segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: GORDOFOBIA FAZ MAL PRA ALMA

Esta forma já foi padrão de beleza

A revista TPM de setembro falou de comida e culpa, transtornos alimentares, cirurgia bariátrica, a relação da mulher com seu corpo e com dietas, entre outros temas pertinentes. E me pediu pra escrever um texto curto sobre gordofobia. Eu escrevi este.

Se já tem gente que não acredita na existência da homofobia, do machismo e do racismo, imagine o que essas pessoas de pouca fé pensam sobre gordofobia. “Ah, isso é gorda querendo se vitimizar”, já me disseram. Não é não, tolinhos. Preconceito e discriminação contra gordos e, principalmente, gordas, é muito comum na nossa sociedade.
Sim, contra gordas é pior. Num mundo que ainda exige que as mulheres sejam acima de tudo decorativas, a cobrança para que o sexo feminino se encaixe num padrão de beleza irreal é muito maior que pro masculino. Então gordos são zoados, mas, acredite, gordas sofrem muito mais. E tenho provas.
Pra começar, psicólogos de Yale descobriram que jurados homens são mais propensos a condenar mulheres gordas que magras. Pra homens gordos, não há discriminação. Mas os jurados associam as gordas à ganância e à falta de controle. Ou seja, um bando de criminosas em potencial!
O mercado de trabalho também é cruel com as gordas. Ser obeso é prejudicial pra carreira tanto de homens quanto de mulheres, mas ter apenas sobrepeso só é ruim pras mulheres, revela uma pesquisa de uma universidade em Michigan. Gordinhas ganham menos que magras, e a diferença não é pequena: são 9 mil dólares a menos por ano. Já as obesas recebem 19 mil dólares a menos! Se ser gorda faz mal ao bolso, dê graças à gordofobia.
E o sufoco que é pra uma gorda comer em público? Se ela pega uma salada, todo mundo acha que ela está de dieta. Se ela pega a mesma comida que qualquer outra pessoa, alguém vai cochichar: “Tá vendo por que ela é gorda? Ela come!”
Vamos jogar esses preconceitos bestas pra escanteio? Até porque a gordofobia não é maléfica apenas para as gordas, como também para as mulheres com o peso “ideal” (ideal pra quem, cara pálida?). 
Há vários estudos provando que a maior parte das mulheres renunciaria ao sexo em troca da magreza. Muitas dariam um braço pra ser magras
Eu prefiro aproveitar a vida e aceitar a mim mesma e as outras pessoas como elas são. Isso sim é mais saudável.

P.S.1: Esta má notícia pros gordofóbicos não coube no texto: estudos mostram que gordx ativo é tão saudável quanto magrx ativo. Disse um cardiologista: "É melhor ser um obeso que se exercita do que um magro sedentário". Outro percebeu que critérios para definir a obesidade (como o IMC) são falhos: “Talvez a gente esteja sendo muito rígido nessa avaliação”.
P.S.2: A gordofobia está tão presente que é só digitar algo relacionado a corpos grandes que o Google, baseado nas suas buscas mais procuradas, já indica algumas continuações negativas. "Pessoas gordas são..." e o Google sugere "horríveis", "nojentas", "preguiçosas", "irritantes". Uma campanha anti-gordofobia diz que, enquanto muita gente não pode escolher ser ou não magra, o ódio é sim uma escolha. Este poster diz: "Não é sobre o peso. Perca o ódio".
P.S.3: Já leu o manifesto de libertação das gordas? Acredite, ele é de 1973!

55 comentários:

RavenClaw~ disse...

Aquele corpo vitoriano lá encima que já foi padrão é uma delícia isso sim! Huashjabsj

Thomas disse...

Duvido que um gordo seja tão saudável quanto eu, um cara que malha todo dia e se alimenta de forma saudável. Mas mesmo se um gordo for tão saudável quanto eu, pelo menos consigo fazer um monte de barras, flexões, abdominais, consigo correr provas de 20km, enterrar uma bola de basquete, pular um muro, além de não sofrer tanto com o calor, ser mais confortável me movimentar em multidões e um milhão de outras vantagens que uma pessoa atlética tem além da boa saúde.

Um dia desses encontrei o trabalho de um fotógrafo que viajou o mundo para visitar, aprender sobre e fotografar algumas das tribos mais isoladas do mundo. Pessoas que vivem da mesma maneira há séculos, várias das tribos vivendo da mesma maneira há mais de milênio. É um trabalho fascinante pois é uma maneira de viajar no tempo e observar como nossos antepassados viveram por maior parte da existência da raça humana neste planeta. Apesar de cada tribo ter uma cultura completamente diferente da outra, todas têm algo muito curioso em comum. Dos gauchos no sul da argentina, para uma tribo isolada no meio da floresta amazônica, depois passando por tribos que vivem nos confins da Sibéria, todas compartilham de algo muito interessante: não há UMA PESSOA GORDA em NENHUMA dessas tribos isoladas ao redor do mundo.

Não apenas não há pessoas gordas, como todos os membros de todas as tribos possuem corpos fortes e saudáveis, esculpidos com o trabalho do dia a dia e a dieta mais natural e saudável possível.

Quando notei a falta de pessoas gordas em todas essas tribos, a ficha caiu. Não é natural pro ser humano ser gordo. Ser gordo é uma das consequências bizarras da humanidade ter saído de tribos pra ir morar em cidades. É uma consequência direta do sedentarismo, da má alimentação. Nossos corpos foram feitos pra serem movimentados, para funcionarem no topo de sua capacidade porque menos do que isso poderia significar a morte em um ambiente hostil. Ser gordo não tem utilidade nenhuma quando você realmente precisa usar seu corpo pra sobreviver a mais um dia.

Nesse sentido, a gordofobia até tem um motivo lógico pra existir. É normal as pessoas magras sentirem uma certa ojeriza do gordo, pois a imagem da pessoa gorda provavelmente ativa uma pequena parte do nosso instinto de sobrevivência, é o nosso instinto falando pra gente, lá do fundo "Tá vendo aquele gordo ali? NÃO SEJA IGUAL A ELE OU ENTÃO VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR FUGIR DOS PREDADORES".

Sei lá, acho que todos devemos ser tolerantes e respeitar todas as pessoas. Não é legal fazer bullying, ofender ou propositalmente fazer alguém se sentir desconfortável por aquilo que é, o que veste, o formato de seu corpo. Mas dito isso, tão cedo a gordura não vai ser considerada algo atraente ou desejável, muito pelo contrário.

Pra felicidade dos gordos, pelo menos, é que ao contrário de quem sofre preconceito por ser gay ou negro, por exemplo, toda a gordura que se acumula no seu corpo pode ir embora com um pouquinho de esforço, e isso só te trará benefícios.

PS: Se você é magro e sedentário, não tá muito melhor do que os gordos. Tem que malhar, nosso corpo precisa disso.

PS2: Não sei por que vocês ainda ficam batendo na tecla do gordo ser tão saudável quanto o magro. Da última vez que chequei, nunca vi gordo viver pra ver muito mais que 80 anos.

jacmila disse...

Daqui a pouco aparece a propaganda da dieta paleo lítica affs



Gostaria de ver o link das fotos das tais tribos isoladas

Audrey Hepburn disse...

Muito bom ver esse post no tempo da #geraçãopugliese.

Jane Doe disse...

Não é difícil de entender:

Não se trata de quem é mais saudável, do que leva a uma pessoa a se tornar obesa... se trata da escrotidão e da necessidade doentia de humilhar...

Alguém aqui acha mesmo que denegrir e rebaixar vai trazer alguma melhora para que está """"""""""""""""acima do peso"""""""""""""""" (aspas ad infitum)???

Julia disse...


Hoje no programa Encontro falaram sobre isso, de certa forma. Teve um desfile de moda plus size. Muito legal.

ps: Sugiro pular o comentário do Thomas. Essa assombração não tinha sumido daqui?

Fernanda disse...

Nossa.

Gente.

Chuta que é macumba não; manda logo uma bazuca porque isso aí é o limbo todo da encruzilhada.

Thomas, a CHATICE do seu comentário, aliada a enorme IGNORANCIA que ele destila me fazem ter a certeza de que você é PÉSSIMO na cama. Sacou? Na mesma medida do seu raciocínio: pessoas detestam gordos porque no cérebro delas toca uma sirene pra eles não ficarem daquela forma; Thomas destila preconceito, egocentrismo e ignorância no seu comentário, fazendo o nosso cérebro disparar uma sirene dizendo "esse é meia bomba, esse é meia bomba, daqueles que transam se olhando no espelho!!!". Mas Zeus vai abençoar para que nenhuma feminista gostosa (= todas) tenha a infelicidade de cruzar o seu caminho. Amém!

Só pra você se informar melhor: nossos ancestrais, os que sobreviveram a todas as intempéries, a toda a hostilidade do planeta, são os famosos poupadores. Poupadores foram os que sobreviveram à seleção da espécie, ja que tinham a capacidade de armazenar energia para períodos de maior penúria. Sim, eles eram musculosos, mas tinham uma camada densa de gordura na barriga que servia de proteção aos orgãos vitais, outra característica essencial para a sobrevivência. Em outras palavras: no primeiro ventinho aravessado, pessoas como você seriam as primeiras a irem embora, meu querido. (Menos pelo corpo e mais pela lacuna de esperteza).

E sim: estamos CAGANDO pros kilômetros que você corre, os kilos que você puxa, as merdas que você fala, enfim, estamos CAGANDO pra você.

Agora corre lá que ja deve ter uns 5 minutos que você não se olha no espelho, vai, vai. Rápido.

André disse...

Talvez o peso ideal seja aquilo que chamamos hoje de sobrepeso:
http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/sobrepeso-pode-aumentar-expectativa-de-vida

RavenClaw~ disse...

Huashuahsua obrigada Fernanda.

Camila Fernandes disse...

"Não é natural para o homem ser gordo". Claro, natural é você estar sentado em uma cadeira, digitando em um computador.

Sabe, Thomas, que bom que você consegue correr provas de 20km. Isso te faz bem, te faz feliz? Ótimo, rapaz, continue assim. De preferência tente malhar mais e cuidar menos da vida dos outros, que tal? ;)

Oh argumentozinhos furados, heim?

Agora, se me dão licença, eu vou ali correr de uns predadores para garantir a minha sobrevivência.

R. Mart's.Lva disse...

Esse médico aí anda mal da cabeça, desde que fiquei 45kg acima do peso que me é considerado saudável, tenho fortes dores nas costas, dores no peito, falta de ar e dores de cabeça. Costumo voltar do trabalho para casa apé, uma hora de caminhada cinco dias por semana, e tem dias que sinto uma grande dificuldade em simplesmente caminhar. Esse texto ficou devendo umas ressalvas.

Agora o preconceito contido no texto é testável pra qualquer um, principalmente no mercado de trabalho, só um "cego" não percebe a ausência de uns biotipos em alguns locais de socialização.

(Thomas, na segunda parte do seu comentário a minha ficha também caiu só de imaginar o que vinha a seguir! Estava vendo um documentário sobre uma tribo e um dos homens desta percorreu quilômetros, em três dias, para capturar um quadrúpede! Nunca em minha vida acreditaria que um ser humano pudesse subjugar numa corrida tal criatura, mas com o passar dos dias o animal ficou cansado e assim o homem desferiu um golpe e levou carne pra sua aldeia, fantástico!)

Flavio Moreira disse...

Obrigado por responder a esse comentário, Fernanda. Lavou a minha a alma! Rindo muito porque pelo menos o comentário infeliz do "meia-bomba" (acho que vc foi 'quase' cruel, kkkk) serviu pra gente dar umas risadas.
Abs. Flávio.

Letícia Arcanjo disse...

Concordo com algumas coisas que o Thomas disse.

Uma coisa em que eu acho que se erra muito quando se discute obesidade, é dizer que não tem problema nenhum ser gordo. Que ser gordo é normal. Quando uma pessoa está acima do peso ou obesa, aumenta SIM a pré-disponibilidade dela vir a ter problemas do coração, de pressão, colesterol, etc. Isso não é gordofobia, isso é um fato. Gordura acumulada não faz bem pra ninguém (nem a falta dela). Sim, eu sei que existem gordos plenamente saudáveis e magros cheios de doenças. Mas daí a dizer que tudo bem ser gordo, que isso não traz nenhum tipo de risco é mentira. A obesidade deve ser combatida. Ou vocês acham que é normal uma criança de 10 anos pesar 90 kg? Acham que é saudável?

Claro que o preconceito contra gordos é absurdo e injustificado, como todo o preconceito. Mas querer justificar obesidade dizendo que não causa mal nenhum a saúde é MENTIRA. Acumulo de gordura não é natural ao corpo humano. Animais que acumulam gordura para sobreviver são basicamente os que hibernam e os que vivem nos polos, no gelo.

Sara Marinho disse...

Olha Thomas, seu comentário foi bem preconceituoso, você ressaltou no final que pessoas magras sedentárias são menos saudáveis do que pessoas que fazem exercícios físicos, mas no decorrer do seu texto, só falou mal de gordos.
O que você considera ser gordo?Obesidade, ou qualquer pessoa com sobrepeso?
E quanto a essa questão de não ser natural, bom, quando estávamos vivendo sem todo o aparato tecnológico de hoje, a expectativa de vida também não era muito alta, com isso seu ponto já vai embora. E olha, contraceptivos, computadores, antibióticos, óculos, todas essas coisas não são naturais, vai dizer que são prejudiciais a nossa sociedade? Tenho astigmatismo e miopia, estaria condenada a morte se tivesse que ser coletora ou caçadora para sobreviver, mas hoje em dia eu posso comprar comida no supermercado, então posso sobreviver bem com meus óculos. Um modo não natural de vida, que aberração.

E você diz que para quem é gordo, toda essa gordura pode desaparecer com esforço. Isso é um grande preconceito na verdade, os biotipos das pessoas não são tão facilmente controláveis, acredito que para a maioria das pessoas dê para evitar engordar muito, seja com facilidade ou dificuldade média, mas não é assim para todas, bem como depois que a pessoa já é obesa (parto do pressuposto que obesidade de fato é prejudicial a saúde, o que se considera sobrepeso não) não é simples emagrecer.

E, muitas pessoas tem problemas de saúde. Eu sou traumatizada com obesidade, ela destruiu a saúde do meu pai, mas meu pai não era obeso por ser preguiçoso ou comer exageradamente, ele tinha apnéia do sono, que deixa as pessoas obesas, e provoca outros problemas de saúde. No fim, meu pai tem uma genética ruim que fez e faz muito mal a ele, tenho muito medo de vir a descobrir que herdei essa genética maldita, que condenou meu pai a apnéia do sono, obesidade, pressão alta, diabetes, e enquanto consequência, muitos AVC's.

Meu pai engordou muito quando tinha quase uns trinta anos, e sabe quando foi que ele conseguiu um diagnóstico para o problema da apnéia do sono?Quando eu tinha 13 anos, uns 18 anos depois do surgimento do problema, ele passou pelo menos 15 anos investigando, mas os médicos não investigavam, mandavam ele comer menos e fazer exercícios, olhavam para ele preconceituosamente, eram gordofóbicos, a genética e o descaso médico acabaram com meu pai, ele podia ter tratado da apnéia com 28, 30 anos, só foi fazê-lo quando era um tanto quanto tarde.

RavenClaw~ disse...

Off topic mas preciao dividir num lugar que não seja tão besta quanto redes sociais:

http://www.buzzfeed.com/skarlan/magnifica-serie-de-fotografias-retrata-casais-gays?s=mobile

Lindo, lindo.

c314fb7a-9d8e-11e3-b663-000bcdcb2996 disse...

Inspirada na lógica bizarra do Thomas, eu poderia dizer que uma pessoa magra deveria até se sentir feliz ao ver uma pessoa gorda. Porque nesse mundo selvagem e primitivo que a gente vive (rs), além de fugir de predadores, a gente precisa se reproduzir e continuar a linhagem. Olha só que maravilha: o o gordo não representa muita competição pelas fêmeas, afinal ele não tem as capacidades atléticas pra impressionar. Ele até morre mais cedo (é, aos 80 anos. expectativa de vida no brasil te mandou um beijo de língua, cara).
Enfim, olha quanta felicidade! O gordo não se reproduz e morre, e o magro fodão vai lá e perpetua a espécie. Realmente maravilhoso.

Mas, saindo dessa lógica meeeeio erradinha, só quero deixar o seguinte: fiote, nem tenta usar esse tipo de argumento pra alimentar seu ego. Primeiro porque se você realmente soubesse o que está falando não arriscaria uma análise tão medíocre. Segundo porque em dois tempos se manipula a interpretação disso pra quebrar tuas pernas.

c314fb7a-9d8e-11e3-b663-000bcdcb2996 disse...

Letícia, minha flor, no dia que acúmulo de gordura não for natural ao corpo humano, sugiro que se preocupe com a existência dos teus seios, tá? Pode ser sinal de alguma coisa errada.

mebarak ludgero disse...

"Sim, eu sei que existem gordos plenamente saudáveis e magros cheios de doenças"

isso para mim já prova a mentira que é dizer que a gordura é responsável pelas doenças,se fosse assim ,magro não ficava doente,não morria,um dos problemas que adoram falar é a pressão alta,emagreça bem rápido se não tá ferrado,mas tem gente magra com o mesmo problema e ai?
não podem jogar a culpa na gordura,magro tem diabetes,colesterol e qualquer outra doença,qualquer um pode ficar doente.

é pura perseguição com os gordos,mão adianta,querem usar qualquer coisa,qualquer argumento para dizer que ser gordo é uma merda e que o ideal é ser magro e assim continua a gordofobia.

e o thomas tem razão,as pessoas só humilham os gordos pelo instinto de sobrevivência,não tem nada a ver com os padrões de beleza,nada...

Julia Niquet disse...

Só eu que acho que esse Thomas é na verdade um gordinho com uma puta baixa auto-estima?

André disse...

mebarak ludgero,

O fato de que nem toda doença é causada pela gordura não desmente outro fato que o excesso de gordura pode agravar ou predispor a algumas doenças específicas. A gordofobia é errada na medida que toda preconceito é errado, não porque ser obeso é tão saudável quanto ser magro.

Felipe disse...

Fernanda sambou! Esses babacas viciados em whey são o cúmulo do ridículo.

PESSIMITIC Soul disse...

o cara ali falou que gordos não conseguem fazer barras, realmente 99,999% deles não conseguem. mas há exceções. hoje em dia não estou mais gordo, mas continuo acima do peso e com barriga. eu ja estive com uns 113kg no começo desse mes, sendo que tenho 1,85 de altura. mas eu consigo fazer barra e mesmo pensando mais de 110kg eu consigo fazer barra. isso porque faço barra desde que tinha 13 anos de idade, e nunca parei de fazer barra. mesmo quando eu tava pesando uns 113kg eu fazia séries de 5 x 5 na barra. e o fato de eu acima do peso conseguir fazer barra só deixa meus braços cada vez mais fortes, meus braços são fortes porque mesmo gordo eu faço barra. eu engordei fazendo barra, nunca parei, sempre continuei fazendo. quando eu era magro eu botava duas caneleiras de 10kg em cada perna e fazia barra. hoje em dia faço sem caneleiras.

sobre bullying, isso sempre existirá na humanidade, é necessário entender que a humanidade não passa de lixo mesmo, e o fato de vivermos numa sociedade com alta tecnologia e capitalista é uma chance pra ser individualista e egoísta. eu não tenho amigos, não tenho vida social, não vou pra balada, não vou pra festa, foco apenas em mim, no meu desenvolvimento pessoal, faço uma faculdade na area de exatas e ainda serei herdeiro de um imóvel caro onde posso usar pra gerar renda de alguel. quando eu tinha vida social muitos anos atras, os ''amigos'' que eu tinha me roubavam dinheiro alem disso faziam bullying contra mim. hoje em dia sou 100% egoísta e indvidualista, quero mais é que eles se fodam, um deles é um merda de um adotado e to torcendo pra ele terminar na merda, alias tood dia eu torço pra esse cara tomar um tiro pois ele vive arrumando merda com todo mundo. eu sou odiado pra caralho, justamente por ser egoísta e individualista sem vida social. pessoas comeaçaram a me odiar muito quando passei a focar apenas em mim em vez de perder tempo com vida social lixo. sou elitista tambem e cago pras manifestações que tão rolando nesse país, pra mim é coisa de ralé ir nessas paradas, pra mim o bostinha que morava em condominio de classe media e foi preso por cuasa do explosivo na manifestaçõa naõ passa de um merda fracassado. se uniu a um monte de favelado pra fazer merda e se fudeu. eu ao contrario dessa escoria, foco apenas em mim e cago totalmente pra essa merda de vida social lixo, por isso sou odiado, tem gente que andava comigo da época da vida social que quer me matar hoeje em dia, de tanto ódio que sente de mim.

então minha recomendaçõa aos que sofrem preconceito, bullying, é que se tornem egoístas mesmo e não percam tempo com amizades lixo pois a humanidade naõ passa de lixo mesmo, vivemos numa sociedade individualista e o forte é forte sozinho e a igualdade é anti-natural e anti-historica. não percam tempo com escorias.

Thiamat Severino disse...

Um cara aí disse uma coisa certa.

O dia que a dona do blog está viajando, há pouquíssimas postagens.

Será que ela cria com contas fakes para comentar no próprio blog ?

Sara disse...

arnold sincero , e o dig din por onde anda?? vc sabe??? sinto saudades ....

Kittsu disse...

Arnold Sincero, pra quem tem pinto pequeno qualquer buraco de alfinete é arrombado... hahahahaha

Amelie disse...

Tem menos comentários quando é preciso logar usando alguma conta... Por isso que eles diminuem quando a Lola está viajando...

Jaque ♥ disse...

"Sugiro pular o comentário do Thomas"

Que pena que eu só li esse conselho depois :(

Thiamat Severino disse...

Nunca vi uma sra com tanto ódio pelos homens como essa tal Sara.

Assustador, sinceramente.

Julia disse...

Ah Jaque.. Lê o comentário da Fernanda que passa :)

Letícia Arcanjo disse...

Mebarak, ja ou viu falar de uma coisa chamada exceção? A medicina já provou que pessoas acima do peso tem maior pré-disponibilidade para várias doenças (sabe o que isso significa? que a pessoa tem mais chances de desenvolver doenças, não que obrigatoriamente vai te-la) não adianta tentar se iludir afirmando o contrário, não é perseguição contra os gordos, são fatos confirmados através de pesquisas científicas.

Pessoa com um monte de letras no nome, não falei de gordura dos seios, falei de gordura em excesso, gordura localizada, que não deveria estar onde está, entende?

Rovena C. Reys disse...

Letícia

Pesquisas revelam que 70% da população economicamente ativa do mundo está estressada. Estresse pode provocar derrame, aumento da pressão arterial, infarto, dores musculares, insônia, baixa imunidade e deixar as pessoas mais suscetíveis a infecções.

O estresse da vida moderna pode matar. No entanto as pessoas não se sentem a vontade para dar lições sobre saúde para todo executivo que trabalha demais. Estranhamente não é comum encontrar quem chame um homem que trabalhe, estude e durma pouco de anormal.

É aí que entra a gordofobia. No fato de as pessoas se sentirem no direito de fazer esses discursos manjados sobre saúde para alguém acima do peso.
Eu sinto informar que ninguém é gordo por falta de informação. Toda pessoa acima do peso já ouviu milhares de vezes esse discurso sobre saúde. Discurso que não ajuda, apenas pressiona e assusta.

Vc pode dizer honestamente que todos os seus hábitos são saudáveis? Que seu estilo de vida não a deixará predisposta a nenhuma doença? Ninguém pode...

Carla Fonseca disse...

Sabe, eu emagreci 25 kg por pressão mesmo... pq fiquei cansada de ficar justificando meu corpo, de ficar dando explicação. Hoje em dia eu me sinto melhor sim, e emagrecer realmente não é difícil, mas quando leio estes comentários (nem lí até o final, cansei) só o que passa na minha cabeça é: POR QUE VOCÊS SE METEM NA GORDURA DOS OUTROS??? Gente, se vc é magro não é da sua conta se ser gordo é saudável ou não! A única coisa que a Lola falou no texto foi completamente confirmada pelos comentários, EXISTE PRECONCEITO! Por que vcs não ficam felizes de deixar a gente ser devorado pelos predadores e só saem correndo na maior facilidade? O que me cansa é as pessoas se meterem tanto no corpo das outras! :-/

André disse...

Me pareceu um pouco incoerente, num post sobre aceitação do corpo, a foto photoshopada da gordinhas peladas.

Everton disse...

Não entendo o motivo desse ódio gratuito aos gordos, não há uma explicação plausível para mim do por que as pessoas se incomodam tanto com a condição do próximo, se cada um cuidasse de si próprio teríamos menos intolerância.

Sou gordo, mas isso nunca me impediu de jogar o futsal com os amigos no fim de semana ou de fazer minhas caminhadas, todos os anos passo pelo uma bateria de exames, exames esses que dizem estar tudo ok com minha saúde, claro que sei que não sou uma regra porém uma exceção.

Anônimo disse...

Excelente texto! Deixo aqui uma pequena contribuição, uma postagem em tom de provocação que fiz sobre o assunto.
http://maefeminista.blogspot.com.br/2013/08/sua-gorda.html

Espartana disse...

Thomas, como acho que já falaram, muitos povos ancestrais ou "primitivos" sim sao musculosos mas com uma densa camada de gordura, vc conhece algum índio magrinho? Eu nao, todos eles são musculosos sim, mas com gordura. As índias sao gordas e sao super saudáveis

Ana disse...

É impressionante...
um post sobre preconceito, e lá vêm os sabidos dar lição de saúde...
Olha, que preguiça...

Ceres disse...

Letícia, a ciência tmbm provou que quem tem sobrepeso vive mais! :),Todo dia sai uma pesquisa científica diferente. Hoje se diz que a gordura faz mal, amanhã não... Fatos irrefutáveis não existem... Mas a sua gordofobia existe!!

A ciência diz que quem bebe morre cedo, não vejo ngm fazendo motim e xingando quem bebe, ou falando do absurdo dos comerciais de cerveja... Cadê a preocupação com a saúde??

Anônimo disse...

Quando dizem "estudos mostram", "estatísticas comprovam" e etc, fico sempre na dúvida se atrás da suposta constatação há uma mensagem sorrateira subliminar para foder com as mulheres mais ainda. Exemplo: "Há vários estudos provando que a maior parte das mulheres renunciaria ao sexo em troca da magreza." acredito que a função aqui é muito mais doutrinar que informar. Acredito que a real mensagem embutida na frase é a de que mulheres não gostam de sexo. Esse foi um exemplo, apenas. Vejo isso em muitos outros lugares e isso é extremamente preocupante. O que vocês acham? Ou será que estou viajando na maionese? Sério, gente! Preocupo demais com isso e gostaria, de coração, de estar completamente enganada.

Espartana disse...

Pessimist soul apesar das suas duras palavras eu penso igual a vc. Fui virando anti social porque vi que as pessoas sao bosta mas é duro aceitar essa realidade.

Anônimo disse...

Fui tão perseguida por ser uma criança gordinha na infância que vomitei minha adolescência e vida adula toda, até hoje. Eu sei que nunca vou parar., mas sei em quantos milhões de níveis que eu estou errada. Mas eu não consigo ser normal pq algo dentro de mim fica uma fera enquanto eu não vomito e a fera sempre ganha. Eu tenho consciência de todos os males da bulimia, e tenho consciência dos privilégios que eu recebo por aparentar ser atraente, mas eu digo sinceramente que sonho com um mundo onde nenhuma mulher acabe adoecendo assim.

Anônimo disse...

Thomas, então explica aí pra gente aquela estátua de vênus que tinha seios e ancas enormes (gorda mesmo), tida como modelo de beleza na antiguidade.

Se não tinha gente gorda, baseados em que eles esculpiram aquela estátua?!

A realidade é que havia menos pessoas gordas pq a maioria se matava de caçar e fazer trabalho braçal. Hoje temos mais gordos porque as pessoas trabalham de maneira sedentária. Antigamente ser gordo era "bonito" porque justamente os que não trabalhavam queimavam menos calorias e eram considerados os "aristocratas".

Mas claro que havia gordos!

E sério que vc disse que não tem gaúcho gordo? kkkkkkkkkkkkkkk

MCarolina disse...

Tá bom de gente preconceituosa postando aqui né? Vocês são muito espertos e suas opiniões sobre saúde muito boas SQN. Através dessas pessoas vejo que normalmente gordofóbicos são pessoas bem frustradas consigo mesmas, assim como a maioria dos preconceituosos. Espero que eu consiga me manter com uma boa porcentagem de gordura a vida toda. Muitos parentes e parentes de amigos, quando ficam idosos e tem problemas de saúde (normalmente derrame, alzheimer, essas coisas)vão de meio gordinhos para super magros e ficam fraquinhos.

Anônimo disse...

"E, muitas pessoas tem problemas de saúde. Eu sou traumatizada com obesidade, ela destruiu a saúde do meu pai, mas meu pai não era obeso por ser preguiçoso ou comer exageradamente, ele tinha apnéia do sono, que deixa as pessoas obesas, e provoca outros problemas de saúde."

@ Sara Marinho

Não, Sara, seu pai não é obeso por causa da apneia do sono. É o contrário ou mesmo nada a ver. Estamos sempre procurando uma razão (leia-se, uma mentira) para a obesidade, como se fosse assim uma infecção, uma fatalidade, mas não é não. Como bem disse a Lola, na honestidade, ela aproveita a vida e se entope de torta de chocolate, porque o que conta é ser feliz, né?

Agora a todas, apologia da obesidade não dá não, violão!

Anônimo disse...

Tem a jogadora de volley, Suelen, que é obesa e é titular mesmo assim. Mas olha aí:

"Aos 25 anos, a jogadora Suelen, líbero do Vôlei Amil, de Campinas, sofre com um problema que afeta quase 50% da população brasileira, de acordo com dados do Ministério da Saúde: o excesso de peso. O problema dela, porém, vai além. Com 1,69m de altura, a atleta pesa 95kg, e está atualmente no grau I de obesidade.

De acordo com Mirtes Stancanelli, nutricionista da equipe comandada pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães, Suelen tinha um quadro ainda mais grave até pouco mais de um mês. Ela pesava cerca de 102kg e estava no estágio II da obesidade. Desde então, começou um tratamento específico para perder ao menos mais 10 quilos em dois meses - além dos sete que já perdeu.

Além de estar mais propensa a lesões, ela pode até mesmo ter a carreira encurtada, já que o corpo de Suelen, de acordo com Mirtes, faz um esforço três vezes maior do que se estivesse num peso compatível para sua altura."

http://esporte.uol.com.br/volei/ultimas-noticias/2012/10/31/com-169-e-95kg-libero-do-volei-e-obesa-e-pode-ter-carreira-encurtada-diz-nutricionista.htm

Então vamos combinar que obeso que exercita está tão vulnerável às consequências da obesidade do que o gordo sedentário ou mais. O resto é lorota da grande.

Anônimo disse...

POR QUE VOCÊS SE METEM NA GORDURA DOS OUTROS???// Carla, são os gordos que querem confete e enfiar a apologia da obesidade goela abaixo pra cima dos magros. Eu já estou cheia de ouvir falar sobre obesidade. Os obesos não estão nem aí com seus problemas de saúde, só querem ficar magros de repente e sem parar de se entupir de porcaria. Então por que a mídia não para de insistir e os obesos não param de mimimi?

Juliana disse...

Querido anon, o assunto aqui é preconceito e nao se gordos se entopem de chocolate ou não. Ainda sou obrigada a ler que existe apologia a obesidade.. existe tanto isso contra racismo contra brancos e misandria.
A solução pra acabar com o preconceito é simples : CUIDA DA SUA VIDA e para de fingir que se preocupa com a saúde de umx gordx que você nem conhece.

Anônimo disse...

Juliana, falar de preconceito contra obeso é muito esperto mas não rola. Os consultórios estão cheios de gente vítima não do preconceito, mas das consequências desastrosas da obesidade e do estilo de vida de muitos e muitas.
Assim também, os centros cirúrgicos estão abarrotados de obesos querendo ser emagrecidos num passe de mágica. Obesidade é um estado mórbido, um estado de dependência, tal e qual qualquer drogado por aí, mesmo os drogados em compras, jogo, etc. Você vê alguém reclamando de preconceito contra adito em heroína? Então, toda vez que vierem com esse papo de preconceito contra os obesos, meu único pensamento é: conversa pra boi dormir e sonhar.

Pra sua informação, querida Juliana, já consegui reverter estados de pré-obesidade de amigos e parentes só com argumentos pró-saúde, porque os malefícios da obesidade todo obeso sabe, mas finge que não existem.

O caso Fabiana Karla é bem emblemático. Fez uma bariátrica, foi pra mídia apregoar o procedimento, mas tá lá, não só obesa como sempre como também mãe de uma menina de 15 anos que JÁ está obesa I ou até II. E sabe de uma coisa? Foto de modelo plus size pelada é puro embuste pra enganar otária. Essa obesidade photohopada,lisinha, reluzente, acobreada só existe de mentirinha na nossa cabeça. Quanto a cuidar da minha vida, sinto informá-la que me peso pelo menos todo dia e não saio dos 49-50kg porque é o peso que eu QUERO, sem bulimia, sem anorexia, sem desnutrição. Fale pra mim: VOCÊ está no peso que você quer?

Juliana disse...

Mas gente.. Que pessoa altruísta, não? Consegue esse peso de pluma sem o menor esforço, é? Que bom, mas tem gente que não consegue e tem que fazer cirurgias, procedimentos, ou continuar gordx, mas nada que seja da sua conta, como eu já disse.

E sim, eu vejo pessoas reclamando contra preconceito contra viciados em droga. Quando, por exemplo, o governo quer tomar medidas para ajudar os viciados da crackolandia e aparece gente pra dizer que é dinheiro jogado fora.

O que me parece é que você é uma NEURÓTICA com seu peso ou existe algum bom motivo pra vc se pesar todo dia? Eu disse pra vc cuidar da sua vida e vc disse que se pesa todo dia, pra você a vida se resume a isso então?

Você sabe também que nem todo gordo é obeso mórbido né? Mas pra quem pesa 50kg como vc quem estiver acima dos 70kg já deve estar com o pé na cova...

Eu aconselho você a relaxar e invés de se pesar amanhã coma um bom chocolatinho, sem ser do amargo!

Mila disse...

Perfeito! Meu TCC fala sobre isso. O preconceito contra gordo no Brasil é aceito, e o pior, corroborado pelo discurso médico. PELA SAÚDE. Ainda não há consenso sobre o que causa a obesidade (alguns médicos refutam até a conhecida ideia de exercício+dieta equilibrada).
Dia desses, na academia dois caras "saudáveis" diziam o quanto se sentiam enojados de ter que ver mulheres gordas na academia usando legging.
E o pior é chamar gordo de preguiçoso. Eu sempre fui ativa, fiz diversos esportes. Na Educação Física, eram as magrinhas que ficavam se "escondendo" da aula. Mas é claro, o que falam por aí é que o gordo é o preguiçoso.
Para a Patrulha do Corpo Alheio: se sua preocupação com a saúde do gordo é tão grande, pague o tratamento dele (médicos, nutricionistas, esportes, gastos com alimentação). Emagrecer não é barato.

Anônimo disse...

Juliana, você escova os dentes todo dia? Se positivo, deve ser uma NEURÓTICA. Gostou? E quem faz caminhada todo dia, deve ser um mega neurótico!
Pra quem não sabe, o futuro da pessoa gorda é ficar mais gorda ainda a cada ano. Eu me refiro aos obesos, mas ninguém fica obeso mórbido da noite pro dia. Só que não tem argumento suficiente que a demova dessa raiva contra quem combate a obesidade, contra a profunda frustração de quem perde pras porcarias, inclusive o álcool TODO DIA, não importa o quanto gostariam de vencer a dependência (tem muito obeso/a por causa do álcool,tá?). A propósito, cadê os Obesos Anônimos, que como os outros dependentes anônimos não pagam um tostão pra se livrarem de seus vícios? Ahhh, mas sabe, obesidade não é doença. Os 'gordinhos' podem ser saudáveis, né? Aliás, os alcoólicos também, os usuários de droga, idem, não por muito tempo, mas dexa pra lá, o que nós queremos é ser feliz, certo, moça?
E não é que ela agora está me dando ordens? Vá você comer comida de verdade, que tal?

@ Mila

Falam por aí muitas coisas, mas veste a carapuça quem quer. Gente séria no mundo inteiro está se descabelando pra deter a epidemia de obesidade e vem esse mimimi dos infernos por parte das defensoras das pobres vítimas de bullying contra os gordos. Perder peso e não achar de novo, ninguém quer.
Eu não paguei e não pago um tostão com médico, remédio ou procedimento ou exercício. Informação sim, eu tenho, mas é de graça. Comer bem é um pouco mais caro que se entupir de pão e chocolate vagabundo, e tenho certeza que você pode pagar por uma alimentação de qualidade.

O que causa obesidade? Será que é a procura da felicidade onde ela NÃO ESTÁ?


Anônimo disse...

"Eu sinto informar que ninguém é gordo por falta de informação. Toda pessoa acima do peso já ouviu milhares de vezes esse discurso sobre saúde. Discurso que não ajuda, apenas pressiona e assusta."

Rovena, concordo. Discurso não ajuda. Tem que tacar umas multas pesadas pra adultos quem ficarem acima do IMC normal e pra quem empregar obesos,como é no Japão; bem como proibir o consumo de fast foods, pizzas e doces por parte de pessoas acima de certo IMC como fizeram com os fumantes em lugares fechados e com menores em relação ao álcool. Pais que mantém filho obeso também sofre pesadas multas com chance de perder a guarda dos mesmos. Aí eu queria ver!

Juliana disse...

Eu realmente não consigo imaginar o que leva uma pessoa que pesa 50kg a se preocupar com a gordura alheia. Eu bolei uma teoria que x magrx chatx que fica implicando com gordx tem é inveja do gordx porque x gordx come e x magrx fica olhando. É muito desaforo porque x gordx é que deveria estar com inveja dx magrx hahahahaha

E sabe, existe os Comedores Compulsivos, funciona como o AA, gente que sente compulsão por comer e engorda, ou aqueles que comem mas vomitam e não engordam. É uma compulsão bem fácil de desenvolver, não tem que ir na boca de fumo comprar, sabe? E comer todo mundo precisa, ao contrário de cheirar cocaína. Você deveria se informar mais já que parece tão interessada no assunto. Mas acho que você é só uma chata mesmo. Já se pesou hoje ou se deu uma folga no carnaval?

Ps: aceito chocolates caros de presente se quiser me enviar como incentivo.

Anônimo disse...

Juliana, seu comentário foi só retórica e mimimi, como sempre.
A adição por comida funciona da mesmíssima maneira que o alcoolismo e outras. É tão fácil conseguir cocaína quanto ir ao supermercado ou ao McDonald's. E vamos combinar que obeso que não tenha compulsão por certas comida e álcool é uma forçação de barra. Por que eu mandaria chocolate caro pras baiacas (retribuição ao 'chata') se no mesmo dia elas vão se entupir de refri e pizza? Deixa meu chocolate bom (não necessariamente caro) pra quem merece, não é mesmo, loser?

Anônimo disse...

Meu Deus, eu juro... Vou morrer e não vou conseguir me conformar com o preconceito e ignorância das pessoas.... "Quando vê um gordo, uma sirene toca em sua cabeça pra dizer: Você não pode e não vai ficar como ele (a)" Isso é ridículo! Por favor! O mundo precisa de pessoas que amem o próximo, não importando o tamanho da seu manequim, e não de pessoas que desprezem outras por que elas não se ajustam ao "padrão de beleza" que a sociedade impõe! #mais amor por favor!