domingo, 17 de julho de 2016

A FALTA DE PRUDÊNCIA DE UMA MARCA DE PRESERVATIVOS

A marca de camisinhas Prudence foi acusada de fazer apologia à cultura do estupro quando, em 2012, publicou um post chamado "A dieta do sexo". 
Clique para ampliar
Na época, a Prudence estimou quantas calorias eram perdidas "Tirando a roupa dela": dez "com o consentimento dela", e 190 "sem o consentimento dela". Em outra categoria, "Abrindo o sutiã", uma das listadas era "Com uma mão, apanhando dela". Não há meias palavras -- tirar a roupa de uma mulher sem o consentimento, em todo um contexto de sexo, é estupro. 
Na ocasião, diante de imensa repercussão negativa, a marca publicou este post (em que não pede desculpas): 
"Não levantamos bandeiras, mas sim proteção". Parece que estão levantando bandeiras sim, dear Prudence
Agora, nesta última sexta, quando foi comemorado o Dia do Homem (todo dia é dia do homem, mas a data foi criada para que os homens se dediquem um pouco mais a sua saúde, principalmente no que toca a detecção do câncer de próstata), a Prudence aproveitou para homenagear os homens com a imagem de parte de uma mulher de calcinha e o rosto de um barbudo meio mal encarado. Embaixo, a legenda "Feliz dia do 'Relaxa, vou pôr só a cabecinha'. 15 de julho - Dia do Homem".
Quanto ao machismo da "homenagem", não resta muita dúvida. Se eu fosse homem, me sentiria ofendido por ser reduzido a uma frase nada lisonjeira. Como a marca é de camisinha, supõe-se que quem está falando a frase (pra uma mulher, como a foto não deixa mentir) não é um cara que esteja querendo colocar "só a cabecinha" sem preservativo. É com camisinha. Então por que o "relaxa"? Imagino que é por que a moça não quer. 
Antes dos machinhos de plantão gritarem "Que bobagem, como vocês feminazis são paranoicas!" (frase infinitamente mais pronunciada pra tudo quanto é assunto "feminino" do que "vou por só a cabecinha"), tentem discutir nos comentários outras interpretações. Porque eu só vejo esta.
Parece que a marca errou feio outra vez. 

52 comentários:

Anônimo disse...

"Relaxa vou por só a cabecinha"

Tem que ter campanha de merda nenhuma não, tem e que deixar os pintos deles apodrecerem e caírem mesmo, afinal já dominamos há tempos as técnicas de reprodução humana, então não tem utilidade mais alguma em pinto e nem em deixar estes primitivos nojentos andarem por ai com esta arma de opressão em massa entre as pernas.

Anônimo disse...

Alias coisa feia e sem estética algum e pênis,dai eles colocam a quela borracha encapando, nossa não tem coisa mais grotesca e broxante de se ver, parece uma lombriga dentro de uma bexiga credo.

Anônimo disse...

Que besteira.Esta idéia de problematizar tudo vai deixar vcs feministas loucas.Eu acho que a empresa só tentou mostrar bom-humor e foi inocente na afirmação.Sinceramente, acho que eles tentaram mostrar tentação é jogo de sedução, deixando a ansiedade e um medo sutil da penetraçao que estava por vim, evidenciando um homem bem dotado.A penas brincadeira, nada sério.

Anônimo disse...

Homem e arma biologica de destruição em massa, se eles devem ter um dia destinado a eles, deveria se um dia de reflexão por todo mau que eles fazem simplesmente existindo.

Anônimo disse...

Propaganda besta. nunca que homem quer botar só a cabecinha, quer colocar tudo! E mulher também nao que só a cabeça, que que enfia tudo tambem!

Claire disse...

Machistas acreditam fielmente que estupro não existe, que é coisa de mulher mimizenta, dramática, acham que estupro é sexo.
Certa vez estava andando sozinha na rua, parou um carro e pediu informações, mas logo de cara percebi que não queria só isso. Começou a puxar assunto, fui afastando do carro, não tinha ninguém na rua, dai ele perguntou se queria carona, perguntando pra onde iria e ficou insistindo.
Lola, fiquei pessima no dia, não sei nem explicar, sabe, só não chorei pq quando cheguei na casa da minha avó tinha muita gente. Comentei com minha tia, ela disse que ele estava "só brincando".

Gai disse...

Mulheres, nossa arma é #MULHERESBOIVOTAMCAMISINHAPRUDENCE
É só lançar no FB

Laura disse...

A frase toda faz referência ao sexo sendo feito pelo homem. Não interessa quem está "do outro lado". O 'relaxa' é porque ela não está querendo fazer o que ele está querendo. O "só vou por a cabecinha" é a maior idiotice. Já ouvi isso quando eu muito queria o sexo por completo e respondi: "não.. só a cabecinha não". Parece que está enraizado que a mulher não quer o sexo completo. E isso acontece quando a mulher está claramente com muito tesão.
Então a conclusão que chego é que muitos homens querem manter esse imaginário de que o ato sexual é para ele. Se precisa do 'relaxa' é porque não está sendo bem aceito pela mulher. Sugiro que as meninas que estiverem nessa situação sejam mais firmes, não fiquem com vergonha de dizer o que querem (e não querem), mesmo que já esteja nos finalmente. Ou pede para esperar mais um pouco.. vc ainda não está pronta (lubrificada o suficiente).

Anônimo disse...

Eu ouvi essa frase pela primeira vez dita por meu professor de biologia.
A aula tinha terminado e a gente meio que tava conversando sobre alguma coisa que não lembro.. tinha umas 7 pessoas na sala ainda. Ali ele perguntou "qual era a maior mentira que os homens contam". Eu ainda pensei que era "eu te amo" mas era essa bosta "vou por só a cabecinha".
Isso é estupro. Depois dizem que cultura do estupro no Brasil não existe...

Anônimo disse...

A natureza não foi muito boa para as mulheres, penetração e realmente extremamente degradante para mulheres.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que o anúncio não é lá essas coisas.
Por outro lado, o "relaxa, vou por só a cabecinha" parte do pressuposto de que a mulher consente com o ato sexual, o que fica claro porque ela permite a penetração, já que ela está acariciando a barba do cara ao mesmo tempo em que sua outra mão vai em direção à sua genitália. Ela está sob a moto do cara, enquanto ele, está sentado no chão, ou seja, ela está por cima. Pode ser que ela ainda não estivesse totalmente lubrificada ainda, então pediu para ele ser cuidadoso, o que ele confirma, o que só comprova o ato consensual. É claro, como todos sabemos, depois de introduzida a cabecinha, o prazer vai aumentado, a lubrificação, e logo, o sexo se torna pleno. Foi esta minha interpretação, bjs.

Anônimo disse...

Que machismo! Proponho que nós mulheres façamos boicote aos preservativos desta marca!

Não, pera.

Sófia disse...

Minha monografia abordou esse tema, publicidade abusiva, ilícita, e o que aponta o Código de Defesa do Consumidor a respeito. Esse é um tema que vale a pena ser debatido, lembro que no meu trabalho fiz menção a essa publicidade da "Dieta do sexo", e sim não tem como contestar faz apologia ao estupro sim. O artigo 37 do Código de defesa do consumidor aponta esse tipo de publicidade como abusiva, (37 §2º), devemos lembrar ainda que existe o CONAR - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária pelo qual podem ser efetuadas denuncias referentes a propagandas ilícitas e principalmente como as debatidas neste post que incitam a cultura do estupro. link do Conar: http://www.conar.org.br

Anônimo disse...

Engraçado.... No Paquistão o irmão matou a irmã simplesmente pq ela não fez a vontade dele, mês passado outra jovem foi morta pq simplesmente se casou "por amor"...E as feministas fazem o que?? Criam mimimi por causa da porra de uma propaganda.

Fala serio, existem coisas mais importantes do que isso...Enquanto vcs ficam de mimimi por bosta nenhuma as mulheres que realmente precisam do feminismo tão morrendo aos montes.

Inúmeras "marchas das vadias" acontecem por puro mimimi, mas nenhuma em prol das mulheres muçulmanas.

Por isso ninguém leva vcs a sério

Anônimo disse...

17 de julho de 2016 18:16

O anon, seu imbecil, não é so pq a Lola deixou de falar que estamos esquecendo disso, se tá achando ruim, faz um textão ai pra nós, então.
Que enjoo.
Lola, você está certa! Deve haver texto sobre estupro SIM, já basta, em pleno século XXI tendo que dizer que a palavra para o sexo é consentimento. Que povo idiota. Olha o tanto de mulher que é estuprada todos os dias.

Anônimo disse...

18:16, sabe porque vc se "preocupa" com as mulheres muçulmanas, macho otário? Porque elas estão do outro lado do mundo. Se vc fosse muçulmano seria o assassino da irmã. Então cala a sua boca, TRASTE!

Anônimo disse...

Gente, o vou por só a cabecinha é dito pelo cara que quer transar com a garota virgem que tá com medo de sentir dor na penetração. É uma mentira, entendeu?
Sabe quando se descobre que um homem estão mentindo? Quando ele abre a boca.

Anônimo disse...

Mais frases ditas por esses estupradores:

- Não vou fazer nada que você não queira.
- Se você pedir para parar eu paro.
- Vamos pra minha casa. É só pra conversar. Pode confiar em mim.
- Pode confiar em mim.
- Você não quer fazer porque não me ama (chantagem pra fazer alguma coisa escatológica).
- Ninguém vai ficar sabendo.
- Você vai gostar.
- Você não vai se arrepender.
- Eu te amo.


Todas as coisas acima são ditas para conseguir sexo. E sexo ruim pra você. Porque se fosse bom muitas até pediriam bis, né? Mas sabemos que essa raça nem pra foder serve.

Anônimo disse...

Pra quem ta aí falando q é consensual e tals, ta mais p forcaçao de barra. Essa frase é mais usada pra quem ta qerendo convencer a mulher a fazer anal. É q nem qdo dizem "se vc me ama vai fazer" qdo querem algo fora dos padrões na cama. Pra que mentir? É só ser "homem" o bastante e falar q não vai por só cabecinha coisa nenhuma e q apesar de talvez doer no começo, mesmo c o lubrificante, pode ser prazeroso. Ela não gostou? Então não faz nem pede mais. Sem insistencia. Se vc acha q precisa disso tdo msmo ja estando no ato p fazer ela concordar é pq vc é um frouxo inseguro forçador de barra. Eu nao preciso disso na hr H, quem precisa certamente nao se garante na cama. Daí so mentindo e forçando pra mulher querer. Aí reclamam qdo os vêem como possiveis ou de fato estupradores.

Anónimo disse...

Quanto odio dos homens!!!

Anónimo disse...

Só uma perguntinha para mulheres heteros, como vocês fazem para manterem relacoes sexuais, existe algum manual de instruçao? Pois me parece que qualquer passo que o homem desse em vossa direcçao correria o risco de ser chamado de machista.

Anônimo disse...

Muitas das mulheres que aparecem mortas no dia seguinte é porque acreditaram nessa "gentileza" masculina no dia anterior.

Fabianaaaa disse...

Deixa de ser tonto, vale tudo no sexo se tiver o CONSENTIMENTO dela. Isso é óbvio, se você não entende tu é lesado pra caramba. Lê o dicionário antes de cagar comentário aqui.

Cindy disse...

Ao anon. 22:11: tem sim, mas é uma palavrinha mágica: respeito.

Claire disse...

Tem outra palavra mágica para manter relações sexuais com uma mulher, além de respeito: consentimento.
Sabe o que é isso? Acredito que não.

Anônimo disse...

Se o consentimento vai até enfiar a cabecinha, se passar disso é estupro.

É simples, gente. Não tentem fazer outras pessoas ignorarem a realidade.

Anônimo disse...

tentar não ser machista/misógino é muito difícil. meu ódio irracional por mulheres sempre volta.(pensamentos, comentários, etc....)


e agora?

Anônimo disse...

nãao vou mais comprar essa marca.

Anônimo disse...

Só faça o favor de ñ comentar mais, ficaremos todos gratos eternamente !!

Bjs.

Anônimo disse...

Queria muito entender o que se passa na cabeça de uma feminista que sente necessidade de ir em fóruns falar que "pênis é feio", como se isso fosse importante, interessante ou ajudasse em algo.

Mila disse...

Sério que o 15 de julho foi criado como um dia de conscientização da saúde masculina? Eu pensei que era mero recalque masculino, coisa dos que se revoltam da mulher ter um dia internacional e acham isso um privilégio (pq foi superbacana o que fizeram com as operárias que inspiraram o dia).
Fica complicado né? Nem eles mesmos levam a sério

titia disse...

17:26 não sei se você sabe (claro que não mascu nunca transa) mas essa não é a única marca de camisinha que existe. É perfeitamente possível boicotá-la e manter o sexo seguro. Mascu burro.

Charle Coimbra disse...

Bom, ainda bem que só uma minoria das feministas concorda com essa generalização absurda. Sou homem, confirmo q a sociedade é (ou as sociedades são) sexistas e q as mulheres são oprimidas diariamente desde q nascem. Mas a cada vez mais homens conscientes e prontos a serem conscientizados a superar o machismo, muitas vezes involuntário, porque cultural.
Eu nunca senti falta numa data p o homem, mas se faz necessária para conscientizar quanto a saúde, pena q a mídia como um todo não aproveite p realizar o devido sentido da data. A única alusão foi neste anúncio infeliz.

Anônimo disse...

11:59 "titia"

Ele se referiu ao fato de que quase a totalidade dos compradores de preservativos masculinos é composta por homens, logo, um boicote encabeçado por mulheres não teria tanta efetividade. Nesse caso o erro de interpretação foi seu.

Anônimo disse...

19:23 e 19:29
É pq o blog da Lola é onde todo o feminismo do universo se concentra. Se não estiver aqui, pá pum, nenhuma feminista nunca falou. Não existem outras centenas de blogs/sites feministas, facebook, não nos encontramos na vida real, não existe feminismo islâmico, negro, radical. Só existe o feminismo lolista.

Tsc tsc, esses trolls de "isso as feministas não falam" agem sem lógica alguma.

Anônimo disse...

É fácil saber com qual cabeça as pessoas que fizeram esse comercial pensam.

E essa preserve é tão ruim que minha esposa prefere que eu use aquelas camisinhas que dão de graça no posto de saúde a essas. Nunca vi um boicote tão fácil.

Anônimo disse...

Anom do dia 17, 14:15: diz "Tem que ter campanha de merda nenhuma não, tem e que deixar os pintos deles apodrecerem e caírem mesmo, afinal já dominamos há tempos as técnicas de reprodução humana, então não tem utilidade mais alguma em pinto e nem em deixar estes primitivos nojentos andarem por ai com esta arma de opressão em massa entre as pernas." Mais uma Imperatriz Furiosa wannabe, e q no fim é tão patética quanto qqer mascu que aparece aqui.

A propaganda é ruim? É! Mas essa qestão do "por só a cabecinha" é muito dita quando o cara quer convencer a mulher a fazer sexo anal ou quando ela está indecisa entre transar ou não por medo de doer. Não vejo como algo que incentive o estupro.

Anônimo disse...

14:38, kirido, muitas mulheres compram sim camisinha e ainda tem que forçar o parceiro a usar porque se depender dele não usariam. Tire sua cabeça da areia e encare a realidade. A caminisinha é pra ser colocada no pau mas é das mulheres que se cobra o uso dela. Sim, se relacionar com homem é uma merda e o mundo é machista.

Anônimo disse...

Se o cara diz que vai por só a cabecinha pra enganar a mulher mas coloca tudo, isso é estupro.

Anônimo disse...

Ah, magina, a frase ñ é estupro não...

Tipo, a mulher não consente pq ñ quer, o cara fala que só vai por um pedacinho e coloca tudo... Sem o consentimento da mulher.

Magina.

Anônimo disse...

"14:38, kirido, muitas mulheres compram sim camisinha e ainda tem que forçar o parceiro a usar porque se depender dele não usariam. Tire sua cabeça da areia e encare a realidade. A caminisinha é pra ser colocada no pau mas é das mulheres que se cobra o uso dela."

Na minha vida, tirando uma ou duas pessoas eu tive que cobrar a camisinha quase todas as vezes que fiz sexo. Se deixar, fazem sem numa boa, até porque muito homem acha que não se pega aids assim. E uma conhecida minha, trans, que trabalhou um tempo com prostituição falava o mesmo, que os caras, em sua imensa maioria homens casados e com filhos, inclusive pagavam a mais pra fazer sem, sendo o sexo na maior parte das vezes receptivo (ele sendo penetrado pela trans).

Ou seja, falando num português bem rasgado, o machão pai de família procura a trans pra tomar um jato de porra na bunda e na garganta e depois vai comer a mulher sem camisinha porque né, camisinha não é coisa de mulher casada que se dá ao respeito, tá desconfiando de que?

Então se as MULHERES boicotarem uma marca de preservativo, vai dar muito resultado SIM

Anônimo disse...

É pena saber q algo que devia ser totalmente natural tornou-se um verdadeiro temor para as feministas. Falam de liberdade sexual, mas se contradizem ao estabelecer regras insanas: "Se ele meter mais que a cabecinha" " Se for assim e assado" é estupro. Se o homem abrir a porta e oferecer flores e' machista...!

Deve ser muito frustante viver dessa forma. APOSTO QUE UM DIA VAI SER ESTUPRO O HOMEM TER INICIATIVA NA PAQUERA!

Anônimo disse...

"Então se as MULHERES boicotarem uma marca de preservativo, vai dar muito resultado SIM"

Na classe média "cool e descolada" as mulheres podem até comprar camisinhas para seus parceiros. No resto da população ainda é uma prática masculina.

Anônimo disse...

Por falar em onanismo, punheta deve ser uma coisa bem complexa pra esses manginas metidos a cavaleiros brancos... Se o cara defende essas ideologias malucas da não objetificação da mulher, ele toca punheta pensando em coisas abstratas? Porque revista de nu feminino e nem filme pornô pode, gibi também não - tudo isso viola o empoderamento feminino - pensar na colega da faculdade ou do trabalho também deve ser alguma espécie de estupro. A coisa vai afunilando e só resta mesmo ao cara uma punheta abstrata ou ser viado.

Sabe, isso tudo me faz pensar que estamos de volta a uma época bem pior que dos nossos avós que recebiam aquela educação austera cristã em que a masturbação era pecado e cercada pelo sentimento de culpa e da condenação ao inferno.

Anônimo disse...

@Anom das 04:40

Concordo plenamente com você quando diz "se as MULHERES boicotarem uma marca de preservativo, vai dar muito resultado SIM".

Aliás, acho que devíamos aprender a votar com o dinheiro.

Anônimo disse...

"se as MULHERES boicotarem uma marca de preservativo, vai dar muito resultado SIM". óbvio. Mesmo se o homem comprar a camisinha, a mulher pode muito bem se negar a ter relações sexuais com ele com aquela camisinha especifica. Se ele tentar forçá-la de alguma maneira, é estupro. No mais, a propaganda mostra apenas que os homens continuam com uma mente típica de estuprador ou no mínimo de assediador, e eu sinceramente acho mais vantajoso (até mesmo para a evolução da espécie humana) se nós mulheres fôssemos mais exigentes em relação aos homens. O cara quis forçar sexo anal? Que aprenda a namorar outro homem, porque nenhuma outra mulher iria querer ele. O cara foi um babaca escroto com outras mulheres? Que morra virgem, nenhuma que mulher que se ame vai querer um cara desse.

Anônimo disse...

Nem foi pra mim, mas prefiro ser o que perdedores chamam de mangina do que um fracassado que não sabe ver uma mulher como uma igual e perde seu tempo em paginas feministas pra disceminar ódio por falta de coisa melhor pra fazer na vida. Pois ela é um ser humano que deveria ter os mesmos direitos que nós.
Pronto podem me chamar de mangina, escravoceta e o que for. Saber que não perco meu tempo perseguindo que não pensa como eu, ja me é o suficiente pra saber que tenho uma vida melhor que vcs que perseguem e atacam feministas.

Anônimo disse...

"É pena saber q algo que devia ser totalmente natural tornou-se um verdadeiro temor para as feministas."

O que é natural e se tornou um temor?

O homem mentir pra "comer" mulher?
Só o homem gozar na relação?
A repressão sexual em cima das mulheres?
Os homens valorizarem quantidade ao invés de qualidade, ou seja, querem "comer" todas mas não sabem "comer" bem nenhuma?
O fato dos homem valorizam tanto o hímen mas não sabem como tirá-lo porque nem se dão ao trabalho de aprender que tem que deixar a bct molhada antes de meter?

Não se preocupe que essas ideias estão firmes e fortes ainda hoje.
Pode dormir sossegado.

Anônimo disse...

15:07, puxa anon. Falando assim até fiquei com pena de vocês.
Deve ser difícil ser homem.

Anônimo disse...

19:57, o nível de tolerância das mulheres hétero é baixíssimo porque as opções são todas ruins. E sabe o que é pior? Os homens sabem disso. E tiram proveito, claro.

Anônimo disse...

""se as MULHERES boicotarem uma marca de preservativo, vai dar muito resultado SIM". óbvio. Mesmo se o homem comprar a camisinha, a mulher pode muito bem se negar a ter relações sexuais com ele com aquela camisinha especifica."

Eu faço isso. Toda vez que faço sexo com alguém, quem leva o preservativo sou eu e se começar com desculpinha de esse eu não gosto, esse aperta, simplesmente não tem sexo e fim de papinho. Eu não confio nos caras, nessas camisinhas de posto, nessas que ficam dando rolê dentro de carteira, fora os malucos que furam a embalagem pra dizer que "estourou" e pra tentar continuar metendo sem. Comigo não. E a coisa do tamanho é muito engraçada, sujeito com um pauzinho ridículo de 15 cm falando que não cabe. Aí vc pega o preservativo e enfia ele no punho, até chegar ao cotovelo e espera ver o que o amigão fala. Melhor método contraceptivo que existe é escutar os argumentos idiotas de um homem que não tem o menor respeito nem pelo próprio corpo, nem pelo seu. A vontade de transar acaba na hora.

Anônimo disse...

NA MINHA interpretação, a frase se refere a quando o cara quer penetrar a mulher sem camisinha e ela não quer. Aí o que eles falam? - só a cabeçinha.
Não acho que tem relação com estupro mas sim com a falta de respeito a vontade da mulher que no caso não quer penetração sem camisinha.

Camila