terça-feira, 6 de abril de 2010

MAS ELES NÃO SÃO HOMOFÓBICOS

Sei que falei que não falaria mais do BBB 10, mas os comentários que vi numa matéria do Terra sobre Angélica, a Morango (que distribuiu autógrafos numa boate gay), precisam ser compartilhados. Eles meio que põem por terra o meu otimismo e o meu lado Polyanna de ver a vida (achando que ao menos homofobia tinha virado insulto).
Ah, não corrigi a gramática, ortografia, ou pontuação. É tudo SIC. E pelo jeito os comentários são todos de eleitores do Dourado, aquele um que não, não é preconceituoso, imagina. Ele só atrai gente dessa estirpe por causa do seu jeito zen-budista de ser, como prova a tatuagem da suástica milenar que carrega no corpo.
São de embrulhar o estômago. Não leia após uma refeição.

- “Essa delinquente tinha que estar na cadeia, lugar de bandido não é na balada”.
- “Não existe outra definição, o gay é um ser nogento e atrevido, e está bem situado no poder.”
- “Os gays que ficam na dele e nem se percebe tudo bem. Mas essas aberrações... Olho com isso. Temos que fazer um frente... Um basta nisso”.
- “Deveria ser deletada essa raça da face da terra. Kkkk”.
- “Quem gosta leva pra casa. Eu jogo na vala”.
- “Temos que fazer uma campanha para moralizar este país. Valorizar a família. Que exemplo essas 'pessoas' dão para os nossos filhos?”
- “Essa deoravada correu com sorte porque tropeçou com o mestre Dourado, cavalheiro ele não bate em mulher. Mas essa me dá uma vontade de dar tanto murros na cara dela”.
- “Saiu a vacina pra isso? Para não nos contaminarmos?”
- “Nojo!”
- “Morango, Dicesar e Serginho foram ruins para a comunidade GLBT. Quem viu pelo ppv como eu ficou enojado com a promiscuidade e a perversão. Deprimente! Aliás, eles deveriam se unir em prol de causas nobres como crianças carentes idosos mal tratados etc... Não só em prol de si mesmos!”
- “Sujos, isso eh doença, jah existe estudos que comprovam que ser GLS eh ser doente mental”.
- “Pena que Bial não arrematou e disse a casa tinha heterofobico, e muitos! Odiosos, nojentos, fofoqueiros, maledicentes, imorais. Até o final do BBB, mesmo já defenestrados pelo público e pela torcida enorme do Cabrón, continua a todo custo, a todo preço, tentando apagar dourado. Em vão. Ainda que constassem com muitos poderosos aliados aqui fora, tudo em vão. Vencemos, nos os heteros normais (não homofóbicos), com muito orgulho. Quanta sujeira e podridão tem esse mundo gay, hein?”
- “Eu faço ela gostar de homem rapidinho. Eu meto nela gostoso”.
- “Dicésar fez de tudo para mostrar que gay é humano e pode tudo exatamente por isso. Mas não pode não, tanto quanto um hétero. A lei é igual para todos. O direito de ser gay, não o habilita a ser cruel, desumano, perseguidor, mentiroso, falso”.
- “Trabalhos forçados para esse lixo”.
- “O problemas dos g,ay,s e lés,bi,cas é que eles querem vencer os heteros usando as mesmas armas que alguns heteros usam contra eles: o preconceito. Querem por na cabeça das pessoas que ser hetero é sinonimo de ser preconceituoso, que ser g,a,y é uma postura politicamente (hipocritamente?) correta e ser hetero é o lado negro.”
- “Não sei o que é pior, o presidente Lula ou essas doenças, chamadas GLS”.
- “Quando esses bandidinhodemerda vão tomar vergonha na cara e parar de matar cidadaos de bem e trabalhadores e começar a acabar com essas aberrações gays”.
- “Não passa de um pobre demonio”.
- “Morra lixo”.
- “É muito simples, quando os gays, lesbicas estiverem reunidos em circos ou melhor nas boates GLS, é só trancar a porta e meter um foguinho, com tantas plumas, paetes, perucas e perumes será muito facil de fazer um churrasquinho de gazelas”.
- “Ela nem se acha mulher, no BBB queria ser mais homem que os demais”.
- “Sao muito falta de respeito os homossexuais, sempre qurem mostrar o que fazem . isso é aberraçao e perversao. por isso sempre vao presos por estarem se expondo à todo mundo como eles pensam que podem, só pensam neles, sao preconceituosos com os que pensamos diferente deles”.
- “Essa gente gosta é de criancinhs, são doentes”.
- “o mais estranho é ela falar assim,como se fosse a coisa mais natural do mundo.da ate nojo,fomos feitos para nos reacionarmos como homem e mulher,senao,como gerariamos,como dariamos continuidade a nossa especie?ela é nojenta”.
- “aberração! bigoduda! perdedoraaaaaaaaaaaaaa o dindim tá na conta do cara que te excluiu da casa....hahahaha e nós votamos e vc vazou....vai embora pra boate de aberrações mesmo, seu traste humano!”
- “Tenho filhas, e nao confiaria deixar elas perto de alguém como a morango. Confesso que a cara que ela tem é de perveritida mesmo, além das atitudes dela claro.”
- “Que morram todos gays, lesbicas do pais. Não vao mudar em nada”.
- “A humanidade ta cansada desse negocio de GLS, parada gay etc os gays entraram no bbb e acharam que iam arrebentar a boca do balão daí vem um cara que fala a verdade e pronto bastou pra colocar o movimento GLS na gaveta. Chega desse negocio de GLS isso ta infectando familias e destruindo lares a humanidade não foi feita pra isso”.
- “Será que não tem um jeitinho de clonar o Adolph para acabar com essas aberrações?”
- “Aberta a caça de temporada aos gays!”.

Qualquer semelhança entre esses comentários cheios de ódio e o discurso que os nazistas faziam sobre os judeus é mera coincidência.

51 comentários:

Laura disse...

Desculpe-me a ingenuidade, mas não consigo entender tanto ódio num coraçãozinho assim.

Tenho os meus preconceitos, principalmente contra religiões de modo geral, mas nunca fui capaz de atingir esse patamar raivoso, odioso, etc e tal.

Devaneios de Mulher disse...

Olá Lola, se eu disser que eu estou chocada com tais comentários é mentira.
Não acompanhei o BBB, mas pelo que lia e ouvia, sabia que o Dourado ganharia na metade do programa.
Também acho que ele foi muito favorecido nas edições. Não ficava claro para os seus seguidores, que ele era "homofóbico", e sim passava somente a impressão, que era um defensor da família brasileira, do certo, o senhor que resgataria a honra e os bons custumes.
Muito me instritece comentários como este, que, nada perdem para os mesmos "alienados" extremistas que seguiam Ritler.
No twitter mesmo, tivemos exemplos de perseguição e ameaça aos que não concordavam com a vitória dourada!Claro que a ameaça eram sempre à gays ou simpatizantes.
Enfim, estou preocupada em que tipo de país estamos nos tornando. Mas, se olharmos bem lá no fundo mesmo, podemos perceber que o brasileiro é um povo preconceituoso.Sinto isto na pele, pois meus sogros não nordestinos e sempre noto piadas e brincadeiras de mal gosto contra eles.
Como o carioca chama qualquer pessoa que nasceu no norte ou nordeste do país?Paraíba. Isto não é preconceito, não é homofobia?
Continue a escrever Lola, pois se entregarmos os pontos o que virará nosso país?!

Beijo grande se sua fã.

Tati

Natália disse...

Q isso!? N entendi o povo chamando os participantes de bandidos, mandando prender! Q absurdo! Por isso q n gosto qndo ouço alguns gays dizendo q n tem preconceito nenhum aki no Brasil. É só ter a possibilidade de ficar anonimo (internet e votos no bbb) e td se revela. Na rua ngm assume q tem nojo, q qria q Hitler fosse ressuscitado (assustador!), q acha q estamos acabando com a sagrada instituição da familia e q deveriamos ser banidos da convivencia social. O Brasil é famoso por esse preconceito velado. E aí eu me pergunto: de onde tiraram q o Rio é a cidade mais gay friendly do mundo!? N dá nem pra sair de mãos dadas sem correr risco de ser espancada!

Natália disse...

Lola, qndo vc vai escrever sobre o Backlash da Susan Faludi? Gostaria de ver um texto seu a respeito. Estou qse acabando o livro e ele é maravilhoso! Merece ser comentado.

Pablito disse...

Lola, Lola, Lola... to acabado. MUITO triste mesmo. É bem capaz de eu mostrar isso aqui na sala onde trabalho e ainda as pessoas acharem que não há nada demais... que não é bem assim, que estou exagerando. Muito triste. MUITO. Deprimente isso tudo.

luci disse...

deprimente, triste, vergonhoso...

Patty Martins disse...

Nossa, dá vontade de chorar lendo esses comentários. De verdade. Meu Deus, estamos num nível tão atrasado assim?? Em pleno século 21?? Sinto vergonha por esses seres humanos.

Pri disse...

Um homem de quase 40 anos diz o que quer num programa campeão de audiência. A Rede Globo leva ao ar as frases e comentários repletos de viéses e permeados por preconceitos, legitimando, mesmo que indiretamente, esse tipo de comportamento. O apresentador apenas sugeriu pesquisarem sobre AIDS no site do Ministério da saúde. Dar espaço para a moça traída falar no fantástico, eles deram, mas para falar sobre violência e homossexualidade, nem pensar. Se a Globo não legitimou o comportamento desse rapaz, não sei o que fez então!

CLARO que isso torna um campo fértil para que saiam dos porões e do anonimato essa parcela raivosa, intolerante, arrogante e com deficiência de visão humanitária da população!

Ingenuidade tremenda achar que esse programa é apenas entretenimento! Isso é visão distorcida de quem ganha rios de dinheiro e passa longe de praticar a ética. Em tempos como os de hoje, ética é premissa sempre! Responsabilidade com a sociedade que desejamos deixar para os nossos filhos!

Meu estômago ficou revirado por ler essas citações. Mas acho correto expô-las para servirem de alerta.

O que esperar de uma sociedade que elege heróis como esse? Um homem de quase 40 anos que se mostra perdido, dá uma de coitado, tripudia dos companheiros de programa e chama de "jogar bem" uma teatral atuação toda pautada no mal, em valores deturpados, em preconceito puro e em desrespeito à inteligência do público?

Cada povo tem o herói que merece???

Bruno Stern disse...

Tenho certeza de que 90% desses comentários estavam assinados por apelidos.

As caixas de comentários dos jornais online são realmente assustadoras. Gostaria de saber quem são esses que ficam tão corajosos e raivosos escondidos pelo anonimato.

C. disse...

Dá até uma dor no coração lê uma coisa dessas. Você começa a perder a esperança no mundo.
E o que parece, é que esse povo não gosta de pensar. Ou então é ignorancia, só pode. Dizer que homossexualidade é doença é coisa de gente ignorante mesmo. Dá pena. Deles, por terem um visão tão restrita, e dos outros, que tem que aguentar ouvir essa ladainha.

Não entendo porque tanto ódio. E ainda dizem que são os gays os preconceituosos. É so ver o nível dos xingamentos pra ver quem é preconceituoso mesmo. "Aberrações, pervetidos, nojentos, imorais". Ai ai, ninguem merece viu? E ainda chamam os gays de criminosos, como se as coisas fossem simples assim: gays = pessoas ruins, heteros = pessoas dos bem. Vou nem comentar né? Quando vierem com argumentos de verdade, não apenas com acusações infundadas, a gente discute com esse povo.

Oliveira disse...

Lola:

Você disse "Eles meio que põem por terra...

Só gente ignorante usa esse MEIO QUE PÕEM; é igual o A NÍVEL DE. Não pega bem para uma pessoa com formação acadêmica. Ainda mais você que é dona de todas as verdades do mundo via tergiversação.

Oliveira disse...

Se voc6e nào souber o que é tergiversar, vá na UOL dicionários.

Samantha disse...

Nossa, que nojo do ser humano, quando leio essas coisas. A humanidade está perdida, nunca vai haver respeito a diversidade!

Isso me deixa triste e muito pessimista. E considerando que a maior parte dos usuários de internet é jovem ou adolescente, fico ainda mais entristecida.

Shey, Sheid, enfim... disse...

Isso é Jesuis no coração...

Márcia disse...

Oliveira,

Vá ler sobre preconceito linguístico meu filho, melhor que dar uma de intelectual de meia tigela.

Num gosto de quem se acha.

Túlio disse...

Meu, me dá uma tristeza tão grande, mas tão grande. Vc não tem noção. Como o ser humano pode falar coisas assim? É ignorância ou maldade pura e simples? Eu já não consigo achar que seja só ignorância.

O pior é que acabo perdendo as esperanças com o ser humano, com o Brasil.

E me irrita demais essa história que inventaram agora de que são os homossexuais os verdadeiros preconceituosos.

Loy disse...

Dá medo.
Um que pede um Hitler no final, deu pavor mesmo.

O que está faltando, diz pra mim, nesta nossa sociedade? Ou está sobrando? Ou sempre foi assim e agora há mais espaços para falar o que realmente se pensa abertamente e as pessoas mostram realmente quem são, sem as máscaras que o politicamente correto fazem vestir (porque ninguém quer ser tachado de homofobico na vida real porque "pega mal", mas na net, fala-se o que quiser impunemente).

Cadê a ética, cadê o respeito ao próximo, cadê o altruísmo?

É a falta de educação familiar que está fazendo isso? Não é irônico que usem os supostos "valores familiares" que têm para falar mal dos gays, quando é justamente a falta destes mesmos valores que criam essa intolerância? É a falta de educação escolar? Não é irônico quererem usar o Estado pra retroceder na perseguição à diversidade, quando é justamente a falta de responsabilidade pública que tem colaborado para sucatear a educação?

Drico disse...

ENTÃO GENTE,VAMOS PRESTAR ATENÇÃO NO PAÍS QUE VIVEMOS,NÃO É UM PRIMOR DE LEIS,E ONDE EXISTE UM DOS MAIORES ÍNDICES DE ANALFABETISMO NO MUNDO.NA MAIORIA DAS VEZES SINTO VERGONHA DE SER BRASILEIRO,TODO MUNDO TEM PRECONCEITO,MAS CADA UM DEVE SABER LHE DAR COM ISSO,NÃO OFENDENDO NINGUÉM!E EU GOSTARIA DE SABER UMA COISA...QUEM FOI QUE DISSE QUE OS RESPECTIVOS GOVERNANTES TERIAM QUE DECIDIR SOBRE OS DIREITOS HOMOSSEXUAIS?QUEM DISSE ISSO?SE TODO SER HUMANO JA NASCE COM DIREITOS,QUEM SÃO ELES PARA JULGAR OU DECIDIR O QUE PODEMOS OU NÃO FAZER?ASSIM SERIA JÁ QUE NÃO TEMOS OS MESMOS DIREITOS HETEROSSEXUAIS DA DIMINUIÇÃOI DE NOSSOS IMPOSTOS!

diego disse...

Oliveira, tudo bem? Você esta apaixonado pela Lola?

Isabela disse...

Eu sempre me choco quando vejo esse tipo de coisa na internet, pois a tela e o teclado são usados como escudo e as pessoas saem "falando" esse tipo de atrocidade com uma naturalidade incrível: um prato cheio pros aborrecentes do mundo! Veja os comentários no youtube, é dar nojo mesmo. Por exemplo, eu soube do caso da menina da Uniban e "youtubei" pra me interar, já que estou fora do Brasil. Comentários rasos, chulos e preconceituosos são coisa comum, Lola. Eu tenho uma teoria sarrista sobre a era digital: quem conheceu o sistema DOS ainda tem chance de se salvar... os que vieram depois são almas perdidas...rsss....

Mari Moscou disse...

Acho que alguém disse aí em cima nos comentários... A forma como a Globo abordou a questão foi o trampolim para pessoas que não respeitam os direitos humanos (que foram educadas para serem assim) se sentirem seguras e exporem seus preconceitos...

Como a maioria dos preconceitos, eles nascem e são sustentados pela própria sociedade como instrumento de dominação. No outro post da Lola, sobre os comentários cretinos do Viktor, também dá pra ver o mesmo tipo de pensamento senso-comum, falacioso e não-crítico.

Quando o tipo de comportamento já vem antes de você, tem-se a impressão de que ele é normal, natural. O nosso papel enquanto seres críticos é desnaturalizar este processo...

Também publiquei um texto hoje mais ou menos sobre isto - preconceitos e falácias. Tá lá no www.mulheralternativa.net - estão convidados a comentarem! :)

Debora Regina disse...

Drico,
Vc acha mesmo que o que causa tantas manifestações preconceituosas é o fato do alto número de analfabetos dete país? Não me parece, aliás, achei bem a cara da nossa classe média, leitora do "UOL" e da revista Veja que se preocupa mais em ser "superior" do que ser ética, ser generosa, enfim, ser GENTE.
Eu leio isso e fico triste e desanimada.

cronicasurbanas disse...

Oi Lola,longe de mim querer ditar pauta ou falar como você deve escrever no seu próprio blog, né? Até porque o tema do post é sempre relevante e pode resultar em muita discussão potencialmente produtiva.

Mas você não acha que (pra alguém que acha o BBB meio perda de tempo e o tal Dourado um troglodita), você tá rendendo o assunto demais, não? Você sempre tem um filme legal pra comentar, os casos interessantes com o marido, os gatos, sua mãe, está morando em uma cidade bacana e diferente, convivendo com um povo que é a simpatia em pessoa, tendo uma experiência nova de lecionar em uma universidade...

Adoraria ler um pouquinho mais sobre essas coisas aqui!

grande abraço
Mônica

Jaquee disse...

"Em um mundo homofóbico, Hitler é super herói"

Não é nenhuma surpresa estes tipos de comentários, o preconceito reina geral, para infelicidade da razão.

Ana Lu disse...

Nojo,revolta,repulsa,vergonha dessa espécie supostamente mais avançada.Estou tão triste que não consigo nem expressar.Essas pessoas só podem estar aproveitando a ilusão de anonimato na internet pra despejar o que realmente pensam(pensam?ok,na falta de uma palavra melhor vai essa mesmo),pois não é isso que vejo nas conversas por aí ou com meus alunos,nada tão agressivo.
Aliás,Lola,sobre o assunto,você viu o documentário"For the Bible Tells Me So"??Não achei nada nas críticas...Se você assistiu,poderia comentar pra nós,pleeeeeease??
Bjos!

Anônimo disse...

deveria chocar, mas nao me choca. o odio e atavico ao ser humano. e e descarregado em cima do que nao entendem e nao querem entender. pelo fim da humanidade. que nos extinguamos e deixemos os gatos evoluirem e se destruirem tambem.

Roberta disse...

Brasil país da tolerancia?Faça-me rir.Alías não é só o Brasil que tem que mudar,é o mundo todo,intolerencia e desrespeito esta em toda parte infelizmente o que jeito é tentarmos mudar essa cena ,o respeito para com o proximo ainda não esta extinto.Ainda bem.

Oliveira,tenha dó,"corrigindo"o portugues da Lola?Você mesmo sabe que ela é uma doutora em letras,quer ensinar o padre a rezar?

wagner disse...

Esses comentários apenas traduzem, infelizmente, o nível mental existente no país (talvez no mundo), e que não é de hoje, a diferença é que com a Internet essas idéias têm como aparecer.

De modo geral o nível das discussões nos blogs sobre qualquer assunto mais ou menos polêmico (política brasileira, oriente médio, bíblia/corão, casal nardoni, etc) é absurdamente baixo.

Esse é o mundo que vivemos, só que agora mais explícito.

Atena disse...

E como tem gente que fala merda, né?
Conheço pessoas que dizem que 'entendem o Hitler', que o holocausto foi um 'mal necessário', esse fim-de-semana mesmo um garçon falou isso pra gente numa boa... É uma ignorância, uma falta de empatia e sensibilidade tão grande que eu só posso acreditar que seja da boca para a fora, pois não é possível que alguém que realmente saiba do que está falando continue defendendo idéias como esta. Se conseguissem ao menos imaginar como é ser perseguido, agredido, vilipendiado em seus direitos mais básicos, talvez não repetissem, feito papagaios, absurdos tão imensos.

Liliane disse...

Lola,
faço minha as palavras da Monica! Chega desse assunto porque na verdade há no mundo coisas melhores de serem comentadas! Não assisto Globo há mais de dez anos e passo muito bem! No primeiro texto sobre a vitoria desse cidadão voce mesmo disse que isso não pode servir como amostragem do pensamento da população pois pode-se votar quantas vezes quiser no seu "ídolo". A meu ver os desocupados é que elegeram esse cara para ganhar o BBB. E falar desse assunto recorrentemente, na minha opinião é dar a Globo o que ela mais quer, Ibope...

Masegui disse...

Lolinha,

Mande esse idiota do Oliveira pra @#$&*(%$#&((¨*.

Oliveira disse...

Roberta:

Então a Lola é uma doutora em letras ruim (existem aos montes), pois o que eu observei está correto. Até você deveria saber disso.

A menos que você esteja sendo irônica eu não entendi; se for isso desculpe!

Giovanni Gouveia disse...

Oliveira, a inguinorança é uma M@#$%

Thiago Medeiros disse...

Eu li o seu post antes de comecar a aula. Ai na saída, andando para o ponto de ônibus, comecei a ouvir Cassia Eller... E panz! Uma resposta para o seu post começou a me surgir...
A gente teve (e tem) ao longo dos tempos um povo bem esperto no sentido cultural: digo Cazuza, Cassia Eller, Renato Russo, Janis Joplin (na musica); Jean Genet, Oscar Wilde, Caio Fernando Abreu (na literatura) e a maior galera nos outros ramos (politica, cinema, artes plasticas) que fez um trabalho q a gente admira ate hj!

E aposto que o pessoal dos comentários absurdos um dia (ou ainda hj) admirou o trabalho de um desses que eu citei aí em cima. Que atire um vidro de testosterona se eu estiver errado! E esses artistas eram todos homossexuais. Assim como há mts heterossexuais que fizeram e fazem um puta trabalho (se e que ha essa separacao de hetero, homo, bi, pansexual ou whatever) e homossexuais que falaram e fizeram bastante merda. Todo mundo no mesmo saco, na mesma fossa de mundo.

E nao adianta vir com um papinho: "mas o que me interessa é o trabalho do renato russo (por exemplo) e não o q ele fazia na cama". Mas, mas nada... A gente tá falando aqui de respeito mútuo e se vc tem um discursinho gay merece ser exterminado ou, para os metidos a tolerantes, gay tem q ser na dele, as bichonas devem ir para o forno com suas plumas e paetes, vc ta desrespeitando esse povo que vc admira e querendo que vá para o lixo uma galera que vc poderia admirar por um bom trabalho e até mesmo por te ajudar a resolver seus conflitinhos.

Ah, lembrei também do Alexandre, o Grande, que foi um puta general, com uma virilidade que nem toda a testosterona dessa galera junta conseguiria equivaler a um vinte avos da garra e macheza desse imperador. E eis a notícia: alexandre com sua masculinidade em ebulição teve relações com homens! Vejam só! E isso não eliminou sua perspicácia, inteligência, coragem e, olha que bacana, sua masculinidade! Sabe por quê? Porque isso era normal! Normal, tio?!?!?! Ehhhh, normal. Porque era antes de vir uma nova intituição e instituir esse conceito de que homem tem q gostar e mulher e vice versa. O resto é falta de vergonha na cara e, de outra forma, não teríamos como nos procriar.

Para os que defendem essa teoria, outro recado, pq vc gosta de macarrão, vc acha q o outro não pode gostar de arroz e feijão? E se o outro gostar de arroz e feijão, o macarrão corre o risco de ser exterminado? Não, filhote. Tem gosto e público para tudo: macarrão, arroz, feijão, alface. Eu sei que é dificil de fazer o tico e o teco assimilarem isso, afinal tv globinho, vovô, periquito, papagaio, amiguinhos te fizeram pensar assim desde q vc se entende por gente, né? Pra que pensar nos outros pontos? Da preguiça, mt trabalho, mts conflitos, né? Afinal, a ignorância traz paz. Vc num pensa, fica em casa deitadao no sofá, com a mente vazia, relaxado. Só vc e a ignorância, na maior paaaaz...

Ah, Lola, tenho saco pra esse tipo de povo não, cara! Vai estudar história e procurar um terapeuta pra aprender a lidar com os preconceitos antes de sair pelos sites da vida falando asneira!

Silvia disse...

Cara, eu devo ter tendência depressiva, porque eu acho que é isso mesmo que a maioria das pessoas pensa e não esperava nada de melhor dos nossos coleguinhas brasileiros.
A grande merda desse BBB e seu dourado foi que mudou a ´espiral do silêncio´(dá-lhe teoria da comunicação) e discriminar gays abertamente passou a ser visto como ´verdadeiro e corajoso´. É claro que ele só deu voz a um sentimento que já existia na sociedade. Mas algo assim deve haver em termos de racismo, só que todo mundo sabe que é crime falar, né. Como não temos leis que nos protejam, Dourado é endeusado como ´honesto, verdadeiro´. Dá vontade de vomitar, sério.

Carãozn disse...

Ai Lola o pior é ver aquele comentário falando do Lula..realmente né..esse discurso não beira o discurso ideológico do Nazismo, é o mesmo discurso com uma nova roupagem!
Como diziam os Frankfurtianos, a barbárie faz parte do próprio processo civilizatório, quando pensamos que estamos avançando.. vemos demonstrações raivosas de preconceitos que podem muito bem tomar forma de governo e até quem sabe de um golpe militar.....que medo!

Julia disse...

Eu SEMPRE pergunto o que eles vêem de tão abominável assim em gays.

Quero dizer. Tá. Sendo gay não dá pra se reproduzir. Mas tomando pílula também não e mesmo assim nunca fui ameaçada por deliberadamente me impedir de engravidar.

Deus não criou? Bem, isso é totalmente ilógico de acordo com a ótica cristã, afinal - se existe, quem criou, senão deus? E, se há exceções, quem garante que negros também foram criados por deus? Ou pessoas que nascem com um só braço? Aliás, quem disse que os caucasianos foram mesmo criados por esse deus? Quem acha antinatural tem que repensar esse argumento. Tem que repensar tudo, na verdade...

Sempre que alguém vier reclamar de homossexuais, comece a cobrar lógica entre os argumentos dele. A pessoa sempre fica confusa e desiste. SEMPRE.

Ághata disse...

O que eu acho mais engraçado é que esses comentários não são homofobia.
São apenas amostras da "liberdade de expressão" da nossa sociedade que está sendo ameaçada pelos gays.

Klauss disse...

Eu desconfio que 99,99% dos heterossexuais são homofóbicos!

Carla Mazaro disse...

choque.... é tudo o que eu consigo dizer

Marina Dias Araujo disse...

"essa gente gosta é de criancinha".. hauhaua.. eu ri..

mas sinceramente, se fosse comentar alguma coisa do Dourado, ia juntar a massa gay e falar mal dele. na verdade não sao opinioes bem formadas, nem nada, sao apenas massas se juntando e reprovando algo.

acho ridiculo as duas coisas.

Well Bernard disse...

Lola, isso que você escreveu aí, para mim não é nenhuma novidade. Eu já estou acostumado a lê-las e de tanto lê-las nem li todos comentários postados por você, até mesmo porque eles além de horrorizantes, são entendiantes tal meu costume.

Embora entediado com eles, ainda sim eu me revolto e lamento por eles existirem. De certa maneira a internet é boa por causa disso, para tomarmos noção da tão primitiva ainda é a nossa sociedade nas ideias.

Mas acho que o pessimismo é só um desespero, a esperança deve reger as pessoas e só os que acreditaram é que fizeram acontecer. Se Martin Luther King e afins não tomassem a iniciativa, certamente os negros não teriam direitos equiparados aos dos brancos.

Quando encontramos isso em sites desses jornalões aí, até compreensível. Mas fico mais horrorizados quando vejo em blogs como o seu, em que se pressupõe, que as pessoas sejam mais críticas.

Elas veem com aquele papinho de sempre, que respeitam e tudo mais, mas acham que nós LGBT's estamos nos impondo. Elas nem procuram entender o nosso discurso, nem sequer sabem da nossa boca o que queremos na verdade e ainda vem dizer que queremos nos sobrepor.

Sou otimista, só não gosto que a mudança seja tão lenta e esses comentários, tanto quanto as pessoas que os fazem, como diria aquele deputado lá do PTB, despertam em mim os instintos mais primitivos. Porém, os instintos mais primitivos são os mesmos que toda essa ignorância que os preconceituosos tem a respeito de nós e que os fazem agir como agem.

Eu acho muito importante que exista PLC 122 e acho animalesco os Silas Malafaias da vida falando contra ela, que se tente equiparar direitos civis, mas acho que o ponto central da questão nos homossexuais ainda não abordamos, a educação.

Precisamos esclarecer melhor as nossas crianças. Ainda entramos em um outro ponto que dá outra discussão, a aplicabilidade que os temas transversais estão tendo na nossa educação básica há muito falida.

Para mim tudo isso é políticas e infelizmente tem homossexual que despreza essa dimensão de nossa sexualidade. Falei disso lá no meu blog no último texto.

Lola, eu sei que estou falando demais. Mas sei lá, você me inspira tanta confiança. É piegas, é blasé, mas eu te amo mesmo assim. Tomara um dia eu conhecê-la pessoalmente e você não rir da minha cara de bobo ao vê-la.

Lacerda disse...

Lola, boa noite!

Não me espanta nem um pouco que muitas pessoas se manifestem desta maneira contra o que julgam ser contra seus preceitos, porém o "preconceituoso" não pode ser confundido com uma pessoa que possui "gostos diferentes".

Se não estou enganado, o Thiago Medeiros escreveu um Post (de forma inteligente, aliás), no qual, dentre outras coisas, falava sobre essa questão: "gosto".

Não se pode confundir ser contra Gays com não optar por Gays para um relacionamento amoroso, por exemplo. Sou Heterosexual e não gosto de me relacionar (intimamente falando) com Gays, ou seja é questão de gosto, não de preconceito.

No entanto, não tenho nada contra a "vida" de Gays, tenho inclusive amigos, mas eu os respeito como são e eles a mim. Ponto.

O problema é que como o assunto é delicado (como qqr outro assunto polêmico), quando se fala em público ele pode ser visto com várias interpretações e desta forma acaba gerando "tantos ódios" prá lá e prá cá.

Não vejo nada de mal nas pessoas heterosexuais expressarem o que pensam sobre tal assunto, da mesma forma que não vejo problema nos Gays se expressarem, também.

Quanto à violência, esta sim deve ser combatida em qualquer circunstância.

lola aronovich disse...

Well Bernard, tomara que algum dia a gente se conheça! Não vou rir da sua cara de bobo, não! Aliás, se eu rir, ainda melhor: adoro gente que me faz rir! (mas nunca ri da cara de alguém. Sei lá, rostos não são engraçados... Expressões sim!).

Lacerda, vc tocou num ponto importante, que confunde muita gente menos esclarecida: a questão do gosto. Eu sou hétero, nunca senti alguma atração por mulher, e ainda assim não sou homofóbica. Ninguém do movimento gay quer me fazer “mudar de time”. Eu nunca fui cantada na minha vida por uma mulher, e olha que tenho amigas lésbicas. Respeito e gosto são coisas diferentes. Eu não preciso ser gay pra lutar do lado dos gays, para que eles tenham direitos iguais aos meus. Assim como não preciso ser negra pra lutar do lado dos negros. Assim como não preciso ser portadora de alguma necessidade especial para exigir que o mundo lembre dessas pessoas. É uma questão humanitária (sem falar que não preciso ser cachorro pra lutar contra a crueldade contra os animais). E, sinceramente, não preciso nem GOSTAR de cachorro pra achar horrível que pessoas sejam crueis contra eles. Entende a diferença?
Esse tipo de argumento, sabe onde eu ouço mais? Em sites de aceitação do corpo! Sempre, sempre, sempre que tem alguma mulher gorda querendo se aceitar como é, se achar bonita do jeito que é, aparece um idiota pra dizer que ele não transaria com ela. Ahn... Quem falou que ELA gostaria de transar com um idiota? Uma gorda não quer que os carinhas que seguem o padrão de beleza repentinamente passem a se interessar por ela. Ela só quer que esses mesmos carinhas parem de chamá-la de baleia, baranga, canhão, e sei lá o quê. E que parem de avisá-la que ela vai morrer depois de amanhã por ser gorda. E que nenhuma pessoa no mundo será capaz de se sentir atraído por ela. Sabe, noções básicas de cidadania e respeito. Eu posso não gostar de, sei lá, homem com cabelo comprido (é, pensando bem, não gosto mesmo). É um gosto meu. Isso quer dizer que talvez eu não me sinta sexualmente atraída por um cara de cabelo comprido. E daí? O que o mundo tem a ver com isso? Agora, é diferente eu sair por aí dizendo que homem de cabelo comprido é tudo doente, merece morrer, papa criancinhas, é nojento, Hitler deveria voltar à vida para exterminá-los etc — e tudo isso baseado no meu gosto! Eu não teria que ser uma pessoa muito, mas muito intolerante pra agir dessa forma?

Giovanni Gouveia disse...

"Eu posso não gostar de, sei lá, homem com cabelo comprido (é, pensando bem, não gosto mesmo). É um gosto meu."

E nem por isso você acha que eu deva ser lapidado, esquartejado, rechaçado em praça pública...


Mas, pô Lola, que decepção, você não gosta de mim?
Shuinf
:p

Carol Morais disse...

Lolaa,
Confesso que nao aguentei ler tudo. Depois do “Deveria ser deletada essa raça da face da terra. Kkkk” Eu me senti tao triste. Sabe aquele sentimento de vergonha alheia? Pois foi justamente o que senti. Poxa, como podem falar assim em relacao a opcao sexual de uma pessoa? Pessoas hipocritas que alegam nao ter preconceito, que alegam saber lidar com todos, conviver com outros.
Acho o fato de ser heterossexual ou homossexual tao pessoal.
Eu me senti mal em ler este post, e olha que nao li tudo. =(
Um beijo

[comentario sem acentos, desculpa]

lola aronovich disse...

Gio querido, eu também não gosto de cachaceiros, o que automaticamente exclui vc e o Mario Sergio. Mas por que vcs se importam? Ambos são casados com mulheres lindas e maravilhosas!
Falando sério, eu acho muito esquisito que tantas pessoas queiram impor o seu gosto pessoal como padrão único da humanidade. É como se o meu gosto tivesse o poder de validar ou invalidar alguém! Tipo, Gio, talvez vc durma muito mal esta noite, mas eventualmente vai conseguir sobreviver mesmo sabendo que eu não te desejo sexualmente (acho, né? Vai ver que eu nunca conheci um cachaceiro de cabelo comprido realmente interessante...).
Abração pra Cris e pro Dalton! Pra vc, um aperto de mão respeitoso.

Patty Martins disse...

Não concordo com os comentários dizendo que a Lola não deve falar mais de bbb. Esse assunto [a homofobia e preconceitos declarados] é muito sério e deve sim ser debatido em todos os blogs, sites e afins. Não adianta enfiar a cabeça num buraco, ignorar a discussão e fingir que tá tudo bem, falando de coisas mais "amenas". A omissão e passividade das pessoas são as piores coisas em uma sociedade.

Olga Elis disse...

Nem me surpeendo mais com esses comentários, como nem consegui ler o post todo. Talvez eu deva ir a um médico buscar um atestado de tolice aguda.. minha fé na humanidade continua firme mesmo diante desse tipo de coisa.

L. M. de Souza disse...

acho que o sentimento de omissão é sempre grande, mas é por nos calarmos que merdas como essa parecem ser a unanimidade. Já caras como o Oliveira é só ignorar mesmo. Assim como tem pastor curando aids, tem muito jornalista e publicitário dando aula de gramática por aí, cada um com suas loucuras.

T I N I N disse...

Affffffff Lola...
Inacreditavel, hem!
Aliás estou literalmente "de 4" neste seu Blog...
Como não o descobri antes é que eu não sei!
Vou voltar , quero ler tudo!
Beijos
Amizade
T I N I N