quarta-feira, 18 de novembro de 2015

CHARLIE SHEEN, ÍDOLO MASCU, É SOROPOSITIVO

Charlie Sheen voltou a ser notícia após revelar que ele tem o vírus HIV.
Mas, antes de falar do vírus em particular, preciso dizer: Charlie Sheen é um ser humano desprezível.
Ator medíocre, ele só teve dois papéis de destaque, ambos em filmes de Oliver Stone na segunda metade da década de 80: Wall Street - Cobiça e Poder (em que Sheen foi totalmente ofuscado por Michael Douglas) e Platoon (em que Sheen foi ofuscado por qualquer um que dividia a tela com ele, geralmente Tom Berenger ou Willem Dafoe). 
Ele também fez uma simpática aparição de dois minutos num dos clássicos adolescentes da época, Curtindo a Vida Adoidado
Mais tarde, já decadente, se dedicou a papéis cômicos em paródias fraquérrimas como Top Gang - Ases Muito Loucos e Todo Mundo em Pânico
Em 2003, passou a interpretar a si mesmo numa série abaixo da média, Two and a Half Men, até ser oficialmente demitido em 2011. Entre 2012 e ano passado participou de outra série (da qual não sei nada a respeito), Anger Management
Enfim. Seu pai, Martin Sheen, e seu irmão, Emilio Estevez, são atores muito melhores do que ele.
Como pessoa, Sheen consegue ser ainda pior que como ator. Ele é um agressor contumaz de mulheres. Além de atirar acidentalmente na perna da namorada Kelly Preston, Sheen bateu a cabeça de outra namorada, Brittany Ashland, no chão da cozinha. Ele constantemente ameaçava matar sua mulher Denise Richards. 
Contra sua outra esposa, Brooke Mueller, ele deu um soco que a deixou inconsciente e ameaçou matá-la, segurando uma faca contra seu pescoço. Ele chegou a ir preso por isso, mas ela o perdoou durante o julgamento. Com a atriz pornô Capri Anderson, Sheen destruiu a suíte de hotel onde os dois estavam e a ameaçou de morte. Ela se trancou no banheiro até a polícia chegar.
Desde os 23 anos, Sheen é viciado em drogas. Sua vida tem sido um ciclo de álcool, drogas, prostitutas, e clínicas de reabilitação, com passagens pela polícia por bater e ameaçar suas esposas e amantes.
Nada disso que contei, e que é bem conhecido, muda pelo fato de Sheen ser HIV positivo (que é diferente de ter Aids. É possível ter o vírus sem que a doença se manifeste durante anos). Sheen não se torna alguém pior, ou melhor, por ter HIV. E é besteira pensar que ele representa soropositivos. 
As perguntas que foram feitas a Sheen ontem o colocaram contra a parede e, em muitos momentos, foram condescendentes e inadequadas, por condenarem alguém que contraiu o vírus, e por implicarem que um soropositivo não pode ter uma vida bastante normal.  
Da página Orgulho Hétero
Existem duas "suspeitas": que Sheen só trouxe seu caso à tona por que já haviam descoberto que ele tinha HIV (e ele foi chantageado para que não levassem isso à imprensa) e que ele fez sexo sem camisinha com inúmeras mulheres sem que elas soubessem do vírus, provavelmente contagiando várias. Não sei exatamente qual a importância disso para o público. É importante, lógico, para as pessoas com quem Sheen fez ou fará sexo. Mas, e pra gente?
Só que Sheen é uma celebridade. Tudo na sua vida parece ser discutido num circo (ele mesmo lançou um show, após sair da série de TV, em que ia a cidades falar da sua vida). A sede do público pela vida de Sheen é parecida com a que o pessoal tem por outras celebridades com potencial para auto-destruição -- Lindsay Lohan, por exemplo. 
Porém, existem algumas diferenças. Sheen é idolatrado por rapazes jovens e machistas. A vida que ele levava (até agora) era a que eles sonham ter: diversão eterna, muitos milhões na conta, atrizes pornôs e prostitutas à disposição, fama, responsabilidade zero. Pense nos mascus, que têm poucos ídolos: Bolsonaro, Sheen, talvez Putin, porque seu governo odeia gays e persegue feministas. 
Da página Orgulho Hétero
A galera me conta que uma das páginas mais nojentas e preconceituosas da internet, a Orgulho de Ser Hétero (que caiu após anos de denúncias, mas já tem uma número dois, com milhares de seguidores), tem Charlie Sheen como seu garoto-propaganda (obviamente que ele bater em mulher aumenta muito seu valor). Fui procurar e é verdade. Peguei até alguns memes da página para ilustrar este post. Lógico que não vi nenhuma reflexão sobre a necessidade de se usar camisinha para se prevenir contra doenças como a Aids.
Da página Orgulho Hétero, sobre o
tema de redação do Enem
Mascus de todos os tipos têm uma crença em comum: que Aids é coisa de gays, negros e mulheres (todos os grupos historicamente oprimidos que eles odeiam e adoram continuar oprimindo). Homem branco hétero não pega Aids, segundo eles. Lembro de uma vez, creio que no ano passado, que surgiu um mascu num fórum deles para tentar convencer os colegas a usarem camisinha. O cara foi escorraçado, literalmente expulso do fórum.
Da página do Orgulho Hétero no
início de novembro
Agora eles veem um de seus poucos ídolos, Charlie Sheen, admitir que tem o vírus. Perceba que não estou festejando isso, de maneira alguma. Mas pergunto: como deve ser pra um machista ver que seu ícone contraiu uma doença da qual eles se imaginavam imunes? Há rumores de que Sheen é bissexual. Esse boato seria conveniente pros machistas, para que eles possam prosseguir na sua ignorância de que homem hétero não pega Aids, ou não? Agora eles passarão a usar camisinha?
Conclusão estranha da página do
Orgulho Hétero
Sei que há coisas muito mais importantes para serem discutidas no momento, como a linda Marcha das Mulheres Negras, que está acontecendo hoje em Brasília, ou os terríveis atentados a Paris, ou o pior desastre crime ambiental da história brasileira (aceito guest posts sobre todos esses tópicos, por favor!). Mas desde anteontem o assunto Charlie Sheen vem invadindo a caixa de comentários, e eu tinha que me pronunciar, nem que fosse pra manifestar as minhas dúvidas. Agora é com vocês. 

82 comentários:

helena disse...

existe um rumor (não sei se é verdadeiro) de que Sheen teria admito que adquiriu o HIV ao fazer sexo com homens. se for verdade, é um golpe à mais nos mascus mais homofóbicos, e particularmente ao Orgulho de Ser Hetero, por razões óbvias.

Anônimo disse...

Sou HIV+ há pelo menos 6 anos e, casualmente, sou gay. A notícia sobre a sorologia de Sheen e os rumores de relações homo que ele possa ter tido ou ter ainda podem ser fruto da visão distorcida de que só gays contraem HIV, uma forma de colocar a informação em um esquema cognitivo que justificaria Sheen ser HIV+ (cá entre nós, o histórico dele com o uso abusivo de drogas - não sei se ele consumia drogas injetáveis, mas é uma possibilidade - poderia muito bem ter ter relação com a forma como ele o vírus, apenas suposição). Nesse sentido, torço para que seja apenas boato que ele tenha mantido relações homo, seria um desserviço menor a pessoas como eu, que lutam (mesmo que anonimamente, não tenho essa coragem toda para publicar meu perfil aqui no comentário) contra o estigma do "viado aidético".

Anônimo disse...

Uma rápida busca por "orgulho hétero" no Facebook revela isso:

http://i.imgur.com/yZsxCZT.jpg

Das quatro páginas (a "não basta..." é uma página que ironiza o orgulho hétero), três tinham o Sheen como avatar. Se for verdade que ele é bissexual, fica meio estranho ele continuar sendo ícone de páginas de orgulho hétero.

Uma dessas páginas está fazendo votação para escolha de um novo garoto propaganda, e um dos candidatos é Clint Eastwood.

Rafael Cherem disse...

Lola, por favor, não chame de desastre o que aconteceu em MG, chame pelo nome correto: CRIME.

Anônimo disse...

"Contra sua outra esposa, Brooke Mueller, ele deu um soco que a deixou inconsciente e ameaçou matá-la, segurando uma faca contra seu pescoço. Ele chegou a ir preso por isso, mas ela o perdoou durante o julgamento."

Viu o porque de existirem machistas agressores, pois as mulheres o toleram!

"Desde os 23 anos, Sheen é viciado em drogas."

A propria anvisa proibe drogados e homens que tiveram relaçoes sexuais homossexuais no ultimo ano de doarem sangue. Deixa de uma maneira indireta que hiv / aids é uma doença de drogados e gays (um medico me garantiu isso).

"e que ele fez sexo sem camisinha com inúmeras mulheres sem que elas soubessem do vírus, provavelmente contagiando várias."

E ele transou com varias por que? Porque ele é famoso, e ser famoso / milionario / rico é a melhor forma do homem ser util... tem que combater a 'alma utilitarista' da mulher heterossexual.

André disse...

Penso que o fato de ser soropositivo é menos relevante que o (suposto) fato de que ele é bissexual. É bem irônico que um bissexual seja o símbolo de uma página de Engulho, ops, Orgulho Heterossexual.

Juliano Correa disse...

Anônimo das 14:48: "Um médico me garantiu isso", acho que você precisa procurar uma segunda opinião: http://oglobo.globo.com/brasil/virus-hiv-infecta-mais-grupo-dos-heterossexuais-diz-estudo-11785561

Anônimo disse...

O pior é que eu não duvido que o Charlie Machão seja gay....
Não por preconceito meu e muito menos por ter sido contaminado (eu trabalho na área de saúde e sei que não há nicho algum para o HIV!) mas essa necessidade de ficar afirmando a heterossexualidade tanto. ... não sei, parece insegurança ou negação por preconceito dele mesmo.
E é uma pena porque ele poderia ajudar a desmistificar essa história que HIV é só para gays... mas ele não parece querer acrescentar algum conceito decente pra humanidade mesmo. ...
Enfim, tudo lamentável.

Anônimo disse...

Juliano,

essas pesquisas que saem na midia sao politicamente corretas! Deixa de ser ignorante, falei que hiv / aids é uma doença de drogados e/ou gays, e nao exclusivamente de gays. Heterossexual pode ser drogado, certo? Nao conheço sequer um homem que tenha hiv / aids que nao seja drogado e/ou gay!

Anônimo disse...

Vá em qualquer serviço de saúde referência no atendimento de portadores de HIV que você conhecerá dúzias de homens e mulheres heteros e não drogados contaminados e pare de falar besteira!

Anônimo disse...

Dezenas em uma ida ao serviço de saúde, claro! Contaminados são milhares de heteros que não usam drogas.

Anônimo disse...

Outro recado juliano, se cuida, pra nao entrar nas estatisticas!

Anon 15:09

Mulheres heteros se forem drogadas ou transarem com homossexuais nao assumidos.

Se eu fosse drogado e/ou gay, se fosse fazer um exame, diria que nao sou nenhum deles, pra nao ter preconceito contra essas pessoas. Ou o proprio estabelecimento escondera isso.

Num carnaval, pegaram varias pessoas pra fazerem teste hiv / aids, e apenas 4 pessoas estavam infectadas, mas nao quiseram revelar a opçao sexual delas... por que sera ne?

Zero disse...

eu achava Sheen engraçado na época de Top Gang (o filme em si era legal). gosto é gosto.

desde Two and a Half Men ele vinha numa decadência violenta, tanto pessoal quanto profissional, e isso ficava claro até mesmo dentro da serie.

Sheen abusou da vida, não é tão surpresa que ele tenha contraído o vírus. assim como não seria tão surpresa se ele tivesse algum problema decorrente da bebida ou drogas, devido ao seu estilo de vida que não é segredo pra ninguém.

sobre as páginas usando sua imagem; pegue a imagem de um famoso + frases modinhas = página de facebook.

se ele for de fato bissexual, não é tão irônico usarem na pagina. até porque essas mesmas páginas usam a imagem do Schwarzenegger, um "liberal" (nos EUA) e favor do direito ao casamento homossexual, ou seja, essas páginas sequer sabem de quem direito estão falando.

Anônimo disse...

Sheen merece repúdio pelas suas agressões às mulheres, agora pq homens que se relacionam com várias mulheres provocam raiva nas feministas?

Anônimo disse...

Vão ficar rebatendo mascu? por favor né gente?

Anônimo disse...

Sobre a Anvisa:

PORTARIA Nº 1.353, DE 13 DE JUNHO DE 2011 :

"Art. 1º
§ 5º A orientação sexual (heterossexualidade, bissexualidade,
homossexualidade) não deve ser usada como critério para seleção de doadores de
sangue, por não constituir risco em si própria."

Beijo

Anônimo disse...

Anon 15:41

http://lanyy.jusbrasil.com.br/artigos/221394599/proibicao-de-doacao-de-sangue-por-homossexuais-gera-indignacao-de-grupo-lgbt-contra-anvisa

Beijo²

Anônimo disse...

"O Ministério da Saúde alega que a decisão se baseia em evidências científicas. Segundo o último Boletim Epidemiológico HIV/Aids, publicado em 2014, a taxa de prevalência de HIV entre homens que fazem sexo com homens é de 10,5%; entre usuários de drogas, de 5,9%; e entre mulheres profissionais do sexo, de 4,9%. Na população brasileira em geral, a proporção é bem mais baixa, de apenas 0,4%."

fonte: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/08/150813_depoimento_sangue_ativista_gay

Toma!!!

Kittsu disse...

Esse acampamento na frente do congresso representa perigo real como nenhum outro já representou. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/11/18/interna_cidadesdf,507082/confusao-entre-manifestantes-causa-tumulto-na-esplanada-dos-ministerio.shtml

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2015/11/policial-e-preso-por-tiros-em-marcha-de-mulheres-negras-em-brasilia.html

Lá estava acampado um zé ruela que na semana passada foi preso cheio de arma e spray de pimenta e facas no carro. Não dá pra um grupo violento e antidemocrático como esse ser instalar ali daquela forma.

Anônimo disse...

Não dá pra usar o direito democrático de estar ali para defender a anti democracia! Um perigo e uma secagem!

Alain Soral disse...

Charlie Sheen está mais para ídolo de tarados e pervertidos sexuais. Sujeito levava uma vida prosmíscua inconsequente. Qual homem conservador aplaudiria esse tipo de conduta? Esse tipo de homem, até antigamente, não bem quisto na sociedade. Acreditem.... Isso aí só serve para feministas acreditarem que todo MACHO só visa bucetas e mais bucetas, esquecendo que vemos outras qualidades inerentes à mulher. Nunca gostei desse sujeito e nem dos filmes, talvez só o Platoon, que acho fodão.

Anônimo disse...

É muito mais difícil um homem que só faça sexo heterossexual contrair o vírus HIV que uma mulher porque a mucosa vaginal é mais "porosa" e também pode sofrer microlesões que facilitam a entrada do vírus.
Assim como um homem homossexual exclusivamente ativo tem muito menos chance de se infectar, pois a mucosa anal é mais receptiva ao vírus que a pele do pênis.

Ou seja, é mais provável que o Charlie Sheen tenha se infectado através do uso de drogas injetáveis ou relações homossexuais passivas do que por sexo com mulheres portadoras do vírus.

Anônimo disse...

"Em 2003, passou a interpretar a si mesmo numa série abaixo da média, Two and a Half Men"

Esta série ficou em primeiro lugar na TV dos EUA por anos e ganhou vários globos de ouro.

Anônimo disse...

"Ele é um agressor contumaz de mulheres. Além de atirar acidentalmente na perna da namorada Kelly Preston, Sheen bateu a cabeça de outra namorada, Brittany Ashland, no chão da cozinha. Ele constantemente ameaçava matar sua mulher Denise Richards.

Contra sua outra esposa, Brooke Mueller, ele deu um soco que a deixou inconsciente e ameaçou matá-la, segurando uma faca contra seu pescoço. Ele chegou a ir preso por isso, mas ela o perdoou durante o julgamento. Com a atriz pornô Capri Anderson, Sheen destruiu a suíte de hotel onde os dois estavam e a ameaçou de morte. Ela se trancou no banheiro até a polícia chegar"


Interessante que apesar de tudo isto, e de tudo ser publico e conhecido...nunca faltava mulher para o cara, vai entender.

Anônimo disse...

Ele sai com putas.

Anônimo disse...

pq não Colocam danilo gentile é a cara dos mascus lerdo , bobo e ignorante.

Anônimo disse...

Eu não acho , agente nunca ouve mulher falar que passado de homem é igual a cozinha, acho que os homens é que tem ódio de mulher pegadora! e mesmo se a mulher for feminista pq o que tem de homem mais rodado que catraca de busu não tá escrito.

Anônimo disse...

Sheen é um putinho miserável NÃO TIREM A FOTO DELE É A CARA DOS MASCUS CARA DE C...

Anônimo disse...

Anon 17:22,
Essa sua explicação toda não faz sentido algum!
O fato de sexo hetero ter menos PROBABILIDADE de transmitir o HIV que o homossexual masculino não significa que não transmita!
Uma coisa ser menos provável que outra, estatisticamente falando, só dá uma noção numérica. ... fosse assim ninguém jogava na mega senna: a probabilidade de ganhar é infinitamente menor que a de adquirir o HIV numa relação hetero!
Entendeu?

Anônimo disse...

Cada um tem o ídolo que merece kkkkk
chupa cambada!

Anônimo disse...

Realmente, ter um cara desse como ídolo é o fim da linha! (nada a ver com o HIV mas com a postura dele por toda a vida, credo! )

Anônimo disse...

Quanta ignorância!!!!
Essa sua explicação toda não faz sentido algum!
O fato de sexo hetero ter menos PROBABILIDADE de transmitir o HIV que o homossexual masculino não significa que não transmita!
Uma coisa ser menos provável que outra, estatisticamente falando, só dá uma noção numérica. ... fosse assim ninguém jogava na mega senna: a probabilidade de ganhar é infinitamente menor que a de adquirir o HIV numa relação hetero!
Entendeu?

Anônimo disse...

Temos que ter cuidado com quem escolhemos para serem os nossos ídolos, mascus não pq eles merecem esse tipinho aí, se duvidar eles idolatram até terroristas.

Mas nós mulheres devemos observar, por exemplo o Che guevara que era homofóbico e vejo muita gente tratando ele como revolucionário fazendo até tattos homenageando, e tbm os grandes pensadores e filosófos que sempre eram misóginos, temos que saber a história dos nossos ídolos.

Anônimo disse...

"É muito mais difícil um homem que só faça sexo heterossexual contrair o vírus HIV que uma mulher porque a mucosa vaginal é mais "porosa" e também pode sofrer microlesões que facilitam a entrada do vírus.
Assim como um homem homossexual exclusivamente ativo tem muito menos chance de se infectar, pois a mucosa anal é mais receptiva ao vírus que a pele do pênis."

Espero que você seja uma pessoa celibatária. Porque alguém bem informado, você não é.

Anônimo disse...

eles querem por o clint? clint era um tesão quanfo jovem, nada a ver com machistas.

Anônimo disse...

Já tinha Bilau passado agora com HIV, aí só pagando mesmo ou nem pagando.
Se tivesse na igreja orando nada disso teria acontecido, esse é um alerta para os omis, se valoriza é grátis!

Anônimo disse...

Esse caso do Charlie me fez pensar várias coisas. Antes de tudo, eu o acho um ser humano desprezível, pra mim ele merece o ar que respira apenas por ser filho do Martin Sheen. Mas de jeito nenhum acho “bem feito” que um misógino como ele tenha contraído HIV.
Aí começam vários problemas que me incomodaram ontem: Primeiro, geral dizendo “esse é o ídolo da molecada”!, “eu avisei” e coisas do tipo. Já fãs meio: “mas tbm a vida que ele leva”...Ou seja Charles Sheen tem todo um histórico de violência contra as mulheres e isso não o impediu de estrelar uma série de sucesso, ter vários fãs, mas agora que é HIV positivo virou um pária. Bater em mulher passa despercebido, ter HIV não. Esse é o único fato que fez as pessoas ontem concluírem que Charlie não era coisa boa. Sem perceber, reforça-se o preconceito contra soropositivos.
Segundo, por mais asco que eu sinta dele, não tem como não perceber que para muita gente, essa é uma punição do destino, seja por ser ele ser escroto, seja pela sua vida adoidada. Da mesma forma que podemos concluir isso de um Charlie da vida, outras pessoas podem fazer esse mesmo tipo de conclusão para outros HIV positivo. Não é sadio alimentar esse sentimento de punição pq ele não vai se estender a ‘caras escrotos’. Imagine alguém que vc goste descobrindo que tem o vírus e ouvindo: mas a vida que vc levava, bla,bla,bla. E não pensem que estou defendendo um vida sem proteção, essas coisas, eu defendo, mas quando a pessoa já está contaminada esse tipo de conselho não ajuda.
Terceiro: o prazer vingativo de que talvez o ator tenha tido relação sexuais com homens, logo ele, ídolo da macharada. Existe a teoria que por causa disso, ele tenha contraído o vírus. Me irrita a insistência nisso como forma de ridicularizar desmoralizar os machões de plantão. Eles devem estar desconfiados e ou decepcionados? Talvez, mas junto disso vem o reforço de que de fato, HIV é doença de gays. Ironiza-se os mascus à custa de sem querer estigmatizar os gays. Muito cuidado com esse discurso.
Como a Lola disse bem, ter HIV não fará Charlie automaticamente melhor, eu só peço um pouco de cuidado com certas ideias que estão se repetindo. Ídolo dos homens pode bater em mulher que todos zzzzzzzzz, ídolo dos homens tem HIV, perde a moral. Ainda mais se dormiu com homens. Aff, desânimo.
E sim, seria muito escroto da parte dele ter transado com mulheres sem camisinha sabendo que tinha o vírus, nojo dessa possibilidade
Julianatsume

Anônimo disse...

"A propria anvisa proibe drogados e homens que tiveram relaçoes sexuais homossexuais no ultimo ano de doarem sangue"
Avisa então pro hemominas de Juiz de Fora, que o critério que eles usam pra barrar doação de sangue, até setembro (que foi a última vez que doei), é qualquer pessoa ter tido relação sexual com mais de uma pessoa no útimo ano. Foda-se se é hétero, homo ou bi.

Anônimo disse...

Eu tava namorando uma pessoa por quase 8 meses e desde a primeira relação sexual que usei camisinha. Não faço sexo oral (nem peço), acho que a masturbação mútua super resolve. E o cara era bacana e também não enchia o saco, nunca tive que pedir nada pra ele.

Como desde os 14 anos que uso anticoncepcional por conta de probleminhas nos ovários e na época desse namoro, usava implante, a camisinha era só pra questão das doenças mesmo. Aí eu comecei a cogitar - sozinha, na minha cabeça - a deixar a camisinha de lado meio que pra ver como que era, até porque às vezes mesmo lubrificando bem com KY dá uma machucada né? E por iniciativa própria, sem nem chegar a comentar nada com o namorado, fui até um centro público de testagem perto da minha casa. Porque já que eu ia querer isso dele, achei justo fazer primeiro.

Fui super bem atendida, achei que ia fazer só exame de HIV mas que nada, coletaram amostra pra uns 8 exames diferentes. Ganhei uma carteirinha e me mandaram voltar lá em outro dia pra pegar os resultados (se eu tivesse ido bem cedinho, poderia ter pego no mesmo dia inclusive). É tudo de graça viu gente?

Chegando lá, uma profissional de saúde me atendeu, abriu meus exames e me falou que eu tava zeradinha de tudo. Nenhuma novidade pra mim, eu só queria um papel falando isso. Aí ela começou a conversar comigo, perguntou sobre meus parceiros sexuais e eu falei de boa qual a minha intenção no exame.

Ela me aconselhou com EXTREMA veemência a não dar seguimento ao meu "plano". Que se meu parceiro não questionava a camisinha, era melhor deixar assim. E aí veio a hora que me assustou: ela disse que de cada 10 mulheres que apareciam lá, não-profissionais do sexo, gente comum, casada, que namora, que tem parceiro fixo e único, 6 voltavam pra casa com resultado positivo pra HIV.

Agradeci os conselhos, saí de lá com um monte de camisinha masculina e feminina (nunca tinha experimentado dela) mas achei que ela estava exagerando.

Cheguei em casa e fui perguntar pro Dr. Google se esses dados dela tinha procedência. Sim, tinham. A mulher inclusive acertou a porcentagem. Podem procurar: "grupo de risco" hoje em dia é mulher casada e fiel. Maridão pula a cerca por aí e leva as porcarias pra dentro de casa.

Tirei o "plano" da gaveta, joguei no lixo e continuo usando camisinha sempre até hoje (já com outro namorado). Sou grata por aquela pessoa ter me aberto os olhos e decidi não brincar com a minha vida.

Fica o alerta para todas as mulheres leitoras do blog.

Anônimo disse...

Tem gente aqui com um discurso de "grupo de risco" da década de 80!
HIV não escolhe, qualquer um que faça sexo sem proteção pode pegar! (até no sexo oral numa relação homo feminina!)

Anônimo disse...

Palmas para anon 18:18 na explicação da probabilidade de contrair HIV!
É isso aí mesmo: mais chance ou menos chance de pegar não resolve o risco, você pode ser sorteado e aí. ...

Anônimo disse...

Eles falam que gays não respeitaram Charlie kkkkkk mas é claro, não vamos respeitar um cara que espanca e ameaça mulheres. Sobre ele ser bi, a zombaria não foi deles e sim da cara de vcs que o utilizavam em seus posts machistas e homofóbicos...fica a dica pro "orgulho hétero" e seus seguidores Kkkkk

Laura disse...

Ídolo é um espelho. Sempre achei esse cara uma pessoa triste, solitária e com raiva do mundo por isso. É exatamente o que esses machistas são. Quem precisa querer rebaixar o outro para se sentir melhor é que não tem condições nenhuma de ser de fato uma pessoa digna.
O meme com a 'zoeira' sobre o tema do Enem ilustra muito bem isso. Essa falácia sobre mentir para comer alguém é nada mais do que uma carência absurda que faz se defender de uma rejeição dizendo que só quer comer e nada mais. E ainda dessa forma, na prática, eles transam menos, o que já mostra que não gostam de transar como querem parecer.
Mas eu não tenho dó. Acho que cada um recebe o que oferece. Não estou dizendo que a doença é castigo, mas uma oportunidade de ouro dele (e dos seus fãs) pararem de se enganar e passar a ter mais amor-próprio, e consequentemente, parar de agredir as pessoas (mulheres) que não tem a ver com seus traumas interiores.

Anônimo disse...

Esse cara é um bosta!
Péssimo para os soroposivos ter um imbecil assim dando visibilidade a questão. ....
A única coisa que consola são os mascus levando um tapa desses: o ídolo entrando no estereótipo de "aidetico gay enrustido" que eles sempre lincharam.

Odara disse...

Se o ídolo entrar pro estereótipo levasse a reflexão seria um consolo mesmo. ...mas o pior é que só aumenta o linchamento (o discurso de intolerância e ódio).
Sobrou o cara ser um bosta mesmo e a péssima visibilidade para os soroposivos :(
Tudo uma droga!

Anônimo disse...

Visibilidade para os soropositivos?
Como assim?

Anônimo disse...

MANDAMENTO PARA CUMPRIR ETERNAMENTE !

NAO BRINQUE COM AIDS !

CAMISINHA FEMININA MASCULINA SEMPRE !

JAMAIS CAIAM EM CILADAS ... JOGOS EMOCIONAIS .... QUE FULANX É VIRGEM ... Q SÓ TEM VC D PARCEIRX ...

SEXO É SEXO !

OUTRO GRAVE MITO A SER DERRUBADO É SEXO ENTRE LÉSBICAS É MAIS SEGURO ! Isso é mentira ! Qq relação sexual tem q ter camisinha ! Até mesmo sexo oral !

Ninguém vem carimbado na testa se tem aids ! FIQUEM ESPERTOS ! Vá num posto de saúde se tá sem grana para comprar camisinha !

Odara disse...

Anon 20:34,
Assim ó:
No Brasil (e pra falar só daqui!) quase 1 milhão de pessoas são portadoras do vírus HIV, os soropositivos.
Homens, mulheres, adolescentes, crianças, heteros, homos, bi, cis, trans, usuários de drogas e não usuários, hemofílicos e vítimas de acidente que reberam transfusão nas décadas de 80 e 90, profissionais de saúde contaminados em serviço e todo tipo de gente que você imaginar..... são portadores do vírus HIV.
Pessoas que sofrem preconceito pesado (sentar perto transmite AIDS! deve ser puta ou veado! e sei-lá-mais-o-que-porque-não-quero-roubar-o-protagonismo-de-ninguém) e que tem uma bandeira a levantar!
Esse movimento, que existe e tem sua representação e suas conquistas, infelizmente, tem algumas de suas questões ganhando visibilidade na mídia com uma figura dessas....:(
Deu pra entender?

Anônimo disse...

NAO CONSIGO ENTENDER QUAL A LÓGICA DE UM CASAL ESTÁVEL QUE MOREM SOB O MESMO TETO ABANDONAREM O USO DA CAMISINHA ... Isso é inadmissível ! Um mega comportamento de risco ...

Camisinha eternamente !

Anônimo disse...

Deu :)

Anônimo disse...

Esse imbecil podia servir oara fazer uma campanha:
#camisinhasempre

Anônimo disse...

O cara estava em baixa ha tempos. Vai saber se essa divulgacao da condicao nao eh uma forma de chamar os holofotes de volta pra si...

Anônimo disse...

Na verdade o incone não e o Charlie Sheen, mas sim o Charlie Harper da serie. Muito foda alias.

Anônimo disse...

Quando comecei a assistir a serie dele eu adorava, achava engracado, os personagens da mae e do irmao eram os meus preferidos. Eu queria ser como o charlie da serie, ter beleza, dinheiro, trabalhar pouco, ter uma vida sexual variada, nao sofrer por amor. E sim, sou mulher. Com o tempo, vendo mais episodios, passei a odiar a forma como as mulheres eram representadas. O problema do charlie nao era sair c muitas mulheres, mas a forma como as tratava e isso ainda sendo passado como algo engracado...


Anônimo disse...

E só porque eh crime não pode ser desastre?
Olha o preconceito!

Anônimo disse...

Para o pessoal desinformado sobre HIV/AIDS, acessem o blog: jovem soropositivo
Lá tem muita informação sobre, forma de contágio, atual forma de tratamento, relação entre casais soro discordantes etc.
Vale a pena dar uma lida.
Abcs

Anônimo disse...

Anon 18 de novembro de 2015 19:00

Se realmente acredita nisso, quando tu ou alguem proximx de ti precisar de doaçao de sangue, peça um doador drogado ou gay, assim se resolve o problema do 'preconceito'. Que ele ou ela apenas faça exames basicos, sem precisar pela 'tortura' das exigencias dos hemocentros. Assina um papel pro hemocentro por estar recebendo sangue da alguem de risco... e fim de papo.

Anônimo disse...

Sobre mascus:

Podia ta aí juntando com outros homi e colocando em pauta a descartabilidade da vida masculina, a falta de valores modernos baseados em virtudes do caráter, o serviço militar obrigatório, a opressão sentimental que causa milhares de suícidios todo ano, o massacre contínuo de jovens periféricos e negros, a cultura do insulto, da violência, da opressão e da indelicadeza, da alma endurecida e da sexualidade compulsória.

Mas não. Ta ai tentando torrar a paciência de feminista.

Anônimo disse...

Anon 22:10,
Tarefa de casa:
Volte lá e releia o comentário de 19 hs.
Pense: - o que está escrito aqui?
Entendeu?
Se sim, parabéns!
Se não, vá assistir televisão e desista de ler!

Anônimo disse...

Lola,
Conta do Rio de Janeiro e da mesa com a Jout Jout!!!!!!!!

Anônimo disse...

Já fiz esse exame em COAS também, esse que sai resultado de várias doenças. A mulher que me atendeu falou a mesma coisa praticamente, aliás ela perguntou logo de cara o porquê de eu estar fazendo exame, se tinha desconfiança de ter sido contaminada por alguém porque viu a aliança no meu dedo aí eu falei que estava fazendo mais pelo exame de hepatite (e foi mesmo), porque tinha visto uma campanha falando que gente que fazia as unhas em salão tinha risco de contrair. Ela perguntou se eu e meu marido usávamos camisinha e eu muito arrogante soltei um nossa lógico que não! e aí ela me apresentou a estatística das mulheres infectadas pelo companheiro, ela disse que hoje em dia é mais fácil uma mulher de homem só ter hiv do que uma prostituta, porque a prostituta se cuida pelo trabalho dela. Meus resultados não positivaram pra nada, aí cheguei em casa e fui conversar com o marido e foi uma desgraça.

Anônimo disse...

Mas a pessoa que te atendeu e você tiveram a atitude e a postura corretas!
O problema (compreensível) deve ter sido a reação do seu marido. ...
A maior dificuldade é essa: homens não aceitam usar preservativo com parceiras fixas (porque é desconfiança) mas muitos deles tem outras relações e colocam a mulher em risco.
Complicado. ...

Anônimo disse...

tradução do coment de 09:25 mimimi, mimimi, mimimi, mimimi. Mimimi, mimimmi, mimimi, mimimi. MIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMIMI.

Anônimo disse...

Two And Half Man é uma série abaixo da média? Você assistiu ou pelo menos leu sobre o sucesso de audiência da série?

Leandro disse...

Charlie Sheen é um vida loka. Vivia na promiscuidade, usava drogas...

Mas quando se diz que o estilo de vida hedonista é a causa de muitos males (como a AIDS e outras DSTs), rotulam o cara de "fanático religioso", de "louco"...

Anônimo disse...

Muito conveniente surgir boatos de q ele seria "bissexual" só pq ele admitiu ter HIV. Só pra continuar associando o mito de q apenas homens q transam com homens se contaminam, é nessa q muitos heterossexuais como ele acabam pegando o vírus.

Pra deixar claro, as supostas relações dele com outros caras são boatos, tablóides e sites de fofoca q espalharam isso, só pq ele contou ter HIV (nem ele mesmo sabe como contraiu o virus). Não caiam nessa, não ajudem a reafirmar esse estigma sobre a população lgbt. E caso ele confirme (ou se prove) os boatos, não vamos associar isso a razão dele ter se infectado, já q isso já tem 4 anos

Anônimo disse...

Se a pessoa estiver disposta a levar uma vida promíscua, cheio de parceiros(as) sexuais (não q eu esteja estimulando isso), dá pra passar sem nenhuma infecção, é claro q por conta do risco os cuidados terão q ser redobrados, mas aí fica por conta da pessoa. A questão não é a promiscuidade em si, e sim a irresponsabilidade, da pessoa não reconhecer seus limites, não respeitar o próximo.

Se a pessoa for responsável, reconhecer até onde pode chegar e respeitar a dignidade do próximo, ela pode ter até 10000 parceiros durante a vida, sem nenhuma problema de ordem sexual. Mais uma vez, eu não estou estimulando ninguém a ter essa vida, nem eu mesma tenho e nem terei (já q é razoavelmente difícil esperar q as pessoas tenham todas essas noções no mínimo), mas é pra desassociar uma coisa da outra

Anônimo disse...

Mascus devem ser o grupo com menos risco de pegar AIDS e DSTs, eles não transam.

B disse...

Galera independente de ser hetero, homossexual, bissexual e afins USEM PRESERVATIVO! Sexo desprotegido vem carregado de probabilidade de vcs contraírem o hvi. Ah e só pra deixar registrado, os "boatos" de que Sheen teve relações sexuais com homens É VERIDICO SIM já foi confirmado por vários canais da mídia que são conceituados por não espalharem notícias caluniosas.

Anônimo disse...

B, quais canais da mídia "que são conceituados" confirmaram isso?

moça latino-americana disse...

No dia em que a página Orgulho de ser hétero comemorava a sua reabertura, nós, do movimento LGBT, fizemos uma campanha para deslegitimar o discurso nojento da página, e em tom de brincadeira, passamos a tarde postando vídeos de divas do pop. Tudo isso para deixarmos com que eles percebessem a falta de lógica em atribuir determinadas coisas somente ao público gay, posto que muitas daquelas músicas que estávamos postando eram conhecidas e apreciadas por milhares de heterossexuais ao redor do mundo. Enfim, as agressões à nós foram duras. Eu, por ser mulher, fui ameaçada de estupro ABERTAMENTE por vários usuários do Facebook, enquanto meus amigos eram chamados de "transmissores de HIV; doentes; aidéticos".
A revelação de Charlie Sheen, na verdade, muda pouco - ou quase nada - a perspectiva daqueles boçais. Uns justificam que é uma doença que não surtirá quaisquer efeitos negativos na vida do ator e outros agora têm o álibi de dizer que ele pode ter sido sim contaminado por um homem.
Ora, achei extremamente desnecessário que, em uma mesma entrevista, Charlie tenha se declarado soropositivo e, ao mesmo tempo, confessado ter relações sexuais com outros homens. Como bom machista que é, perdeu a oportunidade de fazer um bem maior e conscientizar o povo para o uso da camisinha, bem como de desconstruir a ideia de que somente em relações homossexuais é que o vírus se transmite. Não estou dizendo que ele afirmou que contraiu o vírus de um homem, apenas como estudante de linguagem, estou questionando o motivo das duas declarações terem sido feitas em um mesmo momento. Se analisarmos o discurso, constatamos a falácia.
No mais, nada de novo sob o sol.

_________________________________

Olá! Estou com um projeto de contos de temática feminista, pois acho importante levar para o campo artístico um impulso social tão importante de nosso tempo. Se puder, deem uma olhada em meu trabalho. O endereço é: http://minacontamina.blogspot.com.br/. Caso gostem, recomende! A literatura feminina é algo extremamente difícil de ser visibilizada, pensem, nisso.

Anônimo disse...

"Ela perguntou se eu e meu marido usávamos camisinha e eu muito arrogante soltei um nossa lógico que não! e aí ela me apresentou a estatística das mulheres infectadas pelo companheiro, ela disse que hoje em dia é mais fácil uma mulher de homem só ter hiv do que uma prostituta, porque a prostituta se cuida pelo trabalho dela."

É a pura verdade. E outra né gente, não tem só AIDS não, tem o HPV, que é responsável por basicamente 100% dos casos de câncer de colo de útero, esse aí só fazendo captura híbrida pra saber se a pessoa tem no corpo ou não. Então não tem motivo pra arriscar. Nós mulheres somos ensinadas a aceitar qualquer coisa de homem, inclusive o santo esperma sagrado, tá na hora da gente botar a mão na consciência e começarmos a pensar mais em nós mesmas, uma gozada não vale o risco de um câncer, de uma aids, sífilis, de todas as doenças que o sexo pode transmitir. E como já foi dito, dentro de casa a gente até sabe o que acontece mas e na rua, quem garante que o maridão não faz um almoço executivo no motel com uma GP?

"Ah eu confio no meu marido", beleza, aposto que as mulheres infectadas também confiavam. Vamos acordar!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Pelo amor de deus, mais uma vez, as pessoas se convencendo de q ele afirmou q já transou com caras, ele não afirmou isto (ainda), foram tabloides e sites de fofoca q começaram a espalhar esse boato pq ele confessou ser soropositivo, será q vcs não entenderam ainda?

Vicky_ disse...

Sou bem jovem, a primeira vez que vi Charlie Sheen foi em Two and a Half Men, eu pensava que ele um socialite que aparecia na TV por dinheiro igual a família Kardashian. kkkkk Nem sabia que era ator de verdade.

Não entendo essa gente achando legal que ele possa ser um bissexual reprimido, eu estou esperando que não, o B do LGBT com certeza não quer um porcaria desses pra "representar", igualmente pra quem é soro positivo.

Pessoal, falemos a verdade: A AIDS é encontrada em pessoas de todas as orientações? Sem dúvida, mas queiram aceitar isso ou, a maioria dos transmissores SÃO homens heteros casados, os próprios comentários do post e dados comprovam isso. Falam mal das santas, das putas, mas contaminam todas.

São homens como Charlie Sheen que culpam os gays e mulheres "safadas" como os verdadeiros culpados pela epidemia de HIV em certos países. NÃO colaborem com isso. E usem sempre camisinha, vei.

Anônimo disse...

Ainda é bem forte nos estados unidos essa ideia de que aids é doença de gay e africano.

Anônimo disse...

Podem procurar: "grupo de risco" hoje em dia é mulher casada e fiel. Maridão pula a cerca por aí e leva as porcarias pra dentro de casa.

Sim. Existe uma montanha de dados a esse respeito, dos órgãos oficiais. Porque é justamente a pessoa mais vulnerável. Quem tá na "ativa", faz sexo casualmente, ou mesmo profissional do sexo como foi dito já tem uma cultura de ter que se prevenir em toooooooooooodas as relações. Só que é comum a pessoa se fixar com alguém e aí relaxar nesse aspecto. E aí a esposa incauta dança.

Entre os idosos o HIV está crescendo também, eis que resistentes ao uso justamente pela falta da cultura do uso da camisinha.

Anônimo disse...

Como o Sr. Sheen é um homem cis hétero branco rico, é fato que ele vai virar um bastião na luta contra a doença e o fato de ter infectado sabe-se lá quantas mulheres e homens será totalmente desconsiderado, porque ao homem basta falar que se arrependeu e tudo é perdoado. Uma mulher, por bem menos que isso, seria massacrada socialmente. Da minha parte, nenhuma pena ou solidariedade.

Anônimo disse...

"Sim. Existe uma montanha de dados a esse respeito, dos órgãos oficiais. Porque é justamente a pessoa mais vulnerável. Quem tá na "ativa", faz sexo casualmente, ou mesmo profissional do sexo como foi dito já tem uma cultura de ter que se prevenir em toooooooooooodas as relações. Só que é comum a pessoa se fixar com alguém e aí relaxar nesse aspecto. E aí a esposa incauta dança."

Já li estudos apontando que a camisinha é usada na PRIMEIRA relação e só, na segunda as mulheres já cedem e fazem sem. E sobre negociar camisinha com marido, olha me desculpem mas se você precisa negociar esse tipo de coisa com um homem é fato que ele tá cagando e andando pra você e só por isso já seria motivo mais que suficiente pra largar.

Vicky_ disse...

Homem que deixar tudo na costa da mulher nem deveria ter vida sexual, a mulher tem que tomar uma bomba de hormônio, todos os dias, ou usa DIU, tudo por causa dele não gostar de usar camisinha, que é algo bem mais simples.

Sou contra feminista que diz que não usa camisinha na relação hetero por que "quer", que não deixou de usar por causa de homem, me faz pensar se o cara realmente liga pra situação dela. Tenho certeza que as ex-esposas do Charlie Sheen falavam a mesma coisa na época, por que "queriam" assim.

Anônimo disse...

Sei lá... acho que quando alguém sabe que tem HIV e mesmo assim se dispõe a fazer sexo sem camisinha com outra pessoa SEM FALAR PARA ELA QUE É PORTADOR, está cometendo um crime não? Nesse sentido, acho extremamente saudável discutir quando um ator conhecido por sua promiscuidade descobriu que tinha o vírus e como ele se comportou com suas amantes e esposas.

Entendo que um portador de HIV não precisa andar com uma placa na testa afirmando sua condição. Acho legítimo que portadores de HIV façam sexo casual e que não avisem seus parceiros casuais da sua condição - desde que eles utilizem camisinha.

Acho que a responsabilidade com o outro AUMENTA quando se tem (e sabe que tem) o vírus. Já li gente dizendo que essa minha visão é preconceituosa, que a responsabilidade pelo uso da camisinha é de ambos, que se o soronegativo nao fez questão da camisinha então a responsabilidade é dele...

Em teoria até que faz sentido, quem não usa a camisinha assume um risco de contrair varias doenças. Mas quem sabe ser soropositivo e ainda assim não usa camisinha, não está apenas assumindo um risco teórico. Esta, virtualmente, transmitindo uma doença para outra pessoa. É outro nível de responsabilidade. Discutir a sexualidade do soropositivo é importante e se isso vier pelo exemplo do Charlie Sheen... Por mim, ok.

Adriana Pereira disse...

Lola, espero ler um post seu sobre a Marcha das Mulheres Negras aqui!

Anônimo disse...

Eu não sabia que só gays e drogados faziam sexo sem camisinha. Sou profissional de saúde, e conheço muitos pais de família que possuem o vírus. Beijos.