sexta-feira, 15 de agosto de 2008

ESTRÉIAS NO CINEMA: OUTRA SEMANA SEM

O Robert Downey Jr. é o do meio.

Ai, gente, mais um fim de semana sem nada que preste no cinema. Quero dizer, não nos de Santa Catarina (e desta vez nem falo só de Joinville). Nos States, a situação é um pouco melhor. Pelo menos tem a estréia do mais recente Woody Allen, Vicky Cristina Barcelona, com Penelope Cruz, Scarlett Johansson, e Javier Bardem. Não preciso me informar muito sobre o que se trata pra saber que é o primeiro filme adulto a chegar às telas americanas em vários meses. Sim, eu disse meses.

O problema é que o verão deles tá acabando, mas não vai ser lançado nada de muito relevante até... dezembro, quando vem o Oscar. Ao menos se descontarmos Cegueira, marcado pra setembro. O último arrasa-quarteirão do verão americano estréia hoje e chama-se Tropic Thunder (chega ao Brasil no final de agosto, com o título Trovão Tropical). A comédia já tá sofrendo boicote de associações de deficientes mentais que não gostaram que os personagens usem a palavra “retardado” como insulto. Pensei que haveria acusações de racismo, já que o Robert Downey Jr. faz um astro australiano que se “escurece” pra fazer um negro. Como nem Ben Stiller nem Jack Black são meus comediantes preferidos, e como ver “ação no Vietnã” parece um pouco datado agora, mesmo em forma de comédia, não tenho vontade de ver Trovão. Mas eu veria por dois únicos motivos: o Robert, e uma pontinha do Tom Cruise (irreconhecível, pelo que dizem). Minha vida tá difícil quando preciso torcer pra Trovão chegar a minha cidade.

Além disso, nos EUA há o lançamento de dois desenhos animados, Fly Me to the Moon e Star Wars: The Clone Wars (que também chega hoje ao Brasil, e que não vejo nem que a vaca tussa – eu já vi o trailer, e foi dureza aguentar dois minutos de algo tão mal-feito). Tem também um filme independente com o Luke Wilson (do bem legal Idiocracy), Henry Poole is Here, e mais um remake de terror oriental, este do Alexandre Aja e com o Kiefer Sutherland, Mirrors. Bocejos. Se bem que faz tanto tempo que não vejo um terror no cinema (o último foi Strangers, se não me engano), que eu encararia numa boa.

Hoje em algum lugar do Brasil que não inclui SC acontece o lançamento de três produções nacionais: Show de Bola (foto; também co-produção alemã), Olho de Boi, e o que deve ser a última comédia com a Dercy Gonçalvez (que morreu pra mim em 1989, quando apoiou o Collor), Nossa Vida não Cabe num Opala. O drama teen de arte-marciais Quebrando Regras, que eu já havia comentado antes, parece que teve sua estréia adiada para hoje. O provocante Violência Gratuita (leia minha crítica aqui) consta como lançamento de acordo com alguns sites, mas não de outros. Torça pra que chegue a sua cidade, porque é muito bom (e não se deixe levar pelo trailer, que faz o thriller soar mais sádico do que é). Imagino que o principal lançamento no Brasil nesta sexta seja mesmo Zohan: o Agente Bom de Corte, com o Adam Sandler. Eu até iria prestigiar essa comédia acéfala só pra passear no cinema, mas Joinville decidiu continuar com Mais do que Você Imagina. Não, sério. Acho que é pessoal.

13 comentários:

Anônimo disse...

Olha a Lolinha ta on hahahaha, to comentando nos outros, depois que ler esse eu passo por aqui...

Abr e estou com expectativa grande em relação a esse filme.

L. Archilla disse...

aqui a gente tem em média uma estréia a cada sexta, que ocupa uns 10 dos 12 cinemas da cidade. a desta semana é Star Wars.

esse Nossa Vida não Cabe num Opala certamente não vai estrear aqui, mas mesmo que estréie eu tenho uma forte intuição de que não vou gostar. vi uma peça do roteirista em 2003 (Bortolotto) e achei tããão ruim, mas tãããão ruim, que saio correndo de tudo o que envolva o nome desse cidadão.

Anônimo disse...

Pow Lolinha eu quero ver Mirrors, hahahaha/ A expectativa "suprapostada" foi em relação a Tropic Thunder.
Vicky Cristina Barcelona deve ser um deleite hahahaha tem a Scarlet se pegando com Penelope.

E que venha Cegueira.

The Red Death disse...

Oi, Lolinha! Conheci o teu blog hoje através do Shoe-me. Não encontrei, mas tem alguma resenha tua a respeito de "A última ceia"? É que eu gostaria de saber se fui a única a odiar o filme, hehe! Sério, ri muito com alguns posts.

Quanto a Star Wars, to tentando me esquivar do convite do namoradão pra vermos amanhã. Acho que ele vai vencer dessa vez. Droga!

lola aronovich disse...

Finalmente vc voltou, Pedrinho! Não comenta aqui nem nas (suas) férias, como que pode?! E minha comunidade no orkut tá às traças. Assim vc vai deixar de ser meu melhor ventilador logo logo.


Lauren, ah, legal. Star Wars em dez cinemas... Mas não reclama, que aqui só tem cinco cinemas, 3 de uma rede, 2 de outra, e eles passam os mesmos filmes. Falei com o gerente semana passada e ele disse que um terreno foi vendido pra construir um novo shopping. Quando ficar pronto, serão mais dez cinemas, aleluia. E isso provavelmente motivará os shoppings já existentes a construirem novas salas. Mas sabe pra quando é a previsão pra inauguração? Novembro do ano que vem! Chuif. Por que não aproveitaram pra construir o novo shopping no ano que eu tava longe?
Bom, eu nunca vi ou li nada do Bortolotto, então não posso opinar. Mas confio na sua opinião. Se tal filme estreasse em Joinville (sem chance), provavelmente eu não iria vê-lo. Quer dizer... eu tô vendo qualquer coisa!

lola aronovich disse...

Sabe como eu sou, Pedrinho. Eu gosto de um bom terror. Eu veria Mirrors. Mas morrer de ansiedade por um filme com o Kiefer Sutherland... não, isso nunca aconteceu comigo, não. Tenho a impressão que Vicky vou ter que ver em dvd, daqui a um ano... Os filmes do Woody não chegam aqui. O último que vi no cinema foi Match Point (maravilhoso).


Oi, Juliana, bem-vinda! Não, desculpe, acabei não escrevendo sobre A Última Ceia. Eu só consegui ver o filme muuuuito depois do lançamento, em dvd, e na época não tinha um blog (só colaborava num site e no jornal), então não escrevia sobre vídeo. Lembro quase nada do filme. Não o odiei não, mas também não gostei. Pô, tem que ser muito apaixonada pelo namoradão pra encarar desenho animado fajuto de Star Wars! Apareça sempre!

Anônimo disse...

Ho ho, tomara que Mirros chegue aí e domine as salas por 5 semanas sem outras estreias...
Pois é né, hahaha agora que voltei das ferias (:/ acrescentei duas semanas a mais do que deveria hahaha mas tive que voltar né, podia acabar perdendo por falta), mas vou continuar comentando, deve complicar mais um pouco quando eu comecar a estagiar haha, por enqunato só estou no nucleo da facul, e só tenho dois casos de deixar Marcia Goldshimit@#@#$*)(#$)#(% orgulhosa...
E eu acho que assisti Match Point umas 3 x no cine hahaha, toda vez alguem queria ver, muito foda.

Unknown disse...

Sou da tua turma, acho que iria assistir Mirrors, pra descontar. Se bem que, há muito não vejo um bom filme de terror. Muito mesmo!

E esse agente bom de corte... Tá cortado da minha lista!

Boa sorte nas próximas semanas de estréia. Pelo jeito, SC tem quem faça críticas boas de seus filmes, só faltam os filmes...
Abraço.

Elaine Bittencourt disse...

Terror nao eh meu "cup of tea". Gosto de suspense, de "thrillers". Mas tive vontade de assistir The Orphanage.

lola aronovich disse...

Pedrinho, se eu consigo deixar de escrever minha tese pra me dedicar ao blog, vc consegue gazeatear uma ou duas aulas pra comentar aqui, né? Ó, depois quero ouvir sobre esses casos! Imagina ter um Pedrinho mode on me defendendo de alguma coisa? Melhor eu nunca cometer nenhum crime! E já que é pra me jogar maldição usando Mirrors, que tal torcer pra que o filme chegue a Joinville como se fosse um vidro quebrado? Sete anos de azar em cartaz... Já pensou? Nem Nove Semanas e Meia de Amor ficou 7 anos em cartaz! Foram só 2, e numa só sala de SP...

lola aronovich disse...

Bruna, torça pra que não adiem a estréia de O Nevoeiro mais uma vez. Tá marcada pro dia 29. E taí um terror BOM. Eu amei. Amei mesmo. Me envolvi pacas. E obrigada pela gentileza: realmente, eu adoraria ter filme pra criticar...


Elaine, se eu tivesse que ver apenas filme de terror, como faz meu maior ventilador (fan no babelfish, segundo o que me disseram), o Pedro, eu também não iria gostar. Mas ver terror de vez em quando eu gosto. Em geral prefiro thrillers também. Orphanage eu não gostei nem um pouco, mas tem gente que adorou. Assista e depois me diga o que achou.

Mica disse...

Poxa, eu adoro o Kiefer Sutherland. Sou completamente apaixonada por aquela voz dele (assisti Por um Fio só por causa da voz dele ao telefone, hehehe).

Dgsantos disse...

Hum... Woody Allen e Javier Bardem parece uma combinação interessante. Provavelmente vou ter que baixar da net, pq não cinema da minha cidade acho difícil.

Eu estou com vontade de ver Tropic, tb por causa do Robert que está impagável no trailer. As piadas com ele são as únicas que me pareceram realmente engraçadas.