sexta-feira, 17 de agosto de 2012

MINHA OPINIÃO SOBRE O FEMEN

Sara Winter na Marcha das Vadias SP, em maio deste ano

Passei a maior parte da semana longe de Fortaleza e, consequentemente, da internet. Mas já na segunda me chegou este email da R., de 27 anos: “Estou escrevendo pra pedir sua opinião sobre o Femen. O grupo está recrutando aliadas no Brasil e o 'processo seletivo' inclui postar uma foto de topless no facebook e depois fazer um protesto sozinha também sem blusa. Explicação aqui. Pensei seriamente em me candidatar, mas tenho dúvidas enormes. O corpo é meu, eu mostro pra quem eu quiser... Mas esses protestos não acabam chamando a atenção pelo motivo errado?
Muita gente tem me perguntado sobre o Femen de modo geral, e anteontem o número de “pedidos de opinião” explodiu, devido à polêmica envolvendo sua integrante mais conhecida no Brasil.
Bom, vamos por partes. O Femen é um grupo de ativismo fundado na Ucrânia, e que consegue um bocado de mídia em todo o globo por um único motivo: ele reúne moças loiras e magras protestando com os seios à mostra. Mulheres seminuas na rua sempre vão atrair a mídia (e isso explica também, em parte, a repercussão que a Marcha das Vadias consegue). Quanto a esse ponto, que eu considero ponto pacífico (ou alguém conhece algum outro grupo feminista que ganhe tanto destaque da mídia internacional quanto o Femen? Ou alguém vai querer dizer que esse destaque é pelos temas escolhidos, e não pelos seios desnudos?), a crítica maior vai pro comportamento da mídia, não pro grupo de ativistas em si. É triste que ideias que questionem a situação ganhem tão pouco espaço na imprensa tradicional, e que é preciso tirar a roupa pra que os guardiões da ordem percebam que feministas existem.
O Femen sem dúvida joga esse jogo. Ele põe em sua linha de frente mulheres dentro do padrão, sabendo que moças de beleza convencional geram clicks e vendem (lembrando que a mídia quase sempre noticia qualquer protesto sob a ótica do “atrapalhou o trânsito"). Nesse tipo de jornalismo há muitas fotos, mas pouquíssimo espaço pra causas. Lendo as breves notinhas, é difícil entender por que o Femen está protestando na maior parte das vezes (e elas não vão às ruas apenas por causas feministas).
Isso sem falar que o Femen também rende comentários típicos dos machistas, como “dessas feministas eu gosto”. E vira mais um pretexto pra um bando de manés que condenam todo e qualquer tipo de ativismo ficar babando e avaliando o corpo de mulheres. Mas isso é problema do machismo, não do feminismo (ou neofeminismo, como o Femen se autointitula, sem explicar o que faz de tão novo). Pra mim, toda forma de protesto é válida, e não considero errado se aproveitar da sede da mídia por corpos bonitos para chamar a atenção e passar uma mensagem. Mas seria pedir demais que o que querem passar esteja bem definido? Porque, pra mim, o que pega é que não parece haver mensagem.
Por isso, como forma de realmente mudar o mundo, de fazer uma revolução, a forma de protesto do Femen me soa pouco eficaz. Como forma de chamar a atenção, o grupo faz isso melhor do que ninguém. Mas sem profundidade. Nem o motivo de protestar mostrando os seios é bem explicado (imagino que seja reivindicar que uma parte do corpo feminino não seja vista apenas sexualmente, e que, se os homens -– que também têm mamilos –- podem andar de peito descoberto, por que as mulheres não poderiam?). Alguém realmente sabe o posicionamento do Femen a respeito de várias questões importantes pro feminismo?
O grupo já recebia vasto destaque da mídia quando era só ucraniano. Quando chegou ao Brasil, representado por sua (até então) única participante brasileira, foi um auê. Sara Winter vem dando várias entrevistas e sendo fotografada a cada protesto. O recrutamento que promove (aparentemente não limitado a loiras magras) foi matéria no Superpop. Porém, a imagem que fica, infelizmente, é que Sara não parece ser coerente no que diz nem demonstra saber muito sobre feminismo.
Sara é jovem, 20 anos, e essa pode ser uma explicação pra sua imaturidade. Mas soa irresponsável o Femen lançar uma menina pra ser sua porta-voz. Não é nada fácil lidar com o estrelato, e Sara visivelmente não está preparada. É temerário trazer um movimento prum outro país sem preparar sua principal representante e sem conhecer o passado muito recente dela.
Esta semana descobriu-se que Sara é ou foi integralista nacionalista (fascismo mesmo) e que ela tem uma tatuagem nazista perto do pescoço. Seus ídolos são, ou foram, Plínio Salgado (fundador do integralismo brasileiro) e Ronald Reagan (presidente americano nos anos 80, eterno símbolo dos conservadores e do backlash). Há dúvidas se o nome que Sara adotou é uma homenagem à cantora Emilie Autumn, como ela diz, ou à alemã nazista Sarah Winter. E tem também um post de menos de um ano atrás em que Sara fala mal da Marcha das Vadias, dizendo coisas altamente incoerentes para uma ativista do Femen:
"Eu fico me perguntando aqui, porque diabos, essas meninas não fizeram uma marcha normal, quero dizer, COM ROUPAS NORMAIS, reinvindicando o direito das mulheres, a igualdade sexual, o respeito, o 'não' à violência doméstica. [...] Vocês acham mesmo que [os participantes homens] estão lá em defesa dos direitos femininos? Aham, tá, pra mim isso é uma grande hipocrisia, não querem ser estupradas, mas querem deixar homens desconhecidos visualizarem suas coxas, seios. [...] A grande verdade é que tudo isso se trata de 'ipobe'. Algumas meninas se sentiram ofendidas em Toronto e criaram essa porcaria, outras mulheres envolta do mundo que quiseram chamar a atenção de uma maneira promíscua, ou que simplesmente queriam se divertir, adoraram copiar, e como no Brasil agora a moda é marcha polêmica, todo mundo adorou. [...] dá pra fazer melhor com roupa e sem orgulho puta!"
Ou seja, Sara dizia contra a Marcha das Vadias (que, ao contrário do Femen, é organizada sem hierarquias, sem recrutamento, sem ritos de passagem, de um modo horizontal) tudo que é dito contra o Femen. É possível mudar de opinião? Claro, eu acredito nisso e vivo convidando todo mundo a deixar o preconceito pra trás. Mas é mudança demais pra tão pouco tempo. E, pelo embaralhamento de suas ideias atuais, não fica claro que ela realmente mudou.
Seu perfil no orkut ainda está disponível, e as comunidades que ela segue vão do “Odeio o PT” à “Resistência Anti-Comunista”, passando por inúmeras comus integralistas e nacionalistas. Tem também amor pela ROTA e pelo uso de força policial (sério, ativista ser fã da polícia que vai prendê-la é uma contradição em termos), fascínio por armas, e uma “Sou fã de Jair Bolsonaro”.
Sara se defende, diz que mudou, que não gosta mais de Plínio Salgado, e que toda a relação que teve com carecas e nazistas “foi mantida pela internet principalmente entre [s]eus 15 e 17 anos”. Ela também conta que foi prostituta durante dez meses, aos 17 anos. E que vai fazer uma twitcam hoje às 19 horas para se explicar: “Eu não devo explicação nenhuma pela minha parte, mas como envolveram a Femen, é nada mais agora, do que minha obrigação”.
Repetindo: é possível que ela tenha mudado. Todo mundo já derrapou feio. Mas ela ainda insiste que não tem “posição política definida, pois acredito que tenho muito a estudar, a aprender antes de me definir, aliás, me definir pra que?” Bom, Sara, se definir pra que as pessoas não pensem que você é eleitora de um Bolsonaro já seria de bom tamanho. Pra que não pensem que você continua fascista.
Não tenho o menor interesse em linchar uma menina de 20 anos, e nem um grupo de ativistas. Quero mais é que elas continuem protestando, de preferência dialogando com outros grupos feministas. Mas minha opinião é que o Femen foi irresponsável ao não oferecer o mínimo de instrução e treinamento a sua única integrante. As ucranianas jogaram Sara aos leões. Para um grupo acostumado a lidar com a mídia, o Femen foi de um amadorismo tremendo. Antes de tornar pública sua representante, poderia ter apagado (embora seja impossível apagar tudo na internet) as besteiras que ela falava. Fico pensando na seriedade de um grupo que escolhe sua porta-voz no Brasil sem nem querer saber de seu passado, de suas tatuagens, de suas posições políticas.
Por outro lado, temos que ver a importância que estamos dando pra Sara e pro Femen. Elas não representam o feminismo. Elas representam um tipo de feminismo, que talvez a gente possa chamar de ativismo midiático. Nessas horas de discordância eu vejo muita gente dizer “Ah, Fulana não me representa”. E daí? Quem disse que Fulana precisa te representar? Só porque você não se identifica com Fulana faz dela menos feminista?
De repente parece que Sara é a grande líder feminista brasileira -– o que ela nunca disse ser. Creio ser possível criticá-la sem entrar nessas paranoias de “ela presta um desserviço ao feminismo”. Digo isso porque já ouvi essa bobagem ser usada muitas vezes contra mim. Desserviço pro feminismo quem presta não sou eu, ou a Sara, ou o Femen, ou qualquer feminista de quem a gente discorde. Desserviço pro feminismo quem presta são os reaças, que juram que protestar contra o patriarcado é sinônimo de histeria e de falta do que fazer. E, adivinhe? Se eu ou Sara sumirmos, esses mesmos reaças continuarão incansavelmente prestando um desserviço ao feminismo.
Além do velho “é um desserviço pro feminismo”, outra acusação frequente a mim, que agora vejo repetida a Sara, é isso da liderança, de achar que ela (ou eu) fale em nome do feminismo. É ridículo acusar uma pessoa que nunca se considerou porta-voz ou liderança do feminismo de não ser a porta-voz que os críticos queriam que fosse. Sara não é porta-voz do feminismo. Ela é porta-voz do Femen Brazil.
E os muitos feminismos existentes incluem o Femen, mas não se restringem a ele. Há espaço para todos. Talvez não espaço na mídia, mas não dá pra pautar nossas ações pelo que pessoas que não querem mudanças vão pensar dessas ações.
Então, R., leitora com a pergunta que publiquei lá em cima, minha sugestão sobre se você deve ou não entrar pro Femen é: ainda não.

UPDATE: Vi quase toda a twitcam de Sara, e ela não deu explicações convincentes. Mas the plot thickens, e os problemas do Femen podem ser muito maiores que a escolha de sua representante-mor no Brasil. Primeiro, há vários indícios que o Femen de modo geral é islamofóbico. O Femen Ucrânia realizou protestos contra a participação de países islâmicos nas Olimpíadas de Londres 2012, apelando a imagens como esta que coloquei acima. O Femen Canadá já deu várias declarações xenofóbicas, posicionando-se contra imigrantes. 
O negócio é tão sério que algumas feministas brasileiras acreditam que o Femen seja um grupo de inspiração fascista disfarçado de feminista. As guirlandas de flores que suas integrantes adotam seriam um símbolo da pureza ariana. 
Se essas suspeitas se concretizarem, cai por terra minha acusação de irresponsabilidade do Femen por ter escolhido Sara sem treiná-la ou sem checar seu passado. Sara teria sido aceita pelo grupo exatamente por suas ligações com o fascismo. Até faz sentido: as ucranianas certamente perceberam a tatuagem da cruz de ferro de Sara, e sabem o que ela significa. Por enquanto, tudo isso é hipótese. Mas meninas que estão pensando em entrar no Femen: diante desse quadro, e da total inabilidade do Femen em dar respostas satisfatórias, meu conselho é -- não entrem.

Mais sobre o Femen: Meu diálogo com Sara, poucos meses depois.
Repercussão desse diálogo (muitas críticas de algumas feministas).
Mais uma derrapada: Femen Brasil homenageia Margaret Thatcher.
Sem dúvida, Femen é islamofóbico
Femen Ucrânia rompe com Femen Brasil.   
Era verdade: Femen controlava o corpo das ativistas. 

184 comentários:

badegotrip disse...

um movimento que gera muito barulho, mas tem pouco a dizer de fato. sem contar que o processo para fazer parte dele é, no mínimo, esquisito.

Eliana Calado disse...

Concordo: na maioria das vezes nem se sabe contra o quê o FEMEN está protestando. Além do mais, a escolha dessa garota como porta-voz foi, no mínimo, irresponsável.

Léli disse...

Na entrevista que assisti da Sara na Gabi, ela falou que os protestos são voltados a questão da prostituição e tráfico de mulheres e exploração sexual, o que difere muito da Marcha das Vadias. Ela não chegou a falar mal da marcha, mas meio que cortou o assunto.
Gostei bastante do texto Lola!

brujeria disse...

Ela tá lucrando e não é pouco,tem uma materia no uol que diz que a loja virtual arrecada uma grana preta,fora os destaques em todas as midias.
eu acho assim proteste desde que respeite o outro,atacar igreja invadindo a igreja como as punks russas,aqui no Brasil não pega nada,mas na gringa a lei é outra desrepeitou qualquer CANA.
esta garota do femen foi protestar lá fora e até na cadeia ficou,aqui no Brasil ela foi dar entrevista no danilo gentili e na luciana gimenez.

Karla disse...

e que diabo é isso de neofeminismo?

brujeria disse...

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/08/14/femen-brazil-recebe-cerca-de-100-e-mail-por-semana-de-interessadas-em-aderir-ao-ativismo-topless.htm?abrefoto=4

elas estão pedidno até doações em grana.

Passarinho me contou disse...

O Femen só quer se aparecer, assim como o PETA, se elas fossem realmente um grupo que lutasse pelo feminismo e fossem um pouco sérias, elas não teriam sido tão amadoras.

Monique disse...

Realmente,essa quarta ilustraçao passa uma ideia errada.E as mulheres consideradas feias pelo padrao quase nao aparece.So foi uma vez que vi o femen da ucrania na Euro com uma mulher muito fora do padrao.
Pras mulheres fora do padrao devem superar sua baixa estima e sair da matrix.Pras mulheres bonitas deve ser mais facil.

Anônimo disse...

ah agora entendi o que vi ontem na TV durante uma entrevista que dr. Drew Pinsky, médico clínico geral especializado em lidar com pessoas viciadas em no que for praticamente, bem ele entrevistou Moira Johnston e até mandei isso pra Lola checar no google e por coincidência Lola já estava com um post engajado no assunto.

Anônimo disse...

a e me esqueci de falar que Moira Johnston trabalho como dançarina em topless bares (e ela queria esconder isso, falou pq foi apertada durante a entrevista)... Lola tem razao a coisa é por aí assim, pra se aparecer.

Dayane disse...

Acho tosquíssimo!

Dayane disse...

Tipo falar que Valeska Popozuda é a nova rainha do feminismo.

P. Yuuko disse...

Só uma coisa: de acordo com uma entrevista que eu vi com uma das representantes do Femen, tirar a roupa não é obrigatório para participar do movimento, e qualquer mulher pode protestar sem roupa, independente da idade ou do tipo físico. O que acontece é que a mídia prefere colocar fotos das novinhas e bonitas quando mostra os protestos, em vez das manifestantes feias e/ou velhas (a mais velha a protestar sem roupa tem mais de 70 anos).
No mais, fiquei meio em dúvida se o Femen realmente escolheu ela como porta-voz ou se ela que se colocou nessa posição...

Mariane disse...

Eu acho essa Sara bem fraquinha. No Superpop não convenceu que sabia do que estava falando e ainda se irritava com facilidade. Ela tem muito o que aprender.

Fla disse...

O pior nem é dizer q ela não nos representa, é a mídia apontar ela como a "representante do movimento feminista brasileiro".

Gabriela disse...

O problema q eu vejo no Femen é a falta de ações concretas em benefício as causas q defende.Não estou desmerecendo o protesto.Mas protesto por protesto não dá.Assisti a entrevista dessa moça no sbt e me pareceu q as manifestações são encaradas como uma brincadeira uma diversão.Além disso a fala dela é confusa.Várias vezes ela se enrola na entrevista.Sua fala não é clara e objetiva.A quetão é oq de concreto elas fazem pelo feminismo? Sarah Winter fica apenas na superfície dessas questões.Até agora nada mais elaborado saiu de sua linda boca.Ela é só uma garota querendo aparecer.

Carol disse...

Fiquei bastante incomodada com esse negócio de seleção pra fazer parte do protesto? Que tipo de seleção é essa que a Sara Winter está sugerindo? Ela simplesmente ta sendo a maior hipócrita e colocando em prova que ela não sabe o verdadeiro conceito do feminismo e que ela só quer chamar atenção (por causas erradas e egoístas), não acredito que ela foi na Ucrânia pra protestar por lá enquanto ela podia fazer MUITO por aqui, ela usando mensagens no corpo nu como "RAPED BY EURO" foi simplesmente o fim.

Anônimo disse...

Com licença, qual é o problema de participar de uma comunidade de ódio ao comunismo no Orkut? O comunismo é uma ideologia assassina tão odiosa quanto o masculinismo. Para mim, mascus e comunistas merecem mesmo é morrer.

Beatriz disse...

Eu achei que ela parece desinformada, não tem porição política clarar e é jovem demais pra estar a frente do movimento. O passado facista tb me afastou: ela pode ter mudado, mas deveria ter mencionado isso qdo virou uma figura pública.

Anônimo disse...

e a tal Moira Jonhston, americana, mencionou apenas que foi ideia dela ir pra aula de Yoga sem top e daí resolveu sair pelas ruas e os motivos sempre sobre direitos iguais de homens e mulheres... falou nada nada do FEMEN, como se ela mesma, a tal Moira, tivesse originado essa ideia de andar pelas ruas de NY City com os seios de fora... um relato muito mal contado. Muito muito legal mesmo o post da Lola pq eu até temia que fosse 1-2-3 a mulherada jovem se deixasse levar por estar por fora da realidade. 10 Parati.

Anônimo disse...

Dois pontos que todo mundo percebeu, inclusive meu namorado q me torrou pra eu dar opinião sobre: A Sara parece q não sabe o que está falando/fazendo... Seu passado é NEBULOSO DEMAIS. Aliás, será mesmo q podemos chamar de passado?
Segundo pondo: sobre o quê a FEMEN protesta exatamente? Tb fiquei com essa dúvida.

Outra coisa q não tem muito a ver mas q concordo com a Dayane: Valeska e feminismo é só uma relação de lucro e oportunidade. NADA MAIS. Vi feminista postar letra de música dela e defender com unhas e dentes. Mas acho muito prematuro e ingênuo pensar assim. Não sei se estou carrancuda demais, mas esse cheiro de oportunismo nessas atitudes do FEMEN e da Valeska me impedem de enxergar algo de bom.

Lilian Soares do Nascimento disse...

Parabéns pela orientação, Lola no que diz respeito aos desserviços. Tenho muita ressalvas em relação ao FEMEN justamente porque não consigo compreender realmente as propostas de cada protesto.

É uma coisa muito... "selvagem", agressiva, bem sucedida em chamar a atenção midiática, mas, ainda percebo carências.

Entretanto... Espaço é espaço. E quanto mais o feminismo ocupar, melhor.

E oxalá pelo dia em que tirar a roupa em favor do feminismo começar a atrair mais adeptas que os espaços que promovem mulheres seminuas alá playboy.




B. de Campos disse...

Não sabia desse passado da Sara Winter... Acho temerário mesmo o Femen colocá-la como representante...

Concordo com sua posição, Lola. Não faria parte do Femen, mas acho válido os protestos.

Beijos!

Gabriela disse...

Anônimo das 18:50

Ei! Eu sou 100 por cento comunista.Mereço morrer por esse crime abominável?


Não morro sem presenciar uma revolução neste país!

carolinapaiva disse...

Lola, não acho que ela presta um desserviço ao feminismo como um todo, pois ela não tem essa importância, mas que presta um desserviço a própria Femen, e que essa palhaçada toda vai dar mais força ainda ao termo absurdo "feminazi".

Cris disse...

Isso mesmo, Lola, concordo totalmente com vc.

O que vi na página do Femen BR no Facebook foi um verdadeiro linchamento contra essa menina. Fiquei chocada. Fiquei mais chocada com o comportamento de algumas pessoas que se dizem feministas do que com o passado de Sara, pois enquanto a este, tenho a impressão que ficou mesmo no passado, e acho sinceramente, que ela está em evolução.

Kika disse...

Eu li que ela admite que fez besteira no passado, mas que mudou de opinião, que as pessoas tem o direito de mudar. Para não meterem o Femen no meio dos seus erros do passado. Ela realmente é muito jovem tem muito que aprender ainda, mas acho válido seu começo, porém acho que a mídia vai usar seus erros para fazer com que ela perca sua credibilidade .

carolinapaiva disse...

http://twitcam.livestream.com/bltln

Link para a tuitcam

Isabela Candeloro Campoi, disse...

Lola, despois desse texto, vc sim, é minha porta-voz. Arrepiei aqui e adoro quando isso acontece....rsss... Clap, clap, clap...

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Achei que ia discordar de vc dessa vez, até chegar na metade do texto e ler essa frase: "Por isso, como forma de realmente mudar o mundo, de fazer uma revolução, a forma de protesto do Femen me soa pouco eficaz."

As meninas do Femen são bem intencionadas? São. Conseguem chamar a atenção da mídia com o tipo de protesto que fazem? Sim.
Isso tem algum resultado efetivo nas causas que defendem? Na minha opinião, não.

Não creio que a mentalidade de alguém mude ou que realmente ajudem alguém em situação de risco por causa de violência, turismo sexual, etc, ficando com os seios nus em protesto.

As meninas que me desculpem, mas infelizmente não acho que dê qualquer resultado efetivo, por mais bem intencionadas que estejam.
Acho que tudo que acabam conseguindo é um bando de homens avaliando os corpos delas, mas sem pararem para pensar em nenhuma das causas delas.

Sara disse...

Lola a Sara Winter participou da marcha das vadias aqui em S. Paulo, em alguns momentos marchamos até juntas, troquei breves palavras com ela, alem de muito bonita ela me pareceu mesmo muito jovem, achei até que ela tinha menos de 18 anos.
Não deu pra ter nenhuma impressão definitiva sobre ela, acho que ela é tão jovem ainda que querer uma postura mais consciente dela nesse momento é pedir demais.
Quanto ao passado "negro" dela, tb tenho o meu Lola, ja fiz muitas coisas ridiculas e outras das quais me arrependi muito na minha juventude, e pior ainda faço rrsss, e não escondo de ninguem nem mesmo das minhas filhas, não tenho vergonha de mudar, porque não tenho vergonha de pensar.
Acho desonesto até esperar atitudes muito conscientes de uma garota tão jovem, mas acho muito favoravel que ela esteja se engajando em um movimento feminista, porque eu considero que o FEMEN é um movimento feminista.
Tb ja disse muitas vezes aqui, que sou a favor da inclusão nos movimentos feministas, acho um desserviço sim a exclusão, nós mulheres somos muito plurais em todos os sentidos, não da pra ficar destribuindo carteirinhas de feminista só pra um grupo muito restrito, pois isso não nos levara a lugar nenhum, nossa força só vira de nossa união.
Acho que o machismo despreza todas as qualidades que nós mulheres possuimos, somos valorizadas apenas pelo nosso corpo, como ja disse anteriormente nosso corpo é usado das mais variadas formas, o FEMEN, usa justamente o que o machismo valoriza mas para chamar a atenção as causas que ele defende (o Femen).
Talvez a midia dê mesmo pouca atenção as causas defendidas pelo FEMEN, mas sempre dão um espaço para ele, mesmo que sejam pouquissimas ativistas participantes, eu acho válido, embora nem sempre partilhe das motivações dos protestos em si.
Quanto ao requisito de ter um tipo fisico padronizado para participar do FEMEN, realmente não sabia disso, porque sempre acompanho noticias do FEMEN e tenho visto os mais variados tipos de mulheres participando Lola, loiras , morenas , altas , baixas, gordas, magras, eu apenas não vi negras integrando esse movimento, mas possivelmente devem ter algumas, mas acredito que seja por ele ter surgido na Europa e tipo mais predominante ser das meninas que costumamos ver nesse tipo de protesto.

B. de Campos disse...

PS.: Só uma correção, eu não tenho nada contra ela ter sido prostituta. Eu me referia só às posições políticas :)

Abraços a todas!

Anônimo disse...

www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/feminista-deita-cruz-abaixo-em-solidariedade-com-as-pussy-riot-com-video

Isso gera visões erradas sobre o feminismo.

Carol Pamplona disse...

Não conheço nada sobre o Femen, só acho que mostrar os peitos aqui no Brasil chega a ser hilário! Acho que chamaria mais atenção se elas vestissem uma burca! Por aqui, no máximo, vão rolar convites para posarem nuas... Seus ideais e causas? No país do bumbum? Ninguém ta nem aí!

Arlequina disse...

Gente, o problema não é a Sara participar ou não do Femen, o passado dela, o fato dela ter mudado ou não. A irresponsabilidade é do Femen de ter lançado ela como a primeira e como a porta voz do grupo no Brasil. Porra, o terreno já é nebuloso na cabeça da mídia conservadora, lançar a moça foi jogá-la aos leões mesmo.

Ninguém tá cobrando postura nenhuma da menina. Ninguém tem que cobrar nada. Mas como líder do Femen-Br é OUTRA história, pô.

Dri Caldeira disse...

Eu acho engraçado protestar nua, oferecendo aos homens a chance deles fazerem com as mulheres o que mais nos incomoda: nos usarem simplesmente pra satisfazer seus desejos mais básicos. Sem nenhuma consideração conosco. E quer saber, muito mais efetivo, violento e que surtiu efeito, foi (na minha opinião) o maior movimento feminino que já existiu na face da terra: As mães da Praça de Maio, q Lolita deve conhecer bem, eram avós que foram exigir respostas do violento governo militar argentino, sobre seus filhos e netos desaparecidos durante a ditadura lá. E todas muito vestidas, inclusive com os cabelos cobertos por lenços. Com relação dela amar homens policiais, fardados, a R.O.T.A., daí não posso recriminá-la: eu tb sinto atração somente por esse tipo de homem. Já tive vários parceiros policiais e nenhum deles foi agressivo comigo. Vai saber pq sou assim, né?

Anônimo disse...

olha, essa a menina Winter parece BEM perdida.
foto dela em show de uma banda skin de São Carlos... esse ano.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=331408236907939&set=o.184406044928592&type=3&theater
(engraçado que a primeira música que eu consegui ouvir dessa banda no Youtube se chama "Vadia")
Sei lá, detesto admitir isso... mas ela realmente parece só estar atrás da atenção. extrema direita, nazi, feminista... todas suas atitudes parecem tão harmless.

André disse...

Acho que uma menina de 18 anos merece um grande desconto por seu passado esquisito. Ainda mais num país onde a regra geral é alienação completa dos jovens. Mas essa da foto de topless é esquisitíssima.

Iara De Dupont disse...

Não achei o link agora,mas li em uma entrevista,com uma das líderes do movimento na Ucrania que elas usavam os seis como protesto,se os homens fazem dos seios objetos sexuais,elas fazem deles a base do protesto.
Mesmo assim achei péssimo isso de pedir uma foto da menina nua que quer se unir ao movimento,parece coisa da revista Playboy,que pede isso a quem vai posar nua,achei terrível.Também acredito que Sarah é jovem demais e não recebeu a atenção que precisava para entrar a um movimento desses,nem ela nem outras duas são articuladas e não muita noção de tudo que envolve o feminismo.
Quanto a página de Orkut eu nem levaria a sério,acho coisa de adolescente mesmo,essa mania de polarizar tudo o que pensa,não considero o passado dela importante,porque então vamos cair na base do machismo,que o passado sempre recrimina a mulher,no mesmo programa Superpop alguém disse isso-Homem tem curriculo,mulher tem antecedente.
Mais machista impossível.Sou a favor de qualquer protesto,mas não simpatizo muito com esse de tirar a blusa,mas enfim, cada um faz o que quer...nos protestos contra o uso de animais em laboratorios é mais impactante fotos dos animais do que ativistas nuas em banheiras com tinta vermelha simulando sangue.De qualquer maneira ao ponto que estamos todos os protestos são válidos e necessários.

Marianna disse...

Essa Sara é completamente despreparada, pra completar é fã de Plínio Salgado e tem uma cruz de ferro tatuada no corpo? OI???
Ultra direita é tudo que vai contra a qualquer movimento feminista, até posso acreditar que ela teve um passado escroto e decidiu mudar, mas né? Ao se ligar a um movimento internacional a primeira coisa que ela deveria fazer é apagar esse passado dela, mas a burra deixou tudo no facebook, blog. BURRA.
E o Femen Brasil é uma bela duma porcaria, as diretrizes do movimento nunca foram claras.

Luma Rosa disse...

Eu queria que a Sarah Winter fosse uma moça politicamente mais informada e que lutasse pelas causas femininas do Brasil. Precisamos de meninas que tenham ideais, pois vejo poucos adolescentes com a coragem que é inerente a essa faixa etária. O que você deixou de dizer, foi que a Femen recruta somente mulheres jovens, na casa dos 20, pois é fácil manipular pessoas dessa idade.
Os casos de violência doméstica e de estupros com meninas menores de 14 anos cresceram no Brasil, segundo dados da última pesquisa. Por que a Sarah Winter, como brasileira não protesta por causas nossas?
Aqui na cidade onde moro temos o Movimento de Mulheres-Cabo Frio e estivemos na Rio +20 para promover o Território Global das Mulheres, nos moldes do Planeta Fêmea criado na convenção em 92 - Estavam ali vários grupos feministas, mas cadê a tal Sarah Winter? Essa moça está deslumbrada com as ativistas ucranianas, advindas de um país "de gente complicada" como diria a minha mãe e que culturalmente não tem nada a ver com o Brasil.
Lola, se você já viajou para esses países do leste europeu, sabe que não é preciso coragem para as mulheres de lá sairem semi-nuas para as ruas e muito menos defenderem um causa. O bom é se espalhar pelo mundo, principalmente para países que atualmente estão em destaque como o Brasil. Assim como temos empresas oportunistas entrando no Brasil, temos também grupos como estes. A Sarah deveria continuar defendendo os seus ratinhos.

vivian dallalba disse...

Excelente texto!

O que eu não concordo é ver o pessoal reclamando que o Femen faz um "processo seletivo". O grupo é delas, se elas querem fazer um processo, não vejo problema nenhum. Elas não são do governo, não são umaa empresa privada... não vejo por que elas não podem criar suas próprias regras.

Se eu criasse um grupo também ia querer ter uma forma de selecionar pessoas alinhadas com as minhas ideias para participar.
Qualquer pessoa pode criar seu grupo para manifestações e criar suas regras, nem que seja não ter regraa nenhuma =)

Mesmo que elas escolham meninas dentro do padrão de beleza, sei que a ideia do Femen é atrair a atenção da mídia para causas - não necessariamente feministas - através de ativistas nuas. Também acho que faz sentido, dentro desse contexto. Meninas dentro do padrão chamam a atenção da mídia, realmente.

Acho que o Femen é um exemplo de que é possível sim chamar a atenção da mídia para problemas de todo tipo, de forma criativa e sem ser necessário multidões de pessoas ou uso da violência. Existe espaço pra isso sabendo-se jogar o jogo da mídia. A validade do Femen é mostrar que movimentos podem ter visibilidade, e acho que isso acaba inspirado mais as pessoas.

Rebecca souza disse...

Caraca ,lola,um debate literalmente sobre `´os mamilos pollemicos da vez`´,assim, eu particulamente conheci o femen faz pouco tempo.O fato delas andarem com os seios de fora,ok,até ai normal ,é algo que o feminismo faz de sues primordios e td certo.
O que realmente me incomoda no Femen,são suas atitudes,não acho que vc derrubar uma cruz que é representação de fé para alguns,seja algo legal,po,o feminismo não é totalitario,existe feministas que tem uma crença,eu quero a liberdade das pussy riot,mas,eu tb acredito em liberdade de crença,pensamento e opçãos e acredito em respeito tb,e acho que isso é o primordial da nossa luta.Eu vi uma reportagem do femen ,na record e sinceramente ficar fazendo pose de mulher maravilha com a mão na cintura,pra,min só soa como engraçado ou muito fake.E na propria entrevista eu vi contradição no movimento,elas falam que não é obrigatorio ficar desnuda,mas,uma das moças foi excluida pq não quis tirar fotos publicitarias do movimento com os seios de fora.No final elas fz um discurso sem pé nem cabeça, e ganham de comentario dos apresentadores``eu acredito que tem que haver luta,mas,respeitando espaços`´.Quanto a essa senhorita Sara,eu vou ser sincera ,eu não gosto de suas atitude,vi no superpop ela chamar uma moça de `´vaca`´cara,eu desmontei na hora,em outra entrevista ela afirmou que na maioria das vezes`´ pelas militantes serem contra a atitude dos homens elas acabavam virando bi ou lesbicas`´,po virar bi ou lesbica?e se os campos do boatos são certos,conheço muitas feministas da cidade dela que afirman que ela ainda tem ligações com a extrema direita.Quando ao processo seletivo,pelo pouco que eu entendi se deve ao fato de evitar que alguma menina entre no movimento só para ganhar midia e pousar em revista masculina,mas,não sei se vou falar besteira aqui,porém ,até o presente momento não vi aqui no Brasil nenhuma escolhida do femen,fora de um padrão de beleza aceito pela midia,até a mais gordinha é de certa forma algo que a midia aceita.Para resumir ,eu apoiarei o Femen o dia que ele me passar uma confiança que eu ainda não tenho,quando ao Femen Brasil,espero que no futuro elas tenham uma porta voz mais firme e ,sim,mais politizada,o que falta muito para sara,e sinceramente culpar a idade não é desculpa,pq conheço meninas de 18 anos que militam e seriam um orgulho em qualquer debate,vou fz uma adaptação das palavras da lola,pois na minha opinião apoiar o femen ainda não está na minha militancia.

Anônimo disse...

sabe, se ela realmente tiver mudado, ótimo. menos uma pessoa com ideias equivocadas na cabeça. acontece que ela não parece ter mudado. sabe adolescente que gosta de um tipo de música hj e não gosta mais depois de 2 meses pq os amigos todos estão ouvindo outra coisa? isso que me pareceu. eu vi essa menina falando acho que duas vezes. me parece TÃO perdida, mas TÃO perdida. os objetivos não são claros.

me incomoda um pouco que as mulheres protestam enfiando o peito na cara dos outros já sabendo que são mulheres bem no padrão considerado perfeito. isso sem falar nos mamilos rosa. hahaha.

na marcha das vadias, vejo a nudez mais tranquila, mais natural, gente de todo jeito, homens no meio... gente que vê o protesto na hora e se junta. isso de ter ritual pra entrar no femen me soa até perigoso... disso pra partir pra algo radical é um pulo. aquela eterna vaidade do ser humano de pertencer a algo que não é aberto a todo mundo.

e, pelo que entendo do feminismo, nós deveríamos aceitar a todos do mesmo jeito. sem necessidade de postar foto pra ver se pode protestar. sem necessidade de passar por provas de nudez no meio da rua. qdo a marcha das vadias acolhe, ela pode transformar a cabeça de alguém que nem tinha objetivo de ser mudada. gosto muito das frases da marcha e, se alguém pensar um pouquinho sobre várias que puderam ser vistas, dá pra tirar coisas boas dali.

femen, sei lá. pra mim, pelo menos o que veio pro brasil, é movimento pra aparecer no super pop.

Lurker disse...

Esses protestos feministas de hoje, Marcha das Vadias, Femen.. São a coisa mais imbecil que se pode pensar ser realmente a favor das mulheres e da liberdade e igualdade. E por quê? Porque fazem exatamente o que a "maioria machista" quer, bagunça de mulheres seminuas parando o trânsito.

Vê em marcha de grevista - Pessoas com 'suas bandeiras' explicando o por quê da marcha e os motivos de suas reividicações

Você vê marcha religiosa - Todos com vestimentas e símbolos que valorizam sua fé e seus valores.

Vê em marcha gay - Pessoas "alegres" mas que mostram a luta pelos próprios direitos, "mais ao menos" sem sairem pelados de graça por aí.

Marcha das Vadias - Mulheres quase que completamente nuas (já começa a restringir a quem tem mais de 16 anos), reclamando pelo direito de se vestirem como vadias (contra os princípios de viver em sociedade, da segurança própria e desvalorizando o mercado das "vadias") sem serem assediadas ou tratadas como vadias (YOU DON'T SAY?).

Caramba, é difícil fazer um protesto pelos próprios direitos sem se desvalorizar e rebaixar ao nível de prostituta de beira de esquina?

Eu as vezes quando vejo essas notícias penso em como seria a "marcha dos galinhas" - Pelo direito de cossar o saco na rua e andar sem camisa sem ser assediado por mulheres e boiolas.

yulia2 disse...

bem.... a industria do entretenimento e do estrelato FEDE MESMO.
O pessoal da femen como um todo, SABEM que fazer protestos semi nuas chama a atenção e consequentemente toda a sua indústria fétida....
Realmente concordo que faltou assistência delas com a sara a sua integrante brasileira.
Esse é o perigo pois sabemos como é o Brasil e os brasileiros... eles vão acabar achando que a femen é O UNICO MOVIMENTO feminista e não é....
Quanto ao passado político da sara... merece melhor investigação... muito preocupante uma ex-extrema direita, ou ainda direitista se intitular feminista... ela mudou mesmo? ou quer SURFAR na onda da popularidade mundial da femen e da marcha das vadias?? Não vou emitir opinião sobre ela agora, pelo menos por enquanto, prefiro ficar no aguardo de adquirir mais dados sobre esta.
Eu vi ela na Marilia Gabriela, achei ela bem articulada , mas sabe como é... sucesso é foda, sobe na cabeça , por outro lado vai ter gente que vai querer combate-la... e quem se fode nessa como sempre? toda uma classe... o feminismo!
Por ora, acho que ela precisa de uma boa blindagem da femen é claro, e verificar REALMENTE de que lado ela está pois é IMPOSSIVEL ser neo nazista, extrema direita , fã de bolsonaro e feminista ao mesmo tempo.
Vc já viu pastor da assembléia de Deus defender a pornografia ou o homossexualismo?
Vc já viu algum padre defender o uso da camisinha???
Nunca né! seria a mesma coisa no caso dessa sara, uma ultra direitista não pode ser feminista jamais... pois o direitismo e o conservadorismo tem suas raízes fincadas no patriarcado. Não tem como escapar disso!
Mas enfim, por ora, vou esperar mais dados dessa sara.

yulia2 disse...

A irresponsabilidade é do Femen de ter lançado ela como a primeira e como a porta voz do grupo no Brasil. Porra, o terreno já é nebuloso na cabeça da mídia conservadora, lançar a moça foi jogá-la aos leões mesmo.
________________

exato!!!!
foi muita irresponsabilidade deles...
agora veio a tona o tal passado neo nazista dela... complicado isso. Elas vão ter que fazer alguma coisa.

Anônimo disse...

Pois é. A seleção das Paquitas não era muito diferente do que é a seleção do Femen.

Anônimo disse...

No Brasil, a mulherada mostra-peito vai ser apenas saindo das alas de escola de samba e ir direto pras calçadas, só isso. As meninas com melhor visual serão convidadas pra fotos nuas em revistas mascu... a grana vai ser boa e vão aceitar, só isso.

Jacqueline disse...

Bem, não há como negar que até hoje ela flerta com o movimento skinhead e isso já me assusta um pouco, ainda mais sendo ela oi!. Nas fotos do orkut vê-se que a tatuagem da cruz de malta é mais recente, pois foi feita em cima de uma outra, uma cereja.

No fundo, só acho ela uma tola. Exageradamente tola. Não a defendo.

Pamela disse...

Não quero nem comentar sobre a direitona; Concordo muito com o que você disse: Nem Sara Winter nem FEMEN Brazil são O FEMINISMO do Brasil: ela (finge) participar de um dos muitos possíveis feminismos. De um modo geral eu já tinha minhas dúvidas sobre esse feminismo 'apolítico' do FEMEN Brazil -- consequentemente pouco teorizado e nada anticapitalista.

MAS Lola, falar que tudo ok ela ser confusa pra cacete, já que ela tem 20 anos, é de uma sacanagem sem tamanho!
Eu tenho 20 anos e me preocupo MUITO com minha teorização, sempre corri e continuo correndo (obviamente) atrás de materiais feministas, políticos, históricos e sociais que possam ajudar com minha formação.
Acho um absurdo chegar num dos blogs mais legais sobre feminismo que conheço e me deparar com um 'normal ela ter admirado o Plínio Salgado há uns anos atrás, fazer um texto MEGA conservador sobre a Marcha das Vadias 2011 e, pluft, mudar de ideia, afinal: ela só tem 20 anos'.

Abraço

Lívia Carvalho disse...

Concordo com cada palavra, Lola.

O que me incomoda nisso tudo não é o fato de existir uma feminista com idéias e atitudes questionáveis. O feminismo é um movimento plural e espontâneo, tem gente de todo tipo.

O que me deixa PUTA da vida é como todo mundo que torce contra o feminismo (o inclui grande parte da mídia) IMEDIATAMENTE elege justamente uma menina de idéias e atitudes questionáveis para falar em nome de todo o feminismo.

A mídia sabe muito bem o que está fazendo quando apresenta a menina como representante do movimento. Ela sabe muito bem que está também, ao fazer isso, associando todas as características questionáveis dela ao movimento inteiro. A mídia sim, ao fazer isso, está prestando um desserviço ao feminismo.

Anônimo disse...

Lurker, não vou me estender porque esse não é o assunto do post, mas você é muito desinformado (pra não usar outro termo).
Há uma infinidade de textos tratando sobre os objetivos da Marcha das Vadias. Aqui, no blog da Lola mesmo, tem alguns. Seria interessante você conhecer o que critica.

Anônimo disse...

Uma feminista com passado ariano, e uma cruz de prata da Heer Wehrmacht tatuada no peito ?!!!
rsrrs, vai sr um prato cheio !!!

Anônimo disse...

Eu achei bastante coerente lola !!

FEMInista + neo NAZI = ?!!

yulia2 disse...

''Esses protestos feministas de hoje, Marcha das Vadias,
Femen.. São a coisa mais imbecil que se pode
pensar ser realmente a favor das mulheres e da
liberdade e igualdade. E por quê? Porque fazem
exatamente o que a "maioria machista" quer, bagunça
de mulheres seminuas parando o trânsito.''
_______________
Antes de defecar pelo teclado, vá se informar mais
sobre a marcha das vadias e o porque dela existir.
detesto cara ALIENADO E DESINFORMADO QUE se mete
a falar do que NÃO conhece....
achar que o movinento existe somente pra mulher aparecer e nada mais é muita vontade ser imbecil.

yulia2 disse...

antes que venha algum imbecil falar besteiras....
pra variar os alienados sempre falando pelo anus.....

a marcha das vadias no brasil existe BEM ANTES
da tal sara winter aparecer....

Letícia Rodrigues disse...

Acho a nudez da marcha das vadias bem diferente da nudez do Femen.

Primeiro pq é praticada por um número bem maior de mulheres, o que implica em uma diversidade maior. A exposição dessa diversidade, por si só, já é uma forma de se colocar contra o padrão de beleza, e até contra a objetificação do corpo da mulher. Uma mulher fora do padrão que participa nua da marcha das vadias está dizendo pros machistas de plantão: "O corpo é meu e eu não tenho que molda-lo de acordo com o seu gosto."

Já no Femen vc tem que passar em uma seleção para participar, o que faz com que o número de participantes seja menor e os tipos físicos sejam menos variados. Acho que isso contribui para que a mídia escolha mostrar só as que estão no padrão - as fotos das marcha das vadias publicadas pela mídia mostram mulheres de todo tipo.

Segundo pq a exposição do corpo na marcha das vadias geralmente é contextualizada. As mulheres escrevem no corpo frases como "o corpo é meu", "meu corpo minhas regras", e coisas do gênero.

Já no Femen vc muitas vezes não entende qual é a razão do protesto, nem qual é a relação da causa com a nudez.

Anônimo disse...

informação quentíssima:
o dono do site mascu, mundorealista.com chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.
faça bom proveito dessa informação, agora quero ver os mascus continuarem com esse site deles.

Anônimo disse...

Digamos que seja um longo processo de transformação política. Quem se aproveita dos direitistas transformistas, e do que eles representam, NECESSITA uma imagem popular para fazer frente ao estado ideológico atual (que está abaixo do zero, a Lola deve saber melhor do que eu...).

Alessandra disse...

Discordo do seguinte trecho:

"De repente parece que Sara é a grande líder feminista brasileira -– o que ela nunca disse ser. Creio ser possível criticá-la sem entrar nessas paranoias de “ela presta um desserviço ao feminismo”. Digo isso porque já ouvi essa bobagem ser usada muitas vezes contra mim."

Ela pode nunca ter dito ser a grande líder feminista brasileira, mas tem aparecido bastante e falado muita baboseira em nome de um grupo feminista mundialmente conhecido. Não me parece que o seu caso seja o mesmo da Sara e do Femen Brasil. Falo de ambos juntos porque a imagem da Sara se confundiu com a imagem do grupo - e a mídia parece interessada que permaneça assim. Tenho acompanhado a polêmica em torno do Femen Brasil e não consigo enxergá-lo como um movimento feminista. Você não sabe a que ele se propõe, eu não sei e desconheço quem identifique qualquer indicativo de feminismo no Femen.

Não acho paranoia afirmar que "ela presta um desserviço ao feminismo". Se "ela" não presta um desserviço ao feminismo (ok, vamos livrar a cara da moça), o Femen o faz por não dizer a que veio e se auto-intitular feminista. Não cabe comparar o que falaram de você, Lola, com o que estão falando do Femen. Até onde sei, diferente do Femen, você não deixa dúvida sobre o seu feminismo.
Veja, não estou falando aqui da heteregoneidade do movimento feminista, não é isso. Cada uma decide com qual vertente se identifica mais e de que maneira expressa o seu posicionamento. Só que quanto mais leio sobre o Femen Brasil, menos ele me parece feminista. Falta consistência, sabe? Os holofotes estão sobre a Sara e o Femen, a associação com feminismo é inevitável e isso acaba desacreditando quem milita com seriedade (independente da forma de militância). Então acaba sendo um desserviço, sim, porque enfraquece a credibilidade do movimento. É esperado que os reaças tentem, e as vezes até consigam, atrapalhar as conquistas feministas. Jamais se espera, porém, que um grupo auto-denominado feminista atrapalhe as causas pelas quais supostamente deveria lutar.

Libertário disse...

Esta coisa chamada feminismo foi mais do que sepultada em 1970, pelos argumentos matadores do Murray Newton Rothbard, que morreu em 1995. Ele morreu, mas suas idéias estão vivas.

Dai disse...

Passando para concordar com cada palavra, não podia concordar mais!x'sss Entendo o desapontamento e a irritação de algumas feministas mais engajadas e dos movimentos amplos, sobretudo pela visibilidade e espaço que as ideias 'em processo' do grupo conseguiram, já que elas divulgam 'o feminismo' e, o fazendo do jeito que a Sara fez - e nas mídias que a pautaram - pode, sim, reforçar e respaldar afirmações equívocadas sobre o feminismo. Mas concordo com vc, Lola. Isto é muito mais responsabilidade da mídia machista que da moça, apenas a deslumbrada da vez. Acho que a Sara e o Femen colocam desafios, sim, para o nosso diálogo, entre os feminismos. Sou contra rechaçar e recriminar qlqr feminista em seu direito de se dizer feminista, mesmo que eu tenha argumentos para considerá-la uma equivocada. Não acho que se possa ter um monopólio nem filosófico nem da práxis do feminismo. Daí se faz necessário o diálogo, a construção de um debate que traga à tona esses argumentos e construa a partir do desvelamento de equívocos (quando isso for possível, claro). Penso que rever posturas e repensar ações faz parte de nossos reveses, da dinâmica de qlqr movimento vivo e feito de pessoas (essas coisinhas contraditórias que somos). Imagino que quanto mais acintosas e de repulsa forem nossos protestos contra a Sara, mais os machistas irão se refestelar com esse imbróglio, isso sim, me dá nos nervos. Beijocas, lola.

Dai disse...

PS: Sei o quanto é chato e autoritário o comentarista que fica insistindo para pautar o blog. Mas gostaria de saber se vc irá falar algo sobre a PUSSY RIOT, estou tão comovida e revoltada com o que está acontecendo com elas. E suas opiniões sempre acendem o debate e trazem lucidez... Beijos!

Dai disse...

novamente sobre pussy riot, divulgo entrevista maravilhosa da Kathleen Hanna sobre a banda, imperdível Lolinha: http://pitchfork.com/news/47516-interview-kathleen-hanna-on-pussy-riot/

Unknown disse...

Gente, a declaração sobre a cruz de ferro tatuada é recente:

http://esportes.terra.com.br/futebol/europeu/eurocopa/noticias/0,,OI5869816-EI20036,00-Brasileira+apresenta+grupo+feminista+que+agitou+a+Euro.html

Mas a questão não é só a pessoa Sara Winter, é o Femen como um todo. Dêem uma olhada na página do Femen Ucrânia e vejam como elas são islamofóbicas e xenofóbicas. E na página das canadenses existem imagens contra imigração:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=397637460304126&set=a.132359276831947.26752.128165263918015&type=1&theater

Eu tentei avisar o pessoal do Femen Suécia sobre a polêmica do passado nazista da Sara Winter e horas depois apareceu uma imagem na página delas usando a minha foto sem permissão, associada a dizeres religiosos e neofeministas. Eu tenho screenshot disso, já que depois da minha reclamação e de outros brasileiros elas retiraram a imagem.

O Femen é uma farsa. E é assustador que esteja sendo associado ao feminismo dessa forma.

Cyntia Beltrão disse...

O comentário acima é meu. Não sei porque aparece como anônimo.

lola aronovich disse...

Gente querida e maravilhosa, não se avexe não, que hoje eu publico um post sobre o Pussy Riot. Comecei a escrevê-lo ontem, mas achei que tinha que publicar o post sobre Femen antes.

Unknown, não estou conseguindo abrir essa página do FB com imagens do Femen canadense contra imigração. Pode mandá-las pra mim? E mande esses screenshots do Femen Suécia pra mim tb. Essa matéria do Terra que vc cita é bem assustadora. Quer dizer que o Femen decidiu chamar Sara após um protesto dela num show da Gretchen? E isso foi ainda no ano passado? Ou seja, ainda no mesmo semestre que Sara chamou as participantes da Marcha das Vadias de promíscuas que podem ser estupradas por tirar a roupa, ela decidiu protestar de topless. É muita incoerência. E ela fala que recebeu treinamento do Femen. A irresponsabilidade e o despreparo do grupo só crescem.

lola aronovich disse...

Nem falei do feminazi no meu post porque isso é ridículo demais. Sempre foi. Essa expressão foi inventada por um radialista americano ultraconservador, Rush Limbaugh, que recentemente perdeu boa parte de seus patrocinadores após xingar uma jovem que queria que anticoncepcionais gratuitos fizessem parte do sistema de saúde. Para Limbaugh, isso era querer que o Estado financiasse a promiscuidade dela. Quem usa uma expressão como feminazi automaticamente coloca um carimbo de REAÇA IDIOTA na testa. É como usar termos como gayzista ou gaystapo numa tentativa de vilanizar grupos LGBT que lutam contra a homofobia. É aquele negócio: desde quando lutar pela igualdade tem alguma semelhança com invadir a Polônia?
Claro que machistas sem a menor inteligência podem querer usar UMA feminista com passado (nem tão passado assim) de simpatizante nazista pra dizer “Tá vendo? Tá vendo? Eu não disse que todas as feministas são feminazis?”, mas esses caras já eram ridículos antes e vão continuar sendo ridículos sempre. Além do mais, todas essas correntes ideológicas que Sara seguia (integralismo, maçonaria etc) são machistas e anti-feministas. O fascismo é machista, sempre foi. Nunca feminista. E é claro que os machistas sabem disso (ou não, sei lá. Eles ultimamente andam querendo fazer a maior força pra alterar a História e dizer que Hitler e o nazismo não são representativos da direita, e sim da esquerda).
E é sempre engraçado ver mascus, que têm conexões estreitas com grupos nazistas (só caras de extrema direita são mascus, e muitos deles são integralistas), usar o termo feminazi. Vindo deles, que põem o nazismo em alta conta, parece até um elogio.

Anônimo disse...

Não acho que a Sara deva ser rechaçada, ela foi apenas usada pela mídia para denegrir o feminismo!

O lance é chamar a moça pra uma conversa e esclarecer alguns pontos, talvez ela hj até tenha boas intenções, o problema é que ela bagunçou o barraco.

Anônimo disse...

Anônimo disse...
informação quentíssima:
o dono do site mascu, mundorealista.com chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.
faça bom proveito dessa informação, agora quero ver os mascus continuarem com esse site deles.

18 de agosto de 2012 01:39
-
uuuhuuu, ele descobriu o nome do cara, "fujam para as montanhas"
e dai ? vão fazer o que ?denuncia-lo pelo "terrivel crime" de emitir suas opiniões??

Anônimo disse...

Os Marxistas são iguais ao mascus e merecem morrer,depois deste comentário parei de ler o restante . (Só queria falar que sou contra qualquer politica que tenha como base o extermínio.)
Sobre a Sara ele nova e tem muita estrada para percorrer.
A Culpada e a própria organização que chamou alguém tão nova para representante .
Sobre se filiar a Femen Brazil,gostaria de elucidar que existem ótimas organizações feministas no Brasil (com S )então deem uma olhada nelas.

Déa Paulino disse...

O update fez ainda mais sentido depois que encontrei isso no FB: https://www.facebook.com/sarawinterfemen/posts/2116725127738

Anônimo disse...

minha visão sobre o Femen é que elas protestam contra toda e qualquer opressão patriarcal machista incluíndo a prostituição , que elas entendem como a exploração sexual do corpo da mulher para satisfazer o desejo masculino. o movimento tem as raízes exatamente no problema da exploração sexual de meninas na Ucrânia. Os seios de fora querem dizer, sim sou Ucraniana sou linda e não sou prostituta, elas querem forçar a sociedade a olhar um corpo desnudo sem a conotação sexual e o preconceito estereotipado da "puta" contra a mulher....não é verdade que são só meninas magras e lindas que fazem parte do Femen, ja vi fotos de mulheres bem fora do padrão protestando também.
quanto a islamofobia,bem a religião é opressora a ponto de fazer as mulheres se cobrirem dos pés á cabeça..talvez elas entendam isso como o cúmulo do machismo...entendo que elas são contra qualquer religião, acabam de colocar abaixo um crucifixo centenário na russia depois da condenação das pussy riot... não acredito nessas raízes facistas que estão divulgando, ja li sobre a falta de argumentos políticos que a Femen tem fora do Brasil também....eu acredito que nem haja um direcionamento político definido como tantos querem que elas tenham e que os motivos dos protestos sejam como eu disse acima apenas contra toda e qualquer opressao machista e patriarcal independente de religião e ideologia política. A Sara é uma menina doidinha que teve contato com movimentos radicais de direita na adolescencia o que é bem normal para uma pessoa questionadora no Brasil...e que ainda não se achou...concordo que ela não esteja preparada para a a atenção que está recebendo da mídia muito menos para o bombardeio de questionamentos e a pressão para tomar partido....por outro lado é uma moça bem corajosa, e estou do lado dela...abraços. Camila.

Anônimo disse...

Lista de grupos feministas conservadores

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_conservative_feminisms

Jordania Lopes disse...

Sinceramente, não só a Sara como também o movimento Femen acho bem contraditório...São contra o sexismo e ao mesmo tempo fazem protestos semi nuas, algo que reforça o sexismo,argh!

Licianne disse...

Pelo andar da carruagem, é até capaz de esse termo "neofeminismo" ser mensagem subliminar para o "neonazismo"... Não duvidaria nada se o "novo" desse "neofeminismo" fosse um feminismo com aspirações fascistas, ou seja, um paradoxo.

Anônimo disse...

Ela frequentava o movimento integralista nacionalista, e tem uma cruz de prata da Heer Wehrmacht tatuada no seio ?
isso não faz sentido nenhum, o movimento nacionalista integralista e patriotico, neonazis são separatistas sulistas racistas nojentos, que não servem nem para adubar a terra.
art, 88 da constituição federal, " em caso de guerra declarada, a pena para traidores e desertores, e o fuzilamento"
BRASIL ACIMA DE TUDO, ABAIXO SOMENTE DE DEUS.

Anônimo disse...

perfeito comentario, camila.

pessoal, vamos parar com essa bobagem de islamofobia, cristãofobia, catolicofobia, isso nao existe. criticar uma religiao nao é criticar uma raça. podemos até dizer que nos estados unidos há "arabefobia", pq arabes são discriminados nos aeroportos e nas ruas, sao tratados como suspeitos. esse tipo de coisa é errada e deve sim ser combatida, é absurdo. mas isso nao ocorre no resto do mundo e só ocorre nos estados unidos graças ao 11 de setembro. é totalmente diferente de criticar uma religião.

se nós aceitamos que critiquem o feminismo (e sempre rebatemos as críticas por serem risíveis e sem fundamento, na maioria das vezes), as religiões podem perfeitamente aguentar críticas. ainda mais religiões que oprimem as mulheres de um jeito horrível!

a igreja teve uma forte influência no julgamento das pussy riot, fizeram declarações pavorosas http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/23521/feminismo+e+um+pecado+mortal+diz+acusacao+no+caso+da+banda+pussy+riot.shtml

e elas foram acusadas de "vandalismo religioso e ofensa aos fiéis" só pq cantaram uma musica-protesto dentro da igreja. ou seja, tem tudo a ver com a ingerência da igreja no estado. elas não vandalizaram nada, só cantaram. ja q foram presas por vandalizar, resolver mostrar a eles oq é vandalizar DE VERDADE

ora, depois de tamanha injustiça é mais do que compreensível que as feministas tenham reagido. inocentes foram condenadas à prisão! cortarem um pedaço de madeira em retaliação não é nada demais.

Dri Caldeira disse...

Não dou 2 meses pra ela ser a próxima capa da Playboy ou da Vip. É o que ela quer, exposição gratuita, f***-se a ideologia e o movimento feminista.

Mihaelo disse...

Atacar as religiões é perfeitamente compreensível pois a maioria delas são ultramachistas. Mas o FEMEN ainda me parece um tanto dúbio, e se realmente tiver conotações fascistas, aí o discurso feminista cai por terra. Somente nudez como principal forma de protesto é deveras um tanto limitado... Aí dá marcha para a manipulação dos capitalistas(imprensa).

Monique disse...

Existe Femen na Suecia?
No site do Femen tem uma mulher dentro do padrao.Mais uma pra perca de credibilidade nesse grupo...

Jose Geraldo Gouvea disse...

Sem querer botar mais lenha na fogueira (mas por favor, me passem para cá mais esse tronco molhado de gasolina), gostaria de chamar a atenção para a quase total ineficácia dos protestos do Femen na sua própria terra de origem, a Ucrânia. Apesar de todos os protestos a Ucrânia vai seguindo a passos lentos rumo ao autoritarismo e aos braços de urso da Rússia.

Se você analisar por esse ponto de vista, os protestos contra a Euro não foram contra a Euro, mas contra a europeização ucraniana. Enquanto o Femen fazia protestos e a Euro rolava, as eleições ucranianas colocaram no poder um regime pró-russo que acaba de aprovar leis que revogam boa parte das medidas de independência cultural e política da Ucrânia. Uma delas, por exemplo, bastante sintomática, tornou o conhecimento do idioma ucraniano "opcional" para o exercício de cargos públicos. Isso evitará que no futuro líderes direitistas como Yulia Timoshenko tenham que fazer cursos de ucraniano ás pressas para candidatar-se... heheh

Vamos especular mais, porque eu acho que tem muito caroço nesse angu, ou será nesse "borscht"?

Rose disse...

Sobre o suposto apartidarismo e protesto ~onde for necessário~ eu gostaria de uma opinião sobre esse tt q vi.
https://twitter.com/bicicreta/status/236670433963933697/photo/1

Anônimo disse...

Lolíssima! É verdade que você twitcam do femen pra fazer propaganda do seu post? hahahahaha você é demais :)

Rose disse...

Sobre o coment. anterior: desculpa, faltou isso aqui:

https://p.twimg.com/A0jLYOOCUAAzr2a.jpg

Anônimo disse...

informação quentíssima:
o dono do site mascu, mundorealista.com chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.

e seu principal comparsa chama-se William Rafael da Silva e mora em Belo Horizonte.

Eles também são donos dos blogs:


http://buffaloviril.blogspot.de/
http://buffaloviril.blogspot.fr/
http://buffaloviril.blogspot.nl/
http://buffaloviril.blogspot.pt/
http://buffaloviril.blogspot.it/

faça bom proveito dessa informação, agora quero ver os mascus continuarem com esses sites deles.

em defesa das mulheres, e das minorias oprimidas, espalhem essa mensagem, chega de misoginia, chega de racismo!

Anônimo disse...

Lola, mais uma vez.... você é demais!
Muito grata de seu blog ter entrado na minha vida!!!

Anônimo disse...

Excluído os Estados islâmicos do jogos estaremos apenas ampliando eurocentrismo do mundo.
Termos um espaço dialogo entre as culturas nas Olimpíadas e bom para recebermos novas idéias e passarmos novos conhecimentos.
Podemos aprender SIM com cultura islâmica que muitas vezes transmitida pela mídia como centro de todos males Humanos.(FALAR QUE SÓ ESTADUNIDENSES PENSAM ASSIM É UMA MENTIRA SEM TAMANHO)
E outra se for banir um país por não respeitar direitos Humanos e das mulheres temos que banir todos os países inclusive o Brasil.
Só lembrarmos dos direitos das mulheres indígenas que muitas vezes são esquecidos pelas nossas próprias militantes na sua visão etnocêntrica de lutas.
Laura

Anônimo disse...

Temos ótimas organizações feministas aqui no Brasil molecada.
Deem uma olhada aproveitem estudem Ampliar horizontes sempre e positivo.

lola aronovich disse...

Anônimo das 4:20, com as informações quentíssimas: sobre o William Rafael da Silva já tinha informações, mas esse Leonardo é novo pra mim, acho. Por outro lado, ele é o Terramel, nome conhecido, e todo mundo acha que o Lawlylet é o Terramel. Que ele é um dos administradores do Mundo Realista ok, já sabemos. Mas ainda precisamos de provas de que esses caras são também os fundadores dos blogs de ódio. Como fazer essa conexão, que a gente sabe que existe? Tenho algumas provas, mas elas não são conclusivas. Pro pessoal que gosta de investigar morte de comentaristas: encontrem essas provas pra mim!

lola aronovich disse...

Rose, pois é, ontem eu vi o Pagina2 dizendo que assessor da Sara chama-se Andrey Russo, e é candidato a vereador pelo PMN. É uma informação interessante, mas não sei exatamente o que isso prova. Pra mim a suspeita de algumas feministas de que o Femen Ucrânia tem inspiração fascista e justamente por isso escolheu a Sara parece mais importante.


Anônimo das 4:09, não fiz propaganda do meu post na twitcam da Sara. Eu apenas divulguei a twitcam e, no mesmo tweet, disse que eu havia escrito um post a respeito do Femen. Não sabia que esse tweet apareceria na twitcam. Pra ser franca foi a primeira vez que vi uma twitcam na vida. Ainda não estou muito certa como funciona.

yulia2 disse...

''O que me deixa PUTA da vida é como todo mundo que torce contra o feminismo (o inclui grande parte da mídia) IMEDIATAMENTE elege justamente uma menina de idéias e atitudes questionáveis para falar em nome de todo o feminismo.

A mídia sabe muito bem o que está fazendo quando apresenta
a menina como representante do movimento. Ela sabe muito bem que está também, ao fazer isso, associando todas as características questionáveis dela ao movimento inteiro. A mídia sim,
ao fazer isso, está prestando um desserviço ao feminismo.''


essa mídia escrota quer mais é que o feminismo se foda
sempre quis isso e sempre vai querer!

essa garota com passado neonazista caiu do céu
para esses canalhas... agora eles vão explorar isso
até dizer chega!!

some isso a burrice e desinformação que a maioria tem
sobre o feminismo... pronto cara, ta feita a festa!

''Acho a nudez da marcha das vadias bem
diferente da nudez do Femen.''

com certeza é diferente...
tem que ser bem imbecil para achar
que são iguais.


''o dono do site mascu, mundorealista.com
chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e
mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.''

e a cara dele??? como é?
é de cururu igual o blog
do testosterona???

yulia2 disse...

informação quentíssima:
o dono do site mascu, mundorealista.com chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.

e seu principal comparsa chama-se William Rafael da Silva e mora em Belo Horizonte.

Eles também são donos dos blogs:


http://buffaloviril.blogspot.de/
http://buffaloviril.blogspot.fr/
http://buffaloviril.blogspot.nl/
http://buffaloviril.blogspot.pt/
http://buffaloviril.blogspot.it/

faça bom proveito dessa informação, agora quero ver os mascus continuarem com esses sites deles.

em defesa das mulheres, e das minorias oprimidas, espalhem essa mensagem, chega de misoginia, chega de racismo!

___________________

PF NELES!!!!

Maria disse...

Lola, concordo contigo em relação a tudo e aproveito para dizer que sempre desconfiei de pessoas que se engajam ferrenha e rapidamente em movimentos pouco transparentes.
Contudo, duas ressalvas devem ser esclarecidas.
No próprio link que vc colocou falando que o Femen fez um protesto contra a participação de mulheres islâmicas nas Olimpíadas de 2012, se vc ler o texto (e eu já havia lido outras matérias em outros meios acerca daquela manifestação) verá que elas são contra a participação de PAÍSES ISLÂMICOS que subjugam as mulheres.
Outra coisa é que já vi diversas participantes do FEMEN dizerem (inclusive na última World Press Photo há fotos do Femen Ucrânia em que a legenda das fotos explica tal fato, podem averiguar no site) que no início elas não faziam topless e por isso atraíam pouca atenção da mídia e da sociedade em geral, e o artifício do topless foi justamente para chamar atenção para suas causas. Que causas são essas... se nos parecem nebulosas... aí já são outros 500. Aliás gostaria que vc comentasse mais a respeito dessa exibição dos seios, vc acha válido? A Marcha das Vadias de certa forma fala dessa questão.
Obrigada e beijos

Augusto disse...

Lola, não sei como você suporta esses religiosos em seu blog. Eu não os suporto. São idiotas e sempre acham que sua fé passa por cima de qualquer coisa e que ela é livre de críticas.

Connie Marble. disse...

Se elas nem ao menos respondem às centenas de comentários nas páginas delas que atraem seguidores xenófobos, racistas, nacionalistas, fascistas, islamofóbicos, anti-imigração e anti-multiculturalismo... se elas não tem vontade de esclarecer para essas pessoas que a mensagem delas não é essa, ou de dissipar os seguidores com estas ideias, se não se preocupam em enviar um esclarecimento a todos os brasileiros que pediram um posicionamento com relação ao passado (bem recente) nacionalista, white power e fascista da representante brasileira... o que temos que concluir? Nada é por acaso.

Os ucranianos estão realmente insultados com esta ação. Para mim, é muito contraditório. Por que destruir um símbolo para as memórias das vítimas de opositores de um sistema opressor, dizendo que é apoio a opositoras de um sistema opressor? Por que alegar que isto é contra a igreja ortodoxa russa destruindo um símbolo civil e romano, que nada tinha a ver com a igreja russa e sim com um protesto dos ucranianos que tiveram sua liberdade religiosa e de expressão tomada na época? Por que protestar "contra o islamismo" (e não a favor das mulheres muçulmanas) numa europa assolada com um forte preconceito contra os muçulmanos, que tem deixado essas mulheres desempregadas e em situação vulnerável? É muito mais sério do que parece e o fato do discurso estar obscuro, de não existir um manifesto ou esclarecimentos é muito suspeito...

yulia2 disse...

criticar sociedades slamicas NÃO significa slamofobia.... vamos para com isso.
Não é preciso dizer que mulher é tratada como lixo nesses países... ou precisa dizer o óbvio?

Connie Marble disse...

Elas querem confundir mesmo. Todos os sinais apontam pra isso. Me chamem de louca, mas creio que o objetivo é confundir e contaminar o feminismo atual. É um grupo nacionalista conservador. Não se enganem - elas não são burras. Se fossem, já teriam tentado responder aos questionamentos, ou postar algo com sua ideologia. Não o fazem porque a intenção é deixar tudo obscuro e confundir, carregar gente pro lado. De início, a garotada é atraída ingenuamente por achar se tratar de algo bom, e depois elas jogam uma mensagenzinha xenófoba ali, anti-muçulmanos lá... confundindo a cabeça dos mais desavisados. Quem é anti-islã e anti-imigração na europa? Geralmente os grupos conservadores white power e eugenistas. É estratégia, TODO grupo fascistóide opera assim para conseguir seguidores.

Anônimo disse...

Lola, foi um post otimo tratando de um assunto a respeito do qual eu ja vinha pensando. E concordo com tudo que voce colocou no post original. A parte sobre relacoes fascistas do grupo internacionalemente eu nao sei. novo para mim e eu nao costumo botar muita fe em esquemas e conspiracoes. Tem que vem. De resto, acho bem como voce colocou. A menina esta claramente numa busca desesperada por uma identidade; uma que venha pronta. Ela parece estar perdida com relacao a si propria e tem uma necessidade enorme de ser importante. eu vi entrevistas com ela; a menina esta perdida, fala mal, nao sabe a que veio. Ha inumeras possibilidades de se envolver com o feminismo. A menina nunca esteve envolvida com isso e da noite para o dia abraca justamente o grupo da moda. Nao que seja impossivel ir de fascista a feminista assim, da noite para o dia; mas no caso dela nao convence. Nao que ela seja Nazi ou coisa do tipo mas que ela nunca teve (e agora tambem nao tem) compromisso com nada. tem uma vontade imensa de ser alguem, nao importa o quao torto seja o atalho para isso.

Natasha Strungis disse...

É uma grande pena que o Femen não esteja dado certo como deveria. Claro que não existe apenas um feminismo ou apenas uma visão política, religiosa, entre outros. Acima de tudo deve haver o respeito e a igualdade entre todos os seres e é por isso que o mundo é como é, infelizmente. Cruzamos limites que nunca deveriam ter sido e isso causa um enorme prejuízo a nossa sociedade hoje em dia. Não vejo um Femen como um ''desfavor'' à sociedade,pelo contrário, tudo que ajuda a causa é muito benvindo, mas que nem a Lola disse, uma causa que favorece à igualdade não pode ter como uma das representantes principais uma guria que pode ainda ter gosto pela intolerância. Ela pode ter mudado, é difícil saber e sair julgando por ai. Garanto apenas uma coisa: O movimento não necessita pessoas que pregram feminismo+outro tipo de intolerância/desigualdade/preconceito. Intolerância gera intolerância e assim por diante. Ninguém é perfeito, mas temos que ter consciência dos direitos do próximo, sendo homem ou mulher.

Maria Júlia disse...

Lola, achei muito bom seu texto, só uma coisa: de acordo com a notícia em Inglês sobre a participação de países islâmicos nas Olimpíadas, não fala especificamente da participação de mulheres, mas dos países, não? Foi isso que entendi...

Abraço!

Maria Júlia disse...

Oi, Lola!

Achei bacana o seu texto, expõe opiniões bem claras.. só acho que o femen não busca "dessexualizar" (existe a palavra) o corpo da mulher (o que seria, em partes, os objetivos da marcha das vadias, por exemplo). Já vi entrevista em que as integrantes diziam que "se o corpo da mulher pode vender tudo, pode vender idéias", e não sei se isso ajuda muito...

Agora, sobre a notícia em inglês, sobre a participação dos países islâmicos nas olimpíadas: se não me engano, o protesto era contra a participação dos países, não só de mulheres desses países, não? Foi o que entendi...

abraço! =)

Nádia Recioli disse...

só um comentário sobre esse aspecto fascista da coisa toda. Eu apenas li para o meu companheiro a primeira parte da postagem, a pergunta de R. onde dizia que para entrar no grupo a mulher deveria colocar uma foto de topless no FB e fazer uma manifestação sozinha sem blusa. Sem saber do contexto nem nada ele respondeu: "que coisa nazista..."

Ju disse...

Eu estava pensando que era MUITO estranho o grande espaço que estavam dando pra essa moça na mídia. Agora entendi tudo.

Letícia Rodrigues disse...

Seria melhor se o slogam do Femen fosse "O fundamentalismo mata gerações". Isso seria uma crítica as ditaduras teocráticas instaladas em muitos países do oriente médio.

Um slogan como "O Islamismo mata gerações" promove a intolerância religiosa. Ainda mais em uma Europa onde imigrantes muçulmanos tem sido cada vez mais alvo de ataques neo-nazistas e crimes de ódio.

Não acho que seja papel de movimento político nenhum criticar qualquer religião. O que se deve fazer é defender a separação entre Estado e religião.



Anônimo disse...

guardem as fotos:

em relaçao ao lawlyet ser o terramel (Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha)

compare:
http://galacta.org/wp-content/uploads/avatars/1/6e3a275aa9deab38024ee96baa201bae-bpfull.jpg
foto do rosto de terramel

http://www.formspring.me/r/fiz-essa-imagem-pra-mostrar-o-desenvolvimento-que-tive-apos-conhecer-a-real/350709240685422346
foto de corpo do lawlyet_w

o dono do site mascu, mundorealista.com chama-se Leonardo Ribeiro Rodrigues da Rocha e mora em são josé do rio preto.
nascido em 30/07/1983.

procure por leonardo e terramel nesse texto:
http://ricardomartins.com.br/2009/04/10/%E2%80%9Co-windows-e-muito-melhor-que-o-software-livre%E2%80%9D/

o terramel é dono do:
http://galacta.org/ e http://terramel.org/

mas os sites não deram certo, pq ele tinha feito um video "metendo um real" e sua namorada mandou apagar, mas ele deu a desculpa esfarrapada de que foi hackeado.
depois desse episódio, passou a ser considerado o traidor "de um real".

http://galacta.org/wp-content/uploads/group-avatars/6/620593b3374f0ea09cc2188c7cf7eba3-bpfull.jpg
print de um video dele (ele usava bigode falso, bebia cerveja e escutava ac/dc no video.
fora que fumava cigarro de palha.

passou mais de um ano, ele cria um perfil chamado lawlyet_w.
ele foi oportunista aproveitou a queda do HH (homens honrados), em janeiro de 2012 e resolve criar o homensrealistas, que agora se chama mundorealista.com.
ele nunca dizia nada sobre si, pois se ele revelasse ser o terramel, todos os "guerreiros de um real" sairiam do forum, pois ninguem gosta do terramel, pois ele ficou com fama de ser traidor e "capacho da namorada", como os proprios dizem.

comparem esses 2 sites:
http://mundorealista.com/
http://terramel.org/

agora as semelhanças:
-em ambos podem se criar, grupos, foruns, blogs.
-tem sessão de culinária, curso de linux e redes.
por falar em redes:

olha sessão que ele estreou no mundorealista.com

http://mundorealista.com/tecnologia/
só fala de redes.
que inclusive foi postado pelo proprio terramel.

pergunta mandada pelo lawlyet dia 29 de junho
http://www.formspring.me/arlindohh/q/343232146351091174

a banda viper se apresentou em 29 de junho de 2012 em são josé do rio preto:
http://whiplash.net/materias/agenda/157654.html

http://www.setlist.fm/setlist/viper/2012/vila-dionisio-sao-jose-do-rio-preto-brazil-63df6e53.html

que coincidencia nao?

depois do episódio desses dados serem revelados no chat do mundo realista, lawlyet (leonardo ribeiro) coincidentemente 1 dia depois, decide fechar o chat, e com medo deu outra desculpa esfarrapada dizendo "que estava sem tempo" e passa o forum pra 3 usuarios, mas ele ainda usa o perfil "admin" ou seja ele ainda é dono do site.
esses 3 são só pra despistar, mas não apitam em nada.

vejam também que o seu principal comparsa chama-se William Rafael da Silva e mora em Belo Horizonte.

Eles também são donos dos blogs:

http://buffaloviril.blogspot.de/
http://buffaloviril.blogspot.fr/
http://buffaloviril.blogspot.nl/
http://buffaloviril.blogspot.pt/
http://buffaloviril.blogspot.it/

faça bom proveito dessa informação, agora quero ver os mascus continuarem com esses sites deles.

Letícia Rodrigues disse...

"Já vi entrevista em que as integrantes diziam que "se o corpo da mulher pode vender tudo, pode vender idéias", e não sei se isso ajuda muito..."

Usar um recurso tão machista para "vender" idéias feministas é uma grande contradição.

E querer "vender idéias", como se fossem produtos, é um outro posicionamento estranho.

Karla disse...

A Lola é muito, mas muito educada. Permitam-me ser mal-educada: NEM FODENDO que isso tudo é coincidência. Um grupinho incoerente, que se diz apolítico, mas se identifica com a agenda política da direita/extrema-direita européia não escolheu a Sara como representante da organização por acaso. Nem a mídia brasileira vem representando o Femen Brazil como a nova cara do feminismo à toa. A gente tem que ficar alerta com esse tipo de coisa, pra não chocar os ovos da serpente perto de nós. Do contrário, tod@s seremos evenenad@s.

E antes que me xinguem de esquerdista (RISOS): eu sou de esquerda, mas o feminismo não precisa ser. Não tem nenhuma regra dizendo isso. Feminismo é apartidário, mas é POLÍTICO. Feminismo apolítico é aberração. E eu desconfio de todo mundo que se diz apolítico e vomita esse discurso fascista. Mostrar a cara, ninguém quer.

Anônimo disse...

Essa menina esta perdida, nao tem conhecimento de causa. ela nao quis ser feminista, ela quis ser especificamente do Fenen, o grupo da moda, importando pouco o que significaria. As entrevistas delas sao ruin, fica claro ate para um leigo que ela nao sabe o que fala, nao sabe nada a respeito do movimento no qual quer estar incluida. Duas entrevistas:

http://www.youtube.com/watch?v=AdfoSLgwJXQ

http://www.youtube.com/watch?v=B_FsMIJsOgA

Nas entrevistas acima se ve bem isso. Ela fala das questoes de genero com uma tentativa tao ingenua de ser acertiva que as vezes da pena. Mesmo. Sem ter nada o que falar, como uma crianca que acabou que coloca um aquario na cabeca e realmente cre que aqueles que a virem vao crer que ela e um astronauta. A sucessao de escusas colocadas no facebook so a enrolam mais; so convencem mais a mim e aparentemente a maioria das pessoas de que ela nao sabe mesmo a que veio. Como ja colocado em outros comentarios, havia uma enormidade de maneiras para Sara se envolver com o feminismo. Para comecar poderia haver estudado a respeito. entendido minimamente. Ela faz entender que se aproximou do fascismo por curiosidade e como quem nao quer nada e ficou por perto pois o pessoal era legal. O feminismo dela nao parece ser muito diferente. Afirma que ainda tem muito o que aprender. Aprendesse antes, ora. Fonte nao falta. informacao nao falta. feminismo e movimentos contraculturais por todo lado. Mas nao. Ela quer ser DO FEMEN. Entao ta.

yulia2 disse...

é estranho, muito estranho....
enfim... vamos aguardar.
O que a Karla falou faz sentido....
a direitalha em si aqui no Brasil , não tem coragem de botar a cara nas ruas, se fiam em representantes folclóricos como olavo de carvalho e jair bolsonaro, dois boquerrotos boçais e ignorantes. Ficam em sua maioria escondidos em comunidades mascus de orkut, blogs lixos feito o do testosterona, bufalo, reflexões masculinas... blog do cafa...
seus ícones são eles e sua bíblia é o LODM do zé frustrado mais conhecido como Nessahan...
Não se enganem, SÃO TUDO A MESMA MERDA VIU? dificilmente vc verá um simpatizante de Olavo de Carvalho que não seja mascu.
Além de gritar sua costumeira misoginia , homofobia e racismo... gostam também de falar que bom mesmo era os tempos da ditadura militar. Muitos deles são saudosos dos anos de chumbo.
Pois bem.... uma garota que já foi ou ainda é extrema direita fascista Não sei mais o que ela é PODE SIM ter sido
instrumentalizada, direcionada a entrar na Femen, embarcando noS seus holofotes, no seu sucesso mundial e participar da marcha das vadias (que a pouco tempo ela criticava...), tem toda a midia voltada para ela , chama a atenção e de repente... tudo isso vem a tona.
Ela mudou de idéia mesmo? Ou não passa de uma (longa manos...) da direita brasileira para fazer novos adeptos?
Sim... pois ao mesmo tempo que se desmoraliza um movimento sério, faz com que os desavisados optem pelo outro movimento, ou no máximo, parem de dar crédito ao feminismo achando que não passa de um antro de (mulher que não sabe o que quer...)

Os neonazistas europeus os racistas , homofóbicos tem coragem de botar a cara nas ruas... o brasileiro não! È covarde ao extremo , é calhorda e podem muito bem ter usado essa garota para fazer esse papel pois seria muito ruim ela DE CARA aparecer como racista, neo nazista... pegaria mal...não teria ibope, seria ridicularizada...então, é MAIS CONVENIENTE ela aparecer como ''feminista''.
Quero dizer que isso é apenas uma HIPÓTESE que eu parei para pensar agora....não estou dizendo que realmente seja isso, espero sinceramente estar enganada...mas é a cara da direita brasileira fazer isso... a ANOS eles faziam isso nos movimentos estudantis... infiltravam os seus caras ali dentro para dedurar os estudantes, e contaminar o movimento eles tem longa experiencia nisso!

lola aronovich disse...

Anônimo das 18:51, obrigada pelas informações. A gente sabe que os mascus leem absolutamente tudo que é publicado aqui, e devem estar vendo o que fazer com essas revelações. Então, como eu disse, fica claro que Terramel e Leonardo são a mesma pessoa, e os próprios mascus sabem que o Lawlyet é o Terramel. Eu já pensei que o William era o Lawlyet, e que ele era também o Batman dos Homens Honrados e -- tcharan, a conexão que eu precisava -- o Ministro Claudio, vulgo Homem Sancto. Mas infelizmente não tenho provas conclusivas disso. Se o Lawlyet é o Leonardo, quem é o William no Mundo Realista? E, o mais importante, como faço a conexão entre MR/Lawlyet e o blog de ódio do Silvio Koerich? Só dizer que eles são donos desses blogs é pouco. Preciso de provas. E sei que elas existem.

Anônimo disse...

Lola, o Femen não é composto só por loiras e magras:

http://payload61.cargocollective.com/1/7/241864/3523957/6a0120a5838ad5970c0168e9e4a126970c.jpeg

http://blog.cytalk.com/wp-content/uploads/2011/12/Femen-Long-live-Belarus-topless-protest.jpg

http://www.beijingshots.com/wp-content/uploads/2012/06/Member-of-Ukrainian-Femen-Protest-against-Euro-2012-in-pigpen-3.jpg

http://www.falandorusso.com/wp-content/uploads/2011/12/femen_4.jpg


O grupo de ativistas nem sempre é o mesmo, isso varia de acordo com a região em que é feito o protesto, apenas com algumas figuras mais emblemáticas que estão sempre presentes.

-Julia

Anônimo disse...

William Rafael da Silva é o Batman no mundorealista.com, também se utiliza do perfil "legislador".

só se cadastrar no fórum, que as sessões estão abertas, é só navegar e ler, dentro do fórum.

como sabemos, foi feita uma campanha para denunciar o engenheiro misogino e seu comparsa, agora pode ser feita uma campanha para esses outros dois.

lhe garanto, todos dentro do fórum e no orkut odeiam o terramel, vulgo lawlyet (leonardo ribeiro).
ele também não revela isso porque não quer que sua noiva saiba que continua com sites misoginos.

Luma Rosa disse...

Lola, se várias pessoas sinalizassem o blogue "Buffalo Vinil", o blogger o tirava do ar.
Os editores daquele blogue retiraram a navbar do topo do template, mas podemos acessar diretamente e Denunciar violação dos Termos de Serviço por Incitação ao ódio ou à violência. Já fiz o meu dever de casa sinalizando, agora é com quem também abomina esse tipo de conteúdo.

Edson disse...

Sabe o que eu penso?

Que essa Sara Winter é na verdade uma skinhead e se infiltrou no Femen para manchar o feminismo (eu seu que tem vários grupos mas as pessoas já generalizam). Não acredito que alguém tão extrema direita mude tão rápido. Mas isso parece muito conspiracionista, não.

carina disse...

Pra mim e para maioria das pessoas, essa garotas só fazem bagunça. estao abordando de forma errada. O mundo é machista isso é fato, agora elas querem protestar semi nuas? o maximo que vai acontecer é aquele bando de homem em volta bater uma punheta pra elas quando chegarem em casa. No brasil isso ainda é novo, mas quando isso for frequente, o que vai ter de video de celular mostrando os peitinhos delas em sites porno, nao vai ser brincadeira. é isso que o mundo machista quer. Mulheres nuas gratuitamente.

Sara disse...

Camila 12.47 hs adorei seu comentário, vc expressou bem o que é minha opinião sobre o FEMEN.
Simpatizo com esse movimento feminista, acho validas muitas de suas ideias, e sua luta contra o islã pra mim é fundamental para o feminismo.
A expãnsão do islã, se continuar ao ritmo que anda vai determinar o fim do feminismo no mundo.
E não vejo outro futuro para mulheres dentro dos dogmas dessa religião, que não seja nos transformar em maquinas de parir, sem nenhuma outra aspiração na vida.

Linda disse...

Lola, concordei com seu update, também sinto que esse FEMEN não é coisa boa não.

E mais, acho é perigoso que esse seja o grupo que mais tenha atenção da midia. É mais um motivo que reaças babas (e a midia) tem pra dizer que o feminismo é isso aí que o FEMEN e a Sara fazem, o que não é verdade. Mas eles apontam e dizem: 'isso ai que é o tal do feminismo, sociedade. Moças nuas no padrão mostrando os seios histericamente pra ganhar atenção. VOCÊS QUEREM SE ASSOCIAR A ISSO?'

Daí aumenta o numero de mulheres torcendo o nariz pro feminismo em geral.

Daí me soa como backlash. Sei não.

Sidney Ferrer disse...

Lola, muito bom o texto.

Hoje eu vi mais um protesto do grupo, a menina que serrava uma cruz na Ucrânia.

Destruir símbolos cristãos era algo praticado também pelo Inner Circle da noruega, não?

Acho que é sempre bom se posicionar. Sempre definir as posições e saber que rumo tomar. Dar nomes aos bois (e as vacas). Afinal, se a esquerda, o socialismo o comunismo (faltam-se nomes para definir) se mostra machista (o que se luta para não haver), por que um grupo (dito) feminista não poderia distorcer todas as teorias e práticas do feminista e se afirmar posições da direita, como xenofobia, racismo, antipluralismo.

Anônimo disse...

forum do bufalo, buffaloviril blog e mundo realista.com e suas ligações:

resolveram simplesmente recriar o blog do misogino silvio koerich:
http://machismoesclarecido.blogspot.com/search/label/Silvio%20Koerich

as postagens desse blog, são repostadas frequentemente também no forum do site mundorealista.com

como que permitem, que esse blog misogino, seja respostado também no fórum se não possuem ligações?

vamos lá:
barão_kageyama que mora em santos, é o dono do antigo silviokoerich.forumeiros.com ,
que mudou para http://forumantigo.forumeiros.com/ e depois foi trancado.

barão_kageyama, esse mesmo é moderador no mundorealista.com
e dono do http://forum.bufalo.info/index.php, que aparece como parceiro do mundorealista.com

recapitulando e trocando em miudos: o forum do misogino silvio koerich mudou para http://forumantigo.forumeiros.com/
e agora http://forum.bufalo.info/index.php e o mesmo é parceiro do mundorealista.com

quer ligação maior que essa?

sem contar que o proprio fórum é bem sugestivo com aquele bufalo como logotipo.
tratam o nome do misogino silvio koerich como sendo bufalo, para despistar.

yulia2 disse...

Edson disse...
Sabe o que eu penso?

Que essa Sara Winter é na verdade uma skinhead e se infiltrou no Femen para manchar o feminismo (eu seu que tem vários grupos mas as pessoas já generalizam). Não acredito que alguém tão extrema direita mude tão rápido. Mas isso parece muito conspiracionista, não
_________________

Acabei de levantar essa hipótese Edson...
parece conspiracionista, mas infelizmente é bastante possível isso acontecer, isso era muito comum nos anos 60 com os movimentos estudantis.

yulia2 disse...

A expãnsão do islã, se continuar ao ritmo que anda vai determinar o fim do feminismo no mundo.
E não vejo outro futuro para mulheres dentro dos dogmas dessa religião, que não seja nos transformar em maquinas de parir, sem nenhuma outra aspiração na vida.
__________________

exato!!!
o Islamismo é inimigo da mulher,
sempre foi e sempre será.

Anônimo disse...

"lhe garanto, todos dentro do fórum e no orkut odeiam o terramel, vulgo lawlyet (leonardo ribeiro).
ele também não revela isso porque não quer que sua noiva saiba que continua com sites misóginos."

Pior que fica engraçado um ser tão viril (cof, cof) com medinho da noiva descobrir que ele é misógino e dar um chute no traseiro dele...
O que faz uma mulher namorar, noivar ou casar com um sujeito desses?
Será que não apareceu coisa melhor? Não ensinaram pra ela que antes só do que mal acompanhada?
A não ser que o cara seja um completo duas caras e essa mulher esteja sendo seriamente enganada. Na frente dela é de um jeito, na frente dos amiguinhos mascus é de outro.
Dá até medo disso. A gente pode estar se relacionando com uma pessoa que não revela como pensa realmente.

Anônimo disse...

laura,

"Excluído os Estados islâmicos do jogos estaremos apenas ampliando eurocentrismo do mundo."

eu não defendi a exclusão, defendi o direito de criticarmos o islamismo, da mesma forma que podemos criticar o cristianismo.

"Podemos aprender SIM com cultura islâmica"

não! podemos aprender com a cultura árabe, mas com o islamismo não!

lola aronovich disse...

Anônimo das 22:21, aí vc se complica, porque mostra que não sabe muito do que está falando. Preciso de ligações mais fortes entre os mascus do Mundo Realista (ex-Homens Honrados, ex-Homens Realistas) e do Fórum e Canal do Búfalo com o blog do Silvio Koerich “fake”. Que todos esses mascus idolatram Silvio Koerich, não há a menor dúvida. Por isso todos eles se intitulam “da Real”, “búfalos viris”, e outras besteiras que só mascus conseguem dizer sem cair na risada. O Silvio Koerich original, assim como os mascus, assim como Nessahan, era misógino. Mas, em abril do ano passado, após o massacre de Realengo, ele sumiu sem dar explicações, e seu blog ficou abandonado. Em agosto ele apareceu e, também sem explicações, disse que estava fechando o blog. Mas ou alguém tinha a senha, o que é uma grande possibilidade, ou o blog dele foi hackeado, porque logo começaram a postar conteúdo cada vez mais violento, com ameaças de morte, apologia à pedofilia, mais racismo do que o normal entre mascus, defesa do estupro corretivo e legalizado etc. Isso foi obra dos Sanctos. Mas como a linha entre os mascus sanctos e outros mascus é tênue (só muda a intensidade do ódio), acredito que haja sanctos que também estejam envolvidos com o Fórum do Búfalo e Mundo Realista. Acho que a chave talvez esteja em descobrir quem é o Ministro Claudio, ou Homem Sancto, do Twitter. Desconfio que ele seja um dos “realistas”. Ele não é nem o Marcelo nem o Eng. Emerson, que estão presos. Se pudermos provar que ele é um dos administradores do MR ou Fórum do Búfalo, provamos a conexão.

E sobre o Terramel/Lawlyet/Leonardo, como os mascus estão cada vez mais perdidos, mais sem rumo, no sentido de abandonarem todos seus "nortes moralistas", vejo que eles não ligam mais se o Lawlyet for um "desonrado sem bolas capacho da mulher". Eles agora estão preocupados com a sobrevivência apenas, porque estão cada vez em menor número. Aí vale tudo, atiram em todas as direções.

Kamilla Holanda disse...

Olha, tô impressionada com o post. Dei um "like" na página do Facebook do Femen e venho acompanhando a movimentação, quando começaram a divulgar o tal processo seletivo achei esquisito pra caramba. Processo seletivo pra quê? Sobre os protestos contra a participação de países islâmicos nas Olimpiadas, pelo que entendi elas protestam contra a participação de tais países justamente pela forma como as mulheres islâmicas são tratadas. Anyway, o Femen continua sob suspeita.

Anônimo disse...

Os blogs do "terramerda' são lixos de sanctus,misóginos, não representam o masculinismo, que visa o aperfeiçoamento e reeducação do homem.
Façam a gentileza debotarem este iutil para fazer companhia ao Emenson mijão ¬¬

Connie Marble disse...

(Não precisa aprovar este comentário) Mais uma coisa Lola, a respeito sua postagem no Twitter, é importante não confundir punk com movimentos skins, carecas, integralistas e white power em geral. Os punks, por definição, são anti-fascistas, anti-sexismo, anti-homofobia. Eles são vítimas comuns destas pessoas, e estão do nosso lado, então acho importante comentar só porque o pessoal confunde bastante.

Anônimo disse...

O que faz uma mulher namorar, noivar ou casar com um sujeito desses?
Será que não apareceu coisa melhor? Não ensinaram pra ela que antes só do que mal acompanhada?
A não ser que o cara seja um completo duas caras e essa mulher esteja sendo seriamente enganada. Na frente dela é de um jeito, na frente dos amiguinhos mascus é de outro.
Dá até medo disso. A gente pode estar se relacionando com uma pessoa que não revela como pensa realmente.

18 de agosto de 2012 23:21

-
Bem vinda ao mundo real, onde todos usam mascaras.

Anônimo disse...

cagaram o movimento, só isso

Bruna disse...

Isso me lembrou uma reportagem sobre um "antissemitismo sem judeu" na Ucrânia, e o crescimento de uma retórica nacionalista xenofóbica: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/a-eurocopa-e-a-diplomacia-da-bola/

Resumindo: A política por aqueles lados está terrível, e os conservadores da pior espécie (i.e., nazistóides assumidos) parecem a alternativa viável.

Aí penso na imagem que o Femen passa: Salta aos olhos que não se trata de representar mulheres genericamente - elas excluem por exemplo as mães, estas figuras tradicionalíssimas! Enfim, tem aquelas moças alvas, sempre loiras (a brasileira inclusive tingiu os cabelos), com uma coroa de flores nos cabelos, virginais e, claro, gostosas, sendo agarradas nuas por aqueles oficiais sisudos e paramentados. Todas elas sempre com uma expressão de dor.

Meu chute para explicar isso: A intenção é demonizar o Estado não-nacionalista que, na figura do policial, violenta aqueles seres cândidos que estão vinculados a uma idade de ouro em que todos eram arianos como aquelas moças: sem judeus, sem imigrantes. (Em tempo: pedir foto é típico de racista. Aposto que não vai ter Femen negra nem na Bahia.)

E o resto é fácil. Se mulher bonita é usada pra vender qualquer coisa, por que não uma ideologia política? Já pensou que beleza, um Estado nacionalista onde todas as mulheres sejam arianas e, portanto, loiras gostosas com florzinha no cabelo?

Por fim: é de se notar que o Femen venha a se instalar em países governados por governos esquerdistas!

Anônimo disse...

http://leorossatto.wordpress.com/2012/08/16/o-feminismo-e-o-ponto-de-vista/

Achei bem coerente até...

Anônimo disse...

Maria Madalena foi apedrejada e salva por Jesus^

No Novo Testamento nao aparece o nome da mulher apedrejada. Um papa veio com essa conversa de que Maria Madalena foi uma prostituta e que foi ela a mulher apedrejada. Até entao Maria Madalena nunca havia sido considerada prostituta e nem apedrejada.

Anônimo disse...

só pra complementar sobre o terramel(leonardo ribeiro) vulgo lawlyet

nessa pagina de informações http://domainsigma.com/whois/mundorealista.com , olha o que tem no final:

Same Adsense ID.
Domain Title Rank
terramel.org Terramel 1075414

navegue e veja todos os dados sobre quem registrou o mundorealista.com

lola aronovich disse...

Tudo muito interessante, Anônimo das 15:13. Acho que vc já conseguiu provar que Terramel e Lawlyet (fundador e administrador do Mundo Realista) e Leonardo Ribeiro são a mesma pessoa. Mas meu conhecimento da "Real" é muito recente. Explica melhor porque os mascus odeiam o Terramel. Certo, vc já explicou. Tem algum post sobre isso em algum lugar do mundo mascu?
Como eu disse, o que eu realmente quero é uma conexão entre Mundo Realista ou Fórum do Búfalo com os mascus Sanctos, com o blog/site do Silvio Koerich de agosto pra cá. Acho que a chave está em descobrir quem é o Homem Sancto/Ministro Claudio no Twitter. Que eu me lembre, os Anonymous descobriram a identidade real de vários sanctos, mas não desse cara. Um Anonymous disse que o Homem Sancto era o William/Batman, mas não apresentou provas suficientes e depois sumiu. Então continuamos sem saber quem é o Homem Sancto. Mas acho que onde há fumaça há fogo. Acho que ele é a ligação.
Hoje cedo recebi alguns comentários anônimos de mascus (todos deletados), que obviamente estão seguindo esta conversa atentamente. Eles acham que eu estou falando comigo mesma. Porque, né, eu sei tudo de internet, IP, domain, avatares etc. Gosto de ver como os mascus acham que eu sou uma gênia. E olha como eu evoluí: quando comecei o blog eu tirava foto da tela do computador, porque não sabia o que era printscreen. E hoje...

Beatriz disse...

Sabe só uma coisinha que me dá desgosto? A quantidade de "feministas" fazendo slut shaming com a Sara e o Femen. Não gosto do Femen, não gosto da Sara, mas acho muito errado fazerem isso.

Anônimo disse...

obrigada pelas informações, achava essa história do Femem um pouco estranha e o lance islamofóbico nos leva a prestar muita atenção antes de apoiar organizações que não entendemos bem e que a mídia publiciza sem contextualização ou de forma vaga... valeu!

Anônimo disse...

ela veio com o papo de que a cruz nao era uma Cruz de Ferro mas um simbolo templario. Mas olha isso: https://www.facebook.com/sarawinterfemen/posts/2116725127738

Ta muito perdida a guria. Ja esta apelando e tratando todo mundo como idiota.

leila saads disse...

Gostei muito do texto.
Só não concordo com a crítica ao 'desserviço' que seria totalmente pertinente se não fosse pelas acusações seríssimas que pesam sobre o grupo.

Na minha opinião essa ligação que o Femen (principalmente o brasileiro, que foi o que mais pesquisei)busca travar com o movimento feminista é completamente artificial e forçada, o negócio me parece mais midiático mesmo. Assim, com toda essa xenofobia, essa hierarquização dentro do grupo etc. e tal, prestam sim um desserviço aos feminismos, pois buscam se articular a eles ao mesmo tempo em que professam idéias altamente antifeministas!

Não sei qual o intuito do Femen Brazil, mas (aqui uma opinião extremamente pessoal) me parece que esse intuito nada tem a ver com a luta pelas mulheres. Uma ONG sem CNPJ que recebe doações através de uma conta pessoal, se diz apartidária, mas tem vínculos com políticos profissionais... No início eu achava que era só despreparo, imaturidade, agora não, penso que o problema é mais profundo mesmo...

Lawlyet_w disse...

Lola, não quero te desapontar, mas não existe nenhuma relação entre Mundo Realista com site nojento de sanctos. Como todos já sabem, aquele blog sancto foi feito justamente para nos caluniar. Agora um fato interessante, é que esse mesmo indivíduo que fala que sou X ou Y, é justamente o mesmo (pela forma que escreve) que já me ameaçou de morte no chat do site e que disse que divulgou meus dados para os sanctos que eu teria que tomar cuidado pra não sofrer um acidente.

Agora para as que perguntam como é possível que tenha noiva ou namorada, obviamente é porque não me relaciono casualmente com alguém simplesmente para ter uma companhia, mas porque amo a pessoa. Logo, como namorado, sou um homem carinhoso, atencioso e que sabe ser romântico. Claro que não preciso ficar dizendo isso na internet, até porque é parte da minha vida pessoal. O Mundo Realista não é e nem nunca foi um site contra mulheres, mas sim um site contra feminismo e também sobre relacionamentos, abordando assuntos que poucos aceitam mas que já foi abordado por Jung e que não é particular apenas em mulheres, mas que também existe em homens (e não negamos isso). Sem contar que também acreditamos que o feminismo é algo que engana e usa as próprias mulheres, não somente os homens. Tenho muitas amigas mulheres que conhecem meus textos e muitas vezes também pedem meu conselho sobre diversos assuntos pessoais. Tenho muito carinho e respeito por essas amigas e elas também gostam do site. Sem contar que o site também tem seções onde falamos de musculação, tecnologia, organização pessoal, estilo, casa e até mesmo culinária.

Desculpe desapontá-la, mas não é tão fácil assim me caluniar.

Eu poderia dizer também que alguém pode querer namorar, noivar ou casar comigo pelo fato de eu ser lindo, mas estaria exagerando. O fato é que sempre busco ser não somente justo e honrado, mas também carinhoso, companheiro e amigo.

Na verdade tiveram até algumas feministas que vieram conversar comigo usando fake e dizendo que não queria que outras feministas soubessem que falavam comigo, mas disseram que concordam com muita coisa do que falo, apesar de discordar de outras. Também disseram que ficaram felizes de terem conversado comigo e algumas até se tornado amigas

Me desculpem se não sou bem o que vocês esperavam ;)

Gabriele Albuquerque Silva disse...

Eu já tinha certa desconfiança desse Femen, e agora, depois deste texto... Estou bem preocupada.

lola aronovich disse...

Lawlyet/Terramel/Leonardo, é mesmo, vcs mascus não são misóginos/racistas/homofóbicos/completamente malucos. É só impressão de qualquer um que lê dois minutos do que vcs escrevem.
E sim, vc é mesmo um carinha super legal e livre de preconceitos, um sujeito que todas as mulheres (principalmente as feministas!) querem paparicar e consultar, como se vê em algumas respostas elaboradas que vc dá no seu Forsmpring:

Pergunta: Qual é a sua opinião sobre essas mulheres que fazem abortos?
Sua resposta: Todas putas vadias irresponsáveis que nunca deveriam ser nascidas. São depósitos de lixo ambulantes que valem menos do que merda de barata e são mais sujas e contagiosas do que lixo tóxico

Perg: O q vc tem a dizer sobre a frase "Mulheres comportadas nunca fizeram história"?
Resp: Se fazer história é ser comida em todos os buracos, usar drogas, ir pra cadeia e terminar a vida enchendo o rabo de anti-depressivos, então concordo...
Agora se estiver falando de História de verdade, mudar o mundo, ter seu nome lembrado de forma positiva, terei que discordar. Veja exemplos como Margareth Tatcher ou Madre Teresa, que foram mulheres comportadas

Pergunta: Para vc mulher deveria votar?
Resposta: Depende da mulher

Perg: Existe amizade entre homem e mulher?
Resp: Pode até existir, mas são casos RARÍSSIMOS. Na maioria esmagadora não existe, pois sempre terá interesse sexual ou utilitarista por trás.

ETC ETC ETC

lola aronovich disse...

Avise quando quiser ser levado a sério, Terramel!
Mais do seu formspring tão inteligente:

Perg: Nazismo não era extrema direita porque?
Resp: Porque era extrema esquerda

Perg: No tocante à homofobia, é errado tomar o grupo LGBT pro vítima e os homofóbicos como vilões?
Resp: Sim, porque ser anti-gayzismo não é ser homofóbico. A homofobia praticamente não existe. Pode ser que tenham alguns gatos pingados, mas é mínimo e provavelmente não fazem nada contra gays, apenas são homofóbicos em silência se forem. Já o grupo LGBT como grupo militante é vilão mesmo para os gays, uma vez que são eles que tentam ditar os rumos das vidas do gay comum. Veja que ser gay é algo que somente diz respeito ao desejo sexual do indivíduo. Porém, os militantes do gayzismo não permitem que os gays vivam em paz com sua opção sexual. Querem transformá-los em massa de manobra e transformá-los em seres afeminados caricatos para que se sintam propositalmente excluídos pois assim fica mais fácil dividir as pessoas por grupos e alimentar conflitos entre esses grupos.

Perg: hipergamia é coisa de vadia? pq?
Resp: O homem gosta de sexo. A mulher não. Logo, o gosto do homem pela mulher bonita é de fato pela beleza dela. O destaque dela não importa para o homem. Se ele achar ela gostosa, ele vai querer ela, mesmo que todo o resto do mundo a ache a coisa mais feia que existe. Já com a mulher não, o desejo dela não é genuíno porque não é pela beleza em si, mas sim pelo status que traz a beleza. Se o homem for o mais bonito de todos e a mulher sempre tiver achado isso, pode apostar que ela vai parar de querer ele e de achá-lo atraente no momento que descobrir que todas suas amigas o acham feio. Hipergamia é o instinto da mulher, já o do homem é a poligamia. [...] E PELA ÚLTIMA VEZ! NÃO EXISTE HIPERGAMIA EM HOMEM! SE ACHAR UM HOMEM QUE PAREÇA HIPERGAMICO, FIQUE SABENDO QUE É SÓ VIADAGEM!

Perg: Qual seu posicionamento sobre prostituição e porque?
Resp: Contra! Por mim toda vadiagem deve ser punida!

Perg: Meu papo é chato, me dê algumas dicas.
Resp: Não precisa de papo pra conversar com mulher. Fale do Michel Telo, do Neymar e do BBB que vai conseguir a admiração delas. Caso a mulher tenha mais de 30 fale do Chico Buarque. Nesse caso pode até fazer a "horrorização calculada" que Nessahan Alita fala, dizendo a verdade sobre o Chico Buarque, ou seja, que ainda falta muito pra ele alcançar o Tiririca intelectualmente.

ETC ETC ETC

Anônimo disse...

> masculinistas lavando roupa suja
> a internet inteira pra fazer isso, escolhem logo o site da lola
> ninguém aqui tá interessad@ em brigas internas entre earth-honey e bolas de ferro
> masculinistas não percebem que anões estão gerando LULZ com o fórum deles há tempos e morrendo de rir em algum chan
> bolaferro se não for anão, no dia que descobrir o bananal, o 55 ou o alicia não vai sair mais de lá

Anna Banana disse...

Ela não transmite firmeza nas entrevistas, se confunde e não esclarece nada. E eu acho que passa uma imagem errada e ruim do feminismo alguém tão despreparada ter tanta visibilidade.

Anônimo disse...

Não entendi metade do que o anônimo das 22:07 disse...

Guilherme disse...

As feministas em geral são contra o islã? É uma dúvida que tenho e que gostaria que fosse sanada. Se alguém puder me ajudar eu agradeço. Obrigado.

carolinapaiva disse...

Ai Lola, peraí. To quase morrendo aqui tentando trancar a gargalhada.
Margareth Tatcher era comportada (tipo, em que sentido?)?!
Homofobia não existe?!
Mulher não gosta de sexo?!
E a cereja do bolo: nazismo era movimento de extrema esquerda!!!
Chorando aqui xD

Sara disse...

Imagine Guilherme, adoramos usar uma burkinha, principalmente aquelas com redinha nos olhos pra dar mais charme.
Amamos repartir o marido com mais quatro mulheres, e melhor ainda se tivermos 9 anos de idade e ele uns 50, e cerejinha do bolo morrer apedrejada pelo menor deslize deve ser uma deliciaaaaa.

Katu. disse...

Nós, feministas brasileiras, não precisamos importar o movimento feminista de nenhum país. Pois temos a influência da negra, da índia e da europeia, nossa sociedade passou por processos bem diferentes dos demais países. Temos que fazer um movimento feminista rosa, verde, amarelo e azul. Fica claro que as mulheres de todos os país devem unir-se,juntas somos mais forte, mas cada uma com a sua particularidade.

carolinapaiva disse...

"Pergunta: Qual é a sua opinião sobre essas mulheres que fazem abortos?
Sua resposta: Todas putas vadias irresponsáveis que nunca deveriam ser nascidas. São depósitos de lixo ambulantes que valem menos do que merda de barata e são mais sujas e contagiosas do que lixo tóxico"

Queria ver ele falando isso na cara de qualquer mulher (principalmente menores de idade) que abortou porque foi estuprada...
Trago esse exemplo pq é um dos poucos casos em que dizer que a gravidez ocorreu por "vadiagem" da mulher é, além de um tiro no pé, uma amostra clara de misoginia.

Marcelo Soares disse...

Muito legal o seu texto, eu sempre acho um tanto quanto incoerente quando um movimento de protesto contra repressões a minórias ou direitos civis são, estranhamente, preconceituosos. É bom realmente estar a par da construção de algum orgão ou movimento, sabendo que esse orgão ou pessoa a frente não significa todo o movimento. Tem muita gente que se deixa levar por um caminho só como se esse caminho fosse toda a estrada. Parabéns pelo blog.

Giulia disse...

mas lola, não me parece muito convicente que um grupo de meninas européias brancas que pregam a pureza ariana e bláblá queiram fazer amizade com uma brasileira. Ainda mais a Sara, que já confirmou várias vezes ser filha de um negro e ter irmãos mulatos. Quer dizer, sei lá, não entendo como funciona a lógica desses grupos, mas acho que essa teoria tem furos...

Anônimo disse...

http://terramel.org/apple-e-coisa-de-gay/
tópico homofóbico

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/judiciario/juiz-machista-e-punido-com-disponibilidade/
topico onde o engenheiro misogino e terramel postaram insanidades.
(procure pelo termo terramel)

https://cratonoticias.wordpress.com/2011/04/14/apologia-a-crimes-como-o-massacre-de-realengo-rj-ganham-forca-na-internet/
sancto confessando que é amigo do terramel

lola aronovich disse...

Interessante, Anônimo das 00:16. Gostei principalmente do link pra notícia da Veja (sobre juiz afastado por machismo), que é do final de 2010, ou seja, antes do massacre de Realengo. Nos comentários podemos ver parte da gangue reunida: Batman (é o William?) e Terramel (Lawlyet/Leonardo), sempre juntos, mais um tal de Carlos (será um mascutroll que sempre comenta aqui?), mais, é claro, o Engenheiro Emerson, já totalmente descontrolado. E não dá pra ver diferença entre eles. O pensamento é igual. O irônico é que até pros leitores reaças da Veja esses mascus são vistos como doentes. Não acho que isso prova muita coisa, Anônimo, mas não deixa de ser fascinante.

Anônimo disse...

Sempre percebi uma falta de ideologia no grupo,sem falar que é muito superficial,e elas já perceberam que são belas dentro dos padrões,isso chama atenção.E seja qual for a intenção delas,será mais fácil chamar atenção desta maneira.

Vi o link do mundorealista.com e acessei,me deparei com um post: "Cortes de cabelo de macho".Aí pensei: Existe algo mais gay que isso!? Falo isso sem levar pro lado pejorativo.Sério,um cara que posta isso,no mínimo ele é enrustido e de todas as maneiras quer provar que é Macho.Meus amigos gays adoram discutir sobre cortes de cabelo.
Confesso que ri bastante com os post deles,principalmente com este mencionado.
Falta do que fazer e traumas dão nisso mesmo.Acho que terapia seria uma boa pra eles,mas claro que jamais eles pensariam nisso porque é coisa de gay procurar lidar com sentimentos.
Lola te admiro demais.

Anônimo disse...

O anônimo das 22:07 estava se referindo à imageboard 55chan (sim, é tipo o famoso 4chan, mas é uma das versões brasileiras).

Muitos dos mascus eram frequentadores dessa imageboard (que ainda é cheia de misóginos, bem como sua contraparte mais conhecida), e inclusive provavelmente os "fundadores" do grupo parece que se encontraram lá, mas são considerados por seus colegas do site como perdedores e motivo de piada.

No início achava que o pessoal do 55chan apoiava incondicionalmente a "causa" dos mascus, uma vez que eles valorizam o "lulz", ou seja, adoram ver gente idiota fazendo idiotice - e bem como eu falei, eles também adoram um discurso de ódio - mas parece que o povo chegou a rir quando o Eng. Emerson & Cia foram pra cadeia. E continuam rindo.

Marcos disse...

Gente, o nazismo realmente era de extrema-esquerda economicamente, mas para todo o resto, era extrema-direita.

Anônimo disse...

William Rafael da Silva
vulgo batman / Will.R.S (Batman) / legislador

foto real dele:
http://img4.orkut.com/images/small/1332736014/21000431/of.jpg

ele se diz "servidor público", fala mal do governo ,mas é um mal agradecido

http://www.orkut.com/Main#CommMsgs?cmm=397430&tid=5649502279864839897
lista de sites mascus incluso o http://tocandoofodas.dihitt.com.br

http://tocandoofodas.dihitt.com.br/
procure por: Will.R. S (Batman ) ou por william

o dono desse blog é o batman:
http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/07/31/destruindo-argumentos-prostuicao/
nesse post, batman (william rafael) chama todas as mulheres de putas.

isso lembra esses textos misóginos do silvio koerich:
"Amor nem de Mãe: Todas as mulheres são putas, inclusive a minha mãe."
http://haiku.pzt.me/36rm

e esse também:
https://dialogospoliticos.wordpress.com/2012/03/26/blogueiro-racista-homofobico-e-anticomunista-e-preso-pela-policia-federal/

http://domomb.blogspot.com/2012/03/pf-prende-fanatico-religioso-que.html

http://www.itapetingagospel.com.br/site/?sessao=noticia_ver&id=12324

http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/10/07/sobre-alfas-cafajestes-e-homens-destacados/
nesse ele incentiva todos os homens a ser cafajestes
Procure pelos termos: objectivos e carácter , típico de sanctos usar o "c" mudo

http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/04/08/massacre-em-realengorj/
Procure pelo termo: objectivo ,típico de sanctos usar o "c" mudo

http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/04/06/o-primeiro-amor/
post antigo que ele assina com seu nome real

só pra complementar as sandices dele:
http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/06/16/a-psicologia-do-foda_se-__-a-origem-do-blog/
http://mundorealista.com/homensrealistas/2011/05/04/as-7-idiotices-sobre-casamento-2/

entre em http://www.orkut.com/Main#Community?cmm=120776338
procure por: Blog Homens Realistas e http://tocandoofodas.blogspot.com/

entre em http://forum.bufalo.info/
clique num banner verde escrito HR, que tem aquele cara do filme matrix, ele redireciona pro site: http://tocandoofodas.blogspot.com/

(olha o titulo no cabeçalho desse blog mascu-sancto: "MUNDO REAL", lembra algo?
http://willrafsilva.zip.net/
procure por : William Rafael da Silva

http://tocandoofodas.dihitt.com.br/categoria/3
procure por: William Rafael Silva

nesse http://willrafsilva.zip.net/
procure por: William.R.Silva

http://www.formspring.me/Batman1986
procure por koerich, batman (william rafael) diz "admirar" o trabalho do misogino silvio koerich

lola aronovich disse...

Ok, Anônimo. Aliás, vc é o Iron Balls? Estão dizendo que é. Mas tenho recebido emails de outros “Guerreiros da Real” pedindo pra desmascarar os mascus, com várias informações.
Vou te dizer as informações que tenho, que me foram passadas pelos Anonymous já há alguns meses, mas a investigação não foi pra frente (eu pessoalmente não tenho tempo, e muito menos know how – queria até te perguntar: tem como buscar palavra-chave no Formspring?).
Seu trabalho vem dando certo. O Lawlyet, vulgo Terramel, vulgo Leonardo (recebi o RG dele, só não publiquei aqui), assumiu ser o Terramel. Mas, como eu disse, os mascus estão tão perdidos, tão sem identidade, que, pelo pouco que eu vi, aceitaram esse fato do Lawlyet ser o "desonrado" Terramel numa boa. Típico de um grupo que idolatra um cafajeste PUA tipo Pragrakam como “o filósofo da Real”.
Então, sabemos que o Batman, um dos administradores e criadores do fórum, chama-se William Rafael da Silva, e que ele era/é o autor do "Tocando o Foda-se". Os nicks que o William (Rafael Silva) usa são: William, willrs, Will.R.S, willrafa, Batman, William Wallace, Lawlyet Wallace e lawlyet_w Ele é dono do site Homens Realistas, cujo IP é o mesmo do site do Doutrinador. Mas, até aí, isso só quer dizer que William/Batman, Lawlyet/Terramel e Doutrinador (que, com essa conversa toda, fechou seu formspring) compartilham senhas. Não que são a mesma pessoa.
Ah, sabemos também quem é o Pulsen, que anda sumido. Ele é de SP, mais precisamente da Mooca, pelo que me foi passado pelos Anonymous. Seu nome é Yuri Stavale.
O que pega mesmo é que um dos Anonymous (e há divergências entre eles) me disse que o Homem Sancto/Ministro Claudio do Twitter chama-se William Horta Rufino da Silva. Sabe, William Rafael Silva, William Horta Rufino da Silva, dois Williams R Silvas, ambos morando na mesma cidade... Pensamos que poderiam ser a mesma pessoa. Mas depois o Anonymous voltou atrás e disse que William Horta Rufino da Silva era inocente e não tinha nada a ver com os mascus. E já faz meses que não falo com os Anonymous.
Em outras palavras: embora os Anonymous tenham descoberto a identidade de vários mascus sanctos, ainda não descobriram quem é o Homem Sancto, que é um de seus principais nomes. Pode ser que a chave esteja aí. E se o Homem Sancto for o Batman ou o Terramel? A conexão ideológica e as origens de mascus e mascus sanctos estão mais que evidentes. Mas eu ainda gostaria de outras conexões que servissem de provas irrefutáveis.
Dizer que Batman, Terramel ou qualquer mascu admira o Koerich é redundância. Eles idolatram o Koerich, isso todos sabemos. Mas quero a ligação deles com o o blog do Koerich de agosto pra cá, esse que eles dizem que foi hackeado pelos sanctos.

Anônimo disse...

Olá Lola, não sou esse iron balls.
sou do anonymous.

aliás o desespero dos mascus é tão grande, que toda vez que eles querem culpar alguém eles sempre culpam fakes, mas nunca pessoas reais, aliás eles próprios criticam quem usa fake, mas pede pra eles usar identidade real.

sempre dizem: "isso deve ser o salin", "isso deve ser o desonheim", "isso deve ser o abdall", sempre em devaneios e culpando fakes, nunca pessoas reais.

como de costume, eles nunca sabem o que dizem, diga-se por passagem os blogs, tópicos e fóruns, misóginos, racistas, homofóbico, bullyers.

são intolerantes religiosos, todos eles se consideram arautos da moralidade acima do bem e do mal, para eles, quem não é cristão, é chamado de gay (como se ser gay fosse crime), de esquerdista (como se ser contra a burguesia opressora fosse algo errado).

segue abaixo os requisitos para entrar nessa seita, sim eles tem uma seita "realista:

1-ser comprovadamente com fotos e testemunha:
cristão praticante/obreiro de igreja/coroinha/estudante de teologia/dizimista
(pois eles adoram converter a todos com post quilométricos, ou cópias de sessões inteiras retiradas da biblia)

2-defensor da extrema-direita, são seguidores do "astrolavo", o sujeito era astrólogo.
engraçado que os mascus odeiam quem lê horóscopo, odeiam religiões politéistas.
são seguidores de: todo e qualquer general ligado a ditadura.

leia: http://tudo-em-cima.blogspot.com.br/2007/04/memrias-de-um-alienado-eu-tambm-j-tive.html

3-chamar as mulheres de:
modernetes, civis, puta de familia, rodada, não-virgem e etc.

4- torcer para times "honrados":
-são paulo, fluminense e etc.

5- fazer bullying virtual contra:
-pessoas acima do peso, negros, mestiços, pardos, índios, pessoas com trabalhados mal remunerados.
ex: se um sujeito trabalha de porteiro, vendedor de bala, logo não serve para ser realista na visão deles.

6- ser bairrista:
-para eles quem não mora no sul e em são paulo é maloqueiro.

7-fazer bullying contra quem pede ajuda.
-logo de cara classificam o sujeito como troll, o chamam de vitimista, o mandam capinar um lote e etc.

8-ser contra as drogas, mas a favor do álcool.
-alias os tidos "encontros da real" onde os mascus se reunem em carne e osso, são regados a muito álcool, inclusive alguns esticam o encontro e resolvem ir a prostíbulos, sem contar que dentre os membros do encontro só participam homens, e alguns são de menor.
de menor bebendo e indo em prostibulo, pode isso?

bebida e prostituiçao combina com cristãos fervorosos? que contradição não?

9-ser contra o aborto, mesmo que a mulher tivesse sido estuprada e corresse risco.

10- ser contra o governo:
xingando a nossa presidenta de tudo que é nome.
a verdade é que eles se sentem diminuidos por verem que as mulheres são sim capazes de colocar o nosso país numa posiçao de destaque nunca antes alcançada.
veja se nosso país tinha o destaque que tem atualmente? o brasil é o xodó do mundo, e graças a atual politica de integraçao com outros povos e culturas.

essas foram as diretirzes seguidas pelos mascus.

fica um recado:
negros, nordestinos, trabalhadores assalariados, pessoas acima do peso, baixa estatura, ateus, deveriam rever suas participações nesses ambientes, pois mal sabem que a cúpula dos mascus os odeia.

quem se encaixa em uma dessas condiçoes e ainda faz doações em dinheiro, está jogando dinheiro fora.

We are Anonymous. We are Legion.

SamaraSlash disse...

Gostei muito do texto. É pontual, crítico mas também não reduz o movimento das meninas e isso é muito importante. Por mais frágil que a pauta das moças em questão se apresenta,é um movimento que como tal deve ser minimamente respeitado. Porém,algumas críticas ao femen, que não são poucas, são necessárias. O que me incomoda no Femen é essa postura, muito vista nos movimento sociais ultimamente, de uma política fragmentária que não enxerga a complexidade do social como um todo. Posicionar-se ideologicamente é necessário sim!!! Além disso, o Femen parece mais uma seletiva do Meninas Fantásticas da Globo. Outro ponto importante falta um pouco de estudos sobre o diálogo de gênero, seja acadêmico ou não. Ler e dialogar com outras frentes nunca é demais, é no mínimo necessário. Como não sou loira, peituda e muito menos visto um manequim 38 não poderia nem me candidatar ao Femen, que triste, rs! Fico pensando até que ponto o Femen não reafirma mais, de uma maneira opositiva, aquela velha associação do senso comum do feminismo como um movimento de mulheres feias e mal amadas!!

Anônimo disse...

Galera que chamou a sarah winter de skinhead nos comentários, o verdadeiro movimento skinhead nada tem a ver com nazismo, nacionalismo ou fascismo e tem sua origem nos negros ingleses geralmente imigrantes jamaicanos. Existem várias facções, por assim dizer, dentro da subcultura skinhead hoje em dia e a maioria não tem a ver com esse tipo de coisa. Aqui tem um link de um post do blog dos RASH de sp (grupo antifascismo, nazismo, etc) sobre o mesmo assunto deste post e a postura deles é quase 100% igual à sua em relação ao assunto, também acham isso tudo estranho. Tem informações interessantes nos comentários, por favor olhe, Lola (tambem trm algumas opinioes sobre a marcha das vadias que eu discordo) www.rashsp.noblogs.org/post/2012/08/15/a-respeito-de-sara-winter-e-do-femen-brazil

Guilherme disse...

Mas então, as feministas em geral são anti-islã certo? Mas porque normalmente pessoas de viés esquerdista se colocam do lado islâmico contra EUA/Israel? O que não entendo é que muitas feministas/esquerdistas/simpatizantes do feminisno criticam o islã, porém, o defendem na questão política contra o Ocidente. Não tem lógica no meu ponto de vista. Se alguma feminista defender os EUA por exemplo, será taxada de direitista, que teoricamente é contra o feminismo. Muito complicado esse lance ai.

Larissa disse...

Pessoal, acabei de ver essa reportagem na Marie Claire sobre o femen (é de junho) http://colunas.revistamarieclaire.globo.com/mulheresdomundo/2012/06/07/quer-fazer-parte-do-femen-brasil-sara-winter-explica-como/ Se vcs observarem a quarta foto, ela tem escrito "norte e nordeste" com um X em cima. Não entendi se ela fez parecer que fosse relativo ao tráfico infantil, mas dado o histórico da pessoa, sei não...

roberto quintas disse...

"As guirlandas de flores que suas integrantes adotam seriam um símbolo da pureza ariana."
na ucrania e em outros paises do leste europeu, a coroa de girlandas são usadas por mulheres para mostrar a pureza delas.

AquilesMarchel disse...

muito barulho por nada
mostrar os seios nao é protesto
pessoas que vivem dentro de uma bolha, nao conversam com a sociedade a midia dá espaço sim, infelizmente...movimentos assim tinham que ser sufocados
porque não se dispõe ao diálogo, sempre formados por mulheres de classe média virgens de sofrimento que não tentam chegar nas camadas mais pobres da população, as mulheres que apanham no gueto
macaquice nacional tentar imitar ativistas de fora....

em Roma faça como os romanos

Anônimo disse...

Lola, tem acompanhado o desenrolar desse caso? A coisa ficou feia...

Vanessa Oliveira disse...

Oi, Lola!
Fui há dois dias na abertura do Femen-França e falei com as meninas. Era o que eu esperava: muito barulho, pouca roupa, nada de discurso. As francesas recém chegadas ao movimento se desencontram nas declarações. Há muito romantismo e pouco estudo. E pior, um preconceito muito grande - principalmente do lado das ucranianas - com quem tem um discurso.
Fiz o texto abaixo. Vai ser um prazer receber sua visita por lá.
Grande abraço,
Vanessa.
http://cafedecanette.blogspot.fr/2012/09/o-feminismo-que-agrada-homens-e-nao.html?showComment=1348155408968

Anônimo disse...

Gostei muito da participação da Sara
Winter no Saia Justa desta semana. Não a achei despreparada, desmiolada,
ou alguém ignorante quanto às causas feministas. Gostei mais ainda da aprovação do movimento por parte da Monica Waldvogel.

Alexandre Luckenzy disse...

Olá a todas e a todos. Meu nome é Alexandre Luckenzy, caí de paraquedas, não sou feminista. Cheguei atrasado para o debate mas quero dar meus pitacos. Posso?

- Como todas vocês já sabem, o FEMEN nasceu de uma proposta natural na Ucrânia justamente pelo fato que lá (e países nas redondezas) é o maior exportador de... prostitutas. Prova maior é que o Leste Europeu tem a maior industria pornográfica, senão na Europa, do mundo. O que pra nós pode ser algo comum, pra eles, não.

- Logo, acho legítimo o que elas protestem e até mesmo na forma como querem protestar. Mas lembremos que as culturas são muito diferentes: lá foi até pouco tempo atrás um rincão da União Soviética. (e quando falamos de direitos humanos deste antigo país comunistas, bem... ficam pra vocês o debate)

- Mostra o porque a tendência nacionalista/fascista deste grupo. Embora seja estranho o nosso ponto de vista -é triste, concordo-, pra eles é natural. Ouso dizer que é justificável a atitude pela ótica sociológica regional.

- Portanto, se é comum para o "Francisco" na Ucrãnia, é aceito pelo "Chico" no Brasil. O que entra de acordo com a Lola quando remete a hipotese dela ter ligação com o grupo pela [ultra]direita. Simples afinidade.

- Não concordo com muitas que dizem que no Islã, as mulheres sejam discriminadas pelos homens-machistas como se fosse um esporte religioso popular. É bom lembrar que numa religião milenar como o islã (1600 anos) onde a pratica do patriarcado é regra de fato entranhado na cultura desde os primórdios, qualquer mudança mínima é pra melhor.

ex.: se uma árabe pede para o maridão grava-la num video, arrumando uma malinha necessária, dizendo que naquele dia é ela quem decidiu pilotar o carro -o que é crime na Arábia Saudita, e dá cadeia, por isso da malinha- (e ele aceita completamente o ato da mulher) é motivo para as feministas do mundo sorrirem.

E se ela é atleta e quer usar o Hijab nas provas, é apenas o direito dela. Reclamem da religião das muçulmanas, mas isso já não me parece estar no campo do machismo.

Espero não ter sido ácido na resposta. Abraço a todas.

Bisteca disse...

não gosto do femen, elas sujam o feminismo alem de q na pag delas no facebook diversas vezes vi a pag postando comentarios machistas ou slut shaming, femen de feminismo n tem nada.

frenz disse...

Acho que faz sentido elas serem anti-Islã. Afinal, como ser feminista e apoiar uma religião dessas? Alias, acho que feminismo tem que ser contra todas religiões, já que quase todas são machistas. No entanto, uma religião que força mulheres a usar burkas não merece respeito nenhum. Se merecer respeito, então respeitem todas, inclusive quem mutilia o clitoris feminino na Nigéria!

Sydnei Melo disse...

Eu acho que isto aqui merece um apdate; https://www.facebook.com/photo.php?fbid=436284769795838&set=a.282662395158077.64064.280659362025047&type=1&theater

Laís Peterlevitz disse...

Acho esse termo "Marcha das Vadias" para um movimento feminista tão errado...
O conceito de mulher vadia é algo extremamente machista. A mulher tem que ser sempre recatada, pura, "coberta"... do contrário é uma vadia. Acho isso nojento. A mulher tem todo o direito de gostar de sexo tanto quanto o homem, e tem TODO O DIREITO, SIM, de andar do jeito que quiser sem ser assediada. É tão socado na cabeça das meninas que elas devem tomar cuidado com os homens, então tem que andar sempre com roupas que cobrem tudo; mas porque a sociedade não se preocupa em "ensinar" aos homens que a mulher é um ser humano e merece ser respeitada, independentemente das roupas que usa?
O homem sente necessidade de mais sexo que a mulher, certo, foi provado cientificamente que sim, é algo natural. Mas não tão exagerado como a sociedade faz parecer, o homem que não demonstra essa pose de machão que come todas, e que só pensa em sexo é tachado como gay, e essa ideia é colocada na nossa cabeça desde muito novos, e achamos realmente que homens, para serem "machos de respeito" só devem pensar em fazer sexo, e a mulher, em contrapartida, só será uma "mulher de respeito" se não sentir desejo sexual algum, e fazer sexo não por vontade própria, mas apenas quando o marido a "solicita", o que definitivamente é uma falácia sem tamanho. A pesquisa comprovou apenas que o homem sente mais desejo sexual, mas não que a mulher tem desejo nulo.
Outra coisa irritante é quando a mulher é assediada. A culpa cai na mulher que estava se mostrando, e não no homem que foi um porco desrespeitoso, e o pior é que essa situação realmente deixa a mulher se sentindo horrível; sendo que a culpa é exclusivamente do homem que foi incapaz de reconhecer a mulher como um ser humano, e pensou nela apenas como um pedaço de carne. Qualquer MULHER (não as tristes sombras de mulher, que acham que só por ser homem, ele tem direito de fazer tudo e abaixam a cabeça) que se preze deve, sim, protestar contra isso, a culpa não é da mulher; a culpa é na atitude indulgente que a sociedade presta aos atos masculinos, o homem pode fazer sexo com 6 meninas em um dia, beber, sair de noite, tirar foto sem camisa, e ele vai ser visto como o cara legal, o "comelão", o macho, etc. Enquanto a mulher que fizer a mesma coisa, irá ser, indubitavelmente, rechaçada e tachada de vadia, arrombada, promíscua, etc.
Não estou apoiando orgias, deixando claro, e muito menos digo que prostitutas são os seres mais dignos e mal-compreendidos da Terra, muito pelo contrário. Mas digo que se a mulher quer fazer sexo e se vestir com roupas mais curtas ela tem todo o direito para tal - principalmente aqui no Brasil, que faz um calor infernal: a menina que sai de casa com um short e regata, já é alvo dos homens, que já se acham no direito de ficar fazendo gracinhas, sendo que a menina não tinha a menor intenção de se mostrar, apenas sentia calor.
A desculpinha que os homens dão quando assediam uma garota, é ridícula: "A menina que se veste assim tava pedindo pra que eu fizesse isso". Se for seguir essa linha de raciocínio e inverter a situação, quando vejo um homem sem camisa na rua, mostrando seus bíceps, e como gasta horas na academia, quando poderia estar estudando pra tentar ficar um pouco menos ignorante, eu poderia muito bem me sentir no direito de sacar um martelo e golpear suas partes baixas, que é exatamente isso que ele me provoca a fazer, e poderia dar a ridícula desculpa: "Você se vestindo assim e mostrando toda a sua imbecilidade, estava pedindo para que eu fizesse isso", soa absurdo, de fato. Mas é exatamente isso que me soa aos ouvidos, quando algum homem dá uma desculpa dessas.

Laís Peterlevitz disse...

Tantos costumes machistas absurdos são impostos como regras básicas da sociedade, e somos todos obrigados aceitar, a achar aquilo normal, por isso apoio muito o movimento feminista, por reconhecerem o absurdo que somos obrigados a achar normal. Mas, ultimamente, estou vendo com tristeza, que o "maior grupo feminista do mundo" está entendendo erroneamente a ideia do feminismo, e pregando ideias perdidas e insensatas. Querem colocar a mulher como um ser superior e desprezar os homens, acho isso ridículo. A luta deveria ser pela plena igualdade de homens e mulheres. Achar todos os homens indignos e que só as mulheres valem alguma coisa é tendencioso demais. E ao invés de passar a imagem de justiça, estão fazendo o feminismo se igualar ao tão detestado machismo.

Anônimo disse...

RACISMO (crime ) desrespeito aos muçulmanos
detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano/multa, cod. penal Brasileiro Cap. I - Dos Crimes Contra o Sentimento Religioso. Ultraje a Culto e Impedimento ou Perturbação de Ato a Ele Relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
Lei do Crime Racial - Lei 7716/89 | Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989
Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459 , de 15/05/97) constitição: .Art. 5º VIII - VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei

Raissa Palumbo disse...

Ola, recebi seu blog somente hoje, meses após a postagem, quero primeiramente dizer que gostei da leitura, muito leve e direto no ponto, sem rodeios e de fácil entendimento para quem anda não entende do assunto ou apenas recebe o que a mídia divulga.

Parabéns pelo blog e por esse post em especial, concordo com tudo que disse, nãoq ue o movimento seja algo de quem 'não tem mais o que fazer', mas que ainda falta uma grande repaginada e melhores escolhas de suas manifestações e prioridades.

James disse...

O tal machismo é o que impede elas que não são homens de saírem peladas e de não tomarem surra ou serem indiciadas por atentado ao pudor. É o mesmo machismo que faz chamar para elas a atenção, o que faz do movimento uma contradição. Para mim há a necessidade da parte delas de se mostrarem nuas, e isso já é caso para um especialista.

Lino disse...

Excelente post. Mesmo. PArabéns

Aline disse...

A mim só me parece uma patricinha desocupada que quer aparecer a qualquer custo... Esses movimentos fazem um desserviço a todas as mulheres que lutam por sua independência e que lutam pra serem donas de si mesmas. No fim, o que elas mais querem é seus 15 minutos de fama!

Unknown disse...

Olá Lola, li seus dois textos falando sobre a Sara Winter, principalmente últimamente tenho acompanhado a página dela no Facebook e tenho notado que ela tem feito muitas acusações ao movimento feminista, generalizando, fazendo com que o feminismo seja visto cada vez mais de forma pejorativa, afastando cada vez mais mulheres da luta. Ja comentei na página mas ela me bloqueou, e apaga os comentários de outras pessoas que tenta esclarecer as loucuras que ela escreve sobre o feminismo. Gostaria de saber sua opinião sobre isso. Desde já agradeço a atenção, parabéns pelo blog.

Denise disse...
Este comentário foi removido pelo autor.