sexta-feira, 10 de junho de 2016

A MISOGINIA NOSSA DE CADA DIA

Este é um post rapidinho de quem está completamente sem tempo mas precisa deixar registrada sua indignação.
Por onde começar? Qual notícia me revoltou mais? Difícil decidir.
Ontem Marco Feliciano foi merecidamente vaiado. Numa audiência na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, o congressista do PSC (mesmo partido de Bolsonaro, Sara Winter, Pastor Everardo, Marisa Lobo e tantos outros modelos de progresso) negou que no Brasil exista uma cultura de estupro. Para ele, existem estupradores, uma geração delinquente (que já dura alguns milênios), e uma erotização precoce (isso soa como culpar a vítima). 
Cobra falante existe, cultura de
estupro, não
Disse ele: "Estive em SP e soube que lá teve 10 mil casos de estupro registrados no último mês. Achei isso um surto, se fosse isso, é uma cultura de estupro. Mas fiz questão de ir atrás desses dados, e em menos de 5% houve conjunção carnal. Houve atos libidinosos, assédios, mas não estupro relacionado como conhecemos desde que somos crianças".
Afirmar que Feliciano é um ignorante de marca maior é chover no molhado. Mas não é ele que decide o que é ou não estupro, é a lei, que foi alterada em 2009. 
Antes só a conjunção carnal configurava estupro, o que queria dizer que, se um cara estuprasse uma mulher, menina ou homem analmente, não era estupro. Se um cara forçasse alguém a fazer sexo oral nele, ou fizesse sexo oral em alguém, não era estupro. Ou seja, era uma lei completamente inócua, pois só considerava estupro "pênis na vagina". 
Hoje a lei é muito mais abrangente, o que não quer dizer, como já vi reaça declarando em vídeo, que se um cara diz "gostosa" pra uma mulher na rua, é estupro. Deixem de passar vergonha, reaças! (e pra quem tem dúvida sobre o que é cultura do estupro e se ela existe, alguém desenhou pra você).
No entanto, talvez a fala mais desastrosa de Feliciano tenha sido essa das "ensinei as minhas mulheres" (clique para ampliar):

Vá te catar, preconceituoso assumido!
Será que eles não sabem que estupro é o crime mais subnotificado que existe? Se muitas mulheres e meninas que são estupradas no "estupro como conhecemos desde que somos crianças" não denunciam, imagina quem é bolinada na rua e não tem como provar? 
Ontem a agência de notícias Lupa divulgou um estudo incrível. A reportagem começa dizendo o óbvio: que o Código Penal prevê punição com pena de reclusão em todos os casos de estupro. O tempo que o condenado passará preso varia entre seis a 30 anos, mas a prisão é obrigatória. Então por que tão poucos casos de estupro resultam em punição?
A Lupa analisou o número de boletins de ocorrência por estupro em todas as delegacias de todos os estados do Brasil no período de três anos, entre 2012 e 2014. Foram registrados 148.960 BOs. Porém, o número de presos por estupro no mesmo período foi de apenas 42.737. Em 22 estados, menos de 50% dos registros resulta em condenações a regime fechado. No RJ foram 17.500 BOs nos 3 anos e somente 615 presos (4%). 
Homicídios também são impunes, revela a Lupa, mas a relação entre os presos por homicídio e os BOs para homicídios são apenas 1,5 vezes menor. Em caso de estupro, é 3,5 vezes menor. 
E isso, lógico, que estamos levando em consideração apenas os estupros que foram registrados. 
Calcula-se que somente entre 10% e 35% dos estupros chegam a ser denunciados. Em outras palavras: a estatística de um estupro no Brasil a cada 11 minutos não é real. É baseada no dado de 2014, de 47.646 casos de estupro registrados. Talvez um número mais realista seja o de 500 mil estupros por ano, o que dá um estupro por minuto. 
Na quarta-feira foi a vez de outro misógino cumprir sua cota de declarações hediondas do dia. O delegado Alessandro Thiers, afastado do caso do estupro coletivo no RJ por constranger a vítima, uma menina de 16 anos, mostrou todo seu rancor e seu despreparo para exercer qualquer cargo público ao declarar, numa entrevista, que a vítima do estupro deveria ser investigada pela polícia por associação ao tráfico. É inacreditável. Já não basta culpar a vítima pelo estupro. O próximo passo é incriminá-la também! 
O agressor Jean Francisco, 24 anos
E hoje fiquei sabendo deste caso que me deixou boquiaberta. Aconteceu em São José do Rio Preto, SP. Na quarta, uma vendedora foi espancada em sua casa pelo marido, um marceneiro usuário de drogas. Ele também espancou a sogra. Sangrando, ferida gravemente, a esposa foi levada à Santa Casa, onde ficou internada. O marido foi preso em flagrante, levado à delegacia para depor, e... liberado. Por que ele foi liberado ninguém sabe, já que a lei manda que acusado de lesão corporal preso em flagrante tem que ficar preso.
Na mesma hora, o agressor foi ao hospital onde a vítima estava internada, fingiu ser seu cunhado na portaria, subiu ao quarto e... espancou mais ainda a mulher. Ela está viva, felizmente. Ele está foragido, ou melhor, livre. É que até ontem não havia pedido de prisão oficial contra ele.
Quem sabe o delegado do Rio interfere e solta uma ordem de prisão contra a vítima? Aí Feliciano pode falar em audiência que esta mulher "não se deu o respeito". 
Olha, gente, tá dose, viu?

79 comentários:

Anônimo disse...

Duas considerações rápidas, de quem também ta sem tempo: a lei anterior não era inócua, pois os atos diversos da conjunção carnal (sexo anal, oral, toques, etc) eram tipificados como atentado violento ao pudor. A lei nova simplesmente pos tudo do mesmo tipo penal: o estupro. A diferença entre a gravidade dos atos vai ser na fixação da pena.
Outra coisa, a lei não impõe que alguém que cometeu lesão corporal fique preso. Um conjunto de coisas vai determinar a prisão preventiva, mas jamais a gravidade em abstrato do crime!

Anônimo disse...

Digo, a conversão da prisão em flagrante em preventiva. A regra, por mais estranho que pareça, é da prisão como exceção.

Anônimo disse...

Revoltante como o Policia civil no Brasil e inútil e ineficiente, a esquerda só critica a policia militar por razões ideológicas mas alivia a da policia civil talvez por serem muito parecidos em seus ambientes, funcionários públicos que entregam muito pouco a sociedade pelo tanto de recursos que produzem. O que deveria ser nossa policia investigativa judiciária se contaminou com a preguiça de todo setor publico brasileiro e hoje e uma policia burocrática inerte e ineficiente, em vez de investigar, fundamentar os casos e prender passam o dia batendo carimbos e empilhando papeis, e só resolvem o que a PM joga prontinho no colo deles.

Anônimo disse...

Imaginem 148 mil presos por estupro por ano no Brasil como as feministas querem? Apenas pela palavra da acusadora sem investigação?
Quantos casos como este aconteceriam? :
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/06/universitária-volta-atras-diz-que-nao-foi-estuprada-e-e-indiciada-no-rs.html

O homem da noticia acima foi espancada na prisão.


500 mil estupros por ano? 500 MIL ? Vocês fazem noção de números?Imaginem isto em 10 anos?5 milhões e mulheres estupradas. Existe então alguma mulher no Brasil que não foi estuprada?

titia disse...

E qual é a surpresa? Afinal, esses dignos merdinhas portadores do mais alto grau da escrotice machista não poderiam abrir a boca pra mais nada além de soltar por ela não apenas merda, mas uma cagada verdadeiramente destruidora que exigirá cirurgia de reconstrução anal - no caso deles seria reconstrução bucal mas pode deixar lascada mesmo, assim eles aprendem a cagar pelo buraco certo. Por que é que nenhum reaça sai da fase anal?

Vá se foder, Marco Feliciano.

Vá se foder, Alessandro Thiers.

Vão se foder todos os responsáveis por esse monstro ter saído em liberdade continuar assim.

Vão se foder, todos os mascus mimizentos defensores e estuprador e feminicida.


Anônimo disse...

Titia todo homem e mascu estuprador.
Qual a solução?

Rafael Cherem disse...

O primeiro comentarista tem toda razão, em regra a prisão deve ser exceção.


Concordo com o discurso de cultura do estupro e machismo, mas incomoda um pouco que a questão quando envolve estupradores menores passa ao largo do discurso das feministas, isso é um fato, e é algo a se pensar no movimento.

Anônimo disse...

"E qual é a surpresa? Afinal, esses dignos merdinhas portadores do mais alto grau da escrotice machista não poderiam abrir a boca pra mais nada além de soltar por ela não apenas merda, mas uma cagada verdadeiramente destruidora que exigirá cirurgia de reconstrução anal - no caso deles seria reconstrução bucal mas pode deixar lascada mesmo, assim eles aprendem a cagar pelo buraco certo. Por que é que nenhum reaça sai da fase anal?

Vá se foder, Marco Feliciano.

Vá se foder, Alessandro Thiers.

Vão se foder todos os responsáveis por esse monstro ter saído em liberdade continuar assim.

Vão se foder, todos os mascus mimizentos defensores e estuprador e feminicida."

Anônimo disse...

http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/mundo/jovem-comete-suicidio-apos-ter-video-intimo-divulgado-por-colegas-de-escola?cmpid=fb-uolnot

Anônimo disse...

falou de estuporo e violência contra a mulher, os primeiros a virem defender os estupradores e bandidos são os omens

Anônimo disse...

Um comentário de um post anterior mas que eu acho importante para refletir:

"Principalmente, cultura da impunidade quando o crime é estupro. Depois dessa história já ouvi várias pessoas dizendo que isso foi só uma molecagem. Molecagem? O que um monstro desse precisa fazer mais para ser punido? Lendo os comentários, os casos divulgados e sendo mulher, só posso concluir o seguinte:
1- Você não sabe quem são os estupradores pela cara. Isso não está escrito na testa de nenhum homem;
2- homens admitem que mulheres que usam roupas curtas na frente deles, bebem com eles,vão a festas ou ficam em lugares sozinhas com eles, mantém amizade com eles estão pedindo para serem estupradas, pois, eles (homens) não tem controle sobre si mesmos;
3- Concluindo: Mulheres, não passem perto de homens, não mantenham amizades com homens, não bebam com homens, não participem de festas onde eles estejam. Eles estupram, defendem o direito de estuprar e, se acontecer, você é a culpada que está se fazendo de vítima. DICA NÚMERO 1 PARA NÃO SER ESTUPRADA: FIQUE LONGE DE HOMENS. Não sabemos quem é quem e os que são estão protegidos pela legitimação da violência contra mulher.
Isso não é medo? "

Sim, dá medo. Vemos os próprios homens dizendo que não são confiáveis, que não se controlam, que são praticamente estupradores, então o único caso de você ficar verdadeiramente sem risco de ser violada é ficar totalmente isolada de um ser do sexo masculino, principalmente amigos,parentes,familiares,vizinhos, que são os que mais cometem esse tipo de crime.

titia disse...

13:48 e outros mimizentos, não precisa e nem deve-se prender alguém só pela palavra da vítima. Mas a palavra da vítima tem que ter peso e NÃO CULPAR A VÍTIMA, TENTAR DESQUALIFICAR A QUEIXA DA VÍTIMA POR CAUSA DO QUE ELA VESTE OU DE COM QUANTOS ELA FEZ SEXO CONSENSUAL, NÃO ACREDITAR NA VÍTIMA E ARQUIVAR O CASO SEM INVESTIGAÇÃO já é o suficiente. Vá se foder, 13:48

13:55 são vocês que se assumem como estupradores e feminicidas. Não são vocês que dizem "macho não se controla, estupra mesmo", "Ela pediu", "Vou embebedar a vadia pra ela liberar" e "A vadia chifrou o cara\trocou ele por um alfa\ não quis nada com ele na balada\pediu pensão mereceu morrer"? Por que agora que as mulheres entenderam o recado e mantém distância, desconfiam, não aceitam suas "gentilezas" pra não serem obrigadas a pagar com sexo, não querem casar vocês estão reclamando? Eu respondo, é porque vão ficar sem escravas, sem vítimas e sem sacos de pancada. Vá se foder, 13:55.

Anônimo disse...

Titia que gosta de uma fodelança, você não me respondeu, qual a solução sendo todos(TODOS) os homens mascus e estupradores? Eles não vão desaparecer do nada. Prender todos também não dá.

Anônimo disse...

"Eu respondo, é porque vão ficar sem escravas, sem vítimas e sem sacos de pancada. Vá se foder, 13:55."

Q pisão no maxotário, depois dessa, a pica desse bostinha nem sobe mais

Se chamar de anomalia y então, eles tem convulsão

Anônimo disse...

14:15

extinguir já é um bom começo, vcs não servem pra nada mesmo, sem ser prejudicar a vida do planeta

titia disse...

PARAR DE NÃO ACREDITAR NA VÍTIMA E ARQUIVAR O CASO SEM INVESTIGAÇÃO.

Simples, caro chorão: é só ilegalizar o masculinismo e cumprir a lei, como fazemos com outros dois movimentos de ódio muito conhecidos, o nazismo e o racismo. Aproveite e vá se foder mais um pouco, por cortesia da casa.

Anônimo disse...

É geral, nas varas de família tem um monte de omen que inventa abuso sexual contra a mãe da criança só pra se vingar, oq mais tem é essas denúncias falsas de omens.

Anônimo disse...

Como foi dito acima, a lei anterior não era inócua, pois punia como crime atos libidinosos diversos da conjunção carnal, mas o tipo penal era o atentado violento ao pudor, e não estupro.

A pena, apesar de ser menor que a de hoje, tinha uma vantagem.

Explico:

Hoje, caso um criminoso pratique contra a vítima um ato libidinoso diverso da conjunção carnal e MAIS a conjunção carnal em seguida, responderá apenas por dois crimes de estupro em concurso formal - ou seja: a pena do crime de estupro aumentada de 1/3.

Antigamente, se a pessoa praticava exatamente a mesma conduta descrita acima, respondia pelo crime de estupro e pelo crime de atentado violento ao pudor, em concurso material, aplicando-se a pena dos dois crimes, cumulativamente (concurso material).

Ou seja: nesse caso específico a situação para o criminoso hoje é mais favorável que antigamente.

No mais, sem ressalvas ao texto impecável.

Alícia

Anônimo disse...

Hoje, caso um criminoso pratique contra a vítima um ato libidinoso diverso da conjunção carnal (tb) responderá por crime de estupro

Ou seja: nesse caso específico a situação para o criminoso hoje é menos favorável que antigamente

No mais, sem ressalvas ao texto impecável.

Anônimo disse...

Outra coisa que mudou (para melhor) com a alteração legislativa é que desde 2009, tanto homens como mulheres podem ser agentes do crime de estupro, bem como vítimas.
Antes só homens poderiam cometer estupro e só mulheres poderiam ser vítimas.

Isso me deixou feliz, pois embora saibamos que a esmagadora maioria das vítimas são mulheres e a maioria dos estupradores são homens, há as exceções, e a lei não podia continuar ignorando isso.

Me recordo particularmente de um caso com o qual tive contato quando fiz estágio no Ministério Público Estadual do meu estado. Era um processo desmembrado de competência federal. O processo original se tratava de pornografia infantil. Nesse caso, os adultos do vídeo foram identificados (o processo de pornografia continuou correndo na vara federal) e o de estupro veio para nós.

A mulher do vídeo masturbava uma menina de 7 anos. Isso, hoje, é estupro de vulnerável, mas na época não. Essa criminosa teve uma pena menor que a de seus comparsas que incorreram na mesma conduta, me recordo de ter ficado revoltada na época.

Enfim, detesto me lembrar desse caso. Ainda bem que a lei mudou.

Também me incomodo muito com as ressalvas em relação aos crimes cometidos por menores.

Tenho muito clara na minha mente a necessidade de mudança da legislação. Acho que para crimes cometidos com violência - em especial aqueles que tutelam bens patrimoniais - deve cair a regra geral dos 18 anos.

Um estuprador de 15, 16 anos, deve ser punido como um adulto, um estuprador.


Enquanto isso não se torna realidade, temos que contar com a boa vontade dos aplicadores da lei, como no caso do champinha, que apesar de ter estuprado e assassinado aquela garota quando ainda era menor de idade, encontra-se até hoje preso, não em virtude de pena criminal, e sim de medida de segurança, sob a justificativa de que seria perigoso ele estar em liberdade. Espero que contnue assim, apesar de ser muito pouco. de pensar que ele está numa casa confortável com tv e ar e os pais daqueles jovens estão em casa sem seus filhos, me indigna demais. Não consigo me satisfazer com esse tipo pena gente.

Alícia

Anônimo disse...

tutelam bens NÃO PATRIMONIAIS*

Alícia

Anônimo disse...

Concordo com quase tudo do post, a exceção é no caso do delegado Thiers. Ele foi deplorável/criminoso na condução do caso do estupro coletivo, mas há indícios de que a menor tinha convívio próximo com traficantes . Acho que SE houver indícios mais fortes ela deve sim ser investigada, seja por associação com o tráfico ou outro ato infracional cabível. O horror que ela sofreu não dá um salvo conduto anistiando eventuais crimes que ela possa ter cometido

Anônimo disse...

@13:48
E o que impede?

Não se esqueça que uma mulher pode ser vítima de estupro mais de uma vez. Do mesmo jeito, um cara pode estuprar mais de uma vez. E cada vez que um estupro ocorre é uma ocorrência diferente. Ou seja, se uma mulher for estuprada pelo marido todos os dias durante um ano, são 365 ocorrências de estupro naquele ano. E como esse é um crime subnotificado e a impunidade rola solta, é fácil ter 500 mil casos de estupro por ano.

Anônimo disse...

"Digo, a conversão da prisão em flagrante em preventiva. A regra, por mais estranho que pareça, é da prisão como exceção. "

Desde que você não seja um(a) preto(a) pobre, porque no caso aí a prisão é a regra.

Rafael Cherem disse...


Enquanto isso não se torna realidade, temos que contar com a boa vontade dos aplicadores da lei, como no caso do champinha, que apesar de ter estuprado e assassinado aquela garota quando ainda era menor de idade, encontra-se até hoje preso, não em virtude de pena criminal, e sim de medida de segurança, sob a justificativa de que seria perigoso ele estar em liberdade. Espero que contnue assim, apesar de ser muito pouco. de pensar que ele está numa casa confortável com tv e ar e os pais daqueles jovens estão em casa sem seus filhos, me indigna demais. Não consigo me satisfazer com esse tipo pena gente.

Exatamente ALicia, no Brasil assassinos e estupradores não são punidos, simples assim.

Anônimo disse...

Dou risada com a negação da cultura do estupro, da parte dos homens.
Sendo eles os sujeitos da violência, aposto que até assovio na rua seria razão pra pena de morte.

titia disse...

Na verdade, 14:25, o que eu e todas as outras mulheres realmente precisamos é que lixos como você e outros mascus desapareçam da face da Terra. Não é porque ser comido por um macho pintudo resolve os seus problemas que vai resolver os dos outros também. Muitas feministas já disseram, pinto nunca resolveu problema de ninguém, só de mascu com fogo no rabo doido pra liberar o olho da goiaba que morre de inveja das mulheres que transam o quanto quiserem com quem quiserem e dos que são homens de verdade e assumem o que querem.

16:01 você também acredita em economia de mercado e em político de direita honesto? Em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Fadinha do Dente?

16:10 calma totó... calma, amigo, amigo. Dá patinha... isso, muito bem. Aqui tá a sua coleirinha e vamos pro posto tomar a vacina antirrábica. Tá vendo, pessoas, no que dá não vacinar os seus animais? Eu sei, eu sei, mas mesmo poríferos precisam ir ao veterinário, né? Não é porque o pobrezinho mal chega a ser uma blástula que ele merece ser abandonado sem suas vacinas. Vem totó.

14:44 aqui enche meu galão de male tears que hoje é sexta feira e eu quero fazer um escalda pés pra relaxar.

Anônimo disse...

15:42 nossa, q meda do hitler brazuca

Depois não sabem pq a direita nesse país é só esquizofrenia mental, olha isso

Anônimo disse...

tá tendo um surto de esquizofrenia direitóide aqui, alguém por favor traz o fuzil

Anônimo disse...

sionista é o bolçomerda q foi se batizar em israel

é um capacho da maçonaria, ele, os pastores e toda corja protestante projetada pelos judeus

boçalnaro, agente secreto do sionismo anti-ocidente

Anônimo disse...

covarde, vc tem medo de debate. Vai ver novela mexicana

Anônimo disse...

As pessoas ainda não perceberam que estão nas mãos do lobby direitista anti-mundo? Todo grande capitalista internacionalista é, em especial, direitista religioso ligado a algum setor financeiro e eclesiástico, geralmente bancos, empresas ou igrejas. Silas maracutaia é um exemplo. Cristão humanista e secular investe boa parte do seu capital em movimentos de direita anti-mundo, como liberalismo, câncervadorismo, héteros, igrejas, etc. A intenção de todo direitista internacionalista liberal-câncervador é enfraquecer o Mundo a qualquer custo, pois está na própria BÍBLIA o ódio ao povo.

Não sejam idiotas, mulheres. Vocês estão nas mãos desses seres, os direitistas. E tb lembrem do ataque do cristão fundamentalista na Noruega em 2011, fiquem espertas

Anônimo disse...

O q eu mais ouço é gente dizendo q estupro é conjunção carnal. Muitas mulheres tb acham isso. Até o delegado do estupro coletivo parecia desconhecer que ato libidinoso com pessoa vulnerável é considerado estupro mesmo q não haja penetração. Creio q o governo deveria fazer uma campanha pra esclarecer a lei do estupro, para q mulheres fiquem atentas a esses abusos e denunciem.

Anônimo disse...

O único obstáculo para o verdadeiro empoderamento das mulheres se chama: homem.

Enquanto as mulheres derem atenção a eles, toda a luta será em vão. Isso inclui as ditas "feministas" que querem homens dentro do movimento (já não basta ser obrigada a conviver com eles no mundo?), que dizem "meu marido/namorado é maravilhoso, uma exceção". Essas fazem um desserviço, pois só propagam a síndrome de Estocolmo e criam expectativas ilusórias de que outras mulheres também podem encontrar um "homem exceção". O patriarcado cria o mito do "amor romântico", e algumas feministas o mito do "homem exceção". Mesmo que um homem assim possa existir no mundo (o que não acredito), e alguma dessas mulheres ganhou na "loteria do amor", ao divulgarem isso, estão alimentando o inimigo e induzindo outras mulheres a abrir a guarda e se exporem a todo o tipo de violência e opressão.

donadio disse...

"a esquerda só critica a policia militar por razões ideológicas mas alivia a da policia civil"

Bobagem. Ambas são muito ruins. As PMs são mais notórias por que são quem surra o povo nas manifestações, mas a civil é mais corrupta, e tem um papel mais central que a PM na criminalização da população periférica. Não sei de onde vcs tiram essas fantasias a respeito da esquerda, mas da realidade é que não é.

Anônimo disse...

"Mesmo que um homem assim possa existir no mundo (o que não acredito), e alguma dessas mulheres ganhou na "loteria do amor", ao divulgarem isso, estão alimentando o inimigo e induzindo outras mulheres a abrir a guarda e se exporem a todo o tipo de violência e opressão."

Anom das 17:51 é mais uma radfem "quero ser a imperatriz Furiosa". Não sei o que é mais dificil de aguentar, mascus ou radfems (que no fundo defendem as mesmissimas ideias, só que pra generos diferentes)

Anônimo disse...

Colega, a maioria das mulheres infelizmente querem distância do feminismo justamente por esse tipo de pensamento. Radicais como você só afastam mais ainda as pessoas do movimento do que atraem. 99,999% das mulheres que eu conheço não tem interesse algum em se afastar de seus pais, irmãos, namorados, filhos, amigos. Acorda Alice!

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?time_continue=161&v=7a2uY64IwXY

Anônimo disse...

Mulher que é mulher gosta de homem e de pinto. Pronto. Falei.
Fora Radfems e fora lésbicas.
Ser feminista não tem nada a ver com não gostar de homem. É só não deixar eles cagarem regras em cima de nós. Mas um mundo sem homem seria impensável (e muito ruim... eeeca!).
Vida longa aos XY grandão também!

Anônimo disse...

Mulher que é mulher tem medo de ser sequestrada,drogada,alcoolizada a força por homens, que as estupram,as violam e as matam. E o cromossomo xy tem milhares de genes A MENOS que o cromossomo xx por sinal...teve até teorias científicas dizendo que o cromossomo xy iria desaparecer BIOLOGICAMENTE.

Anônimo disse...

19:37 Então infelizmente esse 99,999% de mulheres vão ser as próximas vitimas de estupro e violência, porque a violência contra mulher se dá principalmente no meio familiar e privado. Depois que essa metade morrer, talvez se toquem que lutar pela própria vida é mais importante do que uma ideia falsa de amor romântico que nunca existiu, visto que as relações entre os sexos são baseadas apenas no interesse sexual, seja ele estupro ou não.

Anônimo disse...

"Colega, a maioria das mulheres infelizmente querem distância do feminismo justamente por esse tipo de pensamento. Radicais como você só afastam mais ainda as pessoas do movimento do que atraem. 99,999% das mulheres que eu conheço não tem interesse algum em se afastar de seus pais, irmãos, namorados, filhos, amigos. Acorda Alice!"

Já estou vendo que essas mulheres vão ser as futuras participantes do "mulheres que amam demais"...

Anônimo disse...

22:31

cala boca seu mascu de bosta

Anônimo disse...

Quem gosta de pinto é gay e ponto final. Já tem pesquisa que comprovam a bissexualidade feminina presente em todas as mulheres. Mas se mesmo assim você quiser viver entre homens, pode viajar para a India, onde a população masculina é muito maior que a feminina, e correr um risco muito maior de sofrer estupro coletivo a cada esquina. Porque né,todos sabemos que os homens são super respeitosos com mulheres em uma civilização misógina que sofre de impunidade(só que não).

Anônimo disse...

Feliciano tem num vídeo de pregação onde ele conta de uma moça de 14 anos que foi estuprada pelo pai. Ele aconselhou a perdoa lo e não a denunciar. E ainda no caso ele diz que fez a moça abraçar o pai para serem curados etc abobrinha enfim o que dizer de um cara desse?

Anônimo disse...

https://youtu.be/mz06L5415tY a partir de 32 min ele conta história do estupro da moça

titia disse...

Mulher que é mulher não inventa que é do outro gênero pra cagar homofobia e misoginia num blog feminista. Vá arranjar um emprego, troll vagabundo.

E se não tiver emprego, vá estudar pra arranjar um.

Cão do Mato disse...

Me corrijam se eu estiver errado: tempos atrás feministas postaram no Facebook que, de acordo com a nova lei, o beijo que o Príncipe Encantado deu na Bela Adormecida seria considerado estupro. Isso procede?

Anônimo disse...

O conto original d' A Bela Adormecida é sobre estupro. E na lei atual fazer isso com uma mulher em coma, idem.

Anônimo disse...

Lola, qual a sua opinião sobre a movimentação que está acontecendo na Marcha das Vadias RJ em que transativistas estão defendendo a exploração sexual no evento "Quebrando Tabus sobre o Turismo Sexual" às vésperas das Olimpíadas, chegando inclusive a desconvidar feministas do sexo feminino que se opõem a essa mesma exploração sexual em um país notório por ser rota do turismo sexual infantil e descaradamente silenciando uma notória feminista negra?

Cão do Mato disse...

Ninguém liga para o conto original... A versão conhecida é a que influenciou a Humanidade. E ninguém falou em "coma"...

Cão do Mato disse...

Me parece meio desproporcional colocar um homem na cadeia por, no mínimo, seis anos, apenas por ter beijado uma mulher que estava dormindo. O curioso é que as pessoas que defendem esse tipo de punição exagerada são as mesmas que são, por exemplo, contra a pena de morte e contra a redução da maioridade penal... Sabem o que vai acontecer se mandarem pra cadeia um cara que "encoxou" uma mulher no trem? Quando ele sair de lá, vocês terão um estuprador de verdade.

lola aronovich disse...

Estou ouvindo essa história pela primeira vez através de vc, anon das 13:55. Tem link pra algum lugar falando mais sobre isso? Sou totalmente contra o "turismo sexual" e claro que essa praga social deve ser discutida.

Anônimo disse...

23:24,
Que gays gostam de pinto não se discute. Mas mulheres femininas (não reprimidas como algumas por aqui) gostam muuuito mais. Um bom sexo com penetração profunda do falo masculino faz as mulheres irem literalmente à loucura, coisa que não conseguem com vibrador, outra mulher, mecanismos, etc... Simplesmente porquê falta o cheiro, a testosterona e a brutalidade característica do homem macho. E isso é muito bom nética", etc...SIM.
Não adianta esse discursinho de feminista reprimida de que "mulher não precisa de homem"; "homem é falha genética", etc...
Mulher precisa de homem para se satisfazer. E homem precisa de mulher para se satisfazer. Assim é a natureza. Órgão reprodutor masculino dentro do receptor feminino.
Não existe feminismo que impeça essa lei da natureza. Basta à nós, mulheres, colocarmos limites e imposições aos abusos. Não deixemos eles cagarem regras em nós. Mas que um bom e grande XY bem colocado no lugar e hora corretos é ótimo, isso sim o é!

Anônimo disse...

E qual é a solução pra você, cão do mato? Deixar assediadores e abusadores continuarem a infernizar a vida das mulheres à vontade? Empatia pra que né. Bora censurar essas feminazis que querem repreender o pobre coitado que só queria "xavecar" a mulherada, esfregar o pinto em alguma desconhecida no ônibus, tadinho dele.

Arnaldo Krogdahl disse...

Primeira vez que eu entendi esse lance de "cultura do estupro", através do vídeo. Não concordo com tudo, mas há verdades no que foi dito.

Mas uma coisa que nunca vou entender é a necessidade de usar roupas curtas.
Eu acho que vai ser um pouco difícil desconstruir a mais óbvia primeira impressão que isso causa.
Não é que tem que andar igual irmã de caridade, mas só de exemplo, qual a razão de usar um shorts que deixa metade da bunda de fora?

Anônimo disse...

kkkkkkk mas nem gay gosta de pinto "quiridu" (Eles gostam da Beyoncé, da madona, de fazer carão, de se jogarem na Night) E vocês querem que gostemos desta porcaria?! kkkk não vai rolar, e como pedir para um pássaro gostar de uma gaiola, alis nem esteticamente atraente e isto, troço feio danado pendurado kkkkk

Anônimo disse...

Amore gosto é que nem cu, cada um tem um e faz com ele o que quiser. Agora aceita que existem mulheres (a maioria, por sinal) que adoram uma piroca de um xy bem viril e másculo. Não tem como mudar isso, pra ser feminista ninguém precisa do rótulo de lésbica revoltada.

titia disse...

15:37 sabia que você pode gostar de pênis mesmo sendo homem? Porque, meu amigo, "penetração profunda do falo masculino" (hello, clitóris? É com ele que a mulher goza, fofurinha, não com o fundo da vagina), "falta o cheiro, a testosterona e a brutalidade característica do homem macho" (mano, mulher NENHUMA gosta de brutalidade. Nenhuma. Só homem acredita nisso), "Mulher precisa de homem para se satisfazer" (tanto que a maioria das mulheres que nunca tiveram orgasmo são as hétero), "Órgão reprodutor masculino dentro do receptor feminino" (quer dizer, pra esse sujeito a vagina não é um órgão reprodutivo com função própria. É só um 'quartinho' pra pinto. E esqueceu o clitóris de novo), "E homem precisa de mulher para se satisfazer" (então por que vendem tantas bonecas infláveis no mercado sexual?), isso só poderia ter saído da cabeça de homem que nunca chegou perto duma xota sem pagar. E nunca procurou saber o que era aquela bolhinha na vulva (aliás, nem sabia que a palavra 'vulva' existia) e nem entender pra quê ela servia. Dica: chama-se clitóris e serve pra fazer a mulher gozar.

Para, colega, para que já tá dando pena. Sai daqui e vai procurar um psicólogo, um psiquiatra, um emprego, um escola, uma pilha de cueca, um lote, qualquer coisa que te acorde pra realidade da vida ao invés de ficar aqui pagando mico tentando se passar por mulher. Para que já tá mais que feio, tá ridículo.

Anônimo disse...

Estou triste pela nossa esquerda.
Estava tudo indo de forma excelente, sendo o governo conduzido por Lula.
Ele fez a maior besteira da vida dele em nomear Dilma como sua sucessora, pois ela conseguiu fazer o pior governo da história do Brasil.
Esse erro de Lula me deixa muito triste,pois não sei ainda se ele vai conseguir consertar tudo isso. Sei que a Dilma foi a maior decepção de Lula, e ela acabou queimando o filme da mulher brasileira. Tristes tempos.

Anônimo disse...

18:04 usando bom senso, cada um se veste do jeito q quiser

15:37 se vc gosta tanto de pinto assim, então põe um na sua boca e cala boca seu inútil, para de fingir ser mulher, seu mascu bostético, só um omen gay pra gostar de verdade desse poço de fimose, seu lixo. Nenhuma mulher é obrigada a aturar essa coisa ridícula de vcs não

18:57 que maioria? claro, a maioria das bonecas infláveis, ou das prostitutas q fingem gostar desse troço por dinheiro, seu burro

Anônimo disse...

Na boa, os comentários do blog caíram de nível pra caramba. E apaga-se os comentários mascus, mas deixa as abobrinhas "ain, exterminar omens". A confusão de feminismo radical como sinônimo de femismo, e não como adeptas da teoria radical rola solta. É chatíssimo notar que a caixa de comentários (e mts posts, na correria de TER QUE publicar um por dia) caem no senso comum de "feminista não sabe o que quer", "feminista odeia homem". Lola, seria melhor diminuir a freqüência das postagens e moderar os comentários, que do jeito que tá, o blog só endossa os argumentos dos anti-feministas.

Anônimo disse...

Mascu se passando por mulher ''dependente de pênis'', comentários cheios de pedantismo de supostas ''feministas'' misândricas. Que bagunça isso aqui, agora falar de verdade sobre o assunto que é sério, nada. Esses trolls fazem a festa neste blog.

Anônimo disse...

O mesmo mascu se passa ao mesmo tempo por mulher falocêntrica e ''radfem'' misândrica, são tudo a mesma pessoa. Os mascus fazem isso para desestabilizar o blog sempre quando se trata de assuntos bem mais sérios.

Anônimo disse...

22:49, Gata, sua namorada te trocou por um macho? Usa o tinder que rapidinho você supera.

Anônimo disse...

E daqui cem anos 50 milhoes de mulheres ja terao sido estupradas no brasil. Faça as contas, temos no brasil pouco mais de 200 milhoes de hab e que 1 quarto das mulheres ja foram estupradas, e os outros 25/?nesse tempo de 100 anos Vai ter mulheres nascendo e homens tbm, e volta o ciclo. to indo pela sua logica, alem do mais que uma mesma mulher pode ter tido mais de um estuprador(muito comum)

Anônimo disse...

Titia (uma lesbica que acha que pode dar palpite em relações das hétero) me responda, se as mulheres hétero não gostam de penetração e não sentem prazer nenhum nisto,e também não sentem atração por masculinidade e virilidade ou seja por homem, porque então diabos elas seriam.... hétero???

titia disse...

Mascu chatinho das 08:04 primeiro, eu não sou lésbica, sou hétero. E é por isso mesmo que eu posso te responder, fofo:

Mulheres hétero podem até gostar de penetração (tem mulheres hétero que não gostam, e isso é normal) mas só se fizer a mulher gozar-traduzindo pro seu cérebro de ervilha, se a penetração estimular o CLITÓRIS. Se você penetrar a mulher sem estimular o CLITÓRIS, porífero, ela não vai gozar e não vai achar a menor graça na penetração. Por acaso foi nos filmes pornôs que você aprendeu que mulher goza sem estímulo do CLITÓRIS só com cara socando o pênis até o fundo da vagina? Sorry, É MENTIRA! OS FILMES PORNÔS MENTIRAM PRA VOCÊ! Mulher não goza com ignorante tentando arrombar o útero dela com o pênis. Mulher goza com estímulo no CLITÓRIS.

Por essa masculinidade tóxica e essa virilidade associada à violência, à misoginia, à agressão psicológica e física, ao assédio e ao estupro nenhuma mulher tem atração não, blástula. Tanto que quando você grita obscenidades pra uma mulher na rua você ganha um dedo do meio ou um "vá tomar no cu" ao invés de um convite pra ir pro motel. É por isso que assim que você abre a boca todas as mulheres num raio de 100 km desaparecem num passe de mágica. É por isso que você fica se escondendo em fóruns de um real pra falar, do contrário teria uma visitinha da polícia federal.

Mulheres hétero sentem atração por homem, mas homem como você, babaca, arrogante, violento, misógino, que aprendeu a transar com filme pornô, abusador, agressivo, sujo e mal educado é a coisa mais broxante do mundo. Não é só porque uma mulher é hétero, meu amigo, que ela aceita qualquer lixo não. Lugar de lixo é no lixo e as mulheres sabem, por isso você tá aí todo revoltadinho se fingindo de mulher na esperança de fisgar alguma otária desprevenida. Pode esquecer, ninguém aqui trabalha no ramo de reciclagem de lixo.

Anônimo disse...

01:04 Lixo, sua namorada te trocou por uma mulher? Usa o tinder que rapidinho você supera.

Mari disse...

Sobre a questão jurídica do crime de estupro, como já foi comentado aqui, a lei anterior não era inócua e, a meu ver, era melhor para a vítima do que a atual. Antes de 2009, quem praticasse conjunção carnal e outros atos libidinosos mediante violência ou grave ameaça, respondia pelos crimes de estupro + atentado violento ao pudor, em concurso material. Ou seja, as penas (que eram iguais nos dois crimes = 6 a 10 anos) eram somadas.
Atualmente, como o atentado violento ao pudor foi incorporado ao crime de estupro, a jurisprudência já pacificou o entendimento de que se trata de tipo misto alternativo. Ou seja, o agressor pode praticar tanto conjunção carnal quanto outros atos libidinosos que responderá por crime único.
Além disso, no direito penal a lei mais nova pode retroagir para favorecer o réu. Nesse sentido, diversos condenador que já estavam cumprido a pena mais grave puderam pedir ao juiz da execução a diminuição da condenação. Mais do que apenas ter o tempo de pena diminuído, isso acarreta uma série de consequências penais, como redução no tempo para concessão de livramento condicional, progressão de regime, etc.
Portanto, eu acho que a Lei 12.015/09 foi um grande retrocesso.

Anônimo disse...

Então eu devo ser uma ET Titia, porque eu tenho orgasmo tanto com penetração quanto com estimulo clitoriano. E afirmo os dois são maravilhosos, mas o orgasmo com penetração tocando meu ponto G e muito mais intenso.

Anônimo disse...

Gostou da dica né? Assim que é bom. Boa sorte na sua superação amorosa.

titia disse...

15:26 puxa enfim você entendeu que clitóris serve pra gozar, fio? Ótimo! Agora só falta você aprender mais 250.000 coisas sobre mulher e já pode tentar dar um oi pra sua vizinha no elevador. Ah, só pra te ajudar um pouquinho mais no seu teatrinho, fiote: o ponto G fica na parte anterior, no começo da vagina, não no fundo como vocês mascus acreditam. Então não, não adianta enfiar lá no fundo porque o ponto G é bem na entradinha. Mas foi esperto você não mencionar o fundo da vagina às 15:26, assim dá mais credibilidade ao seu fake.

Ah, só pra te fazer chorar mais um pouco: o ponto G é uma concentração de tecido CLITORIANO na entrada da vagina, ou seja, de um jeito ou de outro a mulher tá gozando com estímulo no clitóris. Desista, mascu, desista. Aonde quer que você vá o clitóris lhe perseguirá até o fim dos seus dias.

Anônimo disse...

Então que penetração Titia? Se não causa nenhum prazer as mulheres poderíamos abolir está violência invasiva falocentrista, e somente o prazer na entrada da vagina e no clitóris nos satisfaria não concorda?

titia disse...

Percebeu que em momento nenhum você negou ser um fake? E que acabou de usar a mesma linguagem da misândrica que tá sempre comentando aqui?

Esses trolls já foram... mis burros do que já são.

Anônimo disse...

Lola

Não sei se Anon das 13:55 te respondeu.
A Marcha das Vadias RJ programou um evento chamado “Turismo Sexual e Olimpíadas: Quebrando Tabus”. Num primeiro momento foram também convidadas debatedoras que se opunham à exploração do turismo sexual. Elas foram depois desconvidadas e ameaçadas caso aparecessem para o debate.
Eu não tenho Facebook mas sei que muita gente se posicionou contra a atitude da Marcha (óbvio, outros devem ter se posicionado a favor).
Nesta nota há alguns prints das mensagens entre as debatedoras desconvidadas e a organização da Marcha: https://medium.com/@feminismoradicaldidatico/nota-de-rep%C3%BAdio-%C3%A0-marcha-das-vadias-rio-de-janeiro-2016-2041d3b83ea#.5bfkyj7gr

C

Anônimo disse...

Gente, cada um gosta do que quiser ! Poxa, cadê o respeito geral que o FEMINISMO LUTA pra que aconteça ??? Porque feministas estão lutando ENTRE SI ??? Afs, bando de seres... Que tempos são esses ?

Anônimo disse...

Ainda sobre o caso do evento da Marcha das Vadias tem também este texto que foi postado originalmente por Eugenia Rodrigues no Facebook:

http://cabeceirafeminista.tumblr.com/post/145772405070/texto-postado-no-facebook-de-eugenia-rodrigues

C

Juliana Santos disse...

https://m.facebook.com/MarchaDasVadiasRioDeJaneiro