domingo, 12 de agosto de 2012

A PARTIDA DE NIEMI

Ontem à noite, quando eu estava quase saindo pra comemorar os 22 anos com o maridão, recebi um email do Patrick, transtornado, perguntando se eu havia visto o último post da Niemi. Fui lá ver e comecei a chorar.
Lá, Niemi se despede, num post pré-agendado, dizendo que não está mais entre nós, e pedindo pra gente não chorar. O que é um pedido bastante inútil.
Niemi foi uma das comentaristas mais ativas e queridas que eu tive por aqui. Ela era tão assídua que era comum o pessoal perguntar “Vc é a Niemi que comenta no blog da Lola?”. Motivo de orgulho pra mim. 
Não sei quando ela começou a comentar, mas lembro que, em maio do ano passado, eu lhe pedi pra escrever um guest post sobre bissexualidade, que ela rapidamente atendeu. Ela disse ter ficado surpresa com meu convite, porque pensava que eu não levava suas opiniões a sério, já que tivemos (segundo ela; eu nem lembro) alguns desentendimentos em posts anteriores. O primeiro email que recebi dela já tem quase dois anos.
Niemi era jovem, cerca de vinte e poucos anos. Trabalhava com TI e era administradora de dados. Era uma finlandesa que morava há tempos em SP. Seu sobrenome, Hyyrynen, tinha não um, mas três ys. 
Combativa, valente, divertida, inteligente, seus comentários nunca passavam batidos. Tanto que ela atraiu a ira dos mascutrolls, que clonaram seu perfil e passaram a comentar por ela (esses comentários eram sempre deletados, pois na primeira linha já dava pra saber que não eram da Niemi). Quando ela iniciou seu outro blog, Bordados Feministas, alguns idiotas foram lá agredi-la. Não respeitaram nem sua doença. Atitude de psicopata mesmo, de gente sem nenhuma empatia. Sei que sua mãe pediu pra ela ficar longe da internet por um tempo, tamanho o nível de agressividade desses psicopatas.
No último natal, escrevi um post pensando nela, “Como se fala Feliz Natal em finlandês?”, porque ela já estava doente, com um cisto no intestino, e passou o natal, ano novo, e várias semanas, no hospital. Mas é aquela coisa: a gente nunca pensa que uma pessoa jovem vai realmente morrer. Lord Anderson estava inquieto, tanto que semana passada me enviou um tweet querendo saber se eu tinha notícias da Niemi. Respondi que eu tinha falado com ela em julho. Ela estava me ajudando um monte a usar o Intense Debate para moderar os comentários. Fez e me enviou uma apostila imensa, super detalhada. Quer dizer, mesmo sofrendo, teve a generosidade de pensar nos outros.
Em 9 de junho, ela me contou: “Eu estou um pouco sumida da internet, às vezes postando poucas bobagens no twitter, lendo alguma coisa ou outra, passo por reações adversas ao tratamento, meu oncologista está me matando, pedi para ele moderar o tratamento, estive mal. Mas trocarei de médico ou consultarei uma segunda opinião, espero que as coisas melhorem para todas nós.”
Um mês depois, 9 de julho, ela me disse algo que partiu meu coração. Foi a primeira vez que percebi que seu problema de saúde era seríssimo: “Quero muito comprar seu livro, mas imagino eu morrendo e o livro lá encostado com uma dedicatória sua pra mim, mórbido. Eu sei que é bobagem! Troquei de oncologista, estou fazendo um processo de recuperação e começarei o novo tratamento em breve, aplicação localizada na área do tumor, o outro onco tava detonando o meu sistema imunológico e o meu figado tava pagando o preço, trash. (Agora estou tomando além de remédios para tratar dos efeitos da quimio, tb para o fígado, que beleza).”
Eu respondi: “Putz, Ni, agora falando sério, fiquei triste em saber que vc ainda não está bem. Vc está pensando mesmo que pode morrer? Existe essa possibilidade antes que se passem 60 anos?”
Ela: “Pois é, eu estou melhor mas não 100%. Espero que a nova abordagem do tratamento surta efeito. Vamos ver...”
Eu: “Tá vendo como deus não existe, Ni? Vc aí com problemas de saúde e um monte de troll saltitante por aí!”
Ela: “Bom Lola, deus pode não existir mesmo, é tudo fatalidade, processos que acontecem aleatoriamente, no meu caso tirei o bilhete premiado... Mas bola pra frente.” 
Ontem enviei um email pra ela, pensando talvez que sua família (que mora na Finlândia) possa respondê-lo. Mas não temos porque duvidar de seu post. Infelizmente, é verdade sim. Uma pessoa tão jovem, tão cheia e vida, que a maioria de nós não conhecia pessoalmente mas admirava muito, morreu.
Fico com uma frase dela do seu último post: “Embora eu esteja partindo tão jovem, posso dizer sem sombra de dúvidas que fui uma grande viajante.” Sem sombra de dúvidas, Niemi, moça linda dos três ipsilones.

UPDATE: A família de Niemi deixou agora à noite esta mensagem no Twitter: Niemi Hyyrynen - 03/05/1986 - 10/08/2012 - Rovaniemi/São Paulo. Faleceu após sucumbir a uma Hepatite Fulminante, desenvolvida pelo tratamento do câncer. Infelizmente não resistiu ao transplante e o seu organismo rejeitou o novo órgão. Veio a falecer com uma grave infecção. A Família Hyyrynen agradece ao carinho de todos que demonstraram o seu pesar e compartilharam conosco essa dor. Nunca esqueceremos. Seu corpo foi cremado e as cinzas mortais aguardam liberação para viagem a Finlândia. Parte da família que residiu no Brasil se despede.
UPDATE em 24/8: Será que Niemi realmente morreu? Dúvidas...

283 comentários:

1 – 200 de 283   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

:~

Patty Kirsche disse...

Puxa, que pena... A morte sempre dói mais em quem fica, porque precisamos lidar com a perda. Mas ela certamente está num bom lugar agora, pois é uma pessoa de valores nobres. Mesmo não tendo tido a oportunidade de conhecê-la, sinto pela perda.

Anônimo disse...

o tumor dela era benigno coisa nenhuma! o médicou escondeu a verdade?

Fábio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Robson Fernando de Souza disse...

Poxa... Posts assim entristecem bastante =/

Eu tava ouvindo música animado e pausei imediatamente quando vi na minha lista de feeds o título deste post. E vi que era isso, infelizmente.

Vá em paz, Niemi. Vamos sentir falta de seus posts e de quando vc transpirava vida, juventude e alegria.

Fernando Borges disse...

Me revirou o estômago ler o comentário de um troll celebrando a morte da Niemi no próprio blog dela. Outro dia, antes dela partir, vi um comentário daquele dig din (ou algo do tipo) perguntando se ela já tinha morrido. Sinto um asco indescritível de pessoas assim...

Espero que ela não tenha sofrido muito (física e psicologicamente) em seus últimos momentos. Não a conheci pessoalmente, mas sempre lia seus comentários e acompanhava seu blog. Foi uma notícia muito triste.

Bau disse...

Que tristeza, Lola, que perda. Inteligência, sensibilidade, juventude. Uma grande perda. Beijo.

Arlequina disse...

É impossível não chorar com essa partida, mas eu sei que, como grande viajante que era, ela continuou a sê-la do outro lado lá.

É difícil assimilar que alguém tão querido foi embora... Espero que ela esteja bem agora...

[por que o mundo é tão injusto, Lola?]

Julia Codas disse...

Que história triste!! Mais triste ainda porque o primeiro médico dela parece ter feito tudo errado, não dá pra não pensar que se ela estivesse com um bom médico desde o início se a história não teria sido diferente :((

Anônimo disse...

É Fábio agora você vem igual um cordeirinho adestrado e arrependido dizendo que não queria causar sofrimentos e blábláblá,você nem ao menos MERECE comentar no blog da Lola e sequer citar o nome da Niemi,espero que você nunca mais volte aqui como o rato covarde que é,mandou inúmeros comentários anônimos xingando as mulheres aqui de interesseiras,de misândricas,lésbicas passivas e agora seu miserável você vem se arrepender?
Tenho ojeriza de gente igual a você,muito engraçado que a Niemi precisou morrer pra você se dar conta do imbecil misógino que você é.
Eu to em prantos aqui e ao mesmo tempo morrendo de raiva por um traste como você vir macular um post em homenagem a ela.
Acompanhava o blog dela e o que ela escrevia,menina de fibra,linda,forte e determinada.
Se existe algum lugar maravilhoso,que ela esteja lá e muito feliz.
P.s: Mil desculpas o desabafo Lola,se não quiser publicar meu comentário não precisa.

Rose disse...

Eu "conheci" a Niemi pelo tt, ela me perguntou se eu gay e depois se eu tinha câncer, queria saber sobre as etapas do tratamento. A primeira vez que "conversamos" foi pra falar sobre a nossa doença. Riamos uma da outra, com os nossos termos próprios para a doença e o tratamento. As jujubas estão verdes, significava q tava mal. estão vermelhas, estava bem. E assim era com os tudo q se referia ao tratamento. também falávamos sobre sonhos e nossas pequenas bobagens, como ela costumava dizer (música, desejos y otras cositas mas).
Foi muito doloroso pra mim quando eu li a noticia, foi como se algo em mim se quebrasse. Sei que pra muitos, mas nós tínhamos uma espécie de ligação. é muito difícil escrever agora, estou sinceramente revoltada com essa injustiça.

Sou ateísta convicta, mas não fundamentalista. Não acredito em deuses, não acredito em magias. Não consigo aceitar a existência de um plano superior, não vejo lógica nisso, mas não duvido da fé das pessoas.
Acredito que Deus é construção cultural, necessária para alguns e nociva para outros. É nociva quando essa construção é usada para justificar injustiças ou maldades. É necessária quando usada para confortar o coração de alguém que sofre, ou simplesmente para transformar a vida de alguém em algo positivo.
Acredito que a vida surge de uma reação química complexa, mas só isso. Creio que somos somente o resultado de combinações de átomos formando nossas moléculas mais elementares. Um dia essas moléculas se desfazem e voltamos a fazer parte de um sistema, da natureza, como átomos vazios.
Mas hoje eu gostaria de acreditar em Deus, hoje eu queria sinceramente que ele existisse. Não para me confortar, acalmar meu coração ou diminuir a dor que estou sentindo. Eu só queria que ele reconsiderasse a decisão de leva-la e voltasse atras. Queria muito que deus existisse hoje, só pra lhe pedir que nos devolvesse a Niemi.

Eu não sei se posso seguir em frente, não com essa dor. Adeus querida, até um dia.

Sara disse...

É uma tristeza imensa saber que gente da qualidade da Niemi não esteja mais aqui, o mundo as vezes parece tão cheio de ignorância, atrazo, crueldade.
Gente como ela só espalhava inteligencia, alegria, bom humor, tantas e tantas vezes aqui nesse blog mesmo, dei gostosas risadas com a perspicacia, fina ironia, as vezes até escrachos rasgados de humor que ela sabia fazer como poucos.
Eu como misera humana nunca vou entender o significado dessas perdas, se é que existe algum.
Só posso guardar na minha memória as menssagens que ela deixou.

Jor disse...

Que deus, hein?! Injusto e incompreensível a partida de alguém tão jovem e cheia de vida.

Cris disse...

Chorando horrores... não conhecia a Niemi, mas desde que li este blog pela 1ª vez, vi que ela era a comentarista que mais escrevia, se não, uma das que mais, e a que mais me chamava a atenção. Espero que onde quer que ela esteja, sinta que ela é muito querida.

LOVE MAKES A FAMILY disse...

Voz embargada, uma mistura de sentimentos e uma tristeza...Me pegou de surpresa, Lola. Acho que @ tod@s nós...
Eu sempre lia os comentários dela e a considerava uma menina precoce, inteligente e sensível. Talvez possa ter vivido mais intensamente a vida, pois seria curta...Não sei, não há respostas. Mas deixou um exemplo: a vida pode ser curta, ou longa, mas seja como for, é sempre hora de despertar para o melhor que há em cada um de nós. Penso se algumas pessoas perderam a razão com ela, escrevendo recados tolos e, agora, se arrependem, já é um grande avanço. Espero que essas pessoas possam ser seres humanos melhores. Eu sempre penso que viver muitos anos, é por demais sofredor, pois ter que se despedir das pessoas que amamos, que apreciamos, é muito triste. Imagine um ser humano com 100 anos...Quantas despedidas, não? Mas parece que elas necessitam viver mais para aprender o que é mais importante nesta vida: o amor.
Enfim, devaneei sobre esta situação ao perceber que aqui há muitas pessoas jovens. Algumas parecem ter vindo ao mundo com a graça, a meiguice, o amor por si e pelo próximo. Outras, infelizmente, pelo vazio, a falta de afeto que foi sua vida na infância e, tendo deixado o ódio prevalecer, vomitam toda fúria em qualquer um que cruze o seu caminho. Mas sempre é hora de dizer: basta de tanto peso que carrego em meus ombros , em meu coração! Quero ser leve, livre e feliz. Quero mudar.
Espero que a ida dela tão cedo, possa fazer pensar em tais mudanças.
Menina linda, adeus!

Srta. Corleone disse...

Poxa, isso é super triste Lola... é sempre complicada uma perda, por mais que a pessoa estivesse sofrendo e é tão jovem...
Pensemos que ela descansou, não a conheci, mas se ela estava em tanta dor, torço para que ela tenha encontrado a paz e o descanso tão merecido.
Sabe que estamos sempre aqui, contigo, pra te dar força.
Abração...

Fabio Ribeiro disse...

nossa que triste. Prefiro não ler o post dela agora pois estou em um momento muito melancólico e acho que iria piorar meu estado, mas sinto pela perda de alguém tão racional e sensato, se é que vcs me entendem. Força Lola, ela não está mais entre nós mas fez lindamente sua parte.

carolinapaiva disse...

Nossa, estou muito triste com essa notícia. Gostava de ler os comentários da Niemi, era como um complemento do post, sempre com algo a a acrescentar, pontos para discutir, ou para reflexão. Enfim, a Niemi é muito querida pelos que comentam (ou somente acompanham) o blog (claro, tirando os trolls).
Se existe algum tipo de vida após a morte, espero que ela esteja bem, se não, que sua ida tenha sido serena e o mais indolor possível.

Fernando: eu também fiquei mal por ver aquele comentário imbecil lá. Realmente pensei que os trolls não seriam capazes de brincar com a morte de alguém, mas acho que subestimei a podridão dessa gente.
Não desejo a morte desse tipo de troll, mas que sinta na própria carne o mal que causa aos outros.
Gente assim não merece amor de ninguém, e desconhecem o significado da palavra "honra".

Monique disse...

Caramba,isso me lembrou uma colega minha super querida que tinha leucemia,estudava o segundo ano e logo apos o dia das maes,numa segunda feira,dia de teste,veio a noticia,deixamos os testes de lado e fomos todos prestar a ultima homenagem...
Realmente é nessas horas que nos faz refletir muito a que passos estamos seguindo,como reflexao tb daquele filme Beleza Americana.
Ja tinha visto ela por aqui,visitei uma vez seu blog,realmente triste uma pessoa tao jovem...

Marques-Samyn disse...

Conheci virtualmente a Niemi através dos comentários que ela postava aqui. Conversei com ela no Twitter -- poucas, mas ótimas conversas.

A ficha ainda nao caiu.

A Niemi nunca desistiu. Nos últimos meses, deu início a um projeto de discussao sobre BDSM e Feminismo do qual participamos eu, o Anderson e outras pessoas. Ela nunca desistiu, e todos nós -- que a conhecemos, ou que de algum modo travamos contato com ela -- nunca desistimos de contar com ela, de esperar que as coisas se ajeitassem. O silencio que ela vinha guardando nos últimos meses parecia ser mais uma etapa na luta, uma etapa que, ao fim, seria superada.

É difícil nao procurar culpados. Como os médicos que, primeiro, demoraram tanto a diagnosticar o seu problema, e que depois prescreveram tratamentos que parecem só ter piorado as coisas... é difícil. Mas o que importa é isto: ela lutou, como sempre lutou por tudo em que acreditou ao longo de sua vida. E foi justamente essa tenacidade o que atraiu tanto ódio dos reacionários. Mas acho, sinceramente, que essas coisas só davam `a Niemi mais forças para lutar.

Conheci pouco a Niemi, mas o bastante para admirá-la e para saber a falta que ela vai fazer. O que importa é o que fica, e Niemi deixou uma herança valiosa, que está aqui registrado nas "páginas" do blog da Lola. Ela lutou pelo que nós lutamos, a memória dessa luta está preservada aqui, e enquanto permanecermos lutando nós manteremos viva essa herança.

Valeu, Niemi!

Mariane disse...

Nem a conheci, mas a perda de um ser humano tão digno da vida, dói demais.

Sempre escutei isso de espíritas: Muitos daqueles que têm uma vida curta na terra, estão em um plano mais evoluído.

Não sei se é verdade, mas parece combinar com ela.

Anônimo disse...

Sendo o tumor intestinal benigno, terá ela sido explorada com a quimioterapia tão agressiva como ela comentou? Terá então isso sido a causa da morte precoce da Niemi?

Lord Anderson disse...

Eu a conheci aqui no blog..sempre intensa, sempre apaixonada pelo que acreditava certo.

Começamos a nos falar pelo Twitter e pelo gtalk e viramos amigos rapidamente.

Não tinha como não gostar dela.

Doia muito ve-la triste ou pessimista com a doença, mas eu realmente acreditava que ela ia ficar bem.

Antes de falar com a Lola eu ja tinha mandado mails e mensagens, estranhando o silencio, mas a verdade é que estava mais saudoso do que preocupado.

Quando apareceu a mensagem de post no blog, corri pra ver enão acreditei...

levou um tempo pra cair a ficha e na verdade ainda não caiu...

só posso orar pra que ela esteja melhor, livre da dor e da angustia e que a familia, principalmente a mãe que vivia com ela tenha forças pra lidar com essa perda.

ela era minha amiga, e eu simplesmente não posso agradecer o bastante por essa amizade.

espero que os familiares e amigos proximos, vejam as manifstações no blog, deletam o comentario daquele verme e possam saber que ela foi muito querida.

aiaiai disse...

O mundo perdeu uma grande mulher: inteligente, sincera e humana. Não tinha medo de ser autêntica e buscava viver tudo o que pudesse. Fiquei muito triste com essa notícia, muito mesmo.

Patrick disse...

Eu não consigo nem articular direito um comentário, tal é a minha tristeza desde que vi a nota no tuíter :(

Mas eu queria deixar registrado aqui, porque não tive a oportunidade de fazer o mesmo pra Niemi - e me sinto um pouco culpado por isso -, o grande carinho que sinto pela Lola - a quem já tive o grande prazer de conhecer pessoalmente -, pelo Sílvio, pela Mamacita e por tod@s @s comentaristas de bem que frequentam este blogue. Embora não @s conheça pessoalmente, pelas mensagens vocês se revelam pessoas grandes e belas, no caráter e espírito. Um grande abraço em tod@s.

P.S.: esse mundo precisa de mais Niemis ;-(

Hamanndah disse...

Lamento a partida prematura da Niemi.

Eu ainda não entendi uma coisa: ela fez um último post se despedindo. Foi alguma pessoa da família que tinha senha que postou ou ela abreviou o caminho? Espero que ela não tenha tido essa atitude, prefiro acreditar que foi alguém íntimo que possuía a sua senha que colocou a despedida, após seu desencarne

Muita luz para você, Niemi

Anônimo disse...

Lola,

Estou arrasada com esta péssima notícia.
Uma pena que uma garota tão inteligente, bonita, corajosa e generosa tenha morrido tão jovem.
Respeito todas as crenças e também quem não acredita em Deus ou religiões, mas, eu acredito(sem levantar bandeira) que ela está em um lugar melhor, de muita luz e paz.
Dou meus pêsames à família dela e desejo conforto e paz espiritual para eles neste momento tão difícil.
Não tenho mais palavras a dizer, apenas o quanto lamento pela morte de alguém tão iluminada.

Sawl

Anna Walshe disse...

Muito triste esse post...é a primeira vez que eu acesso o blog, portanto não a conhecia, mas não tem como não ficar tocada por uma morte tão cedo. Muito triste, mas serve como exemplo para nós que ficamos...

Ághata disse...

Ah, não, Niemi não...

Dayane disse...

Lola, eu não aguento isso!Ontem quando caiu a ficha de verdade eu me acabei de chorar!Eu não sei o que pensar!Fiz um post pra ela e SEI QUE ELA NÃO IRÁ VER!!!Isso me destrói!Ela estava falando comigo de vez em quando no twitter, sempre tão maravilhosa, gentil!Os posts que eu fazia sobre feminismo eu sempre fazia questão de seus comentários e ela sempre me respondia, com respostas enomers,detalhadas, nem dava pra saber que ela estava tão mal!Queria tanto ir em seu enterro!Ai,meu Deus!Eu não posso acreditar ainda...não comsigo imaginar...não vou conseguir ver seus comentários no meu blog, suias mensagens no twitter...

Dayane disse...

Sabe o que é o pior? Quando vi seu post, fiquei muito feliz, pq achei que ela estivesse melhor, boa para escrever. Mas quando li, meu Deus...

Anônimo disse...

Fui pega de supresa com essa notícia e sinceramente não consigo parar de chorar.

Acompanho o blog da Lola já há um certo tempo e sempre lía com muita atenção os comentários da Niemi.

Era alguém tão cheia de vida, tão sábia, tão maravilhosa que nessas horas faltam as palavras para descreve-la....

Tô triste por essa partida inesperada, por nunca ter dado um "oi", e por que nunca tive a oportunidade de dizer pra ela o quanto eu aprendi com a Lola e com ela em especial.


Enfim... kiitos Niemi.

Ana disse...

Minha nossa.

Minha nossa, Lola.

A Niemi? A Niemi, aquela mesma que volta e meia me divertia com comentários por aqui? Sério?

Eu mal consigo acreditar. Não faz sentido nenhum.

Amig@s, força para vocês, que eram mais íntimos dela.

Aliás, força para todos nós, porque com certeza é uma perda lastimável. Ela era brilhante, tão ativa, tão parceira. Até eu que não a conheci a fundo sentirei falta dela.

Força gente. Força.

Queria poder abraçar cada um, dizer que vai ficar tudo bem.

Quanto à Niemi, onde quer que ela esteja, deixo pra ela meu sincero 'muito obrigada'.
Obrigada por ter feito parte do time que ainda tenta fazer a diferença.
Obrigada por ter passado por aqui e compartilhado coisas boas, coisas construtivas com quem estava ao redor.
Obrigada por ter lutado ao nosso lado.

Obrigada, Niemi.
Pena que você tenha que ir tão cedo.
Paz.
E força pra nós que ficamos na luta.

nanachan290 disse...

Ç_Ç

Letícia Alves disse...

Partidas prematuras são sempre dolorosas.
Eu li mais cedo o post no blog dela, quando sua nota no Twitter.
Mas agora ela está melhor com certeza.

Um abraço pra família!

Radhra disse...

Estranho como são as relações humanas... Eu não frequentava os blogs, não conhecia ela diretamente, mas o Lord Anderson sempre falava dela quando saíamos pra bater papo ou tomar sorvete... É estranho porque você conhece a pessoa pelas outras, "vive" ela pelo que as outras sentem por ela e eu acho que isso deveria parecer uma tristeza distante, mas não é. É próximo. É uma dor estúpida, perto, um tanto incompreensível. Estranha.

Lorena disse...

Ontem, quando a Lola postou a notícia no Twitter, tomei um susto tão grande... Quer dizer, eu sabia que Niemi estava doente, mas não tem jeito, nunca esperamos que alguém tão jovem e cheia de vida vá mesmo partir, ainda que doente. Eu deixei um recado no blog dela, no post da despedida... ainda que eu saiba que ela não vá ler. Eu acredito em vida após a morte, em uma força maior (que eu chamo de Deus) e que devemos sempre pensar positivamente sobre os que já foram. É uma homenagem à ela, mas também é uma forma de enviar energias positivas para sua família, amigos, os que ficaram.
Não conhecia Niemi tão bem quanto muitos aqui, não éramos amigas, mas ela, sempre que conversamos, foi extremamente gentil, simpática, educada comigo. Sempre aprendi muito com seus comentários aqui no blog, ela era uma pessoa que acrescentava, que somava, sempre... Niemi é alguém inesquecível, com certeza.

Espero e oro para que ela esteja em paz. Sem dor, sem doença, sem sofrimento... Apenas paz. Que Deus possa recebê-la nos braços e confortar os seus que ficaram.

B. de Campos disse...

Esteja em paz, Niemi.
:~

Maria Valéria disse...

Impossível nao chorar com a partida de uma das pessoas que se solidarizou comigo e que veio me defender , foi ler meu blog, e ate tomou a iniciativa de escrever alguns e mails a mim,pra me conhecer melhor, num momento em que fui gratuitamente agredida nesse espacinho seu, Lola,
:(((
Sabia, pelos e mails dela, que ela, por motivos pessoais , nao estava escrevendo mais no seu próprio blog, mas nao sabia que o motivo era esse....:( nem desconfiava, achei que era algo mais leve,,,
Enfim, espero que ele esteja vendo todas essas manifestações de carinho de lá onde ela estiver, e que saiba, de alguma forma, que estou em um processo de mudança de ciclo, de auto- conhecimento, e de aprendizado que tem sido, doloroso, sim, mas muito bom em vários aspectos,,,;)
Espero que ela nao tenha partido sem saber disso....
Sinto muito pela perda de uma amiga que nem cheguei a conhecer,,,:(
Beijos.

Carol M disse...

Nunca fui próxima dela, mas vai fazer falta. Uma moça inteligente, com ótimas opiniões. Uma companheira de luta mesmo não a conhecendo. Que sua lembrança nos acompanhe.

Dayane disse...

Maria Valéria,

Ela era um doce, uma pessoa ótima, maravilhosa! Ela tbm agiu assim comigo quando houve um grande desentendimento aqui entre algumas garotas e eu por bobagens, e tbm fui agredida gratuitamente, mesmo hoje eu vendo que agiria de forma mais madura. Ela foi no meu blog (outras tantas tbm), comentou, me apoiou, me compreendeu, me animou, ela era de uma sensibilidade sem iguam!Uma grandiosidade, uma humanidade incrível!
Cm é que tem tanta gente podre que vive tanto, enquanto pessoas assim vão embora/????

Lord Anderson disse...

Oq aconteceu com Niemi só meu deu vontade de procurar as pessoas que amo e dizer o quanto gosto delas, pq sempre existe a chance de perde-las quando menos esperamos.

Por isso deixo aqui meu agradecimento ao seu blog Lola, que me permitiu conhecer a Niemi e tantas outras pessoas incriveis.

É uma honra ter vcs como amigas/os

Teresa disse...

Eu pensava que ela ficaria curada. Tô triste demais.

Liana hc disse...

A Niemi era uma pessoa linda. Aprendi a ver nela uma amiga, alguém que eu admirava, respeitava e confiava.

Agora eu só queria dar um abraço em você, Niemi. Muito grata por ter te conhecido.

Luiza disse...

Muito triste. Gostava demais dos posts da Niemi e tenho certeza que gente que vem aqui sem saber bem o que é feminismo teve uma luz lendo os posts dela.

Descanse em paz.

Lilian Soares do Nascimento disse...

Sou péssima com nomes, mas, quando vi a última foto dela, de óculos, lembrei na hora. Sempre li os cometários e adorava os que ela fazia...

É muito triste. Eu nunca sei o que dizer nessas horas. Não sei lidar com a morte.

L. Archilla disse...

Sempre achei absurda a inteligência da Niemi, a garota tinha vindo pra cá há poucos anos e dominava perfeitamente o português! (Tendo como língua materna o finlandês, que não tem nada a ver com a nossa língua). Ainda por cima trabalhava com informática, que não tinha nada a ver com línguas. É uma pena, mesmo. Que ela descanse em paz!!! :(

Bruno S disse...

Quando li a notícia no twitter ontem a noite também tive um choque muito grande.

Não sabia que me sentiria tão afetado por alguém com quem só tinha conversado por comentários em blogs e pelo twitter.

Apesar de saber que ela estava doente, acreditava que em algum momento ela apareceria na caixa de comentários dizendo que tinha vencido.

Quando o Lord apareceu no twitter há alguns dias perguntando se alguém tinha notícias dela, cheguei até a suspeitar do pior. De que a coisa tava feia.

De qualquer forma, acredito que ela estará "viva" enquanto lembrarmos de seus ótimos comentários, das coisas legais que escrevia aqui e em outros espaços.

Flávio Brito™ disse...

:(

Lord Anderson disse...

Para quem não acompanha o Twitter, vou postar aqui as informações que a familia acaba de disponibilizar

Niemi Hyyrynen - 03/05/1986 - 10/08/2012 - Rovaniemi / São Paulo

Faleceu após sucumbir a uma Hepatite Fulminante, desenvolvida pelo tratamento do cancêr

Infelizmente não resistiu ao transplante e o seu organismo rejeitou o novo órgão, veio à falecer com uma grave infecção

A Família Hyyrynen agradece ao carinho de todos que demonstraram o seu pesar e compartilharam conosco essa dor. Nunca esqueceremos.

Seu corpo foi cremado e as cinzas mortais aguardam liberação para viagem a Finlândia, parte da família que residiu no Brasil se despede

Anônimo disse...

Adeus, Niemi, querida. - - Brian

Sara disse...

Obrigada Lord Anderson por nos passar essas informações, Niemi era muito querida, é dificil aceitar sua perda, juventude e alegria que eram dois componentes muito presentes na pessoa dela não combinam de jeito nenhum com a morte, e saber desses detalhes, nos ajuda para que aceitemos essa realidade.

Anônimo disse...

nossa, fiquei chocada. não a conhecia, mas minha mãe morreu de câncer de intestino e eu consigo entender mais ou menos tudo que se passou com a niemi. realmente muito nova.

eu ia dizer "tadinha", mas ela não era coitada. não sinto pena dela, que fez da vida dela algo positivo pra deixar alguma sementinha. mas sinto pena de gente boa indo embora assim, do nada.

enfim, sem palavras.

lola aronovich disse...

Obrigada pelas informações, Lord. Atualizei o post para inclui-las. Antes, a família já havia avisado no Twitter que teve que fechar os comentários no blog da Niemi para poder moderá-los. Porque os psicopatas são incapazes de respeitar a dor de uma família.

Torço para que a família leia os comentários deixados aqui e veja o quanto Niemi é amada, o quanto ela deixou sua marca. Não foi em vão. Muito obrigada pelo enorme espírito de solidariedade demonstrado aqui. É bom sentir que fazemos parte de uma comunidade.

Dri Caldeira disse...

Como todos sabem, eu briguei com a Niemi. Brigamos feio, por aqui e p/ twitter. E o motivo pelo qual brigamos, além de ser ridículo, agora nem importante é mais, diante dessa tragédia. Não serei hipócrita e tentar passar por Madalena Arrependida, briguei com ela e é só. Não lhe fiz mal algum, bem como ela não me prejudicou em nada. Me arrependo mais por não ter tentado entendê-la do que ter brigado como briguei. Brigar é sempre mais fácil, né? Se desfaz uma grande amizade muito mais rápido do que se aproximar de alguém. Eu achava ela arrogante, com mania de saber de tudo e de sempre querer ter a opinião correta e a última palavra a respeito do que se discutia. Eu fui uma idiota, por não perceber que essa é a arrogância natural dos jovens. Eles se acham melhores e aqui não é uma crítica, é uma constatação. É a vontade inconsciente de desafiar o mais velho. Fui burra em ficar com raiva dela e essa raiva me cegou, não me deixando ver, inclusive, que ela era como eu era aos 20 e poucos anos. Não sou religiosa, mas sou espiritualizada. Descanse em paz, Niemi.

Silvio Cunha Pereira disse...

Muito triste. Isso nào deveria acontecer com gente tão jovem. Particularmente alguem tào sensível e inteligente. Só a conhecia pelos comentários mas, como tantos aqui, parecia ser uma amiga que morava longe.

Luiz Prata disse...

Triste. Gostava muito dos posts dela.
Nem sei muito o que dizer nessas horas. Só sei que foi uma surpresa triste.

Lord Anderson disse...

Sara, Lola

eu tb estava angustiado com a ausencia de informações.


essas noticias não diminuem, mas nos ajudam a entender melhor oq houve.

rezo pela famila que enfrente esse momento dificil.

e acho que agora é levar ela nos nossos corações, sabendo que ela vivei sim e fez diferença nas nossas vidas.

Daní Montper disse...

Simplesmente estou desejando que algum mascu retardado tenha invadido o blog e twitter dela para nos sacanear e que ela está bem e logo vai nos dar notícias. Mesmo.
Nós tínhamos planos e eu não estava dando atenção devida por estar sem tempo... e quem tinha pouco tempo era ela! - estou muito triste agora para ser coerente.

Anônimo disse...

que triste, lola. eu seguia a niemi por causa do seu blog tb, mas nunca falei com ela. uma perda mesmo, não por ser jovem, mas por ser um ser humano bom. :/

Anônimo disse...

Rovaniemi, cidade finlandesa, onde nasceu Niemi Hyyrynen, em 1986.
Pela sua situação geográfica, é tida pelas crianças ocidentais como sendo a terra natal do Papai Noel (Pai Natal em Portugal).

Cinema Finlandês

“Sveaborg-Suo-Menlinna", 1972, de Antti Peippo.
Sobre a importância da cidade de Sveaborg na história da Finlândia como campo de concentração na guerra civil.

"Com o Pássaro Fênix" ("Kun Taivas Putoaa"), 1972, de Risto Jarva.
Aborda a imprensa sensacionalista. Considerada a obra-prima de Risto Jarva, falecido em 1977.

"Oito Balas Mortais" ("Kahdeksan Surmanluotta"), 1972, de Mikko Niskanen.
Assassinato de quatro policiais por um pequeno agricultor é o ponto de partida para uma discussão sobre as pressões sociais e econômicas enfrentadas pela população.

"Canção para a Terra Triste" ("Maa on Syntinen Laulu"), 1973, de Rauni Mollberg.
Baseado no romance de Timo Mukka (uma espécie de D.H. Lawrence finlandês), com ação ambientada na Lapônia.

"O Cão e o Lobo" ("Koiran Ja Suden Ystavyys"), 1974, de Heikki Partanen e Riitta Rautoma.

"O Filho do Bosque" ("Anhti Puuhaara"), 1976, de Keikki Partnen, Katariina Lahti e Riita Rautoma.
Adaptação de um conto popular no qual um comerciante ouve a profecia de que um pobre camponês herdará sua herança.

"Tenho um Tigre" (Minulla on Tiikeri"), 1979, de Lisisa Helminnen e Tini Sauvo.

"Os Lenhadores" ("Metsurit"), 1980, de Erkoo Kivivoski.
Observações do cotidiano dos lenhadores e o choque entre sua profissão e o avanço da tecnologia na área.

"Peço licença para nascer" ("Taalta Tullaan, Elama"), 1980, de Tapio Suominen
Aborda o comportamento agressivo e rude dos estudantes de uma escola juvenil de subúrbio.

"Crime e Castigo" (Rikos ja rangaiustus"), 1983, de Markuu Toikka e Aino Seppo.
Adaptação do clássico romance do russo Dostoievsky, mas com ação transposta para a atualidade.

Descanse em Paz, Noemi Hyyrynen --1986--2012 quase uma criança.

(Sendo o câncer benigno por que dosegem assim alta de quimioterapia??? Em homenagem a Niemi, sugiro que nos liguemos a ela através da arte, algo que ela muito apreciava.)

Ginger disse...

Lola eu nunca passei um dia dos pais tão triste EVER!!!

Chorei muitão quando soube da partida da Niemi!!!

Ela era uma pessoa maravilhosa, ela era tão incrível! Me ajudou muito, ela visitou o meu blog e lá ficou sabendo num texto que já deletei até, que eu tava me descobrindo lés e eu tava sofrendo muito, ela me deu um apoio muito grande!!! Me deu a maior força e ela me ajudou junta com outras amigas a me mostrar que eu sou normal!!! Que eu não tenho pq me envergonhar de ser quem sou.

Ela era muito divertida, a gente sempre se falava no Talk e eu enchia ela com várias perguntas tontas e ela nunca se zangava!!!

Estranhei o fato dela ter sumido do Talk. Eu pensei no pior mas queria acreditar que era apenas impressão....

Bom, veio a noticia, e puxa estou arrasada.

Mas como espirita, prefiro pensar na mesma linha da colega ai do coments, meu Pai msm me disse hoje, que a Niemi pelo que eu contei a ele que ela provavelmente era um espirito já muito iluminado, talvez ela esteve aqui para cumprir uma missão breve e partiu assim que concluiu o objetivo que Deus designou pra ela!!!

Nossa, tô muito emocionada, espero que a família dela tenha força! Que consigam superar essa perda, meus sentimentos!!!!

Espero que eles leiam o seu post Lola!!!!

Niemi descanse em paz!!!

Saiba que te admiro muito, sempre, não vou te esquecer, e se um dia eu tiver uma filha vou dar o nome a ela de Niemi, é o nome mais bonito que eu conheci! Mais ainda pelo que vc representou pra mim!!!


bjos

Beatriz disse...

Não sei o q dizer. Sei que ela teve uma vida linda e viveu cada segundo plenamente. Sentirei saudades. Eu a amava e lamento não ter dito ou demonstrado mais. Mas acredito que ela agora é puro entendimento e sente tudo o que mandamos para ela. E eu sou só amor e gratidão.

O acaso da vida tem dessas coisas e eu sei que nunca entenderei os mecanismos que regem a vida e morte, e nunca tentarei entendê-los. Mas digo que Niemi me inspirará a vida toda por ter conseguido, em uma vida tão breve, fazer algo significativo com sua existência. Por ter me mostrado que a independente do que nos acontecer, não temos razão para nos acomodar. Pessoas boas morrem, e isso é triste. Mas pessoas boas fazem o bem durante sua vida toda, por mais curta que seja. E isso faz o mundo girar.

Ligia Moreiras Sena disse...

:(
e lá se foi uma jovem com uma mente privilegiada e esclarecida...
muito triste...

Anônimo disse...

Nunca nem interagi com ela, pois quase nao comento, mas sempre li seus comentarios.
Ela tentou fazer "bonito" diante de sua morte, fazendo uma bela despedida, mas nao adiantou. A morte dela foi triste demais.
Por ironia, o ultimo post no seu blog antes do adeus tem como titulo Viva la vida
K

Anônimo disse...

Lo cierto es que la última novela de Sofi Oksanen, sobre la que han llovido importantes premios como el Premio Finlandia, el Premio Runeberg o el Premio de Literatura del Consejo Nórdico no es precisamente una novela alegre.
http://destinofinlandia.com/en-finlandia/purga-un-exito-de-la-literatura-finlandesa/

Sofi Oksanen
http://es.wikipedia.org/wiki/Sofi_Oksanen

"Expurgo" é o título em português e se alguém tem seríssima rivalidade com una hermana, o livro trata disso tb.
http://outros300.blogspot.com/2012/03/expurgo-livro-finlandes-para-quem-quer.html


=======

Violencia doméstica – Dicen las estadísticas que, pese a las apariencias, la violencia doméstica contra la mujer en Finlandia es muy común. Los números resultan paradójicos en un país donde la mujer cuenta con mayor igualdad respecto al hombre que en muchos otros países europeos. Totalmente a corregir.
http://destinofinlandia.com/en-finlandia/10-cosas-que-no-deberiamos-aprender-de-los-finlandeses/

Shoujofan disse...

Eu só conhecia a Niemi dos comentários aqui. Lembro que suas intervenções eram sempre interessantes e ela era muito ativa. Sabia do tumor, porque ela comentou em um comentário. Olhando os comentários, vi que ela era aproximadamente 10 anos mais jovem que eu. sou de 1976.

Enfim, câncer é algo terrível. Mas me inquieta muito que ela tenha ido mais rápido por conta de um tratamento equivocado.

P.S.: Enquanto eu digitava, meus pais acabaram de ligar do Rio. Perdi um primo muito próximo. Causa? Câncer.

Dayane disse...

Realmente Ginger, ela era iluminada de mais, e muito, muito humilde!Nunca vi um pingo de arrogância nela!

Tbm pensei isso:Ela era boa de mais para estar nesse mundo tão sujo!Ela merecia estar em um lugar muito melhor!

Anônimo disse...

Que idade ela tinha qdo veio morar no Brasil? Seria apreciável se alguém conseguisse informação suficiente pra Lola elaborar uma mini bio e postar aqui.

Talvez o tratamento tivesse sido uma tentativa do médico em salvá-la, mas qdo é sério demais sei lá se vale a pena... enfim estou conjecturando.

Meu último comentário foi de receptividade pelo retorno dela... mas ficou nisso... dei meu recado de regojizo por ela retornar... E agora ela se foi... de vez... já deixou de sofrer e teremos mais outra Tähti (estrela) no Taivas (céu) suomi (finlandês).

Brasil-Finlândia
As Bibliotecas Finlandesas
http://brasilfinlandia.blogspot.com
blog de uma brasileira que mora lá.

Samantha Steil. disse...

Num primeiro impulso pensei em dizer "Que Deus a tenha", mas depois, pensei que Lola é atéia e dai não pegaria bem, sei lá, eu sou dada a essas bobagens. Pensei melhor e resolvi que fica mais bonito um "Vá em paz", embora eu não saiba exatamente pra onde se vai. Lamento a perda.

Anônimo disse...

Que triste, mesmo eu não tendo conhecido fico com o coração partido de ver uma pessoa tão nova, inteligente, maravilhosa morrer assim =(
Toda força do mundo pra família dela

Anônimo disse...

Me recuso a acreditar que os mascus não respeitam nem a morte, fico com vergonha alheia, não entendo quando os seres humanos perdem suas características que lhe fazem...hmm.. humanos!
Tomara que a família dela não se atenha à essa nojeira mascu e veja aqui o quanto ela era especial e amada <3

Anônimo disse...

Na Kalevala conhecer uma coisa é cantá-la e ter poderes sobre ela. Cantemos por Niemi Nyy e tenhamos poderes de bons fluídos.

(Kalevala - busquem na wikipedia pra saber sobre e tb ir no youtube e fazer sua escolha.)

Selecionei duas em homenagem a Noemi Nyy.

Kalevala - Ladushka
http://www.youtube.com/watch?v=m1aDhQFm5pA

ENSIFERUM- kalevala melody
http://www.youtube.com/watch?v=d10pJWw8TNQ&playnext=1&list=PL848992634AAB4C31&feature=results_main

maisfazer disse...

É, definitivamente a vida não é justa.
Não conheci a Niemi, mas me solidarizo com a dor de vocês.

Gabriele Albuquerque Silva disse...

Fiquei muito triste agora... Apesar de nunca ter conversando com esta moça além de algumas aleatoriedades no twitter, sempre admirava as suas opiniões aqui nos comentários. Dava para se ver como era uma pessoa inteligente, íntegra, do bem. O suficiente para saber que é uma grande perda pro nosso mundo. Triste, tanto sofrimento que ela parece ter passado... Vá em paz querida Niemi

Carol disse...

Me faz pensar que um dia uma pessoa está aqui e no outro ela é cinzas, não existe mais.
D.E.P

A.H.B. disse...

Poxa, fiquei devendo uma conversa sobre política com ela, estava esperando ela melhorar. :(

descance em paz, Niemi!

Stephanie. disse...

nossa Lola, eu fiquei tão tocada
=(.Fui lá no blog dela lr a despedida, chorei! Eu n a conheci, nem pessoalmente nem virtualmente.
Muita força para todxs que nesse momento estão sentindo a falta dela. Um beijo grande e fica bem.

Anônimo disse...

Hyyrynen ... e eu que achava Aronovich difícil de escrever me enrolo mesmo é com o sobrenome da Niemi... passei o dia pensando e aprendendo em decorrência dela ser assunto do post. Parece que algo mudou em mim e espero que seja duradouro até chegar a fazer parte natural do meu ser, do meu eu. Se foi deste mundo, mas não passou de vez Niemi Hyyrynen.

Priscila T. disse...

Um dos posts mais tristes que li aqui. Ler os comentários da Niemi era quase obrigatório toda vez que lia um dos posts da Lola. Sempre com fortes argumentos inteligentes, Niemi vai deixar saudades.
Não a conhecia, mas admirava suas ideias e pontos de vistas.
Descanse em paz Niemi.

Mariana disse...

Notícia muito triste, terrível. Não conheci a Niemi, mas lembro dela pelos comentários aqui no blog da Lola, sempre muito lúcidos, inteligentes e refletindo uma pessoa que acreditava em um mundo mais justo, uma pessoa acima da mediocridade com a que sempre nos deparamos por aí.

Uma pena mesmo, perder uma pessoa assim, ainda mais tão jovem e com muita estrada pela frente. Que a família tenha força e veja que a Niemi impactou muita gente (até desconhecidos como eu) com suas ideias e personalidade

Flávia disse...

Fiquei triste o dia todo por conta dessa notícia. Descanse em paz, Niemi. Lola, por muito tempo eu lia seus textos pensando nos comentários, inclusive nos da Niemi. Eu lia e pensava "que será que Lord, Liana, Aiaiai, Niemi vão falar disso"? A morte é sempre um evento muito, muito estranho.

Jackeline disse...

Poxa vida, só conheci a Niemi de passagem, lendo os comentários daqui... e uma fatalidade repentina assim é realmente atordoante. Meus pêsames pra quem era mais próximo a ela e que ela esteja em paz, onde quer que esteja.

Rafaela disse...

Acompanho o blog, porém raramente comento pois não tenho tanta coragem e disposição, como as do pessoal daqui, de lidar com trolls.
Mas não tem como não dizer nada diante de uma notícia tão triste quanto essa.
Não tive oportunidade de conversar com a Niemi, mas através dos comentários sagazes e bem humorados dela (e de muitxs outrxs comentaristas tb), não só com os posts da Lola, eu consegui mudar de mentalidade e tentar lutar diariamente contra os preconceitos dos outrxs e, principalmente, contra aqueles que estão impregnados em mim. Horrível saber que uma pessoa tão nova, quase com a mesma idade que a minha, e inteligente como ela se foi assim...
Descanse em paz, Niemi.
E força para os familiares dela.

Anônimo disse...

puxa! que notícia triste!!!
eu nunca conversei com essa mina de nome estranho e ideias bacanas, mas lia o que ela comentava e gostava mto de encontrá-la por aqui. sinto mto que tenha partido tão jovem e por uma doença tão devastadora.
Desejo força e serenidade pra familia e amigos.

RIP Niemi Hyyrynen.


Ju Paiva

Anônimo disse...

Só atingimos a felicidade quando conseguimos estender a todos os seres o pequeno amor egoístico que dedicamos àqueles que nos são próximos. --Cyro dos Anjos, em Abdias

B. de Campos disse...

Gente, sei que o momento é bastante doloroso para tocar no assunto, mas... Vi alguns comentários e concordo - eu acho que essa hepatite é resultado de um tratamento mal aplicado... Ela mesmo reclamou do oncologista...

Um abraço a todos. Desejo toda a força!

Sphynx disse...

Tô me sentindo muito estranho. Não me lembro de alguma vez ter ficado tão mal por alguém que eu conheci tão de longe, se é que se pode considerar que eu conheci em absoluto. Nunca tive um diálogo com a Niemi, mas ela sempre foi uma das pessoas que eu mais admirava por aqui.

Mesmo não sendo próximo, é insuportável ver alguém com tantas qualidades partir tão precocemente.

charlles campos disse...

Para Niemi:

"Feliz e bem-vestido vou,
Não sei dizer para onde, mas sei que é bom,
o universo todo indica que é bom,
passado e presente indicam que é bom.

Que bonitos e perfeitos são os animais! Como minha alma é perfeita!
Como é perfeita a terra, e a coisa mais insignificante sobre ela!
O que é chamado de bem é perfeito, e o que é chamado pecado também;
P
Os vegetais e os minerais são perfeitos...e os fluidos imponderáveis são perfeitos;
Lentamente e com certeza chegaram até aqui, e lentamente e com certeza irão mais além.

Oh, minha alma! Se a percebo me satisfaço,
Animais e vegetais! Se os percebo me satisfaço,
Leis da terra e do ar! Se os percebo me satisfaço.

Não sei definir minha satisfação... e no entanto a sinto,
Não sei definir minha vida... e no entanto a sinto.

Juro que agora sei que cada coisa tem sua alma eterna!
As árvores, enraizadas no chão... as algas marinhas têm... os animais.

Juro achar que só a imortalidade existe!
E que este estranho esquema é por ela, e a flutuação nebulosa é por ela... e a identidade é por ela... e a vida e a morte, por ela."
(Walt Whitman)

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Muito triste. A morte é triste em qualquer idade, mas causa ainda mais comoção, uma pessoa partir assim tão jovem, no começo da vida.
Que a família dela consiga se recompor.

Lucas disse...

Realmente, como alguém comentou, nunca pensei sentir essa angústia da morte por alguém que nem conhecia pessoalmente.

Mas, independente das crenças (ou ausência delas) dos que comentam aqui, acho que todos podemos perceber que todos esses comentários, todo esse sentimento e toda essa comoção aqui são suficientes pra demonstrar como a Niemi era admirada por todos, mesmo por aqueles que a criticavam por uma coisa ou outra.

E isso tudo não pela forma ou pela idade em que ela se foi, e sim pela forma como ela viveu e conviveu, em vários níveis, conosco.

Somos muito pequenos e tolos para desvendar os mistérios da morte, então fiquemos com a Vida. Lembremos dela justamente por isso, pela pessoa que ela foi para nós, pela forma admirável com que viveu e encantou àqueles à sua volta.

Se algo pode ser entendido ou visto disso, é isso. Não vamos pensar sobre a morte, vamos pensar sobre o que o Niemi pode nos ensinar sobre a Vida.

Onde quer que ela esteja, está além das sombras desse mundo. Minha compaixão vai para os que ficam, amigos e familiares, aqui nesse vale de lágrimas.

Vá em paz, Niemi.

Pat Ferret disse...

Tô pasma... Nem sei o que dizer. :-(

Rachel disse...

Vinha sentindo a falta dos comentários dela ultimamente. Ela sempre acrescentava bastante nas discussões. Não a conhecia, mas a acompanhava por aqui. Lia seu blog também. Lembro da Lola dizer aqui sobre uma comentarista que ia passar por uma cirurgia, mas não associei o nome à pessoa de Niemi. Não poderia imaginar que era ela e que a situação era tão grave assim. Foi uma triste surpresa. Mas a sua dor acabou. Fique em paz, querida Niemi.

Anna disse...

que triste, eu comento muito raramente, mas a leio sempre e tambem leio os comentarios, portanto estava acostumadissima com os comentarios dela. uma pena uma menina tao inteligente ir assim tao cedo.

Repositório disse...

Sem palavras. Um baita nó na minha garganta. RIP Niemi.

Paula disse...

Nossa, Lola... eu tou muito sumida, tem mais ou menos 1 ano que minha vida deu uma reviravolta e eu venho pouco por aqui pra ler de vez uns 5 posts seus.
Mas comentar, nunca mais... OK, também não era super assídua assim, mas lembro demais da Niemi. Tou no trabalho mas as lágrimas não pedem permissão pra virem aos olhos. Que triste essa notícia.
Que guerreira essa menina! Consolo pra família e paz pra ela.

Mariana. disse...

Nossa, estou realmente triste com a notícia.

Acho que qualquer ser humano normal fica triste com a morte de outro ser humano, seja ele quem for.

Eu não conhecia Niemi. Nunca falei com ela no twitter, talvez tenha trocado alguns comentários aqui no blog da lola há muito tempo, quando eu era uma comentarista assídua.

Ela era realmente inteligente, lúcida mesmo. Sabia explicar sem arrogância, sabia dosar a ironia, enfim. Quase sempre concordei com ela.

Meu sentimentos a todos aqueles que estão intimamente devastados com a sua partida. Aos seus amigos e familiares, deixo aqui o meu pesar, que nem de longe se compara com os seus.

É tão triste e tão injusto que pessoas boas, que só têm a acrescentar, tenham que morrer tão jovens.

Sara disse...

Na internet não temos muito contato com as expressões fisicas das pessoas, como sua aparencia, seu cheiro, seus modos, e o que mais nos impressiona aqui nesse ambiente são os pensamentos muitas vezes até bem intimos que as pessoas deixam aqui, talvez porque percam um pouco a inibição por não estarem frente a frente com quem recebe as menssagens que são deixadas.
Desde que comecei a ler esse blog, aos poucos fui conhecendo os comentaristas mais frequentes, e até os mais esporádicos, tenho admiração por muitos e tb fico com a impressão de que os conheço, embora não tenha tido a oportunidade de conhece-las.
Mas o fato é que como muitos aqui, mas que só agora nessa infeliz situação pude saber, logo notei a Niemi, esperava pelos comentários dela que na maior parte das vezes eram, ou muito relevantes ou super bem humorados, e não teve como não me apaixonar pela personalidade dela, jamais vou esquecer uma musica que ela compôs em parceria com a Liana para os trolls, quase passei mal de tanto que ri aquele dia. Na verdade essa menina era tão especial que nem dos trolls que fizeram o absurdo total de tripudiar sobre a doença e morte dela, nem mesmo dessa gente tão obtusa ela guardava magoa, muito pelo contrário ela até os defendia as vezes, e tinha a maior paciencia e bom humor para tratar com eles.
Ao menos um consolo resta, pelo numero de pessoas que expressaram aqui sua admiração por essa garota tão especial e querida, partindo da premissa de que "NARCIZO ACHA FEIO O QUE NÃO É ESPELHO" , então que nos espelhemos na pessoa que ela foi, qualquer um de nós pode ser igual a ela, pouco importa a forma que tenhamos, se somos gordos ou magros, feios ou bonitos, pretos ou brancos, homens ou mulheres, nada disso importou para quem manifestou seu pesar pela morte dela, as pessoas assim como eu eram apaixonadas pelas ideias dela, e que ficaram registradas aqui tambem.

Sharon Caleffi disse...

É mesmo muito triste a partida de uma moça tão jovem e querida...

Meus sentimentos aos amigos e familiares da Niemi...

Que puxa...

Anônimo disse...

Nesses poucos meses que acompanho o blog da Lola, eu sempre esperava pelos comentários da Niemi.Sua personalidade e inteligência me chamaram a atenção, fui lá, li os posts do seu blog(pena que eram poucos) e gostei, por aqui soube da sua luta contra a doença e mesmo sem conhecê-la, fiquei torcendo por ela, e esperando o dia em que viesse dar boas notícias.
Estranho o jeito como a gente pode, de certa forma, se apegar por alguém na internet...
Notei que nos últimos tempos ela andava sumida...
Muito triste esse post...uma das piores sensações pra mim, é quando me deparo assim, com a efemeridade da vida.
Descanse em paz, Niemi.

Fernanda M.

Rebecca souza disse...

Eu só a conhecia daqui dos comentarios,mas,sempre pnsei que ela era uma daquelas mulheres muito a frente de pensamento do que a maioria,é estranho chorar por alguem que não conhecemos pessoalmente,mas,são essas pessoas que nos instigam a pensar e discordar do senso comum.
acho mais reconfortante pensar que ela apenas foi descansar,afinal como diria os celtas``guerreiros e iluminados ,não partem,só descansam para começar uma nova jornada.
que a Deusa receba essa menina no útero dela e a desperte para um novo caminho.

Jackson Filgueiras disse...

Também estou triste.

A vida continua, isso é fato - mas agora pesa um pouco mais do que antes.

Dai disse...

Estou lendo os posts com muito atraso pelo Greader. Só queria compartilhar o meu pesar, Lola. Já fui comentarista assídua, agora, realmente, resulta impossível. Leio parcamente. Mas acompanho tudo. Lembro de ter trocado ideias com a Niemi. Ela era muito querida. Chorando muito aqui por essa menina, um espírito combativo e muito bonito!

Anônimo disse...

A página do texto sobre bissexualidade da Niemi é a que está nos meus favoritos, por onde entro todo dia no seu site.


Concordo com vc, se houvesse deus - da forma justa como é pintado - muita coisa seria diferente. Ao menos ela não vai mais precisar conviver com certas coisas inerentes ao viver.

Hades disse...

Não conheci a Niemi.
Nunca troquei uma palavra com ela,
Mas ainda assim li todos os comentários desse post.
Pude saber um pouquinho sobre as impressões que ela causou em todos.
Pude saber de algumas poucas situações onde cruzei com ela, mesmo sem saber quem ela era, e que, por algum motivo, me voltaram à memória.
Se houver um outro lado, que ela esteja bem por lá.
Espero que seja como o espiritismo diz, até pq descobri hoje que o Allan Kardec, que decodificou a doutrina, apoiou o feminismo em sua época.

Descanse em paz, Niemi. Agora você, de uma forma ou outra, está num lugar onde não mais existe dor.

Roberto Lima disse...

Lola...

Peço desculpas antecipadamente, e já acho que vou ser "detonado" de milhares de maneiras, mas eu acompanho este blog há um bom tempo, embora recentemente não tenha tido tempo para postar. Eu sou médico, e sei que um tumor benigno não necessita quimioterapia,muito menos um tumor benigno no intestino. Se há um risco de obstrução, apenas uma cirurgia é suficiente. E por que comento isto? Lola, eu participo da Internet desde que começou aqui no Brasil. E - aí é que vem a parte difícil de escrever- já vi vários casos onde uma pessoa se apresenta em um grupo de discussão , ou blog, ou forum, ganha a simpatia de todos, e depois fica irremediavelmente doente e em seguida "morre". Há pessoas que se comprazem em ver o sofrimento das outras ante uma morte virtual. E qual é o meu questionamento? Partindo do fato de que um tumor benigno não é caso para quimioterapia, dei uma pesquisada e vi que esse nome - Niemi Hyyrynen - existe apenas no âmbito dos blogs , twitter e afins. Não há registro dela em empresas, por exemplo, ou em outras áreas. E também não há nenhum dado como nome de médico, endereço de Hospital , nada. Um transplante de fígado tem obrigatoriamente registro em hospitais - e não há nenhum. Além disso, mais gritante ainda - não se faz transplante de fígado em pacientes com tumor benigno de intestino. Não há registro desse nome em crematório algum, nem de funeral , em lugar algum. A conclusão é triste, mas evidente.

Blanca disse...

Só agora vi esse post.

Quando recebi a notícia, pelo seu tweet inclusive, chorei muito. Muito mesmo. De desespero, descrença. Sabe, Lola, ruim demais. Última vez q falei com ela foi no Gtalk. Tava pensando que ela andava sumida. Enfim.

Era uma pessoa amável. Facilmente gentil. Me aconbselhou, me ouviu, assim como eu a ouvi.

Nunca vou me esquecer dela. Hoje sinto como se estivesse tudo bem com ela. Que se houver "outro plano", ela está bem.

Anônimo disse...

Nossa, fiquei chocada com a notícia da morte dela, que lembro dos comentários deste blog.
Fiqui muito trsite.

Agora tb olhando os comentários, estou chocada com o comentário do Roberto.
Por um lado, apesar de assutador, se for verdade a falsidadae, não há morte alguma..
Não sei o que pensar..

Pesquisei se há alguma coisa de vestibular, facebook com o nome , mas realmente não havia nada.
Mas, acho que alguém deste blog, que ela era tão assídua, deva ter trocado mais informações para saber a veracidade, como se o nome completo era outro, lugar onde estudou, cidade onde morava ou ter conhecido ela pessoalmente.

Já li que há muitos casos de pessoas se passarem por um personagem mesmo (com histórias complexas e tal, por anos), não sei dizer se espero que seja este o caso ou não, pois se sim, pelo menos alguém tão bacana e querida não morreu.

Vivi

nelsonalvespinto disse...

Notícia muito triste.

Descanse em paz.

Roberto Lima disse...

Vivi,

Na Central de Transplantes não consta ninguém com o nome de Niemi Hyyrinen. Nem em registros de hospitais, nem sobre falecimentos ou funerais. Se eu estou levantando esse questionamento, é porque eu também gostava de ler os posts dela e acreditava que ela era uma pessoa real.Mas é mais ou menos como aqueles e-mails e postagens sobre crianças supostamente desaparecidas, onde não há o nome dos pais, nem de parentes, nem telefones ou endereço para contatos , só a mensagem "Se você tem coração, por favor passe adiante"...

Roberto Lima disse...

Mais uma coisa: Niemi é sobrenome finlandês, e vejam a curiosidade: Tanto Niemi como Hyyrynen são sobrenomes de jogadoras de futebol que participaram na copa de 2009: Miia Niemi e Tuija Hyyrynen. A Eurocopa foi em agosto de 2009 e em outubro, Niemi começou a postar na Internet. Aqui no Brasil, fora dos blogs e fóruns, não há registro de nenhuma "Niemi Hyyrynen".

Anônimo disse...

Mas Roberto, você ligou em todos os hospitais/funerárias/crematórios do Brasil?
A hepatite pode ter sido causada pelo quimio, não pelo tumor certo?
Um tumor benigno não pode evoluir para tumor maligno?
De repente o tumor, desde o início, não era benigno e sim maligno...
Ana

Sara disse...

Roberto eu até gostaria que fosse uma brincadeira, embora bem cruel com todos que a amavam.
Mas a doença da Niemi pelo que soube ja tinha um bom tempo, desde meados do ano passado, não sabia do transplante , mas se houve não deve ter sido tão recente.
Quanto ao nome, tb eu não uso meu nome verdadeiro na internet, aqui mesmo nesse blog alguns garotos usaram meu perfil e foto para fazer brincadeiras de mal gosto, acho muita exposição colocar o nome correto , talvez ela pensasse assim tb.

Anônimo disse...

Apenas leio o blog, não sou comentarista e fiquei muito abalada com a notícia. Meu domingo acabou após este post. Considero a Niemi extremamente inteligente e lúcida. Pra ser sincera bem que eu gostaria que tudo isso não passasse de um engano ou brincadeira, ou lá o que for, sem qualquer julgamento de minha parte e que ela ainda estivesse entre nós. Mas não creio que seja invenção ou mentira (quisera eu que fosse). Ela deixará saudades.

Anônimo disse...

Niemi Hyyrynen jogadora de futebol na Finlândia.

The players will now have a little rest after a five-day training camp before we meet up again on 19 August."

Finland: Korpela; Niemi (Hyyrynen, 30), Valkonen, Salmén, Saari; Mäkinen, Lehtinen (Sainio, 46), Julin (Westerlund, 79); Sällström (Nokso-Koivisto, 83) Österberg-Kalmari, Talonen (Sjölund, 46).
http://www.uefa.com/womenseuro/news/newsid=871274.html

está lá no final da página, link acima

Anônimo disse...

esses dois nomes aparecem em separado, i.e. um é um e outro é outro: Niemi e Hyyrynen nomes de jogadores no futebol finlandês.

Anônimo disse...

The Hyyrynen family is an old family line that has migrated all across the world over the centuries, and as the name Hyyrynen has spread, it has evolved making it's history difficult to uncover.
http://www.ancientfaces.com/research/surname/Hyyrynen/hyyrynen-family-history-and-family-tree

Anônimo disse...

meu último pitaco sobre os nomes Niemi e Hyyrynen - há mulheres jogadoras de futebol com ambos os nomes mas não juntos; há homem jogador de futebol com o sobrenome Hyyrynen.

22 profissionais com sobrenome Hyyrynen, e nenhum nome é Niemi. Enfim tanto Niemi qto Hyyrynen são nomes finlandeses. É isso.
http://www.linkedin.com/pub/dir/+/Hyyrynen

Anônimo disse...

Niemi Hyyrynen bola pra frente que tem a ver com futebol.

resultado da minha busca no Google

aparecem Niemi e Hyyrynen num time de futebol feminino finlandês:
Page 10 of about 128,000 results (0.25 seconds)
Maija Saari - Wikipedia, the free encyclopedia
en.wikipedia.org/wiki/Maija_Saari
1 Meriluoto; 2 Vaelma; 3 Julin; 4 Valkonen; 5 Niemi; 6 Salmén; 7 Mäkinen; 8 Nokso-Koivisto; 9 Kalmari; 10 Rantanen; 11 Lehtinen; 12 Häkkinen; 13 Hyyrynen ...

e aqui outro resultado no time masculino:
Johannes Mononen
wn.com/Johannes_Mononen
Jul 17, 2011 – 5 Antti Ojanperä, 6 Jonas Emet (var), 7 Jari Niemi (var), 8 Jarkko Värttö, ... 0-1 Babatunde Wusu 6min 0-2 Mikko Hyyrynen 10min 1-2 Aleksei ...
esse é o time masculino

pelo que entendi o sobrenome Hyyrynen é comum assim como no Brasil temos Gomes, Almeida, Saraiva, Silveira... e Niemi me parece ser um nome que serve aos dois gêneros como no Brail temos Darcy e Guiomar; na França seria Etienne e por aí vai.

Anônimo disse...

Gente que loucura tudo isso!
Talvez o nome completo dela não seja este, Niemi seja apelido, tenha outro sobre nome, outro nome no meio?
Pelo que entendi, do Roberto, como médico, ele consegue fazer esta busca em algum banco de dados, não é isto? Se não há ninguém com este nome significa que não houve tal transplante. Mas se o nome for um pouco diferente (tipo ter um nome a mais no meio, outro sobrenome a mais), não pode estar dando negativo por isso? pelo que entendi, ela dizia ser este o sobrenome mesmo , não é? Então o que pdoe ser é de q o nome completo mesmo estar incompleto de alguma forma, por isso não aparecer em nenhum lugar no google.
Realmente as pessoas fazem isso na internet. Eu mesma tenho outro nome.
Mas criar toda uma história de doença é o ponto que soa assustador, e não sei o que pensar.

Lola, vc, ou os outros amigos da internet mais próximos dela conheciam mais sobre ela certo? lugar onde morava, quando veio pro Brasil, onde estudou ou ter ela no face?

Como envolve morte, acaba que ficamos um pouco assutados e neste caso , infelizmente , até melhor que seja tudo mentira, ainda que assutador.

Abraço
Vivi

Anônimo disse...

localizei páginas na Wikipedia de dois jogadores de futebol (Finlandia) um com o sobrenome Niemi e outro com o sobrenome Hyyryen.

localizei página na Wikipédia de uma jogadora de futebol (Finlândia) de sobrenome Hyyrynen e a outra jogadora de sobrenome Niemi é citada no time tb.

Anônimo disse...

Vivi, ela dizia que nasceu na Finlândia, foi aprender português seis meses antes da família mudar-se para o Brasil, e tinha uma avó índia...

Roberto Lima disse...

Olha gente, a única alternativa que existe para que a Niemi Hyyrynen que conhecemos aqui na internet seja uma pessoa real e que tenha morrido de uma rejeição aum transplante hepático é que esse nome seja um pseudônimo , porque não há registros de "Niemi Hyyrynen" em nenhum dos locais que consultei sobre Oncologia e transplantes .

Roberto Lima disse...

Para a Ana:

Ana, eu não preciso ligar para todos os hospitais do Brasil, apenas para os hospitais que realizam transplante hepático ( que são poucos no Brasil), correto? E, segundo as informações que temos , ela teria morado em São Paulo, certo? Pelo menos é o que consta no blog dela..então o funeral teria que ter acontecido em São Paulo, e mais ainda, em um local com crematório, o que limita mais ainda a busca.Mas eu realmente gostaria que algum dos milhares de frequentadores deste blog viessem e dissessem em qual Hospital ela fez as quimioterapias ( já que ela disse ter passado por dois oncologistas diferentes), em qual Hospital foi feito o transplante de fígado, e mesmo qual foi a causa da falha no transplante, já que a grande maioria das pessoas que passaram por transplantes hepáticos sobrevivem por alguns anos antes de haver rejeição...

Dri Caldeira disse...

Roberto, fica bem difícil de acreditar em alguém q criou um perfil no twitter recentemente, passando a idéia de q fez somente pra vir levantar essa suspeita grave aqui no blog. Não tem credibilidade nenhuma o que vc diz, nem como vc fez. Sinto muito.

Roberto Lima disse...

Dri,

Eu já acompanho este blog há muito tempo, mas é claro que não vou postar meu nome completo aqui. Garanto que este é meu nome, mas apenas parte dele...e sou médico mesmo. O motivo que me fez levantar a dúvida foi que já vi acontecer antes, em outras ocasiões. Eu já participo da Internet há pelo menos vinte anos ,e em fóruns e blogs, já vi pelo menos três casos muito parecidos. A pessoa ( fake) vai angariando a simpatia de todo mundo, depois começa a ter seus "sintomas" e depois se despede dramaticamente do mundo. SOmente depois de algum tempo é que as pessoas se dão conta que essa "pessoa" não tinha nenhum endereço para ser contatada, não tinha fornecido nenhum nome de médico, nem de hospital, e quem comunicou a morte dela não citou funerária, nem cemitério...nada. Apenas em um desses casos a pessoa foi descoberta, por um deslize: foi dado o nome do bairro onde estaria ocorrendo o velório... e nesse bairro havia apenas uma funerária, onde não constava o nome daquela pessoa. Então, gente, antes de sair "detonando" ( aliás foi uma das primeiras coisas que escrevi logo acima ) , vamos raciocinar e tentar verificar a veracidade das coisas. Quem é que não está com vontade de enviar flores e condolências à família da Niemi? Então vamos localizar seu antigo endereço e de seus familiares...se isso for possível.

Roberto Lima disse...

Não espero que acreditem em mim... mas , como já dizia Sir Arthur Conan Doyle através de seu personagem Sherlock Holmes:
"Quando você elimina o impossível, o que restar, não importa o quão improvável, deve ser a verdade."

Anônimo disse...

O que eu tb senti muito foi Lola ter a noite de comemoraçao com o marido estragada por conta do assunto... mesmo que tudo tenha sido verdade, eu teria poupado a Lola da notícia naquela noite.

Anônimo disse...

Roberto, pode-se tb verificar pelo registro dos corpos que foram cremados no dia 11... se há registro de algum cadáver feminino, 26 anos, dentro das características de que trata o assunto aqui. Você, como médico, tem acesso a esse tipo de informaçao se for o caso de verificar a fundo pra tirar todas as possíveis dúvidas das pessoas interessadas no assunto.

lola aronovich disse...

Gente, não tenho nenhum motivo pra duvidar que a Niemi existiu e morreu. Ela não era um troll - se um troll anônimo ou com pseudônimo deixasse um comentãrio publicado postmortem, poucos iriam acreditar. Mas Niemi era uma pessoa que tinha blogs, twitter, enviava emails, entrava em fóruns de discussão, se relacionava com um monte de gente. Não sabemos detalhe algum da sua doença ou da sua morte, apenas o que sua família deixou no Twitter. Acho extremamente desrespeitoso duvidar deles (ou dela). Eu não tenho como comprovar o RG de cada pessoa que comenta aqui, e nem tenho esse interesse. A princípio, eu acredito que tudo que as pessoas dizem é verdade. Não desconfio. E, no caso da Niemi, não tem como ser uma pessoa que se cansou de brincar de internet e se matou virturalmente. Ela já estava doente havia meses. Além do mais, recebi alguns emails de leitoras (outras comentaristas frequentes daqui) que conheciam Niemi pessoalmente. Uma delas foi visitá-la no hospital três semanas antes da sua morte. Então, que Niemi existiu não há dúvida. Mas não sei até que ponto este era seu nome verdadeiro. Nunca perguntei.
Adoraria que isso tudo fosse verdade, Roberto. Que Niemi estivesse vivíssima da silva. Mas teorias da conspiração não vão mudar o fato que ela está morta, e que sentimos muito a sua falta.

Roberto Lima disse...

Lola, se realmente tudo aconteceu, por que é que não há nenhum registro de transplante em nome de Niemi? Esta leitora citou o nome do Hospital onde ela estava internada?

lola aronovich disse...

Sim, Roberto, tem o nome do hospital, e eu não vou te passar o nome nem do hospital nem da comentarista assídua que visitou Niemi. Por que essa vontade de investigar? Vc é médico meio período e gosta de ser detetive nas horas vagas? Sei lá porque o nome de Niemi não está entre os transplantados. Vai ver que Niemi H não era realmetne seu nome. Há outras comentaristas aqui que assinam com nomes que parecem reais (a Sara, por exemplo), mas tem outro nome. Não sei se era o caso da Niemi. Não tenho motivos pra duvidar do nome dela. E nem a pau que vou tentar contatar a família dela na Finlândia pra perguntar: Ei, será que sua filha/irmã REALMENTE morreu? Porque tem um carinha lá no meu blog que acha que não... Aliás, acha que ela nem existiu.
E daqui a pouco vai ter idiota achando que Niemi foi um fake meu. Assim como Lord Anderson, Aiaiai, Dri e vários outros não existem...

Dri Caldeira disse...

Roberto, mesmo que vc tenha razão, coisa q eu duvido, no filme O Homem Que Matou o Facínora, de John Ford, um western, que ironicamente tem a ver com a história de Niemi, a de lutar contra injustiças, tem uma frase que explica tudo isso: Quando a lenda se torna fato, publique-se a lenda. Mesmo q ela tenha inventado uma persona, ou vivia uma personagem, havia uma mulher de carne e osso por trás disso tudo. Mesmo q vc venha a comprovar o que vc suspeita, não vai mudar o que os amigos de Niemi sentiram por ela e como ela os fez sentir.

Roberto Lima disse...

Lola, desculpe se estou sendo "chato", mas vou dar um exemplo: tenho uma amiga que teve leucemia e foi submetida a um transplante de medula óssea, está em remissão há vários anos. Também tenho um outro amigo que fez transplante de fígado há uns dois anos, também passa bem. Se eu coloco os nomes deles no Google ou no Alta Vista, aparecem vários links, desde Facebook, local de trabalho, concursos que fizeram, os pedidos de doação de sangue para transfusão, o nome na lista de receptores de transplante...por que é que com a Niemi deveria ser diferente?

Anônimo disse...

Anônimo das 14:38, então a Niemi podia ter deixado para partir outro dia, a fim de não cortar o barato da Lola?

Ah mas é o fim. O fim da empatia, o fim do respeito por uma família que deve estar arrasada e ainda tem que ler abobrinha e questionamentos infundados. Eu também gostaria muito que tudo fosse mentira, confesso que saiu um peso de uma tonelada das minhas costas ao ler a suposição do Roberto. Sei que internet é terra sem lei e todo blablabla. Mas por favor coloquem-se no lugar da mãe da Niemi, apenas por alguns instantes e pensem antes de escrever.

Desejo que a Niemi esteja bem e sem sofrimento. De qualquer forma ela continuará viva em minha lembrança. Não a conheci mas fica por ela meu respeito, admiração e solidariedade à dor da familia.

Roberto Lima disse...

Eu não estou achando que ela não existiu, Lola. E você deve saber que todo médico é meio detetive, sim. Sir Arthur Conan Doyle, o criador do Sherlock Holmes, era médico , e o Dr. House ( também inspirado na obra de Doyle), personagem do seriado, também fazia suas investigações. Eu não estou aqui querendo denegrir ninguém, apenas estranhei que não exista ninguém com esse nome fora da Internet.Se o nome dela não era Niemi Hyyrynen, então a situação está explicada , e o assunto está encerrado...

Anônimo disse...

Não sabia que Noemi morasse aqui sem família. Sempre entendi que ela veio morar no Brasil com os pais. Jesus não deixou nada escrito provando a existência dele. Nem Sócrates. E nem outros filósofos antes de Sócrates. Nem Buda deixou algo escrito pra provar que existiu. Enfim, concordo com Roberto e assunto encerrado. Encerrado o assunto sobre a morte ou suposta morte de Noemi Hyyrynen.

Dri Caldeira, valeu seu comentário sobre o filme com uma personagem Noemi que se encaixa bem na polêmica aqui ocorrida.

Anônimo disse...

é tudo verdade é tudo verdade é tudo verdade.........

uma mentira contada 1.000 torna-se verdade, dr. Roberto (afinal é Lima ou é Silva?)

Roberto Lima disse...

Bom, quem é que contou uma mentira mil vezes? Meu nome é este mesmo, embora não por inteiro. Pode ser Roberto Carlos, ou Sérgio Roberto, ou algo diferente. Mas Roberto Lima faz realmente parte do meu nome. Claro que eu não iria colocar um link para ser "detonado". E eu não falei mentira nenhuma, muito menos mil vezes. Qualquer um aqui pode constatar que o nome "Niemi Hyyrynen" só existe no âmbito dos blogs da Internet e twitter, em nenhum lugar além desses há o nome dessa pessoa. Então eu não "contei" mentira nenhuma. Mas a Lola já disse que provavelmente esse não é o nome verdadeiro dela. Então não há mais o que discutir. Mas eu tenho um amigo finlandês,com quem mantenho contato frequente e com certeza eu vou pedir a ele para dar uma pesquisada por lá. A Finlândia inteira tem pouco mais de 5 milhões de habitantes, muito menos que São Paulo. Pode demorar um pouco, mas eu vou chegar a uma conclusão a respeito deste caso.Se a Lola se ofendeu, peço desculpas a ela . Mas a história está com muitas contradições .principalmente do ponto de vista médico.

Anônimo disse...

Nossa Roberto desculpe o trocadilho infame:

Deixa o assunto morrer! aff.

A Lola já confirmou que pessoas visitaram a menina, mas ninguem perguntou seu nome, e se fosse falso, o nome? Vc não vai achar o verdadeiro nunca.

A Niemi (seja lá qual for seu nome...) era uma pessoa, ajudou e deu apoio para muitas pessoas como eu, era gentil e companheira, ajudou na dor de muitas pessoas, isso não basta pra vc? Tem que provar o que pra vc? Pq vc se acha tão importante assim?

Agora vai ficar investigando, achei muito bizarro vc querendo endereço! Não me parece que vc vai mandar flores...na boa.

Parece que vc está unicamente insistindo no assunto só pra dizer no final

"Viu, eu tava certo, não falei?"

E ai, e depois disso, vc vai até a Finlândia continuar a sua investigação Sherlock? E depois, vai voltar e pedir uma medalha....

Eu acho que ficar tocando nesse assunto é uma perda de tempo, se ela existiu ou não, como Niemi nunca mais vai voltar certo? Então.

Vamos nós que estamos vivos viver nossas vidas.

Lola, força pra vc!

Anônimo disse...

Roberto Lima,

Tudo bem? eu entendo a sua curiosidade e compartilho dela.

Não acho que é falta de respeito 'querer saber', desde que se tome cuidado para não ferir ninguém (familiares, amigos).

Até o momento, acho que de modo algum você foi ofensivo ou desrespeitoso.

Acho sim muito 'digna de averiguação' essa história toda.

Perguntas:

a) o nome Niemi Hyyrynen é verdadeiro?
Se sim, deveríamos ter encontrado algo fora das redes sociais que 'registre' a existência de uma pessoa com esse nome. Não foi o caso, não encontramos. Isso é estranho, porque a Niemi, algumas vezes, parece ter dito que esse sobrenome é real, ou fez passar essa impressão. Posso estar enganada.

2) se o nome não é real (como parece não ser mesmo), resta, como meio de investigação, buscar as características. Mulher, 26 anos, cremada, data do óbito. Transplante de fígado em mulher de 26 anos. E outros dados que temos.


3) Há a possibilidade de a Niemi ter sim existido e morrido mas ter se apresentado para nós com um nome falso (o que não é errado).


4) há a possibilidade de a Niemi ter existido e morrido e esse ser seu nome real (não parece ser, por não termos localizado nada).

5) há a possiblidade de existir uma mulher que se cansou de manter o seu fake e inventou essa história, e essa mulher pode ou não se chamar Niemi.

6) Acho que inventar um nome não tem nada de errado. O fato é que existiu alguém que disse tudo o que ela nos disse, e isso é real, isso importa, isso fica.
Agora inventar uma história de doença não é legal. E pior: ela pode ter inventado tudo: que é finlandesa, que estava no brasil, que ficou doente, tudo. Não acredito nisso. Acho que a história é real sim, e mesmo se não for, as palavras dela (seja quem for) ainda sobreviverão dentro daqueles que ela tocou).

Enfim. Apoio sua investigação e gostaria de continuar a par dela.
Você continuará postando a evoluçaõ aqui no blog? se não, poste um email que entrarei em contato.

Att,








lola aronovich disse...

Por que vcs não usam esse vigor investigativo para descobrir o nome e local de trabalho de trolls e mascus? Seria um pouco mais útil.
E já que é pra ser paranoica, acho estranho estar recebendo vários emails e comentários ao mesmo tempo para um post que já tem quase uma semana.
Aviso que de agora em diante não publicarei mais comentários de anônimos neste post. Se querem duvidar da morte de uma pessoa, que o façam com a coragem de assumir uma identidade.
Também não publicarei comentários repetitivos, como os do Roberto dizendo exatamente a mesma coisa pela décima vez.

Roberto Lima disse...

Lola, eu já descobri vários trolls e perfis fakes, incluindo pessoas que defendiam pedofilia, em outros locais da Internet, e em alguns casos, fiz as denúncias aos órgãos competentes.
O motivo de eu só ter postado agora é que eu estive viajando, e só vi o post agora, se não eu teria comentado antes. Não vejo nada de estranho nisso.

La Mamacita disse...

Me parece tristíssimo estar escutando teorias de conspiração de uma pessoa tão bela e luminosa como a Noemi. É porque não conseguimos aceitar sua morte, tão dolorosa. No caso de Roberto, que é médico, causa espanto porque ele pela sua profissão poderia estar mais familiarizado com a ideia de morte. Se conforme, amigo. É triste e causa muita dor. E fique com a lembrança da Noemi na sua cabeça e no seu coração. É o jeito. La Mamacita

Erres Errantes disse...

Puxa, que pena, Lola.Eu me lembro da Niemi comentando aqui, e me lembro do post da Lola no natal, informando que a Niemi estava doente. Na época até pensei: será que é grave?, mas depois acabei esquecendo.

Lamentável uma pessoa tão inteligente morrer tão cedo, ela tinha a minha idade.

Mas parece que ela morreu por causa da destruição que a quimio causou ao fígado dela, não foi nem pelo tumor. Talvez coubesse aí uma investigação sobre o médico que cuidou primeiro da Niemi.

Mas de qualquer forma, não cabe a nós especular.

Minhas condolências a família.

Roberto Lima disse...

Demorou um pouco, mas o meu amigo finlandês ( que não entende nada de português e tem um inglês apenas razoável)me deu um retorno.E isto vai encerrar minha participação neste post. Sim, eu pedi a ele para pesquisar , afinal a Finlândia inteira tem uma população menor que São Paulo, e Rovaniemi pouco mais de cinquenta mil habitantes.
O primeiro choque para muita gente : "Niemi" não é um nome, e sim um sobrenome, que significa "Península". E , claro, não há ninguém com esse "primeiro nome" em Rovaniemi, que é conhecida como a "Casa" de Santa Claus ( Papai Noel).
"Adeus e Obrigado pelos Peixes"(So Long, and Thanks for All the Fish) é a mensagem deixada pelos golfinhos quando deixaram o planeta Terra um pouco antes de ela ser destruída, no livro "O Guia do Mochileiro das Galáxias".
Somadas as contradições na parte médica, minha conclusão ( que eu já havia postado antes mas a Lola deletou )é que a pessoa que usou a identidade de "Niemi" está viva, e provavelmente já postou neste mesmo tópico, tentando contradizer o que eu escrevi.

Mariana. disse...

Desculpa, Roberto. Concordo com a sua pesquisa mas não com sua conclusão.

A única coisa que você poderia ter concluído é que Niemi não é o nome real da pessoa de quem estamos falando.

Niemi nunca nos falou que este era ou não seu nome real.

Não dá pra concluir que o resto da história toda é mentira e que a pessoa está viva e brincando com a gente.

A morte dela, apesar de eu não conhecê-la, mexeu muito comigo, como toda morte de gente jovem.

Eu não quero desencorajá-lo a continuar pesquisando, não sou contra de jeito nenhum. Mas até agora você não descobriu nada que provasse que era tudo mentira.

Roberto Lima disse...

"Deus existe". Moisés escreveu que ele existe , há milhares de livros que atestam que ele existe, então ele deveria existir. Certo? Errado. Lola é atéia, e com certeza poderia passar horas argumentando os motivos pelos quais ela tem certeza de que não existe um deus.
"Niemi" existiu , ficou doente e morreu. Há vários posts na Internet que dizem que ela existiu, ficou doente, sofreu um transplante e morreu. A única diferença entre "Deus existe" acima é que não existe registro nenhum de "Niemi" fora da Internet.E a suposta "história médica" não passaria nem em uma discussão de casos de estudantes de medicina. No entanto, a maioria de vocês se apega cegamente ( esse é o termo) à necessidade de que ela tenha realmente morrido, porque de outra maneira vocês teriam sido enganados (as). E toma como verdade absoluta e inquestionável uma série de postagens da Internet.
"Niemi existe".
Papai Noel existe e mora em Rovaniemi, Finlândia. Está escrito na Internet, podem ler e acreditar.

Sara disse...

Roberto

" Acho que a história é real sim, e mesmo se não for, as palavras dela (seja quem for) ainda sobreviverão dentro daqueles que ela tocou".[2]

Como ja disse antes gostaria q vc estivesse certo, qualquer coisa é melhor do que aceitar a morte de uma pessoa tão brilhante e tão jovem, duvido que vc esteja certo e não só sobre a morte de Niemi, mas tb sobre o que vc pensa sobre as pessoas aqui preferirem que ela estivesse morta a serem enganadas por ela.

Andrea disse...

Estranhamente, a foto da autora deste blog, chamada Lay é a mesma da Niemi.

http://eutootima.blogspot.com.br/

Se alguem a conheceu pessoalmente deve estar a par da verdade.

Confesso que ja nao sei de mais nada.

Roberto Lima disse...

É a foto do perfil da "Niemi" , sem sombra de dúvida.

Roberto Lima disse...

Andrea, a "Lay" desse blog é a Layanne Lopes, e é a mesma deste perfil:

https://plus.google.com/115121615461291079287/about

Inverta a foto no Photoshop, é ela mesma, só que sem óculos.

E é ela neste perfil do Orkut:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=14895394884411059843
Mais : 11 de agosto foi a data marcada para o casamento da Layanne:

http://layanneeluciano.blogspot.com.br/

Agora , resta saber: A Layanne é a pessoa que usou o nome de "Niemi"? Ou alguém roubou as fotos da Layanne para criar o perfil fake da "Niemi"? De qualquer forma, nenhuma das situações corresponde a uma atitude correta.

Andrea fez uma descoberta e tanto, eu apenas estiquei a pesquisa...

Roberto Lima disse...

Este álbum prova que as fotos do perfil dela são mesmo da Layanne:

http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=14895394884411059843&aid=1208550198

Anônimo disse...

Oi Lolinha,espero que vc não fique brava em postar em um post de mais de 1 semana atrás..mas como o assunto me asstou demais (eu mesma tenho grande amiga que foi enganada por um "amor" virtual q nunca apareceu no encontro q eles marcaram, por isso tb me chama a atenção..)
Poxa, eu entendo a investigação do Roberto, se eu fosse médica e verificasse isso, acho que ficar calada com tudo o que a morte da Niemi causou de sentimentos nos outros tb não acharia legal. SEi que ela era sua amiga, mas , neste caso se vc vê algo estranho e ficar calada tb não faz meu estilo.
Realmente, comoa Mariana disse, a investigação do Roberto tb concordo, mas para ter conclusões ainda não sei..


Todo este rodeio, pra falar que pesquisei no facebook e realmente tem uma Layanne Lopes com a foto da Niemi, que , vendo as outras fotos (além da do perfil q a gente conhece) aparecem outras que confirma que é a pessoa mesmo. Ela está viva, pelo perfil não parece que é da Finlandia não..

Não sei, pode ser que a Niemi verdadeira que aparecia aqui realmente existiu, só que não com este nome e que pegou a foto desta Layanne..

Beijos e não se ofenda por postar isso não viu, mas, se há algumas informações, é preciso circular e sempre bom saber do que não saber em minha humilde opinião.

Vivi

Mariana. disse...

Gente, tou chocada.

Claro que essa Layanne pode ter roubado as fotos da Niemi (ou de quem estamos falando, que disse que o nome era niemi).

Mas pode não ser.

Roberto, me responda uma coisa: a sua conclusão é apenas baseada no fato do nome (tudo o que seu conhecido finlandês falou), ou você verificou as questões práticas aqui no brasil também (tais como se de fato uma jovem de 26 anos morreu na data do óbito da Niemi, se houve cremação, essas coisas? Você verificou isso? porque isso sim, pra mim, seria conclusivo e eu concordaria com você.

Mariana. disse...

Depois de olhar os inúmeros perfis da tal Layanne, fica fácil concluir que ela é uma pessoa real: usa suas próprias fotos (inclusive com outras pessoas).

A Layanne é essa moça com a cara da niemi.

Essa moça pode ter criado um fake com suas próprias fotos (inusitado), e ter chamado esse fake de Niemi. E ter se cansado do fake e 'matado' ele.

Ou a moça com quem conversamos por todos esses anos roubou a foto da Layanne e criou um fake chamado niemi, e também se cansou dele. Isso é errado, pois ela mentiu pra gente e roubou fotos alheias.

mas ela pode ter só roubado as fotos e contado uma história verdadeira (é errado tbm). Pra sabermos se somente as fotos eram falsas (e a história verdadeira), dependemos das respostas do ROBERTO LIMA: se houve óbito de uma jovem de 26 anos, que foi cremada.. etc.

PS: acho que OU a data do casamento/óbito ser a mesma é pura coincidência, ou a Layanne é a Niemi

lola aronovich disse...

Gente, até agora o que se descobriu foi que Niemi H provavelmente não era o nome verdadeiro da Niemi H. E, pelo jeito, a foto que ela usava no seu avatar não era dela, e sim dessa Layanne. Ao ver por cima o blog da Layanne (que chama-se Eu Tô Ótima mas é de 2010), fiquei com a impressão que ela não tem envolvimento algum com blogs feministas. É quase certo que Niemi pegou a foto da Layanne, sem a Layanne saber de nada. O que não é legal, lógico. Mas isso não quer dizer necessariamente que Niemi não morreu.
EU sempre pensei que Niemi H fosse o nome verdadeiro da Niemi, e que aquela foto do avatar fosse o rosto dela. Mas eu sou assim, acredito sem desconfiar, principalmente quando não vejo motivo nenhum pra isso. Nunca perguntei nem vi alguém perguntar pra Niemi: "Este é seu nome real? Esta é sua foto verdadeira?". Acho que, assim como eu, todo mundo assumia que era. E tudo indica que não era. Mas isso não prova que uma pessoa chamada Niemi que comentava sempre neste blog, que tinha seu próprio blog e twitter, que dialogava muito com outras pessoas, não tenha morrido.
Eu realmente custo muito a acreditar que Niemi não morreu por um motivo principal -- por que ela faria isso? Ela não tinha porquê. E seria premeditado pra caramba, não? A doença dela era do ano passado. Não parece razoável que alguém invente uma doença pensando em cometer suicídio na internet mais de um semestre depois.

Anônimo disse...

Oi Lola, concordo com vc, não tem nhum motivo pra vc ter suspeitado da Niemi quando ela comentava aqui. Nem investigar se era fake ou não. É ótimo esta intereção que temos aqui sem dar currículo e nada. A conversa parte só de nossas ideias, sentimentos e pensamentos, vc está certa.
O que acho diferente é a situação de agora, pós o ocorrido e a dúvida que o Roberto levantou, uma vez que a Niemi parece que morreu (?) e causou muito sentimento em todos.
Acho que são situações diferentes de "dúvida" sabe..

Outra coisa Lola, eu mesmo não sei o que pensar, mas caso seja tudo fake (talvez por eu não ter tido nenhuma ligação forte e interação com a Nimei, portanto, vendo de fora, me desculpe, parece fake..)nem por isso a Niemi que aparecia aqui deixa de ser legal, gente boa , crítica e q mentia em seus comentários, entende? Pode ser (deve ter disso hj com esses disturbios modernos) algum disturbio, sem que a pessoa seja super de má caráter...
Não duvido da pessoa q a veracidade dos comentários da pessoa que comentava aqui, de sua mente legal, o que não impede de ter algum problema, e neste caso, não existe um "porque" de se fazer isso..
A mente humana é muito complexa..


beijos !!
Vivi

Anônimo disse...

Já presenciei esse tipo de mentira duas vezes no mundo cibernético. Ambos casos comprovados, o da Niemi ainda não incluo por falta de maiores provas. Ambos casos de mulheres jovens, super simpáticas, prestativas, presentes. Acimas de qualquer suspeita. Em ambos os casos, mesmo com provas irrefutáveis que elas estavam mentindo, muita gente preferiu não acreditar.

Não sei por que elas fizeram isso. Concordo com a Vivi que a mente humana é complexa. Muita gente mente sem necessidade, apenas pelo prazer de mentir. Acho que todo o cuidado é pouco ao se relacionar puramente pela internet, porque as vezes a gente se envolve mais do que deveria.

Luci

Andrea disse...

Curiosidade ou coincidência, os perfis de blogs "Eu to Otima" da Layanne e o "Bordados feminista" da Niemi seguem um blog em comum de nome Pedro Henrique Prado (não consegui acessa-lo, pede login). Não sei até que ponto isto tem relação, estou sem compreender. Acompanhei os posts da Niemi por alguns meses aqui no blog, como falei anteriormente fiquei mal pela sua morte. Mas não consigo tirar conclusões a respeito do que há por trás dessa história. Ainda assim, não a condeno.

Anônimo disse...

Mariana, não sei, mas pelo perfil da Layanne não parece com a Niemi que comentava aqui.. (a Niemi parecia bem feminista, a Layanne não indica nada q parece com este pefil, geralmente isto fica evidente..(?)..)

O que pensando agora, qndo li o blog da Niemi achei estranho é, como que alguém escreve "este post foi escrito em meus últimos dias.." , como se soubesse que iria morrer? Na minha cabeça, alguém pode escrever uma carta se depedindo (se estiver doente), mas não escrever que são os "últimos dias", pois, mesmo doente vc pode sobreviver mais 1 mês,1 ano, sei lá, e não saber que são os "últimos" dias..ainda mais se no caso dela foi explicado que foi fulminante.

Bom, melhor se for verdade uma não morte não? morrer jovem é triste demais da conta...

vivi

Roberto Lima disse...

Eu recomendo que tod@s aqui procurem raciocinar de maneira imparcial, sem envolver as emoções , porque isso impede a clareza de pensamento. O fato é que, se a Layanne Lopes criou o perfil de "Niemi" e depois resolveu "matá-la" no dia do seu casamento, ela agiu errado. E , se outra pessoa roubou as fotos de Layanne para criar o seu perfil ( também falso) de "Niemi", agiu de maneira pior ainda.
Como médico, eu afirmo que a "história médica" apresentada pelo fake Niemi é falsa. Há uma série de razões para isso, parte deles eu já escrevi anteriormente, e não adianta eu me alongar aqui. Portanto, seja ela Layanne ou outra pessoa, ela continua viva. E duvido que sua família fosse conivente com uma mentira, ainda mais que nunca vieram da Finlândia .
A minha opinião no momento é que Layanne Lopes, uma jovem de Goiânia, dotada de uma imaginação fértil, que já tinha experiência em criar blogs, e que tinha uma amiga experiente em T.I. ( consta em um dos perfis dela ) resolveu criar uma personagem chamada Niemi Hyyrynen, para postar em outros blogs, e mesmo criar mais um ou dois. Para dar mais veracidade à sua história, pesquisou e criou parentes e outras coisas mais . Após algum tempo, começou a namorar firme e a ter menos tempo para a Internet, daí a sua ausência por períodos variáveis. Com a proximidade do seu casamento, decidiu que teria que por um fim nessa personagem, e inventou a história da doença. No dia do seu casamento, fez a postagem final no blog do seu personagem fictício. É a hipótese mais provável, que só a própria Layanne poderia comprovar.
Ninguém morreu , exceto um personagem de ficção.

Mariana. disse...

Vivi, eu também acho que as duas não se parecem, e seria muito mais plausível a história de as fotos terem sido roubadas.

Mas já são duas coincidências: a data do casamento/óbito e também o fato de ambos os blogs seguirem um terceiro blog. A niemi não seguia tantos, não é?

Seria o caso de avisarmos a tal Layanne de que suas fotos foram roubadas? (se partirmos do pressuposto de que não foi ela quem inventou a niemi).

lola aronovich disse...

Nada a ver, Roberto. Por que desconfiar imediatamente da Layanne? Tudo indica que ela nem conhece blogs feministas, não conhece Niemi, nada. Acho mais provável que Niemi usou a foto da Layanne. Ridículo ficar pensando que Layanne é a Niemi. Não há absolutamente nada que indique isso. Pelo que eu entendi, a última postagem do blog da Layanne é 2010. Mas, se desconfiam, vão atrás do terceiro blog, o desse Henrique, que as duas seguiam. Por enquanto é o único ponto de ligação entre as duas.

Ah, Roberto, vc não descobriu nada sobre a Niemi não ser finlandesa. Apenas que o nome Niemi H não é o nome verdadeiro. O resto é tudo conclusão da sua cabeça.

Liana hc disse...

Eu também estou aqui tentando entender o porquê disto tudo. Enfim, uma vez a Niemi disse que tinha nascido em Kouvola (que fica no sul), e não em Rovaniemi (norte).

Esse Pedro Henrique Prado tem outro blog (suponho que seja a mesma pessoa). Um comentava no blog do outro.

A Morte de Sandman no Universo in Verso foi, afinal, uma imagem mais apropriada do que eu pensei.

Mariana. disse...

Roberto, eu não tenho motivos para ser parcial, mal troquei meia dúzia de palavras com a Niemi, enfim...

Eu não entendo de medicina, mas detalhar um caso pela internet, a Niemi não fez. Ela não contou exatamente o que ela tinha, enfim... Então, só essa parte da sua conclusão é esquisita.

Não devemos acusar a Layanne da mentira toda, ela pode ser uma vítima nessa história e ter tido suas fotos roubadas.

Acho que seria sim o caso de entrarmos em contato com ela. Saberemos se ela é a Niemi ou não.

De qualquer forma, se for, saberemos que ninguém morreu. E se não for, aí não saberemos.





Anônimo disse...

@Roberto Lima:

"Eu recomendo que tod@s aqui procurem raciocinar de maneira imparcial, sem envolver as emoções , porque isso impede a clareza de pensamento."

Sua recomendação é supérfula. Se uma pessoa querida morre, é lógico que terá emoções envolvidas, mesmo que a pessoa em si esteja viva.

"Como médico, eu afirmo que a "história médica" apresentada pelo fake Niemi é falsa. Há uma série de razões para isso, parte deles eu já escrevi anteriormente, e não adianta eu me alongar aqui."

Por que não adianta? Eu pelo menos adoraria saber mais detalhes sobre essa improbabilidade da doença ser verdadeira, justamente para poder "raciocinar de forma imparcial".

Como médico, você pode nos passar informações objetivas. Até agora, você apenas supôs que Layanne e Niemi são a mesma pessoa, sem apresentar fatos suficientes.

Luci

Roberto Lima disse...

OK...Deus existe, Papai Noel existe, Niemi existiu e morreu de verdade. Não adianta querer convencer um evangélico radical da inexistência de um deus. Já está mais do que provado que "Niemi" é um perfil fake. As fotos são falsas ( ou não são, Lola? Será que foi a Layanne que roubou as fotos da "querida Niemi" ??) , e a origem finlandesa também. Já são duas mentiras, no mínimo. Quantas mais são necessárias para que vocês parem de idolatrar esse perfil fake?
Também não vai adiantar detalhar as razões médicas pelas quais a "história médica" do fake Niemi também foi outra mentira. Vocês só acreditam no que querem acreditar. Se eu disser que câncer de cólon só acontece em pessoas acima dos 40 anos, vocês vão dizer "ah, mas em raríssimos casos..."; se eu disser que tumor benigno não precisa de quimioterapia, lá vem "mas o médico mentiu para ela"..., se eu disser que a quimioterapia para o suposto cêncer não iria fazer uma "hepatite fulminante", e muito menos levar a um transplante de fígado , idem. E se eu disser que a sobrevida de transplante de fígado na maioria dos casos é de muitos anos, vão vir com "mas a coitada era minoria"...qualquer coisa que eu escrever, vai vir alguém questionando, preferindo acreditar que um personagem fictício realmente morreu a ter que admitir ter sido enganad@ por uma pessoa muito esperta.

Mariana. disse...

Roberto, porque você está tão nervoso?

Que patético isso de chamar as pessoas de evangélicas radicais como se fosse uma ofensa, pra começar.

E pior, sem nem conhecer ninguém aqui. Eu sou atéia e não era amiga da Niemi, pra mim tanto faz essa história toda. Do mesmo jeito que não quero ser tendenciosa pro lado dela (de que a niemi existe) também não quero ser para o seu.

Eu sempre fui muito educada com você, incentivei a sua pesquisa porque sempre sou a favor da verdade e achei que você estava sendo muito educado e explicando muito bem as suas razões. Se outros foram grosseiros com você, eu não vou pedir desculpas por eles.

Claro que existem inúmeras contradições e mentiras já descobertas. Eu não quero idolatrar fake nenhum, rs. Já está claro que, se a Niemi existiu, ela pode ser a Layanne ou pode ter roubado as fotos da Layanne. A Layanne é alguém bem mais plausível de ser real que a Niemi. (na vdd, ainda não procurei nada fora da net sobre a Layanne, mas os perfis mostram isso por si só).

Eu quero mais é que essa história se esclareça, mas é difícil conseguir isso se a cada vez que eu te fizer uma pergunta você ficar nervoso né?



lola aronovich disse...

Roberto, vc não vai convencer ninguém ficando agressivinho. Até agora foi provado, vamos dizer assim, exatamente o seguinte: 1) Niemi H não era o nome verdadeiro de Niemi H (que ninguém nunca perguntou pra ela se era), e não há outra menção na net a Niemi além do que está no blog dela, no Twitter, e nos comentários de outros blogs. 2) A foto que Niemi usava era a mesma da Layanne. Eu creio que não há ligação entre Niemi e Layanne e que Niemi pegou a foto de Layanne, que não está nem a par desta história toda. Mas essa é a minha suposição, que eu não apresento como verdade absoluta e "se vcs acreditam nisso tb acreditam em papai noel".
Todo o resto -- que Niemi não morreu, que Niemi não era finlandesa (de onde foi tirado isso? Por não terem encontrado o nome Niemi H -- que nem existia -- na Finlândia?), que Niemi não estava doente, etc etc, é tudo suposição.
E quem disse que devemos acreditar em vc, Roberto? Que apareceu agora só pra "investigar" a Niemi?

Andrea disse...

Fui contra a intervenção do Roberto no princípio. Achei de mau gosto e inoportuna. Mas sou obrigada a admitir que quanto mais se mexe na história, mais contradições são encontradas e assim fica dificil acreditar em Niemi. Como disse, não condeno a "Niemi", desconheço os motivos que a levaram a isso mas fica PARA MIM o aprendizado de não me envolver emocionalmente em nada que parece existir somente atrás de um monitor. Peço desculpas ao Roberto e um Anônimo que questionei antes porque fui injusta, ao que tudo indica.

Lorena disse...

Roberto Lima,

todas as informações que você trouxe com suas investigações (e outras pessoas também) foram muito interessantes, também me deixaram com a pulga atrás da orelha, também já compreendi que essa história não é assim exatamente como foi nos apresentada... Porém esse último comentário seu, me fez pensar que você é quem está querendo forçar uma história, em vez de me dar credibilidade na sua hipótese. Que por enquanto é hipótese, você não apresentou nenhuma prova concreta do que está falando - assim como Niemi tb nunca nos apresentou prova concreta de que ela era real, mas acho que crer na palavra de uma pessoa é sempre o primeiro passo numa convivência, ainda que essa pessoa minta. Por isso cremos por tanto tempo nas verdades dela e estamos passando a desconfiar de algumas delas agora, graças a vc, sim, que levantou o questionamento.... mas que até agora não passou disso.

Os únicos fatos concretos que eu vejo a nessa história são:
1- Niemi Hyyrynem não é o nome verdadeiro de ninguém, no Brasil ou fora do Brasil. Mas muitas pessoas usam pseudônimos na internet, e esse poderia ser o caso;
2- A pessoa que se auto-intitulava Niemi usou uma foto de uma moça chamada Layanne em seu perfil. Não é certo usar fotos alheias nos perfis pessoais? Não, mas todo mundo usa. A mulher no meu perfil não sou eu, é Clarice Lispector;
3- Niemi se despediu de todos num post no mesmo mês que Layanne se casou, em Goiás, segundo esse blog: http://layanneeluciano.blogspot.com.br/2012/08/mapas.html (não dá nem pra dizer que foi no mesmo dia, não achei o dia do casamento no blog);
4- Tanto o perfil Niemi quanto o Pefil Layanne seguem um mesmo blog, de um tal Pedro Henrique Prado, que ninguém consegue acessar. Mas a Liana trouxe um blog de um rapaz homônimo (ou o mesmo, não sabemos) onde Niemi costumava comentar.

como não sou médica e como Niemi nunca especificou muito bem, nem aqui nem em seu blog pessoal, qual era seu problema de saúde, em detalhes, não tenho como dar parecer nenhum sobre a doença dela. Você, Roberto, poderia fazer isso, mas está se negando a dar mais detalhes, a não ser usando ironia para responder as pessoas que estão pedindo por mais detalhes médicos, que querem entender a história (ainda que a gente saiba muito pouco sobre a doença que Niemi teria, afinal, ela nunca nos deu mtos detalhes). Você não nos apresentou sua pesquisa sobre mulheres de 26 anos que morreram em decorrência de infecção generalizada por causa de um transplante de fígado, que você diz ter realizado sem sucesso. Como vc pesquisou? Onde encontrou essa informação? Se eu pedir a outro médico (a Maria Valéria, comentarista aqui do blog, por exemplo) para acessar esses dados, ela também conseguiria?

"qualquer coisa que eu escrever, vai vir alguém questionando, preferindo acreditar que um personagem fictício realmente morreu a ter que admitir ter sido enganad@ por uma pessoa muito esperta."

E como sabemos que você não é um personagem fictício, Roberto? Seu perfil é de uma conta do twitter, nada mais. Se eu nem sei quem você é, assim como vc não sabe quem eu sou (só que meu perfil é meu perfil no google, e através dele vc pode acessar mtas informações minhas, se desejar. Tá aberto.), como posso crer mais nas suas palavras, na sua hipótese - novamente, sua hipótese não é tese - do que nas palavras de alguém que se denominou Niemi e que se diz morta?
--

Sinceramente, Lola? Tô me sentindo dentro de um livro da Agatha Christie, só que sem o Poirot (ou a Miss Marple, ou qq outro ótimo detetive nascido da cabeça daquela mulher genial). Um monte de fios soltos, e ninguém conseguindo chegar a uma teoria concreta. Mas vou continuar acompanhando. Talvez mtos de nós pensando juntos cheguemos a alguma conclusão.

Sara disse...

Roberto infelizmente ja tive tres amigas com o mesmo tipo de cancer que a Niemi relatou, ja perdi duas delas, e posso te dizer que nos dois casos embora fosse o mesmo tipo de cancer a doença se desenvolveu de maneiras bem diferentes entre elas, a terceira amiga ao que parece se curou da doença, a primeira morreu um ano depois de diagnosticada, a segunda teve uma péssima sobrevida de cinco anos até sua morte, e me lembro que no seu blog a Niemi postou sobre um sintoma que uma dessas amigas tb teve, que foi o amarelecimento da pele, ela até dizia que não gostaria de conhecer um sobrinho que viria da Finlandia pois não queria que a criança se assustasse com sua aparencia e emagrecimento.
Não posso crer que ela soubesse mentir sobre detalhes dessa doença, ainda mais pq ela não ficava detalhando sobre eles especificamente, apenas os citava em seus posts.
E eu por ja ter convivido com doentes como ela, quando recebi a noticia sobre sua pele, ja naquela época temi por sua morte.
Quanto as fotos não é a primeira vez que vejo pessoas que pegam fotos de outras na própria internet, e se fazem passar por elas, ja usaram meu perfil até mesmo nesse blog da Lola, qualquer um pode fazer isso, até eu que não sou nenhuma expert.

Roberto Lima disse...

Logo no primeiro comentário que fiz neste post, eu já previ que seria "detonado"...parece a Inquisição. Eu escrevi exatamente isto : "Peço desculpas antecipadamente, e já acho que vou ser "detonado" de milhares de maneiras..."
Eu apenas achei que seria injusto que vocês continuassem acreditando nesse tipo de farsa, que já e conhecida na Internet em blogs e fóruns.Mas isso eu também já escrevi acima.E quem foi agressiva ( muito agressiva aliás) em primeiro lugar foi você, Lola, embora eu tenha achado normal , a primeira reação das pessoas ante uma descoberta dessas é a negação. Leiam os posts anteriores e vejam, no início foi só agressão, depois é que começaram a perceber que realmente havia alguma coisa de errada com a "niemi". Mas acho que já dispendi muito tempo nesta discussão,minha carga horária é muito grande, e vocês com certeza têm mais tempo para prosseguir a partir dos dados que vocês têm até agora.
Outra coisa onde a Lola erra é que eu "só apareci agora". Eu já postei diversas vezes neste blog, com este nome mesmo , provavelmente até já tenha algum comentário com e-mail em postagens anteriores, sobre cinema, por exemplo. Tenho certeza que comentei no post sobre Lisbeth Salander...

lola aronovich disse...

Concordo totalmente com a Lorena sobre vc, Roberto: vc está muito agressivo, muito na defensiva, com vontade demais de "provar a farsa Niemi". Vc não está aceitando discutir e só está repetindo o que já disse antes. E agora vem se dizer "detonado". Bom, eu não vou mais discutir com vc, Roberto, porque qualquer questionamento sobre as suas hipóteses (não teorias comprovadas, não verdades absolutas, como vc quer fazer crer), é tratado como se eu fosse uma fanática religiosa. Eu só estou publicando tudo isso porque acho que existe uma dúvida razoável. Mas também não vou ficar publicando comentários de alguém que vem ofendendo, repetindo, e (geralmente é o que acontece) que talvez deixe 20 comentários se despedindo, dizendo que nunca mais vai comentar neste blog fétido cheio de fanáticas que o trataram tão mal. Eu não sou a única que percebi a sua agressividade, Roberto.

Bruno S disse...

E seria o Roberto realmente médico?

E as informações que ele diz ter pesquisado são realmente acessíveis para quem não estivesse ligado ao caso?

Eu diria que o Roberto usou de um pouco de imaginação para poder dar um ar conspiratório às contradições que de fato encontrou (nome e foto).

Liana hc disse...

Uma parte do meu comentário anterior ficou confusa.

Esse Pedro Henrique Prado, cujo blog que está listado nos perfis tanto da Niemi e quanto da Layanne, e que é aberto somente para convidados, parece ser o mesmo autor deste outro blog "A Melhor Versão de Mim". O Pedro Henrique Prado comentava no blog da Niemi e vice versa.

Mais uma curiosidade: No perfil da Lay (vulgo "Eu Tô Óootima", que nome mais inapropriado para se ler depois de achar que a dona da foto está morta! confesso que não aguentei e ri quando entrei o site) enfim, tem um email (laygothic@gmail.com), e também tem um perfil no flogão com uma certa laygothic Layanne Lopes, e que segundo ela, faz aniversário dia 23/08. Esse período do ano parece meio complicado, é aniversário, casamento, morte. De gótica para finlandesa para Sra Gomutcha que pede jogo de pratos floridos na lista de casamento, seria mesmo um baita pulo. E a Layanne Lopes tem um twitter, parece que faltam 19 dias para o casamento, and counting.

Roberto Lima: Uma pessoa que não pode ser identificada, usando um tal amigo finlandês não identificado, para provar algo sobre outra pessoa morta não identificada... Será que o Roberto Lima é o Gomutcho tentando nos pregar uma peça? Cenas para os próximos capítulos...

Tá bom, chega de deboche. Depois de ficar muito triste e depois chocada, agora eu já me permitir rir do inusitado da situação. Tô de boa. Voltando a programação normal...

Andrea disse...

Vou postar aqui o que até agora entendi sobre o ocorrido. Não creio que a Niemi seja alguem sem princípios, assim como também não acredito que o Roberto esteja mal intencionado. Eu, que somente lia o blog e nunca postei, também acompanhei parte dessa história e como muitos, me afeiçoei as idéias da Niemi e sofri por sua ida. Provavelmente, o mesmo aconteceu com o Roberto. Ele está procurando a mesma verdade que nós estamos, a mesma resposta para um vazio que ficou.

Acho que todos nós aqui do blog estamos doloridos emocionalmente e isso explica certos excessos. Daqui há pouco, estaremos culpando uns aos outros como paranóicos. Ao invés disso, sugiro que busquemos uma resposta racional para o que há por tras do Caso Niemi. E que façamos isso não para persegui-la, nem recrimina-la mas para amenizar nossa própria dor, e quem sabe, compreender.

Estou velha para crer em lendas mas acredito em pureza de sentimentos antes de qualquer prova em contrário. Em minha opinião, Niemi ou quem assinou este nome, fez laços verdadeiros aqui, ajudou SIM alguns. Do momento que descobrirmos se tratar de verdade ou mentira, poderemos seguir nossa vida e guardar so a lembrança daquela moça amável. Uma vez descobrimos que Papai Noel não existe e nem por isso deixamos de lembrar dos Natais da infância com carinho, para usar um exemplo bem simples.

Acho que me estendi demais. Mas em minha opinião é preciso descobrir para tentarmos entender. Sem condenar, mas também sem sofrermos mais por uma morte que provavelmente não existiu.

Lorena disse...

Liana,

tb achei isso tudo, achei o flogão e inclusive achei um blog antigo(http://sonhodeumatardedeverao.zip.net/) dessa moça Layanne (que, coitada, está com as orelhas queimando essa tarde). E olha, pelo que li nesse blog antigo, nunca vi uma pessoa MAIS DIFERENTE do que a Niemi se apresentava aqui! Se são a mesma pessoa, é alguém que sofre de distúrbio de personalidade grave! rsrs

Pedro Henrique Prado disse...

Nossa, que triste! Trocava alguns comentários com ela mesmo, pessoal, mas nunca algo além disso. Conhecia ela por uma comunidade de blogs. Não entendi bem o motivo de meu nome estar aqui tantas vezes. Alguém pode me dar um resumo dessa história toda?

Lorena disse...

Olá Pedro,

o seu nome aparece tantas vezes nesse tópico alguns dos leitores descobriram que Niemi Hyyrynen não é nome real da moça que todos nós conhecemos, e nem a foto que ela usava em seu perfil era dela, mesmo. Era de uma moça chamada Layanne. E, ao tentar ligar os pontos (já que um dos leitores levantou a hipótese - e a defende com unhas e dentes - de que Niemi não morreu, mas que ela e Layanne são a mesma pessoa), a Liana percebeu que esses dois perfis, Niemi e Layanne, seguiam o seu blog (ou, pelo menos, um blog com o seu nome).

Você conhece alguma Layanne? O endereço http://pedroprado.blogspot.com/ é de algum blog seu?

abraço.

lola aronovich disse...

Pedro, dê uma olhada nos comentários, e vc vai entender melhor. O que aconteceu é que a Niemi morreu (acho), mas o Roberto, que se diz médico, não descobriu nenhuma transplantada de fígado com esse nome e essa idade. Ele descobriu que Niemi e H, o sobrenome, são nomes de jogadoras de futebol. Então pelo jeito esse não era o nome real dela. Aí a Andrea viu que a foto que a Niemi usava era a mesma foto da Layanne (que ninguém por aqui conhecia). Portanto, ou a Niemi é a Laynanne, que está viva e feliz em Goiás (pouco provável), ou a Niemi pegou uma foto da Layanne, que não tem a menor ideia do que está acontendo, para usar no seu perfil. De qualquer jeito, a única coisa que Layannne e Niemi pareciam ter em comum é... VOCÊ! As duas seguiam/seguem o seu blog. Vc conhecia/conhece as duas? Vê algum ponto de ligação? O que vc acha de toda essa história maluca?

Pedro Henrique Prado disse...

Não conheço essa Layane, e esse outro blog é meu também. Eu participava de alguns jogos nessa comunidade, de onde eu tenho quase certeza que conheço a Niemi: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=521119

Faz bastante tempo que eu não comento no blog dela, não sei se vocês tão achando que eu posso ser o criador de algum fake, mas eu não tenho relação nenhuma com isso.

lola aronovich disse...

Ninguém está desconfiando de vc não, Pedro! Aliás, eu não estou desconfiando da Layanne. E nem da Niemi. É só que, como eu te falei, vc parecia ser o único elo (fora a foto) entre Niemi e Layanne. Mas se vc não conhece a Lay, não vejo ligação.

Lorena disse...

Eu não tô achando nada disso, não, Pedro! Não sei a Lola e os outros leitores... Mesmo, fica tranquilo. :)

A gente só está achando estranho todas essas coincidências, e ainda não chegamos num "veredicto" final.

Eu reli os últimos tweets do perfil da Niemi no Twitter e, não sei, posso ser boba, mas acredito mesmo que foi alguém da família dela quem postou. A irmã, talvez, que sabia do seu fake na internet... Não sei. Mas até conseguir ligar todos os pontos provando o contrário, eu acredito mesmo que Niemi (ou qualquer que seja seu nome) faleceu. =/

Pedro Henrique Prado disse...

Pois é. Não me lembro de nenhuma Layane, mas me lembro da Niemi, com esse nome cheio de y não tinha como não lembrar dela. Se a Layane comentou no meu blog alguma vez, eu não me lembro. E pelo que vi no orkut da Layane, a foto do perfil dela era a mesma que a Niemi sempre usava. Procurei pelo perfil da Niemi na comunidade agora e não encontrei. Será que foi apagado?

Lorena disse...

Bom, o perfil no orkut pode ser que tenha sido apagado. Eu apaguei o meu há uns 2 anos atrás...

Rachara Caxola disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andrea disse...

Rachara Caxola, cheguei até o blog da Layane quando comecei a analisar as contradições apontadas pelo Roberto e usei um recurso simples, que qualquer um pode usar, pensando que nem dava em nada. Abri o google, cliquei em sua pesquisa de imagens e arrastei o arquivo da foto do perfil da Niemi. Imediatamente eis que surge a mesma foto em um blog denominado "estou ooootima". Bem estranho.

Para quem não sabe, ao arrastar um arquivo de imagem para a pesquisa de Imagens do Google, ele faz a busca das imagens semelhantes na rede.

Coincidencia ou não, vi que entre os contatos de orkut da Layanne também tem uma residente na Finlândia (uma tal de Lorieen http://www.orkut.com.br/Profile?uid=4670481927773634620)

Estou dizendo que Niemi não existe e criou isso tudo? Negativo, ainda não dá para fazer afirmações. Mas acho que ninguém parece ter morrido e isso me traz alivio.

Mariana. disse...

Se alguém entrar em contato com a Layanne vamos ter certeza de mais algumas coisas...
Roberto, me desculpe se fui grossa com você, mas acho que não fui. E nem desconfio de vc ser médico nem nada. Acho que a Lola, que vive dizendo que em princípio acredita no que as pessoas dizem, deveria fazer o mesmo.
Porque dar votos de confiança pra todos menos pra ele, lola?

Mariana. disse...

E eu gostaria d ver a cara dessa ~~ comentarista assídua que a lola disse que visitou a niemi no hospital e conhecia a menina pessoalmente.

A pessoa está a par da mentira (pelo menos poderia esclarecer que de fato a niemi existe mas não com esse nome nem com essa cara, mas que como a nimei pediu, não nos disse nada).

Mariangela disse...

Bom, eu sou mais uma que acompanha o blog da Lola calada,blog este que me faz um bem enorme,em muitos aspectos.
Acompanhei toda esta história da Niemi, e confesso que acho tudo absurdamente fantástico!!
Me faz lembrar uma história de anos atrás,quando existia vida no orkut e eu participava de uma comuna de música onde havia uma participante muito ativa,amiga de muitos,perfil com muitas fotos,tinha um namorado que também era muito ativo nesta comuna.Qual não foi a surpresa geral quando apareceu o namorado na comuna anunciando a "morte" desta moça,e a reação foi mais ou menos parecida com as daqui relacionadas a Niemi.Para resumir,a tal "moça" era um perfil fake,as fotos roubadas de outra pessoa, o namorado não existia,enfim...foi um deus nos acuda! Agora tenho a sensação de rever a mesma história com outro enredo e outros personagens. Acho tudo isto de uma loucura tão grande mas creio que tenha muita coisa a esclarecer,visto que as fotos de Niemi também foram roubadas de outro lugar.Me pergunto apenas, o que leva a pessoa a fazer isto,a se divertir com isto??? Vejo com alguma morbidez tudo isto,pode ser que a situação ficou insustentável e ela see viu compelida a matar o fake(afinal,não se sustenta uma situação destas ad infinitum)...E por fim, a Lola mencionou que alguem foi visitá-la no hospital, onde está esta única pessoa que a encontrou doente? Que história louca demais!!!!

Dayane disse...

O perfil da Niemi foi desativado mesmo, eu tinha ela no orkut.
Tbm achei estranho quando disse pra ela fazer um face e ela disse que não queria, pq estava sendo muito perseguida.
Lembro-me que no blog dela comentava uma outra garota da Finlândia Valkoinen Kissa http://comodisseathos.blogspot.com.br
Parece que elas se conheciam.
Nossa, que história mais doida, mais bizarra!
bem, de toda forma, eu sofro pela partida de Niemi, não me importa quem ela era.

Andrea disse...

Valkoinen Kissa traduzido do Finlandês é "Gato Branco" (o que não parece um nome próprio). Talvez seja também um fake, talvez não.

Não serei leviana de afirmar fatos que não posso provar mas confesso que a cada coincidência estranha, a cada contradição, eu acredito cada vez menos que a Niemi tenha existido e muito menos, falecido. Parece aqueles filmes onde o protagonista some (morre? é abduzido? ninguém sabe) e cada um interpreta o final como quiser. Uns choram, outros duvidam, outros lamentam, outros sentem-se lesados pelo tempo perdido no cinema e o valor do ingresso.

Antes que me joguem pedras, esta é SOMENTE a minha visão, por enquanto. Continuo em busca de respostas.

Andrea disse...

Outra coisa que achei esquisito. A dona das fotos da Niemi, chamada Lay Lopes, ter voltado a tuitar após um longo periodo offline. Justamente um dia após sua morte (13/8). Se nao me engano foi a Lorena quem localizou este perfil. Quem quiser pode ver

https://twitter.com/laylopes

Shey disse...

Acompanhando e estarrecida com isso tudo. Nunca troquei palavras com a Niemi, mas como acompanho o blog de vez em quando, me pegou de surpresa essa morte.

Andréia:

A princípio, achei que o blog da Valkoinen Kissa fosse o perfil
verdadeiro da Niemi pq o último post do http://comodisseathos.blogspot.com.br

data do dia 10 de agosto, mas logo descartei. Uma pesquisada no google e no próprio blog
e apareceu que essa garota se chama Tamires, cresceu no interior de São Paulo e estuda atualmente na Usp. Ela tem perfil no face e no twitter, e está bem viva. Nem acho que era amiga íntima da Niemi, pelo pouco que vi elas trocaram algumas mensagens e a garota estuda finlandês não encontrei nenhuma menção à morte da Niemi por parte dela em nenhuma rede que ela faça parte – mas isso é apenas especulação baseado no que vi.

Tanto a identidade dela como da tal de Lay parecem ser verdadeiras.

Sinceramente, não acho que a Niemi fosse fake da Layanne, pq seria muita burrice criar toda uma história como essa usando a própria foto verdadeira.

Então, não tenho dúvidas de que o PERFIL de Internet da Niemi era fake. Agora a PESSOA por trás desse perfil, se existiu mesmo e pq usou a foto de uma outra – não faço idéia.

Lorena disse...

Andrea,

não fui eu, não, foi a Liana quem trouxe o perfil do twitter da Layanne.

E sobre se sentir dentro de um filme, eu já disse, me sinto dentro de um livro da Agatha Christie, só que sem um detetive potente pra me ajudar a entender e desvendar a história. Mas como sou curiosa pra caramba, continuo investigando por conta própria e com a ajuda de todos aqui. Não por achar que Niemi (o perfil que se apoderou desse nome) mereça "punição",pq como muitos já disseram, ela foi alguém importante na vida de muita gente, foi uma pessoa boa, que ajudou, que agregou, nunca o contrário. Se morreu a pessoa ou apenas o perfil, não sei, não sabemos ainda. Mas o legado que ela deixou para os que tiveram contato com ela foi positivo, isso é o mais importante, com certeza.
Só queria chegar ao fim da história por curiosidade, pq gosto muito de romance policial e qualquer coisa "fora de ordem" me intriga muito!

Anônimo disse...

Gente, desculpem se o que vou colocar aqui for bobagem, mas estava lendo o Blog da moça, e num primeiro post ela escreve uma expressão em finlandês "Nähdään koskaan", e nos comentários explica que quer dizer " nos veremos sempre", porém, no google tradutor ( é confiável? não sei, mas creio) a expressão é traduzida para " eu vou te ver nunca".

Andrea disse...

Shey, eu tive a mesma impressão que você sobre a Valkoinen Kissa. Mas cada vez aparece mais gente e mais fotos (talvez outros fakes de uma mesma autoria, apenas especulação minha) nessa história confusa. E cada vez entendemos menos o que realmente houve.

um abraço

Andrea disse...

Desculpe, Lorena. Foi mesmo a Liana quem achou este twitter.

Como eu também já disse, não cabe punição (quem somos nós para isso?) nem complo de ódio contra Niemi. Apenas sobram dúvidas. Eu gostaria de saber o que leva alguém a agir assim. Saber para tentar entender. E até para ter a certeza de que esta pessoa está viva e passa bem.

Ao que me parece a história não envolvia apenas um fake mas alguns (Layane, Tamires, Gomucho etc). E isso fica cada vez mais estranho. Agora somam-se esses detalhes em Finlandês que mais parecem uma brincadeira morbida.

No final das contas, quem acaba pirando somos nos, rs.

Abraço

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 283   Recentes› Mais recentes»