terça-feira, 12 de junho de 2012

ATÉ PESQUISA À MODA ANTIGA MOSTRA MUDANÇAS

Detesto escrever sobre datas comemorativas (e, acima de tudo, comerciais), mas li um artigo publicado no jornal O Povo anteontem, e até gostei. É sobre uma pesquisa com 35 mil pessoas realizada pelo site Par Perfeito. O interessante é que ela desbanca alguns mitos que o senso comum insiste em chamar de Verdades Absolutas.
Mas antes de falar sobre esses mitos, devo alertar que não conheço a metodologia da pesquisa. Imagino que ela tenha sido feita online com usuários deste site de relacionamentos que existe desde 2000, e que é o maior do país, com cerca de 30 milhões de usuários (não sei a veracidade dessa informação. Parece um número assombroso demais: um sexto de toda a população brasileira está no Par Perfeito?!). A pesquisa é totalmente heteronormativa, ou seja, gays e lésbicas não existem pra ela. E ela foi respondida por gente que é solteira e que, em geral, está à procura de um relacionamento sério (o que a sociedade equaciona a um relacionamento monogâmico). Em outras palavras, a pesquisa tem tudo a ver com como o Dia dos Namorados é vendido.
O primeiro mito é que as muheres são interesseiras e se preocupam demais com a situação financeira do pretendente. Bom, em outra encarnação, uns quinze anos atrás, eu tive uma agência de casamento em Joinville. A agência chegou a contar com duzentas pessoas, uns 60% de mulheres de todas as faixas etárias. E eu lembro bem que, enquanto mulheres com mais de 35 anos (e independência financeira) diziam “Se o cara não tiver carro, nem me apresenta”, as mulheres mais jovens não estavam nem um pouco interessadas nisso. Afinal, elas queriam um parceiro pra (perdoe o clichê) “construir uma vida juntos”, e essa construção podia partir do nada.
A pesquisa do Par Perfeito meio que corrobora minha impressão. Pelo levantamento, 70% das mulheres disseram não se preocupar com a marca do carro do cara. Claro, faz diferença recusar alguém por ele não ter carro e recusá-lo se ele não tem um carro que dê status. E ainda considero altíssimo, se é que posso interpretar assim, que 30% das entrevistadas digam estar preocupadas com a marca do carro. Gente, é um carro! Temos é que lutar é por transporte coletivo de qualidade, não pela manutenção de um comportamento individualista e inviável pras cidades.
Outro dado que revela que mulheres não dão tanto valor à condição financeira é que só 16% das entrevistadas disseram não querer relacionamento com um homem que mora com os pais. Pra 84% delas, não haveria problema algum. Imagino que existam muitas nuances nessas respostas. Tem diferença um cara de 20 anos morar com os pais, e um cara de 40, e não sei a quais cenários as entrevistadas se referiam, ou se era algo não específico. Mas, como dado geral, ele desafia a ideia de que mulheres veem homens que vivem com os pais como fracassados (um mito que é bastante difundido por comédias românticas).
Ainda sobre a parte financeira, 47% das entrevistadas afirmaram que, se o homem não pagasse a conta no primeiro encontro, não haveria um segundo encontro. É muita mulher se fixando num conceito de cavalheirismo que, por mim, já deveria ter ficado no passado. Eu acho que a conta deveria ser dividida, mas também depende de quem ganha mais (só que não dá pra saber essas coisas num primeiro encontro). 
A pesquisa revela que 44% das mulheres se oferece pra dividir a conta, mas que isso seria só  pra testar o cara. São esses pequenos testes, a meu ver (que são feitos o tempo todo tanto por mulheres quanto homens e que vão muito além de quem paga a conta. Exemplo na mesma pesquisa: 8% dos homens não liga no dia seguinte porque a mulher aceitou ir pra cama no primeiro encontro. Pelo “aceitou”, leia-se que ele tomou a iniciativa. E ela fez sexo — com ele! E isso, pelo jeito, é inaceitável pra ele. Era só um teste!), que fazem alguns encontros serem tão traumáticos. Mas sei lá o que eu sei! Faz uns 22 anos que não tenho um primeiro encontro. De repente as coisas mudaram?
Mas isso de pagar a conta não parece ser tão problemático. Pelo jeito, mais homens do que mulheres consideram que pagar a conta no primeiro encontro é responsabilidade masculina. 70% dos entrevistados disseram isso na pesquisa. Isso também não seria um teste? “Se a moça não deixar que eu pague o primeiro encontro sozinho, ela está se mostrando independente e avançada demais pra mim”?
Na parte do sexo, boas notícias. Aparentemente, a maior parte das mulheres não têm problema em transar no primeiro encontro. Só 39% das entrevistas não vão pra cama no primeiro encontro. E a gente sabe que muitas não vão não porque não querem, mas pelo velho “O que ele vai pensar?”. Não estou dizendo que mulher (ou homem) tem que transar no primeiro encontro, só que é uma besteira deixar de transar se você estiver a fim pra ficar seguindo regrinhas de etiqueta. 
Segundo a pesquisa, 55% dos homens não avaliam a mulher por esse critério, porque, se eles querem transar já no primeiro encontro, por que elas não podem querer? Respondendo à pergunta “O que os homens pensam da mulher que vai pra cama no primeiro encontro?”, além da maioria que diz que não pensa nada, nem pra mais, nem pra menos, 13% responderam “Interessante, pois é autoconfiante”, e 19%, “Isso significa que ela se interessou por mim”. Só 13%, uma minoria, optou pela alternativa “Atirada demais para um relacionamento”. O que é ótimo, porque as mulheres podem descartar esses 13% como “Neandertais demais para um relacionamento”.
E sexo ruim num primeiro encontro, de acordo com à pesquisa, não é sinal de “Sinto muito, sem chance, nunca mais quero te ver”. 71% das mulheres, e 90% dos homens, sairiam de novo com a pessoa mesmo que o sexo não tivesse sido bom de cara. Talvez porque essas pessoas saibam que, prum montão de gente, a primeira vez com uma pessoa pode não ser as mil maravilhas.
E aí tem aquela referência na pesquisa que me parece muito antiquada: quem liga no dia seguinte? O motivo do homem não ligar é que “não rolou química” (pra 72%). Mas os entrevistados não acham nada ruim que as mulheres tomem a iniciativa e liguem. Pra 77%, isso mostra que ela “é decidida e tem atitude”, e outros 14% aprovam por lhes poupar o trabalho. Menos de 10% dos entrevistados disseram não gostar se a mulher liga pra eles no dia seguinte.
De modo geral, fiquei feliz com os resultados dessa pesquisa. Ela aponta o que já sentimos: que os mascutrolls que aparecem aqui não são referência, e que o mundo está mudando, de pouquinho em pouquinho. Uma pesquisa do mesmo site no ano passado já havia dito que homens, mais do que mulheres, têm maior vontade de casar e ter filhos. Talvez as noções de homem provedor e de donzela sonhando com o príncipe encantado estejam começando a ruir.
Muito namoro pra vocês.

177 comentários:

Anônimo disse...

se tem um troço onde se mente muito, e pesquisa ! e não so para o entrevistador, mas para si mesmo, as pessos gostam de se sentir melhores do que são,( modo ironico ligado) e relmente, mulher não liga a minima para o padrão social do homem, da mesma forma como eu vejo um monte e mulher atras de executivos, medicos engenheiros, vejo elas atras de lixeiros, porteiros, pedreros( modo ironico desligado)

Anônimo disse...

( modo ironico ligado)agora homem liga para isso viu,se ele conhece uma moça, que lhe seja agradavel, tanto fisicamente quanto em personalidade, ele quer saber se ela e cobradora de onibus ou gerente de multinacional, isto e um fator determinante para o homem ( modo ironico desligado)

Anônimo disse...

Falando apenas por mim:

"Mas, como dado geral, ele desafia a ideia de que mulheres veem homens que vivem com os pais como fracassados (um mito que é bastante difundido por comédias românticas)."

Eu não me envolveria com uma pessoa que ainda mora com os pais depois de mto tempo, salvo por uma razão relevante, p.ex.: filho único, cuida deles etc.

Porque de adolescência tardia, eu já estou de saco cheio.

Anônimo disse...

mulheres e homens com padrões sociais elevados, não entram e sites, nem procuram 'agencias de casamento" para conseguir um par, nem de pesquisa participam.
agora quem não corresponde as expectativas sexistas sociais, esta tacando pedra em avião para ver se cai qualquer coisa,caiam na real, a sociedade e injusta e machista sexista no campo amoroso, pessoas hoje em dia se avaliam pelo valor de mercado" sexual, não pelo sentimento apenas !!!

lola aronovich disse...

(modo irônico ligado) É verdade, anônimo. Homem não tem o menor interesse em saber a profissão da mulher. E cobradores de ônibus nunca transam ou namoram, já que todas as mulheres só ligam pra dinheiro. Ou seja, mulher só namora e casa com executivo de multinacional, médico e engenheiro. Tadinhos dos pedreiros, lixeiros e porteiros, fadados a uma vida tão solitária quanto a dos mascus. (modo irônico desligado). Aproveitando que tá desligado, agora sem ironia: pessoas inteligentes não precisam avisar quando estão sendo irônicas.

Lord Anderson disse...

pesquisas são sempre complicadas, mas pelo menos servem como representação por amostragem.

e é bom que pelo menos as pessoas tenhma consciencia que certas posturas são "impopulares".

Assim como é triste ver esses joguinhos do tipo, vamos ver se ele paga a conta, ou vamos ver se ela "se da ao respeito".

Sexismo ainda continua presente na sociedade e ainda atrapalha muito os relacionamentos.

quero acreditar que vai melhorar cada vez mais com o passar do tempo.

sim, pode me chamar de otimista.

Anônimo disse...

( modo ironico on) pedreiros, lixeiros e etc.. tem mesmo as mesmas mulheres cortejadas que os empresarios sim, eu vejo muito ramance em onibus e coletivos lotados,( modo ironico off)
enquanto alguns poucos com destaque social, tem muitas aos seus pes, homens humildes e comuns, de vez em quando chove na horta, kkk, desmintam, e percam a credibilidade !!!

Bruno S disse...

30 milhões de usuários?

Acredito que eles devem contar todos os perfis existentes desde a criação do site. Desde quem fez um perfil por curiosidade para ver como era até pessoas que usam ou já usaram mais de um perfil.

Até eu já tive perfil num site desses uns 10 anos atrás.

Os resultados da pesquisa é bem interessante, mas acho que ela tem um viés bem destacado. A base de pesquisados está em um grupo de pessoas que procura parceiro pela internet (algo que boa parte da sociedade ainda vê com maus olhos).

Anônimo disse...

"Até eu já tive perfil num site desses uns 10 anos atrás."

Eu também, mais tempo q isso até.
Mas bastaram umas sugestões de "par perfeito" completamente desastradas que desisti do site. Isso porque nem cheguei a me encontrar com os cidadãos.

Sheyla disse...

Nossa, Lola, seu blog é muito bom!!!
Somos da mesma cidade e mesma redondezas (UFC).
Adorei a postagem...
PP- kkkkk eu fiz um quando tinha uns 18, fiz um pra minha mãe só pra zoar. Aos 21 não acessei mais. Isso faz uns 5 anos.
Aos 20, cheguei a conhecer uma pessoa com o padrão de vida super elevado, mas já vendo manias e super defeitos no primeiro jantar eu o dispensei na mesma noite.
Aos 21... conheci um super gentil, tudo de bom (conhecido no CE!) passamos um tempo juntos mas não deu...Simples assim
Agora estou há mais de dois anos com o meu namorado (conheci na vida real) e não temos nada, mas estamos conseguindo: mesma idade, mesma faculdade, mesmo padrão... Acho que é assim que funciona. Não quero mais usar internet para esses tipos de relacionamentos. Sorte pra quem ainda persiste nisso.

Beijos

Sheyla

Bruno S disse...

Só um comentário sobre a matéria do O Povo.

Não importa a parte do país, o nível dos comentaristas é o memso.

Vivi vivizinha disse...

É verdade Lola, a pesquisa talvez teria sido “mais” conservadora se fosse no passado acho. Apesar disso, tem um lance que penso sobre relacionamentos modernos num mundo machista/capitalista é que tudo contribui para termos relacionamentos tristes não? Desculpe falar isso no dia dos namorados,,rs,mas fiquei pensado nisso estes dias. Que de modo geral, as características que são valorizadas em homens e mulheres (tô supondo um casal hetero, desculpe) geralmente são opostas, o q só contribuem para nos distanciarmos uns dos outros e termos relacionamentos que eu acho que é o oposto do amor.
Por ex: 1) homem- não precisa ser carinhoso/cuidadoso/delicado/atencioso..Mulher tem que ser carinhosa/atenciosa/sensível—resultado: homem que é criado pra esquecer de “ligar” pra mulher, de avisar que não vai chegar tal hora, que não demonstrar ou não sabe demonstrar sentimentos etc...E mulher que “cobra “ isso.
2)Homem- é valorizado a não se comprometer e que casar é o “fim” da diversão/felicidade/farra. Mulher – valorizado em que se não casar é fracassada. Resultado:cultura em que homem pode farrear e não precisa se preocupar na imagem “homem pra casar” e mulher precisa se preocupar se vai ser considerada “pra casar”.
3) Homem- criado pra gostar de coisas de homem . Mulher- criada pra gostar de coisa de mulher. Resultado: homem e mulher que acusam um o outro q só fala de futebol ou só de compra/cabelo etc coisas de mulheres. = poucos assuntos em comum.
4) homem e mulher: cultura individualista onde pensamos muito mais no “eu” do que no “outro” ou no “coletivo” resultado: não enxergamos nossos parceiros.
Bom, sei que to sendo fatalista e generalizante (apesar de conhecer bastante casais com estas características), mas só para mostrar como o machismo só contribui para sermos mais infelizes a meu ver. Quando o mundo for menos machista e for um lugar onde características mais humanas forem valorizadas como: sensibilidade/solidariedade/compreensão/igualdade..sem distinção de gênero neste sentido tenho certeza que os casas irão ser mais felizes. Por isso que tenho certeza que casais onde ambos tentam ver o mundo e praticar o feminismo a chance de serem felizes são MUUITo maiores a meu ver. Muito mais amor assim para os dois.Mas, de todo modo, bom que isto “parece” estar mudando...Bjos
(Vivi)

Masculino, Não Masculinista disse...

Lola, A Que Reclama De Pessoas Que Avisam Quando Estão Sendo Irônicas Mas Que Também Avisa, é claro que cobradores de ônibus namoram. Afinal, não existem só mulheres do tipo mais atraente no mundo. E são justamente essas, menos atraentes (falo de acordo com os padrões impostos pela sociedade), que irão se relacionar com esses homens, já que não conseguem competir com mulheres mais belas pela conquista de homens poderosos e de destaque.

NÃO é necessariamente o pouco dinheiro que torna o cobrador de ônibus menos apto a namorar uma fêmea-alfa, mas sim o fato de não estar em uma posição de destaque na sociedade. Dinheiro PODE ser um fator de destaque, mas em certos grupos sociais há fatores mais relevantes que isso, como a reputação, fama, etc. O próprio Nessahan Alita fala isso em seu livro Como Lidar Com As Mulheres, mas muitos masculinistas ainda têm uma visão bastante superficial de seus escritos e resumem tudo a uma questão financeira.

O mesmo vale para a questão do carro: não ter um carro pode até ser vantajosa, se o tipo de mulher almejada for aquela que valoriza um comportamento mais "eco-sustentável". Também depende do lugar em questão (no Brasil ainda se dá muito valor ao transporte privado, mas em países mais "modernos", como alguns da Europa, pode até ser sinônimo de elegância optar pelo transporte público mesmo sendo um homem economicamente bem-situado).

Bruna B. disse...

Masculino


mimimi As mulheres alfas querem homens bonitos, as panicats não caem no meu colo. Eu, homem feio, quero/exijo uma Angelina Jolie submissa, que faça sexo quando eu quiser, mimimi, mas ela não pode ser promíscua porque não quero levar chifre, mimimi. Por que diabos e deuses as mulheres lindas, gostosas e siliconadas não me querem, por que? buá buá buá eternamente...

Lord Anderson disse...

Hum, ou seja alguns homens querem procurar as mulheres quem mais o atraem...mas querem criticar as mulheres que procuram os homens que mais a atraem, é isso mesmo?

ou seja querem só as "femeas-alfa", mas xingam de interesserias aquelas que querem os "machos-alfas".

e não veem contradiçãoi nisso???

Masculino, Não Masculinista disse...

Sobre a pesquisa, há um dado interessante a ser notado: 90% dos homens dariam uma segunda chance cas o o sexo fosse ruim enquanto que 71% das mulheres fariam o mesmo.

Ainda que ambos os índices sejam consideravelmente altos, é vale perceber que os homens são mais tolerantes que as mulheres nesse caso. Critica-se muito que os homens vêem as mulheres como descartáveis, mas a pesquisa apenas corroba a verdade: de que, por trás da máscara de masculinidade austera que muitos usam (e que as feministas levam ao pé-da-letra e acusam de machismo), a grande maioria dos homens está sim disposto a construir uma relação de intimidade sexual. Isso é reforçado por outro dado da pesquisa, o de que mostra que 77% dos homens gosta de mulheres com atitude, que ligam no dia seguinte ao invés de ficarem com frescuras do tipo sou-uma-princesa-venha-me-buscar-de-cavalo-branco-se-quiser-uma-noite-de-sexo.

As mulheres estão dispostas, mas NÃO TANTO, a construir essa intimidade sexual com seus parceiros. Infelizmente ainda há várias que querem "tudo pronto", como se o mero fato de aceitarem se entregar a um macho lhes valesse automaticamente sexo de qualidade.

Bruna B. disse...

Na boa, esses mascus precisam de um bom choque de realidade.
Gente, vocês veem alguma feminista chorando porque não pega o Vin Diesel? Vocês já viram alguma mulher que frequenta esse blog mendigando atenção de homens-alfa?
E essa p* de papo de homem/mulher-alfa já encheu.

Troquem o disco, mascuzinhos. Vocês jamais serão levados a sério enquanto fizerem esse tipo de pirraça. Isso é atitude de piá pançudo (como dizem aqui no RS).


Sobre o post, não sou muito fã desse tipo de pesquisa porque a maioria só reforça estereótipos que já estamos cansad@s de ver... mas, enfim, também vi os resultados com uma dose (pequena( de esperança. A mudança está acontecendo, aos poucos, vide a repercussão da Marcha das Vadias (muitos babacas não entenderam e/ou atacaram o movimento, mas inúmeras pessoas saíram da zona de conforto e começaram a pensar mais sobre o assunto).

carolinapaiva disse...

Lord Anderson

Fora que vivem reclamando de friendzone, mas são os primeiros a falar que mulher na friendzone só pode ser feia e baranga.
Ou seja: reclamam das mulheres que os xingam de pega-ninguém, mas vivem chamando mulheres de mal-amadas e barangas.
Coerência pra quê, né?

Sara disse...

Adorei saber dessas pesquisas Lola, é uma luz no fim desse tunel.

André disse...

Minha experiência diz que fêmeas alfa-betizadas gostam de machos alfa-betizados, e vice-versa.

Bruna B. disse...

Lola

Não sei se ficaste sabendo sobre uma tal 'Marcha das Divas' que ia acontecer. Ela estava sendo organizada, via facebook, por uma tal Samantha Moraes, candidata a vereadora pelo PMDB de alguma cidade paulistana e ex-mulher do cara que casou com a 'Bruna Surfistinha'.
A idéia era rídicula, no mínimo, mas o que me encheu de alegria foi ver a quantidade de pessoas defendendo o feminismo e a Marcha das Vadias que invadiram a página e passaram a tentar conversar com a organizadora e a questionar a tal manifestação (só tentaram, porque a coitada fugia das perguntas). O evento chegou a ser tirado do ar por conta da reação pública.
Pra quem não viu, fica esse TUMBLR, contendo os prints da página que não existe mais (dá pra rir um bocado):
http://divasamanthamoraes.tumblr.com/

Maicon Vieira disse...

"Quarenta e sete por cento das mulheres garantiram que desistem do relacionamento se o cavalheiro não arcar com os custos do primeiro programa a dois."

Nossa!

Fiquei surpreso com a pergunta 4, não pensava que seria apenas 6% das mulheres que seriam indiferentes com isso.

Gabi disse...

Gabi,

Gente, eu leio uns comentários aqui que francamente, se fossem verdadeiros, a raça humana nao teria sobrevivido. Até parece que amor, sexo, companherismo, paixao etc. é um direito exclusivo dos ricos e famosos! Chicos, façam um favor a si mesmos, parem de ver TV e saiam para a rua, tá cheio de gente feia e pobre aproveitando a vida. Claro que se vc é pobre mas quer arrumar uma mulher que só está interessada em grana nao vai rolar, mas aí a culpa é sua ué. Agora, uma coisa eu acho certa: nao me interessaria muito por um cara de 30/40 anos que morasse com os pais, nao por ser um looser, mas pq provavelmente é um ser mimado e mau acostumado que está procurando alguém para ocupar o papel de mae e, vamos combinar, quem tem filho de bigode é gato.

Maicon Vieira disse...

"Ou seja: reclamam das mulheres que os xingam de pega-ninguém, mas vivem chamando mulheres de mal-amadas e barangas.
Coerência pra quê, né?"

O mesmo vale para algumas comentaristas por aqui, reclamam por serem xingadas de putas mas gostam de xingar de zé bronha, bronhento ou pega-ninguém.

André disse...

Gabi,
O interessante é que muitos que acham que feios e pobres não pegam ninguém acham que feios e pobres são os culpados pela explosão populacional. Só se for por mitose.

Masculino, Não Masculinista disse...

Bruna S. e Lord Anderson, vocês foram bem falaciosos na resposta que me deram. Eu falei de uma situação em que mulheres desejam homens que lhes sejam atraentes, e vocês, na falta de argumentos, atacaram dando como exemplo uma outra situação, como se ela compensasse a primeira (típica falácia "dois errados não fazem um certo").

Em primero lugar, não tenho panicat nenhuma no meu colo e nem desejo, pois não é o tipo físico de mulher que procuro. Também não estou chorando a falta de mulehr alguma no meu colo, pois resolvi boa parte dos meus problemas de relacionamentos com mulheres depois de ler Alita. Meu comentário foi uma [b]constatação[/b] e não um lamento, muito menos em nome de outros homens.

O ser humano, independente de gênero, SEMPRE vai buscar o melhor parceiro possível dentro de seus parâmetros pessoais (que podem ou não estar dentro dos clichês midiáticos que vocês tanto condenam como se fossem os únicos clichês nocivos existentes). De qualquer forma, não há nada de errado nessa busca. Muitos fracassam, afinal não há machos-alfa e mulheres-alfa para todo(a)s; se houvesse, essas pessoas não seriam alfas. É a vida.

carolinapaiva disse...

Maicon Vieira

Se aplica a qualquer pessoa, ninguém é impassível de críticas, mas mascus se dizem os guardiões da lógica e da coerência, não poderiam se dar ao luxo de serem ilógicos, não? Rs.
Como eu não faço isso, tenho total direito de criticar a quem é incoerente nesse aspecto.
:)

Masculino, Não Masculinista disse...

Gabi e André, até onde eu tenho lido, ninguém disse que pobres não pegam ninguém.

Mulheres pobres, se forem belas, podem acabar conquistando algum homem rico (principalmente turistas estrangeiros que vêm para cá interessados no "exotismo" brasileiro; algo parecido também acontece me países da ex-URSS, onde muitas mulheres belas e pobres casam com homens ricos da Europa Ocidental).

Já homens pobres, mesmo que belos (a menos que sejam gays, já que a beleza é sempre valorizada por homens), terão que se contentar com mulheres menos atraentes. Não significa que façam menos sexo ou se relacionem menos; às vezes, fazem isso muito mais do que alguns machos-alfa mais reservados. Mas mesmo assim, relacionam-se com as mulheres que PUDERAM se relacionar, não necessariamente as que DESEJARIAM.

Bruno S disse...

Prezado masculino,

seu pensamento sobre alfas tem uma falha básica.

A melhor parceira possível dentro de meus parâmetros pessoais podeser uma mala para outro cara B ou feia para outro cara C. Assim como eu sou (ou acho que sou) a melhor escolha de minha namorada hoje, mas a amiga dela me acha feio e chato.

Esse pensamento dos alfas só funcionaria se os gosots fossem iguais entre as pessoas. E, apesar de os atributos físicos terem uma avaliação mais padronizada, nós somos tão diferentes entre cada pessoa que nunca terá todos correndo atrás de uma só pessoa.

Se bem que na minha turma de 2ª série todos gostávamos da mesma menina...

Bruna B. disse...

Bom, ainda bem que o papo não é comigo, é com uma tal Bruna S.

hahahahahahaha

Bruno S disse...

"Já homens pobres, mesmo que belos , terão que se contentar com mulheres menos atraentes.(...) Mas mesmo assim, relacionam-se com as mulheres que PUDERAM se relacionar, não necessariamente as que DESEJARIAM."

Afinal todas as mulheres pobres bonitas ficam com caras ricos e não sobra nenhuma para os caras pobres?

Bruno S disse...

Bruna,

acho que o cara tá tão confuso que misturou a gente.

Bruna B. disse...

A PF também está 'lokona' prendendo mascus por aí.

Tristeza essa pirralhada que não mede as consequências das asneiras que diz por aí.

Masculino

"Já homens pobres, mesmo que belos (a menos que sejam gays, já que a beleza é sempre valorizada por homens), terão que se contentar com mulheres menos atraentes."

BUÁ, meu ex-namorado é pobre... logo, eu sou uma mulher 'menos atraente'.
Como diz a minha avó: 'Ainda bem que a gente não dá ouvidos a loucos.'

carolinapaiva disse...

"Mas mesmo assim, relacionam-se com as mulheres que PUDERAM se relacionar, não necessariamente as que DESEJARIAM."

No caso, o desejado é maior do que a realidade. Baixar as exigências costuma acabar com esse problema.
Não dá pra sonhar com Angelinas e Brads por aí, né?
E outra coisa que me ocorreu agora: será que o padrão de beleza vigente não subiu as exigências desses homens não?
Ninguém nasce com photoshop na cara.

Bruna B. disse...

Bruno S



"Afinal todas as mulheres pobres bonitas ficam com caras ricos e não sobra nenhuma para os caras pobres?"

Engraçado, né? Olha, eu sou pobre, não sou nada feia (segundo a p* do padrão que pregam por aí) e sempre, repito, SEMPRE, me envolvi com homens tão pelegos quanto eu.

yulia2 disse...

Masculino, Não masculinista....
seria fake do Fábio?

Jane Doe disse...

Eu acho perfeitamente natural que pessoas que vivem em realidade semelhantes se encontrem, se apaixonem e se relacionem por um único motivo - interesses em comum!!
É bem provável que uma cientista se relacione com outro cientista pelo simples fato de que eles convivem no mesmo espaco, se interessam por coisas semelhantes, vao para os mesmos lugares, tem amigos em comum!
Sinto muitíssimo informar - mas pessoas vivem realidades diferentes, se interessam por coisas diferentes.
Nem todos homens e mulheres sao calhordas procurando alguém para exibir como troféu! Nem todos homens e mulheres sao preconceituosos ou sentem repulsa por alguém que nao está numa posicao "X" na sociedade.
Às vezes as pessoas apenas nao se encontram ou apenas nao existem interesses em comum!

Paula disse...

Homens reclamam que mulheres só se interessam por caras com dinheiro (feio e rico pode), enquanto eles mesmos exigem que a mulher seja linda (gostosa e pobre pode). As duas coisas são extremamente superficiais, a meu ver, e um não tem moral pra falar do outro.
E outra, muitas mulheres se sentem atraídas por um cara não porque ele tem dinheiro simplesmente. Há, sim, muita mulher interesseira que olha a conta bancária do cidadão, não podemos negar isso. Mas ser bem-sucedido é uma característica que atrai, assim como tantas outras. Bem mais do que um acomodado perdedor, isso é broxante.

Masculino, Não Masculinista disse...

Bruna B., fiz um pequeno erro de digitação, todos erram. Que bom que meu erro foi apenas na digitação e não na argumentação. =)

Sobre seu comentário, não tenho como e nem quero avaliar o quanto você é bonita ou não, mas se seu namorado é pobre, só posso dizer duas coisas: 1) seu namorado se destaca entre os outros machos de alguma outra maneira que lhe pareça mais importante que o dinheiro (e aí você está num grupo minórico de mulheres com esse tipo de prioridade), e/ou 2) você NÃO É bonita, ao menos não aos olhos de homens ricos que você já tentou conquistar.


Bruno S., se confusão na hora de se expressar na internet fosse sinônimo de confusão mental, este blog da Lola seria um dos sites em estado clínico mais grave no quesito organização e layout.

Concordo com você em partes, quando relativiza o olhar sobre quem é alfa ou beta. Uma pessoa sempre será alfa em um determinado contexto, e não num sentido universal (Alita atenta para tomar cuidado com isso logo na introdução de seu livro mais famoso). Eu, por exemplo, me interesso por um tipo físico de mulher que não é, aos olhos da nossa sociedade, a fêmea-alfa. Mas DENTRO desse grupo social ao qual pertenço, existem pessoas alfas e pessoas betas. Se eu quero me relacionar com as alfas, devo me destacar de alguma maneira (no meu caso não é exatamente o dinheiro, mas certo status).

Masculino, Não Masculinista disse...

yulia2

Não sou fake de ninguém, estou começando a comentar aqui somente agora (embora já leia o blog há um bom tempo).

André disse...

Masculino,
O que um macho alfa tem para agradar as mulheres? No meio em que fui criado: bom papo, bom humor, habilidade mediana com dança, disposição para a night, um meio de transporte (não precisa ser próprio nem ser novo, apenas estar limpo).
O que uma fêmea alfa tem para agradar os homens? Ser gostosa e bonita (ou pelo menos não feia).
Por mais que eu discorde de muita coisa do feminismo, tenho que adimitir que não estamos bem na fita.

Bruno S disse...

Jane Doe,

comentários assim não tem graça. Acabam com a discussão.

Dá para passar o resto do debate repetindo, favor reler o comentário da Jane.

Masculino, Não Masculinista disse...

Jane Doe, é uma ilusão (que muitos homens mantém, mais até do que as mulheres) achar que interesses em comuns são um fator de atração. Eles atuam por conveniência, quando uma relação ínicial já foi estabelecida.

O melhor exemplo disso que estou falando é o nerd que se apaixona por "aquela garota", que além de ser linda pra ele, também gosta da banda X. Mas ele é tímido, sem atitude, age mais concordando do que impressionando a garota... O cara acaba caindo na friendzone, enquanto a garota vai dar pro guitarrista da banda X (e não culpo a garota por isso).

André, então concordamos no quesito observação da realidade. E no final das contas, eu também concordo com você, existe um tom de injustiça na maneira como homens e mulheres se tornam alfas. Mas talvez seja uma questão biológica incontornável: homens SEMPRE colocarão a beleza acima da personalidade (até mesmo um gênio intelectual pode namorar uma gostosa "burra"), enquanto que o que atrai as mulheres são qualidades mais subjetivas, elas se atraem mais pelo comportamento do que pela aparência (por isso não vemos tantos homens fazendo cirurgias plásticas, mas sim lendo e relendo dicas e técnicas de conquista).

Gabi disse...

Masculino, nao masculinista vc diz que feios e pobres se acomodam (já que o cara só pega mulher nao tao bonita que sobraram). Isso nao contrapoe a minha opiniao, só a reforça. O que eu disse é que parece que há gente que acha que o amor, o sexo, a paixao, etc. (pelo menos em sua plenitude) é exclusividade dos ricos e famosos. Pois nao é. Nao é pq um cara feio tá com uma mina feia que o amor dele vale menos (ou mais) que o do bonitao com a bonitona. As pessoas se apaixonam e isso é muito mais simples do que parece. Basta cultivar valores mais interessantes do que aqueles vinculados às aparências que as coisas acontecem naturalmente.

Masculino, Não Masculinista disse...

Gabi, eu não disse em MOMENTO ALGUM que homens pobres se acomodam. Se quiser insistir nisso, vai ter que apontar onde eu disse isso no meu comentário.

Conformar-se não é sinônimo de acomodar-se. Dentro das opções mais limitadas que os homens pobres/sem destaque possuem, eles podem sim viver grandes romances, transar muito, etc. Eu inclusive já havia escrito isso no meu comentário anterior, você que ignorou ou não leu direito.

Sandro disse...

"A pesquisa do Par Perfeito meio que corrobora minha impressão. Pelo levantamento, 70% das mulheres disseram não se preocupar com a marca do carro do cara."

"NÃO ACREDITE NO QUE ELAS DIZEM, E SIM EM COMO ELAS AGEM".

Há pouco tempo atrás, eu me cadastrei nesse Par Perfeito. Eu fiquei pasmo: mulheres meia-idade sem nenhuma atração, sem graça, metidas a difíceis porque tem um monte de homem carente correndo atras delas como cães famintos e sedentos. Agora, veja como tudo mudou, como deixaram de ser "difíceis": um dia inventei de colocar uma foto minha com carro, óculos e pose de malandrão, logo deixaram de bancar as difíceis. Consegui até um mulher bonita. Que coisa, né?

Sandro disse...

"A pesquisa do Par Perfeito meio que corrobora minha impressão. Pelo levantamento, 70% das mulheres disseram não se preocupar com a marca do carro do cara."

"NÃO ACREDITE NO QUE ELAS DIZEM, E SIM EM COMO ELAS AGEM".

Há pouco tempo atrás, eu me cadastrei nesse Par Perfeito. Eu fiquei pasmo: mulheres de meia-idade sem nenhuma atração, sem graça, metidas a difíceis porque tem um monte de homem carentes correndo atrás delas como cães famintos e sedentos. Agora, veja como tudo mudou, como deixaram de ser "difíceis": um dia inventei de colocar uma foto minha com carro, óculos e pose de malandro, logo deixaram de bancar as difíceis. Consegui até um mulher bonita (que são minoria naquela covil de feias). Que coisa, né?

Unknown disse...

Bacana as estatísticas.

Mesmo que seja uma amostra um pouco parcial (pessoas que procuram outras na net), é interessante ver os resultados.

Minha irmã tem cadastro nesse site (inclusive foi onde conheceu o namorado dela, hehehe). Se essas estatísticas tiverem como base o perfil preenchido pelos cadastrados, vai ter pouca mentira - afinal, o site "casa" as informações que são dadas. (se você se importa com a idade do cara, por quê diabos vc vai mentir pro site dizendo que não se importa?)

E toda vez que tem post sobre esse assunto, vem o mimimi eterno desses imbecis dizendo que mulher só liga pra dinheiro, ou macho-alfa destacado, ou sei lá que outras palavras inventaram pra explicar a ilusão em que vivem.

(aliás, essa nóia com grana eu acho meio engraçada. Falam como se todos os caras não ligassem pra dinheiro e todos vivessem numa comunidade hippie. Todo mundo gosta de dinheiro - se tem mulher que gosta tanto a ponto de botar como prioridade, tem homem também, bem-vindo ao capitalismo! E aí vão dizer "ah mas mulher liga mais mimimi". Cada um acredita no que quer, né? Eu truco. Bota uma pobre e uma ricaça uma do lado da outra e me diz quem fica com a pobre. Só fica com a pobre se a ricaça for um ogro verde.)

Masculino, Não Masculinista disse...

Unknown, se a pobre for fisicamente mais atraente que a rica, eu fico com a pobre. Se estiverem empatadas, fico com a rica por uma questão óbvia de conveniência.

Na verdade... o que eu procuraria fazer seria manter uma relação estável com a rica, e ter a pobre como amante. Ela até conseguiria tirar algum proveito econômico da situação, porque eu poderia pagar a ela coisas com o dinheiro da esposa rica. ;)

carolinapaiva disse...

Sandro

Por essa lógica, também não precisamos acreditar no que tu diz, já que cada um fala o que é mais conveniente para si, não é mesmo?
Agora, se você vier com papinho de que "essa é a verdade irrefutável" e blablablá, aí essa frase de "não acredite no que falam, e sim como agem" não valeria para ninguém.

Mévia disse...

"Na verdade... o que eu procuraria fazer seria manter uma relação estável com a rica, e ter a pobre como amante."

Interesseiro! Não entendi por quê reclama das mulheres.

(na verdade meu nome é Mévia, não sei por que não apareceu)

Gabi disse...

Masculino, nao masculinista, desculpe, mas nao foi vc que escreveu:"Já homens pobres, mesmo que belos (a menos que sejam gays, já que a beleza é sempre valorizada por homens), terão que se contentar com mulheres menos atraentes. Não significa que façam menos sexo ou se relacionem menos; às vezes, fazem isso muito mais do que alguns machos-alfa mais reservados. Mas mesmo assim, relacionam-se com as mulheres que PUDERAM se relacionar, não necessariamente as que DESEJARIAM"? Desculpe, mas para mim esse texto é de um conformismo absurdo. Eu nao estou medindo sexo por quantidade mas sim por qualidade e nao vejo qualidade na sua forma de se expressar. Para mim, vc está falando de pessoas infelizes e eu nao acho que seja assim. Acho que tem muito mais gente feliz e contente no mundo (por mais que vc nao acredite). Nao é nada pessoal, mas nao acho legal julgar a vida. Como vc sabe que esses caras nao desejam as mulheres com quem se relacionam? Como vc pode saber isso? Tá certo, pode ter muita gente vivendo assim, mas nao é a totalidade. Agora, se você realmente acredita nisso também, tudo bem. cada um sabe para onde leva a própria vida.

Drica Leal disse...

"Dentro das opções mais limitadas que os homens pobres/sem destaque possuem, eles podem sim viver grandes romances, transar muito, etc."

Pois é, os betas se apaixonam, vivem romances, fazem sexo...

ENTÃO POR QUE DIABOS ESSES CONCEITOS IMBECIS DE ALFA-BETA-GAMA-DELTA AFLIGEM E REVOLTAM TANTO VOCÊS MASCULINISTAS?

sonetosdobraga disse...

'ENTÃO POR QUE DIABOS ESSES CONCEITOS IMBECIS DE ALFA-BETA-GAMA-DELTA AFLIGE E REVOLTA TANTO VOCÊS MASCULINISTAS?'

pq são s únicas letras gregas que eles conhecem, uai.

Drica Leal disse...

Ah, e pra encerrar minha participação por hoje porque acho que bati meu record de postagens:

Toda vez que falam em homens ricos e poderosos atrás de beldades, capas de revistas, blá, blá, blá quase como uma fatalidade eu me lembro do príncipe Charles. Era casado com a loira, jovem, linda, delicada, desejada por milhares de homens Diana Spencer e no entanto sempre amou e desejou ardentemente (os telefonemas eróticos entre os dois publicados em tablóides não negam)a velha e fora dos padrões Camila Parker. Tanto que traía Diana com ela e depois da morte da princesa se casou oficialmente com Camila. E ele poderia estar com qualquer coelhinha da Playboy desfilando por aí, né?

Que coisa, não?

Masculino, Não Masculinista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sara disse...

Drica esse exemplo do principe é só mais um dentre varios que contradizem essas imbecilidades de letras gregas que esses viuvos dos blogs machistas fechados vem aqui despejar.
Eu mesma conheço uma batelada de casos que fogem totalmente dessa regra idiota e fantasiosa desses mascus obtusos.

Masculino, Não Masculinista disse...

Gabi, eu entendo o que você quer dizer. Talvez todas essas pessoas estejam felizes com o que tem e blablabla, e não estou julgando ninguém por isso. Só estou analisando as coisas de um ponto de vista mais distanciado, e frio mesmo (ou seja, se por um lado não julgo negativamente, também não fico achando "bonitinha" a felicidade dos betas). Não estou sendo conformista, mas tão-somente jogo com as regras da sociedade, podendo ou não subvertê-las de acordo com as oportunidades. Já fui do tipo que tenta desconstruir tudo agora-de-uma-vez-só, como vocês feministas tentam fazer. Mas o resultado foi mais utópico e frustrante do que eu gostaria. Isso não significa que tenho uma postura conservadora, apenas mais moderada e paciente.

As coisas que falo vêm de uma visão, digamos, mais ambiciosa das relações humanas e sociais. E não significa que sou infeliz só porque desejo sempre o melhor que eu possa alcançar. Caso contrário, é você quem está me julgando, como se eu fosse obrigado a viver uma suposta "vida simples". Não politizo minha libido.


Emendando com uma resposta para a Drica Leal: não sou masculinista e não tenho nenhuma relação com esses caras (acredite você ou não), então não vou responder por eles. Digo apenas que, creio eu, muitos são homens profundamente inseguros, que se apegam às ideias de Nessahan Alita como desculpa para justificar suas derrotas, ao invés de utilizá-las como um incentivo para sair da fossa e vencer (essa é a minha postura). Eles precisam mais de sessões de terapia, pra aprender a desenvolver autoconfiança e maturidade emocional, do que grupinhos de internet que só servem pra aumentar um ódio infantil pelas mulheres. Novamente, diz Alita (cito muito ele pra tentar mostrar um lado que vocês se recusam a ver nas obras dele): NÃO DEVEMOS EM NENHUM MOMENTO TENTAR DOMINAR AS MULHERES, MAS DOMINAR A NÓS MESMOS.

sonetosdobraga disse...

e tudo soa muito mais inteligente com grego no meio.
até teorias antropológicas sem base antropológica alguma.

Mévia disse...

"e tudo soa muito mais inteligente com grego no meio.
até teorias antropológicas sem base antropológica alguma."

hauhauhauhahua
Peixe-beta soa muito mais chique do que simplesmente peixe.

Eduardo Marques disse...

Lola, vc não acha que as mulheres que responderam a essa pesquisa sobre pagar a conta estavam sendo um pouco hipócritas e os homens que responderam sim o fizeram não porque gostem, mas porque estão sendo prudentes? A pergunta não deixa claro se eles acham eticamente certo ou se acham que devam simplesmente pagar, pois é seu papel e pronto. A pergunta pode ter um significado diferente de acordo com o ponto de vista, se masculino ou feminino. Eles podem ter respondido pensando "claro que tenho que pagar, se não ela pode se ofender não vai querer sair de novo", e não "devo pagar pois sou o macho dominador aqui", como vc quer dar a entender. E não é estranho haver tantas mulheres gostando de cavalheirismo e ao mesmo tempo pagando a conta?

E ninguém vê homens vivendo com os pais como fracassados no Brasil, essa é a nossa cultura.

É incrível que todos os fatos levam vc às mesmíssimas conclusões sempre favoráveis à sua ideologia.

sonetosdobraga disse...

mas o peixe beta é briguento. o peixe beta é alfa! coloca um espelho na frente do bicho!

quer dizer, não coloca, não, eles se machucam...

Masculino, Não Masculinista disse...

Se vocês lêem e é como se estivesse escrito em grego, talvez deveriam ampliar um pouco seus repertórios (aprendam esse outro idioma, intelectualmente falando), porque eu consigo entender bem todo o jargão feminista de vocês.

Carlo disse...

Só me pergunto onde que os mitos citados foram derrubados.

No final ainda mostra que é muito mais comum os caras não se sentirem "intimidados" por mulheres decididas.

Usar um dado de que 70% não se importa com marca de carro é sinal de não ter interesse é comédia. Que tal as que se importam (ou não) se o cara tem carro?

Praticamente metade ainda quer que o cara pague a conta do primeiro encontro e aceitam bem menos um primeiro encontro sexual do que os homens.

O próprio exemplo citado dela, de quando tinha uma agência de casamentos, mostrava a situação.

Questiono a interpretação dos dados e gostaria de entender como conseguiram chegar naquelas conclusões.

Brisa disse...

Pergunta pro Masculino: tu te considera um macho-alfa? E pq?

yulia2 disse...

Lola, vc não acha que as mulheres que responderam a essa pesquisa sobre pagar a conta estavam sendo um pouco hipócritas e os homens que responderam sim o fizeram não porque gostem, mas porque estão sendo prudentes?
________________

HA HA HA
pera ai....
mulher que respondeu que pagaria foi hipocrita, homem que respondeu que aceita o pagamento foi PRUNDENTE???

E da-lhe maniqueísmo hein!!!!

Isabel SFF disse...

começo a achar que dia dos namorados está para os mascus assim como a lua cheia está para os lobisomens. até mascutroll antigo reapareceu aqui, credo.

Engraçado, eu (que sou esteticamente fora de todos os padrões, exceto o de ser branca) já consegui namorar um cara bem mais rico do que eu (que sou da classe média) por um tempo. E quando eu digo MUITO MAIS rico, eu digo que o cara era quase milionário. E o engraçado é que eu só fui descobrir que ele tinha esse dinheiro todo bem depois, quando um amigo em comum comentou.

Segundo a lógica dos mascus ele jamais poderia ter cogitado se sentir atraído por mim e eu, por ser mulher e, portanto, interesseira, devia ter engravidado do rapaz. Onde esse mundo vai parar, né, gente? Tá tudo errado mesmo.

Detalhe: eu nunca quis que esse rapaz pagasse sequer uma garrafa de água pra mim.

Minha dica para todos os mascus nesse dia dos namorados é que vocês visitem um psiquiatra. Existem ótimos medicamentos hoje em dia para quem cria uma REAL que só existe na cabecinha de vocês.

Gabi disse...

Prezado Masculino nao masculinista, eu nao sou uma tontinha que acha que o mundo é povoado por poneis cor-de-rosa, mas eu falo das coisas que eu vejo. De casais que existem, que vivem vidas plenas, que se amam e que nao estao nem aí pq nao fazem parte dos pares perfeitos vendidos pela TV. E olha, vc levou umas bordoadas da vida? Parabéns, vc é um ser humano normal. Nao existe (eu pelo menos nao conheço) nenhuma pessoa que nao tenha quebrado a cara uma vez que seja na vida. Quem diz o contrário está mentindo. Mas também, qual é o problema disso? Quebrar a cara faz parte, ajuda a crescer, a valorizar o que realmente importa. O que eu nao acho justo, é assumir que se o cara nao está grudado numa linda gostosa foi por falta de opçao (da mesma forma como uma mulher que está com cara pobre, só está nessa pq nao conseguiu catar um cara mais rico). Se fosse assim, o modelo de casal feliz seria o cara da Yoki e a mulher (ele rico apartamentao, etc. e ela gostosinha, etc.) E aí no fim, quando vc vai ver, é tudo uma grande farsa. O cara tinha um monte de amante e vivia gastando dinheiro com p... e a mulher, na melhor das hipóteses, era uma doida e, na pior das hipóteses, uma mau carater, interesseira, serial killer(a ver o que decidirá a justiça). Para que isso?

Carlo disse...

Isabel SFF,

bom, você não comentou da aparência dele, nem da personalidade, então como que podemos analisar a situação e entender o que acontece?

Bom, provavelmente ele era modelo de passarela também e o cara mais eloquente e com lábia que já andou por esse país.... Mesmo assim e daí? Ele não casou com você, namorou um tempo e não sabemos se foi a única namorada nesse período (estou considerando que sim)

Mas eu queria fazer um adendo, eu acho que mulher não tem muita noção do que é uma mulher bonita ou não (pelo menos pros olhos dos homens).

Nossa, aqui em Florianópolis quando estou com o pessoal da facul direto quando a gente aponta uma menina bonita as meninas do grupo chiam de que era uma feia, não sei se é uma experiência só minha, mas em Brasília foi assim também.

Masculino, Não Masculinista disse...

Brisa, me considero um macho "médio-alfa" dentro do meu grupo social. Não me destaco economicamente, mas tenho recebido reconhecimento por meus trabalhos e mantenho uma carreira ainda em fase inicial, mas promissora. Nada muito especial comparado com outros da minha área, mas já passo da linha de corte dos betas. SOMADO a isso, de um ou dois anos pra cá tenho lido muito sobre técnicas apra desenvolvimento pessoal, o que é fundamental (meu status causa uma boa impressão em meio à multidão, mas só conquisto de fato com atitude e iniciativa) mas ainda não domino essa parte tanto quanto gostaria.

Uma curiosidade é que meu trabalho não é burocrático e sim mais relacionado a criatividade (não vou dar mais detalhes porque prezo pelo meu anonimato aqui). Entretanto, as mulheres que se sentem atraídas por mim não entendem e nem querem entender o meu trabalho; o que importa é que eu tenha recebido elogios de gente destacada ou prêmios supostamente importantes com meu trabalho. Isso às vezes me incomoda, porque eu adoraria poder estar com uma garota que me desse tesão físico e ao mesmo tempo... intelectual, digamos assim. Mas essa combinação não é fácil (seja com mulheres ou homens), e eu jogo com as regras, já que não quero ficar em casa batendo me masturbando.

Aliás, vale a deixa da Isabel SFF pra eu me despedir por hoje, porque recebi uma "ligação de Dia dos Namorados" embora eu não esteja namorando a garota que me ligou. =)

Isabel SFF disse...

hahahahaha agora vai ter mascu fazendo análise da minha vida? Is this real life?

Masculino, Não Masculinista disse...

Antes de ir, vou responder rápido a Gabi... "Para que isso"? Talvez porque somos humanos e queremos, de alguma forma, nos destacar perante a sociedade. Tem gente que estende isso para o campo das relações afetivas, e não condeno essas pessoas. Também acho que você não deveria condenar, enquanto a "vida de plástico" que você acusa não tiver invadido a sua vida privada (e não venha com aquele discurso feminista da Segunda Onda de que o mundo inteiro é uma conspiração invadindo por todos os lados sua vida privada).

fabio disse...

voltei,refleti e cheguei a conclusão não e justo priva-las de minha bela, e agradavel compania;
-
quanto ao post da professora, estão esquecendo o mais importante, o homem prioriza a quimica num relacionamento, as mulheres não, mulheres ao longo da historia priorizavam o bom provedor/protetor, e ainda hoje isto esta encravado nos relacionamentos, e com a erevolução comportamental do ultimo seculo, aliada a baixo libido feminina, o fator FETICHE tem ganhado cada vez mais espaço,a grande maioria das mulheres não consegue sentir atração por um homem simplesmente poe ele ser homem, precisam de algum fetiche envolvido, estatus, fama, competição com as rivais, cargos e chefia, algumas preferem surfistas, outras não podem ver uma farda, um ripongo barbichinha de humanas etc.., tudo isto e fetiches.
o homem comum e mais simples em suas exigencias, sabe que não e nenhum padrão de beleza tipo
" ronaldinho gaucho,ou belo" então quer tambem uma mulher que lhe seja agradavel, a mulher ao contrario, tem uma insatisfação patalogica, nunca ficará satisfeita pois tudo gira em torno do maior fetiche feminino : A COMPETIÇÃO ENTRE ELAS

-
mulher não e visual, não liga a minima para beleza fisica do homem, mulheres não fica olhando homens bonitos na rua, FATO, tudo deve estar dentro de um contexto fetichista,neste contexto Ela avalia o homem por completo: linguagem corporal, tipo fisico, como se comporta, interação com as outras pessoas, autoconfiança, segurança nas palavras, postura, sinceridade e etc.
-
as mulheres lutam sempre pelo homem destacado nos meios sociais em que convivem, mas existe uma forma de contornar este comportamento ambiguo das mulheres, sendo discreto e desapegado, o apaixonamento do homem e sufocante para a mulher, não lhe representa nehum desafio, e a mulher precisa do fetiche do desafio para manter-se, interessada, senão elas dizem ; caiu na otina", assim como os homens são escravos de sua alto libido, as mulheres são de seu EGO, para mulheres medianas bonitas, galanteios e atenção masculina e comum em ambientes comuns, portanto elas não dão a minima para ze-manes lambe salto, algo so e valoroso quando e escasso, e o homem distante lhes representa um desafio, não aquele que rasteja por elas, infle o ego de uma mulher e seras apenas mais um...questione este ego, e seras um desafio para elas.

fabio disse...

as exigencias masculinas são simples, uma mulher agradavel como compania, uma tv num sabado, a cerveja geladinha, e o corinthinhas ganhado na tv.
-as exigencias femininas são absurdas hoje, em dia, dizem que esta faltando homem, mas todo mundo sabe que e mentira, elas e que idealizam o imposivel em um homem, se acham a ultima coca-cola do deserto, não saem de suas cascas de passividade para nada, quando abaixarem as exigencias desumanas, e tiverem mais iniciativa em relação aos homens serão mais felizes !!!

Carlo disse...

Isabel SFF,

você que ofereceu o seu exemplo e quis argumentar usando ele como base. Eu não posso negar o que você disse em antes entender a situação por completo.

Se isso te ofende, então acho muito difícil qualquer discussão ser produtiva.

(e sim, talvez não tenha sido gentil no meu post, mas releia o que você escreveu e veja se o seu não foi muito mais agressivo.)

Vivi vivizinha disse...

Drica, o exemplo do Charles, apesar de legal da parte dele em ver que o amor é mais que o padrão único é legal. Mas acho sim que ele é exceção no meio dele. Não sei, mas todo o resto deste mundo dos ricos que nos é mostrado, os poderosos de fato se relacionam a maioria com padrão beldade a meu ver...Não podemos negar isso.Charles é exceção do padrão.
Ai pessoal não sei, esse papo destes mascus de macho/fêmea beta-alfa, mediano etc sei lá das quantas é ridículo eu sei. Só pessoas lindas/maravilhosas/homens ricos blá namorarem casarem é uma baboseira que eu sei. Afinal, todas nós bonitas ou não namoramos (menos eles..rs), mas acho que temos que ter cuidado em, ao querer combater esse pensamento maniqueísta “seção da tarde high school americano” dos mascus ,rs, não podemos falar que beleza pra mulher, riqueza pra muitos não importa em nada, porque daí cairemos no oposto de uma analise simplista. Afinal, se beleza, padrão único, riqueza não importasse para muitos não precisaria , nós feministas criticarmos o padrão único, o valorização de quem é rico, porque afinal, nada disso importaria, e , no limite, isso de valorização de beleza/riqueza nem existiria..
O que eu acho é que, esse raciocínio dos mascus é totalmente doentio eu sei, mas que é só uma forma radicalizada e doentia, a meu ver, do padrão que existe sim na sociedade, e que eles tomaram como se fosse 100 % verdadeiro em todos os sentidos. Sendo assim, este pensamento de macho alfa/beta etc deles, apenas fruto da sociedade doentia (na forma radicalizada) em que vivemos. O que, obviamente não significa que pessoas pobres, “feias” não amam, não casam etc etc...óbvio. Mas pra eles que tomaram o discurso da valorização destes padrões como 100% abrangente e sem nuances, claro que eles não vem que apesar deste padrão, isso não significa que toodos pensam assim em 100% dos casos etc etc..Mas que existe este padrão, ainda que de forma mais complexificada existe sim não?
(vivi)

yulia2 disse...

o fabio voltoooooooo
sabia, não aguenta ficar sem vir aqui.

yulia2 disse...

Fábio, a nessahete numero um!!!

fabio disse...

yulia2 disse...
-
eu tambem te acho muito sexy yullia, mas infelismente meu coração a tem dona, nosso amor e impossivel, kkkk, bejo no coração !!!

Isabel SFF disse...

Falei desse exemplo pessoal porque tem muito mascu por aí JURANDO que o mais importante que um homem pode ter pra atrair uma mulher é destaque. Ele tem que ser superior de alguma forma. E, nesse caso, ele era financeiramente bem superior a mim. E intelectualmente também. Enfim, e que um cara ~tão superior a mim~ jamais se sentiria atraído por uma mulher como eu. Ou seja, o que se vê na realidade é beeeeeeem diferente dos cânones mascus e esse papo de peixe-beta.

E é lógico que a gente não se casou. Quem falou que algum de nós QUERIA isso? Ou vocês mascus também JURAM que o objetivo maior na vida de toda mulher é o casamento? Porque se for o caso, bom... Se for o caso, já era de se esperar isso de vocês.

Elvis disse...

Lola, passado que vc teve uma agência de casamento rsrs

Também achei muito 30% se preocupar com marca de carro, espero que na realidade seja bem menos. Espero né, problema é que existe uma mentalidade tão forte no Brasil que andar de transporte público é "coisa de pobre" u.u

Abraço.

fabio disse...

ISABEL, talves ele tenha lhe achado agradavel companhia !! e a quimica no homem não esta somente nos padrões de beleza como acreditam, o homem quer ser feliz, talves o rapas tenha ficado desiludido depois de tantas aventureiras intereceiras, que o viam apenas como um provedor ultilitario,a garantia de bem bom na vida, e quis se envolver com uma moça mais simples, e valores parecidos com o seus !!!

lola aronovich disse...

O Mascu, Não Masculinista deve ser a única pessoa na face da terra que conhece Alita, o eletrodoméstico, sem ser mascu. Uma espécie rara! Diz Mascu: “Cito muito ele pra tentar mostra um lado que vocês se recusam a ver nas obras dele”. Sinceramente, muit@s de nós conhecemos bem o masculinismo brasileiro (que é todo inspirado em Nessahan), e muit@s ficaram conhecendo mais do que queriam através do meu bloguinho. E sabemos identificar um mascu quando vemos um. E também sabemos reconhecer doidos-varridos que separaram o ser humano em alfa e beta. Sério, vc não faz noção do quão ridículo vc está sendo. Vc realmente acredita que seres humanos podem ser contidos em duas categorias? Tá pior que zodíaco, em que nos separam em pelo menos doze signos (perdão, gente que adora astrologia, não pude evitar).
Engraçado é que eu já convivi bastante com gente rica. E eles (tanto homens quanto mulheres) se casam entre si. É raríssimo eles se casarem com gente fora de seu círculo social. Eu pelo menos nunca vi. De vez em quando eu leio a revista Vanity Fair, que traz reportagens sobre o 1% da população, esses muito ricos. E eles não só se casam apenas entre si, como também, quando se separam ou alguém morre, continuam se casando entre si. Todos aqueles clichês de homem rico de meia idade se casando com menininha pobre vêm por terra quando vc lê essas reportagens. Porque o homem rico de meia idade quando se separa ou fica viúvo se casa (e rápido; parece que esse pessoal não gosta de ficar solteiro) com uma mulher rica de meia idade que é a ex de outro homem rico e de meia idade.
Imagino não estar dizendo nada revolucionário, mas as pessoas se relacionam com quem elas conhecem. Complexo, não? Se o seu círculo de amizades é de classe média, vc tem grandes chances de transar, namorar, casar com alguém de classe média. E as pessoas legais e felizes vivem a sua vida, ao invés de ficar dizendo que a moça pobre só se casou com um pobre porque não conseguiu fisgar um rico e por isso ela é feia (já que se fosse bela seria uma fêmea-alfa e teria se casado com um rico).

Roxy Carmichael disse...

entendi, masculino.
só não entendi uma parte: você acredita mesmo que qualquer mulher acredita que tu é quase alfa com esse papo de perder, ops passar, dois anos da tua vidinha besta lendo sobre técnicas apra desenvolvimento pessoal?
você acredita mesmo que alguém aqui acredita nesse papo de mulher te ligando no dia dos namorados? vou até te dar uma dica do porque isso é tao inverossímil, e não tem nada a ver com esse teu papinho abestalhado de dinheiro, status e a porra toda. é pq vc disse que usava os "conhecimentos" do tal alita pra reverter a sua situação de fracassado com as mulheres, quando é de conhecimento do mundo mineral, que as mulheres correm léguas, sem olhar pra trás de qualquer imbecil que ri de forma estranha por simples instinto de sobrevivência, já que essa historia de rir de forma estranha, de acordo com hollywood de onde vc e os outros abestalhados tiraram 99% dos "conhecimentos" de vcs (vide o outro falando em nerd e menina interessada na banda X etc), essa historia de rir de forma estranha é coisa de psicopata! socuerro!
e drica, eu acrescentaria a yoko ono na lista. john lennon era mais famoso que o cristo e se apaixonou mesmo foi por uma artista plástica incrível, ainda que não fosse considerada gata pros padrões. e vcs sabem que lá no japão, quando se pergunta na rua quem é yoko ono, surpresa!ninguém, eu disse NINGUÉM se refere a ela como senhora Lennon. e sim como uma artista plástica incrível que é o que ela é.

Carlo disse...

Isabel SFF,

eu falei que casar era objetivo seu? Quando disse que ele não casou com você é que talvez você não fosse a mulher que ele queria pra vida.

Novamente você omitiu qualquer outra característica dele além de dinheiro (ou do porque se interessou nele). E mais, essa teoria que os masculinistas brasileiros usam não é de que ele tem que ficar com uma gostosa e sim de que ele consegue se envolver com mulheres por ser destacado.

Quanto mais destacado, mais opções ele tem.

E digo novamente, como que posso querer progredir a argumentação se não posso analisar o seu exemplo?

Luna disse...

Acho engraçado pensar que as mulheres só querem namorar caras com profissão que dê status.

Não estou dizendo que não existam mulheres interesseiras. Elas existem.

Mas o que ocorre na maioria dos casos, é as pessoas se juntarem com parceiros que têm o mesmo padrão de vida. Ou um pouco melhor. Ou um pouco pior.

Mulheres que também não possuem profissões "chiques" vão namorar quem? Vão passar a vida sonhando com um cara rico e inatingível? Ou vão namorar um colega de profissão, um cara do mesmo bairro?

Caras ricos e inatingíveis namoram mulheres ricas e inatingíveis. Claro que devem existir exceções, mas de maneira geral, fica cada um no seu quadrado.

lola aronovich disse...

Fabio, se vc voltou por não achar justo nos privar da sua agradável companhia, eu insisto: É JUSTO SIM! A verdade é que ele não foi embora, apenas passou a postar como anônimo. E agora que eu fechei a opção para anônimos, ele teve que voltar. Mas Fábio, seguinte: em vez de ficar falando de coisas genéricas, tipo mulher não liga pra química num relacionamento, mulher só quer saber de macho protetor, mulher tem baixa libido, mulher nem gosta de homem, gosta do fetiche de ter um homem, e outras asneiras mil que vc fala, me diga: vc já colocou a foto da sua namorada. Eu vi, muita gente viu também. Ela parecia mulher. E aí, ela se insere em todas essas descrições de mulheres que vc fala? Ela só está contigo por vc ser um macho alfa provedor e fetichento? Conta tudo, Fabio!

Ha ha, o Carlo quer saber todos os dados sobre o seu relacionamento, Isabel, pra poder JULGAR se vc está realmente saindo da curva de uma realidade que só existe pros mascus. Entenda, Isabel, eles sabem mais das nossas vidas, da nossa felicidade, do que queremos ou não queremos, do que nós mesmas. E por quê? PORQUE SÃO HOMENS. Mansplaining lesson 101.

cabanadeinverno disse...

E a pesquisa mostra mais uma contradição entre as correntes de ideias e o fato social.

Digo, a pesquisa mostra que o modelo imposto, que a forma de se relacionar imposta não é condizente com a vontade individual em muitos termos. Agora imagina como é ter que se sujeitar à isso todos os dias?

As regras da civilização precisam mudar com a mudança geral da civilização. Neste ponto, o pessoal masculinista que vem aqui exige o contrário, que as vontades individuais se submetam aos modelos impostos, anacrônicos.

É de foder o rabo do palhaço, é como pedir prum sujeito lamber o cotovelo... Ele vai ficar tentando, mas não vai conseguir, pois é impossível.

Carlo disse...

Não pedi todos os dados sobre o relacionamento dela, pedi mais pra saber sobre o cara. E julgar? julgar o quê? Vou analisar a informação e expor uma conclusão.

Se eu dou um exemplo da minha vida fora de contexto e focado em apenas um fato aê não pode né?

Como evitar a argumentação e lógica, Femsplaining lesson 101.

yulia2 disse...

vc já colocou a foto da sua namorada. Eu vi, muita gente viu também. Ela parecia mulher. E aí, ela se insere em todas essas descrições de mulheres que vc fala? Ela só está contigo por vc ser um macho alfa provedor e fetichento? Conta tudo, Fabio!
______________

opa.... conta aí que nois quer saber....

OKEY OKEYYYYY

lola aronovich disse...

Pra mascus tipo o Carlo, “analisar a informação e expor uma conclusão” NÃO é julgar a vida alheia. É apenas... analisar e expor uma conclusão sobre por que uma pessoa que ele não conhece (e que decerto não quer conhecê-lo) não se casou com uma outra pessoa que ele também não conhece, num contexto totalmente desconhecido por ele. Mas podemos ter certeza que Carlo, Fábio e Mascu Não Mascu conseguirão encaixar este e qualquer outro exemplo na ótica totalmente científica, infalível e imparcial (afinal, eles não julgam!) de Alita, o eletrodoméstico.

Carlo disse...

Uai, a Isabel usou um exemplo muito mal explicado. Não quer dar mais informações beleza, mas aê não serve como argumento pra nada.

E, que eu saiba, defender um ponto de vista precisa de lógica e argumentos. No mais, nunca disse ser infalível ou que a análise feita será científica, mas com certeza tentarei ser imparcial.

Aproveitando que você está aqui, gostaria de perguntar porque uma dado como 70% das mulheres não se importam com a MARCA do carro é um fato que possa ser usado para derrubar algum tipo de mito.

yulia2 disse...

os caras querem contestar a pesquisa... é mole?

Carlo disse...

yulia2,

não estou contestando a pesquisa e sim as conclusões expostas pela Lola.

Li o post dela e não vi nenhum mito ser derrubado, o mais próximo que chegou foi o que ela comentou de quando ela tinha uma agência de casamento, no caso das mulheres com menos de 35 anos pelo menos.

Lord Anderson disse...

Quando a gente pensa que as coisas tão melhorando...

http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2012/06/sem-beijo-e-sexo-jovens-optam-por-nova-maneira-de-namorar-em-mt.html

Tá eu sei que cada um escolhe como quer levar um relacionamento, mas essa visão de sexo é banal e prejudica a pessoa me incomoda...

e que titulo imbecil, como assim "nova" maneira de namorar?

essa era a maneira dos meus pais e avos, não tem nada de nova.

betto disse...

Luna disse...
Acho engraçado pensar que as mulheres só querem namorar caras com profissão que dê status.

Não estou dizendo que não existam mulheres interesseiras. Elas existem.

Mas o que ocorre na maioria dos casos, é as pessoas se juntarem com parceiros que têm o mesmo padrão de vida. Ou um pouco melhor. Ou um pouco pior.


Não querendo criticar o que disse mas esse é o problema das mulheres em especial das bem colocadas na piramide social. elas querem alguém com status similar ou superior por que senão ela ia estar se desvalorizando . só que uma piramide quando mais pra cima mais afunila.

MCarolina disse...

Legal saber que as coisas estão mudando um pouco. Às vezes esqueço que existem essas pessoas que ficam maquinando quem vai pagar a conta, o que isso significa, contando os encontros para transar etc. Eu sempre tive preguiça disso e acho que esse tipo de gente, se já apareceu na minha vida, desapareceu.
Tem gente que se preocupa tanto com isso mas não entendo o porquê. Praticamente todo mundo namora e casa. Até esses caras estranhos que escrevem aqui. Eu chego a quase morrer de tédio tentando ler o que eles escrevem, e eles dizem que tem namoradas. E eu acredito. Todo mundo tem. Todo mundo. Até gente muito, muito chata e tediosa. E convenhamos, a primeira categoria a ser cortada é gente chata, na escolha de um par.
Lendo esse post lembrei de uma vez, muitos empregos atrás, que pedi para o cara da informática tirar o bloqueio de palavras do computador porque precisava fazer uma pesquisa.Eu perguntei em que tantos sites as pessoas entravam que ele tinha que bloquear, se eram sites pornográficos. Ele respondeu que não, que era site de namoro. Olha aí.

Ci menoni disse...

Lendo alguns comentários aqui, descobri que eu, minha irmä e amigas, somos ETS,afinal gostamos de admirar um corpo masculino bonito,adoramos sexo,gostamos de ver um pornozinho,não somos consideradas feias e pra acabar namoramos POBRE!

fabio disse...

lola aronovich disse...
Fabio, se vc voltou por não achar justo nos privar da sua agradável companhia, eu insisto: É JUSTO SIM! A verdade é que ele não foi embora, apenas passou a postar como anônimo. E agora que eu fechei a opção para anônimos, ele teve que voltar. Mas Fábio, seguinte: em vez de ficar falando de coisas genéricas, tipo mulher não liga pra química num relacionamento, mulher só quer saber de macho protetor, mulher tem baixa libido, mulher nem gosta de homem, gosta do fetiche de ter um homem, e outras asneiras mil que vc fala, me diga: vc já colocou a foto da sua namorada. Eu vi, muita gente viu também. Ela parecia mulher. E aí, ela se insere em todas essas descrições de mulheres que vc fala? Ela só está contigo por vc ser um macho alfa provedor e fetichento? Conta tudo, Fabio!


-------------------------------
na verdade professora, minha lila ( o nome dela e lirian) se apaixonou por mim justamente por eu ser seguro, honrado, e não ficar pedindo desculpas a ela por ser homem, por ter masculinidade, ter testosterona, não por valores socioeconomicos( ela tem o atrevimento de ganhar mais do que eu rsrsrs) mas nem sempre fui assim quando mais novo eu morei com uma moça, e era um relacionamento doentio, ela tinha muito ciumes, e eu era insguro, ficava tentando provar coisas para ela, tetando me justificar de erros que eu nem sei se cometi,logico que não podia dar certo, homens e mulheres são pessoas,cada um tem suas neuras e sua psique, não podemios depositar em outra pessoa nossos sonhos, espectativas, isto e desumano com o outro.
com a lila não, somos dois seres humanos completos,nos amamos sem expectativas,nos respeitamos, so0mos amantes exclusivos pois nos completamos ( masculinista em coração hóóóó) quando eu defendo a reeducação dos homens,e o desapego emocional não digo para não amarem suas companheiras, mas sim para não jogar em cima delas todas as suas espectativas, ter sentimento de posse, as pessoas são de quem elas querem ser, se não tiver amor propio, e impossivel querer ser amado por outra pessoa, pois voce não sera completo, pleno.
-
e tambem tem o fato de eu ficar muito bem pelado kkk, eu digo que as mulheres tem baixa libido em relação aos homens ( graças a deus, senão a população mundial, seria o triplo de hoje ) não que elas não tem libido,o tessão nas mulheres funcionam num tempo diferente do homem, tem que ter todo um ritual, e modestia a parte sou muito bom nisto, alias sou exelente, enquanto estou digitando, minha "gata siamesa" esta saindo do trabalho, quando ela chegar vai encontrar uma cesta de flores e frutas que comprei para ela em cima da cima, comigo nu ao lado, e uma lta de leite condensado aberta sobre a cabeceira kkk, acho que vamos faltar no trabalho amanhã !!!

fabio disse...

o homem honrado deve procurar, aperfeiçoar-se, agregar valor a si propio, e não viver em função de mulheres, criando expectativas sobre outrem que não seja si propio, pois o segredo da vida não e correr atras de borboletas...mas cuidar de seu jardim, para que as borboletas venham ate voce, isto e masculinismo !!!

lola aronovich disse...

Fabio, eu até gosto de vc, já deixei aqui os meus votos pra que vc e sua amada continuem juntos por todo o tempo em que forem felizes, mas torço, do fundo do coração, que vc não assine seus comentários em blogs e fóruns mascus com seu nome e sua foto, como vc faz aqui. É que – vc deve ter percebido – mascus leem este blog e todos os comentários, e eles certamente vão ler e guardar o seu com muita dedicação. Vc já fez aquele teste que eu te falei? De vc falar em espaços mascus as mesmas coisas que fala aqui sobre a Lilia e seu relacionamento com ela? Porque a reação deles seria linda. Vc (e ela, óbvio) seria xingado de tudo quanto é nome antes de ser expulso. E, no entanto, vc diz fazer parte de um “movimento” que tem certeza que a sua namorada é interesseira e cedo ou tarde vai te trair. Um movimento que ridiculariza o amor que vocês têm. Isso não soa nem um pouco estranho pra vc? Enfim, um ótimo dia dos namorados pra vc e pra ela, e boa sorte com a lata de leite condensado.
P.S.: Seu segundo comentário, em que vc só recita as besteiras que decorou, é completamente descartável. Fiquemos na parte do leite condensado.

fabio disse...

o brigado pelos votos professora, eu repondo por mim, e pelo, "meu masculinismo' não pelos outros e seus recalques, boa noite.

fabio disse...

PS, so fico triste que a senhora não tenha gostado do clube da luta, clube da luta e um filmaço, kkk, tyler durdem deve ser o pai de nessanhan alita kkk, brad pitt edward norton deveriam ter ganho os oscars pelas estupendas atuações, assim como a helena bohan carter, mas o oscar e uma porcaria politica, clube da luta ta eternizado na setima arte.
-
"ate que ponto alguem pode conhecer de si mesmo se nunca entrou numa luta" TYLER DURDEN.

B. de Campos disse...

O Fábio pode ser masculinista, mas a namorada não pode ser feminista?...

É isso? o_o

fabio disse...

o que acaba queimando o filme do masculinismo são babacas recalcados, que vem aqui desrespeitar a dona do blog, e suas comentaristas, não e assim que vamos provar que tambem temos direito a voz,e não com babacas sanctus como o eng, emersom,que ficou putinho da vida porque sua ex tava num relacionamento com um negro, ele não representava nada, a não ser sua mente doentia, não e masculinista e racista (este sim e uma ideologia de odio execlavel)so usou o masculinismo para se expressar, expressar sua missoginia, mas extremistas existem em ambos os lados, não devem serem levados a serio.
-

o masculinismo não precisa excluir o feminismo, tanto homens e mulheres tem direito a esporem suas angustias, so não devemos esquecer o humanismo,afinal somos a mesma especie, homens e mulheres.

Fashionisting disse...

E as mulheres feias e ricas? Quem fica com elas? :S

Leiloca Olive disse...

Juro q não é propaganda.
Eu conheci meu marido pelo Par Perfeito. Vinha de um relacionamento doentio e queria conhecer alguém fora do meu circulo de convivencia e longe do ambiente de discoteca e barzinho.
Ele estava divorciado e como todo homem divorciado não consegue ficar muito tempo só.
Foi o segundo cara que conheci pelo site, e foi o último, claro. Qdo o conheci, ele tinha um carro mais antigo que as piramides do Egito (rsrsrsrs), morava com os pais, estava quebrado, fazia bicos pra sobreviver, e tinha largado a faculdade.
Eu, por outro lado, já era formada há anos, tinha um excelente emprego, morava sozinha e meu carro era zero.
Nunca deixei q essas bobagens influenciassem nosso relacionamento, até pq combinávamos demais, tínhamos tanta coisa em comum... e tb pq amor não é medido pela conta bancária ou pelo curriculum profissional ou pela marca do carro.
Hj, oito anos depois, estamos casados, felizes e meu sucesso profissional o incentivou a buscar o dele. Ele voltou a estudar, formou-se primeiro da turma, e já é tão ou até + bem sucedido no trabalho q eu.
Relacionamento é parceria.
O q faz com q muitas pessoas fiquem sozinhas é o fato de procurarem características irrelevantes numa relação.
Vejo pelas minhas amigas, q reclamam de estarem solteiras, mas se preocupam se o cara é ou não "motorizado" ou se mora ou não na zona sul ( aqui no RJ isso influencia ). Infelizmente há pessoas assim.
Mas de que adianta um homem com um carro bonito que não te valoriza? Ou que paga todas as contas e te trata como lixo? Q mora sozinho e faz do apto um abatedouro?
O amor não pode ser medido por bens materiais. O q tem de ser valorizado é a química.

Luci Mendes disse...

Tudo bem, mascus tem sua visão de mundo alfa/beta, onde Alita é um escritor super culto, mulheres são interesseiras, homens honrados. Ok. Não tenho problema com eles vivendo nesse mundinho deles. Já vi que não adianta nada tentar conversar, eles estão aqui para nos doutrinar com essa visão do mundo, nada além disso. Eles querem realmente nos convencer que somos do jeito que eles dizem que somos, que o resto da população masculina é do jeito que eles dizem que são e que enquanto eles podem passar de beta pra alfa sendo bem-sucedidos e encarando mulheres repentinamente dando gargalhadas estranhas, nós só podemos mudar de beta pra alfa sendo mais bonitas, ou seja, nascendo de novo. Querem vencer pelo cansaço.

Já li a doutrina até a exaustão e cansei. Agora vou adotar a técnica do coelho, ir pulando as postagens deles e tentando achar algo de produtivo no meio.

Uma coisa que me incomoda cada vez mais: esse espaço é feminista. Feminista, senhores mascus. Mas em toda postagem eles vem aqui redirecionar o foco. Nas caixas de comentários, eles acabam sendo o foco SEMPRE. Eles conseguem na vida virtual o que pelo visto não conseguem na real, que o mundo fique girando em torno deles. Mas esse espaço é feminista. Devia ter uma troca de idéias em torno de temas feministas, entre feministas. É muito fácil tirar o foco do feminismo, isso acontece o tempo todo. Estamos já pré-condicionadas a aceitar isso.

Por que não deixar os mascus falando sozinhos, já que eles só sabem repetir sempre a mesma ladainha? Por que não apagar as mensagens deles para que este seja finalmente um espaco para feministas?

Censura? SIM! Eles podem ter seu próprio espaço. A net é maravilhosa, maior que coração de mãe, cabe qualquer um. Eles nem precisam criar um novo, podem ir lá encher o saco no Testosterona. Esse espaço é feminista e precisamos MUITO de espaços feministas.

sonetosdobraga disse...

nos selvagens tempos de 1995, quando as conexões eram discadas e a internet funcionava a querosene, se dizia:

DON'T FEED THE TROLLS.

essa caixa de comentários do blog da lola é um banquete. o troll tem espaço, repostas, é levado à sério, pode semear discórdia sem ser banido, poucos posts são deletados...

sonetosdobraga disse...

mudar de assunto:

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL340845-7084,00-O+FEMINISMO+FOI+DERROTADO+DIZ+PROFESSORA+DA+USP.html

e aí? comentários?

Marilia Bergamachio disse...

Eu já tive um perfil no site Par Perfeito, assim como outras amigas e posso dizer uma coisa. Praticamente quase todos os homens que colocam "relacionamento sério" como objetivo de busca de parceira está mentindo.

São homens que na maioria das vezes força o sexo no primeiro encontro e depois de alguns encontros diz que "não tem nada haver, apenas amizade".

Várias mulheres foram vitímas desse tipo de homem que se diz procurando um relacionamento sério e na verdade está apenas procurando uma mulher para alguns encontros.

A mesma reclamação eu ouvi de amigas que fizeram cadastro em site de encontro evangélicos. Muitos homens que estão interessados apenas em sexo fazem cadastro nesse tipo de site de encontro entre evangélicos porque ou porque buscam mulheres como eles dizem "menos rodada" ou porque eles estão a fim de literalmente "violar a santidade" dessas mulheres.

Infelizmente essa é a realidade que eu vi e ouvi de amigas.

Bruna B. disse...

Por que diabos esses mascus presumem que mulher bonita e gostosa (segundo os padrões atuais) é burra, vazia?
Conheço mulheres fa-bu-lo-sas, daquelas que a gente vê em capa de revista, que são inteligentíssimas.
Uma grande amiga minha que já foi modelo, viajando até para a Alemanha e Coréia a trabalho, passou em primeiro lugar em engenharia química na UFRGS. Aliás, ela se formou comigo e era, de longe, a melhor aluna da classe.

Mascus-tacanhos, existem muitas pessoas 'lindas' e inteligentes, mas da redoma da ignorância, onde vocês certamente vivem, não dá pra ver.

Eduardo Marques
"Lola, vc não acha que as mulheres que responderam a essa pesquisa sobre pagar a conta estavam sendo um pouco hipócritas e os homens que responderam sim o fizeram não porque gostem, mas porque estão sendo prudentes?"

Quer um exemplo de hipocrisia?
Fazer uma pergunta dessas é HIPOCRISIA. Presumir que conhece todas as mulheres é hipocrisia. Generalizar é hipocrisia.
Olha, criatura, eu SEMPRE pago minha parte da conta. E mais de 90% das mulheres que conheço fazem o mesmo.

Masculino
"Mas essa combinação não é fácil (seja com mulheres ou homens), e eu jogo com as regras, já que não quero ficar em casa batendo me masturbando."

Qual é o problema em se masturbar? Eu faço sexo com muita frequência (tenho mais do que um parceiro) e me masturbo praticamente TODOS os dias. É delicioso.
Eu hein, vocês são recalcados a dar com pau.

Sara disse...

Bruna B tb conheço bem de perto uma garota como essa q vc falou , a menina é lindissima, só não se tornou modelo pq ela não tem nenhum interesse nessa profissão.
Ela ja se formou em uma das melhores universidades do Brasil, e pra completar o quadro que nada tem a ver com o q esses mascus falam como verdade absoluta, ela namora desde os 15 anos com o mesmo cara, que pelo q pintam esses machistas é o tipo de cara q não teria chance nenhuma com mulher nenhuma.
O cara é pobre ela é classe media alta, é feio de doer sem graça, mas p ela não é assim, a única vantagem q ele tem é q é muito estudioso e esforçado, eles estão juntos ha muitos anos, e é bem provavel q acabem se casando.
É claro que ela sempre tem q ficar defendendo ele das pessoas que simplesmente não se conformam de uma garota espetacular como ela estar com um cara que digamos assim, não consegue nem chegar perto do destaque q essa garota tem.
Até esse cara q namora com ela , por se sentir inferior, uma vez tentou terminar o namoro, eu vi a carta q ele mandou, era de partir o coração, mas ela não titubeou, foi correndo atraz dele na cidade onde ele morava na época.
Quando perguntei a ela, pq fazia isso?? ela me disse que sabia q nunca encontraria alguem como ele, e q não queria perde-lo.
Portanto a vida vive contradizendo as tolices q esses mascus vem dizer por aqui, é triste ver que por mais q eles leiam o q tantas mulheres escrevem sobre seus sentimentos, eles parecem cegos e surdos, e ficam por ai disseminando teorias onde nós mulheres parecemos verdadeiros monstros, indignas de serem amadas.
Fazer o que não é??

Adriana disse...

Graças a Deus essa bobagem de dizer que a mulher "é fácil" porque transa com o cara logo de cara ta caindo por terra. Pelo amor né! Homem pode sentir vontade de transar e transar de fato, mas a mulher não?
Porque se a mulher tem vontade, é uma sem vergonha safada, se ela consuma o ato então... Meu Deus! Não é moça pra casar. Se liga...
Eu ficava com um rapaz pelo qual eu me apaixonei na primeira semana, e depois de uma semana saindo juntos, nós dois transamos.
O infeliz disse que não queria nada sério comigo porque eu fui muito fácil, transei muito rápido, não me dei o valor. OH GOD... PEQUENA MENTE PRIMITIVA!
Hoje, eu namoro o melhor amigo dele, com qual eu também transei na primeira semana. Temos um relacionamento monogâmico muito feliz, livre de qualquer tipo de julgamento, pois o meu namorado não me julgou por quem eu transei no passado.
Isso me mostrou que ele está muito afrente das cabecinhas masculinistas do mundo de hoje.

Eduardo Marques disse...

Bruna, querida, não generalizei. Apenas disse que a pergunta é vista diferentemente por homens e mulheres, fazendo-os ter sentimentos diferentes na hora de responder, afetando o resultado.

Eduardo Marques disse...

Aliás, Bruna, dizer que quem discorda de vc é recalcado (não que eu seja masculinista) é um argumento do mesmo nível de dizer que toda mulher bonita é burra e feminista é lésbica/gorda/feia/frustrada/etc. Eu nunca afirmei nada disso.

Adriana disse...

BRUNA B.

to contigo e não abro!

O que acontece é o seguinte: Cada vez menos as mulheres querem casar e se encher de filhos... e a independencia do mulherio ta assustando os mascus, pois eles estão ficando cada vez mais pra trás, e uma vez que nós, mulheres lindas e poderosas não precisamos mais desse tipo de homem ignorante e machista, não sobra nada pra eles. essa revolta, esse ódio todo que sentem pelas mulheres e fazem questão de manifestar é puro medo. porque agora as mulheres são ameaças, pois nao precisam de UM homem na vida delas.... primeiro porque podem se virar sozinhas, e outra, porque elas podem ter quantos homens quiserem sem medo, sem culpa e sem rótulos!
Foi-se o tempo que uma mulher sem homem é uma mulher sozinha.

Bruna B. disse...

Eduardo Marques

"Aliás, Bruna, dizer que quem discorda de vc é recalcado (não que eu seja masculinista) é um argumento do mesmo nível de dizer que toda mulher bonita é burra e feminista é lésbica/gorda/feia/frustrada/etc. Eu nunca afirmei nada disso."

Eu nunca afirmei que quem discorda de mim é recalcado. Afirmei (para o Masculinista e para os outros mascus) que masturbação não é nada anormal. Comparar masturbação com fracasso é recalque de gente mal resolvida, sim.
Na boa, queridão, leia todo o comentário antes de juntar as pedrinhas.

Ange disse...

Verdade Bruna B, também conheço e namoro com alguma dessas mulheres...
Tirando isso, acho que para um casal dar certo é necessário que cada um aceite o outro do jeito que é, com suas virtudes e defeitos, e não fique tentando mudar os outros.É preciso parar com essa guerra de gêneros dentro de uma relação.

Bruna B. disse...

Eduardo Marques

"Bruna, querida, não generalizei. Apenas disse que a pergunta é vista diferentemente por homens e mulheres, fazendo-os ter sentimentos diferentes na hora de responder, afetando o resultado."

Engraçado como os homens são afetados de uma forma positiva e as mulheres de uma forma negativa, EVER. Segundo a sua análise, as mulheres que responderam eram hipócritas enquanto os homens eram prudentes. Notou uma pequena hipocrisia no julgamento? Não? Jura?
Francamente...

André disse...

Foi para o inferno, finalmente, um dos piores espécimes que a raça humana já produziu: http://diocesedeguarulhos.org.br/site/index.php/nota-oficial-sobre-o-falecimento-de-dom-luiz-gonzaga-bergonzini.

Bruna B. disse...

É como eu disse, e agora vou repetir: Masculinistas são hipócritas e caras de pau até o osso!
Adoram fazer generalizações, julgamentos. Vivem se vitimizando, jogam a culpa de todas as mazelas do mundo em nossas costas e nos atacando, como se nós tivéssemos a obrigação de comprar suas brigas e lutar pelos boçais.
Melhor ainda quando eles não se assumem mascus, é de rir feito hiena.

Não tenho paciência com esse tipo de criatura. Nem um pingo.
Mas juro que me divirto com essa meia dúzia de asnos que vêm até aqui pra choramingar ou teorizar sobre o Nessaham-bolita. Eles são a prova de que o feminismo está incomodando...E nós sabemos que nessa sociedade comandada por bundões ser uma 'pedra no sapato' é ótimo sinal.

cabanadeinverno disse...

"mudar de assunto:

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL340845-7084,00-O+FEMINISMO+FOI+DERROTADO+DIZ+PROFESSORA+DA+USP.html

e aí? comentários?"


Lindo texto. Bem duro, mas bem direto.

F. disse...

"( modo ironico on) pedreiros, lixeiros e etc.. tem mesmo as mesmas mulheres cortejadas que os empresarios"

Na minha família existem vários pedreiros, todos bem casados. Nenhum deles casou com modelo ou rica empresária ou sei lá o quê. Onde e como eles iriam conhecer uma mulher assim?? A gente se relaciona com com que a gente convive, com quem a gente conhece e gosta. Isso não quer dizer que a mulheres com quem eles se relacionam não sejam lindas, inteligentes e vencedoras. Elas são. Não nego que dinheiro atrai, mas atrai gente interesseira e fútil. Inteligência, cabeça aberta e gentileza atrai pessoas muito mais bacanas e não só para namoros, para amizades duradouras também.

Carlo disse...

Bruna B,

puts, o cara propôs uma outra análise possível para a Lola, em formato de pergunta e você disse que fazer aquela pergunta era hipocrisia.

O simples fato de questionar, uma análise bastante parcial IMO, você já considerou uma hipocrisia.

betto disse...

Bruna B. disse...

É como eu disse, e agora vou repetir: Masculinistas são hipócritas e caras de pau até o osso!
Adoram fazer generalizações, julgamentos.


sem querer defender ninguem....mas o que voce acabou de fazer não foi uma generalização ?

Gabriela disse...

Os homens só querem mulheres bonitas... (eu nunca vi mulher feia namorando e sendo feliz, *modo irônico)

Então, pq não podemos querer homens ricos?
Mulheres não podem querer nada?

Em que mundo vcs vivem mesmo??

Gabriela disse...

Eu acho que só gente louca vem com esse discurso de alfa e beta, pq sei lá, quero crer que a maioria das pessoas pensam como gente coerente. =)

Grão da Noite disse...

Talvez a pesquisa tenha trazido resultados mais animadores por ter sido feita pela internet. Por incrível que possa parecer, muita gente ainda não acessa a internet ou não a acessa pra certas coisas, como, por exemplo, preencher um formulário virtual num site de relacionamentos. Se tivesse sido uma pesquisa de campo, é possível que os resultados obtidos fossem mais conservadores. Pode ser que as pessoas que frequentem sites de relacionamentos tenham a cabeça mais arejada do que aquelas que não os frequentam. Enfim, a metologia da pesquisa talvez tenha restringido demais a vida real.

Ludwig Beilschmidt disse...

Lola é a primeira vez que comento aqui,minha namorada me mostrou o seu blog e a gente sempre divide leituras então fiquei curioso e dei uma lida em vários posts...Desculpem meninas,mas nem eu que sou homem sabia da existência de caras tão imbecis e retrógados iguais esses que postam aqui "alfa" "beta" "meter a real" HAORHAROAJRKAK eu fiquei rindo durante uma hora de ler essas tralhas que esses caras postam aqui.
Detesto gente vitimista e cretina,não sei que mundo é esse onde mulher é tudo louca interesseira e homem hiper libidinoso e predador.Sério eu acho que esses caras vivem em uma bolha a parte de tudo ou são meio desequilibrados mentalmente.

yulia2 disse...

p cabana de inverno...

eu li, ela ARREBENTOU na análise!

putz.... principalmente aqui...

“O feminismo só seria possível em uma outra sociedade, regida por valores humanos e não mercadológicos”,

e aqui....

-'' Em que área a senhora acha que a discrepância entre homens e mulheres é mais evidente?
Maria Elisa - Nas relações amorosas. As mulheres ainda ficam esperando os homens ligarem no dia seguinte. O livro “Cartas a Legba” fala de uma mulher que fez parte do movimento feminista e agora tem mais de 60 anos. Em suas cartas é possível perceber que ela tomava para si a iniciativa da conquista, era uma sedutora explícita. E veja só, até hoje isso é considerado escandaloso. Os homens ainda têm medo de embarcar no assédio feminino.''

E é isso mesmo!
a passividade é uma EXIGENCIA!

yulia2 disse...

O Ludwig, não tem como vc saber da existencia deles sabe porque??? Porque eles levam uma vida dupla... para a geral, é aquela capa padrão...fingem até para a namorada.
No virtual, eles soltam o verbo...
duvido que se a namorada de uns e outros aí, soubessem que ele tem esses pensamentos , continuaria com um cara desse, mas nem a pau!

Ludwig Beilschmidt disse...

Sim Yulia,acho que é aquilo que a Lola comenta aqui no blog que eles não podem "meter a real" na vida e ficam vivendo em uma bolha na internet.
Sério eu não consigo parar de rir,a minha namorada chegou agora do treino e eu comentei que li o blog da Lola e começamos a rir juntos.
Tinham uns trolls aqui que eu não lembro direito o nome que ficavam falando "Estou nervoso e meto a real" ou "Somos muitos e somentes deus pode nos julgar" mas teve uma pérola em um dos posts que um desses trolls disse que homens eram mais fortes e mulheres mais fracas,então era desígnio de deus que o estupro existisse.
KJAORKAORKAOAKOA is this real life?

Eduardo Marques disse...

"Engraçado como os homens são afetados de uma forma positiva e as mulheres de uma forma negativa"

Nesse caso, sim, pois a pergunta se referia a um comportamento malicioso cometido por mulheres, querer que ele pague a conta sempre. Essa pergunta só pode ser embaraçosa para elas, que tentam se esquivar. Entende, agora?

Eduardo Marques disse...

Entenda, Bruna, nem estou afirmando que homens e mulheres se comportam de maneira "naturalmente" diferente, não disse que mulheres são sempre hipócritas e homens, prudentes. Só estou dizendo, que, na conjuntura social atual, eles fazem isso. Por isso, a reação diferente de cada um à mesma pergunta.

yulia2 disse...

não quis dizer que mulher é hipócrita e nem que homem é prundente.... eu só quis dizer que na conjuntura atual.... em outras palavras que... homem é prudente e mulher é hipócrita...

ai ai
ta loco!

Bruna B. disse...

yulia2


Thanks, me poupou o trabalho de escrever o mesmo.
O cara só pode estar de deboche.

Carol M disse...

Só eu tenho dificuldade de levar a sério um sujeito que se descreve como "homem honrado"?

Eduardo Marques disse...

Yulia e Bruna, vcs é que estão de deboche. Não tenho tempo nem paciência para ser um troll aqui, a concorrência é grande. Eu disse que PARA ESSA PERGUNTA, devido à formação da sociedade atual, homens e mulheres têm visões diferentes. Em outra pergunta, talvez, homens possam dar respostas hipócritas e mulheres podem dar respostas prudentes.

Dária disse...

Ah, tirando a parte do pagar a conta, os demais resultados foram bem animadores heheh
Adorei o "neanderthais demais para um relacionamento". Vou adotar esta frase pro resto da vida hahah
De qualquer forma, 13% dos homens responder que a mulher que transa é atirada é um número menor do que eu tava esperando, dado alguns discursos que se escuta por aí... então sim, bastante animador! rs

yulia2 disse...

Só eu tenho dificuldade de levar a sério um sujeito que se descreve como "homem honrado"?
[x+2]

deixa a namorada dele saber que ele é honrado... HUA HUA

yulia2 disse...

Eu disse que PARA ESSA PERGUNTA, devido à formação da sociedade atual, homens e mulheres têm visões diferentes.
_______________
então vc claramente colocando a pesquisa em dúvida.
Pra vc a mulher MENTIU quando disse que pagava na boa a conta.
Não tente advinhar o que se passa na cabeça das pessoas.... PÉSSIMO NEGÓCIO.

Ludwig Beilschmidt disse...

"The reason why there are so many ugly ones walking on these things is that the good looking ones get snapped up by the rapists at the very beginning of the walk."

Isso é um comentário do site masculinista americano " A voice for men"

Esses caras são uns lixos doentes,deveriam ser enquadrados num grupo de ódio que é o que eles são.

carolinapaiva disse...

Yulia

Podemos dizer que, do mesmo modo, homens foram hipócritas ao não assumirem que não gostam de mulheres que transam no primeiro encontro (afinal, só 13%? Acho difícil, ainda mais na nossa sociedade).
Se o número for certo mesmo, que bom, né? Mas não sou tão otimista assim. eles podem ter falado o contrário para "posar bem na fita".

Cris disse...

Não, Carol M, não é só vc...rsrs...eu me acabo de rir quando leio esse tal de 'homem honrado'... pelamor, é tosco demais. Afinal, mascus, o que seria um homem honrado?

yulia2 disse...

faz sentido carolina... mas acho que isso não interessa nem um pouco ao prezado eduardo marques.

yulia2 disse...

Afinal, mascus, o que seria um homem honrado?
__________
não pergunte isso pelo amor de deus...!!!!
daqui a pouco vai vir a nessahete
despejar um caminhão de bobagens.

Gabi disse...

Masculino, nao masculinista

Nao sei se vc ainda está lendo... Nao sei o que é discurso feminista de segunda onda, nem sei se é possível ou impossível impedir as pessoas de terem uma vida de plástico (como vc diz) especialmente se é isso que elas querem cultuar e, sinceramente, nao sou a palmatória do mundo. Cada um escolhe seu caminho. Eu, por exemplo, prefiro nao fomentar esse tipo de comportamento e evito conviver (na intimidade, pelo menos) com quem pensa assim. Agora, se esse é um modelo de vida que vc acha que vale o investimento, vai fundo. Cada um sabe onde o calo aperta.

Cris disse...

Yulia, tem razão, já me arrependi de ter perguntado. Mas qualquer coisa que seja, é um termo antiquado demais, não tem como não rir.

Eduardo Marques disse...

Yulia, eu quis dizer exatamente isso que a Carolina fez o favor de explicar. Eu mesmo disse que homens podem responder de maneira hipócrita em outras perguntas, como essa que a Carolina citou, então, isso me interessa, sim. Aliás, não é minha intenção ter certeza do que se passa na cabeça das pessoas, mas analisar seus possíveis interesses é fundamental para interpretar uma declaração de opinião.

Aprenda a ler, antes de atacar.

carolinapaiva disse...

Eduardo

O problema das pesquisas de opinião é que não dá para separar as respostas de um contexto.
Cada um responde o que acha mais certo (ou adequado). Além de responderem o que gostariam que os outros vissem em si.
Homens que responderam que pagariam tudo no primeiro encontro podem realmente achar que essa é a conduta certa, pois ainda são ensinados assim. E as mulheres também.
Claro que tem mulher que quer que o homem pague tudo sempre, e homem que paga tudo para depois jogar isso na cara da mulher. A questão é que essa é uma análise subjetiva demais.
No geral, as pessoas tem esses pensamentos em relação a contas porque é assim que foram ensinadas.
Já cansei de ouvir da minha vó que é deselegante pagar a conta se o homem se oferece para pagar, e que se o homem não quiser pagar, é porque me acha vadia. E esse é um pensamento muito comum ainda, essa ideia de que mulher deve se "valorizar".
É um pensamento machista e antiquado, mas vivemos em uma sociedade machista, né?
É por isso que não confio muito em pesquisas de opinião: já que o machismo é cada vez mais criticado, alguns machistas não se assumem como tal e fingem terem opiniões mais equilibradas das coisas, porque querem que os outros os vejam assim.
Apesar disso, acho que a mudança vem aos poucos, e muitos pensamentos machistas serão vistos como ultrapassados de vez.

Bruna B. disse...

Masculino

Aham, tá bom.

lola aronovich disse...

Eduardo, seus comentários nunca fizeram falta neste blog. Se continuar usando termos típicos de mansplainers, coisas arrogantes como “entende?”, “entendeu?”, “aprenda a ler” etc, seus comentários serão deletados.


Mascu Ñ Mascu, não tenho nenhum interesse em saber se vc fez sexo ou se masturbou. Aliás, num espaço infestado pelos seus coleguinhas mascutrolls, esse seu excesso de informação compartilhada causa até nojinho.

Bruna B. disse...

Sim, eu toquei no assunto da masturbação e repito: masturbar-se não é fracasso nenhum (como vocês, mascus, costumam pregar por aí).
Não jogue a culpa pra cima das feministas, nós sempre defendemos que cada pessoa tenha o direito de se relacionar com várias ou nenhuma pessoa. Quem sempre veio aqui reclamar do 'deserto sexual' e da 'friendzone' foram os seguidores do Nessaham-bolita.

E para de choramingar, a Lola está sendo gentil demais por deixar um mascu comentar em seu blog... não abuse da paciência.

carolinapaiva disse...

Ponto para reflexão: por que, ao discordar de uma mulher, o homem aponta que a mulher foi "puramente emocional"? O mesmo raramente é dito a homens em discussões.
Não será essa uma daquelas distinções sexistas do tipo: mulheres = emoção e homens = razão?
Será por isso também que mulheres são chamadas de histéricas e "de tpm" quando discordam de algo; enquanto para os homens isso é visto como "opinião forte"?

André disse...

carolinapaiva,
Esse imbróglio (Yulia, Bruna B, Eduardo Marques e Lola) talvez responda, em parte, a sua pergunta.

carolinapaiva disse...

André

Não vejo isso só aqui, mas em toda discussão onde uma mulher entra. Se ela discorda de algo, pronto: é histérica, tá fazendo escândalo, tá de drama, mandar lavar louça/fazer sanduíche, etc.
É sempre o mesmo padrão, não importa o modo como a mulher discorda, mas sim que é uma mulher discordando.
No orkut tive fake masculino, e sempre dei minha opinião do mesmo modo. Curiosamente, era mais levada a sério quando estava no fake masculino. Várias comentaristas disseram que o mesmo ocorre com elas.
Frases como "make me a sandwish" viraram até meme á la 9gag.

carolinapaiva disse...

Masculino, não Masculinista

A questão é: será que você pensaria na palavra "emocional" tão facilmente se estivesse criticando um homem?
Acho difícil.

lola aronovich disse...

Mascu Ñ Mascu, seu último comentário até passaria se vc não tivesse incluído a mensagem a mim, dizendo que vc desconstruiu meu feminismo simplista. Sério mesmo que vc quer liberdade pra vir aqui ensinar feminismo a feministas? Sério mesmo que por escrever um monte de bobagem em vários comentários vc acha que desconstruiu alguma coisa? Adeus. Todos seus comentários serão deletados daqui pra frente. Estou sem paciência alguma pra mascutrolls.

Aproveito pra dizer que não tenho a menor obrigação de explicar por que deleto comentários. O comentário da Luci mexeu comigo. Ela tem toda razão: este espaço, um blog feminista, vem sendo demasiadamente invadido por gente que é contra o feminismo.
Vcs não acham que o número de mascutrolls diminuiu um pouco desde ontem à tarde, quando eu desabilitei a opção de anônimos comentarem?

carolinapaiva disse...

Masculino, não Masculinista

Questionei porque não vi fundamentação da sua parte no comentário deletado, no qual você critica a Lola somente chamando sua reação de puramente emocional, como se fosse algo auto-explicativo. Não é.

E fiz um ponto de reflexão com base nessa facilidade de apontar comportamento femininos como emocionais e ponto. A sua postura defensiva é, portanto, desnecessária. Não precisa usar expressões como "dar-se ao trabalho" e "pode achar o que quiser". Eu levo tudo o que me dizem em consideração, desde que sejam bem fundamentados.

O Homem Cinza disse...

carolinapaiva

O último comentário do "Masculino, Não Masculinista" foi deletado, então estou reproduzindo aqui uma parte do que ele disse, e que acho bem importante pra mostrar com a discussão aqui não possui apenas dois lados.

Você o questionou se ele também usaria a plaavra "emocional" para criticar um homeme, e ele colou um trecho de um comentário anterior para mostrar que sim, e que já tinah feito isso aqui mesmo (12 de junho, 18:53):

não sou masculinista e não tenho nenhuma relação com esses caras (acredite você ou não), então não vou responder por eles. Digo apenas que, creio eu, muitos são homens profundamente inseguros, que se apegam às ideias de Nessahan Alita como desculpa para justificar suas derrotas, ao invés de utilizá-las como um incentivo para sair da fossa e vencer (essa é a minha postura). Eles precisam mais de sessões de terapia, pra aprender a desenvolver autoconfiança e maturidade emocional, do que grupinhos de internet que só servem pra aumentar um ódio infantil pelas mulheres."


Lola, peço que não apague este meu comentário, porque seria bem pouco razoável impedir uma pessoa de se defender no meio de uma discussão quando ela está utilizando evidências claras para responder a uma acusação de machismo.

carolinapaiva disse...

O Homem de Cinza

"acusação de machismo"?
Interessante, questionar a fundamentação dos outros agora tem outro nome?
Abrir um ponto de reflexão também?
Interessante.

O Homem Cinza disse...

carolinapaiva

Até onde pude entender, ele estava tão-somente se defendendo do seu questionamento com pré-conceitos: "você pensaria no termo 'emocional' caso estivesse criticando um homem? acho difícil"

A defesa me pareceu ser exclusivamente focada nisso, e não na sua intenção (bastante válida) de apontar o quão recorrente é o uso das palavras "emocional" e "feminino" como se fossem sinônimos. Como a defesa foi feita, você agora parece querer continuar atacando de qualquer forma possível, sendo que quem lhe deve uma resposta são homens que realmente enxergam essas duas palavras acima como sinônimos, e não alguém que já provou não ter esta visão, como você mesma apontou, sexista.

carolinapaiva disse...

O Homem de Cinza

Como ele não fundamentou sua crítica a Lola, somente apontando o lado emocional dela, meu questionamento foi válido.
Disse o "acho difícil" justamente por isso. Ele não fundamentou, apenas apontou que ela estava sendo emocional.
Agora, se você confunde isso com acusações, lamento. Estou aqui para comentar e questionar o que acho incoerente ou não fundamentado.
Pode perceber também que, após o último comentário dele, eu não "ataquei", mas sim expliquei o porquê do meu questionamento anterior.
Logo, a sua observação de que "eu quero continuar a atacar" não faz sentido, se comparada ao meu último comentário a ele. A não se que vocês esteja confundindo questionar com atacar.
Por hoje é só.

Roxy Carmichael disse...

se existe alguma real
foi a luci mendes que jogou!
está certíssima! eu acho super razoável criticar feminismo. no entanto, de uns tempos pra cá, boa parte dos comentários dessa caixa de comentários é dedicada a falar sobre o masculinismo!e se falar sobre masculinismo fosse relevante para o feminismo, tudo bem. mas não vejo relevância. claro que o tema aparece em algumas circunstancias, como por exemplo no caso das providencias que a policia toma (ou poderia tomar) com respeito aos blogs de ódio, ou ainda sobre como a mídia faz questão de ignorar a misoginia de certos atos. porque no geral, é só um grupinho reduzido que tumultua todo o debate, tirando o foco desse blog que é o feminismo, com argumentos que nem meu primo de 12 anos usaria, por achar infantis demais. e se eu mesma me arrependo de ter respondido ao mascu não mascu! sucumbi não porque o argumento dele era instigante, mas talvez pela simples vaidade de desconstruir com a maior facilidade do mundo o argumento abestalhado dele.

O Homem Cinza disse...

carolinapaiva

Infelizmente o usuário não pode mais responder por si só neste site, então fica algo um pouco complicado pra se pedir isso.

Se você quer a minha opinião a respeito, pelo que eu li, ele fez sim uma crítica sem mais fundamentações, podendo ou não ter desenvolvido-as conforme seu pedido, caso não tivesse sido banido do blog.

Vou "tomar as dores" dele e fazer a argumentação, se você não se incomodar: o termo "puramente emocional" que ele utilizou referiu-se ao fato de a Lola ter advertido-o depois de um comentário em que ele afirmava ter se masturbado HOJE, como um ato saudável. Ele fez esse comentário após outra usuária (Bruna B.) ter afirmado que se masturbava TODOS OS DIAS, e que além de saudável era "delicioso" (infelizmente não posso comentar se concordo ou não com este termo em aspas, porque posso ser advertido também, já que eu sou homem). Curiosamente, SÓ ELE foi advertido, não ELA. E mais: ele foi advertido tão-somente por estar fazendo, segundo as palavras da Lola, um comentário que gerou "nojinho". Portanto, acredito profundamente que, mesmo sem fundamentações explícitas, o uso do termo "puramente emocional" (que também poderia vir antecipado do termo "julgamento parcial") foi totalmente adequado.

Eduardo Marques disse...

Lola, entendo sua defensividade, este site é o mais trollado que eu conheço. Nem sabia o que era esse "mansplain" e vi que eu posso ter falado de uma maneira que pudesse parecer "dominadora". Peço desculpas, mas nesse caso a Yulia realmente me interpretou mal.

fabio disse...

yulia2 disse...
O Ludwig, não tem como vc saber da existencia deles sabe porque??? Porque eles levam uma vida dupla... para a geral, é aquela capa padrão...fingem até para a namorada.
No virtual, eles soltam o verbo...
duvido que se a namorada de uns e outros aí, soubessem que ele tem esses pensamentos , continuaria com um cara desse, mas nem a pau!
-----------------------------
yullia amoreco, se tem uma coisa que a vida me ensinou, foi a não usar mascaras, pois um dia toda mascara cai, sou o que sou, e uma mulher maravilhosa me ama pelo que sou, fato !!!

Drica Leal disse...

O comentario da Luci Mendes deveria ser lido por tod@s os participantes assídu@s do blog. Sei que para a Lola arranjar tempo para filtrar comentários é difícil, ela é ocupadíssima e o blog toma dimensões cada vez maiores (u-hu!)

Mas acho que temos deixado mesmo que certos questionamentos rasos e rasteiros dos mascus e afins dominem as caixas de comentários em todas as discussões. Perdemos um tempo enorme tentando argumentar as mesmas coisas com eles sempre em todos os posts, e acaba que a discussão da postagem vai para o espaço enquanto ficamos aqui respondendo os mesmos questionamentos vazios e sem embasamento deles, que sempre fazem mil e uma voltas e ignoram tudo o que dizemos para levantarem ainda mais questionamentos e acusações sem noção.

Estamos num blog feminista, a maioria dos posts é voltada para discutir questões relevantes sobre a mulher na sociedade e acabamos sempre tendo que nos explicar, justificar e discutir pela milésima vez "por que quando acontece com o homem vocês fazem isso ou não fazem aquilo" ou " se a mulher ou o cara tivesse feito tal coisa blá, blá blá" ou ainda "o feminismo e as feministas deveriam discutir ou entender isso ou aquilo, vocês são injustas, mimimi".

Já disse em outro post que nós não temos obrigação de ficar pedindo desculpas aos mascus (e aos homens em geral, na verdade) por querermos focar nossas discussões no ponto de vista da mulher, nas situações de mulheres, já que fazemos isso sem apregoar misandria, subjugação do homem ou seja lá o que esses mascus nos acusem. E por mais que fiquemos aqui tentando explicar ou justificar qualquer coisa, eles não querem saber: pra eles o feminismo é um erro, qualquer discussão que foque na condição da mulher sempre será injusta com o homem e ponto final!

Então, Lola, o que sugiro é na medida do possível que toda vez que mascus ou afins apareçam querendo desviar a discussão exclusivamente para o ponto de vista deles os comentários sejam sumariamente apagados. Criticar ou discordar do que é postado no blog tudo bem, mas querer a qualquer custo fazer prevalecer um ponto de vista contrário à proposta do Blog eu já acho demais.

Quem sabe alguém aí faça um blog para debates entre feministas e masculinistas? Mas esse blog aqui, prefiro que seja sobre feminismo e pronto.

fabio disse...

Cris disse...
Não, Carol M, não é só vc...rsrs...eu me acabo de rir quando leio esse tal de 'homem honrado'... pelamor, é tosco demais. Afinal, mascus, o que seria um homem honrado?
---------------------------------
qual o problema de voces com a honra de um homem ou mulher ? e o que as atrai tanto na desonra ? o homem desonrado e sem moral, e pior que um homem morto, os homens passam , mas o que fazemos em vida ficará para eternidade, o hiomem honrado e o que cumpre com suas obrigações, sem perder sua alma, sem conrromper-se, mesmo num mundo que lhe oferece inumeras chances de perdição, fico triste quando vejo um homem honrado achar uma quantia que não lhe pertence, devolver, e ser tachado de trouxa,a pessoa ter valores não e desmerecer os valores do proximo, pelo contrario, e ter empatia pelo proximo, cuidar dos seus,o homem que honra a si mesmo, e capaz de ver as virtudes em outro homem, o desonrado apenas ve perdição no proximo !!!

Drica Leal disse...

Comentários como esses que o Fabio vem fazendo, por exemplo, levam a discussão para onde? Ele entra numa espiral sem fim de questionamentos com alguma participante que se proponha a responder e não chega a lugar nenhum. No final, a caixa de comentários o invés de ser de opiniões (favoráveis ou contrárias) sobre o tema do post viram discussões pra lá de Marrakech com perguntas cretinas do tipo "O que é mulher bonita pra vc? E homem rico?". Aí aja a participante se explicar mil e uma vezes em coisas que já fugiram totalmente da ideia inicial do post ou que já foram exaustivamente debatidas em outros posts.

Algumas discussões entre participantes, quando fujam muito do tema proposto, deveriam mesmo ir para os e-mails, facebooks e afins dos interessados e deixar o blog mais livre de tantos questionamentos sem noção e tantas respostas de quem ainda se proponha a respondê-los.

fabio disse...

Drica Leal disse...
-----------------------------------
moça...eu so respondi uma pergunta, não fui desrespeitoso, e a dona do blog pode e deve pautar o mesmo como ela quiser, não e minha intenção tentar desqualificar nada aqui,nem o tema de discussão de voces, que se for bem embasado, eu nem teria como, como eu disse...so respondi uma pergunta.

Diva disse...

Esse espaço é feminista e precisamos MUITO de espaços feministas.

Perfeito.

carolinapaiva disse...

O Homem Cinza

Sua explicação faz sentido, e ele teria razão SE a Lola não tivesse chamado a atenção dele por outras coisas anteriormente. Ocorre que não era a primeira vez que a Lola falava com ele e ela tem todo o direito de não querer possíveis trolls aqui.
Este blog recebe muitas visitas de trolls e é difícil manter o nível das postagens.
Além do mais, a Lola controla o blog sozinha e este é o espaço dela. É muito chato que em todo post venha gente querendo mudar o assunto para ensinar mulheres a serem feministas, ou "desmascarar" o feminismo, ou tirar todo mundo pra ignorante e querer dar lições sobre livros masculinistas (mesmo que não se declare masculinista).
É espaço dela, ela já tinha chamado a atenção dele e a Lola já foi paciente demais com quem vem aqui só para desvirtuar tudo.

Maria Valéria disse...

Só hoje consegui vir aqui revoltadíssima e dando muita risada de uns comentários que li aí em cima( nem lembro quem escreveu):" pra mulher, química nao importa"
" mulher tem menos libido que homem"
" pra mulher, a química acontece, mas em grau menor que homem, e tem todo um ritual de conquista antes..."

Hahahahah!!!!
Desculpa aí, gente, mas só consigo rir sem parar

Ahh se certos homens soubessem.....

Se eu for basear uma estória ( um rolo/ caso) que tive e que durou muuuuuuuitttoooo tempo, das duas uma:
- ou as afirmativas acima estão erradas
-- ou as afirmativas estão certas, eu sou homem e nao sabia, descobri hoje....

Kkkkkkkk

Rindo muito aqui.enquanto alguns homens pensarem assim, perderão excelentes oportunidades de viver uma coisa boa....

:ppppp

Fui!!!!

yulia2 disse...

fabio, vc não frequenta somente esse blog....
deve frequentar um monte de blog mascus doentis... mas deixa pra lá.

Anônimo disse...

Com o tempo os homens começaram a ser mais pao duros, nao sao do tipo
"Deixa eu pagar a conta"
E sim, eles: amor, vamos o cinema?
Ela: amor, estou sem dinheiro.. Desculpa
Ele: sim quando tiver vamos sem problema,
(haa vai dormir, faz favor cara... No começo se achava o cara..pagava tudo para impressionar...
Mais convidar a namorada e nao ter a decência de pagar o cinema, isso é uma puta de uma sacanagem... Homens param de ser ruins, voces devem levar suas namoradas jantar fora, ir ao cinema, fazer coisas fofas e românticas... Valorize sua mulher, seja cavalheiro