segunda-feira, 1 de novembro de 2010

IMPRESSÕES FELIZES DA VIDA SOBRE AS ELEIÇÕES

Então, gente ótima, estou tentando escrever um texto minimamente decente sobre a vitória da Dilma, mas continuo sem tempo. É ridículo o tamanho de trabalho que tenho que entregar até o final do semestre, e ridículo também é tudo que deixei de fazer durante as eleições. Quer dizer, não é que eu não tenha me matado de trabalhar e feito um pouco do que tenho que fazer, é só que, pra conseguir realizar esse mínimo, e tocar o blog, só dormindo quatro horas por dia. Mas é péssimo passar vários meses assim, né? Acho que vai corroendo a nossa saúde. Sinto falta de algum momento de lazer, de fins de semana, de feriados, de ir ao cinema, até de ir ao supermercado... E sei que muit@s de vocês se sentem igual. Sei que foi sacrificante se dedicar tanto, nas nossas poucas horas vagas, por um ideal. Mas valeu a pena. A Dilma ganhou. Nós ganhamos. Conseguimos continuar com um governo que transformou o Brasil, e que seguirá transformando. Conseguimos nos ver livres, pelo menos pelos próximos quatro anos, de um projeto de poder que faria o país andar pra trás. E, de lambuja, conseguimos eleger nossa primeira mulher presidente, pra admiração do mundo inteiro. Tenho vontade de dar um abraço apertado em cada uma e cada um de vocês, que lutaram do meu lado. (E a rápida pesquisa que fiz prova que vocês acreditavam. 976 pessoas votaram, e 78% responderam que queriam que a Dilma ganhasse e achavam que ia ganhar).
Por outro lado, andei lendo uns blogs de direita, umas tags ultrapreconceituosas do Twitter, e meu deus, o que são essas pessoas? Elas não têm vergonha não? É the horror, the horror. Não vou falar disso agora, pra não contaminar nossos pensamentos, mas precisarei escrever sobre essa turminha barra pesada do mal. Talvez amanhã. Este post, embora looongo, não vai dar conta de expressar tudo que eu quero dizer.
Enfim, hoje é dia de festejar. Parece um sonho. Vocês não se sentem meio nas nuvens, como se estivessem de ressaca, mas uma ressaca boa?
Ontem, quando terminei meu trabalho de mesária, aqui pertinho de casa, não tive uma sensação boa. Dilma não foi bem na minha seção eleitoral. Na minha seção, ela teve 169 votos, contra 96 do Serra, e 22 nulos e brancos. O número de abstenções foi semelhante ao do primeiro turno, em que tivemos um total de 194 votos. Agora foram 187, uma diferença pequena. Mas, pelo que vi no local onde fui mesária, boa parte do pessoal que votou na Marina no dia 3 foi de Serra. Felizmente, eu é que fui colocada num dos locais mais reaças de Fortaleza! Porque, na cidade toda, Dilma teve 71% dos votos. No estado do Ceará então, a votação foi consagradora: 77% dos votos válidos pra Dilma, contra míseros 23% pro Serra. O Ceará foi o terceiro estado brasileiro em que Dilma teve a maior porcentagem do Brasil, perdendo apenas pro Amazonas e Maranhão. Claro que isso de vitória por estado não quer dizer grande coisa ― afinal, apesar do discurso “o sul é o meu país” dos reaças, o Brasil é um só e não está prestes a ser desmembrado. Ademais, onde Serra teve sua votação mais esmagadora não foi em Santa Catarina (Serra 57% x 43% Dilma) e muito menos em SP (Serra 54% x 46% Dilma), mas no Acre: lá ele teve incríveis 70%! E aí, pessoal civilizado, inteligente, branquinho e cheiroso: diante desses números, na avaliação de vocês, o Acre é melhor que SP? Numa eventual separação do resto do país, vocês vão querer levar o Acre também? Vocês podiam mudar de slogan: "o sul e aquele pedacinho no norte são meu país". (Neste mapa dá pra ver como foi o resultado em cada estado. E, clicando aqui, dá pra ver como sua cidade votou, desde que você consiga localizar sua cidade no mapa, o que não é fácil).
Mas a diferença maior foi no ânimo das pessoas. Naquele detalhe de que já falei diversas vezes: a paixão política. Por exemplo: ontem, no dia todo, sabe quantos eleitores entraram na minha seção com adesivo do Serra? Dois! E ele teve 96 votos, certo? Isso quer dizer que 2% dos seus eleitores votavam nele com orgulho, a ponto de colocar seu número e sua cara no peito. E aí, quantos eleitores apareceram com adesivo da Dilma? Too many to count! Perdi a conta. Certamente mais de 70. Esses numerinhos dão uma boa dica de por que estamos felizes, e de por que os reaças estão tendo um velório agora. Pior: demonstram por que o clima seria de velório mesmo que eles tivessem vencido. Essa gente não torce por ninguém, torce apenas contra! E não torcem contra nenhuma pessoa, nenhum partido, tanto quanto torcem contra o Brasil.
Mas olha só que engraçado: na minha seção, que fica num dos cursos (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo) de um dos campi (o de Benfica) da UFC, havia apenas duas eleitoras analfabetas, de ter que carimbar dedão. Foram as mesmas que, no primeiro turno, uma senhora muito suspeita trouxe pra votar. A senhora quis entrar com elas na urna pra “ajudá-las” a votar. A gente achava que elas nem compareceriam no segundo turno, que isso era compra de voto de algum candidato corrupto a deputado. Mas compareceram. E adivinham em quem votaram? No Serra. Como que a gente sabe? Porque uma das mesárias teve que minimamente ajudá-las a votar. Não deixa de ser irônico que as duas únicas eleitoras analfabetas da minha seção votaram no Serra. Bom, pelo menos elas foram votar! É mais do que pode ser dito da classe média paulista. (Aliás, se vocês quiserem rir muito, dêem uma olhada nessas fotos com legendas da Uol. No início pensei que fossem piada, mas aí me lembrei que, em relação aos reaças, yes, they can. Uma das minhas fotos preferidas é a de uma mulher, revoltada, que não votou ― no Serra ― pra aproveitar o feriadão, e disse ter certeza que o governo programou a eleição no feriado prolongado pra atrapalhar a eleição tucana. Outra foto louvável é a de uma de outra que, cabisbaixa, disse não acreditar que Serra ganharia porque todos os eleitores dele estavam lá, nas praias do Guarujá).
Mas de volta ao Nordeste. Um momento engraçado, e até comovente, envolveu uma senhora simpática de 86 anos (mesário acaba sabendo a idade de todo mundo, e muitas velhinhas foram votar, mesmo sem serem obrigadas. Acho ótimo isso). A mulher parecia ótima pra idade, até chegar à urna. Lá ela ficou alguns segundos em silêncio (e a votação foi rapidíssima pra todo mundo), e finalmente apertou alguns números. Não aconteceu nada. A presidente dos mesários então perguntou pra ela se ela sabia no número de quem iria votar. Ela respondeu que sim: 24 na cabeça! Aí a filha dela, uma mulher de meia idade que estava na porta, lá longe, do outro lado da sala, gritou: “Mãe! Você tá com o número anotado na palma da mão! É só olhar! Começa com 1!”. Depois de muito esfoço, a velhinha conseguiu, sozinha. Comemoração geral na seção!
Mas, pra ser justa, sabem aquele jovem estressado do primeiro turno, que teve um chilique quando lhe pedimos pra deixar seu celular em cima da mesa, e quis saber qual lei o obrigada a isso? Eu, péssima fisionomista que sou, não o reconheci agora no segundo turno. Até porque sua expressão estava totalmente diferente. Ele estava com um sorriso de orelha a orelha ― e com um adesivo da Dilma no peito. E da outra vez estava transtornado. Lamento dizer que fui a única entre as quatro mesárias que não o reconheceu. A presidente não perdeu a chance: quando ele saía, ela disse pra ele, “Olha, afixado na porta tem a lei dizendo que não se deve entrar com celular”. Ele ainda fez um “Hã?”, como se não soubesse do que ela falava.
Ah sim, briguei com um eleitor ontem! Era um homem jovem, que chegou todo nervosinho, xingando e falando alto, aquele velho discurso reaça: que nenhum político presta, que ele não queria votar, que ia anular, que é tudo um bando de fdp ladrão, que o Brasil é uma porcaria e tal. Chegou uma hora que me cansei e disse: “Olha, pode anular o voto, mas não venha gritando aqui. Tem muita gente que ama o Brasil e que acredita num projeto político. Eu sou uma delas. Eu me voluntariei pra ser mesária, e estou aqui porque acredito no sistema. Você está me desrespeitando”. Ele ficou quietinho, e ainda pediu desculpas ao sair.
Mas, no geral, a alegria era contagiante, pelo menos vinda de quem votava no partido certo. E não era porque eu estava lá, mas a nossa seção eleitoral era considerada modelo. Não havia filas nem problemas, e todas as quatro mesárias (ok, três mulheres e um homem; tô de saco cheio de usar o genérico masculino até quando os homens são minoria) chegaram no horário e faziam seu trabalho direitinho. Todas servidoras públicas, por sinal. Em outras seções faltavam mesários, chegavam tarde, saíam antes... Tanto que um senhor, antes mesmo das 8 horas da manhã, passou pela nossa sala, pôs a cara pra dentro, viu tudo arrumadinho e pronto pra começar já às 7:20, e gritou: “Isso que é competência, não tem jeito! Tá na hora das mulheres governarem o Brasil!”.
Pois é: chegou a hora.

57 comentários:

Caso me esqueçam disse...

de ressaca eu entendo. e essa foi a melhor da minha vida! :D

nao que importe, mas... "Lamento dizer que fui a única entre as quatro mesárias que não o reconheci" - o certo nao seria "nao o reconheceu"? nao sei...

beijo, lolissima!

Caso me esqueçam disse...

ah, e na PB tambem vi meu candidato ganhar! ricardo coutinho. o governador no cargo ate entao deu um aumento de 100% aos PMs no ultimo dia antes das eleicoes. voce acredita nisso? ;)

J.anquevitti disse...

Tô feliz! Dilma infelizmente teve apenas 27,78% na minha cidade do interior de SP, mas não tô nem aí!

Eu e o pessoal do PT daqui saimos com a carreata, buzinado bem alto e gritando DILMAAA com as bandeiras! O pessoal que xingava, a gente respondia: "Vai ter que engolir" rs!

Ah, e um rapaz arranjou (não sei como!) uma urna funerária que colocamos em cima de um carro com vários adesivos do Serra, representando sua morte eleitoral!!

Não gosto de provocações, mas depois de apanhar na campanha toda, foi muito bom jogar a derrota do Serra na cara deles!!

Abraços e viva Dilma, viva a mulher!

Jonas

Anastasia disse...

Surreal, as pessoas do site da UOL reclamando que teve armação, mas foram elas que viajaram e não votaram! HAUAHAUAHAUAHAUAH. Se quisessem mesmo votar, dariam um jeito de ficar em suas cidades. São nessas horas que nós vemos as pessoas politizadas. Na pós estudo com uma senhora que apesar de ser classe média, é petista, e como ela não é de Brasília, em todas as eleições ela viaja para o seu Estado para poder votar. Já indagamos "Caramba, vc vai viajar até o RS SÓ para votar?" e ela respondeu "Eu sou militante e sou cidadã. Como dei mole e não mudei minha seção para Brasília enquanto era tempo, eu tive que viajar". Isso que é responsabilidade!

Depois a classe média diz que foi armação, e veja só, a armação foi tão bem feita que eles não abriram mão de viajarem. Tsc tsc.

Mas sério Lola, estou muito feliz mesmo! Que Dilma faça um bom trabalho e nos dê orgulho daqui por diante.

Vanesca disse...

Nossa fiquei emocionada com o seu artigo.

Pedro Monção disse...

A globo junto com a Veja foram vilões junto com o PSDB, mas eu preciso admitir que eu fui as lágrimas com a matéria que o fantático fez sobre a vida de Dilma. Como eu disse no facebook, ter uma mulher na presidência dá esperança a qualquer grupo que assim como as mulheres, sofrem preconceito (negros, LGBT, índios, deficientes...). Eu espero que Dilma honre a sua posição e espero que os brasileiros não deixem de cobrar.
Estou muito otimista com a Dilma e vou desejar sempre do fundo do meu coração que o governo dela seja positivamente histórico!

J.anquevitti disse...

Ah, e outra coisa: Não gostei da reportagem do O Globo (dizendo que Lula vai voltar em 2014) e do Diário de S. Paulo (Deu Lula de novo) pois dá a entender que Dilma não tem personalidade própria, que ela é criação do Lula e que seu mandato vai ser utilizado apenas como ponte pra 2014...pô, eu quero Dilma em 2014 também!!!

Com todo o respeito e admiração que tenho pelo Lula: se for pra ele voltar, que seja em 2018.

Abraços

cronicasurbanas disse...

Olha, eu admiro e me alegro com o otimismo de vocês, mas já tem é tempo que meu entusiasmo com política neste país é da altura do rodapé da sala. Um segundo turno de uma baixaria sem igual e eleitores absurdamente desrespeitosos uns com os outros não ajudaram em nada. Enfim, agora é hora de arregaçar as manguinhas e continuar o bom trabalho social da administração que está de saída (?) e vigiar para que os escândalos que eventualmente surgirem (porque eles vão, né...) não tenham o mesmo fim dos que pipocaram nos últimos oito anos e nos governos anteriores...
abr
Mônica

Victor disse...

Ah, Lola, adoro esses seus "diários de mesária". Sério, acho que vou me voluntariar ano que vem. Mas queria uma seção mais animada que a minha... Vou pensar nisso.

DILMAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

Stive Ferreira disse...

Olá, Lola!
Parabéns pelo blog. Sou "meio" novo por aqui. Descobri o blog meio por acaso e tenho adorado seus textos desde então...
Essa foi definitivamente a eleição que eu acompanhei mais de perto (apesar de ter votado no Lula nas duas últimas, não me dei ao trabalho de acompanhar as apurações). Acho que o tempo vai passando e a gente vai se politizando mais (porém, sem se tornar político)If you know what I mean... E eu acho que isso é uma coisa boa...

Ah, com relação aos adesivos, não os utilizo, mas tenho sempre à mão uma camisa vermelha :-)

Abraço!

Shiryu de Dragão disse...

Lola, o Acre não existe!!
Me diz, como que uma doutora viajada, inteligente como você consegue acreditar na existência do estado do Acre???
Ja ouviu falar do movimento Acre Alias??
Tb votei na Dilmao pq quero muitos concursos públicos e tb pq o Serra éum incompetente nato.

Luciene disse...

Oi Lola, na seção aonde eu fui mesária foram 268 votantes, 130 Serra e 119 Dilma. Brancos e nulos eu não lembro quantos. E isto foi aqui no centro de São Paulo, na Brigadeiro Luiz Antônio. Só via o pavo na rua falndo em votar na Dilma. O povo que vota no Serra morre de vergonha, eu acho. Tenho a impressão que vitória do Serra em SP foi por uma margem estreita de votos.
Abraços, Luciene.

Vanessa disse...

Rí muito com o 24 na cabeça!!! rsrsrsrs

Rí muito com o 24 na cabeça!!! rsrsrsrs

Oi Lola! Sou a vanessamdn que lhe falou da Luizianne no twitter... Gostaria, se puder, que se manifestasse sobre o assunto. Pelo menos por onde passo, é unânime o desprezo pela Luizianne. Aqueles mesmos comentários "pertinentes" sobre sua aparência e modo de se vestir... Já tivemos o mesmo caso com a Maria Luisa, ex-prefeita daqui... Assim como foi com Erundina, Marta e temo, será com Dilma. Isso tudo me deixa muito triste...

Sardenta disse...

hahahahahahahaha
Vc salvou o meu dia com esse site da UOL, nunca ri tanto depois do episódio da bolinha!

Que bonito ver esses números no meu Ceará! Aqui em Curitiba foi tudo ao contrário! Fui delegada em uma escola eleitoral, não vi ninguém com adesivo por aí. Fico muito triste.
Quero muito que vc comente o episódio de repúdio aos nordestinos.

Beijos Lola!

Laurinha (Mulher modernex) disse...

Amei o texto Lola! Achei que você ia comentar sobre o início do lindo discurso da Dilma, o discurso patético do Serra e a atitude tão elegante da Marina, que infelizmente, o Serracafetão não tem nível pra fazer o mesmo.
Mas me assusta o quanto os reaças não sabem ganhar e nem perder. Agora é um tal de falar mal de nordestino que elegeu a Dilma (hello São Paulo que elegeu Clodovil, Tiririca, Maluf... e tantos palhaços), de torcer pra que tudo dê errado só pra falar que avisou, de falar que mulher não serve pra governar um país, de falar que vai pegar sua cidadania européia e sair do país (tosse), de falar que a elite cultural perdeu (eles não sabem que as universidades federais e vários intelectuais respeitados estavam com a Dilma)... Aff... isso cansa! Arrogância, ignorância e burrice.

Abçs Lola! E estou feliz demais, apesar dos reaças...

Clara Gurgel disse...

Pois é Lola, hoje no meu "face" a mensagem é "YES, SHE CAN!" Apesar de todos os percalços para chegarmos até aqui, ontem foi um dia muito emocionante. Entrei na seção com os meus dois filhos e o mais velho,Pedro,de sete anos,foi quem digitou o "treze" lá na urna,claro que,com a minha "escandalosa" supervisão. Para que ele não errasse, fui bem "expressiva" e nem notei que estava alterando o tom de voz. Quando saímos,é que vi que todos riam e aí sim, percebi que todo mundo tinha "participado" do nosso voto.Muito legal...

aiaiai disse...

Lolinha,

Fiquei muito emocionada ontem quando vc tuitou q queria estar me abraçando! Eu também queria te abraçar neste momento lindo q estamos vivendo! Sinta-se abraçada.

Fizemos uma baita comemoração aqui em casa...era pouca gente mas muito champagne kkkkkk e eu tendo q levantar cedo hoje para trabalhar...mas valeu, muito!

Além do acre, o Serra ganhou também em Roraima, acho que na verdade os eleitores de acre e roraima são na maioria pessoas que foram para lá grilar terras do estado. E eles devem tocar o terror nos empregados deles, então, acho que isso explica.

Agora aqui no ES é uma vergonha que o serra tenha ganho...foi de pequena margem mas mesmo assim fiquei muito revoltada. O problema aqui é um misto de:

classe abastada medieval e egoista;
classe média deslumbrada com marina ecologista (eles andam de caminhonete mas são muito verdes, sei)
pobres evangélicos e católicos muito influenciáveis por pastores e padres. Nessa área a marina fez um estrago considerável. Se tivesse dito q era Dilma, teria conseguido migrar muitos votos. Mas, bom, Marina é uma pessoa q entrou na galeria de soninha sonsinha e ex-gabeira, entre outros.

O ES foi salvo pelo Lula e pela Dilma. Estávamos a beira da falência quando o governador (do PSB)pediu ao lula q adiantasse royaties do petroleo para poder pagar as dívidas. O lula aceitou e o governador conseguiu fazer um governo brilhante graças a isso a vários outros apoios do governo federal. E também à sua boa gestão que eu reconheço!

O PSB aqui fez acordo com o PT, mas muitos dentro do PSB não fizeram campanha de verdade para dilma. Agora, espero que o novo governador saia do muro e contribua para que os programas sociais do governo federal tenham maior eficiência aqui.

No mais, vou continuar minha campanha de esclarecimento de todos sobre a questão da política. To de saco cheio de ouvir essa abobrinha de "político é tudo ladrão!" Tenho feito um discurso incisivo sobre isso e já fiz algumas pessoas verem que é isso que as classes dominantes querem: que a gente não participe!

vamos lá, a luta tá apenas começando!

aiaiai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Loy disse...

é, Lola
mas no meio desta alegria toda, é uma angustia muito grande ver que vai participar da equipe de transição da Dilma o Palocci. Você não acha?

Koppe disse...

"Lugar de mulher é na presidência"? No caso da mulher chamada Dilma, é...

Muita gente que detesta ela pelos motivos mais absurdos vai ter que engolir os próximos 4 anos.

Laura disse...

Ai, lolinha, fico tão feliz com essa vitória! Votei pela primeira vez nessas eleições e me deixa tão contente ter participado duma conquista tão grande como essa, eleger uma mulher, de esquerda, num país tão machista quanto o nosso.

Mas também me chocou a quantidade imensa de ataques que li nesse tempo. coisas tão agressivas, ofensas jogadas sem muito significado ou base, só pra ofender mesmo...
Me deixa triste ver gente da minha idade dizendo coisas tão irresponsáveis tipo "o exército tinha que assumir e tirá-la do poder". sei que é o que se espera de partidário de quem fez uma campanha igual a que tivemos, mas ainda assim me espanto.

Mas, tirando esses pequenos incômodos, hoje é dia de festa, de comemorar essa vitória de todo o povo brasileiro, só que com um gostinho especial pra todas nós mulheres. É engraçado que você falou em um dos seus últimos posts sobre como as pessoas provavelmente saíriam sorrindo nas ruas depois da vitória da Dilma, e foi bem o que aconteceu: eu abria um sorrisão toda vez que via uma capa de jornal.

L. Archilla disse...

Ontem acompanhei a apuração e comemorei no sindicato dos metalúrgicos. Apesar de Sorocaba ser tucana e o Serra ter ganhado aqui, percebi a mesma coisa que vc: muita gente indo votar de vermelho (impossível ter sido coincidência). Ninguém com adesivo do Serra (apesar q vi poucos da Dilma, tb. Mas não vi tanta gente de azul quanto de vermelho - e olha que azul é mais comum). À noite, porém... galera compareceu em peso na comemoração. Pra vc ter uma ideia, acabou a cerveja! ahahhahah

Foi muito legal. Encontrei um conhecido que nem imaginava que era petista, e tava no meio da galera mais animada: gritando, pulando, puxando grito de guerra, levantando bandeira. Conheci pessoalmente um velho amigo virtual, revi amigos, ex-companheiros de movimento estudantil e um ex-professor.

Acompanhamos a apuração da Band. Quando passaram a biografia da Dilma, não contive umas lagrimazinhas... acabei não vendo o pronunciamento dela, tamanha a bagunça lá no sindicato, ahaha! Se a vizinhança era anti-PT, agora tem ódio mortal! Carro de som, TV no último volume, fogos, gritaria... não entendo como a oposição não tem essa paixão política. Não entendo como o brasileiro médio comemora final de campeonato e não comemora eleição.

Como a cerveja acabou cedo, fomos obrigados a nos dissipar lá pelas 22h (talvez tenha sido estratégico, hahaha). Saíram vários carros ao mesmo tempo (eu e meus amigos fomos pra um bar), e numa rotatória próxima ao local os petistas se reconheceram pelos adesivos e começaram um buzinaço, foi lindo!!!

Mais tarde, no bar, chocamos gerações ao entrar no recinto (totalmente tucano) com roupas vermelhas, estrelinha do PT, camisetas da Dilma e eu com a do MST - o horror, o horror!! (a propósito, fiz o maior sucesso com a companheirada, hahaha). Na rua só tinha carro de luxo, alguns com adesivo do Serra. O bar PAROU quando a gente entrou. Quase tomei um banho de sal grosso chegando em casa!

Ah! E mantenho meu convite e estendo aos leitores, de nos encontrarmos em Brasília no dia da posse... a gente podia combinar um visual pra se reconhecer, tipo roupa vermelha (rá rá rá)... o que acham?

Masegui disse...

Lolinha,

Primeiro uma "informação importantíssima": o resultado aqui em Ponte Nova foi Dilma 67,42% (21.848) e Serra 32,58% (10.559). Que orgulho da terrinha!!

Nem precisa dizer o quanto estou feliz, né?!! Além da sensação de alívio e de dever cumprido.

Engajei-me de corpo e alma na campanha, tanto via internet quanto com o trabalho de formiguinha com parentes, amigos e pelas ruas da cidade. E como é desgastante essa missão! Mas valeu a pena!

Aqui na terrinha a Dilma deu uma balaiada no da bolinha de papel, confirmando a surra estadual. Orgulho de ser mineiro!

De resto, você falou tudo no post.

Parabéns pra nós todos!

Borboletas nos Olhos disse...

Lola..ainda estou em tal êxtase que a cidade de Fortaleza é pequena pra me comportar. Ontem passei o dia passeando com adesivos e bandeira, sendo cumprimentada e abraçando pessoas desconhecidas que estavam de vermelho e cheinhas de adesivos. Eu sempre penso em me voluntariar pra ser mesária, mas a alegria de um dia de votação em Fortaleza nunca me permite. Hoje li coisas absurdas pela internet, mas me recuso permitir estas posturas reacionárias e deselegantes embaçarem o brilho deste momento. Um beijo enorme e vermelhinho

Lud disse...

Lolíssima,

eu e Maridinho fomos para a Esplanada comemorar. Muita gente e tudo muito organizado e alegre. A Dilma não pôde comparecer (cansaço), mas mesmo assim foi muito inspirador!

Apóio a L. Archilla: vamos fazer um encontrão no dia da posse aqui em Brasília! É fácil - a gente pode combinar na frente de um dos ministérios. De roupa vermelha, claro!

Mariana Tezini disse...

eu, que moro em são paulo, morri de vergonha daquela matéria do uol. sabe que numa primeira olhada eu achei tbém que fosse piada? depois pensei, se quisessem tanto o serra era só "perderem" esse feriado pra votar, né mesmo? que bom que nós ficamos pra votar, nós, que segundo eles, não temos dinheiro pra ir pra aquela praia divina!

cris comenta tudo disse...

Lola, trabalho numa loja de produtos agropecuários e a maioria dos meus clientes são da zona rural.Não perdi a chance de dar uma "cutucadinha"neles, principalmente no segundo turno e ouvi as pessoas emocionadas falando que o Serra não podiam voltar mais, pq eles já sofreram demais na vida.... São todas pessoas muitíssimo humildes e muito sinceras, qeu não perdiam a chance de fazem "piadinha do candidato tucano". Uma coisa engraçadinha que uovi de um senhor de 84 anos foi o seguinte..."eu tô com 84 anos, já trabalhei demais na vida, mas de uns tempos pra cá fiquei meio preguiçoso, graças a Deus Lula me ajudou, então agora eu só quero deitar, aproveitar.." ai meu patrão perguntou: o senhor vai votar no serra, né, e ai ele respondeu: "e perder a minha vida mansa, ah nem...." E olha que esse moço nem recebe bolsa família. Um outro senhor de mais de 70 disse o seguinte pra mim: "sabe em quem eu vou votar? Em vc.." em mim? perguntei ai elçe disse "è pq a Dilma vai ser um pouquinho de cada uma das mulheres do Brasil e achoq ue vai fazer mais que o Lula, pq as mulheres são mais sensíveis..." Achei muito bacana isso e ai noi meio da conversa ele falou assim, que estava conversando com o ex prefeito da nossa cidade, que é tucano e q ele perguntou o que Lula tinha feito por ele. Ai ele respondeu. Pra mim nada, mas se hj os pobres podem comer um pedacinho de carne, é por culpa do Lula, se o pobre pode ir pra universidade, a culpa é do Lula. Hoje todo mundo pode comprar uma televisâo, uma geladeira. Em qualquer roça que a gente vai, tem energia elétrica, tem tudo, então qeum é que quer acabar com essa "vida boa" Acabou esse negócio do pobre precisar se humilhar pros ricos. Ai o ex prefeito falou que a aposentadoria diminui a cada ano, e o senhor falou: Pois é, é pra isso que o LUla entrou, pra "tirar" de vcs que sempre tiveram tudo edar um pouco praos pobres, vc já tem dinheiro demais, não precisa de tudo isso.."

Menina Robô disse...

Lô, não pude deixar de comentar, o seu poste de hoje está emocionante, realmente fico triste com as baixaria q se vê no Twitter, também como uma boa amazonense votei na Dilma, até justifiquei no meu blog o porquê que votei nela, ainda de "quebra" consegui convencer 3 eleitores da Marina a votar nela. Sendo que no primeiro turno votei na Marina.

E se o Serra ganhasse não iria me lamentar e nem escrever baixarias, afinal Democracia e Respeito é pra isso, não é?

Beijos!

Daliiii Dilmaaaa!!!!

Oliveira disse...

Lola:

Quer dizer (você disse neste post) que quem não vota na Dilma(lula) ou no PT é reaça? É essa sua democracia?

Assista a Tropa de Elite 2 e lá você terá a explicação simples do que é democracia, já que você, uma "doutora", pelo jeito não sabe. O que a universidade não te ensinou, um prosaico filme o fará.

Ontem deixamos de escolher um canalha e escolhemos outro.

Oliveira disse...

Masegui:

Deixe de ser tonto!

Samira disse...

Inacreditáveis estas pessoas da notícia do uol...
Ontem eu saí de onde moro e fui até minha cidade pra votar na Dilma, ida e volta foi umas três horas, muito feliz por poder eleger a primeira presidenta do Brasil!!
Após a apuração,algumas pessoas no facebook diziam que "tinha que jogar uma bomba no brasil mesmo", como "este povo pode eleger a esta bruxa?". É um exemplo do que vc sempre fala aqui no blog, né?? Com certeza não leria a mesma coisa caso perdessemos...
Realmente espero que ela faça um bom governo e que o Brasil realmente continue mudando!

Sana disse...

Gente, essa reportagem da UOL é bem ilustrativa. Ela mostra que os eleitores de Serra se sentem superiores e adoram criticar, mas são os menos politizados. A declaração de um jovem que atrasou sua viagem para a praia é o símbolo da misoginia: ele diz que foi votar antes de viajar, pois não queria que "a mulher" assumisse. Repulsivo!

Christian disse...

Impressionante o mapa... o Serra não tem voto onde tem preservação da Natureza! Vide o Pantanal e o estado do Amazonas... já o Pará e o resto do Mato Grosso/Mato Grosso do Sul, onde ganhou o PSDB...

Jéssica disse...

Quando li "não quero que a mulher assuma", eu pensei que ele não queria que a namorada dele assumisse a direção do carro kkk eu juro que pensei isso!

Lola, estou muito feliz que a Dilma tenha ganhado. Eu também gostaria de te dar um abraço, pois briguei com vários amigos por ser à favor dela e em muitas vezes duvidei se estava fazendo a coisa certa. Mas então eu entrava no seu blog e lia seus argumentos e quase todos eles tinham links de fontes seguras, bem diferente dos meus amigos que só sabiam falar sobre algo que "ouviram falar". Sério, como alguém pode acreditar em fofoca de internet tão facilmente?

Bem, agora todo mundo ama a Dilma. Até a Globo encheu de reportagens falando bem dela. Só espero que isso continue. O inferno vai ser ouvir baixarias do tipo: "só ganhou voto dos pobres", "quem vota nela é analfabeto", entre outras coisas. O melhor é que o pior já passou. Nós vencemos junto com ela.

Ah, outras coisas: quanta gente escura nessa matéria da Uol. Como eles conseguiram arranjar tantos afro-descendentes? Eu ein.

Rita disse...

Eu ainda estou com cara de tola, cantarolando

meu Brasiiil tá querendo Dilmaaaaaaaaa

meu Brasil tá querendo continuaaaaaaaaaarrrrr

com a força da massa
o povo te abraça
agora é Dilma

é a vez da mulheeeerrrrrrr!!!!!!!!!!

Vumbora crescer, país! Feliz DILMAIS!!!

Tim-tim, pessoas (querendo entrar no samba é só passar no estrada anil... ;-)

Rita

Nathália. disse...

"Pois é, chegou a hora" [2]

Victor disse...

VANESSA:

Sou de Fortaleza e realmente sinto um pouco de rejeição a ela ultimamente. Gostaria que o Hospital da Mulher ficasse pronto... Enfim, aqui em casa todo mundo votou nela nas duas eleições e eu a defendo sempre que dá.

(Gente, li todos os comentários. Poxa, queria DILMAIS ir a Brasília, ver essa posse! Ia ser um momentão da minha vida, nunca ia esquecer =\ Dilma vai fazer história. Primeira presidenta do Brasil!)

Rosa lopes disse...

Já viu a entrevista do Dirceu na Cultura? Gostei muito. Sempre rola umas gritarias, mas valeu pelo equilíbrio que o Dirceu defende o momento.
Eu estou empolgada que é uma coisa...

Fiquei decepcionada com o Serra eu esperava que ele apoiasse o governo eleito, mais uma vez ele perdeu uma boa oportunidade de ser digno, definitivo.

Daí entendo que o barraco vai continuar e a Dilma vai ter que ter coro quente pra agüentar, muita paciência e a coerência do primeiro discurso pra coisa funcionar.
bj

Iseedeadpeople disse...

Estou FELIZ, mas MUITO FELIZ, de ter acordado a tempo e ter votado em Dilma no 2º turno!!!

Aqui em Salvador soltaram foguetes, foi uma alegria só!

O que me entristece e me choca porém, é a campanha anti-Nordeste que muitos paulistas e sulistas andam fazendo. Li coisas repugnantes como "vamos jogar uma bomba no Nordeste e matar todos esses cabeça-chatas", "O nordeste só atrasa o progresso do país, é um bando de vagabundos e preguiçosos" e outras mais lamentáveis ainda!

Esse link aqui tem prints tirados de várias twitadas xenófobas... sinceramente, me arrependi de ter lido, estragou meu dia e estou envergonhada de pertencer a mesma espécie desses "seres humanos":

http://kioshi.blogspot.com/2010/11/xenofobia-no-twitter-contra-nordestinos.html

Hugo disse...

Em oito anos de governo FHC no Brasil, e os nem-sei-quantos de PSDB em São Paulo, se eles são tão bons assim, e o PT tão ruim, era pra eles terem ensinado esse povo PELO MENOS a votar, né? Principalmente se levarmos em conta que boa parte dos eleitores de agora teve sua educação de base justamente na época do FHC. Ou talvez eles não entendam de educação, ou muito menos de política.

Aqui no Rio, 61% pra ela, 39% pra ele, em números arredondados. Pouco menos pra ela do que na minha seção, e, como disse a Lola, também observei pouco aumento nas abstenções. Os que faltaram devem ser todos pró-Serra (ou deveria dizer 'anti-Dilma'?), pelo que os próprios dizem.

Mas a melhor foi a mulher que falou que o governo marcou as eleições pra esse dia porquê ia beneficiar o PT, que só tem voto de pobre que, obviamente, não viaja. A emenda que mudou a data das eleições foi justamente a mesma que deu o direito de reeleição. Se o 'problema' foi esse, mesmo, valeu, FHC! Taí uma coisa boa do seu governo!

HG disse...

Feliz! Feliz! Feliz!

Ursula Burgos disse...

Lola,

Venho te acompanhando apenas há alguns meses, e passou a fazer parte da minha rotina. Tento também, ainda que bem pequeninho, escrever sobre temas que me interessam, e muita coisa acaba sendo feminista. Parabéns pela cobertura.

Flovi disse...

Lola, eu fiquei tãããão feliz, e realmente a minha cidade tava em clima de velório. Eu peguei o avião para iniciar minha jornada de volta à Índia e quando adentrei o mesmo as aeromoças estavam nos oferecendo jornais. Um senhor, que estava na minha frente, disse assim pra aeromoça 'eu não quero esse jornal, não quero ver a cara da Dilma nele'. Isso com falta de educação! E tinha uma mulher atrás de mim que ainda concordou e disse 'eu também não quero jornal, delsmelivre de ver a cara feliz dessa pilantra'. A aeromoça olhou pra mim, eu falei 'me dá aqui esse negócio pq eu quero é comemorar' e nós rimos muito. Mas foi super engraçado o climão de velório que tava no avião. A elite goiana não se conforma =D

Valmir Marques disse...

Muito bacana mesmo...pena que nao foi graças ao voto feminino não é??? A diferença de votos masculinos a mais que ela teve é similiar a diferença que ela teve sobre o candidato derrotado..isso nao é muito...muito...muito esquisito???

Carlinha disse...

Lola,

Vc viu isso: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/11/02/noticia_eleicoes2010,i=221260/PRECONCEITO+COM+PAPEL+DE+NORDESTINOS+NA+ELEICAO+DE+DILMA+POLARIZA+DEBATES.shtml

Carlinha disse...

O link não foi. Segue o trecho da reportagem:

Preconceito com papel de nordestinos na eleição de Dilma polariza debates
Acusações xenófobas contra nordestinos causaram polêmica nas redes sociais ao atribuir a eleitores da região, de forma pejorativa e imprecisa, a eleição de Dilma Rousseff ao Planalto

Diego Abreu
Publicação: 02/11/2010 00:40 Atualização: 02/11/2010 08:25

Petistas pernambucanos comemoraram durante boa parte da madrugada de ontem a vitória nas urnas de Dilma Rousseff nas eleições presidenciais
Uma declaração preconceituosa e baseada em dados imprecisos postada no Twitter por uma estudante de direito de São Paulo causou grande polêmica nas redes sociais. A aluna atribuiu aos nordestinos a derrota de José Serra (PSDB) nas eleições presidenciais. O embate regionalista tomou conta das discussões no microblog, com reações imediatas contra a infeliz frase e também com comentários de moradores das regiões Sul e Sudeste.

“Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!”, escreveu a estudante, durante a madrugada. Ela também usou o Facebook para mostrar a indignação com a vitória de Dilma Rousseff (PT) e culpar o povo do Nordeste pela derrota. “Afunda Brasil. Deem direito de voto pros nordestinos e afundem o país de quem trabalha pra sustentar vagabundos que fazem filhos pra ganhar o bolsa 171”, postou.

O comentário repercutiu tanto, que, ao meio-dia de ontem, o hashtag #nordestisto — escrito de forma incorreta pela estudante — passou a ser a terceira palavra mais comentada pelos usuários do microblog. A guerra regional fez outros termos serem mais acessados ainda: “orgulhodesernordestino” e “norte/nordeste e sul/sudeste”. Quando o caso começou a repercutir, a estudante publicou mensagens desculpando-se. Mais tarde, cancelou seus perfis.

As declarações preconceituosas podem resultar na prisão dos autores das frases. De acordo com a legislação brasileira, crimes contra a procedência nacional preveem pena de até três anos. Um jurista ouvido pela reportagem explicou que as redes sociais são consideradas meios de comunicação. “Qualquer informação ofensiva à honra ou preconceituosa é suscetível de apuração e apenação, como em qualquer outro veículo de comunicação”, explicou.

Já o cientista político David Fleischer, da Universidade de Brasília (UnB), lembrou que há um preconceito muito forte contra o Nordeste em estados das regiões Sul e Sudeste. “A pessoa deveria procurar outras razões para a derrota do Serra, porque, no Brasil, o voto de cada um tem peso igual. Se a eleição brasileira fosse como nos Estados Unidos, onde os votos são divididos por estado, de acordo com o número de delegados, aí sim se poderia atribuir a derrota a um estado, mas jamais com o uso do proconceito”, comparou o cientista.

Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávia CML disse...

Trabalhei ontem o dia inteiro e muito feliz... Na escola que eu trabalhei, Serra ganhou (como, infelizmente, aconceteceu em Natal), mas nenhum, repito, NENHUM eleitor compareceu com adesivo de Serra.
Os eleitores dele eram até fáceis de identificar: vinham com discurso de ódio. Adesivos de Dilma, passaram váááááários... Como eu estava trabalhando, e não podia usar adesivo, me contentei em dar um "bom dia" ou "boa tarde" muito mais sorridente para os dilmistas...
Muuuuuuito Feliz!!!

Camila disse...

Lola, não sei o que dizer do tumblr "Xenofobia não". O que é aquilo? Não pode ser sério, é muuuito assustador!
E a material do UOL é tão tosca! Kkkk
Eu morri de rir com a petulância de "o Serra vai perder porque nós viajamos"...
É bem típico do mesmo tipo de gente que cria tweets cretinos como os listados no Tumblr. Sabe? É um tal de "sou melhor, mais inteligente e mais limpinho que ECA, tenho nojinho de pegar fila e apertar um botão, prefiro ficar no Guarujá, fingindo que sou rico".
E o outro terceirizando a sua própria despolitização? "O povo está desiludido, EU vou anular meu voto"...
É demais, é demais!

Mauricio disse...

Lola, parabéns pelo blog. Leio pq minha mulher te acompanha e está é a primeira vez que me manifesto. De antemão, informo que sou o que vc chama de reaça, apesar de ser eleitor do Lula (nova fase) e só não votei na Dilma pq estou de licença médica. Contracenso? Não. Seria se eu desde sempre votasse no Lula, fase antiga, com idéias que nada tinham a ver com o Lula atual. O antigo era FORA FMI favorável ao calote. O atual foi FORA FMI pagando a dívida e não devendo mais nada. Não acho que sua seção foi modelo, pois pelo que li, foi deixado acontecer crimes: votar com adesivos de candidatos, e absurdo: uma mesária "ajudou" uma eleitora? Não importa se a pessoa é analfabeta. Ela vota sozinha ou não vota. Fui presidente de mesa duas vezes e coordenador uma, e nunca deixei correr frouxo os crimes eleitorais. Pessoa que tentasse entrar com camida de candidato era simplesmente barrado. Lei é Lei. Não importa a região do Brasil. Se insistisse em entrar, eu simplesmente não liberava a máquina e ele não conseguia votar.
Mas me admirou muito ler que até mesmo uma mesária, que deveria fazer cumprir a Lei, a transgrediu desta forma, não apenas deixando eleitores entrarem com adesivo, como muito grave: permitir que votassem acompanhados com outras pessoas e ainda pior, uma mesária indo lá "ajudar" a votar comprometendo o sigilo do voto. Ainda que uma pessoa se diga eleitora de um candidato, só ela sabe em quem ela votará em sigilo.
T.

Ana Castle disse...

Eu tinha uma viagem para fazer no feriadão, mas deixei para fazer na segunda feira (ponto facultativo para mim) para não deixar de votar na Dilma. Valeu o adiamento.