domingo, 30 de março de 2014

LOLINHA NO PICADEIRO DA VIDA

Ferrugem recomenda meu livro

Pessoas queridas, é com pesar que digo que não irei mais pra Marabá, pelo menos por enquanto. 
Eu iria na sexta, e de lá, dia 8, iria direto pro Paraná. Mas, infelizmente, não houve candidatos inscritos no concurso do qual eu faria parte da banca. É que o primeiro edital sempre tem que abrir vaga pra doutor. Vamos ver se, quando abrir vaga pra mestre, alguém se inscreve e eu finalmente conheça a região Norte! 
Espero ainda estar na UFPR no dia 9/4, só que teremos que trocar as passagens, que já estavam compradas. A boa notícia é que talvez eu ofereça não uma, mas duas palestras em Curitiba, ambas no mesmo dia, e com temática diferente. Depois eu dou mais informações.
Sexta retrasada estive na Unilab, em Redenção, pela primeira vez, e adorei. Publico aqui uma foto com a querida professora Ana Cristina, que (diz ela) virou leitora voraz do bloguinho. 
Ainda estou vendo se irei a SP no dia 22 de maio. Mas entre os dias 16 (sexta) e 18 (fim de semana) de maio, estarei lá, pro 4o Encontro de Blogueir@s e Ativistas Digitais. 
Se você quiser aproveitar que eu já estarei em SP pra me convidar pra dar uma palestra na sua universidade ou coletivo no dia 16/5, me mande um email (lolaescreva@gmail.com).
Agora tenho menos de 40 livros, então, quem quiser comprar, precisa se apressar. O relato lindo que vou incluir hoje é o da Vitória, 16 anos, no último ano do Ensino Médio. Ela recebeu meu livrinho de presente do Felipe. A queridona descreve assim sua reação:
Vitória e Felipe
"Quase chorei, dei pulos e mais pulos de felicidade e ficava abraçando o meu benfeitor constantemente! De longe, o melhor presente que ele poderia me dar. E que você também (já chego aí).
Primeiramente, o livro é muuuuuito fofo! É realmente uma leitura gostosa, que flui fácil, provoca reflexões, quanto às obras a q já assisti, gargalhadas e até ira, como dirão os fãs de Senhor dos Anéis. Em algumas partes, tive de fazer uma pausa para rir loucamente -- *insira a crônica de Acquaria aqui*. E tenho de confessar q me encontro na legião de fãs cativadas por suas histórias com o maridão.
No entanto, não se ofenda se eu disser que a dedicatória foi o q o tornou tão especial. A primeira coisa que pensei foi: 'a Lola sabe q eu existo' -- sim, descobri q sou sua tiete. Depois: 'cara, com o tempo tão escasso, ela realmente se importa com as leitoras'. 
Planta carnívora da Lilyan com o livro
Antes de conhecer o blog, no auge da minha indignação, quantas vezes pensei que havia algo errado em mim? Que eu era utópica e pensava demais em 'coisas praticamente imutáveis'? Como no preconceito racial, nas desigualdades sociais extremas e no machismo ao meu redor. Por isso te agradeço profundamente. 
Macaquinho da Patty
E sobre o Felipe. Ele foi, e certamente continuará sendo, meu outro amparo quanto a todas essas dúvidas contra o status quo. Ele me é a prova viva do quão libertador é o feminismo para ambos, homens e mulheres. Ele não tem 'sangue no olho' pra ficar com tds as garotas do planeta. E quão gentil ele é! Com todo mundo, não apenas com as garotas com quem deseja ficar. Enfim, tenho a honra de dizer q o meu melhor amigo não se encaixa no estereótipo de 'macho' proposto pelo sistema. Isso já lhe ocasionou tantas zoações entre os colegas q o feminismo surgiu como resposta. Quando me questiono se penso demais, ele aparece pra me dizer q os outros é que pensam de menos". 
Flora e Ana Cecília em algum lugar
do Mato Grosso
Outra lindona que comprou o meu livro foi a Ana Cecília, uma leitora com uma história bem incomum. Formada em turismo, desde que ela teve a pequena Flora, de dois anos, ela acompanha o marido, que é mágico de circo. A família está viajando há mais de cinco meses (quando ela comprou o livro, estava no interior do Mato Grosso). E desta família faz parte a primeira palhaça do Brasil, a Ferrugem (foto acima), cunhada de Ana e uma das donas do Circo Grock. 
Ana Cecília escreveu: "Amei seu livro e acho que ele é realmente medicinal... as crônicas são, melhor dizendo... o que vc escreve! Amei a dedicatória. Como vc consegue? Além de tempo, ser tão próxima de nós... é seu dom! Espero de coração que vc venda todos os livros logo e que venha outro, o mais rápido possível E seu blog... está cada vez melhor, não perco nem um dia. Parabéns!"
Faça como a Ana e compre meu livro, seu/sua pão durx miserável!

10 comentários:

Anônimo disse...

DENUNCIA => MACHISMO INSTITUCIONALIZADO NA FORMAÇÃO JURÍDICA NA UNB

Professor da Faculdade de Direito da UnB afirma que tem pena de estupradores de mulheres feias e que o único motivo para dar bom-dia a uma mulher é por ela ter b*ceta

https://scontent-b-mia.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t1.0-9/1623557_1375075409439256_860361767_n.jpg

https://scontent-b-mia.xx.fbcdn.net/hphotos-prn2/t1.0-9/10171257_1375075766105887_294068207_n.jpg

https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/t1.0-9/10152642_1375075989439198_994021232_n.jpg

Raven~ disse...

Ah sei como a Vitória se sente. Quando vc respondeu um comentário meu, quase chorei. Huashuas legal. Ihh queria um livro. =( Mas com filho, facul e 12 horas de trabalho tá difícil...

Anônimo disse...

Se esse edital fosse um pouquinho diferente teria uma candidata, direto do rio. Mas ainda não foi dessa vez. rs

Patty Kirsche disse...

Ah, ponta do Caquinho! Que fofo! hahaha <3

Isa disse...

Lola, eu queria o seu livro, mas a vida nômade me fez parar de comprar livros físicos. Eu não sei como funciana, mas tem muita gente se autopublicando na Amazon, no formato kindle. Não seria uma boa? Ehhehe
Eu entendo as meninas que falaram da emoção de falar contigo. Quando vc me seguiu no twitter tive um mini ataque de nervosismo e fui correndo contar pras minhas amigas! Hahaha
P.S. ainda acho que deverias vir palestrar em Manaus! ;)

Marina P disse...

Lola, quero ir à sua palestra na UFPR e estou torcendo para que não seja durante o meu horário e trabalho, mas se for, será que rola um cafezinho à noite ou coisa parecida com o pessoal como eu que trabalha enloquecidamente? beijo gde!

Anônimo disse...

Sawl

Sabia que segundo o ridículo, burro e misógino do Constantino "garotas direitas NÃO sofrem abuso sexual"?!
BABACA!

http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/cultura/o-estupro-e-culpa-da-mulher-seminua-nao-mas/#comment-97490


Sawl

Anônimo disse...

Ok, Lola, eu sei que o melhor é não divulgar a página e tal, sobre fazer denuncia, mas... Eu gostaria que você desse uma olhada nisso https://www.facebook.com/events/306591746161762/?ref=3&ref_newsfeed_story_type=regular ALGUÉM precisa fazer alguma coisa! Isso precisa ser denunciado formalmente, até porque incitar violência é crime, ameaça é crime... Enfim. Confesso que é a segunda noite de sono que eu perco por causa disso, não aguento mais ler tanta m*. Nunca tolerei "trolls", nem mesmo "piadinhas", não dá pra tolerar isso.

Edson disse...

Quero a Lola em Manaus tbm!

Carolina M. disse...

Vc viu, Lolinha? Nem a burca protege...


http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3622664&seccao=M%E9dio+Oriente

Besos