sábado, 24 de dezembro de 2016

ELES DEFENDEM O TIO DO PAVÊ

Nunca tive dúvidas que reaças odeiam qualquer um que seja diferente deles. São conservadores, querem a volta a um passado que não volta mais.
Claro que, se eles tiverem que escolher um lado, entre tomar posição favorável à "feminista de cabelo azul" (eles realmente acreditam nas ficções que eles inventam de que toda feminista é gorda, odeia o pai, pinta cabelo de azul e, claro, como toda esquerdista, é maconheira) ou ao tio do pavê, eles ficarão sempre com o tio. 
Espírito natalino, versão reaça
O que eu nunca tinha parado pra pensar é que eles não apenas se identificam com o tio do pavê, eles são o próprio tio do pavê! Aquele parente inconveniente com uma única piada no repertório mas, em compensação, muito preconceito pra espalhar. 
Ha ha, essa é ótima!
Mas confesso a vocês que, por sempre ter uma família reduzida (só conheci, e por muito pouco tempo, a minha vó paterna), eu até acho bacana uma festa com toda a parentada, mesmo que -- eu sei, eu sei -- entre eles estará o inexorável tio do pavê. 
Daqui a pouco tenho o meu natal de sempre, com deliciosa torta de frango (minha mãe cismou este ano que não prepara nem come mais coisas com frango, então jurou que esta será a última) e o super bolo de chocolate Sacher Torte (receita aqui; este também deve ser o último como o conhecemos, pois o Cointreau, licor que vai na receita, está custando agora R$ 150. Gente, por favor, digam pra minha mãe que dá pra substituir por qualquer outro licor mais baratinho). 
Por hoje é só, pessoal! Tudo de bom pra vocês! Que vocês tenham uma ceia farta e feliz. 

60 comentários:

Anônimo disse...

Querida Lola, Feliz Natal! Aproveite tuas companhias ;) E sim, é divertido essa hipótese de diálogo :)

Anônimo disse...

ai lola, fico feliz pelo post de hj não ser relatando alguma desgraça pra variar, o feriado de natal agradece

mas do q adianta se vc traz coisas desagradáveis como esses prints de gente retardada? vamos dar um tempo, chega de nos contaminarmos com "humor" reaça, ng merece

feliz natal pra todos

Anônimo disse...

Feliz natal Lola.

Agora, uma pergunta: Feministas comemoram uma festa cristã?

Saúde e paz

Anônimo disse...

"Meu corpo minhas regras"

"sua opinião minhas regras"
"Sua empresa minhas regras"
"Sua masculinidade minhas regras"
"Seu facebook minhas regras"
"Sua propaganda minhas regras"
"Sua piada minhas regras"
"Seu dinheiro minhas regras"

titia disse...

Feliz natal, Lola!



20:18 seu mimimi, meu tô nem aí. Seu blábláblá, meu vai se lascar. Seu buábuábuá, meu vá arranjar uma louça pra lavar. Seu ego já começou a doer? Pois eu digo que vá se foder.

Gostou do meu versinho? E o melhor é que ele serve pra todas as ocasiões.

19:50 mascus sabem o que é natal? Ah, não, não sabem, porque pra saber qualquer coisa é preciso ter capacidade de aprendizado. E capacidade de aprendizado só é possível quando se tem um cérebro.

Anônimo disse...

Feliz Natal Lola! Ah alguém acompanhou o caso daquela blogueira Carol que foi assediada por aquele ator de filmes de ação e um monte de gente machista está atacando ela por ter se sentido constrangida por ele?

Anônimo disse...

"Festa Cristã" que se misturou ao uma série de aspectos culturais, além do consumismo exarcebado. E existem feministas cristãs, ateas, agnósticas (meu caso)... isso não invalida em nada as convicções delas.

Anônimo disse...

Tá, agora vai lá lamber o saco do "brilhante" Gentilli.

Anônimo disse...

Lacrou

Anônimo disse...

Sou o anônimo da pergunta.
Boa resposta.
Saúde e paz para ti.

Anônimo disse...

Oi titia, sou o anônimo da pergunta.
Por acaso, vc é a Raven, de Curitiba?

Saúde e paz

Anônimo disse...

Eu não acredito que até o tio do pavê vai ser problematizado aqui

Anônimo disse...

Lola, essa ultima imagem mostra bem a realidade de um país comunista, foice, martelo e ausência de comida

Anônimo disse...

Lola, tem Cointreau por 67,50! Joga no Buscapé! Feliz Natal.

Anônimo disse...

Seu retardamento e meu desprezo

Anônimo disse...

*atéias

Anônimo disse...

Feliz Natal! <3 <3 <3

Anônimo disse...

a) Feliz natal Lola sou sua fã adoro o seu blog.

b) Lola gostaria de sugerir um post sobre o vídeo da Clarice Falcão censurado no youtube a nudez quando não é sensualizada choca.

c) Gostaria de sugerir tb um post sobre a modelo plus size capa da playboy

Valéria Fernandes disse...

Feliz Natal, Lola!

titia disse...

23:03 adoraria ser, caro babaquinha. A Raven é uma pessoa maravilhosa, inteligente e muito divertida. Mas não, não sou, eu sou uma nordestina arretada. O que acontece é que as mulheres que não acham homem a oitava maravilha do mundo e não aceitam mais macho meia bosta é que aumentou. Eu sou uma delas.

20:44 eu ouvi sobre o caso e soube agora a pouco num site de notícias que ele botou o rabo entre as pernas se desculpou com a moça por tê-la constrangido. Quantos rabecões vamos precisar pra carregar a mascuzada que caiu dura e seca no chão depois dessa?

titia disse...

Feliz natal, Lola!

Mandy disse...

Tem gente comemorando modelo plus size nq Playboy como se fosse um grande avanço, pqp!
Primeiro q essa onda plus size é uma farsa, raramente tem modelo gorda de verdade. Segundo, o q tem de bom em mais uma mulher servindo de pedaço de carne pra homem?


Feliz Natal !

Raven Deschain disse...

Nosaaaaaaa um trilhão de anos que num apare e C ainda lembra de mim. Kkkkkk comédia.

Lola, só vim desejar feliz natal, felicidades e leva sua mãe naquelas lojas de bebida, eles normalmente tem prova, vai q ela acha um licor que gosta mais? Beijo.

Anônimo disse...

Titia, sou o anônimo da pergunta.

Vc deve ser uma coisa de louco. Fico aqui só imaginando vc tomando sol na praia de Itapuã..

Feliz natal

Anônimo disse...

agora a titia tá entrando com a foto da Raven pra disfarçar ! Kkk

Anônimo disse...

E aí Raven, já sabe a diferença entre ipad e tablet? kkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Não é que a nudez que não é sensualizada choca. A nudez só choca gente muito muito pudica ou então se a pessoa nua for extremamente horrível ou deformada. Mas a questão nem é o choque: o que é tabu e incomoda é a nudez que não serve ao consumo masculino.

Anônimo disse...

Feliz Ano Novo!!!

titia disse...

E eu imagino você sozinho na frente do computador, cercado de embalagens vazias de toddyinho e Danoninho, tentando conseguir que um ser humano do sexo oposto mesmo que seja pra brigar com ela. Me dá uma pena...

P.S. Quem disse que eu sou baiana?

Anônimo disse...

Titia, vc eh hetero ou lesbica?

Anônimo disse...

Titia, tu é maravilhosa.

Anônimo disse...

Feliz natal e um 2017 com muitas realizações para Lola e para você Titia !

Anônimo disse...

Lola, feliz natal

Uma coisa q eu gostaria q vc comentasse é o fato de preterirem traçar linhagens sanguíneas através da mãe

Puro machismo, até pq nem mesmo naturalmente isso é justificável, sendo q quando vão armar uma arvore genealógica de centenas de anos, todos sabem q os cientistas seguem o padrão MATRILINEAR, pois só a mulher é capaz de transmitir as mitocôndrias

Até pra isso os portadores de y são incompetentes, e a insegurança é tanto q enfiaram guela baixo a linha sanguínea q só passa pelo pai, mas exclui a mãe, a bíblia é um exemplo perfeito desse nojo

Árvores genealógicas da forma q são erigidas é mais uma faceta do patriarcado, felizmente a ciência desbancou isso, mostrou q a linhagem MATERNA é muito mais essencial, até entre os judeus um judeu só é judeu se for filho(a) de uma MÃE judia

Anônimo disse...

A misoginia exclui totalmente as mulheres no âmbito materno. Pouco se fala disso, já que normalmente associamos o machismo com a mamãe da casa. Mas essa mãe nem era considerada uma passadora de materiais genéticos na antiguidade, apenas como incubadora e sendo o homem o único responsável pela vida. Aristóteles foi um dos primeiros defensores e essa teoria se popularizou desde a Grécia antiga e só se perdeu quando o óvulo foi descoberto no século XIX. Tem inclusive uma peça grega que discute isso: o filho mata a mãe mas é absolvido porque não é considerado a presença biológica entre a mãe-filho visto que a descendência era exclusiva paterna para eles. O patriarcado odeia a mulher até mesmo na maternidade.

Anônimo disse...

Lembro-me da história da Malala, em que o pai dela quando foi ver a árvore genealógica da família e vou que só tinha homens. Não mostrava uma única mulher,esposa,filha,mãe, apenas homens e seus filhos homens. É como se elas numca tivessem existido,são tão insignificantes que não merecem aparecer na família,os lugares onde mais prendem e forçam as mulheres a vida familiar são os que mais as ODEIAM,ignoram e as matam,ignorando a maternidade. No pateiarcado só existe o pai.

Anônimo disse...

20:08

A misoginia bíblica é um verdadeiro câncer, q infelizmente permanece na nossa "avançada e bela" sociedade ocidental, li uma análise e vi q nem o alcorão é tão misógino quanto a bíblia "sagrada", nojo total

Li uma vez um artigo cristão, q não sei se estava criticando ou corroborando (mais provável a segunda opção) o fato de q a juíza Débora não foi mencionada entre os "heróis da fé", mesmo tendo sido, PASMEM, a única juíza do período bíblico dos juízes a se manter coerente até o fim da vida. Gideão, sansão, etc. juízes q se corromperam, mas q tiveram um lugar pro seu nome entre os "heróis", mas a única q não se corrompeu, totalmente desprezada pq era uma mulher

A respeito das genealogias bíblicas o mais engraçado de notar é q na genealogia de jesus, são josé q não é pai biológico do dito cujo é mencionado nas duas versões genealógicas, a de mateus e a de lucas, mas a maria, a mãe virgem q deu a luz à uma encarnação divina, nem mesmo ela mereceu sequer ser mencionada como a "mãe", pra vcs notarem o grau de desprezo ao feminino

Até uma mãe virgem é preterida por um omen q nem ao menos é pai da criança

Aí vem "são" paulo e a coisa só degringola pra pior, a bíblia é um lixo misógino

Tio Astolfo disse...

feministas devem ser estupradas e mortas

Dogola disse...

vai duvidando sua puta,uma hora chega,maldita vadia

Anônimo disse...

A mãe simplesmente não existia na antiguidade misógina e sim uma criada anafalbeta que cuidava dos filhos, mas que não tinha poder suficiente na sociedade para ser considerada "mãe".

Unknown disse...

Sim, eu acompanho a Carol a muito tempo, foi horrível!

Anônimo disse...

Ficou com raivinha sobre os comentários em relação a maternidade e o patriarcado? É a realidade. Ironicamente,na prática a mulher que é a mais longe de ser puta é uma feminista, que não aceita ser escrava-vadia de macho ou esposa-criada-vadia. Somos as inimigas número 1 da putaria, prostituição,tráfico sexual e pornografia. Por mim proibia tudo e prendia todos os homens que se ligassem a isso.

Anônimo disse...

Porque? Porque não somos as vagabundas que vocês querem? Porque não aceitamos toda essa putaria que nos forçam engulir? Porqur não somos donas de casa de merda ou vadias prostituídas? Porque estudamos e não queremos casamento e nem mesmo namoro? Porque estamos nos fudendo para os homens e pensamos mais em nós mesmas?

Anônimo disse...

Nós vamos viver e fazer esse país de merda começar a agir de forma correta. Poderíamos fazer uma troca: vocês mascus vão para a síria e trazemos as mulheres de lá para aqui.

Anônimo disse...

Vá sonhando... Muitas feministas tem o poder de te comer e arrombar (entenda isso como quiser) antes que você tenha tempo de pensar em estuprá-las. Beijinho no ombro!

Anônimo disse...

Se ainda não te informaram acerca desta inescapável verdade, a hora DE TODOS, chega. Inclusive a sua.

Rodrigo Almeida disse...

"A misoginia bíblica é um verdadeiro câncer, q infelizmente permanece na nossa "avançada e bela" sociedade ocidental, li uma análise e vi q nem o alcorão é tão misógino quanto a bíblia "sagrada", nojo total".

Essa é a clássica feminista moderna, que critica os absurdos da biblia, mas não se atenta as condições das mulheres no oriente médio.

lola aronovich disse...

Esse é o clássico machista moderno, que acredita que machismo só existe no Oriente Médio.

Anônimo disse...

Desde quando não estamos atentas ao que ocorre no oriente médio e leste asiático? Sabemos que a maioria da população feminina sofreu mutilação genital, que meninas no Afeganistão e Paquistão entre outras são proibidas de irem a escola, o que aconteceu com a Malala, as meninas da Índia e Bangladesh que não podem sair de casa quando estão menstruadas, o aborto seletivo de meninas, o tráfico de prostituição no leste asiático...mas se você juntar todos essas causas que as mulheres sofrem, eles sempre são sustentados por três fatores atrelados entre si: a falta de renda própria, o baixo índice de educação e o peso cultural e religioso que servem de desculpa para as práticas. Tanto você rodrigo quanto um muçulmano ou indiano,possuem basicamente o mesmo pensamento e mesmo a fé sendo diferente, no fundo agem da mesma forma, a única coisa que muda é a laicidade do estado vigente. Mas é tudo a mesma bosta.

Anônimo disse...

A Bíblia e o Alcorão possuem a mesma base monoteísta, os absurdos da Bíblia serve para os muçulmanos também. Acho estranho um ser que defende o papel da mulher como auxiliadora submissa criticar a mulher do oriente médio para feministas, você não possui base moral para isso não queridinho hipócrita.

Anônimo disse...

A hora de morrer? Eu prefiro morrer tendo tido uma vida com renda própria e liberdade do que sendo uma "auxiliadora" da família que no final das contas nem mesmo aparecer na genealogia aparece. Qual a importância da mãe na família patriarcal? Nenhuma, a mesma de uma serviçal comum sem poder ser a responsável pelos filhos (o dono é o marido), sem ter renda própria, estudos e ainda ter que ouvir sobre a obediência a marido escroto a lá Aristóteles.

Anônimo disse...

Vou sair um pouco do assunto, mas quem quiser saber mais sobre mulheres importantes em 2016 é só ver a postagem do site think olga.

http://thinkolga.com/2016/11/30/mulheres-inspiradoras-de-2016/

Anônimo disse...

Gente que defende a submissão da mulher cristã e crítica a submissão da mulher muçulmana é como quem comemora repressão policial em protesto mas diz que é um absurdo acontecer o mesmo em "países comunistas".

Anônimo disse...

Eu também sempre acompanhei a carol e a mikan nos vídeos sobre game of thrones, é horrível o que as pessoas fizeram com ela sem mesmo a conhecerem ou terem a informação direito.

Anônimo disse...

Esse ano fiz um favor a mim mesma e a ceia foi na minha casa, logo, convidei apenas as pessoas queridas e não aquelas que a gente convida por obrigação. Eu não ligo pra divergência de opinião e nem divido o mundo entre coxinhas e mortadelas porque, sei lá, depois da quinta série do fundamental é meio inaceitável fazer isso kkkkkkkkkkk mas todo mundo tem um parente super machista, um super racista, aquela pessoa super negativa que derruba qualquer clima e na minha casa nenhum desses entrou. Foi um Natal maravilhoso, de muita paz. Ano que vem vai ser assim novamente.

titia disse...

Favor voltar alguns postas atrás e ler a notícia que feministas islâmicas se revoltaram e fizeram um imenso protesto quando um programa de TV ensinou a disfarçar marcas de violência doméstica. Sei que você não gosta de ler, troll babaca, mas procure alguém eu tenha lido O Mundo de Aishah e peça pra essa pessoa lhe contar as histórias do livro. Depois corte os pulsos com faca de manteiga.

Anônimo disse...

"licor que vai na receita, está custando agora R$ 150. Gente, por favor, digam pra minha mãe que dá pra substituir por qualquer outro licor mais baratinho"

SIM, uma rápida pesquisa permite descobrir que o licor pode ser sibstituído por um "Triple Sec" genérico que é, teoricamente, a mesma bebida (Curaçau sem corante, transparente).

Galera que apertou o 13 pra Dilma E TEMER e confirmou favor não reclamar do preço dos importados.
Depois de tantos anos de PT, a culpa é de quem? Do TEMER? Pois bem, foi eleito pelos petistas.

Anônimo disse...

eu acho curioso um blog que tem moderação deixar passar mensagens criminosas...

"Anônimo titia" de 27 de dezembro de 2016 09:23 instigação ao suicídio é crime, sabia?

abraços fraternos

titia disse...

15:41 instigação ao suicídio é ficar gritando "Pula, pula!" quando um mascu desesperado pra chamar atenção fica dizendo que vai pular do topo de um prédio. E pode enfiar seus abraços fraternos simultaneamente na boca e no rabo. Passe mal.

Anônimo disse...

Eu só entro aqui pra ler os posts da Lola ou da titia. E de feministas. O resto nao me interessa, nem leio.

Hamanndah disse...

Ri litros, Titia. Bjs