domingo, 13 de maio de 2012

VOCÊS ESTÃO CORDIALMENTE CONVIDAD@S

Querid@s, venho aqui fazer algumas propostas indecentes. Uns convites. Domingo que vem eu falo mais. Por enquanto é só um aperitivo.
Segunda que vem que vem, dia 21 de maio, a partir das 18:30, estarei passando frio (não tenho mais roupa de inverno) aí em SP, mais especificamente na Livraria da Vila, em Pinheiros, para lançar meu livro de crônicas de cinema. Por favor, pessoal de SP, como não quero entrar pra história como a autora da noite de autógrafos mais deserta de que se tem notícia, apareçam lá. Ainda não sei quanto vai custar o livro ou como faz pro povo que não é de SP comprar o livro. Ainda nem peguei o livro com as mãos, publicado pela editora da USP. Mas sei que escrevi vários textos inéditos e que o projeto gráfico ficou ótimo. (Tem uma página no Facebook sobre o lançamento).
Este não é meu primeiro livro. Na realidade, é o meu segundo, porque quando eu tinha 19 anos eu publiquei um livro de poesias, Preencher os Silêncios. E eu lembro bem da noite de autógrafos (não tenho mais fotos do livro, mas tenho da noite de autógrafos. Essa sou eu com 19 anos. Falando com meu querido amigo Betinho). Um monte de amig@s compareceram, e a noite foi loooonga, porque eu cismei de escrever as dedicatórias mais compridas na história da humanidade. Felizmente, agora não sei mais escrever (à mão!), então espero que as dedicatórias sejam mais curtinhas.
Vou querer fazer uma noite de autógrafos em Fortaleza também, mas ainda não sei quando nem onde. Talvez em junho, próximo ao meu aniversário? Eu aviso.
No dia seguinte, 22 de maio, às 11 horas, haverá um grande evento organizado pelo Centro Acadêmico XI de Agosto (Direito da USP), Combate à Violência de Gênero: Avanços e Conquistas, e vai contar com a minha presença e a de outras feministas, como a de representantes das Católicas pelo Direito de Decidir, da SOF (Sempreviva Organização Feminista), do Coletivo Feminista Dandara, e... da Letícia, do Cem Homens! Finalmente vou conhecer a Letícia pessoalmente! Pessoas, não faltem, que acho que vai ser muito, muito bacana! E estou muito honrada por essa oportunidade.
Dia 28/5 estarei na Unicamp. Vou inclusive precisar da ajuda de vocês. Durante a semana eu explico melhor. Gente de Campinas, aqueça os tamborins!
E esta quarta agora, dia 16, das 14 às 17 horas, convido a galera de Fortaleza a comparecer a um evento de literatura americana contemporânea que nós da UFC estamos organizando (clique para ampliar). Teremos a presença de quatro escritor@s que andam fazendo sucesso nos EUA: Alan Heathcock, Cornelius Eady, Mary Ruefle, e Alison Deming. Eu estarei lá como mediadora. Inscrevam-se: é grátis.
Bom, gente, é isso. Numa das últimas vezes que estive em SP num evento aberto, alguns de vocês reclamaram que o campus da USP era longe, que era horário de trabalho e tal. Agora não tem desculpa! Ou vocês vão a Pinheiros à noite, ou ao centro de manhã, ou aos dois (aos dois! Aos dois!). Venham, me abracem, se apresentem, tirem fotos, tragam chocolates, essas coisas que vocês costumam fazer tão bem. Vejo vocês lá.

78 comentários:

Michelle disse...

Quando vem à Salvador Lola? Adoraria vê-la na FFCH aqui da UFBA! Bjs!

LisAnaHD disse...

Você é simplesmente tremenda, LoLa Aronovich. Tremenda, simplesmente. Meus cumprimentos com admiração.

Anônimo disse...

Eu com certeza iria ao seu evento. Pena que sou de muito longe, do Amapá. Sucesso!

Abraços

LisAnaHD disse...

e seu livro vai ser vendido pela Amazon? vc vai autorizar pra baixar no Kindle?

Letícia Alves disse...

Parabéns por esse projeto finalizado e que venham outros.

Beijos!

Anônimo disse...

Ai, que saco que é morar na roça e não poder ver essas coisas legais.

Lord Anderson disse...

Parabens LOla :)

Muito sucesso no lançamento.

Josiane Caetano disse...

Parabéns pelo seu trabalho aqui e pelo seu livro!!

Gabriele Albuquerque Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriele Albuquerque Silva disse...

Droga, também sou da roça... Na verdade não tão roça, Passo Fundo tem o titulo de Capital Nacional de Literatura, onde teoricamente deveriam acontecer mais coisas legais desse tipo mas não acontecem (e a biblioteca pública é deprimente)... Mas enfim...

Fiquei muito animada com o livro, com certeza quero um pra minha estante!! :) Parabéns Lola, sucesso!

Carla disse...

vem pro rio de novo, Lola !!

Tati disse...

Parabéns Lola! Falta fazer, o lançamento aqui no Rio de Janeiro.
Abraços e sucesso!

Augusto disse...

Eu também quero Lola.
Você vender-lo-á pela internet?

Beatriz disse...

Acho q te vejo em SP então, farei de td para ir

Mylena M. disse...

Pooooxa, como eu queria ir *-*
mas São Paulo é muuuuuuito longe da minha cidade... não tenho dinheiro suficiente pra bancar a viagem :/

charoles disse...

Eba!

Estarei nos dois eventos com certeza!

Sara disse...

Esse final de mes de Maio pelo jeito vai ser inesquecível Lola, vou tentar de todo jeito ir te ver nos dois eventos, e dia 26/05/12 tem tb a MARCHA DAS VADIAS aqui em S.Paulo na Paulista Pça do Ciclista as 13hs.

Jamille Daher disse...

Vou tentar ir na livraria te ver. É relativamente perto da minha casa. Peninha não poder ir no encontro feminista... o horário não permite, estarei no trabalho.



Beijos!

Luciana disse...

Parabéns Lolinha! Muito sucesso =]
Espero que a sessão de autógrafos seja confirmada em Fortaleza (*torcendo*). Estarei lá com toda certeza.
Bjs!

Anônimo disse...

ah, que invejinha... queria ir.

Camila Fernandes disse...

Ai, Lola, não acredito, na semana seguinte eu vou estar em Sampa! Que falta de sorte a minha!

Fica aqui meus parabéns a você, e o desejo te muito sucesso, que você merece!

Anônimo disse...

Irei em um dos dois com toda certeza!!!
Prefere chocolate branco ou preto?

Bjoos

Ana

Camila Fernandes disse...

Aliás, eu vou me adiantar e te convidar para vir a Minas, também. Inclui a UFMG no seu caminho, Lola!

Lucia Latorre disse...

eita, que eu vou poder ir nos dois eventos.
até já arrumei babá pra ficar com meu guri .
conhecer a Lola ... nem acredito

Ana Amorim disse...

Por que eu moro tão longe? :/

salsicha disse...

Lolitcha, me apeteceria bastante ter esse livro! Como faz para que ele chegue aqui em BH?

Also, não deixe de divulgar se um dia vier fazer um visita aqui na FaLe - Fac. de Letras da UFMG, da qual sou estudante :D

Abraços!

Anônimo disse...

Ahhh, queria muito ir!
Devia fazer uma sessão nostalgia e vi para a UFSC. rs
Parabéns Lola.

Bruno S disse...

Vê com a editora se não tem como lançar o livro em ebook também?

Acho que teria um bom número de compradores entre os leitores.

Anônimo disse...

Quando vier para o PR eu vou lá pegar um autógrafo! Parabenizar! Mas o Sucesso reafirmo desde já.

Flores pra ti Lola.

Ass: Amelia

Amana disse...

Que bela!!!
Muito sucesso pra você, viu? Assim que souber como podemos comprar, avise!
Ansiosa por revê-la ainda este ano... :)

Anônimo disse...

Lolinha, parabéns, muito sucesso!


Lola, encontrei um blog muito maneiro e passeando por ele, descubro que a autora tambem gosta de vc e menciona seus textos.

Deixo o link:


http://uterovazio.blogspot.com.br/2011/09/reflexoes-sobre-nao-legalizacao-do.html


Lana

LisAnaHD disse...

Sara disse...
13 de maio de 2012 20:11

Sara, vc era a Denise do avatar loiro, do tempo da Dayane ok. aqui no blog? Vocês duas sumiram ao mesmo tempo... senti sua falta... bem se não for a que estou pensando, me desculpe chegar assim então.

Anônimo disse...

Gostei da sugestão do e-book.
Qdo nós do PR poderemos comprar em livrarias?

Lana

Ana Rossato disse...

Lola, pergunta séria: será que consigo entrar no evento da USP com um bebê de 5 meses à tira colo?! Juro que ele não chora... rs. Mas seria a única forma de participar desse evento incrível!

Sara disse...

Lisana HD sou a mesma só mudei o nick pq algum troll clonou a minha foto e ficou publicando umas besteiras aqui no blog, não fizeram isso só comigo, outras comentaristas tb foram copiadas pra ficar tumultuando os comentários.
Agora não sei o que aconteceu com a Dayane ok , tb gostava muito dela, mas que eu saiba ela nem mantem mais um blog que ela tinha.
Alias foi nesse blog da Dayane que umas "cricas"que comentam aqui leram um dialogo que tive com vc, onde brincamos sobre um assunto de um post da Lola que incomodara a Dayane e distorceram totalmente o que falamos ali.
Mas eu não ligo pq não foi só nesse episódio que foram xeretar o que faço fora daqui, até na minha conta do Facebook o ´pessoal ja foi mexer e falar sobre minha vida particular aqui no blog da Lola.
Talvez eu incomode algumas pessoas, deve ser isso, mas tb não tem como agradar todo mundo não é???

Anônimo disse...

Considerando de quem vem isso, se eu não tiver que pagar por isso com os meus impostos já é pra dar graças a Deus.

Anônimo disse...

Credo!

Anônimo disse...

Lola sua LINDA, não perco a chance de te ver por nada... seu blog mudou minha vida em tantos aspectos q nem saberia por onde começar. Diga aí qual seu chocolate favorito q te levo, faço questão!!!!

Anônimo disse...

"Lola, pergunta séria: será que consigo entrar no evento da USP com um bebê de 5 meses à tira colo?! Juro que ele não chora... rs. Mas seria a única forma de participar desse evento incrível!"

que pergunta amiga, claro que consegue, mas de qual evento vc está falando? Um vai ser em uma livraria, o outro vai ser no centro de SP, no CDA da São Francisco.

Anônimo disse...

A Letícia vai palestrar?????

Lud disse...

Que bacana, Lola! Muito sucesso!
Me unindo ao coro - põe Brasília na lista de destinos!
Beijos,
Lud

Ana Rossato disse...

Anônimo,

obrigada pela resposta! Pretendo ir aos dois, fiquei preocupada pois já fui impedida de participar de uma palestra (uma discussão sobre gênero da UNIFESP, veja bem...) por estar com a minha filha, de quase um ano. Quero muito ir no evento da Sanfran, mas tenho que levar o caçula comigo... rs

Jiquilin disse...

To sabendo da sua vinda pra Unicamp!
Vieram me perguntar sobre vc, como havia sido da outra vez.
Vou tá por aqui pra te receber de novo. De braços abertos!

Anônimo disse...

"obrigada pela resposta! Pretendo ir aos dois, fiquei preocupada pois já fui impedida de participar de uma palestra (uma discussão sobre gênero da UNIFESP, veja bem...) por estar com a minha filha, de quase um ano. Quero muito ir no evento da Sanfran, mas tenho que levar o caçula comigo... rs"

Leva sim, não tem norma, regulamento ou o q seja no mundo que pode autorizar alguém a impedir a entrada de vc e seu bebê... e faça um fuá caso queiram impedir, aposto que vai ter muita gente do seu lado.

Belisa disse...

Eba!

Vou conhecer a Lola!

Anônimo disse...

que notícia boa lola, te conheci através da Letícia e não larguei+.Só chocolate?Vc não faz idéia do qto influencia positivamente a vida de nós, leitoras.Bjs virtuais, os reais logo viram!
nataxha:)

Giulia disse...

Ah, Lola. São Paulo é longe! Vem aqui pra Porto Alegre, juro que te levo chocolate e que você vai amaar a cidade! :D

Liris Tribuzzi disse...

É vergonhoso, mas eu, como editora do livro, ainda não conheci a Lola.

LisAnaHD disse...

Anônimo disse...
Pretendo ir aos dois, . . . por estar com a minha filha, de quase um ano. Quero muito ir no evento da Sanfran, mas tenho que levar o caçula comigo... rs"

Leva sim, não tem norma, regulamento ou o q seja no mundo que pode autorizar alguém a impedir a entrada de vc e seu bebê... e faça um fuá caso queiram impedir, aposto que vai ter muita gente do seu lado. 14 de maio de 2012 10:49

>>>Não é estar a fazer fuá a torto e a direito sem antes ponderar e praticar o bom-senso... uma criança assim pequena pode dar por chorar durante o evento e atrapalhar o ambiente e isso não é justo pra ninguém... não sei a idade da caçula, mas pelo visto vai dar no mesmo. Liberdade não é anarquia... direitos acarretam responsabilidade...

LisAnaHD disse...

Sara disse para LisAnaHD às 07:44 14 de maio 2012... umas "cricas" que comentam aqui leram um dialogo que tive com vc, onde brincamos sobre um assunto de um post da Lola que incomodara a Dayane e distorceram totalmente o que falamos ali.

>>>Que chateação! Distorcer uma conversa já basta, agora fazer disso uma guerra de nervos??!! Eu nem sabia da minha "parte participativa" nesse angu... rs... mas isso é praxe pro meu lado, sabe? me perseguem em blog onde comento e depois se me acham/encontram em outro blog querem fazer minha caveira tb... essas coisas de molières, infelizmente... andaram comentando aqui como Anônimo implicando que era/fosse eu mesma... até já conseguiram sim estragar algum relacionamento virtual que fiz via blog, mas tb quem dá trela pra fofocagem desse tipo não me parece que seria bom relacionamento pra mim tb, pois não me deixo levar por conversinha assim sem me esclarecer diretamente com a pessoa atacada/caluniada, mas se a outra parte se deixa, então melhor nos apartarmos.

Você vai ao evento de lançamento do livro da LoLa? Se ela puser à venda pela Amazon vou comprar alguns pra Amazon fazer o envio pra amigas virtuais daí do Brasil e pra mim vou baixar no Kindle, se a editora autorizar.

Olha, vou te pedir um favorzão via aqui mesmo, com licença... vc poderia averiguar a média de preço para instalar um ar condicionado num carro Clio/Renault, ano 2011 modelo 2012? Sei que o mecânico vai pedir especificação isso e aquilo... mas eu não tenho essa info... então tem de me passar o preço médio... tipo pode ser de X a X+1... é um presente que vou dar para o final do ano e não vou pedir detalhes para quem tem o carro, senão estraga a surpresa. E preciso do preço agora pra ir juntando a graninha. Thanks!

Ana disse...

Pra mim é óbvio sair de um lugar quando meu filho chora demais. Pena ver até aqui a implícita orientação de que mães devem se isolar em suas casas junto de seus filhos...

Débora disse...

Aaah porque não vem visitar Brasília ? Vem Lola vem :(

LisAnaHD disse...

Ana, deixe de mimimi barato... nada a ver com "mãe ter de se isolar"... basta ter simancol e não querer frequentar onde a presença de criança pode causar incômodo a outrem, mesmo pq estamos tratando de atividade para pessoas adultas.

OK, te dou um exemplo. A palestra foi na Duke University, em Durham, North Carolina, USA. Eu estava lá presente. O assunto era sobre artes e uma fulana insistiu em entrar com a criança pequena, de colo. 1-2-3 durante a palestra a criança começou a se comportar como criança, oras... e a incomodar. A palestrante, uma francesa que estava sendo traduzida por um americano, parou a palestra e disse em francês (que a mãe não entendeu, mas o intérprete não deixou por menos)... a palestrante disse que daria um intervalo com a palestra até que a pessoa adulta se retirasse do recinto com a criança (não disse a mãe... disse a pessoa adulta...) OU então a palestra estaria encerrada. Foi um vexame para a mãe que insistiu em entrar no recinto, ela teve de ouvir que poderia passar na bilheteria para ter o reembolso da entrada... e foi um incômodo para mais de 150 pessoas na plateia e para quem estava passando os slides. E tenho mais exemplos tb... mas acho que um basta.

Anônimo disse...

Ana, você que tem criança pequena e quer levá-la para evento público, dá uma lida nesse texto, é bem legal!
http://www.desfavor.com/blog/2010/10/flertando-com-o-desastre-pequena-paz/
Ellen

Anônimo disse...

Quero ver alguém me impedir de entrar com meu filho no colo! Nunca nem tentaram. Esse povo que reclama de filho dos outros é o mesmo que fica chocadinho com amamentação em público, até parece que nasceram adultos e nunca incomodaram ninguém.

Leve seu bb sim!

LisAnaHD disse...

Lolita Ya Ya
http://www.youtube.com/watch?v=jIXKmOn3Mwc

Shelley Winters - Lolita Ya Ya
http://www.youtube.com/watch?v=N_VIQ0B0MFY

Lolita - Stanley Kubrick's 1962 Cult Classic
http://www.youtube.com/watch?feature=endscreen&v=odFNJ95YwqU&NR=1

Sue Lyon Interview
http://www.youtube.com/watch?v=NOLtXhPYxoM&feature=related
(in English with French subtitles)

LisAnaHD disse...

Impedir a entrada talvez não; mas te convidar pra se retirar, aí sim fica a seu critério retirar-se e deixar o evento correr sem maiores atrapalhadas ou insista em ficar, atrapalhando muito mais gente e aguarde o resultado. Claro que há eventos e eventos públicos... escolha o adequado e tudo bem... no evento do livro da LoLa, tudo bem. Apenas escolha um evento pra adultos tb aceitável à presença de criança e sua respectiva idade.

LisAnaHD disse...

Sue Lyon - Turn Off The Moon (1962)
http://www.youtube.com/watch?v=e9kGcgEgrMQ

Sue Lyon. Homenaje
http://www.youtube.com/watch?v=t3O2PeGx5Uk

'güenta essa LoLa, finalmente I'm putting together your paper, the book, and both movie versions... 'dorandooooooooooooo ev'rything
http://www.youtube.com/watch?v=lSxroJlZjEM&feature=relatedhat's my Line? Sue Lyon

LisAnaHD disse...

oopss...
What's My LIne? Sue Lyon
http://www.youtube.com/watch?v=lSxroJlZjEM&feature=relatedhat's

LisAnaHD disse...

LoLa, não me lembro de haver assistido a algum filme com Sue Lyon, mas outros dois (besides Lolita) estão me chamando a atenção e um deles é "Seven Women"
http://en.wikipedia.org/wiki/7_Women

Acclaim
(talvez... ou con certeza... vc sabe disso tudo, mas pramim é tudo novo)
Fred Camper, Richard Combs and Simon Galiero all rated it among the top ten greatest movies of all time. The film also appeared in several other lists. These include:
Most Misappreciated American Films of All Time (1977, Andrew Sarris)
Most Misappreciated American Films of All Time (1977, Pascal Bonitzer)
Most Misappreciated American Films of All Time (1977, Serge Daney)
Most Important American Films (1977, Erno Patalas)
Most Important American Films (1977, Luc Moullet)
Genre Favorites: Adventure (1993)
Alternative Choices to Sight and Sound's 360 Films Classics List (1998)
100 Essential Films (2003–Present, Slant Magazine)
Favorite Films (1975, Syndicat Français de la Critique de Cinema)

LisAnaHD disse...

http://www.youtube.com/watch?v=u2j578jTBCY&feature=related

é um vídeo de Derrida, o filósofo francês, fazendo uma tempestade num copo d'água sobre "to elaborate on something" I don't get it, do you? ele cita cinema, por isso pensei em vc que como Derrida tb passou um tempo em faculdade americana.

Ana disse...

Ellen,

não sei qual foi a sua intenção em me mostrar esse texto, mas parei na parte de 'criança brasileira é especialmente mal educada'. Tem coisa mais reaça?

Ana disse...

Acharam um absurdo também a deputada que levou a filha recém nascida numa votação na Itália? E quando levou a menina mais crescida? E quando uma mãe entra numa sala de aula como aluna, com seu filho a tira colo, também acham um absurdo como essas pessoas atrapalham?

É muita falta de visão mesmo, gente que não enxerga além do próprio pé.

Juliana Laet disse...

Presença confirmada! :)
Um beeeijo paulistano pra vc!

LisAnaHD disse...

Se criança brasileira é especialmente mal educada, não sei... tem a ver com os pais e as mães... MAS há um tempão a Disney publicou uma cartilha em português brasileiro para que as famílias tivessm o comportamento adequado no parque de diversão... claro que a cartilha foi para os pais e mães aprenderem... enfim... gerou rusga diplomática e a cartilha saiu de circulação, mas o assunto abordado em alguns cursos superiores em universidades americanas.

logo após o ataque do 9/11 americanos descobriram que não são apreciados mundo a fora e ficaram muito surpresos, porém não saíram jogando pedras a torto e a direito contra nenhum país, nenhuma nacionalidade.... repórteres e jornalistas saíram pelo mundo afora entrevistando as pessoas para saber a impressão que elas tinham dos EUA, do povo americano, e o porquê. Depois foi levado para a TV e revistas, tuedo com muita seriedade... enfim... então.

Anônimo disse...

Ana disse... É muita falta de visão mesmo, gente que não enxerga além do próprio pé. 15 de maio de 2012 07:01

e e e e e falando em visão, enxergar apenas ATÉ a ponta do próprio nariz não te aparta de quem não enxerga além do próprio pé.

Ana disse...

Humn... orientações implícitas de 'o que pode e o que não pode fazer/ser/falar ao ser mãe' não é só um problema meu. É um problema de todo mundo que é e que pretende ser mãe um dia.

Anônimo disse...

Ana,
Eu tenho que concordar que essa frase foi muito infeliz... Acho que o que ela quis dizer, no texto, é que pais brasileiros são mais tolerantes com criança mal educada em público.
Ela diz isso pq; assim como a LisAnaHd citou o caso da palestra que teve que ser interrompida;ela estava em um restaurante formal em Buenos Aires (deve ser daqueles que ficam cheios de executivos chatos fechando negócio), então uma criança começou a fazer escândalo, birra, sei lá o que e os pais apenas ignoraram. Como estava importunando TODOS os outros presentes, o gerente chegou até o casal e pediu para que eles se retirassem, então o casal teve que pagar a conta do lado de fora do restaurantes. Os outros clientes aplaudiram o gerente; porém, na mesa que ela estava cheia de brasileiros,os brasileiros ficaram indignados...Acho que a partir dae que ela teve essa visão sobre os pais não se tocarem o quanto seus filhos incomodam os demais...
Ellen

Anônimo disse...

Não é pais brasileiros serem mais tolerantes com crianças mal educadas em público... e sim saber educar as crianças. Crianças americanas e crianças francesas se comportam muito melhor em público do que crianças brasileiras e até mesmo qdo se trata de visita às casas das pessoas. Doi, né? Mas é verdade.

Anônimo disse...

Ana Rossato, não deixe de levar sua filha por conta da intolerância de gente que se diz muito crescidinha mas esquece que já foi criança também, quando eles(as) forem pais/mães vão engolir as palavras que lhe disseram rsrssssrsrsrsrs!!!!

bruna disse...

LOLA fale mais sobre sua vinda à Campinas!!!!!
Estou ansiosa por isso!!!!!

BRUNA

Anônimo disse...

"Ana Rossato, não deixe de levar sua filha por conta da intolerância de gente que se diz muito crescidinha mas esquece que já foi criança também, quando eles(as) forem pais/mães vão engolir as palavras que lhe disseram rsrssssrsrsrsrs!!!!"

Anôninim@.
a questão não é ser/ter sido criança. A questão é levar uma criança de colo em um evento para adultos, essa criança ficar de saco cheio (sem poder sair do lugar, ouvindo horas a fio sobre coisas que, se quer, entenderá) e começar a fazer escândalo lá e incomodar os demais presentes.
Entendeu ou quer que desenhe?
Meus pais não tiveram esse tipo de problema pq evitavam me levar a evento de adultos.E pretendo ser uma mãe seguindo os princípios da minha... :)

LisAnaHD disse...

Anônimo disse... "Ana Rossato, não deixe de levar sua filha por conta da intolerância de gente que se diz muito crescidinha mas esquece que já foi criança também, quando eles(as) forem pais/mães vão engolir as palavras que lhe disseram rsrssssrsrsrsrs!!!!"

Anôninim@.
a questão não é ser/ter sido criança. A questão é levar uma criança de colo em um evento para adultos, essa criança ficar de saco cheio (sem poder sair do lugar, ouvindo horas a fio sobre coisas que, se quer, entenderá) e começar a fazer escândalo lá e incomodar os demais presentes.
Entendeu ou quer que desenhe?
Meus pais não tiveram esse tipo de problema pq evitavam me levar a evento de adultos.E pretendo ser uma mãe seguindo os princípios da minha... :) 16 de maio de 2012 10:17

>>>Falou o BOM-SENDO... popularmente tb referido como SIMANCOL... e quem pensa na criança em primeiro lugar sabe que o conforto e o bem-estar da criança implica na criança estar em ambiente infantil.

Anônimo disse...

EEEEEEEEEEEEEE A Lolinha vem pra Sao Paulo!!! Seja muito bem-vinda!

LisAnaHD disse...

LoLa, em "LoLiTa" gostei mais da Charlotte Haze da primeira versão... Shelley Winters me pareceu sob medida pro o papel... já na segunda versão, com Melanie G. achei que deixou muito a desejar... Melanie G. teria sido ótima escolha pra interpretar a própria Lolita, na idade apropriada. Achei a apresentação da adolescente Lolita da segunda versão uma perfeita brat, very annoying. Jeremy Irons, aideusmeu que pedaço de mal caminho abençoado!!! mas fico com a primeira versão. Apenas um toquezinho sobre o assunto... isso ainda vai longe... gracias

Anônimo disse...

lola, vou comentar aqui de novo, em respeito ao assunto serio do post de hoje, pra nao ficar enchendo aquilo lá de off-topics

nao tenho twitter mas acabei de ver o link que voce colocou. PRECISO acreditar que a referencia ali foi àquela velha frase de que "nao existe mulher feia, voce é que nao bebeu demais". é machista, é babaca, mas não é apologia ao estupro de vulneravel.

to avisando pq jaja alguem vai vir encher seu saco sobre isso.

Tássia disse...

No RJ vai ter noite de autógrafos também???

Maíra disse...

Oi,
nada a ver com o comentário, mas para rir um pouquinho..
http://jezebel.uol.com.br/uma-solucao-para-olhares-no-seu-decote-apresentada-por-marion-cotillard/