domingo, 20 de maio de 2012

E SE HOUVER LANÇAMENTO DO LIVRO AMANHÃ E NINGUÉM APARECER?

Nunca vi o filme Suppose They Gave a War and Nobody Came (que em português ganhou o título de Vamos Fazer a Guerra?), mas adoro o nome. É assim que eu tô me sentindo às vésperas da minha noite de autógrafos: Imagine se eles fazem o lançamento de um livro e ninguém vem? Será amanhã, das 18:30 às 21:30, na Livraria da Vila, em SP. Pior é que nem sei se vai ter salgadinho. Porque, se tiver, e ninguém vier, os salgadinhos serão bem aproveitados.
Este livro é bem inesperado pra mim, e tem muito a ver com o blog. A ideia toda de publicar um livro com algumas das minhas crônicas foi da Liris, que comentava assiduamente nos primórdios do blog, em 2008. Eu lembro dela matutando sobre qual curso iria seguir, lembro dela passando no vestibular, e já já vou ficar sabendo da sua colação de grau em Comunicação Social pela USP, com habilitação em editoração (é um curso que só existe em três universidades em SP. De pública, no Brasil todo, só na USP, na UFRJ e na UFSM). É muito emocionante saber tudo isso de alguém que você não conhece pessoalmente. 
Bom, lá por 2009, não sei ao certo, a Li me enviou um email perguntando se poderia publicar um livro meu sobre crônicas de cinema. Minhas crônicas estavam paradonas no blog, sem ir a lugar nenhum mesmo, então é claro que eu disse claro. Depois disso a Li fez praticamente tudo. Ela selecionou o que considerava minhas melhores crônicas e sugeriu dividi-las em categorias (uma delas, por exemplo, é Dilúvio, ou seja, filmes que me fizeram chorar de inundar as salas de cinema), e pediu pra eu escrever um capítulo de introdução pra cada categoria, contextualizando as crônicas e os filmes. Eu pedi pra mudar algumas crônicas, disse que eu gostava daquela, dessa não (óbvio que a de Senhor dos Anéis, que em 2002 me rendeu mais de cem emails rábidos, tem que estar no livro). 
A Li queria também que o maridão, presença tão frequente nos textos e na minha vidinha, escrevesse uma apresentação, mas expliquei que seria mais fácil o mundo acabar este ano. Finalmente, acho que consegui forçá-lo a redigir umas três ou cinco linhas sobre o prazer que é estar ao lado de uma pessoa tão delicada e meiga como eu faz tanto tempo (em agosto serão 22 anos junto). O livro está dedicado a essa minha paixão. Infelizmente, porque ele trabalha e porque é caro ir pra SP por um dia e porque somos pão duros miseráveis, ele não estará amanhã no lançamento. Mas, com sorte, minha mãe, La Mamacita, dará o ar de sua graça (por coincidência, calhou da noite de autógrafos coincidir com sua viagem pra ver minha irmã e sobrinho). Se eu fizer um lançamento em Fortaleza, é quase certo que serei capaz de arrastar o maridão.
Mas, falando assim, parece que foi tudo fácil. Parece que a Li não teve que cobrar várias vezes os tais capítulos introdutórios, que só sairam aos 45 minutos do segundo tempo, pra variar. Devo toda a publicação do livro a Li, que me escreveu esses dias: “Desde que eu inventei de cursar editoração eu quis publicar seus textos. Eles têm um valor muito grande para se resumirem à efemeridade de jornais ou à alta rotatividade da internet. Você não imagina o quanto eu fiquei contente e empolgada quando você aceitou ser minha cobaia. Essa semana fui a uma entrevista de emprego e levei o livro como portfólio, e o entrevistador gostou muito. É uma sensação de realização que eu não senti nem quando passei no vestibular, numa turma de apenas 15 vagas”.
Obrigada, Li querida! Espero que pelo menos você esteja lá amanhã. A gente divide os salgadinhos. Se houver (e brigadeiro, alguma chance?).
Não preciso nem dizer que, continuando nesse ritmo de não encontrar tempo pra ir ao cinema, meu próximo livro será sobre feminismo.
Ah, acabei de saber que o preço do livro será de 22 reais. E amanhã, no dia do lançamento, sairá por uma verdadeira pechincha: apenas R$ 11! (falei pro maridão, e ele disse: "Uau! Por que você não compra um?"). E com direito a um livro rabiscado (tentem entender minha letra).
Na terça, dia 22, às 10 horas, estarei num super evento do Centro Acadêmico XI de Agosto, do Direito da USP. Eis a página no Facebook e o cartaz atualizado (a deputada Manuela D'Ávila estará lá também, e acho que será a primeira palestra da Letícia, do Cem Homens; olha a emoção!). Quanto a este evento sobre feminismo, não estou preocupada que ninguém apareça, porque acho que vai ficar cheio mesmo. É imperdível, gente!
E minha agenda segue assim, frenética. Volto pra Fortaleza terça mesmo, já que tenho montes de aulas esta semana (e eu adoro lecionar e evito ao máximo cancelar aulas). Aí domingo (27/5) à noite vou pra Campinas. Vai ter um evento muito bacana na Unicamp no dia 28, quer dizer, já na outra segunda-feira. Vou pedir a ajuda inestimável de vocês num post de terça.
E no dia 4 de junho, ainda não falei pra ninguém, estarei em João Pessoa. É pruma palestra nos Correios, e não sei se será aberta ao público. Mas se alguma paraibana ou paraibano bonitão quiser me mostrar a cidade (será a segunda vez da minha vida aí. A primeira foi três dias de férias com o maridão em janeiro. Amei João Pessoa, se deixar eu me mudou praí), creio que terei mais tempo livre que em SP ou em Campinas.
Por enquanto é só, pessoal. Como sempre, minha vida é um livro aberto. Entrem sem bater.

50 comentários:

Cynara disse...

Lola,infelizmente messssmo não dá pra eu ir.Quando vc vem a BH?
Bjim de amazonense morando em Belhorizonte.

Ana disse...

Na UFRJ também tem esse curso.

Lucia Latorre disse...

Lola, eu vou. claro que vou, como vou.

Lucas disse...

Vou tentar fugir do trabalho na biblioteca da SanFran e ir ver você na terça feira!
Boa sorte com o livro! =)

Marta SP disse...

Pronto, "ninguém" já tá impossível Lola, eu e Lucia Latorre iremos rs
Traga bastante roupa e cachecol, o frio tá pegando, começa a piorar lá pelas 17hs Bisouss até amanhã!

Thays disse...

Lola, por favor, diz pra Manuela D'Ávila ir se catar, por mim. Por quê? Por causa da aliança dela com o PP pra concorrer à Prefeitura de Porto Alegre.

Parabéns pelo livro, pelas palestras, por tudo de bom na tua vida.

Helanny Torres disse...

Lola, parabéns pelo livro! se eu estivesse em SP, com certeza eu iria. Vamos articular um lançamento do seu livro aqui em Brasília? tenho certeza de que vai ''bombar''. Forte abraço!

Anônimo disse...

opa, outra de brasília aqui e apoio a ideia da helanny!

parabéns, minha linda!

Sara disse...

Lola amanhã espero estar na fila pra pegar seu autografo e quem sabe poder te dar um abraço de admiração, minha filhota quer muito ir tb , mas depende muito do horário do trabalho dela.
Vc é muito querida e seus textos valem muito a pena serem guardados em um livro, alias espero pelos outros que virão.
E durma tranquila essa noite por tenho certeza que a última coisa que vai te acontecer é ficar sozinha, e vc tem uma legião de pessoas que te querem bem, eu sou uma delas.

Clarissa disse...

O Rio de Janeiro também está te esperando, vc e seus livros, de braços abertos!

Brasileira sim Senhor disse...

Olá querida gostaria muito de ir e ler este livro , mas estou fora do Brasil, que pena !! Boa sorte !! Tenho certeza que será um sucesso. Super bjs

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Arruma um programa em BH, Lola. Pode ser lançamento do livro, palestra, curso, eu tô dentro.
Abçs.

Natália disse...

Tem Produção Editorial na UFRJ também! Não despreze a nossa Minervinha, poxa! hahaahah http://www.eco.ufrj.br/index.php/graduacao/habilitacoes/producao-editorial

Anônimo disse...

lola, é sério, eu te amo!

Liris Tribuzzi disse...

Blog desde 2008, te leio desde 2007. Bastante tempo! Aliás, você vai conhecer a responsável por me apresentar seus textos. Uma amiga bem próxima desde os tempos do ensino médio, nos idos anos de 2004.
Nos veremos amanhã!

Mari Andrade disse...

Parabéns pelo livro!!!
Leio seu blog há uns dois anos, mas acho q comentei só umas 3 ou 4 vezes.
Estarei no lançamento amanhã com certeza!!!

Cassia disse...

Oba, em Brasília vai ser ótimo! Tô na torcida!

Patrick disse...

Lola, você pode não ter filh@s, mas tem uma capacidade única para fazer irm@s :)

Somnia Carvalho disse...

Lolissima, se tudo der muito certo eu consigo chegar lá no comecinho pra pegar meu livro, e te dar um belo de um apertado abraço! depois de todo este tempo quem sabe quem sabe nosso encontro sai!

se depender de minha vontade e dos meus duzentos e cinquenta e dois mil leitores a livraria da vila estara abarrotada! rs...

http://borboletapequeninanasuecia.blogspot.com.br/2012/05/lolissima-ao-vivo-amanha-na-livraria-da.html

LisAnaHD disse...

Você é simplesmene adorável, LoLa Aronovich... me devendo uma resposta, mas ainda assim adorável. Vai ter gente sim lá no lançamento do seu livro, claro que se fosse num dia da semana qdo o pessoal costumeiramente sai a passeio haveria mais gente... um sábado pegando o final da tarde e começo da noite, por exemplo... mas ainda assim, numa segundona, vai haver gente pra comprar seu livro autografado, te abraçar, te tietar... merecidamente.

Bem, minha pergunta está no post de qdo vc falou do lançamento do livro e eu gostaria de saber se vai estar à venda pela Amazon e se vai estar disponível tb no Kindle. Tb abordei um possível relançamento do seu livro de poesias, uma relíquia da sua adolescência que acho vai ser um impulso para inspirar a juventude que te lê e te acompanha e eu quero ter o livro tb, claro.

Em outra nota, semana passada te enviei uma caixa com um bocado de cariños e confirmei que, pela segunda vez, num espaço de TRÊS meses, refizemos a assinatura da Vanity Fair. De volta do correio, dou com um comunicado da Vanity Fair... que não foi possível finalizar o pedido refeito há quase dois meses (o primeiro foi em 26.12.2011)... e pela terceira vez fizemos o pedido. LoLa, toda essa confusão é da parte administrativa da revista que não sabe explicar qual é o angu de caroço... England, London City, acredite se quiser. Claro que se fosse uma revista americana, já na primeira encrenca teriam esticado a assinatura por uns 6 meses, sem nenhuma cobrança extra, e ainda pedidos de desculpas... enfim, LoLa, o prometido é vc receber seu primeiro exemplar da VF em julho. Receberá? Contemos com que sim.

Que a Deusa Minerva continue te iluminando como sempre te iluminou e tudo transcorra maravilhosamente pra vc e La Mamacita lá em Sampa City.

Cora disse...

Parabéns, Lola. Você merece!

Não comento muito por aqui, mas leio sempre e torço por você.

Não se preocupe, vai bombar, com certeza.

Farei o possível pra ir. E reforço a dica da Marta: cachecol, luva e meia quentinha. Tá frio pra caramba aqui!!

Beijos.

Tassinhadole disse...

PARABÉNS LOLA, UM LIVRO QUE DEVEREI COMPRAR POIS VOCÊ ME CATIVOU COM SEU HUMOR, SUA INTELIGENCIA E SUA FORMA DE REAGIR AS CRÍTICAS, BJKA E BOA SORTE!

PS NÃO POSSO IR MAS VOU TORCER PARA IR BASTANTE GENTE!

lola aronovich disse...

Queridas pessoas, super obrigada pelo carinho! Preciso muito me lembrar de levar roupa de frio. O problema é que praticamente não tenho mais roupa de frio, porque faz + ou – 2,5 anos que não preciso usar. Nem sei se cabe ainda! Eu tenho um casaco e um suéter, e só. Meia, cachecol, gorrinho? Bom, nunca usei esses troços aqui no Brasil. Mas não tenho mesmo! Imagino que o lugar seja quentinho e fechado, não?


LisAnaHD, obrigada por todos os mimos! Se zeus quiser alguma dia a Vanity Fair há de chegar aqui. Pelo menos a Ms. tá chegando... Eu já consegui ler uma revista inteira! Agora estou lendo uma Time que vc mandou. É que eu praticamente só tenho tempo de ler revista enquanto eu como. Olha, sobre o Kindle, duvido muito que seja lançado assim. E pela Amazon, tb não. Que eu saiba, o livro será vendido por um site e por um televendas. São só 300 exemplares, pelo que sei. Acho que vou receber 30 livros pra vender eu mesma. Esses serão meus honorários. Mas não podem ser vendidos no lançamento. Enfim... Até agora não sei de muita coisa, mas espero descobrir. Obrigada pelo apoio!

lola aronovich disse...

Patrick, ah, que lindo elogio o seu! Vc é meu querido! Vou me lembrar sempre de vc. Mas onde vc está morando agora, Natal ou Mossoró? (Foi graças ao Patrick que dei minha primeira palestra feminista. Ano passado, in Mossoró City! Aliás, Patrick, já te falei que aí tem o melhor restaurante de comida chinesa que vi nos últimos... nos últimos... não sei quantos anos! Eu e Silvinho estivemos aí em janeiro de passagem e jantamos lá).


Somnia, querida, obrigada por colocar um post lá no seu blog. Espero que a gente finalmente possa se conhecer pessoalmente!

lola aronovich disse...

Obrigada, gente! Quero voltar pra Brasília. Quero ir pra BH. Quero ir pra vários outros lugares (mas pro sul só depois do inverno, que não quero pegar mais frio). Vamos ver o que o resto do ano me reserva...


Liris, minha editora, vc não respondeu o mais importante: vai ter salgadinho?

Ana Paula disse...

Ai, gostaria muuuito de ir, mas é longe! Qdo vc vem pro MS? :)

LisAnaHD disse...

LoLa, vai como Anônimo pq não estou conseguindo postar de outra forma. Dos 30 livros que vc receber pra vender, gostaria de encomendar 10. Você me manda os dados pra depósito em sua conta bancária - são R$220,00 ou tem mais alguma taxa? Você guarda os livros com vc e depois combinaremos sobre o destinatário. Muito brilho no seu caminho e tudo o mais que vc sonhar.

LisAnaHD disse...

que loucura... não aceitava minha senha e apareceu tudo certo, enfim neste espaço tudo é possível... rs... nada é impossível !!!!

Patrick disse...

Lola, agora estou em Natal. Mais dia menos dia consigo construir uma oportunidade para você vir aqui palestrar também :).

Anônimo disse...

Lola, informe mais detalhes sobre essa palestra em João Pessoa, pq se for aberta ao público eu farei o possivel para estar lá e teria o maior prazer em te mostrar a cidade!
Larissa Ataide

Anônimo disse...

Que tenha muita gente no lançamento do seu livro, Lola. Eu gostaria muito de estar aí, mas Curitiba fica um pouco longe. Tenho certeza que vai ser muito bom. Depois nos diga (aos que não puderam ir) como adquirir o livro).
Abraço
Leila

Beatriz disse...

Estarei hj no lançamento do seu livro (só não sei se consigo chegar muito cedo, farei o possível :)

Raquel disse...

Oi Lola, estarei lá! não perco por nada!
Ótima iniciativa, suas ideias precisam mesmo ir além dos limites da internet, precisam ocupar o mundo!
ps: já está pensando em uma outra edição com as críticas de imprensa/propaganda? seria muito legal!! hehehe (tipo o Cadernos de Saramago, que é um livro feito com os textos que ele escrevia diariamente no blog...)
bjs

Babi disse...

Parabéns pelas conquistas querida! E assim que tiver detalhes de onde serão vendidos seus livros, por favor nos avise! Beijos :D

Janaina disse...

Estarei lá, como não?! Passo antes da minha aula =)

Luciana disse...

Lola, que o lançamento do livro e a sessão de autógrafos sejam divertidíssimos =]. Espero que o pessoal de Fortaleza tenha o mesmo mimo dos leitores de SP. Bjs!

Anônimo disse...

Lola, fale mais sobre o evento na Unicamp! Vai ser que horas?

Bjos
Giovana

Camila Fernandes disse...

Ai, Lola, essa eu tenho que comentar!

Só agora li a sua crítica a "O Senhor do Anéis", junto com o ódio e a revolta dos fãs xiitas, e morri de rir. Eu admito (com o maior orgulho, aliás) que sou fã do Tolkien. Não sou fã xiita, não, sou fã muito, muito empolgada (no bom sentido), do tipo que está seriamente considerando a ideia de ir ver "O Hobbit" vestida a caráter. O que significa que ou eu seria uma senhora élfica, como a Galadriel, ou um elfo da Floresta Negra, como o Legolas, com arco e flecha bastante convincentes.

Eu adoro esse tipo de história, mas imagino que para quem não goste, deve ser o maior porre. Quem leu, claro, vai lá para ver na tela todas aquelas coisas incríveis se tornarem reais, e fica decepcionadíssimo quando percebe que está faltando um personagem "secundário". Eu mesma senti a maior falta do Tom Bombadil e do elfo Glorfindel. Agora, se você não gosta... Ah, quase três horas disso deve ter dado o maior sono, mesmo!

Não tem como não rir do nível das críticas que você recebeu!

Camila Fernandes disse...

Enfim, boa sorte hoje, daqui a pouquinho, no lançamento! Se eu estivesse em Sampa, ou pelo menos mais perto, com certeza eu iria. Não se esqueça de incluir Belo Horizonte e a UFMG no seu circuito, viu? Tenho certeza que vai bombar lá.

Boa sorte, Lola! E muito, muito sucesso.

:*

Mariana disse...

Queria ir! :l

Blog do Tiago Sousa disse...

Parabéns Lola, isso é reflexo do ótimo trabalho que vem fazendo neste local de encontro que é seu blog, sempre encontramos boas opióes e aprendemos aqui, com pessoas de mente aberta e com uns camaradas nazifacistas também, ué, quem disse que a aprendizagem só vem pelo lado bom da coisa deve estar enganado, mas o que importa é que teremos em mãos mais uma de suas obras de arte, assim que a vejo uma artista das palavras, parabéns e sucesso sempre!
OBS: quando comprar o meu quero autografo também, envio por correio se preciso.

Anônimo disse...

nunca comento, mas leio seu blog todos os dias. devo dizer que você me abriu os olhos pra muita coisa, só pra resumir. fiquei bem feliz de saber que você virá pra João Pessoa, mas é uma pena que eu não possa ir vê-la mesmo que a palestra seja aberta ao público por conta do meu trabalho, humpf! eu e meu marido (sim, contaminei ele também!)adoraríamos te mostrar a cidade. quem sabe uma outra vez...
Creuza

Somnia Carvalho disse...

Lolíssima,

fiquei tão comovida em te abraçar... e muito triste de não poder ter aproveitado mais sua rapidissima estadia em são paulo.

hj a vida foi aquela loucura de novo e cade que consegui ir no s. francisco?

comecei o livro e voce foi quase culpada de eu perder meu pontod e onibus duas vezes... rs

esta muito legal! parabéns lolinha! parabéns!
o livro nada mais é do que reconhecer que o conteudo deste blog está para lá de muito bom!

Anônimo disse...

Lola!
Nos informa mais sobre a vinda em João Pessoa, tá?
:)
Seria uma honra assistir a sua palestra e te mostrar a cidade depois!
Beijos!

Anônimo disse...

Você quis dizer "Zeus te proteja" mas trocou uma consoante por outra, apenas isso.
_eus

Anônimo disse...

Zeus é um inseto.O Kratos pega ele e faz mingau

Anônimo disse...

Lola, n acredito q vc vem a João Pessoa. Nosssssa, descobre se esse teu curso vai ser aberto e avisa. Acompanho teu blog e gostaria de assistir. Abraços de uma pessoense

Anônimo disse...

Lola!! Não consegui encontrar nenhuma informação da vinda à Unicamp... onde e que horas???

bjs, Bruna

rebeca disse...

Lola, gostaria muito de assistir sua palestra na cidade de João Pessoa, não teria como ser aberta ao público?? =/

Marcio Scheibel disse...

Se eu morasse em SP iria com certeza!