos de acordo que a lei da Rússia ta certa e devemos implementa-la no Brasil"

Eu estou. Apenas as mulheres vagabundas que aceitaram os vagabundos como maridos vão morrer. Mas eu vou colocar essa casa em ordem, punheteiros vão sofrer porrada. Quero ver os poços de firmose e suas amélias vagabundas morrerem.

Anônimo disse...

isso q dá permitir q fetos anencéteros nasçam

Anônimo disse...

Assassinato ainda é crime

Dentro de casa não. O que é da família,fica com a família. Aqui,vagabundo sofre calado, ou vira viado.

Anônimo disse...

A troll dos lixomens arruinou a caixa de comentários. Ninguém mais comenta por que ela faz flood 24 horas por dia.

Essa tem tempo livre,hahaha

Anônimo disse...

Titia,

sei que é uma das estratégias femininas não dar certeza aos homens em nada, mas isso não funcionará contra um homem de 35 anos. Já era, acabou, sei de tudo que se passa na cabeça de vocês.

A mulher bonita quer o rico e a mulher feia quer o homem bonito. A mulher bonita quer o bonito também, mas é de uma forma parcial.

A Loladzilla excluiu alguns comentários só. Já falei, emagrece e alisa esse cabelo pois tem chance com algum Sr Big da vida real, acho que antes de apagar meu comentário, viu a esposa do ator que interpreta tal personagem.

A Real enterra qualquer hiprocrisia!


A real só tem beta frouxo e homem desse tipo merece apanhar até deixar de ser vagabundo. Peia nesse filhos da puta, duas porradas por dia para que eles melhorem.

Anônimo disse...

"A troll dos lixomens arruinou a caixa de comentários. Ninguém mais comenta por que ela faz flood 24 horas por dia.

Essa tem tempo livre,hahaha "

Já deu a porrada no seu marido de hoje? O vagabundo vai entrar na linha ou eu vou ter que dar uma chicotada em vocês dois?

titia disse...

Tá vendo? Toda essa mascuzada que diz "eu sou um cara legal!" querendo se mudar pra Rússia pra poder exercer seu """"direito""""" de dar porrada na mulher e nos filhos sem correr risco de ser punido. Depois não sabe porque as mulheres não querem dar nem bom dia, né? Ah, se eu não tivesse mais o que fazer da vida, daria print-screen em todos esses comentários e iria num fórum mascu; e cada vez que um resto de aborto malfeito perguntasse chorando "Por que essas vadias não querem anda comigo?!" eu escreveria É POR ISSO AQUI (assim mesmo, em maiúsculas) e colaria os comentários na cara do infeliz.

P.S. mascuzada, só pra deixar vocês com o rabo arrepiado: essa lei também permite que suas mães sentem o cacete em vocês. Imagina, quando disserem que não querem ir pra escola, ela vai poder lhes dar um tapa na cara e arrastá-los pra escola à base de pancada. Ou, quando não quiserem colocar as cuecas no cesto de roupa, ela pode esganar vocês com suas próprias cuecas freadas e ligar a máquina com os seus narizes. Se vocês mandarem ameaças pra uma mulher na internet, ela vai pedir pra mãe de vocês lhes dar um chute no saco - e sua mãe vai fazer isso, afinal ela está exercendo o direito de disciplinar o filhinho, né? Melhor que a mãe discipline do que o filhinho ir pra cadeia, pagando processo. E se não quiserem trabalhar? Aí é que ela senta a porrada mesmo! E mais, vai botar o mimoso pra viver de pão e água, sem Danoninho nem mingau, até ele arranjar um emprego. Será que essa lei é a solução pro fim da mascuzisse? Bom, a gente aprova a lei aqui com uma observação: "Válido apenas para mães de mascus". Aí sim esse país ia pra frente.

titia disse...

13:35 olha eu sei que vai ser um choque, que talvez você não sobreviva, que talvez você bata as botas... mas eu tô pouco me fudendo pra você, vou contar do mesmo jeito: a Lola já é casada há mais de 20 anos. Peraí, eu vou buscar o saco de lixo pra te levar pra emergência veterinária. Talvez não tenha atendimento especializado em poríferos, mas quem sabe eu dou um azar danado, né?

Anônimo disse...

Miriam Andrade disse...

Donadio, notou que voce está, a muito tempo neste blog, tentando invalidar a opinião e relatos de várias mulheres (inclusive a minha)?

Já foi dito inúmeras vezes que o que mulheres dizem dentro dos espaços feministas deve ser tomado como uma forma de catarse frente as violências de gênero sofridas por todas. Por isto mesmo, que aqui nesta caixa de comentários pode ser advogada livremente a ideia de que há uma anomalia y enquanto uma equivalente masculinista é censurada imediatamente. Isto é benéfico para o movimento, pois estas mulheres que seriam silenciadas em qualquer outro espaço tem um lugar para discutir suas ideias.

Agora, o que é realmente muito mais contraproducente do que uma teoria mal embasada como as defendidas pela rads acima, é a apropriação do lugar de fala por alguém que é inerentemente adverso ao movimento, que tem todo o espaço do mundo para expor suas ideias, mas que prefere passar o tempo invalidando o discurso alheio que não diz respeito a ele. Em suma, um "esquerdomacho", um "feministo", como você.

TLDR: Um homem, ditando o que é e o que não é feminismo, tem de monte. Nada de novo sobre o sol. Você nem devia estar aqui.


*********************************************

Só li agora esse comentário maravilhoso.

Mas tenho que dizer: que comentário perfeito, me sinto representada. Concordo plenamente com tudo que você disse, Míriam. Te aplaudo de pé.

Quem dera todas as feministas tivessem pelo menos a consciência que você tem sobre esses fatos.

Anônimo disse...

A Troll dos lixomens criou um segundo personagem e agora passa o dia pedindo também a agressão e morte de homens. Essa tá com a vida ganha, kkkk

Blun disse...

Balela. Já estava em fase de teste, mas suspenderam o projeto porque as cobaias (homens) estavam sofrendo absurdamente com os efeitos colaterais, tais como irritabilidade, espinhas etc. Conveniente, não? A pílula feminina causa as mesmas coisas nas mulheres, mas isso não impede a comercialização e a distribuição.

titia disse...

Droga, tinha um especialista em poríferos na emergência veterinária...

Simples, Rodolfurher: porque contracepção é responsabilidade DOS DOIS, não só da mulher, mas os homens adoram fugir da responsabilidade da contracepção e depois da paternidade também. E como se não bastasse, ainda botam toda a culpa na mulher e um monte recorre à violência pra não ter que assumir nenhuma responsabilidade. Porque camisinha é mais barato que pílula, não tem efeitos colaterais perigosos, não precisa de acompanhamento médico pra evitar trombose e AVC e 90% das pessoas pode usar - e mesmo assim os homens não usam. Como crianças, querem só a parte boa e que outro arque com as responsabilidades e com a parte ruim. Se vocês não tem maturidade, se não são adultos o suficiente pra trepar com segurança, não trepem. Ponto. Não gosta de provar do seu próprio veneno? Ótimo. É bom que doa muito nas suas bolas mesmo. Criem vergonha. Assumam sua responsabilidade e não vão precisar ouvir mais nada, seus vagabundos.

Blun disse...

Aí a culpa do estupro é da mãe que tem que deixar a filha com alguém pra trabalhar, mas do homem não. Tá sertu.

Anônimo disse...

Mascu que não sabe nem levantar da cadeira pra pegar o toddynho achando que vai "disciplinar" alguém. Só se for seus próprios carrapatos.

Anônimo disse...

Então tudo bem o seu chefe dar um tapa bem dado na sua cara quando não estiver satisfeito, não? Ele só vai estar disciplinando o funcionário, oras.

Anônimo disse...

Vai lá dizer isso pro seu chefe então, que disciplina fisicamente é o que há. Ninguém morre por causa disso. Se é que um moleque de 12 anos na última semana de férias tem alguma consciência disso

Anônimo disse...

O macho não quer invalidar violência contra mulher, ele quer é justamente validar a violência masculina contra as mulheres, justificar essa violência, o objetivo dele é esse.

Eles não se importam com as mulheres, na verdade a violência em geral e especialmente a violência contra as mulheres os excita sexualmente e serve como válvula de escape pras frustrações que eles sentem por serem machos.

Anônimo disse...

Homens, porque vocês odeiam as mulheres? porque querem se casar com elas e depois as estuprarem? as matarem? não seria melhor simplesmente não se relacionar com mulher nenhuma e ficar apenas com a punheta?

Anônimo disse...

Vamos todas torcer para que esses vagabundos pratiquem o marriage strike. Isso mesmo, homens NÃO SE CASEM NUNCA, MORRAM SOZINHOS enquanto nós podemos fazer inseminação artificial e moldar o mundo a nosso favor. O MUNDO É NOSSO. Apenas não se casem ok?

Anônimo disse...

Misoginia é magoa, é ressentimento, é inveja, é dor de cotovelo que homem tem de mulher. A palavra de origem grega significa “ódio, aversão, desprezo por mulheres”. Só se aplica a homens. Não tem correspondente feminino: misantropia é aversão a gente, não a homens.

Anônimo disse...

Os trolls transformaram este blog em um verdadeiro esgoto.

Luiz disse...

"Leis do estilo sueco do tipo de criminalizar a prostituição e fazer os usuários pagarem multas ou serem presos. Toda feminista precisa saber disso. Esse tipo de lei começou na Suécia, mas agora vários países já estão incrementado, como a França,Cingapura e Coreia do Sul."

Arábia Saudita e Irã tem leis parecidas com essas. Acho que a legislação desses países deve te seduzir mais.

Luiz disse...

"Leis do estilo sueco do tipo de criminalizar a prostituição e fazer os usuários pagarem multas ou serem presos. Toda feminista precisa saber disso. Esse tipo de lei começou na Suécia, mas agora vários países já estão incrementado, como a França,Cingapura e Coreia do Sul."

Arábia Saudita e Irã tem leis parecidas com essas. Acho que a legislação desses países deve te seduzir mais.

Anônimo disse...


"Arábia Saudita e Irã tem leis parecidas com essas. Acho que a legislação desses países deve te seduzir mais."

Lá, homens e mulheres precisam viver em lugares separados. Imagina ruas onde apenas mulheres possam andar? transportes de qualquer tipo apenas para mulheres? parques,restaurantes,escolas apenas para XX? Se tivesse faculdade apenas para mulheres no Brasil, o risco de sofrer estupros iria diminuir consideravelmente. Em suma, tirando toda a misoginia,a diferenciação de lugares entre mulheres e homens é vantajosa a nós. Pelo amor de deus,como seria bom poder viver em paz desse modo.

Anônimo disse...


"Arábia Saudita e Irã tem leis parecidas com essas. Acho que a legislação desses países deve te seduzir mais."

E a Suécia,Cingapura,Coreia do sul e França também possuem e foi demonstrado que diminuiu o uso da prostituição e o tráfico. Vai chorar pelo fim da prostituição? Não quer perder suas amiguinhas escravas? É um punheteiro?

Anônimo disse...

Tirando toda a misoginia, diferenciar lugares para homens e mulheres seria benefíco para todos. Mulheres não querem ficar nos mesmos lugares que os homens,além da falta de segurança e assédio. Deveria ser um objetivo de todos.

Anônimo disse...

Porque todo homem deseja uma relação incestuosa com a própria mãe?

Anônimo disse...

"Só lembrando meu bem pedófilia é crime, mais pornografia não.

As atrizes recebem para fazer esse filmes, fazem porque querem não é estupro.

Ver pornografia não significa que o homem ou a mulher( acredite tem muita mulher que assiste) possuem algum problema metal ou qualquer distúrbio. Muitos estupradores nem sequer gostam de pornografia leve quanto mais as pesada como zoofilia."

Homens sujos como você deveriam morrer. Como são hipócritas,puta que pariu,a sociedade está uma merda,pedofilia e pornografia,pessoas peladas por todo lado por culpa de vocês! Os homens que sustentam toda a putaria do mundo e depois se vestem de conservadores e reclama pelo fim da família margarina patriarcal. Homem só que uma puta e uma empregada-puta. Uma fica no motel,a outra na casa como empregada,enquanto ele sai para destruir o mundo inteiro. Xingam e gritam sobre o funk mas é só as feministas defenderem o fim da prostituição que gritam de dor,os conservadores de antes transformam-se em gigolôs.

Anônimo disse...

Nem todos, eu diria a minoria =/

Anônimo disse...

É incrivel como a maioria dos comentários não são sobre o post :)

donadio disse...

"É incrivel como a maioria dos comentários não são sobre o post :)"

A mascuzada tomou conta, agora apostando que se postarem com pseudônimo de mulher não serão identificados e excluídos.

Anônimo disse...

Garotas e mulheres, assistam o vídeo de Hanna Rosin nobre a ascensão feminina na sociedade.


https://www.ted.com/talks/hanna_rosin_new_data_on_the_rise_of_women?language=pt-br

Anônimo disse...

Homens não são iguais as mulheres. Mulheres possuem mais paciência, são menos instáveis e mais objetivas em seu desejo, diferente dos homens, o que faz com que cada vez mais o trabalho qualificado é feito por mulheres e o trabalho "braçal" por homens.

Anônimo disse...

estudos também já apontaram que mulheres são melhores gestoras e que possuem maior chance de vingar uma empresa ao abrirem do que homens.

http://exame.abril.com.br/negocios/mulheres-trazem-bons-resultados-para-empresas-diz-estudo/

http://brasil.elpais.com/brasil/2016/02/23/economia/1456237183_008329.html

Anônimo disse...

" mulheres no Reino Unido têm, atualmente, 35% mais chances de ir para a universidade do que os homens. Apesar da desigualdade de gêneros geralmente pender para o lado feminino, mais mulheres têm entrado em cursos superiores do que homens. Essa é uma tendência global, de acordo com pesquisa do Higher Education Policy Institute (HIPE), da Grã-Bretanha."

http://claudia.abril.com.br/sua-vida/por-que-mais-mulheres-tem-entrado-nas-universidades/

Anônimo disse...

"Se essa tendência continuar, uma menina nascida em 2016 tem 75% mais probabilidade de entrar em um curso superior do que um menino. A pesquisa aponta que a probabilidade de ir para a universidade é baseada no desempenho no ensino fundamental e médio, sendo que as meninas têm ido melhor em ambos."

Que orgulho. No início do século XX,éramos a maioria das analfabetas. Agora,com apenas 100 anos depois, somos a maioria nas universidades e depois com doutorado. Visamos cada vez mais a qualidade, e assim deve ser.

Anônimo disse...

A maior hipocrisia masculina é ficar chorando que deveríamos lutar pelo "humanismo" e pelos homens quando eles nunca fizeram ou poram em prática a igualdade entre os sexos quando estavam majoritariamente no poder. O feminismo é formado por mulheres para cumprir e ajudar mulheres a alcançarem os seus objetivos. A igualdade que queremos alcançar é a NOSSA, não nos preocupamos com homem nenhum,apenas com as mulheres. Pela primeira vez na humanidade, existe uma instituição,um grupo,um movimento que ouve mulheres. E é nosso e deve ser assim até o final dos tempos.

Anônimo disse...

O arrombador, diga-me, qual o seu problema com as mulheres? Qual é a sua desgraça contra nós? É dinheiro? É sexo? É traição ou conflitos emocionais? Qual é a razão dos homens odiarem as mulheres, e veja bem, esse ódio existe muito antes do movimento feminista ter se organizado de fato. Qual é o porque?

Anônimo disse...

Ó u cara cobrando coerência de feminista. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

O arrombador,putas já existem,infelizmente. A quantidade de garotas sendo prostitutas e traficadas sexualmente é horrível e vergonhoso quando se trata do nosso país. E mais: em uma mente de um misógino como você, como seria possível existir uma dona de casa pudica e virgem e ao mesmo tempo fazendo um papel de puta? Porque essa sua frase de "Elas chupam bem" é totalmente voltada para um sarcasmo e humilhação da mulher no sexo, cumprindo o seu papel como prostitutas. Para o outro comentário, "cobrando coerência de feminista", na verdade ninguém conseguiu até hoje entender a coerência da sexualidade misógina que é imposta a nós. Querem putas e depois culpam as mulheres por serem putas, ao mesmo tempo que sustentam todo o sistema ligado a prostituição e depois inserem que prestigiam mulheres puritanas, mas quando essas se mostram contrárias a esse tipo de sexualidade suja e nociva,viram recalcadas idiotas,e assim vai sucessivamente acontecendo. Mas qual é a verdadeira razão do ódio masculino? Você ainda não me explicou e está me devendo explicações.

Anônimo disse...

Entender as principais razões da misoginia é algo que os próprios homens não são capazes de dizer,e nem a biologia e a sociologia conseguiriam explicar racionalmente o porque. Mas não vou aceitar todo o genocídio de mulheres que aconteceu durante a história da humanidade sem respostas.

Anônimo disse...

Por tudo isso (do texto) que a gente deveria focar mais do que nunca em acolher e esclarecer outras mulheres no lugar de ficar perdendo tempo explicando machismo pra machista, dando espaço pra eles, atenção, voz, destaque, fofocando sobre o que fazem ou dizem enquanto que, na prática, vivemos em um sistema absolutamente perverso que não existiria sem a adesão e cooperação das mulheres como grupo.

donadio disse...

"cada vez mais o trabalho qualificado é feito por mulheres e o trabalho "braçal" por homens."

"mulheres são melhores gestoras e que possuem maior chance de vingar uma empresa"

"mais mulheres têm entrado em cursos superiores do que homens"

Esses são desenvolvimentos positivos, é claro. Mas eles absolutamente não põem em risco o patriarcado, que apenas se adéqua e redefine para permitir que a opressão contra as mulheres continue sob outras formas. Também é uma informação incompleta; embora as mulheres entrem mais para a universidade do que os homens, elas entram para os cursos que são tradicionalmente considerado "femininos" e que preparam para carreira menos bem remuneradas (e quando começam a entrar massivamente em cursos que não são tradicionalmente "femininos" e que abrem as porta para carreiras bem remuneradas, essas carreiras perdem prestígio e sofrem um processo de degradação nos salários. O patriarcado é muito resiliente e não vai cair sem luta).

"Hanna Rosin"

Falando em feministas liberais... essa daí não morre tão cedo.

Anônimo disse...

Donadio, você esquece que cursos tradicionais femininos também estão entre os mais pagos e importantes para o futuro: Medicina,direito,biotecnologia,engenharia química,engenharia ambiental e sanitária,engenharia médica,física médica entre outros. Essa questão de "profissão de mulher" ser ruim já está sendo coisa do passado,e se o salário cair um pouco, não vai ser nada comparado ao salário masculino como operários, que aumenta cada vez mais. Mulheres assistem a palestra,é mostrado que todas as recessões que estamos vivendo afeta muito mais os homens (como engenharia civil) do que mulheres. Também é mostrado que mulheres possuem notas melhores nas escolas e faculdades e que mulheres solteiras são as maiores compradoras de imóveis nos EUA. É claro que ela também mostra que todos os países estão seguindo esse caminho.

Anônimo disse...

Tô pra ver essa ascenção. Que adianta ser maioria em universidades se na prática você vai ganhar menos que uma pessoa com qualificação inferior só por ser mulher e, se tiver constituído família, ainda enfrentar a dupla jornada?

Eu e meu noivo fazendo trabalho freelances em desenvolvimento web (front & back-end). O conhecimento dele é o de "sobrevivência", ele me ajuda mas o grosso da coisa é meu simplesmente porque estou nessa há muitos anos. A ideia dele trabalhar comigo é justamente aprender o ofício e essa constituir nossa fonte de renda como casal.

A gente ganha mais quando os clientes pensam que o desenvolvedor é ele.

Anônimo disse...

donadio é um típico esquedomacho. Já foi dito nos comentários da Miriam Andrade e ela está certa, nunca vi um tão abusado e tentando ditar o que nós vamos fazer no feminismo ou não,se votamos em tal mulher,mas por ser de um partido que esse esquerdomacho não aceita ele começa a reclamar, se incentivamos a iniciativa feminina no mercado ele chora,em suma,um bebezão que quer dar opinião onde não deve. Um típico homem que se mete nos assuntos de mulheres voltado para mulheres mas que ele insiste em ser sempre ouvido e ser o principal,o ditador do que deve ser seguido. Ele precisa muito de uma rola para assim, nos deixar em paz.

Anônimo disse...

"Miriam Andrade disse...

Donadio, notou que voce está, a muito tempo neste blog, tentando invalidar a opinião e relatos de várias mulheres (inclusive a minha)?

Já foi dito inúmeras vezes que o que mulheres dizem dentro dos espaços feministas deve ser tomado como uma forma de catarse frente as violências de gênero sofridas por todas. Por isto mesmo, que aqui nesta caixa de comentários pode ser advogada livremente a ideia de que há uma anomalia y enquanto uma equivalente masculinista é censurada imediatamente. Isto é benéfico para o movimento, pois estas mulheres que seriam silenciadas em qualquer outro espaço tem um lugar para discutir suas ideias.

Agora, o que é realmente muito mais contraproducente do que uma teoria mal embasada como as defendidas pela rads acima, é a apropriação do lugar de fala por alguém que é inerentemente adverso ao movimento, que tem todo o espaço do mundo para expor suas ideias, mas que prefere passar o tempo invalidando o discurso alheio que não diz respeito a ele. Em suma, um "esquerdomacho", um "feministo", como você.

TLDR: Um homem, ditando o que é e o que não é feminismo, tem de monte. Nada de novo sobre o sol. Você nem devia estar aqui."

Exatamente o que eu estou pensando. A mulher posta um link sobre um vídeo, fala os fatos do mercado e chega o donadio histérico enfiando sua opinião de esquerdomacho onde não foi chamado. Estão vendo garotas, como é o patriarcado do esquerdomacho?

Anônimo disse...

"Tô pra ver essa ascenção. Que adianta ser maioria em universidades se na prática você vai ganhar menos que uma pessoa com qualificação inferior só por ser mulher e, se tiver constituído família, ainda enfrentar a dupla jornada?"

Cada vez mais uma qualificação é necessária e o salário entre qualificados e não qualificados ficam mais diferenciados. É uma realidade nos países desenvolvidos. A questão é: Se você é uma mulher com dinheiro e qualificação, porque você vai aceitar a dupla jornada, que é o principal fator de um salário menor para as mulheres? Porra, se você tem maior qualificação que o seu marido e quer trabalhar mais,passa o pano de chão para ele limpar a casa. Chegou a hora da mulher se impor dentro de casa,tirar os relaxados do sofá e colocar esses safados para fazer a parte deles. Quando a mulher não impõe ao homem de fazer as tarefas domésticas, ela está enforcando a si mesma.

Anônimo disse...

Nunca vi tanta burrice. A mulher que faz a dupla jornada sozinha enquando o safado descansa, não apenas corta o próprio salário, mais "contamina" os das outras mulheres, mesmo que essas sejam solteiras. Por isso que a questão da família e dupla jornada não pode ser tratado como algo individual, porque as consequências de uma dondoca escrota que não se impõe afeta as mulheres trabalhadoras de verdade.

donadio disse...

"Garotas e mulheres,ignorem o que o esquerdomacho do donadio disse e assistem o vídeo da Hanna Rosin."

Com certeza. É uma boa ideia. E depois de assistir, leiam a Jennifer Homans:

http://www.nytimes.com/2012/09/16/books/review/the-end-of-men-by-hanna-rosin.html

Anônimo disse...

Tem muita mulher querendo morar sozinha sim, apesar de que com esta crise eu já vi casos de algumas que tiveram que voltar para a casa dos pais, mas o preconceito ainda é muito grande para mulheres que moram só, ainda mais em cidade de interior e em regiões como o Nordeste.

Anônimo disse...

Lola, preciso muito de sua ajuda! Estou desesperada, descobri há dois dias que estou grávida de um homem casado, não tenho coragem de abortar, tampouco de contar a ele.
Tivemos apenas 03 relações; duas com camisinha e apenas uma sem, eu jurava que não aconteceria. Foi um susto gigante quando fiz o teste de farmácia. Pelas minhas contas estou de 05 semanas e dois dias, provavelmente ainda não irá dá pra ver na US. Não tenho filhos, mas já tive um aborto espontâneo. Vc acha que eu devo esperar todos os exames pra contar?
Ser mãe é um sonho, mas nesta situação tenho medo de virar um pesadelo.
Tenho 29 anos, trabalho, ganho relativamente bem. Estou absolutamente sem coragem de contar, me sinto culpadíssima (eu disse a ele que tenho SOP, que não engravido fácil, o que é verdade). Não quero trazer problemas à família dele de forma nenhuma.
Pra piorar muito as coisas, trabalhamos juntos em uma cidade pequena. Seriam muitos comentários e muito preconceito; chego a pensar em nunca contar pra ele nem a ninguém conhecido que o filho é dele...
Me ajude, por favor. Estou desorientada...

Grata,
M.

Anônimo disse...

Se alguém além da Lola puder ajudar, também é muito bem-vinda qualquer palavra de conforto.
Peço desculpas por usar o tópico pra isso... Preciso muito, muito de ajuda. Só uma amiga até agora sabe, não tenho coragem de contar a ninguém...

M.

Anônimo disse...

A Lola não pode decidir o que as pessoas vão fazer da vida delas.

Anônimo disse...

Melhor comentário do post.

Luiz disse...

"E a Suécia,Cingapura,Coreia do sul e França também possuem e foi demonstrado que diminuiu o uso da prostituição e o tráfico. Vai chorar pelo fim da prostituição? Não quer perder suas amiguinhas escravas? É um punheteiro?"

Como tem gente que tenta controlar a vida sexual de adultos em pleno gozo de suas faculdades mentais. A razão que leva homens ou mulheres a transar deveria ser problemas exclusivos deles. Se uma mulher decide transar com um homem por dinheiro. Qual o problema? É uma escolha pessoal que deveria ser respeitada.

Será se Suécia, França diminuíram a profissão ou só forçou as pessoas irem para a marginalidade?

É incrivél como tem gente querendo controlar a sexualidade dos outros.

Marcia disse...

(Marcia)

Só para endossar a Vivien, concordo com tudo o que Dona dia disse, e tenho sérias dúvidas se o troll da anomalia Y é uma mulher em processo de cartase. Aliás, cartase não é para ser constante e esse troll está aqui há anos destilando ódio e ignorância. Me desculpe, me parece que já virou paranóia e ódio cru, infelizmente. Adoraria um post sobre matriarcado e religiões do sagrado feminino por aqui, por que o que esse troll fazem com o tema é patético. Não é possível que esse ódio irracional seja cartase

Marcia disse...

Obrigada pelo link Donadio, eu ainda não tinha lido uma crítica, mas desgosto horrores dessa leitura liberal iludida da Hanna. Meu Deus. ..Será que não aprendemos nada com a catástrofe das políticas neoliberais para as mulheres na América Latina? E ignore os troll, eles estão incomodados que você revelou a farsa deles. Eu gosto das nossas discussões aqui.

Laura disse...

Esse argumento é perfeito. Já tinha notado isso também em discussão sobre temas polêmicos sempre indo para o lado da mulher ter transado, gozado.
Agora estão com vários tutoriais de siririca master, as mulheres conhecendo seus corpos, seus prazeres. Isso é demais.
Mas temos sempre que exigir a camisinha sim! questão de saúde e de respeito a si mesma. A maioria dos caras que transam com prostitutas usam camisinha, ou seja, conseguem sim. Então percam a transa, o cara, mas não percam a saúde e a vida, no caso de uma criança indesejada.

Unknown disse...

M., tudo bem? Não sei se a Lola vai responder, então me desculpe a intromissão, mas achei que valia a pena escrever para você.

1. Ignora o comentário acima, não foi feito para te ajudar, foi feito para te ferir. Na sua situação, decidir levar a gravidez adiante ou não, serão escolhas difíceis. Você precisa pensar nelas com calma.
2. Contar ao seu parceiro não é a maior questão aqui. Pense em você e na sua vida. É difícil prever o que seu companheiro irá fazer, mas a experiência da maioria das mulheres não é boa. Se fortaleça, você decisões importantes a tomar.
3. Não se culpe. A responsabilidade por engravidar é de vocês dois, e culpa vai ser um péssimo sentimento para alimentar agora.
4. Sim, é melhor você contar, mas prepare - se para enfrentar a decisão sobre essa gravidez sozinha.
Não é o fim do mundo criar uma criança sozinha, mas é um caminho difícil. Se acalme, faça uma lista de prós e contra, e decida pelo que for possível para você.

Espero que tudo fique bem.

Anônimo disse...

Amiga, muito difícil engravidar não quer dizer não engravidar de jeito nenhum. Ele também assumiu o risco. Se vc quer ter seu filho, tenha. Sua situação é mesmo complicada, te desejo força e tranquilidade!

donadio disse...

Obrigado, Marcia.

Aliás, sugiro que quem se interessar não apenas veja o vídeo da Hanna Rosin, mas também leia o texto, aqui: http://www.theatlantic.com/magazine/archive/2010/07/the-end-of-men/308135/?single_page=true e avalie por si o conteúdo do discurso dela.

Quanto aos trolls, são isso: trolls. Distilam ignorância, no melhor método da extrema-direita, achando que se repetirem algo trocentas vezes vai virar consenso. É um discursinho liberal asqueroso, totalmente focado no "sucesso" competitivo dentro do esquema capitalista; nem mesmo a "abolição do dinheiro" da Valerie Solanas sobrou, é só "somos melhores empresárias e dominamos a educação superior". Tudo isso com o objetivo de destruir este espaço e desestimular os comentaristas que têm conteúdo. Daqui a pouco a Lola volta e põe todo mundo pra correr; a festa dos ratos só dura enquanto o gato está fora.

Anônimo disse...

A gente ganha mais quando os clientes pensam que o desenvolvedor é ele.

Tenho escritório de advocacia desde 1996 e um dos meus estagiários, claramente mais jovem que eu, é homem. Já cansaram de achar que ele era o advogado e eu, a assistente.

Anônimo disse...

Mas temos sempre que exigir a camisinha sim! questão de saúde e de respeito a si mesma. A maioria dos caras que transam com prostitutas usam camisinha, ou seja, conseguem sim. Então percam a transa, o cara, mas não percam a saúde e a vida, no caso de uma criança indesejada.

==================================

Segundo qualquer pessoa que trabalhe em centro de atendimento e testagem para HIV, o verdadeiro "grupo de risco" que existe hoje em dia é o da mulher casada e fiel. Eles transam sem camisinha não só com as esposas mas com as amantes, as prostitutas, a pessoa que acabou de conhecer, enfim. Depois levam as doenças para casa. Lembrando que uma dessas doenças é o HPV, responsável pelo câncer de colo de útero.

Existe sim casos em que a mulher é coagida a fazer sexo dessa forma mas nem de longe isso representa o grosso, a maioria das mulheres é super adepta ao discurso do gozar dentro, da bala com papel e se entope de hormônios por isso com a maior naturalidade, aceitando o ônus pra facilitar o prazer do machinho. É isso que precisa mudar mas muitas mulheres parecem ter grande satisfação em premiar com sexo e afeto homens pouco interessados no bem-estar delas.

Anônimo disse...

Lady Mona é uma feminista moderna, que prega a igualdade plena entre os sexos. Encontrei-a numa passeata contra o presidente Trump, na qual me vi misturado por acaso: tinha ido dar uns tiros no stand ali perto. Paramos para trocar dois dedos de prosa:

– Quer dizer que você faz parte da marcha das feministas contra o presidente Trump agora?

– Ele é um machista terrível.

– E Hillary Clinton, cúmplice do marido, um predador sexual?

– Mas ela é de esquerda.

– E a defesa da democracia, como fica?

– Ora, não há democracia quando vence a direita!

– Você é democrata, desde que o resultado seja a vitória da esquerda. Mas o que acha daqueles camaradas ali quebrando tudo e atacando a polícia?

– Sou “paz e amor”. Gostaria de ver é alguém jogando uma bomba na Casa Branca!

– Nossa! Qual é a sua principal bandeira?

– Igualdade plena, ou seja, salários iguais!

– Mas você sabia que não há diferença de salários quando ajustamos por emprego, tempo de trabalho e produtividade?

– Está frio hoje, não acha?

– Deve ser pior com seus peitos de fora. Mas voltemos ao tema: mulheres não ganham menos. Agora, se elas escolhem empregos mais flexíveis para investir na maternidade…

– Eis o problema! É um absurdo essa imposição da sociedade capitalista…
– Pensei que a maternidade fosse uma “imposição” biológica, e que muitas mulheres amassem essa dádiva.

– Só as idiotas submissas aos homens!

– Por falar em submissão, o que aquela muçulmana está fazendo ali no grupo, pregando a “sharia” ainda por cima? Pensei que vocês lutassem pelos direitos femininos…

– O Islã é a religião da paz. Nosso inimigo é o cristianismo. Por isso vetamos mulheres cristãs aqui.

– Mas não é no Ocidente cristão onde as mulheres gozam de mais liberdades e direitos?

– Que frio!

– E como podem ser pelo direito das mulheres se não toleram as que escolhem ser boas mães e esposas?

– Somos muito tolerantes. Desde que todas sigam nossa cartilha feminista.

– É por isso que aquela ali que condena o aborto está apanhando de um homem sob a conivência de vocês?

– Meu corpo, meus direitos!

– Pensei que o bebê também tivesse direitos…

– É só um ovo!

– Mas não foi você outro dia que fez um protesto em defesa do ovo das tartarugas?

– Isso é diferente. É uma vida animal que merece ser respeitada!

Nesse momento percebi que atraímos atenção e um grupo nos cercava, alguns com olhares ameaçadores. Um rapaz, com o símbolo da paz na camisa, disse, segurando um taco, que se eu não saísse logo dali ia me arrebentar todo.

O clima ficou tenso, mas por sorte moro num país em que o cidadão de bem pode ter uma arma. Assim que ele viu meu companheiro Walther, desistiu de me espancar e, em nome do amor, eu consegui ir embora ileso.

Anônimo disse...

Boa.

Isso aí, lugar mulher é na cozinha.

donadio disse...

Fanfic ridícula detectada às 17:47...

Anônimo disse...

Isso não é Fanfic donadio , é um texto publicado no blog do Constantino, justamente ironizando as (muitas) atitudes contraditórias (e as próprias fanfics) do movimento, alias perto das fanfics do pessoal de esquerda essa conversa seria bem real.

donadio disse...

Se o texto é do Constantino, cite e dê o crédito. Melhor ainda, dê o linque. O Constantino já tem espaço demais na midia, não precisa ser replicado aqui.

Mas de qualquer forma, continua a ser fanfic. Só é fanfic do Constantino, o que não a engrandece em absolutamente nada.

Anônimo disse...

Vídeo detonando o babaca do Constantino:

https://www.youtube.com/watch?v=NXPGnqJXS04

Anônimo disse...

Você veja, a Pepsi-Cola está usando células de fetos abortados como adoçante, nos refrigerantes.

E alguém denunciou isso, e o negócio foi pro governo, pra agência respectiva do governo (não lembro o nome da agência) e a agência diz que tudo bem, que isto é um procedimento comercial normal.

Então tá aí, toma Pepsi-Cola, você é mais do que um homem-sanduíche, você é um abortista terceirizado. E o governo acha isso normal!

Anônimo disse...

Aham, não é fanfic.

Vocês querem que a gente pondere sobre algo postado pelo Constantino - alguém que tem posicionamentos ideológicos e políticos bem definidos. O texto nem chega perto de ser irônico pois é recheado de clichês e estereótipos de alguém que claramente não sabe do que está falando. Ele reduz a feminista ser contra Trump por ser pró Hilary, diz que Hilary é de esquerda ( uma candidata pró Wall Street, favorável ao capital, ao liberalismo, ao globalismo que beneficia as grandes nações), confunde o discurso de dar nomes aos bois do ISIS em vez de generalizar pessoas de bem pela religião, acha que toda feminista desfila com seios à mostra e que não defende que as mulheres ajam com liberdade em relação às suas escolhas. Ou seja, tudo o que qualquer direitopata sem noção de criticidade já bostejou aqui e em outros espaços com o propósito de "apresentar contradições do feminismo", ao mesmo tempo que possuem um grau de conhecimento sobre o movimento com a profundidade de um pires.
Irônico para mim é o dia que direitopatas como Constantino, mascus e reaças em geral não fizerem afirmações com base na generalidade e na desonestidade com a qual costumam agir.

donadio disse...

"Irônico para mim é o dia que direitopatas como Constantino, mascus e reaças em geral não fizerem afirmações com base na generalidade e na desonestidade com a qual costumam agir."

Quando o Constantino precisa enfrentar adversários de carne e osso, o resultado é o que se pode ver no vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=Q2A3c78C-kM

É compreensível portanto que ele invente adversários hipotéticos para poder ganhar de alguém no debate. Pobre coitado.

donadio disse...

Ah, sim. E o "companheiro Walther" não vai ajudar niguém a evitar um linchamento; o número sobrepuja muito fácil um revolvinho.

Aqui tem um exemplo de um tentando o mesmo truque com uma adaga. Uma pistola não ia dar em nada muito diferente.

Anônimo disse...

"o que ele mais precisa é ser CASTRADO para que nenhuma mulher tenha a infelicidade de gerar um filho dele."

Muito legal essa demonstração de argumentação racional.

Anônimo disse...

Fazer filho com homem casado, não sendo você a esposa, é simplesmnte nojento... obviamente que o cara não deve valer nem o que come pra ficar metendo o pau descoberto em qualquer umazinha aí mas quem vai se fuder com essa brincadeirinha aí de vocês? A mulher e principalmente os filhos dele, justamente as pessoas que não têm nada a ver com essa patifaria. Parabéns.

Anônimo disse...

Anônimo das 09:10, tá bom de regular a vida alheia. Nojento é o seu comentário. Não tem vergonha na cara? O relato mostra que a pessoa está sofrendo pela situação, e você, que se acha acima do bem e do mal, tá aqui condenando. Patético e desprezível.

Anônimo disse...

Nos conte mais sobre o quanto é ruim um homem gostar de rola....

Anônimo disse...

Sabemos que a moça está com problemas, mas defender a amante de um traidor está longe de ser uma atitude feminista. Lembrando que não querer defender é um atitude diferente de xingar. Seria melhor se ela contasse para a esposa sobre o caso extraconjugal e o bebê, porque ela merece saber que está sendo traída e que o marido é um vagabundo.

Anônimo disse...

Defender amante de um traidor??? Oi? E por que seria necessário defendê-la? Ela relatou uma dúvida, e que dúvida, sobre seguir ou não seguir uma gravidez, sobre contar ou não contar ao pai da criança, criá-la ou não criá-la sozinha.

Não é ela que tem o dever de contar para esposa não, aliás, quando isso acontece é, geralmente, por motivos mesquinhos de espinafrar a esposa. Quem tem o dever de contar é o marido, ponto. É assunto dele com a esposa, não da moça do relato.

Anônimo disse...

E você acha que a vida de amante de traidor é fácil?

Uma pessoa que ter que aguentar uma relação com um homem que, sem poder ser assumida? Você acha que essa vida é fácil?

Olha, eu já vi mais sororidade num presídio do que aqui mo blog. Então o cara comprometido engana as duas mulheres e a culpa é da amante!!! Tá serto!!!!!

Anônimo disse...

Uma amante que está ciente de que o cara tem um relacionamento é uma vagabunda. E o homem é um escroto. Seria até bom que os dois fdp ficassem juntos e a esposa divorciasse de um merda. Mas e ai, a amante de fudeu? Se não fosse burra não se relacionaria com homem casado, agora previsa só falar com aesposa dele que ele é um traidor de merda e um vagabundo igual a você.

Anônimo disse...

Tenho sororidade com a esposa traída que nem deve saber o caráter do merda. De amante não. Faça um aborto e conte para a eesposa dele do ocorrido. Ela precisa saber do traste que dorme ao lado dela.

Anônimo disse...

Se depender do marido, ela vai contonuar corna até o final dos tempos. Faz parte da sororidade mostrar o relacionamento falido dos outros para ver se a merda acaba de vez.

Anônimo disse...

A quantidade de amante reclamando em site feminista é absurdo! Em apoio a esposa, e não vagabunda ou traidor, independentemente da reclamação de algumas.

Anônimo disse...

Para as 10:34 e 10:36:
Moça, é muito fácil falar para não sair com homem casado, afinal de contas as mulheres não tem necessidade alguma de um relacionamento duradouro, né??

Me respondam, meninas... se vc é mãe solteira, sabendo do machismo de 80% dos homens, vc acha que é fácil um homem solteiro querer se casar com vc?? Experimente instalar os programas de relacionamento modernos, tipo tinder ou par perfeito... chega lá e diz pros caras que vc é muito legal e tem uma criança linda!! Sabe o que vai acontecer???? Em 80% dos casos, se vc for bonita, eles vão dizer "legal, adoro crianças, e você é muito legal!"... aí vão sair com vc, pagar a cerveja, transar com você umas 2 ou 3 vezes durante alguns dias e depois todos somem!!!!

Me desminta aqui se não for verdade!!!
De todos os homens, talvez os únicos que acabam ficando com a gente durante meses ou anos são justamente esses casados que já tem uma família e querem uma mulher confiável como amante, que não vá dar problema pra eles.

Até parece que vcs não conhecem homens, eles não querem ter trabalho ou responsabilidades com nada!!
Façam o teste que eu disse e depois me digam!!

Então, o que a mulher deve fazer? Ficar sozinha pra sempre e só sair para divertir os homens casualmente, passando de galho em galho??

10:39: a AMANTE é vagabunda??? Ao que me consta, não é ela que tem um compromisso com alguém. Se você dissesse que o homem é vagabundo, eu concordaria.

Anônimo disse...

O que não falta no brasil é mulher traída e amante achando graça. Ainda bem que tenho dinheiro, educação e não preciso de homem nenhum.

Anônimo disse...

Então você quer ser a amante de um homem e incentivar o adultério masculino por.....querer se casar? Desde quando homem casado vai jogar fora um casamento pela amante? Só se a mulher dele se divorciar e não ele. Amante é apenas mais uma vagabunda, não merece amor nenhum, tem a importância equivalente a uma prostituta. Tenho pena dessas amantes iludidas.

Anônimo disse...

Acaba que você contribui para o preconceito contra as mães solteiras exatamente por se relacionar com homem casado. Se ninguém te levava a sério antes, aí que você não vai valer nada, está jogando sua vida fora por agor como uma louca desesperada que precisa de um relacionamento mesmo fudendo com a própria vida. Pense nisso: vale mesmo a pena? Porque você é tão dependente de relacionamentos? É pela sociedade que te força a arranjar alguém e você acaba seguindo a cultura cegamente?